PCS JÁ



    Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Compartilhe
    avatar
    euvoltei
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1060
    Reputação : 119
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por euvoltei em Sex 20 Out 2017, 1:19 pm

    Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal
    Extinção da Justiça do Trabalho deve reforçar varas federais
    Publicado: 20 de outubro de 2017 às 00:00 - Atualizado às 00:13



    A extinção da Justiça do Trabalho, discutida em caráter reservado na Câmara dos Deputados, levaria à absorção de todo o seu pessoal, incluindo magistrados e servidores, pela Justiça Federal. Haverá casos de carreiras que serão submetidas a processo de requalificação, para assumir as novas funções. Ministros do Tribunal Superior do Trabalho (TST) assumiram cadeiras no Superior Tribunal de Justiça (STJ). A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

    Com o fim da Justiça do Trabalho, como querem os deputados, as varas trabalhistas seriam transformadas em varas federais.

    Apesar da pretendida extinção da Justiça do Trabalho, ninguém perderia o emprego. E a Justiça Federal ganharia enorme reforço.

    Na presidência da Câmara foi recebida como provocação a notícia de que procuradores do Trabalho ameaçam boicote à reforma trabalhista.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    avatar
    Solange4
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1027
    Reputação : 98
    Data de inscrição : 03/06/2015

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por Solange4 em Sex 20 Out 2017, 1:32 pm

    Enunciado contra a aplicação da reforma trabalhista é publicado

    19 de outubro de 2017, 14h56

    Por Fernando Martines

    A Associação Nacional dos Magistrados do Trabalho (Anamatra) publicou nesta quinta-feira (19/10) os enunciados aprovados em sua última convenção. Na ocasião, desembargadores e ministros afirmaram que diversos pontos da reforma trabalhista ferem a Constituição e tratados internacionais aos quais o Brasil é signatário.

    Conforme enunciado específico sobre a reforma trabalhista, a Lei 13.467/17 tramitou em tempo recorde e não se submeteu à comissão relativa à ordem fiscal, apesar de extinguir o chamado “imposto sindical”. Além disso, após um relatório no Senado apontar várias inconstitucionalidades, não foram aceitas emendas apenas para que o projeto não retornasse à Câmara. O presidente também haveria prometido vetos, que não foram feitos. “O contexto político é de Estado de exceção, as votações foram feitas a portas fechadas”, diz a associação.

    Para a Anamatra, a lei precisa ser compreendida a partir das normas já contidas na CLT. “Onde uma tal interpretação não for possível, não será possível aplicá-la.” E segundo a entidade, as regras da nova lei não resistem ao exame de sua compatibilidade com a proteção que poderia torná-la norma jurídica trabalhista.

    Para o ministro do TST Mauricio Godinho, por exemplo, caso a nova lei seja interpretada de maneira literal, a população não terá mais acesso à Justiça do Trabalho no Brasil, o que representaria clara ofensa ao princípio do amplo acesso ao Judiciário estabelecido pela Constituição.

    “Faremos a interpretação do diploma jurídico em conformidade com a Constituição. Não houve constituinte no país e não houve processo revolucionário que tenha suplantado a Constituição Federal. A Constituição é a grande matriz que vai iluminar o processo interpretativo da Reforma Trabalhista”, avisou.

    Do outro lado
    Entre os favoráveis à lei também há movimentação. A Confederação Nacional do Transporte já orientou as federações do setor a notificarem o Conselho Nacional de Justiça caso juízes do Trabalho boicotem a reforma trabalhista.

    Em entrevista à ConJur, o departamento jurídico da Confederação Nacional das Indústrias disse que a orientação é esperar os juízes se posicionarem pra estudar as medidas que podem ser adotadas. Eles cogitam provocar o Supremo Tribunal Federal a se posicionar sobre a validade da reforma, o que vincularia os juízes.

    Fonte: Consultor Jurídico em 20/10/2017
    avatar
    ale1969
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 483
    Reputação : 39
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por ale1969 em Sex 20 Out 2017, 2:33 pm

    Não seria o contrário, incorporar a Justiça Federal à Justiça Trabalhista devido ao tamanho das duas? A Justiça do Trabalho sozinha representa aproximadamente 60% do total.
    avatar
    Sigma
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Analista Judiciário - Especialidade TI
    Mensagens : 5068
    Reputação : 132
    Data de inscrição : 08/07/2010
    Idade : 38
    Localização : Curitiba/PR

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por Sigma em Sex 20 Out 2017, 2:35 pm

    Já não penso mais se isso vai acontecer. Só tento imaginar quando vai acontecer.
    avatar
    concurseiro_mor
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1255
    Reputação : 29
    Data de inscrição : 06/08/2010

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por concurseiro_mor em Sex 20 Out 2017, 4:07 pm

    Sigma escreveu:Já não penso mais se isso vai acontecer. Só tento imaginar quando vai acontecer.

    Estudemmmmmmmm!...
    avatar
    Jubilando
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 551
    Reputação : 33
    Data de inscrição : 01/05/2015

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por Jubilando em Sex 20 Out 2017, 4:30 pm

    concurseiro_mor escreveu:
    Sigma escreveu:Já não penso mais se isso vai acontecer. Só tento imaginar quando vai acontecer.

    Estudemmmmmmmm!...

    Só se for na Europa, pois aqui já foi.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Você sabia que brasileiros podem se candidatar a concursos públicos em Portugal? Vamos te mostrar passo a passo como encontrar concursos públicos em Portugal e como se candidatar.

    Assim como no Brasil, o concurso público traz estabilidade, o que pode ser fundamental para quem quer começar uma vida em outro país.


    Site de concursos públicos em Portugal
    BEP – Bolsa de Emprego Público é um site que reúne a maior parte dos concursos públicos em Portugal. [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    DGAE – A Direção Geral da Administração Escolar publica regularmente em seu site os concursos públicos em Portugal para professores e cargos administrativos escolares. [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    BASE – O site BASE disponibiliza quase 30 mil contratos e licitações públicas em Portugal, que podem ser consultados por qualquer pessoa. [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    ESPAP – No site da Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, você vai encontrar concursos abertos de compras públicas. [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    ACSS – Para quem procura concursos públicos em Portugal na área da saúde/medicina o Portal da Administração Central do Sistema de Saúde disponibiliza uma lista dos concursos abertos. [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    Concursos públicos em Portugal para brasileiros
    Para que um brasileiro possa ocupar um cargo público em Portugal é necessário seguir dois requisitos básicos:

    Igualdade de Direito
    O Estatuto da Igualdade de Direito é um acordo entre Brasil e Portugal, que foi firmado nos anos 2000 e garante que brasileiros e portugueses tenham os mesmos direitos que um cidadão local nos dois países. Assim, nós brasileiros podemos prestar concurso público (e seguir carreira política) em Portugal, e portugueses tem o mesmo direito no Brasil.

    Para solicitar a igualdade de direito, é preciso se dirigir ao SEF (Serviço de Estrangeiros e Fronteiras) com cópia do título de residência e certificado de nacionalidade (emitido pelo consulado Brasileiro).

    Validar diploma em Portugal
    Assim como no Brasil, os concursos públicos exigem um grau de escolaridade mínimo de acordo com a função que vai ser exercida. É necessário validar os diplomas (de ensino médio e/ou superior) em Portugal para comprovar que é habilitado para exercer as funções necessárias nos concursos públicos em Portugal.

    Emprego público no Consulado Brasileiro em Portugal
    Você sabia que pode ser funcionário público do Governo Brasileiro, morando em Portugal? O consulado brasileiro de Lisboa e Porto abrem regularmente vagas para diversos setores.

    As vagas são para ganhar em euro, e é preciso ter situação regularizada no país para participar. Assim como os outros concursos acima, portugueses e brasileiros podem concorrer as vagas.
    avatar
    euvoltei
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1060
    Reputação : 119
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por euvoltei em Sex 20 Out 2017, 5:21 pm

    ale1969 escreveu:Não seria o contrário, incorporar a Justiça Federal à Justiça Trabalhista devido ao tamanho das duas? A Justiça do Trabalho sozinha representa aproximadamente 60% do total.

    Quem incompara manda, quem é incorporado é mandado...

    Quem incorpora permanece, quem é incorporado some...


    Então, acho que tá certo
    avatar
    concurseiro_mor
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1255
    Reputação : 29
    Data de inscrição : 06/08/2010

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por concurseiro_mor em Sex 20 Out 2017, 5:48 pm

    Jubilando escreveu:
    concurseiro_mor escreveu:
    Sigma escreveu:Já não penso mais se isso vai acontecer. Só tento imaginar quando vai acontecer.

    Estudemmmmmmmm!...

    Só se for na Europa, pois aqui já foi.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Você sabia que brasileiros podem se candidatar a concursos públicos em Portugal? Vamos te mostrar passo a passo como encontrar concursos públicos em Portugal e como se candidatar.

    Assim como no Brasil, o concurso público traz estabilidade, o que pode ser fundamental para quem quer começar uma vida em outro país.


    Site de concursos públicos em Portugal
    BEP – Bolsa de Emprego Público é um site que reúne a maior parte dos concursos públicos em Portugal. [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    DGAE – A Direção Geral da Administração Escolar publica regularmente em seu site os concursos públicos em Portugal para professores e cargos administrativos escolares. [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    BASE – O site BASE disponibiliza quase 30 mil contratos e licitações públicas em Portugal, que podem ser consultados por qualquer pessoa. [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    ESPAP – No site da Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, você vai encontrar concursos abertos de compras públicas. [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    ACSS – Para quem procura concursos públicos em Portugal na área da saúde/medicina o Portal da Administração Central do Sistema de Saúde disponibiliza uma lista dos concursos abertos. [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    Concursos públicos em Portugal para brasileiros
    Para que um brasileiro possa ocupar um cargo público em Portugal é necessário seguir dois requisitos básicos:

    Igualdade de Direito
    O Estatuto da Igualdade de Direito é um acordo entre Brasil e Portugal, que foi firmado nos anos 2000 e garante que brasileiros e portugueses tenham os mesmos direitos que um cidadão local nos dois países. Assim, nós brasileiros podemos prestar concurso público (e seguir carreira política) em Portugal, e portugueses tem o mesmo direito no Brasil.

    Para solicitar a igualdade de direito, é preciso se dirigir ao SEF (Serviço de Estrangeiros e Fronteiras) com cópia do título de residência e certificado de nacionalidade (emitido pelo consulado Brasileiro).

    Validar diploma em Portugal
    Assim como no Brasil, os concursos públicos exigem um grau de escolaridade mínimo de acordo com a função que vai ser exercida. É necessário validar os diplomas (de ensino médio e/ou superior) em Portugal para comprovar que é habilitado para exercer as funções necessárias nos concursos públicos em Portugal.

    Emprego público no Consulado Brasileiro em Portugal
    Você sabia que pode ser funcionário público do Governo Brasileiro, morando em Portugal? O consulado brasileiro de Lisboa e Porto abrem regularmente vagas para diversos setores.

    As vagas são para ganhar em euro, e é preciso ter situação regularizada no país para participar. Assim como os outros concursos acima, portugueses e brasileiros podem concorrer as vagas.


    Very Happy Very Happy Very Happy Very Happy Very Happy Very Happy Very Happy
    avatar
    euvoltei
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1060
    Reputação : 119
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por euvoltei em Ter 17 Jul 2018, 9:51 am

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    Obsoleta
    Agonizante, Justiça do Trabalho discute fusão
    Redução das ações levantaram possível junção com a justiça federal

    A extinção da Justiça do Trabalho, defendida por muitos juristas, ganhou força após a reforma trabalhista que vigora desde novembro, com a redução acentuada da indústria de indenizações. Agora, haverá o primeiro ato a discutir a proposta: realiza-se no próximo dia 26, no Rio de Janeiro, o debate “Justiça do Trabalho e Justiça Federal Juntas?”, que é fruto de parceria entre o Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) e o Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB). A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

    Uma preocupação é o destino de magistrados e servidores, após a extinção da Justiça do Trabalho, prevista para médio prazo.

    A idéia mais consistente é que, extinta, toda a Justiça do Trabalho venha a ser absorvida pela Justiça Federal.

    O presidente do TRF-2, desembargador André Fontes, irá à abertura do debate sobre a união da Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    17/07/2018 às 00:00 | Atualizado às 20:43

    avatar
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8575
    Reputação : 233
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por darkshi em Ter 17 Jul 2018, 11:03 am

    euvoltei escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    Obsoleta
    Agonizante, Justiça do Trabalho discute fusão
    Redução das ações levantaram possível junção com a justiça federal

    A extinção da Justiça do Trabalho, defendida por muitos juristas, ganhou força após a reforma trabalhista que vigora desde novembro, com a redução acentuada da indústria de indenizações. Agora, haverá o primeiro ato a discutir a proposta: realiza-se no próximo dia 26, no Rio de Janeiro, o debate “Justiça do Trabalho e Justiça Federal Juntas?”, que é fruto de parceria entre o Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) e o Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB). A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

    Uma preocupação é o destino de magistrados e servidores, após a extinção da Justiça do Trabalho, prevista para médio prazo.

    A idéia mais consistente é que, extinta, toda a Justiça do Trabalho venha a ser absorvida pela Justiça Federal.

    O presidente do TRF-2, desembargador André Fontes, irá à abertura do debate sobre a união da Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    17/07/2018 às 00:00 | Atualizado às 20:43


    Ótimo
    avatar
    Korgano Masaka
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 866
    Reputação : 47
    Data de inscrição : 29/07/2015

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por Korgano Masaka em Ter 17 Jul 2018, 11:51 am

    darkshi escreveu:
    euvoltei escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    Obsoleta
    Agonizante, Justiça do Trabalho discute fusão
    Redução das ações levantaram possível junção com a justiça federal

    A extinção da Justiça do Trabalho, defendida por muitos juristas, ganhou força após a reforma trabalhista que vigora desde novembro, com a redução acentuada da indústria de indenizações. Agora, haverá o primeiro ato a discutir a proposta: realiza-se no próximo dia 26, no Rio de Janeiro, o debate “Justiça do Trabalho e Justiça Federal Juntas?”, que é fruto de parceria entre o Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) e o Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB). A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

    Uma preocupação é o destino de magistrados e servidores, após a extinção da Justiça do Trabalho, prevista para médio prazo.

    A idéia mais consistente é que, extinta, toda a Justiça do Trabalho venha a ser absorvida pela Justiça Federal.

    O presidente do TRF-2, desembargador André Fontes, irá à abertura do debate sobre a união da Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    17/07/2018 às 00:00 | Atualizado às 20:43


    Ótimo

    Quando ocorrer a extinção da JT, vai ser briga grande entre desembargadores, juízes e procuradores do trabalho. Todos irão querer mandar e desmandar na JF. Muito chefe para pouco índio....
    avatar
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8575
    Reputação : 233
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por darkshi em Ter 17 Jul 2018, 11:54 am

    Korgano Masaka escreveu:
    darkshi escreveu:
    euvoltei escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    Obsoleta
    Agonizante, Justiça do Trabalho discute fusão
    Redução das ações levantaram possível junção com a justiça federal

    A extinção da Justiça do Trabalho, defendida por muitos juristas, ganhou força após a reforma trabalhista que vigora desde novembro, com a redução acentuada da indústria de indenizações. Agora, haverá o primeiro ato a discutir a proposta: realiza-se no próximo dia 26, no Rio de Janeiro, o debate “Justiça do Trabalho e Justiça Federal Juntas?”, que é fruto de parceria entre o Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) e o Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB). A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

    Uma preocupação é o destino de magistrados e servidores, após a extinção da Justiça do Trabalho, prevista para médio prazo.

    A idéia mais consistente é que, extinta, toda a Justiça do Trabalho venha a ser absorvida pela Justiça Federal.

    O presidente do TRF-2, desembargador André Fontes, irá à abertura do debate sobre a união da Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    17/07/2018 às 00:00 | Atualizado às 20:43


    Ótimo

    Quando ocorrer a extinção da JT, vai ser briga grande entre desembargadores, juízes e procuradores do trabalho. Todos irão querer mandar e desmandar na JF. Muito chefe para pouco índio....

    É o preço a se pagar pela falta de planejamento e inchaço da máquina pública.
    avatar
    araponga
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 104
    Reputação : 10
    Data de inscrição : 01/06/2015

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por araponga em Ter 17 Jul 2018, 12:11 pm

    Com a EC 45 me convenci de que competência e poder significa mais prestígio e maior fatia do orçamento. Por isso a justiça federal brigou para manter sua competência para julgar servidores e outras tantas matérias que, pela literalidade da emenda, poderia ir pra JT e desafogar a justiça federal.

    Nada mais natural, portanto, que juntem a falta de dinheiro com a vontade de acabar com a JT.

    Se quiserem facilitar as coisas, basta tirar o auxílio moradia, abono permanência e adicional por acúmulo, que só sobrarão os recém ingressos, os quais aceitarão calados qualquer remanejamento.
    avatar
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8575
    Reputação : 233
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por darkshi em Ter 17 Jul 2018, 12:43 pm

    araponga escreveu:Com a EC 45 me convenci de que competência e poder significa mais prestígio e maior fatia do orçamento. Por isso a justiça federal brigou para manter sua competência para julgar servidores e outras tantas matérias que, pela literalidade da emenda, poderia ir pra JT e desafogar a justiça federal.

    Nada mais natural, portanto, que juntem a falta de dinheiro com a vontade de acabar com a JT.

    Se quiserem facilitar as coisas, basta tirar o auxílio moradia, abono permanência e adicional por acúmulo, que só sobrarão os recém ingressos, os quais aceitarão calados qualquer remanejamento.

    Não haverá remanejamento. haverá mera mudança de nomenclatura. Só isto. O local de trabalho será exatamente o mesmo.

    No mais, indiretamente, ganhamos com isto. Com a fusão da JT com a JF os casos trabalhistas dos servidores públicos serão julgados pelos ex-juízes trabalhistas e não pelos antigos juízes federais. E juiz trabalhista tende a ser mais amigável com o trabalhador.
    avatar
    maligna
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 266
    Reputação : 32
    Data de inscrição : 20/12/2014

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por maligna em Ter 17 Jul 2018, 12:54 pm

    Não seja tão otimista. Seria o mesmo que colocar os réus julgando as próprias causas...

    avatar
    euvoltei
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1060
    Reputação : 119
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por euvoltei em Ter 17 Jul 2018, 1:02 pm

    Olha... acho q a tendência maior é:
    - Devolução de requisitados de outros poderes(prefeituras, estados), pois JF não tem essa cultura.
    - Diminuição de FC/CJ
    - Dança das cadeiras de FC/CJ restantes
    - Fechamento de muitas unidades do interior

    Só isso aí, que é quase certo mesmo, dá pena voando pra todo lado.
    avatar
    alface
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 185
    Reputação : 12
    Data de inscrição : 13/03/2015

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por alface em Ter 17 Jul 2018, 1:12 pm

    concurseiro_mor escreveu:
    Sigma escreveu:Já não penso mais se isso vai acontecer. Só tento imaginar quando vai acontecer.

    Estudemmmmmmmm!...


    Gente, alguma sugestão de cursinhos para o concurso do BACEN?
    avatar
    maligna
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 266
    Reputação : 32
    Data de inscrição : 20/12/2014

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por maligna em Ter 17 Jul 2018, 1:21 pm

    Esquece, gente. Sem chance de acontecer.
    Juiz do Trabalho tem pânico de toda e qualquer outra matéria que não seja trabalhista.
    Só se fossem mantidas as Varas especialiazadas. Mas aí seria quase como trocar o seis pelo meia dúzia.
    E os Desembargadores, os Ministros do Trabalho, não iriam aceitar, jamais, perder o prestígio próprio.
    OAB, então, ia soltar todas as penas, até as que não tem...
    Para o bem ou para o mal, a JT não acaba, nem tão cedo.
    É muito cachorro grande envolvido.
    avatar
    servidor.tre
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1013
    Reputação : 29
    Data de inscrição : 30/10/2012

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por servidor.tre em Ter 17 Jul 2018, 2:03 pm

    Dias tenebrosos...

    Tudo para cortar gastos...

    Não duvido de mais nada!!! Shocked Shocked Shocked
    avatar
    Jubilando
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 551
    Reputação : 33
    Data de inscrição : 01/05/2015

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por Jubilando em Ter 17 Jul 2018, 2:18 pm

    Korgano Masaka escreveu:
    darkshi escreveu:
    euvoltei escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    Obsoleta
    Agonizante, Justiça do Trabalho discute fusão
    Redução das ações levantaram possível junção com a justiça federal

    A extinção da Justiça do Trabalho, defendida por muitos juristas, ganhou força após a reforma trabalhista que vigora desde novembro, com a redução acentuada da indústria de indenizações. Agora, haverá o primeiro ato a discutir a proposta: realiza-se no próximo dia 26, no Rio de Janeiro, o debate “Justiça do Trabalho e Justiça Federal Juntas?”, que é fruto de parceria entre o Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) e o Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB). A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

    Uma preocupação é o destino de magistrados e servidores, após a extinção da Justiça do Trabalho, prevista para médio prazo.

    A idéia mais consistente é que, extinta, toda a Justiça do Trabalho venha a ser absorvida pela Justiça Federal.

    O presidente do TRF-2, desembargador André Fontes, irá à abertura do debate sobre a união da Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    17/07/2018 às 00:00 | Atualizado às 20:43


    Ótimo

    Quando ocorrer a extinção da JT, vai ser briga grande entre desembargadores, juízes e procuradores do trabalho. Todos irão querer mandar e desmandar na JF. Muito chefe para pouco índio....

    Só que não.
    Não haverá distinção entre J.Tenses e J.eFenses, se sobrar gente vai sair de ambos os lados.
    avatar
    Jubilando
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 551
    Reputação : 33
    Data de inscrição : 01/05/2015

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por Jubilando em Ter 17 Jul 2018, 2:21 pm

    maligna escreveu:Esquece, gente. Sem chance de acontecer.
    Juiz do Trabalho tem pânico de toda e qualquer outra matéria que não seja trabalhista.
    Só se fossem mantidas as Varas especialiazadas. Mas aí seria quase como trocar o seis pelo meia dúzia.
    E os Desembargadores, os Ministros do Trabalho, não iriam aceitar, jamais, perder o prestígio próprio.
    OAB, então, ia soltar todas as penas, até as que não tem...
    Para o bem ou para o mal, a JT não acaba, nem tão cedo.
    É muito cachorro grande envolvido.

    As causas voltarão a crescer em breve.
    Adevas estão "analisando o mercado" depois da reforma, só isso.
    Já conversei com diversos e dizem exatamente isso.
    Daí que houve uma retração séria na quantidade de ajuizamento.
    Por enquanto.
    avatar
    Jubilando
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 551
    Reputação : 33
    Data de inscrição : 01/05/2015

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por Jubilando em Ter 17 Jul 2018, 2:24 pm

    euvoltei escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    Obsoleta
    Agonizante, Justiça do Trabalho discute fusão
    Redução das ações levantaram possível junção com a justiça federal

    A extinção da Justiça do Trabalho, defendida por muitos juristas, ganhou força após a reforma trabalhista que vigora desde novembro, com a redução acentuada da indústria de indenizações. Agora, haverá o primeiro ato a discutir a proposta: realiza-se no próximo dia 26, no Rio de Janeiro, o debate “Justiça do Trabalho e Justiça Federal Juntas?”, que é fruto de parceria entre o Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) e o Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB). A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

    Uma preocupação é o destino de magistrados e servidores, após a extinção da Justiça do Trabalho, prevista para médio prazo.

    A idéia mais consistente é que, extinta, toda a Justiça do Trabalho venha a ser absorvida pela Justiça Federal.

    O presidente do TRF-2, desembargador André Fontes, irá à abertura do debate sobre a união da Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    17/07/2018 às 00:00 | Atualizado às 20:43


    Isso daí é o grupo que sonha em acabar com a JT se mobilizando.
    Mas essas premissas por eles afirmadas para que isso aconteça são apenas aparentes e momentâneas, e estão se aproveitando do momento.
    Não creio em nível de ajuizamentos igual ao de antigamente, mas subirá de patamar bem acima do que se observa neste primeiro momento pós-reforma.
    avatar
    Sem Frescura
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3056
    Reputação : 408
    Data de inscrição : 13/07/2010

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por Sem Frescura em Ter 17 Jul 2018, 3:25 pm

    Acho mais crível a incorporação a JT pelo Ministério do Trabalho, após a realização de nova Assembleia Nacional Constituinte e consequente edição de nova Constituição. Assim, os Juízes do Trabalho passariam a auditores fiscais do trabalho e as carreiras de apoio, às correspondentes do Executivo.
    avatar
    maligna
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 266
    Reputação : 32
    Data de inscrição : 20/12/2014

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por maligna em Ter 17 Jul 2018, 3:31 pm

    Sem Frescura escreveu:Acho mais crível a incorporação a JT pelo Ministério do Trabalho, após a realização de nova Assembleia Nacional Constituinte e consequente edição de nova Constituição. Assim, os Juízes do Trabalho passariam a auditores fiscais do trabalho e as carreiras de apoio, às correspondentes do Executivo.  



    Deus meu, uma nova Queda da Bastilha ?
    avatar
    Korgano Masaka
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 866
    Reputação : 47
    Data de inscrição : 29/07/2015

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por Korgano Masaka em Ter 17 Jul 2018, 3:53 pm

    darkshi escreveu:
    Korgano Masaka escreveu:
    darkshi escreveu:
    euvoltei escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    Obsoleta
    Agonizante, Justiça do Trabalho discute fusão
    Redução das ações levantaram possível junção com a justiça federal

    A extinção da Justiça do Trabalho, defendida por muitos juristas, ganhou força após a reforma trabalhista que vigora desde novembro, com a redução acentuada da indústria de indenizações. Agora, haverá o primeiro ato a discutir a proposta: realiza-se no próximo dia 26, no Rio de Janeiro, o debate “Justiça do Trabalho e Justiça Federal Juntas?”, que é fruto de parceria entre o Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) e o Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB). A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

    Uma preocupação é o destino de magistrados e servidores, após a extinção da Justiça do Trabalho, prevista para médio prazo.

    A idéia mais consistente é que, extinta, toda a Justiça do Trabalho venha a ser absorvida pela Justiça Federal.

    O presidente do TRF-2, desembargador André Fontes, irá à abertura do debate sobre a união da Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    17/07/2018 às 00:00 | Atualizado às 20:43


    Ótimo

    Quando ocorrer a extinção da JT, vai ser briga grande entre desembargadores, juízes e procuradores do trabalho. Todos irão querer mandar e desmandar na JF. Muito chefe para pouco índio....

    É o preço a se pagar pela falta de planejamento e inchaço da máquina pública.

    Só temo que ponham os servidores que sobrarem em disponibilidade ou no olho da rua mesmo...
    . Crying or Very sad
    avatar
    Jubilando
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 551
    Reputação : 33
    Data de inscrição : 01/05/2015

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por Jubilando em Ter 17 Jul 2018, 3:55 pm

    Sem Frescura escreveu:Acho mais crível a incorporação a JT pelo Ministério do Trabalho, após a realização de nova Assembleia Nacional Constituinte e consequente edição de nova Constituição. Assim, os Juízes do Trabalho passariam a auditores fiscais do trabalho e as carreiras de apoio, às correspondentes do Executivo.  

    É engraçada esta posição, mas de certa forma seria algo como "de volta para o futuro IV", já que a JT de certa forma voltaria às suas origens, hehe.
    Agora sério, tudo pode acontecer mesmo, nada é descartável, por mais doido que às vezes pareça. Afinal, estamos no Brasil.
    avatar
    EmCuiabá
    Novo Usuário

    Mensagens : 28
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 02/06/2015

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por EmCuiabá em Ter 17 Jul 2018, 9:32 pm

    Korgano Masaka escreveu:
    darkshi escreveu:
    Korgano Masaka escreveu:
    darkshi escreveu:

    Ótimo

    Quando ocorrer a extinção da JT, vai ser briga grande entre desembargadores, juízes e procuradores do trabalho. Todos irão querer mandar e desmandar na JF. Muito chefe para pouco índio....

    É o preço a se pagar pela falta de planejamento e inchaço da máquina pública.

    Só temo que ponham os servidores que sobrarem em disponibilidade ou no olho da rua mesmo...
    . Crying or Very sad

    Noticia bem maliciosa, a Justiça do Trabalho está bem longe de agonizar,a redução de processos não foi drástica a tal ponto, e logo volta a subir.. é só uma questão de tempo, os advogados estão se adequando à nova sistemática processual, como, por exemplo os vários cursos de cálculos, a fim de possibilitar sua melhor qualificação para a liquidação dos pedidos.
    avatar
    Korgano Masaka
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 866
    Reputação : 47
    Data de inscrição : 29/07/2015

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por Korgano Masaka em Qua 18 Jul 2018, 11:06 am

    EmCuiabá escreveu:
    Korgano Masaka escreveu:
    darkshi escreveu:
    Korgano Masaka escreveu:

    Quando ocorrer a extinção da JT, vai ser briga grande entre desembargadores, juízes e procuradores do trabalho. Todos irão querer mandar e desmandar na JF. Muito chefe para pouco índio....

    É o preço a se pagar pela falta de planejamento e inchaço da máquina pública.

    Só temo que ponham os servidores que sobrarem em disponibilidade ou no olho da rua mesmo...
    . Crying or Very sad

    Noticia bem maliciosa, a Justiça do Trabalho está bem longe de agonizar,a redução de processos não foi drástica a tal ponto, e logo volta a subir.. é só uma questão de tempo, os advogados estão se adequando à nova sistemática processual, como, por exemplo os vários cursos de cálculos, a fim de possibilitar sua melhor qualificação para a liquidação dos pedidos.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    avatar
    Jubilando
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 551
    Reputação : 33
    Data de inscrição : 01/05/2015

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por Jubilando em Qua 18 Jul 2018, 11:41 am

    Korgano Masaka escreveu:
    EmCuiabá escreveu:
    Korgano Masaka escreveu:
    darkshi escreveu:

    É o preço a se pagar pela falta de planejamento e inchaço da máquina pública.

    Só temo que ponham os servidores que sobrarem em disponibilidade ou no olho da rua mesmo...
    . Crying or Very sad

    Noticia bem maliciosa, a Justiça do Trabalho está bem longe de agonizar,a redução de processos não foi drástica a tal ponto, e logo volta a subir.. é só uma questão de tempo, os advogados estão se adequando à nova sistemática processual, como, por exemplo os vários cursos de cálculos, a fim de possibilitar sua melhor qualificação para a liquidação dos pedidos.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    As causas voltarão a crescer em breve.
    Adevas estão "analisando o mercado" depois da reforma, só isso.
    Já conversei com diversos e dizem exatamente isso.
    Daí que houve uma retração séria na quantidade de ajuizamento.
    Por enquanto.


    "... os advogados estão se adequando à nova sistemática processual, como, por exemplo os vários cursos de cálculos, a fim de possibilitar sua melhor qualificação para a liquidação dos pedidos".

    Reafirmo e assino embaixo quanto ao reproduzido acima.
    Não vai ser tanta demanda como era, mas subirá consideravelmente e em breve.
    avatar
    euvoltei
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1060
    Reputação : 119
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por euvoltei em Qua 18 Jul 2018, 1:16 pm

    Caiu porque caiu....

    No dia a dia, proporcionalmente vejo muito mais acordos... sinal que os autores estão pedindo só o que sabem que tem direito mesmo, e o acordo sai porque a empresa sabe que deve, e resolve logo via acordo, então no segundo grau, vai cair mais ainda...

    Caiu porque diminuíram as aventuras, pois podem sair caras, acabou a farra.

    Caiu porque sindicato já não pode cobrar imposto sindical na JT... nem vai poder cobrar mais.

    Caiu porque o emprego caiu, a economia esfriou, e ninguém sabe se vai voltar a subir...Exemplo: 1) Bancos agora são 100% digitais (banco inter),2) ontem o fiz um depósito no BB, coloquei o dinheiro na máquina sem envelope, a própria máquina contou e efetivou o depósito na hora;

    Enfim, o mundo mudou, a CLT mudou, a regra da poupança também mudou, as empresas mudaram, tudo mudou, e alguns acham que a demanda processual trabalhista não vai mudar nunca....
    avatar
    Korgano Masaka
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 866
    Reputação : 47
    Data de inscrição : 29/07/2015

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por Korgano Masaka em Qua 18 Jul 2018, 1:36 pm

    euvoltei escreveu:Caiu porque caiu....

    No dia a dia, proporcionalmente vejo muito mais acordos... sinal que os autores estão pedindo só o que sabem que tem direito mesmo, e o acordo sai porque a empresa sabe que deve, e resolve logo via acordo, então no segundo grau, vai cair mais ainda...

    Caiu porque diminuíram as aventuras, pois podem sair caras, acabou a farra.

    Caiu porque sindicato já não pode cobrar imposto sindical na JT... nem vai poder cobrar mais.

    Caiu porque o emprego caiu, a economia esfriou, e ninguém sabe se vai voltar a subir...Exemplo: 1) Bancos agora são 100% digitais (banco inter),2) ontem o fiz um depósito no BB, coloquei o dinheiro na máquina sem envelope, a própria máquina contou e efetivou o depósito na hora;

    Enfim, o mundo mudou, a CLT mudou, a regra da poupança também mudou, as empresas mudaram, tudo mudou, e alguns acham que a demanda processual trabalhista não vai mudar nunca....

    A JT é um dinossauro que ainda não percebeu que o asteróide já caiu....
    avatar
    Oziris
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 595
    Reputação : 96
    Data de inscrição : 24/12/2014

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por Oziris em Qua 18 Jul 2018, 1:49 pm

    Jubilando escreveu:
    Korgano Masaka escreveu:
    EmCuiabá escreveu:
    Korgano Masaka escreveu:

    Só temo que ponham os servidores que sobrarem em disponibilidade ou no olho da rua mesmo...
    . Crying or Very sad

    Noticia bem maliciosa, a Justiça do Trabalho está bem longe de agonizar,a redução de processos não foi drástica a tal ponto, e logo volta a subir.. é só uma questão de tempo, os advogados estão se adequando à nova sistemática processual, como, por exemplo os vários cursos de cálculos, a fim de possibilitar sua melhor qualificação para a liquidação dos pedidos.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    As causas voltarão a crescer em breve.
    Adevas estão "analisando o mercado" depois da reforma, só isso.
    Já conversei com diversos e dizem exatamente isso.
    Daí que houve uma retração séria na quantidade de ajuizamento.
    Por enquanto.


    "... os advogados estão se adequando à nova sistemática processual, como, por exemplo os vários cursos de cálculos, a fim de possibilitar sua melhor qualificação para a liquidação dos pedidos".

    Reafirmo e assino embaixo quanto ao reproduzido acima.
    Não vai ser tanta demanda como era, mas subirá consideravelmente e em breve.

    É amigo, queria acreditar no seu otimismo, mas trabalho em setor de estatística de TRT e não é isso que os números estão mostrando.

    A queda é geral e da ordem de 47% a 52%. No regional onde atuo, em Abril o nº de casos novos voltou a subir se comparando ao início do ano, mas em maio e junho já caiu de novo (em junho, queda de 43% comparando 2017 e 2018). Além disso, todas as projeções e simulações são de diminuição. Mas vamos aguardar.

    Inclusive tenho amigos advogados trabalhistas e nenhum deles está otimista, mesmo com o TST tentando uniformizar alguns pontos da reforma (como a questão das custas, horas extras, etc).

    Pra quem trabalha em VT, procurem saber sobre o sistema e-Gestão. Tem muita coisa interessante lá.

    Parece que, se o objetivo era sucatear a JT, estão conseguindo! E acho perfeitamente factível essa fusão, principalmente pela redução de custos fixos que haveria devido a capilaridade das justiças no interior(não precisaria ter uma vara federal e uma vara trabalhista ocupando imóveis diferentes na mesma cidade). Fora que na capital, com o aumento do teletrabalho, tá sobrando espaço nos prédios.

    Acho que para os servidores "comuns" nada muda. Agora pra galera da CJ, ai a coisa tende a complicar.
    avatar
    araponga
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 104
    Reputação : 10
    Data de inscrição : 01/06/2015

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por araponga em Qua 18 Jul 2018, 4:32 pm

    Também trabalho na JT, em VT, e na minha opinião temos a tempestade perfeita:

    - a crise fez com que a imensa maioria dos empregados parassem de cavar despedida imotivada pra receber seguro desemprego, na certeza que depois conseguiria nova colocação.

    - a reforma trabalhista acabou com a criatividade nas reclamações, porque cada pedido indeferido reflete diretamente no valor a ser recebido.

    - acabar com a JT é a forma dos governantes ganharem moral com o empresariado, que é quem sustenta tudo no país ($$$$$$).

    Pra completar, diversos juízes do trabalho com quem conversei se manifestaram a favor da unificação.

    Na minha opinião pouca coisa mudará para os capas. Mas acho que o combo unificação + servidor sobrando trará um monte de força tarefa, mutirão e metas brasil afora (ainda mais com o PJE cada vez mais consolidado).


    Última edição por araponga em Qua 18 Jul 2018, 4:33 pm, editado 1 vez(es) (Razão : .)
    avatar
    Jubilando
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 551
    Reputação : 33
    Data de inscrição : 01/05/2015

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por Jubilando em Qua 18 Jul 2018, 5:09 pm

    Oziris escreveu:
    Jubilando escreveu:
    Korgano Masaka escreveu:
    EmCuiabá escreveu:

    Noticia bem maliciosa, a Justiça do Trabalho está bem longe de agonizar,a redução de processos não foi drástica a tal ponto, e logo volta a subir.. é só uma questão de tempo, os advogados estão se adequando à nova sistemática processual, como, por exemplo os vários cursos de cálculos, a fim de possibilitar sua melhor qualificação para a liquidação dos pedidos.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    As causas voltarão a crescer em breve.
    Adevas estão "analisando o mercado" depois da reforma, só isso.
    Já conversei com diversos e dizem exatamente isso.
    Daí que houve uma retração séria na quantidade de ajuizamento.
    Por enquanto.


    "... os advogados estão se adequando à nova sistemática processual, como, por exemplo os vários cursos de cálculos, a fim de possibilitar sua melhor qualificação para a liquidação dos pedidos".

    Reafirmo e assino embaixo quanto ao reproduzido acima.
    Não vai ser tanta demanda como era, mas subirá consideravelmente e em breve.

    É amigo, queria acreditar no seu otimismo, mas trabalho em setor de estatística de TRT e não é isso que os números estão mostrando.

    A queda é geral e da ordem de 47% a 52%. No regional onde atuo, em Abril o nº de casos novos voltou a subir se comparando ao início do ano, mas em maio e junho já caiu de novo (em junho, queda de 43% comparando 2017 e 2018). Além disso, todas as projeções e simulações são de diminuição. Mas vamos aguardar.

    Inclusive tenho amigos advogados trabalhistas e nenhum deles está otimista, mesmo com o TST tentando uniformizar alguns pontos da reforma (como a questão das custas, horas extras, etc).

    Pra quem trabalha em VT, procurem saber sobre o sistema e-Gestão. Tem muita coisa interessante lá.

    Parece que, se o objetivo era sucatear a JT, estão conseguindo! E acho perfeitamente factível essa fusão, principalmente pela redução de custos fixos que haveria devido a capilaridade das justiças no interior(não precisaria ter uma vara federal e uma vara trabalhista ocupando imóveis diferentes na mesma cidade). Fora que na capital, com o aumento do teletrabalho, tá sobrando espaço nos prédios.

    Acho que para os servidores "comuns" nada muda. Agora pra galera da CJ, ai a coisa tende a complicar.

    Mas não estou otimista, só disse que os números vão subir, porque hoje estão no fundo do poço, mas isso irá mudar em breve.
    Mas também disse que não mais se chegará ao nível de demandas anterior à reforma.
    Os motivos elencados são os mesmos relatados pelo Darkshi.
    avatar
    Korgano Masaka
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 866
    Reputação : 47
    Data de inscrição : 29/07/2015

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por Korgano Masaka em Qui 19 Jul 2018, 11:11 am

    Jubilando escreveu:
    Oziris escreveu:
    Jubilando escreveu:
    Korgano Masaka escreveu:

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    As causas voltarão a crescer em breve.
    Adevas estão "analisando o mercado" depois da reforma, só isso.
    Já conversei com diversos e dizem exatamente isso.
    Daí que houve uma retração séria na quantidade de ajuizamento.
    Por enquanto.


    "... os advogados estão se adequando à nova sistemática processual, como, por exemplo os vários cursos de cálculos, a fim de possibilitar sua melhor qualificação para a liquidação dos pedidos".

    Reafirmo e assino embaixo quanto ao reproduzido acima.
    Não vai ser tanta demanda como era, mas subirá consideravelmente e em breve.

    É amigo, queria acreditar no seu otimismo, mas trabalho em setor de estatística de TRT e não é isso que os números estão mostrando.

    A queda é geral e da ordem de 47% a 52%. No regional onde atuo, em Abril o nº de casos novos voltou a subir se comparando ao início do ano, mas em maio e junho já caiu de novo (em junho, queda de 43% comparando 2017 e 2018). Além disso, todas as projeções e simulações são de diminuição. Mas vamos aguardar.

    Inclusive tenho amigos advogados trabalhistas e nenhum deles está otimista, mesmo com o TST tentando uniformizar alguns pontos da reforma (como a questão das custas, horas extras, etc).

    Pra quem trabalha em VT, procurem saber sobre o sistema e-Gestão. Tem muita coisa interessante lá.

    Parece que, se o objetivo era sucatear a JT, estão conseguindo! E acho perfeitamente factível essa fusão, principalmente pela redução de custos fixos que haveria devido a capilaridade das justiças no interior(não precisaria ter uma vara federal e uma vara trabalhista ocupando imóveis diferentes na mesma cidade). Fora que na capital, com o aumento do teletrabalho, tá sobrando espaço nos prédios.

    Acho que para os servidores "comuns" nada muda. Agora pra galera da CJ, ai a coisa tende a complicar.

    Mas não estou otimista, só disse que os números vão subir, porque hoje estão no fundo do poço, mas isso irá mudar em breve.
    Mas também disse que não mais se chegará ao nível de demandas anterior à reforma.
    Os motivos elencados são os mesmos relatados pelo Darkshi.

    Ou seja, a tendência é a extinção....
    Crying or Very sad
    avatar
    Jubilando
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 551
    Reputação : 33
    Data de inscrição : 01/05/2015

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por Jubilando em Qui 19 Jul 2018, 1:06 pm

    Korgano Masaka escreveu:
    Jubilando escreveu:
    Oziris escreveu:
    Jubilando escreveu:


    As causas voltarão a crescer em breve.
    Adevas estão "analisando o mercado" depois da reforma, só isso.
    Já conversei com diversos e dizem exatamente isso.
    Daí que houve uma retração séria na quantidade de ajuizamento.
    Por enquanto.


    "... os advogados estão se adequando à nova sistemática processual, como, por exemplo os vários cursos de cálculos, a fim de possibilitar sua melhor qualificação para a liquidação dos pedidos".

    Reafirmo e assino embaixo quanto ao reproduzido acima.
    Não vai ser tanta demanda como era, mas subirá consideravelmente e em breve.

    É amigo, queria acreditar no seu otimismo, mas trabalho em setor de estatística de TRT e não é isso que os números estão mostrando.

    A queda é geral e da ordem de 47% a 52%. No regional onde atuo, em Abril o nº de casos novos voltou a subir se comparando ao início do ano, mas em maio e junho já caiu de novo (em junho, queda de 43% comparando 2017 e 2018). Além disso, todas as projeções e simulações são de diminuição. Mas vamos aguardar.

    Inclusive tenho amigos advogados trabalhistas e nenhum deles está otimista, mesmo com o TST tentando uniformizar alguns pontos da reforma (como a questão das custas, horas extras, etc).

    Pra quem trabalha em VT, procurem saber sobre o sistema e-Gestão. Tem muita coisa interessante lá.

    Parece que, se o objetivo era sucatear a JT, estão conseguindo! E acho perfeitamente factível essa fusão, principalmente pela redução de custos fixos que haveria devido a capilaridade das justiças no interior(não precisaria ter uma vara federal e uma vara trabalhista ocupando imóveis diferentes na mesma cidade). Fora que na capital, com o aumento do teletrabalho, tá sobrando espaço nos prédios.

    Acho que para os servidores "comuns" nada muda. Agora pra galera da CJ, ai a coisa tende a complicar.

    Mas não estou otimista, só disse que os números vão subir, porque hoje estão no fundo do poço, mas isso irá mudar em breve.
    Mas também disse que não mais se chegará ao nível de demandas anterior à reforma.
    Os motivos elencados são os mesmos relatados pelo Darkshi.

    Ou seja, a tendência é a extinção....
    Crying or Very sad

    Não tenho essa visão. Os conflitos sempre existirão e alguém terá de julgar.
    A não ser que cheguemos ao nível de semi-escravização ao estilo China, o que envolveria não só extinção da JT, mas do próprio Direito do Trabalho, talvez até seja essa a intenção dos reformistas.
    Mas isso não tem como se afirmar se e quando vai ocorrer, com o devido respeito que tenho aos demais opinadores do fórum.
    avatar
    Korgano Masaka
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 866
    Reputação : 47
    Data de inscrição : 29/07/2015

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por Korgano Masaka em Qui 19 Jul 2018, 2:16 pm

    Jubilando escreveu:
    Korgano Masaka escreveu:
    Jubilando escreveu:
    Oziris escreveu:

    É amigo, queria acreditar no seu otimismo, mas trabalho em setor de estatística de TRT e não é isso que os números estão mostrando.

    A queda é geral e da ordem de 47% a 52%. No regional onde atuo, em Abril o nº de casos novos voltou a subir se comparando ao início do ano, mas em maio e junho já caiu de novo (em junho, queda de 43% comparando 2017 e 2018). Além disso, todas as projeções e simulações são de diminuição. Mas vamos aguardar.

    Inclusive tenho amigos advogados trabalhistas e nenhum deles está otimista, mesmo com o TST tentando uniformizar alguns pontos da reforma (como a questão das custas, horas extras, etc).

    Pra quem trabalha em VT, procurem saber sobre o sistema e-Gestão. Tem muita coisa interessante lá.

    Parece que, se o objetivo era sucatear a JT, estão conseguindo! E acho perfeitamente factível essa fusão, principalmente pela redução de custos fixos que haveria devido a capilaridade das justiças no interior(não precisaria ter uma vara federal e uma vara trabalhista ocupando imóveis diferentes na mesma cidade). Fora que na capital, com o aumento do teletrabalho, tá sobrando espaço nos prédios.

    Acho que para os servidores "comuns" nada muda. Agora pra galera da CJ, ai a coisa tende a complicar.

    Mas não estou otimista, só disse que os números vão subir, porque hoje estão no fundo do poço, mas isso irá mudar em breve.
    Mas também disse que não mais se chegará ao nível de demandas anterior à reforma.
    Os motivos elencados são os mesmos relatados pelo Darkshi.

    Ou seja, a tendência é a extinção....
    Crying or Very sad

    Não tenho essa visão. Os conflitos sempre existirão e alguém terá de julgar.
    A não ser que cheguemos ao nível de semi-escravização ao estilo China, o que envolveria não só extinção da JT, mas do próprio Direito do Trabalho, talvez até seja essa a intenção dos reformistas.
    Mas isso não tem como se afirmar se e quando vai ocorrer, com o devido respeito que tenho aos demais opinadores do fórum.

    Acho que os reformadores querem o nível de trabalho como nos EUA e parte da Europa. Remuneração por hora trabalhada e menos encargos. Assim poderia se aumentar a remuneração dos trabalhadores e diminuir a participação do Estado com impostos. A relação trabalhista seria puramente civil, sem interferência estatal.
    avatar
    cavalo
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 85
    Reputação : 15
    Data de inscrição : 07/06/2015

    A passo de tartaruga

    Mensagem por cavalo em Qui 19 Jul 2018, 2:32 pm

    Jubilando escreveu:
    Korgano Masaka escreveu:
    Jubilando escreveu:
    Oziris escreveu:

    É amigo, queria acreditar no seu otimismo, mas trabalho em setor de estatística de TRT e não é isso que os números estão mostrando.

    A queda é geral e da ordem de 47% a 52%. No regional onde atuo, em Abril o nº de casos novos voltou a subir se comparando ao início do ano, mas em maio e junho já caiu de novo (em junho, queda de 43% comparando 2017 e 2018). Além disso, todas as projeções e simulações são de diminuição. Mas vamos aguardar.

    Inclusive tenho amigos advogados trabalhistas e nenhum deles está otimista, mesmo com o TST tentando uniformizar alguns pontos da reforma (como a questão das custas, horas extras, etc).

    Pra quem trabalha em VT, procurem saber sobre o sistema e-Gestão. Tem muita coisa interessante lá.

    Parece que, se o objetivo era sucatear a JT, estão conseguindo! E acho perfeitamente factível essa fusão, principalmente pela redução de custos fixos que haveria devido a capilaridade das justiças no interior(não precisaria ter uma vara federal e uma vara trabalhista ocupando imóveis diferentes na mesma cidade). Fora que na capital, com o aumento do teletrabalho, tá sobrando espaço nos prédios.

    Acho que para os servidores "comuns" nada muda. Agora pra galera da CJ, ai a coisa tende a complicar.

    Mas não estou otimista, só disse que os números vão subir, porque hoje estão no fundo do poço, mas isso irá mudar em breve.
    Mas também disse que não mais se chegará ao nível de demandas anterior à reforma.
    Os motivos elencados são os mesmos relatados pelo Darkshi.

    Ou seja, a tendência é a extinção....
    Crying or Very sad

    Não tenho essa visão. Os conflitos sempre existirão e alguém terá de julgar.
    A não ser que cheguemos ao nível de semi-escravização ao estilo China, o que envolveria não só extinção da JT, mas do próprio Direito do Trabalho, talvez até seja essa a intenção dos reformistas.
    Mas isso não tem como se afirmar se e quando vai ocorrer, com o devido respeito que tenho aos demais opinadores do fórum.

    Essa discussão vai ser demorada, e até tomar uma forma que possa ser viabilizada, muita água vai correr por baixo da ponte. A recente votação da LDO mostrou que tem pouca gente interessada em reduzir gastos, pois o que interessa é o poder, sempre! Com tantos Juizes trabalhistas nesse país, com grande influência social, principalmente no interior, não será fácil convencer deputados e senadores a diminuir, ou mesmo fundir, essa justiça especializada.Se alguma coisa acontecer vai ser a médio e longo prazo: primeiro surgirão propostas, aqui e ali; depois virão os "contras" e "a favor"; e, por último, alguma coisa acontecerá, mas não dá bem para imaginar o que. De concreto, pode haver, a médio prazo, uma redução na JT, caso não se preencham as vagas, e se promovam remanejamentos, nos moldes do que fará o Executivo.
    Ou seja, mudanças no judiciário serão feitas a passo de tartaruga, pois ainda é um Poder poderoso!
    avatar
    Jubilando
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 551
    Reputação : 33
    Data de inscrição : 01/05/2015

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por Jubilando em Qui 19 Jul 2018, 3:44 pm

    Korgano Masaka escreveu:
    Jubilando escreveu:
    Korgano Masaka escreveu:
    Jubilando escreveu:

    Mas não estou otimista, só disse que os números vão subir, porque hoje estão no fundo do poço, mas isso irá mudar em breve.
    Mas também disse que não mais se chegará ao nível de demandas anterior à reforma.
    Os motivos elencados são os mesmos relatados pelo Darkshi.

    Ou seja, a tendência é a extinção....
    Crying or Very sad

    Não tenho essa visão. Os conflitos sempre existirão e alguém terá de julgar.
    A não ser que cheguemos ao nível de semi-escravização ao estilo China, o que envolveria não só extinção da JT, mas do próprio Direito do Trabalho, talvez até seja essa a intenção dos reformistas.
    Mas isso não tem como se afirmar se e quando vai ocorrer, com o devido respeito que tenho aos demais opinadores do fórum.

    Acho que os reformadores querem o nível de trabalho como nos EUA e parte da Europa. Remuneração por hora trabalhada e menos encargos. Assim poderia se aumentar a remuneração dos trabalhadores e diminuir a participação do Estado com impostos. A relação trabalhista seria puramente civil, sem interferência estatal.

    Seria um mundo bom.
    O problema é que, diferente dos EUA e Europa, aqui não só os trabalhadores são brasileiros, mas também os empregadores.
    Então, é toda uma cultura que precisa mudar, não apenas parte das regras.
    E hoje (ainda) não vejo condições para que isso aconteça. Culturalmente falando.
    avatar
    Korgano Masaka
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 866
    Reputação : 47
    Data de inscrição : 29/07/2015

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por Korgano Masaka em Qui 19 Jul 2018, 4:23 pm

    Jubilando escreveu:
    Korgano Masaka escreveu:
    Jubilando escreveu:
    Korgano Masaka escreveu:

    Ou seja, a tendência é a extinção....
    Crying or Very sad

    Não tenho essa visão. Os conflitos sempre existirão e alguém terá de julgar.
    A não ser que cheguemos ao nível de semi-escravização ao estilo China, o que envolveria não só extinção da JT, mas do próprio Direito do Trabalho, talvez até seja essa a intenção dos reformistas.
    Mas isso não tem como se afirmar se e quando vai ocorrer, com o devido respeito que tenho aos demais opinadores do fórum.

    Acho que os reformadores querem o nível de trabalho como nos EUA e parte da Europa. Remuneração por hora trabalhada e menos encargos. Assim poderia se aumentar a remuneração dos trabalhadores e diminuir a participação do Estado com impostos. A relação trabalhista seria puramente civil, sem interferência estatal.

    Seria um mundo bom.
    O problema é que, diferente dos EUA e Europa, aqui não só os trabalhadores são brasileiros, mas também os empregadores.
    Então, é toda uma cultura que precisa mudar, não apenas parte das regras.
    E hoje (ainda) não vejo condições para que isso aconteça. Culturalmente falando.

    Só o agravamento da recessão fará isso...

    Conteúdo patrocinado

    Re: Projeto na Câmara é incorporar a Justiça do Trabalho à Justiça Federal

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg 15 Out 2018, 8:18 am