PCS JÁ



    2648/2015 - OS NÚMEROS DA VERGONHA!

    pauloalc
    pauloalc
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1889
    Reputação : 40
    Data de inscrição : 12/07/2010

    2648/2015 - OS NÚMEROS DA VERGONHA! - Página 8 Empty Re: 2648/2015 - OS NÚMEROS DA VERGONHA!

    Mensagem por pauloalc em Seg 16 Nov 2015, 1:51 pm

    josebarbos escreveu:
    Chuck Coleman escreveu:
    josebarbos escreveu:Fato é que o governo não quer mais saber de VPI e está orientando que todos os novos PLs que não a tenham absorvido, ainda, façam-na.
    Neste sentido, então temos que barganhar algum lucro em função da redução desta despesa em nosso favor. Por enquanto, e´dali que está saindo o recurso para as CCs.

    José Barbosa, você mencionou num outro post que a supressão dos 13,23% só se daria ao final da implantação do PL Leitinho, em julho de 2019. Isso confere?

    Segundo o SG do MPF sim.

    Spoiler:
    ALERTA:A FRASE ABAIXO CONTÉM ALTA DOSE DE IRONIA

    Pessoa que, todos sabem, em relação aos servidores, é dos que mais merece um voto de confiança, por toda a transparência e boa vontade com que tem tratado o nosso pleito.
    Lula Molusco
    Lula Molusco
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3722
    Reputação : 2293
    Data de inscrição : 10/05/2015

    2648/2015 - OS NÚMEROS DA VERGONHA! - Página 8 Empty Re: 2648/2015 - OS NÚMEROS DA VERGONHA!

    Mensagem por Lula Molusco em Ter 17 Nov 2015, 3:56 am

    Que eu saiba, no anexo V ainda consta verba para parte da nossa recomposição salarial.

    Paranóico escreveu:Então existe dinheiro? Me mostre de onde veio porque o governo fez a limpa essa semana nos anexos do PLOA.

    Lula Molusco escreveu:
    Paranóico escreveu:Realmente, o leitinho está garantido, mesmo com todos os cortes. Então, o negócio é encerrar a novela do veto e aprovar o leitinho. Não há dinheiro para o PLC 28/2015. É o que se diz o tempo todo no STF.

    joaobeluci escreveu:Todas as rubricas referentes aos aumentos e nomeação para o executivo, bem como para o Judiciário, foram retiradas do orçamento. Mas a grana do leitinho continua lá, firme e forte, acha que isso denota vontade do governo em aprovar o PL mesmo, até porque há grande interesse do STF, vai reajustar os CJ´s e nos calar por 04 anos.

    Se houver acordo no congresso aprova bem rapidinho quando o papai noel chegar!

    O ideal é derrubar o veto 26. Se não há dinheiro lol! lol! lol! , que se pague o que houver. Um dia haverá o dinheiro e aí teremos o PLC 28 na íntegra.

    Mas se o veto for mantido, que venha o plano C: o plano CCPL.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
    PCS-JA
    PCS-JA
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2284
    Reputação : 134
    Data de inscrição : 15/05/2015

    2648/2015 - OS NÚMEROS DA VERGONHA! - Página 8 Empty Re: 2648/2015 - OS NÚMEROS DA VERGONHA!

    Mensagem por PCS-JA em Qua 18 Nov 2015, 6:18 am

    Lula Molusco escreveu:Que eu saiba, no anexo V ainda consta verba para parte da nossa recomposição salarial.

    Paranóico escreveu:Então existe dinheiro? Me mostre de onde veio porque o governo fez a limpa essa semana nos anexos do PLOA.

    Lula Molusco escreveu:
    Paranóico escreveu:Realmente, o leitinho está garantido, mesmo com todos os cortes. Então, o negócio é encerrar a novela do veto e aprovar o leitinho. Não há dinheiro para o PLC 28/2015. É o que se diz o tempo todo no STF.



    O ideal é derrubar o veto 26. Se não há dinheiro lol! lol! lol! , que se pague o que houver. Um dia haverá o dinheiro e aí teremos o PLC 28 na íntegra.

    Mas se o veto for mantido, que venha o plano C: o plano CCPL.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
    ______________

    Pl lácteo tem que ser retirado os 13,23%.
    PCS-JA
    PCS-JA
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2284
    Reputação : 134
    Data de inscrição : 15/05/2015

    2648/2015 - OS NÚMEROS DA VERGONHA! - Página 8 Empty Re: 2648/2015 - OS NÚMEROS DA VERGONHA!

    Mensagem por PCS-JA em Qua 18 Nov 2015, 6:36 am

    FMF escreveu:
    VadeMekum escreveu:Bom, eu espero que o veto caia e o PLefante 28 (com a inflação que está aí, acho demais chamá-lo de Mamute...rs) seja implantado.

    No entanto, entendo a revolta de quem não aceita qualquer outro reajuste se não o estabelecido no 28/2015, e prefere nada receber e tentar pleitear algum outro índice/percentual melhor que o PLácteo.

    Nesse caso, temos que achar uma solução administrativa que contemple a todos, isto é: tanto aqueles que por razões de foro íntimo se conformam, ainda que a contragosto, em receber o PLácteo, quanto aqueles que, por razões também de foro íntimo, se recusam a receber o valor estabelecido no aludido plano, e preferem continuar recebendo seus vencimentos nos patamares atuais.

    É o relatório.

    A forma de contornar essa divergência de opiniões é simples.

    Na remota hipótese de o veto do PLefante não ser derrubado, e o PLácteo ser implementado, os Núcleos de Folha de Pagamento dos Tribunais Superiores, TRF´s e demais Juízos de Primeiro Grau de Jurisdição deverão encaminhar aos respectivos servidores uma formulário, que deverá ser assinado com firma reconhecida, escaneado e encaminhado via e-mail (cópia escaneada) e original (via malote), no qual o servidor manifestará sua concordância  em receber o reajuste, ou declarar a rejeição em recebê-lo - em caráter irretratável, qualquer que seja a opção adotada pelo servidor.

    Lembrando que, no caso da sobra de verba decorrente da rejeição dos servidores à adesão ao reajuste Lácteo, a mesma será devolvida à União, não sendo realocada ao orçamento do PJU para fins de pagamento de qq outra rubrica.

    É uma medida administrativa simples, que, creio eu, contempla equanimente os princípios individuais dos servidores, tanto dos que querem receber, quanto dos que não querem receber.

    Já temos precedentes similares a esse, como por exemplo, de alguns Magistrados que declinaram formalmente de receber o auxílio-moradia.

    Que acham?


    convencido

    A questão não é querer apenas a derrubada do veto. Como eu já disse aqui antes, respeito quem defende o PL 2648, mas não concordo. Já se me perguntarem "você só quer o reajuste decorrente da derrubada do veto do PL 28?" É óbvio que a resposta será não. O que acontece é que foi disponibilizado um orçamento e o STF mandou essa porcaria aí. Com o mesmo orçamento, que inclusive está disponibilizado, poderiam ter mandado coisa melhor. Mas não, fizeram uma tranqueira que retira os 13,23% e os quase R$60,00 de todo mundo para reajustar CJs e tudo isso depois de termos um PL aprovado pelo CN!!! Isso eu não consigo aceitar e acho que é o que revolta a grande maioria. Por ora, o que temos, ainda que seja difícil, é a tentativa de derrubada do veto.
    ?
    Lula Molusco
    Lula Molusco
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3722
    Reputação : 2293
    Data de inscrição : 10/05/2015

    2648/2015 - OS NÚMEROS DA VERGONHA! - Página 8 Empty Re: 2648/2015 - OS NÚMEROS DA VERGONHA!

    Mensagem por Lula Molusco em Qua 18 Nov 2015, 9:21 am

    Foi aberto um novo tópico para discutir o PL ti-ti-ca.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    Ozawa
    Ozawa
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 97
    Reputação : 15
    Data de inscrição : 02/06/2015

    2648/2015 - OS NÚMEROS DA VERGONHA! - Página 8 Empty Re: 2648/2015 - OS NÚMEROS DA VERGONHA!

    Mensagem por Ozawa em Qui 19 Nov 2015, 12:57 pm

    Modo de impor a sua vontade pelo uso sistemático do terror. Essa é uma definição de “terrorismo”. E por extensão do terrorismo sindical que promove o Sinasempu.

    A imposição da rejeição ao “substitutivo” do PCS/2015 do MPU, após a manutenção do veto ao PLC28, é arbitrária e nefasta para categoria pela forma unilateral da Diretoria Executiva Nacional (DENC) do SINASEMPU sem ouvir a categoria sobre uma decisão que poderá se tornar terrível, gravosamente definitiva e sem alternativas viáveis num contexto econômico e político instáveis.

    Não obstante a legítima representatividade das organizações sindicais, ela não deve ocorrer de forma absoluta, a priori, mesmo porque os fatos que repercutem tal representatividade se realizam num ambiente dinâmico e volátil, que reclamam a consulta às bases na forma mais ampla e possível, o que não foi feito pelo Sinasempu no caso em tela. Discordo de qualquer ação ou estratégia que não seja debatida e deliberada amplamente com os servidores uma vez que toda categoria arcará com os resultados.

    O SINASEMPU se prende, de forma antolhada, numa dita deliberação passada (possivelmente no século XIX) sobre uma eventual rejeição do então “substitutivo”.

    Ações impositivas assim, espantosamente de uma organização dita representativa, refletem uma das essências humanas mais vis que pode existir, vício este que alimenta ações reacionárias e atrabiliárias, como de pessoas que querem se imolar em público por princípios e visões particulares de seu mundo interior, mas que, covardemente, obrigam que a coletividade os acompanhe involuntariamente nas suas loucuras. Terrorismo, isto que praticam essas pessoas. Terrorismo Sindical, isso que pratica o Sinasempu.
    Lula Molusco
    Lula Molusco
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3722
    Reputação : 2293
    Data de inscrição : 10/05/2015

    2648/2015 - OS NÚMEROS DA VERGONHA! - Página 8 Empty Re: 2648/2015 - OS NÚMEROS DA VERGONHA!

    Mensagem por Lula Molusco em Qui 19 Nov 2015, 5:33 pm

    Foi aberto um novo tópico para discutir o PL ti-ti-ca.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Conteúdo patrocinado

    2648/2015 - OS NÚMEROS DA VERGONHA! - Página 8 Empty Re: 2648/2015 - OS NÚMEROS DA VERGONHA!

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui 19 Set 2019, 8:09 pm