PCS JÁ



    Novo PCS

    Compartilhe
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6068
    Reputação : 228
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Galizezin em Sex 09 Nov 2018, 8:44 am

    E continuará barrada pelo STF.


    _________________
    NO RACISM!
    avatar
    servidor.tre
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1029
    Reputação : 29
    Data de inscrição : 30/10/2012

    Re: Novo PCS

    Mensagem por servidor.tre em Sex 09 Nov 2018, 9:06 am

    jornalista escreveu:
    silmaria escreveu:Sem mexer na Constituição, reforma alternativa de Bolsonaro atinge mais INSS
    Alternativa tende a poupar servidores, mas elevação de alíquota é analisada por Bolsonaro


    BRASÍLIA
    Os trabalhadores da iniciativa privada podem ser mais afetados que os servidores públicos se o presidente Michel Temer e o eleito, Jair Bolsonaro, trabalharem em conjunto pela aprovação ainda em 2018 de uma reforma da Previdência sem alterar a Constituição.

    Diante da falta de apoio no Congresso e do tempo curto até o fim do ano, a mudança de regras de aposentadoria por projeto de lei ou medida provisória tem sido apontada como alternativa à proposta de emenda à Constituição que está parada no Congresso.

    Embora a aprovação de uma medida nesse sentido seja considerada uma boa sinalização para o mercado, vai de encontro ao discurso de que é necessário acabar com privilégios —adotado tanto por Temer quanto por Bolsonaro.

    Sem mexer na Constituição, porém, a maior parte das mudanças possíveis é exatamente nas regras dos trabalhadores vinculados ao INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

    Entre as mudanças que podem ser feitas por votação simples, sem alternação constitucional, estão a extinção da fórmula 85/95, o aumento da contribuição mínima para se aposentar por idade (hoje em 15 anos) e mudanças nas regras de cálculo de pensão por morte.

    O benefício de quem ganha maiores remunerações —os funcionários públicos— está mais protegido pela Constituição. Eles têm um sistema separado, o regime próprio de Previdência Social.

    Para os funcionários públicos, o ponto mais significativo que poderia ser alterado por meio de lei ou medida provisória é a contribuição previdenciária, hoje em 11%.

    Técnicos do Congresso fizeram chegar proposta de elevação da alíquota para servidores, entre outras medidas, à equipe de transição de Bolsonaro.

    Essa solução poderia ser usada como parâmetro para os estados e ajudá-los a aliviar as contas públicas.

    Esse cenário, porém, é considerado pouco provável por causa da grande mobilização contrária, que inclui todas as esferas de Poder.

    Além disso, importantes aliados de Bolsonaro, como o futuro ministro da Casa Civil, deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS), e o então deputado Major Olímpio (PSL-SP), foram contrários às mudanças para o funcionalismo na tramitação da proposta de Temer, enviada no fim de 2016.


    Após reunião com Bolsonaro nesta quinta-feira (Cool, o governador eleito do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), afirmou que o presidente eleito trabalha por uma proposta de reforma que não altere a Constituição neste ano.

    "Tanto Michel Temer quanto Bolsonaro estão trabalhando para que a reforma da Previdência seja de matéria infraconstitucional", afirmou ele.

    Para aprovar alteração na Constituição, seria necessário suspender a intervenção no Rio de Janeiro.
    Na mesma tarde, o atual secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, demonstrou pouca esperança de que mudanças na Previdência sejam aprovadas neste ano.

    "Se conseguir, ótimo. [...] Mas, se não aprovar, é o fim do mundo? Não é. O que o mercado espera é a aprovação da reforma da Previdência no próximo ano", disse, ao deixar reunião com a equipe de Paulo Guedes, futuro ministro da Economia.

    "O grosso da reforma da Previdência é constitucional", disse o secretário, que, nos bastidores, está cotado para permanecer na gestão Bolsonaro.

    Enquanto uma mudança na Constituição exige o voto de 3/5 dos parlamentares, em dois turnos de votação, a aprovação de um projeto de lei ou de medida provisória precisa de maioria simples.

    Temer, diante da falta de apoio parlamentar e do aperto nas contas públicas, chegou a enviar uma medida provisória para aumentar de 11% para 14% a contribuição previdenciária dos servidores, mas terminou barrada pelo STF (Supremo Tribunal Federal).

    (...)

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Para quanto seria o aumento dessa alíquota? Alguém tem mais informações? :nervoso: :nervoso: :nervoso:
    Até 22% (possivelmente do que exceder o teto).

    E nos casos que a pessoa contribua apenas com 11% sobre o teto do RGPS?
    avatar
    drhoff
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Escravo
    Mensagens : 602
    Reputação : 47
    Data de inscrição : 21/05/2015
    Idade : 93
    Localização : Cavalocity.

    Re: Novo PCS

    Mensagem por drhoff em Sex 09 Nov 2018, 12:49 pm

    Ai ficará muito caro para quem tem média aritmética das maiores contribuições, é melhor migrar para o funpresp pelo q eu entendi!
    Ai aquele velho ditado q saudade da proposta de 14% do Temer...
    avatar
    Sniper
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 582
    Reputação : 40
    Data de inscrição : 06/05/2011

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Sniper em Sex 09 Nov 2018, 12:59 pm



    [/quote] E nos casos que a pessoa contribua apenas com 11% sobre o teto do RGPS?[/quote]

    Pelo que entendi, num primeiro momento, o aumento seria para os servidores públicos, apenas.
    avatar
    euvoltei
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1089
    Reputação : 121
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por euvoltei em Sex 09 Nov 2018, 1:07 pm

    Em pouco tempo será considerado marajá qualquer centavo acima do teto, logo, alvo perfeito para mais tributação...


    hs007
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 169
    Reputação : 23
    Data de inscrição : 15/06/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por hs007 em Sex 09 Nov 2018, 2:08 pm

    Interessante, mas desagradável, é o discurso que já ouvi muito na mídia de que quem ganha mais do que o teto previdenciário é considerado "mais rico". Mais ricos...palhaçada isso.
    Aí a ideia seria empurrar goela a baixo desses ricaços (nós inclusive, claro) o máximo de imposto possível. Ou seja, nivelar todos para baixo para não ter mais esse negócio de "marajá" no Brasil.
    Mas a resistência por parte da bancada dos servidores públicos, que aumentou consideravelmente nessa última eleição, será muito maior agora para qualquer medida que impunha majoração de descontos.
    Agora é esperar para ver o que realmente vai acontecer...
    avatar
    silmaria
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 234
    Reputação : 3
    Data de inscrição : 01/12/2014

    Re: Novo PCS

    Mensagem por silmaria em Sex 09 Nov 2018, 2:15 pm

    hs007 escreveu:Interessante, mas desagradável, é o discurso que já ouvi muito na mídia de que quem ganha mais do que o teto previdenciário é considerado "mais rico". Mais ricos...palhaçada isso.
    Aí a ideia seria empurrar goela a baixo desses ricaços (nós inclusive, claro) o máximo de imposto possível. Ou seja, nivelar todos para baixo para não ter mais esse negócio de "marajá" no Brasil.
    Mas a resistência por parte da bancada dos servidores públicos,  que aumentou consideravelmente nessa última eleição, será muito maior agora para qualquer medida que impunha majoração de descontos.
    Agora é esperar para ver o que realmente vai acontecer...

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Tomara que eles barrem os abusos contra os servidores no próximo governo... Pq o mercado Financeiro ($$), a mídia e os cabeças de planilha do próximo governo estão em cima...
    avatar
    Sigma
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Analista Judiciário - Especialidade TI
    Mensagens : 5092
    Reputação : 134
    Data de inscrição : 08/07/2010
    Idade : 38
    Localização : Curitiba/PR

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Sigma em Sex 09 Nov 2018, 4:50 pm

    hs007 escreveu:Interessante, mas desagradável, é o discurso que já ouvi muito na mídia de que quem ganha mais do que o teto previdenciário é considerado "mais rico". Mais ricos...palhaçada isso.
    Aí a ideia seria empurrar goela a baixo desses ricaços (nós inclusive, claro) o máximo de imposto possível. Ou seja, nivelar todos para baixo para não ter mais esse negócio de "marajá" no Brasil.
    Mas a resistência por parte da bancada dos servidores públicos,  que aumentou consideravelmente nessa última eleição, será muito maior agora para qualquer medida que impunha majoração de descontos.
    Agora é esperar para ver o que realmente vai acontecer...

    O pior é que é isso mesmo. Quem ganha acima do teto está entre os mais ricos. E o servidor público federal está realmente entre 5% mais bem pagos do país.

    E, sim, o Estado contribui com a desigualdade social desta forma.

    E enquanto tivermos governos preocupados com o protecionismo nacional, sem abertura de mercado, sem geração de emprego, renda e riqueza, é provável que isso se mantenha.

    O que eu realmente espero que aconteça é a abertura da economia, para que possamos deixar de sermos enquadrados como "mais ricos" sem perdermos o poder aquisitivo (ou seja, que a iniciativa privada consiga gerar empregos que paguem mais do que o Estado pague a nós).
    avatar
    euvoltei
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1089
    Reputação : 121
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por euvoltei em Sex 09 Nov 2018, 8:06 pm

    Sigma escreveu:
    hs007 escreveu:Interessante, mas desagradável, é o discurso que já ouvi muito na mídia de que quem ganha mais do que o teto previdenciário é considerado "mais rico". Mais ricos...palhaçada isso.
    Aí a ideia seria empurrar goela a baixo desses ricaços (nós inclusive, claro) o máximo de imposto possível. Ou seja, nivelar todos para baixo para não ter mais esse negócio de "marajá" no Brasil.
    Mas a resistência por parte da bancada dos servidores públicos,  que aumentou consideravelmente nessa última eleição, será muito maior agora para qualquer medida que impunha majoração de descontos.
    Agora é esperar para ver o que realmente vai acontecer...

    O pior é que é isso mesmo. Quem ganha acima do teto está entre os mais ricos. E o servidor público federal está realmente entre 5% mais bem pagos do país.

    E, sim, o Estado contribui com a desigualdade social desta forma.

    E enquanto tivermos governos preocupados com o protecionismo nacional, sem abertura de mercado, sem geração de emprego, renda e riqueza, é provável que isso se mantenha.

    O que eu realmente espero que aconteça é a abertura da economia, para que possamos deixar de sermos enquadrados como "mais ricos" sem perdermos o poder aquisitivo (ou seja, que a iniciativa privada consiga gerar empregos que paguem mais do que o Estado pague a nós).

    É isso aí Sigma, por mais estranho que possa parecer, renda acima de R$ 5.600 é rico sim no Brasil...

    E não que seja lá muito dinheiro, é que a maioria da população não chega nem perto disso...

    Mesmo No nosso pequeno micro-cosmo que é o o TSE (por exemplo), há aproximadamente 900 servidores efetivos e 1.400 terceirizados(dados do portal da transparência).. ou seja, no exemplo, nós, servidores estamos acima de 60% da população...

    Ou seja, a realidade é essa aí mesma.... acima de R$ 5.600 é rico no Brasil...
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6068
    Reputação : 228
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Galizezin em Sex 09 Nov 2018, 9:18 pm

    É mentira.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    _________________
    NO RACISM!
    avatar
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2764
    Reputação : 390
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por josebarbos em Dom 11 Nov 2018, 10:23 am

    euvoltei escreveu:
    Sigma escreveu:
    hs007 escreveu:Interessante, mas desagradável, é o discurso que já ouvi muito na mídia de que quem ganha mais do que o teto previdenciário é considerado "mais rico". Mais ricos...palhaçada isso.
    Aí a ideia seria empurrar goela a baixo desses ricaços (nós inclusive, claro) o máximo de imposto possível. Ou seja, nivelar todos para baixo para não ter mais esse negócio de "marajá" no Brasil.
    Mas a resistência por parte da bancada dos servidores públicos,  que aumentou consideravelmente nessa última eleição, será muito maior agora para qualquer medida que impunha majoração de descontos.
    Agora é esperar para ver o que realmente vai acontecer...

    O pior é que é isso mesmo. Quem ganha acima do teto está entre os mais ricos. E o servidor público federal está realmente entre 5% mais bem pagos do país.

    E, sim, o Estado contribui com a desigualdade social desta forma.

    E enquanto tivermos governos preocupados com o protecionismo nacional, sem abertura de mercado, sem geração de emprego, renda e riqueza, é provável que isso se mantenha.

    O que eu realmente espero que aconteça é a abertura da economia, para que possamos deixar de sermos enquadrados como "mais ricos" sem perdermos o poder aquisitivo (ou seja, que a iniciativa privada consiga gerar empregos que paguem mais do que o Estado pague a nós).

    É isso aí Sigma, por mais estranho que possa parecer, renda acima de R$ 5.600 é rico sim no Brasil...

    E não que seja lá muito dinheiro, é que a maioria da população não chega nem perto disso...

    Mesmo No nosso pequeno micro-cosmo que é o o TSE (por exemplo), há aproximadamente 900 servidores efetivos e 1.400 terceirizados(dados do portal da transparência).. ou seja, no exemplo, nós, servidores estamos acima de 60% da população...

    Ou seja, a realidade é essa aí mesma....  acima de R$ 5.600 é rico no Brasil...

    Nos grandes centros, de fato, talvez 5 salários mínimos não lhe garantam um ótimo patamar de vida.
    Um dos maiores problemas do Brasil é a desigualdade social e, em muitos casos, a pouca valorização que damos ao dinheiro trabalhado.

    Apenas a título de exemplo, não faz o menor sentido o quanto se paga de alugueis em alguns lugares do Brasil: mesmo havendo espaço e potencial para novos imóveis, a simples especulação, "aceita" por todos, eleva em demasia o preço e acentua desigualdades.

    No Brasil médio, ter acima de dois salários mínimos para manter a casa já permite verdadeiros "luxos".
    avatar
    tre-rj
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1308
    Reputação : 91
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por tre-rj em Dom 11 Nov 2018, 1:37 pm

    Esta alíquota já é ventilada há pelo menos 3 anos, ou seja, mais cedo ou mais tarde, ainda que não no governo Bolsonaro, vai ser aprovada.
    O que me faz pensar, seriamente, em migrar para o funpresp, apesar de 28 anos de serviço público e de uma perda inicial de quase 30%, com as simulações que já fiz no meu rh.

    Galizezin escreveu:É mentira.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6068
    Reputação : 228
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Galizezin em Dom 11 Nov 2018, 3:22 pm

    tre-rj escreveu:Esta alíquota já é ventilada há pelo menos 3 anos, ou seja, mais cedo ou mais tarde, ainda que não no governo Bolsonaro, vai ser aprovada.
    O que me faz pensar, seriamente, em migrar para o funpresp, apesar de 28 anos de serviço público e de uma perda inicial de quase 30%, com as simulações que já fiz no meu rh.

    Galizezin escreveu:É mentira.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Boa sorte.


    _________________
    NO RACISM!
    avatar
    tre-rj
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1308
    Reputação : 91
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por tre-rj em Dom 11 Nov 2018, 3:27 pm

    pra todos nós..
    Galizezin escreveu:
    tre-rj escreveu:Esta alíquota já é ventilada há pelo menos 3 anos, ou seja, mais cedo ou mais tarde, ainda que não no governo Bolsonaro, vai ser aprovada.
    O que me faz pensar, seriamente, em migrar para o funpresp, apesar de 28 anos de serviço público e de uma perda inicial de quase 30%, com as simulações que já fiz no meu rh.

    Galizezin escreveu:É mentira.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Boa sorte.
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6068
    Reputação : 228
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Galizezin em Dom 11 Nov 2018, 3:28 pm

    tre-rj escreveu:pra todos nós..
    Galizezin escreveu:
    tre-rj escreveu:Esta alíquota já é ventilada há pelo menos 3 anos, ou seja, mais cedo ou mais tarde, ainda que não no governo Bolsonaro, vai ser aprovada.
    O que me faz pensar, seriamente, em migrar para o funpresp, apesar de 28 anos de serviço público e de uma perda inicial de quase 30%, com as simulações que já fiz no meu rh.

    Galizezin escreveu:É mentira.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Boa sorte.

    like


    _________________
    NO RACISM!
    avatar
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2764
    Reputação : 390
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por josebarbos em Dom 11 Nov 2018, 3:52 pm

    tre-rj escreveu:Esta alíquota já é ventilada há pelo menos 3 anos, ou seja, mais cedo ou mais tarde, ainda que não no governo Bolsonaro, vai ser aprovada.
    O que me faz pensar, seriamente, em migrar para o funpresp, apesar de 28 anos de serviço público e de uma perda inicial de quase 30%, com as simulações que já fiz no meu rh.

    No caso do IR, dependendo da ousadia do governo Bolsonaro, ainda vejo algum espaço para uma revolução na forma de cobrança. Em se mantendo como está, não vejo como questão de "se", mas de "quando" haverá uma faixa de 35%. Lembrando que o 27,5% nasceu de uma alíquota adicional e "temporária" de 2,5% sobre a faixa mais alta, que era de 25% e nunca mais saiu.

    Para a previdência, considero factível que se alcance algo próximo a 20%. No caso do RPPS União, as contribuições de servidores representam, apenas, pouco mais de 15% das despesas, de forma que se o governo dobrasse este índice, chegaria mais próximo do que se propõe em termos de responsabilidade (1/3 para os servidores e 2/3 para o patrão). Aliás, estes números não devem ser mero acaso.
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6068
    Reputação : 228
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Galizezin em Dom 11 Nov 2018, 4:00 pm

    Já que ele é um gestor incompetente, o governo deveria devolver tudo o que pegou de cada contribuinte. Com 20% a.m., qq pessoa faria a festa na aposentadoria.


    _________________
    NO RACISM!
    avatar
    cavalo
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 98
    Reputação : 15
    Data de inscrição : 07/06/2015

    Aumento do desconto da previdência

    Mensagem por cavalo em Seg 12 Nov 2018, 8:34 am

    Pessoal,

    Esses vinte e dois por cento são, talvez, um balão de ensaio. É como eu sempre digo, o bode na sala. Jogam alto para conseguir, posteriormente, um aumento para 14% como pretendem. Ou seja, tiram os vinte e dois por cento (o bode na sala) e passam a defender os 14%. Aí todo mundo fica aliviado.
    Mas e a previdência dos militares, vai continuar como está? E os 14% serão duma vez ou parcelado? E os aposentados e pensionistas?
    E quanto a quem ganha acima do teto ser rico? Na realidade, não passam, a maioria, de classe média. E o Governo que atinge a classe média, depauperando-a, dificilmente vai levar o País ao crescimento, pois quem vai consumir bens duráveis? Ainda mais com os juros estratosféricos que estão praticando no nosso sistema financeiro!
    avatar
    Korgano Masaka
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 931
    Reputação : 51
    Data de inscrição : 29/07/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Korgano Masaka em Seg 12 Nov 2018, 9:05 am

    Galizezin escreveu:Já que ele é um gestor incompetente, o governo deveria devolver tudo o que pegou de cada contribuinte. Com 20% a.m., qq pessoa faria a festa na aposentadoria.

    Não tem como "devolver". O déficit acumulado já passa dos R$ 150 bilhões.
    Trouxa fomos nós que acreditamos na previdência pública. Agora pagaremos a conta....
    avatar
    tre-rj
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1308
    Reputação : 91
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por tre-rj em Seg 12 Nov 2018, 10:21 am

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Maia diz que espera aceno de Bolsonaro para tocar projeto de co forte apelo fiscal
    Proposta apresentada pelo deputado Pedro Paulo (DEM-RJ) vinha sendo discutida com a atual equipe econômica do governo Temer
    O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, duranteentrevista coletiva Foto: Daniel Marenco / Agência O Globo
    O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, duranteentrevista coletiva - Daniel Marenco / Agência O Globo

    O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), diz estar à espera de um "sinal verde" da equipe do presidente eleito Jair Bolsonaro para saber se dará andamento à emenda à Constituição que muda a chamada "regra de ouro" e impõe ajuste fiscal se o mecanismo não for cumprido. A proposta do deputado Pedro Paulo (DEM-RJ) vinha sendo discutida pelos parlamentares com a equipe econômica do governo de Michel Temer.

    A "regra de ouro" estabelece que o governo só pode se endividar para beneficiar gerações futuras - e não para custear seus serviços atuais. Na prática, impede a emissão de dívida para bancar salários de servidores. A PEC estudada cria "gatilhos" conforme o limite da regra seja atingido, incluindo suspensão de abono salarial, corte nas jornadas de trabalho e até demissão de servidores com estabilidade.
    avatar
    VadeMekum
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1160
    Reputação : 178
    Data de inscrição : 11/05/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por VadeMekum em Seg 12 Nov 2018, 11:17 am

    tre-rj escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



    A "regra de ouro" estabelece que o governo só pode se endividar para beneficiar gerações futuras - e não para custear seus serviços atuais. Na prática, impede a emissão de dívida para bancar salários de servidores. A PEC estudada cria "gatilhos" conforme o limite da regra seja atingido, incluindo suspensão de abono salarial, corte nas jornadas de trabalho e até demissão de servidores com estabilidade.


    Seria um novo recado? Tipo, tow chegando-chegando e não me venham torrar a paciência pedindo reajuste salarial, pois eu tow querendo é mandar gente embora!
    avatar
    facao
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Cargo : Analista Judiciário
    Mensagens : 92
    Reputação : 1
    Data de inscrição : 18/09/2014
    Localização : TRE-MA

    Re: Novo PCS

    Mensagem por facao em Seg 12 Nov 2018, 12:12 pm

    Esse lance do Imposto de renda de 20%, caso seja dado encaminhamento, seria pro próximo ano? Alguém ouviu algo a respeito? Onde poderia simular o desconto do IR com a nova alíquota?
    avatar
    silmaria
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 234
    Reputação : 3
    Data de inscrição : 01/12/2014

    Re: Novo PCS

    Mensagem por silmaria em Seg 12 Nov 2018, 12:32 pm

    facao escreveu:Esse lance do Imposto de renda de 20%, caso seja dado encaminhamento, seria pro próximo ano? Alguém ouviu algo a respeito? Onde poderia simular o desconto do IR com a nova alíquota?

    Assunto morreu na primeira semana de eleito...kkkk Agora com relação ao fim da estabilidade dos servidores, todo começo de ano esse assunto volta, já tem uma PL que provavelmente vai nascer morto (PLS 116/2017) devido ao vício de iniciativa... E vem agora com essa de PEC para esse ano, com intervenção militar e um presidente do senado irritado com a turma do presidente eleito... Ano que vem com ctz irão vir contudo contra os servidores, não digo o Bolsonaro mas sim a sua turma. A nossa sorte é que teremos mais representatividade na câmara dos deputados e uma oposição não tão enfraquecida assim como se esperavam.
    avatar
    Korgano Masaka
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 931
    Reputação : 51
    Data de inscrição : 29/07/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Korgano Masaka em Seg 12 Nov 2018, 1:11 pm

    silmaria escreveu:
    facao escreveu:Esse lance do Imposto de renda de 20%, caso seja dado encaminhamento, seria pro próximo ano? Alguém ouviu algo a respeito? Onde poderia simular o desconto do IR com a nova alíquota?

    Assunto morreu na primeira semana de eleito...kkkk Agora com relação ao fim da estabilidade dos servidores, todo começo de ano esse assunto volta, já tem uma PL que provavelmente vai nascer morto (PLS 116/2017) devido ao vício de iniciativa... E vem agora com essa de PEC para esse ano, com intervenção militar e um presidente do senado irritado com a turma do presidente eleito... Ano que vem com ctz irão vir contudo contra os servidores, não digo o Bolsonaro mas sim a sua turma. A nossa sorte é que teremos mais representatividade na câmara dos deputados e uma oposição não tão enfraquecida assim como se esperavam.

    O brasileiro virou estado-dependente durante os últimos 80 anos. Agora que o Estado está falido (com o pior déficit fiscal da história), ninguém quer arcar com o ônus. Ou seja, se não fizerem reformas, levaremos décadas para sair dessa recessão econômica.
    Nós, servidores do carreirão, pagaremos a conta de uma forma ou de outra....

    jornalista
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1203
    Reputação : 32
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por jornalista em Seg 12 Nov 2018, 6:08 pm

    Korgano Masaka escreveu:
    silmaria escreveu:
    facao escreveu:Esse lance do Imposto de renda de 20%, caso seja dado encaminhamento, seria pro próximo ano? Alguém ouviu algo a respeito? Onde poderia simular o desconto do IR com a nova alíquota?

    Assunto morreu na primeira semana de eleito...kkkk Agora com relação ao fim da estabilidade dos servidores, todo começo de ano esse assunto volta, já tem uma PL que provavelmente vai nascer morto (PLS 116/2017) devido ao vício de iniciativa... E vem agora com essa de PEC para esse ano, com intervenção militar e um presidente do senado irritado com a turma do presidente eleito... Ano que vem com ctz irão vir contudo contra os servidores, não digo o Bolsonaro mas sim a sua turma. A nossa sorte é que teremos mais representatividade na câmara dos deputados e uma oposição não tão enfraquecida assim como se esperavam.

    O brasileiro virou estado-dependente durante os últimos 80 anos. Agora que o Estado está falido (com o pior déficit fiscal da história), ninguém quer arcar com o ônus. Ou seja, se não fizerem reformas, levaremos décadas para sair dessa recessão econômica.
    Nós, servidores do carreirão, pagaremos a conta de uma forma ou de outra....
    Um dos entraves ao reajuste de tributos é o efeito confiscatório. Se criar outra faixa de irpf mais 22% de previdência, mesmo com dedução, a carga pode chegar a 50%. Quanto aos estáveis a serem demitidos, é relativo. No trf1, há muitas vagas, pq não está sendo reposta a mão de obra que se aposentou, apenas em casos pontuais. Está havendo cortes de terceirizados e estagiários. Há concurso aberto e poucos foram chamados. Se demitir servidor estável, metas não serão cumpridas e alguns serviços podem ser paralisados. Em algumas seções a diminuição do horário de atendimento ao público já foi proposta. Parando o primeiro grau, a bomba vai estourar nas Cortes.
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6068
    Reputação : 228
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Galizezin em Seg 12 Nov 2018, 7:37 pm

    Korgano Masaka escreveu:
    Galizezin escreveu:Já que ele é um gestor incompetente, o governo deveria devolver tudo o que pegou de cada contribuinte. Com 20% a.m., qq pessoa faria a festa na aposentadoria.

    Não tem como "devolver". O déficit acumulado já passa dos R$ 150 bilhões.
    Trouxa fomos nós que acreditamos na previdência pública. Agora pagaremos a conta....

    Ainda não somos uma Grécia. Então, o governo que imprima moeda, aceito mesmo se forem impressas em papel higiênico...


    _________________
    NO RACISM!
    avatar
    euvoltei
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1089
    Reputação : 121
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por euvoltei em Seg 12 Nov 2018, 7:46 pm

    jornalista escreveu:
    Korgano Masaka escreveu:
    silmaria escreveu:
    facao escreveu:Esse lance do Imposto de renda de 20%, caso seja dado encaminhamento, seria pro próximo ano? Alguém ouviu algo a respeito? Onde poderia simular o desconto do IR com a nova alíquota?

    Assunto morreu na primeira semana de eleito...kkkk Agora com relação ao fim da estabilidade dos servidores, todo começo de ano esse assunto volta, já tem uma PL que provavelmente vai nascer morto (PLS 116/2017) devido ao vício de iniciativa... E vem agora com essa de PEC para esse ano, com intervenção militar e um presidente do senado irritado com a turma do presidente eleito... Ano que vem com ctz irão vir contudo contra os servidores, não digo o Bolsonaro mas sim a sua turma. A nossa sorte é que teremos mais representatividade na câmara dos deputados e uma oposição não tão enfraquecida assim como se esperavam.

    O brasileiro virou estado-dependente durante os últimos 80 anos. Agora que o Estado está falido (com o pior déficit fiscal da história), ninguém quer arcar com o ônus. Ou seja, se não fizerem reformas, levaremos décadas para sair dessa recessão econômica.
    Nós, servidores do carreirão, pagaremos a conta de uma forma ou de outra....
    Um dos entraves ao reajuste de tributos é o efeito confiscatório. Se criar outra faixa de irpf mais 22% de previdência, mesmo com dedução, a carga pode chegar a 50%. Quanto aos estáveis a serem demitidos, é relativo. No trf1, há muitas vagas, pq não está sendo reposta a mão de obra que se aposentou, apenas em casos pontuais. Está havendo cortes de terceirizados e estagiários. Há concurso aberto e poucos foram chamados. Se demitir servidor estável, metas não serão cumpridas e alguns serviços podem ser paralisados. Em algumas seções a diminuição do horário de atendimento ao público já foi proposta. Parando o primeiro grau, a bomba vai estourar nas Cortes.

    Acho difícil demitir servidor... tem muito terceirizado (nem banco com cofre tem vigilância armada 24h, por 7 dias, coisa muito comum em unidades do interior com patrimônio de apenas 1 dúzia de PCs e ar-condicionados e uma geladeira).. tem muita FC e CJ, tem muito requisitados (que custam muito mais que uma simples FC designada pra servidor de carreria, pois implica na maioria das vezes em novo Aux. alimentação/saúde, 20% de INSS patronal etc).....

    Enfim, tem muita coisa.... partir pra cima de servidor efetivo é fazer o PT ressurgir das cinzas de forma imediata....

    Se juntar JE com JT com JF, dá pra passar anos a fio sem nomear ninguém e economizar muito...
    avatar
    Sigma
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Analista Judiciário - Especialidade TI
    Mensagens : 5092
    Reputação : 134
    Data de inscrição : 08/07/2010
    Idade : 38
    Localização : Curitiba/PR

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Sigma em Seg 12 Nov 2018, 8:47 pm

    Galizezin escreveu:Ainda não somos uma Grécia. Então, o governo que imprima moeda, aceito mesmo se forem impressas em papel higiênico...

    Tá de brinks, né?
    avatar
    Peixonauta
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 83
    Reputação : 5
    Data de inscrição : 18/01/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Peixonauta em Seg 12 Nov 2018, 9:45 pm

    Sigma escreveu:
    Galizezin escreveu:Ainda não somos uma Grécia. Então, o governo que imprima moeda, aceito mesmo se forem impressas em papel higiênico...

    Tá de brinks, né?

    Tô aqui só imaginando a tinta que vão usar pra imprimir a ----- desse papel higiênico kkkkkkkk

    jornalista
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1203
    Reputação : 32
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por jornalista em Ter 13 Nov 2018, 4:58 am

    Sigma escreveu:
    Galizezin escreveu:Ainda não somos uma Grécia. Então, o governo que imprima moeda, aceito mesmo se forem impressas em papel higiênico...

    Tá de brinks, né?
    Há um certo païs da sulamérica que faz isso. Também destruíram a petroleira e fizeram vários programas sociais sem a devida correspondência orçamentária. Aí tem que imprimir mesmo e vender barrinha de ouro. Ou dizer que a culpa é dos ianques...
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6068
    Reputação : 228
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Galizezin em Ter 13 Nov 2018, 6:32 am

    Sigma escreveu:
    Galizezin escreveu:Ainda não somos uma Grécia. Então, o governo que imprima moeda, aceito mesmo se forem impressas em papel higiênico...

    Tá de brinks, né?

    Claro né Sigma. A casa que vc financiou pela CEF, após pagos 35 sofridos anos, não será tua.


    _________________
    NO RACISM!
    avatar
    tre-rj
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1308
    Reputação : 91
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por tre-rj em Qua 14 Nov 2018, 1:55 pm

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    BRASÍLIA - O governo Michel Temer articula com a equipe econômica do presidente eleito Jair Bolsonaro para que garanta logo no início do mandato que o reajuste dos servidores federais seja adiado pelo menos por mais um ano. Essa foi uma das propostas entregues na terça-feira pelo ministro do Planejamento, Esteves Colnago , para o futuro comandante da Economia Paulo Guedes. Além de retardar o aumento, a equipe atual propõe que o novo governo nivele os rendimentos dos funcionários públicos com os trabalhadores da iniciativa privada, mude toda a estrutura da carreira no serviço público, acabe com as promoções automáticas e informatize todos os sistemas para evitar fraudes.
    Colnago informou Guedes sobre um estudo em andamento dentro do Planejamento para fazer todas essas mudanças. A ideia é substituir o atual sistema de carreiras por um modelo considerado mais moderno e eficaz. Os servidores teriam de cumprir metas e apresentar resultados. Passariam ainda por uma avaliação de desempenho, governança e liderança, processo seletivo e certificações.

    A situação atual é considerada caótica por técnicos tanto da equipe atual quanto da futura. Foram décadas de mudanças no funcionalismo que explodiram as contas do país. Nos anos 90, existiam aproximadamente 80 carreiras no Poder Executivo. Atualmente são mais de 309. Cada uma tem regras e remuneração diferentes.

    “As carreiras, cargos e funções estão estruturadas em um sistema oneroso e complexo, com pouca mobilidade. Os ocupantes das carreiras com maior remuneração não têm estímulos para investidura em cargos de gestão, deixando de contribuir plenamente para a qualificação das práticas administrativas e, consequentemente, das entregas para a sociedade”, diz o Planejamento no texto sobre o assunto.

    Por isso, o órgão propõe a reestruturação completa. Há ainda estudos sobre como alinhar as remunerações aos salários pagos pelo setor privado para tirar o peso do funcionalismo nas contas. Só o Poder Executivo gastou R$105,9 bilhões com pessoal no ano passado. Isso é a conta apenas de funcionários na ativa. Os servidores aposentados custaram R$ 66 bilhões. Essa é a maior despesa do país com exceção da Previdência.

    subsidiando
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1436
    Reputação : 12
    Data de inscrição : 13/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por subsidiando em Qua 14 Nov 2018, 2:14 pm

    Pessoas, e a decisão do STF no RE 593.068?
    Vi aqui e o MPF estava descontando contribuição previdenciária do 13º.
    Alguém sabe se o sindicato vai pedir restituição administrativamente?
    Valeu.
    avatar
    Vitória
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 238
    Reputação : 16
    Data de inscrição : 09/08/2011

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Vitória em Qua 14 Nov 2018, 2:30 pm

    subsidiando escreveu:Pessoas, e a decisão do STF no RE 593.068?
    Vi aqui e o MPF estava descontando contribuição previdenciária do 13º.
    Alguém sabe se o sindicato vai pedir restituição administrativamente?
    Valeu.

    Exatamente isso que também quero saber!!!! bounce bounce bounce
    avatar
    servidor.tre
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1029
    Reputação : 29
    Data de inscrição : 30/10/2012

    Re: Novo PCS

    Mensagem por servidor.tre em Qua 14 Nov 2018, 3:02 pm

    tre-rj escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    BRASÍLIA -  O governo Michel Temer articula com a equipe econômica do presidente eleito Jair Bolsonaro para que garanta logo no início do mandato que o reajuste dos servidores federais seja adiado pelo menos por mais um ano. Essa foi uma das propostas entregues na terça-feira pelo ministro do Planejamento, Esteves Colnago , para o futuro comandante da Economia Paulo Guedes. Além de retardar o aumento, a equipe atual propõe que o novo governo nivele os rendimentos dos funcionários públicos com os trabalhadores da iniciativa privada, mude toda a estrutura da carreira no serviço público, acabe com as promoções automáticas e informatize todos os sistemas para evitar fraudes.
    Colnago informou Guedes sobre um estudo em andamento dentro do Planejamento para fazer todas essas mudanças. A ideia é substituir o atual sistema de carreiras por um modelo considerado mais moderno e eficaz. Os servidores teriam de cumprir metas e apresentar resultados. Passariam ainda por uma avaliação de desempenho, governança e liderança, processo seletivo e certificações.

    A situação atual é considerada caótica por técnicos tanto da equipe atual quanto da futura. Foram décadas de mudanças no funcionalismo que explodiram as contas do país. Nos anos 90, existiam aproximadamente 80 carreiras no Poder Executivo. Atualmente são mais de 309. Cada uma tem regras e remuneração diferentes.

    “As carreiras, cargos e funções estão estruturadas em um sistema oneroso e complexo, com pouca mobilidade. Os ocupantes das carreiras com maior remuneração não têm estímulos para investidura em cargos de gestão, deixando de contribuir plenamente para a qualificação das práticas administrativas e, consequentemente, das entregas para a sociedade”, diz o Planejamento no texto sobre o assunto.

    Por isso, o órgão propõe a reestruturação completa. Há ainda estudos sobre como alinhar as remunerações aos salários pagos pelo setor privado para tirar o peso do funcionalismo nas contas. Só o Poder Executivo gastou R$105,9 bilhões com pessoal no ano passado. Isso é a conta apenas de funcionários na ativa. Os servidores aposentados custaram R$ 66 bilhões. Essa é a maior despesa do país com exceção da Previdência.

    É apenas uma sugestão... Mas ainda bem que a nossa última parcela do atual reajuste já será paga em janeiro do ano que vem, e não tem tempo suficiente para suspender o nosso, como já avisado por alguns colegas aqui no tópico.

    Agora, os colegas do executivo devem se preocupar... Lamentável essa sugestão.
    avatar
    servidor.tre
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1029
    Reputação : 29
    Data de inscrição : 30/10/2012

    Re: Novo PCS

    Mensagem por servidor.tre em Qua 14 Nov 2018, 3:06 pm

    Vitória escreveu:
    subsidiando escreveu:Pessoas, e a decisão do STF no RE 593.068?
    Vi aqui e o MPF estava descontando contribuição previdenciária do 13º.
    Alguém sabe se o sindicato vai pedir restituição administrativamente?
    Valeu.

    Exatamente isso que também quero saber!!!! bounce bounce bounce

    Essa decisão é a nosso favor??? Ainda cabe recurso???

    Quero meu dinheiro de volta!!!

    avatar
    tre-rj
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1308
    Reputação : 91
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por tre-rj em Qua 14 Nov 2018, 3:07 pm

    Tem também a sugestão de congelar as progressões. Se esta medida for na 8112 creio que valerá para todos

    servidor.tre escreveu:
    tre-rj escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    BRASÍLIA -  O governo Michel Temer articula com a equipe econômica do presidente eleito Jair Bolsonaro para que garanta logo no início do mandato que o reajuste dos servidores federais seja adiado pelo menos por mais um ano. Essa foi uma das propostas entregues na terça-feira pelo ministro do Planejamento, Esteves Colnago , para o futuro comandante da Economia Paulo Guedes. Além de retardar o aumento, a equipe atual propõe que o novo governo nivele os rendimentos dos funcionários públicos com os trabalhadores da iniciativa privada, mude toda a estrutura da carreira no serviço público, acabe com as promoções automáticas e informatize todos os sistemas para evitar fraudes.
    Colnago informou Guedes sobre um estudo em andamento dentro do Planejamento para fazer todas essas mudanças. A ideia é substituir o atual sistema de carreiras por um modelo considerado mais moderno e eficaz. Os servidores teriam de cumprir metas e apresentar resultados. Passariam ainda por uma avaliação de desempenho, governança e liderança, processo seletivo e certificações.

    A situação atual é considerada caótica por técnicos tanto da equipe atual quanto da futura. Foram décadas de mudanças no funcionalismo que explodiram as contas do país. Nos anos 90, existiam aproximadamente 80 carreiras no Poder Executivo. Atualmente são mais de 309. Cada uma tem regras e remuneração diferentes.

    “As carreiras, cargos e funções estão estruturadas em um sistema oneroso e complexo, com pouca mobilidade. Os ocupantes das carreiras com maior remuneração não têm estímulos para investidura em cargos de gestão, deixando de contribuir plenamente para a qualificação das práticas administrativas e, consequentemente, das entregas para a sociedade”, diz o Planejamento no texto sobre o assunto.

    Por isso, o órgão propõe a reestruturação completa. Há ainda estudos sobre como alinhar as remunerações aos salários pagos pelo setor privado para tirar o peso do funcionalismo nas contas. Só o Poder Executivo gastou R$105,9 bilhões com pessoal no ano passado. Isso é a conta apenas de funcionários na ativa. Os servidores aposentados custaram R$ 66 bilhões. Essa é a maior despesa do país com exceção da Previdência.

    É apenas uma sugestão... Mas ainda bem que a nossa última parcela do atual reajuste já será paga em janeiro do ano que vem, e não tem tempo suficiente para suspender o nosso, como já avisado por alguns colegas aqui no tópico.

    Agora, os colegas do executivo devem se preocupar... Lamentável essa sugestão.
    avatar
    pernalonga
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1860
    Reputação : 769
    Data de inscrição : 25/04/2012

    Re: Novo PCS

    Mensagem por pernalonga em Qua 14 Nov 2018, 3:28 pm

    Vitória escreveu:
    subsidiando escreveu:Pessoas, e a decisão do STF no RE 593.068?
    Vi aqui e o MPF estava descontando contribuição previdenciária do 13º.
    Alguém sabe se o sindicato vai pedir restituição administrativamente?
    Valeu.

    Exatamente isso que também quero saber!!!! bounce bounce bounce

    Súmula 688 STF

    É legítima a incidência da contribuição previdenciária sobre o 13º salário.

    subsidiando
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1436
    Reputação : 12
    Data de inscrição : 13/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por subsidiando em Qua 14 Nov 2018, 3:33 pm

    servidor.tre escreveu:
    Vitória escreveu:
    subsidiando escreveu:Pessoas, e a decisão do STF no RE 593.068?
    Vi aqui e o MPF estava descontando contribuição previdenciária do 13º.
    Alguém sabe se o sindicato vai pedir restituição administrativamente?
    Valeu.

    Exatamente isso que também quero saber!!!! bounce bounce bounce

    Essa decisão é a nosso favor??? Ainda cabe recurso???

    Quero meu dinheiro de volta!!!


    É, diz que não cabe desconto de contribuição previdenciária sobre 13º, mas o MPF sempre descontou.
    Em tese caberia só ED. A decisão foi do Plenário em Repercussão Geral.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    avatar
    pernalonga
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1860
    Reputação : 769
    Data de inscrição : 25/04/2012

    Re: Novo PCS

    Mensagem por pernalonga em Qua 14 Nov 2018, 3:39 pm

    subsidiando escreveu:
    servidor.tre escreveu:
    Vitória escreveu:
    subsidiando escreveu:Pessoas, e a decisão do STF no RE 593.068?
    Vi aqui e o MPF estava descontando contribuição previdenciária do 13º.
    Alguém sabe se o sindicato vai pedir restituição administrativamente?
    Valeu.

    Exatamente isso que também quero saber!!!! bounce bounce bounce

    Essa decisão é a nosso favor??? Ainda cabe recurso???

    Quero meu dinheiro de volta!!!


    É, diz que não cabe desconto de contribuição previdenciária sobre 13º, mas o MPF sempre descontou.
    Em tese caberia só ED. A decisão foi do Plenário em Repercussão Geral.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    a decisão NÃO diz que não cabe desconto de contribuição previdenciária sobre 13º. Leiam com atenção

    Conteúdo patrocinado

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Dom 18 Nov 2018, 9:06 pm