PCS JÁ



    TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Compartilhe
    avatar
    wilhelm
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : AJAJ C13 Querendo dar Área desta Josta de País
    Mensagens : 1262
    Reputação : 12
    Data de inscrição : 13/07/2010
    Idade : 39
    Localização : TRF 3ª Região

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por wilhelm em Qui 21 Jun 2018, 11:40 am

    ladraoalmas escreveu:
    darkshi escreveu:
    ladraoalmas escreveu:Uma estimativa de vagas para o próximo concurso do mpu me deixou preocupado. São 1.101 vagas para analista de direito, enquanto para técnico adm. só estão previstas 471.

    Vamos a realidade. A necessidade do PJU e MPU é de AJs e não de TJs.

    E atualmente ascensão e transferência é considerado inconstitucional. A solução a ser adotada será a mesma que foi feita com os AuxJ.
    NS pode ajudar contra este cenário? Hj eu tenho plena convicção que NÃO.

    NS é canto de sereia, é ilusão de pessoas que acham que ainda estamos na era que o governo não tinha nenhuma noção  de governança financeira e podia ser enrolado por escolaridade ou nome do cargo.


    E qual é a solução? Ou reformamos profundamente a carreira ou nos resignamos com a atual situação.

    E o que vc acha que irá acontecer com os técnicos? Principalmente aqueles que não são formados em direito. Pq pelo que estou percebendo, o foco na gestão de gabinetes será voltado ao cargo de analista.

    Gradualmente extinta, a carreira, como ocorre hoje com os auxiliares. Conforme forem se aposentando/morrendo, os cargos vagos serão aglutinados e transformados em cargos de analista judiciário.
    avatar
    Korgano Masaka
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 973
    Reputação : 55
    Data de inscrição : 29/07/2015

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por Korgano Masaka em Qui 21 Jun 2018, 11:54 am

    wilhelm escreveu:
    ladraoalmas escreveu:
    darkshi escreveu:
    ladraoalmas escreveu:Uma estimativa de vagas para o próximo concurso do mpu me deixou preocupado. São 1.101 vagas para analista de direito, enquanto para técnico adm. só estão previstas 471.

    Vamos a realidade. A necessidade do PJU e MPU é de AJs e não de TJs.

    E atualmente ascensão e transferência é considerado inconstitucional. A solução a ser adotada será a mesma que foi feita com os AuxJ.
    NS pode ajudar contra este cenário? Hj eu tenho plena convicção que NÃO.

    NS é canto de sereia, é ilusão de pessoas que acham que ainda estamos na era que o governo não tinha nenhuma noção  de governança financeira e podia ser enrolado por escolaridade ou nome do cargo.


    E qual é a solução? Ou reformamos profundamente a carreira ou nos resignamos com a atual situação.

    E o que vc acha que irá acontecer com os técnicos? Principalmente aqueles que não são formados em direito. Pq pelo que estou percebendo, o foco na gestão de gabinetes será voltado ao cargo de analista.

    Gradualmente extinta, a carreira, como ocorre hoje com os auxiliares. Conforme forem se aposentando/morrendo, os cargos vagos serão aglutinados e transformados em cargos de analista judiciário.

    Essa questão é outra prova da divisão dos servidores. Tinham de ter passado todos os técnicos para nível superior faz tempo.
    avatar
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8612
    Reputação : 233
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por darkshi em Qui 21 Jun 2018, 11:56 am

    Korgano Masaka escreveu:
    wilhelm escreveu:
    ladraoalmas escreveu:
    darkshi escreveu:

    Vamos a realidade. A necessidade do PJU e MPU é de AJs e não de TJs.

    E atualmente ascensão e transferência é considerado inconstitucional. A solução a ser adotada será a mesma que foi feita com os AuxJ.
    NS pode ajudar contra este cenário? Hj eu tenho plena convicção que NÃO.

    NS é canto de sereia, é ilusão de pessoas que acham que ainda estamos na era que o governo não tinha nenhuma noção  de governança financeira e podia ser enrolado por escolaridade ou nome do cargo.


    E qual é a solução? Ou reformamos profundamente a carreira ou nos resignamos com a atual situação.

    E o que vc acha que irá acontecer com os técnicos? Principalmente aqueles que não são formados em direito. Pq pelo que estou percebendo, o foco na gestão de gabinetes será voltado ao cargo de analista.

    Gradualmente extinta, a carreira, como ocorre hoje com os auxiliares. Conforme forem se aposentando/morrendo, os cargos vagos serão aglutinados e transformados em cargos de analista judiciário.

    Essa questão é outra prova da divisão dos servidores. Tinham de ter passado todos os técnicos para nível superior faz tempo.

    E que diferença isto iria fazer? Acha mesmo que os TJs estão sendo extintos meramente pq são de nível médio?
    avatar
    Sigma
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Analista Judiciário - Especialidade TI
    Mensagens : 5131
    Reputação : 135
    Data de inscrição : 08/07/2010
    Idade : 38
    Localização : Curitiba/PR

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por Sigma em Qui 21 Jun 2018, 12:52 pm

    wilhelm escreveu:
    ladraoalmas escreveu:
    darkshi escreveu:Vamos a realidade. A necessidade do PJU e MPU é de AJs e não de TJs.

    E atualmente ascensão e transferência é considerado inconstitucional. A solução a ser adotada será a mesma que foi feita com os AuxJ.
    NS pode ajudar contra este cenário? Hj eu tenho plena convicção que NÃO.

    NS é canto de sereia, é ilusão de pessoas que acham que ainda estamos na era que o governo não tinha nenhuma noção  de governança financeira e podia ser enrolado por escolaridade ou nome do cargo.


    E qual é a solução? Ou reformamos profundamente a carreira ou nos resignamos com a atual situação.

    E o que vc acha que irá acontecer com os técnicos? Principalmente aqueles que não são formados em direito. Pq pelo que estou percebendo, o foco na gestão de gabinetes será voltado ao cargo de analista.

    Gradualmente extinta, a carreira, como ocorre hoje com os auxiliares. Conforme forem se aposentando/morrendo, os cargos vagos serão aglutinados e transformados em cargos de analista judiciário.

    Olha, só teremos alguma noção realmente sobre isso na próxima reformulação da carreira.

    Se houver extinção do cargo de auxiliar, então me parece provável que isso ocorrerá também com os técnicos, mas num futuro mais distante, não menor que 20 anos.

    A minha dúvida é: como extinguir o cargo de auxiliar? Eu confesso que não lembro se é possível fazer como a Anata propôs: criar um cargo de "Assistente Judiciário" e reenquadrar técnicos e auxiliares neste cargo...
    avatar
    pernalonga
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1888
    Reputação : 777
    Data de inscrição : 25/04/2012

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por pernalonga em Qui 21 Jun 2018, 12:54 pm

    Sigma escreveu:
    wilhelm escreveu:
    ladraoalmas escreveu:
    darkshi escreveu:Vamos a realidade. A necessidade do PJU e MPU é de AJs e não de TJs.

    E atualmente ascensão e transferência é considerado inconstitucional. A solução a ser adotada será a mesma que foi feita com os AuxJ.
    NS pode ajudar contra este cenário? Hj eu tenho plena convicção que NÃO.

    NS é canto de sereia, é ilusão de pessoas que acham que ainda estamos na era que o governo não tinha nenhuma noção  de governança financeira e podia ser enrolado por escolaridade ou nome do cargo.


    E qual é a solução? Ou reformamos profundamente a carreira ou nos resignamos com a atual situação.

    E o que vc acha que irá acontecer com os técnicos? Principalmente aqueles que não são formados em direito. Pq pelo que estou percebendo, o foco na gestão de gabinetes será voltado ao cargo de analista.

    Gradualmente extinta, a carreira, como ocorre hoje com os auxiliares. Conforme forem se aposentando/morrendo, os cargos vagos serão aglutinados e transformados em cargos de analista judiciário.

    Olha, só teremos alguma noção realmente sobre isso na próxima reformulação da carreira.

    Se houver extinção do cargo de auxiliar, então me parece provável que isso ocorrerá também com os técnicos, mas num futuro mais distante, não menor que 20 anos.

    A minha dúvida é: como extinguir o cargo de auxiliar? Eu confesso que não lembro se é possível fazer como a Anata propôs: criar um cargo de "Assistente Judiciário" e reenquadrar técnicos e auxiliares neste cargo...

    Não existem nem 100 auxiliares atualmente no quadro de servidores do PJU, todos quase já foram reenquadrados como técnicos
    avatar
    Sigma
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Analista Judiciário - Especialidade TI
    Mensagens : 5131
    Reputação : 135
    Data de inscrição : 08/07/2010
    Idade : 38
    Localização : Curitiba/PR

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por Sigma em Qui 21 Jun 2018, 12:57 pm

    pernalonga escreveu:Não existem nem 100 auxiliares atualmente no quadro de servidores do PJU, todos quase já foram reenquadrados como técnicos

    OK, mas o que faz com esses "nem 100"? Um deles é um colega aqui no TRT9, ativo. A carreira tá lá, na 11416. Como faz pra, oficialmente, acabar com o cargo/carreira de auxiliar?
    avatar
    pernalonga
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1888
    Reputação : 777
    Data de inscrição : 25/04/2012

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por pernalonga em Qui 21 Jun 2018, 1:01 pm

    Sigma escreveu:
    pernalonga escreveu:Não existem nem 100 auxiliares atualmente no quadro de servidores do PJU, todos quase já foram reenquadrados como técnicos

    OK, mas o que faz com esses "nem 100"? Um deles é um colega aqui no TRT9, ativo. A carreira tá lá, na 11416. Como faz pra, oficialmente, acabar com o cargo/carreira de auxiliar?

    Já se tentou no ultimo PCS reenquadrar todos, mas houve resistência da adm (assim como há nos processos administrativos sobre isso). Vai ser tentado de novo provavelmente na próxima discussão de plano de carreira. Os sindicatos ainda tem vários pedidos coletivos sobre o tema, aqui no RS acho que está pendente a situação de uns 18 auxiliares da JT/TRT, por ora dando bola na trave com os pedidos no CSJT, na JF foram todos reenquadrados
    avatar
    pernalonga
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1888
    Reputação : 777
    Data de inscrição : 25/04/2012

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por pernalonga em Qui 21 Jun 2018, 1:06 pm

    A lei não vai determinar a extinção a carreira de auxiliar, pois os tribunais querem contar com os cargos que ela dispõe, tentando transformar em técnico administrativamente. Estão conseguindo, mas a muita conta gota
    avatar
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8612
    Reputação : 233
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por darkshi em Qui 21 Jun 2018, 1:12 pm

    Sigma escreveu:
    wilhelm escreveu:
    ladraoalmas escreveu:
    darkshi escreveu:Vamos a realidade. A necessidade do PJU e MPU é de AJs e não de TJs.

    E atualmente ascensão e transferência é considerado inconstitucional. A solução a ser adotada será a mesma que foi feita com os AuxJ.
    NS pode ajudar contra este cenário? Hj eu tenho plena convicção que NÃO.

    NS é canto de sereia, é ilusão de pessoas que acham que ainda estamos na era que o governo não tinha nenhuma noção  de governança financeira e podia ser enrolado por escolaridade ou nome do cargo.


    E qual é a solução? Ou reformamos profundamente a carreira ou nos resignamos com a atual situação.

    E o que vc acha que irá acontecer com os técnicos? Principalmente aqueles que não são formados em direito. Pq pelo que estou percebendo, o foco na gestão de gabinetes será voltado ao cargo de analista.

    Gradualmente extinta, a carreira, como ocorre hoje com os auxiliares. Conforme forem se aposentando/morrendo, os cargos vagos serão aglutinados e transformados em cargos de analista judiciário.

    Olha, só teremos alguma noção realmente sobre isso na próxima reformulação da carreira.

    Se houver extinção do cargo de auxiliar, então me parece provável que isso ocorrerá também com os técnicos, mas num futuro mais distante, não menor que 20 anos.

    A minha dúvida é: como extinguir o cargo de auxiliar? Eu confesso que não lembro se é possível fazer como a Anata propôs: criar um cargo de "Assistente Judiciário" e reenquadrar técnicos e auxiliares neste cargo...

    Como se extingui? Espera o ultimo aposentado ou pensionista morrer e extingui-se depois via lei.

    Quanto a criar um cargo unindo os técnicos e auxiliares...
    Bem, isto segundo muitos analistas é ascensão funcional.

    avatar
    wilhelm
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : AJAJ C13 Querendo dar Área desta Josta de País
    Mensagens : 1262
    Reputação : 12
    Data de inscrição : 13/07/2010
    Idade : 39
    Localização : TRF 3ª Região

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por wilhelm em Qui 21 Jun 2018, 1:34 pm

    Sigma escreveu:
    wilhelm escreveu:
    ladraoalmas escreveu:
    darkshi escreveu:Vamos a realidade. A necessidade do PJU e MPU é de AJs e não de TJs.

    E atualmente ascensão e transferência é considerado inconstitucional. A solução a ser adotada será a mesma que foi feita com os AuxJ.
    NS pode ajudar contra este cenário? Hj eu tenho plena convicção que NÃO.

    NS é canto de sereia, é ilusão de pessoas que acham que ainda estamos na era que o governo não tinha nenhuma noção  de governança financeira e podia ser enrolado por escolaridade ou nome do cargo.


    E qual é a solução? Ou reformamos profundamente a carreira ou nos resignamos com a atual situação.

    E o que vc acha que irá acontecer com os técnicos? Principalmente aqueles que não são formados em direito. Pq pelo que estou percebendo, o foco na gestão de gabinetes será voltado ao cargo de analista.

    Gradualmente extinta, a carreira, como ocorre hoje com os auxiliares. Conforme forem se aposentando/morrendo, os cargos vagos serão aglutinados e transformados em cargos de analista judiciário.

    Olha, só teremos alguma noção realmente sobre isso na próxima reformulação da carreira.

    Se houver extinção do cargo de auxiliar, então me parece provável que isso ocorrerá também com os técnicos, mas num futuro mais distante, não menor que 20 anos.

    A minha dúvida é: como extinguir o cargo de auxiliar? Eu confesso que não lembro se é possível fazer como a Anata propôs: criar um cargo de "Assistente Judiciário" e reenquadrar técnicos e auxiliares neste cargo...

    Não precisa fazer isso. É só não empossar mais ninguém no cargo, como fazem com auxiliar. Conforme ocorram aposentações e óbitos, os cargos vagos são aglutinados para criação de cargos de analista, pois isso prescinde de lei.
    avatar
    wilhelm
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : AJAJ C13 Querendo dar Área desta Josta de País
    Mensagens : 1262
    Reputação : 12
    Data de inscrição : 13/07/2010
    Idade : 39
    Localização : TRF 3ª Região

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por wilhelm em Qui 21 Jun 2018, 1:36 pm

    pernalonga escreveu:
    Sigma escreveu:
    wilhelm escreveu:
    ladraoalmas escreveu:

    E o que vc acha que irá acontecer com os técnicos? Principalmente aqueles que não são formados em direito. Pq pelo que estou percebendo, o foco na gestão de gabinetes será voltado ao cargo de analista.

    Gradualmente extinta, a carreira, como ocorre hoje com os auxiliares. Conforme forem se aposentando/morrendo, os cargos vagos serão aglutinados e transformados em cargos de analista judiciário.

    Olha, só teremos alguma noção realmente sobre isso na próxima reformulação da carreira.

    Se houver extinção do cargo de auxiliar, então me parece provável que isso ocorrerá também com os técnicos, mas num futuro mais distante, não menor que 20 anos.

    A minha dúvida é: como extinguir o cargo de auxiliar? Eu confesso que não lembro se é possível fazer como a Anata propôs: criar um cargo de "Assistente Judiciário" e reenquadrar técnicos e auxiliares neste cargo...

    Não existem nem 100 auxiliares atualmente no quadro de servidores do PJU, todos quase já foram reenquadrados como técnicos

    "reenquadrados como técnicos" somente no tocante aos vencimentos. Continuam sendo auxiliares judiciários.
    avatar
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8612
    Reputação : 233
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por darkshi em Qui 21 Jun 2018, 1:37 pm

    Bem, para mim a saída para nossa carreira passa sim pela união dos cargos.
    avatar
    wilhelm
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : AJAJ C13 Querendo dar Área desta Josta de País
    Mensagens : 1262
    Reputação : 12
    Data de inscrição : 13/07/2010
    Idade : 39
    Localização : TRF 3ª Região

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por wilhelm em Qui 21 Jun 2018, 1:39 pm

    darkshi escreveu:
    Sigma escreveu:
    wilhelm escreveu:
    ladraoalmas escreveu:

    E o que vc acha que irá acontecer com os técnicos? Principalmente aqueles que não são formados em direito. Pq pelo que estou percebendo, o foco na gestão de gabinetes será voltado ao cargo de analista.

    Gradualmente extinta, a carreira, como ocorre hoje com os auxiliares. Conforme forem se aposentando/morrendo, os cargos vagos serão aglutinados e transformados em cargos de analista judiciário.

    Olha, só teremos alguma noção realmente sobre isso na próxima reformulação da carreira.

    Se houver extinção do cargo de auxiliar, então me parece provável que isso ocorrerá também com os técnicos, mas num futuro mais distante, não menor que 20 anos.

    A minha dúvida é: como extinguir o cargo de auxiliar? Eu confesso que não lembro se é possível fazer como a Anata propôs: criar um cargo de "Assistente Judiciário" e reenquadrar técnicos e auxiliares neste cargo...

    Como se extingui? Espera o ultimo aposentado ou pensionista morrer e extingui-se depois via lei.

    Quanto a criar um cargo unindo os técnicos e auxiliares...
    Bem, isto segundo muitos analistas é ascensão funcional.


    Ascensão funcional é fazer com que um funcionário empossado em cargo superior seja nomeado sem concurso público em cargo diverso, de exigência de escolaridade superior, ou mesmo reenquadrar técnicos como analistas, alterando a exigência de escolaridade mínima para ingresso. Pegar cargos vagos e aglutinar para criar cargos outros, v.g., técnico + auxiliar= analista é um expediente completamente diferente e lícito á administração sem a necessidade de lei prévia, posto que não implica oneração do orçamento.
    avatar
    wilhelm
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : AJAJ C13 Querendo dar Área desta Josta de País
    Mensagens : 1262
    Reputação : 12
    Data de inscrição : 13/07/2010
    Idade : 39
    Localização : TRF 3ª Região

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por wilhelm em Qui 21 Jun 2018, 1:43 pm

    pernalonga escreveu:A lei não vai determinar a extinção a carreira de auxiliar, pois os tribunais querem contar com os cargos que ela dispõe, tentando transformar em técnico administrativamente. Estão conseguindo, mas a muita conta gota

    Nos bastidores do poder, o destino dos técnicos é o mesmo, em razão da informatização.
    Exceto se for para fazer a gambiarra que citaram em outro tópico, se não me engano, ou nesse mesmo, de aprovar NS para técnico e ampliar os concursos para técnicos que, bacharéis, realizam o mesmo trabalho dos analistas por um salário menor, reduzindo os custos para a administração.
    avatar
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8612
    Reputação : 233
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por darkshi em Qui 21 Jun 2018, 1:53 pm

    wilhelm escreveu:
    pernalonga escreveu:A lei não vai determinar a extinção a carreira de auxiliar, pois os tribunais querem contar com os cargos que ela dispõe, tentando transformar em técnico administrativamente. Estão conseguindo, mas a muita conta gota

    Nos bastidores do poder, o destino dos técnicos é o mesmo, em razão da informatização.
    Exceto se for para fazer a gambiarra que citaram em outro tópico, se não me engano, ou nesse mesmo, de aprovar NS para técnico e ampliar os concursos para técnicos que, bacharéis, realizam o mesmo trabalho dos analistas por um salário menor, reduzindo os custos para a administração.

    Existe outra saída.
    A unificação de todos os cargos é uma saída.
    avatar
    Korgano Masaka
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 973
    Reputação : 55
    Data de inscrição : 29/07/2015

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por Korgano Masaka em Qui 21 Jun 2018, 3:42 pm

    darkshi escreveu:
    Korgano Masaka escreveu:
    wilhelm escreveu:
    ladraoalmas escreveu:

    E o que vc acha que irá acontecer com os técnicos? Principalmente aqueles que não são formados em direito. Pq pelo que estou percebendo, o foco na gestão de gabinetes será voltado ao cargo de analista.

    Gradualmente extinta, a carreira, como ocorre hoje com os auxiliares. Conforme forem se aposentando/morrendo, os cargos vagos serão aglutinados e transformados em cargos de analista judiciário.

    Essa questão é outra prova da divisão dos servidores. Tinham de ter passado todos os técnicos para nível superior faz tempo.

    E que diferença isto iria fazer? Acha mesmo que os TJs estão sendo extintos meramente pq são de nível médio?

    Não isso, apenas que os analistas são contra técnicos virarem nível superior. Esquecem que são tão carreirão quanto os outros.
    avatar
    wilhelm
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : AJAJ C13 Querendo dar Área desta Josta de País
    Mensagens : 1262
    Reputação : 12
    Data de inscrição : 13/07/2010
    Idade : 39
    Localização : TRF 3ª Região

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por wilhelm em Qui 21 Jun 2018, 5:06 pm

    darkshi escreveu:
    wilhelm escreveu:
    pernalonga escreveu:A lei não vai determinar a extinção a carreira de auxiliar, pois os tribunais querem contar com os cargos que ela dispõe, tentando transformar em técnico administrativamente. Estão conseguindo, mas a muita conta gota

    Nos bastidores do poder, o destino dos técnicos é o mesmo, em razão da informatização.
    Exceto se for para fazer a gambiarra que citaram em outro tópico, se não me engano, ou nesse mesmo, de aprovar NS para técnico e ampliar os concursos para técnicos que, bacharéis, realizam o mesmo trabalho dos analistas por um salário menor, reduzindo os custos para a administração.

    Existe outra saída.
    A unificação de todos os cargos é uma saída.

    aí sim significaria ascensão funcional...
    juridicamente é inviável (ainda que vivamos no país das gambiarras jurídicas em cima do que, em tese seria inviável) e assim será considerado, por não contar com a simpatia da administração. Porque ascensão funcional? Pois impossível reduzir os salários dos analistas (unificação dos cargos significaria equiparação de vencimentos) e aumentar o salário de técnicos, na prática, significaria tornar os técnicos analistas, que é ascensão funcional, proibida em lei e com custo altíssimo ao erário, uma vez que os técnicos ainda são muito mais numerosos que analistas.
    avatar
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8612
    Reputação : 233
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por darkshi em Ter 26 Jun 2018, 8:30 am

    wilhelm escreveu:
    darkshi escreveu:
    wilhelm escreveu:
    pernalonga escreveu:A lei não vai determinar a extinção a carreira de auxiliar, pois os tribunais querem contar com os cargos que ela dispõe, tentando transformar em técnico administrativamente. Estão conseguindo, mas a muita conta gota

    Nos bastidores do poder, o destino dos técnicos é o mesmo, em razão da informatização.
    Exceto se for para fazer a gambiarra que citaram em outro tópico, se não me engano, ou nesse mesmo, de aprovar NS para técnico e ampliar os concursos para técnicos que, bacharéis, realizam o mesmo trabalho dos analistas por um salário menor, reduzindo os custos para a administração.

    Existe outra saída.
    A unificação de todos os cargos é uma saída.

    aí sim significaria ascensão funcional...
    juridicamente é inviável (ainda que vivamos no país das gambiarras jurídicas em cima do que, em tese seria inviável) e assim será considerado, por não contar com a simpatia da administração. Porque ascensão funcional? Pois impossível reduzir os salários dos analistas (unificação dos cargos significaria equiparação de vencimentos) e aumentar o salário de técnicos, na prática, significaria tornar os técnicos analistas, que é ascensão funcional, proibida em lei e com custo altíssimo ao erário, uma vez que os técnicos ainda são muito mais numerosos que analistas.

    Isto acontece pq vc ainda está preso na atual carreira. Vc está pensando na mesma estrutura.
    Esquece. Aquilo acabou. Temos que destruir tudo e construir do zero.
    avatar
    euvoltei
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1109
    Reputação : 122
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por euvoltei em Ter 26 Jun 2018, 10:38 am

    darkshi escreveu:

    Isto acontece pq vc ainda está preso na atual carreira. Vc está pensando na mesma estrutura.
    Esquece. Aquilo acabou. Temos que destruir tudo e construir do zero.

    Começar tudo do Zero, esquecer o passado, destruir tudo...

    São grandes afirmações positivistas, que levaram à grande perda de tempo, vidas e recursos da humanidade... a história está aí...basta abrir um livro e estudar...
    avatar
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8612
    Reputação : 233
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por darkshi em Ter 26 Jun 2018, 10:53 am

    euvoltei escreveu:
    darkshi escreveu:

    Isto acontece pq vc ainda está preso na atual carreira. Vc está pensando na mesma estrutura.
    Esquece. Aquilo acabou. Temos que destruir tudo e construir do zero.

    Começar tudo do Zero, esquecer o passado, destruir tudo...

    São grandes afirmações positivistas, que levaram à grande perda de tempo, vidas e recursos da humanidade... a história está aí...basta abrir um livro e estudar...

    Vc acha que carreira pública não precisa ser reconstruida do zero? Acha que tem alguma coisa que dá para aproveitar?
    avatar
    wilhelm
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : AJAJ C13 Querendo dar Área desta Josta de País
    Mensagens : 1262
    Reputação : 12
    Data de inscrição : 13/07/2010
    Idade : 39
    Localização : TRF 3ª Região

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por wilhelm em Ter 26 Jun 2018, 12:00 pm

    darkshi escreveu:
    wilhelm escreveu:
    darkshi escreveu:
    wilhelm escreveu:

    Nos bastidores do poder, o destino dos técnicos é o mesmo, em razão da informatização.
    Exceto se for para fazer a gambiarra que citaram em outro tópico, se não me engano, ou nesse mesmo, de aprovar NS para técnico e ampliar os concursos para técnicos que, bacharéis, realizam o mesmo trabalho dos analistas por um salário menor, reduzindo os custos para a administração.

    Existe outra saída.
    A unificação de todos os cargos é uma saída.

    aí sim significaria ascensão funcional...
    juridicamente é inviável (ainda que vivamos no país das gambiarras jurídicas em cima do que, em tese seria inviável) e assim será considerado, por não contar com a simpatia da administração. Porque ascensão funcional? Pois impossível reduzir os salários dos analistas (unificação dos cargos significaria equiparação de vencimentos) e aumentar o salário de técnicos, na prática, significaria tornar os técnicos analistas, que é ascensão funcional, proibida em lei e com custo altíssimo ao erário, uma vez que os técnicos ainda são muito mais numerosos que analistas.

    Isto acontece pq vc ainda está preso na atual carreira. Vc está pensando na mesma estrutura.
    Esquece. Aquilo acabou. Temos que destruir tudo e construir do zero.

    Quem dera houvesse uma carreira judiciária nos moldes da italiana, em que se pudesse ascender de escrivão até juiz ou promotor... mas a nossa CF é uma camisa de força nesse sentido. Primeiro teria que se aprovar uma PEC, e depois "destruir tudo e construir do zero!". Já estamos em cargo, e cargo é cargo, carreira é carreira (cada cargo tem a sua, que podem ser idênticas em termos estruturais), e cada cargo tem a sua carreira. se criada carreira única, só valeria para os novos empossados, sob pena de situação de ascensão funcional. E isso não é divisionismo, é realidade jurídica pura.
    avatar
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8612
    Reputação : 233
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por darkshi em Ter 26 Jun 2018, 1:35 pm

    wilhelm escreveu:
    Quem dera houvesse uma carreira judiciária nos moldes da italiana, em que se pudesse ascender de escrivão até juiz ou promotor... mas a nossa CF é uma camisa de força nesse sentido. Primeiro teria que se aprovar uma PEC, e depois "destruir tudo e construir do zero!". Já estamos em cargo, e cargo é cargo, carreira é carreira (cada cargo tem a sua, que podem ser idênticas em termos estruturais), e cada cargo tem a sua carreira. se criada carreira única, só valeria para os novos empossados, sob pena de situação de ascensão funcional. E isso não é divisionismo, é realidade jurídica pura.

    Não. Vc está muito enganado.
    O STF já considerou constitucional o aproveitamento de servidores de uma carreira que está sendo extinta para criar uma nova.

    Quando vc faz isto, tudo é possível e nada é inconstitucional.
    avatar
    Caçador_de_Troll
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 380
    Reputação : 12
    Data de inscrição : 12/09/2014

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por Caçador_de_Troll em Seg 02 Jul 2018, 7:22 am

    Bom dia pessoal, ontem criei um grupo para discussão do tema Funpresp - JUD/MPU no telegram, adicionei links, vídeos e artigos de textos relacionados ao tema.

    Nesses últimos dias muitos servidores se interessaram acerca do assunto e o Grupo já conta com 53 integrantes.

    O telegram é interessante, pois não tem limite de membros e os arquivos armazenados (mesmo antes do ingresso do membro) ficam organizados e disponíveis ao acesso por meio de simples busca.

    Quem puder e quiser ingressar no grupo será muito bem vindo, pois tem muita gente boa por aqui com grande conhecimento acerca do assunto.

    O link para ingresso é [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Abraço.
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6131
    Reputação : 228
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por Galizezin em Sex 13 Jul 2018, 11:04 am

    darkshi escreveu:
    wilhelm escreveu:
    Quem dera houvesse uma carreira judiciária nos moldes da italiana, em que se pudesse ascender de escrivão até juiz ou promotor... mas a nossa CF é uma camisa de força nesse sentido. Primeiro teria que se aprovar uma PEC, e depois "destruir tudo e construir do zero!". Já estamos em cargo, e cargo é cargo, carreira é carreira (cada cargo tem a sua, que podem ser idênticas em termos estruturais), e cada cargo tem a sua carreira. se criada carreira única, só valeria para os novos empossados, sob pena de situação de ascensão funcional. E isso não é divisionismo, é realidade jurídica pura.

    Não. Vc está muito enganado.
    O STF já considerou constitucional o aproveitamento de servidores de uma carreira que está sendo extinta para criar uma nova.

    Quando vc faz isto, tudo é possível e nada é inconstitucional.

    Desculpe, mas se, à luz da CF, auxiliar virou técnico, este último pode virar analista. Podem espernear, contudo a verdade precisa ficar estampada.


    _________________
    NO RACISM!
    avatar
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8612
    Reputação : 233
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por darkshi em Sex 13 Jul 2018, 11:17 am

    Galizezin escreveu:
    darkshi escreveu:
    wilhelm escreveu:
    Quem dera houvesse uma carreira judiciária nos moldes da italiana, em que se pudesse ascender de escrivão até juiz ou promotor... mas a nossa CF é uma camisa de força nesse sentido. Primeiro teria que se aprovar uma PEC, e depois "destruir tudo e construir do zero!". Já estamos em cargo, e cargo é cargo, carreira é carreira (cada cargo tem a sua, que podem ser idênticas em termos estruturais), e cada cargo tem a sua carreira. se criada carreira única, só valeria para os novos empossados, sob pena de situação de ascensão funcional. E isso não é divisionismo, é realidade jurídica pura.

    Não. Vc está muito enganado.
    O STF já considerou constitucional o aproveitamento de servidores de uma carreira que está sendo extinta para criar uma nova.

    Quando vc faz isto, tudo é possível e nada é inconstitucional.

    Desculpe, mas se, à luz da CF, auxiliar virou técnico, este último pode virar analista. Podem espernear, contudo a verdade precisa ficar estampada.

    E por ultimo temos que ter em mente que quem manda o PL para o congresso são os mesmos que julgam se uma lei é ou não inconstitucional.
    Ou seja, uma lei que unifique os cargos de nossa carreira caso seja mandada para o congresso não será derrubada pelo STF como sendo inconstitucional.

    No mais uma tal lei teria que ter impacto zero, já que mera equiparação dos TJs com AJs seria trem da alegria com impacto impagável.


    ps: Mas isto é só um devaneio. De certo hj só a parcela de janeiro do leitinho.

    Conteúdo patrocinado

    Re: TÉCNICO COM NÍVEL SUPERIOR

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg 17 Dez 2018, 10:45 am