PCS JÁ



    Novo PCS

    Compartilhe
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 5525
    Reputação : 201
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Galizezin em Dom 08 Abr 2018, 2:56 pm

    Separação das carreiras: quem vai definir o fatiamento do orçamento do judiciário, já que a 1ª instância tem a maior estrutura? A intenção é uma só: as instâncias mais elevadas querem ganhar mais.


    _________________
    NO RACISM!

    jornalista
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1079
    Reputação : 30
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por jornalista em Seg 09 Abr 2018, 7:57 am

    Galizezin escreveu:Separação das carreiras: quem vai definir o fatiamento do orçamento do judiciário, já que a 1ª instância tem a maior estrutura? A intenção é uma só: as instâncias mais elevadas querem ganhar mais.
    Bingo!

    SENATUS
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 460
    Reputação : 32
    Data de inscrição : 23/11/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por SENATUS em Seg 09 Abr 2018, 8:00 am

    jornalista escreveu:
    Galizezin escreveu:Separação das carreiras: quem vai definir o fatiamento do orçamento do judiciário, já que a 1ª instância tem a maior estrutura? A intenção é uma só: as instâncias mais elevadas querem ganhar mais.
    Bingo!

    Separação das carreiras é um mito criado, jamais será implementado.

    SENATUS
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 460
    Reputação : 32
    Data de inscrição : 23/11/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por SENATUS em Seg 09 Abr 2018, 9:22 am

    Proposta que limitaria salário de servidores federais a R$5000 é cancelada
    A proposta do governo que objetivava limitar o teto salarial de servidores públicos federais a R$ 5 mil reais foi cancelada. O presidente Michel Temer desistiu de enviar o pedido ao Congresso.

    A propositura foi colocada em pauta no ano passado, na época, o governo argumentava que a limitação dos vencimentos seria necessária para diminuir o rombo dos cofres públicos.

    A proposta já vinha encontrando objeções na casa Civil, mesmo com apoios da área financeira, havia uma grande chance de não ser aprovada pelos parlamentares.

    Agora, quase um ano após sua publicação, o presidente desistiu de leva-la adiante. Segundo a previsão oficial, em razão disso, o governo vai deixar de poupar cerca R$69 bilhões até a próxima década.

    A expectativa do governo é que a decisão do presidente deva amenizar a relação entre o governo e os servidores públicos.


    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    avatar
    Korgano Masaka
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 604
    Reputação : 42
    Data de inscrição : 29/07/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Korgano Masaka em Seg 09 Abr 2018, 11:05 am

    Sniper escreveu:
    Korgano Masaka escreveu:
    Galizezin escreveu:sem flexibilização da ec 95, esqueçam reajuste. no máximo, irão mexer em algumas rubricas de incentivo à capacitação e produtividade, tipo aqs, mudança de nível superior para cargos técnicos e alongamento da carreira, com 25 níveis.

    E olhe lá...acho que a partir de 2019 vai ser reajuste zero nos moldes dos 8 anos de Lula/Dilma.

    8 anos sem reajuste por causa do querido Policarpo, diga-se.

    Também, ele foi o braço petista que ajudou a implementar o arrocho para nós. Enquanto juízes e procuradores tinha reajuste anual, auxilio moradia, etc.
    avatar
    Oziris
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 589
    Reputação : 95
    Data de inscrição : 24/12/2014

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Oziris em Seg 09 Abr 2018, 1:40 pm

    jornalista escreveu:
    GDJ escreveu:
    jornalista escreveu:

    Só que o objetivo da separação é que um ramo receba substancialmente mais que outro.

    Então a ideia é a separação por ramos, e não a separação da primeira da segunda instância?
    Acho que a ideia deles é por ramo e por tribunal superior. Não sei como ficaria a segunda instância. A primeira seria a vala comum.

    Acho que a ideia é separar os superiores e, obviamente, passar um PL diferenciado pra eles com a desculpa de ser tribunal superior, morar em BSB, dificuldade de remoção, etc.

    Mas boa parte de separação por instância já existe na prática. Basta ver na JT que praticamente todos os servidores de gabinete ganham no mínimo FC5, fora que tem tribunal pagando FC6 pra quase todo mundo lotado em gabinete.
    avatar
    pernalonga
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1705
    Reputação : 745
    Data de inscrição : 25/04/2012

    Re: Novo PCS

    Mensagem por pernalonga em Seg 09 Abr 2018, 2:36 pm

    Oziris escreveu:
    jornalista escreveu:
    GDJ escreveu:
    jornalista escreveu:

    Só que o objetivo da separação é que um ramo receba substancialmente mais que outro.

    Então a ideia é a separação por ramos, e não a separação da primeira da segunda instância?
    Acho que a ideia deles é por ramo e por tribunal superior. Não sei como ficaria a segunda instância. A primeira seria a vala comum.

    Acho que a ideia é separar os superiores e, obviamente, passar um PL diferenciado pra eles com a desculpa de ser tribunal superior, morar em BSB, dificuldade de remoção, etc.

    Mas boa parte de separação por instância já existe na prática. Basta ver na JT que praticamente todos os servidores de gabinete ganham no mínimo FC5, fora que tem tribunal pagando FC6 pra quase todo mundo lotado em gabinete.


    Isso vai acabar muito em breve, FC vai ser disputada a foice
    avatar
    Oziris
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 589
    Reputação : 95
    Data de inscrição : 24/12/2014

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Oziris em Seg 09 Abr 2018, 2:45 pm

    pernalonga escreveu:
    Oziris escreveu:
    jornalista escreveu:
    GDJ escreveu:

    Então a ideia é a separação por ramos, e não a separação da primeira da segunda instância?
    Acho que a ideia deles é por ramo e por tribunal superior. Não sei como ficaria a segunda instância. A primeira seria a vala comum.

    Acho que a ideia é separar os superiores e, obviamente, passar um PL diferenciado pra eles com a desculpa de ser tribunal superior, morar em BSB, dificuldade de remoção, etc.

    Mas boa parte de separação por instância já existe na prática. Basta ver na JT que praticamente todos os servidores de gabinete ganham no mínimo FC5, fora que tem tribunal pagando FC6 pra quase todo mundo lotado em gabinete.

    Isso vai acabar muito em breve, FC vai ser disputada a foice

    Por mim que acabem com todas, mas não é esse o movimento que está rolando na JT pelo menos por agora. Com a resolução 219 totalmente deturpada pela maioria dos regionais, o que está ocorrendo é simplesmente a transferência das FC's da área administrativa para a 1ª instância, sendo que a 2ª instância continua intocável com suas inúmeras FC's altas e CJ's a disposição dos "afilhados".

    A não ser que você esteja sabendo de alguma novidade ai e queira compartilhar com os colegas...hehehe
    avatar
    pernalonga
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1705
    Reputação : 745
    Data de inscrição : 25/04/2012

    Re: Novo PCS

    Mensagem por pernalonga em Seg 09 Abr 2018, 2:55 pm

    Oziris escreveu:
    pernalonga escreveu:
    Oziris escreveu:
    jornalista escreveu:
    Acho que a ideia deles é por ramo e por tribunal superior. Não sei como ficaria a segunda instância. A primeira seria a vala comum.

    Acho que a ideia é separar os superiores e, obviamente, passar um PL diferenciado pra eles com a desculpa de ser tribunal superior, morar em BSB, dificuldade de remoção, etc.

    Mas boa parte de separação por instância já existe na prática. Basta ver na JT que praticamente todos os servidores de gabinete ganham no mínimo FC5, fora que tem tribunal pagando FC6 pra quase todo mundo lotado em gabinete.

    Isso vai acabar muito em breve, FC vai ser disputada a foice

    Por mim que acabem com todas, mas não é esse o movimento que está rolando na JT pelo menos por agora. Com a resolução 219 totalmente deturpada pela maioria dos regionais, o que está ocorrendo é simplesmente a transferência das FC's da área administrativa para a 1ª instância, sendo que a 2ª instância continua intocável com suas inúmeras FC's altas e CJ's a disposição dos "afilhados".

    A não ser que você esteja sabendo de alguma novidade ai e queira compartilhar com os colegas...hehehe

    Ano que vem vai estourar o limite da PEC do teto, vai ser preciso reduzir a despesa de pessoal na marra, e o alvo são as FCs tanto da JT quanto JF, no CJF já estão tratando disso nas sessoes
    avatar
    R77
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 397
    Reputação : 3
    Data de inscrição : 07/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por R77 em Seg 09 Abr 2018, 4:20 pm

    Cês viram que o PL 2199/2011 praticamente morreu de vez? Relator da CFT deu parecer contrário... Descanse em paz.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    avatar
    cicero_pb
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 1957
    Reputação : 159
    Data de inscrição : 07/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por cicero_pb em Seg 09 Abr 2018, 4:43 pm

    Acredito que vá reduzir, mas não vão tocar nos gabinetes. Tira até o pó do cafezinho, mas não se toca nos gabinetes.

    jornalista
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1079
    Reputação : 30
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por jornalista em Seg 09 Abr 2018, 8:43 pm

    cicero_pb escreveu:Acredito que vá reduzir, mas não vão tocar nos gabinetes. Tira até o pó do cafezinho, mas não se toca nos gabinetes.
    Provavelmente o corte será só no primeiro e segundo graus.
    avatar
    Protocol
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 324
    Reputação : 37
    Data de inscrição : 01/06/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Protocol em Seg 09 Abr 2018, 11:08 pm

    cicero_pb escreveu:Acredito que vá reduzir, mas não vão tocar nos gabinetes. Tira até o pó do cafezinho, mas não se toca nos gabinetes.

    Concordo que será onde chegarão por último, mas não vejo mais nada intocável na nossa República.

    jornalista
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1079
    Reputação : 30
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por jornalista em Ter 10 Abr 2018, 8:43 am

    Protocol escreveu:
    cicero_pb escreveu:Acredito que vá reduzir, mas não vão tocar nos gabinetes. Tira até o pó do cafezinho, mas não se toca nos gabinetes.

    Concordo que será onde chegarão por último, mas não vejo mais nada intocável na nossa República.
    Exceto se o cmt do EB der uma tuitada...
    avatar
    Oziris
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 589
    Reputação : 95
    Data de inscrição : 24/12/2014

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Oziris em Ter 10 Abr 2018, 10:55 am

    jornalista escreveu:
    cicero_pb escreveu:Acredito que vá reduzir, mas não vão tocar nos gabinetes. Tira até o pó do cafezinho, mas não se toca nos gabinetes.
    Provavelmente o corte será só no primeiro e segundo graus.

    Só se eles revogarem a resolução 219 do CNJ, uma vez que é ela que traz os critérios numéricos para a distribuição de funções entre 1º, 2º graus e áreas de apoio, sendo que os TRT's caparam as FC's e CJ's da área de apoio para passar para o 1º grau e mantiveram o 2º intacto, sendo que a resolução nem de longe fala isso.

    Mas é bem provável que num ambiente "crítico" de corte, eles revoguem ou alterem os critérios da resolução 219 só para manter o 2º grau intacto novamente.
    avatar
    Korgano Masaka
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 604
    Reputação : 42
    Data de inscrição : 29/07/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Korgano Masaka em Ter 10 Abr 2018, 11:09 am

    cicero_pb escreveu:Acredito que vá reduzir, mas não vão tocar nos gabinetes. Tira até o pó do cafezinho, mas não se toca nos gabinetes.

    Acredito que irão terceirizar tudo, menos os gabinetes. Esses serão compostos com comissionados e concursados.
    avatar
    Sigma
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Analista Judiciário - Especialidade TI
    Mensagens : 4833
    Reputação : 96
    Data de inscrição : 08/07/2010
    Idade : 37
    Localização : Curitiba/PR

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Sigma em Ter 10 Abr 2018, 4:06 pm

    Considerando o PJU como um todo, não vejo como conseguir qualquer espécie de reposição efetiva, a partir da EC 95.

    Se cortarem os valores das CJ's e FC's pela metade (pelo menos), daria pra tentar repor a inflação.

    Acima disso, só criando gratificação para ativos OU eliminando as VPNI's.

    Digo OU porque as 2 medidas são, a meu ver, incompatíveis.

    Ah, sim: não acredito mais em nenhuma das 2 medidas.

    Outra saída seria a separação dos Tribunais Superiores, e dando um aumento maior para "eles" em detrimento de "nós". E também não acredito que vingue... Ou, pelo menos, espero que não vingue.
    avatar
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8476
    Reputação : 228
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por darkshi em Ter 10 Abr 2018, 5:02 pm

    Existe pressão de que se separe as carreiras. Mas meu chute é que não vai vingar.


    Meu chute é que vão aumentar as AQs e vão aumentar o números dos padrões (já que a EC 95 não dificulta só os reajustes, mas também as novas contratações)

    jornalista
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1079
    Reputação : 30
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por jornalista em Ter 10 Abr 2018, 8:56 pm

    Sigma escreveu:Considerando o PJU como um todo, não vejo como conseguir qualquer espécie de reposição efetiva, a partir da EC 95.

    Se cortarem os valores das CJ's e FC's pela metade (pelo menos), daria pra tentar repor a inflação.

    Acima disso, só criando gratificação para ativos OU eliminando as VPNI's.

    Digo OU porque as 2 medidas são, a meu ver, incompatíveis.

    Ah, sim: não acredito mais em nenhuma das 2 medidas.

    Outra saída seria a separação dos Tribunais Superiores, e dando um aumento maior para "eles" em detrimento de "nós". E também não acredito que vingue... Ou, pelo menos, espero que não vingue.
    Nem precisa dar uma aumento maior. Basta dar um. Acho que eles ficariam satisfeitos. De todo modo, fico curioso pra saber como seria a atuação dos sindicatos.
    avatar
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2461
    Reputação : 372
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por josebarbos em Ter 10 Abr 2018, 11:41 pm

    Sigma escreveu:Considerando o PJU como um todo, não vejo como conseguir qualquer espécie de reposição efetiva, a partir da EC 95.

    Se cortarem os valores das CJ's e FC's pela metade (pelo menos), daria pra tentar repor a inflação.

    Acima disso, só criando gratificação para ativos OU eliminando as VPNI's.

    Digo OU porque as 2 medidas são, a meu ver, incompatíveis.

    Ah, sim: não acredito mais em nenhuma das 2 medidas.

    Outra saída seria a separação dos Tribunais Superiores, e dando um aumento maior para "eles" em detrimento de "nós". E também não acredito que vingue... Ou, pelo menos, espero que não vingue.

    A separação "formal", via PCS, parece-me no mínimo problemática quanto ao ponto de vista legal: como definir quem ocuparia cada um dos cargos, criar diferenciação, e ofendendo a isonomia?
    A maneira "prática" parece bem mais simples, é o que temos no MPU, por exemplo: as assessorias "altas" ganham CC-6, as intermediárias CC-4, e as de primeira instância CC-2.

    Ou seja, muito provavelmente os próximos planos serão muito pontuais e provavelmente irão priorizar CC/CJ em detrimento aos salários efetivos, até mesmo dada a sua facilidade de ajuste num cenário orçamentário adverso.

    avatar
    Victoralb
    Novo Usuário

    Mensagens : 10
    Reputação : 1
    Data de inscrição : 03/04/2018

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Victoralb em Qua 11 Abr 2018, 4:07 am

    Ciclo de Debates “O Judiciário que queremos!”

    A direção do Sisejufe convida toda a categoria do Judiciário Federal fluminense para a primeira atividade do Ciclo de Debates “O Judiciário que queremos!”, tendo como debatedor Amarildo Vieira, presidente da Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal do Poder Judiciário (Funpresp-Jud) e ex diretor-Geral do Supremo Tribunal Federal (STF). Amarildo também foi um dos que fez parte da estratégica da construção e negociação de todos os planos de carreira da categoria.

    O evento ocorrerá no dia 13 de abril próximo (sexta-feira), às 19h, no cinema do Centro Cultural da Justiça Federal (CCJF), na avenida Rio Branco, 241, no Centro do Rio.

    Em pauta a discussão de estratégias para recomposição salarial por dentro da Carreira, NS, valorização dos cargos, além das questões sobre previdência complementar.

    É o momento de iniciar o debate central para categoria, o da construção de saídas para a recomposição salarial dentro do atual cenário de corte de gastos imposto pela Emenda Constitucional 95.

    É importante, desde já, em 2018, a construção de saídas, já que em janeiro de 2019 a última parcela do acordo de 2016 será implantada.


    Ciclo de Debates “O Judiciário que queremos!”
    Estratégias para recomposição salarial por dentro da Carreira, NS, valorização dos cargos, além das questões sobre previdência complementar
    Dia 13 de abril
    19 horas
    Cinema do Centro Cultural da Justiça Federal
    Avenida Rio Branco, 241,Centro do Rio
    PARTICIPE!

    Estarei nesse evento. Nele, o Amarildo provavelmente discutirá a proposta da progressão funcional, que é a única possível e viável para fins de driblar a Emenda do Teto, garantindo, a partir de 2020, uma reposição anual de pelo menos 3,6%, do C13 ao E25.
    avatar
    RicardoMII
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1935
    Reputação : 5
    Data de inscrição : 07/07/2010
    Localização : João Pessoa

    Re: Novo PCS

    Mensagem por RicardoMII em Qua 11 Abr 2018, 8:22 am

    Victoralb escreveu:Ciclo de Debates “O Judiciário que queremos!”

    A direção do Sisejufe convida toda a categoria do Judiciário Federal fluminense para a primeira atividade do Ciclo de Debates “O Judiciário que queremos!”, tendo como debatedor Amarildo Vieira, presidente da Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal do Poder Judiciário (Funpresp-Jud) e ex diretor-Geral do Supremo Tribunal Federal (STF). Amarildo também foi um dos que fez parte da estratégica da construção e negociação de todos os planos de carreira da categoria.

    O evento ocorrerá no dia 13 de abril próximo (sexta-feira), às 19h, no cinema do Centro Cultural da Justiça Federal (CCJF), na avenida Rio Branco, 241, no Centro do Rio.

    Em pauta a  discussão de estratégias para recomposição salarial por dentro da Carreira, NS, valorização dos cargos, além das questões sobre  previdência complementar.

    É o momento de iniciar o debate central para categoria, o da construção de saídas para a recomposição salarial dentro do atual cenário de corte de gastos imposto pela Emenda Constitucional 95.

    É importante, desde já, em 2018, a construção de saídas, já que em janeiro de 2019 a última parcela do acordo de 2016 será implantada.


    Ciclo de Debates “O Judiciário que queremos!”
    Estratégias para recomposição salarial por dentro da Carreira, NS, valorização dos cargos, além das questões sobre  previdência complementar
    Dia 13 de abril
    19 horas
    Cinema do Centro Cultural da Justiça Federal
    Avenida Rio Branco, 241,Centro do Rio
    PARTICIPE!

    Estarei nesse evento. Nele, o Amarildo provavelmente discutirá a proposta da progressão funcional, que é a única possível e viável para fins de driblar a Emenda do Teto, garantindo, a partir de 2020, uma reposição anual de pelo menos 3,6%, do C13 ao E25.

    Que proposta é essa de progressão funcional?
    Seriam criados mais 12 níveis?
    avatar
    Oziris
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 589
    Reputação : 95
    Data de inscrição : 24/12/2014

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Oziris em Qua 11 Abr 2018, 11:12 am

    darkshi escreveu:Existe pressão de que se separe as carreiras. Mas meu chute é que não vai vingar.


    Meu chute é que vão aumentar as AQs e vão aumentar o números dos padrões (já que a EC 95 não dificulta só os reajustes, mas também as novas contratações)


    Os superiores sempre quiseram essa separação na tentativa de uma eventual equiparação ao TCU. Mas realmente não seria uma tarefa fácil, apesar de ser factível pois as desculpas já existem.

    Também acho que aumentar os AQs seria mais viável do ponto de vista da facilidade. Em MG, o poder executivo deu aumento pra alguns setores aumentando o vale alimentação por exemplo, uma vez que essa verba não entra no limite da responsabilidade fiscal.

    Sinceramente não dá pra saber nada sobre o futuro com essa EC vigorando, basta ver a Portaria 671 que congelou as nomeações na justiça eleitoral e a recomendação do CSJT que só permite nomeações na JT de cargos provenientes de vacância por posse em outro ou por exoneração.


    avatar
    Victoralb
    Novo Usuário

    Mensagens : 10
    Reputação : 1
    Data de inscrição : 03/04/2018

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Victoralb em Qua 11 Abr 2018, 11:43 am

    RicardoMII escreveu:
    Victoralb escreveu:Ciclo de Debates “O Judiciário que queremos!”

    A direção do Sisejufe convida toda a categoria do Judiciário Federal fluminense para a primeira atividade do Ciclo de Debates “O Judiciário que queremos!”, tendo como debatedor Amarildo Vieira, presidente da Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal do Poder Judiciário (Funpresp-Jud) e ex diretor-Geral do Supremo Tribunal Federal (STF). Amarildo também foi um dos que fez parte da estratégica da construção e negociação de todos os planos de carreira da categoria.

    O evento ocorrerá no dia 13 de abril próximo (sexta-feira), às 19h, no cinema do Centro Cultural da Justiça Federal (CCJF), na avenida Rio Branco, 241, no Centro do Rio.

    Em pauta a  discussão de estratégias para recomposição salarial por dentro da Carreira, NS, valorização dos cargos, além das questões sobre  previdência complementar.

    É o momento de iniciar o debate central para categoria, o da construção de saídas para a recomposição salarial dentro do atual cenário de corte de gastos imposto pela Emenda Constitucional 95.

    É importante, desde já, em 2018, a construção de saídas, já que em janeiro de 2019 a última parcela do acordo de 2016 será implantada.


    Ciclo de Debates “O Judiciário que queremos!”
    Estratégias para recomposição salarial por dentro da Carreira, NS, valorização dos cargos, além das questões sobre  previdência complementar
    Dia 13 de abril
    19 horas
    Cinema do Centro Cultural da Justiça Federal
    Avenida Rio Branco, 241,Centro do Rio
    PARTICIPE!

    Estarei nesse evento. Nele, o Amarildo provavelmente discutirá a proposta da progressão funcional, que é a única possível e viável para fins de driblar a Emenda do Teto, garantindo, a partir de 2020, uma reposição anual de pelo menos 3,6%, do C13 ao E25.

    Que proposta é essa de progressão funcional?
    Seriam criados mais 12 níveis?

    Pelo que eu entendi conversando com um dos Diretores do Sisejufe/RJ, seriam criados mais 12 níveis, garantindo novas progressões funcionais a 40% da categoria, que se encontra no C13 hoje, permitindo que eles possam ganhar cerca de 3,6% ao ano de progressão funcional. Nesse caso, os aposentados não seriam beneficiados. É também uma forma de compensar o fato de os últimos reajustes terem privilegiado os mais novos em detrimento dos mais antigos.

    O interessante é que, com essa proposta, haveria a sobreposição entre Técnicos e Analistas, já que o Técnico E25 ganharia bem mais do que o Analista A1.

    Entendo que esta seja a única forma de tentarmos driblar as limitações da Emenda do Teto (EC 95/16). E parece haver uma possibilidade de a mesma ser aprovada.
    avatar
    Bastião
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 91
    Reputação : 3
    Data de inscrição : 10/11/2017

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Bastião em Qua 11 Abr 2018, 12:32 pm

    Então o técnico C13 prestar concurso para Analista seria um ganho a longo prazo, nesses termos..?
    avatar
    PCS-TRE
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1649
    Reputação : 146
    Data de inscrição : 27/02/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por PCS-TRE em Qua 11 Abr 2018, 12:59 pm

    Victoralb escreveu:
    RicardoMII escreveu:
    Victoralb escreveu:Ciclo de Debates “O Judiciário que queremos!”

    A direção do Sisejufe convida toda a categoria do Judiciário Federal fluminense para a primeira atividade do Ciclo de Debates “O Judiciário que queremos!”, tendo como debatedor Amarildo Vieira, presidente da Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal do Poder Judiciário (Funpresp-Jud) e ex diretor-Geral do Supremo Tribunal Federal (STF). Amarildo também foi um dos que fez parte da estratégica da construção e negociação de todos os planos de carreira da categoria.

    O evento ocorrerá no dia 13 de abril próximo (sexta-feira), às 19h, no cinema do Centro Cultural da Justiça Federal (CCJF), na avenida Rio Branco, 241, no Centro do Rio.

    Em pauta a  discussão de estratégias para recomposição salarial por dentro da Carreira, NS, valorização dos cargos, além das questões sobre  previdência complementar.

    É o momento de iniciar o debate central para categoria, o da construção de saídas para a recomposição salarial dentro do atual cenário de corte de gastos imposto pela Emenda Constitucional 95.

    É importante, desde já, em 2018, a construção de saídas, já que em janeiro de 2019 a última parcela do acordo de 2016 será implantada.


    Ciclo de Debates “O Judiciário que queremos!”
    Estratégias para recomposição salarial por dentro da Carreira, NS, valorização dos cargos, além das questões sobre  previdência complementar
    Dia 13 de abril
    19 horas
    Cinema do Centro Cultural da Justiça Federal
    Avenida Rio Branco, 241,Centro do Rio
    PARTICIPE!

    Estarei nesse evento. Nele, o Amarildo provavelmente discutirá a proposta da progressão funcional, que é a única possível e viável para fins de driblar a Emenda do Teto, garantindo, a partir de 2020, uma reposição anual de pelo menos 3,6%, do C13 ao E25.

    Que proposta é essa de progressão funcional?
    Seriam criados mais 12 níveis?

    Pelo que eu entendi conversando com um dos Diretores do Sisejufe/RJ, seriam criados mais 12 níveis, garantindo novas progressões funcionais a 40% da categoria, que se encontra no C13 hoje, permitindo que eles possam ganhar cerca de 3,6% ao ano de progressão funcional. Nesse caso, os aposentados não seriam beneficiados. É também uma forma de compensar o fato de os últimos reajustes terem privilegiado os mais novos em detrimento dos mais antigos.

    O interessante é que, com essa proposta, haveria a sobreposição entre Técnicos e Analistas, já que o Técnico E25 ganharia bem mais do que o Analista A1.

    Entendo que esta seja a única forma de tentarmos driblar as limitações da Emenda do Teto (EC 95/16). E parece haver uma possibilidade de a mesma ser aprovada.

    Sobreposição foi palavra proibida nos PCSs 2 e 3 e nas duas reposições que vieram depois. Agora será a salvação. Olha como as coisas mudam.

    Essa proposta prosperando, poderia prever que o técnico que assumisse o cargo de analista não poderia ter decréscimo da remuneração e que fosse criada uma gratificação provisória que fosse sendo absorvida à medida que o analista oriundo do cargo de técnico fosse tendo progressões.
    avatar
    Victoralb
    Novo Usuário

    Mensagens : 10
    Reputação : 1
    Data de inscrição : 03/04/2018

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Victoralb em Qua 11 Abr 2018, 2:32 pm

    Galera, os mais antigos talvez se recordem de mim. Eu sou aquele Analista do TRT/RJ, que apanhava junto com o Subsídio Já, defendendo que o PL do Leitinho não era um reajuste desprezível, demonstrando isso através de cálculos e tabelas.

    É que a minha inscrição ficou inativa. Então, fui obrigado a criar uma nova. Abraços e vamos à luta!
    avatar
    akfgfan
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 50
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 07/04/2011

    Re: Novo PCS

    Mensagem por akfgfan em Qua 11 Abr 2018, 3:46 pm

    Quer dizer então que com essa possível proposta, os 60% da categoria não teriam reajuste algum ?! Até concordo que os últimos PCS deram um reajuste "menor" para quem já estava no fim da carreira, porém houve reajuste para todos. Concordaria com essa proposta caso elevassem de forma gradual todos os servidores (como no caso da elevação de 2 níveis quando excluíram o A1 e A2 da carreira de técnico e analista).
    avatar
    The Punisher
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 586
    Reputação : 77
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por The Punisher em Qua 11 Abr 2018, 3:51 pm

    Não acho que virá grande coisa, mas o que quer que venha será imposto de cima para baixo. Então sindicatos & cia podem até fazer barulho e atrapalhar mas não irão melhorar nada.
    avatar
    tre-rj
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1217
    Reputação : 79
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por tre-rj em Qua 11 Abr 2018, 5:10 pm

    Só ficar na carreira que você chega ao topo. Pessoal tem que se conscientizar que a EC 95 veio dificultar e muito futuros reajustes. E até para uma proposta como essa, que dilui o reajuste ao longo dos anos, vai ser difícil de passar.
    Preferem o topo da carreira, em que todos um dia chegarão preservado (com 3% de elevação via progressão) ou reajuste zero? sim, reajuste zero é o que nós vamos ter se não formos criativos.

    akfgfan escreveu:Quer dizer então que com essa possível proposta, os 60% da categoria não teriam reajuste algum ?! Até concordo que os últimos PCS deram um reajuste "menor" para quem já estava no fim da carreira, porém houve reajuste para todos. Concordaria com essa proposta caso elevassem de forma gradual todos os servidores (como no caso da elevação de 2 níveis quando excluíram o A1 e A2 da carreira de técnico e analista).
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 5525
    Reputação : 201
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Galizezin em Qua 11 Abr 2018, 6:19 pm

    Antes de discutir qualquer coisa o pessoal da linha de frente precisa considerar o contexto em que se dará eventual pcs. Quem será o presidente do STF? A EC 95 será flexibilizada?

    Sendo realista, vejo margem de discussão para majorar os AQs, que estão bastante desvalorizados considerando carreiras análogas. Considerando que o congresso poderá rechaçar qualquer projeto de lei visando aumento salarial (início de mandato presidencial), temos a possibilidade de "carga" no auxílio-alimentação, que não sofre incidência de IR.


    Última edição por Galizezin em Qua 11 Abr 2018, 6:21 pm, editado 1 vez(es)


    _________________
    NO RACISM!
    avatar
    akfgfan
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 50
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 07/04/2011

    Re: Novo PCS

    Mensagem por akfgfan em Qua 11 Abr 2018, 6:21 pm

    Galizezin escreveu:Antes de discutir qualquer coisa o pessoal da linha de frente precisa considerar o contexto em que se dará eventual pcs. Quem será o novo presidente do STF? A EC 95 será flexibilizada?

    Sendo realista, vejo margem de discussão para majorar os AQs, que estão bastante desvalorizados considerando carreiras análogas. Considerando que o congresso poderá rechaçar qualquer projeto de lei visando aumento salarial, temos a possibilidade de "carga" no auxílio-alimentação, que não sofre incidência de IR.


    Qual é o valor dos AQ's no senado/câmara/tcu ? São cumulativas ?
    avatar
    tre-rj
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1217
    Reputação : 79
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por tre-rj em Qua 11 Abr 2018, 6:27 pm

    A EC 95 pode até ser flexibilizada mas dificilmente na parte que toca a reajuste de servidores. No máximo em relação ao aumento do salario mínimo devido ao seu crescimento geométrico.

    Galizezin escreveu:Antes de discutir qualquer coisa o pessoal da linha de frente precisa considerar o contexto em que se dará eventual pcs. Quem será o presidente do STF? A EC 95 será flexibilizada?

    Sendo realista, vejo margem de discussão para majorar os AQs, que estão bastante desvalorizados considerando carreiras análogas. Considerando que o congresso poderá rechaçar qualquer projeto de lei visando aumento salarial (início de mandato presidencial), temos a possibilidade de "carga" no auxílio-alimentação, que não sofre incidência de IR.

    GDJ
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 504
    Reputação : 11
    Data de inscrição : 18/11/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por GDJ em Qua 11 Abr 2018, 7:42 pm

    Victoralb escreveu:Galera, os mais antigos talvez se recordem de mim. Eu sou aquele Analista do TRT/RJ, que apanhava junto com o Subsídio Já, defendendo que o PL do Leitinho não era um reajuste desprezível, demonstrando isso através de cálculos e tabelas.

    É que a minha inscrição ficou inativa. Então, fui obrigado a criar uma nova. Abraços e vamos à luta!

    Lembro de você! Victor Albuquerque, não é?

    GDJ
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 504
    Reputação : 11
    Data de inscrição : 18/11/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por GDJ em Qua 11 Abr 2018, 7:45 pm

    Victoralb escreveu:

    Pelo que eu entendi conversando com um dos Diretores do Sisejufe/RJ, seriam criados mais 12 níveis, garantindo novas progressões funcionais a 40% da categoria, que se encontra no C13 hoje, permitindo que eles possam ganhar cerca de 3,6% ao ano de progressão funcional. Nesse caso, os aposentados não seriam beneficiados. É também uma forma de compensar o fato de os últimos reajustes terem privilegiado os mais novos em detrimento dos mais antigos.

    O interessante é que, com essa proposta, haveria a sobreposição entre Técnicos e Analistas, já que o Técnico E25 ganharia bem mais do que o Analista A1.

    Entendo que esta seja a única forma de tentarmos driblar as limitações da Emenda do Teto (EC 95/16). E parece haver uma possibilidade de a mesma ser aprovada.

    A proposta é boa, porém os sindicatos rechaçam qualquer reajuste que não inclua os aposentados. Aliás, esse foi um dos motivos de terem rechaçado a proposta de GD dos Diretores Gerais em 2009, pois os inativos só levariam a parte fixa da referida gratificação.
    O outro motivo foi a proposta de extinção de GAE/GAS.

    GDJ
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 504
    Reputação : 11
    Data de inscrição : 18/11/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por GDJ em Qua 11 Abr 2018, 8:13 pm

    Galizezin escreveu:Antes de discutir qualquer coisa o pessoal da linha de frente precisa considerar o contexto em que se dará eventual pcs. Quem será o presidente do STF? A EC 95 será flexibilizada?

    Sendo realista, vejo margem de discussão para majorar os AQs, que estão bastante desvalorizados considerando carreiras análogas. Considerando que o congresso poderá rechaçar qualquer projeto de lei visando aumento salarial (início de mandato presidencial), temos a possibilidade de "carga" no auxílio-alimentação, que não sofre incidência de IR.

    Acho que o AA é considerado como despesa de custeio, então qualquer reajuste nele é muito difícil, devido ao gasto com auxilio-moradia dos Membros, que também é classificado como despesa de custeio, e não de pessoal.
    avatar
    Protocol
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 324
    Reputação : 37
    Data de inscrição : 01/06/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Protocol em Qua 11 Abr 2018, 8:37 pm

    GDJ escreveu:
    Victoralb escreveu:

    Pelo que eu entendi conversando com um dos Diretores do Sisejufe/RJ, seriam criados mais 12 níveis, garantindo novas progressões funcionais a 40% da categoria, que se encontra no C13 hoje, permitindo que eles possam ganhar cerca de 3,6% ao ano de progressão funcional. Nesse caso, os aposentados não seriam beneficiados. É também uma forma de compensar o fato de os últimos reajustes terem privilegiado os mais novos em detrimento dos mais antigos.

    O interessante é que, com essa proposta, haveria a sobreposição entre Técnicos e Analistas, já que o Técnico E25 ganharia bem mais do que o Analista A1.

    Entendo que esta seja a única forma de tentarmos driblar as limitações da Emenda do Teto (EC 95/16). E parece haver uma possibilidade de a mesma ser aprovada.

    A proposta é boa, porém os sindicatos rechaçam qualquer reajuste que não inclua os aposentados. Aliás, esse foi um dos motivos de terem rechaçado a proposta de GD dos Diretores Gerais em 2009, pois os inativos só levariam a parte fixa da referida gratificação.
    O outro motivo foi a proposta de extinção de GAE/GAS.

    Com todo o respeito aos sindicatos, depois do PL28, do veto e da lei de reajuste vigente, e considerando o atual cenário, não vejo o que eles possam fazer para barrar qualquer tipo de proposta que a Administração resolva enviar ao Congresso Nacional.

    E quanto à prejuízos aos aposentados, a Receita Federal inaugurou, depois da Lei nº 13.464, o escanteamento dos inativos, que recebem o bônus de eficiência proporcional ao tempo de aposentado, de forma decrescente, que aliás está por um fio. O TCU entende que os inativos não devem receber nada.

    Se o calo da EC 95/16 apertar muito, não imaginem que o STF e os Tribunais vão se preocupar em preservar inativos, cargos em comissão, funções, órgãos administrativos. Na minha opinião, que pode estar tremendamente errada, quando for a hora de cortar, o corte vai vir firme e profundo, não necessariamente com justiça.

    Estou tentado acreditar que propostas como aumento de níveis nas carreiras, não necessariamente com sobreposição, embora a previsão de sobreposição seja uma medida ótima para nos dividir e facilitar o trabalho de empurrar o PL goela abaixo, aumento do auxílio-alimentação, dos adicionais de qualificação, e de tudo o que não se leva para a inatividade e afete os inativos com integralidade e paridade, tenha chance de passar, e não o zero que se desenha. Acredito até em GD, mas não que virá coisa boa.

    É bem provável que a campanha de 2018 dê em algo só no meio de 2019, para ser recebido em 2020, afinal para qualquer reajuste temos de combinar com os russos.
    avatar
    Victoralb
    Novo Usuário

    Mensagens : 10
    Reputação : 1
    Data de inscrição : 03/04/2018

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Victoralb em Qua 11 Abr 2018, 9:06 pm

    GDJ escreveu:
    Victoralb escreveu:Galera, os mais antigos talvez se recordem de mim. Eu sou aquele Analista do TRT/RJ, que apanhava junto com o Subsídio Já, defendendo que o PL do Leitinho não era um reajuste desprezível, demonstrando isso através de cálculos e tabelas.

    É que a minha inscrição ficou inativa. Então, fui obrigado a criar uma nova. Abraços e vamos à luta!

    Lembro de você! Victor Albuquerque, não é?

    Exatamente, GDJ. Apanhava muito aqui nesse espaço. Mas entre mortos e feridos, salvaram-se todos!
    E estou aqui de novo. Tenho percebido que a galera do fórum tá mais, digamos, realista. Isso é bom. Facilita muito o entendimento do contexto desfavorável em que vivemos, o que aumenta ainda mais os nossos desafios.

    jornalista
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1079
    Reputação : 30
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por jornalista em Qua 11 Abr 2018, 9:52 pm

    GDJ escreveu:
    Victoralb escreveu:

    Pelo que eu entendi conversando com um dos Diretores do Sisejufe/RJ, seriam criados mais 12 níveis, garantindo novas progressões funcionais a 40% da categoria, que se encontra no C13 hoje, permitindo que eles possam ganhar cerca de 3,6% ao ano de progressão funcional. Nesse caso, os aposentados não seriam beneficiados. É também uma forma de compensar o fato de os últimos reajustes terem privilegiado os mais novos em detrimento dos mais antigos.

    O interessante é que, com essa proposta, haveria a sobreposição entre Técnicos e Analistas, já que o Técnico E25 ganharia bem mais do que o Analista A1.

    Entendo que esta seja a única forma de tentarmos driblar as limitações da Emenda do Teto (EC 95/16). E parece haver uma possibilidade de a mesma ser aprovada.

    A proposta é boa, porém os sindicatos rechaçam qualquer reajuste que não inclua os aposentados. Aliás, esse foi um dos motivos de terem rechaçado a proposta de GD dos Diretores Gerais em 2009, pois os inativos só levariam a parte fixa da referida gratificação.
    O outro motivo foi a proposta de extinção de GAE/GAS.
    Aposentados lideram sindicatos. Então pode esquecer reajuste. Preferem zero.
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 5525
    Reputação : 201
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Galizezin em Qui 12 Abr 2018, 9:28 am

    GDJ escreveu:
    Galizezin escreveu:Antes de discutir qualquer coisa o pessoal da linha de frente precisa considerar o contexto em que se dará eventual pcs. Quem será o presidente do STF? A EC 95 será flexibilizada?

    Sendo realista, vejo margem de discussão para majorar os AQs, que estão bastante desvalorizados considerando carreiras análogas. Considerando que o congresso poderá rechaçar qualquer projeto de lei visando aumento salarial (início de mandato presidencial), temos a possibilidade de "carga" no auxílio-alimentação, que não sofre incidência de IR.

    Acho que o AA é considerado como despesa de custeio, então qualquer reajuste nele é muito difícil, devido ao gasto com auxilio-moradia dos Membros, que também é classificado como despesa de custeio,  e não de pessoal.

    Acho o contrário. Despesa de custeio é maleável. Já a despesa com pessoal é que é engessada. Por exemplo, é possível aumentar o prazo de substituição de computadores para 8 anos, ao invés de 5 anos. O resultado pode ser canalizado para a rubrica AA.


    _________________
    NO RACISM!

    Conteúdo patrocinado

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter 24 Abr 2018, 5:35 pm