PCS JÁ



    Novo PCS

    diegowfcp
    diegowfcp
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : AJAJ
    Mensagens : 1788
    Reputação : 79
    Data de inscrição : 01/09/2014

    Novo PCS - Página 25 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por diegowfcp em Qui 13 Dez 2018, 4:56 pm

    Bastião escreveu:Vira e volta essa guerra de egos volta à tona. Concurso não mede a capacidade laborativa de ninguém. Podemos ter um mestre em direito que prestou concurso para técnico ou um bacharel em direito de 22 anos que passa no primeiro concurso para analista, pq tem o dom de decorar... qual dos dois é o mais capacitado? Pode ser que o mestre seja um mala e não ajude. E o jovem analista com uma grande capacidade e vontade de contribuir. E vice versa. Guardem seus orgulhinhos bobos.


    Concurso é a regra do jogo. Na administração pública não é admissível subjetivismo como esse. A regra é clara: fez concurso pra analista, receberá e trabalhará como analista. Fez para técnico, a mesma regra. Se você é técnico e acha que está exercendo função incompatível com suas atribuições, reclame na corregedoria do tribunal. Simples assim


    Não se trata de disputa de ego, e sim de egoísmo vindo de grande parte dos técnicos, que estão com esse papo de nível superior apenas por "reconhecimento", mas que, logo mais, vão querer sobreposição de tabela, equiparação e o escambau. Ninguém é besta.

    É a máxima do "farinha pouca meu pirão primeiro".
    Bastião
    Bastião
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 665
    Reputação : 50
    Data de inscrição : 10/11/2017

    Novo PCS - Página 25 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por Bastião em Qui 13 Dez 2018, 4:58 pm

    diegowfcp escreveu:
    Bastião escreveu:Vira e volta essa guerra de egos volta à tona. Concurso não mede a capacidade laborativa de ninguém. Podemos ter um mestre em direito que prestou concurso para técnico ou um bacharel em direito de 22 anos que passa no primeiro concurso para analista, pq tem o dom de decorar... qual dos dois é o mais capacitado? Pode ser que o mestre seja um mala e não ajude. E o jovem analista com uma grande capacidade e vontade de contribuir. E vice versa. Guardem seus orgulhinhos bobos.


    Concurso é a regra do jogo. Na administração pública Luca não é admissível subjetivismo a como esse. A regra é clara: fez concurso pra analista, receberá e trabalhará como analista. Fez para técnico, a mesma regra.

    Não se trata de disputa de ego, e sim de egoísmo vindo de grande parte dos técnicos, que estão com esse papo de nível superior apenas por "reconhecimento", mas que, logo mais, vão querer sobreposição de tabela, equiparação e o escambau. Ninguém é besta.

    É a máxima do "farinha pouca meu pirão primeiro".

    Seja qual for a nossa opinião, será irrelevante. Virá de cima para baixo. Pra mim? Tanto faz.
    diegowfcp
    diegowfcp
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : AJAJ
    Mensagens : 1788
    Reputação : 79
    Data de inscrição : 01/09/2014

    Novo PCS - Página 25 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por diegowfcp em Qui 13 Dez 2018, 5:01 pm

    Bastião escreveu:
    diegowfcp escreveu:
    Bastião escreveu:Vira e volta essa guerra de egos volta à tona. Concurso não mede a capacidade laborativa de ninguém. Podemos ter um mestre em direito que prestou concurso para técnico ou um bacharel em direito de 22 anos que passa no primeiro concurso para analista, pq tem o dom de decorar... qual dos dois é o mais capacitado? Pode ser que o mestre seja um mala e não ajude. E o jovem analista com uma grande capacidade e vontade de contribuir. E vice versa. Guardem seus orgulhinhos bobos.


    Concurso é a regra do jogo. Na administração pública Luca não é admissível subjetivismo a como esse. A regra é clara: fez concurso pra analista, receberá e trabalhará como analista. Fez para técnico, a mesma regra.

    Não se trata de disputa de ego, e sim de egoísmo vindo de grande parte dos técnicos, que estão com esse papo de nível superior apenas por "reconhecimento", mas que, logo mais, vão querer sobreposição de tabela, equiparação e o escambau. Ninguém é besta.

    É a máxima do "farinha pouca meu pirão primeiro".

    Seja qual for a nossa opinião, será irrelevante. Virá de cima para baixo. Pra mim? Tanto faz.

    Pois pra mim não é nada irrelevante. As entidades sindicais deveriam estar lutando pela melhoria de toda a carreira, e não apenas de uma parcela. Ao invés de se discutir data base , estão preocupados com seus próprios rabos e cagando para o resto.

    Que a as associações dos analistas se manifestem contrariamente a isso. Se querem rachar a categoria, que a rachadura seja bem considerável estão


    Última edição por diegowfcp em Qui 13 Dez 2018, 5:02 pm, editado 1 vez(es)
    euvoltei
    euvoltei
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1270
    Reputação : 137
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Novo PCS - Página 25 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por euvoltei em Qui 13 Dez 2018, 5:01 pm



    Acho nossa que nossa opinião é relevante sim, na hora, algumas manifestações da ANAJUS já serviram para descarrilar  o trem-da-alegria...
    Chuck Coleman
    Chuck Coleman
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1158
    Reputação : 103
    Data de inscrição : 17/04/2015

    Novo PCS - Página 25 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por Chuck Coleman em Qui 13 Dez 2018, 5:02 pm

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
    pernalonga
    pernalonga
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2040
    Reputação : 823
    Data de inscrição : 25/04/2012

    Novo PCS - Página 25 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por pernalonga em Qui 13 Dez 2018, 5:14 pm

    Sou técnico judiciário, ingresso na carreira antes de me formar na UFRGS em Direito, fiz 2 pós-graduações, mais de 2000 horas de atividades de capacitação/treinamento ao longo de 16 anos na carreira, estou nesse extato momento sem FC alguma, preparando uma minuta numa cautelar fiscal envolvendo R$ 250 milhões, e que provavelmente será assinada sem o magistrado(a) responsável nem ler a decisão de mérito (que foi bem fodida de preparar). Não me acho menos capacitado do que os analistas que trabalham no meu lado fazendo a mesmissima coisa, nem eles.

    Sobre o NS, pra mim individualmente é indiferente, estou fazendo concurso pra analista porque não quero depositar minhas esperanças profissionais na boa vontade de "toffolis" e afins. Acho que na real restringe de forma indevida o acesso aos cargos do PJU, afinal apenas 15% dos adultos brasileiros possui superior, mas a minha posição já foi vencida nas instâncias da categoria.

    Mas tenho convicção de que eu e a maioria dos técnicos é tão competente quanto qualquer analista pra realizar as tarefas que executamos no cotidiano, que são impostas pelos magistrados e pela administração dos tribunais indistintamente e sem margem de "reclamar pra corregedoria". A chibata bate com a mesma força no lombo dos servidores, independentemente do cargo ou formação acadêmica.
    diegowfcp
    diegowfcp
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : AJAJ
    Mensagens : 1788
    Reputação : 79
    Data de inscrição : 01/09/2014

    Novo PCS - Página 25 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por diegowfcp em Qui 13 Dez 2018, 5:16 pm

    pernalonga escreveu:Sou técnico judiciário, ingresso na carreira antes de me formar na UFRGS em Direito, fiz 2 pós-graduações, mais de 2000 horas de atividades de capacitação/treinamento ao longo de 16 anos na carreira, estou nesse extato momento sem FC alguma, preparando uma minuta numa cautelar fiscal envolvendo R$ 250 milhões, e que provavelmente será assinada sem o magistrado(a) responsável nem ler a decisão. Não me acho menos capacitado do que os analistas que trabalham no meu lado fazendo a mesmissima coisa, nem eles.

    Sobre o NS, pra mim individualmente é indiferente, estou fazendo concurso pra analista porque não quero depositar minhas esperanças profissionais na boa vontade de "toffolis" e afins. Acho que na real restringe de forma indevida o acesso aos cargos do PJU, afinal apenas 15% dos adultos brasileiros possui superior, mas a minha posição já foi vencida nas instâncias da categoria.

    Mas tenho convicção de que eu e a maioria dos técnicos é tão competente quanto qualquer analista pra realizar as tarefas que executamos no cotidiano, que são impostas pelos magistrados e pela administração dos tribunais indistintamente e sem margem de "reclamar pra corregedoria". A chibata bate com a mesma força no lombo dos servidores, independentemente do cargo ou formação acadêmica.


    Continue seus estudos para o cargo de analista. Não duvido da sua capacidade. Após a aprovação, ocupará cargo de nível superior condizente com sua qualificação.

    Já experimentou entrar na justiça alegando desvio de função? Pedir diferenças remuneratórios por desvio (aqui estão julgando tudo procedente)? Pois deveria.

    Não está nas suas atribuições fazer isso. Mas se você gosta e sente prazer, aí são outros 500
    diegowfcp
    diegowfcp
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : AJAJ
    Mensagens : 1788
    Reputação : 79
    Data de inscrição : 01/09/2014

    Novo PCS - Página 25 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por diegowfcp em Qui 13 Dez 2018, 5:18 pm

    pernalonga escreveu:Sou técnico judiciário, ingresso na carreira antes de me formar na UFRGS em Direito, fiz 2 pós-graduações, mais de 2000 horas de atividades de capacitação/treinamento ao longo de 16 anos na carreira, estou nesse extato momento sem FC alguma, preparando uma minuta numa cautelar fiscal envolvendo R$ 250 milhões, e que provavelmente será assinada sem o magistrado(a) responsável nem ler a decisão de mérito (que foi bem fodida de preparar). Não me acho menos capacitado do que os analistas que trabalham no meu lado fazendo a mesmissima coisa, nem eles.

    Sobre o NS, pra mim individualmente é indiferente, estou fazendo concurso pra analista porque não quero depositar minhas esperanças profissionais na boa vontade de "toffolis" e afins. Acho que na real restringe de forma indevida o acesso aos cargos do PJU, afinal apenas 15% dos adultos brasileiros possui superior, mas a minha posição já foi vencida nas instâncias da categoria.

    Mas tenho convicção de que eu e a maioria dos técnicos é tão competente quanto qualquer analista pra realizar as tarefas que executamos no cotidiano, que são impostas pelos magistrados e pela administração dos tribunais indistintamente e sem margem de "reclamar pra corregedoria". A chibata bate com a mesma força no lombo dos servidores, independentemente do cargo ou formação acadêmica.

    Técnicos competentes e que exercem atribuições complexas, pelo menos aqui, recebem função. Os que não recebem simplesmente não executam atividades de alta complexidade, simplesmente assim .

    Você pode representar o desvio de função na corregedoria do tribunal também .

    Obs: escrevendo da porcaria do celular
    pernalonga
    pernalonga
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2040
    Reputação : 823
    Data de inscrição : 25/04/2012

    Novo PCS - Página 25 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por pernalonga em Qui 13 Dez 2018, 5:21 pm

    Outra coisa, LEIAM A NOTÍCIA NA ÍNTEGRA! Se falou sobre uma pá de assuntos, e o povo só consegue enxergar NS, que nem de perto é o mais importante
    lanlan
    lanlan
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 513
    Reputação : 23
    Data de inscrição : 07/07/2010

    Novo PCS - Página 25 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por lanlan em Qui 13 Dez 2018, 5:23 pm

    Libera a advocacia.
    Aumenta os adicionais de mestrado e doutorado para 30% e 50%, respectivamente.

    Pronto,
    fecha a conta e passa a régua.

    Sem impacto quase nenhum.
    Incentivo ao desenvolvimento do pessoal.
    androsvilazza
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2365
    Reputação : 323
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Novo PCS - Página 25 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por androsvilazza em Qui 13 Dez 2018, 5:26 pm

    jornalista escreveu:
    androsvilazza escreveu:
    cruzmaltino escreveu:
    pernalonga escreveu:

    Não é boato:

    Fenajufe discutirá pauta dos servidores com presidência do STF
    Publicado em Terça, 11 Dezembro 2018 19:34 | Imprimir | E-mail | Acessos: 138
    Submit to Facebook Submit to Google Bookmarks Submit to Twitter Submit to LinkedIn

    Diretores da Fenajufe irão reunir-se com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ministro Dias Toffoli, na note desta quarta-feira, 12. O encontro acontece após 14 tentativas oficiais de dar continuidade às discussões iniciadas ainda na gestão de Cármen Lucia, em 19 de dezembro de 2017.

    Principal tópico a ser tratado na reunião desta quarta-feira, a pauta de carreira envolve temas caros aos servidores e servidoras, discutidos no âmbito da Comissão Interdisciplinar do STF, como a alteração do nível de escolaridade para ingresso na carreira de Técnico Judiciário, entre outros assuntos. Aliás, sobre a Comissão, os dirigentes vão levar a Toffoli a reivindicação da categoria de que seja encaminhado ao Congresso Nacional o anteprojeto de lei para alterar a Lei 11.416/06.

    Outra reivindicação da categoria é a instalação de mesa permanente de negociação de carreira, com reuniões regulares e assento da representação nacional dos trabalhadores e trabalhadoras do PJU. A mesa trataria ainda de temas como a reposição salarial da categoria e outras pautas como os impactos do PJe e a regulamentação do teletrabalho e outros itens da pauta econômica.

    A reunião acontece no gabinete da presidência do STF com início programada para as 19 horas.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Agenda do Presidente do STF:

    Quarta-feira, 12 de dezembro de 2018 - 10 eventos
      MIN. DIAS TOFFOLI

    - 19h00 Recebe Dr. Gerardo Alves Lima Filho e Dr. Saul Arcangeli (FENAJUFE)
    Pauta: Reivindicações da categoria - Local: Gabinete do Anexo II-A

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    Qual é a vantagem para o Poder Judiciário em alterar o nível de escolaridade do Técnico?

    Mão de obra potencialmente mais qualificada ao mesmo custo, possível confusão/flexibilização entre as atribuições do técnico e do analista, permitindo que um técnico (mais barato) possa executar as mesmas atividades que um analista (mais caro) faz. Na área técnico-administrativa faz muito sentido. Na área fim talvez nem tanto, mas nada impede, também.

    Enfim, é o jeito mais fácil de se reduzirem os custos com pessoal sem, necessariamente, precisar reduzir salários ou o contingente. O técnico passa a fazer as atribuições do analista, o analista passa a fazer as atribuições dos gestores (CJ ou FC), e não se paga um centavo a mais por isso.
    Mas isso já existe hoje. As possíveis mudanças seriam o técnico ganhar igual a analista (quase impossível devido ao impacto) ou a extinção do cargo de analista para usar mão de obra barata (mais viável sob o ponto de vista orçamentário). Uma terceira hipótese é não acontecer nada.

    Sim, isso já existe, mas abre espaço a diversos questionamentos. Acredito que a intenção (sob o prisma da administração) seja a de, futuramente, consolidar as novas (já praticadas, mas sem respaldo legal) atribuições em lei/portaria, possibilitando a nomeação de mais técnicos e menos analistas, o que abriria mais espaço no orçamento.
    diegowfcp
    diegowfcp
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : AJAJ
    Mensagens : 1788
    Reputação : 79
    Data de inscrição : 01/09/2014

    Novo PCS - Página 25 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por diegowfcp em Qui 13 Dez 2018, 5:28 pm

    lanlan escreveu:Libera a advocacia.
    Aumenta os adicionais de mestrado e doutorado para 30% e 50%, respectivamente.

    Pronto,
    fecha a conta e passa a régua.

    Sem impacto quase nenhum.
    Incentivo ao desenvolvimento do pessoal.

    Justamente! Vc vê a fenajufe tratando disso? São pautas bem mais palatáveis , mas sequer se menciona. Perdem tempos e tempos falando dessa porcaria de NS pra técnico. Os caras se acham capacitados e , ao invés de mudarem individualmente (estudar e passar no concurso), querem girar toda a roda ao contrário para se encaixar à realidade deles. Não é assim que a banda deve tocar.

    E ainda vieram com essa história de manter gratificação de atividade externa pra quem não trabalha externo e gratificação de segurança pra quem não exerce segurança. Da pra levar a sério uma entidade dessas?

    Vc vê que da pautaa apresentada, os demais assuntos foram apenas genéricos e pró-forma. Nada palatável (como a advocacia e os aqs, por exemplo) ou propostas efetivas e viáveis.

    Sabemos bem do interesse maior nesse momento: #elenao e NS pra técnico. SÓ
    pernalonga
    pernalonga
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2040
    Reputação : 823
    Data de inscrição : 25/04/2012

    Novo PCS - Página 25 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por pernalonga em Qui 13 Dez 2018, 5:39 pm

    diegowfcp escreveu:
    pernalonga escreveu:Sou técnico judiciário, ingresso na carreira antes de me formar na UFRGS em Direito, fiz 2 pós-graduações, mais de 2000 horas de atividades de capacitação/treinamento ao longo de 16 anos na carreira, estou nesse extato momento sem FC alguma, preparando uma minuta numa cautelar fiscal envolvendo R$ 250 milhões, e que provavelmente será assinada sem o magistrado(a) responsável nem ler a decisão. Não me acho menos capacitado do que os analistas que trabalham no meu lado fazendo a mesmissima coisa, nem eles.

    Sobre o NS, pra mim individualmente é indiferente, estou fazendo concurso pra analista porque não quero depositar minhas esperanças profissionais na boa vontade de "toffolis" e afins. Acho que na real restringe de forma indevida o acesso aos cargos do PJU, afinal apenas 15% dos adultos brasileiros possui superior, mas a minha posição já foi vencida nas instâncias da categoria.

    Mas tenho convicção de que eu e a maioria dos técnicos é tão competente quanto qualquer analista pra realizar as tarefas que executamos no cotidiano, que são impostas pelos magistrados e pela administração dos tribunais indistintamente e sem margem de "reclamar pra corregedoria". A chibata bate com a mesma força no lombo dos servidores, independentemente do cargo ou formação acadêmica.


    Continue seus estudos para o cargo de analista. Não duvido da sua capacidade. Após a aprovação, ocupará cargo de nível superior condizente com sua qualificação.

    Já experimentou entrar na justiça alegando desvio de função? Pedir diferenças remuneratórios por desvio (aqui estão julgando tudo procedente)? Pois deveria.

    Não está nas suas atribuições fazer isso. Mas se você gosta e sente prazer, aí são outros 500

    É que na "vida real" o desvio de função é uma das principais ferramentas de gestão dos tribunais, hoje interessa e muito manter tudo como está. Por isso acho que isso de NS não deve ter movimentação real nem no curto nem médio prazo.

    Sobre a ação, depois de passar pra analista certamente avaliarei essa possibilidade Smile
    androsvilazza
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2365
    Reputação : 323
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Novo PCS - Página 25 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por androsvilazza em Qui 13 Dez 2018, 5:40 pm

    diegowfcp escreveu:
    androsvilazza escreveu:
    cruzmaltino escreveu:
    pernalonga escreveu:

    Não é boato:

    Fenajufe discutirá pauta dos servidores com presidência do STF
    Publicado em Terça, 11 Dezembro 2018 19:34 | Imprimir | E-mail | Acessos: 138
    Submit to Facebook Submit to Google Bookmarks Submit to Twitter Submit to LinkedIn

    Diretores da Fenajufe irão reunir-se com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ministro Dias Toffoli, na note desta quarta-feira, 12. O encontro acontece após 14 tentativas oficiais de dar continuidade às discussões iniciadas ainda na gestão de Cármen Lucia, em 19 de dezembro de 2017.

    Principal tópico a ser tratado na reunião desta quarta-feira, a pauta de carreira envolve temas caros aos servidores e servidoras, discutidos no âmbito da Comissão Interdisciplinar do STF, como a alteração do nível de escolaridade para ingresso na carreira de Técnico Judiciário, entre outros assuntos. Aliás, sobre a Comissão, os dirigentes vão levar a Toffoli a reivindicação da categoria de que seja encaminhado ao Congresso Nacional o anteprojeto de lei para alterar a Lei 11.416/06.

    Outra reivindicação da categoria é a instalação de mesa permanente de negociação de carreira, com reuniões regulares e assento da representação nacional dos trabalhadores e trabalhadoras do PJU. A mesa trataria ainda de temas como a reposição salarial da categoria e outras pautas como os impactos do PJe e a regulamentação do teletrabalho e outros itens da pauta econômica.

    A reunião acontece no gabinete da presidência do STF com início programada para as 19 horas.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Agenda do Presidente do STF:

    Quarta-feira, 12 de dezembro de 2018 - 10 eventos
      MIN. DIAS TOFFOLI

    - 19h00 Recebe Dr. Gerardo Alves Lima Filho e Dr. Saul Arcangeli (FENAJUFE)
    Pauta: Reivindicações da categoria - Local: Gabinete do Anexo II-A

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    Qual é a vantagem para o Poder Judiciário em alterar o nível de escolaridade do Técnico?

    Mão de obra potencialmente mais qualificada ao mesmo custo, possível confusão/flexibilização entre as atribuições do técnico e do analista, permitindo que um técnico (mais barato) possa executar as mesmas atividades que um analista (mais caro) faz. Na área técnico-administrativa faz muito sentido. Na área fim talvez nem tanto, mas nada impede, também.

    Enfim, é o jeito mais fácil de se reduzirem os custos com pessoal sem, necessariamente, precisar reduzir salários ou o contingente. O técnico passa a fazer as atribuições do analista, o analista passa a fazer as atribuições dos gestores (CJ ou FC), e não se paga um centavo a mais por isso.

    Certo, quero ver um técnico com formação em zootécnica fazer uma minuta de sentença de ação de improbidade, ou uma penal com 19 réus

    Você está enxergando com olhos míopes. Não estou fazendo julgamento de mérito sobre o NS para técnico, estou expondo as possibilidades que existem para a administração. Por exemplo, após a implementação do nível superior, a subdivisão do cargo de técnico (como já existe para a área de TI e nas diversas áreas de analistas), exigindo bacharelado em Direito para o novo cargo de Técnico judiciário- área judiciária. Ou seja, praticamente um AJAJ a menor custo.

    Eventuais formados em zootecnia, pra ficar no seu exemplo, fariam concurso para outra área, a qual não exigiria formação específica. De resto, não acho que caiba menosprezo automático pelas demais áreas de formação. Um técnico formado em Direito provavelmente faria um trabalho tão bom quanto um analista. Um zootecnista que tivesse de estudar direito para o concurso com certeza teria capacidade de auxiliar numa sentença em que sua área de conhecimento estivesse envolvida. Evitaria aberrações como as ocorridas na tal operação carne seca, em que fizeram (delegados, promotores e juiz) várias interpretações escatológicas sobre temas técnicos.
    Bastião
    Bastião
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 665
    Reputação : 50
    Data de inscrição : 10/11/2017

    Novo PCS - Página 25 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por Bastião em Qui 13 Dez 2018, 5:43 pm


    Entrar na justiça pedindo desvio de função? Hahaha... pra mim seria a mesma coisa que alguém entrar na justiça alegando que o salário mínimo não cumpre o seu papel constitucional.

    Na grande maioria das unidades analistas e técnico fazem a mesma coisa. Ponto.

    Mas, a realidade é essa que vc defende: quem quiser ganhar mais, que estude para passar para analista.
    diegowfcp
    diegowfcp
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : AJAJ
    Mensagens : 1788
    Reputação : 79
    Data de inscrição : 01/09/2014

    Novo PCS - Página 25 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por diegowfcp em Qui 13 Dez 2018, 5:46 pm

    androsvilazza escreveu:
    diegowfcp escreveu:
    androsvilazza escreveu:
    cruzmaltino escreveu:

    Qual é a vantagem para o Poder Judiciário em alterar o nível de escolaridade do Técnico?

    Mão de obra potencialmente mais qualificada ao mesmo custo, possível confusão/flexibilização entre as atribuições do técnico e do analista, permitindo que um técnico (mais barato) possa executar as mesmas atividades que um analista (mais caro) faz. Na área técnico-administrativa faz muito sentido. Na área fim talvez nem tanto, mas nada impede, também.

    Enfim, é o jeito mais fácil de se reduzirem os custos com pessoal sem, necessariamente, precisar reduzir salários ou o contingente. O técnico passa a fazer as atribuições do analista, o analista passa a fazer as atribuições dos gestores (CJ ou FC), e não se paga um centavo a mais por isso.

    Certo, quero ver um técnico com formação em zootécnica fazer uma minuta de sentença de ação de improbidade, ou uma penal com 19 réus

    Você está enxergando com olhos míopes. Não estou fazendo julgamento de mérito sobre o NS para técnico, estou expondo as possibilidades que existem para a administração. Por exemplo, após a implementação do nível superior, a subdivisão do cargo de técnico (como já existe para a área de TI e nas diversas áreas de analistas), exigindo bacharelado em Direito para o novo cargo de Técnico judiciário- área judiciária. Ou seja, praticamente um AJAJ a menor custo.

    Eventuais formados em zootecnia, pra ficar no seu exemplo, fariam concurso para outra área, a qual não exigiria formação específica. De resto, não acho que caiba menosprezo automático pelas demais áreas de formação. Um técnico formado em Direito provavelmente faria um trabalho tão bom quanto um analista. Um zootecnista que tivesse de estudar direito para o concurso com certeza teria capacidade de auxiliar numa sentença em que sua área de conhecimento estivesse envolvida. Evitaria aberrações como as ocorridas na tal operação carne seca, em que fizeram (delegados, promotores e juiz) várias interpretações escatológicas sobre temas técnicos.


    É o "girar a roda ao contrário para caber na realidade".

    E sejamos sinceros e honestos: baixo custo? Tem certeza que o próximo passo dos técnicos não será a sobreposição ou equiparação e mais, colocando o restante da carreira em um segundo plano NOVAMENTE, apenas para a melhoria de uma parcela da categoria? A visão que apresento não é nada míope, é o óbvio dos próximos passos do trem da alegria.

    Não é menosprezo algum com as especialidades. É o respeito ao instrumento convocatório e as regras do jogo em relação as quais os técnicos se submeteram ao prestarem concurso.

    Repito: ninguem é besta. Sabemos nem da real intenção por trás dessa história de NS para técnicos e isso implicaria melhora apenas para eles e aumentaria a folha em benefício apenas deles. Todo mundo sabe disso.
    pernalonga
    pernalonga
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2040
    Reputação : 823
    Data de inscrição : 25/04/2012

    Novo PCS - Página 25 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por pernalonga em Qui 13 Dez 2018, 5:47 pm

    Pessoal, alguns dos OUTROS assuntos tratados ontem além do NS...

    - a retomada dos trabalhos da Comissão Interdisciplinar, para que possamos voltar a pautar pontos mais importantes de carreira, como a elevação dos percentuais de adicional de qualificação e organização dos diferentes cargos em carreira única
    - definição de critérios objetivos para ocupação de funções comissionadas
    - a retomada do julgamento da ação que trata do pagamento de indenização por ausência de data-base (atualmente com 7 votos já apresentados, 4 x 3 contra os servidores), que, segundo Toffoli, deve ser pautada em meados de maio/19
    -a defesa da segurança jurídica, da coisa julgada e do ato jurídico perfeito na ação dos quintos, que aguarda julgamento dos diversos EDs opostos
    diegowfcp
    diegowfcp
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : AJAJ
    Mensagens : 1788
    Reputação : 79
    Data de inscrição : 01/09/2014

    Novo PCS - Página 25 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por diegowfcp em Qui 13 Dez 2018, 5:48 pm

    Bastião escreveu:
    Entrar na justiça pedindo desvio de função? Hahaha... pra mim seria a mesma coisa que alguém entrar na justiça alegando que o salário mínimo não cumpre o seu papel constitucional.

    Na grande maioria das unidades analistas e técnico fazem a mesma coisa. Ponto.

    Mas, a realidade é essa que vc defende: quem quiser ganhar mais, que estude para passar para analista.

    Olha, tem entendimento pacífico da tnu sobre o tema, viu? Aqui tá sendo julgado tudo procedente, tanto que pouco (ou quase nada ) se vê de técnico fazendo trabalho de analista
    androsvilazza
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2365
    Reputação : 323
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Novo PCS - Página 25 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por androsvilazza em Qui 13 Dez 2018, 5:48 pm

    pernalonga escreveu:
    diegowfcp escreveu:
    pernalonga escreveu:Sou técnico judiciário, ingresso na carreira antes de me formar na UFRGS em Direito, fiz 2 pós-graduações, mais de 2000 horas de atividades de capacitação/treinamento ao longo de 16 anos na carreira, estou nesse extato momento sem FC alguma, preparando uma minuta numa cautelar fiscal envolvendo R$ 250 milhões, e que provavelmente será assinada sem o magistrado(a) responsável nem ler a decisão. Não me acho menos capacitado do que os analistas que trabalham no meu lado fazendo a mesmissima coisa, nem eles.

    Sobre o NS, pra mim individualmente é indiferente, estou fazendo concurso pra analista porque não quero depositar minhas esperanças profissionais na boa vontade de "toffolis" e afins. Acho que na real restringe de forma indevida o acesso aos cargos do PJU, afinal apenas 15% dos adultos brasileiros possui superior, mas a minha posição já foi vencida nas instâncias da categoria.

    Mas tenho convicção de que eu e a maioria dos técnicos é tão competente quanto qualquer analista pra realizar as tarefas que executamos no cotidiano, que são impostas pelos magistrados e pela administração dos tribunais indistintamente e sem margem de "reclamar pra corregedoria". A chibata bate com a mesma força no lombo dos servidores, independentemente do cargo ou formação acadêmica.


    Continue seus estudos para o cargo de analista. Não duvido da sua capacidade. Após a aprovação, ocupará cargo de nível superior condizente com sua qualificação.

    Já experimentou entrar na justiça alegando desvio de função? Pedir diferenças remuneratórios por desvio (aqui estão julgando tudo procedente)? Pois deveria.

    Não está nas suas atribuições fazer isso. Mas se você gosta e sente prazer, aí são outros 500

    É que na "vida real" o desvio de função é uma das principais ferramentas de gestão dos tribunais, hoje interessa e muito manter tudo como está. Por isso acho que isso de NS não deve ter movimentação real nem no curto nem médio prazo.

    Sobre a ação, depois de passar pra analista certamente avaliarei essa possibilidade Smile

    Pois é sobre isso que estou falando. Para a administração, a implementação do NS para técnico simplesmente eliminaria a possibilidade de ações alegando desvio de função, porque praticamente tudo estaria permitido.

    Sei que pode parecer que estou "defendendo" o NS para técnico, mas só estou demonstrando a visão da administração. Quanto ao suposto "trem da alegria", vejo essa questão como uma briga contra fantasmas, o problema é outro. Se tem técnico acreditando na possibilidade de trem da alegria, esqueça. ZERO possibilidade matemática/orçamentária e jurídica. Acreditar nisso é viver no mundo da lua.

    Aliás, para os técnicos o NS é prejudicial, e eu já disse isso mais de uma vez. Elimina o adicional de qualificação, e provavelmente reduzirá o número de cargos de analista para serem preenchidos futuramente, dificultando o acesso pra quem pensa em fazer novos concursos.
    euvoltei
    euvoltei
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1270
    Reputação : 137
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Novo PCS - Página 25 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por euvoltei em Qui 13 Dez 2018, 5:49 pm

    diegowfcp escreveu:
    lanlan escreveu:Libera a advocacia.
    Aumenta os adicionais de mestrado e doutorado para 30% e 50%, respectivamente.

    Pronto,
    fecha a conta e passa a régua.

    Sem impacto quase nenhum.
    Incentivo ao desenvolvimento do pessoal.

    Justamente! Vc vê a fenajufe tratando disso? São pautas bem mais palatáveis , mas sequer se menciona. Perdem tempos e tempos falando dessa porcaria de NS pra técnico. Os caras se acham capacitados e , ao invés de mudarem individualmente (estudar e passar no concurso), querem girar toda a roda ao contrário para se encaixar à realidade deles. Não é assim que a banda deve tocar.

    E ainda vieram com essa história de manter gratificação de atividade externa pra quem não trabalha externo e gratificação de segurança pra quem não exerce segurança. Da pra levar a sério uma entidade dessas?

    Vc vê que da pautaa apresentada, os demais assuntos foram apenas genéricos e pró-forma. Nada palatável (como a advocacia e os aqs, por exemplo) ou propostas efetivas e viáveis.

    Sabemos bem do interesse maior nesse momento: #elenao e NS pra técnico. SÓ

    É mais fácil o NS pra técnico do que liberar advocacia....

    Tinha órgão que a advocacia era liberada e foi vetada.... dizem que a alto faturamento da advocacia de alguns subalternos mexeu com os brios de outros,... depois do veto restabeleceu-se ordem na caserna....
    androsvilazza
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2365
    Reputação : 323
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Novo PCS - Página 25 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por androsvilazza em Qui 13 Dez 2018, 5:53 pm

    diegowfcp escreveu:
    androsvilazza escreveu:
    diegowfcp escreveu:
    androsvilazza escreveu:

    Mão de obra potencialmente mais qualificada ao mesmo custo, possível confusão/flexibilização entre as atribuições do técnico e do analista, permitindo que um técnico (mais barato) possa executar as mesmas atividades que um analista (mais caro) faz. Na área técnico-administrativa faz muito sentido. Na área fim talvez nem tanto, mas nada impede, também.

    Enfim, é o jeito mais fácil de se reduzirem os custos com pessoal sem, necessariamente, precisar reduzir salários ou o contingente. O técnico passa a fazer as atribuições do analista, o analista passa a fazer as atribuições dos gestores (CJ ou FC), e não se paga um centavo a mais por isso.

    Certo, quero ver um técnico com formação em zootécnica fazer uma minuta de sentença de ação de improbidade, ou uma penal com 19 réus

    Você está enxergando com olhos míopes. Não estou fazendo julgamento de mérito sobre o NS para técnico, estou expondo as possibilidades que existem para a administração. Por exemplo, após a implementação do nível superior, a subdivisão do cargo de técnico (como já existe para a área de TI e nas diversas áreas de analistas), exigindo bacharelado em Direito para o novo cargo de Técnico judiciário- área judiciária. Ou seja, praticamente um AJAJ a menor custo.

    Eventuais formados em zootecnia, pra ficar no seu exemplo, fariam concurso para outra área, a qual não exigiria formação específica. De resto, não acho que caiba menosprezo automático pelas demais áreas de formação. Um técnico formado em Direito provavelmente faria um trabalho tão bom quanto um analista. Um zootecnista que tivesse de estudar direito para o concurso com certeza teria capacidade de auxiliar numa sentença em que sua área de conhecimento estivesse envolvida. Evitaria aberrações como as ocorridas na tal operação carne seca, em que fizeram (delegados, promotores e juiz) várias interpretações escatológicas sobre temas técnicos.


    É o "girar a roda ao contrário para caber na realidade".

    E sejamos sinceros e honestos: baixo custo? Tem certeza que o próximo passo dos técnicos não será a sobreposição ou equiparação e mais, colocando o restante da carreira em um segundo plano NOVAMENTE, apenas para a melhoria de uma parcela da categoria? A visão que apresento não é nada míope, é o óbvio dos próximos passos do trem da alegria.

    Não é menosprezo algum com as especialidades. É o respeito ao instrumento convocatório e as regras do jogo em relação as quais os técnicos se submeteram ao prestarem concurso.

    Repito: ninguem é besta. Sabemos nem da real intenção por trás dessa história de NS para técnicos e isso implicaria melhora apenas para eles e aumentaria a folha em benefício apenas deles. Todo mundo sabe disso.

    Querer equiparação podem querer. Podem até exigir equiparação aos juízes, isso não serve para contornar as leis (jurídicas e matemáticas). Não duvido que existam sindicalistas, técnicos e analistas ainda acreditando no trem da alegria, pois existem analfabetos funcionais e matemáticos por todo o lado. Até em terraplanismo há quem acredite. Laughing
    diegowfcp
    diegowfcp
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : AJAJ
    Mensagens : 1788
    Reputação : 79
    Data de inscrição : 01/09/2014

    Novo PCS - Página 25 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por diegowfcp em Qui 13 Dez 2018, 5:53 pm

    androsvilazza escreveu:
    pernalonga escreveu:
    diegowfcp escreveu:
    pernalonga escreveu:Sou técnico judiciário, ingresso na carreira antes de me formar na UFRGS em Direito, fiz 2 pós-graduações, mais de 2000 horas de atividades de capacitação/treinamento ao longo de 16 anos na carreira, estou nesse extato momento sem FC alguma, preparando uma minuta numa cautelar fiscal envolvendo R$ 250 milhões, e que provavelmente será assinada sem o magistrado(a) responsável nem ler a decisão. Não me acho menos capacitado do que os analistas que trabalham no meu lado fazendo a mesmissima coisa, nem eles.

    Sobre o NS, pra mim individualmente é indiferente, estou fazendo concurso pra analista porque não quero depositar minhas esperanças profissionais na boa vontade de "toffolis" e afins. Acho que na real restringe de forma indevida o acesso aos cargos do PJU, afinal apenas 15% dos adultos brasileiros possui superior, mas a minha posição já foi vencida nas instâncias da categoria.

    Mas tenho convicção de que eu e a maioria dos técnicos é tão competente quanto qualquer analista pra realizar as tarefas que executamos no cotidiano, que são impostas pelos magistrados e pela administração dos tribunais indistintamente e sem margem de "reclamar pra corregedoria". A chibata bate com a mesma força no lombo dos servidores, independentemente do cargo ou formação acadêmica.


    Continue seus estudos para o cargo de analista. Não duvido da sua capacidade. Após a aprovação, ocupará cargo de nível superior condizente com sua qualificação.

    Já experimentou entrar na justiça alegando desvio de função? Pedir diferenças remuneratórios por desvio (aqui estão julgando tudo procedente)? Pois deveria.

    Não está nas suas atribuições fazer isso. Mas se você gosta e sente prazer, aí são outros 500

    É que na "vida real" o desvio de função é uma das principais ferramentas de gestão dos tribunais, hoje interessa e muito manter tudo como está. Por isso acho que isso de NS não deve ter movimentação real nem no curto nem médio prazo.

    Sobre a ação, depois de passar pra analista certamente avaliarei essa possibilidade Smile

    Pois é sobre isso que estou falando. Para a administração, a implementação do NS para técnico simplesmente eliminaria a possibilidade de ações alegando desvio de função, porque praticamente tudo estaria permitido.

    Sei que pode parecer que estou "defendendo" o NS para técnico, mas só estou demonstrando a visão da administração. Quanto ao suposto "trem da alegria", vejo essa questão como uma briga contra fantasmas, o problema é outro. Se tem técnico acreditando na possibilidade de trem da alegria, esqueça. ZERO possibilidade matemática/orçamentária e jurídica. Acreditar nisso é viver no mundo da lua.

    Aliás, para os técnicos o NS é prejudicial, e eu já disse isso mais de uma vez. Elimina o adicional de qualificação, e provavelmente reduzirá o número de cargos de analista para serem preenchidos futuramente, dificultando o acesso pra quem pensa em fazer novos concursos.

    Aqui já reduziu muito as ações, sabe como? Técnico faz trabalho de técnico e analista de analista. E quando técnico faz trabalho complexo recebe FC ou CJ. Não precisou mudar as atribuições do cargo pra isso.

    Aqui os técnicos lotados em secretaria concluem até processos em que solicita o deferimento de Bacenjud (minuta simples). Eles estão errados? Claro que não. Estão certos, não é atribuição deles minutar decisões.

    E estamos indo muito bem.
    diegowfcp
    diegowfcp
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : AJAJ
    Mensagens : 1788
    Reputação : 79
    Data de inscrição : 01/09/2014

    Novo PCS - Página 25 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por diegowfcp em Qui 13 Dez 2018, 5:55 pm

    androsvilazza escreveu:
    diegowfcp escreveu:
    androsvilazza escreveu:
    diegowfcp escreveu:

    Certo, quero ver um técnico com formação em zootécnica fazer uma minuta de sentença de ação de improbidade, ou uma penal com 19 réus

    Você está enxergando com olhos míopes. Não estou fazendo julgamento de mérito sobre o NS para técnico, estou expondo as possibilidades que existem para a administração. Por exemplo, após a implementação do nível superior, a subdivisão do cargo de técnico (como já existe para a área de TI e nas diversas áreas de analistas), exigindo bacharelado em Direito para o novo cargo de Técnico judiciário- área judiciária. Ou seja, praticamente um AJAJ a menor custo.

    Eventuais formados em zootecnia, pra ficar no seu exemplo, fariam concurso para outra área, a qual não exigiria formação específica. De resto, não acho que caiba menosprezo automático pelas demais áreas de formação. Um técnico formado em Direito provavelmente faria um trabalho tão bom quanto um analista. Um zootecnista que tivesse de estudar direito para o concurso com certeza teria capacidade de auxiliar numa sentença em que sua área de conhecimento estivesse envolvida. Evitaria aberrações como as ocorridas na tal operação carne seca, em que fizeram (delegados, promotores e juiz) várias interpretações escatológicas sobre temas técnicos.


    É o "girar a roda ao contrário para caber na realidade".

    E sejamos sinceros e honestos: baixo custo? Tem certeza que o próximo passo dos técnicos não será a sobreposição ou equiparação e mais, colocando o restante da carreira em um segundo plano NOVAMENTE, apenas para a melhoria de uma parcela da categoria? A visão que apresento não é nada míope, é o óbvio dos próximos passos do trem da alegria.

    Não é menosprezo algum com as especialidades. É o respeito ao instrumento convocatório e as regras do jogo em relação as quais os técnicos se submeteram ao prestarem concurso.

    Repito: ninguem é besta. Sabemos nem da real intenção por trás dessa história de NS para técnicos e isso implicaria melhora apenas para eles e aumentaria a folha em benefício apenas deles. Todo mundo sabe disso.

    Querer equiparação podem querer. Podem até exigir equiparação aos juízes, isso não serve para contornar as leis (jurídicas e matemáticas). Não duvido que existam sindicalistas, técnicos e analistas ainda acreditando no trem da alegria, pois existem analfabetos funcionais e matemáticos por todo o lado. Até em terraplanismo há quem acredite. Laughing


    Concordo. Para que déficit cognitivo maior do que vc acreditar que a categoria dos técnicos quer nível superior apenas para ter mais trabalho, e não vislumbrando a engorda futura do bolso?

    Faz sentido


    Última edição por diegowfcp em Qui 13 Dez 2018, 6:02 pm, editado 1 vez(es)
    diegowfcp
    diegowfcp
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : AJAJ
    Mensagens : 1788
    Reputação : 79
    Data de inscrição : 01/09/2014

    Novo PCS - Página 25 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por diegowfcp em Qui 13 Dez 2018, 5:59 pm

    E mais, ainda que não consigam equiparação ou sobreposição, em caso de mudança para NS, eles vão tentar isso até a morte. E qual o resultado disso para a carreira? Uma segunda etapa de fragmentação, que se antes era vislumbrada entre os internos e os externos, agora ganhou mais atores: os técnicos.

    Faça uma projeção simples e veja o resultado negativo disso para os analistas.
    androsvilazza
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2365
    Reputação : 323
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Novo PCS - Página 25 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por androsvilazza em Qui 13 Dez 2018, 6:14 pm

    diegowfcp escreveu:
    androsvilazza escreveu:
    diegowfcp escreveu:
    androsvilazza escreveu:

    Você está enxergando com olhos míopes. Não estou fazendo julgamento de mérito sobre o NS para técnico, estou expondo as possibilidades que existem para a administração. Por exemplo, após a implementação do nível superior, a subdivisão do cargo de técnico (como já existe para a área de TI e nas diversas áreas de analistas), exigindo bacharelado em Direito para o novo cargo de Técnico judiciário- área judiciária. Ou seja, praticamente um AJAJ a menor custo.

    Eventuais formados em zootecnia, pra ficar no seu exemplo, fariam concurso para outra área, a qual não exigiria formação específica. De resto, não acho que caiba menosprezo automático pelas demais áreas de formação. Um técnico formado em Direito provavelmente faria um trabalho tão bom quanto um analista. Um zootecnista que tivesse de estudar direito para o concurso com certeza teria capacidade de auxiliar numa sentença em que sua área de conhecimento estivesse envolvida. Evitaria aberrações como as ocorridas na tal operação carne seca, em que fizeram (delegados, promotores e juiz) várias interpretações escatológicas sobre temas técnicos.


    É o "girar a roda ao contrário para caber na realidade".

    E sejamos sinceros e honestos: baixo custo? Tem certeza que o próximo passo dos técnicos não será a sobreposição ou equiparação e mais, colocando o restante da carreira em um segundo plano NOVAMENTE, apenas para a melhoria de uma parcela da categoria? A visão que apresento não é nada míope, é o óbvio dos próximos passos do trem da alegria.

    Não é menosprezo algum com as especialidades. É o respeito ao instrumento convocatório e as regras do jogo em relação as quais os técnicos se submeteram ao prestarem concurso.

    Repito: ninguem é besta. Sabemos nem da real intenção por trás dessa história de NS para técnicos e isso implicaria melhora apenas para eles e aumentaria a folha em benefício apenas deles. Todo mundo sabe disso.

    Querer equiparação podem querer. Podem até exigir equiparação aos juízes, isso não serve para contornar as leis (jurídicas e matemáticas). Não duvido que existam sindicalistas, técnicos e analistas ainda acreditando no trem da alegria, pois existem analfabetos funcionais e matemáticos por todo o lado. Até em terraplanismo há quem acredite. Laughing


    Concordo. Para que déficit cognitivo maior do que vc acreditar que a categoria dos técnicos quer nível superior apenas para ter mais trabalho, e não vislumbrando a engorda futura do bolso?

    Faz sentido

    Ih, tá difícil a compreensão mútua aqui... Tô dizendo que entre querer uma coisa (equiparação), e o resultado prático obtido (mais trabalho sem necessariamente mais salário) com o meio adotado (NS) vai um abismo enorme, até porque tudo depende mais da vontade da administração que do desejo dos técnicos e dos sindicatos. E a administração com certeza não está pensando em implementar o NS pra ajudar o coitado do técnico que deseja aumento maior que o analista.

    Enfim, pra mim isso tudo é uma discussão inócua, contribuo (bem ou mal) só até aqui. A partir desse ponto é perda de tempo.
    diegowfcp
    diegowfcp
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : AJAJ
    Mensagens : 1788
    Reputação : 79
    Data de inscrição : 01/09/2014

    Novo PCS - Página 25 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por diegowfcp em Qui 13 Dez 2018, 6:22 pm

    androsvilazza escreveu:
    diegowfcp escreveu:
    androsvilazza escreveu:
    diegowfcp escreveu:


    É o "girar a roda ao contrário para caber na realidade".

    E sejamos sinceros e honestos: baixo custo? Tem certeza que o próximo passo dos técnicos não será a sobreposição ou equiparação e mais, colocando o restante da carreira em um segundo plano NOVAMENTE, apenas para a melhoria de uma parcela da categoria? A visão que apresento não é nada míope, é o óbvio dos próximos passos do trem da alegria.

    Não é menosprezo algum com as especialidades. É o respeito ao instrumento convocatório e as regras do jogo em relação as quais os técnicos se submeteram ao prestarem concurso.

    Repito: ninguem é besta. Sabemos nem da real intenção por trás dessa história de NS para técnicos e isso implicaria melhora apenas para eles e aumentaria a folha em benefício apenas deles. Todo mundo sabe disso.

    Querer equiparação podem querer. Podem até exigir equiparação aos juízes, isso não serve para contornar as leis (jurídicas e matemáticas). Não duvido que existam sindicalistas, técnicos e analistas ainda acreditando no trem da alegria, pois existem analfabetos funcionais e matemáticos por todo o lado. Até em terraplanismo há quem acredite. Laughing


    Concordo. Para que déficit cognitivo maior do que vc acreditar que a categoria dos técnicos quer nível superior apenas para ter mais trabalho, e não vislumbrando a engorda futura do bolso?

    Faz sentido

    Ih, tá difícil a compreensão mútua aqui... Tô dizendo que entre querer uma coisa (equiparação), e o resultado prático obtido (mais trabalho sem necessariamente mais salário) com o meio adotado (NS) vai um abismo enorme, até porque tudo depende mais da vontade da administração que do desejo dos técnicos e dos sindicatos. E a administração com certeza não está pensando em implementar o NS pra ajudar o coitado do técnico que deseja aumento maior que o analista.

    Enfim, pra mim isso tudo é uma discussão inócua, contribuo (bem ou mal) só até aqui. A partir desse ponto é perda de tempo.

    Eu entendi exatamente o que vc falou. No caso, ou você não está entendendo o que eu disse ou tá fingindo que não compreende, ou está distorcendo...

    Vamos lá.

    Suponhamos que amanhã seja aprovado o NS para técnico sem qualquer impacto financeiro.

    Em menos de 2 anos os técnicos encapariam uma NOVA batalha, agora enraizada em fato novo, o nível superior. Seria a batalha pela sobreposição (não vou nem falar em equiparação).

    Eles poderiam NUNCA conseguir a tal sobreposição, mas isso se transformaria numa pauta de reivindicação permanente, justamente como é o NS atualmente. E os analistas, onde ficariam nisso? Isolados no canto da parede.  E se iniciaria, formalmente, nova etapa do fragmentação dentro da própria carreira (porque material já existe): analistas x técnicos. E aí, mencione-se o que ocorreu entre analistas e técnicos externos e analistas e técnicos internos. São quase carreiras separadas hoje, e a pauta dos externos só aumenta. Querem inclusive receber função e gratificação, mesmo não exercendo atividades externa ou de segurança. Da mesma forma, a pauta dos técnicos iria aumentar: primeiro equiparação, não sendo possível sobreposição, não podendo adicional de atividade de nível superior mais alto...e os analistas, onde estão nessa? No canto da parede.


    É tão difícil entender isso? E te parece algo tão absurdo assim?


    Última edição por diegowfcp em Qui 13 Dez 2018, 6:26 pm, editado 2 vez(es)
    Protocol
    Protocol
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 476
    Reputação : 48
    Data de inscrição : 01/06/2015

    Novo PCS - Página 25 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por Protocol em Qui 13 Dez 2018, 6:24 pm

    pernalonga escreveu:Pessoal, alguns dos OUTROS assuntos tratados ontem além do NS...

    - a retomada dos trabalhos da Comissão Interdisciplinar, para que possamos voltar a pautar pontos mais importantes de carreira, como a elevação dos percentuais de adicional de qualificação e organização dos diferentes cargos em carreira única
    - definição de critérios objetivos para ocupação de funções comissionadas
    - a retomada do julgamento da ação que trata do pagamento de indenização por ausência de data-base (atualmente com 7 votos já apresentados, 4 x 3 contra os servidores), que, segundo Toffoli, deve ser pautada em meados de maio/19
    -a defesa da segurança jurídica, da coisa julgada e do ato jurídico perfeito na ação dos quintos, que aguarda julgamento dos diversos EDs opostos

    A alteração do AQ seria apenas de percentual ou envolveria modificações mais profundas? Quanto é o projeto da Fenajufe para o tema?
    pernalonga
    pernalonga
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2040
    Reputação : 823
    Data de inscrição : 25/04/2012

    Novo PCS - Página 25 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por pernalonga em Qui 13 Dez 2018, 7:02 pm

    Protocol escreveu:
    pernalonga escreveu:Pessoal, alguns dos OUTROS assuntos tratados ontem além do NS...

    - a retomada dos trabalhos da Comissão Interdisciplinar, para que possamos voltar a pautar pontos mais importantes de carreira, como a elevação dos percentuais de adicional de qualificação e organização dos diferentes cargos em carreira única
    - definição de critérios objetivos para ocupação de funções comissionadas
    - a retomada do julgamento da ação que trata do pagamento de indenização por ausência de data-base (atualmente com 7 votos já apresentados, 4 x 3 contra os servidores), que, segundo Toffoli, deve ser pautada em meados de maio/19
    -a defesa da segurança jurídica, da coisa julgada e do ato jurídico perfeito na ação dos quintos, que aguarda julgamento dos diversos EDs opostos

    A alteração do AQ seria apenas de percentual ou envolveria modificações mais profundas? Quanto é o projeto da Fenajufe para o tema?

    O que sei é que a comissão interdisciplinar (fenajufe + DGs tribunais superiores e TJDFT) discute elevação dos percentuais e possibilidade de acumulação, seja entre AQs diferentes (especialização + mestrado + doutorado), seja entre do mesmo tipo (mais de uma especialização)
    tre-rj
    tre-rj
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1402
    Reputação : 100
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Novo PCS - Página 25 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por tre-rj em Qui 13 Dez 2018, 7:32 pm

    Vc sabe qual foi a receptividade do Tofoli?

    pernalonga escreveu:
    Protocol escreveu:
    pernalonga escreveu:Pessoal, alguns dos OUTROS assuntos tratados ontem além do NS...

    - a retomada dos trabalhos da Comissão Interdisciplinar, para que possamos voltar a pautar pontos mais importantes de carreira, como a elevação dos percentuais de adicional de qualificação e organização dos diferentes cargos em carreira única
    - definição de critérios objetivos para ocupação de funções comissionadas
    - a retomada do julgamento da ação que trata do pagamento de indenização por ausência de data-base (atualmente com 7 votos já apresentados, 4 x 3 contra os servidores), que, segundo Toffoli, deve ser pautada em meados de maio/19
    -a defesa da segurança jurídica, da coisa julgada e do ato jurídico perfeito na ação dos quintos, que aguarda julgamento dos diversos EDs opostos

    A alteração do AQ seria apenas de percentual ou envolveria modificações mais profundas? Quanto é o projeto da Fenajufe para o tema?

    O que sei é que a comissão interdisciplinar (fenajufe + DGs tribunais superiores e TJDFT) discute elevação dos percentuais e possibilidade de acumulação, seja entre AQs diferentes (especialização + mestrado + doutorado), seja entre do mesmo tipo (mais de uma especialização)
    pernalonga
    pernalonga
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2040
    Reputação : 823
    Data de inscrição : 25/04/2012

    Novo PCS - Página 25 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por pernalonga em Qui 13 Dez 2018, 7:35 pm

    só disse que vai tratar com os presidentes dos tribunais superiores sobre como proceder em relação às demandas, e que deve haver dificuldades no orçamento com o próximo governo
    tre-rj
    tre-rj
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1402
    Reputação : 100
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Novo PCS - Página 25 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por tre-rj em Qui 13 Dez 2018, 7:41 pm

    like

    pernalonga escreveu:só disse que vai tratar com os presidentes dos tribunais superiores sobre como proceder em relação às demandas, e que deve haver dificuldades no orçamento com o próximo governo

    -------

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Conteúdo patrocinado

    Novo PCS - Página 25 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter 20 Ago 2019, 4:23 pm