PCS JÁ



    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    PCS-JA
    PCS-JA
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2284
    Reputação : 134
    Data de inscrição : 15/05/2015

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por PCS-JA em Sex 23 Out 2015, 10:08 am

    BLACK SOUL escreveu:
    PCS-JA escreveu:
    PCS-JA escreveu:
    Morena escreveu:

    esse é a questão. Erra quem disse estamos lutando por nada, é mentira, completa mentira. Estamos lutando por algo, estamos lutando por uma recomposição realmente decente, não por algo que vai nos afundar mais do que já estamos afundados. Lutar pelo PLC28/2015 não é lutar por nada, é lutar por algo, a diferença é que um algo que alguns não acreditam que virá, que é um direito deles, assim como é nosso continuar trabalhando por aquilo que acreditamos ser possível.
    A luta nunca foi pelo zero, muito pelo contrário, sempre foi pelo PLC28/2015, que é completamente distinto de zero.

    ____________

    Sempre lutamos, sempre lutaremos pela DERRUBADA DO VETO 26.
    O Projeto 7920 ou PLC 28, foi discutido remetido pelo próprio Lewatraidor, com louvores e notas técnicas na época.

    ACREDITO, SEMPRE VOU ACREDITAR, NUNCA DEIXEM QUE DESANIME QUE PODEMOS
    DERRUBAR O VETO

    no dia 17-11-2015.


    Que Deus nos ajude e ilumine, merecemos muito.

    _____________________-

    O Pessoal do face que atua no Congresso Nacional informa que temos 293 Deputados ao nosso favor (precisamos de 257) e 46 senadores (precisamos de 41). Portanto, vamos derrubar esta "bagaça":

    Magna Alves
    13 h
    A Grazi falou no áudio que, temos 293 deputados e 46 senadores fechadíssimos conosco.
    Gente. Vamos derrubar o veto 26.


    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    O problema é a presença dessa galera na sessão!

    A margem é curta para o quórum que vem se apresentando.

    _______
    Grande Black tem ampla, geral e irrestrita razão, pois além da margem ser curta os tais "amigos do judiciário" (ou da onça), não são confiáveis.
    São apenas 05 cinco senadores de margem e deputados um pouco mais.
    Parabéns, aos Adm. e Moder do forum pela orientação de discutir cada assunto no seu item respectivo. A vedação de discutir e misturar pls distintos é muito bem vinda.

    MAS, SEMPRE VAMOS ACREDITAR ATÉ O ÚLTIMO SEGUNDO que podemos
    DERRUBAR O VETO no dia
    17-11-2015
    PCS-JA
    PCS-JA
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2284
    Reputação : 134
    Data de inscrição : 15/05/2015

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por PCS-JA em Sex 23 Out 2015, 10:47 am

    PCS-JA escreveu:
    BLACK SOUL escreveu:
    PCS-JA escreveu:
    PCS-JA escreveu:

    ____________

    Sempre lutamos, sempre lutaremos pela DERRUBADA DO VETO 26.
    O Projeto 7920 ou PLC 28, foi discutido remetido pelo próprio Lewatraidor, com louvores e notas técnicas na época.

    ACREDITO, SEMPRE VOU ACREDITAR, NUNCA DEIXEM QUE DESANIME QUE PODEMOS
    DERRUBAR O VETO

    no dia 17-11-2015.


    Que Deus nos ajude e ilumine, merecemos muito.

    _____________________-

    O Pessoal do face que atua no Congresso Nacional informa que temos 293 Deputados ao nosso favor (precisamos de 257) e 46 senadores (precisamos de 41). Portanto, vamos derrubar esta "bagaça":

    Magna Alves
    13 h
    A Grazi falou no áudio que, temos 293 deputados e 46 senadores fechadíssimos conosco.
    Gente. Vamos derrubar o veto 26.


    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    O problema é a presença dessa galera na sessão!

    A margem é curta para o quórum que vem se apresentando.

    _______
    Grande Black tem ampla, geral e irrestrita razão, pois além da margem ser curta os tais "amigos do judiciário" (ou da onça), não são confiáveis.
    São apenas 05 cinco senadores de margem e deputados um pouco mais.
    Parabéns, aos Adm. e Moder do forum pela orientação de discutir cada assunto no seu item respectivo. A vedação de discutir e misturar pls distintos é muito bem vinda.

    MAS, SEMPRE VAMOS ACREDITAR ATÉ O ÚLTIMO SEGUNDO que podemos
    DERRUBAR O VETO no dia
    17-11-2015


    __________________
    22/10/2015 19:31:00 ( 672 Leituras internas ) Fechar
    DF aprova continuidade da greve com foco no Congresso e Aeroporto

    Reunidos em Assembleia-Geral, na tarde desta quinta-feira (22/10), os servidores do Poder Judiciário da União e do MPU no Distrito Federal aprovaram a continuidade da greve por tempo indeterminado com a intensificação dos trabalhos no Congresso e Aeroporto. Os servidores, inclusive, preencheram fichas informando em qual desses locais pretendem trabalhar. Os servidores também aprovaram encaminhamentos do Comando de Greve e da própria Assembleia visando à luta pela derrubada do Veto 26 e pela rejeição ao substitutivo do PLC 41. Confira, logo mais, matéria completa sobre a Assembleia de hoje.
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    JFILHO
    JFILHO
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 31
    Reputação : 4
    Data de inscrição : 01/06/2015

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por JFILHO em Sex 23 Out 2015, 10:50 am

    O Veto não vai ser derrubado! Isso é fato! Somente alguns incautos, que tentam se iludir, acreditam nisso! Vamos ser maduros e realistas e largar de infantilidade! Isso me lembra quando era criança em 1986 e a seleção brasileira perdeu da França nos pênaltis e então falaram que o jogo ia ser anulado! Fiquei todo feliz, iludido, achando que a copa não estava perdida! É isso que tá acontecendo agora, aceitemos que não dá mais, o veto não vai cair! Tudo conspira contra isso! Sejamos adultos e vamos lutar pelo PL leitinho, pois até ele corremos o risco de ficar sem!!. E quem diz que prefere o zero é porque papai sustenta e não tem filhos para criar! O tempo urge, estamos já no final de ano! A greve já não existe! O veto sabe-se lá quando será apreciado! O governo tá achando tudo isso ótimo, porque desse jeito ficaremos sem NADA!!!
    PCS-JA
    PCS-JA
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2284
    Reputação : 134
    Data de inscrição : 15/05/2015

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por PCS-JA em Sex 23 Out 2015, 10:54 am

    JFILHO escreveu:O Veto  não vai ser derrubado!  Isso é fato!  Somente alguns incautos, que tentam se iludir,  acreditam nisso!  Vamos ser maduros e realistas e largar de infantilidade! Isso me lembra quando era criança em 1986 e a seleção brasileira perdeu da França nos pênaltis e então falaram que o jogo ia ser anulado!  Fiquei todo feliz,  iludido,  achando que a copa não estava perdida!  É isso que tá acontecendo agora, aceitemos que não dá mais,  o veto não vai cair!  Tudo conspira contra isso!  Sejamos adultos e vamos lutar pelo PL leitinho,  pois até ele corremos o risco de ficar sem!!. E quem diz que prefere o zero é porque papai sustenta e não tem filhos para criar!  O tempo urge,  estamos já no final de ano!  A greve já não existe! O veto sabe-se lá quando será apreciado!  O governo tá achando tudo isso ótimo,  porque desse jeito ficaremos sem NADA!!!
    _____________

    O Sintrajud resolveu assumir com vontade a DERRUBADA DO VETO 26 - agora senti firmeza:


    22/10/2015
    Esta notícia foi lida: 315 vezes


    Servidores preparam nova mobilização para derrubar veto 26

    Assembleia aprova paralisação de 16 a 18 de novembro e caravana a Brasília


    Os servidores vão paralisar o trabalho no Judiciário Federal em São Paulo nos dias 16, 17 e 18 de novembro para acompanhar a sessão do Congresso que deve votar o veto presidencial 26/2015, referente ao projeto salarial da categoria, o PLC 28/2015. Na semana passada, o presidente do Congresso, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse a lideranças do Senado que deve convocar a sessão para analisar os vetos no dia 17 de novembro.
    A decisão de paralisar o trabalho foi tomada pelos servidores na assembleia geral realizada no último sábado, 17, na sede do Sintrajud. Também foram definidas as atividades de mobilização que a categoria vai promover para manifestar sua indignação com o veto à reposição salarial. As reuniões do Comando Estadual de Greve devem ser retomadas, assim como a campanha de sindicalização.No próprio dia 17 será realizado um ato estadual, em local a ser definido, para aumentar a pressão sobre os parlamentares.
    Uma caravana de servidores seguirá um dia antes para Brasília, onde deverá se juntar a delegações de outros estados para mais uma grande mobilização pela derrubada do veto na capital federal.A ideia é que desta vez a caravana seja inteiramente bancada pelos servidores, por meio de uma campanha específica de arrecadação de fundos.
    Outra decisão da assembleia está ligada à pressão que os servidores pretendem exercer sobre os parlamentares do estado de São Paulo.
    O Sintrajud deverá divulgar a relação desses parlamentares e os servidores vão se organizar em grupos para visitá-los e para cobrar o apoio à derrubada do veto.Os servidores aprovaram ainda uma moção de desagravo aos dois dirigentes do Sindicato dos Petroleiros do Litoral Paulista (Sindipetro-LP) que foram presos durante manifestação pacífica em Santos no dia 14.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    PCS-JA
    PCS-JA
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2284
    Reputação : 134
    Data de inscrição : 15/05/2015

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por PCS-JA em Sex 23 Out 2015, 10:56 am

    PCS-JA escreveu:
    PCS-JA escreveu:
    BLACK SOUL escreveu:
    PCS-JA escreveu:

    _____________________-

    O Pessoal do face que atua no Congresso Nacional informa que temos 293 Deputados ao nosso favor (precisamos de 257) e 46 senadores (precisamos de 41). Portanto, vamos derrubar esta "bagaça":

    Magna Alves
    13 h
    A Grazi falou no áudio que, temos 293 deputados e 46 senadores fechadíssimos conosco.
    Gente. Vamos derrubar o veto 26.


    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    O problema é a presença dessa galera na sessão!

    A margem é curta para o quórum que vem se apresentando.

    _______
    Grande Black tem ampla, geral e irrestrita razão, pois além da margem ser curta os tais "amigos do judiciário" (ou da onça), não são confiáveis.
    São apenas 05 cinco senadores de margem e deputados um pouco mais.
    Parabéns, aos Adm. e Moder do forum pela orientação de discutir cada assunto no seu item respectivo. A vedação de discutir e misturar pls distintos é muito bem vinda.

    MAS, SEMPRE VAMOS ACREDITAR ATÉ O ÚLTIMO SEGUNDO que podemos
    DERRUBAR O VETO no dia
    17-11-2015


    __________________
    22/10/2015 19:31:00 ( 672 Leituras internas )    Fechar
    DF aprova continuidade da greve com foco no Congresso e Aeroporto

    Reunidos em Assembleia-Geral, na tarde desta quinta-feira (22/10), os servidores do Poder Judiciário da União e do MPU no Distrito Federal aprovaram a continuidade da greve por tempo indeterminado com a intensificação dos trabalhos no Congresso e Aeroporto. Os servidores, inclusive, preencheram fichas informando em qual desses locais pretendem trabalhar. Os servidores também aprovaram encaminhamentos do Comando de Greve e da própria Assembleia visando à luta pela derrubada do Veto 26 e pela rejeição ao substitutivo do PLC 41. Confira, logo mais, matéria completa sobre a Assembleia de hoje.
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    ________
    Com o objetivo de pressionar parlamentares pela derrubada do Veto 26, SITRAEMG convoca servidores à Convenção Estadual do PMDB

    Postado em: 23/10/2015
    image_pdfimage_print
    Neste sábado, dia 24/10, às 9h, acontecerá a convenção estadual do PMDB/MG. O evento acontecerá na Assembleia Legislativa (R. Rodrigues Caldas, 30 – Santo Agostinho), e contará com a presença do vice-presidente da República, Michel Temer, e dos deputados federais do partido em Minas Gerais, como Laudívio Carvalho, Leonardo Quintão, Mauro Lopes, Newton Cardoso Jr, Rodrigo Pacheco, Saraiva Felipe e Silas Brasileiro, além de outras personalidades do partido e da política nacional.

    convencao-estadual-2015-banner

    Com o objetivo de pressionar estes parlamentares pela derrubada do veto, e aproveitar da visibilidade do evento para a causa dos servidores do PJU, o SITRAEMG convoca todos os seus filiados para comparecerem ao encontro, portando cartazes e placas e reivindicando que os deputados cumpram o seu compromisso de derrubar o veto presidencial ao PLC 28/15.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    AnalistaTrabalhista
    AnalistaTrabalhista
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : Analista Judiciário
    Mensagens : 1394
    Reputação : 81
    Data de inscrição : 01/06/2015
    Localização : São Paulo

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por AnalistaTrabalhista em Sex 23 Out 2015, 11:00 am

    Se vocês notarem o PL 2648 lixo foi devolvido pelo relator Dep. Wladimir Costa do SD sem manifestação. Foi nomeado outro relator do SD (Dep. Aureo) em 19/10. De certo vai fazer o mesmo, já que o Solidariedade está "solidário" à nossa causa pela derrubada do veto.

    Ou seja, o PL 2648 está empacado na CTASP e tem gente defendendo-o como se já estivesse na boca do gol.

    Na real, certamente este PL só vai tramitar se, e somente SE, nosso veto, APÓS APRECIADO, for mantido.

    Assim, não adianta os defensores daquela pro[b]osta virem aqui defenderem seu ponto de vista. Peço que o façam a partir do momento em que não haverá mais nenhuma chance para o PLC 28, ou seja, se for mantido o veto. Até lá, o foco deve ser na derrubada do veto, e pronto.
    Morena
    Morena
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2773
    Reputação : 638
    Data de inscrição : 01/06/2015

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por Morena em Sex 23 Out 2015, 11:02 am

    repassando. postado no face pela colega Miranda Melo

    Quero dividir com vcs a experiência na DIVULGAÇÃO do PROJETO CULTURAL que estamos implementando, na esteira das orientações do SERGIO TABOADA e do DEMERSON DIAS. MELCHI e CRIS estão promovendo o suporte que precisamos.

    Este PROJETO SOCIAL E CULTURAL tem em mira divulgar a nossa CAUSA...nosso PLEITO. O foco é a Sessão que ocorrerá no dia 17 de Novembro. ENTRETANTO estamos esclarecendo aos políticos de todas as esferas (municipal, estadual e federal) que nosso movimento ganhou novo contorno, porquanto nossa luta não se esgota no VETO 26.

    ESSE NOVO CONTORNO é a consciência política da categoria e do quanto podemos e devemos ser formadores de opinião!

    ESTAMOS empreendendo eclarecimentos no sentido de que o CONGRESSO NACIONAL, com as vicissitudes que nos foram impostas, os revéses que levamos com a perda de grandes Guerreiros nesta empreitada, gerou uma UNIDADE, um corpo POLÍTICO, e esta ESCOLA nos rendeu a aprendizagem daquilo que queremos e admiramos em nossos Representantes e, inversamente, daquilo que renegamos.

    A par disso, estamos nos organizando para trabalhar a CULTURA e VALORES de nossos representantes e da população. O valor do voto está diretamente ligado aquilo que almejamos como sociedade e grupo social.

    Nossa finalidade é TORNAR esta LUTA um marco para nossa categoria para que outras não venham a passar por esta via crucis que estamos embrenhados desde 25 de maio de 2015 - data que foi deflagrado o movimento PAREDISTA no PARANÁ.

    TRABALHAR a base ELEITORAL de nossos CONGRESSISTAS além de render espaço na IMPRENSA está rendendo um "balançar" nas estruturas daqueles políticos que pensam que suas atitudes passarão batidas!

    ‪#‎PLC28DERRUBAOVETO‬
    sergio caldas
    sergio caldas
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : analista judiciário
    Mensagens : 1238
    Reputação : 29
    Data de inscrição : 29/11/2010
    Localização : são paulo

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por sergio caldas em Sex 23 Out 2015, 11:17 am

    PCS-JA escreveu:
    JFILHO escreveu:O Veto  não vai ser derrubado!  Isso é fato!  Somente alguns incautos, que tentam se iludir,  acreditam nisso!  Vamos ser maduros e realistas e largar de infantilidade! Isso me lembra quando era criança em 1986 e a seleção brasileira perdeu da França nos pênaltis e então falaram que o jogo ia ser anulado!  Fiquei todo feliz,  iludido,  achando que a copa não estava perdida!  É isso que tá acontecendo agora, aceitemos que não dá mais,  o veto não vai cair!  Tudo conspira contra isso!  Sejamos adultos e vamos lutar pelo PL leitinho,  pois até ele corremos o risco de ficar sem!!. E quem diz que prefere o zero é porque papai sustenta e não tem filhos para criar!  O tempo urge,  estamos já no final de ano!  A greve já não existe! O veto sabe-se lá quando será apreciado!  O governo tá achando tudo isso ótimo,  porque desse jeito ficaremos sem NADA!!!
    _____________

    O Sintrajud resolveu assumir com vontade a DERRUBADA DO VETO 26 - agora senti firmeza:


    22/10/2015
    Esta notícia foi lida: 315 vezes


    Servidores preparam nova mobilização para derrubar veto 26

    Assembleia aprova paralisação de 16 a 18 de novembro e caravana a Brasília


    Os servidores vão paralisar o trabalho no Judiciário Federal em São Paulo nos dias 16, 17 e 18 de novembro para acompanhar a sessão do Congresso que deve votar o veto presidencial 26/2015, referente ao projeto salarial da categoria, o PLC 28/2015.  Na semana passada, o presidente do Congresso, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse a lideranças do Senado que deve convocar a sessão para analisar os vetos no dia 17 de novembro.
    A decisão de paralisar o trabalho foi tomada pelos servidores na assembleia geral realizada no último sábado, 17, na sede do Sintrajud. Também foram definidas as atividades de mobilização que a categoria vai promover para manifestar sua indignação com o veto à reposição salarial. As reuniões do Comando Estadual de Greve devem ser retomadas, assim como a campanha de sindicalização.No próprio dia 17 será realizado um ato estadual, em local a ser definido, para aumentar a pressão sobre os parlamentares.
    Uma caravana de servidores seguirá um dia antes para Brasília, onde deverá se juntar a delegações de outros estados para mais uma grande mobilização pela derrubada do veto na capital federal.A ideia é que desta vez a caravana seja inteiramente bancada pelos servidores, por meio de uma campanha específica de arrecadação de fundos.
    Outra decisão da assembleia está ligada à pressão que os servidores pretendem exercer sobre os parlamentares do estado de São Paulo.
    O Sintrajud deverá divulgar a relação desses parlamentares e os servidores vão se organizar em grupos para visitá-los e para cobrar o apoio à derrubada do veto.Os servidores aprovaram ainda uma moção de desagravo aos dois dirigentes do Sindicato dos Petroleiros do Litoral Paulista (Sindipetro-LP) que foram presos durante manifestação pacífica em Santos no dia 14.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    excelente. até porque a administração atual é nazi até a medula. os 13% por cento, por exemplo, foram suprimidos na traição (pouco antes do fechamento da folha), e até agora nenhum aviso do pagamento, enquanto outros tribunais já pagaram até os atrasados! a suspensão da greve também foi precipitada, houve reunião com a cúpula num dia, garantindo o pagamento, e horas depois publicaram os cortes...eles só agem na surdina para ferrar os funcionários.
    ricnatal
    ricnatal
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 283
    Reputação : 16
    Data de inscrição : 26/07/2011

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por ricnatal em Sex 23 Out 2015, 11:40 am

    Correr Atrás escreveu:
    ricnatal escreveu:
    Correr Atrás escreveu:
    Morena escreveu:Só para conhecimento dos colegas. Na assembleia daqui de BSB, Junior, um dos coordenadores do SindjusDF, fez o seguinte comentário que o Presidente do TJDFT fez sobre a possibilidade de o STF ter carreira, de apresentar um PL somente para o órgão:

    O Presidente do TJDFT disse que faria igual, com as vírgulas e até com os mesmo erros


    Na verdade, penso que é o que muitos fariam. iam esperar o PL proposto pelo STF e então era só colocar um ctrl c, ctrl v, vide MPU em relação ao Judiciário.

    Ele é esperto. Copia e cola o do STF. Assim os servidores não enchem o saco dele.
    Mas e força política pra cada tribunal aprovar o seu?


    A força Política virá da capacidade que os servidores de cada ramo da justiça tiverem para se organizarem e lutarem por um PL decente:
    STF/STJ - Peso Político
    TSE/TREs - Eleições
    TST/TRTs - Atingir o seu público alvo ( Trabalhadores do Brasil)
    JF/TRFs - Esses acho que iriam ser rebaixados assim como tribunais sem importância político/Social ( STM);

    No mais cada um a seu tempo, exemplo ( TRE/Eleições) - ( TRTs/ Época de Campanhas Salariais);e para o mpu acho que seguiriam o STF.

    Agora minha opinião pessoal, brigar no momento pela derrubada do veto 26, ao mesmo tempo, pedir a retirada do PL leitinho, hipoteses:

    - veto derrubado ( Festa) ( implantação dependendo de orçamento);
    - Veto mantido e PL Leitinho retirado; ( Brigar pela implantação dos 13% nos mesmo moldes atuais pagos por alguns TRTs, inclusive no mpu);
    - Incentivar Carreira Própria ( Plano STF= TCU) ( Plano do MPU e demais Superiores = STF) ( Se Aprovados); e aí brigar cada categoria ( Eleitoral, Trabalhista, JF) Brigarem otimizar seus gastos com planos próprios tendo como parametro já aprovado o STF/TCU/MPU, PARA MIM É A MELHOR SOLUÇÃO PARA TODOS.

    " A Desunião das Carreiras (Planos Próprios) será o estopim para uma União de Carreiras Forte ( Eleitoral /  Trabalhista / Federal).



    A divisão por ramos acarretaria na concomitante ou breve separação dos superiores.

    Na minha visão, só os superiores poderiam se beneficiar. E mesmo assim, só num primeiro momento.

    Greve na Justiça Eleitoral é sonho. Na primeira tentativa real (TRE-SP) meteram logo multa de R$ 5.000,00 para o servidor pessoalmente e não para o sindicato.

    Greve na Justiça do Trabalho é ótima para os patrões. Trabalhador sofrer? Normal no Brasil.

    Greve na Federal é ruim para o governo em relação à paralisação das execuções fiscais.

    A divisão por ramo, além de acarretar na fragmentação dos superiores, também acarretará numa maior divisão interna dentro de cada ramo.

    Creio que, na falta de orçamento para beneficiar a todos os servidores, os ramos passariam a escolher setores dentro da categoria.

    Assim, analistas da área fim poderiam se dar bem em detrimento dos técnicos e analistas administrativos. É só um exemplo, uma possibilidade.

    Outra possibilidade seria a de privilegiar os externos por meio de abastadas CJs.

    Outra possibilidade seria terceirizar o serviço dos técnicos.

    Outra possibilidade seria achatar os analistas dando o nível superior aos técnicos e, aos poucos, igualando o salário.

    Tudo isso porque a falta de orçamento vai provocar mais divisão interna.

    O fato é que a separação por ramos implica na separação dos superiores e posterior eleição de um ou dois cargos a serem mais valorizados do que outros.


    Essa é uma possibilidade mais pessimista, outra possibilidade seria a equiparação dos Superiores com TCU ( baixo impacto orçamentário), beneficiariam os superiores a princípio, no entanto, possibilitaria aos demais TRIBUNAIS (TRTs, TREs e TRFs) rever a utilização dos recursos de forma mais equânime de modo a buscar uma equiparação com o STF. Quanto a valorização de alguns cargos em detrimento de outros penso que isso já existe de certa forma no modelo ATUAL ( onde, sem demérito aos OJ's, são mais valorizados que os próprios analistas processuais), analisando de forma GLOBAL, seriam PLANOS DIFERENTES, COM IMPACTOS DIFERENTES, APROVADOS EM MOMENTOS DIFERENTES. Acho que poderia elevar TODOS a longo prazo.

    Exemplo.: STF e superiores Aprovam em 2016 para o ano 2017 um pcs com valores proporcionais ao (SENADO/CÂMARA/TCU);
    Regionais ( TRT's/TREs/TRFs) Aprovam em 2017 para 2018 um plano que equiparem ao STF;
    e assim por diante, a longo prazo todos estariam sendo valorizados pois as aprovações se dariam de forma em orçamentos diferentes;

    OBS.: O MAIOR ENTRAVE PARA VALORIZAR A CARREIRA OU CARREIRAS É A GANÂNCIA DE MAGISTRADOS E MEMBROS QUE RACIOCINAM ASSIM: QUANTO + PRA SERVIDOR, - PARA MIM.

    abraços.
    Correr Atrás
    Correr Atrás
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : ANALISTA
    Mensagens : 1472
    Reputação : 103
    Data de inscrição : 06/07/2010
    Localização : RIO DE JANEIRO

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por Correr Atrás em Sex 23 Out 2015, 11:58 am

    ricnatal escreveu:
    Correr Atrás escreveu:
    ricnatal escreveu:
    Correr Atrás escreveu:

    Ele é esperto. Copia e cola o do STF. Assim os servidores não enchem o saco dele.
    Mas e força política pra cada tribunal aprovar o seu?


    A força Política virá da capacidade que os servidores de cada ramo da justiça tiverem para se organizarem e lutarem por um PL decente:
    STF/STJ - Peso Político
    TSE/TREs - Eleições
    TST/TRTs - Atingir o seu público alvo ( Trabalhadores do Brasil)
    JF/TRFs - Esses acho que iriam ser rebaixados assim como tribunais sem importância político/Social ( STM);

    No mais cada um a seu tempo, exemplo ( TRE/Eleições) - ( TRTs/ Época de Campanhas Salariais);e para o mpu acho que seguiriam o STF.

    Agora minha opinião pessoal, brigar no momento pela derrubada do veto 26, ao mesmo tempo, pedir a retirada do PL leitinho, hipoteses:

    - veto derrubado ( Festa) ( implantação dependendo de orçamento);
    - Veto mantido e PL Leitinho retirado; ( Brigar pela implantação dos 13% nos mesmo moldes atuais pagos por alguns TRTs, inclusive no mpu);
    - Incentivar Carreira Própria ( Plano STF= TCU) ( Plano do MPU e demais Superiores = STF) ( Se Aprovados); e aí brigar cada categoria ( Eleitoral, Trabalhista, JF) Brigarem otimizar seus gastos com planos próprios tendo como parametro já aprovado o STF/TCU/MPU, PARA MIM É A MELHOR SOLUÇÃO PARA TODOS.

    " A Desunião das Carreiras (Planos Próprios) será o estopim para uma União de Carreiras Forte ( Eleitoral /  Trabalhista / Federal).



    A divisão por ramos acarretaria na concomitante ou breve separação dos superiores.

    Na minha visão, só os superiores poderiam se beneficiar. E mesmo assim, só num primeiro momento.

    Greve na Justiça Eleitoral é sonho. Na primeira tentativa real (TRE-SP) meteram logo multa de R$ 5.000,00 para o servidor pessoalmente e não para o sindicato.

    Greve na Justiça do Trabalho é ótima para os patrões. Trabalhador sofrer? Normal no Brasil.

    Greve na Federal é ruim para o governo em relação à paralisação das execuções fiscais.

    A divisão por ramo, além de acarretar na fragmentação dos superiores, também acarretará numa maior divisão interna dentro de cada ramo.

    Creio que, na falta de orçamento para beneficiar a todos os servidores, os ramos passariam a escolher setores dentro da categoria.

    Assim, analistas da área fim poderiam se dar bem em detrimento dos técnicos e analistas administrativos. É só um exemplo, uma possibilidade.

    Outra possibilidade seria a de privilegiar os externos por meio de abastadas CJs.

    Outra possibilidade seria terceirizar o serviço dos técnicos.

    Outra possibilidade seria achatar os analistas dando o nível superior aos técnicos e, aos poucos, igualando o salário.

    Tudo isso porque a falta de orçamento vai provocar mais divisão interna.

    O fato é que a separação por ramos implica na separação dos superiores e posterior eleição de um ou dois cargos a serem mais valorizados do que outros.


    Essa é uma possibilidade mais pessimista, outra possibilidade seria a equiparação dos Superiores com TCU ( baixo impacto orçamentário), beneficiariam os superiores a princípio, no entanto, possibilitaria aos demais TRIBUNAIS (TRTs, TREs e TRFs) rever a utilização dos recursos de forma mais equânime de modo a buscar uma equiparação com o STF. Quanto a valorização de alguns cargos em detrimento de outros penso que isso já existe de certa forma no modelo ATUAL ( onde, sem demérito aos OJ's, são mais valorizados que os próprios analistas processuais), analisando de forma GLOBAL, seriam PLANOS DIFERENTES, COM IMPACTOS DIFERENTES, APROVADOS EM MOMENTOS DIFERENTES. Acho que poderia elevar TODOS a longo prazo.

    Exemplo.: STF e superiores Aprovam em 2016 para o ano 2017 um pcs com valores proporcionais ao (SENADO/CÂMARA/TCU);
                 Regionais ( TRT's/TREs/TRFs) Aprovam em 2017 para 2018 um plano que equiparem ao STF;
                 e assim por diante, a longo prazo todos estariam sendo valorizados pois as aprovações se dariam de forma em orçamentos diferentes;

    OBS.: O MAIOR ENTRAVE PARA VALORIZAR A CARREIRA OU CARREIRAS É A GANÂNCIA DE MAGISTRADOS E MEMBROS QUE RACIOCINAM ASSIM: QUANTO + PRA SERVIDOR, - PARA MIM.

    abraços.
    ´

    Taí um otimista nato. geek
    Morena
    Morena
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2773
    Reputação : 638
    Data de inscrição : 01/06/2015

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por Morena em Sex 23 Out 2015, 12:00 pm

    Paranóico escreveu:STF, CNJ, STJ e STM, que são pequenos, vão se dar muito bem. Justiça Eleitoral talvez tenha força política, lembrando da GRAEL e da chantagem de sempre com a ameaça ao processo eleitoral. TJDFT, acho que não tem muita força política. Justiça Federal e do Trabalho, que são enormes, se lascam de vez.


    Morena escreveu:Fico me perguntando: o que acontecerá se vier a separação dos Tribunais? Fico pensando no monte de alienados, passivos, inertes, acomodados, que esperam que a outra justiça pare, que o servidor de outro Tribunal pare, enquanto ele continua lá, bonitinho, no ar-condicionado de sua sala.
    Aquela justiça ou Tribunal que não tem tradição de luta, vai pressionar como para que a aprovação do seu PL aconteça?
    E aí?

    você acha que o STJ vai ficar sozinho ou não vai ter que carregar os TRF's? igual vale para o STM que precisa carregar os demais tribunais militares.
    os únicos que são sozinhos, sem "penduricalhos" são STF, CNJ e TJDFT.
    avatar
    GDJ
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 521
    Reputação : 11
    Data de inscrição : 18/11/2010

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por GDJ em Sex 23 Out 2015, 12:08 pm

    Morena escreveu:
    Paranóico escreveu:STF, CNJ, STJ e STM, que são pequenos, vão se dar muito bem. Justiça Eleitoral talvez tenha força política, lembrando da GRAEL e da chantagem de sempre com a ameaça ao processo eleitoral. TJDFT, acho que não tem muita força política. Justiça Federal e do Trabalho, que são enormes, se lascam de vez.


    Morena escreveu:Fico me perguntando: o que acontecerá se vier a separação dos Tribunais? Fico pensando no monte de alienados, passivos, inertes, acomodados, que esperam que a outra justiça pare, que o servidor de outro Tribunal pare, enquanto ele continua lá, bonitinho, no ar-condicionado de sua sala.
    Aquela justiça ou Tribunal que não tem tradição de luta, vai pressionar como para que a aprovação do seu PL aconteça?
    E aí?

    você acha que o STJ vai ficar sozinho ou não vai ter que carregar os TRF's? igual vale para o STM que precisa carregar os demais tribunais militares.
    os únicos que são sozinhos, sem "penduricalhos" são  STF, CNJ e TJDFT.  

    Mas a Justiça Militar, mesmo incluindo os servidores dos Estados, têm pouquíssimos servidores, o que deixaria o custo minúsculo.
    Já o STJ, embora seu presidente seja também o Presidente do CJF, é considerado um Tribunal à parte, por receber recursos da Justiça Federal e da Justiça Comum Estadual. Provavelmente os servidores de lá tentariam usar esse argumento para conseguir um plano só para eles...
    avatar
    rogcampinas
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1024
    Reputação : 368
    Data de inscrição : 25/06/2015

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por rogcampinas em Sex 23 Out 2015, 12:11 pm

    Caramba.... a sessão do veto tá quase aí e o povo insiste em ficar discutindo temas que vão demorar anos e anos pra desenrolar, SE desenrolar. DERRUBADA DO VETO É O QUE IMPORTA AGORA. O resto é conversa pra boi dormir catso! 
    Morena
    Morena
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2773
    Reputação : 638
    Data de inscrição : 01/06/2015

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por Morena em Sex 23 Out 2015, 12:15 pm

    GDJ escreveu:
    Morena escreveu:
    Paranóico escreveu:STF, CNJ, STJ e STM, que são pequenos, vão se dar muito bem. Justiça Eleitoral talvez tenha força política, lembrando da GRAEL e da chantagem de sempre com a ameaça ao processo eleitoral. TJDFT, acho que não tem muita força política. Justiça Federal e do Trabalho, que são enormes, se lascam de vez.


    Morena escreveu:Fico me perguntando: o que acontecerá se vier a separação dos Tribunais? Fico pensando no monte de alienados, passivos, inertes, acomodados, que esperam que a outra justiça pare, que o servidor de outro Tribunal pare, enquanto ele continua lá, bonitinho, no ar-condicionado de sua sala.
    Aquela justiça ou Tribunal que não tem tradição de luta, vai pressionar como para que a aprovação do seu PL aconteça?
    E aí?

    você acha que o STJ vai ficar sozinho ou não vai ter que carregar os TRF's? igual vale para o STM que precisa carregar os demais tribunais militares.
    os únicos que são sozinhos, sem "penduricalhos" são  STF, CNJ e TJDFT.  

    Mas a Justiça Militar, mesmo incluindo os servidores dos Estados, têm pouquíssimos servidores, o que deixaria o custo minúsculo.
    Já  o STJ, embora seu presidente seja também o Presidente do CJF, é considerado um Tribunal à parte, por receber recursos da Justiça Federal e da Justiça Comum Estadual. Provavelmente os servidores de lá tentariam usar esse argumento para conseguir um plano só para eles...

    a questão é que os Ministros, o Presidente do STJ, sofreriam grande pressão dos Magistrados/Desembargadores dos TRF's, é como vejo e aí já viu. Não vejo a questão tranquila para o STJ.
    Morena
    Morena
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2773
    Reputação : 638
    Data de inscrição : 01/06/2015

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por Morena em Sex 23 Out 2015, 12:16 pm

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    avatar
    GDJ
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 521
    Reputação : 11
    Data de inscrição : 18/11/2010

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por GDJ em Sex 23 Out 2015, 12:19 pm

    Morena escreveu:
    GDJ escreveu:
    Morena escreveu:
    Paranóico escreveu:STF, CNJ, STJ e STM, que são pequenos, vão se dar muito bem. Justiça Eleitoral talvez tenha força política, lembrando da GRAEL e da chantagem de sempre com a ameaça ao processo eleitoral. TJDFT, acho que não tem muita força política. Justiça Federal e do Trabalho, que são enormes, se lascam de vez.




    você acha que o STJ vai ficar sozinho ou não vai ter que carregar os TRF's? igual vale para o STM que precisa carregar os demais tribunais militares.
    os únicos que são sozinhos, sem "penduricalhos" são  STF, CNJ e TJDFT.  

    Mas a Justiça Militar, mesmo incluindo os servidores dos Estados, têm pouquíssimos servidores, o que deixaria o custo minúsculo.
    Já  o STJ, embora seu presidente seja também o Presidente do CJF, é considerado um Tribunal à parte, por receber recursos da Justiça Federal e da Justiça Comum Estadual. Provavelmente os servidores de lá tentariam usar esse argumento para conseguir um plano só para eles...

    a questão é que os Ministros, o Presidente do STJ, sofreriam grande pressão dos Magistrados/Desembargadores dos TRF's, é como vejo e aí já viu. Não vejo a questão tranquila para o STJ.

    Verdade, a questão não é tranquila nem para o STF. Acho que eles só conseguiriam carreira própria daqui a uns dez anos.
    Paranóico
    Paranóico
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 76
    Reputação : -5
    Data de inscrição : 17/03/2014

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Carreira

    Mensagem por Paranóico em Sex 23 Out 2015, 12:28 pm

    O STJ já tem o estudo de carreira própria, que não levou em conta os TRF's.



    Morena escreveu:
    Paranóico escreveu:STF, CNJ, STJ e STM, que são pequenos, vão se dar muito bem. Justiça Eleitoral talvez tenha força política, lembrando da GRAEL e da chantagem de sempre com a ameaça ao processo eleitoral. TJDFT, acho que não tem muita força política. Justiça Federal e do Trabalho, que são enormes, se lascam de vez.


    Morena escreveu:Fico me perguntando: o que acontecerá se vier a separação dos Tribunais? Fico pensando no monte de alienados, passivos, inertes, acomodados, que esperam que a outra justiça pare, que o servidor de outro Tribunal pare, enquanto ele continua lá, bonitinho, no ar-condicionado de sua sala.
    Aquela justiça ou Tribunal que não tem tradição de luta, vai pressionar como para que a aprovação do seu PL aconteça?
    E aí?

    você acha que o STJ vai ficar sozinho ou não vai ter que carregar os TRF's? igual vale para o STM que precisa carregar os demais tribunais militares.
    os únicos que são sozinhos, sem "penduricalhos" são  STF, CNJ e TJDFT.  
    NANTUNES80
    NANTUNES80
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 404
    Reputação : 18
    Data de inscrição : 09/09/2013

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por NANTUNES80 em Sex 23 Out 2015, 12:29 pm

    GDJ escreveu:
    Morena escreveu:
    GDJ escreveu:
    Morena escreveu:

    você acha que o STJ vai ficar sozinho ou não vai ter que carregar os TRF's? igual vale para o STM que precisa carregar os demais tribunais militares.
    os únicos que são sozinhos, sem "penduricalhos" são  STF, CNJ e TJDFT.  

    Mas a Justiça Militar, mesmo incluindo os servidores dos Estados, têm pouquíssimos servidores, o que deixaria o custo minúsculo.
    Já  o STJ, embora seu presidente seja também o Presidente do CJF, é considerado um Tribunal à parte, por receber recursos da Justiça Federal e da Justiça Comum Estadual. Provavelmente os servidores de lá tentariam usar esse argumento para conseguir um plano só para eles...

    a questão é que os Ministros, o Presidente do STJ, sofreriam grande pressão dos Magistrados/Desembargadores dos TRF's, é como vejo e aí já viu. Não vejo a questão tranquila para o STJ.

    Verdade, a questão não é tranquila nem para o STF. Acho que eles só conseguiriam carreira própria daqui a uns dez anos.

    Soube que Lewando está puto com os servidores do PJU e disse que antes do término do mandato dele mandará para o CN o projeto de Carreira solo do STF. Só está esperando a definição do aumento para a geral...
    Inicialmente o projeto só trará a separação da carreira. Nada de aumento diferenciado inicialmente.


    Última edição por NANTUNES80 em Sex 23 Out 2015, 12:30 pm, editado 1 vez(es)
    anuvenzinha
    anuvenzinha
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : ANALISTA
    Mensagens : 1122
    Reputação : 158
    Data de inscrição : 19/12/2014

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por anuvenzinha em Sex 23 Out 2015, 12:30 pm

    Morena escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Rook mandei uma MP para vc e para Morena é importante e é pra esse final de semana...pensaram q eu fosse de BSB.

    Vlw.
    CEptico
    CEptico
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Técnico Judiciário
    Mensagens : 564
    Reputação : 20
    Data de inscrição : 05/10/2011
    Idade : 44
    Localização : Ceará

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por CEptico em Sex 23 Out 2015, 12:34 pm

    GDJ escreveu:
    Morena escreveu:
    GDJ escreveu:
    Morena escreveu:
    você acha que o STJ vai ficar sozinho ou não vai ter que carregar os TRF's? igual vale para o STM que precisa carregar os demais tribunais militares.
    os únicos que são sozinhos, sem "penduricalhos" são  STF, CNJ e TJDFT.  
    Mas a Justiça Militar, mesmo incluindo os servidores dos Estados, têm pouquíssimos servidores, o que deixaria o custo minúsculo.
    Já  o STJ, embora seu presidente seja também o Presidente do CJF, é considerado um Tribunal à parte, por receber recursos da Justiça Federal e da Justiça Comum Estadual. Provavelmente os servidores de lá tentariam usar esse argumento para conseguir um plano só para eles...
    a questão é que os Ministros, o Presidente do STJ, sofreriam grande pressão dos Magistrados/Desembargadores dos TRF's, é como vejo e aí já viu. Não vejo a questão tranquila para o STJ.
    Verdade, a questão não é tranquila nem para o STF. Acho que eles só conseguiriam carreira própria daqui a uns dez anos.
    Em uma visão sensata de nossa situação, daqui a uns dez anos não é ruim. O ruim é/seria a instauração de uma 'supercarreira': o tribunal que mais tem força política, stf, constituindo carreira própria, e a consequente subcategorização dos demais, seria a derradeira pá de cal nos demais servidores do judiciário. Viraríamos, mais ainda, "o resto" do judiciário.
    Voltando à questão do tempo, a coerência mostra que não haveria outra forma de recompor nossos salários, por conta do sempre alto impacto, a não ser em um prazo esticado. Temos algo em torno de 40% de desafasagem salarial (isso já contando com a queda do veto!)? Em dez anos, cada ano repondo a inflação mais 4% e em dez anos estaríamos com os salários equilibrados. Parece muito tempo? Qual a alternativa? E, mesmo a inflação estando na casa dos 12%, ter 4% a mais que isso demandaria uma árdua negociação anual, organizada, precedida por greve, pressão, corte de ponto, e todos os etcéteras já conhecidos. Mas não já demonstramos, desta vez, quanto podemos nos organizar e pressionar?
    Sem a queda do veto, nem isso seria possível. Trocando em miúdos, ou cai e veto e instituímos, a fórceps, uma database, ou é melhor nos conformarmos em continuar sendo subcarreira até o fim!
    avatar
    rogcampinas
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1024
    Reputação : 368
    Data de inscrição : 25/06/2015

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por rogcampinas em Sex 23 Out 2015, 12:41 pm

    Alguém já leu esse texto de autoria do colega Demerson Dias/TRE-SP? Achei bem impactante, claro e sucinto. Só vou destacar o começo pra não deixar o post carregado (segue o link). Acabei de encaminhar às listas de deputados e senadores, com um "especial carinho" ao Renan (ele vai receber uns 30 e-maisl/dia até eu confirmar junto à assessoria que leu). Fica a sugestão.

    "(...)
    PLC 28, quando integralizado em 2018 terá um custo de R$ 10,5 bilhões, mas R$ 4 bi ficarão retidos na fonte - 11% de Previdência e 27,5% de IR

    O governo Dilma alega que a derrubada do veto ao PLC 28/2015 custaria R$ 25 bilhões. É mentira, e com R$ 5 bilhões seria possível implantá-lo em parcela única. E o mais surpreendente é que o Judiciário arrecada por ano o suficiente para pagar dois anos da recomposição.

    No ano de 2014 a atividade jurisdicional proporcionou aos cofres públicos a arrecadação de cerca de R$ 26,9 bilhões. O suficiente para cobrir mais de dois anos do custo do PLC28/15. 
    (...)"


    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    Rook
    Rook
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Cargo : AJAA
    Mensagens : 192
    Reputação : 15
    Data de inscrição : 01/06/2015

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por Rook em Sex 23 Out 2015, 12:54 pm

    anuvenzinha escreveu:
    Morena escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Rook mandei uma MP para vc e para Morena é importante e é pra esse final de semana...pensaram q eu fosse de BSB.

    Vlw.

    Respondida.
    avatar
    rogcampinas
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1024
    Reputação : 368
    Data de inscrição : 25/06/2015

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por rogcampinas em Sex 23 Out 2015, 1:11 pm

    Destaque do UOL: Arrecadação de impostos tem queda de 4,12% em setembro e atinge R$ 95 bi


    Fiquei curioso em saber se nossa greve repercutiu direta ou indiretamente nesta queda ou, ao menos, o quanto a União deixou de arrecadar, em termos de receita, com execuções fiscais e processos trabalhistas durante o movimento paredista... 


    Será que os deputados e senadores  sabem? E o planalto (bom, lá ninguém sabe de nada, não viu nada...)?
    Rodssss
    Rodssss
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 813
    Reputação : 99
    Data de inscrição : 27/03/2014

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por Rodssss em Sex 23 Out 2015, 1:21 pm

    rogcampinas escreveu:Destaque do UOL: Arrecadação de impostos tem queda de 4,12% em setembro e atinge R$ 95 bi


    Fiquei curioso em saber se nossa greve repercutiu direta ou indiretamente nesta queda ou, ao menos, o quanto a União deixou de arrecadar, em termos de receita, com execuções fiscais e processos trabalhistas durante o movimento paredista... 


    Será que os deputados e senadores  sabem? E o planalto (bom, lá ninguém sabe de nada, não viu nada...)?

    Seria maravilhoso se fosse por conta nossa essa queda de arrecadação, ganharíamos muita força.
    Pena que acho que devem ser outros fatores.
    anuvenzinha
    anuvenzinha
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : ANALISTA
    Mensagens : 1122
    Reputação : 158
    Data de inscrição : 19/12/2014

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por anuvenzinha em Sex 23 Out 2015, 1:24 pm

    Rook escreveu:
    anuvenzinha escreveu:
    Morena escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Rook mandei uma MP para vc e para Morena é importante e é pra esse final de semana...pensaram q eu fosse de BSB.

    Vlw.

    Respondida.

    like
    EnSabah
    EnSabah
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 70
    Reputação : 2
    Data de inscrição : 05/06/2015

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por EnSabah em Sex 23 Out 2015, 1:30 pm

    Rook escreveu:Lembram dele?

    Vice-presidente da Câmara também é alvo de pedido de cassação: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Depois dele vem quem na fila?
    PCS-JA
    PCS-JA
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2284
    Reputação : 134
    Data de inscrição : 15/05/2015

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por PCS-JA em Sex 23 Out 2015, 1:33 pm

    rogcampinas escreveu:Destaque do UOL: Arrecadação de impostos tem queda de 4,12% em setembro e atinge R$ 95 bi


    Fiquei curioso em saber se nossa greve repercutiu direta ou indiretamente nesta queda ou, ao menos, o quanto a União deixou de arrecadar, em termos de receita, com execuções fiscais e processos trabalhistas durante o movimento paredista... 


    Será que os deputados e senadores  sabem? E o planalto (bom, lá ninguém sabe de nada, não viu nada...)?
    ___________-

    Caramba.... a sessão do veto tá quase aí e o povo insiste em ficar discutindo temas que vão demorar anos e anos pra desenrolar, SE desenrolar. DERRUBADA DO VETO É O QUE IMPORTA AGORA. O resto é conversa pra boi dormir catso!

    __________

    Ótimo Rogcampinas esta se especializando em matérias de valor para a categoria.

    ACREDITO NA DERRUBADA DO VETO no dia

    17 - 11 - 2015


    ____
    "Servidor sem virtude e sem dignidade acaba por ser escravo e no carreirão"
    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8695
    Reputação : 245
    Data de inscrição : 14/07/2010

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por darkshi em Sex 23 Out 2015, 2:27 pm

    GDJ escreveu:
    Morena escreveu:
    Paranóico escreveu:STF, CNJ, STJ e STM, que são pequenos, vão se dar muito bem. Justiça Eleitoral talvez tenha força política, lembrando da GRAEL e da chantagem de sempre com a ameaça ao processo eleitoral. TJDFT, acho que não tem muita força política. Justiça Federal e do Trabalho, que são enormes, se lascam de vez.


    Morena escreveu:Fico me perguntando: o que acontecerá se vier a separação dos Tribunais? Fico pensando no monte de alienados, passivos, inertes, acomodados, que esperam que a outra justiça pare, que o servidor de outro Tribunal pare, enquanto ele continua lá, bonitinho, no ar-condicionado de sua sala.
    Aquela justiça ou Tribunal que não tem tradição de luta, vai pressionar como para que a aprovação do seu PL aconteça?
    E aí?

    você acha que o STJ vai ficar sozinho ou não vai ter que carregar os TRF's? igual vale para o STM que precisa carregar os demais tribunais militares.
    os únicos que são sozinhos, sem "penduricalhos" são  STF, CNJ e TJDFT.  

    Mas a Justiça Militar, mesmo incluindo os servidores dos Estados, têm pouquíssimos servidores, o que deixaria o custo minúsculo.
    Já  o STJ, embora seu presidente seja também o Presidente do CJF, é considerado um Tribunal à parte, por receber recursos da Justiça Federal e da Justiça Comum Estadual. Provavelmente os servidores de lá tentariam usar esse argumento para conseguir um plano só para eles...

    Só que o ministro presidente que tem que assinar a lei das carreiras dos TRFs é o ministro do STJ. Ou seja, são a mesma carreira.

    Contudo, um detalhe que vcs não estão lembrando, não é pq é a mesma carreira que todos deverão receber o mesmo vencimento no fim do mês. A lei garante equiparação dos vencimentos básicos. Agora nada impede a criação de gratificação com diferenças entre os níveis das instancias. E nem precisam de separar as carreiras para que isto seja feito.

    Pessoalmente só vejo vantagens na separação. Contudo este é o tópico do PCS e não de carreiras. Vamos debater isto lá.
    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8695
    Reputação : 245
    Data de inscrição : 14/07/2010

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por darkshi em Sex 23 Out 2015, 2:30 pm

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Para quem quiser debater a separação das carreiras, vamos continuar neste tópico.
    Blumenau
    Blumenau
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1003
    Reputação : 138
    Data de inscrição : 20/05/2015
    Idade : 52
    Localização : Blumenau/SC

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por Blumenau em Sex 23 Out 2015, 2:41 pm

    EnSabah escreveu:
    Rook escreveu:Lembram dele?

    Vice-presidente da Câmara também é alvo de pedido de cassação: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Depois dele vem quem na fila?

    e faz diferença ? são todos sujos e deveriam cair um atrás do outro...

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
    Solange4
    Solange4
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1129
    Reputação : 108
    Data de inscrição : 03/06/2015

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por Solange4 em Sex 23 Out 2015, 2:45 pm

    EnSabah escreveu:
    Rook escreveu:Lembram dele?

    Vice-presidente da Câmara também é alvo de pedido de cassação: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Depois dele vem quem na fila?
    Na linha sucessória, depois do Presidente da Câmara, vem o do STF - Lewando
    sergio aquino
    sergio aquino
    Novo Usuário

    Mensagens : 23
    Reputação : -7
    Data de inscrição : 31/01/2015

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por sergio aquino em Sex 23 Out 2015, 2:45 pm

    Respondam-me uma dúvida, pois sou novato no Poder Judiciário: porque a greve e os movimentos não foram feitos no ano passado??? Não teria sido melhor?








    Rodssss
    Rodssss
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 813
    Reputação : 99
    Data de inscrição : 27/03/2014

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por Rodssss em Sex 23 Out 2015, 2:47 pm

    sergio aquino escreveu:Respondam-me uma dúvida, pois sou novato no Poder Judiciário: porque a greve e os movimentos não foram feitos no ano passado??? Não teria sido melhor?









    Pois a diretoria à epoca do Sindjus-DF era toda petista pelega e eles rifaram a categoria inumeras vezes.

    Nilo
    Nilo
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Analista Administrativo, C-13
    Mensagens : 551
    Reputação : 81
    Data de inscrição : 22/06/2015
    Localização : São Paulo - SP.

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por Nilo em Sex 23 Out 2015, 2:48 pm

    Ministro do Supremo decreta segredo de Justiça em inquérito sobre Cunha
    André Richter da Agência Brasil - 23/10/2015 - 15h13


    FONTE: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    O ministro Teori Zavascki, do STF (Supremo Tribunal Federal), decretou nesta sexta-feira (23) segredo de Justiça no aditamento da denúncia apresentada contra o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

    A decisão do ministro foi motivada pelo encaminhamento, na semana passada, de novas acusações ao Supremo pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

    No inquérito no qual o segredo foi decretado, Cunha é acusado de receber US$ 5 milhões em um contrato de navios-sonda da Petrobras.

    Na decisão, o ministro citou a Lei 12.850/2013, que regulamentou os acordos de delação premiada. A norma prevê que o processo deve correr em sigilo, devido aos depoimentos de delação nos quais os acusações são citados. "Diante da documentação juntada, observe-se, até nova decisão, a restrição de publicidade decorrente da juntada, no aditamento à denúncia ora formulada, de depoimentos que seguem sob sigilo legal", decidiu o ministro.

    Ontem (22), em decisão oposta, Zavascki negou pedido da defesa de Eduardo Cunha para decretar segredo em outro inquérito a que o parlamentar responde no Supremo, sobre contas atribuídas a ele na Suíça, Na decisão, o ministro entendeu que a publicidade dos atos processuais é um pressuposto constitucional e que a situação de Cunha não se enquadra nas exceções previstas por lei, entre elas, a defesa da intimidade ou o interesse social.

    ------------
    Ontem pesou a mão,  alguém o deve ter alertado que havia mais um precedente para o segredo de justiça e teve que voltar atrás.

    AGUENTA FIRME CUNHA! Pelo menos até a derrubada do VETO.

    farao

    AnalistaTrabalhista
    AnalistaTrabalhista
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : Analista Judiciário
    Mensagens : 1394
    Reputação : 81
    Data de inscrição : 01/06/2015
    Localização : São Paulo

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por AnalistaTrabalhista em Sex 23 Out 2015, 3:05 pm

    rogcampinas escreveu:Alguém já leu esse texto de autoria do colega Demerson Dias/TRE-SP? Achei bem impactante, claro e sucinto. Só vou destacar o começo pra não deixar o post carregado (segue o link). Acabei de encaminhar às listas de deputados e senadores, com um "especial carinho" ao Renan (ele vai receber uns 30 e-maisl/dia até eu confirmar junto à assessoria que leu). Fica a sugestão.

    "(...)
    PLC 28, quando integralizado em 2018 terá um custo de R$ 10,5 bilhões, mas R$ 4 bi ficarão retidos na fonte - 11% de Previdência e 27,5% de IR
    O governo Dilma alega que a derrubada do veto ao PLC 28/2015 custaria R$ 25 bilhões. É mentira, e com R$ 5 bilhões seria possível implantá-lo em parcela única. E o mais surpreendente é que o Judiciário arrecada por ano o suficiente para pagar dois anos da recomposição.
    No ano de 2014 a atividade jurisdicional proporcionou aos cofres públicos a arrecadação de cerca de R$ 26,9 bilhões. O suficiente para cobrir mais de dois anos do custo do PLC28/15. 
    (...)"


    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Se em 2014 a atividade jurisdicional arrecadou 26,9 bi, com um gasto de pessoal na ordem de 28 bi (incluindo magistrados), não entendi onde está a vantagem em apontar esses dados.
    Se voltarem a ouvir aquela história que o orçamento da JT paga todo o passivo trabalhista não podem reclamar...
    kart13hp
    kart13hp
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 191
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 14/05/2015

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por kart13hp em Sex 23 Out 2015, 3:15 pm

    Rodssss escreveu:
    rogcampinas escreveu:Destaque do UOL: Arrecadação de impostos tem queda de 4,12% em setembro e atinge R$ 95 bi


    Fiquei curioso em saber se nossa greve repercutiu direta ou indiretamente nesta queda ou, ao menos, o quanto a União deixou de arrecadar, em termos de receita, com execuções fiscais e processos trabalhistas durante o movimento paredista... 


    Será que os deputados e senadores  sabem? E o planalto (bom, lá ninguém sabe de nada, não viu nada...)?

    Seria maravilhoso se fosse por conta nossa essa queda de arrecadação, ganharíamos muita força.
    Pena que acho que devem ser outros fatores.

    outros fatores: roubo por exemplo.
    bethoven
    bethoven
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 561
    Reputação : 43
    Data de inscrição : 17/07/2015

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por bethoven em Sex 23 Out 2015, 3:29 pm

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    bethoven
    bethoven
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 561
    Reputação : 43
    Data de inscrição : 17/07/2015

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por bethoven em Sex 23 Out 2015, 3:32 pm

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    Nilo
    Nilo
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Analista Administrativo, C-13
    Mensagens : 551
    Reputação : 81
    Data de inscrição : 22/06/2015
    Localização : São Paulo - SP.

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por Nilo em Sex 23 Out 2015, 3:52 pm

    TCU pode inabilitar ministro do Planejamento
    Por: Vera Magalhães  23/10/2015 às 8:07


    FONTE: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    O governo tem um temor adicional no julgamento do TCU sobre as pedaladas fiscais –além da determinação de quitar no ato a dívida com os bancos públicos. É grande o risco de o tribunal condenar à inabilitação para exercer qualquer função pública uma série de autoridades e ex-autoridades do governo Dilma Rousseff.
    O maior medo é que a lista inclua o atual ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, que foi secretário-executivo do Ministério da Fazenda entre 2011 e 2013.
    Entre os ministros é dado como certo que o relator do processo, José Múcio, adotará essa pena por oito anos para o ex-ministro Guido Mantega e para o ex-secretário do Tesouro Arno Augustin, a quem é atribuída a responsabilidade pelo uso indiscriminado das “pedaladas” em 2014.

    -----------
    TCU mirando na área econômica da PTralhada.  Não gostaram da saraivada de acusações feitas contra o Ministro NARDES.

    farao

    VictorAlbuquerque
    VictorAlbuquerque
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Analista Judiciário
    Mensagens : 581
    Reputação : 120
    Data de inscrição : 01/06/2015

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por VictorAlbuquerque em Sex 23 Out 2015, 4:01 pm


    Não sabia que para as Carreiras Típicas de Estado a proposta era de 21,3% até janeiro/19. Pensei que fosse a mesma merreca de 10,8% até dez/17.



    bethoven escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Conteúdo patrocinado

    PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015 Empty Re: PCS - PL 7920/2014 - PLC 28/2015

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter 17 Set 2019, 5:47 am