PCS JÁ



    Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    euvoltei
    euvoltei
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1274
    Reputação : 137
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por euvoltei em Ter 11 Dez 2018, 8:43 pm

    Storytelling: é o que mais se vê esquerdista fazendo.
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6696
    Reputação : 294
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por Galizezin em Qua 12 Dez 2018, 5:59 am

    Daqui uns 10 anos o assessor do Flávio vai dar uma entrevista bombástica para o Cabrini.


    _________________
    NO RACISM!
    MConcursos
    MConcursos
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 271
    Reputação : 35
    Data de inscrição : 04/01/2015

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por MConcursos em Sex 04 Jan 2019, 8:41 am

    Bolsonaro, ontem, no SBT falou que na reforma dele será mantida a alíquota de 11% e ainda disse que esse percentual já é muito.
    avatar
    jornalista
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1467
    Reputação : 41
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por jornalista em Sex 04 Jan 2019, 8:59 am

    MConcursos escreveu:Bolsonaro, ontem, no SBT falou que na reforma dele será mantida a alíquota de 11% e ainda disse que esse percentual já é muito.
    Mito se complicando. Vai me ajudar a me aposentar mais cedo e não garante o pagamento da aposentadoria.
    lobodosmares
    lobodosmares
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 55
    Reputação : 9
    Data de inscrição : 30/08/2012

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por lobodosmares em Qua 09 Jan 2019, 12:08 pm

    jornalista escreveu:
    MConcursos escreveu:Bolsonaro, ontem, no SBT falou que na reforma dele será mantida a alíquota de 11% e ainda disse que esse percentual já é muito.
    Mito se complicando. Vai me ajudar a me aposentar mais cedo e não garante o pagamento da aposentadoria.

    Sou a favor do regime de capitalização ou mais radical ainda, acabar com a aposentadoria logo, já que é um sistema falido mesmo, quem me garante que o que eu aplicar será meu no futuro?
    EU mesmo gostaria de fazer minha própria previdência, com o que desconto faria aplicações que ao longo prazo poderia sacar o dinheiro todo de uma vez se quisesse.
    O problema é que a população mundial mesmo não sabe guardar suas economias e gasta tudo, se não colocarem algo obrigatório as pessoas não guardam.
    Pipoca
    Pipoca
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 326
    Reputação : 32
    Data de inscrição : 12/12/2014

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por Pipoca em Qua 09 Jan 2019, 12:15 pm

    lobodosmares escreveu:
    jornalista escreveu:
    MConcursos escreveu:Bolsonaro, ontem, no SBT falou que na reforma dele será mantida a alíquota de 11% e ainda disse que esse percentual já é muito.
    Mito se complicando. Vai me ajudar a me aposentar mais cedo e não garante o pagamento da aposentadoria.

    Sou a favor do regime de capitalização ou mais radical ainda, acabar com a aposentadoria logo, já que é um sistema falido mesmo, quem me garante que o que eu aplicar será meu no futuro?
    EU mesmo gostaria de fazer minha própria previdência, com o que desconto faria aplicações que ao longo prazo poderia sacar o dinheiro todo de uma vez se quisesse.
    O problema é que a população mundial mesmo não sabe guardar suas economias e gasta tudo, se não colocarem algo obrigatório as pessoas não guardam.


    Eu tenho uma dúvida: O Funpresp não é um Regime de Capitalização?


    servidor.tre
    servidor.tre
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1149
    Reputação : 32
    Data de inscrição : 30/10/2012

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por servidor.tre em Qua 09 Jan 2019, 12:45 pm

    Alguém sabe se a equipe do Bolsonaro já tem uma proposta de Reforma da Previdência pronta?

    Caso positivo, como está?
    lobodosmares
    lobodosmares
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 55
    Reputação : 9
    Data de inscrição : 30/08/2012

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por lobodosmares em Qua 09 Jan 2019, 3:41 pm

    Pipoca escreveu:
    lobodosmares escreveu:
    jornalista escreveu:
    MConcursos escreveu:Bolsonaro, ontem, no SBT falou que na reforma dele será mantida a alíquota de 11% e ainda disse que esse percentual já é muito.
    Mito se complicando. Vai me ajudar a me aposentar mais cedo e não garante o pagamento da aposentadoria.

    Sou a favor do regime de capitalização ou mais radical ainda, acabar com a aposentadoria logo, já que é um sistema falido mesmo, quem me garante que o que eu aplicar será meu no futuro?
    EU mesmo gostaria de fazer minha própria previdência, com o que desconto faria aplicações que ao longo prazo poderia sacar o dinheiro todo de uma vez se quisesse.
    O problema é que a população mundial mesmo não sabe guardar suas economias e gasta tudo, se não colocarem algo obrigatório as pessoas não guardam.


    Eu tenho uma dúvida: O Funpresp não é um Regime de Capitalização?


    é sim.
    Pipoca
    Pipoca
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 326
    Reputação : 32
    Data de inscrição : 12/12/2014

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por Pipoca em Qua 09 Jan 2019, 5:37 pm

    E qual a novidade então?
    josebarbos
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2951
    Reputação : 404
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por josebarbos em Qua 09 Jan 2019, 7:40 pm

    Promete-se para o início de fevereiro.
    Pontos que já parecem certos (desde a última semana):

    - É possível que aproveitem a reforma em tramitação para agilizar;
    - Idade mínima mas baixa;
    - Transição bem menos suave;
    - Regime de capitalização para quem entrar no sistema.

    Maiores detalhes, só mesmo quando o projeto for apresentado.
    Correr Atrás
    Correr Atrás
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : ANALISTA
    Mensagens : 1472
    Reputação : 103
    Data de inscrição : 06/07/2010
    Localização : RIO DE JANEIRO

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por Correr Atrás em Qua 09 Jan 2019, 8:50 pm

    Novo regime de aposentadoria será voltado à classe média
    JANUARY 09, 2019
    Beneficiários lotam agência do INSS em busca de atendimento Foto: Guilherme Pinto/Agência O Globo
    Beneficiários lotam agência do INSS em busca de atendimento Foto: Guilherme Pinto/Agência O Globo
    BRASÍLIA E RIO - A capitalização, novo regime de aposentadorias previsto na reforma da Previdência que será enviada ao Congresso pelo governo, deve afetar basicamente a classe média. O novo regime é voltado para as futuras gerações e requer um prazo de implementação. A princípio, de acordo com as principais propostas nas mãos da equipe econômica, a capitalização só deve valer para nascidos a partir de 2014, que entrariam no mercado de trabalho depois de 2030.

    Atualmente, quem contribui para a Previdência arca com o pagamento dos benefícios de quem já está aposentado. Na capitalização, a lógica é diferente: o trabalhador poupa para a sua própria aposentadoria, numa aplicação individual.

    Imagem da matéria
    Imagem da matéria
    Imagem da matéria
    Imagem da matéria
    O novo regime, porém, não seria aplicado a todos os trabalhadores. O governo pretende definir um corte de renda a partir do qual o segurado deve ser enquadrado na capitalização. Uma das principais propostas em análise pela equipe econômica, elaborada pelo ex-presidente do Banco Central Arminio Fraga e pelo economista Paulo Tafner, define esse patamar em R$ 4.055,82, em 2030.

    O estudo prevê que o valor a partir do qual o trabalhador se enquadra na capitalização cairia gradativamente e chegaria a R$ 3.284,27, em 2040. Mesmo considerando esta queda na faixa de renda ao longo do tempo, é possível dizer que será um modelo para a classe média, pois, segundo o IBGE, em novembro de 2018, o rendimento médio do trabalhador brasileiro era de R$ 2.238. Ainda não há valor definido de corte de renda na proposta do governo.

    Ajuda de medida provisória

    O governo já prevê uma fase de transição, mas tem a expectativa de que ela seja mais curta, graças à medida provisória (MP) que endurece as regras para o pagamento de benefícios do INSS. A MP será apresentada ao Congresso junto da reforma do atual sistema de aposentadorias no país.

    O problema é que a migração para um novo sistema — pelo qual os trabalhadores contribuem individualmente para a sua própria aposentadoria — gera um custo para os cofres públicos. Interlocutores da área econômica afirmam que a economia gerada pela medida provisória, de até R$ 20 bilhões, pode ajudar o time do ministro da Economia, Paulo Guedes, a implementar um plano mais ousado.

    Dessa forma, o custo de transição é suavizado, porque a migração seria combinada à economia gerada pelas reformas no sistema antigo, como o estabelecimento de uma idade mínima. Uma das hipóteses é que a capitalização passasse a abranger trabalhadores nascidos a partir de 2010. Na prática, a economia permitiria que o novo modelo estreasse um pouco mais cedo.

    O governo ainda não bateu o martelo sobre como será a transição para a capitalização. Mas a proposta de Tafner está sendo usada como base para as discussões internas. No desenho elaborado pelo grupo de economistas, que inclui também o novo secretário adjunto da Previdência, Leonardo Rolim, os trabalhadores contribuiriam em parte para o regime de repartição, como hoje, e em parte para o novo sistema capitalizado.

    Um trabalhador com salário de R$ 5.000 em 2030, por exemplo, recolheria para o regime de repartição em cima do valor de até R$ 4.055,82 (levando em conta o valor fixado no estudo de Tafner). A contribuição para a capitalização seria feita em cima do restante da renda ( R$ 944,18).

    A contribuição ao INSS pelos trabalhadores que entrarem na capitalização serviria para manter o acesso aos serviços da seguridade social, como auxílio doença e licença maternidade.

    servidor.tre
    servidor.tre
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1149
    Reputação : 32
    Data de inscrição : 30/10/2012

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por servidor.tre em Qua 09 Jan 2019, 9:36 pm

    josebarbos escreveu:Promete-se para o início de fevereiro.
    Pontos que já parecem certos (desde a última semana):

    - É possível que aproveitem a reforma em tramitação para agilizar;
    - Idade mínima mas baixa;
    - Transição bem menos suave;
    - Regime de capitalização para quem entrar no sistema.

    Maiores detalhes, só mesmo quando o projeto for apresentado.

    O que é esse regime de capitalização???

    Não entendo nada disso.

    Hoje eu pago 11% sobre o teto do RGPS.

    Como ficaria minha situação?
    avatar
    jornalista
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1467
    Reputação : 41
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por jornalista em Qua 09 Jan 2019, 9:48 pm

    servidor.tre escreveu:
    josebarbos escreveu:Promete-se para o início de fevereiro.
    Pontos que já parecem certos (desde a última semana):

    - É possível que aproveitem a reforma em tramitação para agilizar;
    - Idade mínima mas baixa;
    - Transição bem menos suave;
    - Regime de capitalização para quem entrar no sistema.

    Maiores detalhes, só mesmo quando o projeto for apresentado.

    O que é esse regime de capitalização???

    Não entendo nada disso.

    Hoje eu pago 11% sobre o teto do RGPS.

    Como ficaria minha situação?
    Em tese seria para novos. É um funpresp sem a contrapartida.
    servidor.tre
    servidor.tre
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1149
    Reputação : 32
    Data de inscrição : 30/10/2012

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por servidor.tre em Qui 10 Jan 2019, 5:25 am

    jornalista escreveu:
    servidor.tre escreveu:
    josebarbos escreveu:Promete-se para o início de fevereiro.
    Pontos que já parecem certos (desde a última semana):

    - É possível que aproveitem a reforma em tramitação para agilizar;
    - Idade mínima mas baixa;
    - Transição bem menos suave;
    - Regime de capitalização para quem entrar no sistema.

    Maiores detalhes, só mesmo quando o projeto for apresentado.

    O que é esse regime de capitalização???

    Não entendo nada disso.

    Hoje eu pago 11% sobre o teto do RGPS.

    Como ficaria minha situação?
    Em tese seria para novos. É um funpresp sem a contrapartida.

    Entendi.
    Obrigado, colega.
    josebarbos
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2951
    Reputação : 404
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por josebarbos em Qui 10 Jan 2019, 6:47 am

    É preciso ver como vai sair. Tomara que seja, de fato, inspirado no modelo do Chile. Melhor que capitalizar no INSS, deveria o trabalhador poder escolher entre fundos públicos e/ou privados.

    Quanto a contrapartida, espero que não seja contribuição "seca" do empregado, havendo também participação do empregador.
    Korgano Masaka
    Korgano Masaka
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 1521
    Reputação : 70
    Data de inscrição : 29/07/2015

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por Korgano Masaka em Sex 11 Jan 2019, 12:23 pm

    Pujol quer miltares fora da reforma

    Brasil 11.01.19 14:06

    O novo comandante do Exército, general Edson Leal Pujol, já adiantou que quer os militares fora da reforma da Previdência.

    Nós não devemos modificar o nosso sistema, se perguntarem a minha opinião como comandante do Exército”, disse em entrevista após a posse no cargo, registra o G1.
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    avatar
    jornalista
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1467
    Reputação : 41
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por jornalista em Sex 11 Jan 2019, 6:38 pm

    Korgano Masaka escreveu:Pujol quer miltares fora da reforma

    Brasil  11.01.19 14:06

    O novo comandante do Exército, general Edson Leal Pujol, já adiantou que quer os militares fora da reforma da Previdência.

    Nós não devemos modificar o nosso sistema, se perguntarem a minha opinião como comandante do Exército”, disse em entrevista após a posse no cargo, registra o G1.
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    Sim e não. Sim, eles podem ficar fora da reforma constitucional. Não, talvez seja alterado o tempo de contribuição e implementada a contribuição de pensionistas via lei.
    Caçador_de_Troll
    Caçador_de_Troll
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 411
    Reputação : 12
    Data de inscrição : 12/09/2014

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por Caçador_de_Troll em Qua 16 Jan 2019, 3:51 pm

    Pelo que tenho lido, a ideia é criar esse sistema de capitalização para tirar a contribuição de 20%, incidente sobre a folha de pagamento, que as empresas recolhem para a previdência.

    Uma alternativa ventilada é destinar no mínimo 30% do valor recolhido a título de FGTS para o fundo de capitalização que será formado para aqueles que ganham renda superior ao futuro teto, que estudam ficar entre 2200 e 4500.

    Um contingente de miseráveis será formado.

    Bom sorte para essa geração mimimi, que ingressará esse novo regime.


    josebarbos escreveu:É preciso ver como vai sair. Tomara que seja, de fato, inspirado no modelo do Chile. Melhor que capitalizar no INSS, deveria o trabalhador poder escolher entre fundos públicos e/ou privados.

    Quanto a contrapartida, espero que não seja contribuição "seca" do empregado, havendo também participação do empregador.
    ale1969
    ale1969
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 926
    Reputação : 88
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por ale1969 em Sex 18 Jan 2019, 12:05 pm

    Pelo andar da carruagem, ao invés de mandar para Cuba e Venezuela, vão mandar os aposentados para o Chile...

    Quero ver a alegria dos "bolsominions" quando virem que a reforma da previdência explodir no seu colo...
    lobodosmares
    lobodosmares
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 55
    Reputação : 9
    Data de inscrição : 30/08/2012

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por lobodosmares em Sex 18 Jan 2019, 12:33 pm

    Pelo que entendi até o momento, como ficaria para nós que somos estatutários ? Continuará os mesmos 11% pelo visto? Tem estado que já subiu a aliquota para 14%, será que será o nosso também?
    MConcursos
    MConcursos
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 271
    Reputação : 35
    Data de inscrição : 04/01/2015

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por MConcursos em Sex 18 Jan 2019, 3:10 pm

    Lobodosmares bolsonaro disse no SBT que 11% ja é muito, que não pode aumentar.
    tre-rj
    tre-rj
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1402
    Reputação : 100
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por tre-rj em Sex 18 Jan 2019, 5:50 pm

    A reforma da previdência é uma necessidade para qualquer governo, a não ser que voce nao acredite que a população esteja envelhecendo, invertendo a piramide , a tal ponto que mais a frente toda a arrecadaçao seja para pagar aposentadorias. Sendo assim, como pagar servidores, saúde e educação? contraindo dívida? mas como se são os esquerdistas que vivem falando em dar calote nessa dívida? quem vai emprestar?

    Outra coisa: você sabe muito bem que o PT quando fez a reforma da previdencia, no governo do Lula só mirou os servidores, então pare com esse papo pois tudo o que tem de ruim, a esquerda fez primeiro.

    ale1969 escreveu:Pelo andar da carruagem, ao invés de mandar para Cuba e Venezuela, vão mandar os aposentados para o Chile...

    Quero ver a alegria dos "bolsominions" quando virem que a reforma da previdência explodir no seu colo...
    The Punisher
    The Punisher
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 608
    Reputação : 84
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por The Punisher em Sex 18 Jan 2019, 5:58 pm

    tre-rj escreveu:A reforma da previdência é uma necessidade para qualquer governo, a não ser que voce nao acredite que a população esteja envelhecendo, invertendo a piramide , a tal ponto que mais a frente toda a arrecadaçao seja para pagar aposentadorias. Sendo assim, como  pagar servidores, saúde e educação? contraindo dívida? mas como se são os esquerdistas que vivem falando em dar calote nessa dívida? quem vai emprestar?

    Outra coisa: você sabe muito bem que o PT quando fez a reforma da previdencia, no governo do Lula só mirou os servidores, então pare com esse papo pois tudo o que tem de ruim, a esquerda fez primeiro.

    ale1969 escreveu:Pelo andar da carruagem, ao invés de mandar para Cuba e Venezuela, vão mandar os aposentados para o Chile...

    Quero ver a alegria dos "bolsominions" quando virem que a reforma da previdência explodir no seu colo...


    Nem perca seu tempo. Comunista vive pra mentir e mente pra viver. A verdade para eles é sufocante, angustiante.
    avatar
    jornalista
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1467
    Reputação : 41
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por jornalista em Sex 18 Jan 2019, 6:05 pm

    The Punisher escreveu:
    tre-rj escreveu:A reforma da previdência é uma necessidade para qualquer governo, a não ser que voce nao acredite que a população esteja envelhecendo, invertendo a piramide , a tal ponto que mais a frente toda a arrecadaçao seja para pagar aposentadorias. Sendo assim, como  pagar servidores, saúde e educação? contraindo dívida? mas como se são os esquerdistas que vivem falando em dar calote nessa dívida? quem vai emprestar?

    Outra coisa: você sabe muito bem que o PT quando fez a reforma da previdencia, no governo do Lula só mirou os servidores, então pare com esse papo pois tudo o que tem de ruim, a esquerda fez primeiro.

    ale1969 escreveu:Pelo andar da carruagem, ao invés de mandar para Cuba e Venezuela, vão mandar os aposentados para o Chile...

    Quero ver a alegria dos "bolsominions" quando virem que a reforma da previdência explodir no seu colo...


    Nem perca seu tempo. Comunista vive pra mentir e mente pra viver. A verdade para eles é sufocante, angustiante.
    A questão sobre o déficit da previdência é tão nítido e evidente, que as previdências dos Estados e municípios comprovam isso. Trabalhei no Executivo de dois Estados antes da JF e conheço bem a realidade. Já falam em intervenção em MT.
    brunomartins
    brunomartins
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 42
    Reputação : 3
    Data de inscrição : 16/06/2015

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por brunomartins em Sex 18 Jan 2019, 9:18 pm

    O país precisa muito da reforma da previdência, se o Bolsonaro não fizer mais nada, mas fizer a reforma será um grande governo! Mas o Guedes tem de andar rápido, porque pelo andar da carruagem, se demorar o governo não terá mais capital político para aprovar essa reforma, capital político diminui a cada dia...
    Fhighlander
    Fhighlander
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 752
    Reputação : 14
    Data de inscrição : 30/03/2015

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por Fhighlander em Ter 22 Jan 2019, 2:29 pm

    Vice presidente afirmou que deve aumentar o tempo de contribuição.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Korgano Masaka escreveu:Pujol quer miltares fora da reforma

    Brasil  11.01.19 14:06

    O novo comandante do Exército, general Edson Leal Pujol, já adiantou que quer os militares fora da reforma da Previdência.

    Nós não devemos modificar o nosso sistema, se perguntarem a minha opinião como comandante do Exército”, disse em entrevista após a posse no cargo, registra o G1.
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6696
    Reputação : 294
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por Galizezin em Qua 23 Jan 2019, 7:01 am

    brunomartins escreveu:O país precisa muito da reforma da previdência, se o Bolsonaro não fizer mais nada, mas fizer a reforma será um grande governo! Mas o Guedes tem de andar rápido, porque pelo andar da carruagem, se demorar o governo não terá mais capital político para aprovar essa reforma, capital político diminui a cada dia...

    É a reforma pensada por um doido. Quer implementar o modelo chileno. O repasse para a previdência normal vai secar, com isso os que perceberão no futuro o teto da previdência não terão seus "financiadores". É bom ir pensando como irá sobreviver só com a funpresp, se essa aguentar tb.


    _________________
    NO RACISM!
    Caçador_de_Troll
    Caçador_de_Troll
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 411
    Reputação : 12
    Data de inscrição : 12/09/2014

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por Caçador_de_Troll em Qua 23 Jan 2019, 8:19 am

    Quem tem 20 anos pela frente até se aposentar e não começou a fazer seu um pé de meia, ou ao menos se educar financeiramente, é melhor se preocupar.

    Previdência oficial é algo que não será como hoje no futuro.

    Os estados estão quebrados e a população de idosos tende a crescer exponencialmente daqui para frente, sem o correlato aumento da força jovem para contribuir ao sistema.

    O tempos de vacas gordas acabaram e não voltarão mais.

    Mudança de atitude é necessária. Quanto antes o fizer, melhor estará preparado para o futuro!

    Galizezin escreveu:
    brunomartins escreveu:O país precisa muito da reforma da previdência, se o Bolsonaro não fizer mais nada, mas fizer a reforma será um grande governo! Mas o Guedes tem de andar rápido, porque pelo andar da carruagem, se demorar o governo não terá mais capital político para aprovar essa reforma, capital político diminui a cada dia...

    É a reforma pensada por um doido. Quer implementar o modelo chileno. O repasse para a previdência normal vai secar, com isso os que perceberão no futuro o teto da previdência não terão seus "financiadores". É bom ir pensando como irá sobreviver só com a funpresp, se essa aguentar tb.
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6696
    Reputação : 294
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por Galizezin em Qua 23 Jan 2019, 9:24 am

    O brasileiro é, em geral, um povo idiotizado, o que comprova que escolarização não abre a mente de ninguém, pois não faz as pessoas pensarem por conta própria. Nosso principal problema é a corrupção, seguido da ingerência dos recursos públicos. Agora mesmo estão desviando da previdência alguns bilhões, para outras pastas do governo que estão quebradas. Na cabeça dos imbecilizados está tudo certo, só precisamos reformar a previdência. Para mim, resta óbvio que a previdência é uma benesse que precisa ser custeada por trabalhador e empresariado/estado. Se a saúde e a educação são, por que a previdência não pode ser? É um mínimo para quem ajudou a erigir o país. Se o custeio será integral ao trabalhador, melhor a extinção do sistema. Vou pagar sozinho e, além disso, o governo sujeito a meter a mão, seja por desvios, seja por má aplicação dos recursos, como ocorre hoje com o FGTS.


    _________________
    NO RACISM!
    Korgano Masaka
    Korgano Masaka
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 1521
    Reputação : 70
    Data de inscrição : 29/07/2015

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por Korgano Masaka em Qua 23 Jan 2019, 9:33 am

    Fhighlander escreveu:Vice presidente afirmou que deve aumentar o tempo de contribuição.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Korgano Masaka escreveu:Pujol quer miltares fora da reforma

    Brasil  11.01.19 14:06

    O novo comandante do Exército, general Edson Leal Pujol, já adiantou que quer os militares fora da reforma da Previdência.

    Nós não devemos modificar o nosso sistema, se perguntarem a minha opinião como comandante do Exército”, disse em entrevista após a posse no cargo, registra o G1.
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    O sacrifício terá de ser de TODOS. Não tem essa de tal categoria ficar de fora. Os juízes e procuradores (com várias regalias, férias DUAS VEZES AO ANOS, sem ponto eletrônico) queriam ficar de fora da Reforma do Temer a qualquer custo, tanto que o Janot armou aquela presepada (não que o Temer fosse inocente).
    Se as categorias com maiores salários no Serviço Público ficarem de fora, esqueçam qualquer reforma....
    androsvilazza
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2370
    Reputação : 327
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por androsvilazza em Qua 23 Jan 2019, 9:33 am

    Galizezin escreveu:
    brunomartins escreveu:O país precisa muito da reforma da previdência, se o Bolsonaro não fizer mais nada, mas fizer a reforma será um grande governo! Mas o Guedes tem de andar rápido, porque pelo andar da carruagem, se demorar o governo não terá mais capital político para aprovar essa reforma, capital político diminui a cada dia...

    É a reforma pensada por um doido. Quer implementar o modelo chileno. O repasse para a previdência normal vai secar, com isso os que perceberão no futuro o teto da previdência não terão seus "financiadores". É bom ir pensando como irá sobreviver só com a funpresp, se essa aguentar tb.

    Ainda não se sabe ao certo qual modelo será adotado. O modelo chileno serve de "norte" e, felizmente, também serve de alerta, para que se evite cometer os mesmos erros que foram cometidos no Chile. Da mesma forma, é óbvio que o sistema atual, de repartição, não se sustenta. A meu ver (e segundo boa parte dos economistas), o modelo ideal seria híbrido, combinando a sustentabilidade atuarial do modelo de capitalização, com a cobertura social do modelo de repartição. Algo como já vem sendo pensado, de repartição até determinado patamar de renda (bem abaixo do atual teto do RGPS), e capitalização (preferencialmente com patrocínio do empregador, podendo ser aplicado um teto para esse patrocínio) a partir do patamar limite de repartição.

    Ao mesmo tempo, a solução híbrida (especialmente se implementada ao longo de um extenso período de transição) reduziria o potencial de déficit com a redução da base de financiamento do regime de repartição.

    Vivo dizendo que, de certa forma, o Brasil tem "sorte" de ser sempre o último em tudo. Somos um dos últimos países no mundo a insistir no regime puro de repartição, principalmente com as peculiaridades no nosso sistema (ausência de idade mínima, ampla cobertura a quem nunca contribuiu, vinculação ao salário mínimo etc.) A vantagem é que, vendo o que foi feito em outros países, temos ótimos exemplos do que deve - e, principalmente, não deve - ser feito em termos de previdência social. Só falta a vontade de implementar, e uma certa redução na cultura do privilégio, de achar que "direitos" podem ser criados do nada, sem contrapartidas reais, e se sustentarão por si próprios.
    josebarbos
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2951
    Reputação : 404
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por josebarbos em Qua 23 Jan 2019, 9:56 pm

    Galizezin escreveu:O brasileiro é, em geral, um povo idiotizado, o que comprova que escolarização não abre a mente de ninguém, pois não faz as pessoas pensarem por conta própria. Nosso principal problema é a corrupção, seguido da ingerência dos recursos públicos. Agora mesmo estão desviando da previdência alguns bilhões, para outras pastas do governo que estão quebradas. Na cabeça dos imbecilizados está tudo certo, só precisamos reformar a previdência. Para mim, resta óbvio que a previdência é uma benesse que precisa ser custeada por trabalhador e empresariado/estado. Se a saúde e a educação são, por que a previdência não pode ser? É um mínimo para quem ajudou a erigir o país. Se o custeio será integral ao trabalhador, melhor a extinção do sistema. Vou pagar sozinho e, além disso, o governo sujeito a meter a mão, seja por desvios, seja por má aplicação dos recursos, como ocorre hoje com o FGTS.  

    Mas sempre foram os trabalhadores (e no sentido específico), e não indivíduos que sustentam o sistema. O empregador sempre pautou o que gasta com pessoal não separando rubricas e custeio. Governo, da mesma forma, não gera renda, apenas tributa (e aí até que universaliza um pouco quem sustenta, e só).

    A pirâmide previdenciária já morreu, A questão é que estão segurando o quanto podem até ela desmanchar.
    josebarbos
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2951
    Reputação : 404
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por josebarbos em Qua 23 Jan 2019, 10:07 pm

    androsvilazza escreveu:
    Galizezin escreveu:
    brunomartins escreveu:O país precisa muito da reforma da previdência, se o Bolsonaro não fizer mais nada, mas fizer a reforma será um grande governo! Mas o Guedes tem de andar rápido, porque pelo andar da carruagem, se demorar o governo não terá mais capital político para aprovar essa reforma, capital político diminui a cada dia...

    É a reforma pensada por um doido. Quer implementar o modelo chileno. O repasse para a previdência normal vai secar, com isso os que perceberão no futuro o teto da previdência não terão seus "financiadores". É bom ir pensando como irá sobreviver só com a funpresp, se essa aguentar tb.

    Ainda não se sabe ao certo qual modelo será adotado. O modelo chileno serve de "norte" e, felizmente, também serve de alerta, para que se evite cometer os mesmos erros que foram cometidos no Chile. Da mesma forma, é óbvio que o sistema atual, de repartição, não se sustenta. A meu ver (e segundo boa parte dos economistas), o modelo ideal seria híbrido, combinando a sustentabilidade atuarial do modelo de capitalização, com a cobertura social do modelo de repartição. Algo como já vem sendo pensado, de repartição até determinado patamar de renda (bem abaixo do atual teto do RGPS), e capitalização (preferencialmente com patrocínio do empregador, podendo ser aplicado um teto para esse patrocínio) a partir do patamar limite de repartição.

    Ao mesmo tempo, a solução híbrida (especialmente se implementada ao longo de um extenso período de transição) reduziria o potencial de déficit com a redução da base de financiamento do regime de repartição.

    Vivo dizendo que, de certa forma, o Brasil tem "sorte" de ser sempre o último em tudo. Somos um dos últimos países no mundo a insistir no regime puro de repartição, principalmente com as peculiaridades no nosso sistema (ausência de idade mínima, ampla cobertura a quem nunca contribuiu, vinculação ao salário mínimo etc.) A vantagem é que, vendo o que foi feito em outros países, temos ótimos exemplos do que deve - e, principalmente, não deve - ser feito em termos de previdência social. Só falta a vontade de implementar, e uma certa redução na cultura do privilégio, de achar que "direitos" podem ser criados do nada, sem contrapartidas reais, e se sustentarão por si próprios.

    Esta é uma observação muito importante, embora tenha minhas objeções quanto ao custo da demora, no caso específico da previdência, o que torna maior e mais traumática qualquer reforma.

    Há um índice muito interessante conhecido como Mercer, que compara previdências pelo mundo.
    Segue abaixo um gráfico. A tendência é de se deslocar de "noroeste para sudeste", ou seja, para ganhar em sustentabilidade, devo perder benefícios.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Um exemplo que acho muito curioso é o da Colômbia, que é um sistema praticamente com o mesmo nível de benefício do nosso e uma sustentabilidade significativa.
    Quem quiser começar um bom estudo sobre a previdência latino-americana, tem este texto ótimo do Senado.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    A reforma é inevitável. A qualidade e como ela nos afetará no futuro depende de um debate sério, que vai muito além da factoides criados pelos privilegiados que não querem que nada mude.
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6696
    Reputação : 294
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por Galizezin em Qui 24 Jan 2019, 9:16 am

    o principal problema de alguns é a inveja de quem tem paridade e integralidade. xá pra lá.


    _________________
    NO RACISM!
    androsvilazza
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2370
    Reputação : 327
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por androsvilazza em Qui 24 Jan 2019, 12:12 pm

    Galizezin escreveu:o principal problema de alguns é a inveja de quem tem paridade e integralidade. xá pra lá.

    Inveja rçrçrç Laughing Laughing

    Ótimo argumento para se defender um privilégio por meio de eufemismos. Já tive o privilégio da integralidade, achei que não era tão vantajoso pra mim e decidi "abrir mão", mas mesmo antes disso nunca tive a desfaçatez de ficar defendendo muito, porque sabia que era privilégio.

    Mas é um argumento bom, psicologicamente trava a pessoa que quer criticar. Acho que a moda acaba pegando:

    Frentas: "Críticas ao auxílio moradia pra quem tem casa própria são inveja de quem não recebe"; "Férias de 60 dias ao ano são direito adquirido e justo, quem critica é tudo invejoso".
    Odebrecht/OAS/JBS: "O principal problema é a inveja de quem não tinha bons relacionamentos com o Governo, e não conseguiu empréstimos subsidiados do BNDES".
    Lula: "Isso é inveja de quem não tem um tripex na praia".
    Queiroz: "Essas denúncias são fruto de inveja dos investigadores e jornalistas".
    Senadores e Deputados reeleitos: "Quem fala mal do auxílio-mudança pra quem já mora em Brasília, no fundo, está com inveja porque não recebe".
    Senadores e Deputados (que se aposentaram pelas antigas regras do IPC, vigentes até 1997 - integral aos 50 anos de idade e 8 de mandato): "Quem critica minha aposentadoria integral após dois mandatos como parlamentar é apenas invejoso, nada mais".

    etc etc.
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6696
    Reputação : 294
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por Galizezin em Qui 24 Jan 2019, 2:59 pm

    viu como é inveja? What a Face primeiro, analisou se teria vantagem pessoal, só pra então abandonar o barco.
    Na falta de argumento, vem misturar corrupção com direitos legais. kkk


    _________________
    NO RACISM!
    androsvilazza
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2370
    Reputação : 327
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por androsvilazza em Qui 24 Jan 2019, 3:08 pm

    Galizezin escreveu:viu como é inveja? What a Face primeiro, analisou se teria vantagem pessoal, só pra então abandonar o barco.
    Na falta de argumento, vem misturar corrupção com direitos legais. kkk

    Não sei como alguém pode ter inveja do que considera pior.

    E incluí corrupção pra mostrar que, à vista dos argumentadores, também podem ter direito àquela benesse. Mas fiz questão de colocar junto algumas benesses legais, que são amplamente criticadas: auxílio-moradia, férias de 60 dias, auxílio-mudança/paletó etc., aposentadoria precoce e integral de deputados, dentre inúmeras outras. Mas é óbvio que as pessoas só enxergam os privilégios que não são seus.

    androsvilazza
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2370
    Reputação : 327
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por androsvilazza em Qui 24 Jan 2019, 3:18 pm

    Outro ponto importante é que a paridade/integralidade quase não entram mais nas discussões de previdência, exceto para demonstrar benefícios atuarialmente "absurdos". Tanto é que quem tem direito a tais institutos poderia mantê-los, em qualquer das propostas de reforma (atendendo às regras de transição).

    Esses benefícios, embora sejam considerados matematicamente indevidos, já são dados como "favas contadas", ninguém está falando em tirar o direito à paridade ou integralidade de ninguém. O ponto mais importante em relação à paridade/integralidade já foi resolvido, que é parar de conceder o "direito" aos novos ingressantes. A discussão relevante quanto à previdência é para o futuro do sistema, e não apenas olhar para o passado.

    Pontos importantes em discussão são: idade mínima, tempo mínimo de contribuição, alíquota de contribuição, combate à sonegação, redução da informalidade e estímulo ao vínculo formal, compatibilização dos benefícios assistenciais com a saúde financeira do regime, redução da disparidade de "direitos", entre outros.

    Quem critica a reforma por estar agarrado à paridade, achando que vai perdê-la, está lutando contra moinhos de vento ou desviando o foco da discussão por outros motivos escusos.

    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6696
    Reputação : 294
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por Galizezin em Qui 24 Jan 2019, 3:21 pm

    androsvilazza escreveu:
    Galizezin escreveu:viu como é inveja? What a Face primeiro, analisou se teria vantagem pessoal, só pra então abandonar o barco.
    Na falta de argumento, vem misturar corrupção com direitos legais. kkk

    Não sei como alguém pode ter inveja do que considera pior.

    E incluí corrupção pra mostrar que, à vista dos argumentadores, também podem ter direito àquela benesse. Mas fiz questão de colocar junto algumas benesses legais, que são amplamente criticadas: auxílio-moradia, férias de 60 dias, auxílio-mudança/paletó etc., aposentadoria precoce e integral de deputados, dentre inúmeras outras. Mas é óbvio que as pessoas só enxergam os privilégios que não são seus.



    viu? só pensa no próprio umbigo: Não sei como alguém pode ter inveja do que considera pior.

    e por que atacar pessoas que escolheram o "pior"? qual é a coerência nisso?

    não tem cabimento comparar paridade salarial na aposentadoria com auxílios absurdos.

    nessa linha absurda, esqueceu os privilegiados da funpresp, que recebem contrapartida do governo pra se aposentar. sim, é óbvio que as pessoas só enxergam os privilégios que não são seus...me poupe kkk


    _________________
    NO RACISM!
    androsvilazza
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2370
    Reputação : 327
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por androsvilazza em Qui 24 Jan 2019, 3:45 pm

    Galizezin escreveu:
    androsvilazza escreveu:
    Galizezin escreveu:viu como é inveja? What a Face primeiro, analisou se teria vantagem pessoal, só pra então abandonar o barco.
    Na falta de argumento, vem misturar corrupção com direitos legais. kkk

    Não sei como alguém pode ter inveja do que considera pior.

    E incluí corrupção pra mostrar que, à vista dos argumentadores, também podem ter direito àquela benesse. Mas fiz questão de colocar junto algumas benesses legais, que são amplamente criticadas: auxílio-moradia, férias de 60 dias, auxílio-mudança/paletó etc., aposentadoria precoce e integral de deputados, dentre inúmeras outras. Mas é óbvio que as pessoas só enxergam os privilégios que não são seus.



    viu? só pensa no próprio umbigo: Não sei como alguém pode ter inveja do que considera pior.

    e por que atacar pessoas que escolheram o "pior"? qual é a coerência nisso?

    não tem cabimento comparar paridade salarial na aposentadoria com auxílios absurdos.

    nessa linha absurda, esqueceu os privilegiados da funpresp, que recebem contrapartida do governo pra se aposentar. sim, é óbvio que as pessoas só enxergam os privilégios que não são seus...me poupe kkk

    Embora seja uma prática comum também na iniciativa privada, a contrapartida do patrocinador a qualquer plano de previdência (no setor público ou privado) é, sim, um privilégio. Receber salários acima da média nacional (e estamos muito acima dela) também é um privilégio. Ter nascido em berço de ouro e ter acesso às melhores oportunidades (para quem teve isso, pois eu não tive) também é um privilégio. E não estou aqui discutindo a "justeza" dos privilégios, e sim apontando que eles existem, embora não sejam o foco principal da discussão.

    E, mais uma vez, reitero que, ao defender a necessidade de reforma da previdência, não estou combatendo privilégios alheios específicos (paridade/integralidade/aposentadorias rurais sem contribuição etc). Estou combatendo inclusive o meu privilégio, de me aposentar em idade eventualmente precoce (60 anos), o que jogaria a conta para as futuras gerações.

    Sei que a propaganda de "combate aos privilégios", adotada pelo Governo do Temer, é eficaz porque atrai o apoio da população em geral a uma reforma naturalmente impopular. Mas mesmo o texto anterior da reforma pouco fazia de fato para combater privilégios (até porque alguns são tomados como "direito adquirido). De todo modo, tornava o sistema um pouco mais racional. Quem tem, hoje, o direito à paridade/integralidade continuava com esse direito mantido, desde que obedecesse a regras de transição (que, aliás, eram bem suaves). Eu, que até então teria direito à integralidade e optei pela migração, também teria de me aposentar mais tarde que a expectativa inicial (de 60 para 65 anos). Provavelmente teria um impacto também no valor do benefício, mas ainda assim defendia a reforma por considerá-la importante.

    Também reitero que não sou eu quem está trazendo o assunto paridade/integralidade ao tópico. Na minha opinião esse assunto é mero diversionismo, pois a reforma (qualquer que seja) passa muito além disso e tais institutos (paridade/integralidade) são da menor importância possível. Provavelmente a mera implementação de idade mínima de 65 anos tenha muito mais impacto do que eventual extinção da paridade/integralidade. O mesmo vale para a criação de regras mais sustentáveis quanto às pensões e benefícios para quem contribuiu menos ao regime de previdência. Se puxar todos os meus comentários sobre o assunto que incluam o tema paridade/integralidade, em 90% deles eu estava rebatendo o argumento de outra pessoa, e nos outros 10% esses tópicos são abordados apenas tangencialmente. E isso porque, para mim, esse assunto pouco importa, e faria pouca diferença em uma reforma da previdência que vise o equilíbrio a longo prazo. Não sei por que a insistência em achar que toda a discussão sobre reforma da previdência tem de, necessariamente, girar em torno dos tópicos paridade/integralidade. Talvez seja mera mania de perseguição, mas vale a pena apontar, de novo, que mesmo em uma reforma séria pouca coisa irá mudar nesse aspecto, no máximo a obrigação de atendimento a um regime de transição, se aposentar um pouco depois. Convenhamos que, se ficar estabelecido que (quase) todos terão de se aposentar aos 65 anos, não é nada exagerado um pedágio de 2 ou 3 anos para que quem hoje tem direito à paridade mantenha esse direito. Muita gente já se aposenta na idade máxima por opção própria. Eu, que nem teria direito a pedágio por ainda ser jovem, não estou reclamando de trabalhar até os 65...

    Vamos virar o disco! Até para quem tem direito à paridade não é muito interessante manter esse assunto no foco da reforma.

    Conteúdo patrocinado

    Reforma da Previdência (versão 2016.2) - Página 20 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2016.2)

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sex 23 Ago 2019, 9:00 pm