PCS JÁ



    Novo PCS

    Compartilhe
    avatar
    Fireball
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 719
    Reputação : 28
    Data de inscrição : 10/06/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Fireball em Ter 03 Abr 2018, 3:02 pm

    Acho que novo modelo poderia seguir o do Bacen.
    avatar
    cavalo
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 103
    Reputação : 15
    Data de inscrição : 07/06/2015

    Campanha salarial 2019

    Mensagem por cavalo em Ter 03 Abr 2018, 3:10 pm

    O Sindjus pretende iniciar campanha salarial com vistas à nossa recuperação salarial que seria feita a partir de 2019.
    São cerca de 43%. apenas para repor o poder de compra de 2006. Isso sem levar em consideração que hoje estamos pagando mais IRPF e que, num futuro não muito distante, estaremos pagando mais previdência.
    Acho que estão sendo sensatos em demonstrar as perdas, mas não devem impor esse alto percentual como base para o reajuste pretendido.
    Assim, com sorte poderemos pegar aí uns 10% a partir de 2020, divididos em três parcelas...
    Afinal, com o Draculão e o Mereca candidatos, quem sabe o paredão pode ser demolido...

    tec.tre
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Cargo : Peão
    Mensagens : 71
    Reputação : 2
    Data de inscrição : 01/04/2014

    Re: Novo PCS

    Mensagem por tec.tre em Ter 03 Abr 2018, 4:52 pm

    A mídia adora atacar os servidores. Eu mesmo já coloquei na página anterior dados que mostram que o gasto com servidor público no Brasil está na média da OCDE.

    De qualquer forma, independentemente de quem se eleja, já estou me preparando para pelo menos 5 anos de congelamento de salários. Infelizmente essa é a tendência.

    Deveríamos buscar uma restruturação da carreira para inserir mais níveis ou então aumentar os prêmios por titulação. Única via de aumento a curto prazo.
    avatar
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2802
    Reputação : 395
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por josebarbos em Ter 03 Abr 2018, 6:54 pm

    tec.tre escreveu:A mídia adora atacar os servidores. Eu mesmo já coloquei na página anterior dados que mostram que o gasto com servidor público no Brasil está na média da OCDE.

    De qualquer forma, independentemente de quem se eleja, já estou me preparando para pelo menos 5 anos de congelamento de salários. Infelizmente essa é a tendência.

    Deveríamos buscar uma restruturação da carreira para inserir mais níveis ou então aumentar os prêmios por titulação. Única via de aumento a curto prazo.

    Muito pelo contrário, o ideal seria absorver os adicionais de qualificação ao Vencimento Básico ou a GAJ/GAMPU.

    MPU e Judiciário não são institutos de pesquisa. O fato do servidor ser extremamente qualificado, per si, não diz nada. Aqueles que são qualificados e trabalham bem devem ser reconhecidos via lotação e remuneração.

    Na verdade, a melhor solução seria repensar num modelo que houvesse alguma parcela variável de acordo com o desempenho institucional, como a Receita Federal e outras carreiras recentemente fizeram com bônus. Sim, são "prêmios para o servidor fazer o seu trabalho", como certamente a mídia já está atacando e atacará, mas uma forma de ser remunerado muito mais interessante tanto para o servidor como a sociedade. Claro, tomando-se o cuidado de que a produtividade seja medida por critérios justos.

    GDJ
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 513
    Reputação : 11
    Data de inscrição : 18/11/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por GDJ em Ter 03 Abr 2018, 7:03 pm

    josebarbos escreveu:

    Na verdade, a melhor solução seria repensar num modelo que houvesse alguma parcela variável de acordo com o desempenho institucional, como a Receita Federal e outras carreiras recentemente fizeram com bônus. Sim, são "prêmios para o servidor fazer o seu trabalho", como certamente a mídia já está atacando e atacará, mas uma forma de ser remunerado muito mais interessante tanto para o servidor como a sociedade. Claro, tomando-se o cuidado de que a produtividade seja medida por critérios justos.

    Isso seria uma GD, como foi tentado em 2009, com a malfadado proposta dos DGs?
    avatar
    The Punisher
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 593
    Reputação : 79
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por The Punisher em Ter 03 Abr 2018, 7:42 pm

    cavalo escreveu:O Sindjus pretende iniciar campanha salarial com vistas à nossa recuperação salarial que seria feita a partir de 2019.
    São cerca de 43%. apenas para repor o poder de compra de 2006. Isso sem levar em consideração que hoje estamos pagando mais IRPF e que, num futuro não muito distante, estaremos pagando mais previdência.
    Acho que estão sendo sensatos em demonstrar as perdas, mas não devem  impor esse alto percentual como base para o reajuste pretendido.
    Assim, com sorte poderemos pegar aí uns   10% a partir de 2020, divididos em três parcelas...
    Afinal, com o Draculão e o Mereca candidatos, quem sabe o paredão pode ser demolido...

    Eu acho que se a pedida for já de início baixa sairemos sem nada. Este patamar está correto. Quem sabe levemos 15% em três parcelas como foi com o Ayres Brito?
    avatar
    The Punisher
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 593
    Reputação : 79
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por The Punisher em Ter 03 Abr 2018, 7:43 pm

    GDJ escreveu:
    josebarbos escreveu:

    Na verdade, a melhor solução seria repensar num modelo que houvesse alguma parcela variável de acordo com o desempenho institucional, como a Receita Federal e outras carreiras recentemente fizeram com bônus. Sim, são "prêmios para o servidor fazer o seu trabalho", como certamente a mídia já está atacando e atacará, mas uma forma de ser remunerado muito mais interessante tanto para o servidor como a sociedade. Claro, tomando-se o cuidado de que a produtividade seja medida por critérios justos.

    Isso seria uma GD, como foi tentado em 2009, com a malfadado proposta dos DGs?

    Mas desta vez não teria um policrápula pra ferrar tudo, não é ???

    jornalista
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1239
    Reputação : 34
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por jornalista em Ter 03 Abr 2018, 8:01 pm

    The Punisher escreveu:
    GDJ escreveu:
    josebarbos escreveu:

    Na verdade, a melhor solução seria repensar num modelo que houvesse alguma parcela variável de acordo com o desempenho institucional, como a Receita Federal e outras carreiras recentemente fizeram com bônus. Sim, são "prêmios para o servidor fazer o seu trabalho", como certamente a mídia já está atacando e atacará, mas uma forma de ser remunerado muito mais interessante tanto para o servidor como a sociedade. Claro, tomando-se o cuidado de que a produtividade seja medida por critérios justos.

    Isso seria uma GD, como foi tentado em 2009, com a malfadado proposta dos DGs?

    Mas desta vez não teria um policrápula pra ferrar tudo, não é ???
    Sim e não. Sim, ele não. Não, há outro.

    tec.tre
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Cargo : Peão
    Mensagens : 71
    Reputação : 2
    Data de inscrição : 01/04/2014

    Re: Novo PCS

    Mensagem por tec.tre em Ter 03 Abr 2018, 8:15 pm

    Se algum colega puder me esclarecer alguns pontos, agradeço.

    A GD não poderia se transformar em mais um instrumento de pressão? Ou ainda de redução dos vencimentos?

    Acho que a GD seria acompanhada com uma redução expressiva da remuneração inicial, sendo os proventos totais calculados com base em produtividade. Mas quem iria definir essas metas de produtividade? E se algum Ministro instituísse metas praticamente inatingíveis, com o objetivo de reduzir os salários da carreira?


    jornalista
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1239
    Reputação : 34
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por jornalista em Qua 04 Abr 2018, 5:54 am

    tec.tre escreveu:Se algum colega puder me esclarecer alguns pontos, agradeço.

    A GD não poderia se transformar em mais um instrumento de pressão? Ou ainda de redução dos vencimentos?

    Acho que a GD seria acompanhada com uma redução expressiva da remuneração inicial, sendo os proventos totais calculados com base em produtividade. Mas quem iria definir essas metas de produtividade? E se algum Ministro instituísse metas praticamente inatingíveis, com o objetivo de reduzir os salários da carreira?

    Sempre pode. Dependeria da regulamentação. Sobre a irredutibilidade, apesar de ser de vencimentos, o governo poderia ter que enfrentar uma batalha judicial desconfortável. Mas também é possível. Dependeria também do humor do stf em caso de eventual judicialização. Por outro lado, pode ser bom para os servidores produtivos e ruim para os improdutivos. Se a interpretação ficar a cargo de cada magistrado, estaremos lascados.
    avatar
    Oi
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 346
    Reputação : 26
    Data de inscrição : 12/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Oi em Qua 04 Abr 2018, 7:29 am

    Alguém do MPF já ouviu falar numa proposta de extinção/aglutinação de PRMs visando economia de recursos?
    avatar
    cavalo
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 103
    Reputação : 15
    Data de inscrição : 07/06/2015

    GDI x Subsídio x aumento de níveis

    Mensagem por cavalo em Qua 04 Abr 2018, 10:31 am

    Uma GDI , como esclarecido anteriormente por algum participante do Foro, não seria percentual individual para cada funcionário, mas para a categoria.
    A vantagem é que os inativos levariam menos, mas parece-me que eles já têm acumulações que os atuais ativos jamais conseguirão.
    Assim, maior ou menor remuneração, por baixa ou alta produtividade, teria que ser feita por outros meios.
    A ideia de aumentar os níveis, poderia favorecer aquilo que o executivo pretende: salário inicial muito baixo, e carreira muito longa.
    Subsídio é uma excelente ideia, mas os antigões acumulados não aceitam. E têm enorme influência, inclusive os da FENAJUFE. Além do que, após a volta dos penduricalhos dos Magistrados, parece-me que o Governo não aceitaria.
    A ideia de reforçar o Básico sempre será boa, já que algum doido pode ser eleito Presidente, e querer cassar esse direito adquirido, que é a GAJ.
    Com tantos obstáculos para a melhoria salarial da categoria, melhor pedir os 43%, e aguardar a reação do Executivo (leia-se Fazenda).
    Não podemos, no entanto, deixar de verificar como foram calculados esses 43%, para não passar pelo vexame de o Governo dizer que a defasagem é só dos analistas, como já aconteceu na campanha anterior (daí a luta pelo NS parecer-me bastante justa).
    avatar
    PCS-TRE
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1771
    Reputação : 154
    Data de inscrição : 27/02/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por PCS-TRE em Qua 04 Abr 2018, 12:11 pm

    O PCS2 pôs tudo em ordem.
    O PCS3 deixou uma gordura imensa.
    Teve a merrequinha.
    Teve o leitinho.
    De modo que não há quase nada de defasagem.
    Pode haver mais alguma defasagem se considerarem o congelamento da GAS/GAE nos dois últimos reajustes.

    A pedida é 40%.

    Só haverá defasagem nos 2 anos de discussão e nos 3 de implantação.
    O máximo que consegue é 5% ao ano, que dá aproximadamente 28%.
    E rezar para a inflação não ser maior nesse período.
    E rezar para que na batida de martelo, eles não comam a defasagem ocorrida no período de discussão.


    TECNICO JUDICIÁRIO 12/2006 vb+gaj+VPI A1 4052,96 C15 6420,575
    TECNICO JUDICIÁRIO 01/2019 vb+gaj A1 7591,368   C13 11398,392

    TECNICO JUDICIARIO vb+GAJ           A1 7753,98     C13 12283,6
    IGPM 12/2006 A 02/2018 Fonte: Calculadora BCB
    avatar
    cangaceiro
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 176
    Reputação : 14
    Data de inscrição : 02/06/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por cangaceiro em Qua 04 Abr 2018, 1:47 pm

    Campanha Salarial 2019 - Sindjus-DF apresenta estudo econômico sobre defasagem salarial

    Reajuste mínimo para recompor perdas em fevereiro/2019 é de 43,13%, cujos cálculos foram realizados sobre o total da folha de pagamento.

    Com o objetivo de estruturar a próxima campanha salarial da nossa categoria, o Sindjus-DF, conforme aprovado em reunião da diretoria do dia 28/02/2018, de encomendou estudos sobre a defasagem salarial dos servidores do Poder Judiciário e do MPU. O resultado apresentado pelo economista Washington Luiz Moura Lima é impactante, demonstrando o quanto do nosso poder de compra foi perdido na última década. Segundo os números, o reajuste necessário em fevereiro de 2019 (primeiro mês subsequente ao final do parcelamento da Lei 13.317/2016) para recompor nossas perdas salariais desde junho de 2006 (dada em que foi aprovado o PCS III) é de 43,13%.

    A hora de agir é agora. Por isso, o Sindjus-DF, assumindo o protagonismo dessa campanha, realizará assembleias setoriais em todos os locais de trabalho para apresentar esse estudo e ouvir você – servidor(a); vamos construir juntos a nossa proposta de reajuste e definir estratégias para transformá-la em realidade. Após as rodadas setoriais, será realizada uma assembleia geral para aprovação da proposta a ser enviada à Fenajufe e, posteriormente, ao STF. O mesmo será feito em relação ao MPU.

    É importante que a nossa categoria fique atenta e se mobilize em torno dessa pauta que vai ser destaque na agenda do sindicato daqui em diante. Temos que avançar com essa discussão para que o STF e a PGR enviem ao Congresso Nacional, até dia 31 de agosto de 2018 - prazo final para envio das propostas orçamentárias do PJU e MPU -, os respectivos planos de reajuste salarial para serem implementados em 2019.

    Frisa-se que no percentual de 43,13% não está acrescido qualquer ganho real, apenas o valor referente à recomposição das perdas do período (de junho de 2006 a fevereiro de 2019). Por isso, é fundamental se estabelecer um amplo e contínuo debate para construirmos a proposta que será encaminhada às autoridades do PJU e MPU.

    Por que partir de junho de 2006?

    Os motivos pelos quais há que se considerar o mês de junho de 2006, como base de cálculo das perdas salariais, decorre de que os valores da tabela salarial do PCS III foram propostos anos antes, e que a demorada tramitação para a aprovação do mesmo, trouxe enormes prejuízos à categoria do judiciário federal e do MPU. O fato de ter havido o parcelamento que postergou o aumento na remuneração até dezembro de 2008, só fez aumentar as perdas dos servidores. Portanto, não faria nenhum sentido considerar como base essa última data, pois na prática seria prejudicar duplamente a categoria. Primeiro com a corrosão pela inflação dos valores propostos inicialmente, depois com o parcelamento da nova remuneração, novamente havendo uma perda pela inflação, durante a aplicação das parcelas.

    Considerando como base o mês de junho de 2006, que foi a data em que foi aprovado o PCS III, até dezembro de 2017, a inflação acumulada pelo ICV do DIEESE - foi de 94,67%.

    Por que 43,13%?

    Com a aplicação das novas parcelas das Leis 13.316 e 13.317/2016, até janeiro de 2019, o total de reajustes desde julho de 2016, será de 21,32%. Acrescentando o percentual de 15,76%, relativos aos reajustes de 2013 a 2015, o acumulado de reajuste de junho de 2006 a janeiro de 2019 será de apenas 40,44%.

    Estimando uma inflação anual de 3,0% de janeiro de 2018 até janeiro de 2019 - portanto, 13 meses, ela deverá acumular 3,26%. Adicionando ao percentual acumulado de junho de 2006 até dezembro de 2017, de 94,67%, a inflação chegará a 101,01%, na aplicação da última parcela do novo PCS. Assim, mesmo com as parcelas que serão aplicadas, será necessário um reajuste de 43,13% em fevereiro de 2019, para recompor a remuneração no mesmo patamar salarial, em termos de poder aquisitivo, de junho de 2006.
    avatar
    PCS-TRE
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1771
    Reputação : 154
    Data de inscrição : 27/02/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por PCS-TRE em Qua 04 Abr 2018, 2:34 pm

    Isso.
    Considerando que as FC, a GAE/GAS e as VPNIs não tiveram nenhum reajuste desde 2006 e as CJ não tiveram em 2012, dá pra justificar essa defasagem pretendida quando se leva em conta o total da folha de pagamento.
    avatar
    cavalo
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 103
    Reputação : 15
    Data de inscrição : 07/06/2015

    Fator Lewandovsky

    Mensagem por cavalo em Qua 04 Abr 2018, 2:59 pm

    Ninguém me tira da cabeça que o atual PCS, de autoria do Lewandovsky, e que economizou cerca de 4 bilhões em relação ao plano original, já foi feito para cobrir o Auxílio Imoraldia.
    Vejam que cerca de 800 milhões por ano, vezes 5, dá os 4 bilhões.
    Parece que os colegas que falam em zero% tem razão, pois até o penúltimo PCS não havia disputa nossa com os magistrados pela grana.
    Não temos que ter mais ilusões acerca dos togados nos defenderem nas campanhas salariais. Por trás, eles tacam o ferro, e diante de faixas tipo "judiciário em greve", rebatem: "o judiciário sou eu, e eu não estou de greve".
    Aquela história dos 6% da RCL para o Judiciário já foi pras calendas...
    avatar
    Korgano Masaka
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 973
    Reputação : 55
    Data de inscrição : 29/07/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Korgano Masaka em Qua 04 Abr 2018, 4:33 pm

    No MPU não tem previsão orçamentária para novas contratações. Novo Concurso Público para servidores? Só Deus sabe....ou seja, nada de concurso de remoção!
    avatar
    Fireball
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 719
    Reputação : 28
    Data de inscrição : 10/06/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Fireball em Qua 04 Abr 2018, 5:35 pm

    cangaceiro escreveu:Campanha Salarial 2019 - Sindjus-DF apresenta estudo econômico sobre defasagem salarial

    Reajuste mínimo para recompor perdas em fevereiro/2019 é de 43,13%, cujos cálculos foram realizados sobre o total da folha de pagamento.

    Com o objetivo de estruturar a próxima campanha salarial da nossa categoria, o Sindjus-DF, conforme aprovado em reunião da diretoria do dia 28/02/2018, de encomendou estudos sobre a defasagem salarial dos servidores do Poder Judiciário e do MPU. O resultado apresentado pelo economista Washington Luiz Moura Lima é impactante, demonstrando o quanto do nosso poder de compra foi perdido na última década. Segundo os números, o reajuste necessário em fevereiro de 2019 (primeiro mês subsequente ao final do parcelamento da Lei 13.317/2016) para recompor nossas perdas salariais desde junho de 2006 (dada em que foi aprovado o PCS III) é de 43,13%.

    A hora de agir é agora. Por isso, o Sindjus-DF, assumindo o protagonismo dessa campanha, realizará assembleias setoriais em todos os locais de trabalho para apresentar esse estudo e ouvir você – servidor(a); vamos construir juntos a nossa proposta de reajuste e definir estratégias para transformá-la em realidade. Após as rodadas setoriais, será realizada uma assembleia geral para aprovação da proposta a ser enviada à Fenajufe e, posteriormente, ao STF. O mesmo será feito em relação ao MPU.

    É importante que a nossa categoria fique atenta e se mobilize em torno dessa pauta que vai ser destaque na agenda do sindicato daqui em diante. Temos que avançar com essa discussão para que o STF e a PGR enviem ao Congresso Nacional, até dia 31 de agosto de 2018 - prazo final para envio das propostas orçamentárias do PJU e MPU -, os respectivos planos de reajuste salarial para serem implementados em 2019.

    Frisa-se que no percentual de 43,13% não está acrescido qualquer ganho real, apenas o valor referente à recomposição das perdas do período (de junho de 2006 a fevereiro de 2019). Por isso, é fundamental se estabelecer um amplo e contínuo debate para construirmos a proposta que será encaminhada às autoridades do PJU e MPU.

    Por que partir de junho de 2006?

    Os motivos pelos quais há que se considerar o mês de junho de 2006, como base de cálculo das perdas salariais, decorre de que os valores da tabela salarial do PCS III foram propostos anos antes, e que a demorada tramitação para a aprovação do mesmo, trouxe enormes prejuízos à categoria do judiciário federal e do MPU. O fato de ter havido o parcelamento que postergou o aumento na remuneração até dezembro de 2008, só fez aumentar as perdas dos servidores. Portanto, não faria nenhum sentido considerar como base essa última data, pois na prática seria prejudicar duplamente a categoria. Primeiro com a corrosão pela inflação dos valores propostos inicialmente, depois com o parcelamento da nova remuneração, novamente havendo uma perda pela inflação, durante a aplicação das parcelas.

    Considerando como base o mês de junho de 2006, que foi a data em que foi aprovado o PCS III, até dezembro de 2017, a inflação acumulada pelo ICV do DIEESE - foi de 94,67%.

    Por que 43,13%?

    Com a aplicação das novas parcelas das Leis 13.316 e 13.317/2016, até janeiro de 2019, o total de reajustes desde julho de 2016, será de 21,32%. Acrescentando o percentual de 15,76%, relativos aos reajustes de 2013 a 2015, o acumulado de reajuste de junho de 2006 a janeiro de 2019 será de apenas 40,44%.

    Estimando uma inflação anual de 3,0% de janeiro de 2018 até janeiro de 2019 - portanto, 13 meses, ela deverá acumular 3,26%. Adicionando ao percentual acumulado de junho de 2006 até dezembro de 2017, de 94,67%, a inflação chegará a 101,01%, na aplicação da última parcela do novo PCS. Assim, mesmo com as parcelas que serão aplicadas, será necessário um reajuste de 43,13% em fevereiro de 2019, para recompor a remuneração no mesmo patamar salarial, em termos de poder aquisitivo, de junho de 2006.

    Novo mamute...mais 10 anos sem reajuste.
    Se conseguirmos a inflação já estaremos no lucro.
    avatar
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8612
    Reputação : 233
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por darkshi em Qua 04 Abr 2018, 7:58 pm

    Não se preocupem. Este novo mamute não passa de um canto de sereia para ganhar votos na eleição sindical no fim do mês.

    Não vai nem virar PL

    VN
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 776
    Reputação : 18
    Data de inscrição : 07/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por VN em Qui 05 Abr 2018, 1:51 pm

    darkshi escreveu:Não se preocupem. Este novo mamute não passa de um canto de sereia para ganhar votos na eleição sindical no fim do mês.

    Não vai nem virar PL

    Verdade!
    avatar
    Sniper
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 605
    Reputação : 41
    Data de inscrição : 06/05/2011

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Sniper em Qui 05 Abr 2018, 4:31 pm

    Caso venha algo, será nos termos do aumento em vigor, e olhe lá.
    A luta ao lado dos SPFs terá de ser grande.
    avatar
    The Punisher
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 593
    Reputação : 79
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por The Punisher em Qui 05 Abr 2018, 4:47 pm

    Com a moral alta que o STF está ultimamente, será bem fácil aprovar mamutão reloaded

    :trollface:
    avatar
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8612
    Reputação : 233
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por darkshi em Qui 05 Abr 2018, 6:29 pm

    Temos que ter em mente que qualquer reajuste futuro deverá obedecer a EC do teto. Qualquer coisa diferente disto é canto de sereia.

    Mas vou avisando. A história de separação de carreiras está vindo com força... Uma das chapas da eleição sindical está com uma ligeira vantagens por dar um apoio branco a separação das carreiras.

    avatar
    Sniper
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 605
    Reputação : 41
    Data de inscrição : 06/05/2011

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Sniper em Qui 05 Abr 2018, 6:49 pm

    darkshi escreveu:Temos que ter em mente que qualquer reajuste futuro deverá obedecer a EC do teto. Qualquer coisa diferente disto é canto de sereia.

    Mas vou avisando. A história de separação de carreiras está vindo com força... Uma das chapas da eleição sindical está com uma ligeira vantagens por dar um apoio branco a separação das carreiras.


    Economicamente, é o melhor caminho.
    Lembrando que tanto o STF quanto o STJ estão com seus projetos elaborados sobre o assunto.
    Contundo, não creio que haverá indisposição com o pessoal da 1ª e 2ª instâncias.
    Se bem que a aguá começa a bater no pescoço.
    Aguardemos.
    avatar
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8612
    Reputação : 233
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por darkshi em Qui 05 Abr 2018, 7:49 pm

    Sniper escreveu:
    darkshi escreveu:Temos que ter em mente que qualquer reajuste futuro deverá obedecer a EC do teto. Qualquer coisa diferente disto é canto de sereia.

    Mas vou avisando. A história de separação de carreiras está vindo com força... Uma das chapas da eleição sindical está com uma ligeira vantagens por dar um apoio branco a separação das carreiras.


    Economicamente, é o melhor caminho.
    Lembrando que tanto o STF quanto o STJ estão com seus projetos elaborados sobre o assunto.
    Contundo, não creio que haverá indisposição com o pessoal da 1ª e 2ª instâncias.
    Se bem que a aguá começa a bater no pescoço.
    Aguardemos.

    Eu sou a favor que as carreiras tenham PLs separados para facilitar as negociações e aprovações dos PLs. Não sou a favor que um ramo receba (substancialmente) a mais que outro ramo.

    jornalista
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1239
    Reputação : 34
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por jornalista em Qui 05 Abr 2018, 8:58 pm

    darkshi escreveu:
    Sniper escreveu:
    darkshi escreveu:Temos que ter em mente que qualquer reajuste futuro deverá obedecer a EC do teto. Qualquer coisa diferente disto é canto de sereia.

    Mas vou avisando. A história de separação de carreiras está vindo com força... Uma das chapas da eleição sindical está com uma ligeira vantagens por dar um apoio branco a separação das carreiras.


    Economicamente, é o melhor caminho.
    Lembrando que tanto o STF quanto o STJ estão com seus projetos elaborados sobre o assunto.
    Contundo, não creio que haverá indisposição com o pessoal da 1ª e 2ª instâncias.
    Se bem que a aguá começa a bater no pescoço.
    Aguardemos.

    Eu sou a favor que as carreiras tenham PLs separados para facilitar as negociações e aprovações dos PLs. Não sou a favor que um ramo receba (substancialmente) a mais que outro ramo.
    Só que o objetivo da separação é que um ramo receba substancialmente mais que outro.

    GDJ
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 513
    Reputação : 11
    Data de inscrição : 18/11/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por GDJ em Sex 06 Abr 2018, 7:17 am

    jornalista escreveu:

    Só que o objetivo da separação é que um ramo receba substancialmente mais que outro.

    Então a ideia é a separação por ramos, e não a separação da primeira da segunda instância?


    Última edição por GDJ em Sex 06 Abr 2018, 8:55 am, editado 2 vez(es)

    SENATUS
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 467
    Reputação : 32
    Data de inscrição : 23/11/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por SENATUS em Sex 06 Abr 2018, 8:21 am

    Pessoal do TJGO vão receber 25% a vista , auxílio alimentação de $1000,00, com governo PSDB e restrição orçamentaria, Aprendão!


    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    GDJ
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 513
    Reputação : 11
    Data de inscrição : 18/11/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por GDJ em Sex 06 Abr 2018, 8:51 am

    darkshi escreveu:Temos que ter em mente que qualquer reajuste futuro deverá obedecer a EC do teto. Qualquer coisa diferente disto é canto de sereia.

    Mas vou avisando. A história de separação de carreiras está vindo com força... Uma das chapas da eleição sindical está com uma ligeira vantagens por dar um apoio branco a separação das carreiras.


    Seria a separação por ramos ou a separação da primeira da segunda instância?
    avatar
    silmaria
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 236
    Reputação : 4
    Data de inscrição : 01/12/2014

    Re: Novo PCS

    Mensagem por silmaria em Sex 06 Abr 2018, 10:06 am

    SENATUS escreveu:Pessoal do TJGO vão receber 25% a vista , auxílio alimentação de $1000,00,  com governo PSDB e restrição orçamentaria, Aprendão!


    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    É o desespero para continuar com foro privilegiado (no senado)...
    avatar
    Fireball
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 719
    Reputação : 28
    Data de inscrição : 10/06/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Fireball em Sex 06 Abr 2018, 10:30 am

    Um novo PCS útil de verdade, considerando o momento atual deveria contemplar:
    a) 30h semanais;
    b) atualização da inflação(+- 5% por ano);
    c) Extinção da GAJ passando pro VB;
    d) Reajustes dos AQ nos moldes do Bacen;
    e) Criar níveis iniciais com 2,3k a menos pra demonstrar certo comprometimento com o momento.

    Qualquer PCS que não contemple metade das sugestões serão inócuos, mais um mamute pra 10 anos de agonia.
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6131
    Reputação : 228
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Galizezin em Sex 06 Abr 2018, 11:10 am

    sem flexibilização da ec 95, esqueçam reajuste. no máximo, irão mexer em algumas rubricas de incentivo à capacitação e produtividade, tipo aqs, mudança de nível superior para cargos técnicos e alongamento da carreira, com 25 níveis.


    _________________
    NO RACISM!
    avatar
    Sniper
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 605
    Reputação : 41
    Data de inscrição : 06/05/2011

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Sniper em Sex 06 Abr 2018, 1:45 pm

    Fireball escreveu:Um novo PCS útil de verdade, considerando o momento atual deveria contemplar:
    a) 30h semanais;
    b) atualização da inflação(+- 5% por ano);
    c) Extinção da GAJ passando pro VB;
    d) Reajustes dos AQ nos moldes do Bacen;
    e) Criar níveis iniciais com 2,3k a menos pra demonstrar certo comprometimento com o momento.

    Qualquer PCS que não contemple  metade das sugestões serão inócuos, mais um mamute pra 10 anos de agonia.

    Colega, pode explicar como funciona o AQ do BACEN? Grato.
    avatar
    Korgano Masaka
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 973
    Reputação : 55
    Data de inscrição : 29/07/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Korgano Masaka em Sex 06 Abr 2018, 2:30 pm

    Galizezin escreveu:sem flexibilização da ec 95, esqueçam reajuste. no máximo, irão mexer em algumas rubricas de incentivo à capacitação e produtividade, tipo aqs, mudança de nível superior para cargos técnicos e alongamento da carreira, com 25 níveis.

    E olhe lá...acho que a partir de 2019 vai ser reajuste zero nos moldes dos 8 anos de Lula/Dilma.

    VN
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 776
    Reputação : 18
    Data de inscrição : 07/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por VN em Sex 06 Abr 2018, 2:48 pm

    Korgano Masaka escreveu:
    Galizezin escreveu:sem flexibilização da ec 95, esqueçam reajuste. no máximo, irão mexer em algumas rubricas de incentivo à capacitação e produtividade, tipo aqs, mudança de nível superior para cargos técnicos e alongamento da carreira, com 25 níveis.

    E olhe lá...acho que a partir de 2019 vai ser reajuste zero nos moldes dos 8 anos de Lula/Dilma.

    Se a luta não for grande, vai ser de 8 a 10 anos sem reajustes. Por volta de 2030 teremos o reajuste.
    avatar
    Sniper
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 605
    Reputação : 41
    Data de inscrição : 06/05/2011

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Sniper em Sex 06 Abr 2018, 3:05 pm

    Korgano Masaka escreveu:
    Galizezin escreveu:sem flexibilização da ec 95, esqueçam reajuste. no máximo, irão mexer em algumas rubricas de incentivo à capacitação e produtividade, tipo aqs, mudança de nível superior para cargos técnicos e alongamento da carreira, com 25 níveis.

    E olhe lá...acho que a partir de 2019 vai ser reajuste zero nos moldes dos 8 anos de Lula/Dilma.

    8 anos sem reajuste por causa do querido Policarpo, diga-se.
    avatar
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2802
    Reputação : 395
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por josebarbos em Sex 06 Abr 2018, 10:43 pm

    cangaceiro escreveu:
    Com a aplicação das novas parcelas das Leis 13.316 e 13.317/2016, até janeiro de 2019, o total de reajustes desde julho de 2016, será de 21,32%. Acrescentando o percentual de 15,76%, relativos aos reajustes de 2013 a 2015, o acumulado de reajuste de junho de 2006 a janeiro de 2019 será de apenas 40,44%.

    Sindicalistas são incríveis. Venderam o aumento como se fossem de 40%, na época da aprovação, e agora já o reduzem a 21,32%?
    avatar
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2802
    Reputação : 395
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por josebarbos em Sex 06 Abr 2018, 11:25 pm

    Oi escreveu:Alguém do MPF já ouviu falar numa proposta de extinção/aglutinação  de PRMs visando economia de recursos?

    Tem um ofício que é fácil de achar no sistema e público. Há uma sugestão que se divide em algumas classes e critérios.

    Acho muito difícil, por enquanto, passar este tipo de medida. Uma mais eficaz e que tem tido bons resultados é a junção do MPF e MPT onde o espaço físico permite, e cada um se compromete a assumir parte das despesas.

    É um ganha ganha para todos. Com a adoção do processo eletrônico, o espaço de antes tende a poder ser reduzido e otimizado. O cidadão tem acesso a dois serviços num único local.

    Embora eu seja favorável a uma racionalização, centralizando recursos e pessoal, acho que ainda estamos muito longe de um nível de automação e aprimoramento de processos que vá nesta linha.
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6131
    Reputação : 228
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Galizezin em Sab 07 Abr 2018, 10:19 am

    josebarbos escreveu:
    Oi escreveu:Alguém do MPF já ouviu falar numa proposta de extinção/aglutinação  de PRMs visando economia de recursos?

    Tem um ofício que é fácil de achar no sistema e público. Há uma sugestão que se divide em algumas classes e critérios.

    Acho muito difícil, por enquanto, passar este tipo de medida. Uma mais eficaz e que tem tido bons resultados é a junção do MPF e MPT onde o espaço físico permite, e cada um se compromete a assumir parte das despesas.

    É um ganha ganha para todos. Com a adoção do processo eletrônico, o espaço de antes tende a poder ser reduzido e otimizado. O cidadão tem acesso a dois serviços num único local.

    Embora eu seja favorável a uma racionalização, centralizando recursos e pessoal, acho que ainda estamos muito longe de um nível de automação e aprimoramento de processos que vá nesta linha.

    No RS essa proposta já foi implementada.


    _________________
    NO RACISM!

    jornalista
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1239
    Reputação : 34
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por jornalista em Sab 07 Abr 2018, 9:36 pm

    GDJ escreveu:
    jornalista escreveu:

    Só que o objetivo da separação é que um ramo receba substancialmente mais que outro.

    Então a ideia é a separação por ramos, e não a separação da primeira da segunda instância?
    Acho que a ideia deles é por ramo e por tribunal superior. Não sei como ficaria a segunda instância. A primeira seria a vala comum.

    Conteúdo patrocinado

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg 17 Dez 2018, 11:42 am