PCS JÁ



    Reforma da Previdência (versão 2019)

    cangaceiro
    cangaceiro
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 194
    Reputação : 17
    Data de inscrição : 02/06/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por cangaceiro em Qua 06 Mar 2019, 10:27 am

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    O atrativo para migrar é a correção pelo INPC. Se tirarem o índice e colorarem um outro com correção que não garante a inflação vamos ter problemas nos valores do teto e do BE
    josebarbos
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2951
    Reputação : 404
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por josebarbos em Qua 06 Mar 2019, 10:44 am

    cangaceiro escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    O atrativo para migrar é a correção pelo INPC. Se tirarem o índice e colorarem um outro com correção  que não garante a inflação vamos ter problemas nos valores do teto e do BE

    Como eu disse anteriormente, há um interessante contrapeso que deve ser avaliado: diferentemente do IR, em que o governo somente arrecada, ao não corrigir a tabela de benefícios ele PERDE arrecadação.
    Então, não há menor sentido para não manter a correção por um índice vinculado à inflação.
    SEG
    SEG
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 184
    Reputação : 1
    Data de inscrição : 24/02/2014

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por SEG em Qui 07 Mar 2019, 9:58 am

    José Barbosa, você montou tabela para cálculo das novas alíquotas de contribuição previdenciária?
    ale1969
    ale1969
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 926
    Reputação : 88
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por ale1969 em Qui 07 Mar 2019, 12:20 pm

    Para quem ainda tem dúvidas sobre os verdadeiros "donos" do Brasil. Não são os "esquerdalhas" nem os "direitalhas" das redes sociais, estes são os otários que pagam as contas.

    Prestem atenção na tabela 9, da RF. Isso sem falar nos sonegadores...

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    A divisão da classe trabalhadora só favorece a elite rentista. vamos acordar, ainda há tempo.
    VadeMekum
    VadeMekum
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1277
    Reputação : 187
    Data de inscrição : 11/05/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por VadeMekum em Qui 07 Mar 2019, 12:31 pm

    A verdade é: o sistema previdenciário, se se encontra deficitário, não é meramente pelo descompasso entre os que inativam e aqueles que contribuirão para o pagamento desses proventos.

    O rombo advém de desvio de grana e má gestão, e não são os responsáveis que irão pagar a conta.

    E, na perspectiva conservadora (e até fundada, digamos) da impossibilidade de pgto em termos de proventos de integralidade, o povão simpatizante da Funpresp fica botando lenha pra mais e mais gente aderir ao tal Fundo.

    Eu até entendo o interesse, mas discursinho demagógico de aderir a isso pq "ama o Brasil" é de doer, hem?


    megusta
    VadeMekum
    VadeMekum
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1277
    Reputação : 187
    Data de inscrição : 11/05/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por VadeMekum em Qui 07 Mar 2019, 12:32 pm

    Agradeço inclusive ao colega - se não me engano Andros - que lá atrás me informou a data final para adesão ao teto-RGPS.

    like
    ale1969
    ale1969
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 926
    Reputação : 88
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por ale1969 em Qui 07 Mar 2019, 3:20 pm

    VadeMekum escreveu:A verdade é: o sistema previdenciário, se se encontra deficitário, não é meramente pelo descompasso entre os que inativam e aqueles que contribuirão para o pagamento desses proventos.

    O rombo advém de desvio de grana e má gestão, e não são os responsáveis que irão pagar a conta.

    E, na perspectiva conservadora (e até fundada, digamos) da impossibilidade de pgto em termos de proventos de integralidade, o povão simpatizante da Funpresp fica botando lenha pra mais e mais gente aderir ao tal Fundo.

    Eu até entendo o interesse, mas discursinho demagógico de aderir a isso pq "ama o Brasil" é de doer, hem?


    megusta

    O problema maior é a falta de consciência de classe. Há quem não se considere trabalhador, por ganhar acima da média nacional. Aqui no fórum tá cheio.
    jotajota
    jotajota
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 353
    Reputação : 68
    Data de inscrição : 17/03/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por jotajota em Qui 07 Mar 2019, 9:17 pm

    Ninguém quer se aposentar mais tarde ou ser prejudicado... Entretanto não há como vencer a matemática. A conta não fecha. Sejamos realistas. Moramos no Brasil. Ninguém irá devolver o que foi desviado no passado, e atualmente o sistema deixou de ser superavitário. A realidade é esta...
    josebarbos
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2951
    Reputação : 404
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por josebarbos em Qui 07 Mar 2019, 9:53 pm

    SEG escreveu:José Barbosa, você montou tabela para cálculo das novas alíquotas de contribuição previdenciária?

    Não exatamente uma tabela, mas há uma informação adicional no simulador:
    novopcs.josebarbosa.com.br


    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Ele te informa quanto seria a nova contribuição, caso passe a reforma original, bem como a alíquota efetiva. No exemplo em tela, um Analista 13, sem qualquer adicionais.
    josebarbos
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2951
    Reputação : 404
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por josebarbos em Qui 07 Mar 2019, 10:12 pm

    ale1969 escreveu:Para quem ainda tem dúvidas sobre os verdadeiros "donos" do Brasil. Não são os "esquerdalhas" nem os "direitalhas" das redes sociais, estes são os otários que pagam as contas.

    Prestem atenção na tabela 9, da RF. Isso sem falar nos sonegadores...

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    A divisão da classe trabalhadora só favorece a elite rentista. vamos acordar, ainda há tempo.

    Discussão tola. O total de rendimentos isentos é de 13 bilhões. Numa alíquota sueca, conteria o crescimento do déficit por seis meses, supondo que não haveria um centavo sonegado ou tributariamente planejado, nem a fuga de recursos do país, que poderiam representar um prejuízo muito maior.

    Acho engraçado servidor público falar tão mal de banqueiro, mas é o primeiro a favorecer a concentração bancária, isto sim, algo muito ruim à economia do país. Com portabilidade, e recursos segurados via FGC, a primeira coisa para fazer a mudar é abrir conta num "banco pequeno" e pedir para receber salários, investir e tomar crédito de lá ou, melhor ainda, numa cooperativa de crédito. Ao invés de pagar juros, receber é bem melhor.
    josebarbos
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2951
    Reputação : 404
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por josebarbos em Qui 07 Mar 2019, 10:15 pm

    ale1969 escreveu:
    O problema maior é a falta de consciência de classe. Há quem não se considere trabalhador, por ganhar acima da média nacional. Aqui no fórum tá cheio.

    Pior ainda é quem acha que governo é bonzinho e quer Estados cada vez maiores, mais poderosos e onipresentes, ainda que em detrimento às mais básicas liberdades individuais.
    SEG
    SEG
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 184
    Reputação : 1
    Data de inscrição : 24/02/2014

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por SEG em Sex 08 Mar 2019, 9:40 am

    josebarbos escreveu:
    SEG escreveu:José Barbosa, você montou tabela para cálculo das novas alíquotas de contribuição previdenciária?

    Não exatamente uma tabela, mas há uma informação adicional no simulador:
    novopcs.josebarbosa.com.br


    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Ele te informa quanto seria a nova contribuição, caso passe a reforma original, bem como a alíquota efetiva. No exemplo em tela, um Analista 13, sem qualquer adicionais.

    Valeu, JB! Obrigado.
    ale1969
    ale1969
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 926
    Reputação : 88
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por ale1969 em Sex 08 Mar 2019, 11:22 am

    josebarbos escreveu:
    ale1969 escreveu:Para quem ainda tem dúvidas sobre os verdadeiros "donos" do Brasil. Não são os "esquerdalhas" nem os "direitalhas" das redes sociais, estes são os otários que pagam as contas.

    Prestem atenção na tabela 9, da RF. Isso sem falar nos sonegadores...

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    A divisão da classe trabalhadora só favorece a elite rentista. vamos acordar, ainda há tempo.

    Discussão tola. O total de rendimentos isentos é de 13 bilhões. Numa alíquota sueca, conteria o crescimento do déficit por seis meses, supondo que não haveria um centavo sonegado ou tributariamente planejado, nem a fuga de recursos do país, que poderiam representar um prejuízo muito maior.

    Acho engraçado servidor público falar tão mal de banqueiro, mas é o primeiro a favorecer a concentração bancária, isto sim, algo muito ruim à economia do país. Com portabilidade, e recursos segurados via FGC, a primeira coisa para fazer a mudar é abrir conta num "banco pequeno" e pedir para receber salários, investir e tomar crédito de lá ou, melhor ainda, numa cooperativa de crédito. Ao invés de pagar juros, receber é bem melhor.


    Discordo respeitosamente de seu ponto de vista. Primeiro, servidor público que não queira financiar o sistema especulativo deveria ter conta na CAIXA ECONÔMICA FEDERAL, banco 100% público que promove inclusão bancária de todos, eu faço isso. Segundo, defender os banqueiros, especuladores, rentistas, latifundiários, empresários sonegadores etc, não faz parte da minha vida. Sou trabalhador, como todos aqui, de origem proletária e consciência marxista. Apesar de tudo aceito e analiso seus posicionamentos democraticamente.
    ale1969
    ale1969
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 926
    Reputação : 88
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por ale1969 em Sex 08 Mar 2019, 11:29 am

    josebarbos escreveu:
    ale1969 escreveu:
    O problema maior é a falta de consciência de classe. Há quem não se considere trabalhador, por ganhar acima da média nacional. Aqui no fórum tá cheio.

    Pior ainda é quem acha que governo é bonzinho e quer Estados cada vez maiores, mais poderosos e onipresentes, ainda que em detrimento às mais básicas liberdades individuais.


    Acredito que confundistes os conceitos de democracia, ditadura, capitalismo e socialismo. As mais básicas liberdades que pontuas é a propriedade individual, certo. Assim sendo há espaço para o Estado de Bem Estar Social, que garanta a todos os direitos democráticos, entre eles à propriedade. Repito, a todos e não apenas aos "Homens de Bens".
    ale1969
    ale1969
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 926
    Reputação : 88
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por ale1969 em Sex 08 Mar 2019, 11:57 am

    jotajota escreveu:Ninguém quer se aposentar mais tarde ou ser prejudicado... Entretanto não há como vencer a matemática. A conta não fecha. Sejamos realistas. Moramos no Brasil. Ninguém irá devolver o que foi desviado no passado, e atualmente o sistema deixou de ser superavitário. A realidade é esta...


    Quanto aos servidores públicos não resta a menor dúvida. Todos os pagamentos de salários ou aposentadorias saem do Tesouro. Só resta decidir se sua força de trabalho é fundamental para garantir educação, saúde, segurança, justiça etc.

    Já o RGPS, que há financiamento triplo(empregado, empregador e impostos), era superavitário até 2015, antes da crise política/econômica, considerando o regime urbano é claro, já que o rural e os assistenciais não têm fonte de financiamento próprio, ou seja independem de contribuição anterior total.

    O que não se pode perder de vista é o aspecto de garantia previdenciária universal, suprindo quem perde capacidade laboral com o avanço do tempo. A função social da aposentadoria só afeta os que dependem de sua força de trabalho para sustentar sua família. Quando repetimos os discursos da mídia sustentada e submissa ao sistema financeiro, automaticamente desviamos da nossa premissa de classe operária e servimos aos interesses dos "senhores capitalistas". Se é este seu pensamento, lamento discordar completamente.
    Decisum
    Decisum
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 40
    Reputação : 6
    Data de inscrição : 14/07/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Decisum em Sex 08 Mar 2019, 2:11 pm

    ale1969 escreveu:
    jotajota escreveu:Ninguém quer se aposentar mais tarde ou ser prejudicado... Entretanto não há como vencer a matemática. A conta não fecha. Sejamos realistas. Moramos no Brasil. Ninguém irá devolver o que foi desviado no passado, e atualmente o sistema deixou de ser superavitário. A realidade é esta...


    Quanto aos servidores públicos não resta a menor dúvida. Todos os pagamentos de salários ou aposentadorias saem do Tesouro. Só resta decidir se sua força de trabalho é fundamental para garantir educação, saúde, segurança, justiça etc.

    Já o RGPS, que há financiamento triplo(empregado, empregador e impostos), era superavitário até 2015, antes da crise política/econômica, considerando o regime urbano é claro, já que o rural e os assistenciais não têm fonte de financiamento próprio, ou seja independem de contribuição anterior total.

    O que não se pode perder de vista é o aspecto de garantia previdenciária universal, suprindo quem perde capacidade laboral com o avanço do tempo. A função social da aposentadoria só afeta os que dependem de sua força de trabalho para sustentar sua família. Quando repetimos os discursos  da mídia sustentada e submissa ao sistema financeiro, automaticamente desviamos da nossa premissa de classe operária e servimos aos interesses dos "senhores capitalistas". Se é este seu pensamento, lamento discordar completamente.

    Na verdade, estamos pagando por um sistema novo, que inclui pessoas que pouco contribuíram. A proteção social dos servidores públicos foi tratada até a Constituição de 1988 como uma extensão da política de pessoal do Estado. Tratava-se de um prêmio a ser outorgado aos servidores, em retribuição aos anos de serviços prestados ao Estado. Se não me engano, a EC n° 03 de 1993 que deu à aposentadoria o caráter contributivo (financiada também pelo próprio servidor), alterando a lógica que vinculava o servidor ao Estado, de retribuição e agradecimento. Tal alteração trouxe algumas incongruências que prejudicam os servidores de hoje, tal como a possibilidade de cassação da aposentadoria como pena, com prejuízo de todas as contribuições pagas pelo servidor.
    ale1969
    ale1969
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 926
    Reputação : 88
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por ale1969 em Sex 08 Mar 2019, 3:03 pm

    Decisum escreveu:
    ale1969 escreveu:
    jotajota escreveu:Ninguém quer se aposentar mais tarde ou ser prejudicado... Entretanto não há como vencer a matemática. A conta não fecha. Sejamos realistas. Moramos no Brasil. Ninguém irá devolver o que foi desviado no passado, e atualmente o sistema deixou de ser superavitário. A realidade é esta...


    Quanto aos servidores públicos não resta a menor dúvida. Todos os pagamentos de salários ou aposentadorias saem do Tesouro. Só resta decidir se sua força de trabalho é fundamental para garantir educação, saúde, segurança, justiça etc.

    Já o RGPS, que há financiamento triplo(empregado, empregador e impostos), era superavitário até 2015, antes da crise política/econômica, considerando o regime urbano é claro, já que o rural e os assistenciais não têm fonte de financiamento próprio, ou seja independem de contribuição anterior total.

    O que não se pode perder de vista é o aspecto de garantia previdenciária universal, suprindo quem perde capacidade laboral com o avanço do tempo. A função social da aposentadoria só afeta os que dependem de sua força de trabalho para sustentar sua família. Quando repetimos os discursos  da mídia sustentada e submissa ao sistema financeiro, automaticamente desviamos da nossa premissa de classe operária e servimos aos interesses dos "senhores capitalistas". Se é este seu pensamento, lamento discordar completamente.

    Na verdade, estamos pagando por um sistema novo, que inclui pessoas que pouco contribuíram. A proteção social dos servidores públicos foi tratada até a Constituição de 1988 como uma extensão da política de pessoal do Estado. Tratava-se de um prêmio a ser outorgado aos servidores, em retribuição aos anos de serviços prestados ao Estado. Se não me engano, a EC n° 03 de 1993 que deu à aposentadoria o caráter contributivo (financiada também pelo próprio servidor), alterando a lógica que vinculava o servidor ao Estado, de retribuição e agradecimento. Tal alteração trouxe algumas incongruências que prejudicam os servidores de hoje, tal como a possibilidade de cassação da aposentadoria como pena, com prejuízo de todas as contribuições pagas pelo servidor.

    Concordo com seu posicionamento, porém o "prêmio" representa um justo direito de quem inexoravelmente tem a perda da capacidade laboral pelo envelhecimento e consequente redução da atividade física e mental.

    O que não se pode perder de vista é a função social do sistema previdenciário, que não é uma mera benesse ou privilégio. O respeito mínimo a uma regra fixada no início do "contrato" de trabalho, com deveres e direitos recíprocos, que não vire uma mercadoria do sistema financeiro especulativo como foi tratado ao longo dos anos(1998; 2003; 2005; 2013; 2019...)
    Decisum
    Decisum
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 40
    Reputação : 6
    Data de inscrição : 14/07/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Decisum em Sex 08 Mar 2019, 3:57 pm

    ale1969 escreveu:
    Decisum escreveu:
    ale1969 escreveu:
    jotajota escreveu:Ninguém quer se aposentar mais tarde ou ser prejudicado... Entretanto não há como vencer a matemática. A conta não fecha. Sejamos realistas. Moramos no Brasil. Ninguém irá devolver o que foi desviado no passado, e atualmente o sistema deixou de ser superavitário. A realidade é esta...


    Quanto aos servidores públicos não resta a menor dúvida. Todos os pagamentos de salários ou aposentadorias saem do Tesouro. Só resta decidir se sua força de trabalho é fundamental para garantir educação, saúde, segurança, justiça etc.

    Já o RGPS, que há financiamento triplo(empregado, empregador e impostos), era superavitário até 2015, antes da crise política/econômica, considerando o regime urbano é claro, já que o rural e os assistenciais não têm fonte de financiamento próprio, ou seja independem de contribuição anterior total.

    O que não se pode perder de vista é o aspecto de garantia previdenciária universal, suprindo quem perde capacidade laboral com o avanço do tempo. A função social da aposentadoria só afeta os que dependem de sua força de trabalho para sustentar sua família. Quando repetimos os discursos  da mídia sustentada e submissa ao sistema financeiro, automaticamente desviamos da nossa premissa de classe operária e servimos aos interesses dos "senhores capitalistas". Se é este seu pensamento, lamento discordar completamente.

    Na verdade, estamos pagando por um sistema novo, que inclui pessoas que pouco contribuíram. A proteção social dos servidores públicos foi tratada até a Constituição de 1988 como uma extensão da política de pessoal do Estado. Tratava-se de um prêmio a ser outorgado aos servidores, em retribuição aos anos de serviços prestados ao Estado. Se não me engano, a EC n° 03 de 1993 que deu à aposentadoria o caráter contributivo (financiada também pelo próprio servidor), alterando a lógica que vinculava o servidor ao Estado, de retribuição e agradecimento. Tal alteração trouxe algumas incongruências que prejudicam os servidores de hoje, tal como a possibilidade de cassação da aposentadoria como pena, com prejuízo de todas as contribuições pagas pelo servidor.  

    Concordo com seu posicionamento, porém o "prêmio" representa um justo direito de quem inexoravelmente tem a perda da capacidade laboral pelo envelhecimento e consequente redução da atividade física e mental.

    O que não se pode perder de vista é a função social do sistema previdenciário, que não é uma mera benesse ou privilégio. O respeito mínimo a uma regra fixada no início do "contrato" de trabalho, com deveres e direitos recíprocos, que não vire uma mercadoria do sistema financeiro especulativo como foi tratado ao longo dos anos(1998; 2003; 2005;  2013; 2019...)

    Justamente, acho que agora cumpre ao Tesouro arcar com a conta. A União que assumiu a responsabilidade pelos benefícios de natureza estatutária previstos no ordenamento.
    euvoltei
    euvoltei
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1275
    Reputação : 137
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por euvoltei em Sex 08 Mar 2019, 4:08 pm

    "(...) Há fatos que considero incontestáveis, se o leitor não concorda com eles, não sei se o resto do texto interessará. São eles:
    (....)
    - O orçamento público é insuficiente. Para tudo (exceto para os barões).
    - O cobertor é curto, se aumentar o gasto com a previdência no nível previsto, vai faltar para outras áreas.
    - Direito adquirido e expectativa de direito são robustos conceitos jurídicos, mas fragilíssimos conceitos econômicos. Não há ordem judicial que faça aparecer um dinheiro que não há.

    (....)"

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Observar que é um Texto de  agosto de 2017, e seus argumento só se tornaram cada vez comprovados pela realidade.

    No fim, a opção é de cada um... encarar a realidade(justa ou não) ou ficar com discussões frívolas....
    josebarbos
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2951
    Reputação : 404
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por josebarbos em Sex 08 Mar 2019, 5:39 pm

    ale1969 escreveu:
    Discordo respeitosamente de seu ponto de vista. Primeiro, servidor público que não queira financiar o sistema especulativo deveria ter conta na CAIXA ECONÔMICA FEDERAL, banco 100% público que promove inclusão bancária de todos, eu faço isso. Segundo, defender os banqueiros, especuladores, rentistas, latifundiários, empresários sonegadores etc, não  faz parte da minha vida. Sou trabalhador, como todos aqui, de origem proletária e consciência marxista. Apesar de tudo aceito e analiso seus posicionamentos democraticamente.  

    Eu escreveria alguns livros sobre os problemas da Caixa nos anos que estive lá como funcionário, como cliente e como cidadão. Pior de tudo é graças aos monopólios, alguns dias da minha vida ainda terei que passar lá para resolver. Recomendo, como algo muito mais "socialista", de fato, participar de cooperativas de crédito, para quem tem este tipo de convicção. Eu, como não gosto de pagar tarifa, e com isto me contento, fico nos bancos digitais. Minha situação resolve muito mais a atual exclusão do nosso sistema financeiro do que a hipótese teórica de um banco que é uma concepção completamente absurda, mas obviamente ignorada por quem desconhece termos como segmentação.

    Proletário aqui ninguém é, porque remete aos tão miseráveis que nem pagavam impostos. Mas se vamos modernizar o Marx, eu imagino que ele certamente preferia sê-lo, no século XXI com as benesses do capitalismo, do que elite de princípios do século passado.
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6699
    Reputação : 295
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Galizezin em Sex 08 Mar 2019, 9:23 pm

    a grande verdade é que quem migrou vai sempre pregar o caos do RPPS, custe o que custar. também não é novidade alguma que no conceito de seguridade social cabe à sociedade, via impostos, pagar uma boa parte da conta de saúde, assistência social e previdência social. o zé barbosa inclusive já mostrou por gráficos que os déficits previdenciários oscilam de acordo com o aquecimento da economia. se ela melhora, os impostos também, e por consequência, a pressão nas contas. todos sabem que o Brasil tem tudo para ser a maior potência do mundo. especuladores e vendilhões (políticos) do país não deixam.


    _________________
    NO RACISM!
    josebarbos
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2951
    Reputação : 404
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por josebarbos em Sex 08 Mar 2019, 9:39 pm

    Galizezin escreveu:a grande verdade é que quem migrou vai sempre pregar o caos do RPPS, custe o que custar. também não é novidade alguma que no conceito de seguridade social cabe à sociedade, via impostos, pagar uma boa parte da conta de saúde, assistência social e previdência social. o zé barbosa inclusive já mostrou por gráficos que os déficits previdenciários oscilam de acordo com o aquecimento da economia. se ela melhora, os impostos também, e por consequência, a pressão nas contas. todos sabem que o Brasil tem tudo para ser a maior potência do mundo. especuladores e vendilhões (políticos) do país não deixam.

    Não falei nada disto. Se vai me citar, cite o que falei, não venha por palavras na minha boca.
    Se te calei com argumentos objetivos após uma centena de fontes que ficou feio soltar mentira não é para inventar desculpas.

    Exijo retratação.

    Aliás, só para dar um exemplo, em 2017, durante um curso que ministrei sobre a reforma, disse que o tal superávit urbano só seria revertido se os então 14 milhões de empregados fossem recontratados a 3 mil reais. Haja desenvolvimento econômico para isto.
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6699
    Reputação : 295
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Galizezin em Sex 08 Mar 2019, 10:53 pm

    josebarbos escreveu:
    Galizezin escreveu:a grande verdade é que quem migrou vai sempre pregar o caos do RPPS, custe o que custar. também não é novidade alguma que no conceito de seguridade social cabe à sociedade, via impostos, pagar uma boa parte da conta de saúde, assistência social e previdência social. o zé barbosa inclusive já mostrou por gráficos que os déficits previdenciários oscilam de acordo com o aquecimento da economia. se ela melhora, os impostos também, e por consequência, a pressão nas contas. todos sabem que o Brasil tem tudo para ser a maior potência do mundo. especuladores e vendilhões (políticos) do país não deixam.

    Não falei nada disto. Se vai me citar, cite o que falei, não venha por palavras na minha boca.
    Se te calei com argumentos objetivos após uma centena de fontes que ficou feio soltar mentira não é para inventar desculpas.

    Exijo retratação.

    Aliás, só para dar um exemplo, em 2017, durante um curso que ministrei sobre a reforma, disse que o tal superávit urbano só seria revertido se os então 14 milhões de empregados fossem recontratados a 3 mil reais. Haja desenvolvimento econômico para isto.

    retratação? vou te recomendar um bom livro de compreensão e interpretação. alguém aqui colocou palavras na tua boca? quando? apenas disse que quando vc colou aquele resuminho das contas da previdência, ficou demonstrado que quando a economia estava bem o déficit diminuía, quando ela estava mal ele aumentava. ninguém cala ninguém aqui, somente replicadores de dados produzidos pelo governo. houvesse algum especialista não estariam aqui.


    _________________
    NO RACISM!
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6699
    Reputação : 295
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Galizezin em Sex 08 Mar 2019, 11:59 pm

    centena de fontes que nem ele lê. se tivesse lido faria um resumo breve daquilo que foi efetivamente perguntado e responderia.


    _________________
    NO RACISM!
    josebarbos
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2951
    Reputação : 404
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por josebarbos em Sab 09 Mar 2019, 7:46 am

    Galizezin escreveu:
    retratação? vou te recomendar um bom livro de compreensão e interpretação. alguém aqui colocou palavras na tua boca? quando? apenas disse que quando vc colou aquele resuminho das contas da previdência, ficou demonstrado que quando a economia estava bem o déficit diminuía, quando ela estava mal ele aumentava. ninguém cala ninguém aqui, somente replicadores de dados produzidos pelo governo. houvesse algum especialista não estariam aqui.

    Eu pediria à moderação para rever o texto, mas olha quem modera.

    Se tu tem uma opinião, escreva-a. Não use o nome de qualquer um em vão para ir além do que se escreveu.
    Recomendo, aos que estiverem de fato interessados nas suas respectivas vidas e em formarem convicções sobre quais decisões tomarem, o ótimo tópico no Telegram. Não caiam no erro de comprar argumentos prontos.

    Galizezin escreveu:
    centena de fontes que nem ele lê. se tivesse lido faria um resumo breve daquilo que foi efetivamente perguntado e responderia.
    Taí o exemplo de uma opinião idiota, mas uma opinião. Defenderei até o fim o direito de dizê-la.
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6699
    Reputação : 295
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Galizezin em Sab 09 Mar 2019, 10:19 am

    não tem nada mais "especialista" que querer comparar orçamento de funpresp com gastos de unidades do judiciário ou mpu:

    O orçamento da Funpresp de pessoal é abaixo de 7 milhões/ano (menor que de algumas PRM's).

    o prazo final para migração está chegando, graças a Deus. estaremos, enfim, livres dessa encheção.


    _________________
    NO RACISM!
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6699
    Reputação : 295
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Galizezin em Sab 09 Mar 2019, 5:55 pm

    Um link do outro lado da moeda. Só falta dizer que a Unafisco, associação dos auditores da receita, é ilegítima para opinar sobre o assunto.


    O presidente da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Unafisco), Kleber Cabral, questiona os dados apresentados pelo governo. “Não temos uma posição dogmática, contra mudanças, mas o déficit apresentado é enganoso. É preciso olhar o equilíbrio atuarial no longo prazo”, afirma Cabral, ressaltando que as regras para servidores já vêm sendo reformadas.

    “Não é privilégio receber pelo que pagou. O governo sabe disto, mas adotou uma postura de usar o servidor, a ideia de combate ao privilégio, para convencer a população.” Ele reconhece o déficit na Seguridade Social (saúde, previdência e assistência social) mas critica a solução encontrada. “O governo abandona receitas quando não combate fraudes na concessão de benefícios, que custam R$ 56 bilhões por ano, e depois quer que o trabalhador pague.”

    Sobre as mudanças demográficas, com o envelhecimento da população, o texto afirma que “crescimento econômico e renda maior poderiam amortecer o efeito”: “Falta projeto econômico compatível com a necessidade de desenvolvimento”. O documento chama de “contabilidade criativa” a inclusão nas contas da seguridade dos pagamentos dos Regimes Próprios de Previdência Social (RPPS, dos servidores), que teria fabricado um déficit de R$ 167 bilhões em 2015.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    _________________
    NO RACISM!
    Protocol
    Protocol
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 476
    Reputação : 48
    Data de inscrição : 01/06/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Protocol em Dom 10 Mar 2019, 12:42 am

    Galizezin escreveu:Um link do outro lado da moeda. Só falta dizer que a Unafisco, associação dos auditores da receita, é ilegítima para opinar sobre o assunto.


    O presidente da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Unafisco), Kleber Cabral, questiona os dados apresentados pelo governo. “Não temos uma posição dogmática, contra mudanças, mas o déficit apresentado é enganoso. É preciso olhar o equilíbrio atuarial no longo prazo”, afirma Cabral, ressaltando que as regras para servidores já vêm sendo reformadas.

    “Não é privilégio receber pelo que pagou. O governo sabe disto, mas adotou uma postura de usar o servidor, a ideia de combate ao privilégio, para convencer a população.” Ele reconhece o déficit na Seguridade Social (saúde, previdência e assistência social) mas critica a solução encontrada. “O governo abandona receitas quando não combate fraudes na concessão de benefícios, que custam R$ 56 bilhões por ano, e depois quer que o trabalhador pague.”

    Sobre as mudanças demográficas, com o envelhecimento da população, o texto afirma que “crescimento econômico e renda maior poderiam amortecer o efeito”: “Falta projeto econômico compatível com a necessidade de desenvolvimento”. O documento chama de “contabilidade criativa” a inclusão nas contas da seguridade dos pagamentos dos Regimes Próprios de Previdência Social (RPPS, dos servidores), que teria fabricado um déficit de R$ 167 bilhões em 2015.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Do mesmo artigo:

    [...] O Ministério do Planejamento, contudo, afirma não haver mágica nos números e diz, também, que não houve qualquer mudança na forma de cálculo das contas da Seguridade Social. “Para negar o déficit, quem é contra a reforma exclui os servidores, por exemplo, o que é um absurdo: no final, é o governo que cobrirá o rombo”, diz Arnaldo Barbosa de Lima Junior, assessor Especial do ministro do Planejamento. Ele rebate, também, as críticas feitas à utilização da DRU: “É um instrumento legal. Os recursos que são canalizados para outros setores, ao final retornam para a seguridade na forma de aporte do governo, dentro do ano fiscal, e mesmo assim estamos deficitários.

    Nas contas do Planejamento, o déficit no regime geral foi de R$ 149,7 bilhões no ano passado e, nos servidores, chegou a R$ 77,2 bilhões. Somados estes valores ao rombo de estados e municípios, o déficit vai a R$ 305,4 bilhões.”

    O economista Raul Velloso, criador da DRU, defende o instrumento. “Quando foi criado havia sobra de recursos e poder realocar era positivo”, diz. “Hoje não tem mais sobra, mas como o recurso volta na forma de aportes do governo, não muda nada na conta final.”
    Solange4
    Solange4
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1124
    Reputação : 105
    Data de inscrição : 03/06/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Solange4 em Dom 10 Mar 2019, 12:27 pm

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6699
    Reputação : 295
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Galizezin em Dom 10 Mar 2019, 1:21 pm

    Protocol escreveu:
    Galizezin escreveu:Um link do outro lado da moeda. Só falta dizer que a Unafisco, associação dos auditores da receita, é ilegítima para opinar sobre o assunto.


    O presidente da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Unafisco), Kleber Cabral, questiona os dados apresentados pelo governo. “Não temos uma posição dogmática, contra mudanças, mas o déficit apresentado é enganoso. É preciso olhar o equilíbrio atuarial no longo prazo”, afirma Cabral, ressaltando que as regras para servidores já vêm sendo reformadas.

    “Não é privilégio receber pelo que pagou. O governo sabe disto, mas adotou uma postura de usar o servidor, a ideia de combate ao privilégio, para convencer a população.” Ele reconhece o déficit na Seguridade Social (saúde, previdência e assistência social) mas critica a solução encontrada. “O governo abandona receitas quando não combate fraudes na concessão de benefícios, que custam R$ 56 bilhões por ano, e depois quer que o trabalhador pague.”

    Sobre as mudanças demográficas, com o envelhecimento da população, o texto afirma que “crescimento econômico e renda maior poderiam amortecer o efeito”: “Falta projeto econômico compatível com a necessidade de desenvolvimento”. O documento chama de “contabilidade criativa” a inclusão nas contas da seguridade dos pagamentos dos Regimes Próprios de Previdência Social (RPPS, dos servidores), que teria fabricado um déficit de R$ 167 bilhões em 2015.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Do mesmo artigo:

    [...] O Ministério do Planejamento, contudo, afirma não haver mágica nos números e diz, também, que não houve qualquer mudança na forma de cálculo das contas da Seguridade Social. “Para negar o déficit, quem é contra a reforma exclui os servidores, por exemplo, o que é um absurdo: no final, é o governo que cobrirá o rombo”, diz Arnaldo Barbosa de Lima Junior, assessor Especial do ministro do Planejamento. Ele rebate, também, as críticas feitas à utilização da DRU: “É um instrumento legal. Os recursos que são canalizados para outros setores, ao final retornam para a seguridade na forma de aporte do governo, dentro do ano fiscal, e mesmo assim estamos deficitários.

    Nas contas do Planejamento, o déficit no regime geral foi de R$ 149,7 bilhões no ano passado e, nos servidores, chegou a R$ 77,2 bilhões. Somados estes valores ao rombo de estados e municípios, o déficit vai a R$ 305,4 bilhões.”

    O economista Raul Velloso, criador da DRU, defende o instrumento. “Quando foi criado havia sobra de recursos e poder realocar era positivo”, diz. “Hoje não tem mais sobra, mas como o recurso volta na forma de aportes do governo, não muda nada na conta final.”

    mas olha que absurdo o cara diz: dru foi instrumento legalizado para retirar, digamos desviar, as sobras da seguridade social. ainda tem a cara de pau de dizer que o dinheiro desviado é trazido posteriormente como "aporte", ou seja, uma "ajuda" financeira do governo à seguridade social, grande "estorvo" do crescimento do país. na hora de apresentar os números, governo não exclui o valor desviado via dru e o contabiliza como "aporte", tipo, vejam quanto a sociedade está gastando com aposentados e pensionistas. é despiciendo dizer que nenhuma seguridade social sobrevive se os recursos disponíveis em caixa não forem bem aplicados, para eventual socorro futuro. é mais fácil por a culpa no trabalhador.


    _________________
    NO RACISM!
    Chuck Coleman
    Chuck Coleman
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1159
    Reputação : 103
    Data de inscrição : 16/04/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Chuck Coleman em Seg 11 Mar 2019, 12:48 am

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    "'Os políticos têm de controlar 100% do orçamento'

    Segundo Paulo Guedes, governo articula a tramitação no Senado de proposta que acaba com os gastos obrigatórios"

    Xiiiii, agora o Galizezin vai ser só cry2 e :nervoso:

    :trollface: memelol troll2
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6699
    Reputação : 295
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Galizezin em Seg 11 Mar 2019, 11:33 am

    Chuck Coleman escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    "'Os políticos têm de controlar 100% do orçamento'

    Segundo Paulo Guedes, governo articula a tramitação no Senado de proposta que acaba com os gastos obrigatórios"

    Xiiiii, agora o Galizezin vai ser só cry2 e :nervoso:

    :trollface: memelol troll2

    :trollface:


    _________________
    NO RACISM!
    ale1969
    ale1969
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 926
    Reputação : 88
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por ale1969 em Seg 11 Mar 2019, 12:55 pm

    josebarbos escreveu:
    ale1969 escreveu:
    Discordo respeitosamente de seu ponto de vista. Primeiro, servidor público que não queira financiar o sistema especulativo deveria ter conta na CAIXA ECONÔMICA FEDERAL, banco 100% público que promove inclusão bancária de todos, eu faço isso. Segundo, defender os banqueiros, especuladores, rentistas, latifundiários, empresários sonegadores etc, não  faz parte da minha vida. Sou trabalhador, como todos aqui, de origem proletária e consciência marxista. Apesar de tudo aceito e analiso seus posicionamentos democraticamente.  

    Eu escreveria alguns livros sobre os problemas da Caixa nos anos que estive lá como funcionário, como cliente e como cidadão. Pior de tudo é graças aos monopólios, alguns dias da minha vida ainda terei que passar lá para resolver. Recomendo, como algo muito mais "socialista", de fato, participar de cooperativas de crédito, para quem tem este tipo de convicção. Eu, como não gosto de pagar tarifa, e com isto me contento, fico nos bancos digitais. Minha situação resolve muito mais a atual exclusão do nosso sistema financeiro do que a hipótese teórica de um banco que é uma concepção completamente absurda, mas obviamente ignorada por quem desconhece termos como segmentação.

    Proletário aqui ninguém é, porque remete aos tão miseráveis que nem pagavam impostos. Mas se vamos modernizar o Marx, eu imagino que ele certamente preferia sê-lo, no século XXI com as benesses do capitalismo, do que elite de princípios do século passado.


    Somos todos proletários, dependemos da força de trabalho próprio para "fazer" dinheiro. Há que entender o processo dinâmico social e adaptar as realidades teóricas ao seu momento. Entendo seu ponto de vista, mas discordo democraticamente.

    Quanto à CEF, realmente não conheço profundamente a estrutura bancária, banco virtual então, nem pensar. Vou ficar com minha continha quieta, sem pagar para os "abutres" além do já obrigatório, como todo brasileiro que sustenta nossa dívida pública imoral. Saudações trabalhistas.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Convidado em Seg 11 Mar 2019, 1:08 pm

    Chuck Coleman escreveu:https://economia.estadao.com.br/noticias/geral,os-politicos-tem-de-controlar-100-do-orcamento,70002749472?fbclid=IwAR0Av9zglYGC05VBKR1qpHdTAsBnilAMJeHNPElDHSPBcQaVspnQxPLynPs

    "'Os políticos têm de controlar 100% do orçamento'

    Segundo Paulo Guedes, governo articula a tramitação no Senado de proposta que acaba com os gastos obrigatórios"

    Xiiiii, agora o Galizezin vai ser só cry2 e :nervoso:

    :trollface: memelol troll2

    Gastos obrigatórios, entenda-se, gastos com saúde e educação, por cujos gastos abaixo do limite da Constituição, muito administrador público teve contas reprovadas pelo TCU porque não aplicou o percentual mínimo determinado na Constituição.
    Agora, esse limite será extirpado por uma PEC que tramitará em paralelo à reforma da previdência.
    É o que tenho ouvido (muito pouco, ou quase nada na mídia tradicional, por sinal, por quê??) desse assunto.
    Essa PEC vai dar muito rebuliço ainda.
    Bastião
    Bastião
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 675
    Reputação : 51
    Data de inscrição : 10/11/2017

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Bastião em Seg 11 Mar 2019, 1:18 pm

    Jubilando escreveu:
    Chuck Coleman escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    "'Os políticos têm de controlar 100% do orçamento'

    Segundo Paulo Guedes, governo articula a tramitação no Senado de proposta que acaba com os gastos obrigatórios"

    Xiiiii, agora o Galizezin vai ser só cry2 e :nervoso:

    :trollface: memelol troll2

    Gastos obrigatórios, entenda-se, gastos com saúde e educação, por cujos gastos abaixo do limite da Constituição, muito administrador público teve contas reprovadas pelo TCU porque não aplicou o percentual mínimo determinado na Constituição.
    Agora, esse limite será extirpado por uma PEC que tramitará em paralelo à reforma da previdência.
    É o que tenho ouvido (muito pouco, ou quase nada na mídia tradicional, por sinal, por quê??) desse assunto.
    Essa PEC vai dar muito rebuliço ainda.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Convidado em Seg 11 Mar 2019, 2:11 pm

    Bastião escreveu:
    Jubilando escreveu:
    Chuck Coleman escreveu:https://economia.estadao.com.br/noticias/geral,os-politicos-tem-de-controlar-100-do-orcamento,70002749472?fbclid=IwAR0Av9zglYGC05VBKR1qpHdTAsBnilAMJeHNPElDHSPBcQaVspnQxPLynPs

    "'Os políticos têm de controlar 100% do orçamento'

    Segundo Paulo Guedes, governo articula a tramitação no Senado de proposta que acaba com os gastos obrigatórios"

    Xiiiii, agora o Galizezin vai ser só cry2 e :nervoso:

    :trollface: memelol troll2

    Gastos obrigatórios, entenda-se, gastos com saúde e educação, por cujos gastos abaixo do limite da Constituição, muito administrador público teve contas reprovadas pelo TCU porque não aplicou o percentual mínimo determinado na Constituição.
    Agora, esse limite será extirpado por uma PEC que tramitará em paralelo à reforma da previdência.
    É o que tenho ouvido (muito pouco, ou quase nada na mídia tradicional, por sinal, por quê??) desse assunto.
    Essa PEC vai dar muito rebuliço ainda.

    https://www.youtube.com/watch?v=NWIvKJEdqHY&t=434s

    "A perigosíssima entrevista de Paulo Guedes e seu plano macabro para os brasileiros"

    O título do vídeo é bem chamativo, vale ver (em casa, com tempo assistirei).
    É algo para analisar com a devida cautela e frieza, e quem sabe até mesmo sirva para repensar qual o verdadeiro papel do Paulo Guedes.
    Será que a milicada vai aceitar isso calada? E o Bolsonaro, o que tem a dizer a respeito?
    São perguntas que devemos nos fazer, a coisa parece mais nefasta do que se imaginava.
    Não querendo ser alarmista, mas algo não vai bem nos bastidores do governo. No qual inclusive votei.
    cavalo
    cavalo
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 176
    Reputação : 27
    Data de inscrição : 07/06/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Entrevista do Paulo Guedes

    Mensagem por cavalo em Seg 11 Mar 2019, 2:24 pm

    Jubilando escreveu:
    Bastião escreveu:
    Jubilando escreveu:
    Chuck Coleman escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    "'Os políticos têm de controlar 100% do orçamento'

    Segundo Paulo Guedes, governo articula a tramitação no Senado de proposta que acaba com os gastos obrigatórios"

    Xiiiii, agora o Galizezin vai ser só cry2 e :nervoso:

    :trollface: memelol troll2

    Gastos obrigatórios, entenda-se, gastos com saúde e educação, por cujos gastos abaixo do limite da Constituição, muito administrador público teve contas reprovadas pelo TCU porque não aplicou o percentual mínimo determinado na Constituição.
    Agora, esse limite será extirpado por uma PEC que tramitará em paralelo à reforma da previdência.
    É o que tenho ouvido (muito pouco, ou quase nada na mídia tradicional, por sinal, por quê??) desse assunto.
    Essa PEC vai dar muito rebuliço ainda.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    O título do vídeo é bem chamativo, vale ver (em casa, com tempo assistirei).
    É algo para analisar com a devida cautela e frieza, e quem sabe até mesmo sirva para repensar qual o verdadeiro papel do Paulo Guedes.
    Será que a milicada vai aceitar isso calada? E o Bolsonaro, o que tem a dizer a respeito?
    São perguntas que devemos nos fazer, a coisa parece mais nefasta do que se imaginava.
    Não querendo ser alarmista, mas algo não vai bem nos bastidores do governo. No qual inclusive votei.
    Lí toda a entrevista do Paulo Guedes no Estadão, e, pelo que entendi, além da reforma da previdência virão reformas no Orçamento, que seria base zero mesmo. Ou seja, tudo poderia ser mudado, inclusive os recursos para as despesas obrigatórias (pessoal, juros, etc.). Não sei se vai conseguir, mas a ideia é deixar tudo para os políticos resolverem. Briga de cachorro grande!
    Bastião
    Bastião
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 675
    Reputação : 51
    Data de inscrição : 10/11/2017

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Bastião em Seg 11 Mar 2019, 2:39 pm

    Jubilando escreveu:
    Bastião escreveu:
    Jubilando escreveu:
    Chuck Coleman escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    "'Os políticos têm de controlar 100% do orçamento'

    Segundo Paulo Guedes, governo articula a tramitação no Senado de proposta que acaba com os gastos obrigatórios"

    Xiiiii, agora o Galizezin vai ser só cry2 e :nervoso:

    :trollface: memelol troll2

    Gastos obrigatórios, entenda-se, gastos com saúde e educação, por cujos gastos abaixo do limite da Constituição, muito administrador público teve contas reprovadas pelo TCU porque não aplicou o percentual mínimo determinado na Constituição.
    Agora, esse limite será extirpado por uma PEC que tramitará em paralelo à reforma da previdência.
    É o que tenho ouvido (muito pouco, ou quase nada na mídia tradicional, por sinal, por quê??) desse assunto.
    Essa PEC vai dar muito rebuliço ainda.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    "A perigosíssima entrevista de Paulo Guedes e seu plano macabro para os brasileiros"

    O título do vídeo é bem chamativo, vale ver (em casa, com tempo assistirei).
    É algo para analisar com a devida cautela e frieza, e quem sabe até mesmo sirva para repensar qual o verdadeiro papel do Paulo Guedes.
    Será que a milicada vai aceitar isso calada? E o Bolsonaro, o que tem a dizer a respeito?
    São perguntas que devemos nos fazer, a coisa parece mais nefasta do que se imaginava.
    Não querendo ser alarmista, mas algo não vai bem nos bastidores do governo. No qual inclusive votei.

    Exato, vale a análise das duas partes, com cautela.

    Mas, pra mim, esse lance do "trilhão" virou mais um capricho de um egocêntrico.
    Protocol
    Protocol
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 476
    Reputação : 48
    Data de inscrição : 01/06/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Protocol em Seg 11 Mar 2019, 2:43 pm

    cavalo escreveu:
    Jubilando escreveu:
    Bastião escreveu:
    Jubilando escreveu:

    Gastos obrigatórios, entenda-se, gastos com saúde e educação, por cujos gastos abaixo do limite da Constituição, muito administrador público teve contas reprovadas pelo TCU porque não aplicou o percentual mínimo determinado na Constituição.
    Agora, esse limite será extirpado por uma PEC que tramitará em paralelo à reforma da previdência.
    É o que tenho ouvido (muito pouco, ou quase nada na mídia tradicional, por sinal, por quê??) desse assunto.
    Essa PEC vai dar muito rebuliço ainda.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    O título do vídeo é bem chamativo, vale ver (em casa, com tempo assistirei).
    É algo para analisar com a devida cautela e frieza, e quem sabe até mesmo sirva para repensar qual o verdadeiro papel do Paulo Guedes.
    Será que a milicada vai aceitar isso calada? E o Bolsonaro, o que tem a dizer a respeito?
    São perguntas que devemos nos fazer, a coisa parece mais nefasta do que se imaginava.
    Não querendo ser alarmista, mas algo não vai bem nos bastidores do governo. No qual inclusive votei.
    Lí toda a entrevista do Paulo Guedes no Estadão, e, pelo que entendi, além da reforma da previdência virão reformas no Orçamento, que seria base zero mesmo. Ou seja, tudo poderia ser mudado, inclusive os recursos para as despesas obrigatórias (pessoal, juros, etc.). Não sei se vai conseguir, mas a ideia é deixar tudo para os políticos resolverem. Briga de cachorro grande!

    O "tudo para os políticos resolverem" é como a ideia será vendida para o Congresso.
    pernalonga
    pernalonga
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2046
    Reputação : 827
    Data de inscrição : 25/04/2012

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por pernalonga em Seg 11 Mar 2019, 3:06 pm

    Protocol escreveu:
    cavalo escreveu:
    Jubilando escreveu:
    Bastião escreveu:

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    O título do vídeo é bem chamativo, vale ver (em casa, com tempo assistirei).
    É algo para analisar com a devida cautela e frieza, e quem sabe até mesmo sirva para repensar qual o verdadeiro papel do Paulo Guedes.
    Será que a milicada vai aceitar isso calada? E o Bolsonaro, o que tem a dizer a respeito?
    São perguntas que devemos nos fazer, a coisa parece mais nefasta do que se imaginava.
    Não querendo ser alarmista, mas algo não vai bem nos bastidores do governo. No qual inclusive votei.
    Lí toda a entrevista do Paulo Guedes no Estadão, e, pelo que entendi, além da reforma da previdência virão reformas no Orçamento, que seria base zero mesmo. Ou seja, tudo poderia ser mudado, inclusive os recursos para as despesas obrigatórias (pessoal, juros, etc.). Não sei se vai conseguir, mas a ideia é deixar tudo para os políticos resolverem. Briga de cachorro grande!

    O "tudo para os políticos resolverem" é como a ideia será vendida para o Congresso.

    No meu entender, essa proposta é inconstitucional, pois fere frontalmente dispositivos como o basicão "independência, autonomia e harmonia dos 3 poderes". Hipertrofia do Legislativo, em resumo

    Conteúdo patrocinado

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 7 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Dom 25 Ago 2019, 3:06 pm