PCS JÁ



    Assuntos gerais: economia & política

    Compartilhe
    avatar
    Bastião
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 362
    Reputação : 17
    Data de inscrição : 10/11/2017

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por Bastião em Sab Mar 17, 2018 12:02 pm

    anuvenzinha escreveu:
    Bastião escreveu:Não há embate. Há ignorância e ou ------- mesmo.

    A vereadora em questão era uma personagem central, uma ativista contra violência, contra a morte desregrada de negros, violência contra mulheres, homossexuais, enfim, tudo o que os reacinhas babacas têm ojeriza.

    Em qualquer lugar do mundo, uma morte de uma figura pública, naquelas circunstâncias e justamente por ser uma representante de movimentos que investigavam a violência contra a periferia, é de causar grande comoção. Por que aqui deveria ser diferente? Quando a Princesa Diana morreu, ficaram evidenciando o motorista morto junto com ela ?

    Daí vem um mar de hipocrisia: "ah por que fulano foi morto e ninguém deu bola... por que x policiais foram mortos e mimimi". Olha, brasileiro tá pouco se ferrando para as mortes de terceiros que não lhe dizem respeito. Queremos saber do nosso netflix, da nossa cerveja gelada, do churrasco e da novela. Empatia e consciência coletiva, zero. Aliás, nem nós servidores públicos temos consciência de classe: Correio faz greve, e ficamos malhando os pobres coitados dos trabalhadores de lá. Então, esse papinho de "ah mas e os outros?", é pra boi dormir.

    Ela por ser uma ativista de direitos humanos, justamente contra a violência, merece sim toda a relevância. Até para que todos enxerguem que muita gente morre lá de graça. Exatamente, dar relevância ao acontecimento servirá para uma maior visibilidade a assassinatos e violência que são ignorados.

    Hipocrisia é achar uma defensora de aborto, de bandido de uma comunidade onde há maior feira de roubo do RJ de uma ativista contra a violência!!!  Covardia é despedaçar corpos inocentes!!!

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Ela aprendeu o que é altruísmo na escola.

    Torço para que seu nome entre para a História.
    avatar
    euvoltei
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1109
    Reputação : 122
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por euvoltei em Sab Mar 17, 2018 12:55 pm

    No Brasil existe uma cultura de santificar quem já morreu, se for uma morte trágica, esse processo é mais intenso...
    Veja Getúlio Vargas, JK, , Ulisses, Tiradentes, Mamonas Assassinas,...
    E veja tantos outros com até mais méritos, fama, que adam aí bem mais esquecidos..
    avatar
    Bastião
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 362
    Reputação : 17
    Data de inscrição : 10/11/2017

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por Bastião em Sab Mar 17, 2018 1:05 pm

    Tens toda a razão. Mas EU acho que a Marielle merece tudo isso.

    Bom finde, coleguinhas.
    avatar
    anuvenzinha
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : ANALISTA
    Mensagens : 1025
    Reputação : 143
    Data de inscrição : 19/12/2014

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por anuvenzinha em Sab Mar 17, 2018 4:47 pm

    Bastião escreveu:
    anuvenzinha escreveu:
    Bastião escreveu:Não há embate. Há ignorância e ou ------- mesmo.

    A vereadora em questão era uma personagem central, uma ativista contra violência, contra a morte desregrada de negros, violência contra mulheres, homossexuais, enfim, tudo o que os reacinhas babacas têm ojeriza.

    Em qualquer lugar do mundo, uma morte de uma figura pública, naquelas circunstâncias e justamente por ser uma representante de movimentos que investigavam a violência contra a periferia, é de causar grande comoção. Por que aqui deveria ser diferente? Quando a Princesa Diana morreu, ficaram evidenciando o motorista morto junto com ela ?

    Daí vem um mar de hipocrisia: "ah por que fulano foi morto e ninguém deu bola... por que x policiais foram mortos e mimimi". Olha, brasileiro tá pouco se ferrando para as mortes de terceiros que não lhe dizem respeito. Queremos saber do nosso netflix, da nossa cerveja gelada, do churrasco e da novela. Empatia e consciência coletiva, zero. Aliás, nem nós servidores públicos temos consciência de classe: Correio faz greve, e ficamos malhando os pobres coitados dos trabalhadores de lá. Então, esse papinho de "ah mas e os outros?", é pra boi dormir.

    Ela por ser uma ativista de direitos humanos, justamente contra a violência, merece sim toda a relevância. Até para que todos enxerguem que muita gente morre lá de graça. Exatamente, dar relevância ao acontecimento servirá para uma maior visibilidade a assassinatos e violência que são ignorados.

    Hipocrisia é achar uma defensora de aborto, de bandido de uma comunidade onde há maior feira de roubo do RJ de uma ativista contra a violência!!!  Covardia é despedaçar corpos inocentes!!!

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Ela aprendeu o que é altruísmo na escola.

    Torço para que seu nome entre para a História.

    Nessa hora o Globo serve....
    Não sei q tipo de policial era esse e nem os reais fatos dessa matéria o q eu sei, verdadeiramente, é o q saia da boca dessa sujeita e o q ela escrevia na Rede. Bem, não desejo nenhuma morte de nenhum ser humano..tipo: Stalin, Che, Hitler, Caçadores de policial, defensores do aborto, bandido, etc. só q queimem no inferno ou, também, não pode ter inferno???  troll2
    avatar
    maligna
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 275
    Reputação : 32
    Data de inscrição : 20/12/2014

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por maligna em Sab Mar 17, 2018 8:16 pm

    problema é o seguinte:
    A vereadora era uma pessoa boa? Certamente que sim! Sua execução merece ser apurada até o fim, para encontrar os responsáveis pelo crime! Até mesmo para desmitificar esse dogma, de que ela morreu pela direita reacionária, porque defendia a não-violência e o fim da intervenção militar no Rio de Janeiro!
    Agora, ela me representava enquanto política? Certamente que não!
    Sou classe média branca, vivo no asfalto, trabalho no serviço público, o que não significa que detenho privilégios em relação às pessoas que ela defendia, muito pelo contrário!
    Estou gostando, por exemplo, da intervenção militar no Rio sim, ando por lá e sei o que é não ter segurança para andar nas ruas... nos entornos das favelas, então, é stress direto...
    É claro que os militares nas ruas, as operações nas favelas, por si só, não vão resolver o problema, que é estrutural.. mas pelo menos, por enquanto, garante o nosso direito de ir e vir na cidade..
    O morador do asfalto, de modo geral (não, não estou falando de quem mora na Vieira Souto, na Delfim Moreira e arredores)  é quem paga os impostos, quem sustenta o Estado.. Mas vê a sua contribuição sair pelo ralo, não só por conta da corrupção (eu sei, o velho discurso que não termina, e nem deve terminar, por ora), mas também porque boa parte do dinheiro público vai diretamente para urbanização das incontáveis favelas, que não param de nascer e de crescer.  De uma certa fora, ficamos órfãos de proteção, nem negros, nem pobres (no sentido clássico da palavra), nem homossexuais, nem nada. Muito menos classe A privilegiada.
    Ela foi eleita principalmente pela comunidade na qual nascera e crescera, seus compromissos eram basicamente com os anseios do seu pessoal. Claro, muitas vezes sua atuação extrapolou essa pauta restrita. Outras vezes, porém, não...
    Ser humano é complexo, não dá para resumir todo o discurso político-ideológico em uma única pessoa.


    Última edição por maligna em Sab Mar 17, 2018 8:26 pm, editado 1 vez(es) (Razão : ortografia)
    avatar
    Bastião
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 362
    Reputação : 17
    Data de inscrição : 10/11/2017

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por Bastião em Dom Mar 18, 2018 12:08 pm

    anuvenzinha escreveu:
    Bastião escreveu:
    anuvenzinha escreveu:
    Bastião escreveu:Não há embate. Há ignorância e ou ------- mesmo.

    A vereadora em questão era uma personagem central, uma ativista contra violência, contra a morte desregrada de negros, violência contra mulheres, homossexuais, enfim, tudo o que os reacinhas babacas têm ojeriza.

    Em qualquer lugar do mundo, uma morte de uma figura pública, naquelas circunstâncias e justamente por ser uma representante de movimentos que investigavam a violência contra a periferia, é de causar grande comoção. Por que aqui deveria ser diferente? Quando a Princesa Diana morreu, ficaram evidenciando o motorista morto junto com ela ?

    Daí vem um mar de hipocrisia: "ah por que fulano foi morto e ninguém deu bola... por que x policiais foram mortos e mimimi". Olha, brasileiro tá pouco se ferrando para as mortes de terceiros que não lhe dizem respeito. Queremos saber do nosso netflix, da nossa cerveja gelada, do churrasco e da novela. Empatia e consciência coletiva, zero. Aliás, nem nós servidores públicos temos consciência de classe: Correio faz greve, e ficamos malhando os pobres coitados dos trabalhadores de lá. Então, esse papinho de "ah mas e os outros?", é pra boi dormir.

    Ela por ser uma ativista de direitos humanos, justamente contra a violência, merece sim toda a relevância. Até para que todos enxerguem que muita gente morre lá de graça. Exatamente, dar relevância ao acontecimento servirá para uma maior visibilidade a assassinatos e violência que são ignorados.

    Hipocrisia é achar uma defensora de aborto, de bandido de uma comunidade onde há maior feira de roubo do RJ de uma ativista contra a violência!!!  Covardia é despedaçar corpos inocentes!!!

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Ela aprendeu o que é altruísmo na escola.

    Torço para que seu nome entre para a História.

    Nessa hora o Globo serve....
    Não sei q tipo de policial era esse e nem os reais fatos dessa matéria o q eu sei, verdadeiramente, é o q saia da boca dessa sujeita e o q ela escrevia na Rede. Bem, não desejo nenhuma morte de nenhum ser humano..tipo: Stalin, Che, Hitler, Caçadores de policial, defensores do aborto, bandido, etc. só q queimem no inferno ou, também, não pode ter inferno???  troll2

    Blz cara..Pode brindar uma morte de uma negra, favelada, gay e esquerdista. Estamos numa "democracia".
    avatar
    cicero_pb
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 1962
    Reputação : 163
    Data de inscrição : 07/07/2010

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por cicero_pb em Dom Mar 18, 2018 2:07 pm

    Democracia, não. Há controvérsia. Eis uma opinião diferente:

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    avatar
    Bastião
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 362
    Reputação : 17
    Data de inscrição : 10/11/2017

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por Bastião em Dom Mar 18, 2018 8:19 pm

    ColoqueI entre aspas. Somos uma colônia, inclusive de pensamento.

    Steven Brams? Uau.
    avatar
    ale1969
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 518
    Reputação : 40
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por ale1969 em Seg Mar 19, 2018 8:17 am

    Será que o Bolsonaro vai ter coragem de falar o que pensa sobre a morte de Marielle?

    A julgar pelos seus "geniais" seguidores da internet não vai poder, pois vai ser preso ou perder de vez a chance de ser eleito.
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6131
    Reputação : 228
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por Galizezin em Seg Mar 19, 2018 9:15 am

    ale1969 escreveu:Será que o Bolsonaro vai ter coragem de falar o que pensa sobre a morte de Marielle?

    A julgar pelos seus "geniais" seguidores da internet não vai poder, pois vai ser preso ou perder de vez a chance de ser eleito.

    Quem defende bandido é bandido também. Quem defende policial corrupto, é da mesma laia, ou seja, bandido.


    _________________
    NO RACISM!
    avatar
    ale1969
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 518
    Reputação : 40
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por ale1969 em Seg Mar 19, 2018 9:36 am

    Galizezin escreveu:
    ale1969 escreveu:Será que o Bolsonaro vai ter coragem de falar o que pensa sobre a morte de Marielle?

    A julgar pelos seus "geniais" seguidores da internet não vai poder, pois vai ser preso ou perder de vez a chance de ser eleito.

    Quem defende bandido é bandido também. Quem defende policial corrupto, é da mesma laia, ou seja, bandido.

    Acho que não fui bem claro.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Pense um pouco sobre o que representou a morte de Marielle, uma mulher, negra, favelada, lésbica, que estudou e representou um grupo oprimido da sociedade.
    avatar
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2039
    Reputação : 269
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por androsvilazza em Seg Mar 19, 2018 10:16 am

    ale1969 escreveu:
    Galizezin escreveu:
    ale1969 escreveu:Será que o Bolsonaro vai ter coragem de falar o que pensa sobre a morte de Marielle?

    A julgar pelos seus "geniais" seguidores da internet não vai poder, pois vai ser preso ou perder de vez a chance de ser eleito.

    Quem defende bandido é bandido também. Quem defende policial corrupto, é da mesma laia, ou seja, bandido.

    Acho que não fui bem claro.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Pense um pouco sobre o que representou a morte de Marielle, uma mulher, negra, favelada, lésbica,  que estudou e representou um grupo oprimido da sociedade.

    Vamos devagar com o andor, que o "santo", no caso, defendia pautas da classe média-alta progressista da Zona Sul. O "grupo oprimido da sociedade", que ela alegava representar, não lhe deu 10% dos votos. Isto, inclusive, ataca uma falácia dos críticos de Marielle, que a tentaram difamar, dizendo que houvera sido eleita "pelo tráfico, nas favelas". Nem tanto lá, nem tanto cá. Ela defendia uma pauta (importante, diga-se de passagem), mas alegar a defesa dos pobres, sob seu ponto de vista, é o que todo político faz, indiferente de corrente partidária ou ideologia - até o Sarney, nas campanhas, alega defender os "mais oprimidos da sociedade".

    Repito o que aleguei antes, de ser um oportunismo rasteiro essa tentativa, de uns e outros, de ligar a morte dela a este ou aquele fator, sem qualquer base em investigações. Eu li recentemente um termo, que acredito representar bem esses discursos: cafetão de cadáveres, um dos tipos mais rasos de proselitismo político.

    Considero sua morte um atentado à democracia, por terem assassinado uma representante "do povo", seja este povo qual for (elite progressista intelectual, ou trabalhadores das favelas). Mas não dá, ainda, pra ligar a sua morte a esta ou aquela pauta defendida.
    avatar
    ale1969
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 518
    Reputação : 40
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por ale1969 em Seg Mar 19, 2018 10:46 am

    Volto a repetir, escolha um lado. O meu é o da Marielle. Venha para o lado bom da "força", o negro é claro.
    avatar
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2039
    Reputação : 269
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por androsvilazza em Seg Mar 19, 2018 11:56 am

    ale1969 escreveu:Volto a repetir, escolha um lado. O meu é o da Marielle. Venha para o lado bom da "força", o negro é claro.

    Se a referência é à dualidade "assassino/vítima", é claro que estamos do mesmo lado. Mas repudiar um assassinato não me torna, automaticamente, adepto das pautas da vítima. Muito menos permite aos defensores a exploração política do desastre.
    avatar
    tre-rj
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1329
    Reputação : 92
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por tre-rj em Seg Mar 19, 2018 11:57 am

    androsvilazza escreveu:
    ale1969 escreveu:Volto a repetir, escolha um lado. O meu é o da Marielle. Venha para o lado bom da "força", o negro é claro.

    Se a referência é à dualidade "assassino/vítima", é claro que estamos do mesmo lado. Mas repudiar um assassinato não me torna, automaticamente, adepto das pautas da vítima. Muito menos permite aos defensores a exploração política do desastre.
    like like like
    avatar
    pernalonga
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1888
    Reputação : 777
    Data de inscrição : 25/04/2012

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por pernalonga em Seg Mar 19, 2018 2:07 pm

    anuvenzinha escreveu:
    Bastião escreveu:
    anuvenzinha escreveu:
    Bastião escreveu:Não há embate. Há ignorância e ou ------- mesmo.

    A vereadora em questão era uma personagem central, uma ativista contra violência, contra a morte desregrada de negros, violência contra mulheres, homossexuais, enfim, tudo o que os reacinhas babacas têm ojeriza.

    Em qualquer lugar do mundo, uma morte de uma figura pública, naquelas circunstâncias e justamente por ser uma representante de movimentos que investigavam a violência contra a periferia, é de causar grande comoção. Por que aqui deveria ser diferente? Quando a Princesa Diana morreu, ficaram evidenciando o motorista morto junto com ela ?

    Daí vem um mar de hipocrisia: "ah por que fulano foi morto e ninguém deu bola... por que x policiais foram mortos e mimimi". Olha, brasileiro tá pouco se ferrando para as mortes de terceiros que não lhe dizem respeito. Queremos saber do nosso netflix, da nossa cerveja gelada, do churrasco e da novela. Empatia e consciência coletiva, zero. Aliás, nem nós servidores públicos temos consciência de classe: Correio faz greve, e ficamos malhando os pobres coitados dos trabalhadores de lá. Então, esse papinho de "ah mas e os outros?", é pra boi dormir.

    Ela por ser uma ativista de direitos humanos, justamente contra a violência, merece sim toda a relevância. Até para que todos enxerguem que muita gente morre lá de graça. Exatamente, dar relevância ao acontecimento servirá para uma maior visibilidade a assassinatos e violência que são ignorados.

    Hipocrisia é achar uma defensora de aborto, de bandido de uma comunidade onde há maior feira de roubo do RJ de uma ativista contra a violência!!!  Covardia é despedaçar corpos inocentes!!!

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Ela aprendeu o que é altruísmo na escola.

    Torço para que seu nome entre para a História.

    Nessa hora o Globo serve....
    Não sei q tipo de policial era esse e nem os reais fatos dessa matéria o q eu sei, verdadeiramente, é o q saia da boca dessa sujeita e o q ela escrevia na Rede. Bem, não desejo nenhuma morte de nenhum ser humano..tipo: Stalin, Che, Hitler, Caçadores de policial, defensores do aborto, bandido, etc. só q queimem no inferno ou, também, não pode ter inferno???  troll2

    Com esse seu discurso "cristão", tomara que não exista inferno mesmo, pois certamente vc estaria na fila pra entrar
    avatar
    ale1969
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 518
    Reputação : 40
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por ale1969 em Seg Mar 19, 2018 2:18 pm

    androsvilazza escreveu:
    ale1969 escreveu:Volto a repetir, escolha um lado. O meu é o da Marielle. Venha para o lado bom da "força", o negro é claro.

    Se a referência é à dualidade "assassino/vítima", é claro que estamos do mesmo lado. Mas repudiar um assassinato não me torna, automaticamente, adepto das pautas da vítima. Muito menos permite aos defensores a exploração política do desastre.

    Isso é o lado bonito da democracia, porém a morte de Marielle não foi uma "bala perdida" ou um latrocínio. Foi crime político, praticado contra uma liderança popular emergente que questionava o processo de militarização da segurança pública, denunciando milicianos e defendendo os moradores das favelas. Só isso.
    avatar
    euvoltei
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1109
    Reputação : 122
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por euvoltei em Seg Mar 19, 2018 2:26 pm

    ale1969 escreveu:
    androsvilazza escreveu:
    ale1969 escreveu:Volto a repetir, escolha um lado. O meu é o da Marielle. Venha para o lado bom da "força", o negro é claro.

    Se a referência é à dualidade "assassino/vítima", é claro que estamos do mesmo lado. Mas repudiar um assassinato não me torna, automaticamente, adepto das pautas da vítima. Muito menos permite aos defensores a exploração política do desastre.

    Isso é o lado bonito da democracia, porém a morte de Marielle não foi uma "bala perdida" ou um latrocínio. Foi crime político, praticado contra uma liderança popular emergente que questionava o processo de militarização da segurança pública, denunciando milicianos e defendendo os moradores das favelas. Só isso.

    São tantas conclusões para tão pouca informação da(o) motivação/mandante/assassino...

    São tantos cafetões de defuntos fazendo proselitismo político sobre os corpos já sem vida...

    Poucos que respeitam a dor da família, dos mais próximos de quem partiu; e já tomam posse sem procuração...
    avatar
    ale1969
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 518
    Reputação : 40
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por ale1969 em Seg Mar 19, 2018 3:48 pm

    euvoltei escreveu:
    ale1969 escreveu:
    androsvilazza escreveu:
    ale1969 escreveu:Volto a repetir, escolha um lado. O meu é o da Marielle. Venha para o lado bom da "força", o negro é claro.

    Se a referência é à dualidade "assassino/vítima", é claro que estamos do mesmo lado. Mas repudiar um assassinato não me torna, automaticamente, adepto das pautas da vítima. Muito menos permite aos defensores a exploração política do desastre.

    Isso é o lado bonito da democracia, porém a morte de Marielle não foi uma "bala perdida" ou um latrocínio. Foi crime político, praticado contra uma liderança popular emergente que questionava o processo de militarização da segurança pública, denunciando milicianos e defendendo os moradores das favelas. Só isso.

    São tantas conclusões para tão pouca informação da(o) motivação/mandante/assassino...

    São tantos cafetões de defuntos fazendo proselitismo político sobre os corpos já sem vida...

    Poucos que respeitam a dor da família, dos mais próximos de quem partiu; e já tomam posse sem procuração...


    Voto no PSOL desde sua criação(2006 - Heloísa Helena) não estou fazendo proselitismo com a morte de Marielle, simplesmente constatando o fato de ter sido assassinada por causa da sua luta social.
    avatar
    ale1969
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 518
    Reputação : 40
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por ale1969 em Seg Mar 19, 2018 3:59 pm

    Dia 22 de março será lançado o filme/documentário "SOLDADOS DO ARAGUAIA". Uma boa oportunidade de conhecer as entranhas do regime militar de 64, para que nunca mais se repita.
    avatar
    euvoltei
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1109
    Reputação : 122
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por euvoltei em Seg Mar 19, 2018 4:21 pm

    ale1969 escreveu:
    euvoltei escreveu:
    ale1969 escreveu:
    androsvilazza escreveu:

    Se a referência é à dualidade "assassino/vítima", é claro que estamos do mesmo lado. Mas repudiar um assassinato não me torna, automaticamente, adepto das pautas da vítima. Muito menos permite aos defensores a exploração política do desastre.

    Isso é o lado bonito da democracia, porém a morte de Marielle não foi uma "bala perdida" ou um latrocínio. Foi crime político, praticado contra uma liderança popular emergente que questionava o processo de militarização da segurança pública, denunciando milicianos e defendendo os moradores das favelas. Só isso.

    São tantas conclusões para tão pouca informação da(o) motivação/mandante/assassino...

    São tantos cafetões de defuntos fazendo proselitismo político sobre os corpos já sem vida...

    Poucos que respeitam a dor da família, dos mais próximos de quem partiu; e já tomam posse sem procuração...


    Voto no PSOL desde sua criação(2006 - Heloísa Helena) não estou fazendo proselitismo com a morte de Marielle, simplesmente constatando o fato de ter sido assassinada por causa da sua luta social.

    Você é um mentiroso, que não sabe as motivação do crime e quer insistir que sabe..
    avatar
    Bastião
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 362
    Reputação : 17
    Data de inscrição : 10/11/2017

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por Bastião em Seg Mar 19, 2018 4:29 pm

    É curioso todo esse engajamento de uma parte da direita em defender com unhas e dentes que não foi execução por milicianos e/ou polícia.

    Olha, todas as versões devem ser apuradas, mas essa tá fácil...

    No fundo acho que é a aversão de ver alguém da periferia e de esquerda em relevância.

    É a mesma coisa que dizer que "o Lula não sabia de nada" sobre a corrupção na era PT. Não tem sentido.

    avatar
    cicero_pb
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 1962
    Reputação : 163
    Data de inscrição : 07/07/2010

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por cicero_pb em Seg Mar 19, 2018 4:31 pm

    Eu realmente não sei porque Marielle morreu.

    Não tenho conhecimento.

    Mas tenho formação em matemática. Por consequência, alguma coisa de estatística estudei.

    Não vou me alongar em citações de causa e efeito, mas resumidamente a política da esquerda, de forma geral, fez aumentar o número de crimes (assassinatos) no país.

    Então, estatisticamente, Marielle foi, POSSIVELMENTE, assassinada pelas políticas equivocadas da esquerda.

    O POSSIVELMENTE é devido ao fato que políticas sérias de combate a violência não eliminariam os assassinatos.

    Mas diminuiria.

    Estatisticamente a esquerda tem boa dose de responsabilidade objetiva no assassinato de Marielle.
    avatar
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2802
    Reputação : 395
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por josebarbos em Seg Mar 19, 2018 6:49 pm

    ale1969 escreveu:

    Pense um pouco sobre o que representou a morte de Marielle, uma mulher, negra, favelada, lésbica,  que estudou e representou um grupo oprimido da sociedade.

    Negras, faveladas, lésbicas, mulheres, homens, brancos, pardos, índios, estrangeiros etc. Todos os dias, morrem aos borbotões.

    O que há de diferença e "notícia" é o fato de que morreu uma vereadora. Alguém que faz parte do eixo político. Aquele conjunto de alguns milhares de pessoas para quem cuja a lei são mais "iguais" que os outros.

    Quando entendermos isto, e contra quem é a briga, a coisa será diferente.
    avatar
    Bastião
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 362
    Reputação : 17
    Data de inscrição : 10/11/2017

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por Bastião em Seg Mar 19, 2018 6:59 pm

    josebarbos escreveu:
    ale1969 escreveu:

    Pense um pouco sobre o que representou a morte de Marielle, uma mulher, negra, favelada, lésbica,  que estudou e representou um grupo oprimido da sociedade.

    Negras, faveladas, lésbicas, mulheres, homens, brancos, pardos, índios, estrangeiros etc. Todos os dias, morrem aos borbotões.

    O que há de diferença e "notícia" é o fato de que morreu uma vereadora. Alguém que faz parte do eixo político. Aquele conjunto de alguns milhares de pessoas para quem cuja a lei são mais "iguais" que os outros.

    Quando entendermos isto, e contra quem é a briga, a coisa será diferente.

    Tem um ponto a ser destacado. Ela era a representante, dentro do seu âmbito municipal, das pessoas e familiares mortos violentamente. Foi uma espécie de "cala a boca" para quem quiser se meter com milicianos e/ou polícia corrupta.

    Nesse momento pode estar morrendo alguém violentamente. E não será veiculado. A questão foi a morte da sua representação, não como vereadora, mas do que ela estava trabalhando.

    Quando entendermos isso, e contra quem é a briga, a coisa será diferente.

    jornalista
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1239
    Reputação : 34
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por jornalista em Seg Mar 19, 2018 7:24 pm

    Bastião escreveu:
    josebarbos escreveu:
    ale1969 escreveu:

    Pense um pouco sobre o que representou a morte de Marielle, uma mulher, negra, favelada, lésbica,  que estudou e representou um grupo oprimido da sociedade.

    Negras, faveladas, lésbicas, mulheres, homens, brancos, pardos, índios, estrangeiros etc. Todos os dias, morrem aos borbotões.

    O que há de diferença e "notícia" é o fato de que morreu uma vereadora. Alguém que faz parte do eixo político. Aquele conjunto de alguns milhares de pessoas para quem cuja a lei são mais "iguais" que os outros.

    Quando entendermos isto, e contra quem é a briga, a coisa será diferente.

    Tem um ponto a ser destacado. Ela era a representante, dentro do seu âmbito municipal, das pessoas e familiares mortos violentamente. Foi uma espécie de "cala a boca" para quem quiser se meter com milicianos e/ou polícia corrupta.

    Nesse momento pode estar morrendo alguém violentamente. E não será veiculado. A questão foi a morte da sua representação, não como vereadora, mas do que ela estava trabalhando.

    Quando entendermos isso, e contra quem é a briga, a coisa será diferente.
    A questão é que o âmbito municipal que ela representava não era, em sua maioria, vítimas de milicianos:
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    avatar
    PCS-TRE
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1771
    Reputação : 154
    Data de inscrição : 27/02/2015

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por PCS-TRE em Seg Mar 19, 2018 8:23 pm

    androsvilazza escreveu:
    ale1969 escreveu:
    Galizezin escreveu:
    ale1969 escreveu:Será que o Bolsonaro vai ter coragem de falar o que pensa sobre a morte de Marielle?

    A julgar pelos seus "geniais" seguidores da internet não vai poder, pois vai ser preso ou perder de vez a chance de ser eleito.

    Quem defende bandido é bandido também. Quem defende policial corrupto, é da mesma laia, ou seja, bandido.

    Acho que não fui bem claro.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Pense um pouco sobre o que representou a morte de Marielle, uma mulher, negra, favelada, lésbica,  que estudou e representou um grupo oprimido da sociedade.

    Vamos devagar com o andor, que o "santo", no caso, defendia pautas da classe média-alta progressista da Zona Sul. O "grupo oprimido da sociedade", que ela alegava representar, não lhe deu 10% dos votos. Isto, inclusive, ataca uma falácia dos críticos de Marielle, que a tentaram difamar, dizendo que houvera sido eleita "pelo tráfico, nas favelas". Nem tanto lá, nem tanto cá. Ela defendia uma pauta (importante, diga-se de passagem), mas alegar a defesa dos pobres, sob seu ponto de vista, é o que todo político faz, indiferente de corrente partidária ou ideologia - até o Sarney, nas campanhas, alega defender os "mais oprimidos da sociedade".

    Repito o que aleguei antes, de ser um oportunismo rasteiro essa tentativa, de uns e outros, de ligar a morte dela a este ou aquele fator, sem qualquer base em investigações. Eu li recentemente um termo, que acredito representar bem esses discursos: cafetão de cadáveres, um dos tipos mais rasos de proselitismo político.

    Considero sua morte um atentado à democracia, por terem assassinado uma representante "do povo", seja este povo qual for (elite progressista intelectual, ou trabalhadores das favelas). Mas não dá, ainda, pra ligar a sua morte a esta ou aquela pauta defendida.

    Temos que lamentar a morte de uma mulher, negra, favelada, lésbica e apenas por esses motivos em si.
    Pobre Brasil.

    Seria mais louvável ser "OBRIGADO"(se nos guiarmos pela forçação de barra da mídia, é isso mesmo) a lamentar a morte de um médico, um engenheiro, um professor, um pedreiro, um gari... enfim uma pessoa que dá à sociedade a contribuição que lhe cabe e/ou que lhe é possível e de FORMA HONESTA recebe da sociedade o preço que ela considera JUSTO pagar por essa contribuição.
    avatar
    Bastião
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 362
    Reputação : 17
    Data de inscrição : 10/11/2017

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por Bastião em Seg Mar 19, 2018 8:51 pm

    jornalista escreveu:
    Bastião escreveu:
    josebarbos escreveu:
    ale1969 escreveu:

    Pense um pouco sobre o que representou a morte de Marielle, uma mulher, negra, favelada, lésbica,  que estudou e representou um grupo oprimido da sociedade.

    Negras, faveladas, lésbicas, mulheres, homens, brancos, pardos, índios, estrangeiros etc. Todos os dias, morrem aos borbotões.

    O que há de diferença e "notícia" é o fato de que morreu uma vereadora. Alguém que faz parte do eixo político. Aquele conjunto de alguns milhares de pessoas para quem cuja a lei são mais "iguais" que os outros.

    Quando entendermos isto, e contra quem é a briga, a coisa será diferente.

    Tem um ponto a ser destacado. Ela era a representante, dentro do seu âmbito municipal, das pessoas e familiares mortos violentamente. Foi uma espécie de "cala a boca" para quem quiser se meter com milicianos e/ou polícia corrupta.

    Nesse momento pode estar morrendo alguém violentamente. E não será veiculado. A questão foi a morte da sua representação, não como vereadora, mas do que ela estava trabalhando.

    Quando entendermos isso, e contra quem é a briga, a coisa será diferente.
    A questão é que o âmbito municipal que ela representava não era, em sua maioria, vítimas de milicianos:
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Tá. ..mas é daí?  O que o ku tem a ver com as calças?  É no município do Rio de Janeiro não é?

    Isso até demonstra mais grandeza da vereadora, que trabalhou por quem, a princípio, não votou nela.

    Todos sabem que a milícia deve mandar em comunidades até em quem votar, pois senão, "vai dá problema se o fulano não for eleito". Tô errado? Voto de cabresto, sabe?

    Sempre alguém tem alguma observação pra que justifique a necessidade de ser indiferente à morte da vereadora.

    Só tá faltando alguém vir com "ah, mas ela tinha um iphone"....

    jornalista
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1239
    Reputação : 34
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por jornalista em Seg Mar 19, 2018 9:08 pm

    Bastião escreveu:
    jornalista escreveu:
    Bastião escreveu:
    josebarbos escreveu:

    Negras, faveladas, lésbicas, mulheres, homens, brancos, pardos, índios, estrangeiros etc. Todos os dias, morrem aos borbotões.

    O que há de diferença e "notícia" é o fato de que morreu uma vereadora. Alguém que faz parte do eixo político. Aquele conjunto de alguns milhares de pessoas para quem cuja a lei são mais "iguais" que os outros.

    Quando entendermos isto, e contra quem é a briga, a coisa será diferente.

    Tem um ponto a ser destacado. Ela era a representante, dentro do seu âmbito municipal, das pessoas e familiares mortos violentamente. Foi uma espécie de "cala a boca" para quem quiser se meter com milicianos e/ou polícia corrupta.

    Nesse momento pode estar morrendo alguém violentamente. E não será veiculado. A questão foi a morte da sua representação, não como vereadora, mas do que ela estava trabalhando.

    Quando entendermos isso, e contra quem é a briga, a coisa será diferente.
    A questão é que o âmbito municipal que ela representava não era, em sua maioria, vítimas de milicianos:
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Tá. ..mas é daí?  O que o ku tem a ver com as calças?  É no município do Rio de Janeiro não é?

    Isso até demonstra mais grandeza da vereadora, que trabalhou por quem, a princípio, não votou nela.

    Todos sabem que a milícia deve mandar em comunidades até em quem votar, pois senão, "vai dá problema se o fulano não for eleito". Tô errado? Voto de cabresto, sabe?

    Sempre alguém tem alguma observação pra que justifique a necessidade de ser indiferente à morte da vereadora.

    Só tá faltando alguém vir com "ah, mas ela tinha um iphone"....
    Nível de argumento elevadíssimo. Não causa espanto.
    avatar
    Bastião
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 362
    Reputação : 17
    Data de inscrição : 10/11/2017

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por Bastião em Seg Mar 19, 2018 9:13 pm

    ok
    avatar
    ale1969
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 518
    Reputação : 40
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por ale1969 em Ter Mar 20, 2018 9:41 am

    Dilema TOSTINES: Será que nossa categoria sempre foi egoísta e as mídias sociais apenas apresentam os egocentrismos, ou as plataformas de conexão da internet desenvolveram um pensamento individualista e sem solidariedade com os oprimidos?
    avatar
    Sigma
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Analista Judiciário - Especialidade TI
    Mensagens : 5131
    Reputação : 135
    Data de inscrição : 08/07/2010
    Idade : 38
    Localização : Curitiba/PR

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por Sigma em Ter Mar 20, 2018 11:25 am

    Bastião escreveu:Tem um ponto a ser destacado. Ela era a representante, dentro do seu âmbito municipal, das pessoas e familiares mortos violentamente. Foi uma espécie de "cala a boca" para quem quiser se meter com milicianos e/ou polícia corrupta.

    Nesse momento pode estar morrendo alguém violentamente. E não será veiculado. A questão foi a morte da sua representação, não como vereadora, mas do que ela estava trabalhando.

    Quando entendermos isso, e contra quem é a briga, a coisa será diferente.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
    avatar
    ale1969
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 518
    Reputação : 40
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por ale1969 em Ter Mar 20, 2018 1:42 pm

    Parafraseando Pedro Aleixo, "O problema não é o Bolsonaro, sim o guardinha da esquina".
    Fico chocado com a imbecilidade dos seguidores desse Deputado, leiam o relato abaixo e analisem a situação.
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    É isso que queremos para o Brasil?
    avatar
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2039
    Reputação : 269
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por androsvilazza em Ter Mar 20, 2018 5:36 pm

    Compartilho um texto interessante do Adolfo Sachsida, que reflete mais ou menos minha visão sobre o triste caso Marielle:

    Começo pelo óbvio: toda vida humana é preciosa, assassinar alguém é o mais bárbaro dos crimes. Me solidarizo aqui com a dor das famílias da vereadora Marielle Franco e de seu motorista Anderson Pedro Gomes.

    Muitos dizem que a morte da vereadora é apenas mais um assassinato entre os mais de 60 mil que ocorrem todo ano no Brasil. Respeitosamente discordo deles: o assassinato da vereadora parece ter sido motivado por denúncias contra policiais e milícias; ou talvez ela tenha sido assassinado pelo tráfico de drogas, ou mesmo por máfias contrárias a intervenção militar no Rio de Janeiro, visando criar um ambiente contrário a intervenção. Qualquer uma dessas hipóteses sugere que a vereadora foi assassinada para mandar um recado ao Estado, sugere que o Estado não está no comando de zonas urbanas importantes. Sendo assim, é evidente que esse crime se diferencia dos demais (incluindo a morte trágica de seu motorista).

    Vale ressaltar que a morte de vereadores e candidatos a esse cargo não é propriamente uma novidade no Rio de Janeiro. Tal como lembrou a Spotniks foram 15 assassinatos de candidatos e pré-candidatos somente no Rio de Janeiro em 2016. Verdadeiro atentado ao estado de direito e a democracia. Além disso, são fortes os indícios de que o tráfico de drogas e milícias estejam influenciando as eleições em partes do Rio de Janeiro.

    O assassinato de Marielle, junto com os outros 15 assassinatos a candidatos, configuram a falência do estado fluminense, e fortalecem os argumentos favoráveis a intervenção federal no estado. Termino essa parte com uma constatação: a imprensa precisa entender que se Marielle foi morta por ser mulher, negra e lésbica, então esse motivo exclui o motivo de ter sido morta por denunciar milícias. Se ela foi assassinada por ter denunciado milícias, então o fato de ser mulher e negra não faria diferença (teria sido executada mesmo se fosse homem, branco e hetero). Não dá para usar as duas justificativas ao mesmo tempo como motivo do crime.

    Vamos agora analisar o silêncio de Bolsonaro. Começo com uma pergunta honesta: imagine que Luciano Huck fosse candidato a presidência e silenciasse sobre o assassinato da vereadora, como vocês acham que a imprensa noticiaria o fato? Creio firmemente que boa parte da imprensa estamparia manchetes como “Huck se recusa a fazer política sobre tragédia” ou ainda “Huck silencia em respeito as famílias das vítimas”, ou algo parecido. Note que não digo que Huck silenciaria, digo apenas que caso o fizesse teria tratamento positivo por boa parte da mídia. Em outras palavras, boa parte da mídia que hoje critica o silêncio de Bolsonaro aplaudiria o mesmo comportamento em Huck.

    Vamos fazer agora outra pergunta honesta: o que a mídia diria se Bolsonaro emitisse qualquer tipo de nota? Aposto que as críticas seriam do tipo “Bolsonaro tenta capitalizar em cima de homicídio” ou qualquer outra vertente desse tipo.

    Quando você é criticado qualquer que seja seu comportamento é evidente que parte de suas decisões passa a ser uma conta de quando deve se manifestar ou não. Não digo que o silêncio seja o melhor caminho, digo apenas que esse mesmo comportamento em outros candidatos seria elogiado. De maneira irônica, talvez o silêncio tenha sido a resposta mais adequada que Bolsonaro poderia ter dado, e isso frustrou parte de seus críticos que estavam prontos a colocar essa tragédia no colo do deputado.


    fonte: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    avatar
    ale1969
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 518
    Reputação : 40
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por ale1969 em Ter Mar 20, 2018 5:54 pm

    Ainda não entendi o objetivo da Rede Globo, certamente não é exaltar o trabalho social da Marielle e do PSOL, pois se fosse faria em vida. Já li algumas análises, mas até agora não cheguei a nenhuma conclusão.
    avatar
    Bastião
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 362
    Reputação : 17
    Data de inscrição : 10/11/2017

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por Bastião em Ter Mar 20, 2018 6:14 pm

    Se tem uma coisa que o Bolsonaro fez certo foi de se abster de comentar o episódio. Até que tem o mínimo de bom senso.

    Não teria sentido, pois ele deixa bem claro que é o líder anti esquerda e anti direitos humanos.
    avatar
    euvoltei
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1109
    Reputação : 122
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por euvoltei em Ter Mar 20, 2018 6:58 pm

    ale1969 escreveu:Ainda não entendi o objetivo da Rede Globo, certamente não é exaltar o trabalho social da Marielle e do PSOL, pois se fosse faria em vida. Já li algumas análises, mas até agora não cheguei a nenhuma conclusão.


    Para quem já esta sentado no dinheiro... a esquerda é muito interessante... só ela é capaz de criar novas e confusas regras, impor limites, etc, etc... tudo isso dificulta o aparecimento de concorrentes...

    Veja só quando mega-bilionários estão com raiva de Trump, que vem na verdade, removendo regulamentações e abrindo espaços para novos entrantes....

    O principal é: Se alguém(ou instituição) com caráter duvidoso, está defendendo a mesma coisa que você( que é honesto), certamente é por motivos e objetivos diferentes, e muito provavelmente o trouxa aí é você.


    Para ficar mais fácil, vou dar um exemplo:
    Veja o caso da privatização da eletrobras: Políticos de caráter duvidoso e vc cidadão, não querem a privatização. Eles só querem mesmo é manter as indicações de comparasas/parentes/amantes, desvios, etc... e vc, cidadão, fica acreditando que é pela soberania nacional, que é para não entregar o patrimônio do povo, e outras tolices.....


    avatar
    anuvenzinha
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : ANALISTA
    Mensagens : 1025
    Reputação : 143
    Data de inscrição : 19/12/2014

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por anuvenzinha em Ter Mar 20, 2018 7:45 pm

    pernalonga escreveu:
    anuvenzinha escreveu:
    Bastião escreveu:
    anuvenzinha escreveu:

    Hipocrisia é achar uma defensora de aborto, de bandido de uma comunidade onde há maior feira de roubo do RJ de uma ativista contra a violência!!!  Covardia é despedaçar corpos inocentes!!!

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Ela aprendeu o que é altruísmo na escola.

    Torço para que seu nome entre para a História.

    Nessa hora o Globo serve....
    Não sei q tipo de policial era esse e nem os reais fatos dessa matéria o q eu sei, verdadeiramente, é o q saia da boca dessa sujeita e o q ela escrevia na Rede. Bem, não desejo nenhuma morte de nenhum ser humano..tipo: Stalin, Che, Hitler, Caçadores de policial, defensores do aborto, bandido, etc. só q queimem no inferno ou, também, não pode ter inferno???  troll2

    Com esse seu discurso "cristão", tomara que não exista inferno mesmo, pois certamente vc estaria na fila pra entrar

    Poderia até entrar mas não estaria lá pra "passear" q nem vc e, sim, pra me certificar se faltou alguém pra entrar!!
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    jornalista
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1239
    Reputação : 34
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por jornalista em Ter Mar 20, 2018 8:05 pm

    Bastião escreveu:Se tem uma coisa que o Bolsonaro fez certo foi de se abster de comentar o episódio. Até que tem o mínimo de bom senso.

    Não teria sentido, pois ele deixa bem claro que é o líder anti esquerda e anti direitos humanos.
    Concordo mas por outro motivo. O mito fez bem em não falar pq se falasse com tom de solidariedade, seria criticado. Se falasse detonando o real aproveitamento eleitoral, também seria. Não havia saída. Mas vc está correto quando afirma que ele é anti esquerda e anti direitos humanos (de esquerda), que é a teoria que prevalece no direito internacional. Eu adotaria um tom amistoso, mesmo ciente das críticas. Por outro lado, se a parlamentar fosse branca, rica, hetero e de direita, não haveria essa repercussão - se é que haveria alguma.
    avatar
    Bastião
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 362
    Reputação : 17
    Data de inscrição : 10/11/2017

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por Bastião em Qua Mar 21, 2018 8:48 am

    jornalista escreveu:
    Bastião escreveu:Se tem uma coisa que o Bolsonaro fez certo foi de se abster de comentar o episódio. Até que tem o mínimo de bom senso.

    Não teria sentido, pois ele deixa bem claro que é o líder anti esquerda e anti direitos humanos.
    Concordo mas por outro motivo. O mito fez bem em não falar pq se falasse com tom de solidariedade, seria criticado. Se falasse detonando o real aproveitamento eleitoral, também seria. Não havia saída. Mas vc está correto quando afirma que ele é anti esquerda e anti direitos humanos (de esquerda), que é a teoria que prevalece no direito internacional. Eu adotaria um tom amistoso, mesmo ciente das críticas. Por outro lado, se a parlamentar fosse branca, rica, hetero e de direita, não haveria essa repercussão - se é que haveria alguma.

    Repetindo, a repercussão em demasia foi em conta também do que ela representava como ativista contra violência policial e miliciana. E por ser no RJ. Lá é a vitrine do país.


    E morre uma pá de líder comunitário Brasil afora assassinados, mas que tem menos repercussão e importância do que morte de cachorro de madame.

    Conteúdo patrocinado

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg Dez 17, 2018 11:40 am