PCS JÁ



    FUNPRESP

    Compartilhe
    avatar
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2039
    Reputação : 269
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por androsvilazza em Qui 26 Jul 2018, 1:40 pm

    sprg4 escreveu:
    lobodosmares escreveu:
    sprg4 escreveu:
    lobodosmares escreveu:Diante de tanta dificuldade para esse plano, to vendo mais empecilhos do que nunca, aqui no TRT 24ª ninguém sabe explicar nada, literalmente um passa pro outro. Nem diretor de RH sabe algo. Nem pessoal da legislação, desse jeito fica bem difícil migrar pro escuro. Eu QUASE, QUASE MESMO, aderi ao FUNPRESP aqui. Mas quer saber, deixa como está mesmo. São tantas incertezas que prefiro arriscar assim mesmo.

    Colega, volte as paginas aki do fórum e conseguirá informação mais do que suficiente sobre o FUNPRESP, sobretudo nas mensagens dos colegas JOSÉ BARBOSA E ANRDOSVILAZZA. Ainda tendo dúvidas, pode consultar na página do FUNPRESP-JUD, mais especificamente em "TIRE SUAS DÚVIDAS".
    sim sim, já li tudo, mas eu ainda fico com ''pé atrás''. Se tratando de Brasil, isso é o mínimo.

    Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come(lá ele). Infelizmente, qualquer decisão que tomemos nos deixará com uma pulga atrás da orelha, por mais que tenhamos estudado, analisado o assunto, é como vc disse: "se tratando de Brasil..."
    [/quote]

    Incerteza todo mundo tem, tanto quem migra, quanto quem fica. Mas se é o caso de uma dúvida muito forte, é melhor mesmo não migrar.

    É uma regra geral na vida: o arrependimento de quem poderia ter feito algo mais benéfico, e não o fez, é menor que o arrependimento de quem toma uma decisão (irretratável, é bom lembrar) sem convicção e depois conclui que não era o melhor pra si. Se arrepender de uma omissão é menos doloroso que de uma ação mal pensada.
    avatar
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2802
    Reputação : 395
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por josebarbos em Qui 26 Jul 2018, 1:44 pm

    Ilhense escreveu:José Barbosa, você poderia me explicar como fundamentalmente se daria o reflexo no contracheque do benefício fiscal gerado pela adesão ao regime complementar?

    Teria uma margem real e aferível disso?

    Tentarei resumir isto.
    O reflexo imediato é nulo ou aumenta o valor que você pagará de imposto de renda hoje.

    Isto porque aquilo que você paga de PSS, independentemente do valor, é isento de IR e já produz efeitos na fonte.
    De igual maneira, são tratados as contribuições à previdência fechada patrocinada (aquela que o governo também cobre): todo o valor é dedutível da base de cálculo do IR e IRRF.
    O restante, caso você queira fazer uma contribuição adicional, alternativa, seja no Funpresp, seja em qualquer previdência destas de banco, é dedutível do imposto de renda, até o valor de 12% da sua remuneração bruta (considerando, tão somente, os 12 salários + 1/3 de férias, uma vez que o 13o é tributação exclusiva). Se você deixa no Funpresp, tem a vantagem de já abater no IRRF (desconto na fonte), ao passo que se faz por um banco, vai ter o benefício quando fizer o ajuste do imposto de renda (recolhendo menos ou restituindo mais). No privado tem a vantagem de que, numa emergência, você pode sacar tudo ou parte, ao passo que no Funpresp tem que ficar até aposentar (ou perder o vínculo com o patrocinador).

    A principal vantagem fiscal é no longo prazo, ao receber os benefícios, para quem opta pelo regime regressivo de tributação. Aí, neste caso, você está deixando de pagar 27,5% de imposto de renda hoje para lá na frente, quando você se aposentar, pagar 10% sobre aquilo, e não ter que recolher PSS.
    avatar
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2802
    Reputação : 395
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por josebarbos em Qui 26 Jul 2018, 1:51 pm

    lobodosmares escreveu:Diante de tanta dificuldade para esse plano, to vendo mais empecilhos do que nunca, aqui no TRT 24ª ninguém sabe explicar nada, literalmente um passa pro outro. Nem diretor de RH sabe algo. Nem pessoal da legislação, desse jeito fica bem difícil migrar pro escuro. Eu QUASE, QUASE MESMO, aderi ao FUNPRESP aqui. Mas quer saber, deixa como está mesmo. São tantas incertezas que prefiro arriscar assim mesmo.

    Fica uma lição muito importante. A única pessoa capaz de resolver os nossos problemas é o próprio interessado. Claro que se deve buscar conselhos com quem entende do assunto, mas está é uma questão muito muito complexa para ser tratada de uma vez só, e tão em cima da hora.

    Quando migrei, já havia começado a elaborar cenários e estudar em abril/maio de 2017, pensando em migrar no final do ano. Oportunidades pessoais, associadas ao aumento da alíquota e boato de que o governo poderia, naquele momento, acabar com a opção de migração, me fizeram decidir o que já estava relativamente encaminhado e planejado (era um dos cenários que tracei). E já tinha uma certa experiência com previdência e produtos bancários, sabia das diferenças de tributação, era apenas uma questão de colocar no papel.
    avatar
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2039
    Reputação : 269
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por androsvilazza em Qui 26 Jul 2018, 2:10 pm

    josebarbos escreveu:
    androsvilazza escreveu:Ações espalhadas Brasil afora estão conseguindo, liminarmente, a prorrogação do prazo de migração para cada caso individual (discutido naquele processo específico). Em alguns casos, foram proferidas decisões de efeito coletivo, para filiados a associações, mas até agora não houve uma decisão de caráter geral (que o STF poderia dar, mas negou liminar em votação de ADIN).

    Olhando "de fora" da discussão, com o meu saco de pipoca nas mãos, é perceptível a carga de ironia nesses processos. Primeiro, fica evidenciada a mania do brasileiro de sempre deixar tudo pra última hora (ou até pra depois da última hora). Tem um processo de uma juíza que entrou no serviço público em 2005, bem antes da lei do Funpresp (de 2012), passou 6 anos após a aprovação da lei refletindo sobre o caso, pra chegar à conclusão de que não sabe se o BE tem caráter indenizatório ou previdenciário. E que, sem uma decisão definitiva do governo sobre isso, não consegue decidir se vai migrar ou não, solicitando dilação de prazo. É interessante porque 1) quase nada no Brasil tem um parecer definitivo por qual o entendimento correto a adotar;2) juiz do trabalho, cuja associação de classe advogou (e ainda advoga) contra a aplicação da reforma trabalhista, exigindo "segurança jurídica" e "entendimento definitivo" sobre uma lei Laughing 3) 6 anos pra perceber isso? Por que ingressar com a ação só nos últimos dias de um prazo que, no total, deu 4 anos?

    Outra ironia é que alguns sindicatos, que tanto fizeram campanha contra a migração, agora estão impetrando mandados de segurança pra prorrogar o prazo.


    Inclusive, indenizatório já foi decidido que não é. O que se discute é se tem caráter previdenciário ou compensatório. E que, no frigir dos ovos, significa hoje 10% sobre uma determinada parcela, o que pouco significa num cenário de longo prazo, servindo apenas de argumento protelatório.


    Próximo passo é alguém impetrar mandado de segurança pra exigir a prorrogação do prazo até que se obtenha do governo a garantia de que o IPCA e o INPC, de hoje até sua aposentadoria, serão rigorosamente iguais. Afinal, o BE será atualizado pelo IPCA, e o teto do RGPS é atualizado pelo INPC. "Como posso tomar uma decisão sobre a migração, hoje, sem saber como os dois índices se comportarão ao longo do tempo?" krespin
    avatar
    alface
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 185
    Reputação : 12
    Data de inscrição : 13/03/2015

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por alface em Qui 26 Jul 2018, 2:22 pm

    gente, desculpa a ignorância no assunto mas tenho uma dúvida:
    fiz uma simulação no excel(planilha originada no site do FUNPRESP).
    a parte relativa a Resultado da simulação FUNPRESP, significa o salário a receber na aposentadoria referente a parcela do fundo + o regime do teto da previdência.
    avatar
    Avulso1
    Novo Usuário

    Mensagens : 19
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 08/06/2015

    Dúvida pensão por morte

    Mensagem por Avulso1 em Qui 26 Jul 2018, 3:01 pm

    Não sei se já foi esclarecido aqui, pois não encontrei a resposta. Como fica o recebimento de pensão por morte e apos. por invalidez pelo funpresp-jud? Se eu migrar hj e morrer daqui a 6 meses, como fica o valor pago pelo fundo? Exemplo: salário de 10.000

    VN
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 776
    Reputação : 18
    Data de inscrição : 07/07/2010

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por VN em Qui 26 Jul 2018, 3:08 pm

    Avulso1 escreveu:Não sei se já foi esclarecido aqui, pois não encontrei a resposta. Como fica o recebimento de pensão por morte e apos. por invalidez pelo funpresp-jud? Se eu migrar hj e morrer daqui a 6 meses, como fica o valor pago pelo fundo? Exemplo: salário de 10.000

    Não recebe nada, pois tem um prazo de carência de 1 ano. Vc tem que fazer um seguro de vida até passar o prazo de carência. Mas parece que a funpresp-jud vai ter um seguro igual a funpresp-exe.
    avatar
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2802
    Reputação : 395
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por josebarbos em Qui 26 Jul 2018, 4:13 pm

    VN escreveu:
    Avulso1 escreveu:Não sei se já foi esclarecido aqui, pois não encontrei a resposta. Como fica o recebimento de pensão por morte e apos. por invalidez pelo funpresp-jud? Se eu migrar hj e morrer daqui a 6 meses, como fica o valor pago pelo fundo? Exemplo: salário de 10.000

    Não recebe nada, pois tem um prazo de carência de 1 ano. Vc tem que fazer um seguro de vida até passar o prazo de carência. Mas parece que a funpresp-jud vai ter um seguro igual a funpresp-exe.

    Só há carência para aposentadoria normal.

    O valor é extremamente baixo, e muito provavelmente vai entrar na regra de receber o mínimo, que é de 5% do salário de contribuição.
    Vale lembrar que esta regra de pensão é péssima e foi alterada recentemente, logo, tanto regime próprio como de previdência complementar vão te deixar na mão, tomando por base o salário normal da ativa.
    avatar
    Avulso1
    Novo Usuário

    Mensagens : 19
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 08/06/2015

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por Avulso1 em Qui 26 Jul 2018, 6:45 pm

    josebarbos escreveu:
    VN escreveu:
    Avulso1 escreveu:Não sei se já foi esclarecido aqui, pois não encontrei a resposta. Como fica o recebimento de pensão por morte e apos. por invalidez pelo funpresp-jud? Se eu migrar hj e morrer daqui a 6 meses, como fica o valor pago pelo fundo? Exemplo: salário de 10.000

    Não recebe nada, pois tem um prazo de carência de 1 ano. Vc tem que fazer um seguro de vida até passar o prazo de carência. Mas parece que a funpresp-jud vai ter um seguro igual a funpresp-exe.

    Só há carência para aposentadoria normal.

    O valor é extremamente baixo, e muito provavelmente vai entrar na regra de receber o mínimo, que é de 5% do salário de contribuição.
    Vale lembrar que esta regra de pensão é péssima e foi alterada recentemente, logo, tanto regime próprio como de previdência complementar vão te deixar na mão, tomando por base o salário normal da ativa.

    Jose, não consegui entender bem, vc diz que receberia 5% do sal de contribuição pelo funpresp + teto inss + BE= Pensão ou apos inv? É isso mesmo?
    Nos dias de hj a pensão ou apos. inv seria o teto inss + 70% do que ultrapassar esse teto. Olhando por esse lado, permanecer no RPPS compensa, até mudarem isso.

    Ilhense
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 872
    Reputação : 22
    Data de inscrição : 18/12/2010

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por Ilhense em Qui 26 Jul 2018, 6:53 pm

    josebarbos escreveu:
    Ilhense escreveu:José Barbosa, você poderia me explicar como fundamentalmente se daria o reflexo no contracheque do benefício fiscal gerado pela adesão ao regime complementar?

    Teria uma margem real e aferível disso?

    Tentarei resumir isto.
    O reflexo imediato é nulo ou aumenta o valor que você pagará de imposto de renda hoje.

    Isto porque aquilo que você paga de PSS, independentemente do valor, é isento de IR e já produz efeitos na fonte.
    De igual maneira, são tratados as contribuições à previdência fechada patrocinada (aquela que o governo também cobre): todo o valor é dedutível da base de cálculo do IR e IRRF.
    O restante, caso você queira fazer uma contribuição adicional, alternativa, seja no Funpresp, seja em qualquer previdência destas de banco, é dedutível do imposto de renda, até o valor de 12% da sua remuneração bruta (considerando, tão somente, os 12 salários + 1/3 de férias, uma vez que o 13o é tributação exclusiva). Se você deixa no Funpresp, tem a vantagem de já abater no IRRF (desconto na fonte), ao passo que se faz por um banco, vai ter o benefício quando fizer o ajuste do imposto de renda (recolhendo menos ou restituindo mais). No privado tem a vantagem de que, numa emergência, você pode sacar tudo ou parte, ao passo que no Funpresp tem que ficar até aposentar (ou perder o vínculo com o patrocinador).

    A principal vantagem fiscal é no longo prazo, ao receber os benefícios, para quem opta pelo regime regressivo de tributação. Aí, neste caso, você está deixando de pagar 27,5% de imposto de renda hoje para lá na frente, quando você se aposentar, pagar 10% sobre aquilo, e não ter que recolher PSS.

    Agora, com relação aos 8,5%, eles já geram em si um abatimento do IR? Caso positivo, tal circunstância já produz efeito no contracheque?
    avatar
    multilaser
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 32
    Reputação : 2
    Data de inscrição : 17/10/2014

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por multilaser em Qui 26 Jul 2018, 7:11 pm

    [/quote]

    Agora, com relação aos 8,5%,  eles já geram em si um abatimento do IR? Caso positivo, tal circunstância já produz efeito no contracheque?[/quote]

    No contracheque sim. Mas lembrando, vc já contribui com 11%, se contribuir com 8,5% pra Funpresp, vai contribuir com 2,5% a menos que contribui para previdencia hj, e sobre esses 2,55% irá incidir previdência.

    Ilhense
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 872
    Reputação : 22
    Data de inscrição : 18/12/2010

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por Ilhense em Qui 26 Jul 2018, 9:31 pm

    Já encaminhei o requerimento de adesão para o meu tribunal.

    Contudo, notei na ficha de adesão os campos para incidência em fc e contribuição facultativa.

    Eu posso, a qualquer tempo, alterar essas condições e passar a contribuir facultativamente, incluindo também a minha função?

    Posso também, a qualquer tempo, alterar o percentual de contribuição, reduzindo-o por exemplo?



    avatar
    multilaser
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 32
    Reputação : 2
    Data de inscrição : 17/10/2014

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por multilaser em Sex 27 Jul 2018, 5:44 am

    vi essa postagem:
    "Meu único receio com a migração e adesão é a funpresp não atingir 3.5% de rentabilidade real. Fiz uma análise da rentabilidade de alguns fundos de pensão e percebi que eles são muito afetados por crises econômicas ou oscilações na economia. A funcef (caixa) por exemplo não conseguiu atingir a meta atuarial em 5 dos últimos 10 anos. Neste ano esta com 1.68 de rentabilidade x 2.60 do IPCA. Rentabilidade real de -90. O funpresp neste ano provavelmente não atingirá 3.5% acima da inflação. Fechou um mês com -0.99 e no último fechou abaixo do CDI."

    conferi de quem falou isso no site da funpresp, e vi que a rentabilidade real dela até junho/2018 é de apenas 0,42% quando a meta anual é 4,5%. Devia estar pelos menos em 2,25%.

    achei preocupante.
    avatar
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2039
    Reputação : 269
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por androsvilazza em Sex 27 Jul 2018, 8:59 am

    multilaser escreveu:vi essa postagem:
    "Meu único receio com a migração e adesão é  a funpresp não atingir 3.5% de rentabilidade real.  Fiz uma análise da rentabilidade de alguns fundos de pensão e percebi que eles são muito afetados por crises econômicas ou oscilações na economia. A funcef (caixa) por exemplo não conseguiu atingir a meta atuarial em 5 dos últimos 10 anos. Neste ano esta com 1.68 de rentabilidade x 2.60 do IPCA. Rentabilidade real de -90. O funpresp neste ano provavelmente não atingirá 3.5% acima da inflação.  Fechou um mês com -0.99 e no último fechou abaixo do CDI."

    conferi de quem falou isso no site da funpresp, e vi que a rentabilidade real dela até junho/2018 é de apenas 0,42% quando a meta anual é 4,5%. Devia estar pelos menos em 2,25%.

    achei preocupante.

    As metas de rendimento são médias. No caso do Funpresp, espera-se que em um ano obtenha pouco mais de 4,5%, no outro ano pouco menos etc. Ano passado e retrasado, por exemplo, girou em torno de 7 a 7,5%, e nem por isso eu acho que vá ser todo ano igual.

    Não dá pra pegar um recorte de 6 meses atípicos (ano de eleição, greve dos caminhoneiros) e achar que isso prenuncia o rendimento da Funpresp para os próximos 20-30 anos. É até uma boa notícia que tenham conseguido qualquer rendimento real nesse período (pra constar, a inflação até junho já igualou a esperada para o ano todo, por alguns analistas. A inflação de junho foi a maior para o mês nos últimos 20 anos etc).

    Por isso é importante procurar os motivos para o rendimento aparentemente baixo (não só da Funpresp, mas dos demais fundos por aí), e ver que são causas que não se repetem todo semestre:

    - como o cenário no começo do ano era de inflação baixa, os títulos prefixados pagavam pouco de prêmio, condizente com aquele cenário;

    - com a greve dos caminhoneiros e a explosão da inflação nos últimos 2 meses, o rendimento real (frente à inflação) tende a ser menor que o projetado;

    - A Funpresp não compra e vende títulos todo mês. Tem alguns títulos que são de mais longo prazo, contratados a preços prefixados. Esses títulos continuam disponíveis para negociação, então seu preço, na contabilidade, tem de ser trazido a valores presentes. Traduzindo: todo mês a Funpresp (e todas as empresas que detêm títulos para eventual negociação imediata) precisam lançar, em seus balanços contábeis, quanto receberiam por determinado título caso o resgatassem hoje. Os títulos comprados no ano passado, ou início deste ano, foram precificados conforme o cenário que projetavam à época. Como ninguém esperava por uma greve dos caminhoneiros, e o cenário de incerteza ainda persiste, é natural que tais títulos valham, hoje, menos do que se esperava que valessem. Isso não quer dizer que foram vendidos com prejuízo, no mês de junho. Quer dizer que, se tivessem sido vendidos, teria havido prejuízo. Não acredito que a Funpresp queira prejuízo, então provavelmente seguraram esses papeis para negociação futura, em um cenário melhor, ou resgate no vencimento, pelo preço combinado. Mas de todo modo, pelas regras contábeis, tiveram de lançar preços menores no balanço.

    A propósito, vou deixar um demonstrativo de como não se pode avaliar investimentos de longo prazo por um recorte de 6 meses (principalmente, 6 meses de instabilidade):

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Quem vê que o índice Bovespa caiu tanto com a greve dos caminhoneiros e incertezas no cenário internacional, pode achar que investir em ações na bolsa de valores é um péssimo investimento, e que a poupança é um ótimo investimento. Se pegar o recorte do ano de 2017 verá, por outro lado, que a Bolsa acumulou alta de 27% no ano, enquanto a poupança ficou em meros 7%.
    avatar
    sprg4
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 224
    Reputação : 24
    Data de inscrição : 01/06/2015

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por sprg4 em Sex 27 Jul 2018, 9:14 am

    androsvilazza escreveu:
    multilaser escreveu:vi essa postagem:
    "Meu único receio com a migração e adesão é  a funpresp não atingir 3.5% de rentabilidade real.  Fiz uma análise da rentabilidade de alguns fundos de pensão e percebi que eles são muito afetados por crises econômicas ou oscilações na economia. A funcef (caixa) por exemplo não conseguiu atingir a meta atuarial em 5 dos últimos 10 anos. Neste ano esta com 1.68 de rentabilidade x 2.60 do IPCA. Rentabilidade real de -90. O funpresp neste ano provavelmente não atingirá 3.5% acima da inflação.  Fechou um mês com -0.99 e no último fechou abaixo do CDI."

    conferi de quem falou isso no site da funpresp, e vi que a rentabilidade real dela até junho/2018 é de apenas 0,42% quando a meta anual é 4,5%. Devia estar pelos menos em 2,25%.

    achei preocupante.

    As metas de rendimento são médias. No caso do Funpresp, espera-se que em um ano obtenha pouco mais de 4,5%, no outro ano pouco menos etc. Ano passado e retrasado, por exemplo, girou em torno de 7 a 7,5%, e nem por isso eu acho que vá ser todo ano igual.

    Não dá pra pegar um recorte de 6 meses atípicos (ano de eleição, greve dos caminhoneiros) e achar que isso prenuncia o rendimento da Funpresp para os próximos 20-30 anos. É até uma boa notícia que tenham conseguido qualquer rendimento real nesse período (pra constar, a inflação até junho já igualou a esperada para o ano todo, por alguns analistas. A inflação de junho foi a maior para o mês nos últimos 20 anos etc).

    Por isso é importante procurar os motivos para o rendimento aparentemente baixo (não só da Funpresp, mas dos demais fundos por aí), e ver que são causas que não se repetem todo semestre:

    - como o cenário no começo do ano era de inflação baixa, os títulos prefixados pagavam pouco de prêmio, condizente com aquele cenário;

    - com a greve dos caminhoneiros e a explosão da inflação nos últimos 2 meses, o rendimento real (frente à inflação) tende a ser menor que o projetado;

    - A Funpresp não compra e vende títulos todo mês. Tem alguns títulos que são de mais longo prazo, contratados a preços prefixados. Esses títulos continuam disponíveis para negociação, então seu preço, na contabilidade, tem de ser trazido a valores presentes. Traduzindo: todo mês a Funpresp (e todas as empresas que detêm títulos para eventual negociação imediata) precisam lançar, em seus balanços contábeis, quanto receberiam por determinado título caso o resgatassem hoje. Os títulos comprados no ano passado, ou início deste ano, foram precificados conforme o cenário que projetavam à época. Como ninguém esperava por uma greve dos caminhoneiros, e o cenário de incerteza ainda persiste, é natural que tais títulos valham, hoje, menos do que se esperava que valessem. Isso não quer dizer que foram vendidos com prejuízo, no mês de junho. Quer dizer que, se tivessem sido vendidos, teria havido prejuízo. Não acredito que a Funpresp queira prejuízo, então provavelmente seguraram esses papeis para negociação futura, em um cenário melhor, ou resgate no vencimento, pelo preço combinado. Mas de todo modo, pelas regras contábeis, tiveram de lançar preços menores no balanço.

    A propósito, vou deixar um demonstrativo de como não se pode avaliar investimentos de longo prazo por um recorte de 6 meses (principalmente, 6 meses de instabilidade):

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Quem vê que o índice Bovespa caiu tanto com a greve dos caminhoneiros e incertezas no cenário internacional, pode achar que investir em ações na bolsa de valores é um péssimo investimento, e que a poupança é um ótimo investimento. Se pegar o recorte do ano de 2017 verá, por outro lado, que a Bolsa acumulou alta de 27% no ano, enquanto a poupança ficou em meros 7%.

    Cara, vc e o José Barbosa deveriam se candidatar para o conselho deliberativo do funpresp. Certamente a adesão dos servidores triplicaria kkkk. Vcs ajudam demais!!!!
    avatar
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2802
    Reputação : 395
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por josebarbos em Sex 27 Jul 2018, 9:53 am

    Ilhense escreveu:Já encaminhei o requerimento de adesão para o meu tribunal.

    Contudo,  notei na ficha de adesão os campos para incidência em fc e contribuição facultativa.

    Eu posso, a qualquer tempo, alterar essas condições e passar a contribuir facultativamente, incluindo também a minha função?

    Posso também, a qualquer tempo, alterar o percentual de contribuição,  reduzindo-o por exemplo?


    Sempre é recomendável incluir a FC na base de cálculo. É melhor deixar 6,5% com FC do que 8,5% sem ela. Porque alguns tipos de benefícios estão vinculados à remuneração de participação, portanto, o ideal é deixá-la o mais alta possível.

    O percentual de participação (6,5% a 8,5%) pode ser alterado uma vez por ano, em novembro, para valer no exercício seguinte. Já o opcional pode ser alterado a qualquer momento e p/ qualquer valor.
    avatar
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2802
    Reputação : 395
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por josebarbos em Sex 27 Jul 2018, 9:59 am

    multilaser escreveu:vi essa postagem:
    "Meu único receio com a migração e adesão é  a funpresp não atingir 3.5% de rentabilidade real.  Fiz uma análise da rentabilidade de alguns fundos de pensão e percebi que eles são muito afetados por crises econômicas ou oscilações na economia. A funcef (caixa) por exemplo não conseguiu atingir a meta atuarial em 5 dos últimos 10 anos. Neste ano esta com 1.68 de rentabilidade x 2.60 do IPCA. Rentabilidade real de -90. O funpresp neste ano provavelmente não atingirá 3.5% acima da inflação.  Fechou um mês com -0.99 e no último fechou abaixo do CDI."

    conferi de quem falou isso no site da funpresp, e vi que a rentabilidade real dela até junho/2018 é de apenas 0,42% quando a meta anual é 4,5%. Devia estar pelos menos em 2,25%.

    achei preocupante.

    Em abril estava em 3,79% (nominal) e 2,8% acima da inflação. Tomou dois "tombos" em maio e junho. O de maio foi uma grande depreciação dos títulos pré-fixados pela perspectiva de virada da inflação, já o segundo, pelo alto índice de inflação em junho e outro que virá agora em julho.

    Estas oscilações ocorrem. Até por ser prévia da eleição, pode esperar uma SELIC muito abaixo do patamar que ela deveria estar.

    4,5% hoje é uma meta factível, mas ousada. Eu prefiro trabalhar com 3% e sei que este ano nada em renda fixa vai dar muita coisa. Há anos de oportunidades, bons anos, e anos ruins.
    avatar
    AndreMPF
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Cargo : Analista Processual
    Mensagens : 203
    Reputação : 36
    Data de inscrição : 11/03/2015

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por AndreMPF em Sex 27 Jul 2018, 10:06 am

    como que é essa questão da FC aí?
    desculpe a ignorancia, mas se refere a função de confiança?

    se for isso, deixando de ganhar a FC, continua pagando o mesmo valor ou cessa?
    avatar
    JUDiado
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 202
    Reputação : 9
    Data de inscrição : 01/06/2015

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por JUDiado em Sex 27 Jul 2018, 10:14 am

    androsvilazza escreveu:
    multilaser escreveu:vi essa postagem:
    "Meu único receio com a migração e adesão é  a funpresp não atingir 3.5% de rentabilidade real.  Fiz uma análise da rentabilidade de alguns fundos de pensão e percebi que eles são muito afetados por crises econômicas ou oscilações na economia. A funcef (caixa) por exemplo não conseguiu atingir a meta atuarial em 5 dos últimos 10 anos. Neste ano esta com 1.68 de rentabilidade x 2.60 do IPCA. Rentabilidade real de -90. O funpresp neste ano provavelmente não atingirá 3.5% acima da inflação.  Fechou um mês com -0.99 e no último fechou abaixo do CDI."

    conferi de quem falou isso no site da funpresp, e vi que a rentabilidade real dela até junho/2018 é de apenas 0,42% quando a meta anual é 4,5%. Devia estar pelos menos em 2,25%.

    achei preocupante.

    As metas de rendimento são médias. No caso do Funpresp, espera-se que em um ano obtenha pouco mais de 4,5%, no outro ano pouco menos etc. Ano passado e retrasado, por exemplo, girou em torno de 7 a 7,5%, e nem por isso eu acho que vá ser todo ano igual.

    Não dá pra pegar um recorte de 6 meses atípicos (ano de eleição, greve dos caminhoneiros) e achar que isso prenuncia o rendimento da Funpresp para os próximos 20-30 anos. É até uma boa notícia que tenham conseguido qualquer rendimento real nesse período (pra constar, a inflação até junho já igualou a esperada para o ano todo, por alguns analistas. A inflação de junho foi a maior para o mês nos últimos 20 anos etc).

    Por isso é importante procurar os motivos para o rendimento aparentemente baixo (não só da Funpresp, mas dos demais fundos por aí), e ver que são causas que não se repetem todo semestre:

    - como o cenário no começo do ano era de inflação baixa, os títulos prefixados pagavam pouco de prêmio, condizente com aquele cenário;

    - com a greve dos caminhoneiros e a explosão da inflação nos últimos 2 meses, o rendimento real (frente à inflação) tende a ser menor que o projetado;

    - A Funpresp não compra e vende títulos todo mês. Tem alguns títulos que são de mais longo prazo, contratados a preços prefixados. Esses títulos continuam disponíveis para negociação, então seu preço, na contabilidade, tem de ser trazido a valores presentes. Traduzindo: todo mês a Funpresp (e todas as empresas que detêm títulos para eventual negociação imediata) precisam lançar, em seus balanços contábeis, quanto receberiam por determinado título caso o resgatassem hoje. Os títulos comprados no ano passado, ou início deste ano, foram precificados conforme o cenário que projetavam à época. Como ninguém esperava por uma greve dos caminhoneiros, e o cenário de incerteza ainda persiste, é natural que tais títulos valham, hoje, menos do que se esperava que valessem. Isso não quer dizer que foram vendidos com prejuízo, no mês de junho. Quer dizer que, se tivessem sido vendidos, teria havido prejuízo. Não acredito que a Funpresp queira prejuízo, então provavelmente seguraram esses papeis para negociação futura, em um cenário melhor, ou resgate no vencimento, pelo preço combinado. Mas de todo modo, pelas regras contábeis, tiveram de lançar preços menores no balanço.

    A propósito, vou deixar um demonstrativo de como não se pode avaliar investimentos de longo prazo por um recorte de 6 meses (principalmente, 6 meses de instabilidade):

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Quem vê que o índice Bovespa caiu tanto com a greve dos caminhoneiros e incertezas no cenário internacional, pode achar que investir em ações na bolsa de valores é um péssimo investimento, e que a poupança é um ótimo investimento. Se pegar o recorte do ano de 2017 verá, por outro lado, que a Bolsa acumulou alta de 27% no ano, enquanto a poupança ficou em meros 7%.

    Aproveitando o gancho do androsvilazza, pra quem quer investir em bolsa mas não entende nada ou não quer ter o trabalho de aprender, investir em fundos de ações é uma boa. Invisto em fundos desde 2011 e o rendimento mensal médio desde quando comecei é de 1,46%. No entanto, vale lembrar que esse tipo de investimento é a longo prazo e tem que estar disposto a enfrentar rendimento negativo por até vários meses.
    avatar
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2802
    Reputação : 395
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por josebarbos em Sex 27 Jul 2018, 10:15 am

    Avulso1 escreveu:

    Jose, não consegui entender bem, vc diz que receberia 5% do sal de contribuição pelo funpresp + teto inss + BE= Pensão ou apos inv? É isso mesmo?
    Nos dias de hj a pensão ou apos. inv seria o teto inss + 70% do que ultrapassar esse teto. Olhando por esse lado, permanecer no RPPS compensa, até mudarem isso.

    É isto mesmo, mas o texto da reforma é MUITO pior, será baseado na média de contribuições e haverá um redutor. É muito provável que o Funpresp seja uma alternativa menos pior em pouco tempo, e em todo o caso, é recomendável analisar a contratação de um seguro de vida, pelo menos até formar um capital razoável para atender a estas situações críticas.
    avatar
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2802
    Reputação : 395
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por josebarbos em Sex 27 Jul 2018, 10:17 am

    AndreMPF escreveu:como que é essa questão da FC aí?
    desculpe a ignorancia, mas se refere a função de confiança?

    se for isso, deixando de ganhar a FC, continua pagando o mesmo valor ou cessa?

    Sim, função de confiança.

    Quando você opta por incluir as verbas temporárias (lembrando que no caso do MPU há o adicional de penosidade, que também pode ser incluído), elas integram o cálculo apenas se você recebeu.
    Logo, só paga quando receber, e proporcional ao que receber.
    avatar
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2802
    Reputação : 395
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por josebarbos em Sex 27 Jul 2018, 10:20 am

    JUDiado escreveu:
    Aproveitando o gancho do androsvilazza, pra quem quer investir em bolsa mas não entende nada ou não quer ter o trabalho de aprender, investir em fundos de ações é uma boa. Invisto em fundos desde 2011 e o rendimento mensal médio desde quando comecei é de 1,46%. No entanto, vale lembrar que esse tipo de investimento é a longo prazo e tem que estar disposto a enfrentar rendimento negativo por até vários meses.

    Bolsa pode ser um excelente investimento, mas depende de dedicação, análise e confiar nas próprias convicções, para não fazer o mal negócio.
    No Brasil fomos muito mal acostumados com a poupança, aquela em que perdemos um pouco sempre, mas nominalmente sobe.
    avatar
    Avulso1
    Novo Usuário

    Mensagens : 19
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 08/06/2015

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por Avulso1 em Sex 27 Jul 2018, 10:21 am

    josebarbos escreveu:
    Avulso1 escreveu:

    Jose, não consegui entender bem, vc diz que receberia 5% do sal de contribuição pelo funpresp + teto inss + BE= Pensão ou apos inv? É isso mesmo?
    Nos dias de hj a pensão ou apos. inv seria o teto inss + 70% do que ultrapassar esse teto. Olhando por esse lado, permanecer no RPPS compensa, até mudarem isso.

    É isto mesmo, mas o texto da reforma é MUITO pior, será baseado na média de contribuições e haverá um redutor. É muito provável que o Funpresp seja uma alternativa menos pior em pouco tempo, e em todo o caso, é recomendável analisar a contratação de um seguro de vida, pelo menos até formar um capital razoável para atender a estas situações críticas.

    Obrigado, Jose!
    avatar
    JUDiado
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 202
    Reputação : 9
    Data de inscrição : 01/06/2015

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por JUDiado em Sex 27 Jul 2018, 10:31 am

    josebarbos escreveu:
    JUDiado escreveu:
    Aproveitando o gancho do androsvilazza, pra quem quer investir em bolsa mas não entende nada ou não quer ter o trabalho de aprender, investir em fundos de ações é uma boa. Invisto em fundos desde 2011 e o rendimento mensal médio desde quando comecei é de 1,46%. No entanto, vale lembrar que esse tipo de investimento é a longo prazo e tem que estar disposto a enfrentar rendimento negativo por até vários meses.

    Bolsa pode ser um excelente investimento, mas depende de dedicação, análise e confiar nas próprias convicções, para não fazer o mal negócio.
    No Brasil fomos muito mal acostumados com a poupança, aquela em que perdemos um pouco sempre, mas nominalmente sobe.

    No meu caso, quis passar a responsabilidade para os gestores dos fundos. Há a cobrança de taxas, mas não vejo como aspecto negativo. Taxa de administração todo fundo tem. Taxa de performance pode parecer alta, mas é um incentivo do gestor a bater o respectivo benchmark. O único porém pode ser o tempo para resgate, mas como é um investimento a longo prazo. Reserva emergencial eu deixo em outros investimentos.
    Creio que poderia até ganhar mais se eu investisse por conta própria, mas como você mesmo ressaltou, exigiria dedicação e empenho nas análises do mercado, sem contar o estresse.
    avatar
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2802
    Reputação : 395
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por josebarbos em Sex 27 Jul 2018, 10:36 am

    JUDiado escreveu:
    josebarbos escreveu:
    JUDiado escreveu:
    Aproveitando o gancho do androsvilazza, pra quem quer investir em bolsa mas não entende nada ou não quer ter o trabalho de aprender, investir em fundos de ações é uma boa. Invisto em fundos desde 2011 e o rendimento mensal médio desde quando comecei é de 1,46%. No entanto, vale lembrar que esse tipo de investimento é a longo prazo e tem que estar disposto a enfrentar rendimento negativo por até vários meses.

    Bolsa pode ser um excelente investimento, mas depende de dedicação, análise e confiar nas próprias convicções, para não fazer o mal negócio.
    No Brasil fomos muito mal acostumados com a poupança, aquela em que perdemos um pouco sempre, mas nominalmente sobe.

    No meu caso, quis passar a responsabilidade para os gestores dos fundos. Há a cobrança de taxas, mas não vejo como aspecto negativo. Taxa de administração todo fundo tem. Taxa de performance pode parecer alta, mas é um incentivo do gestor a bater o respectivo benchmark. O único porém pode ser o tempo para resgate, mas como é um investimento a longo prazo. Reserva emergencial eu deixo em outros investimentos.
    Creio que poderia até ganhar mais se eu investisse por conta própria, mas como você mesmo ressaltou, exigiria dedicação e empenho nas análises do mercado, sem contar o estresse.

    Faz muito bem. O que considero os "bons fundos" são os de imóveis e ações. Diluem risco, têm uma gestão profissional e menores despesas administrativas do que investir por conta própria.
    O problema é que normalmente os únicos fundos amplamente divulgados são os DI/Renda Fixa, em que você basicamente paga (caro) para alguém fazer aquilo que você mesmo poderia fazer, sem ter qualquer benefício.
    avatar
    pernalonga
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1888
    Reputação : 777
    Data de inscrição : 25/04/2012

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por pernalonga em Sex 27 Jul 2018, 10:49 am

    Amarildo pediu prorrogação do prazo de adesão ao funpresp jus ao MpoG
    avatar
    JUDiado
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 202
    Reputação : 9
    Data de inscrição : 01/06/2015

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por JUDiado em Sex 27 Jul 2018, 10:51 am

    josebarbos escreveu:
    JUDiado escreveu:
    josebarbos escreveu:
    JUDiado escreveu:
    Aproveitando o gancho do androsvilazza, pra quem quer investir em bolsa mas não entende nada ou não quer ter o trabalho de aprender, investir em fundos de ações é uma boa. Invisto em fundos desde 2011 e o rendimento mensal médio desde quando comecei é de 1,46%. No entanto, vale lembrar que esse tipo de investimento é a longo prazo e tem que estar disposto a enfrentar rendimento negativo por até vários meses.

    Bolsa pode ser um excelente investimento, mas depende de dedicação, análise e confiar nas próprias convicções, para não fazer o mal negócio.
    No Brasil fomos muito mal acostumados com a poupança, aquela em que perdemos um pouco sempre, mas nominalmente sobe.

    No meu caso, quis passar a responsabilidade para os gestores dos fundos. Há a cobrança de taxas, mas não vejo como aspecto negativo. Taxa de administração todo fundo tem. Taxa de performance pode parecer alta, mas é um incentivo do gestor a bater o respectivo benchmark. O único porém pode ser o tempo para resgate, mas como é um investimento a longo prazo. Reserva emergencial eu deixo em outros investimentos.
    Creio que poderia até ganhar mais se eu investisse por conta própria, mas como você mesmo ressaltou, exigiria dedicação e empenho nas análises do mercado, sem contar o estresse.

    Faz muito bem. O que considero os "bons fundos" são os de imóveis e ações. Diluem risco, têm uma gestão profissional e menores despesas administrativas do que investir por conta própria.
    O problema é que normalmente os únicos fundos amplamente divulgados são os DI/Renda Fixa, em que você basicamente paga (caro) para alguém fazer aquilo que você mesmo poderia fazer, sem ter qualquer benefício.

    Fundos imobiliários são uma boa mesmo. Cresceram bastante, alguns com retornos acima de 50% no último ano e são uma alternativa para quem quer investir em imóveis sem ter muito capital.
    avatar
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2039
    Reputação : 269
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por androsvilazza em Sex 27 Jul 2018, 10:59 am

    josebarbos escreveu:
    Avulso1 escreveu:

    Jose, não consegui entender bem, vc diz que receberia 5% do sal de contribuição pelo funpresp + teto inss + BE= Pensão ou apos inv? É isso mesmo?
    Nos dias de hj a pensão ou apos. inv seria o teto inss + 70% do que ultrapassar esse teto. Olhando por esse lado, permanecer no RPPS compensa, até mudarem isso.

    É isto mesmo, mas o texto da reforma é MUITO pior, será baseado na média de contribuições e haverá um redutor. É muito provável que o Funpresp seja uma alternativa menos pior em pouco tempo, e em todo o caso, é recomendável analisar a contratação de um seguro de vida, pelo menos até formar um capital razoável para atender a estas situações críticas.

    Aproveitando o assunto sobre seguro de vida, a Funpresp-Jud já está com estudos avançados para começar a oferecer seguro de vida coletivo ainda este ano.

    A Funpresp-EXE já oferece, tem um simulador no site deles (aqui), e os valores ficam bem abaixo dos seguros contratados individualmente. Além disso, o valor destinado para esse fim também conta com o benefício fiscal (dedução no IRPF - conta como contribuição facultativa).

    Sei que o nosso seguro não necessariamente será igual ao do executivo (mesmos valores etc), mas esse simulador serve de parâmetro pra ver que os valores são mais baixos que os de seguradoras comuns. Fiz um teste, vi que, para a minha idade (33 anos), uma cobertura de R$500.000,00 sairia por R$58,55 (morte) e R$49,10 (invalidez), totalizando 107,65 para cobrir os dois eventos. É um valor razoável, pra quem está pensando em contratar um seguro não resgatável. Vale a pena, pra quem aderiu ou está pensando em aderir, não contratar um seguro antes do final do ano, ou pelo menos contratar algum sem prazo de fidelidade, pra poder mudar pro da Funpresp quando eles começarem a oferecer.

    avatar
    JUDiado
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 202
    Reputação : 9
    Data de inscrição : 01/06/2015

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por JUDiado em Sex 27 Jul 2018, 11:04 am

    pernalonga escreveu:Amarildo pediu prorrogação do prazo de adesão ao funpresp jus ao MpoG

    Alguma surpresa? rsrs
    avatar
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2039
    Reputação : 269
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por androsvilazza em Sex 27 Jul 2018, 11:27 am

    JUDiado escreveu:
    pernalonga escreveu:Amarildo pediu prorrogação do prazo de adesão ao funpresp jus ao MpoG

    Alguma surpresa? rsrs

    Acho razoável que se prorrogue. Havendo interesse, uma MP resolve tudo. Basta prorrogar o prazo, por exemplo, até o final do ano (pra não invadir o próximo mandato).
    avatar
    sprg4
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 224
    Reputação : 24
    Data de inscrição : 01/06/2015

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por sprg4 em Sex 27 Jul 2018, 11:30 am

    O problema é que se encerra hoje, ou seja, muita gente pode fazer a migração agora e essa prorrogação sair mais tarde. Em se tratando de decisão irrevogável e irretratável, como é que fica?
    avatar
    MConcursos
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 238
    Reputação : 31
    Data de inscrição : 04/01/2015

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por MConcursos em Sex 27 Jul 2018, 11:40 am

    Sobre esse seguro Androsvilazza, seria possivel contratar so para invalidez?
    avatar
    AndreMPF
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Cargo : Analista Processual
    Mensagens : 203
    Reputação : 36
    Data de inscrição : 11/03/2015

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por AndreMPF em Sex 27 Jul 2018, 11:56 am

    sprg4 escreveu:O problema é que se encerra hoje, ou seja, muita gente pode fazer a migração agora e essa prorrogação sair mais tarde. Em se tratando de decisão irrevogável e irretratável, como é que fica?

    Basta a MP abrir uma exceção no sentido de quem migrou em uma determinada janela de tempo, possa se retratar. MP tem força de lei.
    avatar
    wilhelm
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : AJAJ C13 Querendo dar Área desta Josta de País
    Mensagens : 1262
    Reputação : 12
    Data de inscrição : 13/07/2010
    Idade : 39
    Localização : TRF 3ª Região

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por wilhelm em Sex 27 Jul 2018, 11:57 am

    sprg4 escreveu:O problema é que se encerra hoje, ou seja, muita gente pode fazer a migração agora e essa prorrogação sair mais tarde. Em se tratando de decisão irrevogável e irretratável, como é que fica?
    pois é
    é um absurdo, pois eu já mandei a minha e de minha esposa, ams teríamos esperado dezembro deste ano, se o prazo fosse estendido

    avatar
    sprg4
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 224
    Reputação : 24
    Data de inscrição : 01/06/2015

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por sprg4 em Sex 27 Jul 2018, 12:02 pm

    wilhelm escreveu:
    sprg4 escreveu:O problema é que se encerra hoje, ou seja, muita gente pode fazer a migração agora e essa prorrogação sair mais tarde. Em se tratando de decisão irrevogável e irretratável, como é que fica?
    pois é
    é um absurdo, pois eu já mandei a minha e de minha esposa, ams teríamos esperado dezembro deste ano, se o prazo fosse estendido


    estou na iminência de enviar a minha, contudo vou aguardar até às 15h pra v se sai alguma coisa. Não acredito que saindo uma MP, deixaria essa possibilidade mencionada pelo colega André MPF. Que situção complicada!!!
    avatar
    wilhelm
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : AJAJ C13 Querendo dar Área desta Josta de País
    Mensagens : 1262
    Reputação : 12
    Data de inscrição : 13/07/2010
    Idade : 39
    Localização : TRF 3ª Região

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por wilhelm em Sex 27 Jul 2018, 12:07 pm

    sprg4 escreveu:
    wilhelm escreveu:
    sprg4 escreveu:O problema é que se encerra hoje, ou seja, muita gente pode fazer a migração agora e essa prorrogação sair mais tarde. Em se tratando de decisão irrevogável e irretratável, como é que fica?
    pois é
    é um absurdo, pois eu já mandei a minha e de minha esposa, ams teríamos esperado dezembro deste ano, se o prazo fosse estendido


    estou na iminência de enviar a minha, contudo vou aguardar até às 15h pra v se sai alguma coisa. Não acredito que saindo uma MP, deixaria essa possibilidade mencionada pelo colega André MPF. Que situção complicada!!!

    Cara, o FRENTAS fez lobby no MPOG por meses e não conseguiu a prorrogação, sinceramente eu duvido que o Amarildowski consiga
    avatar
    pernalonga
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1888
    Reputação : 777
    Data de inscrição : 25/04/2012

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por pernalonga em Sex 27 Jul 2018, 12:43 pm

    Órgãos não estão conseguindo entregar os cálculos do beneficio especial, tem erro grave de cálculo no executivo, além de ainda não definiram o próprio caráter do benefício especial e do benefício do Funpresp. Sem essas informações, tomar qualquer decisão sobre aderir ou não é dar um tiro no escuro.
    A pressão sobre o MPOG é enorme, todos os fatores acima, somados à baixíssima adesão ao RCP, podem acabar tendo forçando uma alteração sim
    avatar
    sprg4
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 224
    Reputação : 24
    Data de inscrição : 01/06/2015

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por sprg4 em Sex 27 Jul 2018, 12:49 pm

    pernalonga escreveu:Órgãos não estão conseguindo entregar os cálculos do beneficio especial, tem erro grave de cálculo no executivo, além de ainda não definiram o próprio caráter do benefício especial e do benefício do Funpresp. Sem essas informações, tomar qualquer decisão sobre aderir ou não é dar um tiro no escuro.
    A pressão sobre o MPOG é enorme, todos os fatores acima, somados à baixíssima adesão ao RCP, podem acabar tendo forçando uma alteração sim

    Concordo, o problema é que está em cima da hora... Vão responder dps que encerrar o dia?
    avatar
    pernalonga
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1888
    Reputação : 777
    Data de inscrição : 25/04/2012

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por pernalonga em Sex 27 Jul 2018, 1:03 pm

    sprg4 escreveu:
    pernalonga escreveu:Órgãos não estão conseguindo entregar os cálculos do beneficio especial, tem erro grave de cálculo no executivo, além de ainda não definiram o próprio caráter do benefício especial e do benefício do Funpresp. Sem essas informações, tomar qualquer decisão sobre aderir ou não é dar um tiro no escuro.
    A pressão sobre o MPOG é enorme, todos os fatores acima, somados à baixíssima adesão ao RCP, podem acabar tendo forçando uma alteração sim

    Concordo, o problema é que está em cima da hora... Vão responder dps que encerrar o dia?

    Esqueci de falar das liminares, que já estão saindo por aí
    avatar
    sprg4
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 224
    Reputação : 24
    Data de inscrição : 01/06/2015

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por sprg4 em Sex 27 Jul 2018, 1:09 pm

    Vou embora daqui a uma hora. Estou com tudo pronto para migrar e aderir, só falta enviar o PGEA já autuado. Entretanto, caso haja essa prorrogação, deixaria para decidir depois, até o próximo fechamento.

    O que fazer?

    Conteúdo patrocinado

    Re: FUNPRESP

    Mensagem por Conteúdo patrocinado

      Tópicos similares

      -

      Data/hora atual: Seg 17 Dez 2018, 4:42 am