PCS JÁ



    avatar
    PJHUUUUuuuuu
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Trampolim
    Mensagens : 3874
    Reputação : 14
    Data de inscrição : 20/05/2011

    GRAEL Empty GRAEL

    Mensagem por PJHUUUUuuuuu em Dom 23 Ago 2015, 11:39 pm

    O Barão de Munchausen na busca do Santo Grael



    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
    Por Roberto Ponciano, coordenador de Comunicação da Fenajufe, escritor, filósofo e mestre em Filosofia.

    Para começar este artigo, eu primeiro tenho que efetivamente dizer o que eu defendo e aquilo que eu não defendo. Num momento de loucura demagógica proto-fascista na categoria, poucos são os que tem coragem de mostrar a própria cara e omitir de falar em alto bom som suas próprias opiniões. Sou Roberto Ponciano, coordenador da Fenajufe eleito em 2013 e que honrará até o fim seu cargo legítimo e democrático. E estou negociando o PLC28, desde que ele era PL6613 e estive na linha de frente dele antes de ele se transformar em PL7920 e depois em PLC28.

    Mas o assunto deste artigo não é o PLC28, mas o PLC25, de isonomia dos chefes de cartório e a GRAEL.
    Ouvi no whatsapp alguns ataques histéricos e difamatórios, dizendo que sou contra os servidores da eleitoral por ser contra a GRAEL.

    Numa mesma frase uma mentira e uma verdade.

    A  mentira, eu não sou contra os servidores da eleitoral.

    A verdade, sim, em defesa dos servidores da Justiça Eleitoral eu sou contra a GRAEL, assim como sou contra a carreira específica do STF e do STJ.

    Primeiro temos que atacar a mentira para depois falar da verdade, afinal, na tática de Goebbels, tão bem usada pelo protofascismo no Judiciário Federal, uma mentira dita mil vezes acaba se transformando em verdade.
    Não, eu não sou contra a Justiça Eleitoral.

    Sou o Presidente de Sindicato que corajosamente, em 2007, esteve à frente da luta no Congresso contra a PEC02 do Trem da Alegria e protocolou denúncia no TCU contra os servidores requisitados a mais de dois anos.

    Veja a matéria que prova minha luta: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    Resultado disto, o lloby na Câmara fez o ex presidente da Câmara, Aldo Rebello retirar a PEC02 da pauta, a denúncia por mim assinada e levada ao TCU gerou a expulsão de todos os requisitados na justiça eleitoral em todo o Brasil, com isto, os servidores concursados finalmente foram chamados.

    Alguém que está contra a eleitoral teria tido esta coragem?

    Muitos dos que me difamam simplesmente não fizeram nada e temos até discurso da Deputa Luciana Genro em favor da PEC02: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    A memória de muitos é curta mas contra fatos não há argumentos.

    Então, este mesmo presidente de sindicato, que se expôs à fúria dos requisitados e os expulsou do Judiciário: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    É este o "inimigo" dos servidores do TRE?

    E tem mais, a isonomia dos chefes de cartório foi uma luta que eu fiz desde o início, desde que era só um, anteprojeto no TSE: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    A memória das pessoas pode ser curta, mas a memória virtual é eterna!

    Depois de brigar pela isonomia quando era apenas um anteprojeto, eu Roberto Ponciano participei de todas as fases decisivas, e junto com Jailton Assis e Fernanda Lauria, conseguimos o lloby com o Senador Lindbergh Farias para a aprovação do projeto:
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    É este o "inimigo da eleitoral", segundo os seguidores das mentiras do Barão de Munchausen?

    O coordenador geral que ajudou a garantir a votação na CTASP, na CCJ do Senado e no Plenário da isonomia dos chefes de cartório?

    E que se encontrou com Dias Toffoli para pedir a implementação imediata e consegui como resposta do Presidente do TSE a promessa de que em 30 dias haverá uma reunião para tomada final de posição?
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    É este, o inimigo da Justiça Eleitoral?

    O Barão de Munchausen e o Santo Grael.

    O Barão de Munchausen, entre suas grandes aventuras e feitos, tem a de levantar do atoleiro se içando sobre o próprio cabelo.

    Os oportunistas e difamadores de plantão sugerem que "defenem os servidores da eleitoral ao defender a GRAEL" e que sou inimigo da Justiça Eleitoral porque sou contra a GRAEL.

    Bem, já provei por a mais b o quanto eu defendo a Justiça Eleitoral, muito mais que meus detratores.
    Resta a eles provarem que defendem a justiça eleitoral defendendo a GRAEL.

    Por ser a favor da justiça eleitoral SOU RADICALMENTE CONTRA A GRAEL.

    A GRAEL é algo tão oportunista e indefensável que seus defensores sindicais nunca mostram a cara.

    Ficam calados nas assembleias gerais, ficam calados nas plenárias e congressos, ficam calados nas reuniões da Executiva da Fenajufe  e só tem coragem de a defender em áudios do Whatsapp.

    Ora que tipo de política corajosa é esta.

    Em primeiro lugar a categoria inteira condenou a GRAEL, ela foi rejeitada em plenária e em Congresso da categoria.
    Os que a defendem, são tão oportunistas, que nunca a defendem em assembleia geral com todas as justiças, porque temem a reação da justiça do trabalho e da federal.

    E por último, os que a defendem, não sabem explicar como evitarão, ao enviar a proposta de gratificação exclusiva para a justiça eleitoral a fragmentação da categoria.

    O Santo Grael do Barão de Munchausen é ouro de tolo.

    É fundamental lembrar que a carreira exclusiva do STF também é organizada a partir de uma gratificação exclusiva.
    Como poderemos evitar que o STF mande a sua gratificação, se avalizarmos o envio da GRAEL?

    Se a GRAEL tem o pedido inicial de 35% e pode ser reduzido sabe-se lá a quanto no Congresso (20%. 15%, 10%?), como evitar que Justiça Federal e Justiça do Trabalho enviem gratificações correlatas e, em lugar de termos uma luta unificada tenhamos servidores das três justiças matando uns ao outros no Congresso?

    Isto é defender a categoria? Ou é dividir e ajudar o Governo.

    Por fim, a carreira exclusiva do STF não tem valores de 35%, a gratificação é muito maior, seus valores chegam a um teto (sem FCs e CJs) de 27 mil reais.

    Se avalizarmos o envio de gratificação de uma única justiça, como evitaremos o envio das carreiras dos Tribunais Superiores, que tem muito mais força para negociar?

    Será o fim da nossa carreira e de nossa força, em lugar de conseguirmos a GRAEL, conseguiremos isto sim, uma série de gratificações por tribunais, do qual a GRAEL será apenas a caixa de pandora de onde saíram todas as desgraças.
    É verdade, e assumo todas as minhas verdade.

    Eu sou contra a GRAEL por ser a favor dos servidores da Justiça Eleitoral!

    O cálice da Santa GRAEL contém cicuta servida pelo Barão de Munchausen e é ouro de tolo, o início do fim da nossa categoria unificada!



    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    KDOAumento
    KDOAumento
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 40
    Reputação : -1
    Data de inscrição : 07/01/2015

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por KDOAumento em Seg 24 Ago 2015, 11:58 am

    A GRAEL, caso fosse aprovada, estaria disponível para quem assumisse um cargo na JE, assim como a GAE, GAS e o auxílio-moradia, uma discussão se é justo o seu pagamento é de mera política de gestão da Administração Pública.
    Por outro lado, as incorporações são valores que não está disponível para os demais brasileiro, e até mesmo por aqueles que já galgarão um cargo no PJU.
    Defender as incorporações e atacar a GRAEL demonstra a distorção do conceito moral que paira sobre a cabeça de nossos dirigentes sindicais.
    Sou contra a GRAEL, por questão de boa gestão administrativa; mas abomino as incorporações, como um bom brasileiro, que paga os seus impostos em dias e que deseja que ele seja bem empregado, com moralidade e eficiência.
    Jason Xerez
    Jason Xerez
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 191
    Reputação : 8
    Data de inscrição : 05/06/2015

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por Jason Xerez em Seg 24 Ago 2015, 12:41 pm

    Eu tb acho que não seria justo instituir uma gratificação específica para um ramo da justiça, só pelo simples fato de ter ingressado nela. Pelo menos como está proposta. Mas acho que a GRAEL poderia ser instituída no lugar das horas extras, durante o período eleitoral, correspondendo a uma porcentagem do VB. Com isso poderia acabar com esse negócio de ficar fazendo HE no limite, todo mundo ganhava proporcionalmente igual, e os regionais não tinham que ficar fazendo esse controle absurdo de HE.
    Sou técnico da JE, antes que me perguntem.
    No TRE Ceará, onde trabalho, ano passado parece que estavam desconfiando dos servidores. Era um controle absurdo pra fazer horas extras. Ninguém podia trabalhar um segundo a mais do que tinha sido previamente autorizado. A chefia tinha que ADVINHAR quantas HE´s os servidores fariam no mês seguinte. Muito escroto. Se, pela necessidade do serviço, vc tivesse que ficar mais um pouco, era por sua conta e risco. Nem o ponto podia ser batido depois do limite das HE´s.
    Savissimo
    Savissimo
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 526
    Reputação : 552
    Data de inscrição : 18/11/2013

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por Savissimo em Seg 24 Ago 2015, 4:42 pm

    Jason Xerez escreveu:Eu tb acho que não seria justo instituir uma gratificação específica para um ramo da justiça, só pelo simples fato de ter ingressado nela. Pelo menos como está proposta. Mas acho que a GRAEL poderia ser instituída no lugar das horas extras, durante o período eleitoral, correspondendo a uma porcentagem do VB. Com isso poderia acabar com esse negócio de ficar fazendo HE no limite, todo mundo ganhava proporcionalmente igual, e os regionais não tinham que ficar fazendo esse controle absurdo de HE.
    Sou técnico da JE, antes que me perguntem.
    No TRE Ceará, onde trabalho, ano passado parece que estavam desconfiando dos servidores. Era um controle absurdo pra fazer horas extras. Ninguém podia trabalhar um segundo a mais do que tinha sido previamente autorizado. A chefia tinha que ADVINHAR quantas HE´s os servidores fariam no mês seguinte. Muito escroto. Se, pela necessidade do serviço, vc tivesse que ficar mais um pouco, era por sua conta e risco. Nem o ponto podia ser batido depois do limite das HE´s.

    Concordo, por mais que precise (e muito) a GRAEL só se justificaria nesse ponto ou se realmente passaram o Registro Civil Único para nós do eleitoral, no demais, na minha opinião é para dividir a categoria
    Sertanejo
    Sertanejo
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 247
    Reputação : 7
    Data de inscrição : 10/02/2011

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por Sertanejo em Ter 25 Ago 2015, 8:59 am

    E essa nova identidade única que provavelmente será emitida pela Justiça Eleitoral, não vai nos dar mais uma atribuição eminentemente administrativa? Nos diferenciando ainda mais dos demais ramos do Judiciário? Será que não vai ficar mais fácil a aprovação da GRael?
    Jason Xerez
    Jason Xerez
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 191
    Reputação : 8
    Data de inscrição : 05/06/2015

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por Jason Xerez em Ter 25 Ago 2015, 9:20 am

    Sertanejo escreveu:E essa nova identidade única que provavelmente será emitida pela Justiça Eleitoral, não vai nos dar mais uma atribuição eminentemente administrativa? Nos diferenciando ainda mais dos demais ramos do Judiciário? Será que não vai ficar mais fácil a aprovação da GRael?

    Fazendo uma análise reversa, ficaria fácil era pra eles tirarem a GAJ e deixarem a GRAEL. Acho que a forma mais igualitária de se dar alguma coisa pra JE seria instituir uma gratificação pelo serviço extra no período eleitoral. DE julho a novembro, todo servidor da JE teria uma gratificação de 100% em cima do vencimento básico. Pronto.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por Convidado em Ter 25 Ago 2015, 9:25 am

    Vcs tao discutindo o sexo dos anjos. #naovaitergrael
    desta_para_melhor
    desta_para_melhor
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 145
    Reputação : -10
    Data de inscrição : 12/01/2015

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por desta_para_melhor em Ter 25 Ago 2015, 11:53 am

    Jason Xerez escreveu:
    Sertanejo escreveu:E essa nova identidade única que provavelmente será emitida pela Justiça Eleitoral, não vai nos dar mais uma atribuição eminentemente administrativa? Nos diferenciando ainda mais dos demais ramos do Judiciário? Será que não vai ficar mais fácil a aprovação da GRael?

    Fazendo uma análise reversa, ficaria fácil era pra eles tirarem a GAJ e deixarem a GRAEL. Acho que a forma mais igualitária de se dar alguma coisa pra JE seria instituir uma gratificação pelo serviço extra no período eleitoral. DE julho a novembro, todo servidor da JE teria uma gratificação de 100% em cima do vencimento básico. Pronto.

    Os colegas do eleitoral recebem GAJ sendo que não atuam com processos judiciais (exceto período de eleição). Pra qualquer serviço a mais (tirar identidade) querem receber outra gratificação? Então essa gratificação seria apenas para os servidores lotados em cartórios eleitorais?

    E a JE é sabidamente o local onde menos se trabalha.
    Savissimo
    Savissimo
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 526
    Reputação : 552
    Data de inscrição : 18/11/2013

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por Savissimo em Ter 25 Ago 2015, 12:05 pm

    desta_para_melhor escreveu:
    Jason Xerez escreveu:
    Sertanejo escreveu:E essa nova identidade única que provavelmente será emitida pela Justiça Eleitoral, não vai nos dar mais uma atribuição eminentemente administrativa? Nos diferenciando ainda mais dos demais ramos do Judiciário? Será que não vai ficar mais fácil a aprovação da GRael?

    Fazendo uma análise reversa, ficaria fácil era pra eles tirarem a GAJ e deixarem a GRAEL. Acho que a forma mais igualitária de se dar alguma coisa pra JE seria instituir uma gratificação pelo serviço extra no período eleitoral. DE julho a novembro, todo servidor da JE teria uma gratificação de 100% em cima do vencimento básico. Pronto.

    Os colegas do eleitoral recebem GAJ sendo que não atuam com processos judiciais (exceto período de eleição). Pra qualquer serviço a mais (tirar identidade) querem receber outra gratificação? Então essa gratificação seria apenas para os servidores lotados em cartórios eleitorais?

    E a JE é sabidamente o local onde menos se trabalha.

    Fale por você, já trabalhei em Zona Eleitoral com aproximadamente 400 IPF's em trâmite, várias AP's consequente dos inquéritos, em torno de 40 Representações por doação acima de limite legal com dois servidores dentro do cartório (contando comigo), sem OJ, sem carro e dividindo o banheiro com uma criação de morcegos.

    Isso em ZE única, responsável por registro, mesário, fiscalização e prestação de contas.

    Por outro lado, há Zonas que realmente nunca viram sequer uma Carta Precatória na vida e que a única preocupação na eleição, além da logisitica é o treinamento de mesários.
    Jason Xerez
    Jason Xerez
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 191
    Reputação : 8
    Data de inscrição : 05/06/2015

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por Jason Xerez em Ter 25 Ago 2015, 12:59 pm

    Sem contar que os processos judiciais que trabalhamos têm que ser julgados rapidamente, pra que ainda tenham algum efeito nas Eleições. Daí vc tira Registro de candidatura, Ação de Impugnação de Registro de Candidatura, AIJE, AIME, PRESTAÇÃO DE CONTAS, RCD, Representações de propaganda irregular, fiscalização de propaganda irregular, PLANTÃO do fim de semana, etc.
    A conversa é sempre essa: A grama do vizinho sempre é mais verde...
    avatar
    Convidado
    Convidado

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por Convidado em Ter 25 Ago 2015, 1:02 pm

    Tribunais nao sao movidos só por atvidades judiciais, mas tambem pelas atividades meio, que servem de apoio àquelas. Eu trabalho na parte admn/orçamentaária da JE e tenho trabalho o ano inteirinho. Faço jus à GAJ.
    Sertanejo
    Sertanejo
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 247
    Reputação : 7
    Data de inscrição : 10/02/2011

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por Sertanejo em Ter 25 Ago 2015, 1:03 pm

    Jason Xerez escreveu:Sem contar que os processos judiciais que trabalhamos têm que ser julgados rapidamente, pra que ainda tenham algum efeito nas Eleições. Daí vc tira Registro de candidatura, Ação de Impugnação de Registro de Candidatura, AIJE, AIME, PRESTAÇÃO DE CONTAS, RCD, Representações de propaganda irregular, fiscalização de propaganda irregular, PLANTÃO do fim de semana, etc.
    A conversa é sempre essa: A grama do vizinho sempre é mais verde...

    Isso mesmo. Tem que ser julgados rapidamente. Para isso somos ameaçados com a abertura de PAD, inclusive.
    desta_para_melhor
    desta_para_melhor
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 145
    Reputação : -10
    Data de inscrição : 12/01/2015

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por desta_para_melhor em Ter 25 Ago 2015, 1:24 pm

    Sertanejo escreveu:
    Jason Xerez escreveu:Sem contar que os processos judiciais que trabalhamos têm que ser julgados rapidamente, pra que ainda tenham algum efeito nas Eleições. Daí vc tira Registro de candidatura, Ação de Impugnação de Registro de Candidatura, AIJE, AIME, PRESTAÇÃO DE CONTAS, RCD, Representações de propaganda irregular, fiscalização de propaganda irregular, PLANTÃO do fim de semana, etc.
    A conversa é sempre essa: A grama do vizinho sempre é mais verde...

    Isso mesmo. Tem que ser julgados rapidamente. Para isso somos ameaçados com a abertura de PAD, inclusive.

    Essa realidade de vocês dura 6 meses a cada 4 anos, com direito a gordas horas extras.
    Qual atividade existe num cartório eleitoral em ano não eleitoral? Tirar título e fazer certidão. Se disser que tem prestação de contas eu já respondo que 99% são zeradas.
    Quer comparar com quem convive com milhares de processos diariamente sem receber nada a mais por isso?
    Savissimo
    Savissimo
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 526
    Reputação : 552
    Data de inscrição : 18/11/2013

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por Savissimo em Ter 25 Ago 2015, 1:49 pm

    desta_para_melhor escreveu:
    Sertanejo escreveu:
    Jason Xerez escreveu:Sem contar que os processos judiciais que trabalhamos têm que ser julgados rapidamente, pra que ainda tenham algum efeito nas Eleições. Daí vc tira Registro de candidatura, Ação de Impugnação de Registro de Candidatura, AIJE, AIME, PRESTAÇÃO DE CONTAS, RCD, Representações de propaganda irregular, fiscalização de propaganda irregular, PLANTÃO do fim de semana, etc.
    A conversa é sempre essa: A grama do vizinho sempre é mais verde...

    Isso mesmo. Tem que ser julgados rapidamente. Para isso somos ameaçados com a abertura de PAD, inclusive.

    Essa realidade de vocês dura 6 meses a cada 4 anos, com direito a gordas horas extras.
    Qual atividade existe num cartório eleitoral em ano não eleitoral? Tirar título e fazer certidão. Se disser que tem prestação de contas eu já respondo que 99% são zeradas.
    Quer comparar com quem convive com milhares de processos diariamente sem receber nada a mais por isso?


    De fato, não trocaria a JE por nenhuma outra, deve ser horrível chegar com a mesa cheia de Processos, esvazia e no dia seguinte, tá cheia de novo.

    Aqui nós contruimos um Protocolo que vemos o início, meio e fim, nunca é repetitivo, nesses quase 10 anos de Justiça Eleitoral já fui OJ, Palestrante, Tutor, Fiscal, Cozinheiro, Contador, Carimbador, Telefonista, TI, Etc...
    Wills
    Wills
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 267
    Reputação : 4
    Data de inscrição : 13/07/2010
    Localização : Rio de Janeiro

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por Wills em Ter 25 Ago 2015, 4:29 pm

    desta_para_melhor escreveu:
    Sertanejo escreveu:
    Jason Xerez escreveu:Sem contar que os processos judiciais que trabalhamos têm que ser julgados rapidamente, pra que ainda tenham algum efeito nas Eleições. Daí vc tira Registro de candidatura, Ação de Impugnação de Registro de Candidatura, AIJE, AIME, PRESTAÇÃO DE CONTAS, RCD, Representações de propaganda irregular, fiscalização de propaganda irregular, PLANTÃO do fim de semana, etc.
    A conversa é sempre essa: A grama do vizinho sempre é mais verde...

    Isso mesmo. Tem que ser julgados rapidamente. Para isso somos ameaçados com a abertura de PAD, inclusive.

    Essa realidade de vocês dura 6 meses a cada 4 anos, com direito a gordas horas extras.
    Qual atividade existe num cartório eleitoral em ano não eleitoral? Tirar título e fazer certidão. Se disser que tem prestação de contas eu já respondo que 99% são zeradas.
    Quer comparar com quem convive com milhares de processos diariamente sem receber nada a mais por isso?

    Nobre colega, a menos que a reforma política tenha mudado algo, que eu saiba nós temos eleições a cada 2 anos, e não a cada 4 anos Rolling Eyes
    desta_para_melhor
    desta_para_melhor
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 145
    Reputação : -10
    Data de inscrição : 12/01/2015

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por desta_para_melhor em Ter 25 Ago 2015, 5:31 pm

    Wills escreveu:
    desta_para_melhor escreveu:
    Sertanejo escreveu:
    Jason Xerez escreveu:Sem contar que os processos judiciais que trabalhamos têm que ser julgados rapidamente, pra que ainda tenham algum efeito nas Eleições. Daí vc tira Registro de candidatura, Ação de Impugnação de Registro de Candidatura, AIJE, AIME, PRESTAÇÃO DE CONTAS, RCD, Representações de propaganda irregular, fiscalização de propaganda irregular, PLANTÃO do fim de semana, etc.
    A conversa é sempre essa: A grama do vizinho sempre é mais verde...

    Isso mesmo. Tem que ser julgados rapidamente. Para isso somos ameaçados com a abertura de PAD, inclusive.

    Essa realidade de vocês dura 6 meses a cada 4 anos, com direito a gordas horas extras.
    Qual atividade existe num cartório eleitoral em ano não eleitoral? Tirar título e fazer certidão. Se disser que tem prestação de contas eu já respondo que 99% são zeradas.
    Quer comparar com quem convive com milhares de processos diariamente sem receber nada a mais por isso?

    Nobre colega, a menos que a reforma política tenha mudado algo, que eu saiba nós temos eleições a cada 2 anos, e não a cada 4 anos Rolling Eyes

    Registro de candidatura, Ação de Impugnação de Registro de Candidatura, AIJE, AIME, PRESTAÇÃO DE CONTAS, RCD tem a cada 4 anos ou a cada 2 anos?
    PCS-TRE
    PCS-TRE
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1771
    Reputação : 154
    Data de inscrição : 27/02/2015

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por PCS-TRE em Ter 25 Ago 2015, 6:37 pm

    Não haverá GRAEL. No ponto de vista do STF e do governo, só será uma porteira pra passar a boiada. Sendo justa ou não essa gratificação e eu não vou entrar nesse mérito, o fato é que ela será precedente para a gratificação de jurisdição constitucional, a gratificação de jurisdição federal, a gratificação de jurisdição trabalhista e todas mais que vocês imaginarem. Por isso, eles não vão permitir que uma brecha seja aberta.

    Se eles quisessem mais despesas com a peãozada teriam deixado passar o PL 7920/PLC 28.
    jmchaves
    jmchaves
    Novo Usuário

    Mensagens : 17
    Reputação : 2
    Data de inscrição : 29/10/2014

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por jmchaves em Qua 26 Ago 2015, 8:29 am

    desta_para_melhor escreveu:
    Jason Xerez escreveu:
    Sertanejo escreveu:E essa nova identidade única que provavelmente será emitida pela Justiça Eleitoral, não vai nos dar mais uma atribuição eminentemente administrativa? Nos diferenciando ainda mais dos demais ramos do Judiciário? Será que não vai ficar mais fácil a aprovação da GRael?

    Fazendo uma análise reversa, ficaria fácil era pra eles tirarem a GAJ e deixarem a GRAEL. Acho que a forma mais igualitária de se dar alguma coisa pra JE seria instituir uma gratificação pelo serviço extra no período eleitoral. DE julho a novembro, todo servidor da JE teria uma gratificação de 100% em cima do vencimento básico. Pronto.

    Os colegas do eleitoral recebem GAJ sendo que não atuam com processos judiciais (exceto período de eleição). Pra qualquer serviço a mais (tirar identidade) querem receber outra gratificação? Então essa gratificação seria apenas para os servidores lotados em cartórios eleitorais?

    E a JE é sabidamente o local onde menos se trabalha.

    Tá sabendo muito...


    Na minha Zona, em ano não eleitoral recebemos as prestação de contas partidárias, as representação por doação acima do limite e por propaganda extemporânea e as ações penais decorrentes dos inquéritos do período de eleição.

    Vale salientar ainda que algumas ações o prazo para ingresso termina após o período eleitoral. Posso citar o RCED, a AIME e a AIJE. Sem falar nas prestação de contas de campanhas dos candidatos não eleitos que ficam pra depois da eleição.

    Deste modo, não fale o que não sabe, não exteriorize a sua torpeza.
    Wills
    Wills
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 267
    Reputação : 4
    Data de inscrição : 13/07/2010
    Localização : Rio de Janeiro

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por Wills em Qua 26 Ago 2015, 10:56 am

    Querem que a Justiça Eleitoral passe a ser responsável pelo RCN, e com Biometria, sem ter melhoria no quadro de pessoal, sem melhoria nas instalações dos cartórios, sem treinamento adequando e sem gratificação por executar mais esta tarefa que transformará o serviço num verdadeiro caos do jeito que estão nos empurrando mais essa tarefa. O que me surpreende é ver colegas de outras justiças revoltadissimos com a minima possibilidade de conseguirmos a GRAEL. Isso só prova que tem gente que fica mais feliz lutando para o outro se dar mal do que para ele mesmo se dar bem.

    E ainda justificam dizendo que o Governo não vai dar, que tem o Ajuste Fiscal, etc. Mas essas justificativas deveriam vir apenas do outro lado (Governo) e não de dentro do próprio judiciário. Afinal já temos várias gratificações que são específicas de setores do judiciário, como na trabalhista, GAE, GAS, Etc., que não levaram nem o Governo a falência nem o Judiciário ao caos da desunião, como os "colegas" afirmam que acontecerá se a GRAEL for aprovada.

    Já estamos completando uma década de luta por um reajuste digno que o Governo não quer dar. Enquanto isso são esses reajustes nos Planos de Saúde, Alimentação, Gratificações, etc., que vão dando conta do "leitinho das crianças" como disse nosso "Pai Institucional", Lewandowiski.

    Eu sou a favor que venha a gratificação Eleitoral, Trabalhista, do MPU, etc. Esse Governo já nos tirou muito e temos que reaver de alguma forma.

    Ah, e fico surpreso de ver que tem gente que ainda dá ouvidos às palavras de um elemento que diz que "entre o nosso reajuste e a Dilmá, dane-se o nosso reajuste".


    Viva a Grael !!!!
    Jason Xerez
    Jason Xerez
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 191
    Reputação : 8
    Data de inscrição : 05/06/2015

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por Jason Xerez em Qua 26 Ago 2015, 12:24 pm

    desta_para_melhor escreveu:
    Sertanejo escreveu:
    Jason Xerez escreveu:Sem contar que os processos judiciais que trabalhamos têm que ser julgados rapidamente, pra que ainda tenham algum efeito nas Eleições. Daí vc tira Registro de candidatura, Ação de Impugnação de Registro de Candidatura, AIJE, AIME, PRESTAÇÃO DE CONTAS, RCD, Representações de propaganda irregular, fiscalização de propaganda irregular, PLANTÃO do fim de semana, etc.
    A conversa é sempre essa: A grama do vizinho sempre é mais verde...

    Isso mesmo. Tem que ser julgados rapidamente. Para isso somos ameaçados com a abertura de PAD, inclusive.

    Essa realidade de vocês dura 6 meses a cada 4 anos, com direito a gordas horas extras.
    Qual atividade existe num cartório eleitoral em ano não eleitoral? Tirar título e fazer certidão. Se disser que tem prestação de contas eu já respondo que 99% são zeradas.
    Quer comparar com quem convive com milhares de processos diariamente sem receber nada a mais por isso?

    Gordas horas extras???? ONDE QUEM QUANDO COMO???
    Amigo, vc acha que 5 mil durante o periodo eleitoral INTEIRO pode ser chamado de GORDAS HORAS EXTRAS? Pra trabalhar de manhã, de tarde e de noite, sábado, domingo e feriado durante 4 meses? Eu troco com Fc4 ou 5 na JF pra trabalhar muito igual vc fala ai?
    De qqr forma, pouco contribui essa discussão. Quem for falar do outro aqui, sempre vai achar argumentos de que um ou outro é melhor ou pior. Se fossem agora instituir a GAJ pra JF ou JT, iria chegar alguém aqui discutindo a mesma coisa.
    Se a JE fosse muito boa como vc disse, tava chovendo de gente querendo fazer redistribuição ou permuta pra cá, não acha?
    avatar
    Convidado
    Convidado

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por Convidado em Qua 26 Ago 2015, 12:28 pm

    Wills escreveu:Querem que a Justiça Eleitoral passe a ser responsável pelo RCN, e com Biometria, sem ter melhoria no quadro de pessoal, sem melhoria nas instalações dos cartórios, sem treinamento adequando e sem gratificação por executar mais esta tarefa que transformará o serviço num verdadeiro caos do jeito que estão nos empurrando mais essa tarefa. O que me surpreende é ver colegas de outras justiças revoltadissimos com a minima possibilidade de conseguirmos a GRAEL. Isso só prova que tem gente que fica mais feliz lutando para o outro se dar mal do que para ele mesmo se dar bem.

    E ainda justificam dizendo que o Governo não vai dar, que tem o Ajuste Fiscal, etc. Mas essas justificativas deveriam vir apenas do outro lado (Governo) e não de dentro do próprio judiciário. Afinal já temos várias gratificações que são específicas de setores do judiciário, como na trabalhista, GAE, GAS, Etc., que não levaram nem o Governo a falência nem o Judiciário ao caos da desunião, como os "colegas" afirmam que acontecerá se a GRAEL for aprovada.

    Já estamos completando uma década de luta por um reajuste digno que o Governo não quer dar. Enquanto isso são esses reajustes nos Planos de Saúde, Alimentação, Gratificações, etc., que vão dando conta do "leitinho das crianças" como disse nosso "Pai Institucional", Lewandowiski.

    Eu sou a favor que venha a gratificação Eleitoral, Trabalhista, do MPU, etc. Esse Governo já nos tirou muito e temos que reaver de alguma forma.

    Ah, e fico surpreso de ver que tem gente que ainda dá ouvidos às palavras de um elemento que diz que "entre o nosso reajuste e a Dilmá, dane-se o nosso reajuste".


    Viva a Grael !!!!

    Putz, quanto a esses elementos, creio que são mais de um, só uma palavra os definem: escrotos.
    desta_para_melhor
    desta_para_melhor
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 145
    Reputação : -10
    Data de inscrição : 12/01/2015

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por desta_para_melhor em Qua 26 Ago 2015, 12:32 pm

    Wills escreveu:Querem que a Justiça Eleitoral passe a ser responsável pelo RCN, e com Biometria, sem ter melhoria no quadro de pessoal, sem melhoria nas instalações dos cartórios, sem treinamento adequando e sem gratificação por executar mais esta tarefa que transformará o serviço num verdadeiro caos do jeito que estão nos empurrando mais essa tarefa. O que me surpreende é ver colegas de outras justiças revoltadissimos com a minima possibilidade de conseguirmos a GRAEL. Isso só prova que tem gente que fica mais feliz lutando para o outro se dar mal do que para ele mesmo se dar bem.

    E ainda justificam dizendo que o Governo não vai dar, que tem o Ajuste Fiscal, etc. Mas essas justificativas deveriam vir apenas do outro lado (Governo) e não de dentro do próprio judiciário. Afinal já temos várias gratificações que são específicas de setores do judiciário, como na trabalhista, GAE, GAS, Etc., que não levaram nem o Governo a falência nem o Judiciário ao caos da desunião, como os "colegas" afirmam que acontecerá se a GRAEL for aprovada.

    Já estamos completando uma década de luta por um reajuste digno que o Governo não quer dar. Enquanto isso são esses reajustes nos Planos de Saúde, Alimentação, Gratificações, etc., que vão dando conta do "leitinho das crianças" como disse nosso "Pai Institucional", Lewandowiski.

    Eu sou a favor que venha a gratificação Eleitoral, Trabalhista, do MPU, etc. Esse Governo já nos tirou muito e temos que reaver de alguma forma.

    Ah, e fico surpreso de ver que tem gente que ainda dá ouvidos às palavras de um elemento que diz que "entre o nosso reajuste e a Dilmá, dane-se o nosso reajuste".


    Viva a Grael !!!!


    "Afinal já temos várias gratificações que são específicas de setores do judiciário, como na trabalhista,"

    Qual é a gratificação específica da trabalhista?
    Jason Xerez
    Jason Xerez
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 191
    Reputação : 8
    Data de inscrição : 05/06/2015

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por Jason Xerez em Qua 26 Ago 2015, 12:34 pm

    É complicada a situação. É Justiça contra justiça, incorporado contra não incorporado, e por ai vai. Por isso que a gente não consegue POR.... RA nenhuma.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por Convidado em Qua 26 Ago 2015, 1:57 pm

    Sou da Justiça Eleitoral e a GRAEL seria uma "diliça", mas também se poderia angariar justificativas para a criação da GRATRAB, GRAFED, e assim vai... cada ramo tem suas peculiaridades. Por isso bem difícil disso passar. Seria um reajuste de mais 35% sobre o VB pra todo mundo (o que seria muito do merecido, considerando os anos sem reposição).

    seu Mamute de Estimação
    seu Mamute de Estimação
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 409
    Reputação : 15
    Data de inscrição : 18/07/2014

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por seu Mamute de Estimação em Qua 26 Ago 2015, 11:43 pm

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    O plenário do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) aprovou, na sessão de terça-feira (25/Cool, a emissão de dez pareceres de mérito em anteprojetos de lei relativos à criação de cargos em sete Tribunais Regionais do Trabalho (TRTs) e no Superior Tribunal de Justiça (STJ). A emissão de pareceres do CNJ em projetos de lei que resultem em aumento de gastos com pessoal no Poder Judiciário é determinada pela Lei 13.080/2015. Após a aprovação do plenário, o parecer é encaminhado ao Congresso Nacional para servir de subsídio à análise dos anteprojetos feita pelos parlamentares.
    .........................................................................................................
    Gratificação – O plenário também concluiu o julgamento do anteprojeto de lei enviado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para a criação da Gratificação da Justiça Eleitoral (Grael). Após vista regimental, o conselheiro Fabiano Silveira acompanhou o voto do relator, Rubens Curado, pela improcedência do pedido. Para o relator, a criação da gratificação na Justiça eleitoral resultaria na quebra da isonomia da política de remuneração dos servidores do Judiciário da União.

    Conferir parecer favorável ao projeto de lei em tela, na forma como apresentado, representaria autorizar a quebra da paridade de carreiras e de remuneração do Poder Judiciário da União. Significaria, em última análise, uma decisão do CNJ na contramão de uma política há anos instituída pelo STF”, diz o voto do relator, que foi acompanhado por todos os demais conselheiros, com exceção da conselheira Deborah Ciocci e do ministro Ricardo Lewandowski (Parecer de Mérito sobre Anteprojeto de Lei 0004702-28.2014.2.00.0000).
    avatar
    Convidado
    Convidado

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por Convidado em Qua 26 Ago 2015, 11:52 pm

    Lewa...quem diria rs...
    seu Mamute de Estimação
    seu Mamute de Estimação
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 409
    Reputação : 15
    Data de inscrição : 18/07/2014

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por seu Mamute de Estimação em Qua 26 Ago 2015, 11:58 pm

    noexcuses escreveu:Lewa...quem diria rs...

    ele quer mais é que nosso circo pegue fogo, de preferência com todos nós dentro, enquanto ele prepara a carreira própria do pessoal do stf e o submamutesídio dos capas
    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8695
    Reputação : 245
    Data de inscrição : 14/07/2010

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por darkshi em Qui 27 Ago 2015, 1:20 am

    Fui o idealizador da GRAEL e hoje pessoalmente não acredito em sua aprovação.
    Pq não acredito? PQ existe interesse zero da adm do PJU em valorizar as pontas do judiciário, mesmo que seja de um ramo só.

    A carreira do PJU como conhecemos morreu. Mas o que virá disto eu não tenho a minima ideia.. Mas tenho a impressão que irão sacrificar muitos para salvar poucos.

    No mais aos que estão palpitando sobre o trabalho na JE. Depois reclamam dos advogados a união e dos delegados que nos rebaixaram a serviço de segunda.
    Servidor público tem que aprender a parar de falar mal do serviço dos outros. Isto não trás ganho a ninguém.
    Wills
    Wills
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 267
    Reputação : 4
    Data de inscrição : 13/07/2010
    Localização : Rio de Janeiro

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por Wills em Qui 27 Ago 2015, 12:03 pm

    seu Mamute de Estimação escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    O plenário do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) aprovou, na sessão de terça-feira (25/Cool, a emissão de dez pareceres de mérito em anteprojetos de lei relativos à criação de cargos em sete Tribunais Regionais do Trabalho (TRTs) e no Superior Tribunal de Justiça (STJ). A emissão de pareceres do CNJ em projetos de lei que resultem em aumento de gastos com pessoal no Poder Judiciário é determinada pela Lei 13.080/2015. Após a aprovação do plenário, o parecer é encaminhado ao Congresso Nacional para servir de subsídio à análise dos anteprojetos feita pelos parlamentares.
    .........................................................................................................
    Gratificação – O plenário também concluiu o julgamento do anteprojeto de lei enviado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para a criação da Gratificação da Justiça Eleitoral (Grael). Após vista regimental, o conselheiro Fabiano Silveira acompanhou o voto do relator, Rubens Curado, pela improcedência do pedido. Para o relator, a criação da gratificação na Justiça eleitoral resultaria na quebra da isonomia da política de remuneração dos servidores do Judiciário da União.

    Conferir parecer favorável ao projeto de lei em tela, na forma como apresentado, representaria autorizar a quebra da paridade de carreiras e de remuneração do Poder Judiciário da União. Significaria, em última análise, uma decisão do CNJ na contramão de uma política há anos instituída pelo STF”, diz o voto do relator, que foi acompanhado por todos os demais conselheiros, com exceção da conselheira Deborah Ciocci e do ministro Ricardo Lewandowski (Parecer de Mérito sobre Anteprojeto de Lei 0004702-28.2014.2.00.0000).

    Agora sim, notícia oficial...Nada de GRAEL. Nós não merecemos.

    E que venha o RCN, o Recadastramento Biométrico, e a piada de reajuste parcelado até 2020.

    Vão empurrar tudo quanto é porcaria para a Justiça Eleitoral fazer, afinal, todos consideram nosso serviço como uma porcaria, inclusive nossos colegas de Judiciário e da própria justiça eleitoral que não sabem se valorizar.

    Deve ser por isso que ontem atendi a uma eleitora que queria tirar a  2ª via da identidade e quando expliquei a ela que ela estava em um cartório, ela disse que queria pegar o resultado dos exames que ela havia feito e que disseram a ela que nós poderiamos fornecer. Expliquei novamente o que faziamos e ela saiu reclamando que "quando nós precisamos de voto sabemos pedir, mas quando os eleitores precisam de nós, não queremos trabalhar".

    Então, colegas, já deve estar se espalhando a notícia de que no cartório eleitoral o povo vai poder tirar título de eleitor, certidão de óbito, certidão de nascimento, Carteira de Motorista, e até resultados de exames médicos...entre outras coisas. Em breve teremos aquelas máquinas que vendem refrigerante dentro dos cartórios e plaquinhas informando que "Tiramos Xerox: preto e branco  R$ 15 centavos - Colorido R$ 20 centavos", ao lado de um frizer cheio de sorvetes da Kibon e todos os servidores vestindo camisetas escrito "Posso Ajudar ?" na frente e atras uma propaganda da Petrobras.


    Palmas para nós da Justiça Eleitoral:cheers: cheers cheers cheers
    avatar
    Convidado
    Convidado

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por Convidado em Qui 27 Ago 2015, 1:36 pm

    Wills escreveu:
    seu Mamute de Estimação escreveu:http://www.cnj.jus.br/noticias/cnj/80293-cnj-aprova-pareceres-sobre-criacao-de-cargos-na-justica-trabalhista-e-no-stj


    O plenário do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) aprovou, na sessão de terça-feira (25/Cool, a emissão de dez pareceres de mérito em anteprojetos de lei relativos à criação de cargos em sete Tribunais Regionais do Trabalho (TRTs) e no Superior Tribunal de Justiça (STJ). A emissão de pareceres do CNJ em projetos de lei que resultem em aumento de gastos com pessoal no Poder Judiciário é determinada pela Lei 13.080/2015. Após a aprovação do plenário, o parecer é encaminhado ao Congresso Nacional para servir de subsídio à análise dos anteprojetos feita pelos parlamentares.
    .........................................................................................................
    Gratificação – O plenário também concluiu o julgamento do anteprojeto de lei enviado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para a criação da Gratificação da Justiça Eleitoral (Grael). Após vista regimental, o conselheiro Fabiano Silveira acompanhou o voto do relator, Rubens Curado, pela improcedência do pedido. Para o relator, a criação da gratificação na Justiça eleitoral resultaria na quebra da isonomia da política de remuneração dos servidores do Judiciário da União.

    Conferir parecer favorável ao projeto de lei em tela, na forma como apresentado, representaria autorizar a quebra da paridade de carreiras e de remuneração do Poder Judiciário da União. Significaria, em última análise, uma decisão do CNJ na contramão de uma política há anos instituída pelo STF”, diz o voto do relator, que foi acompanhado por todos os demais conselheiros, com exceção da conselheira Deborah Ciocci e do ministro Ricardo Lewandowski (Parecer de Mérito sobre Anteprojeto de Lei 0004702-28.2014.2.00.0000).

    Agora sim, notícia oficial...Nada de GRAEL. Nós não merecemos.

    E que venha o RCN, o Recadastramento Biométrico, e a piada de reajuste parcelado até 2020.

    Vão empurrar tudo quanto é porcaria para a Justiça Eleitoral fazer, afinal, todos consideram nosso serviço como uma porcaria, inclusive nossos colegas de Judiciário e da própria justiça eleitoral que não sabem se valorizar.

    Deve ser por isso que ontem atendi a uma eleitora que queria tirar a  2ª via da identidade e quando expliquei a ela que ela estava em um cartório, ela disse que queria pegar o resultado dos exames que ela havia feito e que disseram a ela que nós poderiamos fornecer. Expliquei novamente o que faziamos e ela saiu reclamando que "quando nós precisamos de voto sabemos pedir, mas quando os eleitores precisam de nós, não queremos trabalhar".

    Então, colegas, já deve estar se espalhando a notícia de que no cartório eleitoral o povo vai poder tirar título de eleitor, certidão de óbito, certidão de nascimento, Carteira de Motorista, e até resultados de exames médicos...entre outras coisas. Em breve teremos aquelas máquinas que vendem refrigerante dentro dos cartórios e plaquinhas informando que "Tiramos Xerox: preto e branco  R$ 15 centavos - Colorido R$ 20 centavos", ao lado de um frizer cheio de sorvetes da Kibon e todos os servidores vestindo camisetas escrito "Posso Ajudar ?" na frente e atras uma propaganda da Petrobras.


    Palmas para nós da Justiça Eleitoral:cheers: cheers cheers cheers

    Se puder vender cerveja to dentro...hahaha

    Acredito que se esse negócio do RCN vingar mesmo, a GRAEL pode ressurgir das cinzas.. mas, por enquanto, não.

    Até pq teriam que criar mais vagas ainda para os cartórios eleitorais, olha o gasto de dinheiro...mas também, dinheiro nem importa pra esse pessoal, olhem o gasto absurdo de dinheiro para a biometeria e o resultado pífio das leituras. #querovernodiadaeleição

    Sertanejo
    Sertanejo
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 247
    Reputação : 7
    Data de inscrição : 10/02/2011

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por Sertanejo em Qui 27 Ago 2015, 1:54 pm

    Transforma logo a eleitoral numa agência reguladora, que é o que ela efetivamente é, e paga pra nós os salários dos analistas e especialistas das agências. Tudo resolvido.
    Luís Jr
    Luís Jr
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 95
    Reputação : 41
    Data de inscrição : 01/06/2015

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por Luís Jr em Qui 27 Ago 2015, 2:24 pm

    Sertanejo escreveu:Transforma logo a eleitoral numa agência reguladora, que é o que ela efetivamente é, e paga pra nós os salários dos analistas e especialistas das agências. Tudo resolvido.

    Gostei da idéia. Assim faremos um papel administrativo, que deveria ser de fato nossa atribuição. Ser subordinado a juiz estadual que nada sabe a respeito de eleição é soda...
    avatar
    Lunático
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 549
    Reputação : 53
    Data de inscrição : 13/08/2010

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por Lunático em Qui 27 Ago 2015, 4:38 pm

    Sertanejo escreveu:Transforma logo a eleitoral numa agência reguladora, que é o que ela efetivamente é, e paga pra nós os salários dos analistas e especialistas das agências. Tudo resolvido.
    +1
    Tem que extirpar a função jurisdicional, tirar os "gestores" bacharéis em Direito e só atender mediante convênio com Prefeitura. Papel da JE é gerir o processo e o cadastro. Só.
    Ricardo_TRE_RJ
    Ricardo_TRE_RJ
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 124
    Reputação : 12
    Data de inscrição : 01/06/2015

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por Ricardo_TRE_RJ em Qui 27 Ago 2015, 5:02 pm

    Gente quem aprova ou deixa de aprovar a GRAEL ou afim é o Congresso e nao o CNJ! bounce bounce bounce bounce bounce
    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8695
    Reputação : 245
    Data de inscrição : 14/07/2010

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por darkshi em Qua 14 Out 2015, 4:05 pm

    Gostei da ideia de criar uma autarquia eleitoral e transferir toda responsabilidade da execução eleitoral para esta autarquia.
    SJA
    SJA
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 349
    Reputação : 23
    Data de inscrição : 27/04/2011

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por SJA em Qua 14 Out 2015, 4:29 pm

    darkshi escreveu:Gostei da ideia de criar uma autarquia eleitoral e transferir toda responsabilidade da execução eleitoral para esta autarquia.  

    E nós seriamos vinculados ao poder executivo?? Carreirão de vez?
    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8695
    Reputação : 245
    Data de inscrição : 14/07/2010

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por darkshi em Qua 14 Out 2015, 4:41 pm

    SJA escreveu:
    darkshi escreveu:Gostei da ideia de criar uma autarquia eleitoral e transferir toda responsabilidade da execução eleitoral para esta autarquia.  

    E nós seriamos vinculados ao poder executivo?? Carreirão de vez?

    Obvio que não.
    Continuaríamos vinculados ao poder judiciário.

    Mas isto é completa e total especulação.
    Lula Molusco
    Lula Molusco
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3722
    Reputação : 2293
    Data de inscrição : 10/05/2015

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por Lula Molusco em Qui 15 Out 2015, 12:28 am

    GRAEL? Duvido que passe. Foi "gestada" apenas para "conter" a greve na JE.
    PCS-TRE
    PCS-TRE
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1771
    Reputação : 154
    Data de inscrição : 27/02/2015

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por PCS-TRE em Ter 16 Fev 2016, 5:33 pm

    O CNJ se pronunciou sobre a GRAEL.

    Por enquanto não aparece o conteúdo do ofício.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    Lula Molusco
    Lula Molusco
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3722
    Reputação : 2293
    Data de inscrição : 10/05/2015

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por Lula Molusco em Ter 16 Fev 2016, 6:22 pm

    Sertanejo escreveu:Transforma logo a eleitoral numa agência reguladora, que é o que ela efetivamente é, e paga pra nós os salários dos analistas e especialistas das agências. Tudo resolvido.

    Vander vai adorar essa ideia, pois mudará o modelo.

    kkkk

    Conteúdo patrocinado

    GRAEL Empty Re: GRAEL

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Dom 25 Ago 2019, 3:31 pm