PCS JÁ



    Assuntos gerais: economia & política

    Compartilhe
    avatar
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1794
    Reputação : 242
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por androsvilazza em Qui Maio 10, 2018 3:33 pm

    Bastião escreveu:
    androsvilazza escreveu:Não é porque é "alternativo" que deva ser aceito sem pestanejar.

    Energia solar, energia eólica, são energias alternativas, com boas chances de evoluírem a opções viáveis no Brasil. Devem ser levadas a sério.

    Também dá pra gerar "energia" com uma batata e algumas placas de cobre e zinco. É uma proposta alternativa, mas que utiliza grandes quantidades de alimentos (escassos em várias partes do mundo) para uma pequena geração de energia (não tão escassa quanto alimentos). Não deixa de ser uma alternativa, mas é uma alternativa estúpida.

    O Ciro Gomes está anos-luz à frente do Boulos, no que se refere à proposição de medidas socialmente válidas, responsáveis (a certo modo) do ponto de vista fiscal e adequadas à realidade brasileira. Ele é um candidato cujas propostas, a despeito das várias diferenças ideológicas, merecerão minha atenção no curso da campanha presidencial deste ano. Até porque já estamos acostumados a decidir pelo "menos pior", especialmente no segundo turno. Nessas condições, pode até ter o meu voto.

    Já o Boulos, até agora, não disse nada diferente do que o Hugo Chávez ou o Maduro diriam (à exceção do discurso vir traduzido para o português). É a mesma esquerda do início do século XIX, rascunhada por Karl Marx num guardanapo, e que todo mundo já sabe onde vai dar. Por isso está estacionado no traço de intenções de voto. Mesmo um eleitor extremamente alienado como o brasileiro, sem mínimas noções de matemática e economia, percebe que "tem algo errado" em discursos como o do Boulos, do PCO, PSTU e afins, cujos planos para tirar dos ricos e dar aos pobres não passam da segunda linha. Envolvem ideais de "igualdade social", "justiça cidadã" etc., mas não desenvolvem o planejamento de como as medidas seriam efetivadas, ou como lidar com as óbvias consequências práticas (e reais) de tais medidas.

    Sinceramente, Boulos não estimula o mínimo de confiança. Não pra quem tenta manter a cabeça nos problemas e particularidades do mundo real.

    O papel do Boulos é de alternativa de ideias. Essa que é a sua relevância atual. Talvez daqui uns 20 anos, mais experiente e mais maduro, poderá ter alguma chance como real candidato.

    Até acho que ele deveria tentar candidato deputado estadual ou federal, poderia levar.

    Estamos tão acostumados a aceitar tudo "do jeito que é", principalmente na área econômica, que visões alternativas são tratadas como devaneios.

    E fazer parte de movimento social não é sinônimo de extremismo ou de ser bandido. Somos manipulados a criminalizar movimento sociais. Não estou dizendo que não existam aproveitadores.

    E no mais, gostei do que ouvi no Roda Viva do Boulos, em boa parte.


    like

    Concordo em boa parte. Quanto à criminalização dos movimentos sociais, pontuo que parte da culpa também é deles. Funciona mais ou menos como os sindicatos, ou outras instituições. Alguns podres acabam estragando a fama dos bem-intencionados, e a própria omissão dos "bons" ajuda a disseminar essa má fama.
    avatar
    ale1969
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 280
    Reputação : 29
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por ale1969 em Sex Maio 11, 2018 8:15 am

    Apenas para pensar sobre o papel do Estado no combate à desigualdade.
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Detalhe a fonte é totalmente parcial(G1) em favor dos privilegiados, mas a constatação dos dados é assombrosa.
    Ah, ia esquecendo, 50%(aproximado-UNAFISCO) dos tributos são sonegados ou elididos, o que aumenta muito o resultado da desigualdade de renda. Lembrando que o trabalhador assalariado não sonega receita.

    O maior problema é a desigualdade de renda e oportunidade, somente um Estado forte e ativo pode reverter o abismo social. Violência, corrupção, miséria humana, são consequências da má distribuição das riquezas, privilegiando uma elite egoísta, apoiada por uma classe média alienada, que só busca a manutenção dos pequenos "mimos" dos verdadeiros donos do Brasil.
    avatar
    euvoltei
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 950
    Reputação : 113
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por euvoltei em Sex Maio 11, 2018 8:33 am

    Má distribuição de renda não é causa, é consequência, assim como, violência, corrupção, etc, tbm são consequências..Assim como batidas de carros não são causas de morte no trânsito,.. Batidas de carros e mortes no trânsito, são consequência de imprudência, imperícia...

    Causas principais são leis,políticas públicas, e ação estatal completamente equivocadas, protecionismo, estatização excessiva......
    Exemplo:emprestar dinheiro a juros é proibido, a lei fechou o mercado apenas para os bancos,.
    Produzir cana e vender álcool é proibido, a lei fechou esse mercado para Petrobras como distribuidora exclusiva.
    O mercado de carro foi fechado para o mundo, ficando só com fábricas nacionais , através da proibição do uso do diesel e da gasolina pura, que inviabiliza importação e competição.
    Recentemente a Anatel, disse que vai bloquear celulares "piratas" para proteger (?!?) o consumidor.
    Autoridades de todos níveis têm carro oficial, enquanto muitos sequer têm um chinelo pra calçar,..


    Enfim, de distorção em distorção, o Brasil acumula essas consequências (má distribuição de renda, violência, etc)

    Conteúdo patrocinado

    Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg Maio 21, 2018 9:08 am