PCS JÁ



    Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    subsidioja_
    subsidioja_
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2490
    Reputação : 329
    Data de inscrição : 05/04/2011

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 25 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por subsidioja_ em Seg 24 Abr 2017, 7:15 pm

    Galizezin escreveu:
    subsidioja_ escreveu:
    Galizezin escreveu:
    subsidioja_ escreveu:

    Essa conta de vale a pena ou não não é tão simples, visto haver muitas questões pessoais envolvidas.

    Eu particularmente ainda tenho uns 35 anos pela frente de trabalho.
    Sabendo q não NÃO! não vou me aposentar com 65 pois até lá haverá mais 1 ou 2 reformas, minha estratégia é fazer minha aposentadoria por fora e Meter o pé com 50-53.

    Nessa estratégia, migrar pra funpresp me parece benefício pois poderei levar uns 90%'da minha reserva acumulada juros sobre juros.

    LÓGICO que essa grana não vai ser o montante principal que me dará segurança pra sair. Apenas complementar.

    E quem garante que o Funpresp terá esse dinheiro para te devolver aos 50 ou 53 anos?

    O risco é inerente à vida!
    O que se pode fazer é minimiza-lo.

    Como disse no meu comentário, o valor a ser resgatado do fundo teria caráter apenas complementar.
    Os valores que me dariam segurança para tal decisão importante seria de outra fonte.
    Fonte essa que eu pretendo ficar décadas alimentando numa estratégia muito bem definida.

    Aí vc me pergunta: "E quem garante que essa fonte vai te pagar?"
    Aí eu te digo que uma pessoa que confia que o governo vai pagar sua aposentadoria só porque ela contribui não poderia fazer essa pergunta.

    Para reflexão:

    1) Será que vc não está correndo um risco enorme confiando que as regras não mudarão significativamente ate sua aposentadoria???

    2) Você acha que vai se aposentar com quantos anos?
    (se tem 25-35 anos hoje fique sabendo que não vai se aposentar com menos de 70)

    3) Você realmente se sente tranquilo em depositar todas as suas fichas num sistema que vai ter dificuldades enormes pra se manter daqui a pouco tempo??


    Sério?!?!?!
    E quer falar de risco pra mim???!?!?

    Não é possível! kkkkkkkkkkkkk

    Se vc acredita no que o PNC do Temer diz, sinto muito então...
    O cara já está até propagandeando sujo na TV, dizendo que se a reforma não for feita o cidadão vai ficar sem receber salário.
    O safado, cria da Dilma, não menciona que desvia 70 bilhões via DRU, da arrombada previdência...Aposentado paga a conta de outros setores?

    Concordo com você, cara.
    Mas vc disse aí em cima que aposentar pelo governo sempre será a melhor opção.
    Como disse.. não sei qtos anos vc tem, mas eu com 32 não espero me aposentar com menos de 70.
    A melhor saída é fazer o que o Barbosa falou: Faça sua própria aposentadoria.
    avatar
    OJAF RJ
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 241
    Reputação : 20
    Data de inscrição : 13/07/2010

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 25 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por OJAF RJ em Seg 24 Abr 2017, 8:02 pm

    subsidioja_ escreveu:
    Galizezin escreveu:
    subsidioja_ escreveu:
    Galizezin escreveu:

    E quem garante que o Funpresp terá esse dinheiro para te devolver aos 50 ou 53 anos?

    O risco é inerente à vida!
    O que se pode fazer é minimiza-lo.

    Como disse no meu comentário, o valor a ser resgatado do fundo teria caráter apenas complementar.
    Os valores que me dariam segurança para tal decisão importante seria de outra fonte.
    Fonte essa que eu pretendo ficar décadas alimentando numa estratégia muito bem definida.

    Aí vc me pergunta: "E quem garante que essa fonte vai te pagar?"
    Aí eu te digo que uma pessoa que confia que o governo vai pagar sua aposentadoria só porque ela contribui não poderia fazer essa pergunta.

    Para reflexão:

    1) Será que vc não está correndo um risco enorme confiando que as regras não mudarão significativamente ate sua aposentadoria???

    2) Você acha que vai se aposentar com quantos anos?
    (se tem 25-35 anos hoje fique sabendo que não vai se aposentar com menos de 70)

    3) Você realmente se sente tranquilo em depositar todas as suas fichas num sistema que vai ter dificuldades enormes pra se manter daqui a pouco tempo??


    Sério?!?!?!
    E quer falar de risco pra mim???!?!?

    Não é possível! kkkkkkkkkkkkk

    Se vc acredita no que o PNC do Temer diz, sinto muito então...
    O cara já está até propagandeando sujo na TV, dizendo que se a reforma não for feita o cidadão vai ficar sem receber salário.
    O safado, cria da Dilma, não menciona que desvia 70 bilhões via DRU, da arrombada previdência...Aposentado paga a conta de outros setores?

    Concordo com você, cara.
    Mas vc disse aí em cima que aposentar pelo governo sempre será a melhor opção.
    Como disse.. não sei qtos anos vc tem, mas eu com 32 não espero me aposentar com menos de 70.
    A melhor saída é fazer o que o Barbosa falou: Faça sua própria aposentadoria.

    Que preguiça...
    DRU não tira recursos da previdência, e sim da seguridade social. Mesmo com os recursos da DRU o déficit da seguridade continuaria, pois o pessoal da Anfip "esquece" de incluir na seguridade o déficit do RPPS.
    androsvilazza
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2370
    Reputação : 327
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 25 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por androsvilazza em Seg 24 Abr 2017, 9:09 pm

    DRU é vida. DRU é amor.

    Já expliquei isso antes, o pessoal pode reclamar da DRU o quanto quiser, mas é o mesmo que empurrar um caminhão morro acima, e reclamar da gravidade.
    A vinculação de receitas, tal como está na Constituição, é incompatível com a estabilidade econômica. Ponto. Tanto o é, que não existe Plano Real sem desvinculação.

    Mas é claro que não podemos suspeitar dos conhecimentos econômicos dos constituintes, se eles colocaram lá que os percentuais têm que ser aqueles, não poderia ser de outra forma: a realidade que se molde aos preceitos constitucionais, e não o contrário...

    Ou poderíamos recorrer à fórmula milagrosa "endividamento + aumento de carga tributária + emissão de moeda", e pronto! Estaremos de volta aos saudosos anos 1980!

    Voltando ao argumento inicial, podemos reclamar da gravidade, ou podemos começar a pensar qual o real motivo (e necessidade) de estarmos empurrando um caminhão ladeira acima.
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6696
    Reputação : 294
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 25 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por Galizezin em Seg 24 Abr 2017, 9:35 pm

    androsvilazza escreveu:DRU é vida. DRU é amor.

    Já expliquei isso antes, o pessoal pode reclamar da DRU o quanto quiser, mas é o mesmo que empurrar um caminhão morro acima, e reclamar da gravidade.
    A vinculação de receitas, tal como está na Constituição, é incompatível com a estabilidade econômica. Ponto. Tanto o é, que não existe Plano Real sem desvinculação.

    Mas é claro que não podemos suspeitar dos conhecimentos econômicos dos constituintes, se eles colocaram lá que os percentuais têm que ser aqueles, não poderia ser de outra forma: a realidade que se molde aos preceitos constitucionais, e não o contrário...

    Ou poderíamos recorrer à fórmula milagrosa "endividamento + aumento de carga tributária + emissão de moeda", e pronto! Estaremos de volta aos saudosos anos 1980!

    Voltando ao argumento inicial, podemos reclamar da gravidade, ou podemos começar a pensar qual o real motivo (e necessidade) de estarmos empurrando um caminhão ladeira acima.

    É que vc acredita no Temer safadão. Já disse antes e vou repetir. Previdência deveria estar aplicando o superávit do caixa e não desviando. Qual previdência sobrevive ao esquema piramidal?
    Então, ficamos nessa discussão idiotizada, de que é necessário a reforma, sendo que nunca serão suficientes. Na verdade, tem uma galera que está torcendo pela reforma porque quer água no chope dos poucos que ainda estão na regra da paridade.


    _________________
    NO RACISM!
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6696
    Reputação : 294
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 25 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por Galizezin em Seg 24 Abr 2017, 9:39 pm

    OJAF RJ escreveu:
    subsidioja_ escreveu:
    Galizezin escreveu:
    subsidioja_ escreveu:

    O risco é inerente à vida!
    O que se pode fazer é minimiza-lo.

    Como disse no meu comentário, o valor a ser resgatado do fundo teria caráter apenas complementar.
    Os valores que me dariam segurança para tal decisão importante seria de outra fonte.
    Fonte essa que eu pretendo ficar décadas alimentando numa estratégia muito bem definida.

    Aí vc me pergunta: "E quem garante que essa fonte vai te pagar?"
    Aí eu te digo que uma pessoa que confia que o governo vai pagar sua aposentadoria só porque ela contribui não poderia fazer essa pergunta.

    Para reflexão:

    1) Será que vc não está correndo um risco enorme confiando que as regras não mudarão significativamente ate sua aposentadoria???

    2) Você acha que vai se aposentar com quantos anos?
    (se tem 25-35 anos hoje fique sabendo que não vai se aposentar com menos de 70)

    3) Você realmente se sente tranquilo em depositar todas as suas fichas num sistema que vai ter dificuldades enormes pra se manter daqui a pouco tempo??


    Sério?!?!?!
    E quer falar de risco pra mim???!?!?

    Não é possível! kkkkkkkkkkkkk

    Se vc acredita no que o PNC do Temer diz, sinto muito então...
    O cara já está até propagandeando sujo na TV, dizendo que se a reforma não for feita o cidadão vai ficar sem receber salário.
    O safado, cria da Dilma, não menciona que desvia 70 bilhões via DRU, da arrombada previdência...Aposentado paga a conta de outros setores?

    Concordo com você, cara.
    Mas vc disse aí em cima que aposentar pelo governo sempre será a melhor opção.
    Como disse.. não sei qtos anos vc tem, mas eu com 32 não espero me aposentar com menos de 70.
    A melhor saída é fazer o que o Barbosa falou: Faça sua própria aposentadoria.

    Que preguiça...
    DRU não tira recursos da previdência, e sim da seguridade social. Mesmo com os recursos da DRU o déficit da seguridade continuaria, pois o pessoal da Anfip "esquece" de incluir na seguridade o déficit do RPPS.

    Meu, previdência é espécie. Seguridade é gênero. Logo, previdência está dentro da seguridade. Haja preguiça mesmo...


    _________________
    NO RACISM!
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6696
    Reputação : 294
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 25 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por Galizezin em Seg 24 Abr 2017, 9:41 pm

    subsidioja_ escreveu:
    Galizezin escreveu:
    subsidioja_ escreveu:
    Galizezin escreveu:

    E quem garante que o Funpresp terá esse dinheiro para te devolver aos 50 ou 53 anos?

    O risco é inerente à vida!
    O que se pode fazer é minimiza-lo.

    Como disse no meu comentário, o valor a ser resgatado do fundo teria caráter apenas complementar.
    Os valores que me dariam segurança para tal decisão importante seria de outra fonte.
    Fonte essa que eu pretendo ficar décadas alimentando numa estratégia muito bem definida.

    Aí vc me pergunta: "E quem garante que essa fonte vai te pagar?"
    Aí eu te digo que uma pessoa que confia que o governo vai pagar sua aposentadoria só porque ela contribui não poderia fazer essa pergunta.

    Para reflexão:

    1) Será que vc não está correndo um risco enorme confiando que as regras não mudarão significativamente ate sua aposentadoria???

    2) Você acha que vai se aposentar com quantos anos?
    (se tem 25-35 anos hoje fique sabendo que não vai se aposentar com menos de 70)

    3) Você realmente se sente tranquilo em depositar todas as suas fichas num sistema que vai ter dificuldades enormes pra se manter daqui a pouco tempo??


    Sério?!?!?!
    E quer falar de risco pra mim???!?!?

    Não é possível! kkkkkkkkkkkkk

    Se vc acredita no que o PNC do Temer diz, sinto muito então...
    O cara já está até propagandeando sujo na TV, dizendo que se a reforma não for feita o cidadão vai ficar sem receber salário.
    O safado, cria da Dilma, não menciona que desvia 70 bilhões via DRU, da arrombada previdência...Aposentado paga a conta de outros setores?

    Concordo com você, cara.
    Mas vc disse aí em cima que aposentar pelo governo sempre será a melhor opção.
    Como disse.. não sei qtos anos vc tem, mas eu com 32 não espero me aposentar com menos de 70.
    A melhor saída é fazer o que o Barbosa falou: Faça sua própria aposentadoria.

    Como eu te disse, vc acha que o governo vai deixar de pagar suas aposentadorias? Não, está fazendo terrorismo hoje porque quer fazer caixa só em cima de quem contribui para a previdência.


    _________________
    NO RACISM!
    androsvilazza
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2370
    Reputação : 327
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 25 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por androsvilazza em Seg 24 Abr 2017, 10:27 pm

    Galizezin escreveu:
    androsvilazza escreveu:DRU é vida. DRU é amor.

    Já expliquei isso antes, o pessoal pode reclamar da DRU o quanto quiser, mas é o mesmo que empurrar um caminhão morro acima, e reclamar da gravidade.
    A vinculação de receitas, tal como está na Constituição, é incompatível com a estabilidade econômica. Ponto. Tanto o é, que não existe Plano Real sem desvinculação.

    Mas é claro que não podemos suspeitar dos conhecimentos econômicos dos constituintes, se eles colocaram lá que os percentuais têm que ser aqueles, não poderia ser de outra forma: a realidade que se molde aos preceitos constitucionais, e não o contrário...

    Ou poderíamos recorrer à fórmula milagrosa "endividamento + aumento de carga tributária + emissão de moeda", e pronto! Estaremos de volta aos saudosos anos 1980!

    Voltando ao argumento inicial, podemos reclamar da gravidade, ou podemos começar a pensar qual o real motivo (e necessidade) de estarmos empurrando um caminhão ladeira acima.

    É que vc acredita no Temer safadão. Já disse antes e vou repetir. Previdência deveria estar aplicando o superávit do caixa e não desviando. Qual previdência sobrevive ao esquema piramidal?
    Então, ficamos nessa discussão idiotizada, de que é necessário a reforma, sendo que nunca serão suficientes. Na verdade, tem uma galera que está torcendo pela reforma porque quer água no chope dos poucos que ainda estão na regra da paridade.  

    Cara, a discussão de DRU não tem nada a ver com governo Temer, ou qualquer outro.. Vc fala como se o Temer tivesse inventado a DRU, enquanto eu já estudava isso, nos básicos de Macroeconomia, já no início do segundo governo Lula... Eu já disse que DRU é questão de matemática elementar, e duvido que qualquer presidente (inclusive os críticos da DRU, se ganharem a faixa presidencial de presente) consiga governar sem um dos seguintes:

    1. DRU;
    2. Alteração substancial das vinculações constitucionais;
    3. Explosão do endividamento;
    4. Redução expressiva do Estado nas áreas em que não há vinculação de receitas;
    5. Financiamento via aumento de impostos;
    6. Financiamento via emissão de moeda sem lastro.

    De resto, é escolher qual a medida mais apropriada.

    Acredite, quando concordo, ou discordo, de seu ponto de vista, não necessariamente estou "acreditando" em tudo que me é dito. Antes de comprar uma discussão destas, eu estudo, e muito. Essa questão de DRU, gastos sociais, previdência, etc., aliás, é algo que já venho discutindo, e amadurecendo os conhecimentos, há mais de dez anos, antes, portanto, de ser submetido aos argumentos do "Temer safadão", Anfip corporativista, e até mesmo de ter contato com "fraldinhas/incorporados/sindicalistas/detentores ou não de paridade/integralidade"...
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 25 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por Convidado em Seg 24 Abr 2017, 11:42 pm

    O que interessa mesmo é que, com certeza absoluta, toda essa discussão está subsidiando as decisões que são tomadas nos 3 Poderes.  convencido  lol!
    Quem sabe vamos usar essa energia toda no dia 28, e tomarmos as ruas com aquela greve geral?
    Isso sim, irá fazer a diferença.
    Valeu.

    PS: sou anti qualquer partido. Tudo ladrão, corrupto, safado.
    avatar
    OJAF RJ
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 241
    Reputação : 20
    Data de inscrição : 13/07/2010

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 25 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por OJAF RJ em Ter 25 Abr 2017, 12:05 am

    androsvilazza escreveu:
    Galizezin escreveu:
    androsvilazza escreveu:DRU é vida. DRU é amor.

    Já expliquei isso antes, o pessoal pode reclamar da DRU o quanto quiser, mas é o mesmo que empurrar um caminhão morro acima, e reclamar da gravidade.
    A vinculação de receitas, tal como está na Constituição, é incompatível com a estabilidade econômica. Ponto. Tanto o é, que não existe Plano Real sem desvinculação.

    Mas é claro que não podemos suspeitar dos conhecimentos econômicos dos constituintes, se eles colocaram lá que os percentuais têm que ser aqueles, não poderia ser de outra forma: a realidade que se molde aos preceitos constitucionais, e não o contrário...

    Ou poderíamos recorrer à fórmula milagrosa "endividamento + aumento de carga tributária + emissão de moeda", e pronto! Estaremos de volta aos saudosos anos 1980!

    Voltando ao argumento inicial, podemos reclamar da gravidade, ou podemos começar a pensar qual o real motivo (e necessidade) de estarmos empurrando um caminhão ladeira acima.

    É que vc acredita no Temer safadão. Já disse antes e vou repetir. Previdência deveria estar aplicando o superávit do caixa e não desviando. Qual previdência sobrevive ao esquema piramidal?
    Então, ficamos nessa discussão idiotizada, de que é necessário a reforma, sendo que nunca serão suficientes. Na verdade, tem uma galera que está torcendo pela reforma porque quer água no chope dos poucos que ainda estão na regra da paridade.  

    Cara, a discussão de DRU não tem nada a ver com governo Temer, ou qualquer outro.. Vc fala como se o Temer tivesse inventado a DRU, enquanto eu já estudava isso, nos básicos de Macroeconomia, já no início do segundo governo Lula... Eu já disse que DRU é questão de matemática elementar, e duvido que qualquer presidente (inclusive os críticos da DRU, se ganharem a faixa presidencial de presente) consiga governar sem um dos seguintes:

    1. DRU;
    2. Alteração substancial das vinculações constitucionais;
    3. Explosão do endividamento;
    4. Redução expressiva do Estado nas áreas em que não há vinculação de receitas;
    5. Financiamento via aumento de impostos;
    6. Financiamento via emissão de moeda sem lastro.

    De resto, é escolher qual a medida mais apropriada.

    Acredite, quando concordo, ou discordo, de seu ponto de vista, não necessariamente estou "acreditando" em tudo que me é dito. Antes de comprar uma discussão destas, eu estudo, e muito. Essa questão de DRU, gastos sociais, previdência, etc., aliás, é algo que já venho discutindo, e amadurecendo os conhecimentos, há mais de dez anos, antes, portanto, de ser submetido aos argumentos do "Temer safadão", Anfip corporativista, e até mesmo de ter contato com "fraldinhas/incorporados/sindicalistas/detentores ou não de paridade/integralidade"...

    Exatamente isso, mas tem gente que não consegue entender o básico.
    avatar
    OJAF RJ
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 241
    Reputação : 20
    Data de inscrição : 13/07/2010

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 25 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por OJAF RJ em Ter 25 Abr 2017, 12:12 am

    Jubilando escreveu:O que interessa mesmo é que, com certeza absoluta, toda essa discussão está subsidiando as decisões que são tomadas nos 3 Poderes.  convencido  lol!
    Quem sabe vamos usar essa energia toda no dia 28, e tomarmos as ruas com aquela greve geral?
    Isso sim, irá fazer a diferença.
    Valeu.

    PS: sou anti qualquer partido. Tudo ladrão, corrupto, safado.

    Greve geral para servir de massa de manobra de partidos de esquerda e lutar contra reformas imprescindíveis para garantir o equilíbrio das contas públicas? Estou bem fora....
    seu Mamute de Estimação
    seu Mamute de Estimação
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 409
    Reputação : 15
    Data de inscrição : 18/07/2014

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 25 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por seu Mamute de Estimação em Ter 25 Abr 2017, 12:36 am

    OJAF RJ escreveu:
    Jubilando escreveu:O que interessa mesmo é que, com certeza absoluta, toda essa discussão está subsidiando as decisões que são tomadas nos 3 Poderes.  convencido  lol!
    Quem sabe vamos usar essa energia toda no dia 28, e tomarmos as ruas com aquela greve geral?
    Isso sim, irá fazer a diferença.
    Valeu.

    PS: sou anti qualquer partido. Tudo ladrão, corrupto, safado.

    Greve geral para servir de massa de manobra de partidos de esquerda e lutar contra reformas imprescindíveis para garantir o equilíbrio das contas públicas? Estou bem fora....

    na verdade acho que os sindicatos estão falando que é greve para defender a previdência, mas no fundo o que eles querem mesmo é manter o imposto sindical obrigatório, e devem estar justamente é usando esta greve para mostrar força deles perante o governo e congresso e usar por tabela esta greve para manterem a boquinha da contribuição sindical obrigatória que pode acabar é na reforma trabalhista, então estão desesperados  !!


    Última edição por seu Mamute de Estimação em Ter 25 Abr 2017, 12:51 am, editado 1 vez(es)
    seu Mamute de Estimação
    seu Mamute de Estimação
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 409
    Reputação : 15
    Data de inscrição : 18/07/2014

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 25 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por seu Mamute de Estimação em Ter 25 Abr 2017, 12:47 am

    pelo jeito, se colocar estes jabutis ai abaixo na PEC 287, esta será a última reforma da previdência...

    as próximas facadas então virão vapt-vupt, sem lerolero, por MP ou lei ordinária de fácil e rápida aprovação, sem necessidade de uma morosa e complexa proposta de emenda à constituição....

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    "Esse questionamento é fundamental quando se outorga poderes ao legislador infraconstitucional para regulamentar um dos pontos mais polêmicos da reforma previdenciária: o aumento automático da idade mínima. A bem da verdade, esse dispositivo deveria ter sido suprimido, por completo, do texto da PEC, mas infelizmente ocorreu uma sutil manobra. Eventual aumento da idade mínima deveria ser precedido de amplo debate social, cálculos atuariais, econômicos e uma nova reforma constitucional, se fosse o caso, por se tratar de requisito de elegibilidade para o principal benefício previdenciário após a nova modelagem proposta pela PEC n. 287: a aposentadoria por idade.

    O texto original previa que o gatilho da idade mínima não necessitaria de norma regulamentadora. O relator, contudo, apresentou seu substitutivo no sentido de retirar do texto da PEC o aumento automático da idade mínima (65 anos para homem e 62 anos para mulher) para delegar a uma lei ordinária o poder de estabelecer os critérios, muito embora o texto do substitutivo já tenha delineado praticamente todo o conteúdo normativo do gatilho (essa regra também se aplica para a idade mínima do trabalhador rural e do professor). Eis o texto do art. 201, §15 do substitutivo apresentado:

    §15. A lei estabelecerá a forma como as idades previstas nos incisos I e II do §7º e no §8º serão majoradas em um ano quando houver aumento em número inteiro na expectativa de sobrevida da população brasileira aos sessenta e cinco anos, para ambos os sexos, em comparação com a média apurada no ano de publicação desta Emenda.

    A mudança, portanto, não livra os brasileiros do risco da idade mínima ser alterada exatamente da forma como foi proposta no texto original da PEC n. 287/16, podendo ser editada uma medida provisória, por exemplo, para estabelecer critérios secundários ou algum marco temporal a partir de quando o aumento automático se processaria (a PEC n. 287 havia previsto um prazo de cinco anos de interstício para se iniciar a vigência do gatilho).

    Sempre que houver, portanto, a elevação em 01 ano inteiro (utilizando-se como base a expectativa de sobrevida calculada para a população aos 65 anos de idade) na expectativa de sobrevida haverá a elevação na idade mínima para a aposentadoria por idade.

    Se considerarmos variação da expectativa de sobrevida aos 65 anos no intervalo entre os anos de 1998 a 2015 concluímos que, em média, a expectativa de sobrevida na idade considerada sofre uma elevação em 0,25 (aproximadamente) a cada ano. Caso essa variação se mantenha, a idade mínima para a aposentadoria por idade será elevada em 01 ano a cada 04 anos

    A tabela a seguir demonstra a idade mínima prevista para a aposentadoria para segurados de acordo com a idade atual:

    Idade Idade em que poderá se aposentar
    16 anos 81 anos
    20 anos 80 anos
    25 anos 79 anos
    30 anos 77 anos
    35 anos 75 anos
    40 anos 73 anos
    43 anos 73 anos
    Conforme se verifica pela explanação acima, o gatilho inviabilizará a aposentadoria dos mais jovens. Esse mecanismo perverso não foi, portanto, extirpado da PEC 287/16; ele permanece, bastando uma medida provisória para que sua eficácia seja restaurada. "
    avatar
    jornalista
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1467
    Reputação : 41
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 25 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por jornalista em Ter 25 Abr 2017, 11:00 am

    seu Mamute de Estimação escreveu:
    OJAF RJ escreveu:
    Jubilando escreveu:O que interessa mesmo é que, com certeza absoluta, toda essa discussão está subsidiando as decisões que são tomadas nos 3 Poderes.  convencido  lol!
    Quem sabe vamos usar essa energia toda no dia 28, e tomarmos as ruas com aquela greve geral?
    Isso sim, irá fazer a diferença.
    Valeu.

    PS: sou anti qualquer partido. Tudo ladrão, corrupto, safado.

    Greve geral para servir de massa de manobra de partidos de esquerda e lutar contra reformas imprescindíveis para garantir o equilíbrio das contas públicas? Estou bem fora....

    na verdade acho que os sindicatos estão falando que é greve para defender a previdência, mas no fundo o que eles querem mesmo é manter o imposto sindical obrigatório, e devem estar justamente é usando esta greve para mostrar força deles perante o governo e congresso e usar por tabela esta greve para manterem a boquinha da contribuição sindical obrigatória que pode acabar é na reforma trabalhista, então estão desesperados  !!
    A maioria dos sindicatos deveriam ser extintos, incluindo o nosso. Uma coisa é a reforma, outra são esses pelegos que nos traíram e em um eventual retorno do pt ao poder, continuarão nos apunhalando.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 25 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por Convidado em Ter 25 Abr 2017, 1:33 pm

    Vocês estão travando uma discussão inócua aqui.
    Nada do que estão sustentando será levado em conta, se não reagirem legitimamente e da forma adequada.
    Só o que tenho a dizer.
    PS: Também não sou sindicalista e nem massa de manobra.
    androsvilazza
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2370
    Reputação : 327
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 25 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por androsvilazza em Ter 25 Abr 2017, 1:46 pm

    Jubilando escreveu:Vocês estão travando uma discussão inócua aqui.
    Nada do que estão sustentando será levado em conta, se não reagirem legitimamente e da forma adequada.
    Só o que tenho a dizer.
    PS: Também não sou sindicalista e nem massa de manobra.

    e vc acha que eu vou pra rua no dia da "greve geral", defender reforma da previdência, alteração da legislação trabalhista e, especialmente o fim do imposto sindical obrigatório?
    Obrigado, passo. Aqui estou fora do alcance dos "argumentos" dos baderneiros da CUT. Aliás, se esse protesto colar mesmo, e o imposto sindical continuar a ser cobrado, e a previdência quebrar (ou não), parabéns à minoria escandalosa! Vou tentando programar meu futuro independente disso, independente de Estado, governos e populismo, como sempre fiz. De fato, estivesse eu no lugar do Michel Temer, já teria renunciado, em vez de ficar batendo boca com congresso oportunista.
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6696
    Reputação : 294
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 25 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por Galizezin em Ter 25 Abr 2017, 1:51 pm

    androsvilazza escreveu:
    Galizezin escreveu:
    androsvilazza escreveu:DRU é vida. DRU é amor.

    Já expliquei isso antes, o pessoal pode reclamar da DRU o quanto quiser, mas é o mesmo que empurrar um caminhão morro acima, e reclamar da gravidade.
    A vinculação de receitas, tal como está na Constituição, é incompatível com a estabilidade econômica. Ponto. Tanto o é, que não existe Plano Real sem desvinculação.

    Mas é claro que não podemos suspeitar dos conhecimentos econômicos dos constituintes, se eles colocaram lá que os percentuais têm que ser aqueles, não poderia ser de outra forma: a realidade que se molde aos preceitos constitucionais, e não o contrário...

    Ou poderíamos recorrer à fórmula milagrosa "endividamento + aumento de carga tributária + emissão de moeda", e pronto! Estaremos de volta aos saudosos anos 1980!

    Voltando ao argumento inicial, podemos reclamar da gravidade, ou podemos começar a pensar qual o real motivo (e necessidade) de estarmos empurrando um caminhão ladeira acima.

    É que vc acredita no Temer safadão. Já disse antes e vou repetir. Previdência deveria estar aplicando o superávit do caixa e não desviando. Qual previdência sobrevive ao esquema piramidal?
    Então, ficamos nessa discussão idiotizada, de que é necessário a reforma, sendo que nunca serão suficientes. Na verdade, tem uma galera que está torcendo pela reforma porque quer água no chope dos poucos que ainda estão na regra da paridade.  

    Cara, a discussão de DRU não tem nada a ver com governo Temer, ou qualquer outro.. Vc fala como se o Temer tivesse inventado a DRU, enquanto eu já estudava isso, nos básicos de Macroeconomia, já no início do segundo governo Lula... Eu já disse que DRU é questão de matemática elementar, e duvido que qualquer presidente (inclusive os críticos da DRU, se ganharem a faixa presidencial de presente) consiga governar sem um dos seguintes:

    1. DRU;
    2. Alteração substancial das vinculações constitucionais;
    3. Explosão do endividamento;
    4. Redução expressiva do Estado nas áreas em que não há vinculação de receitas;
    5. Financiamento via aumento de impostos;
    6. Financiamento via emissão de moeda sem lastro.

    De resto, é escolher qual a medida mais apropriada.

    Acredite, quando concordo, ou discordo, de seu ponto de vista, não necessariamente estou "acreditando" em tudo que me é dito. Antes de comprar uma discussão destas, eu estudo, e muito. Essa questão de DRU, gastos sociais, previdência, etc., aliás, é algo que já venho discutindo, e amadurecendo os conhecimentos, há mais de dez anos, antes, portanto, de ser submetido aos argumentos do "Temer safadão", Anfip corporativista, e até mesmo de ter contato com "fraldinhas/incorporados/sindicalistas/detentores ou não de paridade/integralidade"...

    Sobre a questão DRU, obviamente que ela vem de longa data. Por isso os "outros" presidentes não ousaram mentir sobre a tão necessária reforma que impacta somente sobre a aposentadoria dos trabalhadores, como vem fazendo o atual insano Temer.


    _________________
    NO RACISM!
    Sigma
    Sigma
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Analista Judiciário - Especialidade TI
    Mensagens : 5149
    Reputação : 136
    Data de inscrição : 08/07/2010
    Idade : 39
    Localização : Curitiba/PR

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 25 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por Sigma em Ter 25 Abr 2017, 2:47 pm

    Jubilando escreveu:Vocês estão travando uma discussão inócua aqui.
    Nada do que estão sustentando será levado em conta, se não reagirem legitimamente e da forma adequada.
    Só o que tenho a dizer.
    PS: Também não sou sindicalista e nem massa de manobra.

    Eu concordo que a discussão é inóqua, principalmente no sentido de que a reforma vai vir e não há o que fazer.

    A discussão, a meu ver, é: o que fazer após a reforma?

    Eu, que entrei em 2005, teria 100% da média dos meus salários quando me aposentar aos 65 anos. E, se eu tivesse absoluta certeza que nada mudaria até 2045, manteria a forma de contribuição pra previdência.

    Mas não tenho essa certeza; ao contrário, duvido que isso se mantenha por mais 28 anos.

    Por isso cogito optar pela Funpresp, com contribuição de 8,5%. Mas aí eu uso o simulador dos caras (http://www.funprespjud.com.br/simuladorsimplificado/) e vejo que, em relação ao meu salário (líquido) atual, sem FC e descontando o auxílio refeição, perderia cerca de 10%.

    Óbvio que o desconto do "PSSS pelo teto + Funpresp" é um pouco menor que o desconto atual do PSSS, e a ideia seria investir essa diferença, mas ainda assim está muito, muito complicado de decidir.
    The Punisher
    The Punisher
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 608
    Reputação : 84
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 25 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por The Punisher em Ter 25 Abr 2017, 3:02 pm

    Eu acho pouco provável que os governos futuros, quaisquer sejam, não metam a mão na cumbuca do funpresp-jud nos próximos anos... Quantos anos até o primeiro beneficiário? Se o governo deixar estes recursos quietinhos e rendendo será inédito. Eu não vou pagar pra ver.
    cicero_pb
    cicero_pb
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 1962
    Reputação : 163
    Data de inscrição : 07/07/2010

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 25 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por cicero_pb em Ter 25 Abr 2017, 3:03 pm

    Sigma,

    Você está numa posição relativamente complicada, visto que não é "tão novinho".

    Para quem tem pouco tempo, a migração para o teto parece lógica.

    Mas veja, o próprio governo está falando que nova reforma deve acontecer em 10-15 anos.

    O estado está quebrado. Nem eu, com 29 anos de psss e 50 de idade posso contar em aposentar aos 65.

    Se funpresp é uma boa, não sei. Mas chuto que ficar esperando pelo governo é a pior opção.

    Particularmente tentarei acumular uma grana até os 65 e depois chutar o pau da barraca desse lugar. Ainda que, aparentemente, tenha uma queda no poder aquisitivo.
    Sigma
    Sigma
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Analista Judiciário - Especialidade TI
    Mensagens : 5149
    Reputação : 136
    Data de inscrição : 08/07/2010
    Idade : 39
    Localização : Curitiba/PR

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 25 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por Sigma em Ter 25 Abr 2017, 3:45 pm

    cicero_pb escreveu:Sigma,

    Você está numa posição relativamente complicada, visto que não é "tão novinho".

    Para quem tem pouco tempo, a migração para o teto parece lógica.

    Mas veja, o próprio governo está falando que nova reforma deve acontecer em 10-15 anos.

    O estado está quebrado. Nem eu, com 29 anos de psss e 50 de idade posso contar em aposentar aos 65.

    Se funpresp é uma boa, não sei. Mas chuto que ficar esperando pelo governo é a pior opção.

    Particularmente tentarei acumular uma grana até os 65 e depois chutar o pau da barraca desse lugar. Ainda que, aparentemente, tenha uma queda no poder aquisitivo.

    Grato pela opinião, Cícero! Wink
    avatar
    OJAF RJ
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 241
    Reputação : 20
    Data de inscrição : 13/07/2010

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 25 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por OJAF RJ em Ter 25 Abr 2017, 5:19 pm

    Sigma escreveu:
    Jubilando escreveu:Vocês estão travando uma discussão inócua aqui.
    Nada do que estão sustentando será levado em conta, se não reagirem legitimamente e da forma adequada.
    Só o que tenho a dizer.
    PS: Também não sou sindicalista e nem massa de manobra.

    Eu concordo que a discussão é inóqua, principalmente no sentido de que a reforma vai vir e não há o que fazer.

    A discussão, a meu ver, é: o que fazer após a reforma?

    Eu, que entrei em 2005, teria 100% da média dos meus salários quando me aposentar aos 65 anos. E, se eu tivesse absoluta certeza que nada mudaria até 2045, manteria a forma de contribuição pra previdência.

    Mas não tenho essa certeza; ao contrário, duvido que isso se mantenha por mais 28 anos.

    Por isso cogito optar pela Funpresp, com contribuição de 8,5%. Mas aí eu uso o simulador dos caras (http://www.funprespjud.com.br/simuladorsimplificado/) e vejo que, em relação ao meu salário (líquido) atual, sem FC e descontando o auxílio refeição, perderia cerca de 10%

    Óbvio que o desconto do "PSSS pelo teto + Funpresp" é um pouco menor que o desconto atual do PSSS, e a ideia seria investir essa diferença, mas ainda assim está muito, muito complicado de decidir.

    A minha ideia Sigma é não transformar o montante acumulado em benefício, e sim, resgatar o montante acumulado na data da aposentadoria e eu mesmo administrar minha aposentadoria.
    euvoltei
    euvoltei
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1274
    Reputação : 137
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 25 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por euvoltei em Ter 25 Abr 2017, 6:21 pm

    OJAF RJ escreveu:
    Sigma escreveu:
    Jubilando escreveu:Vocês estão travando uma discussão inócua aqui.
    Nada do que estão sustentando será levado em conta, se não reagirem legitimamente e da forma adequada.
    Só o que tenho a dizer.
    PS: Também não sou sindicalista e nem massa de manobra.

    Eu concordo que a discussão é inóqua, principalmente no sentido de que a reforma vai vir e não há o que fazer.

    A discussão, a meu ver, é: o que fazer após a reforma?

    Eu, que entrei em 2005, teria 100% da média dos meus salários quando me aposentar aos 65 anos. E, se eu tivesse absoluta certeza que nada mudaria até 2045, manteria a forma de contribuição pra previdência.

    Mas não tenho essa certeza; ao contrário, duvido que isso se mantenha por mais 28 anos.

    Por isso cogito optar pela Funpresp, com contribuição de 8,5%. Mas aí eu uso o simulador dos caras (http://www.funprespjud.com.br/simuladorsimplificado/) e vejo que, em relação ao meu salário (líquido) atual, sem FC e descontando o auxílio refeição, perderia cerca de 10%

    Óbvio que o desconto do "PSSS pelo teto + Funpresp" é um pouco menor que o desconto atual do PSSS, e a ideia seria investir essa diferença, mas ainda assim está muito, muito complicado de decidir.

    A minha ideia Sigma é não transformar o montante acumulado em benefício, e sim, resgatar o montante acumulado na data da aposentadoria e eu mesmo administrar minha aposentadoria.

    Também queria assim, o governo colocando sua cota parte, e eu escolhendo o fundo de previdência no mercado, com o governo depositando mensalmente.. Com saque só mediante autorização do órgão na (aposentadoria, exoneração, demissão etc)..

    Seria simples.. não precisaria desse estrovenga de órgão consultivos, gestores, etc.., bastava uma estrutura enxuta para controlar os descontos e destinar o dinheiro..
    Mas não, o governo conseguiu complicar, pois só assim ele controla o montante todo, nos moldes dá Petros, Funcef, Postais...para depois direcionar conforme o interesse de um burocrata qualquer..

    Enfim, entra quem quer..

    avatar
    Convidado
    Convidado

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 25 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por Convidado em Ter 25 Abr 2017, 6:44 pm

    Cenário aproximado:
    - A massa (amplíssima maioria da população) que recebe 1, no máximo 2 salários mínimos. Contribuição previdenciária: R$ 80 a 160 por mês (contribui quando não está no seguro desemprego). Comum toda família usufruir do SUS constantemente, casal mais 2, 3, 4 filhos, pelos mesmos únicos 80/160 reais. Déficit lógico no caixa da previdência.

    - Carreiras militares, salários variados, em final de carreira razoavelmente elevados, aposentadorias precoces. Vivem muitos anos gozando os benefícios da aposentadoria. Déficit lógico. Pello jeito vai continuar assim.

    - Servidores públicos civis: reformas previdenciárias ampliando cada vez mais o tempo de contribuição e o limite da idade mínima. Salários razoavelmente bons, contribuições previdenciárias significativas, R$ 500,00, 1.000,00, 2.000,00 ou mais, por mês. Praticamente todos não usufruem do SUS, pois maioria paga planos de saúde. Em outras palavras, somos os que realmente bancam o sistema previdenciário vigente. Pois nos afastando cada vez mais do "pote de mel" que buscamos "no fim do arco-íris", mais contribuiremos e menos utilizaremos... surprise2

    Pensem nisso.

    Queria tanto ver uma auditoria confirmando esse raciocínio.

    Não me peçam pormenores técnicos, mas o certo mesmo é que o "grande caixa" do governo é um só, no final das contas. Por isso, não posso estar tão equivocado.
    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8695
    Reputação : 245
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 25 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por darkshi em Ter 25 Abr 2017, 7:18 pm

    Jubilando escreveu:Cenário aproximado:
    - A massa (amplíssima maioria da população) que recebe 1, no máximo 2 salários mínimos. Contribuição previdenciária: R$ 80 a 160 por mês (contribui quando não está no seguro desemprego). Comum toda família usufruir do SUS constantemente, casal mais 2, 3, 4 filhos, pelos mesmos únicos 80/160 reais. Déficit lógico no caixa da previdência.

    - Carreiras militares, salários variados, em final de carreira razoavelmente elevados, aposentadorias precoces. Vivem muitos anos gozando os benefícios da aposentadoria. Déficit lógico. Pello jeito vai continuar assim.

    - Servidores públicos civis: reformas previdenciárias ampliando cada vez mais o tempo de contribuição e o limite da idade mínima. Salários razoavelmente bons, contribuições previdenciárias significativas, R$ 500,00, 1.000,00, 2.000,00 ou mais, por mês. Praticamente todos não usufruem do SUS, pois maioria paga planos de saúde. Em outras palavras, somos os que realmente bancam o sistema previdenciário vigente. Pois nos afastando cada vez mais do "pote de mel" que buscamos "no fim do arco-íris", mais contribuiremos e menos utilizaremos...  surprise2

    Pensem nisso.

    Queria tanto ver uma auditoria confirmando esse raciocínio.

    Não me peçam pormenores técnicos, mas o certo mesmo é que o "grande caixa" do governo é um só, no final das contas. Por isso, não posso estar tão equivocado.

    Mais ou menos.
    Os pós 2013 os pré 2013 que optarem pela funpresp estão todos limitados pelo teto do INSS. Com isto as contribuições são "baixas"
    androsvilazza
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2370
    Reputação : 327
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 25 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por androsvilazza em Ter 25 Abr 2017, 7:19 pm

    Jubilado, é basicamente isso que vc disse, com detalhes: o déficit é menos absurdo do que parece, porque além da contribuição do empregado, há a patronal, e demais contribuições travestidas de impostos (embutidas nos preços de produtos), e que também financiam a seguridade: COFINS, CSLL...

    Por outro lado, quanto ao servidor público, também temos algumas "distorções", como os que acumularam tempo de serviço com baixos salários, e entraram com direito à aposentadoria integral. Estes contribuíram por "apenas" 10 anos sobre maiores salários. Sei que não há mais estes casos, e quem tem direito à integralidade e ainda está na ativa já contribuiu integralmente por muitos anos, mas as distorções passadas ainda pesam (e continuarão pesando) sobre os ombros da nossa (e das próximas) gerações...
    Pense que, mesmo quem entrou após 2012 e, portanto, sob quase as mesmas regras que o RGPS, ainda deve carregar a pecha de "privilegiado" por um bom tempo, e talvez seja penalizado com novos sacrifícios antes de se aposentar...
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 25 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por Convidado em Ter 25 Abr 2017, 8:08 pm

    darkshi escreveu:
    Jubilando escreveu:Cenário aproximado:
    - A massa (amplíssima maioria da população) que recebe 1, no máximo 2 salários mínimos. Contribuição previdenciária: R$ 80 a 160 por mês (contribui quando não está no seguro desemprego). Comum toda família usufruir do SUS constantemente, casal mais 2, 3, 4 filhos, pelos mesmos únicos 80/160 reais. Déficit lógico no caixa da previdência.

    - Carreiras militares, salários variados, em final de carreira razoavelmente elevados, aposentadorias precoces. Vivem muitos anos gozando os benefícios da aposentadoria. Déficit lógico. Pello jeito vai continuar assim.

    - Servidores públicos civis: reformas previdenciárias ampliando cada vez mais o tempo de contribuição e o limite da idade mínima. Salários razoavelmente bons, contribuições previdenciárias significativas, R$ 500,00, 1.000,00, 2.000,00 ou mais, por mês. Praticamente todos não usufruem do SUS, pois maioria paga planos de saúde. Em outras palavras, somos os que realmente bancam o sistema previdenciário vigente. Pois nos afastando cada vez mais do "pote de mel" que buscamos "no fim do arco-íris", mais contribuiremos e menos utilizaremos...  surprise2

    Pensem nisso.

    Queria tanto ver uma auditoria confirmando esse raciocínio.

    Não me peçam pormenores técnicos, mas o certo mesmo é que o "grande caixa" do governo é um só, no final das contas. Por isso, não posso estar tão equivocado.

    Mais ou menos.
    Os pós 2013 os pré 2013 que optarem pela funpresp estão todos limitados pelo teto do INSS. Com isto as contribuições são "baixas"
    Sim, Darkshi, mas ainda assim, maioria vai pelo teto e não usa o sistema... Resultado: bancando também o sistema
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 25 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por Convidado em Ter 25 Abr 2017, 8:10 pm

    androsvilazza escreveu:Jubilado, é basicamente isso que vc disse, com detalhes: o déficit é menos absurdo do que parece, porque além da contribuição do empregado, há a patronal, e demais contribuições travestidas de impostos (embutidas nos preços de produtos), e que também financiam a seguridade: COFINS, CSLL...

    Por outro lado, quanto ao servidor público, também temos algumas "distorções", como os que acumularam tempo de serviço com baixos salários, e entraram com direito à aposentadoria integral. Estes contribuíram por "apenas" 10 anos sobre maiores salários. Sei que não há mais estes casos, e quem tem direito à integralidade e ainda está na ativa já contribuiu integralmente por muitos anos, mas as distorções passadas ainda pesam (e continuarão pesando) sobre os ombros da nossa (e das próximas) gerações...
    Pense que, mesmo quem entrou após 2012 e, portanto, sob quase as mesmas regras que o RGPS, ainda deve carregar a pecha de "privilegiado" por um bom tempo, e talvez seja penalizado com novos sacrifícios antes de se aposentar...

    Disse tudo.
    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8695
    Reputação : 245
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 25 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por darkshi em Ter 25 Abr 2017, 8:51 pm

    A reforma vai tirar a paridade dos que já estão aposentados, né?
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 25 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por Convidado em Ter 25 Abr 2017, 9:00 pm

    darkshi escreveu:A reforma vai tirar a paridade dos que já estão aposentados, né?

    creio que não, por questão de direito adquirido não poderia.
    Deve ter os que se aposentaram sem a paridade, o que também aconteceu com diversos colegas que não quiseram esperar completar todos os requisitos. Basta fazer simulação no site da AGU e essa opção também aparece, dentre inúmeras outras.
    avatar
    jornalista
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1467
    Reputação : 41
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 25 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por jornalista em Ter 25 Abr 2017, 9:18 pm

    Jubilando escreveu:
    darkshi escreveu:A reforma vai tirar a paridade dos que já estão aposentados, né?

    creio que não, por questão de direito adquirido não poderia.
    Deve ter os que se aposentaram sem a paridade, o que também aconteceu com diversos colegas que não quiseram esperar completar todos os requisitos. Basta fazer simulação no site da AGU e essa opção também aparece, dentre inúmeras outras.
    Não seria CGU?
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 25 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por Convidado em Ter 25 Abr 2017, 11:50 pm

    jornalista escreveu:
    Jubilando escreveu:
    darkshi escreveu:A reforma vai tirar a paridade dos que já estão aposentados, né?

    creio que não, por questão de direito adquirido não poderia.
    Deve ter os que se aposentaram sem a paridade, o que também aconteceu com diversos colegas que não quiseram esperar completar todos os requisitos. Basta fazer simulação no site da AGU e essa opção também aparece, dentre inúmeras outras.
    Não seria CGU?

    Corretíssimo, eu que errei o nome... What a Face

    -------

    http://www.pcsja.org/viewtopic.forum?t=1314

    Conteúdo patrocinado

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 25 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sex 23 Ago 2019, 8:56 pm