PCS JÁ



    TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Compartilhe
    avatar
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8612
    Reputação : 233
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por darkshi em Sex 15 Set 2017, 3:47 pm

    concurseiro_mor escreveu:
    darkshi escreveu:
    RELATOR escreveu:A quebra da estabilidade por avaliação de desempenho da muita margem para perseguição e assédio moral!! Vamos se os sindicatos se unem e arquivam este projeto de lei do senado

    Depende.
    Se for via métricas objetivas não dá muita margem.
    Agora se for fruto da subjetividade da chefia ai o assédio moral irá comer solto.

    Métricas objetivas não temos nem no Desenvolvimento de Sistemas quiçá em avaliação de servidores públicos.

    Concordo.
    Contudo digo que sem uma métrica objetiva que meça efetivamente um trabalho qualquer tentativa de realizar uma avaliação de desempenho só servirá para dar espaço para perseguição e assédio moral.
    avatar
    concurseiro_mor
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1262
    Reputação : 29
    Data de inscrição : 06/08/2010

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por concurseiro_mor em Sex 15 Set 2017, 4:14 pm

    darkshi escreveu:
    concurseiro_mor escreveu:
    darkshi escreveu:
    RELATOR escreveu:A quebra da estabilidade por avaliação de desempenho da muita margem para perseguição e assédio moral!! Vamos se os sindicatos se unem e arquivam este projeto de lei do senado

    Depende.
    Se for via métricas objetivas não dá muita margem.
    Agora se for fruto da subjetividade da chefia ai o assédio moral irá comer solto.

    Métricas objetivas não temos nem no Desenvolvimento de Sistemas quiçá em avaliação de servidores públicos.

    Concordo.
    Contudo digo que sem uma métrica objetiva que meça efetivamente um trabalho qualquer tentativa de realizar uma avaliação de desempenho só servirá para dar espaço para perseguição e assédio moral.

    Mas é essa a real intenção. Dirimem-se direitos da CLT mas os estatutários também terão o seu quinhão.
    Não há vontade de se implantar a meritocracia no serviço público mas se causar um
    clima de insegurança. O problema maior será desenvolver esse conceito nas carreiras com função típica de Estado.
    Ou seja, isso vai ensejar em rupturas do modelo atual.
    avatar
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8612
    Reputação : 233
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por darkshi em Sex 15 Set 2017, 4:40 pm

    concurseiro_mor escreveu:
    darkshi escreveu:
    concurseiro_mor escreveu:
    darkshi escreveu:

    Depende.
    Se for via métricas objetivas não dá muita margem.
    Agora se for fruto da subjetividade da chefia ai o assédio moral irá comer solto.

    Métricas objetivas não temos nem no Desenvolvimento de Sistemas quiçá em avaliação de servidores públicos.

    Concordo.
    Contudo digo que sem uma métrica objetiva que meça efetivamente um trabalho qualquer tentativa de realizar uma avaliação de desempenho só servirá para dar espaço para perseguição e assédio moral.

    Mas é essa a real intenção. Dirimem-se direitos da CLT mas os estatutários também terão o seu quinhão.
    Não há vontade de se implantar a meritocracia no serviço público mas se causar um
    clima de insegurança. O problema maior será desenvolver esse conceito nas carreiras com função típica de Estado.
    Ou seja, isso vai ensejar em rupturas do modelo atual.

    Eu discordo.
    Existe sim interesse em implantar a meritocracia no serviço público. a própria lei do fim da estabilidade tem a meritocracia como mote.

    O problema é que, como tudo neste país, estão tentando implantar a meritocracia do jeito fácil (e sem custos). E por isto não dará certo.
    avatar
    concurseiro_mor
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1262
    Reputação : 29
    Data de inscrição : 06/08/2010

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por concurseiro_mor em Sex 15 Set 2017, 4:43 pm

    darkshi escreveu:
    concurseiro_mor escreveu:
    darkshi escreveu:
    concurseiro_mor escreveu:

    Métricas objetivas não temos nem no Desenvolvimento de Sistemas quiçá em avaliação de servidores públicos.

    Concordo.
    Contudo digo que sem uma métrica objetiva que meça efetivamente um trabalho qualquer tentativa de realizar uma avaliação de desempenho só servirá para dar espaço para perseguição e assédio moral.

    Mas é essa a real intenção. Dirimem-se direitos da CLT mas os estatutários também terão o seu quinhão.
    Não há vontade de se implantar a meritocracia no serviço público mas se causar um
    clima de insegurança. O problema maior será desenvolver esse conceito nas carreiras com função típica de Estado.
    Ou seja, isso vai ensejar em rupturas do modelo atual.

    Eu discordo.
    Existe sim interesse em implantar a meritocracia no serviço público. a própria lei do fim da estabilidade tem a meritocracia como mote.

    O problema é que, como tudo neste país, estão tentando implantar a meritocracia do jeito fácil (e sem custos). E por isto não dará certo.

    Nem sempre o que aparenta é o que realmente se deseja...

    Ilhense
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 872
    Reputação : 22
    Data de inscrição : 18/12/2010

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por Ilhense em Sab 16 Set 2017, 6:49 pm

    concurseiro_mor escreveu:
    darkshi escreveu:
    concurseiro_mor escreveu:
    darkshi escreveu:

    Concordo.
    Contudo digo que sem uma métrica objetiva que meça efetivamente um trabalho qualquer tentativa de realizar uma avaliação de desempenho só servirá para dar espaço para perseguição e assédio moral.

    Mas é essa a real intenção. Dirimem-se direitos da CLT mas os estatutários também terão o seu quinhão.
    Não há vontade de se implantar a meritocracia no serviço público mas se causar um
    clima de insegurança. O problema maior será desenvolver esse conceito nas carreiras com função típica de Estado.
    Ou seja, isso vai ensejar em rupturas do modelo atual.

    Eu discordo.
    Existe sim interesse em implantar a meritocracia no serviço público. a própria lei do fim da estabilidade tem a meritocracia como mote.

    O problema é que, como tudo neste país, estão tentando implantar a meritocracia do jeito fácil (e sem custos). E por isto não dará certo.

    Nem sempre o que aparenta é o que realmente se deseja...

    Não sejam inocentes. O objetivo é meramente retirar a estabilidade e reduzir custos. Seja com a redução do quadro, seja com o achatamento salarial.
    avatar
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8612
    Reputação : 233
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por darkshi em Dom 17 Set 2017, 9:22 am

    Ilhense escreveu:
    concurseiro_mor escreveu:
    darkshi escreveu:
    concurseiro_mor escreveu:

    Mas é essa a real intenção. Dirimem-se direitos da CLT mas os estatutários também terão o seu quinhão.
    Não há vontade de se implantar a meritocracia no serviço público mas se causar um
    clima de insegurança. O problema maior será desenvolver esse conceito nas carreiras com função típica de Estado.
    Ou seja, isso vai ensejar em rupturas do modelo atual.

    Eu discordo.
    Existe sim interesse em implantar a meritocracia no serviço público. a própria lei do fim da estabilidade tem a meritocracia como mote.

    O problema é que, como tudo neste país, estão tentando implantar a meritocracia do jeito fácil (e sem custos). E por isto não dará certo.

    Nem sempre o que aparenta é o que realmente se deseja...

    Não sejam inocentes. O objetivo é meramente retirar a estabilidade e reduzir custos. Seja com a redução do quadro, seja com o achatamento salarial.

    Bem. Infelizmente as forças regressivas são muito mais poderosas que as forças progressivas.
    E chamo de regressiva tanto os que defendem o que vc disse, meramente retirar a estabilidade e reduzir custos, quanto os que em vez de aproveitar o limão para fazer uma limonada estão querendo é jogar fora os limões (leia-se. Sindicatos que apenas rechaçam nova lei)

    E por isto o cenário final será uma lei sem regras claras que servirá apenas para dar asas aos assédios morais.

    RELATOR
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1802
    Reputação : 75
    Data de inscrição : 07/07/2010

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por RELATOR em Sab 30 Set 2017, 3:50 pm

    Tirar estabilidade pela avaliação dedesempenho aumentará o assédio moral e dará margem a perseguição!! Acordem!
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6131
    Reputação : 228
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por Galizezin em Sab 30 Set 2017, 5:57 pm

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    _________________
    NO RACISM!
    avatar
    euvoltei
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1109
    Reputação : 122
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por euvoltei em Qua 29 Nov 2017, 8:07 am

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    27/11/2017 - 18h02
    Rejeitado projeto que reorganiza carreira do Poder Judiciário da União

    A Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados rejeitou o Projeto de Lei 319/07, que transforma as carreiras de analista, técnico e auxiliar judiciário em cargos de uma única carreira - a judiciária. A proposta, do Supremo Tribunal Federal (STF), altera a Lei 11.416/06 que normatiza as carreiras dos servidores do Poder Judiciário da União.

    Como foi rejeitado em caráter terminativo pela comissão, o projeto será arquivado, a não ser que haja recurso para votação em Plenário.

    Relator, o deputado Hildo Rocha (PMDB-MA) recomendou a rejeição do texto. Segundo ele, a dotação necessária para o aumento de remuneração desses servidores não consta da Lei Orçamentária Anual (LOA – Lei 13.414/17). Além disso, a proposta não indica a origem dos recursos que serão usados no custeio da medida.

    Hildo Rocha reforçou que “a principal proposta do projeto, que era conceder o adicional de qualificação aos técnicos judiciários portadores de diploma de curso superior, já foi contemplada em lei” (Lei 13.317/16).

    O deputado também votou pela rejeição de emendas da Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público, que, entre outros pontos, aumentavam os casos de pagamento da Gratificação de Atividade Judiciária (GAJ).

    Uma das emendas autorizava o pagamento de GAJ para o servidor do Judiciário que é cedido a órgãos da União, na condição de optante pela remuneração do cargo efetivo. O projeto original só permitia a manutenção da GAJ se o servidor fosse para outro órgão do Poder Judiciário.
    avatar
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8612
    Reputação : 233
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por darkshi em Qua 29 Nov 2017, 8:39 am

    euvoltei escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    27/11/2017 - 18h02
    Rejeitado projeto que reorganiza carreira do Poder Judiciário da União

    A Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados rejeitou o Projeto de Lei 319/07, que transforma as carreiras de analista, técnico e auxiliar judiciário em cargos de uma única carreira - a judiciária. A proposta, do Supremo Tribunal Federal (STF), altera a Lei 11.416/06 que normatiza as carreiras dos servidores do Poder Judiciário da União.

    Como foi rejeitado em caráter terminativo pela comissão, o projeto será arquivado, a não ser que haja recurso para votação em Plenário.

    Relator, o deputado Hildo Rocha (PMDB-MA) recomendou a rejeição do texto. Segundo ele, a dotação necessária para o aumento de remuneração desses servidores não consta da Lei Orçamentária Anual (LOA – Lei 13.414/17). Além disso, a proposta não indica a origem dos recursos que serão usados no custeio da medida.

    Hildo Rocha reforçou que “a principal proposta do projeto, que era conceder o adicional de qualificação aos técnicos judiciários portadores de diploma de curso superior, já foi contemplada em lei” (Lei 13.317/16).

    O deputado também votou pela rejeição de emendas da Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público, que, entre outros pontos, aumentavam os casos de pagamento da Gratificação de Atividade Judiciária (GAJ).

    Uma das emendas autorizava o pagamento de GAJ para o servidor do Judiciário que é cedido a órgãos da União, na condição de optante pela remuneração do cargo efetivo. O projeto original só permitia a manutenção da GAJ se o servidor fosse para outro órgão do Poder Judiciário.

    Vamos fingir que o motivo da recusa foi a unificação da carreira e não a criação do AQ de 5% para os técnicos (que aliais, já existia)
    avatar
    Fhighlander
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 748
    Reputação : 14
    Data de inscrição : 30/03/2015

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por Fhighlander em Qua 24 Jan 2018, 4:07 pm

    Ou seja, a carreira vai ficar do jeito que está e sem previsão de mudar.

    Correto?

    darkshi escreveu:
    euvoltei escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    27/11/2017 - 18h02
    Rejeitado projeto que reorganiza carreira do Poder Judiciário da União

    A Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados rejeitou o Projeto de Lei 319/07, que transforma as carreiras de analista, técnico e auxiliar judiciário em cargos de uma única carreira - a judiciária. A proposta, do Supremo Tribunal Federal (STF), altera a Lei 11.416/06 que normatiza as carreiras dos servidores do Poder Judiciário da União.

    Como foi rejeitado em caráter terminativo pela comissão, o projeto será arquivado, a não ser que haja recurso para votação em Plenário.

    Relator, o deputado Hildo Rocha (PMDB-MA) recomendou a rejeição do texto. Segundo ele, a dotação necessária para o aumento de remuneração desses servidores não consta da Lei Orçamentária Anual (LOA – Lei 13.414/17). Além disso, a proposta não indica a origem dos recursos que serão usados no custeio da medida.

    Hildo Rocha reforçou que “a principal proposta do projeto, que era conceder o adicional de qualificação aos técnicos judiciários portadores de diploma de curso superior, já foi contemplada em lei” (Lei 13.317/16).

    O deputado também votou pela rejeição de emendas da Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público, que, entre outros pontos, aumentavam os casos de pagamento da Gratificação de Atividade Judiciária (GAJ).

    Uma das emendas autorizava o pagamento de GAJ para o servidor do Judiciário que é cedido a órgãos da União, na condição de optante pela remuneração do cargo efetivo. O projeto original só permitia a manutenção da GAJ se o servidor fosse para outro órgão do Poder Judiciário.

    Vamos fingir que o motivo da recusa foi a unificação da carreira e não a criação do AQ de 5% para os técnicos (que aliais, já existia)
    avatar
    Fhighlander
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 748
    Reputação : 14
    Data de inscrição : 30/03/2015

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por Fhighlander em Sex 18 Maio 2018, 7:47 pm

    Podemos concluir que sim.

    Fhighlander escreveu:Ou seja, a carreira vai ficar do jeito que está e sem previsão de mudar.

    Correto?

    darkshi escreveu:
    euvoltei escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    27/11/2017 - 18h02
    Rejeitado projeto que reorganiza carreira do Poder Judiciário da União

    A Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados rejeitou o Projeto de Lei 319/07, que transforma as carreiras de analista, técnico e auxiliar judiciário em cargos de uma única carreira - a judiciária. A proposta, do Supremo Tribunal Federal (STF), altera a Lei 11.416/06 que normatiza as carreiras dos servidores do Poder Judiciário da União.

    Como foi rejeitado em caráter terminativo pela comissão, o projeto será arquivado, a não ser que haja recurso para votação em Plenário.

    Relator, o deputado Hildo Rocha (PMDB-MA) recomendou a rejeição do texto. Segundo ele, a dotação necessária para o aumento de remuneração desses servidores não consta da Lei Orçamentária Anual (LOA – Lei 13.414/17). Além disso, a proposta não indica a origem dos recursos que serão usados no custeio da medida.

    Hildo Rocha reforçou que “a principal proposta do projeto, que era conceder o adicional de qualificação aos técnicos judiciários portadores de diploma de curso superior, já foi contemplada em lei” (Lei 13.317/16).

    O deputado também votou pela rejeição de emendas da Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público, que, entre outros pontos, aumentavam os casos de pagamento da Gratificação de Atividade Judiciária (GAJ).

    Uma das emendas autorizava o pagamento de GAJ para o servidor do Judiciário que é cedido a órgãos da União, na condição de optante pela remuneração do cargo efetivo. O projeto original só permitia a manutenção da GAJ se o servidor fosse para outro órgão do Poder Judiciário.

    Vamos fingir que o motivo da recusa foi a unificação da carreira e não a criação do AQ de 5% para os técnicos (que aliais, já existia)
    avatar
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8612
    Reputação : 233
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por darkshi em Seg 21 Maio 2018, 2:37 pm

    Sim e sim.

    Mas os motivos são outros...

    Fhighlander escreveu:Podemos concluir que sim.

    Fhighlander escreveu:Ou seja, a carreira vai ficar do jeito que está e sem previsão de mudar.

    Correto?

    darkshi escreveu:
    euvoltei escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    27/11/2017 - 18h02
    Rejeitado projeto que reorganiza carreira do Poder Judiciário da União

    A Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados rejeitou o Projeto de Lei 319/07, que transforma as carreiras de analista, técnico e auxiliar judiciário em cargos de uma única carreira - a judiciária. A proposta, do Supremo Tribunal Federal (STF), altera a Lei 11.416/06 que normatiza as carreiras dos servidores do Poder Judiciário da União.

    Como foi rejeitado em caráter terminativo pela comissão, o projeto será arquivado, a não ser que haja recurso para votação em Plenário.

    Relator, o deputado Hildo Rocha (PMDB-MA) recomendou a rejeição do texto. Segundo ele, a dotação necessária para o aumento de remuneração desses servidores não consta da Lei Orçamentária Anual (LOA – Lei 13.414/17). Além disso, a proposta não indica a origem dos recursos que serão usados no custeio da medida.

    Hildo Rocha reforçou que “a principal proposta do projeto, que era conceder o adicional de qualificação aos técnicos judiciários portadores de diploma de curso superior, já foi contemplada em lei” (Lei 13.317/16).

    O deputado também votou pela rejeição de emendas da Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público, que, entre outros pontos, aumentavam os casos de pagamento da Gratificação de Atividade Judiciária (GAJ).

    Uma das emendas autorizava o pagamento de GAJ para o servidor do Judiciário que é cedido a órgãos da União, na condição de optante pela remuneração do cargo efetivo. O projeto original só permitia a manutenção da GAJ se o servidor fosse para outro órgão do Poder Judiciário.

    Vamos fingir que o motivo da recusa foi a unificação da carreira e não a criação do AQ de 5% para os técnicos (que aliais, já existia)
    avatar
    Korgano Masaka
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 973
    Reputação : 55
    Data de inscrição : 29/07/2015

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por Korgano Masaka em Seg 21 Maio 2018, 2:55 pm

    darkshi escreveu:Sim e sim.

    Mas os motivos são outros...

    Fhighlander escreveu:Podemos concluir que sim.

    Fhighlander escreveu:Ou seja, a carreira vai ficar do jeito que está e sem previsão de mudar.

    Correto?

    darkshi escreveu:

    Vamos fingir que o motivo da recusa foi a unificação da carreira e não a criação do AQ de 5% para os técnicos (que aliais, já existia)

    Não haverá PCS ou alteração na lei por uns bons anos (torcer para não ser 8 anos novamente).
    avatar
    Analista Novo
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 148
    Reputação : 32
    Data de inscrição : 16/05/2014

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por Analista Novo em Sex 25 Maio 2018, 3:19 pm

    Querem NS? vão estudar, cambada!!!
    Não vai ter trem da alegria.



    Korgano Masaka escreveu:
    darkshi escreveu:Sim e sim.

    Mas os motivos são outros...

    Fhighlander escreveu:Podemos concluir que sim.

    Fhighlander escreveu:Ou seja, a carreira vai ficar do jeito que está e sem previsão de mudar.

    Correto?



    Não haverá PCS ou alteração na lei por uns bons anos (torcer para não ser 8 anos novamente).
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6131
    Reputação : 228
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por Galizezin em Sex 25 Maio 2018, 6:05 pm

    Tem uma turma grande que é adepta ao pagode da ofensa.


    _________________
    NO RACISM!
    avatar
    Protocol
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 438
    Reputação : 41
    Data de inscrição : 01/06/2015

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por Protocol em Sab 26 Maio 2018, 11:42 pm

    Analista Novo escreveu:Querem NS? vão estudar, cambada!!!
    Não vai ter trem da alegria.



    Korgano Masaka escreveu:
    darkshi escreveu:Sim e sim.

    Mas os motivos são outros...

    Fhighlander escreveu:Podemos concluir que sim.



    Não haverá PCS ou alteração na lei por uns bons anos (torcer para não ser 8 anos novamente).

    Colega, o NS será uma realidade, possivelmente já no próximo plano, ainda mais com o potencial que tem para gerar divisão da categoria.

    Já o trem da alegria, esse tempo já passou.

    Que ninguém seja ingênuo de achar que vai haver alteração na estrutura da carreira com grande (ou algum) impacto financeiro, que não seja para aliviar a pressão sobre o orçamento.

    Agora, realmente, quem quiser algo melhor (condições de trabalho, remuneração, etc), analistas e técnicos, o caminho é estudar. Aliás, estudar é importante sempre.

    tec.tre
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Cargo : Peão
    Mensagens : 71
    Reputação : 2
    Data de inscrição : 01/04/2014

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por tec.tre em Dom 27 Maio 2018, 10:50 pm

    Sou técnico e contra qualquer tipo de ascensão sem concurso público, mas acredito que o âmago da discussão aqui é tornar o cargo de técnico como nível superior sem sobreposição da carreira, sem qualquer tipo de trem da alegria. Isso teria como beneficiária toda a carreira do PJU, não apenas os técnicos, pois evitaria certo tipo de preconceito contra os reajustes, já que as atribuições seriam de nível superior e compatíveis com o salário.

    Pode ficar tranquilo, pois sua nobreza e superioridade de analista está preservada, tanto a nível remuneratório quanto funcional, de acordo com os ditames legais. Mas sem perder a oportunidade, é muito curioso ver BARNABÉ querendo ser melhor que os outros porque é Analista ou porque tem CJ/FC.

    Analista Novo escreveu:Querem NS? vão estudar, cambada!!!
    Não vai ter trem da alegria.



    Korgano Masaka escreveu:
    darkshi escreveu:Sim e sim.

    Mas os motivos são outros...

    Fhighlander escreveu:Podemos concluir que sim.



    Não haverá PCS ou alteração na lei por uns bons anos (torcer para não ser 8 anos novamente).
    avatar
    euvoltei
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1109
    Reputação : 122
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por euvoltei em Seg 28 Maio 2018, 8:41 am

    Só num conto de fadas essa de "ah, não vamos reivindicar mais nada, só o NS".
    avatar
    maligna
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 275
    Reputação : 32
    Data de inscrição : 20/12/2014

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por maligna em Seg 28 Maio 2018, 9:30 am

    Estudar e reivindicar, sempre, ambos são importantes.
    Sinceramente, acho que essa briga interna já deu o que tinha que dar...
    Penso que a nossa última esperança seja justamente a cessação de novas investiduras, o que não seria tão complicado, diante do processo eletrônico.
    A nossa fatia do bolo já está bem minguadinha, vcs querem fatiá-la mais ainda?
    A longo prazo, inclusive, imagino que qualquer sobreposição de carreiras seria menos oneroso do que a investidura de novos analistas, haja vista os vencimentos do final de carreira de um e de outro cargo.
    Se todos os técnicos passassem para analista, não haveria folha de pagamento que desse conta.
    E chamar mais analistas para uma carreira tão inchada, sei não, me parece um tiro no pé.


    Última edição por maligna em Seg 28 Maio 2018, 9:33 am, editado 1 vez(es) (Razão : ortografia)
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6131
    Reputação : 228
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por Galizezin em Seg 28 Maio 2018, 9:55 am

    euvoltei escreveu:Só num conto de fadas essa de "ah, não vamos reivindicar mais nada, só o NS".

    Diga-me: na PF houve ascensão? Na Receita Federal houve ascensão? Então, tem que provar que houve ascensão em alguma carreira federal, senão fica apenas pela inveja.


    _________________
    NO RACISM!
    avatar
    araponga
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 107
    Reputação : 10
    Data de inscrição : 01/06/2015

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por araponga em Seg 28 Maio 2018, 10:50 am

    Na receita eu não sei, mas na PF existe a maior briga para criar uma carreira única, em que a autoridade policial não seria o delegado, mas qualquer policial (falando de forma grosseira e generalizando).

    Mas, falando da nossa carreira: sou TJAA e no edital do meu concurso (e na lei que rege nossa carreira) diz que minhas atribuições são de nível médio.

    Se as atividades de nível médio estão acabando em razão do PJe, o problema não é meu. Só vou minutar sentença ou fazer despacho elaborado mediante a concessão de FC, ou então que a administração me coloque em disponibilidade.

    Nivel superior para TJAA só interessa a quem pretende, na sequência, ganhar mais pelas atribuições que virão a mais.

    Mas do jeito que as coisas estão, vão entubar NS de TJAA junto com os 25 níveis, para que sejamos exigidos em tarefas mais complexas e  continuemos recebendo merreca a cada progressão, sem qualquer melhoria na remuneração.
    avatar
    Sniper
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 605
    Reputação : 41
    Data de inscrição : 06/05/2011

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por Sniper em Seg 28 Maio 2018, 11:19 am

    Tabela com 25 níveis é praticamente certo.
    NA para técnico é interessante para a Administração a médio prazo, pois poderá haver redução de custos com a contratação de mais técnicos, que recebem menos que Analista e executam a mesma atividade.
    avatar
    euvoltei
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1109
    Reputação : 122
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por euvoltei em Seg 28 Maio 2018, 2:07 pm

    Galizezin escreveu:
    euvoltei escreveu:Só num conto de fadas essa de "ah, não vamos reivindicar mais nada, só o NS".

    Diga-me: na PF houve ascensão? Na Receita Federal houve ascensão? Então, tem que provar que houve ascensão em alguma carreira federal, senão fica apenas pela inveja.

    cabo não inveja soldado
    avatar
    Fhighlander
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 748
    Reputação : 14
    Data de inscrição : 30/03/2015

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por Fhighlander em Seg 28 Maio 2018, 3:52 pm

    Inveja, na verdade, é oficial superior, tipo Coronel, né?

    euvoltei escreveu:
    Galizezin escreveu:
    euvoltei escreveu:Só num conto de fadas essa de "ah, não vamos reivindicar mais nada, só o NS".

    Diga-me: na PF houve ascensão? Na Receita Federal houve ascensão? Então, tem que provar que houve ascensão em alguma carreira federal, senão fica apenas pela inveja.

    cabo não inveja soldado
    avatar
    Bastião
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 362
    Reputação : 17
    Data de inscrição : 10/11/2017

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por Bastião em Seg 28 Maio 2018, 5:17 pm

    No fim das contas nenhum tem gasolina.
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6131
    Reputação : 228
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por Galizezin em Ter 29 Maio 2018, 12:29 am

    euvoltei escreveu:
    Galizezin escreveu:
    euvoltei escreveu:Só num conto de fadas essa de "ah, não vamos reivindicar mais nada, só o NS".

    Diga-me: na PF houve ascensão? Na Receita Federal houve ascensão? Então, tem que provar que houve ascensão em alguma carreira federal, senão fica apenas pela inveja.

    cabo não inveja soldado

    O cabo quer ser sargento, mas não aceita que o soldado seja cabo.


    _________________
    NO RACISM!
    avatar
    euvoltei
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1109
    Reputação : 122
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por euvoltei em Ter 29 Maio 2018, 12:34 am

    Galizezin escreveu:
    euvoltei escreveu:
    Galizezin escreveu:
    euvoltei escreveu:Só num conto de fadas essa de "ah, não vamos reivindicar mais nada, só o NS".

    Diga-me: na PF houve ascensão? Na Receita Federal houve ascensão? Então, tem que provar que houve ascensão em alguma carreira federal, senão fica apenas pela inveja.

    cabo não inveja soldado

    O cabo quer ser sargento, mas não aceita que o soldado seja cabo.

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    se seguir as regras, o cabo aceita sim...

    avatar
    cavalo
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 103
    Reputação : 15
    Data de inscrição : 07/06/2015

    Carreira única?

    Mensagem por cavalo em Ter 29 Maio 2018, 3:30 pm

    Todos sabem que devido à indefinição (oficial) das carreiras de Técnico e Analista, não havia muita diferença entre o que cada qual fazia.
    Isso vem mudando, na medida que os concursos já definem melhor as áreas de especialização (contador, engenheiro, etc para Analista
    e programador para Técnico, por exemplo) .
    A médio prazo, a tendência é que todos tenham nível superior, e muito embora o concursos passem a peneira no que respeita à capacitação, não se pode negar que Técnicos com nível superior, que passam para analista em outros tribunais, são normalmente mais preparados que os concursados que nunca trabalharam na área.
    Assim, como não se pode nem cogitar concursos internos, em vista do passado sombrio, formular uma carreira única não seria uma má ideia.
    E já que se fala em redução do salário inicial, que tal a carreira de 25 níveis, com salário inicial de técnico em meio de carreira e final de fiscal da receita (ciclo de gestão), e NS prá todo mundo?
    avatar
    Fhighlander
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 748
    Reputação : 14
    Data de inscrição : 30/03/2015

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por Fhighlander em Ter 29 Maio 2018, 4:10 pm

    O problema hoje é um só: orçamentário...

    Vc acha que o Governo vai deixar uma iniciativa dessas prosperar?

    cavalo escreveu:Todos sabem que devido à indefinição (oficial) das carreiras de Técnico e Analista, não  havia muita diferença entre o que cada qual fazia.
    Isso vem mudando, na medida que os concursos já definem melhor as áreas de especialização (contador, engenheiro, etc para Analista
    e programador para Técnico, por exemplo) .
    A médio prazo, a tendência é que todos tenham nível superior, e muito embora o concursos passem a peneira no que respeita à capacitação, não se pode negar que Técnicos com nível superior, que passam para analista em outros tribunais, são normalmente mais preparados que os concursados que  nunca trabalharam na área.
    Assim, como não se pode nem cogitar concursos internos, em vista do passado sombrio, formular uma carreira única não seria uma má ideia.
    E já que se fala em redução do salário inicial, que tal a carreira de 25 níveis, com salário inicial de técnico em meio de carreira e final de fiscal da receita (ciclo de gestão), e NS prá todo mundo?
    avatar
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8612
    Reputação : 233
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por darkshi em Ter 29 Maio 2018, 4:38 pm

    Fhighlander escreveu:O problema hoje é um só: orçamentário...

    Vc acha que o Governo vai deixar uma  iniciativa dessas prosperar?

    cavalo escreveu:Todos sabem que devido à indefinição (oficial) das carreiras de Técnico e Analista, não  havia muita diferença entre o que cada qual fazia.
    Isso vem mudando, na medida que os concursos já definem melhor as áreas de especialização (contador, engenheiro, etc para Analista
    e programador para Técnico, por exemplo) .
    A médio prazo, a tendência é que todos tenham nível superior, e muito embora o concursos passem a peneira no que respeita à capacitação, não se pode negar que Técnicos com nível superior, que passam para analista em outros tribunais, são normalmente mais preparados que os concursados que  nunca trabalharam na área.
    Assim, como não se pode nem cogitar concursos internos, em vista do passado sombrio, formular uma carreira única não seria uma má ideia.
    E já que se fala em redução do salário inicial, que tal a carreira de 25 níveis, com salário inicial de técnico em meio de carreira e final de fiscal da receita (ciclo de gestão), e NS prá todo mundo?


    Depende.
    Tudo depende como vc implementa esta ideia.

    avatar
    Fhighlander
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 748
    Reputação : 14
    Data de inscrição : 30/03/2015

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por Fhighlander em Ter 29 Maio 2018, 5:09 pm

    Mas caro Darkshi, vc acha que considerando o caos que é a carreira essa implementação seja simples?

    Não é a toa que Amarildo (se é que será o Dr. a prosseguir com essa tratativa) não deve ter nem rascunho disso ainda.

    darkshi escreveu:
    Fhighlander escreveu:O problema hoje é um só: orçamentário...

    Vc acha que o Governo vai deixar uma  iniciativa dessas prosperar?

    cavalo escreveu:Todos sabem que devido à indefinição (oficial) das carreiras de Técnico e Analista, não  havia muita diferença entre o que cada qual fazia.
    Isso vem mudando, na medida que os concursos já definem melhor as áreas de especialização (contador, engenheiro, etc para Analista
    e programador para Técnico, por exemplo) .
    A médio prazo, a tendência é que todos tenham nível superior, e muito embora o concursos passem a peneira no que respeita à capacitação, não se pode negar que Técnicos com nível superior, que passam para analista em outros tribunais, são normalmente mais preparados que os concursados que  nunca trabalharam na área.
    Assim, como não se pode nem cogitar concursos internos, em vista do passado sombrio, formular uma carreira única não seria uma má ideia.
    E já que se fala em redução do salário inicial, que tal a carreira de 25 níveis, com salário inicial de técnico em meio de carreira e final de fiscal da receita (ciclo de gestão), e NS prá todo mundo?


    Depende.
    Tudo depende como vc implementa esta ideia.

    avatar
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8612
    Reputação : 233
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por darkshi em Qua 30 Maio 2018, 8:28 am

    Não. Não será simples.

    Existe um motivo de não termos um PCCR a 20 anos. A categoria rejeita toda e qualquer proposta que queira reformar a carreira.
    Pq? Pq uma reforma irá necessariamente desagradar alguém em algo.

    Dr. Amarildo está preparando algo? Sim. O que? Ninguém sabe. Mas uma certeza eu tenho, será imposto a categoria pq muita gente vai chiar.


    Fhighlander escreveu:Mas caro Darkshi, vc acha que considerando o caos que é a carreira essa implementação seja simples?

    Não é a toa que Amarildo (se é que será o Dr. a prosseguir com essa tratativa) não deve ter nem rascunho disso ainda.

    darkshi escreveu:
    Fhighlander escreveu:O problema hoje é um só: orçamentário...

    Vc acha que o Governo vai deixar uma  iniciativa dessas prosperar?

    cavalo escreveu:Todos sabem que devido à indefinição (oficial) das carreiras de Técnico e Analista, não  havia muita diferença entre o que cada qual fazia.
    Isso vem mudando, na medida que os concursos já definem melhor as áreas de especialização (contador, engenheiro, etc para Analista
    e programador para Técnico, por exemplo) .
    A médio prazo, a tendência é que todos tenham nível superior, e muito embora o concursos passem a peneira no que respeita à capacitação, não se pode negar que Técnicos com nível superior, que passam para analista em outros tribunais, são normalmente mais preparados que os concursados que  nunca trabalharam na área.
    Assim, como não se pode nem cogitar concursos internos, em vista do passado sombrio, formular uma carreira única não seria uma má ideia.
    E já que se fala em redução do salário inicial, que tal a carreira de 25 níveis, com salário inicial de técnico em meio de carreira e final de fiscal da receita (ciclo de gestão), e NS prá todo mundo?


    Depende.
    Tudo depende como vc implementa esta ideia.

    avatar
    Fhighlander
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 748
    Reputação : 14
    Data de inscrição : 30/03/2015

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por Fhighlander em Qua 30 Maio 2018, 4:45 pm

    Só resta aguardar a mágica do Senhor Dr. Amarildo...

    darkshi escreveu:Não. Não será simples.

    Existe um motivo de não termos um PCCR a 20 anos. A categoria rejeita toda e qualquer proposta que queira reformar a carreira.
    Pq? Pq uma reforma irá necessariamente desagradar alguém em algo.

    Dr. Amarildo está preparando algo? Sim. O que? Ninguém sabe. Mas uma certeza eu tenho, será imposto a categoria pq muita gente vai chiar.


    Fhighlander escreveu:Mas caro Darkshi, vc acha que considerando o caos que é a carreira essa implementação seja simples?

    Não é a toa que Amarildo (se é que será o Dr. a prosseguir com essa tratativa) não deve ter nem rascunho disso ainda.

    darkshi escreveu:
    Fhighlander escreveu:O problema hoje é um só: orçamentário...

    Vc acha que o Governo vai deixar uma  iniciativa dessas prosperar?




    Depende.
    Tudo depende como vc implementa esta ideia.

    avatar
    ladraoalmas
    Novo Usuário

    Mensagens : 13
    Reputação : 2
    Data de inscrição : 01/09/2014

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por ladraoalmas em Qua 20 Jun 2018, 11:47 am

    Uma estimativa de vagas para o próximo concurso do mpu me deixou preocupado. São 1.101 vagas para analista de direito, enquanto para técnico adm. só estão previstas 471.
    avatar
    pernalonga
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1888
    Reputação : 777
    Data de inscrição : 25/04/2012

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por pernalonga em Qua 20 Jun 2018, 1:03 pm

    ladraoalmas escreveu:Uma estimativa de vagas para o próximo concurso do mpu me deixou preocupado. São 1.101 vagas para analista de direito, enquanto para técnico adm. só estão previstas 471.

    Tem alguma previsão confiável de quando vai rolar esse concurso? Tô estudando desde o ano passado já e necas
    avatar
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8612
    Reputação : 233
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por darkshi em Qua 20 Jun 2018, 1:11 pm

    ladraoalmas escreveu:Uma estimativa de vagas para o próximo concurso do mpu me deixou preocupado. São 1.101 vagas para analista de direito, enquanto para técnico adm. só estão previstas 471.

    Vamos a realidade. A necessidade do PJU e MPU é de AJs e não de TJs.

    E atualmente ascensão e transferência é considerado inconstitucional. A solução a ser adotada será a mesma que foi feita com os AuxJ.
    NS pode ajudar contra este cenário? Hj eu tenho plena convicção que NÃO.

    NS é canto de sereia, é ilusão de pessoas que acham que ainda estamos na era que o governo não tinha nenhuma noção de governança financeira e podia ser enrolado por escolaridade ou nome do cargo.


    E qual é a solução? Ou reformamos profundamente a carreira ou nos resignamos com a atual situação.
    avatar
    ladraoalmas
    Novo Usuário

    Mensagens : 13
    Reputação : 2
    Data de inscrição : 01/09/2014

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por ladraoalmas em Qua 20 Jun 2018, 3:25 pm

    pernalonga escreveu:
    ladraoalmas escreveu:Uma estimativa de vagas para o próximo concurso do mpu me deixou preocupado. São 1.101 vagas para analista de direito, enquanto para técnico adm. só estão previstas 471.

    Tem alguma previsão confiável de quando vai rolar esse concurso? Tô estudando desde o ano passado já e necas

    A previsão é que saia este ano mesmo. Mas só irão começar a chamar os aprovados pro final de 2019 ou começo de 2020.
    avatar
    ladraoalmas
    Novo Usuário

    Mensagens : 13
    Reputação : 2
    Data de inscrição : 01/09/2014

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por ladraoalmas em Qua 20 Jun 2018, 3:27 pm

    darkshi escreveu:
    ladraoalmas escreveu:Uma estimativa de vagas para o próximo concurso do mpu me deixou preocupado. São 1.101 vagas para analista de direito, enquanto para técnico adm. só estão previstas 471.

    Vamos a realidade. A necessidade do PJU e MPU é de AJs e não de TJs.

    E atualmente ascensão e transferência é considerado inconstitucional. A solução a ser adotada será a mesma que foi feita com os AuxJ.
    NS pode ajudar contra este cenário? Hj eu tenho plena convicção que NÃO.

    NS é canto de sereia, é ilusão de pessoas que acham que ainda estamos na era que o governo não tinha nenhuma noção  de governança financeira e podia ser enrolado por escolaridade ou nome do cargo.


    E qual é a solução? Ou reformamos profundamente a carreira ou nos resignamos com a atual situação.

    E o que vc acha que irá acontecer com os técnicos? Principalmente aqueles que não são formados em direito. Pq pelo que estou percebendo, o foco na gestão de gabinetes será voltado ao cargo de analista.
    avatar
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8612
    Reputação : 233
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por darkshi em Qua 20 Jun 2018, 3:34 pm

    ladraoalmas escreveu:
    darkshi escreveu:
    ladraoalmas escreveu:Uma estimativa de vagas para o próximo concurso do mpu me deixou preocupado. São 1.101 vagas para analista de direito, enquanto para técnico adm. só estão previstas 471.

    Vamos a realidade. A necessidade do PJU e MPU é de AJs e não de TJs.

    E atualmente ascensão e transferência é considerado inconstitucional. A solução a ser adotada será a mesma que foi feita com os AuxJ.
    NS pode ajudar contra este cenário? Hj eu tenho plena convicção que NÃO.

    NS é canto de sereia, é ilusão de pessoas que acham que ainda estamos na era que o governo não tinha nenhuma noção  de governança financeira e podia ser enrolado por escolaridade ou nome do cargo.


    E qual é a solução? Ou reformamos profundamente a carreira ou nos resignamos com a atual situação.

    E o que vc acha que irá acontecer com os técnicos? Principalmente aqueles que não são formados em direito. Pq pelo que estou percebendo, o foco na gestão de gabinetes será voltado ao cargo de analista.

    Com o direcionamento atual? O mesmo destino dos AuxJ. E o NS não irá mudar isto.

    Conteúdo patrocinado

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg 17 Dez 2018, 11:10 am