PCS JÁ



    Concurso TRF da 4ª Região: previsão de sair?

    Compartilhe
    avatar
    pernalonga
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1860
    Reputação : 769
    Data de inscrição : 25/04/2012

    Concurso TRF da 4ª Região: previsão de sair?

    Mensagem por pernalonga em Ter 23 Out 2018, 1:40 pm

    Pessoal, alguém do TRF4 sabe algo sobre o próximo concurso? Validade do atual é 12/12/18, e tem um monte de vagas ociosas, tudo trancado em função da PEC 95.Tô no ritmo dos estudos, e querendo saber se dá pra apostar nesse ainda no 1º semestre do ano que vem. Grato desde já
    avatar
    tre-rj
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1308
    Reputação : 91
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Re: Concurso TRF da 4ª Região: previsão de sair?

    Mensagem por tre-rj em Ter 23 Out 2018, 2:18 pm

    Não sei se te interessa:
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    A eleição presidencial cristalizou uma divisão política e ideológica na cúpula do Judiciário.

    Parte dos juízes entende ser necessário agir de imediato contra qualquer iniciativa do Executivo ou do Legislativo que contenha laivos de uma visão autoritária, com potencial ameaça à ordem democrática.

    É nesse contexto que ocorreram as duras reações dos ministros do Supremo Celso de Mello e Alexandre de Moraes, ontem, sobre a “fórmula” para fechar o STF, apresentada pelo ex-policial e deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

    Moraes abandonou a habitual discrição e pediu em público um inquérito contra o deputado, filho do candidato presidencial líder nas pesquisas. Levantou a suspeita de crime de incitação a golpe de Estado, previsto na Lei de Segurança Nacional.

    Outros integrantes do comando do Judiciário seguem por trilha distinta. Ofereceram ao candidato Bolsonaro uma ponte para o futuro. Ela lhe permitiria irradiar as ideias sobre a regressão nos direitos civis nos tribunais federais e superiores.

    Se as negociações avançarem, é provável que a proposta de Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2020 contenha uma reserva para criação de novos tribunais federais.

    Assim, o novo governo teria espaço para nomear quase uma centena de juízes na segunda instância e nos tribunais superiores. As escolhas, obviamente, obedeceriam à afinidade com um plano conservador nos costumes e liberal na economia.

    Nessa conversa, até agora, rebarbaram-se os custos políticos e o bolso de quem paga a conta. Abstraiu-se o fato de que o Brasil mantém a Justiça mais cara do planeta.

    O Judiciário consome 1,3% do Produto Interno Bruto. Significa despesa anual de R$ 364 (US$ 91) no bolso de cada um dos 208 milhões de habitantes. Esse nível de gasto com a Justiça só existe na Suíça, cuja população é 25 vezes menor e tem renda cinco vezes maior.

    A perspectiva de poder aumenta o custo do antiliberalismo de Jair Bolsonaro.


    pernalonga escreveu:Pessoal, alguém do TRF4 sabe algo sobre o próximo concurso? Validade do atual é 12/12/18, e tem um monte de vagas ociosas, tudo trancado em função da PEC 95.Tô no ritmo dos estudos, e querendo saber se dá pra apostar nesse ainda no 1º semestre do ano que vem. Grato desde já

    jornalista
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1203
    Reputação : 32
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Re: Concurso TRF da 4ª Região: previsão de sair?

    Mensagem por jornalista em Ter 23 Out 2018, 7:50 pm

    pernalonga escreveu:Pessoal, alguém do TRF4 sabe algo sobre o próximo concurso? Validade do atual é 12/12/18, e tem um monte de vagas ociosas, tudo trancado em função da PEC 95.Tô no ritmo dos estudos, e querendo saber se dá pra apostar nesse ainda no 1º semestre do ano que vem. Grato desde já
    Acho difícil Perna. Não é impossível pq é o melhor tribunal do país. Mas no trf1, o pior, estão nomeando bem devagar e há muitas vagas também. Não sei qual o seu foco, mas eu focaria na magistratura para membro ou na Receita para servidor.
    avatar
    euvoltei
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1089
    Reputação : 121
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Re: Concurso TRF da 4ª Região: previsão de sair?

    Mensagem por euvoltei em Ter 23 Out 2018, 8:35 pm

    Interessante sim....

    Dias desses o Min Ives Gandra do TST, que foi favorável a reforma trabalhista, encontrou-se por 1 hora com bolsonaro, nada saiu sobre o assunto...Certamente coisa grande....

    Acho sim, que teremos mudanças, e é lógico, pois é por isso que ele está sendo eleito, pra mudar....


    tre-rj escreveu:Não sei se te interessa:
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    A eleição presidencial cristalizou uma divisão política e ideológica na cúpula do Judiciário.

    Parte dos juízes entende ser necessário agir de imediato contra qualquer iniciativa do Executivo ou do Legislativo que contenha laivos de uma visão autoritária, com potencial ameaça à ordem democrática.

    É nesse contexto que ocorreram as duras reações dos ministros do Supremo Celso de Mello e Alexandre de Moraes, ontem, sobre a “fórmula” para fechar o STF, apresentada pelo ex-policial e deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

    Moraes abandonou a habitual discrição e pediu em público um inquérito contra o deputado, filho do candidato presidencial líder nas pesquisas. Levantou a suspeita de crime de incitação a golpe de Estado, previsto na Lei de Segurança Nacional.

    Outros integrantes do comando do Judiciário seguem por trilha distinta. Ofereceram ao candidato Bolsonaro uma ponte para o futuro. Ela lhe permitiria irradiar as ideias sobre a regressão nos direitos civis nos tribunais federais e superiores.

    Se as negociações avançarem, é provável que a proposta de Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2020 contenha uma reserva para criação de novos tribunais federais.

    Assim, o novo governo teria espaço para nomear quase uma centena de juízes na segunda instância e nos tribunais superiores. As escolhas, obviamente, obedeceriam à afinidade com um plano conservador nos costumes e liberal na economia.

    Nessa conversa, até agora, rebarbaram-se os custos políticos e o bolso de quem paga a conta. Abstraiu-se o fato de que o Brasil mantém a Justiça mais cara do planeta.

    O Judiciário consome 1,3% do Produto Interno Bruto. Significa despesa anual de R$ 364 (US$ 91) no bolso de cada um dos 208 milhões de habitantes. Esse nível de gasto com a Justiça só existe na Suíça, cuja população é 25 vezes menor e tem renda cinco vezes maior.

    A perspectiva de poder aumenta o custo do antiliberalismo de Jair Bolsonaro.


    pernalonga escreveu:Pessoal, alguém do TRF4 sabe algo sobre o próximo concurso? Validade do atual é 12/12/18, e tem um monte de vagas ociosas, tudo trancado em função da PEC 95.Tô no ritmo dos estudos, e querendo saber se dá pra apostar nesse ainda no 1º semestre do ano que vem. Grato desde já
    avatar
    Sigma
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Analista Judiciário - Especialidade TI
    Mensagens : 5092
    Reputação : 134
    Data de inscrição : 08/07/2010
    Idade : 38
    Localização : Curitiba/PR

    Re: Concurso TRF da 4ª Região: previsão de sair?

    Mensagem por Sigma em Qua 24 Out 2018, 12:46 pm

    Relembrando, há 4 TRF's a serem implementados:

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    avatar
    pernalonga
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1860
    Reputação : 769
    Data de inscrição : 25/04/2012

    Re: Concurso TRF da 4ª Região: previsão de sair?

    Mensagem por pernalonga em Qua 24 Out 2018, 1:37 pm

    jornalista escreveu:
    pernalonga escreveu:Pessoal, alguém do TRF4 sabe algo sobre o próximo concurso? Validade do atual é 12/12/18, e tem um monte de vagas ociosas, tudo trancado em função da PEC 95.Tô no ritmo dos estudos, e querendo saber se dá pra apostar nesse ainda no 1º semestre do ano que vem. Grato desde já
    Acho difícil Perna. Não é impossível pq é o melhor tribunal do país. Mas no trf1, o pior, estão nomeando bem devagar e há muitas vagas também. Não sei qual o seu foco, mas eu focaria na magistratura para membro ou na Receita para servidor.

    Na real o que eu tava a fim mesmo era continuar como servidor na JF, de preferência aqui na minha cidadezinha do interior, hehehehe. Fiz esses dias pro MPU, mas acho que nao vai rolar com a média. Magistratura é um projeto de muito longo prazo, pro curto e médio tava pelos concursos pros tribunais mesmo
    avatar
    PCS-TRE
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1744
    Reputação : 154
    Data de inscrição : 27/02/2015

    Re: Concurso TRF da 4ª Região: previsão de sair?

    Mensagem por PCS-TRE em Qua 24 Out 2018, 1:44 pm

    .


    Última edição por PCS-TRE em Qua 24 Out 2018, 1:47 pm, editado 1 vez(es)
    avatar
    PCS-TRE
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1744
    Reputação : 154
    Data de inscrição : 27/02/2015

    Re: Concurso TRF da 4ª Região: previsão de sair?

    Mensagem por PCS-TRE em Qua 24 Out 2018, 1:45 pm

    tre-rj escreveu:Não sei se te interessa:
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    A eleição presidencial cristalizou uma divisão política e ideológica na cúpula do Judiciário.

    Parte dos juízes entende ser necessário agir de imediato contra qualquer iniciativa do Executivo ou do Legislativo que contenha laivos de uma visão autoritária, com potencial ameaça à ordem democrática.

    É nesse contexto que ocorreram as duras reações dos ministros do Supremo Celso de Mello e Alexandre de Moraes, ontem, sobre a “fórmula” para fechar o STF, apresentada pelo ex-policial e deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

    Moraes abandonou a habitual discrição e pediu em público um inquérito contra o deputado, filho do candidato presidencial líder nas pesquisas. Levantou a suspeita de crime de incitação a golpe de Estado, previsto na Lei de Segurança Nacional.

    Outros integrantes do comando do Judiciário seguem por trilha distinta. Ofereceram ao candidato Bolsonaro uma ponte para o futuro. Ela lhe permitiria irradiar as ideias sobre a regressão nos direitos civis nos tribunais federais e superiores.

    Se as negociações avançarem, é provável que a proposta de Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2020 contenha uma reserva para criação de novos tribunais federais.



    Assim, o novo governo teria espaço para nomear quase uma centena de juízes na segunda instância e nos tribunais superiores. As escolhas, obviamente, obedeceriam à afinidade com um plano conservador nos costumes e liberal na economia.

    Nessa conversa, até agora, rebarbaram-se os custos políticos e o bolso de quem paga a conta. Abstraiu-se o fato de que o Brasil mantém a Justiça mais cara do planeta.

    O Judiciário consome 1,3% do Produto Interno Bruto. Significa despesa anual de R$ 364 (US$ 91) no bolso de cada um dos 208 milhões de habitantes. Esse nível de gasto com a Justiça só existe na Suíça, cuja população é 25 vezes menor e tem renda cinco vezes maior.

    A perspectiva de poder aumenta o custo do antiliberalismo de Jair Bolsonaro.


    pernalonga escreveu:Pessoal, alguém do TRF4 sabe algo sobre o próximo concurso? Validade do atual é 12/12/18, e tem um monte de vagas ociosas, tudo trancado em função da PEC 95.Tô no ritmo dos estudos, e querendo saber se dá pra apostar nesse ainda no 1º semestre do ano que vem. Grato desde já

    Opa.
    Os 4 TRFs criados por Emenda Constitucionais, que precisam de lei para serem implantados.
    Será que vai, nesse cenário de rombo nas contas públicas?
    avatar
    pernalonga
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1860
    Reputação : 769
    Data de inscrição : 25/04/2012

    Re: Concurso TRF da 4ª Região: previsão de sair?

    Mensagem por pernalonga em Qua 24 Out 2018, 1:48 pm

    PCS-TRE escreveu:
    tre-rj escreveu:Não sei se te interessa:
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    A eleição presidencial cristalizou uma divisão política e ideológica na cúpula do Judiciário.

    Parte dos juízes entende ser necessário agir de imediato contra qualquer iniciativa do Executivo ou do Legislativo que contenha laivos de uma visão autoritária, com potencial ameaça à ordem democrática.

    É nesse contexto que ocorreram as duras reações dos ministros do Supremo Celso de Mello e Alexandre de Moraes, ontem, sobre a “fórmula” para fechar o STF, apresentada pelo ex-policial e deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

    Moraes abandonou a habitual discrição e pediu em público um inquérito contra o deputado, filho do candidato presidencial líder nas pesquisas. Levantou a suspeita de crime de incitação a golpe de Estado, previsto na Lei de Segurança Nacional.

    Outros integrantes do comando do Judiciário seguem por trilha distinta. Ofereceram ao candidato Bolsonaro uma ponte para o futuro. Ela lhe permitiria irradiar as ideias sobre a regressão nos direitos civis nos tribunais federais e superiores.

    Se as negociações avançarem, é provável que a proposta de Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2020 contenha uma reserva para criação de novos tribunais federais.



    Assim, o novo governo teria espaço para nomear quase uma centena de juízes na segunda instância e nos tribunais superiores. As escolhas, obviamente, obedeceriam à afinidade com um plano conservador nos costumes e liberal na economia.

    Nessa conversa, até agora, rebarbaram-se os custos políticos e o bolso de quem paga a conta. Abstraiu-se o fato de que o Brasil mantém a Justiça mais cara do planeta.

    O Judiciário consome 1,3% do Produto Interno Bruto. Significa despesa anual de R$ 364 (US$ 91) no bolso de cada um dos 208 milhões de habitantes. Esse nível de gasto com a Justiça só existe na Suíça, cuja população é 25 vezes menor e tem renda cinco vezes maior.

    A perspectiva de poder aumenta o custo do antiliberalismo de Jair Bolsonaro.


    pernalonga escreveu:Pessoal, alguém do TRF4 sabe algo sobre o próximo concurso? Validade do atual é 12/12/18, e tem um monte de vagas ociosas, tudo trancado em função da PEC 95.Tô no ritmo dos estudos, e querendo saber se dá pra apostar nesse ainda no 1º semestre do ano que vem. Grato desde já

    Opa.
    Os 4 TRFs criados por Emenda Constitucionais, que precisam de lei para serem implantados.
    Será que vai, nesse cenário de rombo nas contas públicas?

    Duvido. A não ser que seja real a ideia doida de aumentar pra 21 os ministros do STF, porque daí pro Bolsonaro vale a pena qualquer esforço financeiro
    avatar
    Sigma
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Analista Judiciário - Especialidade TI
    Mensagens : 5092
    Reputação : 134
    Data de inscrição : 08/07/2010
    Idade : 38
    Localização : Curitiba/PR

    Re: Concurso TRF da 4ª Região: previsão de sair?

    Mensagem por Sigma em Qua 24 Out 2018, 3:36 pm

    pernalonga escreveu:
    PCS-TRE escreveu:
    tre-rj escreveu:Não sei se te interessa:
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    A eleição presidencial cristalizou uma divisão política e ideológica na cúpula do Judiciário.

    Parte dos juízes entende ser necessário agir de imediato contra qualquer iniciativa do Executivo ou do Legislativo que contenha laivos de uma visão autoritária, com potencial ameaça à ordem democrática.

    É nesse contexto que ocorreram as duras reações dos ministros do Supremo Celso de Mello e Alexandre de Moraes, ontem, sobre a “fórmula” para fechar o STF, apresentada pelo ex-policial e deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

    Moraes abandonou a habitual discrição e pediu em público um inquérito contra o deputado, filho do candidato presidencial líder nas pesquisas. Levantou a suspeita de crime de incitação a golpe de Estado, previsto na Lei de Segurança Nacional.

    Outros integrantes do comando do Judiciário seguem por trilha distinta. Ofereceram ao candidato Bolsonaro uma ponte para o futuro. Ela lhe permitiria irradiar as ideias sobre a regressão nos direitos civis nos tribunais federais e superiores.

    Se as negociações avançarem, é provável que a proposta de Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2020 contenha uma reserva para criação de novos tribunais federais.



    Assim, o novo governo teria espaço para nomear quase uma centena de juízes na segunda instância e nos tribunais superiores. As escolhas, obviamente, obedeceriam à afinidade com um plano conservador nos costumes e liberal na economia.

    Nessa conversa, até agora, rebarbaram-se os custos políticos e o bolso de quem paga a conta. Abstraiu-se o fato de que o Brasil mantém a Justiça mais cara do planeta.

    O Judiciário consome 1,3% do Produto Interno Bruto. Significa despesa anual de R$ 364 (US$ 91) no bolso de cada um dos 208 milhões de habitantes. Esse nível de gasto com a Justiça só existe na Suíça, cuja população é 25 vezes menor e tem renda cinco vezes maior.

    A perspectiva de poder aumenta o custo do antiliberalismo de Jair Bolsonaro.


    pernalonga escreveu:Pessoal, alguém do TRF4 sabe algo sobre o próximo concurso? Validade do atual é 12/12/18, e tem um monte de vagas ociosas, tudo trancado em função da PEC 95.Tô no ritmo dos estudos, e querendo saber se dá pra apostar nesse ainda no 1º semestre do ano que vem. Grato desde já

    Opa.
    Os 4 TRFs criados por Emenda Constitucionais, que precisam de lei para serem implantados.
    Será que vai, nesse cenário de rombo nas contas públicas?

    Duvido. A não ser que seja real a ideia doida de aumentar pra 21 os ministros do STF, porque daí pro Bolsonaro vale a pena qualquer esforço financeiro

    Ou a diminuição dos TRT's, com redirecionamento de pessoal e estrutura para a criação dos TRF's.

    De qualquer forma, acho improvável.
    avatar
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6068
    Reputação : 228
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Re: Concurso TRF da 4ª Região: previsão de sair?

    Mensagem por Galizezin em Qua 24 Out 2018, 10:13 pm

    pernalonga escreveu:
    PCS-TRE escreveu:
    tre-rj escreveu:Não sei se te interessa:
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    A eleição presidencial cristalizou uma divisão política e ideológica na cúpula do Judiciário.

    Parte dos juízes entende ser necessário agir de imediato contra qualquer iniciativa do Executivo ou do Legislativo que contenha laivos de uma visão autoritária, com potencial ameaça à ordem democrática.

    É nesse contexto que ocorreram as duras reações dos ministros do Supremo Celso de Mello e Alexandre de Moraes, ontem, sobre a “fórmula” para fechar o STF, apresentada pelo ex-policial e deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

    Moraes abandonou a habitual discrição e pediu em público um inquérito contra o deputado, filho do candidato presidencial líder nas pesquisas. Levantou a suspeita de crime de incitação a golpe de Estado, previsto na Lei de Segurança Nacional.

    Outros integrantes do comando do Judiciário seguem por trilha distinta. Ofereceram ao candidato Bolsonaro uma ponte para o futuro. Ela lhe permitiria irradiar as ideias sobre a regressão nos direitos civis nos tribunais federais e superiores.

    Se as negociações avançarem, é provável que a proposta de Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2020 contenha uma reserva para criação de novos tribunais federais.



    Assim, o novo governo teria espaço para nomear quase uma centena de juízes na segunda instância e nos tribunais superiores. As escolhas, obviamente, obedeceriam à afinidade com um plano conservador nos costumes e liberal na economia.

    Nessa conversa, até agora, rebarbaram-se os custos políticos e o bolso de quem paga a conta. Abstraiu-se o fato de que o Brasil mantém a Justiça mais cara do planeta.

    O Judiciário consome 1,3% do Produto Interno Bruto. Significa despesa anual de R$ 364 (US$ 91) no bolso de cada um dos 208 milhões de habitantes. Esse nível de gasto com a Justiça só existe na Suíça, cuja população é 25 vezes menor e tem renda cinco vezes maior.

    A perspectiva de poder aumenta o custo do antiliberalismo de Jair Bolsonaro.


    pernalonga escreveu:Pessoal, alguém do TRF4 sabe algo sobre o próximo concurso? Validade do atual é 12/12/18, e tem um monte de vagas ociosas, tudo trancado em função da PEC 95.Tô no ritmo dos estudos, e querendo saber se dá pra apostar nesse ainda no 1º semestre do ano que vem. Grato desde já

    Opa.
    Os 4 TRFs criados por Emenda Constitucionais, que precisam de lei para serem implantados.
    Será que vai, nesse cenário de rombo nas contas públicas?

    Duvido. A não ser que seja real a ideia doida de aumentar pra 21 os ministros do STF, porque daí pro Bolsonaro vale a pena qualquer esforço financeiro

    Se a ideia pegar, em mais uns três mandatos presidenciais estaremos com uns 150 ministros do STF...


    _________________
    NO RACISM!

    jornalista
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1203
    Reputação : 32
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Re: Concurso TRF da 4ª Região: previsão de sair?

    Mensagem por jornalista em Qua 24 Out 2018, 10:40 pm

    Galizezin escreveu:
    pernalonga escreveu:
    PCS-TRE escreveu:
    tre-rj escreveu:Não sei se te interessa:
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    A eleição presidencial cristalizou uma divisão política e ideológica na cúpula do Judiciário.

    Parte dos juízes entende ser necessário agir de imediato contra qualquer iniciativa do Executivo ou do Legislativo que contenha laivos de uma visão autoritária, com potencial ameaça à ordem democrática.

    É nesse contexto que ocorreram as duras reações dos ministros do Supremo Celso de Mello e Alexandre de Moraes, ontem, sobre a “fórmula” para fechar o STF, apresentada pelo ex-policial e deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

    Moraes abandonou a habitual discrição e pediu em público um inquérito contra o deputado, filho do candidato presidencial líder nas pesquisas. Levantou a suspeita de crime de incitação a golpe de Estado, previsto na Lei de Segurança Nacional.

    Outros integrantes do comando do Judiciário seguem por trilha distinta. Ofereceram ao candidato Bolsonaro uma ponte para o futuro. Ela lhe permitiria irradiar as ideias sobre a regressão nos direitos civis nos tribunais federais e superiores.

    Se as negociações avançarem, é provável que a proposta de Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2020 contenha uma reserva para criação de novos tribunais federais.



    Assim, o novo governo teria espaço para nomear quase uma centena de juízes na segunda instância e nos tribunais superiores. As escolhas, obviamente, obedeceriam à afinidade com um plano conservador nos costumes e liberal na economia.

    Nessa conversa, até agora, rebarbaram-se os custos políticos e o bolso de quem paga a conta. Abstraiu-se o fato de que o Brasil mantém a Justiça mais cara do planeta.

    O Judiciário consome 1,3% do Produto Interno Bruto. Significa despesa anual de R$ 364 (US$ 91) no bolso de cada um dos 208 milhões de habitantes. Esse nível de gasto com a Justiça só existe na Suíça, cuja população é 25 vezes menor e tem renda cinco vezes maior.

    A perspectiva de poder aumenta o custo do antiliberalismo de Jair Bolsonaro.




    Opa.
    Os 4 TRFs criados por Emenda Constitucionais, que precisam de lei para serem implantados.
    Será que vai, nesse cenário de rombo nas contas públicas?

    Duvido. A não ser que seja real a ideia doida de aumentar pra 21 os ministros do STF, porque daí pro Bolsonaro vale a pena qualquer esforço financeiro

    Se a ideia pegar, em mais uns três mandatos presidenciais estaremos com uns 150 ministros do STF...
    O mito já voltou atrás nisso. E faz tempo.

    Conteúdo patrocinado

    Re: Concurso TRF da 4ª Região: previsão de sair?

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Dom 18 Nov 2018, 8:26 pm