PCS JÁ



    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Morena
    Morena
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2770
    Reputação : 637
    Data de inscrição : 01/06/2015

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por Morena em Sex 04 Set 2015, 1:30 pm

    wlalve escreveu:GALERA DO RIO DE JANEIRO HOJE TEM ASSEMBLEIA AS 15HORAS NA CANDELARIA PARA AVALIAÇÃO DA GREVE ETC. NÃO VAMOS DEIXAR O SINDICATO DECIDIR POR NÓS TODOS QUE ESTÃO FOCADOS NA DERRUBADA DO VETO COMO UNICA ESTRATÉGIA NO MOMENTO DEVEM COMPARECER, PARA NÃO DEIXAR QUE MANOBRAS OU OUTRAS OPINIÕES PREVALEÇAM.

    like like like like like
    titanium
    titanium
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Cargo : TJTI
    Mensagens : 114
    Reputação : 4
    Data de inscrição : 18/10/2012

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por titanium em Sex 04 Set 2015, 1:31 pm

    Alguém aí desenhe para o colega que Nosso ÚNICO Objetivo é: BRIGAR PELA DERRUBADA DO VETO!!!
    pirat


    Qualquer discussão diversa disso não deve ser tratada aqui, mesmo por que ESSE TÓPICO TRATA Tão somente do 7920 e PLC28.

    Basketball


    Simbora!
    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8695
    Reputação : 245
    Data de inscrição : 14/07/2010

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por darkshi em Sex 04 Set 2015, 1:32 pm

    Consultor Judiciário escreveu:Dilma falou que já cortou tudo que podia - só falta cortar o pescoço !! (Alguém diz pra ela ?!)

    Um dos motivos que o Congresso não está dando trégua a ela é pq sabem que nem de longe ela cortou tudo que podia. Sabem que ela está jogando a batata quente nas mãos dos congressistas sem nem ter tentado nem a metade do que pode para cortar gastos.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por Convidado em Sex 04 Set 2015, 1:37 pm

    Sabemos daski mas enquanto isso o país afunda mais !!! Digno seria ela renunciar !!!!! Antes tarde que nunca .as os Pt são tão idiotas que preferem ferrar o país !!!!
    Flurj
    Flurj
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 498
    Reputação : 10
    Data de inscrição : 06/07/2010

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por Flurj em Sex 04 Set 2015, 1:52 pm

    Rio ta em greve ?
    Morena escreveu:
    wlalve escreveu:GALERA DO RIO DE JANEIRO HOJE TEM ASSEMBLEIA AS 15HORAS NA CANDELARIA PARA AVALIAÇÃO DA GREVE ETC. NÃO VAMOS DEIXAR O SINDICATO DECIDIR POR NÓS TODOS QUE ESTÃO FOCADOS NA DERRUBADA DO VETO COMO UNICA ESTRATÉGIA NO MOMENTO DEVEM COMPARECER, PARA NÃO DEIXAR QUE MANOBRAS OU OUTRAS OPINIÕES PREVALEÇAM.

    like like like like like
    Morena
    Morena
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2770
    Reputação : 637
    Data de inscrição : 01/06/2015

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por Morena em Sex 04 Set 2015, 1:53 pm

    servidor.tre escreveu:
    Morena escreveu:ESSE TÓPICO É PARA O PCL28. O FOCO É A DERRUBADA DO VETO 26 AO PLC28. EXISTE UM TÓPICO ESPECÍFICO PARA O OUTRO PL.

    like like like like like like like like like like


    acho uma imensa falta de respeito a todos aqueles que estão na árdua luta da derrubada de veto, ver gente aqui discutir melhorar PL titica. fala sério.
    se a pessoa não se respeita, não se valoriza, pelo menos respeite ou finja respeito aqueles que saem de suas casas, de seus estados, que estão em risco de ter o seu ponto cortado, de ficarem sem salário, àqueles que ficaram e estão doentes, dando a alma por dignidade, valorização da carreira que escolheram (e não só por dinheiro, isso, também, é claro conta).
    Use o outro tópico e deixe aqui todos aqueles que ainda acredita na luta.


    respeitem esse cara que está, infelizmente, hoje, em coma

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    respeitem essas pessoas

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    Pessoal da baixada santista decidindo permanecer em greve, mesmo com o corte de ponto.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


    Aeroporto de BSB

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    Servidores do PJU e MPU, no aeroporto de Vitoria - madrugada.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    Colegas de Alagoas no CN na luta para derrubada do veto - apoio do deputado Tiritica. Servidores do TRE-AL marcando presença!!!

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    E se ainda achar que isso não é suficiente. respeitem essas crianças

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
    Savissimo
    Savissimo
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 526
    Reputação : 552
    Data de inscrição : 18/11/2013

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por Savissimo em Sex 04 Set 2015, 1:57 pm

    Flurj escreveu:Rio ta em greve ?
    Morena escreveu:
    wlalve escreveu:GALERA DO RIO DE JANEIRO HOJE TEM ASSEMBLEIA AS 15HORAS NA CANDELARIA PARA AVALIAÇÃO DA GREVE ETC. NÃO VAMOS DEIXAR O SINDICATO DECIDIR POR NÓS TODOS QUE ESTÃO FOCADOS NA DERRUBADA DO VETO COMO UNICA ESTRATÉGIA NO MOMENTO DEVEM COMPARECER, PARA NÃO DEIXAR QUE MANOBRAS OU OUTRAS OPINIÕES PREVALEÇAM.

    like like like like like

    Eu estou há quase 3 meses.

    Alias alguém tem a tabela pronta do PL 28/2015 ai?
    zotrix
    zotrix
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Analista Judiciário
    Mensagens : 589
    Reputação : 59
    Data de inscrição : 03/01/2015

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por zotrix em Sex 04 Set 2015, 2:00 pm

    Morena, quem defende o PL Titica não está em greve. Isso é fato. Ninguém que está na luta sequer cogita a hipótese de aceitar esse PL. Eu, por exemplo, prefiro zero em 2016 e negociar com Carmem Lúcia pra 2017, caso não consigamos derrubar o veto. Concordo com você, quem não se valoriza, não precisa sequer visitar esse tópico, quanto mais postar ------. Enfim, foco na derrubada do veto.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por Convidado em Sex 04 Set 2015, 2:00 pm

    tre-rj escreveu:Se sobre ser xiita vc esta se referindo a mim, pode ficar descansado pois estou disposto a discussões. E é por isso que vou defender que nao se achate o salario do topo, fazendo-se reduções de niveis na carreira.

    Aproveito e pergunto ao colegao Aumento2013 se ele pretende permanecer na carreira. Se pretender (o que pelo proposto, duvido ), tá dando um tiro no pé, se nao pretender nao pode utilizar-se dela, prejudicando os demais.

    Na real eu fui babaca, não precisava me expressar assim...

    Este tópico não é pra discutir sobre o outro PL. Mas acho salutar a discussão (no outro tópico), pq daqui a pouco sapoha é aprovada e capaz ainda com o corte dos 13,23%. Acho que temos que ficar ligados com tudo. Ainda mais que não podemos contar 100% com Renan. Nem com Cunha.. isso é uma visão particular, que pode estar muito errada. Ou não. Mas esqueçam o que estou escrevendo, aqui é derrubada de veto!!
    Morena
    Morena
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2770
    Reputação : 637
    Data de inscrição : 01/06/2015

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por Morena em Sex 04 Set 2015, 2:03 pm

    zotrix escreveu:Morena, quem defende o PL Titica não está em greve. Isso é fato. Ninguém que está na luta sequer cogita a hipótese de aceitar esse PL. Eu, por exemplo, prefiro zero em 2016 e negociar com Carmem Lúcia pra 2017, caso não consigamos derrubar o veto. Concordo com você, quem não se valoriza, não precisa sequer visitar esse tópico, quanto mais postar ------. Enfim, foco na derrubada do veto.


    não é só não estar em greve, é não  participar em nada para a luta, pois conheço pessoas que não estão em greve, mas vão aos atos, ficam horas curtindo páginas de parlamentares, é doar $$$$ para colegas virem a BSB, etc.
    Denovo??
    Denovo??
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2139
    Reputação : 185
    Data de inscrição : 23/10/2014

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por Denovo?? em Sex 04 Set 2015, 2:08 pm

    Bom, eu quero sair daqui com todas as minhas forças.
    Mas nem por isso quero enganar ninguém.
    Essa proposta de redução de níveis é para quem quer sair mesmo.
    Quer um up pra pagar cursos e viajar para fazer concurso.
    O certo é elevar os níveis, como vc mesmo propôs.


    tre-rj escreveu:Esse cara tem que parar com esta historia de reduzir os níveis da carreira, com certeza isso provoca o achatamento no topo, justamente onde todos os que esperam seguir a carreira, estar um dia.

    Quem vem com estas propostas nao pode estar pensando em continuar na carreira. Está quernedo utilizar a carreira como trampolim, tem ate o direito, mas nao pode prejudicar os que vão ficar.

    O cobertor é curto. Se o bolo orçamentario é o mesmo (supondo 5bi) e der-se aumento maior para os que estao no inicio ou no meio, com certeza, quem está no topo vai ser prejudicado.

    Quem quer valorizar a carreira, tem que pensar no contrario, aumentar-se os níveis, sem redução da tabela para o C13. Assim supondo uma proposta inicial de Analista C13 no valor de R$20.000, aumentando-se os niveis para,por exemplo, c18, teriamos mais 5 degraus no salario, com impacto diluido nos anos, mais palatavel.

    Supondo a diferença entre cada nivel em 5% teriamos assim a tabela final;

    c13 - 20.000
    c14-  21.000
    c15 - 22.050
    c16 - 23.150
    c17 - 24.310
    c18 - 25.520







    BLACK SOUL escreveu:
    Aumento2013 escreveu:Proponho que, concomitantemente ao trabalho pela derrubada do veto, sejam incluídas emendas ao novo PL para melhorá-lo, inclusive com benefícios que não geram impactos orçamentários.
    Neste sentido, quanto a melhorias na proposta alternativa, podemos ao menos incluir outras vantagens na lei, como:
    a) exclusão da incorporação dos 13,23% no aumento concedido;
    b) exclusão do aumento das CJ's, direcionando tais recursos para a GAJ;
    c)  alterar o AQ por ações em treinamento nos mesmo moldes do MPU, para ficar de 2,5% para cada 120h, até o máximo de 5%, pois o do PJU é 1% para cada 120h, até o máximo de 3%;
    d) uma jornada de 6 horas (que representa um aumento no valor hora de trabalho);
    e) a possibilidade de advocacia;
    f) a possibilidade de mudar de tribunal, por concurso, respeitando-se o mesmo cargo, com a manutenção da classe/padrão. Assim, um analista do TRT/RJ poderia fazer concurso, p.e., para o TRT/SP, TRE/SP ou JF/SP, e vice versa, ou seja, pra qualquer outro tribunal, via concurso, mantendo a classe/padrão, permitindo que um analista do TRE/MA que está no C13, por exemplo, ao passar para analista do TRE/PA, não vá para o A1, ingressando já no C13;
    g) mudança no sistema remuneratório, para subsídio, para que o aumento em valor nominal seja maior, valorizando a categoria e significando a aposentaria de todos, inclusive daqueles que terão aposentadoria calculada através de média aritmética. Isso reduziria o impacto orçamentário, mesmo porque não adianta parte minoritária se apegar a quintos, considerando a publicação do acórdão do STF no RE 638.115, o qual determinou a cessação da ultra-atividade das incorporações em qualquer hipótese, pelo que a partir da próxima folha de pagamento tais valores não poderão ser mais pagos;
    h) sendo o caso de aprovação do plano alternativo e sendo mantido o sistema de remuneração por vencimentos, o ideal é que o valor conseguido seja direcionado exclusivamente para a GAJ, a fim de obter o maior aumento nominal possível;
    i) regulamentação da data-base;
    j) reduzir 2 ou 3 níveis da carreira, enquadrando os servidores no mesmo padrão atual (sem haver regressão funcional), para que os servidores que terão aposentadoria por média aritmética tenham um aumento que possibilite uma aposentadoria melhor. Isso já foi feito na última alteração da carreira.
    l) outros.
    Outra questão que temos que trabalhar: devemos lutar por uma proposta de EC para vincular a remuneração dos servidores do Judiciário aos subsídios dos Ministros do STF, benefício que não poderá ser objeto de veto.
    Acrescento, ainda, que um aumento financeiro baixo não deve ser parcelado. Isso ocorrerá com o Executivo, que está negociando um aumento único ou no máximo em dois anos. Caso seja oferecido um percentual baixo não podemos parcelar, amarrando a categoria por anos. Assim, digamos que para o ano que vem seja previsto 7% e o mesmo percentual para os outros 3 anos. O ideal é que seja pego só o percentual do ano que vem, sem parcelamento. E aí, no ano que vem, ano eleitoral, nós, quem sabe em condições econômicas melhores, brigaríamos por um aumento maior. Temos que sair do ciclo de aumento parcelado. O aumento dos juízes, procuradores e promotores não é parcelado.

    TAVA DEMORANDO!!!
    Morena
    Morena
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2770
    Reputação : 637
    Data de inscrição : 01/06/2015

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por Morena em Sex 04 Set 2015, 2:11 pm

    noexcuses escreveu:
    tre-rj escreveu:Se sobre ser xiita vc esta se referindo a mim, pode ficar descansado pois estou disposto a discussões. E é por isso que vou defender que nao se achate o salario do topo, fazendo-se reduções de niveis na carreira.

    Aproveito e pergunto ao colegao Aumento2013 se ele pretende permanecer na carreira. Se pretender (o que pelo proposto, duvido ), tá dando um tiro no pé, se nao pretender nao pode utilizar-se dela, prejudicando os demais.

    Na real eu fui babaca, não precisava me expressar assim...

    Este tópico não é pra discutir sobre o outro PL. Mas acho salutar a discussão (no outro tópico), pq daqui a pouco sapoha é aprovada e capaz ainda com o corte dos 13,23%. Acho que temos que ficar ligados com tudo. Ainda mais que não podemos contar 100% com Renan. Nem com Cunha.. isso é uma visão particular, que pode estar muito errada. Ou não. Mas esqueçam o que estou escrevendo, aqui é derrubada de veto!!

    exatamente, querem discutir, discutam no outro tópico. esse aqui é do PLC28 e o foco agora é a derrubado do veto.


    Última edição por Morena em Sex 04 Set 2015, 2:47 pm, editado 1 vez(es)
    Blumenau
    Blumenau
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1003
    Reputação : 138
    Data de inscrição : 20/05/2015
    Idade : 52
    Localização : Blumenau/SC

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por Blumenau em Sex 04 Set 2015, 2:11 pm

    zotrix escreveu:Morena, quem defende o PL Titica não está em greve. Isso é fato. Ninguém que está na luta sequer cogita a hipótese de aceitar esse PL. Eu, por exemplo, prefiro zero em 2016 e negociar com Carmem Lúcia pra 2017, caso não consigamos derrubar o veto. Concordo com você, quem não se valoriza, não precisa sequer visitar esse tópico, quanto mais postar ------. Enfim, foco na derrubada do veto.

    Tem que derrubar o veto, fato !!!

    mas não prefiro o zero, esse zero pode ficar zero Rolling Eyes

    imagine uma muito pouco provável situação de impeachment da tia dilma, sabemos que essa decisão é política, qualquer oposição que assumisse jamais negociaria.. iriam fazer exatamente como todos os sucessores de governos petistas no Brasil, salários atrasados, ameaças de demissão, etc etc não faltam exemplos, tacam o foda-se no servidor e o discurso já vem pronto, culpa do pt.


    Esse VETO tem que ser derrubado !!!
    Denovo??
    Denovo??
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2139
    Reputação : 185
    Data de inscrição : 23/10/2014

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por Denovo?? em Sex 04 Set 2015, 2:14 pm

    Todos sabem que odeio o PT.
    Mas, agora, a melhor saída é derrubar o veto enquanto ela está lá.
    Se ela sair antes, haverá uma reorganização total da forças políticas e o que menos se falará será em aumento de servidor.


    Blumenau escreveu:
    zotrix escreveu:Morena, quem defende o PL Titica não está em greve. Isso é fato. Ninguém que está na luta sequer cogita a hipótese de aceitar esse PL. Eu, por exemplo, prefiro zero em 2016 e negociar com Carmem Lúcia pra 2017, caso não consigamos derrubar o veto. Concordo com você, quem não se valoriza, não precisa sequer visitar esse tópico, quanto mais postar ------. Enfim, foco na derrubada do veto.

    Tem que derrubar o veto, fato !!!

    mas não prefiro o zero, esse zero pode ficar zero Rolling Eyes

    imagine uma muito pouco provável situação de impeachment da tia dilma, sabemos que essa decisão é política, qualquer oposição que assumisse jamais negociaria.. iriam fazer exatamente como todos os sucessores de governos petistas no Brasil, salários atrasados, ameaças de demissão, etc etc não faltam exemplos, tacam o foda-se no servidor e o discurso já vem pronto, culpa do pt.


    Esse VETO tem que ser derrubado !!!
    Mooquense
    Mooquense
    Novo Usuário

    Mensagens : 28
    Reputação : 2
    Data de inscrição : 27/03/2015

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por Mooquense em Sex 04 Set 2015, 2:19 pm

    Carlos Zarattini (SP)
    Carlos Zarattini é economista, foi filiado ao PMDB e PCB, tendo se filiado ao PT em 1987. Foi Vereador, Deputado Estadual e exerce o segundo mandato consecutivo na Câmara dos Deputados.
    Em 2002 foi acusado por um empresário de empresas de ônibus, de fazer transferência irregular de mais de R$ 1 MILHÃO da Secretaria de Transportes de São Paulo para empresas de ônibus. Cabe registrar que o empresário que acusou Zarattini era filiado ao PT e foi coordenador de campanha de Ricardo Zarattini (pai de Carlos) a Deputado Federal. O Ministério Público Estadual instaurou inquérito para investigar Zarattini que perdeu o cargo de Secretário.
    Outro escândalo em que o deputado petista foi envolvido, ocorreu em 2006. Operadores do Vai e Volta, projeto de transporte escolar gratuito da capital paulista, forçariam mães de alunos a preencherem um formulário, junto com propaganda de Zarattini, como maneira de garantir o benefício ao filho. A propaganda entregue pelos perueiros às mães dos alunos, também pediam votos para Lula (presidente), Mercadante (governador), Eduardo Suplicy (senador) e exaltava as realizações de Marta Suplicy na prefeitura.
    A mulher de Carlos Zarattini, Maria Aparecida Perez, também se envolveu em escândalos na gestão Marta. Ela foi secretária de Educação e foi acusada pelo Ministério Público de fraude e superfaturamento de contrato com a Fundação Getúlio Vargas e a Secretaria da Educação do Município de São Paulo em 2003. Quando Secretária da Educação da gestão Marta, Maria Aparecida contratou sem licitação a ONG Grupo de Trabalho e Pesquisa e Orientação Sexual (GTPOS) fundada pela prefeita em 1987. Os contratos foram de mais de R$ 1,6 MILHÃO. Em 2008, após a repercussão na mídia sobre o programa eleitoral de Marta que questionava o estado civil do candidato à reeleição Gilberto Kassab, Carlos Zarattini que era o coordenador geral da campanha petista, divulgou nota assinada por ele acusando a imprensa por uma suposta distorção no sentido da propaganda. Dois anos depois, Marta em um programa de TV pediu desculpas publicamente a Kassab.

    Waldir Maranhão (MA)
    Reportagem do programa Conexão Repórter, apresentado pelo jornalista Roberto Cabrini, exibida na noite desse domingo (22) no SBT, apontou que Waldir Maranhão faz parte de uma organização criminosa que subtrai dinheiro dos cofres públicos por meio de prefeituras municipais.
    Durante a reportagem, Cabrini conversou com uma suposta testemunha das negociações que envolvem o parlamentar maranhense na negociação de propina com as prefeituras de Santa Inês, Santa Luzia e Barreirinhas.
    Também ontem, o jornal O Estado de São Paulo já havia publicado reportagem que informa sobre o julgamento pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Maranhão, até abril desde ano, de um processo referente à prestação de contas do deputado do PP, que não conseguiu explicar a origem de R$ 426 mil gastos em sua campanha de 2010.
    Há cerca de um mês, a revista Isto É publicou sobre dois inquéritos enfrentados por Waldir Maranhão no Supremo Tribunal Federal (STF), ambos por suposta prática de crimes de ocultação de bens e desvio de recursos de fundos de pensão que teria movimentado R$ 300 milhões em um ano e meio. Ele também é investigado pelo Supremo por lavagem de dinheiro e recebimento de propina - repasses mensais entre R$ 30 mil e R$ 150 mil - do doleiro Alberto Youssef,  por participação na quadrilha que fraudou contratos da Petrobras com empreiteiras da Lava Jato.
    Blumenau
    Blumenau
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1003
    Reputação : 138
    Data de inscrição : 20/05/2015
    Idade : 52
    Localização : Blumenau/SC

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por Blumenau em Sex 04 Set 2015, 2:21 pm

    Denovo?? escreveu:Todos sabem que odeio o PT.
    Mas, agora, a melhor saída é derrubar o veto enquanto ela está lá.
    Se ela sair antes, haverá uma reorganização total da forças políticas e o que menos se falará será em aumento de servidor.


    Blumenau escreveu:
    zotrix escreveu:Morena, quem defende o PL Titica não está em greve. Isso é fato. Ninguém que está na luta sequer cogita a hipótese de aceitar esse PL. Eu, por exemplo, prefiro zero em 2016 e negociar com Carmem Lúcia pra 2017, caso não consigamos derrubar o veto. Concordo com você, quem não se valoriza, não precisa sequer visitar esse tópico, quanto mais postar ------. Enfim, foco na derrubada do veto.

    Tem que derrubar o veto, fato !!!

    mas não prefiro o zero, esse zero pode ficar zero Rolling Eyes

    imagine uma muito pouco provável situação de impeachment da tia dilma, sabemos que essa decisão é política, qualquer oposição que assumisse jamais negociaria.. iriam fazer exatamente como todos os sucessores de governos petistas no Brasil, salários atrasados, ameaças de demissão, etc etc não faltam exemplos, tacam o foda-se no servidor e o discurso já vem pronto, culpa do pt.


    Esse VETO tem que ser derrubado !!!




    perfeito !!!, só não odeio ninguém não rsrsr mas o VETO tem que ser derrubado, se por um acaso, que duvido muito, a tia cair antes de qualquer negociação ser fechada... daí lascou de vez !!!



    Última edição por Blumenau em Sex 04 Set 2015, 2:29 pm, editado 1 vez(es)
    molotov
    molotov
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 778
    Reputação : 47
    Data de inscrição : 07/07/2010

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por molotov em Sex 04 Set 2015, 2:23 pm

    cheers

    ldmelo escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
    Morena
    Morena
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2770
    Reputação : 637
    Data de inscrição : 01/06/2015

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por Morena em Sex 04 Set 2015, 2:29 pm

    Boletim médico da manhã do colega Elcio às 9:53:

    Quadro estável e grave ainda. Pressão baixa. Sedado ainda. Continua em coma induzido. Urinou pouco. Continua em jejum.

    Continuemos em oração.

    Próximo boletim às 16h.
    Inês do TSE
    jgpg
    jgpg
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1571
    Reputação : 57
    Data de inscrição : 29/12/2014

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por jgpg em Sex 04 Set 2015, 2:40 pm

    Por que o nosso tem que ser em quatro anos??


    Governo cede e apresenta nova proposta a servidores federais



    BSPF     -     04/09/2015




    Após mais de três duros meses de reuniões, manifestações e greves, a Condsef – que representa mais de 80% dos servidores do Executivo federal –, junto com a CUT, conseguiu dobrar o governo federal, que apresentou nova proposta à categoria no início da noite dessa quinta-feira (3). Dessa vez, o governo abriu mão de um reajuste salarial fixado em quatro anos e reduziu a validade do acordo com os servidores para dois anos.

    “Aceitar um acordo que se estende em quatro anos significa amordaçar os servidores pelo mesmo período. Significa que se fossemos pleitear qualquer coisa neste período, eles (o governo) iriam até para a Justiça contra nós, argumentando que já havia um acordo vigente. Nós quebramos a lógica de ajuste fiscal do Levy (ministro da Fazenda, Joaquim Levy) e obtivemos vitória”, afirma o dirigente da Condsef e da CUT Nacional, Pedro Armengol.

    Na nova proposta apresentada pelo secretário de Relações do Trabalho do Ministério do Planejamento, Sérgio Mendonça, os servidores públicos federais do Executivo receberiam reajuste salarial de 5,5% em 2016 e 5,0% em 2017, totalizando 10,8% (valor acumulado). Além da redução do tempo de vigência do acordo, a vitória também está no avanço das pautas específicas da categoria, principalmente na incorporação média da Gratificação de Desempenho aos proventos de aposentadoria, possibilidade antes vinculada à aceitação do reajuste parcelado em quatro anos. Pela proposta, a incorporação da GD será feita em três anos, sendo integralizada em 2019.

    “Muitos servidores estavam impossibilitados de se aposentarem por que, ao realizarem isso, perdiam a Gratificação de Desempenho, que significa cerca de 40% da remuneração do servidor. Com a incorporação da GD, 300 mil trabalhadores, em média, vão se aposentar com salário integral”, explica Pedro Armengol.

    Até o momento, a proposta do governo só foi encaminhada à Condsef. Entretanto, de acordo com Armengol, o mesmo texto será encaminhado às demais representações do funcionalismo público, como a Fasubra – que representa os técnico-administrativos das universidades federais –, a CNTSS – que representa os servidores da Seguridade Social – e o Andes – que representa os docentes das universidades federais.

    No dia 10 de setembro, a Condsef realizará plenária nacional com a categoria para avaliar a proposta do governo e decidir os rumos do movimento dos servidores do Executivo.

    Fonte: CUT Brasília
    Aumento2013
    Aumento2013
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 152
    Reputação : -104
    Data de inscrição : 05/09/2012

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por Aumento2013 em Sex 04 Set 2015, 2:44 pm

    Os atuais servidores do Judiciário Federal que estão no C-13 não esperaram 13 anos para alcançar o final da carreira. Não foi um bom salário que os fixou no Judiciário. Foi não ter que esperar 13 anos para ter um bom salário. Caso assim não o fosse, eles teriam feito novos concursos, como hoje os novos servidores fazem. Precisamos, de imediato, de movimentação extraordinária, e, na próxima reestruturação da carreira, reduzir o número de níveis da carreira.
    Não adianta só dar aumento pelo PCS, pois continua o abismo de 13 anos entre o A-1 e o C-13. Ou se efetiva a movimentação extraordinária, ou se diminui a quantidade de níveis da carreira ou, enfim, a debandada do Judiciário vai continuar, pois os novos servidores não irão esperar 13 anos (como também os antigos não fizeram, pois receberam movimentações extraordinárias).
    Analisando as remunerações dos servidores do Judiciário Federal publicadas na internet, percebe-se facilmente que grande parte dos Analistas Judiciários - Área Judiciária, cargo de nível superior privativo em direito, em que se veda a advocacia, recebe menos do que muitos técnicos judiciários, cargo que exige apenas o ensino médio, que possuem incorporações ou que ocupam funções comissionadas.
    Ademais, salta aos olhos a diferença entre os servidores em início e fim de carreira, sendo que os que estão nesta última situação não tiveram que esperar 13 anos para isso, uma vez que foram beneficiados por movimentação extraordinária, e nem terão aposentadoria calculada por uma média aritmética, uma vez que possuem integralidade.
    Bem, o único caminho viável para a valorização da carreira é a implementação: a) do subsídio, que saneará a disparidade com aqueles que possuem incorporações; e b) da redução da quantidade de níveis da carreira, para que os servidores que entraram no serviço público a partir de 31.12.2003, que terão suas aposentadorias calculadas com média aritmética (uma vez que não possuem integralidade) possam contribuir um maior tempo no final da carreira, aumentando sua aposentadoria.
    Do jeito que as coisas tem sido feitas, dá-se um aumento em valor nominal maior para quem já ganha mais e não depende de um aumento maior para melhorar sua aposentadoria, pois eles possuem integralidade e paridade (além de terem recebido movimentação extraordinária). Assim, é dado um aumento em valor nominal menor para quem depende de um aumento maior para melhorar sua média aritmética.


    Denovo?? escreveu:Bom, eu quero sair daqui com todas as minhas forças.
    Mas nem por isso quero enganar ninguém.
    Essa proposta de redução de níveis é para quem quer sair mesmo.
    Quer um up pra pagar cursos e viajar para fazer concurso.
    O certo é elevar os níveis, como vc mesmo propôs.


    tre-rj escreveu:Esse cara tem que parar com esta historia de reduzir os níveis da carreira, com certeza isso provoca o achatamento no topo, justamente onde todos os que esperam seguir a carreira, estar um dia.

    Quem vem com estas propostas nao pode estar pensando em continuar na carreira. Está quernedo utilizar a carreira como trampolim, tem ate o direito, mas nao pode prejudicar os que vão ficar.

    O cobertor é curto. Se o bolo orçamentario é o mesmo (supondo 5bi) e der-se aumento maior para os que estao no inicio ou no meio, com certeza, quem está no topo vai ser prejudicado.

    Quem quer valorizar a carreira, tem que pensar no contrario, aumentar-se os níveis, sem redução da tabela para o C13. Assim supondo uma proposta inicial de Analista C13 no valor de R$20.000, aumentando-se os niveis para,por exemplo, c18, teriamos mais 5 degraus no salario, com impacto diluido nos anos, mais palatavel.

    Supondo a diferença entre cada nivel em 5% teriamos assim a tabela final;

    c13 - 20.000
    c14-  21.000
    c15 - 22.050
    c16 - 23.150
    c17 - 24.310
    c18 - 25.520







    BLACK SOUL escreveu:
    Aumento2013 escreveu:Proponho que, concomitantemente ao trabalho pela derrubada do veto, sejam incluídas emendas ao novo PL para melhorá-lo, inclusive com benefícios que não geram impactos orçamentários.
    Neste sentido, quanto a melhorias na proposta alternativa, podemos ao menos incluir outras vantagens na lei, como:
    a) exclusão da incorporação dos 13,23% no aumento concedido;
    b) exclusão do aumento das CJ's, direcionando tais recursos para a GAJ;
    c)  alterar o AQ por ações em treinamento nos mesmo moldes do MPU, para ficar de 2,5% para cada 120h, até o máximo de 5%, pois o do PJU é 1% para cada 120h, até o máximo de 3%;
    d) uma jornada de 6 horas (que representa um aumento no valor hora de trabalho);
    e) a possibilidade de advocacia;
    f) a possibilidade de mudar de tribunal, por concurso, respeitando-se o mesmo cargo, com a manutenção da classe/padrão. Assim, um analista do TRT/RJ poderia fazer concurso, p.e., para o TRT/SP, TRE/SP ou JF/SP, e vice versa, ou seja, pra qualquer outro tribunal, via concurso, mantendo a classe/padrão, permitindo que um analista do TRE/MA que está no C13, por exemplo, ao passar para analista do TRE/PA, não vá para o A1, ingressando já no C13;
    g) mudança no sistema remuneratório, para subsídio, para que o aumento em valor nominal seja maior, valorizando a categoria e significando a aposentaria de todos, inclusive daqueles que terão aposentadoria calculada através de média aritmética. Isso reduziria o impacto orçamentário, mesmo porque não adianta parte minoritária se apegar a quintos, considerando a publicação do acórdão do STF no RE 638.115, o qual determinou a cessação da ultra-atividade das incorporações em qualquer hipótese, pelo que a partir da próxima folha de pagamento tais valores não poderão ser mais pagos;
    h) sendo o caso de aprovação do plano alternativo e sendo mantido o sistema de remuneração por vencimentos, o ideal é que o valor conseguido seja direcionado exclusivamente para a GAJ, a fim de obter o maior aumento nominal possível;
    i) regulamentação da data-base;
    j) reduzir 2 ou 3 níveis da carreira, enquadrando os servidores no mesmo padrão atual (sem haver regressão funcional), para que os servidores que terão aposentadoria por média aritmética tenham um aumento que possibilite uma aposentadoria melhor. Isso já foi feito na última alteração da carreira.
    l) outros.
    Outra questão que temos que trabalhar: devemos lutar por uma proposta de EC para vincular a remuneração dos servidores do Judiciário aos subsídios dos Ministros do STF, benefício que não poderá ser objeto de veto.
    Acrescento, ainda, que um aumento financeiro baixo não deve ser parcelado. Isso ocorrerá com o Executivo, que está negociando um aumento único ou no máximo em dois anos. Caso seja oferecido um percentual baixo não podemos parcelar, amarrando a categoria por anos. Assim, digamos que para o ano que vem seja previsto 7% e o mesmo percentual para os outros 3 anos. O ideal é que seja pego só o percentual do ano que vem, sem parcelamento. E aí, no ano que vem, ano eleitoral, nós, quem sabe em condições econômicas melhores, brigaríamos por um aumento maior. Temos que sair do ciclo de aumento parcelado. O aumento dos juízes, procuradores e promotores não é parcelado.

    TAVA DEMORANDO!!!
    MPF SP
    MPF SP
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Analista Administrativo
    Mensagens : 2150
    Reputação : 218
    Data de inscrição : 17/09/2014
    Idade : 30
    Localização : São Paulo

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por MPF SP em Sex 04 Set 2015, 2:45 pm

    molotov escreveu: cheers

    ldmelo escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    Vai ter concurso para procurador ?
    seu Mamute de Estimação
    seu Mamute de Estimação
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 409
    Reputação : 15
    Data de inscrição : 18/07/2014

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por seu Mamute de Estimação em Sex 04 Set 2015, 2:48 pm

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Videversus
    sexta-feira, 4 de setembro de 2015
    Dilma pede ajuda a Temer para evitar a "bomba"
    Isolada, a presidente Dilma pediu socorro ao vice-presidente Michel Temer, ex-articulador-geral, para barrar a sessão do Congresso que discutiria o veto ao reajuste do Judiciário. Ela já está convencida que a Câmara derrubará o veto. Trata-se de “retaliação” ao governo, que prometeu a liberação de R$ 500 milhões em emendas parlamentares, mas não cumpriu o acordo. Dilma foi categórica: “Não há recursos”. Dilma avisou que os recursos seriam aplicados na Saúde, mas acabou limitando a verba ao Sistema Único de Saúde. Agora, nem isso... Nos municípios, os parlamentares foram cobrados por prefeitos, mas ficaram na mão. Lembraram que o Orçamento deveria ser impositivo. O vice Michel Temer interveio no Senado e conseguiu que a sessão de 4ª-feira fosse cancelada. Havia 37 dos 41 senadores necessários. Parlamentares engrossaram o coro pela demissão do ministro Aloizio Mercadante (Casa Civil). Eleito a “Geni” do governo, ele é apontado como o responsável por brecar a liberação de emendas parlamentares. (Claudio Humberto)
    Postado por Vitor Vieira às 9/04/2015 11:20:00 AM
    Enviar por e-mail
    BlogThis!
    Compartilhar no Twitter
    Compartilhar no Facebook
    Compartilhar com o Pinterest

    Nenhum comentário:
    Postar um comentário
    lidoval
    lidoval
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 664
    Reputação : 2
    Data de inscrição : 06/08/2010
    Localização : PRPB

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por lidoval em Sex 04 Set 2015, 2:51 pm

    MPF SP escreveu:
    molotov escreveu: cheers

    ldmelo escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    Vai ter concurso para procurador ?

    Essa campanha tem que crescer!!!
    avatar
    Mourao
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 46
    Reputação : 1
    Data de inscrição : 06/07/2010

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por Mourao em Sex 04 Set 2015, 2:51 pm

    Isso será comemorado mesmo como vitória? serão os mesmos 5,5 e 5% de antes, só a inflação deste ano será quase 10%, a fonte da notícia só poderia ser a CUT.




    jgpg escreveu:

    Por que o nosso tem que ser em quatro anos??




    Governo cede e apresenta nova proposta a servidores federais





    BSPF     -     04/09/2015




    Após mais de três duros meses de reuniões, manifestações e greves, a Condsef – que representa mais de 80% dos servidores do Executivo federal –, junto com a CUT, conseguiu dobrar o governo federal, que apresentou nova proposta à categoria no início da noite dessa quinta-feira (3). Dessa vez, o governo abriu mão de um reajuste salarial fixado em quatro anos e reduziu a validade do acordo com os servidores para dois anos.

    “Aceitar um acordo que se estende em quatro anos significa amordaçar os servidores pelo mesmo período. Significa que se fossemos pleitear qualquer coisa neste período, eles (o governo) iriam até para a Justiça contra nós, argumentando que já havia um acordo vigente. Nós quebramos a lógica de ajuste fiscal do Levy (ministro da Fazenda, Joaquim Levy) e obtivemos vitória”, afirma o dirigente da Condsef e da CUT Nacional, Pedro Armengol.

    Na nova proposta apresentada pelo secretário de Relações do Trabalho do Ministério do Planejamento, Sérgio Mendonça, os servidores públicos federais do Executivo receberiam reajuste salarial de 5,5% em 2016 e 5,0% em 2017, totalizando 10,8% (valor acumulado). Além da redução do tempo de vigência do acordo, a vitória também está no avanço das pautas específicas da categoria, principalmente na incorporação média da Gratificação de Desempenho aos proventos de aposentadoria, possibilidade antes vinculada à aceitação do reajuste parcelado em quatro anos. Pela proposta, a incorporação da GD será feita em três anos, sendo integralizada em 2019.

    “Muitos servidores estavam impossibilitados de se aposentarem por que, ao realizarem isso, perdiam a Gratificação de Desempenho, que significa cerca de 40% da remuneração do servidor. Com a incorporação da GD, 300 mil trabalhadores, em média, vão se aposentar com salário integral”, explica Pedro Armengol.

    Até o momento, a proposta do governo só foi encaminhada à Condsef. Entretanto, de acordo com Armengol, o mesmo texto será encaminhado às demais representações do funcionalismo público, como a Fasubra – que representa os técnico-administrativos das universidades federais –, a CNTSS – que representa os servidores da Seguridade Social – e o Andes – que representa os docentes das universidades federais.

    No dia 10 de setembro, a Condsef realizará plenária nacional com a categoria para avaliar a proposta do governo e decidir os rumos do movimento dos servidores do Executivo.

    Fonte: CUT Brasília
    FALCON.X
    FALCON.X
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2463
    Reputação : 433
    Data de inscrição : 22/03/2015

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por FALCON.X em Sex 04 Set 2015, 3:01 pm

    jgpg escreveu:

    Por que o nosso tem que ser em quatro anos??



    Governo cede e apresenta nova proposta a servidores federais




    BSPF     -     04/09/2015




    Após mais de três duros meses de reuniões, manifestações e greves, a Condsef – que representa mais de 80% dos servidores do Executivo federal –, junto com a CUT, conseguiu dobrar o governo federal, que apresentou nova proposta à categoria no início da noite dessa quinta-feira (3). Dessa vez, o governo abriu mão de um reajuste salarial fixado em quatro anos e reduziu a validade do acordo com os servidores para dois anos.

    “Aceitar um acordo que se estende em quatro anos significa amordaçar os servidores pelo mesmo período. Significa que se fossemos pleitear qualquer coisa neste período, eles (o governo) iriam até para a Justiça contra nós, argumentando que já havia um acordo vigente. Nós quebramos a lógica de ajuste fiscal do Levy (ministro da Fazenda, Joaquim Levy) e obtivemos vitória”, afirma o dirigente da Condsef e da CUT Nacional, Pedro Armengol.

    Na nova proposta apresentada pelo secretário de Relações do Trabalho do Ministério do Planejamento, Sérgio Mendonça, os servidores públicos federais do Executivo receberiam reajuste salarial de 5,5% em 2016 e 5,0% em 2017, totalizando 10,8% (valor acumulado). Além da redução do tempo de vigência do acordo, a vitória também está no avanço das pautas específicas da categoria, principalmente na incorporação média da Gratificação de Desempenho aos proventos de aposentadoria, possibilidade antes vinculada à aceitação do reajuste parcelado em quatro anos. Pela proposta, a incorporação da GD será feita em três anos, sendo integralizada em 2019.

    “Muitos servidores estavam impossibilitados de se aposentarem por que, ao realizarem isso, perdiam a Gratificação de Desempenho, que significa cerca de 40% da remuneração do servidor. Com a incorporação da GD, 300 mil trabalhadores, em média, vão se aposentar com salário integral”, explica Pedro Armengol.

    Até o momento, a proposta do governo só foi encaminhada à Condsef. Entretanto, de acordo com Armengol, o mesmo texto será encaminhado às demais representações do funcionalismo público, como a Fasubra – que representa os técnico-administrativos das universidades federais –, a CNTSS – que representa os servidores da Seguridade Social – e o Andes – que representa os docentes das universidades federais.

    No dia 10 de setembro, a Condsef realizará plenária nacional com a categoria para avaliar a proposta do governo e decidir os rumos do movimento dos servidores do Executivo.

    Fonte: CUT Brasília



    Não são 21% em dois anos...SÃO 10% em dois anos...5% a cada ano..em 02 anos...O QUE HÁ PARA COMEMORAR NISSO se é em 02 ou 04 anos é a mesma proposta chefrin....porcaria...humilhante...e a CUT alhardeando como vitória...difícil de engolir...
    MPF SP
    MPF SP
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Analista Administrativo
    Mensagens : 2150
    Reputação : 218
    Data de inscrição : 17/09/2014
    Idade : 30
    Localização : São Paulo

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por MPF SP em Sex 04 Set 2015, 3:03 pm

    lidoval escreveu:
    MPF SP escreveu:
    molotov escreveu: cheers

    ldmelo escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    Vai ter concurso para procurador ?

    Essa campanha tem que crescer!!!

    Não sou do time que joga contra, mas essas diferenças me fazem estudar para sair do mpu.

    Apesar disso, sou do time que quer projeto de carreira e não um tapa buraco, visto o substitutivo. Não é pelo fato de estudar para sair que quero implementações que achatem os níveis finais da carreira.

    Acho que tanto os magistrados como os membros merecem sim um salário bacana, mas infelizmente isso está ocorrendo as nossas custas.

    Temos um STF aparelhado com o governo e um PGR submisso as benesses que conseguiram e vão conseguir.

    Essa é a realidade de nosso Brasil e que é refletiva nas instituições.

    Só uma adendo, deveriam ser 11 medidas, pois o plano de saúde (plan assiste) os membros pagam no teto do desconto dos analistas C-13 e não no valor do subsídio de membro, ou seja, nós, servidores, pagamos o plano de saúde deles. Mas como são APENAS os membros gestores do plan assiste, o pau que dá em chico NÃO dá em francisco.

    #----- plc 28


    Última edição por MPF SP em Sex 04 Set 2015, 3:06 pm, editado 1 vez(es)
    Nilo
    Nilo
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Analista Administrativo, C-13
    Mensagens : 551
    Reputação : 81
    Data de inscrição : 22/06/2015
    Localização : São Paulo - SP.

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por Nilo em Sex 04 Set 2015, 3:04 pm

    Alvinegro de Coração escreveu:
    tre-rj escreveu:Vcs sabem os parlamentares que vao pra China com o REnan? podemos pedir a eles para agendarem para outra data (sei que é dificil mas pedir nao custa nada). Os colegas de Brasilia tambem poderiam no corpo a corpo (pois fica mais facil) o convencimento.

    Antônio Anastasia, Cássio Cunha Lima, Flexa Ribeiro, Humberto Costa, Vanessa Graziotin, Jader Barbalho e Valdir Raupp.

    Desculpe se alguém já citou essa possibilidade (colocando a leitura em dia).

    Será que aqueles que nos apioam podem ser convencidos a deixar a E-CÉDULA preenchida com a queda do Veto?

    farao Nilo

    Morena
    Morena
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2770
    Reputação : 637
    Data de inscrição : 01/06/2015

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por Morena em Sex 04 Set 2015, 3:13 pm

    Nilo escreveu:
    Alvinegro de Coração escreveu:
    tre-rj escreveu:Vcs sabem os parlamentares que vao pra China com o REnan? podemos pedir a eles para agendarem para outra data (sei que é dificil mas pedir nao custa nada). Os colegas de Brasilia tambem poderiam no corpo a corpo (pois fica mais facil) o convencimento.

    Antônio Anastasia, Cássio Cunha Lima, Flexa Ribeiro, Humberto Costa, Vanessa Graziotin, Jader Barbalho e Valdir Raupp.

    Desculpe se alguém já citou essa possibilidade (colocando a leitura em dia).

    Será que aqueles que nos apioam podem ser convencidos a deixar a E-CÉDULA preenchida com a queda do Veto?

    farao Nilo


    precisam marcar presença para votar
    Morena
    Morena
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2770
    Reputação : 637
    Data de inscrição : 01/06/2015

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por Morena em Sex 04 Set 2015, 3:19 pm

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    Denise
    Denise
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 296
    Reputação : 37
    Data de inscrição : 20/06/2015

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por Denise em Sex 04 Set 2015, 3:23 pm

    Morena escreveu:Boletim médico da manhã do colega Elcio às 9:53:

    Quadro estável e grave ainda. Pressão baixa. Sedado ainda. Continua em coma induzido. Urinou pouco. Continua em jejum.

    Continuemos em oração.

    Próximo boletim às 16h.
    Inês do TSE

    like like like Vamos sim continuar em oração pelo colega, valente guerreiro, longe do lar!!!
    Ramon Valdez
    Ramon Valdez
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 341
    Reputação : 3
    Data de inscrição : 11/12/2014

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por Ramon Valdez em Sex 04 Set 2015, 3:29 pm

    Blumenau escreveu:
    Denovo?? escreveu:Todos sabem que odeio o PT.
    Mas, agora, a melhor saída é derrubar o veto enquanto ela está lá.
    Se ela sair antes, haverá uma reorganização total da forças políticas e o que menos se falará será em aumento de servidor.


    Blumenau escreveu:
    zotrix escreveu:Morena, quem defende o PL Titica não está em greve. Isso é fato. Ninguém que está na luta sequer cogita a hipótese de aceitar esse PL. Eu, por exemplo, prefiro zero em 2016 e negociar com Carmem Lúcia pra 2017, caso não consigamos derrubar o veto. Concordo com você, quem não se valoriza, não precisa sequer visitar esse tópico, quanto mais postar ------. Enfim, foco na derrubada do veto.

    Tem que derrubar o veto, fato !!!

    mas não prefiro o zero, esse zero pode ficar zero Rolling Eyes

    imagine uma muito pouco provável situação de impeachment da tia dilma, sabemos que essa decisão é política, qualquer oposição que assumisse jamais negociaria.. iriam fazer exatamente como todos os sucessores de governos petistas no Brasil, salários atrasados, ameaças de demissão, etc etc não faltam exemplos, tacam o foda-se no servidor e o discurso já vem pronto, culpa do pt.


    Esse VETO tem que ser derrubado !!!




    perfeito !!!, só não odeio ninguém não rsrsr mas o VETO tem que ser derrubado, se por um acaso, que duvido muito,  a tia cair antes de qualquer negociação ser fechada... daí lascou de vez !!!


    Se essa mulher cair antes do veto, vamos de zero por alguns anos. Podem escrever aí.

    -------

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Conteúdo patrocinado

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sex 23 Ago 2019, 9:15 pm