PCS JÁ



    Novo PCS

    Compartilhe
    avatar
    servidor.tre
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1001
    Reputação : 28
    Data de inscrição : 30/10/2012

    Re: Novo PCS

    Mensagem por servidor.tre em Seg 09 Jul 2018, 7:14 pm

    darkshi escreveu:
    Sigma escreveu:Tem algo nesse plano aí que não bate.

    Salvo engano, foi dito aqui que está sendo cogitado criar níveis inferiores, não foi dito quantos. E, se isso se confirmar, não seriam 12 níveis acima do atual C13.

    Ou seja: final de analista não seria de 28.5k, nem final de técnico seria de 17.4k.

    Desses 12 níveis a serem criados, considero factível uns 5 abaixo, e uns 7 acima, o que daria finais para analista e técnico de 23.9k e 14k.6k, aproximadamente.

    Claro que não.
    Nunca foi dito que vão criar níveis acima. Os níveis novos (quase todos) serão ABAIXO do atual inicial. Se conseguirmos uns 5 níveis acima será muito.
    Acho que isto ficou claro depois de umas N entrevistas com o MPOG falando que um dos problemas do serviço público é o inicial muito acima dos salários médios de mercado.


    Que assim seja!
    avatar
    Lord Sith
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2113
    Reputação : 84
    Data de inscrição : 25/05/2012

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Lord Sith em Seg 09 Jul 2018, 7:46 pm

    pernalonga escreveu:alguém do STF sabe se é quente  o papo de que o Amarildo vai ser o DG do Toffoli?

    Acho meio difícil ele largar os 33.000,00 que ganha como Diretor-Presidente do FUNPRESP-JUD. Vide que ele foi selecionado para outro mandato, já que o anterior era o restante de um mandato tampão.

    FUNPRESP-JUD SELECIONA NOVOS DIRETORES
    Por Funpresp-Jud em 3 de julho de 2018 Categoria (s): Destaques, Notícias Institucionais, Patrocinador 0
    A Funpresp-Jud realizou Processo Seletivo Nacional para as vagas de Diretor-Presidente e de Diretor de Administração, durante o mês de junho, para cumprir mandato de três anos na Diretoria Executiva da Fundação.

    Amarildo Vieira de Oliveira foi selecionado no processo seletivo para o cargo de Diretor-Presidente da Funpresp-Jud. Amarildo participou da Gestão da Funpresp-Jud como Presidente do Conselho Deliberativo desde 2014. Foi o primeiro Diretor de Administração da Entidade e atualmente cumpria, desde 16/02/2018, o restante do mandato de Elaine de Oliveira Castro, que se aposentou em dezembro de 2017, indicado pelo Conselho Deliberativo, até a finalizar o novo processo de seleção.

    O Diretor-Presidente é servidor da carreira do Supremo Tribunal Federal (STF) desde 1992, graduado em Direito e Administração, especialista em Administração Judiciária e especializando em Economia e Gestão: Previdência Complementar pela Fundação Getúlio Vargas. Foi Diretor-Geral do STF durante a presidência do Ministro Ayres Britto em 2012 e do Ministro Ricardo Lewandowski, de 2014 a 2016. Foi cedido ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ), para exercer o cargo de Diretor-Geral, na gestão da Ministra Cármen Lúcia, de 2016 a 2017.

    Marco Antônio Martins Garcia foi selecionado para o cargo de Diretor de Administração. É graduado em Estatística, com MBA em Controller e Mestre em Economia Profissionalizante pela Universidade de Brasília. Atualmente era o Gerente Administrativo e Financeiro e Membro do Comitê de Investimentos da Fundação Viva de Previdência. Trabalhou por 2 anos na BB Previdência como Gerente de Investimento, por um ano na GEAP – Fundação de Seguridade Social, como Diretor Financeiro, e por 32 anos como Gerente de Divisão do Banco do Brasil (licenciado de 25/07/2011 a 31/07/2012).

    Os atuais Diretores de Investimentos, Ronnie Gonzaga Tavares e de Seguridade, Edmilson Enedino das Chagas, foram reconduzidos para mais um mandato.

    A posse da Diretoria Executiva se dará após a habilitação junto à Superintendência Nacional de Previdência Complementar – Previc, para o triênio 2018/2021.
    avatar
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8528
    Reputação : 230
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por darkshi em Ter 10 Jul 2018, 4:26 pm

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Para quem achava que o STF iria dar um reajuste para nós em 2019 (além da ultima parcela do leitinho)


    É como eu to avisando tem tempo.
    Ou fazemos um PCCR com uma  carreira completamente nova ou iremos amagar zero por muito tempo. Os próprios magistrados estão "sofrendo" com a falta de estruturação da carreira deles.
    avatar
    MConcursos
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 198
    Reputação : 25
    Data de inscrição : 04/01/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por MConcursos em Ter 10 Jul 2018, 5:11 pm

    Os magistrados estao sofrendo com um auxilio moradia retroativo a data do seu nascimento. Queria sofrer assim tambem.
    avatar
    Caçador_de_Troll
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 377
    Reputação : 12
    Data de inscrição : 13/09/2014

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Caçador_de_Troll em Ter 10 Jul 2018, 8:46 pm

    Pessoal, após pedidos, o grupo para discussão do tema Funpresp também agora é destinando a investimentos, portanto, caso algum colega tenha interesse em fazer parte das discussões, o link para ingresso é

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    O telegram é interessante, pois não tem limite de membros e os arquivos armazenados (mesmo antes do ingresso do membro) ficam organizados e disponíveis ao acesso por meio de simples busca.
    avatar
    tre-rj
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1233
    Reputação : 82
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por tre-rj em Ter 10 Jul 2018, 9:12 pm

    Mas com o Toffoli será diferente (não digo para nós)

    Nos bastidores, Toffoli antecipa como comandará Supremo
    Ministros apostam em perfil mais conciliador do novo presidente do STF, que assume em setembro

    Leia mais: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    BRASÍLIA — O ministro Dias Toffoli vai assumir a presidência do Supremo Tribunal Federal (STF) só em meados de setembro, em substituição à ministra Cármen Lúcia. No entanto, nos bastidores do tribunal, ele já passou a ser visto pelos colegas como o dono da principal cadeira da Corte. Toffoli tem conversado com vários ministros sobre as prioridades da próxima administração — que vão de mudanças nas regras internas do tribunal às relações com os outros Poderes. A antecipação vem da insatisfação de boa parte dos ministros com a atual gestão.

    LEIA: Toffoli diz que STF tem que agir como poder moderador, sem buscar protagonismo

    Com Toffoli, os ministros têm a expectativa de participar mais ativamente das decisões da presidência da Corte. Eles querem ser ouvidos sobre quais processos devem ser pautados para julgamento no plenário — algo que Cármen Lúcia não faz. Outra reclamação é que a atual presidente não é hábil na gestão dos conflitos internos e externos. Espera-se que Toffoli, com perfil de negociador, contribua para atenuar as tensões no tribunal e nas relações com Executivo e Legislativo.
    Veja também

       O ministro do TCU Bruno Dantas Ministro do TCU chama de ‘carteirada’ decisão de Moro de vedar uso de provas da Lava-Jato
       Plenáiro do Supremo Tribunal Federal, durante sessãoSTF derruba conduções coercitivas de investigados para depoimento
       Operação Lava-Jato, da Polícia FederalLava-Jato deve aumentar número de prisões temporárias para substituir coercitivas

    Para dar mais celeridade aos julgamentos e decisões, uma das ideias em discussão na Corte, que conta com o apoio de ao menos três ministros ouvidos pelo GLOBO, é de que apenas o relator de um inquérito passe a decidir se recebe ou rejeita uma denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR). Hoje, essa decisão é tomada por um colegiado — ou de uma turma ou do plenário. Para que essa mudança seja concretizada, é necessária, no entanto, modificar a lei que rege os tribunais superiores.


    Para diminuir o número de processos do tribunal, Toffoli deve apostar em outra frente. No mês passado, o STF restringiu o foro privilegiado para deputados e senadores, o que provocou a transferência de quase duas centenas de processos para outras instâncias do Judiciário. Na semana passada, o tribunal admitiu a possibilidade de estender a regra para ministros de Estado. A intenção de Toffoli é ampliar a medida para outras autoridades, o que diminuiria o estoque de processos no STF.

    Outra tática que Toffoli deve adotar para acelerar os julgamentos é aumentar a quantidade de processos examinados no plenário virtual, o sistema eletrônico do tribunal que funciona sem a necessidade da presença física dos ministros. A expectativa é que os julgamentos, longe dos holofotes da TV, passem a ser mais rápidos e com menos possibilidade de bate-boca entre os ministros.

    LEIA: Moro diz a Toffoli que não desrespeita STF ao ficar com delações da Odebrecht

    Causas impopulares também estão na lista de prioridades do novo presidente. Uma delas é ressuscitar as negociações no Congresso Nacional pelo reajuste salarial dos próprios ministros. A medida implica aumento de gastos na folha de pagamento de todo o Judiciário. Por considerar um tema inviável em período de crise, Cármen Lúcia não se empenhou pelo reajuste. Toffoli deve fazer o contrário. Ele tem dito aos colegas que não tem medo de apanhar.

    O ministro também deve retomar as viagens internacionais da presidência do STF. Durante o mandato, Cármen Lúcia só viajou para fora do país uma vez, para os Estados Unidos. Toffoli considera que essas viagens são importantes para consolidar a boa imagem do Judiciário brasileiro no exterior e também para troca de experiências. Quando presidiu o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o ministro foi criticado pelos gastos em viagens ao exterior.



    Interlocutores de Cármen Lúcia acreditam que boa parte das queixas contra a sua gestão vem do seu comportamento austero. Além das viagens internacionais escassas e da decisão de não insistir no aumento dos salários dos ministros, a ministra faz questão de dirigir o próprio carro, vai pessoalmente ao supermercado e dispensa o excesso de segurança em sua escolta.

    Um dos episódios que mais renderam ataques à ministra foi a recusa de pautar a discussão sobre prisões em segunda instância. Toffoli não concordou com a decisão da maioria do STF de determinar prisões de condenados por tribunais de segunda instância, mas não deve pautar essa discussão logo no início de sua gestão.

    Para ele, o tema foi discutido em abril, quando o tribunal negou habeas corpus para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado pelo Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região. Ainda assim, ele tem dito aos colegas que só deve definir a pauta de julgamentos depois de consultar o colegiado. Portanto, se houver essa demanda na Corte, ela deverá ser atendida no futuro.

    Leia mais: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    darkshi escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Para quem achava que o STF iria dar um reajuste para nós em 2019 (além da ultima parcela do leitinho)


    É como eu to avisando tem tempo.
    Ou fazemos um PCCR com uma  carreira completamente nova ou iremos amagar zero por muito tempo. Os próprios magistrados estão "sofrendo" com a falta de estruturação da carreira deles.
    avatar
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8528
    Reputação : 230
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por darkshi em Ter 10 Jul 2018, 10:01 pm

    Setembro já passou o prazo da LDO 2019. Toffoli se quiser fazer algum agrado, só em 2020.
    avatar
    Jubilando
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 529
    Reputação : 31
    Data de inscrição : 01/05/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Jubilando em Ter 10 Jul 2018, 10:08 pm

    darkshi escreveu:Setembro já passou o prazo da LDO 2019. Toffoli se quiser fazer algum agrado, só em 2020.

    Falou só das causas dos majuras. Senzala, nem pensar.
    avatar
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8528
    Reputação : 230
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por darkshi em Ter 10 Jul 2018, 10:24 pm

    Jubilando escreveu:
    darkshi escreveu:Setembro já passou o prazo da LDO 2019. Toffoli se quiser fazer algum agrado, só em 2020.

    Falou só das causas dos majuras. Senzala, nem pensar.

    Jamais iremos ouvir um Presidente tendo iniciativa para a senzala.

    E sinceramente eu não quero ouvir um pio do STF sobre o nosso PCCR. Temos que parar de achar que publicidade é bom. Publicidade para reajustes e planos de carreira é um VENENO.
    avatar
    Sniper
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 558
    Reputação : 38
    Data de inscrição : 06/05/2011

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Sniper em Qua 11 Jul 2018, 2:22 am

    Antes de 2021, só haverá choro e ranger de dentes (para os servidores).
    Até lá, matura-se a unica alternativa aos servidores, que é o plano elaborado pelo Amarildo.
    avatar
    Korgano Masaka
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 637
    Reputação : 43
    Data de inscrição : 29/07/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Korgano Masaka em Qua 11 Jul 2018, 4:02 pm

    Sniper escreveu:Antes de 2021, só haverá choro e ranger de dentes (para os servidores).
    Até lá, matura-se a unica alternativa aos servidores, que é o plano elaborado pelo Amarildo.

    Até o plano do Amarildo é otimista demais! Estou achando que será arrocho mesmo, típico dos anos Lula/Dilma (8 anos sem reajuste).

    rogerio-sp
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 586
    Reputação : 25
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por rogerio-sp em Qui 12 Jul 2018, 6:52 am

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    avatar
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8528
    Reputação : 230
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por darkshi em Qui 12 Jul 2018, 3:06 pm

    rogerio-sp escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Ta, e ai?
    Qual é a utilidade disto para nós? O texto original já garantia a ultima parcela do leitinho.
    A não ser que a Fenajufe queira negociar um reajuste emergencial. Como por ex, pedir um reajuste para o final de 2019 equivalente a inflação de 2018. Já que se caírem na besteira de pedir a chamada perdas inflacionarias acumuladas desde o governo imperial de D. Pedro II, vamos é levar um belo zero.
    avatar
    Korgano Masaka
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 637
    Reputação : 43
    Data de inscrição : 29/07/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Korgano Masaka em Qui 12 Jul 2018, 4:36 pm

    darkshi escreveu:
    rogerio-sp escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Ta, e ai?
    Qual é a utilidade disto para nós? O texto original já garantia a ultima parcela do leitinho.
    A não ser que a Fenajufe queira negociar um reajuste emergencial. Como por ex, pedir um reajuste para o final de 2019 equivalente a inflação de 2018. Já que se caírem na besteira de pedir a chamada perdas inflacionarias acumuladas desde o governo imperial de D. Pedro II, vamos é levar um belo zero.

    Do jeito que a coisa vai, o próximo governo mal vai ter dinheiro para pagar os servidores. Então será um belo arrocho que vamos levar. Se sobrar alguma grana, vai para o contracheque dos juízes/procuradores. Nós somos carreirão para eles....
    avatar
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8528
    Reputação : 230
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por darkshi em Qui 12 Jul 2018, 5:25 pm

    Korgano Masaka escreveu:
    darkshi escreveu:
    rogerio-sp escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Ta, e ai?
    Qual é a utilidade disto para nós? O texto original já garantia a ultima parcela do leitinho.
    A não ser que a Fenajufe queira negociar um reajuste emergencial. Como por ex, pedir um reajuste para o final de 2019 equivalente a inflação de 2018. Já que se caírem na besteira de pedir a chamada perdas inflacionarias acumuladas desde o governo imperial de D. Pedro II, vamos é levar um belo zero.

    Do jeito que a coisa vai, o próximo governo mal vai ter dinheiro para pagar os servidores. Então será um belo arrocho que vamos levar. Se sobrar alguma grana, vai para o contracheque dos juízes/procuradores. Nós somos carreirão para eles....

    Por isto eu ando extremamente pu to com a nossa catiguria.
    A situação é grave, mas a catiguria só quer saber de derechos, data base, reajustes de 50%, nível superior com trem da alegria e outros sonhos.  Boa parte acha que o governo não paga salário de TCU para nós pq ele é o patrão du mauuu. Pq para essas pessoas basta que seja aprovado uma lei e o dinheiro brota magicamente do chão.

    Coisa séria ninguém quer debater ou propor. Quando tentamos sempre tem gente que começa a gritar "E os meus derechos?!" ou "Eu quero minha recomposição desde 1500!" ou "Data base é meu derecho. Quero que o governo imprima dinheiro cada vez que a inflação sobe!"
    avatar
    ptralhasnopoder
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 549
    Reputação : 50
    Data de inscrição : 18/09/2014

    Re: Novo PCS

    Mensagem por ptralhasnopoder em Qui 12 Jul 2018, 5:45 pm

    darkshi escreveu:
    rogerio-sp escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Ta, e ai?
    Qual é a utilidade disto para nós? O texto original já garantia a ultima parcela do leitinho.
    A não ser que a Fenajufe queira negociar um reajuste emergencial. Como por ex, pedir um reajuste para o final de 2019 equivalente a inflação de 2018. Já que se caírem na besteira de pedir a chamada perdas inflacionarias acumuladas desde o governo imperial de D. Pedro II, vamos é levar um belo zero.

    Do jeito que tá, melhor um PCS que possamos devolver algum valor para a UNIÃO, tipo devolver a GAJ, assim sobra mais dinheiro para os capa.
    avatar
    Fireball
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 706
    Reputação : 27
    Data de inscrição : 10/06/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Fireball em Qui 12 Jul 2018, 7:14 pm

    ptralhasnopoder escreveu:
    darkshi escreveu:
    rogerio-sp escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Ta, e ai?
    Qual é a utilidade disto para nós? O texto original já garantia a ultima parcela do leitinho.
    A não ser que a Fenajufe queira negociar um reajuste emergencial. Como por ex, pedir um reajuste para o final de 2019 equivalente a inflação de 2018. Já que se caírem na besteira de pedir a chamada perdas inflacionarias acumuladas desde o governo imperial de D. Pedro II, vamos é levar um belo zero.

    Do jeito que tá, melhor um PCS que possamos devolver algum valor para a UNIÃO, tipo devolver a GAJ, assim sobra mais dinheiro para os capa.

    Pelo menos no orçamento do Judiciário está incluindo o crescimento e atualização dos valores com gasto com pessoal, possibilitando num futuro projete de lei, a data base com o índice do IPCA.
    Torcendo para incorporarem os auxílio-moradia ao subsídio dos majuras com orçamento sendo adicionando, que deste modo, teríamos mais "sobras" na rubrica de pessoal.
    avatar
    Nilo
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Analista Administrativo, C-13
    Mensagens : 548
    Reputação : 81
    Data de inscrição : 23/06/2015
    Localização : São Paulo - SP.

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Nilo em Qui 12 Jul 2018, 7:31 pm

    O Antagonista escreveu:

    O libera-geral dos gastos públicos



    FONTE: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Brasil  12.07.18 09:17
    O plenário do Congresso Nacional retirou do Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) de 2019 o dispositivo que impede reajustes a servidores públicos e criação de cargos no ano que vem.

    Também foi derrubado o dispositivo que determinava a redução de pelo menos 5% das despesas administrativas do governo em 2019.

    Todas as proposições com viés de ajuste fiscal dentro do Orçamento foram derrubadas ao longo da noite.

    Está sobrando dinheiro, senhores?

    Temas relacionados:
    gastos públicos LDO Orçamento 2019 reajustes salariais servidores públicos

    Os congressistas estão sem muita paciência para discutir as propostas de redução de gastos já que o atual governo prometeu muito e retribuiu pouco.

    Tirando a EC 95 (novo regime fiscal) poucas mudanças no cenário macroeconômico.  Boa notícia para o grupo que trabalha o NOVO PCS.
    farao

    avatar
    MConcursos
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 198
    Reputação : 25
    Data de inscrição : 04/01/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por MConcursos em Qui 12 Jul 2018, 8:00 pm

    A data base para mim ja estaria top.
    avatar
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8528
    Reputação : 230
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por darkshi em Qui 12 Jul 2018, 8:21 pm

    Por mim pedia 3,8% na folha (IPCA previsto para 2018) para levar uns 2% e concentrar o reajuste na GAJ.
    Com isto conseguimos uns 3 a 4% de reajuste.

    Para mim estaria ótimo.
    avatar
    Fireball
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 706
    Reputação : 27
    Data de inscrição : 10/06/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Fireball em Qui 12 Jul 2018, 8:34 pm

    darkshi escreveu:Por mim pedia 3,8% na folha (IPCA previsto para 2018) para levar uns 2% e concentrar o reajuste na GAJ.
    Com isto conseguimos uns 3 a 4% de reajuste.

    Para mim estaria ótimo.

    Excelente estratégia para o momento!
    Na da índices estratosféricos, perdas retroativas A.C. e por vai.
    avatar
    Fireball
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 706
    Reputação : 27
    Data de inscrição : 10/06/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Fireball em Qui 12 Jul 2018, 8:40 pm

    Abriram a porteira com vontade, pensando em ferrar o Bolsomito Sad

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    avatar
    pernalonga
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1736
    Reputação : 753
    Data de inscrição : 25/04/2012

    Re: Novo PCS

    Mensagem por pernalonga em Qui 12 Jul 2018, 8:47 pm

    tô achando que a proposta do amarildo tem chance de vingar (se de fato aparecer, né?), pois vai parecer que é reajuste (na real, estica a carreira, sem aumentar de fato os vencimentos no padrão de cada um), pouco impacto no orçamento (em tese, caberia dentro da EC 95), e silêncio até o fim da implementação (pra lá de 2025). Campo aberto pros MMs encaminharem propostas mais ousadas
    avatar
    Bem do Sul
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Cargo : analista
    Mensagens : 258
    Reputação : 5
    Data de inscrição : 07/07/2010
    Idade : 49

    possibilidade de reposição

    Mensagem por Bem do Sul em Qui 12 Jul 2018, 9:08 pm

    Boa tarde,

    Enquanto a mortícia estiver no comando do STF e CNJ, acredito que não será aberta nenhuma negociação por reposição. Isso ficou bem claro na postura dela em não querer receber a categoria para negociar.
    A vergonha alheia dela é grande, principalmente por causa do auxílio moradia dos MMs.
    Acredito que a linha sucessória, se mantida, o próximo presidente vai ser o Toffoli. Este me parece mais maleável neste assunto, embora esteja sendo criado(doutrinado) pelo Gilmar.
    Sou servidor em em final de carreira e por isso gostaria muito que aprovassem o incremento de níveis na carreira, pois é uma maneira de driblar a inflação.
    Mas o que queria mesmo é que aprovassem a data base, embora, para mim, ela já esteja prevista na constituição, só não é cumprida.
    avatar
    Korgano Masaka
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 637
    Reputação : 43
    Data de inscrição : 29/07/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Korgano Masaka em Qui 12 Jul 2018, 9:11 pm

    Fireball escreveu:Abriram a porteira com vontade, pensando em ferrar o Bolsomito Sad

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    O próximo presidente está ferrado. E nós também....
    avatar
    Fireball
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 706
    Reputação : 27
    Data de inscrição : 10/06/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Fireball em Qui 12 Jul 2018, 9:35 pm

    Korgano Masaka escreveu:
    Fireball escreveu:Abriram a porteira com vontade, pensando em ferrar o Bolsomito Sad

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    O próximo presidente está ferrado. E nós também....



    • Refis para empresas integrantes do Simples: R$ 7,8 bilhões em 10 anos
    • Refis para dívidas com Funrural: R$ 13,0 bilhões em 2018
    • resgate de empresas excluídas do Simples: não estimado
    • compensação aos Estados pela União da desoneração do ICMS sobre exportações: R$ 39,0 bilhões ao ano
    • benefícios para transportadoras: R$ 27 bilhões até 2020
    • transferência de servidores de Roraima, Amapá e Rondônia para a União: R$ 2
      bilhões ao ano
    • permissão para venda direta de etanol pelos produtores aos postos: R$ 2,4
      bilhões ao ano
    • renovação do benefício para Sudene e Sudam e extensão do incentivo
      para Sudeco: R$ 9,3 bilhões até 2020
    • revogação do corte de benefícios ao setor de refrigerantes: R$ 1,78 bilhão ao ano
    • permite a criação de até 300 municípios: não estimado
    avatar
    Sniper
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 558
    Reputação : 38
    Data de inscrição : 06/05/2011

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Sniper em Qui 12 Jul 2018, 11:37 pm

    pernalonga escreveu:tô achando que a proposta do amarildo tem chance de vingar (se de fato aparecer, né?), pois vai parecer que é reajuste (na real, estica a carreira, sem aumentar de fato os vencimentos no padrão de cada um), pouco impacto no orçamento (em tese, caberia dentro da EC 95), e silêncio até o fim da implementação (pra lá de 2025). Campo aberto pros MMs encaminharem propostas mais ousadas

    Bingo!
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 5590
    Reputação : 206
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Galizezin em Sex 13 Jul 2018, 3:59 pm

    É fato que em nenhuma corporação do mundo funcionário ganha aumento salarial quando a empresa está no cheque especial. Todavia, especificamente falando de Brasil, é estarrecedor ver a contínua e interminável farra dos políticos com o dinheiro público, desvios e mais desvios, vislumbrado por meio de obras que nunca terminam e preços superfaturados. Na minha visão, pessimista, a lava jato apenas demonstra que a corrupção não vai acabar no Brasil. Os órgãos de controle chegam sempre depois, muito depois, recuperando quase nada do dinheiro desviado, e o judiciário então, nem se fala, não cumpre seu papel de endurecimento contra os corruptos, pelo contrário.
    51% dos nossos gastos vão para pagamento de juros (governo vendido para banqueiros e especuladores). Outros 29%, para a previdência social (ingerência). Vejam que sobraram 20% para custeio e pagamento de servidores. No entanto, o foco de todo presidente é custeio e servidor. Querem mesmo tirar leite de pedra. Onde a PEC do controle de gastos atinge em cheio?


    _________________
    NO RACISM!
    avatar
    Bem do Sul
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Cargo : analista
    Mensagens : 258
    Reputação : 5
    Data de inscrição : 07/07/2010
    Idade : 49

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Bem do Sul em Sex 13 Jul 2018, 6:26 pm

    Galizezin escreveu:É fato que em nenhuma corporação do mundo funcionário ganha aumento salarial quando a empresa está no cheque especial. Todavia, especificamente falando de Brasil, é estarrecedor ver a contínua e interminável farra dos políticos com o dinheiro público, desvios e mais desvios, vislumbrado por meio de obras que nunca terminam e preços superfaturados. Na minha visão, pessimista, a lava jato apenas demonstra que a corrupção não vai acabar no Brasil. Os órgãos de controle chegam sempre depois, muito depois, recuperando quase nada do dinheiro desviado, e o judiciário então, nem se fala, não cumpre seu papel de endurecimento contra os corruptos, pelo contrário.
    51% dos nossos gastos vão para pagamento de juros (governo vendido para banqueiros e especuladores). Outros 29%, para a previdência social (ingerência). Vejam que sobraram 20% para custeio e pagamento de servidores. No entanto, o foco de todo presidente é custeio e servidor. Querem mesmo tirar leite de pedra. Onde a PEC do controle de gastos atinge em cheio?  

    Tai uma coisa que não consigo entender: O governo passa ano após ano brigando pra fazer superavit primário para diminuir o estoque da dívida(embora nos últimos 3 anos, com a queda de arrecadação e o tombo na economia deu deficit), mas a dívida sempre aumenta. Estávamos com juros de quase 14%. Agora está em 6,50, mas a dívida continua subindo. Sei que a dívida que está sendo paga hj é de anos anteriores, já que o governo não consegue, ou não quer, alongar os prazo de pagamento(normalmente vencimento em 5 anos). Realmente nossa dívida interna é uma caixa preta. Tá mais que na hora de abri-la e ver o que realmente tem lá dentro.

    Quanto a previdência, todos sabemos que a privada é superavitária e bastante. O problema está na pública, o governo nunca recolheu a parte dele e gastou a parte recolhida pelos servidores como se fosse receita corrente(piada isso). Aliás gasta a do setor privada também como receita corrente(roubo de mão grande dos empregados da iniciativa privada). A solução é só separar os orçamentos e não poder meter a mão grande((sem contar a DRU que tira 20% da arrecadação previdenciária(outro roubo)).

    Se tivermos governantes sérios e quiserem resolver isso entendo que é possível, mas vão comprar uma briga grande com os congressistas fisiologistas e com banqueiros.

    avatar
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2505
    Reputação : 374
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por josebarbos em Sex 13 Jul 2018, 7:03 pm

    Bem do Sul escreveu:
    Galizezin escreveu:É fato que em nenhuma corporação do mundo funcionário ganha aumento salarial quando a empresa está no cheque especial. Todavia, especificamente falando de Brasil, é estarrecedor ver a contínua e interminável farra dos políticos com o dinheiro público, desvios e mais desvios, vislumbrado por meio de obras que nunca terminam e preços superfaturados. Na minha visão, pessimista, a lava jato apenas demonstra que a corrupção não vai acabar no Brasil. Os órgãos de controle chegam sempre depois, muito depois, recuperando quase nada do dinheiro desviado, e o judiciário então, nem se fala, não cumpre seu papel de endurecimento contra os corruptos, pelo contrário.
    51% dos nossos gastos vão para pagamento de juros (governo vendido para banqueiros e especuladores). Outros 29%, para a previdência social (ingerência). Vejam que sobraram 20% para custeio e pagamento de servidores. No entanto, o foco de todo presidente é custeio e servidor. Querem mesmo tirar leite de pedra. Onde a PEC do controle de gastos atinge em cheio?  

    Tai uma coisa que não consigo entender: O governo passa ano após ano brigando pra fazer superavit primário para diminuir o estoque da dívida(embora nos últimos 3 anos, com a queda de arrecadação e o tombo na economia deu deficit), mas a dívida sempre aumenta. Estávamos com juros de quase 14%. Agora está em 6,50, mas a dívida continua subindo. Sei que a dívida que está sendo paga hj é de anos anteriores, já que o governo não consegue, ou não quer, alongar os prazo de pagamento(normalmente vencimento em 5 anos). Realmente nossa dívida interna é uma caixa preta. Tá mais que na hora de abri-la e ver o que realmente tem lá dentro.

    Quanto a previdência, todos sabemos que a privada é superavitária e bastante. O problema está na pública, o governo nunca recolheu a parte dele e gastou a parte recolhida pelos servidores como se fosse receita corrente(piada isso). Aliás gasta a do setor privada também como receita corrente(roubo de mão grande dos empregados da iniciativa privada). A solução é só separar os orçamentos  e não poder meter a mão grande((sem contar a DRU que tira 20% da arrecadação previdenciária(outro roubo)).

    Se tivermos governantes sérios e quiserem resolver isso entendo que é possível, mas vão comprar uma briga grande com os congressistas fisiologistas e com banqueiros.


    Vocês repetem o mesmo discurso de uma década como se nenhum dos fatores tivesse mudado.

    Nem o regime geral de previdência urbana é superavitário, já apresenta déficits há alguns anos. O último superávit mensal data de um longínquo dezembro de 2015, quando arrecada o dobro (graças ao 13o), mas gasta só 75% (porque já adiantou parte da gratificação natalina meses atrás).

    As contribuições previdenciárias são receita corrente porque são utilizadas para pagar despesas correntes, num sistema de repartição simples que atuarialmente NUNCA foi superavitário e que hoje apenas expressa o já previsível déficit de caixa, em todos os modelos. E aí, mais uma escolha errada da nossa população que, sem o acesso a uma educação de qualidade, delega ao estado a responsabilidade por cuidar do seu futuro, criando a perigosa armadilha populista.

    Sobre o aumento da dívida, é bastante simples. Houve um enorme foco no superávit primário, que é basicamente chegar ao fim do mês e ver se gastou mais do que recebeu, sem contar as "despesas bancárias". Trata-se de uma variável isolada, que nunca deveria ter o peso que teve, exatamente porque temos um passivo gigantesco em termos de dívida interna para o porte e desenvolvimento da nossa economia e, principalmente, para o quanto gastamos em juros, que é reflexo de décadas de uma política econômica irresponsável. O plano real, que colocou patamares básicos de credibilidade, tem apenas um quarto de século, muito pouco para surgir gerações de investidores que cobrem por menos risco do Brasil ou demais países sul-americanos.

    Mas, mesmo no período de superávit, o governo expandiu muito sua dívida com vários itens supérfluos como: reservas internacionais (hoje, sabidamente, em volume maior que o necessário, mas cuja venda colocaria outra pecha na crecibilidade), expansão via BNDES (que produziu tiros n'água como a greve dos caminhoneiros, calote de países estrangeiros) e um excesso de confiança em commodities, coisa que só país subdesenvolvido faz, exatamente pelo estrago que suas variações fazem nas economias (inflação nos momentos de alta, depressão nas quedas).

    Com a atual constituição e os princípios que ela defende, muito avançados na teoria, mas inviáveis na prática, apenas a falência do Estado será capaz de proporcionar a necessária revisão de alguns pilares, haja vista que a capacidade contributiva do cidadão já se esgotou.
    avatar
    euvoltei
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 972
    Reputação : 115
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por euvoltei em Sex 13 Jul 2018, 7:19 pm

    Enfim, a república é uma bagunça... os gestores estão lá sempre de forma provisória, e não ligam para quase nada que tenham consequenciais só após alguns anos... é o tal, vamos gastar, depois alguém se vira pra pagar.
    Não dá pra esquecer da constituição, que dá um poder colossal pra esses donos provisórios do poder...Umas poucas canetadas da Dilma, detonaram uma história de décadas da eletrobrás, com a menitra de baixar 5% as contas de luz...

    E foi assim...nunca no período republicano se viveu por 10 anos, de forma democrática, sem sobressaltos populistas... Primeiro foi a política do café com leite (coroneis e voto de cabresto) que resultou em Vargas (ditador), que deu em ditadura militar, que depois deu em CF de 88, com sarney, collor, e o resto das lástimas..que deu hoje, em presidiário em pesquisa para presidente....

    Ou seja, pelo histórico republicano, só vai piorar...
    avatar
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8528
    Reputação : 230
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por darkshi em Sex 13 Jul 2018, 7:33 pm

    Apesar de não discordar dos senhores, acho que vcs (e a imprensa) estão fazendo tempestade em copo d'água com os revés na votação da LDO.

    Boa parte do dito rombo não passa de números inventados por gente que quer ganhar votos com o discurso do estado mínimo
    avatar
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1820
    Reputação : 243
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por androsvilazza em Sex 13 Jul 2018, 7:47 pm

    darkshi escreveu:Apesar de não discordar dos senhores, acho que vcs (e a imprensa) estão fazendo tempestade em copo d'água com os revés na votação da LDO.

    Boa parte do dito rombo não passa de números inventados por gente que quer ganhar votos com o discurso do estado mínimo

    A LDO em si é o menor dos problemas das últimas semanas, até porque mal mal autoriza a edição da LOA com tal e qual parâmetro (por exemplo, "autoriza" - ou pelo menos não desautoriza - a criação de cargos e concessão de reajustes, que a gente já sabe que não virão). O problema, mesmo, são as outras pautas-bomba, citadas ali em cima, algumas das quais já passaram do status de proposta de lei, para afetar o mundo real.
    avatar
    euvoltei
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 972
    Reputação : 115
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por euvoltei em Sex 13 Jul 2018, 7:49 pm

    darkshi escreveu:Apesar de não discordar dos senhores, acho que vcs (e a imprensa) estão fazendo tempestade em copo d'água com os revés na votação da LDO.

    Boa parte do dito rombo não passa de números inventados por gente que quer ganhar votos com o discurso do estado mínimo


    Não vejo tempestade, falta dinheiro para tanto gasto
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    "Ao ser questionado na Assembleia Legislativa do Piauí, o superintendente do Tesouro Estadual da Sefaz, Emílio Júnior, destacou as dificuldades financeiras do Estado e a queda nos repasses do Fundo de Participação do Estado (FPE). "Temos um FPE de R$ 175 milhões e uma folha de pagamento de mais de R$ 300 milhões", afirmou."

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



    Pregar o estado mínimo não dá voto. Não é a toa que a esquerda tem uma enormidade de votos, sempre na mesma estratégia prometendo mais gastos, mais assistência, CNH de graça, conta de luz de graça, moradia de graça, transporte de graça, bolsa isso e aquilo, assistência e benefícios ao agricultor/pescador/invasor/agrimensor/extensor/artesão/peão/etc....
    Desconheço um político sequer eleito prometendo cortar esses benefícios de eficiência duvidosa...
    avatar
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8528
    Reputação : 230
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por darkshi em Sex 13 Jul 2018, 8:00 pm

    euvoltei escreveu:
    darkshi escreveu:Apesar de não discordar dos senhores, acho que vcs (e a imprensa) estão fazendo tempestade em copo d'água com os revés na votação da LDO.

    Boa parte do dito rombo não passa de números inventados por gente que quer ganhar votos com o discurso do estado mínimo


    Não vejo tempestade, falta dinheiro para tanto gasto
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    "Ao ser questionado na Assembleia Legislativa do Piauí, o superintendente do Tesouro Estadual da Sefaz, Emílio Júnior, destacou as dificuldades financeiras do Estado e a queda nos repasses do Fundo de Participação do Estado (FPE). "Temos um FPE de R$ 175 milhões e uma folha de pagamento de mais de R$ 300 milhões", afirmou."

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



    Pregar o estado mínimo não dá voto. Não é a toa que a esquerda tem uma enormidade de votos, sempre na mesma estratégia prometendo mais gastos, mais assistência, CNH de graça, conta de luz de graça, moradia de graça, transporte de graça, bolsa isso e aquilo, assistência e benefícios ao agricultor/pescador/invasor/agrimensor/extensor/artesão/peão/etc....
    Desconheço um político sequer eleito prometendo cortar esses benefícios de eficiência duvidosa...

    Eu critiquei as matérias que estão tratando as mudanças na LDO como o apocalipse orçamentário.

    A real situação do País nem discuto, tá uma ----- mesmo.
    avatar
    Korgano Masaka
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 637
    Reputação : 43
    Data de inscrição : 29/07/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Korgano Masaka em Sex 13 Jul 2018, 8:01 pm

    euvoltei escreveu:
    darkshi escreveu:Apesar de não discordar dos senhores, acho que vcs (e a imprensa) estão fazendo tempestade em copo d'água com os revés na votação da LDO.

    Boa parte do dito rombo não passa de números inventados por gente que quer ganhar votos com o discurso do estado mínimo


    Não vejo tempestade, falta dinheiro para tanto gasto
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    "Ao ser questionado na Assembleia Legislativa do Piauí, o superintendente do Tesouro Estadual da Sefaz, Emílio Júnior, destacou as dificuldades financeiras do Estado e a queda nos repasses do Fundo de Participação do Estado (FPE). "Temos um FPE de R$ 175 milhões e uma folha de pagamento de mais de R$ 300 milhões", afirmou."

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



    Pregar o estado mínimo não dá voto. Não é a toa que a esquerda tem uma enormidade de votos, sempre na mesma estratégia prometendo mais gastos, mais assistência, CNH de graça, conta de luz de graça, moradia de graça, transporte de graça, bolsa isso e aquilo, assistência e benefícios ao agricultor/pescador/invasor/agrimensor/extensor/artesão/peão/etc....
    Desconheço um político sequer eleito prometendo cortar esses benefícios de eficiência duvidosa...

    De fato, são raros os que falam. Já vejo que ano que vem não vai ter dinheiro nem para merenda escolar. O brasileiro é um povo que gosta de viver de fantasias....
    avatar
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1820
    Reputação : 243
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Re: Novo PCS

    Mensagem por androsvilazza em Sex 13 Jul 2018, 8:02 pm

    darkshi escreveu:
    euvoltei escreveu:
    darkshi escreveu:Apesar de não discordar dos senhores, acho que vcs (e a imprensa) estão fazendo tempestade em copo d'água com os revés na votação da LDO.

    Boa parte do dito rombo não passa de números inventados por gente que quer ganhar votos com o discurso do estado mínimo


    Não vejo tempestade, falta dinheiro para tanto gasto
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    "Ao ser questionado na Assembleia Legislativa do Piauí, o superintendente do Tesouro Estadual da Sefaz, Emílio Júnior, destacou as dificuldades financeiras do Estado e a queda nos repasses do Fundo de Participação do Estado (FPE). "Temos um FPE de R$ 175 milhões e uma folha de pagamento de mais de R$ 300 milhões", afirmou."

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



    Pregar o estado mínimo não dá voto. Não é a toa que a esquerda tem uma enormidade de votos, sempre na mesma estratégia prometendo mais gastos, mais assistência, CNH de graça, conta de luz de graça, moradia de graça, transporte de graça, bolsa isso e aquilo, assistência e benefícios ao agricultor/pescador/invasor/agrimensor/extensor/artesão/peão/etc....
    Desconheço um político sequer eleito prometendo cortar esses benefícios de eficiência duvidosa...

    Eu critiquei as matérias que estão tratando as mudanças na LDO como o apocalipse orçamentário.

    A real situação do País nem discuto, tá uma ----- mesmo.

    Nisso eu concordo, algumas matérias estão dando importância à LDO superior à que deviam, e deixando outros pontos mais importantes "de lado".
    Por outro lado, em termos de sinalização do que está vindo por aí, a LDO é um péssimo sinal. Dá a impressão de que estão preparando mais traquinagens com o dinheiro público, pra beneficiar este ou aquele setor, também na LOA.
    avatar
    nando_rp
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 74
    Reputação : 3
    Data de inscrição : 26/07/2011

    Re: Novo PCS

    Mensagem por nando_rp em Sex 13 Jul 2018, 8:44 pm


    Em meio à discussão sobre reajuste, STF pediu para proibição de aumentos sair da LDO
    Presidente da Corte, a ministra Cármen Lúcia enviou ofício ao Congresso para pressionar parlamentares; a possibilidade de o Supremo incorporar o valor do auxílio-moradia aos salários de magistrados tem sido debatida há mais de quatro anos

    Amanda Pupo, O Estado de S.Paulo

    13 Julho 2018 | 13h07

    BRASÍLIA - Em meio às discussões sobre a possibilidade de incorporar o auxílio-moradia aos salários de magistrados, a ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), enviou uma nota técnica ao Congresso Nacional para pressionar os parlamentares a aprovarem a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2019 sem o trecho que proibia o reajuste a servidores públicos. O texto foi votado na madrugada da quinta-feira, 12.

    Em ofício assinado em 10 de julho, Cármen se mostra contrária às vedações à concessão de vantagem, aumento, reajuste ou adequação de remuneração. "O relatório final apresentado destoa das regras estabelecidas pela Constituição da República para a redução de despesas, impondo a todos os órgãos da Administração Pública Federal medidas sancionatórias previstas apenas para órgãos que não conseguirem alcançar os objetivos constitucionais", diz a ministra no ofício.

    Cármen também assinala que a revisão geral anual é um direito constitucional do servidor público, "não sendo possível a sua supressão por lei ordinária". A presidente da Suprema Corte ainda destaca que a redução linear de 10% das despesas de custeio administrativo, também derrubado, é inconstitucional.

    O Estado mostrou no domingo, 8, que, com a demora do STF para decidir sobre a legalidade do auxílio-moradia, o benefício pago aos magistrados do País já custou R$ 834,5 milhões aos cofres públicos em 2018, segundo estudo da Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira da Câmara dos Deputados. Até o início de agosto, quando termina o recesso do Judiciário, a despesa vai atingir quase R$ 1 bilhão (R$ 973,5 milhões). Ações sobre esse pagamento tramitam na Corte há mais de quatro anos.

    Os dispositivos buscavam aliviar a folha de pessoal da União e, vetados, intensificam a mobilização de servidores para conseguir aumentos salariais para o próximo ano. Ainda sobre o artigo que propunha a vedação à criação e provimento de cargos e aumentos, Cármen destacou que, mesmo de cargos vagos antes ocupados, a norma poderia conduzir a dificuldades na renovação dos quatros da Administração Pública.

    "Análise preliminar permite vislumbrar que as vedações propostas no relatório final podem contrariar o Novo Regime Fiscal estabelecido pela Emenda Constitucional n.95", afirma Cármen no ofício sobre o relatório apresentado na Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização (CMO), que continha as propostas para segurar as contas da União.

    Na apresentação da nota, enviada ao presidente do Senado Federal, Eunício Oliveira (MDB-CE), a ministra diz que, "ciente da grave crise econômica do País", o impacto negativo e a "duvidosa legitimidade constitucional" de algumas medidas que o relatório continha "tornam necessário especial atenção a alguns itens apresentados".

    As tentativas de segurar os gastos foram incluídas pelo relator da LDO, senador Dalírio Beber (PSDB-SC), que ouviu os apelos da equipe econômica do governo. O ano de 2019 será o sexto com déficit primário, ou seja, com despesas maiores que receitas. Com menos gastos de pessoal, o governo teria mais espaço para administrar o Orçamento do ano que vem.

    No entanto, a pressão de servidores e, segundo os parlamentares, a nota técnica do STF, reverteram a situação durante um dia de resistências e negociações dentro do Congresso. Do lado de fora da Câmara, servidores fizeram protestos com bandeiras e faixas.
    avatar
    tre-rj
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1233
    Reputação : 82
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Re: Novo PCS

    Mensagem por tre-rj em Sex 13 Jul 2018, 9:54 pm

    Teto de gastos impede reajuste a servidores em 2019, diz Maia
    Mesmo com a liberação dos aumentos salariais pelo Congresso Nacional, presidente da Câmara afirma que emenda constitucional não abre espaço para a medida



    Rio - Mesmo com a derrubada do veto ao reajuste dos servidores federais, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), não vê cenário possível para que aumentos salariais sejam concedidos ano que vem. "A emenda do teto (Emenda Constitucional 95, que criou o teto de gastos) inviabiliza aumentos", declarou Maia à Coluna, em referência à falta de 'espaço orçamentário' para elevar despesas públicas.

    O Congresso retirou do projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2019, na madrugada de quinta-feira, o artigo que impedia a concessão de aumento de remuneração, ainda que com efeitos financeiros posteriores a 2019, após muita pressão das categorias. A proibição havia sido incluída no texto pelo relator, senador Dalírio Beber (PSDB-SC), e chegou a ser aprovada pela Comissão Mista de Orçamento na quarta-feira.



    Mas o plenário mudou a redação final. O resultado animou os servidores, que já pensam em acordos com o Poder Executivo para a revisão dos salários. No entanto, o posicionamento do presidente da Câmara traduz o clima dentro do governo. Reforçando essa ideia, especialistas da Consultoria de Orçamentos, Fiscalização e Controle (Conorf) do Senado indicam que já há dificuldades dos Poderes e órgãos para cumprirem a limitação de gastos impostas pela EC 95.

    Como contraponto, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE) declarou, após a sessão no Parlamento, que isso ficará a cargo do gestor: "O relator manteve o teto e a lei do teto permanece. Só que dentro do Orçamento é livre a movimentação do gestor. Ele pode colocar aumento de salário e cortar despesas".

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    avatar
    servidor.tre
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1001
    Reputação : 28
    Data de inscrição : 30/10/2012

    Re: Novo PCS

    Mensagem por servidor.tre em Sex 13 Jul 2018, 10:12 pm

    tre-rj escreveu:Teto de gastos impede reajuste a servidores em 2019, diz Maia
    Mesmo com a liberação dos aumentos salariais pelo Congresso Nacional, presidente da Câmara afirma que emenda constitucional não abre espaço para a medida



    Rio - Mesmo com a derrubada do veto ao reajuste dos servidores federais, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), não vê cenário possível para que aumentos salariais sejam concedidos ano que vem. "A emenda do teto (Emenda Constitucional 95, que criou o teto de gastos) inviabiliza aumentos", declarou Maia à Coluna, em referência à falta de 'espaço orçamentário' para elevar despesas públicas.

    O Congresso retirou do projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2019, na madrugada de quinta-feira, o artigo que impedia a concessão de aumento de remuneração, ainda que com efeitos financeiros posteriores a 2019, após muita pressão das categorias. A proibição havia sido incluída no texto pelo relator, senador Dalírio Beber (PSDB-SC), e chegou a ser aprovada pela Comissão Mista de Orçamento na quarta-feira.



    Mas o plenário mudou a redação final. O resultado animou os servidores, que já pensam em acordos com o Poder Executivo para a revisão dos salários. No entanto, o posicionamento do presidente da Câmara traduz o clima dentro do governo. Reforçando essa ideia, especialistas da Consultoria de Orçamentos, Fiscalização e Controle (Conorf) do Senado indicam que já há dificuldades dos Poderes e órgãos para cumprirem a limitação de gastos impostas pela EC 95.

    Como contraponto, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE) declarou, após a sessão no Parlamento, que isso ficará a cargo do gestor: "O relator manteve o teto e a lei do teto permanece. Só que dentro do Orçamento é livre a movimentação do gestor. Ele pode colocar aumento de salário e cortar despesas".

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Pelo menos a última parcela do reajuste estará garantida!!!!

    Conteúdo patrocinado

    Re: Novo PCS

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui 19 Jul 2018, 3:44 pm