PCS JÁ



    Dicas Financeiras

    Compartilhe
    avatar
    phelipes007
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 48
    Reputação : 12
    Data de inscrição : 02/06/2015

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por phelipes007 em Ter 26 Dez 2017, 12:57 pm

    pessoal, sei q existe um tópico separado para funpresp, mas é q o assunto também é sobre investimentos... o que vocês q entraram após 2003 e estão "longe" de aposentar estão pretendendo fazer? é uma decisão importantíssima na vida dos servidores e temos "meio ano" aí p/ tomá-la né?! todas as simulações q faço me dizem q essa funpresp não é uma boa opção quando comparada com qualquer investimento básico e seguro de renda fixa... estou pensando seriamente em parar de pagar 1600...1700 pro inss todo mês e começar a aplicar essa grana, por conta própria, em CDBs, fundos, ações, etc. Vcs já tomaram a decisão? opiniões são bem vindas mesmo sabendo q a realidade pessoal e objetivos de cada um aqui são diferentes...

    jornalista
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1009
    Reputação : 27
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por jornalista em Ter 26 Dez 2017, 3:10 pm

    phelipes007 escreveu:pessoal, sei q existe um tópico separado para funpresp, mas é q o assunto também é sobre investimentos... o que vocês q entraram após 2003 e estão "longe" de aposentar estão pretendendo fazer? é uma decisão importantíssima na vida dos servidores e temos "meio ano" aí p/ tomá-la né?! todas as simulações q faço me dizem q essa funpresp não é uma boa opção quando comparada com qualquer investimento básico e seguro de renda fixa... estou pensando seriamente em parar de pagar 1600...1700 pro inss todo mês e começar a aplicar essa grana, por conta própria, em CDBs, fundos, ações, etc. Vcs já tomaram a decisão? opiniões são bem vindas mesmo sabendo q a realidade pessoal e objetivos de cada um aqui são diferentes...
    Acredito que o problema nem é a realidade de cada servidor mas o que vai acontecer na economia nos próximos 10, 20 ou 30 anos. Qualquer simulação de longo prazo seria feita com base no status quo. Então fica complicado prever o futuro. Eu sou antigo sem incorporação e não vou arriscar no funpresp. Mas eu conheço uma colega novata que disse que nem sonha em investir no fundo. Eu acho que ela está equivocada mas é só um palpite.
    avatar
    subsidioja_
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2475
    Reputação : 321
    Data de inscrição : 05/04/2011

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por subsidioja_ em Ter 26 Dez 2017, 5:03 pm

    phelipes007 escreveu:pessoal, sei q existe um tópico separado para funpresp, mas é q o assunto também é sobre investimentos... o que vocês q entraram após 2003 e estão "longe" de aposentar estão pretendendo fazer? é uma decisão importantíssima na vida dos servidores e temos "meio ano" aí p/ tomá-la né?! todas as simulações q faço me dizem q essa funpresp não é uma boa opção quando comparada com qualquer investimento básico e seguro de renda fixa... estou pensando seriamente em parar de pagar 1600...1700 pro inss todo mês e começar a aplicar essa grana, por conta própria, em CDBs, fundos, ações, etc. Vcs já tomaram a decisão? opiniões são bem vindas mesmo sabendo q a realidade pessoal e objetivos de cada um aqui são diferentes...

    Colega, tem muita informação útil pra você no fórum da previdência. Muita mesmo!
    José Barbosa e Andros Vilazza ajudando horrores lá.

    Uma coisa básica q não sei se vc considerou é q isso q vc vai “deixar de pagar” pro RPPS não refletirá 100% no seu salário líquido.
    O leão vai morder uma bela parte.

    Não sei as contas q vc fez, mas renda fixa dar banho na Funpresp?
    O fundo investe a maior parte justamente em renda fixa.

    E quando considerar renda fixa, não pegue o q aconteceu nos 2 últimos anos como sendo o padrão. Foram pontos fora da curva.

    Veja direitinho e pense com calma.

    Se é novato e trabalhará por +30 anos, pode compensar aderir.
    avatar
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1673
    Reputação : 222
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por androsvilazza em Ter 26 Dez 2017, 5:09 pm

    Pra ajudar, vou relatar minha posição no Funpresp, de janeiro a novembro deste ano:

    Aportei 2903,39 (contribuição de 8,5% sobre o que excede o teto) e tenho um saldo de 4701,60 (incluso a contribuição do patrocinador, e já descontados os repasses para o FCBE e taxa de carregamento).

    Este ano ainda não pude utilizar o benefício fiscal, mas mesmo deixando esse parâmetro de fora, aponto o Funpresp como uma boa opção: não se consegue investimento que retorne 60% em 11 meses, quanto mais um investimento de aportes mensais, cujo saldo médio é obviamente menor do que um investimento integral, de aporte único.

    Minha opinião é de que o Funpresp compensa, especialmente, nessas condições: como patrocinado, e aporte na alíquota máxima "coberta" pela União.

    A partir dessa alíquota (ou como participante vinculado/não patrocinado), passa a ser como qualquer outra previdência complementar, com as mesmas vantagens (em especial o benefício fiscal), mas com uma desvantagem terrível em comparação aos demais investimentos: a impossibilidade de saque enquanto se estiver vinculado ao órgão público.

    Resumindo, uma combinação que acho interessante para quem deseja optar pelo limite ao teto do RGPS é esta (que, inclusive, é a que estou adotando):

    - adesão ao Funpresp como patrocinado, até a alíquota limite de 8,5%;
    - para quem faz declaração completa de IR, é interessante o aporte adicional a previdência complementar (Funpresp ou outra de mercado), para aproveitar o benefício fiscal;
    - com o restante, ou para quem faz declaração simplificada de IR, investimentos diversos.

    Esta é uma estratégia possível para quem visa o longo prazo (10+ anos), e não quer correr muitos riscos, ou ter muito "trabalho" para garantir o futuro.
    avatar
    phelipes007
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 48
    Reputação : 12
    Data de inscrição : 02/06/2015

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por phelipes007 em Ter 26 Dez 2017, 8:24 pm

    vou passar a discussão para o tópico da funpresp então pessoal... eu dei uma lida geral lá, mas ainda não estou convencido... acho q fiz uma análise muito simplista e a funpresp me pareceu muito ruim... talvez esteja enganado...
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 5431
    Reputação : 186
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por Galizezin em Qua 27 Dez 2017, 9:40 am

    androsvilazza escreveu:Pra ajudar, vou relatar minha posição no Funpresp, de janeiro a novembro deste ano:

    Aportei 2903,39 (contribuição de 8,5% sobre o que excede o teto) e tenho um saldo de 4701,60 (incluso a contribuição do patrocinador, e já descontados os repasses para o FCBE e taxa de carregamento).

    Este ano ainda não pude utilizar o benefício fiscal, mas mesmo deixando esse parâmetro de fora, aponto o Funpresp como uma boa opção: não se consegue investimento que retorne 60% em 11 meses, quanto mais um investimento de aportes mensais, cujo saldo médio é obviamente menor do que um investimento integral, de aporte único.

    Minha opinião é de que o Funpresp compensa, especialmente, nessas condições: como patrocinado, e aporte na alíquota máxima "coberta" pela União.

    A partir dessa alíquota (ou como participante vinculado/não patrocinado), passa a ser como qualquer outra previdência complementar, com as mesmas vantagens (em especial o benefício fiscal), mas com uma desvantagem terrível em comparação aos demais investimentos: a impossibilidade de saque enquanto se estiver vinculado ao órgão público.

    Resumindo, uma combinação que acho interessante para quem deseja optar pelo limite ao teto do RGPS é esta (que, inclusive, é a que estou adotando):

    - adesão ao Funpresp como patrocinado, até a alíquota limite de 8,5%;
    - para quem faz declaração completa de IR, é interessante o aporte adicional a previdência complementar (Funpresp ou outra de mercado), para aproveitar o benefício fiscal;
    - com o restante, ou para quem faz declaração simplificada de IR, investimentos diversos.

    Esta é uma estratégia possível para quem visa o longo prazo (10+ anos), e não quer correr muitos riscos, ou ter muito "trabalho" para garantir o futuro.

    Prezado, o que eu gostaria de perguntar é: esse saldo é real ou ficctício? Pergunto pois, como se trata de fundo previdenciário, o funpresp pode muito bem considerar que o governo já repassou a parte dele, só que não. Assim, quem já entrou no funpresp precisa fazer a pergunta e de forma direta: o governo está depositando todo mês a parte que lhe cabe? Gostaria de saber a resposta, ok?


    _________________
    NO RACISM!
    avatar
    Lord Sith
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2092
    Reputação : 84
    Data de inscrição : 25/05/2012

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por Lord Sith em Qua 27 Dez 2017, 1:09 pm

    Recebi uma carta da CEF no começo do mês me oferecendo uma condição especial para redução da taxa de juros do meu financiamento, cujo o CET ficou em 8.0% a.a. O nominal é 7,75%, alguma coisa assim. Achei estranho. Liguei para saber e me atenderam pelo telefone numa rapidez impressionante (pensei que ia ficar na musiquinha). O gerente me fez uma proposta: adiantar 19.000 do meu financiamento e ter uma redução de 0,25% na minha taxa de juros. Pra fazer uma oferta dessas estão capitalizando o banco de algum jeito...

    josebarbos escreveu:
    Galizezin escreveu:Alguém ouviu zum zum zum de que a CEF está sem $$$?

    Não é que está sem dinheiro, mas não se enquadra nas novas regras de Basileia a partir de 2018, em que o capital próprio tem um volume pequeno em relação ao crédito concedido. Desta forma, não tem jeito: ou aumenta o capital, ou segura o crédito.

    Lembrando que a CEF tende à falência, o que segura são os monopólios que geram uma fábula. É até estranho que o mercado financeiro tenha aceitado tão passivamente a unificação do FGTS.

    jornalista
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1009
    Reputação : 27
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por jornalista em Qua 27 Dez 2017, 2:31 pm

    Lord Sith escreveu:Recebi uma carta da CEF no começo do mês me oferecendo uma condição especial para redução da taxa de juros do meu financiamento, cujo o CET ficou em 8.0% a.a. O nominal é 7,75%, alguma coisa assim. Achei estranho. Liguei para saber e me atenderam pelo telefone numa rapidez impressionante (pensei que ia ficar na musiquinha). O gerente me fez uma proposta: adiantar 19.000 do meu financiamento e ter uma redução de 0,25% na minha taxa de juros. Pra fazer uma oferta dessas estão capitalizando o banco de algum jeito...

    josebarbos escreveu:
    Galizezin escreveu:Alguém ouviu zum zum zum de que a CEF está sem $$$?

    Não é que está sem dinheiro, mas não se enquadra nas novas regras de Basileia a partir de 2018, em que o capital próprio tem um volume pequeno em relação ao crédito concedido. Desta forma, não tem jeito: ou aumenta o capital, ou segura o crédito.

    Lembrando que a CEF tende à falência, o que segura são os monopólios que geram uma fábula. É até estranho que o mercado financeiro tenha aceitado tão passivamente a unificação do FGTS.
    Vc sabe se dá para fazer isso em outras agências/financiamentos? Passe o número, se for possível.
    avatar
    Lord Sith
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2092
    Reputação : 84
    Data de inscrição : 25/05/2012

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por Lord Sith em Qua 27 Dez 2017, 2:41 pm

    jornalista escreveu:
    Lord Sith escreveu:Recebi uma carta da CEF no começo do mês me oferecendo uma condição especial para redução da taxa de juros do meu financiamento, cujo o CET ficou em 8.0% a.a. O nominal é 7,75%, alguma coisa assim. Achei estranho. Liguei para saber e me atenderam pelo telefone numa rapidez impressionante (pensei que ia ficar na musiquinha). O gerente me fez uma proposta: adiantar 19.000 do meu financiamento e ter uma redução de 0,25% na minha taxa de juros. Pra fazer uma oferta dessas estão capitalizando o banco de algum jeito...

    josebarbos escreveu:
    Galizezin escreveu:Alguém ouviu zum zum zum de que a CEF está sem $$$?

    Não é que está sem dinheiro, mas não se enquadra nas novas regras de Basileia a partir de 2018, em que o capital próprio tem um volume pequeno em relação ao crédito concedido. Desta forma, não tem jeito: ou aumenta o capital, ou segura o crédito.

    Lembrando que a CEF tende à falência, o que segura são os monopólios que geram uma fábula. É até estranho que o mercado financeiro tenha aceitado tão passivamente a unificação do FGTS.
    Vc sabe se dá para fazer isso em outras agências/financiamentos? Passe o número, se for possível.

    Creio que sim. No comunicado dizia que era até o dia 28 ou 29/12, salvo engano. Sugiro ir pessoalmente na agência onde fez seu financiamento e questionar a respeito.

    jornalista
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1009
    Reputação : 27
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por jornalista em Qua 27 Dez 2017, 4:01 pm

    Lord Sith escreveu:
    jornalista escreveu:
    Lord Sith escreveu:Recebi uma carta da CEF no começo do mês me oferecendo uma condição especial para redução da taxa de juros do meu financiamento, cujo o CET ficou em 8.0% a.a. O nominal é 7,75%, alguma coisa assim. Achei estranho. Liguei para saber e me atenderam pelo telefone numa rapidez impressionante (pensei que ia ficar na musiquinha). O gerente me fez uma proposta: adiantar 19.000 do meu financiamento e ter uma redução de 0,25% na minha taxa de juros. Pra fazer uma oferta dessas estão capitalizando o banco de algum jeito...

    josebarbos escreveu:

    Não é que está sem dinheiro, mas não se enquadra nas novas regras de Basileia a partir de 2018, em que o capital próprio tem um volume pequeno em relação ao crédito concedido. Desta forma, não tem jeito: ou aumenta o capital, ou segura o crédito.

    Lembrando que a CEF tende à falência, o que segura são os monopólios que geram uma fábula. É até estranho que o mercado financeiro tenha aceitado tão passivamente a unificação do FGTS.
    Vc sabe se dá para fazer isso em outras agências/financiamentos? Passe o número, se for possível.

    Creio que sim. No comunicado dizia que era até o dia 28 ou 29/12, salvo engano. Sugiro ir pessoalmente na agência onde fez seu financiamento e questionar a respeito.
    Valeu.
    avatar
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1673
    Reputação : 222
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por androsvilazza em Qua 27 Dez 2017, 4:46 pm

    Galizezin escreveu:
    androsvilazza escreveu:Pra ajudar, vou relatar minha posição no Funpresp, de janeiro a novembro deste ano:

    Aportei 2903,39 (contribuição de 8,5% sobre o que excede o teto) e tenho um saldo de 4701,60 (incluso a contribuição do patrocinador, e já descontados os repasses para o FCBE e taxa de carregamento).

    Este ano ainda não pude utilizar o benefício fiscal, mas mesmo deixando esse parâmetro de fora, aponto o Funpresp como uma boa opção: não se consegue investimento que retorne 60% em 11 meses, quanto mais um investimento de aportes mensais, cujo saldo médio é obviamente menor do que um investimento integral, de aporte único.

    Minha opinião é de que o Funpresp compensa, especialmente, nessas condições: como patrocinado, e aporte na alíquota máxima "coberta" pela União.

    A partir dessa alíquota (ou como participante vinculado/não patrocinado), passa a ser como qualquer outra previdência complementar, com as mesmas vantagens (em especial o benefício fiscal), mas com uma desvantagem terrível em comparação aos demais investimentos: a impossibilidade de saque enquanto se estiver vinculado ao órgão público.

    Resumindo, uma combinação que acho interessante para quem deseja optar pelo limite ao teto do RGPS é esta (que, inclusive, é a que estou adotando):

    - adesão ao Funpresp como patrocinado, até a alíquota limite de 8,5%;
    - para quem faz declaração completa de IR, é interessante o aporte adicional a previdência complementar (Funpresp ou outra de mercado), para aproveitar o benefício fiscal;
    - com o restante, ou para quem faz declaração simplificada de IR, investimentos diversos.

    Esta é uma estratégia possível para quem visa o longo prazo (10+ anos), e não quer correr muitos riscos, ou ter muito "trabalho" para garantir o futuro.

    Prezado, o que eu gostaria de perguntar é: esse saldo é real ou ficctício? Pergunto pois, como se trata de fundo previdenciário, o funpresp pode muito bem considerar que o governo já repassou a parte dele, só que não. Assim, quem já entrou no funpresp precisa fazer a pergunta e de forma direta: o governo está depositando todo mês a parte que lhe cabe? Gostaria de saber a resposta, ok?

    É saldo real. Os valores são depositados pelo patrocinador, mês a mês, e não sofrem qualquer tipo de desconto depois da dedução do FCBE/taxa de carregamento. Isso é importante ressaltar porque, caso os custos operacionais aumentem, ou os gastos com benefícios excepcionais excedam as expectativas, somente as taxas futuras (FCBE e carregamento) é que serão afetadas (majoradas ou reduzidas, conforme o caso): o saldo que já está na conta é "intocável"; só aumenta Laughing

    Outro aspecto importante é que, sobre o saldo do patrocinador, você só tem "expectativa" de saldo integral, posto que, para ter direito efetivo à conta do patrocinador, você deve cumprir certos requisitos (ex. Se a intenção for de sacar o valor, em vez de receber a pensão mensal, o percentual de saque da conta patrocinador fica limitado, conforme o tempo de vínculo do servidor).
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 5431
    Reputação : 186
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por Galizezin em Qua 27 Dez 2017, 10:16 pm

    androsvilazza escreveu:
    Galizezin escreveu:
    androsvilazza escreveu:Pra ajudar, vou relatar minha posição no Funpresp, de janeiro a novembro deste ano:

    Aportei 2903,39 (contribuição de 8,5% sobre o que excede o teto) e tenho um saldo de 4701,60 (incluso a contribuição do patrocinador, e já descontados os repasses para o FCBE e taxa de carregamento).

    Este ano ainda não pude utilizar o benefício fiscal, mas mesmo deixando esse parâmetro de fora, aponto o Funpresp como uma boa opção: não se consegue investimento que retorne 60% em 11 meses, quanto mais um investimento de aportes mensais, cujo saldo médio é obviamente menor do que um investimento integral, de aporte único.

    Minha opinião é de que o Funpresp compensa, especialmente, nessas condições: como patrocinado, e aporte na alíquota máxima "coberta" pela União.

    A partir dessa alíquota (ou como participante vinculado/não patrocinado), passa a ser como qualquer outra previdência complementar, com as mesmas vantagens (em especial o benefício fiscal), mas com uma desvantagem terrível em comparação aos demais investimentos: a impossibilidade de saque enquanto se estiver vinculado ao órgão público.

    Resumindo, uma combinação que acho interessante para quem deseja optar pelo limite ao teto do RGPS é esta (que, inclusive, é a que estou adotando):

    - adesão ao Funpresp como patrocinado, até a alíquota limite de 8,5%;
    - para quem faz declaração completa de IR, é interessante o aporte adicional a previdência complementar (Funpresp ou outra de mercado), para aproveitar o benefício fiscal;
    - com o restante, ou para quem faz declaração simplificada de IR, investimentos diversos.

    Esta é uma estratégia possível para quem visa o longo prazo (10+ anos), e não quer correr muitos riscos, ou ter muito "trabalho" para garantir o futuro.

    Prezado, o que eu gostaria de perguntar é: esse saldo é real ou ficctício? Pergunto pois, como se trata de fundo previdenciário, o funpresp pode muito bem considerar que o governo já repassou a parte dele, só que não. Assim, quem já entrou no funpresp precisa fazer a pergunta e de forma direta: o governo está depositando todo mês a parte que lhe cabe? Gostaria de saber a resposta, ok?

    É saldo real. Os valores são depositados pelo patrocinador, mês a mês, e não sofrem qualquer tipo de desconto depois da dedução do FCBE/taxa de carregamento. Isso é importante ressaltar porque, caso os custos operacionais aumentem, ou os gastos com benefícios excepcionais excedam as expectativas, somente as taxas futuras (FCBE e carregamento) é que serão afetadas (majoradas ou reduzidas, conforme o caso): o saldo que já está na conta é "intocável"; só aumenta Laughing

    Outro aspecto importante é que, sobre o saldo do patrocinador, você só tem "expectativa" de saldo integral, posto que, para ter direito efetivo à conta do patrocinador, você deve cumprir certos requisitos (ex. Se a intenção for de sacar o valor, em vez de receber a pensão mensal, o percentual de saque da conta patrocinador fica limitado, conforme o tempo de vínculo do servidor).

    Se o gov está depositando, então tá certo. Fiz a pergunta porque duvido muito que ele esteja em dia com a parte que lhe cabe na previdência. É o mesmo esquema do FGTS. O povão trabalha 10, 20 anos, achando que os depósitos foram feitos regularmente, e quanto demitidos, muitos têm uma surpresa desagradável...


    _________________
    NO RACISM!

    OJAF RJ
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 227
    Reputação : 16
    Data de inscrição : 13/07/2010

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por OJAF RJ em Qui 28 Dez 2017, 1:59 pm

    Galizezin escreveu:
    androsvilazza escreveu:
    Galizezin escreveu:
    androsvilazza escreveu:Pra ajudar, vou relatar minha posição no Funpresp, de janeiro a novembro deste ano:

    Aportei 2903,39 (contribuição de 8,5% sobre o que excede o teto) e tenho um saldo de 4701,60 (incluso a contribuição do patrocinador, e já descontados os repasses para o FCBE e taxa de carregamento).

    Este ano ainda não pude utilizar o benefício fiscal, mas mesmo deixando esse parâmetro de fora, aponto o Funpresp como uma boa opção: não se consegue investimento que retorne 60% em 11 meses, quanto mais um investimento de aportes mensais, cujo saldo médio é obviamente menor do que um investimento integral, de aporte único.

    Minha opinião é de que o Funpresp compensa, especialmente, nessas condições: como patrocinado, e aporte na alíquota máxima "coberta" pela União.

    A partir dessa alíquota (ou como participante vinculado/não patrocinado), passa a ser como qualquer outra previdência complementar, com as mesmas vantagens (em especial o benefício fiscal), mas com uma desvantagem terrível em comparação aos demais investimentos: a impossibilidade de saque enquanto se estiver vinculado ao órgão público.

    Resumindo, uma combinação que acho interessante para quem deseja optar pelo limite ao teto do RGPS é esta (que, inclusive, é a que estou adotando):

    - adesão ao Funpresp como patrocinado, até a alíquota limite de 8,5%;
    - para quem faz declaração completa de IR, é interessante o aporte adicional a previdência complementar (Funpresp ou outra de mercado), para aproveitar o benefício fiscal;
    - com o restante, ou para quem faz declaração simplificada de IR, investimentos diversos.

    Esta é uma estratégia possível para quem visa o longo prazo (10+ anos), e não quer correr muitos riscos, ou ter muito "trabalho" para garantir o futuro.

    Prezado, o que eu gostaria de perguntar é: esse saldo é real ou ficctício? Pergunto pois, como se trata de fundo previdenciário, o funpresp pode muito bem considerar que o governo já repassou a parte dele, só que não. Assim, quem já entrou no funpresp precisa fazer a pergunta e de forma direta: o governo está depositando todo mês a parte que lhe cabe? Gostaria de saber a resposta, ok?

    É saldo real. Os valores são depositados pelo patrocinador, mês a mês, e não sofrem qualquer tipo de desconto depois da dedução do FCBE/taxa de carregamento. Isso é importante ressaltar porque, caso os custos operacionais aumentem, ou os gastos com benefícios excepcionais excedam as expectativas, somente as taxas futuras (FCBE e carregamento) é que serão afetadas (majoradas ou reduzidas, conforme o caso): o saldo que já está na conta é "intocável"; só aumenta Laughing

    Outro aspecto importante é que, sobre o saldo do patrocinador, você só tem "expectativa" de saldo integral, posto que, para ter direito efetivo à conta do patrocinador, você deve cumprir certos requisitos (ex. Se a intenção for de sacar o valor, em vez de receber a pensão mensal, o percentual de saque da conta patrocinador fica limitado, conforme o tempo de vínculo do servidor).

    Se o gov está depositando, então tá certo. Fiz a pergunta porque duvido muito que ele esteja em dia com a parte que lhe cabe na previdência. É o mesmo esquema do FGTS. O povão trabalha 10, 20 anos, achando que os depósitos foram feitos regularmente, e quanto demitidos, muitos têm uma surpresa desagradável...

    A parte das contribuições que cabe ao governo no regime próprio da União é uma ficção contábil, não há efetivamente qualquer depósito em favor do servidor, pois é um sistema de repartição simples, onde não há formação de um fundo para pagamentos futuros.
    avatar
    subsidioja_
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2475
    Reputação : 321
    Data de inscrição : 05/04/2011

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por subsidioja_ em Qui 28 Dez 2017, 2:26 pm

    Galizezin escreveu:
    androsvilazza escreveu:
    Galizezin escreveu:
    androsvilazza escreveu:Pra ajudar, vou relatar minha posição no Funpresp, de janeiro a novembro deste ano:

    Aportei 2903,39 (contribuição de 8,5% sobre o que excede o teto) e tenho um saldo de 4701,60 (incluso a contribuição do patrocinador, e já descontados os repasses para o FCBE e taxa de carregamento).

    Este ano ainda não pude utilizar o benefício fiscal, mas mesmo deixando esse parâmetro de fora, aponto o Funpresp como uma boa opção: não se consegue investimento que retorne 60% em 11 meses, quanto mais um investimento de aportes mensais, cujo saldo médio é obviamente menor do que um investimento integral, de aporte único.

    Minha opinião é de que o Funpresp compensa, especialmente, nessas condições: como patrocinado, e aporte na alíquota máxima "coberta" pela União.

    A partir dessa alíquota (ou como participante vinculado/não patrocinado), passa a ser como qualquer outra previdência complementar, com as mesmas vantagens (em especial o benefício fiscal), mas com uma desvantagem terrível em comparação aos demais investimentos: a impossibilidade de saque enquanto se estiver vinculado ao órgão público.

    Resumindo, uma combinação que acho interessante para quem deseja optar pelo limite ao teto do RGPS é esta (que, inclusive, é a que estou adotando):

    - adesão ao Funpresp como patrocinado, até a alíquota limite de 8,5%;
    - para quem faz declaração completa de IR, é interessante o aporte adicional a previdência complementar (Funpresp ou outra de mercado), para aproveitar o benefício fiscal;
    - com o restante, ou para quem faz declaração simplificada de IR, investimentos diversos.

    Esta é uma estratégia possível para quem visa o longo prazo (10+ anos), e não quer correr muitos riscos, ou ter muito "trabalho" para garantir o futuro.

    Prezado, o que eu gostaria de perguntar é: esse saldo é real ou ficctício? Pergunto pois, como se trata de fundo previdenciário, o funpresp pode muito bem considerar que o governo já repassou a parte dele, só que não. Assim, quem já entrou no funpresp precisa fazer a pergunta e de forma direta: o governo está depositando todo mês a parte que lhe cabe? Gostaria de saber a resposta, ok?

    É saldo real. Os valores são depositados pelo patrocinador, mês a mês, e não sofrem qualquer tipo de desconto depois da dedução do FCBE/taxa de carregamento. Isso é importante ressaltar porque, caso os custos operacionais aumentem, ou os gastos com benefícios excepcionais excedam as expectativas, somente as taxas futuras (FCBE e carregamento) é que serão afetadas (majoradas ou reduzidas, conforme o caso): o saldo que já está na conta é "intocável"; só aumenta Laughing

    Outro aspecto importante é que, sobre o saldo do patrocinador, você só tem "expectativa" de saldo integral, posto que, para ter direito efetivo à conta do patrocinador, você deve cumprir certos requisitos (ex. Se a intenção for de sacar o valor, em vez de receber a pensão mensal, o percentual de saque da conta patrocinador fica limitado, conforme o tempo de vínculo do servidor).

    Se o gov está depositando, então tá certo. Fiz a pergunta porque duvido muito que ele esteja em dia com a parte que lhe cabe na previdência. É o mesmo esquema do FGTS. O povão trabalha 10, 20 anos, achando que os depósitos foram feitos regularmente, e quanto demitidos, muitos têm uma surpresa desagradável...


    A contribuição do governo entra mensalmente de forma normal, no mesmo dia e hora que a sua própria entra.

    Tudo é possível nesse paiseco, mas se o governo deixar de pagar alguma coisa essa coisa será a aposentadoria dos “privilegiados” que permaneceram no regime antigo.
    Boa sorte rendeer
    avatar
    marco trt8
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 33
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 23/12/2014

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por marco trt8 em Sex 05 Jan 2018, 5:56 am

    amigos, para quem tem uma previdência privada, existe alguma vantagem entre aumentar a contribuição mensal à previdência privada e fazer aportes durante o ano? enfim, dentre tais medidas, existiria alguma vantagem em relação a outra?

    agradeço a quem puder me ajudar.
    avatar
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1673
    Reputação : 222
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por androsvilazza em Sex 05 Jan 2018, 9:19 am

    marco trt8 escreveu:amigos, para quem tem uma previdência privada, existe alguma vantagem entre aumentar a contribuição mensal à previdência privada e fazer aportes durante o ano? enfim, dentre tais medidas, existiria alguma vantagem em relação a outra?

    agradeço a quem puder me ajudar.

    Há três formas de se analisar a diferença entre contribuições mensais e aportes esporádicos (partindo do princípio de que a contribuição total anual, adotado um ou outro método, seja a mesma ao final):

    1) pelo rendimento do investimento:
    caso os aportes sejam realizados apenas ao final do ano, como de praxe (com o 13º salário, por exemplo), as contribuições mensais tendem a render mais. O raciocínio é simples: pequenos aportes mensais rendem juros ao longo do ano, o que não acontece com um aporte único em dezembro. No entanto, quanto mais próximo ao início do ano for feito o aporte único, mais vantajoso em termos de rendimento. Assim, um aporte único de 12 mil em janeiro renderá mais, ao final do ano, que 12 aportes mensais de 1000 reais, que por sua vez renderá mais que um aporte único de 12 mil ao final do ano.

    2) pelo benefício fiscal:
    Em tese, a tributação aplicada é a mesma, posto que o ajuste (fechamento) do IRPF é anual. Assim, se você pagou mais imposto retido na fonte ao longo do ano, terá menos imposto a pagar (ou mais a restituir) quando do ajuste. O oposto também é verdadeiro: menos imposto retido na fonte mensalmente, mais imposto a pagar (ou menor a restituição) quando do fechamento. Dito isto, é bom lembrar que o imposto de renda só rende juros após a entrega da declaração de ajuste anual: o valor retido "a mais" no seu contracheque em janeiro/2018 só será restituído, provavelmente, em agosto/2019, tendo rendido juros apenas entre abril e agosto/2019. De janeiro/2018 a abril/2019 fica "parado", sem render nada.
    Portanto, pra quem geralmente recebe restituição de IRPF, é mais vantajoso realizar contribuições mensais (caso descontadas em folha), que diminuem o imposto retido na fonte, e também reduzem o saldo final a restituir, evitando que seu dinheiro fique "parado" na Receita Federal.
    É bom ressaltar, no entanto, que essa parte relativa ao benefício fiscal só faz diferença pra quem tem a previdência descontada no contracheque. De outro modo, obviamente, não impactará no desconto mensal relativo ao imposto de renda.

    3) pelo fator psicológico:
    Contribuições mensais são muito mais vantajosas, em termos de psicologia financeira. Você se acostuma a viver sem aquela quantia mensal, que passa a não lhe fazer falta. Já os aportes esporádicos exigem muito mais disciplina: há boas chances de, recebendo o 13º, aparecer algum "imprevisto" que abocanhe parte do dinheiro que seria destinado à previdência. Isso sem contar os presentes de natal, festas, viagens, revisão do carro para viagem, reserva para pagamento de impostos e compra de material escolar etc...

    Enfim, considerados todos os fatores, a minha opinião é de que os aportes esporádicos são bastante vantajosos (ajudam e muito a compor seu saldo para a aposentadoria, e auxiliam na obtenção do benefício fiscal), mas é muito mais vantajoso "apertar o cinto" mensalmente, e destinar uma parte maior para a previdência, e investimentos que visem o médio/longo prazos.
    avatar
    marco trt8
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 33
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 23/12/2014

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por marco trt8 em Sex 05 Jan 2018, 10:07 am

    ok, amigo, muito obrigado pelas excelentes dicas, serviram para me dar um norte.

    abraços:
    avatar
    FLUSÃO
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Técnico Judiciário
    Mensagens : 747
    Reputação : 18
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por FLUSÃO em Sex 05 Jan 2018, 6:17 pm

    Gostaria da ajuda dos colegas em relação ao Tesouro Direto, se possível.
    Estou pensando em fazer aportes mensais de 1.000,00 no tesouro pré-fixado LTN, com vencimento em 2023. Dariam exatamente 60 aportes mensais. Resgate de 72.936,00 em janeiro de 2023, líquido, já descontado IR e taxas. Rentabilidade líquida informada de 7,79%.
    O que os senhores(as) acham?
    ps. Seria uma forma de testar minha disciplina para poupar/investir.
    avatar
    subsidioja_
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2475
    Reputação : 321
    Data de inscrição : 05/04/2011

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por subsidioja_ em Sex 05 Jan 2018, 7:23 pm

    FLUSÃO escreveu:Gostaria da ajuda dos colegas em relação ao Tesouro Direto, se possível.
    Estou pensando em fazer aportes mensais de 1.000,00 no tesouro pré-fixado LTN, com vencimento em 2023. Dariam exatamente 60 aportes mensais. Resgate de 72.936,00 em janeiro de 2023, líquido, já descontado IR e taxas. Rentabilidade líquida informada de 7,79%.
    O que os senhores(as) acham?
    ps. Seria uma forma de testar minha disciplina para poupar/investir.

    Título prefixado no nosso país  é perigoso.
    Hoje, a SELIC está artificialmente baixa por conta do baixo consumo/inflação/crédito.

    Quando as coisas melhorarem um pouco, o aumento da inflação/ SELIC é certo de acontecer.
    Aí você ficará “travado” num tipo de título que poderia dar mais.

    Se deseja investir em TD, talvez seja melhor a NTN-B Principal para ficar protegido da inflação ou ir de SELIC (LFT) e aguardar melhor oportunidade.
    No caso da NTN-B, tem uma vencendo em 2024, próximo do seu LTN.
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 5431
    Reputação : 186
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por Galizezin em Sex 05 Jan 2018, 11:53 pm

    O que estão cantarolando por aí, nos bastidores, é que tão logo seja aprovada a reforma vergonhosa da previdência o cavalinho chamado inflação vai disparar...


    _________________
    NO RACISM!
    avatar
    cicero_pb
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 1909
    Reputação : 156
    Data de inscrição : 07/07/2010

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por cicero_pb em Sab 06 Jan 2018, 5:44 am

    A inflação já foi definida pelos menos a 4 anos atras. Não é novidade.
    avatar
    FLUSÃO
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Técnico Judiciário
    Mensagens : 747
    Reputação : 18
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por FLUSÃO em Sab 06 Jan 2018, 8:31 am

    Obrigado pelas sugestões, senhores. Vou pesquisar a respeito.
    avatar
    FLUSÃO
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Técnico Judiciário
    Mensagens : 747
    Reputação : 18
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por FLUSÃO em Sab 06 Jan 2018, 8:50 am

    Desculpe a ignorância e a obviedade da pergunta: o pós fixado sempre dará acima da inflação informada, correto?
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 5431
    Reputação : 186
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por Galizezin em Sab 06 Jan 2018, 11:04 am

    cicero_pb escreveu:A inflação já foi definida pelos menos a 4 anos atras. Não é novidade.

    O governo trabalha sempre com "estimativa" e busca o centro da meta. Inflação prefixada? hehe


    _________________
    NO RACISM!
    avatar
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1673
    Reputação : 222
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por androsvilazza em Sab 06 Jan 2018, 11:12 am

    Galizezin escreveu:
    cicero_pb escreveu:A inflação já foi definida pelos menos a 4 anos atras. Não é novidade.

    O governo trabalha sempre com "estimativa" e busca o centro da meta. Inflação prefixada? hehe

    O que ele tá dizendo é que as medidas macroeconômicas tomadas há 4 anos influenciam na inflação de hoje e de um futuro próximo... Nem tudo em macroeconomia envolve só o curto prazo... Da mesma forma que influenciaram na inflação explosiva de 2015, mesmo em ano de recessão.. Por exemplo, ao forçar a redução na conta de energia, e segurar os aumentos da gasolina, lá nos idos de 2013, todo mundo já sabia que tais aumentos uma hora teriam de vir, como de fato vieram.


    Última edição por androsvilazza em Sab 06 Jan 2018, 11:14 am, editado 1 vez(es)
    avatar
    cicero_pb
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 1909
    Reputação : 156
    Data de inscrição : 07/07/2010

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por cicero_pb em Sab 06 Jan 2018, 11:13 am

    Nada disso. A inominada derramou grana sem lastro. O molusco também. Agora é só reflexo. O temeroso busca adiar os efeitos. Os manes pensam que árvore nasce, cresce e da frutos em 6 meses... noções básicas de economia. Veja o debate em bolhaimobiliariabrasil de 4 anos atras
    avatar
    cicero_pb
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 1909
    Reputação : 156
    Data de inscrição : 07/07/2010

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por cicero_pb em Sab 06 Jan 2018, 11:14 am

    Isso, androsvillaza. Respondemos ao mesmo tempo
    avatar
    cicero_pb
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 1909
    Reputação : 156
    Data de inscrição : 07/07/2010

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por cicero_pb em Sab 06 Jan 2018, 11:18 am

    Nada disso. A inominada derramou grana sem lastro. O molusco também. Agora é só reflexo. O temeroso busca adiar os efeitos. Os manes pensam que árvore nasce, cresce e da frutos em 6 meses... noções básicas de economia. Veja o debate em bolhaimobiliariabrasil de 4 anos atras
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 5431
    Reputação : 186
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por Galizezin em Sab 06 Jan 2018, 1:34 pm

    androsvilazza escreveu:
    Galizezin escreveu:
    cicero_pb escreveu:A inflação já foi definida pelos menos a 4 anos atras. Não é novidade.

    O governo trabalha sempre com "estimativa" e busca o centro da meta. Inflação prefixada? hehe

    O que ele tá dizendo é que as medidas macroeconômicas tomadas há 4 anos influenciam na inflação de hoje e de um futuro próximo... Nem tudo em macroeconomia envolve só o curto prazo... Da mesma forma que influenciaram na inflação explosiva de 2015, mesmo em ano de recessão.. Por exemplo, ao forçar a redução na conta de energia, e segurar os aumentos da gasolina, lá nos idos de 2013, todo mundo já sabia que tais aumentos uma hora teriam de vir, como de fato vieram.

    Entendi, obrigado.


    _________________
    NO RACISM!
    avatar
    Lord Sith
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2092
    Reputação : 84
    Data de inscrição : 25/05/2012

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por Lord Sith em Qua 17 Jan 2018, 2:26 pm

    Bolsa ultrapassa os 80k...e aí? será expectativa pela condenação do Lula ou inflagem por capital externo?
    avatar
    ale1969
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 219
    Reputação : 24
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por ale1969 em Qui 18 Jan 2018, 10:11 am

    Lord Sith escreveu:Bolsa ultrapassa os 80k...e aí? será expectativa pela condenação do Lula ou inflagem por capital externo?

    Pior, com rebaixamento da nota de crédito da dívida. Será uma bolha especulativa? Será apenas figuração para aprovarem a reforma da previdência?
    avatar
    marco trt8
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 33
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 23/12/2014

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por marco trt8 em Qua 24 Jan 2018, 11:04 am

    olá amigos, existe algum cdb comuma excelente taxa do cdi (em torno de 118%, 119% oumais) e prazo médio de, aproximadamente, 5 anos disponível no mercado para aplicar? agradeço a quem puder informar.
    avatar
    phelipes007
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 48
    Reputação : 12
    Data de inscrição : 02/06/2015

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por phelipes007 em Qui 25 Jan 2018, 12:02 pm

    marco trt8 escreveu:olá amigos, existe algum cdb comuma excelente taxa do cdi (em torno de 118%, 119% oumais) e prazo médio de, aproximadamente, 5 anos disponível no mercado para aplicar? agradeço a quem puder informar.

    ixi.. tem um monte com taxas muito maiores q 118%... veja aí...

    Corretora Emissor         Ativo               Vencimento       Taxa   Juros                  Mínimo
    Easynvest BANCO MÁXIMA CDB 29/12/2022  4 anos e 11 meses 127.0% CDI~ lci 107.95% - R$1.000,00
    Órama BANCO MÁXIMA CDB 22/01/2025 6 anos e 12 meses 127.0% CDI~ lci 107.95% - R$5.000,00
    Órama BANCO MÁXIMA CDB 23/01/2023 4 anos e 12 meses 127.0% CDI~ lci 107.95% - R$3.000,00
    Órama BANCO MÁXIMA CDB 24/01/2022 3 anos e 12 meses 126.0% CDI~ lci 107.10% - R$3.000,00
    Easynvest BANCO MÁXIMA CDB 01/01/2022 3 anos e 11 meses 126.0% CDI~ lci 107.10% - R$3.000,00
    Easynvest BANCO MÁXIMA CDB 07/01/2021 2 anos e 11 meses 125.0% CDI~ lci 106.25% - R$1.000,00
    Órama BANCO MÁXIMA CDB 22/01/2021 2 anos e 12 meses 125.0% CDI~ lci 106.25% - R$3.000,00
    Easynvest BANCO MÁXIMA CDB 17/01/2020 1 ano e 11 meses 124.0% CDI~ lci 105.40% - R$1.000,00
    Órama BANCO MÁXIMA CDB 22/01/2020 1 ano e 12 meses 124.0% CDI~ lci 105.40% - R$5.000,00
    Corretora             Emissor         Ativo               Vencimento                   Taxa   Juros                  Mínimo
    Órama BANCO LUSO BRASILEIRO  CDB       24/01/2022 3 anos e 12 meses 122.0% CDI~ lci 103.70% - R$10.000,00
    Easynvest NOVO BANCO CONTINENTAL CDB       29/12/2022 4 anos e 11 meses 121.5% CDI~ lci 103.27% - R$12.000,00
    Easynvest BANCO ARBI                  CDB       19/01/2020 1 ano e 11 meses 121.0% CDI~ lci 102.85% - R$12.000,00
    Órama BANCO LUSO BRASILEIRO  CDB       22/01/2021 2 anos e 12 meses 121.0% CDI~ lci 102.85% - R$10.000,00

    fonte: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    avatar
    Fireball
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 662
    Reputação : 25
    Data de inscrição : 10/06/2015

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por Fireball em Qui 25 Jan 2018, 1:34 pm

    phelipes007 escreveu:
    marco trt8 escreveu:olá amigos, existe algum cdb comuma excelente taxa do cdi (em torno de 118%, 119% oumais) e prazo médio de, aproximadamente, 5 anos disponível no mercado para aplicar? agradeço a quem puder informar.

    ixi.. tem um monte com taxas muito maiores q 118%... veja aí...

    Corretora Emissor         Ativo               Vencimento       Taxa   Juros                  Mínimo
    Easynvest BANCO MÁXIMA CDB 29/12/2022  4 anos e 11 meses 127.0% CDI~ lci 107.95% - R$1.000,00
    Órama BANCO MÁXIMA CDB 22/01/2025 6 anos e 12 meses 127.0% CDI~ lci 107.95% - R$5.000,00
    Órama BANCO MÁXIMA CDB 23/01/2023 4 anos e 12 meses 127.0% CDI~ lci 107.95% - R$3.000,00
    Órama BANCO MÁXIMA CDB 24/01/2022 3 anos e 12 meses 126.0% CDI~ lci 107.10% - R$3.000,00
    Easynvest BANCO MÁXIMA CDB 01/01/2022 3 anos e 11 meses 126.0% CDI~ lci 107.10% - R$3.000,00
    Easynvest BANCO MÁXIMA CDB 07/01/2021 2 anos e 11 meses 125.0% CDI~ lci 106.25% - R$1.000,00
    Órama BANCO MÁXIMA CDB 22/01/2021 2 anos e 12 meses 125.0% CDI~ lci 106.25% - R$3.000,00
    Easynvest BANCO MÁXIMA CDB 17/01/2020 1 ano e 11 meses 124.0% CDI~ lci 105.40% - R$1.000,00
    Órama BANCO MÁXIMA CDB 22/01/2020 1 ano e 12 meses 124.0% CDI~ lci 105.40% - R$5.000,00
    Corretora             Emissor         Ativo               Vencimento                   Taxa   Juros                  Mínimo
    Órama BANCO LUSO BRASILEIRO  CDB       24/01/2022 3 anos e 12 meses 122.0% CDI~ lci 103.70% - R$10.000,00
    Easynvest NOVO BANCO CONTINENTAL CDB       29/12/2022 4 anos e 11 meses 121.5% CDI~ lci 103.27% - R$12.000,00
    Easynvest BANCO ARBI                  CDB       19/01/2020 1 ano e 11 meses 121.0% CDI~ lci 102.85% - R$12.000,00
    Órama BANCO LUSO BRASILEIRO  CDB       22/01/2021 2 anos e 12 meses 121.0% CDI~ lci 102.85% - R$10.000,00

    fonte: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    Colega, atentar para as novas regras do FGC, 1 milhão por CPF e não mais 250k por instituição/cpf
    avatar
    marco trt8
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 33
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 23/12/2014

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por marco trt8 em Qui 25 Jan 2018, 9:07 pm

    obrigado amigo pela informação. nesse site faz também a simulação do valor investido em cada título?
    avatar
    Caçador_de_Troll
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 367
    Reputação : 12
    Data de inscrição : 12/09/2014

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por Caçador_de_Troll em Qua 31 Jan 2018, 8:19 am

    androsvilazza escreveu:Pra ajudar, vou relatar minha posição no Funpresp, de janeiro a novembro deste ano:

    Aportei 2903,39 (contribuição de 8,5% sobre o que excede o teto) e tenho um saldo de 4701,60 (incluso a contribuição do patrocinador, e já descontados os repasses para o FCBE e taxa de carregamento).

    Este ano ainda não pude utilizar o benefício fiscal, mas mesmo deixando esse parâmetro de fora, aponto o Funpresp como uma boa opção: não se consegue investimento que retorne 60% em 11 meses, quanto mais um investimento de aportes mensais, cujo saldo médio é obviamente menor do que um investimento integral, de aporte único.

    Minha opinião é de que o Funpresp compensa, especialmente, nessas condições: como patrocinado, e aporte na alíquota máxima "coberta" pela União.

    A partir dessa alíquota (ou como participante vinculado/não patrocinado), passa a ser como qualquer outra previdência complementar, com as mesmas vantagens (em especial o benefício fiscal), mas com uma desvantagem terrível em comparação aos demais investimentos: a impossibilidade de saque enquanto se estiver vinculado ao órgão público.

    Resumindo, uma combinação que acho interessante para quem deseja optar pelo limite ao teto do RGPS é esta (que, inclusive, é a que estou adotando):

    - adesão ao Funpresp como patrocinado, até a alíquota limite de 8,5%;
    - para quem faz declaração completa de IR, é interessante o aporte adicional a previdência complementar (Funpresp ou outra de mercado), para aproveitar o benefício fiscal;
    - com o restante, ou para quem faz declaração simplificada de IR, investimentos diversos.

    Esta é uma estratégia possível para quem visa o longo prazo (10+ anos), e não quer correr muitos riscos, ou ter muito "trabalho" para garantir o futuro.


    Olá androsvilazza, recentemente aderi ao funpresp na condição patrocinado. Como você faz para ter acesso ao saldo de sua conta? Grato.
    avatar
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1673
    Reputação : 222
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por androsvilazza em Qua 31 Jan 2018, 9:24 am

    Caçador_de_Troll escreveu:
    androsvilazza escreveu:Pra ajudar, vou relatar minha posição no Funpresp, de janeiro a novembro deste ano:

    Aportei 2903,39 (contribuição de 8,5% sobre o que excede o teto) e tenho um saldo de 4701,60 (incluso a contribuição do patrocinador, e já descontados os repasses para o FCBE e taxa de carregamento).

    Este ano ainda não pude utilizar o benefício fiscal, mas mesmo deixando esse parâmetro de fora, aponto o Funpresp como uma boa opção: não se consegue investimento que retorne 60% em 11 meses, quanto mais um investimento de aportes mensais, cujo saldo médio é obviamente menor do que um investimento integral, de aporte único.

    Minha opinião é de que o Funpresp compensa, especialmente, nessas condições: como patrocinado, e aporte na alíquota máxima "coberta" pela União.

    A partir dessa alíquota (ou como participante vinculado/não patrocinado), passa a ser como qualquer outra previdência complementar, com as mesmas vantagens (em especial o benefício fiscal), mas com uma desvantagem terrível em comparação aos demais investimentos: a impossibilidade de saque enquanto se estiver vinculado ao órgão público.

    Resumindo, uma combinação que acho interessante para quem deseja optar pelo limite ao teto do RGPS é esta (que, inclusive, é a que estou adotando):

    - adesão ao Funpresp como patrocinado, até a alíquota limite de 8,5%;
    - para quem faz declaração completa de IR, é interessante o aporte adicional a previdência complementar (Funpresp ou outra de mercado), para aproveitar o benefício fiscal;
    - com o restante, ou para quem faz declaração simplificada de IR, investimentos diversos.

    Esta é uma estratégia possível para quem visa o longo prazo (10+ anos), e não quer correr muitos riscos, ou ter muito "trabalho" para garantir o futuro.


    Olá androsvilazza, recentemente aderi ao funpresp na condição patrocinado. Como você faz para ter acesso ao saldo de sua conta? Grato.

    Em breve você deve receber um e-mail com sua senha provisória de acesso ao portal do participante. Demora um pouquinho, acho que só lhe cadastram no sistema depois de efetuado o primeiro depósito, ou seja, no início do mês seguinte à sua adesão.
    avatar
    Marcos Moura de Souza
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 41
    Reputação : 3
    Data de inscrição : 07/04/2011

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por Marcos Moura de Souza em Qua 31 Jan 2018, 11:02 am

    Prezados, alguém já investiu utilizando a corretora Orama?

    Pode se dizer que ela é confiável?

    Estou pensando em investir nesse CDB do Banco Máxima.


    avatar
    Alexandro Mendes
    Novo Usuário

    Mensagens : 1
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 01/06/2015

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por Alexandro Mendes em Qua 31 Jan 2018, 5:09 pm

    Caro Marcos, invisto na órama desde ano passado e nunca tive problemas, em relação ao seu investimento em CDB do Banco Máxima se fosse vc daria uma olhada em outras opções, pois o Banco Maxima não gera muito confiança, verifica os dados no site do banco data.
    avatar
    Marcos Moura de Souza
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 41
    Reputação : 3
    Data de inscrição : 07/04/2011

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por Marcos Moura de Souza em Qui 01 Fev 2018, 5:36 am

    Alexandro Mendes escreveu:Caro Marcos, invisto na órama desde ano passado e nunca tive problemas, em relação ao seu investimento em CDB do Banco Máxima se fosse vc daria uma olhada em outras opções, pois o Banco Maxima não gera muito confiança, verifica os dados no site do banco data.

    Valeu mesmo, colega.

    Fui pesquisar e vi que esse banco já estava com sérios problemas desde 2016.

    Por isso, ele está pagando tanto. É a única forma de atrair grana.

    Não sendo muito chato, você indicaria algum CDB específico comercializado pela Orama?

    Vi de outros bancos na faixa de 115 a 122 do CDI...

    Vou aplicar pouco só para pegar essa experiência e jogar o resto no TD mesmo.

    Conteúdo patrocinado

    Re: Dicas Financeiras

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg 19 Fev 2018, 3:30 pm