PCS JÁ



    DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Compartilhe
    avatar
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2802
    Reputação : 395
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por josebarbos em Dom 14 Out 2018, 1:57 am

    Galizezin escreveu:Espero que não seja surto de campanha. Em princípio, vai bem o futuro chefe da casa civil, Onyx Lorenzoni. Todo mundo sabe das mentiradas sobre os números da previdência, contadas por Temer e corroboradas pela mídia. Parece que Bolsonaro pensa com a cabeça dele, e não com a dos outros.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Pode citar os números?

    Ele mostra favorável ao regime de capitalização, de forma que a crítica, justa, é por manter o inviável sistema de repartição e já partir, logo, para um modelo atuarialmente viável.

    Lembrando que senão todos, ao Memos os mais importantes números de previdência e arrecadação são públicos. E mesmo que se queira entrar em nichos hipotéticos (clássica previdência urbana do regime geral) não são nada positivos.
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6131
    Reputação : 228
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por Galizezin em Dom 14 Out 2018, 4:35 am

    josebarbos escreveu:
    Galizezin escreveu:
    Não era privilégio de elite, mas questão de oportunidade, quando a estatal de telefonia abria plano de expansão. O que você está confundindo é o fato de que a elite tinha dinheiro para aquirir uma linha (direito de uso) de quem havia comprado no plano de expansão. O que eu reclamo é a não discriminação pormenorizada das ligações telefônicas, sorrateiramente defendida pela anatel.

    Eu morava em bairro classe média baixa e se contavam nos dedos quem tinha linha no bairro. Aliás, meu pai tinha mania de mudança, morei em alguns, e em todos houve o mesmo problema.

    Na cidade de minha avó, de 10.000 habitantes, haviam dois telefones públicos, mas apenas um efetivamente funcionava, que era do lado da sede da Telemig.

    E nos planos de expansão, você era obrigado a adquirir ações que custavam caro mas não valiam nada. Basicamente, você custeava todo o cabeamento, para depois a companhia ainda lucrar em cima. Curiosamente, não me recordo de ninguém que tenha dito, desta época, que auferia dividendos das respectivas companhias, apesar das tarifas absurdas.

    Quando se trata de tecnologia, a licitação em si já é um enorme entrave para o rápido desenvolvimento e expansão. Nem uma companhia estatal muito eficiente daria conta, que o diga uma na média brasileira.

    Alguns serviços (telefonia, distribuição de energia, rodovias etc), a despeito de possuírem importância estratégica relativa, devem ser delegadas à iniciativa privada, dada a capacidade de investimento, e adequadamente fiscalizadas, posto que oligopólio ou monopólio natural.

    Agora, uma curiosidade, especificamente para quem quiser ter a vivência de uma autêntica estatal telefônica, ainda existe ao menos uma: a SERCOMTEL, de Londrina. Coincidência ou não, era uma empresa tão ruim (falo da época que morei lá, embora notícias sobre problemas técnicos e financeiros persistam), que permitiu o rápido crescimento e sucesso da primeira "espelho" a dar certo no pais, a hoje (infelizmente) finada GVT.

    Engraçado que nunca tivemos problemas com a telefonia estatal. Disse e repito: a telefonia atual é uma verdadeira zona. Você coloca uns trocados, usa alguns minutos e já não tem mais nada de saldo. Além disso, cobram seguros e outras coisas absurdas, alheias à vontade do cliente, não discriminam as ligações, pormenorizadas, e qualquer tentativa de reclamação ou cancelamento de plano é a subida do calvário. Então ficou assim, celular no estilo pai de santo, só recebendo chamada, e a maioria do pessoal utilizando como despertador (celular e celulite todo bun.dão tem).


    _________________
    NO RACISM!
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6131
    Reputação : 228
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por Galizezin em Dom 14 Out 2018, 4:38 am

    josebarbos escreveu:
    Galizezin escreveu:Espero que não seja surto de campanha. Em princípio, vai bem o futuro chefe da casa civil, Onyx Lorenzoni. Todo mundo sabe das mentiradas sobre os números da previdência, contadas por Temer e corroboradas pela mídia. Parece que Bolsonaro pensa com a cabeça dele, e não com a dos outros.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Pode citar os números?

    Ele mostra favorável ao regime de capitalização, de forma que a crítica, justa, é por manter o inviável sistema de repartição e já partir, logo, para um modelo atuarialmente viável.

    Lembrando que senão todos, ao Memos os mais importantes números de previdência e arrecadação são públicos. E mesmo que se queira entrar em nichos hipotéticos (clássica previdência urbana do regime geral) não são nada positivos.

    É só vc ler a reportagem. Governo concede assistencialismo de forma desenfreada. Tem os desvios bilionários via DRU. Então, devemos acreditar em números totalizados que são divulgados pelo governo? Por um presidente que é considerado pirata dos portos? A gente tem que parar de dar crédito a mentiroso.

    Por Denise Gentil, prof. de economia da UFRJ

    Em audiência no Senado Federal, a professora Denise Lobato Gentil, do Instituto de Economia da UFRJ (Universidade Federal do Rio Janeiro), explicou que o governo federal manipula os números “para aprovar a DRU [Desvinculação das Receitas da União], a CPMF e as mudanças nas regras da Previdência”. Segundo ela, “não há nada errado com a Previdência”.

    Em entrevista à Brasileiros, em fevereiro, Denise explicou que a “Constituição diz que a Seguridade Social será financiada por contribuições do empregador (incidentes sobre a folha de salários, o faturamento e o lucro), dos trabalhadores e do Estado. Mas o que se faz é um cálculo distorcido. Primeiro, isola-se a Previdência da Seguridade. Em seguida, calcula-se o resultado da Previdência levando-se em consideração apenas a contribuição de empregadores e trabalhadores, e dela se deduz os gastos com todos os benefícios”.

    Seguindo essa metodologia, a Previdência é deficitária. Só que a base de financiamento da Seguridade Social inclui outras receitas, “como a CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido), Cofins (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social) e as receitas de concursos de prognóstico (resultado de sorteios, como loterias e apostas)”. Quando se consideram esses recursos, constata-se que a Previdência é superavitária: em 2015, apesar da recessão e do desemprego, a Previdência obteve uma receita bruta de R$ 675,1 bilhões, e gastou R$ 658,9 bilhões. Portanto, mesmo com um quadro econômico extremamente adverso, o sistema conseguiu gerar um superávit de R$ 16,1 bilhões.

    De acordo com Denise, o objetivo da reforma “é cortar gastos para dar uma satisfação ao mercado, que cobra o ajuste fiscal”. Nada é dito sobre os gastos com juros, que têm um impacto muito maior sobre o Orçamento. Ela critica duramente as desonerações promovidas pelo governo Dilma, que em 2015 chegaram a “R$ 282 bilhões, equivalente a 5% do PIB, sendo que 51% dessas renúncias foram de recursos da Seguridade Social. Essas desonerações não produziram o resultado previsto pelo governo, que era o de elevar os investimentos. Apenas se transformaram em margem de lucro”.


    _________________
    NO RACISM!
    avatar
    Bastião
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 362
    Reputação : 17
    Data de inscrição : 10/11/2017

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por Bastião em Dom 14 Out 2018, 9:46 pm

    Galizezin escreveu:
    Bastião escreveu:Vamos ver se ele dá o exemplo doravante. Pq nos 28 anos anteriores ou foi ociosidade ou avacalhação.

    Bolsonaro foi um deputado tão ruim quanto Lula. Quem sabe na presidência não dá um lampejo?

    Daqui 4 anos comparamos os períodos 2003-2006 e 2019-2022.
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6131
    Reputação : 228
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por Galizezin em Dom 14 Out 2018, 10:39 pm

    Bastião escreveu:
    Galizezin escreveu:
    Bastião escreveu:Vamos ver se ele dá o exemplo doravante. Pq nos 28 anos anteriores ou foi ociosidade ou avacalhação.

    Bolsonaro foi um deputado tão ruim quanto Lula. Quem sabe na presidência não dá um lampejo?

    Daqui 4 anos comparamos os períodos 2003-2006 e 2019-2022.

    Acho difícil, mas não impossível que Bolsonaro vá pra cadeia.


    _________________
    NO RACISM!
    avatar
    Bastião
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 362
    Reputação : 17
    Data de inscrição : 10/11/2017

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por Bastião em Dom 14 Out 2018, 11:53 pm

    Galizezin escreveu:
    Bastião escreveu:
    Galizezin escreveu:
    Bastião escreveu:Vamos ver se ele dá o exemplo doravante. Pq nos 28 anos anteriores ou foi ociosidade ou avacalhação.

    Bolsonaro foi um deputado tão ruim quanto Lula. Quem sabe na presidência não dá um lampejo?

    Daqui 4 anos comparamos os períodos 2003-2006 e 2019-2022.

    Acho difícil, mas não impossível que Bolsonaro vá pra cadeia.

    Kkkk..Pode começar a ir num debate, já pra ir treinando as funções.
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6131
    Reputação : 228
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por Galizezin em Seg 15 Out 2018, 1:18 am

    Bastião escreveu:
    Galizezin escreveu:
    Bastião escreveu:
    Galizezin escreveu:

    Bolsonaro foi um deputado tão ruim quanto Lula. Quem sabe na presidência não dá um lampejo?

    Daqui 4 anos comparamos os períodos 2003-2006 e 2019-2022.

    Acho difícil, mas não impossível que Bolsonaro vá pra cadeia.

    Kkkk..Pode começar a ir num debate, já pra ir treinando as funções.

    Quais propostas ele vai discutir com Haddad? As do primeiro turno, ou as do segundo turno? Parece a record querendo imitar a grobo. albino


    _________________
    NO RACISM!
    avatar
    Bastião
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 362
    Reputação : 17
    Data de inscrição : 10/11/2017

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por Bastião em Seg 15 Out 2018, 1:45 am

    Galizezin escreveu:
    Bastião escreveu:
    Galizezin escreveu:
    Bastião escreveu:

    Daqui 4 anos comparamos os períodos 2003-2006 e 2019-2022.

    Acho difícil, mas não impossível que Bolsonaro vá pra cadeia.

    Kkkk..Pode começar a ir num debate, já pra ir treinando as funções.

    Quais propostas ele vai discutir com Haddad? As do primeiro turno, ou as do segundo turno? Parece a record querendo imitar a grobo. albino

    Sobre questões relevantes e genuínas:

    Kit gay
    Brasil comunista
    Lei Rouanet
    Marxismo nas creches
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6131
    Reputação : 228
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por Galizezin em Seg 15 Out 2018, 2:04 am

    Bastião escreveu:
    Galizezin escreveu:
    Bastião escreveu:
    Galizezin escreveu:

    Acho difícil, mas não impossível que Bolsonaro vá pra cadeia.

    Kkkk..Pode começar a ir num debate, já pra ir treinando as funções.

    Quais propostas ele vai discutir com Haddad? As do primeiro turno, ou as do segundo turno? Parece a record querendo imitar a grobo. albino

    Sobre questões relevantes e genuínas:

    Kit gay
    Brasil comunista
    Lei Rouanet
    Marxismo nas creches

    Bandeira vermelha ou bandeira verde-amarela?
    Controle da imprensa, mais do que já está?
    Controle do judiciário e mp?


    _________________
    NO RACISM!
    avatar
    maligna
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 275
    Reputação : 32
    Data de inscrição : 21/12/2014

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por maligna em Seg 15 Out 2018, 2:44 am

    Questões relevantes e concretas:
    1- desarmamento da população. O desarmamento do cidadão do bem e honesto é típico dos governos totalitários (aí incluídos os fascistas), uma vez que diminui a resistência dos civis quando da implantação do regime opressor. Nem os militares se atreveram a tanto!!! Um dos últimos a adotar o desarmamento da população foi (pasmem) Hugo Chaves, na Venezuela, no inicio desta década. Brasil no mesmo caminho, um pouco antes. E ainda criaram a ideia simplista de que quem era contra o desarmamento não era "da paz".

    2- liberdade de imprensa e da circulação de informações. Quem é contra? Não queremos ninguém filtrando as informações sob o falso pretexto eliminar os boatos das redes sociais. Boato sempre existiu e sempre existirá, independentemente do controle da internet (essa sim, uma medida fascista e totalitária). Qualquer livro do MEC confirma isso!


    3- Um Estado mínimo, ou pelo menos menor, diminui as possibilidades de uso do dinheiro público em atividades ilícitas, além de reduzir a interferência estatal na própria vida do cidadão, inclusive no que tange às opções sexuais do indivíduo.

    4- O currículo escolar precisa, sim, ser totalmente revisto. Mais ênfase nas matérias tradicionais, ou não seremos capazes de formar bons cientistas, médicos, historiadores etc.

    A propósito, gente esquecida, não foi o Lula quem faltou as debates nas eleições de 2006 ? Qual foi mesmo a justificativa?
    avatar
    Bastião
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 362
    Reputação : 17
    Data de inscrição : 10/11/2017

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por Bastião em Seg 15 Out 2018, 10:15 am

    Faltou a 1 (um) debate. Mas, enquanto houver atestado médico, nem há o que se discutir.

    Pela família de bem brasileira pagadora de impostos, com a camiseta da CBF, saúdo o Capitão.

    Espalhar mentiras na internet é válido em nome da liberdade? Espero que nunca espalhem a foto de um filho seu como acusado de algum ilícito, sendo uma montagem de má fé. É para esse tipo de coisa que serve também a regulação.

    Hail mito!
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6131
    Reputação : 228
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por Galizezin em Seg 15 Out 2018, 12:36 pm

    Sinceramente, acho que falta um pouco de raciocínio ao pessoal localizado mais à esquerda, pois vinculam os militares à ditadura. Nunca houve ditadura de fato no Brasil. Prova disso: durante o governo militar, todos conseguiam ir e vir, dentro e fora do país. Mesmo que indiretas, haviam eleições, Tancredo Neves foi eleito indiretamente.

    É importante esclarecer ainda, para refrescar a memória, de onde vieram vários presidentes dos EUA:

    *Generais:*
    George Washington
    Eisenhower
    Ulysses Grant

    *Major-general*
    Andrew Jackson
    William Henry Harrison
    Zachary Taylor
    Rutherford Hayes
    James Garfield

    *Brigadeiro-general*
    Franklin Pierce
    Andrew Johnson
    Chester Arthur
    Benjamin Harrison

    *Coronel*
    Thomas Jefferson
    James Madison
    James Monroe
    James Polk
    Theodore Roosevelt
    Harry Truman

    *Major*
    William McKinley
    Millard Fillmore

    *Capitão*
    John Tyler
    Abraham Lincoln
    Ronald Reagan

    *Soldado*
    James Buchanan

    *Da Marinha:*
    *Comandante*

    Lyndon Johnson
    Richard Nixon

    *Tenente-comandante*
    Gerald Ford

    *Tenente*
    John Kennedy
    Jimmy Carter
    George Bush (Pai)

    *Guarda Nacional do Texas*
    *Primeiro Tenente*

    George W. Bush ( Filho)


    _________________
    NO RACISM!
    avatar
    Solange4
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1056
    Reputação : 101
    Data de inscrição : 03/06/2015

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por Solange4 em Seg 15 Out 2018, 12:56 pm

    Sobre o desarmamento, acho importante lembrar:
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6131
    Reputação : 228
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por Galizezin em Seg 15 Out 2018, 12:58 pm

    Bolsonaro diz que irá propor ao congresso o fim da progressão de pena, além das "saidinhas".

    Mais um esquerdista incoerente: Roger Waters. Filho de comunistas, porém, desfruta do luxo dos capitalistas. Mora em mansão, anda de jatinho etc.


    _________________
    NO RACISM!
    avatar
    Bastião
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 362
    Reputação : 17
    Data de inscrição : 10/11/2017

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por Bastião em Seg 15 Out 2018, 1:42 pm

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Sobre Roger Waters, achei legal.
    Um pouco limitada a sua visão sobre capitalismo, comunismo, esquerda e direita. Eu tenho muito o que aprender, mas superficialidades e senso comum, é complicado.
    avatar
    PCS-TRE
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1771
    Reputação : 154
    Data de inscrição : 27/02/2015

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por PCS-TRE em Seg 15 Out 2018, 3:00 pm

    Solange4 escreveu:Sobre o desarmamento, acho importante lembrar:
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Na época os entendidos de política disseram que esse "não" que venceu o referendo era um "não" a tudo que está aí(na época), tudo que vinha do governo: corrupção, mensalão, etc...

    Pena que em 2006 essa revolta foi esquecida e o povo manteve tudo como estava. Aí depois vieram Dilma, petrolão, Lava Jato...
    avatar
    Korgano Masaka
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 973
    Reputação : 55
    Data de inscrição : 29/07/2015

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por Korgano Masaka em Seg 15 Out 2018, 3:17 pm

    Galizezin escreveu:Bolsonaro diz que irá propor ao congresso o fim da progressão de pena, além das "saidinhas".

    Mais um esquerdista incoerente: Roger Waters. Filho de comunistas, porém, desfruta do luxo dos capitalistas. Mora em mansão, anda de jatinho etc.

    Fim da progressão e dessas "saidinhas" seria ótimo!
    Quanto ao Waters, quis lacrar e se ferrou...
    avatar
    PCS-TRE
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1771
    Reputação : 154
    Data de inscrição : 27/02/2015

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por PCS-TRE em Seg 15 Out 2018, 3:20 pm

    Korgano Masaka escreveu:
    Galizezin escreveu:Bolsonaro diz que irá propor ao congresso o fim da progressão de pena, além das "saidinhas".

    Mais um esquerdista incoerente: Roger Waters. Filho de comunistas, porém, desfruta do luxo dos capitalistas. Mora em mansão, anda de jatinho etc.

    Fim da progressão e dessas "saidinhas" seria ótimo!
    Quanto ao Waters, quis lacrar e se ferrou...

    Seria mais eficaz o criminoso receber uma sentença de 4 anos de cana dura ficar na cana dura mesmo esses 4 anos. Do que receber a sentença de 20 anos e não ficar preso nem 4.

    Ao Roger Waters, eu só digo umas coisinhas, a primeira: que ele não é cidadão brasileiro, portanto não votará; a segunda: o pessoal não pagou o ingresso para saber o que ele pensa do Bolsonaro, pagou para ouvir suas músicas e, por último: que a vaia recebida foi mais que merecida, pois ele desrespeitou os espectadores que votam em Bolsonaro , que eram muitos, a considerar o volume da vaia.
    avatar
    Bastião
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 362
    Reputação : 17
    Data de inscrição : 10/11/2017

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por Bastião em Seg 15 Out 2018, 4:03 pm

    Já aproveita e joga todos os discos do Pink Floyd fora. Traduzam os discos The Wall e The Final Cut.

    Ou não vão a esses tipos de show, não se misturem com "essa gentalha".

    "Pagou pra ouvir suas músicas"

    Kkkkk...tá achando que tá pagando por um sanduíche do Bob's que basta comer, depois defecá-lo e dar descarga?

    A música é arte. Arte é interpretação.
    avatar
    PCS-TRE
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1771
    Reputação : 154
    Data de inscrição : 27/02/2015

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por PCS-TRE em Seg 15 Out 2018, 4:24 pm

    Hahaha.
    Eu vou a um show de música porque, no mínimo eu aprecio as músicas que estão sendo tocadas ou as letras que as acompanham....

    E as pessoas que vão ao show são clientes em busca de um produto, que é a música.

    Os showmícios foram abolidos faz tempo.

    Se eu quiser saber de política, vou assistir um Canal Livre, um Roda Viva, ou um conversa afiada, que seja. Ou ler um livro. tem o livro do mensalão e o livro do outro lado do mensalão, tem o da Lava Jato e o do Outro Lado da Lava Jato....


    Última edição por PCS-TRE em Seg 15 Out 2018, 4:27 pm, editado 1 vez(es)
    avatar
    concurseiro_mor
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1262
    Reputação : 29
    Data de inscrição : 06/08/2010

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por concurseiro_mor em Seg 15 Out 2018, 4:25 pm

    Galizezin escreveu:Sinceramente, acho que falta um pouco de raciocínio ao pessoal localizado mais à esquerda, pois vinculam os militares à ditadura. Nunca houve ditadura de fato no Brasil. Prova disso: durante o governo militar, todos conseguiam ir e vir, dentro e fora do país. Mesmo que indiretas, haviam eleições, Tancredo Neves foi eleito indiretamente.

    É importante esclarecer ainda, para refrescar a memória, de onde vieram vários presidentes dos EUA:

    *Generais:*
    George Washington
    Eisenhower
    Ulysses Grant

    *Major-general*
    Andrew Jackson
    William Henry Harrison
    Zachary Taylor
    Rutherford Hayes
    James Garfield

    *Brigadeiro-general*
    Franklin Pierce
    Andrew Johnson
    Chester Arthur
    Benjamin Harrison

    *Coronel*
    Thomas Jefferson
    James Madison
    James Monroe
    James Polk
    Theodore Roosevelt
    Harry Truman

    *Major*
    William McKinley
    Millard Fillmore

    *Capitão*
    John Tyler
    Abraham Lincoln
    Ronald Reagan

    *Soldado*
    James Buchanan

    *Da Marinha:*
    *Comandante*

    Lyndon Johnson
    Richard Nixon

    *Tenente-comandante*
    Gerald Ford

    *Tenente*
    John Kennedy
    Jimmy Carter
    George Bush (Pai)

    *Guarda Nacional do Texas*
    *Primeiro Tenente*

    George W. Bush ( Filho)

    Nos EUA, servir à pátria é algo que se enaltece... Melhora o seu currículo...
    Aqui é que se tem conotação negativa.
    avatar
    Korgano Masaka
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 973
    Reputação : 55
    Data de inscrição : 29/07/2015

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por Korgano Masaka em Seg 15 Out 2018, 4:55 pm

    Galizezin escreveu:Espero que não seja surto de campanha. Em princípio, vai bem o futuro chefe da casa civil, Onyx Lorenzoni. Todo mundo sabe das mentiradas sobre os números da previdência, contadas por Temer e corroboradas pela mídia. Parece que Bolsonaro pensa com a cabeça dele, e não com a dos outros.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Acho que já estão prevendo uma enorme dificuldade para aprovar uma reforma impopular. O problema é que se não aprovar nada, a previdência entra em colapso como foi no RJ.
    Não existem soluções fáceis ou simpáticas, todas serão muito dura. A economia brasileira esta em recessão e estamos com o pior déficit fiscal da história.
    avatar
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2802
    Reputação : 395
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por josebarbos em Seg 15 Out 2018, 5:12 pm

    Bastião escreveu:Já aproveita e joga todos os discos do Pink Floyd fora. Traduzam os discos The Wall e The Final Cut.

    Ou não vão a esses tipos de show, não se misturem com "essa gentalha".

    "Pagou pra ouvir suas músicas"

    Kkkkk...tá achando que tá pagando por um sanduíche do Bob's que basta comer, depois defecá-lo e dar descarga?

    A música é arte. Arte é interpretação.

    bla bla bla bla

    Pink Floyd é uma das bandas mais superestimadas da história.
    Não pagaria, mas o que houve ali foi democracia.

    O cantor quis lacrar sobre algo que não sabia, e tomou uma vaia homérica. Bem feito.
    Isto é democracia, como também seria se 100% de um público pró algum candidato vaiasse o show inteiro, por discordar.

    No final das contas, todos expressaram suas opiniões e ninguém se feriu. Um puro experimento democrático.

    Agora, se os fãs do mito fossem tão "perigosos" como se propaga, certamente haveria uma tragédia por sair soltando opiniões irrelevantes, de leitor de manchete.
    avatar
    Bastião
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 362
    Reputação : 17
    Data de inscrição : 10/11/2017

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por Bastião em Seg 15 Out 2018, 5:26 pm

    Legal é pagar pau pra fascista e ir ao show de "comunista". Isso é democracia. E vc tem toda razão, isso é lindo!

    Fim das contas, quem tá conta a conta cheia da grana é o "lacrador comuna". E os vaiadores pagaram bem para exercer seu direito de protestar. Cada parcelinha do cartão são 3 seg de "uuuu lixo"

    Próxima vez paguem pista vip para U2 e Rage Against e exerçam a democracia e coerência plenas.
    avatar
    Korgano Masaka
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 973
    Reputação : 55
    Data de inscrição : 29/07/2015

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por Korgano Masaka em Seg 15 Out 2018, 5:31 pm

    josebarbos escreveu:
    Bastião escreveu:Já aproveita e joga todos os discos do Pink Floyd fora. Traduzam os discos The Wall e The Final Cut.

    Ou não vão a esses tipos de show, não se misturem com "essa gentalha".

    "Pagou pra ouvir suas músicas"

    Kkkkk...tá achando que tá pagando por um sanduíche do Bob's que basta comer, depois defecá-lo e dar descarga?

    A música é arte. Arte é interpretação.

    bla bla bla bla

    Pink Floyd é uma das bandas mais superestimadas da história.
    Não pagaria, mas o que houve ali foi democracia.

    O cantor quis lacrar sobre algo que não sabia, e tomou uma vaia homérica. Bem feito.
    Isto é democracia, como também seria se 100% de um público pró algum candidato vaiasse o show inteiro, por discordar.

    No final das contas, todos expressaram suas opiniões e ninguém se feriu. Um puro experimento democrático.

    Agora, se os fãs do mito fossem tão "perigosos" como se propaga, certamente haveria uma tragédia por sair soltando opiniões irrelevantes, de leitor de manchete.

    Esquerdista pira com lacração frustrada. Acreditam que só é democracia quando tem suas ideias aprovadas. Quando não são, daí acham que é ditadura...patético!
    avatar
    facao
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Cargo : Analista Judiciário
    Mensagens : 92
    Reputação : 1
    Data de inscrição : 19/09/2014
    Localização : TRE-MA

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por facao em Seg 15 Out 2018, 8:01 pm

    Essa proposta de AMBOS em aumentar a isenção de imposto de renda pra nós é muito boa. Vai diminuir a mordida do Leão em nossos salários. A de Bolsonaro, melhor ainda, pois pagaríamos 20% do que exceder os R$ 5.000,00. O que acham?
    avatar
    PCS-TRE
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1771
    Reputação : 154
    Data de inscrição : 27/02/2015

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por PCS-TRE em Seg 15 Out 2018, 8:28 pm

    facao escreveu:Essa proposta de AMBOS em aumentar a isenção de imposto de renda pra nós é muito boa. Vai diminuir a mordida do Leão em nossos salários. A de Bolsonaro, melhor ainda, pois pagaríamos 20% do que exceder os R$ 5.000,00. O que acham?

    Proposta do Posto Ipiranga, puxando a brasa para a nossa sardinha:

    Técnico em final de carreira pagaria uns 500 contos a menos, salários menores pagariam menos ainda. Inicio de carreira não pagaria nada.

    Não calculei, mas analista lá para o meio da carreira deveria ficar pau a pau. Daí em diante, já passaria a pagar mais.


    Proposta Haddad:

    Só fala da faixa de isenção, não detalha sobre as faixas tributáveis, por isso fica difícil fazer qualquer projeção.


    Resumo: Na proposta do Bolsonaro, ele admite perda de receita(o que fica meio impraicável diante do déficit já colossal), na do Haddad, ele não trata do assunto.
    avatar
    PCS-TRE
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1771
    Reputação : 154
    Data de inscrição : 27/02/2015

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por PCS-TRE em Seg 15 Out 2018, 8:40 pm

    Só refrescando a memória: o Temer fez circular essa ideia nos primeiros dias pós-impeachment. Caiu no vazio por total inviabilidade.
    O que se conclui é que muito do que esses caras soltam já foi objeto de estudos na área técnica do governo, não é coisa que surgiu da mente brilhante e benevolente de uma candidatura redentora ou de um presidente bem intencionado.

    Na minha opinião, para isso prosperar teria que ser implantado gradualmente nos 4 anos, começando por corrigir a tão propalada defasagem de não sei quantos por cento, depois dar um refresco a mais ano a ano até chegar nos tais 5 salários mínimos e com isso a despesa e/ou renuncia de receita que isso representasse iria ser absorvida aos poucos e em parte compensada com os efeitos positivos desse dinheiro a mais despejado na economia.

    jornalista
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1239
    Reputação : 34
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por jornalista em Seg 15 Out 2018, 9:55 pm

    concurseiro_mor escreveu:
    Galizezin escreveu:Sinceramente, acho que falta um pouco de raciocínio ao pessoal localizado mais à esquerda, pois vinculam os militares à ditadura. Nunca houve ditadura de fato no Brasil. Prova disso: durante o governo militar, todos conseguiam ir e vir, dentro e fora do país. Mesmo que indiretas, haviam eleições, Tancredo Neves foi eleito indiretamente.

    É importante esclarecer ainda, para refrescar a memória, de onde vieram vários presidentes dos EUA:

    *Generais:*
    George Washington
    Eisenhower
    Ulysses Grant

    *Major-general*
    Andrew Jackson
    William Henry Harrison
    Zachary Taylor
    Rutherford Hayes
    James Garfield

    *Brigadeiro-general*
    Franklin Pierce
    Andrew Johnson
    Chester Arthur
    Benjamin Harrison

    *Coronel*
    Thomas Jefferson
    James Madison
    James Monroe
    James Polk
    Theodore Roosevelt
    Harry Truman

    *Major*
    William McKinley
    Millard Fillmore

    *Capitão*
    John Tyler
    Abraham Lincoln
    Ronald Reagan

    *Soldado*
    James Buchanan

    *Da Marinha:*
    *Comandante*

    Lyndon Johnson
    Richard Nixon

    *Tenente-comandante*
    Gerald Ford

    *Tenente*
    John Kennedy
    Jimmy Carter
    George Bush (Pai)

    *Guarda Nacional do Texas*
    *Primeiro Tenente*

    George W. Bush ( Filho)

    Nos EUA, servir à pátria é algo que se enaltece... Melhora o seu currículo...
    Aqui é que se tem conotação negativa.
    Há uma reportagem hoje do uol sobre a educação nipônica (que eles já estão querendo mudar). Interessante que muita coisa lá é aplicada nos colégios do EB (que nada tem a ver com gastos), como hierarquia, disciplina, limpeza, patriotismo, participação dos pais etc.
    avatar
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2802
    Reputação : 395
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por josebarbos em Seg 15 Out 2018, 11:25 pm

    Galizezin escreveu:
    josebarbos escreveu:
    Galizezin escreveu:Espero que não seja surto de campanha. Em princípio, vai bem o futuro chefe da casa civil, Onyx Lorenzoni. Todo mundo sabe das mentiradas sobre os números da previdência, contadas por Temer e corroboradas pela mídia. Parece que Bolsonaro pensa com a cabeça dele, e não com a dos outros.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Pode citar os números?

    Ele mostra favorável ao regime de capitalização, de forma que a crítica, justa, é por manter o inviável sistema de repartição e já partir, logo, para um modelo atuarialmente viável.

    Lembrando que senão todos, ao Memos os mais importantes números de previdência e arrecadação são públicos. E mesmo que se queira entrar em nichos hipotéticos (clássica previdência urbana do regime geral) não são nada positivos.

    É só vc ler a reportagem. Governo concede assistencialismo de forma desenfreada. Tem os desvios bilionários via DRU. Então, devemos acreditar em números totalizados que são divulgados pelo governo? Por um presidente que é considerado pirata dos portos? A gente tem que parar de dar crédito a mentiroso.

    Por Denise Gentil, prof. de economia da UFRJ

    Em audiência no Senado Federal, a professora Denise Lobato Gentil, do Instituto de Economia da UFRJ (Universidade Federal do Rio Janeiro), explicou que o governo federal manipula os números “para aprovar a DRU [Desvinculação das Receitas da União], a CPMF e as mudanças nas regras da Previdência”. Segundo ela, “não há nada errado com a Previdência”.

    Em entrevista à Brasileiros, em fevereiro, Denise explicou que a “Constituição diz que a Seguridade Social será financiada por contribuições do empregador (incidentes sobre a folha de salários, o faturamento e o lucro), dos trabalhadores e do Estado. Mas o que se faz é um cálculo distorcido. Primeiro, isola-se a Previdência da Seguridade. Em seguida, calcula-se o resultado da Previdência levando-se em consideração apenas a contribuição de empregadores e trabalhadores, e dela se deduz os gastos com todos os benefícios”.

    Seguindo essa metodologia, a Previdência é deficitária. Só que a base de financiamento da Seguridade Social inclui outras receitas, “como a CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido), Cofins (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social) e as receitas de concursos de prognóstico (resultado de sorteios, como loterias e apostas)”. Quando se consideram esses recursos, constata-se que a Previdência é superavitária: em 2015, apesar da recessão e do desemprego, a Previdência obteve uma receita bruta de R$ 675,1 bilhões, e gastou R$ 658,9 bilhões. Portanto, mesmo com um quadro econômico extremamente adverso, o sistema conseguiu gerar um superávit de R$ 16,1 bilhões.

    De acordo com Denise, o objetivo da reforma “é cortar gastos para dar uma satisfação ao mercado, que cobra o ajuste fiscal”. Nada é dito sobre os gastos com juros, que têm um impacto muito maior sobre o Orçamento. Ela critica duramente as desonerações promovidas pelo governo Dilma, que em 2015 chegaram a “R$ 282 bilhões, equivalente a 5% do PIB, sendo que 51% dessas renúncias foram de recursos da Seguridade Social. Essas desonerações não produziram o resultado previsto pelo governo, que era o de elevar os investimentos. Apenas se transformaram em margem de lucro”.

    Bem, tem números tão absurdos que nem preciso recorrer à fonte.
    Só uma coisa básica: quem confunde previdência e seguridade social, ou é muito ignorante, não passando do capítulo 1, ou é mal intencionado.

    Então, seria algo tão grosseiro como dizer que as despesas mensais são pelo salário bruto, e que está no vermelho por culpa do governo que tributa na fonte.

    Mas mesmo este cálculo ridículo não sobrevive à realidade atual: apenas o regime geral, sozinho, aumenta o déficit em 1 bilhão por mês, razão pela qual mesmo esta conta tosquíssima já está defasada. Que tal solicitar que a mesma fonte atualize os dados?
    avatar
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2802
    Reputação : 395
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por josebarbos em Seg 15 Out 2018, 11:33 pm

    Bastião escreveu:Legal é pagar pau pra fascista e ir ao show de "comunista". Isso é democracia. E vc tem toda razão, isso é lindo!

    Fim das contas, quem tá conta a conta cheia da grana é o "lacrador comuna". E os vaiadores pagaram bem para exercer seu direito de protestar. Cada parcelinha do cartão são 3 seg de "uuuu lixo"

    Próxima vez paguem pista vip para U2 e Rage Against e exerçam a democracia e coerência plenas.

    O Brasil não só geograficamente, mas na mente, é isolado de tudo do resto do mundo, e não temos nem 1/10 da variedade doutros países pobres (não to nem falando de primeiro mundo) para qualquer produto de consumo, inclusive quanto a música.

    The wall é fruto de um sucesso de rede, tipo ICQ, que as pessoas compravam porque era "obrigatório" ter. E aí, como um disco muito vendido (naquelas estatísticas que inexplicavelmente nunca chegam a denominadores comuns), temos um monte de lixo, ou coisas que são superavaliadas, prontas para o consumo de prateleira.
    avatar
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2802
    Reputação : 395
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por josebarbos em Seg 15 Out 2018, 11:38 pm

    PCS-TRE escreveu:Só refrescando a memória: o Temer fez circular essa ideia nos primeiros dias pós-impeachment. Caiu no vazio por total inviabilidade.
    O que se conclui é que muito do que esses caras soltam já foi objeto de estudos na área técnica do governo, não é coisa que surgiu da mente brilhante e benevolente de uma candidatura redentora ou de um presidente bem intencionado.

    Na minha opinião, para isso prosperar teria que ser implantado gradualmente nos 4 anos, começando por corrigir a tão propalada defasagem de não sei quantos por cento, depois dar um refresco a mais ano a ano até chegar nos tais 5 salários mínimos e com isso a despesa e/ou renuncia de receita que isso representasse iria ser absorvida aos poucos e em parte compensada com os efeitos positivos desse dinheiro a mais despejado na economia.

    Seria uma medida muito corajosa: basta trazer a (correta) interpretação de atualização da tabela, que sempre ignorou a correção monetária, que também já vem sendo alvo nos investimentos de renda fixa, em que o Estado ignora o efeito inflacionário para aumentar artificialmente a arrecadação.

    Fato, especialmente nas classes mais pobres, é que a referida isenção poderia alavancar a renda e o consumo das famílias, resultando em efetivo crescimento econômico, com arrecadação por outros tributos, lá no final da cadeia (a empresa vende mais, tem mais lucro, paga mais tributos que incidem sobre faturamento; mais empregados geram mais receitas etc).
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6131
    Reputação : 228
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por Galizezin em Ter 16 Out 2018, 12:37 am

    Bastião escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Sobre Roger Waters, achei legal.
    Um pouco limitada a sua visão sobre capitalismo, comunismo, esquerda e direita. Eu tenho muito o que aprender, mas superficialidades e senso comum, é complicado.

    O senso comum do comunismo está na Venezuela, em Cuba, na Coréia do Norte, na China. Quem quiser aprender na prática basta migrar.


    _________________
    NO RACISM!
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6131
    Reputação : 228
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por Galizezin em Ter 16 Out 2018, 12:40 am

    Bastião escreveu:Legal é pagar pau pra fascista e ir ao show de "comunista". Isso é democracia. E vc tem toda razão, isso é lindo!

    Fim das contas, quem tá conta a conta cheia da grana é o "lacrador comuna". E os vaiadores pagaram bem para exercer seu direito de protestar. Cada parcelinha do cartão são 3 seg de "uuuu lixo"

    Próxima vez paguem pista vip para U2 e Rage Against e exerçam a democracia e coerência plenas.

    Em casa só entra disco do Dicró, Valdick Soriano e Amado Batista. Mas o comunista não vive o comunismo. O comunista sr. Waters vive o capitalismo, ou seja, ele é hipócrita. No fundo no fundo quem prega o comunismo prega pra vida dos outros.


    _________________
    NO RACISM!
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6131
    Reputação : 228
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por Galizezin em Ter 16 Out 2018, 12:42 am

    josebarbos escreveu:
    PCS-TRE escreveu:Só refrescando a memória: o Temer fez circular essa ideia nos primeiros dias pós-impeachment. Caiu no vazio por total inviabilidade.
    O que se conclui é que muito do que esses caras soltam já foi objeto de estudos na área técnica do governo, não é coisa que surgiu da mente brilhante e benevolente de uma candidatura redentora ou de um presidente bem intencionado.

    Na minha opinião, para isso prosperar teria que ser implantado gradualmente nos 4 anos, começando por corrigir a tão propalada defasagem de não sei quantos por cento, depois dar um refresco a mais ano a ano até chegar nos tais 5 salários mínimos e com isso a despesa e/ou renuncia de receita que isso representasse iria ser absorvida aos poucos e em parte compensada com os efeitos positivos desse dinheiro a mais despejado na economia.

    Seria uma medida muito corajosa: basta trazer a (correta) interpretação de atualização da tabela, que sempre ignorou a correção monetária, que também já vem sendo alvo nos investimentos de renda fixa, em que o Estado ignora o efeito inflacionário para aumentar artificialmente a arrecadação.

    Fato, especialmente nas classes mais pobres, é que a referida isenção poderia alavancar a renda e o consumo das famílias, resultando em efetivo crescimento econômico, com arrecadação por outros tributos, lá no final da cadeia (a empresa vende mais, tem mais lucro, paga mais tributos que incidem sobre faturamento; mais empregados geram mais receitas etc).

    Falar é fácil. Quero ver fazer. Quando sentar na cadeira e ver o fluxo de caixa, quero ver aplicar isso aí. Pra valer já para o ano que vem, ele teria que pedir pro Temer propor essa nova tabela, aproveitando a transição, pois não há como alterar imposto no mesmo ano.


    _________________
    NO RACISM!
    avatar
    PCS-TRE
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1771
    Reputação : 154
    Data de inscrição : 27/02/2015

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por PCS-TRE em Ter 16 Out 2018, 12:51 am

    Galizezin escreveu:
    josebarbos escreveu:
    PCS-TRE escreveu:Só refrescando a memória: o Temer fez circular essa ideia nos primeiros dias pós-impeachment. Caiu no vazio por total inviabilidade.
    O que se conclui é que muito do que esses caras soltam já foi objeto de estudos na área técnica do governo, não é coisa que surgiu da mente brilhante e benevolente de uma candidatura redentora ou de um presidente bem intencionado.

    Na minha opinião, para isso prosperar teria que ser implantado gradualmente nos 4 anos, começando por corrigir a tão propalada defasagem de não sei quantos por cento, depois dar um refresco a mais ano a ano até chegar nos tais 5 salários mínimos e com isso a despesa e/ou renuncia de receita que isso representasse iria ser absorvida aos poucos e em parte compensada com os efeitos positivos desse dinheiro a mais despejado na economia.

    Seria uma medida muito corajosa: basta trazer a (correta) interpretação de atualização da tabela, que sempre ignorou a correção monetária, que também já vem sendo alvo nos investimentos de renda fixa, em que o Estado ignora o efeito inflacionário para aumentar artificialmente a arrecadação.

    Fato, especialmente nas classes mais pobres, é que a referida isenção poderia alavancar a renda e o consumo das famílias, resultando em efetivo crescimento econômico, com arrecadação por outros tributos, lá no final da cadeia (a empresa vende mais, tem mais lucro, paga mais tributos que incidem sobre faturamento; mais empregados geram mais receitas etc).

    Falar é fácil. Quero ver fazer. Quando sentar na cadeira e ver o fluxo de caixa, quero ver aplicar isso aí. Pra valer já para o ano que vem, ele teria que pedir pro Temer propor essa nova tabela, aproveitando a transição, pois não há como alterar imposto no mesmo ano.

    Teria problemas com a LRF, mas não com o princípio da anterioridade. O princípio da anterioridade incide sobre aumento de impostos, não sobre redução.
    No caso da LRF, seria necessário que se indicassem despesas no mesmo valor a serem reduzidas ou que se criasse ou aumentassem outros tributos para compensar essa perda de arrecadação, que foi estimada em 60 bilhões.
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6131
    Reputação : 228
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por Galizezin em Ter 16 Out 2018, 12:57 am

    Verdade.


    _________________
    NO RACISM!
    avatar
    PCS-TRE
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1771
    Reputação : 154
    Data de inscrição : 27/02/2015

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por PCS-TRE em Ter 16 Out 2018, 1:05 am

    No caso do 13ª do bolsa família, pode até ser. O índice de fraudes deve estar mesmo na faixa de uns 8 a 10% ou até mais, o que daria para pagar mais um mês de benefício. O problema, eles sempre existem, é em quanto tempo e quanto custaria para identificar e extirpar essas supostas fraudes e se a promessa desse 13º seria já para o primeiro ano ou seria para depois.
    avatar
    EmCuiabá
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 40
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 03/06/2015

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por EmCuiabá em Ter 16 Out 2018, 11:48 am

    Pensando no meu umbigo, o que quero mesmo é que o novo presidente altere de cara a tabela do IR, para muitos será igual ou melhor do que quaisquer das parcelas semestrais do nosso reajuste.

    Pela proposta do Bolsonaro:  isenção até 5 salários mínimos e, a partir de então 20%, independente do valor. OBS: O mesmo afirmou que, a depender do impacto, ainda poderá fazer um escalonamento, como, por exemplo: 10, 15 e 20%.

    Como exemplo, um servidor que ganha R$ 15.000,00, sem contar com qualquer dedução, hoje paga R$ 3.255,64 a título de IR. levando-se em consideração a proposta de Bolsonaro, este valor cairia para R$ 1.994,00 (considerando que o salário mínimo proposto para o próximo ano é de R$ 1.006,00, ou seja, uma diferença de R$ 1.231,64.

    Já a proposta do Haddad, apesar de também pretender isentar quem ganha até 5 salários mínimos, relaciona esta proposta ao aumento da aliquota dos mais ricos,e ainda, à inclui em uma proposta de reforma tributária... Assim, não dá pra botar fé na proposta deste candidato. Convenhamos que relacionar esta hipótese ao aumento da tributação sobre os mais ricos é praticamente inviabilizar tal projeto, pois dificilmente será aprovado na Câmara, estamos em período de crise. Mesmo que assim não fosse, ainda há toda a morosidade para o tramite de uma reforma tributária, ao incluir a proposta de alteração da tabela do IR dentro da reforma em geral, o que se conclui é que, se vir a ser aprovada, aconteceria, quiçá, ao final de seu mandato, e olhe lá.
    avatar
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2039
    Reputação : 269
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por androsvilazza em Ter 16 Out 2018, 12:39 pm

    EmCuiabá escreveu:Pensando no meu umbigo, o que quero mesmo é que o novo presidente altere de cara a tabela do IR, para muitos será igual ou melhor do que quaisquer das parcelas semestrais do nosso reajuste.

    Pela proposta do Bolsonaro:  isenção até 5 salários mínimos e, a partir de então 20%, independente do valor. OBS: O mesmo afirmou que, a depender do impacto, ainda poderá fazer um escalonamento, como, por exemplo: 10, 15 e 20%.

    Como exemplo, um servidor que ganha R$ 15.000,00, sem contar com qualquer dedução, hoje paga R$ 3.255,64 a título de IR. levando-se em consideração a proposta de Bolsonaro, este valor cairia para R$ 1.994,00 (considerando que o salário mínimo proposto para o próximo ano é de R$ 1.006,00, ou seja, uma diferença de R$ 1.231,64.

    Já a proposta do Haddad, apesar de também pretender isentar quem ganha até 5 salários mínimos, relaciona esta proposta ao aumento da aliquota dos mais ricos,e ainda, à inclui em uma proposta de reforma tributária... Assim, não dá pra botar fé na proposta deste candidato. Convenhamos que relacionar esta hipótese ao aumento da tributação sobre os mais ricos é praticamente inviabilizar tal projeto, pois dificilmente será aprovado na Câmara, estamos em período de crise. Mesmo que assim não fosse, ainda há toda a morosidade para o tramite de uma reforma tributária, ao incluir a proposta de alteração da tabela do IR dentro da reforma em geral, o que se conclui é que, se vir a ser aprovada, aconteceria, quiçá, ao final de seu mandato, e olhe lá.

    A proposta de alíquota única para o IR dependeria, também, de uma emenda constitucional, já que está previsto na Constituição Federal que esse imposto tem de ser pautado pelo critério de progressividade. Se há alíquota única, ele deixa de ser progressivo e passaria a ser, portanto, inconstitucional.

    Fora as questões legais, há a questão fiscal, e essa eu acho mais difícil de equacionar. Há três alternativas para contornar a questão fiscal, e acho todas elas de difícil implementação:

    1) aumento de outros impostos - difícil; no Brasil se tributa (basicamente) lucro, renda, patrimônio e consumo. Para diminuir o imposto sobre a renda, teria de ser aumentado o imposto sobre o patrimônio, lucro ou consumo. Imposto sobre consumo (que incidem sobre os produtos, como ICMS, IPI) é muito difícil aumentar, pois já são altos e penalizam especialmente os mais pobres. Tributo sobre o lucro também está num patamar muito alto, quando comparado aos demais países, e sufoca a capacidade de investimento das empresas. Uma alternativa possível seria aumentar os impostos sobre o patrimônio (são de competência de Estados e Municípios), com contrapartida na redução dos repasses de IR aos Fundos de Participação dos Estados e Municípios. Vejo duas dificuldades nesse ponto: a) negociar essa renovação do pacto federativo - é um vespeiro enorme, e os Fundos de Participação visam, também, reduzir as desigualdades regionais. b) Estados e Municípios têm uma capacidade muito menor de fiscalização e tributação, muitas vezes ficando dependentes dos repasses da União justamente por não conseguirem implementar a contento seus próprios impostos. Não sei se uma reforma nesse sentido aumentaria tanto assim a eficácia no recolhimento de IPVA, IPTU, ITR, ITCMD e ITBI. Talvez o recolhimento de impostos, no agregado, diminuísse, impondo aos Estados e Municípios dificuldades ainda maiores;

    2) redução expressiva de gastos - ainda mais difícil. A capacidade de investimento do governo (gastos discricionários) já está reduzida a níveis mínimos históricos. Por outro lado, os gastos vinculados (previdência, folha de pessoal, encargos da dívida, transferências constitucionais) continuam crescendo. Pra mudar esse cenário seria preciso uma reforma administrativa ampla, ou redução dos percentuais de vinculação dos gastos (saúde, educação, transferências constitucionais etc). Ambas as medidas sofreriam intensa oposição social, política e/ou de corporações. Basta ver a dificuldade que existe na aprovação de uma reforma da previdência (que, independentemente do mérito - justa ou injusta, imprescindível ou desnecessária - teria o potencial de redução de gastos) e as fortes críticas, principalmente de corporações, que recebe a PEC do teto (que leva, indiretamente, à necessidade de revisão/realocação de gastos).

    3) crescimento expressivo da economia que, por sua vez, levaria ao aumento da arrecadação geral, mesmo com redução das alíquotas sobre a renda - seria a melhor opção, mas no momento é utópica.

    Conteúdo patrocinado

    Re: DISCUSSÃO DE PROSPOSTAS - Haddad vs Bolsonaro

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg 17 Dez 2018, 3:26 pm