PCS JÁ



    Novo PCS

    Compartilhe
    avatar
    euvoltei
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 972
    Reputação : 115
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por euvoltei em Dom 25 Mar 2018, 9:53 pm

    Galizezin escreveu:Esse é problema! Enquanto o STF não julga a data-base dos servidores o governo faz o que bem pretende com o funcionalismo. Correção e reajuste são termos distintos, qualquer pessoa sabe disso, menos o governo. Qualquer tipo de congelamento salarial imposto, seja por conta da EC95, é um absurdo jurídico que precisa ser eliminado, e a via legal seria interpretações oriundas do judiciário.

    Data-base, minha opinião:

    1) Entendo que realmente é um direito.
    2) Entendo que cada direito, deveria acarretar um ou mais deveres, que nesse caso, não gera dever adicional nenhum. OBS: Para o direto salário, já existe o dever trabalho, é outra coisa.
    3) Servidor público, no geral, não pensa no país, como nação, como  estado, como nada. Não pensa que o país precisa dar certo, que as pessoas/empresas precisam lucrar, empreender; e  que isso é importante até para ele mesmo.
    4) Servidor público não liga se sua rotina/trabalho, constitui um peso excessivo para os cidadãos/empresas, não liga se seu trabalho faz alguma lógica no mundo, para a sociedade,etc. No fundo, ele não está nem aí, só quer cumprir suas horas/afazeres e tchau.
    5) Um serviço público mal prestado, gera inflação, que corrói a renda de todos que contribuíram ou não para ela. No caso, muitos se prejudicam sem culpa alguma.
    6) Servidor público, deseja data-base para se blindar completamente de um problema, que em boa parte, ele mesmo alimentou (item 4).
    7) Servidor público, quer um direito(item 1), sem nenhum dever, como contraprestação (item 3), isso é errado (item 2).
    8 )" Direito adquirido e expectativa de direito são robustos conceitos jurídicos, mas fragilíssimos conceitos econômicos. Não há ordem judicial que faça aparecer um dinheiro que não há." *
    9)" O orçamento público é insuficiente. Para tudo (exceto para os barões)." *

    Minha conclusão:
    Não vai ser regulamentado ou julgado procedente.  Se acaso for, não vai ter efetividade real é nunca. Políticos(dos três poderes) não são amadores, e sabem que isso ocorrendo efetivamente terá um poder de gerar cataclismo nas contas públicas, além de retroalimentar as causas, por si e só.
    Enfim, para mim, isso nem existe... é mais um conto de fadas/trouxas, da constituição do tipo igual: "saúde e segurança são direitos universais".
    "E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará." João 8:32. Conheça a verdade, e se liberte também.


    * [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    avatar
    euvoltei
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 972
    Reputação : 115
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por euvoltei em Dom 25 Mar 2018, 10:12 pm

    Solução?
    Data-base vinculada ao crescimento do país, para cima ou para baixo.  

    Aí sim, teríamos servidores públicos, ser esforçando para que:
    1) carros não apodreçam nos pátios do detran,
    2) Armas apreendidas retornem para as polícias
    3) Fiscalizando efetivamente obras públicas
    4) Professores ensinado realmente profissões
    5) se evite Cartas precatórias e citações para executar R$ 50,00, R$ 80,00
    6) se Compartilhem cadastros, facilitando a abertura/fechamento de empresas,
    7) Não seja desperdiçado material de consumo,
    8 ) Só seja requisitado computadores e impressoras quando realmente necessário.


    Etc....
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 5590
    Reputação : 206
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Galizezin em Seg 26 Mar 2018, 9:11 am

    Todos os anos vemos impostos, serviços e bens serem indexados, no mínimo pelo índice inflacionário.
    Contudo, o câncer do país são seus servidores públicos.

    Até parece que nossos empresários são vitimas do estado, enquanto vemos uma JBF vender carne podre até para o exterior, e outros industriais que aplicam golpes do tipo, reduzir o tamanho do chocolate e manter o mesmo preço (shrinkflation).

    Sim, a maior parte dos servidores é descompromissado com a nação e só pensa no próprio umbigo, mas vejo que o exemplo vem de cima.

    Não há controle algum dos gastos com obras públicas, por isso o nível de corrupção do jeito que está. Desvios não afundam um país? Nosso judiciário é corrupto declarado, vide última decisão favorável ao molusco.


    _________________
    NO RACISM!
    avatar
    euvoltei
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 972
    Reputação : 115
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por euvoltei em Seg 26 Mar 2018, 9:21 am

    Galizezin escreveu:Todos os anos vemos impostos, serviços e bens serem indexados, no mínimo pelo índice inflacionário.
    Contudo, o câncer do país são seus servidores públicos.

    Até parece que nossos empresários são vitimas do estado, enquanto vemos uma JBF vender carne podre até para o exterior, e outros industriais que aplicam golpes do tipo, reduzir o tamanho do chocolate e manter o mesmo preço (shrinkflation).

    Sim, a maior parte dos servidores é descompromissado com a nação e só pensa no próprio umbigo, mas vejo que o exemplo vem de cima.

    Não há controle algum dos gastos com obras públicas, por isso o nível de corrupção do jeito que está. Desvios não afundam um país? Nosso judiciário é corrupto declarado, vide última decisão favorável ao molusco.

    "Restaure-se a moralidade ou locupletemo-nos todos!"
    avatar
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1820
    Reputação : 243
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por androsvilazza em Seg 26 Mar 2018, 9:54 am

    euvoltei escreveu:
    Galizezin escreveu:Todos os anos vemos impostos, serviços e bens serem indexados, no mínimo pelo índice inflacionário.
    Contudo, o câncer do país são seus servidores públicos.

    Até parece que nossos empresários são vitimas do estado, enquanto vemos uma JBF vender carne podre até para o exterior, e outros industriais que aplicam golpes do tipo, reduzir o tamanho do chocolate e manter o mesmo preço (shrinkflation).

    Sim, a maior parte dos servidores é descompromissado com a nação e só pensa no próprio umbigo, mas vejo que o exemplo vem de cima.

    Não há controle algum dos gastos com obras públicas, por isso o nível de corrupção do jeito que está. Desvios não afundam um país? Nosso judiciário é corrupto declarado, vide última decisão favorável ao molusco.

    "Restaure-se a moralidade ou locupletemo-nos todos!"

    Essa de "o exemplo vem de cima", ou "a cúpula dos Poderes é reflexo da população" me lembra muito da velha (e eterna) discussão sobre "o que veio primeiro: o ovo ou a galinha?" É um círculo (neste caso vicioso) que se retroalimenta, e ninguém jamais pensa em fazer algo pra mudar, porque "a iniciativa tem de vir do outro, não fui eu quem começou".

    Esse país está é perdido, mesmo.

    jornalista
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1084
    Reputação : 30
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por jornalista em Seg 26 Mar 2018, 9:54 am

    euvoltei escreveu:
    Galizezin escreveu:Todos os anos vemos impostos, serviços e bens serem indexados, no mínimo pelo índice inflacionário.
    Contudo, o câncer do país são seus servidores públicos.

    Até parece que nossos empresários são vitimas do estado, enquanto vemos uma JBF vender carne podre até para o exterior, e outros industriais que aplicam golpes do tipo, reduzir o tamanho do chocolate e manter o mesmo preço (shrinkflation).

    Sim, a maior parte dos servidores é descompromissado com a nação e só pensa no próprio umbigo, mas vejo que o exemplo vem de cima.

    Não há controle algum dos gastos com obras públicas, por isso o nível de corrupção do jeito que está. Desvios não afundam um país? Nosso judiciário é corrupto declarado, vide última decisão favorável ao molusco.

    "Restaure-se a moralidade ou locupletemo-nos todos!"
    Como crente, prefiro a primeira parte da sentença.
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 5590
    Reputação : 206
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Galizezin em Seg 26 Mar 2018, 11:42 am

    euvoltei escreveu:
    Galizezin escreveu:Todos os anos vemos impostos, serviços e bens serem indexados, no mínimo pelo índice inflacionário.
    Contudo, o câncer do país são seus servidores públicos.

    Até parece que nossos empresários são vitimas do estado, enquanto vemos uma JBF vender carne podre até para o exterior, e outros industriais que aplicam golpes do tipo, reduzir o tamanho do chocolate e manter o mesmo preço (shrinkflation).

    Sim, a maior parte dos servidores é descompromissado com a nação e só pensa no próprio umbigo, mas vejo que o exemplo vem de cima.

    Não há controle algum dos gastos com obras públicas, por isso o nível de corrupção do jeito que está. Desvios não afundam um país? Nosso judiciário é corrupto declarado, vide última decisão favorável ao molusco.

    "Restaure-se a moralidade ou locupletemo-nos todos!"


    Faço a minha parte, mas não obrigo nenhum adulto fazer a sua. Isso, como já dito, é questão de caráter.


    _________________
    NO RACISM!
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 5590
    Reputação : 206
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Galizezin em Seg 26 Mar 2018, 11:47 am

    androsvilazza escreveu:
    euvoltei escreveu:
    Galizezin escreveu:Todos os anos vemos impostos, serviços e bens serem indexados, no mínimo pelo índice inflacionário.
    Contudo, o câncer do país são seus servidores públicos.

    Até parece que nossos empresários são vitimas do estado, enquanto vemos uma JBF vender carne podre até para o exterior, e outros industriais que aplicam golpes do tipo, reduzir o tamanho do chocolate e manter o mesmo preço (shrinkflation).

    Sim, a maior parte dos servidores é descompromissado com a nação e só pensa no próprio umbigo, mas vejo que o exemplo vem de cima.

    Não há controle algum dos gastos com obras públicas, por isso o nível de corrupção do jeito que está. Desvios não afundam um país? Nosso judiciário é corrupto declarado, vide última decisão favorável ao molusco.

    "Restaure-se a moralidade ou locupletemo-nos todos!"

    Essa de "o exemplo vem de cima", ou "a cúpula dos Poderes é reflexo da população" me lembra muito da velha (e eterna) discussão sobre "o que veio primeiro: o ovo ou a galinha?" É um círculo (neste caso vicioso) que se retroalimenta, e ninguém jamais pensa em fazer algo pra mudar, porque "a iniciativa tem de vir do outro, não fui eu quem começou".

    Esse país está é perdido, mesmo.


    Justiça que prende ladrão de galinha e solta Lula e Aécio...

    Sim, exemplo vem de cima. Ou na tua casa foi diferente? Se o pai bebe e fuma, o filho vai pelo mesmo caminho. Se o pai trafica, o filho provavelmente será um traficante. Palavras convencem, exemplos arrastam!

    Mas, voltando ao assunto, desde quando é crime e imoral trabalhador brigar por seu poder aquisitivo?


    _________________
    NO RACISM!
    avatar
    euvoltei
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 972
    Reputação : 115
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por euvoltei em Seg 26 Mar 2018, 12:15 pm

    Galizezin escreveu:(...)
    Mas, voltando ao assunto, desde quando é crime e imoral trabalhador brigar por seu poder aquisitivo?

    Olha... entendo sua indignação, ela é legítima (item 1)...
    Daí, é só continuar a leitura até a minha conclusão.
    Se não concordar, não há problema, há liberdade ter outro raciocínio, outras conclusões, e tomar outras atitudes.
    Boa sorte.

    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 5590
    Reputação : 206
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Galizezin em Seg 26 Mar 2018, 12:29 pm

    euvoltei escreveu:
    Galizezin escreveu:(...)
    Mas, voltando ao assunto, desde quando é crime e imoral trabalhador brigar por seu poder aquisitivo?

    Olha... entendo sua indignação, ela é legítima (item 1)...
    Daí, é só continuar a leitura até a minha conclusão.
    Se não concordar, não há problema, há liberdade ter outro raciocínio, outras conclusões, e tomar outras atitudes.
    Boa sorte.


    Na tua visão, o problema do BR é o servidor público, quando na verdade ele tem uma parcela de culpa.



    _________________
    NO RACISM!
    avatar
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1820
    Reputação : 243
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por androsvilazza em Seg 26 Mar 2018, 12:43 pm

    Galizezin escreveu:
    androsvilazza escreveu:
    euvoltei escreveu:
    Galizezin escreveu:Todos os anos vemos impostos, serviços e bens serem indexados, no mínimo pelo índice inflacionário.
    Contudo, o câncer do país são seus servidores públicos.

    Até parece que nossos empresários são vitimas do estado, enquanto vemos uma JBF vender carne podre até para o exterior, e outros industriais que aplicam golpes do tipo, reduzir o tamanho do chocolate e manter o mesmo preço (shrinkflation).

    Sim, a maior parte dos servidores é descompromissado com a nação e só pensa no próprio umbigo, mas vejo que o exemplo vem de cima.

    Não há controle algum dos gastos com obras públicas, por isso o nível de corrupção do jeito que está. Desvios não afundam um país? Nosso judiciário é corrupto declarado, vide última decisão favorável ao molusco.

    "Restaure-se a moralidade ou locupletemo-nos todos!"

    Essa de "o exemplo vem de cima", ou "a cúpula dos Poderes é reflexo da população" me lembra muito da velha (e eterna) discussão sobre "o que veio primeiro: o ovo ou a galinha?" É um círculo (neste caso vicioso) que se retroalimenta, e ninguém jamais pensa em fazer algo pra mudar, porque "a iniciativa tem de vir do outro, não fui eu quem começou".

    Esse país está é perdido, mesmo.


    Justiça que prende ladrão de galinha e solta Lula e Aécio...

    Sim, exemplo vem de cima. Ou na tua casa foi diferente? Se o pai bebe e fuma, o filho vai pelo mesmo caminho. Se o pai trafica, o filho provavelmente será um traficante. Palavras convencem, exemplos arrastam!

    Mas, voltando ao assunto, desde quando é crime e imoral trabalhador brigar por seu poder aquisitivo?

    O exemplo vem de cima, sim. Mas o que eu estou dizendo é que "o povo" é quem coloca lá os governantes, que nomeiam ministros de tribunais superiores, que são aprovados pelo Legislativo, e todos juntos dão o exemplo. Ou seja, é um círculo negativo que se retroalimenta.

    Quanto a brigar por poder aquisitivo, concordo que é um direito plenamente válido. Assim como é "válida" a impressão (que considero errada, pois generalizante) de alguns, de que não fazemos o suficiente para merecer tal poder aquisitivo. A questão é que, ou aprendemos a mudar essa impressão, inclusive nos que detêm o real poder de mando, ou nada feito. Por enquanto, vejo que os servidores em geral, para a cúpula do Judiciário/MPU, ainda estão abaixo, na escala de importância, em relação a determinadas benesses: auxílios-moradia, funções de confiança e cargos em comissão, diárias e passagens, reformas de sedes, entrevistas coletivas, eventos ao redor do país e no exterior, etc...

    avatar
    euvoltei
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 972
    Reputação : 115
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por euvoltei em Seg 26 Mar 2018, 12:53 pm

    Galizezin escreveu:

    Na tua visão, o problema do BR é o servidor público, quando na verdade ele tem uma parcela de culpa.


    Quase isso... servidor público, do modo que existe hoje, é sim uma parte do problema; e a sociedade entende assim.

    Enquanto ele não mudar e passar ser uma parte da solução, e a sociedade passar a perceber isso, tudo só vai piorar.

    Lamento profundamente quando vejo situações desperdícios, retrabalho, ou burocracia pela burocracia.... isso só mostra mostra que ainda teremos que sofrer mais para entender.


    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 5590
    Reputação : 206
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Galizezin em Seg 26 Mar 2018, 1:47 pm

    Brasil: É tipo o general colocando a culpa nos recrutas.

    Da mesma forma na Coreia do Norte, onde a culpa é do povo e não de Kim Jong Un.


    _________________
    NO RACISM!
    avatar
    Pimponete
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 38
    Reputação : 5
    Data de inscrição : 16/08/2017

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Pimponete em Seg 26 Mar 2018, 2:20 pm

    [/quote]

    Quase isso... servidor público, do modo que existe hoje, é sim uma parte do problema; e a sociedade entende assim.

    Enquanto ele não mudar e passar ser uma parte da solução, e a sociedade passar a perceber isso, tudo só vai piorar.

    Lamento profundamente quando vejo situações desperdícios, retrabalho, ou burocracia pela burocracia.... isso só mostra mostra que ainda teremos que sofrer mais para entender.


    [/quote]

    Nem todo servidor público é uma parte do problema. Essa generalização na tua fala é que é o problema. Existem instituições e órgãos que a população sequer sabe o que fazem (mas estão lá fazendo o seu trabalho) e são criticados da mesma forma.

    Tem gente que trabalha bem, que faz o que tem que ser feito. Esse (s) indivíduo (s) é (são) realmente parte do problema? Claro que não.

    avatar
    Oziris
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 594
    Reputação : 96
    Data de inscrição : 24/12/2014

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Oziris em Seg 26 Mar 2018, 2:59 pm

    Não adianta lutar contra O MECANISMO....hehe

    Eu já entreguei os pontos. Desisti! Negócio agora é bolar uma estratégia pra "sair por cima" e arrumar outra coisa em alguma terra civilizada.
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 5590
    Reputação : 206
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Galizezin em Seg 26 Mar 2018, 4:54 pm

    Quase isso... servidor público, do modo que existe hoje, é sim uma parte do problema; e a sociedade entende assim.

    Enquanto ele não mudar e passar ser uma parte da solução, e a sociedade passar a perceber isso, tudo só vai piorar.

    Lamento profundamente quando vejo situações desperdícios, retrabalho, ou burocracia pela burocracia.... isso só mostra mostra que ainda teremos que sofrer mais para entender.


    [/quote]

    Nem todo servidor público é uma parte do problema. Essa generalização na tua fala é que é o problema. Existem instituições e órgãos que a população sequer sabe o que fazem (mas estão lá fazendo o seu trabalho) e são criticados da mesma forma.

    Tem gente que trabalha bem, que faz o que tem que ser feito. Esse (s) indivíduo (s)  é (são) realmente parte do problema? Claro que não.

    [/quote]

    O mais engraçado é que essa insistente generalização - de que barnabé é tudo igual - parte de gente que está do lado de dentro.


    _________________
    NO RACISM!

    jornalista
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1084
    Reputação : 30
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por jornalista em Seg 26 Mar 2018, 7:44 pm

    Oziris escreveu:Não adianta lutar contra O MECANISMO....hehe

    Eu já entreguei os pontos. Desisti! Negócio agora é bolar uma estratégia pra "sair por cima" e arrumar outra coisa em alguma terra civilizada.
    Conheci os EUA e procurei várias formas de imigrar legalmente. Não existe para o meu perfil. Até o sorteio da loteria do green card acabou para brasileiros. Vi a história de um mexicano que vivia há trinta anos e foi deportado, mesmo estabilizado e com filhos americanos. Triste. Depois da aposentadoria, penso no interior, se é que será viável daqui a alguns anos.
    avatar
    euvoltei
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 972
    Reputação : 115
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por euvoltei em Seg 26 Mar 2018, 8:23 pm

    Falei de generalizando, pois é o perfil geral mesmo... Há centros de excelência dentro do serviço público... Referências mesmo...

    Mas há tbm universidades que só querem ensinar marxismo, tem órgãos com mais requisitado que efetivos, programa Fantástico taí todo domingo mostrando... O centro de culpa não somos nós... Mas também nós deixamos pra lá mesmo... Por exemplo, há uma queda absurda na demanda da justiça do trabalho, 40%, alguns lugares com 50% menos de ações...

    E nós, vamos propor o que? Fusão com justiça federal? Com a JE?? Enxugar funções?? Cargos??
    Ou vamos deixar os outros proporem e decidirem??
    Ou deixa pra lá mesmo???
    Nada vai sair de proposta de nós mesmos??


    tec.tre
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Cargo : Peão
    Mensagens : 61
    Reputação : 1
    Data de inscrição : 01/04/2014

    Re: Novo PCS

    Mensagem por tec.tre em Ter 27 Mar 2018, 12:43 am

    Eu não consigo entender essa lógica de que o culpado de todos os males do país é o servidor público.

    O Brasil gasta menos com servidor público, em % do PIB, do que a média dos países da OCDE, e tem número bem parecidos com o da América Latina, segundo dados do Ministério do Planejamento. Além disso, nosso limite prudencial da LRF está bem controlado. O crescimento real de 2003-2010 não acontece mais, e logo logo estaremos de volta aos números de 1995, com FHC. Então o que o servidor público tem a ver? Só recebemos ataque e mais ataque. A mídia não joga com a verdade, prefere inventar que existe "advogado" no judiciário ganhando 30 mil.

    Por outro lado, é claro e evidente que precisamos instituir práticas para melhorar o desempenho e a produtividade no serviço público, mas isso não vai acontecer reduzindo salário e suprimindo direitos básicos como a data-base. Somos servidores do povo, mas não somos escravos nem capachos.

    Aliás, a data-base seria uma solução definitiva para os reajustes bilionários que o governo concede, e que viram mais lenha para a mídia queimar os servidores. Além disso, seria uma política alinhada com o teto dos gastos.

    Por fim, extinguir a Justiça do Trabalho? Não faz nem 1 ano que a nova lei trabalhista entrou em vigor. Não dá para saber se serão reduzidos a tal ponto o número de ações. Acredito que nunca será extinta. Existem países que possuem uma Justiça do Trabalho tão forte como a nossa, que é o caso da França e Alemanha, inclusive com Tribunais regionais e federais.

    O problema é que toda inovação brasileira já tem um preconceito. É o velho complexo de vira lata.


    jornalista
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1084
    Reputação : 30
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por jornalista em Ter 27 Mar 2018, 7:09 am

    tec.tre escreveu:Eu não consigo entender essa lógica de que o culpado de todos os males do país é o servidor público.

    O Brasil gasta menos com servidor público, em % do PIB, do que a média dos países da OCDE, e tem número bem parecidos com o da América Latina, segundo dados do Ministério do Planejamento. Além disso, nosso limite prudencial da LRF está bem controlado. O crescimento real de 2003-2010 não acontece mais, e logo logo estaremos de volta aos números de 1995, com FHC. Então o que o servidor público tem a ver? Só recebemos ataque e mais ataque. A mídia não joga com a verdade, prefere inventar que existe "advogado" no judiciário ganhando 30 mil.

    Por outro lado, é claro e evidente que precisamos instituir práticas para melhorar o desempenho e a produtividade no serviço público, mas isso não vai acontecer reduzindo salário e suprimindo direitos básicos como a data-base. Somos servidores do povo, mas não somos escravos nem capachos.

    Aliás, a data-base seria uma solução definitiva para os reajustes bilionários que o governo concede, e que viram mais lenha para a mídia queimar os servidores. Além disso, seria uma política alinhada com o teto dos gastos.

    Por fim, extinguir a Justiça do Trabalho? Não faz nem 1 ano que a nova lei trabalhista entrou em vigor. Não dá para saber se serão reduzidos a tal ponto o número de ações. Acredito que nunca será extinta. Existem países que possuem uma Justiça do Trabalho tão forte como a nossa, que é o caso da França e Alemanha, inclusive com Tribunais regionais e federais.

    O problema é que toda inovação brasileira já tem um preconceito. É o velho complexo de vira lata.

    Acho que o colega foi irônico sobre servidores. Claro que não somos os males, somos o bode expiatório. A corrupção, o compadrio, o estatismo exagerado, a troca de favores, a má gestão, a falta de profissionalismo, entre outros, são os principais problemas do setor público. Mesmo que todos nós ganhássemos 1,5 salário, ainda assim seríamos vistos como marajás.
    avatar
    Bastião
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 102
    Reputação : 3
    Data de inscrição : 10/11/2017

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Bastião em Ter 27 Mar 2018, 7:24 am

    Talvez se fosse esclarecido o número de cargos comissionados Brasil afora que são apenas agregados de partidos e políticos, e também passassem a tesoura, as contas fechariam melhor para os concursados.

    E não se limita à esfera federal apenas.
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 5590
    Reputação : 206
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Galizezin em Ter 27 Mar 2018, 11:04 am

    jornalista escreveu:
    Oziris escreveu:Não adianta lutar contra O MECANISMO....hehe

    Eu já entreguei os pontos. Desisti! Negócio agora é bolar uma estratégia pra "sair por cima" e arrumar outra coisa em alguma terra civilizada.
    Conheci os EUA e procurei várias formas de imigrar legalmente. Não existe para o meu perfil. Até o sorteio da loteria do green card acabou para brasileiros. Vi a história de um mexicano que vivia há trinta anos e foi deportado, mesmo estabilizado e com filhos americanos. Triste. Depois da aposentadoria, penso no interior, se é que será viável daqui a alguns anos.

    Ouvi dizer de gente que fez a seguinte jogada para entrar nos EUA: imigra para Portugal. Com a cidadania europeia, depois é fácil ir para os EUA.


    _________________
    NO RACISM!
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 5590
    Reputação : 206
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Galizezin em Ter 27 Mar 2018, 11:07 am

    tec.tre escreveu:Eu não consigo entender essa lógica de que o culpado de todos os males do país é o servidor público.

    O Brasil gasta menos com servidor público, em % do PIB, do que a média dos países da OCDE, e tem número bem parecidos com o da América Latina, segundo dados do Ministério do Planejamento. Além disso, nosso limite prudencial da LRF está bem controlado. O crescimento real de 2003-2010 não acontece mais, e logo logo estaremos de volta aos números de 1995, com FHC. Então o que o servidor público tem a ver? Só recebemos ataque e mais ataque. A mídia não joga com a verdade, prefere inventar que existe "advogado" no judiciário ganhando 30 mil.

    Por outro lado, é claro e evidente que precisamos instituir práticas para melhorar o desempenho e a produtividade no serviço público, mas isso não vai acontecer reduzindo salário e suprimindo direitos básicos como a data-base. Somos servidores do povo, mas não somos escravos nem capachos.

    Aliás, a data-base seria uma solução definitiva para os reajustes bilionários que o governo concede, e que viram mais lenha para a mídia queimar os servidores. Além disso, seria uma política alinhada com o teto dos gastos.

    Por fim, extinguir a Justiça do Trabalho? Não faz nem 1 ano que a nova lei trabalhista entrou em vigor. Não dá para saber se serão reduzidos a tal ponto o número de ações. Acredito que nunca será extinta. Existem países que possuem uma Justiça do Trabalho tão forte como a nossa, que é o caso da França e Alemanha, inclusive com Tribunais regionais e federais.

    O problema é que toda inovação brasileira já tem um preconceito. É o velho complexo de vira lata.


    Sei de casos dos tribunais de contas: os servidores apuram as irregularidades e encaminham os processos para os ministros, que sentam em cima deles, pois são indicação política.


    _________________
    NO RACISM!
    avatar
    drhoff
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Escravo
    Mensagens : 597
    Reputação : 47
    Data de inscrição : 21/05/2015
    Idade : 93
    Localização : Cavalocity.

    Re: Novo PCS

    Mensagem por drhoff em Ter 27 Mar 2018, 4:13 pm

    jornalista escreveu:
    Oziris escreveu:Não adianta lutar contra O MECANISMO....hehe

    Eu já entreguei os pontos. Desisti! Negócio agora é bolar uma estratégia pra "sair por cima" e arrumar outra coisa em alguma terra civilizada.
    Conheci os EUA e procurei várias formas de imigrar legalmente. Não existe para o meu perfil. Até o sorteio da loteria do green card acabou para brasileiros. Vi a história de um mexicano que vivia há trinta anos e foi deportado, mesmo estabilizado e com filhos americanos. Triste. Depois da aposentadoria, penso no interior, se é que será viável daqui a alguns anos.

    Não desanime rapaz, tem um pais bom pra carai de morar, fica ai pertinho, lá se fala o Castelhano e o Guaraní, facim, facim de se entender, lá aceita-se brasileiro, nem vou falar o pais pra não aumentar a concorrência, pois eu tô partindo pra lá, vou fabricar placas frias para o pais emplacar legalmente os carros q vem do Brasil. rarrerrirrorru
    avatar
    pernalonga
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1736
    Reputação : 753
    Data de inscrição : 25/04/2012

    Re: Novo PCS

    Mensagem por pernalonga em Ter 27 Mar 2018, 5:37 pm

    Galizezin escreveu:
    Sei de casos dos tribunais de contas: os servidores apuram as irregularidades e encaminham os processos para os ministros, que sentam em cima deles, pois são indicação política.

    Aqui no RS, a extensão da linha do metrô demorou 14 anos pra sair do papel por uma dessas. Um deputado do PSDB da região onde estava licitada a obra de extensão, apresentou uma denuncia de supostas irregularidades na licitação em 2000 (em tese deveria ser fracionada a licitação, e não feita por um único consórcio). O processo foi distribuído ao Augusto Nardes, Ministro do TCU indicado pela bancada do PSDB. Ele ficou sentado em cima do processo de 2001 a 2007, para no fim decicir que não havia irregularidade alguma, o que causou um atraso enorme da obra toda, com a inauguração da 1ª estação só em 2010 e o restante no fim de 2013.
    Quem ganhou com isso? A empresa de onibus que tinha a concessão do transporte rodoviário entre a capital e as cidades que seriam beneficiadas com as novas estações de trem, e que era a principal financiadora de campanha do deputado do PSDB que fez a denuncia! Ao invés de ter competição com o metrô, que cobrava passagem 6x mais barata, conseguiu se manter como o único meio de transporte capital-interior entre 2000 até 2010. Se tivesse acontecido a obra na época prevista, a empresa de onibus teria falido.

    jornalista
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1084
    Reputação : 30
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por jornalista em Ter 27 Mar 2018, 7:01 pm

    drhoff escreveu:
    jornalista escreveu:
    Oziris escreveu:Não adianta lutar contra O MECANISMO....hehe

    Eu já entreguei os pontos. Desisti! Negócio agora é bolar uma estratégia pra "sair por cima" e arrumar outra coisa em alguma terra civilizada.
    Conheci os EUA e procurei várias formas de imigrar legalmente. Não existe para o meu perfil. Até o sorteio da loteria do green card acabou para brasileiros. Vi a história de um mexicano que vivia há trinta anos e foi deportado, mesmo estabilizado e com filhos americanos. Triste. Depois da aposentadoria, penso no interior, se é que será viável daqui a alguns anos.

    Não desanime rapaz, tem um pais bom pra carai de morar, fica ai pertinho, lá se fala o Castelhano e o Guaraní, facim, facim de se entender, lá aceita-se brasileiro, nem vou falar o pais pra não aumentar a concorrência, pois eu tô partindo pra lá, vou fabricar placas frias para o pais emplacar  legalmente os carros q vem do Brasil. rarrerrirrorru
    Já pesquisei e acompanho. O Paraguai é muito bom. A questão duvidosa é a área de saúde pq a estrutura no Brasil é melhor. Mas pode ser que daqui a alguns anos melhore. Já tem até projeto do metrô.

    jornalista
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1084
    Reputação : 30
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por jornalista em Ter 27 Mar 2018, 7:05 pm

    Galizezin escreveu:
    jornalista escreveu:
    Oziris escreveu:Não adianta lutar contra O MECANISMO....hehe

    Eu já entreguei os pontos. Desisti! Negócio agora é bolar uma estratégia pra "sair por cima" e arrumar outra coisa em alguma terra civilizada.
    Conheci os EUA e procurei várias formas de imigrar legalmente. Não existe para o meu perfil. Até o sorteio da loteria do green card acabou para brasileiros. Vi a história de um mexicano que vivia há trinta anos e foi deportado, mesmo estabilizado e com filhos americanos. Triste. Depois da aposentadoria, penso no interior, se é que será viável daqui a alguns anos.

    Ouvi dizer de gente que fez a seguinte jogada para entrar nos EUA: imigra para Portugal. Com a cidadania europeia, depois é fácil ir para os EUA.
    Não é tão simples. E a cidadania em Portugal só sai depois de 6 anos mais ou menos. E tem a questão da bitributação da aposentadoria depois da aquisição da cidadania lusitana. O ideal é ir com o visto d7 ou d4 e depois analisar.
    avatar
    Korgano Masaka
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 637
    Reputação : 43
    Data de inscrição : 29/07/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Korgano Masaka em Seg 02 Abr 2018, 11:23 am

    euvoltei escreveu:
    Galizezin escreveu:Esse é problema! Enquanto o STF não julga a data-base dos servidores o governo faz o que bem pretende com o funcionalismo. Correção e reajuste são termos distintos, qualquer pessoa sabe disso, menos o governo. Qualquer tipo de congelamento salarial imposto, seja por conta da EC95, é um absurdo jurídico que precisa ser eliminado, e a via legal seria interpretações oriundas do judiciário.

    Data-base, minha opinião:

    1) Entendo que realmente é um direito.
    2) Entendo que cada direito, deveria acarretar um ou mais deveres, que nesse caso, não gera dever adicional nenhum. OBS: Para o direto salário, já existe o dever trabalho, é outra coisa.
    3) Servidor público, no geral, não pensa no país, como nação, como  estado, como nada. Não pensa que o país precisa dar certo, que as pessoas/empresas precisam lucrar, empreender; e  que isso é importante até para ele mesmo.
    4) Servidor público não liga se sua rotina/trabalho, constitui um peso excessivo para os cidadãos/empresas, não liga se seu trabalho faz alguma lógica no mundo, para a sociedade,etc. No fundo, ele não está nem aí, só quer cumprir suas horas/afazeres e tchau.
    5) Um serviço público mal prestado, gera inflação, que corrói a renda de todos que contribuíram ou não para ela. No caso, muitos se prejudicam sem culpa alguma.
    6) Servidor público, deseja data-base para se blindar completamente de um problema, que em boa parte, ele mesmo alimentou (item 4).
    7) Servidor público, quer um direito(item 1), sem nenhum dever, como contraprestação (item 3), isso é errado (item 2).
    8 )" Direito adquirido e expectativa de direito são robustos conceitos jurídicos, mas fragilíssimos conceitos econômicos. Não há ordem judicial que faça aparecer um dinheiro que não há." *
    9)" O orçamento público é insuficiente. Para tudo (exceto para os barões)." *

    Minha conclusão:
    Não vai ser regulamentado ou julgado procedente.  Se acaso for, não vai ter efetividade real é nunca. Políticos(dos três poderes) não são amadores, e sabem que isso ocorrendo efetivamente terá um poder de gerar cataclismo nas contas públicas, além de retroalimentar as causas, por si e só.
    Enfim, para mim, isso nem existe... é mais um conto de fadas/trouxas, da constituição do tipo igual: "saúde e segurança são direitos universais".
    "E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará." João 8:32. Conheça a verdade, e se liberte também.


    * [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Ano que vem, o presidente eleito (seja lá quem for) irá vir com reforma de previdência e reforma administrativa. Ficaremos anos sem reajuste (e torcendo para não abaixarem nossos salários) e sem novas contratações via concurso (só terceirizados).
    Obs: NENHUM dos candidatos irá falar sobre isso na campanha...
    avatar
    pernalonga
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1736
    Reputação : 753
    Data de inscrição : 25/04/2012

    Re: Novo PCS

    Mensagem por pernalonga em Seg 02 Abr 2018, 12:17 pm

    Salários do funcionalismo serão alvo após reforma da Previdência

    27/03/2018

    Já é praticamente consenso entre os economistas do governo encarregados da gestão fiscal que, após a reforma da Previdência, a nova administração que assume o país em janeiro de 2019 terá que se debruçar sobre a reforma da folha de salário do funcionalismo público. O governo geral - União, Estados e municípios - é responsável por cerca de 30% da massa salarial do país (foram R$ 798 bilhões em 2015) e emprega 20% da força de trabalho com carteira assinada (um contingente de 10,5 milhões de pessoas em 2015). A despesa total com ativos e inativos chega a 15% do Produto Interno Bruto (PIB), sendo que a União responde por 4,5% do PIB.

    Os Estados gastam o equivalente a 6,3% do PIB e os municípios, 4,3% do PIB. Hoje, esse é o tema de um debate na FGV/SP sobre propostas de reformas para destravar o Brasil - uma série de discussões que começou no mês passado e vai durar até junho. O ex-ministro da Fazenda Nelson Barbosa vai apresentar um estudo em que ele cita os números acima e sugere o que deveria ser, no seu entender, os princípios da nova política de pessoal do setor público. Para começar, seria instituído um teto para o aumento global da folha de salários, com base nas metas de gasto definidas pelo governo, com prazo de quatro anos. Um comitê independente de remuneração do serviço público, com representantes do setor privado, governo e sindicatos, seria criado para assessorar o presidente da República. E haveria, no longo prazo, um alinhamento entre a remuneração do setor público e a do setor privado, sendo que os reajustes dos servidores seguiriam a variação dos salários no setor privado.

    Ao comitê de remuneração caberia elaborar propostas para reorganizar as carreiras e a remuneração dos servidores civis, com início em 2020. A folha de pagamento é o principal gasto do governo geral e a segunda maior despesa da União, atrás da Previdência. Os servidores ativos respondem por 30% do gasto primário e os inativos, 13%. O funcionalismo, portanto, representa 43% da despesa primária do setor publico, que tem crescido acima do PIB nos ultimos anos. Estável desde 2015, o teto de remuneração deverá ser reajustado substancialmente após as eleições, lembra Barbosa. O próximo governo terá que enfrentar uma nova rodada de negociações com os servidores no ano que vem. A revisão do teto de remuneração federal deve contemplar a eliminação de "penduricalhos" e sua definição seria restrita ao Congresso Nacional, com base em recomendação do presidente da República, ouvido o parecer do comitê independente.

    Essa não é uma tarefa trivial, assinala o ex-ministro. São mais de 120 carreiras - com grande dispersão de salários para funções semelhantes - e um número praticamente igual de sindicatos de servidores com grande poder de pressão sobre o Congresso. Tal fragmentação produz uma corrida insana por reajustes salariais, em busca de isonomia. Há, também, distorções na remuneração para cargos de chefia, que hoje ganham menos do que o salário de entrada em várias "carreiras de Estado". O quadro assume caráter de urgência diante da constatação de que quase 42% dos servidores efetivos poderão se aposentar nos próximos quatro anos, com base nas atuais regras de Previdência do setor público.

    Fonte: Valor Econômico, em 27/03/2018

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    avatar
    Bastião
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 102
    Reputação : 3
    Data de inscrição : 10/11/2017

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Bastião em Seg 02 Abr 2018, 12:21 pm

    Temos, nós servidores, de pensar no coletivo, principalmente na manutenção das regalias de agentes públicos (juízes, políticos, CCs).
    avatar
    cavalo
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 73
    Reputação : 15
    Data de inscrição : 07/06/2015

    Ex ministro da Dilma?

    Mensagem por cavalo em Seg 02 Abr 2018, 3:46 pm

    Esse Nelson Barbosa não foi um dos últimos ministros da Dilma? Então, se representa ao menos em parte o pensamento da esquerda, imagino que pode influenciar enormemente a direitona que, no meu ponto de vista, deve assumir o Governo ano que vem.
    O problema é que a recessão acabou por nos colocar em evidência, principalmente no que respeita aos salários, já que sem a criação de bons empregos na iniciativa privada, lá os salários foram achatados, nivelados por baixo. Com isso fica fácil dizer que o funcionalismo ganha x% mais que os trabalhadores da iniciativa privada.
    Alguém deveria dizer para esses imbecis da objetividade, que qualquer um pode ser contratado por uma empresa, enquanto no serviço público, à exceção dos apadrinhados comissionados, o cara tem que estudar muito e enfrentar um concurso super competitivo, ou vai ficar sem emprego.
    Se tem havido baixa de produtividade de parte do funcionalismo público, deve-se em grande parte à tradição de apadrinhamento dos chefes políticos nomeados para os cargos de alta chefia, pois carreiras, mesmo as mais homogêneas, nem sempre são "top de linha".
    Nos tribunais, por exemplo, muitos Diretores e Secretários deixam de cumprir suas funções, preferindo fazer política, para agradar os magistrados, que são os verdadeiros donos do Judiciário. E como não são obrigados a cumprir metas, acabam colocando nas chefias intermediárias os funcionários de sua preferência, ou da preferência dos magistrados, ao invés de dar prioridade ao conhecimento técnico.
    Aceito esse ponto de vista, vê-se logo que as funções, principalmente as FCs, não visam a produtividade, mas o apadrinhamento. Logo, devem ser extintas e as carreiras de Analista e Técnico Judiciários, melhor definidas, buscando-se adequá-las conforme a eficiência e qualificação pessoal.
    Tudo bem que na área fim do judiciário não interessa tanto a produtividade, já que a justiça deve buscar a eficácia, e não a eficiência. Mas ao menos nas áreas técnicas a produtividade deveria ser perseguida, para que não venham os "estudiosos da matéria" dizer que o funcionalismo custa muito e tem baixa produtividade.
    avatar
    PCS-TRE
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1649
    Reputação : 146
    Data de inscrição : 27/02/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por PCS-TRE em Seg 02 Abr 2018, 7:51 pm

    pernalonga escreveu:Salários do funcionalismo serão alvo após reforma da Previdência

    27/03/2018

    Já é praticamente consenso entre os economistas do governo encarregados da gestão fiscal que, após a reforma da Previdência, a nova administração que assume o país em janeiro de 2019 terá que se debruçar sobre a reforma da folha de salário do funcionalismo público. O governo geral - União, Estados e municípios - é responsável por cerca de 30% da massa salarial do país (foram R$ 798 bilhões em 2015) e emprega 20% da força de trabalho com carteira assinada (um contingente de 10,5 milhões de pessoas em 2015). A despesa total com ativos e inativos chega a 15% do Produto Interno Bruto (PIB), sendo que a União responde por 4,5% do PIB.

    Os Estados gastam o equivalente a 6,3% do PIB e os municípios, 4,3% do PIB. Hoje, esse é o tema de um debate na FGV/SP sobre propostas de reformas para destravar o Brasil - uma série de discussões que começou no mês passado e vai durar até junho. O ex-ministro da Fazenda Nelson Barbosa vai apresentar um estudo em que ele cita os números acima e sugere o que deveria ser, no seu entender, os princípios da nova política de pessoal do setor público. Para começar, seria instituído um teto para o aumento global da folha de salários, com base nas metas de gasto definidas pelo governo, com prazo de quatro anos. Um comitê independente de remuneração do serviço público, com representantes do setor privado, governo e sindicatos, seria criado para assessorar o presidente da República. E haveria, no longo prazo, um alinhamento entre a remuneração do setor público e a do setor privado, sendo que os reajustes dos servidores seguiriam a variação dos salários no setor privado.

    Ao comitê de remuneração caberia elaborar propostas para reorganizar as carreiras e a remuneração dos servidores civis, com início em 2020. A folha de pagamento é o principal gasto do governo geral e a segunda maior despesa da União, atrás da Previdência. Os servidores ativos respondem por 30% do gasto primário e os inativos, 13%. O funcionalismo, portanto, representa 43% da despesa primária do setor publico, que tem crescido acima do PIB nos ultimos anos. Estável desde 2015, o teto de remuneração deverá ser reajustado substancialmente após as eleições, lembra Barbosa. O próximo governo terá que enfrentar uma nova rodada de negociações com os servidores no ano que vem. A revisão do teto de remuneração federal deve contemplar a eliminação de "penduricalhos" e sua definição seria restrita ao Congresso Nacional, com base em recomendação do presidente da República, ouvido o parecer do comitê independente.

    Essa não é uma tarefa trivial, assinala o ex-ministro. São mais de 120 carreiras - com grande dispersão de salários para funções semelhantes - e um número praticamente igual de sindicatos de servidores com grande poder de pressão sobre o Congresso. Tal fragmentação produz uma corrida insana por reajustes salariais, em busca de isonomia. Há, também, distorções na remuneração para cargos de chefia, que hoje ganham menos do que o salário de entrada em várias "carreiras de Estado". O quadro assume caráter de urgência diante da constatação de que quase 42% dos servidores efetivos poderão se aposentar nos próximos quatro anos, com base nas atuais regras de Previdência do setor público.

    Fonte: Valor Econômico, em 27/03/2018

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    2019 promete?
    Subsídio ou fim do vale coxinha?

    jornalista
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1084
    Reputação : 30
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por jornalista em Seg 02 Abr 2018, 9:00 pm

    PCS-TRE escreveu:
    pernalonga escreveu:Salários do funcionalismo serão alvo após reforma da Previdência

    27/03/2018

    Já é praticamente consenso entre os economistas do governo encarregados da gestão fiscal que, após a reforma da Previdência, a nova administração que assume o país em janeiro de 2019 terá que se debruçar sobre a reforma da folha de salário do funcionalismo público. O governo geral - União, Estados e municípios - é responsável por cerca de 30% da massa salarial do país (foram R$ 798 bilhões em 2015) e emprega 20% da força de trabalho com carteira assinada (um contingente de 10,5 milhões de pessoas em 2015). A despesa total com ativos e inativos chega a 15% do Produto Interno Bruto (PIB), sendo que a União responde por 4,5% do PIB.

    Os Estados gastam o equivalente a 6,3% do PIB e os municípios, 4,3% do PIB. Hoje, esse é o tema de um debate na FGV/SP sobre propostas de reformas para destravar o Brasil - uma série de discussões que começou no mês passado e vai durar até junho. O ex-ministro da Fazenda Nelson Barbosa vai apresentar um estudo em que ele cita os números acima e sugere o que deveria ser, no seu entender, os princípios da nova política de pessoal do setor público. Para começar, seria instituído um teto para o aumento global da folha de salários, com base nas metas de gasto definidas pelo governo, com prazo de quatro anos. Um comitê independente de remuneração do serviço público, com representantes do setor privado, governo e sindicatos, seria criado para assessorar o presidente da República. E haveria, no longo prazo, um alinhamento entre a remuneração do setor público e a do setor privado, sendo que os reajustes dos servidores seguiriam a variação dos salários no setor privado.

    Ao comitê de remuneração caberia elaborar propostas para reorganizar as carreiras e a remuneração dos servidores civis, com início em 2020. A folha de pagamento é o principal gasto do governo geral e a segunda maior despesa da União, atrás da Previdência. Os servidores ativos respondem por 30% do gasto primário e os inativos, 13%. O funcionalismo, portanto, representa 43% da despesa primária do setor publico, que tem crescido acima do PIB nos ultimos anos. Estável desde 2015, o teto de remuneração deverá ser reajustado substancialmente após as eleições, lembra Barbosa. O próximo governo terá que enfrentar uma nova rodada de negociações com os servidores no ano que vem. A revisão do teto de remuneração federal deve contemplar a eliminação de "penduricalhos" e sua definição seria restrita ao Congresso Nacional, com base em recomendação do presidente da República, ouvido o parecer do comitê independente.

    Essa não é uma tarefa trivial, assinala o ex-ministro. São mais de 120 carreiras - com grande dispersão de salários para funções semelhantes - e um número praticamente igual de sindicatos de servidores com grande poder de pressão sobre o Congresso. Tal fragmentação produz uma corrida insana por reajustes salariais, em busca de isonomia. Há, também, distorções na remuneração para cargos de chefia, que hoje ganham menos do que o salário de entrada em várias "carreiras de Estado". O quadro assume caráter de urgência diante da constatação de que quase 42% dos servidores efetivos poderão se aposentar nos próximos quatro anos, com base nas atuais regras de Previdência do setor público.

    Fonte: Valor Econômico, em 27/03/2018

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    2019 promete?
    Subsídio ou fim do vale coxinha?
    É mais fácil o fim da gaj. Repito, se os servidores ganhassem 1,5 salário, seríamos chamados de marajás.
    avatar
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2505
    Reputação : 374
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por josebarbos em Seg 02 Abr 2018, 10:38 pm

    cavalo escreveu:Esse Nelson Barbosa não foi um dos últimos ministros da Dilma? Então, se representa ao menos em parte o pensamento da esquerda, imagino que pode influenciar enormemente a direitona que, no meu ponto de vista, deve assumir o Governo ano que vem.
    O problema é que a recessão acabou por nos colocar em evidência, principalmente no que respeita aos salários, já que sem a  criação de bons empregos na iniciativa privada, lá os salários foram achatados, nivelados por baixo. Com isso fica fácil dizer que o funcionalismo ganha x% mais que os trabalhadores da iniciativa privada.
    Alguém deveria dizer para esses imbecis da objetividade, que qualquer um pode ser contratado por uma empresa, enquanto no serviço público, à exceção dos apadrinhados comissionados,  o cara tem que estudar muito e enfrentar um concurso super competitivo, ou vai ficar sem emprego.
    Se tem havido baixa de produtividade de parte do funcionalismo público, deve-se em grande parte à tradição de apadrinhamento dos chefes políticos nomeados para os cargos de alta chefia, pois carreiras, mesmo  as  mais homogêneas, nem sempre são "top de linha".
    Nos tribunais, por exemplo, muitos Diretores e Secretários deixam de cumprir suas funções, preferindo fazer política,  para agradar os magistrados, que são os verdadeiros donos do Judiciário.  E como não são obrigados a cumprir metas, acabam colocando nas chefias intermediárias os funcionários de sua preferência, ou da preferência dos magistrados, ao invés de dar prioridade ao conhecimento técnico.
    Aceito esse ponto de vista, vê-se logo que as funções, principalmente as FCs, não visam a  produtividade, mas o apadrinhamento. Logo, devem ser extintas e as carreiras de Analista e Técnico Judiciários, melhor definidas, buscando-se adequá-las conforme a eficiência e qualificação pessoal.
    Tudo bem que na área fim do judiciário  não interessa tanto a produtividade, já que a justiça deve buscar a eficácia, e não a eficiência. Mas ao menos nas áreas técnicas a produtividade deveria ser perseguida, para que não venham os "estudiosos da matéria" dizer que o funcionalismo  custa muito e tem baixa produtividade.

    Este não soube honrar o Barbosa que a vida lhe deu.
    Um dos piores ministros do planejamento, e da economia, de todos os tempos. Tão ruim que ninguém lembra de nada que fez.

    Se voltar ao poder, muito provavelmente vai tacar outro congelamento aos servidores.
    avatar
    RicardoMII
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1947
    Reputação : 5
    Data de inscrição : 07/07/2010
    Localização : João Pessoa

    Re: Novo PCS

    Mensagem por RicardoMII em Ter 03 Abr 2018, 7:57 am

    O Brasil é realmente um país maravilhoso, a maioria dos trabalhadores da iniciativa privada vive com um salário que é um insulto, aí a solução é rebaixar os salários do serviço público (que permitem viver dignamente mas sem luxo) e deixar todo mundo na -----, sensacional.
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 5590
    Reputação : 206
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Galizezin em Ter 03 Abr 2018, 9:25 am

    Essa de estado mínimo para atacar servidor público não passa de cortina de fumaça. O mais engraçado é que ninguém idealizou até agora o estado com corrupção mínima...


    _________________
    NO RACISM!

    VN
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 769
    Reputação : 18
    Data de inscrição : 07/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por VN em Ter 03 Abr 2018, 9:36 am

    Galizezin escreveu:Essa de estado mínimo para atacar servidor público não passa de cortina de fumaça. O mais engraçado é que ninguém idealizou até agora o estado com corrupção mínima...

    Muito bem colocado Galizezin! Diminuir a corrupção nenhum político cogita. Aliás o estado "mínimo" dos políticos é nos atacar para sobrar mais dinheiro no orçamento para poder roubar mais.
    avatar
    Pimponete
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 38
    Reputação : 5
    Data de inscrição : 16/08/2017

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Pimponete em Ter 03 Abr 2018, 11:09 am

    Dependendo da situação (leia-se "quem for eleito") se o salário for congelado estaremos é no lucro.
    avatar
    Pimponete
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 38
    Reputação : 5
    Data de inscrição : 16/08/2017

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Pimponete em Ter 03 Abr 2018, 11:29 am

    Não é por nada não heim, mas o subsídio cairia bem...
    avatar
    cavalo
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 73
    Reputação : 15
    Data de inscrição : 07/06/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por cavalo em Ter 03 Abr 2018, 11:44 am

    Subsídio, agora? Depois que os Magistrados provaram que só serão respeitados na fase do acordo, para depois voltarem todos os penduricalhos? Acho que nenhum Governo vai aceitar.

    Conteúdo patrocinado

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui 19 Jul 2018, 10:34 am