PCS JÁ



    FUNPRESP

    pernalonga
    pernalonga
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2060
    Reputação : 828
    Data de inscrição : 25/04/2012

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por pernalonga em Qui 11 Jul 2019, 2:48 pm

    VCs viram que a reforma da previdência retirou a obrigatoriedade dos fundos de previdência complementar serem geridos por entidades fechadas e de carater público?
    Resumidamente, abriu a porteira pra privatizar o Funpresp
    androsvilazza
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2401
    Reputação : 334
    Data de inscrição : 22/01/2015

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por androsvilazza em Qui 11 Jul 2019, 3:32 pm

    pernalonga escreveu:VCs viram que a reforma da previdência retirou a obrigatoriedade dos fundos de previdência complementar serem geridos por entidades fechadas e de carater público?
    Resumidamente, abriu a porteira pra privatizar o Funpresp

    "§ 15. O regime de previdência complementar de que trata o § 14 será instituído por lei de iniciativa do respectivo Poder Executivo, que oferecerá aos participantes planos de benefícios somente na modalidade de contribuição definida, observado o disposto no art. 202 e que poderá autorizar o patrocínio de plano administrado por entidade fechada de previdência complementar instituída pelo ente federativo, bem como, por meio de licitação, o patrocínio de plano administrado por entidade fechada de previdência complementar não instituída pelo ente federativo ou por entidade aberta de previdência complementar."


    Pela literalidade do dispositivo, seria possível, e não necessariamente seria ruim. Mas o foco da mudança são as previdências complementares de Estados e, principalmente, Municípios. Um Município com poucos servidores jamais conseguiria instituir o regime de previdência complementar, pois ele seria insustentável apenas com seus servidores, ainda que todos aderissem. A ideia, portanto, é futuramente possibilitar a criação de fundos coletivos, que incluam vários Municípios (trecho: "patrocínio de plano administrado por entidade fechada de previdência complementar não instituída pelo ente federativo") ou mesmo possibilitar ao servidor optar por planos de entidades abertas de previdência complementar, com patrocínio do órgão.

    Na minha opinião, o regime ideal de previdência complementar tem de incluir esta última possibilidade: permitir ao servidor optar por planos de previdência complementar que eventualmente garantam melhores retornos, sem perder o direito ao patrocínio do órgão. Hoje, esta possibilidade ainda não seria tão vantajosa por causa das famigeradas taxas de administração (que, ao fim, tornam os planos abertos menos vantajosos que o Funpresp), mas há possibilidade de melhorar.
    Pipoca
    Pipoca
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 336
    Reputação : 34
    Data de inscrição : 12/12/2014

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por Pipoca em Qui 11 Jul 2019, 3:44 pm


    Nota Pública emitida pelo Fonacate (Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado – FONACATE):

    O Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado – FONACATE, que representa mais de 200 mil servidores públicos que desempenham atribuições imprescindíveis ao Estado brasileiro, ligadas às áreas de segurança pública, fiscalização e regulação do mercado, advocacia pública, fiscalização agrária, ministério público, diplomacia, legislativo, arrecadação e tributação, proteção ao trabalhador e à saúde pública, inteligência de Estado, formulação e implementação de políticas públicas, comércio exterior, prevenção e combate à corrupção, fiscalização agropecuária, segurança jurídica e desenvolvimento econômico-social vem a público manifestar CONTRARIEDADE com o relatório aprovado na Comissão Especial da Câmara dos Deputados que tratou da Proposta de Emenda Constitucional n. 6/2019 (Reforma da Previdência), pelos fundamentos a seguir expostos:

    A proposta de Reforma da Previdência aprovada pela comissão especial, tal qual aquela encaminhada pelo governo, parte de premissas equivocadas e acaba por criar situações discriminatórias entre categorias do serviço público e beneficiários do Regime Geral, uma vez que quase 90% da pretensa economia advém destes dois grupos, excluindo estados e munícipios, bem como militares.

    É inaceitável a existência de diferentes regras de transição entre servidores públicos, em especial aquelas previstas para os militares (17%) e para os próprios parlamentares (30%), enquanto para a maioria dos servidores públicos federais a regra alcança 100% do tempo faltante para aposentadoria, o que caracteriza uma discriminação odiosa.

    O governo até o momento não trouxe números confiáveis para a discussão no Congresso Nacional, mesmo tendo sido interpelado várias vezes nesse sentido, inclusive através da Lei de Acesso à Informação, que tem sido descumprida de forma grotesca no decorrer desse processo. Os dados trazidos até o momento não têm qualquer tipo de lastro, muitas vezes sendo fruto de “chutes” ou “achismos” por parte de seus interlocutores, para criar um cenário diverso da realidade.

    Além disso, continuam no texto aprovado dispositivos que criam riscos iminentes aos servidores públicos em geral, como no caso do Funpresp, ao abrir espaço para sua eventual privatização, reduzindo a lucratividade diretamente distribuída aos participantes, bem como retirando deles o poder de partilhar da gestão do fundo criado como forma de viabilizar suas aposentadorias. Tem ainda o aumento da alíquota, que pode chegar até a 22% do salário, configurando um verdadeiro confisco, o que demonstra a total inconstitucionalidade da medida e a necessária correção pelo plenário da Câmara dos Deputados.

    Por fim, nos solidarizamos com os professores e com as forças de segurança da área federal, que também estão sendo alvo de um tratamento desrespeitoso por parte do governo e de parte dos parlamentares, criando cisões e diferenciações sem qualquer fundamento válido. Dessa forma, conclamamos todos a reforçarem a mobilização na próxima semana, a fim de que sejam sanadas as graves falhas do texto aprovado na Comissão Especial.
    ale1969
    ale1969
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 976
    Reputação : 88
    Data de inscrição : 26/03/2015

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por ale1969 em Qui 11 Jul 2019, 4:45 pm

    androsvilazza escreveu:
    pernalonga escreveu:VCs viram que a reforma da previdência retirou a obrigatoriedade dos fundos de previdência complementar serem geridos por entidades fechadas e de carater público?
    Resumidamente, abriu a porteira pra privatizar o Funpresp

    "§ 15. O regime de previdência complementar de que trata o § 14 será instituído por lei de iniciativa do respectivo Poder Executivo, que oferecerá aos participantes planos de benefícios somente na modalidade de contribuição definida, observado o disposto no art. 202 e que poderá autorizar o patrocínio de plano administrado por entidade fechada de previdência complementar instituída pelo ente federativo, bem como, por meio de licitação, o patrocínio de plano administrado por entidade fechada de previdência complementar não instituída pelo ente federativo ou por entidade aberta de previdência complementar."


    Pela literalidade do dispositivo, seria possível, e não necessariamente seria ruim. Mas o foco da mudança são as previdências complementares de Estados e, principalmente, Municípios. Um Município com poucos servidores jamais conseguiria instituir o regime de previdência complementar, pois ele seria insustentável apenas com seus servidores, ainda que todos aderissem. A ideia, portanto, é futuramente possibilitar a criação de fundos coletivos, que incluam vários Municípios (trecho: "patrocínio de plano administrado por entidade fechada de previdência complementar não instituída pelo ente federativo") ou mesmo possibilitar ao servidor optar por planos de entidades abertas de previdência complementar, com patrocínio do órgão.

    Na minha opinião, o regime ideal de previdência complementar tem de incluir esta última possibilidade: permitir ao servidor optar por planos de previdência complementar que eventualmente garantam melhores retornos, sem perder o direito ao patrocínio do órgão. Hoje, esta possibilidade ainda não seria tão vantajosa por causa das famigeradas taxas de administração (que, ao fim, tornam os planos abertos menos vantajosos que o Funpresp), mas há possibilidade de melhorar.


    O que mais gosto das suas opiniões é que acreditas completamente nos banqueiros e no mercado financeiro. Realmente somos de épocas históricas distintas.
    androsvilazza
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2401
    Reputação : 334
    Data de inscrição : 22/01/2015

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por androsvilazza em Qui 11 Jul 2019, 5:13 pm

    ale1969 escreveu:
    androsvilazza escreveu:
    pernalonga escreveu:VCs viram que a reforma da previdência retirou a obrigatoriedade dos fundos de previdência complementar serem geridos por entidades fechadas e de carater público?
    Resumidamente, abriu a porteira pra privatizar o Funpresp

    "§ 15. O regime de previdência complementar de que trata o § 14 será instituído por lei de iniciativa do respectivo Poder Executivo, que oferecerá aos participantes planos de benefícios somente na modalidade de contribuição definida, observado o disposto no art. 202 e que poderá autorizar o patrocínio de plano administrado por entidade fechada de previdência complementar instituída pelo ente federativo, bem como, por meio de licitação, o patrocínio de plano administrado por entidade fechada de previdência complementar não instituída pelo ente federativo ou por entidade aberta de previdência complementar."


    Pela literalidade do dispositivo, seria possível, e não necessariamente seria ruim. Mas o foco da mudança são as previdências complementares de Estados e, principalmente, Municípios. Um Município com poucos servidores jamais conseguiria instituir o regime de previdência complementar, pois ele seria insustentável apenas com seus servidores, ainda que todos aderissem. A ideia, portanto, é futuramente possibilitar a criação de fundos coletivos, que incluam vários Municípios (trecho: "patrocínio de plano administrado por entidade fechada de previdência complementar não instituída pelo ente federativo") ou mesmo possibilitar ao servidor optar por planos de entidades abertas de previdência complementar, com patrocínio do órgão.

    Na minha opinião, o regime ideal de previdência complementar tem de incluir esta última possibilidade: permitir ao servidor optar por planos de previdência complementar que eventualmente garantam melhores retornos, sem perder o direito ao patrocínio do órgão. Hoje, esta possibilidade ainda não seria tão vantajosa por causa das famigeradas taxas de administração (que, ao fim, tornam os planos abertos menos vantajosos que o Funpresp), mas há possibilidade de melhorar.


    O que mais gosto das suas opiniões é que acreditas completamente nos banqueiros e no mercado financeiro. Realmente somos de épocas históricas distintas.

    Nesse caso, é confiança ou confiança. De todo modo, meu dinheiro não está sendo gerido por mim mesmo (Funpresp ou bancos), e ainda que eu tivesse poder de decisão sobre o destino dos investimentos, ainda teria de confiar a guarda dos recursos a algum "banqueiro". O próprio Funpresp não gere os próprios investimentos diretamente, promovendo licitação para a seleção de gestores de fundos.
    Na minha opinião, o importante da liberdade de movimentação dos recursos (com a possibilidade de escolha de fundos abertos) seria justamente essa: se eu não estiver satisfeito com a gestão, transparência e rentabilidade de determinado fundo, poderia optar pela portabilidade a algum outro mais interessante.
    ale1969
    ale1969
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 976
    Reputação : 88
    Data de inscrição : 26/03/2015

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por ale1969 em Sex 12 Jul 2019, 4:40 pm

    androsvilazza escreveu:
    ale1969 escreveu:
    androsvilazza escreveu:
    pernalonga escreveu:VCs viram que a reforma da previdência retirou a obrigatoriedade dos fundos de previdência complementar serem geridos por entidades fechadas e de carater público?
    Resumidamente, abriu a porteira pra privatizar o Funpresp

    "§ 15. O regime de previdência complementar de que trata o § 14 será instituído por lei de iniciativa do respectivo Poder Executivo, que oferecerá aos participantes planos de benefícios somente na modalidade de contribuição definida, observado o disposto no art. 202 e que poderá autorizar o patrocínio de plano administrado por entidade fechada de previdência complementar instituída pelo ente federativo, bem como, por meio de licitação, o patrocínio de plano administrado por entidade fechada de previdência complementar não instituída pelo ente federativo ou por entidade aberta de previdência complementar."


    Pela literalidade do dispositivo, seria possível, e não necessariamente seria ruim. Mas o foco da mudança são as previdências complementares de Estados e, principalmente, Municípios. Um Município com poucos servidores jamais conseguiria instituir o regime de previdência complementar, pois ele seria insustentável apenas com seus servidores, ainda que todos aderissem. A ideia, portanto, é futuramente possibilitar a criação de fundos coletivos, que incluam vários Municípios (trecho: "patrocínio de plano administrado por entidade fechada de previdência complementar não instituída pelo ente federativo") ou mesmo possibilitar ao servidor optar por planos de entidades abertas de previdência complementar, com patrocínio do órgão.

    Na minha opinião, o regime ideal de previdência complementar tem de incluir esta última possibilidade: permitir ao servidor optar por planos de previdência complementar que eventualmente garantam melhores retornos, sem perder o direito ao patrocínio do órgão. Hoje, esta possibilidade ainda não seria tão vantajosa por causa das famigeradas taxas de administração (que, ao fim, tornam os planos abertos menos vantajosos que o Funpresp), mas há possibilidade de melhorar.


    O que mais gosto das suas opiniões é que acreditas completamente nos banqueiros e no mercado financeiro. Realmente somos de épocas históricas distintas.

    Nesse caso, é confiança ou confiança. De todo modo, meu dinheiro não está sendo gerido por mim mesmo (Funpresp ou bancos), e ainda que eu tivesse poder de decisão sobre o destino dos investimentos, ainda teria de confiar a guarda dos recursos a algum "banqueiro". O próprio Funpresp não gere os próprios investimentos diretamente, promovendo licitação para a seleção de gestores de fundos.
    Na minha opinião, o importante da liberdade de movimentação dos recursos (com a possibilidade de escolha de fundos abertos) seria justamente essa: se eu não estiver satisfeito com a gestão, transparência e rentabilidade de determinado fundo, poderia optar pela portabilidade a algum outro mais interessante.

    Como dissestes, não há o que fazer, é confiar e pronto. Sempre mantive conta no Banerj, que ajudou a financiar os CIEPs do Brizola, com sua venda(doação) ao Itaú migrei para Caixa. Pelo menos dou "lucro" para a União.

    É muito difícil para um socialista convicto aceitar a "lógica" capitalista. Obrigado pelos conselhos.
    subsidioja_
    subsidioja_
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2491
    Reputação : 329
    Data de inscrição : 05/04/2011

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por subsidioja_ em Sex 12 Jul 2019, 6:25 pm

    ale1969 escreveu:
    androsvilazza escreveu:
    ale1969 escreveu:
    androsvilazza escreveu:

    "§ 15. O regime de previdência complementar de que trata o § 14 será instituído por lei de iniciativa do respectivo Poder Executivo, que oferecerá aos participantes planos de benefícios somente na modalidade de contribuição definida, observado o disposto no art. 202 e que poderá autorizar o patrocínio de plano administrado por entidade fechada de previdência complementar instituída pelo ente federativo, bem como, por meio de licitação, o patrocínio de plano administrado por entidade fechada de previdência complementar não instituída pelo ente federativo ou por entidade aberta de previdência complementar."


    Pela literalidade do dispositivo, seria possível, e não necessariamente seria ruim. Mas o foco da mudança são as previdências complementares de Estados e, principalmente, Municípios. Um Município com poucos servidores jamais conseguiria instituir o regime de previdência complementar, pois ele seria insustentável apenas com seus servidores, ainda que todos aderissem. A ideia, portanto, é futuramente possibilitar a criação de fundos coletivos, que incluam vários Municípios (trecho: "patrocínio de plano administrado por entidade fechada de previdência complementar não instituída pelo ente federativo") ou mesmo possibilitar ao servidor optar por planos de entidades abertas de previdência complementar, com patrocínio do órgão.

    Na minha opinião, o regime ideal de previdência complementar tem de incluir esta última possibilidade: permitir ao servidor optar por planos de previdência complementar que eventualmente garantam melhores retornos, sem perder o direito ao patrocínio do órgão. Hoje, esta possibilidade ainda não seria tão vantajosa por causa das famigeradas taxas de administração (que, ao fim, tornam os planos abertos menos vantajosos que o Funpresp), mas há possibilidade de melhorar.


    O que mais gosto das suas opiniões é que acreditas completamente nos banqueiros e no mercado financeiro. Realmente somos de épocas históricas distintas.

    Nesse caso, é confiança ou confiança. De todo modo, meu dinheiro não está sendo gerido por mim mesmo (Funpresp ou bancos), e ainda que eu tivesse poder de decisão sobre o destino dos investimentos, ainda teria de confiar a guarda dos recursos a algum "banqueiro". O próprio Funpresp não gere os próprios investimentos diretamente, promovendo licitação para a seleção de gestores de fundos.
    Na minha opinião, o importante da liberdade de movimentação dos recursos (com a possibilidade de escolha de fundos abertos) seria justamente essa: se eu não estiver satisfeito com a gestão, transparência e rentabilidade de determinado fundo, poderia optar pela portabilidade a algum outro mais interessante.

    Como dissestes,  não há o que fazer, é confiar e pronto. Sempre mantive conta no Banerj, que ajudou a financiar os CIEPs do Brizola, com sua venda(doação) ao Itaú migrei para Caixa. Pelo menos dou "lucro" para a União.

    É muito difícil para um socialista convicto aceitar a "lógica" capitalista. Obrigado pelos conselhos.  

    difícil mesmo é ser um socialista e viver num país socialista, né?
    sprg4
    sprg4
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 375
    Reputação : 30
    Data de inscrição : 01/06/2015

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por sprg4 em Seg 15 Jul 2019, 8:23 am

    subsidioja_ escreveu:
    ale1969 escreveu:
    androsvilazza escreveu:
    ale1969 escreveu:


    O que mais gosto das suas opiniões é que acreditas completamente nos banqueiros e no mercado financeiro. Realmente somos de épocas históricas distintas.

    Nesse caso, é confiança ou confiança. De todo modo, meu dinheiro não está sendo gerido por mim mesmo (Funpresp ou bancos), e ainda que eu tivesse poder de decisão sobre o destino dos investimentos, ainda teria de confiar a guarda dos recursos a algum "banqueiro". O próprio Funpresp não gere os próprios investimentos diretamente, promovendo licitação para a seleção de gestores de fundos.
    Na minha opinião, o importante da liberdade de movimentação dos recursos (com a possibilidade de escolha de fundos abertos) seria justamente essa: se eu não estiver satisfeito com a gestão, transparência e rentabilidade de determinado fundo, poderia optar pela portabilidade a algum outro mais interessante.

    Como dissestes,  não há o que fazer, é confiar e pronto. Sempre mantive conta no Banerj, que ajudou a financiar os CIEPs do Brizola, com sua venda(doação) ao Itaú migrei para Caixa. Pelo menos dou "lucro" para a União.

    É muito difícil para um socialista convicto aceitar a "lógica" capitalista. Obrigado pelos conselhos.  

    difícil mesmo é ser um socialista e viver num país socialista, né?

    kkkkkkkkkkkkk Vcs n liberam uma...
    ptralhasnopoder
    ptralhasnopoder
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 627
    Reputação : 54
    Data de inscrição : 18/09/2014

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por ptralhasnopoder em Seg 15 Jul 2019, 11:23 pm

    O setor jurídico do meu regional tá verificando se o seguro da Funpresp irá descontar no IR. Pensei qie seria automático. Querem melar isso aí. Lamentável
    josebarbos
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2969
    Reputação : 404
    Data de inscrição : 20/05/2015

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por josebarbos em Ter 16 Jul 2019, 12:58 am

    ptralhasnopoder escreveu:O setor jurídico do meu regional tá verificando se o seguro da Funpresp irá descontar no IR. Pensei qie seria automático. Querem melar isso aí. Lamentável

    Independentemente de ser ou não retido na fonte, o importante é na hora do ajuste, e pecúlio não é dedutível, a princípio (só se fosse uma exceção específica para previdências privadas).
    RicardoMII
    RicardoMII
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1987
    Reputação : 6
    Data de inscrição : 07/07/2010
    Localização : João Pessoa

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por RicardoMII em Qua 17 Jul 2019, 8:40 am

    Alguém sabe explicar o que é essa Contribuição de Risco que tem no formulário do seguro?
    eder.lima
    eder.lima
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 294
    Reputação : 22
    Data de inscrição : 01/06/2015

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por eder.lima em Qua 17 Jul 2019, 8:44 am

    Bom dia colegas,

    Enviei a proposta do seguro pra SGP do meu orgão, o qual prontamente remeteu à FUNPRESP e arquivou em seguida.
    Agora é só aguardar a confirmação da FUNPRESP?
    androsvilazza
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2401
    Reputação : 334
    Data de inscrição : 22/01/2015

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por androsvilazza em Qua 17 Jul 2019, 10:18 am

    RicardoMII escreveu:Alguém sabe explicar o que é essa Contribuição de Risco que tem no formulário do seguro?

    É o valor da sua contribuição mensal. Por exemplo, na linha "Morte natural ou acidental (MQC)", supondo que você tenha preenchido o capital segurado de R$1 milhão, a contribuição de risco será de 10x o valor correspondente à sua idade (por exemplo, R$ 69,40 para 40 anos).
    RicardoMII
    RicardoMII
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1987
    Reputação : 6
    Data de inscrição : 07/07/2010
    Localização : João Pessoa

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por RicardoMII em Qua 17 Jul 2019, 10:44 am

    androsvilazza escreveu:
    RicardoMII escreveu:Alguém sabe explicar o que é essa Contribuição de Risco que tem no formulário do seguro?

    É o valor da sua contribuição mensal. Por exemplo, na linha "Morte natural ou acidental (MQC)", supondo que você tenha preenchido o capital segurado de R$1 milhão, a contribuição de risco será de 10x o valor correspondente à sua idade (por exemplo, R$ 69,40 para 40 anos).


    Valeu Andros!
    Nelleus-DF
    Nelleus-DF
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 77
    Reputação : 12
    Data de inscrição : 29/11/2011

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por Nelleus-DF em Qua 17 Jul 2019, 1:46 pm

    Alguém sabe informar se é possível aderir ao seguro oferecido pelo Funpresp mesmo não tendo migrado?
    androsvilazza
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2401
    Reputação : 334
    Data de inscrição : 22/01/2015

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por androsvilazza em Qua 17 Jul 2019, 7:33 pm

    Nelleus-DF escreveu:Alguém sabe informar se é possível aderir ao seguro oferecido pelo Funpresp mesmo não tendo migrado?

    Sim. Basta aderir ao Funpresp como participante vinculado (ou seja, sem o aporte da União). Enfim, o requisito é que seja participante do Funpresp.
    ptralhasnopoder
    ptralhasnopoder
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 627
    Reputação : 54
    Data de inscrição : 18/09/2014

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por ptralhasnopoder em Qui 18 Jul 2019, 7:50 am

    androsvilazza escreveu:
    Fireball escreveu:bom, e  no caso do servidor que não migrou, mas aporta na funpresp visando apenas o montante, o seguro servirá para algo?

    Sim, o seguro atende aos servidores patrocinados ou vinculados (esse último o caso de quem não migrou).

    Acho interessante, porque as regras de aposentadoria por invalidez (não decorrente de acidente de trabalho) e pensão por morte também são ruins mesmo para quem não migrou. E os valores dos prêmios dos seguros são bons.

    Já disse que as regras do seguro contratado pela Funpresp são diferentes das aplicáveis aos seguros tradicionais, mas vou reiterar, para que os colegas tomem suas decisões em premissas corretas:

    - Não será possível escolher os beneficiários: valem os dependentes legais, que serão beneficiários de pensão (cônjuge, filhos) ou, na ausência destes, demais herdeiros.

    - O valor da indenização não é pago diretamente ao beneficiário. A seguradora paga ao Funpresp, que deposita o saldo imediatamente em sua conta de Previdência Complementar. Isso significa que, caso a pessoa opte pelo resgate, será tributado pelo IR em uma alíquota alta (27,5% para quem manteve a opção pela tributação progressiva; 35% para quem optou pela tributação regressiva, uma vez que o dinheiro da indenização terá acabado de entrar na conta). Pra quem pensa (ou caso o dependente pense) em resgatar os valores (tanto dos aportes à Funpresp quanto da indenização do seguro), talvez não seja tão interessante assim a contratação. É recomendável analisar mais a fundo e ver se vale mais a pena resgatar e ser tributado pesadamente, ou contratar outro tipo de seguro tradicional (cuja indenização não seja tributada).

    Em caso de morte da pensionista, o saldo fica para os filhos?
    RicardoMII
    RicardoMII
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1987
    Reputação : 6
    Data de inscrição : 07/07/2010
    Localização : João Pessoa

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por RicardoMII em Qui 18 Jul 2019, 1:42 pm

    Pessoal, os aportes do patrocinador estão sendo efetivamente realizados (dinheiro sendo colocado nas contas), ou o que vemos no saldo é somente uma "expectativa de direito"?
    androsvilazza
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2401
    Reputação : 334
    Data de inscrição : 22/01/2015

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por androsvilazza em Qui 18 Jul 2019, 1:49 pm

    ptralhasnopoder escreveu:
    androsvilazza escreveu:
    Fireball escreveu:bom, e  no caso do servidor que não migrou, mas aporta na funpresp visando apenas o montante, o seguro servirá para algo?

    Sim, o seguro atende aos servidores patrocinados ou vinculados (esse último o caso de quem não migrou).

    Acho interessante, porque as regras de aposentadoria por invalidez (não decorrente de acidente de trabalho) e pensão por morte também são ruins mesmo para quem não migrou. E os valores dos prêmios dos seguros são bons.

    Já disse que as regras do seguro contratado pela Funpresp são diferentes das aplicáveis aos seguros tradicionais, mas vou reiterar, para que os colegas tomem suas decisões em premissas corretas:

    - Não será possível escolher os beneficiários: valem os dependentes legais, que serão beneficiários de pensão (cônjuge, filhos) ou, na ausência destes, demais herdeiros.

    - O valor da indenização não é pago diretamente ao beneficiário. A seguradora paga ao Funpresp, que deposita o saldo imediatamente em sua conta de Previdência Complementar. Isso significa que, caso a pessoa opte pelo resgate, será tributado pelo IR em uma alíquota alta (27,5% para quem manteve a opção pela tributação progressiva; 35% para quem optou pela tributação regressiva, uma vez que o dinheiro da indenização terá acabado de entrar na conta). Pra quem pensa (ou caso o dependente pense) em resgatar os valores (tanto dos aportes à Funpresp quanto da indenização do seguro), talvez não seja tão interessante assim a contratação. É recomendável analisar mais a fundo e ver se vale mais a pena resgatar e ser tributado pesadamente, ou contratar outro tipo de seguro tradicional (cuja indenização não seja tributada).

    Em caso de morte da pensionista, o saldo fica para os filhos?

    Sim. Enquanto houver saldo nas contas, em caso de morte ele será repassado aos herdeiros, os quais poderão optar pelo resgate ou benefício mensal.
    androsvilazza
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2401
    Reputação : 334
    Data de inscrição : 22/01/2015

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por androsvilazza em Qui 18 Jul 2019, 2:08 pm

    RicardoMII escreveu:Pessoal, os aportes do patrocinador estão sendo efetivamente realizados (dinheiro sendo colocado nas contas), ou o que vemos no saldo é somente uma "expectativa de direito"?

    Os repasses têm de ser efetivamente realizados. Não fosse assim, o órgão teria de ficar responsável pela rentabilidade da conta. Imagina ter de remunerar cada conta a 8, 10, 12% ao ano (rendimento obtido com os investimentos), não há orçamento que suporte.

    A este propósito, houve um mês em que o aporte do MPT foi atrasado em alguns dias. Por isso, minha conta "RAN-Patrocinador" tem o saldo inferior, em alguns centavos, à conta "RAN-Participante".
    RicardoMII
    RicardoMII
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1987
    Reputação : 6
    Data de inscrição : 07/07/2010
    Localização : João Pessoa

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por RicardoMII em Qui 18 Jul 2019, 2:14 pm

    androsvilazza escreveu:
    RicardoMII escreveu:Pessoal, os aportes do patrocinador estão sendo efetivamente realizados (dinheiro sendo colocado nas contas), ou o que vemos no saldo é somente uma "expectativa de direito"?

    Os repasses têm de ser efetivamente realizados. Não fosse assim, o órgão teria de ficar responsável pela rentabilidade da conta. Imagina ter de remunerar cada conta a 8, 10, 12% ao ano (rendimento obtido com os investimentos), não há orçamento que suporte.

    A este propósito, houve um mês em que o aporte do MPT foi atrasado em alguns dias. Por isso, minha conta "RAN-Patrocinador" tem o saldo inferior, em alguns centavos, à conta "RAN-Participante".

    Valeu Andros!
    fairbanks
    fairbanks
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 172
    Reputação : 7
    Data de inscrição : 24/11/2014

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por fairbanks em Sex 19 Jul 2019, 2:09 pm

    Boa tarde, colegas. Alguém sabe algo sobre nova abertura de prazo para migração ?
    androsvilazza
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2401
    Reputação : 334
    Data de inscrição : 22/01/2015

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por androsvilazza em Sex 19 Jul 2019, 2:35 pm

    fairbanks escreveu:Boa tarde, colegas. Alguém sabe algo sobre nova abertura de prazo para migração ?

    Comentei sobre este tema no tópico da reforma. Não tenho visto qualquer movimentação dos sindicatos, associações e demais entidades, para solicitar essa reabertura de prazo. De todo modo, acho que são ínfimas as chances, mas as entidades - na minha opinião - deveriam aproveitar essa jornada de aprovação da reforma da previdência (aparentemente já se pode considerar a aprovação um "fato consumado") para negociar a reabertura de prazo para benefício de eventuais interessados. No entanto, devem investir em uma estratégia mais alinhada à oposição que ao "Centrão", visando ao retardamento e eventual desidratação do texto.

    Mesmo durante a discussão da reforma, acho que são pequenas as chances de se negociar a reabertura do prazo (embora ainda seja possível). Após a aprovação da reforma, creio que esse assunto ficará superado de vez, restando apenas a tentativa na via judicial (desta vez, com menor chance de sucesso que da última, que ainda tinha vários argumentos favoráveis à prorrogação: falhas no sistema de cálculo do benefício especial, incerteza sobre a natureza jurídica e tratamento tributário do BE, tempo insuficiente para a tomada de decisão devido aos motivos anteriores etc. Nenhum destes argumentos existe hoje, e o único fato "novo" - em termos - é a reforma da previdência).
    C.S.A
    C.S.A
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 826
    Reputação : 27
    Data de inscrição : 15/07/2010

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por C.S.A em Sex 19 Jul 2019, 9:02 pm

    Os sindicatos sempre foram contra o RPC, não seria agora q mudariam de idéia.
    RicardoMII
    RicardoMII
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1987
    Reputação : 6
    Data de inscrição : 07/07/2010
    Localização : João Pessoa

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por RicardoMII em Ter 23 Jul 2019, 2:12 pm

    Pessoal, fiz a migração ano passado.
    Se fizer a averbação do meu período de RGPS agora meu Benefício Especial será recalculado?
    Outra dúvida, uma vez migrado é considerado que as contribuições feitas ao RPPS foram o teto? Exemplo, Fulano de Tal contribuia sobre R$ 10.000,00 em 2017, ele migrou em 2018 foi calculado o BE e o valor de contribuicao dele passa a ser R$ 5.531,31 (o teto do RGPS na época)?
    androsvilazza
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2401
    Reputação : 334
    Data de inscrição : 22/01/2015

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por androsvilazza em Sex 26 Jul 2019, 11:58 am

    androsvilazza
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2401
    Reputação : 334
    Data de inscrição : 22/01/2015

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por androsvilazza em Sex 26 Jul 2019, 1:13 pm

    RicardoMII escreveu:Pessoal, fiz a migração ano passado.
    Se fizer a averbação do meu período de RGPS agora meu Benefício Especial será recalculado?
    Outra dúvida, uma vez migrado é considerado que as contribuições feitas ao RPPS foram o teto? Exemplo, Fulano de Tal contribuia sobre R$ 10.000,00 em 2017, ele migrou em 2018 foi calculado o BE e o valor de contribuicao dele passa a ser R$ 5.531,31 (o teto do RGPS na época)?

    Quanto à primeira pergunta, a resposta é não. As contribuições ao RGPS (independentemente da data de averbação) não influem no cálculo do Benefício Especial. A lei 12618/2012é clara, ao estipular que são consideradas apenas as contribuições aos regimes próprios:
    (...)
    Art. 3º

    § 1º É assegurado aos servidores e membros referidos no inciso II do caput deste artigo o direito a um benefício especial calculado com base nas contribuições recolhidas ao regime de previdência da União, dos Estados, do Distrito Federal ou dos Municípios de que trata o art. 40 da Constituição Federal, observada a sistemática estabelecida nos §§ 2º a 3º deste artigo e o direito à compensação financeira de que trata o § 9º do art. 201 da Constituição Federal, nos termos da lei.
    § 2º O benefício especial será equivalente à diferença entre a média aritmética simples das maiores remunerações anteriores à data de mudança do regime, utilizadas como base para as contribuições do servidor ao regime de previdência da União, dos Estados, do Distrito Federal ou dos Municípios, atualizadas pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), (...)


    Quanto à segunda pergunta, a resposta é sim. No cálculo futuro, para aposentadoria, essas contribuições do período de migração serão consideradas como feitas sobre o teto do RGPS. Há, aqui, uma possível divergência de interpretações, que podem ser adotadas pelos órgãos, e sobre a qual ainda não há unanimidade: qual o momento do cálculo (e consolidação) do BE?

    Vamos a uma digressão técnica sobre o assunto (não sei se vai interessar à maioria):

    1. A primeira interpretação é a de que o Benefício Especial é calculado e consolidado no momento da migração;
    2. A segunda é que o BE será calculado e consolidado no momento da aposentadoria, logicamente, considerando as regras vigentes à época da migração (segurança jurídica).

    A depender da interpretação adotada, o resultado será diferente. Isto porque as remunerações de contribuição são atualizadas pelo IPCA, enquanto o BE e o teto do RGPS são atualizados pelo INPC. Não dá uma diferença tão relevante, mas impede, por exemplo, uma resposta 100% precisa à sua pergunta:

    1.  Adotando a primeira interpretação, o valor das contribuições anteriores à migração será igual ao teto do RGPS no momento da opção. Essas contribuições serão atualizadas pelo IPCA e, posteriormente, utilizadas no cálculo da aposentadoria. Ao mesmo tempo, o BE calculado anteriormente (na época da migração) será atualizado pelo INPC.

    2. Adotando a segunda interpretação, não é feito nenhum cálculo no momento da migração, mas sim na hora da aposentadoria. Aí, se atualizam todas as remunerações pelo IPCA. Em relação às contribuições pré-migração, deduz-se o teto do RGPS da época da opção (também atualizado pelo IPCA até o momento da aposentadoria). Nisso (dividindo pelo fator de conversão previsto na lei do BE) se chega ao BE a ser concedido.

    Enfim, como eu disse, não é uma diferença tão relevante; grosso modo, limita-se à diferença entre os índices IPCA e INPC, e a qual parcela da contribuição cada índice será aplicado nesse período entre a migração e a aposentadoria.

    P.S.: A esse respeito, vale a comparação entre IPCA e INPC:

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Nos últimos 5 anos, o INPC acumulou 31,28%, enquanto o IPCA teve acúmulo de 31,71%, lembrando que não há exatamente um padrão entre os dois (qual é superior, e qual é inferior); a cada período um é maior, mas a diferença é sempre pequena.
    RicardoMII
    RicardoMII
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1987
    Reputação : 6
    Data de inscrição : 07/07/2010
    Localização : João Pessoa

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por RicardoMII em Sex 26 Jul 2019, 2:09 pm

    androsvilazza escreveu:
    RicardoMII escreveu:Pessoal, fiz a migração ano passado.
    Se fizer a averbação do meu período de RGPS agora meu Benefício Especial será recalculado?
    Outra dúvida, uma vez migrado é considerado que as contribuições feitas ao RPPS foram o teto? Exemplo, Fulano de Tal contribuia sobre R$ 10.000,00 em 2017, ele migrou em 2018 foi calculado o BE e o valor de contribuicao dele passa a ser R$ 5.531,31 (o teto do RGPS na época)?

    Quanto à primeira pergunta, a resposta é não. As contribuições ao RGPS (independentemente da data de averbação) não influem no cálculo do Benefício Especial. A lei 12618/2012é clara, ao estipular que são consideradas apenas as contribuições aos regimes próprios:
    (...)
    Art. 3º

    § 1º É assegurado aos servidores e membros referidos no inciso II do caput deste artigo o direito a um benefício especial calculado com base nas contribuições recolhidas ao regime de previdência da União, dos Estados, do Distrito Federal ou dos Municípios de que trata o art. 40 da Constituição Federal, observada a sistemática estabelecida nos §§ 2º a 3º deste artigo e o direito à compensação financeira de que trata o § 9º do art. 201 da Constituição Federal, nos termos da lei.
    § 2º O benefício especial será equivalente à diferença entre a média aritmética simples das maiores remunerações anteriores à data de mudança do regime, utilizadas como base para as contribuições do servidor ao regime de previdência da União, dos Estados, do Distrito Federal ou dos Municípios, atualizadas pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), (...)


    Quanto à segunda pergunta, a resposta é sim. No cálculo futuro, para aposentadoria, essas contribuições do período de migração serão consideradas como feitas sobre o teto do RGPS. Há, aqui, uma possível divergência de interpretações, que podem ser adotadas pelos órgãos, e sobre a qual ainda não há unanimidade: qual o momento do cálculo (e consolidação) do BE?

    Vamos a uma digressão técnica sobre o assunto (não sei se vai interessar à maioria):

    1. A primeira interpretação é a de que o Benefício Especial é calculado e consolidado no momento da migração;
    2. A segunda é que o BE será calculado e consolidado no momento da aposentadoria, logicamente, considerando as regras vigentes à época da migração (segurança jurídica).

    A depender da interpretação adotada, o resultado será diferente. Isto porque as remunerações de contribuição são atualizadas pelo IPCA, enquanto o BE e o teto do RGPS são atualizados pelo INPC. Não dá uma diferença tão relevante, mas impede, por exemplo, uma resposta 100% precisa à sua pergunta:

    1.  Adotando a primeira interpretação, o valor das contribuições anteriores à migração será igual ao teto do RGPS no momento da opção. Essas contribuições serão atualizadas pelo IPCA e, posteriormente, utilizadas no cálculo da aposentadoria. Ao mesmo tempo, o BE calculado anteriormente (na época da migração) será atualizado pelo INPC.

    2. Adotando a segunda interpretação, não é feito nenhum cálculo no momento da migração, mas sim na hora da aposentadoria. Aí, se atualizam todas as remunerações pelo IPCA. Em relação às contribuições pré-migração, deduz-se o teto do RGPS da época da opção (também atualizado pelo IPCA até o momento da aposentadoria). Nisso (dividindo pelo fator de conversão previsto na lei do BE) se chega ao BE a ser concedido.

    Enfim, como eu disse, não é uma diferença tão relevante; grosso modo, limita-se à diferença entre os índices IPCA e INPC, e a qual parcela da contribuição cada índice será aplicado nesse período entre a migração e a aposentadoria.

    P.S.: A esse respeito, vale a comparação entre IPCA e INPC:

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Nos últimos 5 anos, o INPC acumulou 31,28%, enquanto o IPCA teve acúmulo de 31,71%, lembrando que não há exatamente um padrão entre os dois (qual é superior, e qual é inferior); a cada período um é maior, mas a diferença é sempre pequena.


    like like like like like
    ptralhasnopoder
    ptralhasnopoder
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 627
    Reputação : 54
    Data de inscrição : 18/09/2014

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por ptralhasnopoder em Ter 30 Jul 2019, 5:23 pm

    Colegas, a ICATU já concordou com a proposta de vcs? Levou quanto tempo?
    ptorres13
    ptorres13
    Novo Usuário

    Mensagens : 9
    Reputação : -1
    Data de inscrição : 27/03/2015

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por ptorres13 em Ter 30 Jul 2019, 5:25 pm

    ptralhasnopoder escreveu:Colegas, a ICATU já concordou com a proposta de vcs? Levou quanto tempo?

    A minha demorou uns 10 dias pra ser analisada e foi recusada.

    Pediram mais exames complementares, então desisti da proposta.
    jrturco
    jrturco
    Novo Usuário

    Mensagens : 8
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 02/08/2011

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por jrturco em Ter 30 Jul 2019, 9:46 pm

    ptorres13 escreveu:
    ptralhasnopoder escreveu:Colegas, a ICATU já concordou com a proposta de vcs? Levou quanto tempo?

    A minha demorou uns 10 dias pra ser analisada e foi recusada.

    Pediram mais exames complementares, então desisti da proposta.

    Comigo ocorreu exatamente o mesmo. Desisti.
    ladraoalmas
    ladraoalmas
    Novo Usuário

    Mensagens : 20
    Reputação : 2
    Data de inscrição : 01/09/2014

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por ladraoalmas em Ter 30 Jul 2019, 11:54 pm

    jrturco escreveu:
    ptorres13 escreveu:
    ptralhasnopoder escreveu:Colegas, a ICATU já concordou com a proposta de vcs? Levou quanto tempo?

    A minha demorou uns 10 dias pra ser analisada e foi recusada.

    Pediram mais exames complementares, então desisti da proposta.

    Comigo ocorreu exatamente o mesmo. Desisti.

    Vcs receberam e-mail? A minha foi enviada para eles dia 4, e ainda não recebi nenhuma resposta.
    jrturco
    jrturco
    Novo Usuário

    Mensagens : 8
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 02/08/2011

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por jrturco em Qua 31 Jul 2019, 12:18 am

    ladraoalmas escreveu:
    jrturco escreveu:
    ptorres13 escreveu:
    ptralhasnopoder escreveu:Colegas, a ICATU já concordou com a proposta de vcs? Levou quanto tempo?

    A minha demorou uns 10 dias pra ser analisada e foi recusada.

    Pediram mais exames complementares, então desisti da proposta.

    Comigo ocorreu exatamente o mesmo. Desisti.

    Vcs receberam e-mail? A minha foi enviada para eles dia 4, e ainda não recebi nenhuma resposta.

    Eu recebi email da seguradora uns quinze dias depois do envio da proposta ao setor de pagamentos do meu tribunal, que a encaminhou à funpresp.
    ptralhasnopoder
    ptralhasnopoder
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 627
    Reputação : 54
    Data de inscrição : 18/09/2014

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por ptralhasnopoder em Qua 31 Jul 2019, 7:40 am

    jrturco escreveu:
    ptorres13 escreveu:
    ptralhasnopoder escreveu:Colegas, a ICATU já concordou com a proposta de vcs? Levou quanto tempo?

    A minha demorou uns 10 dias pra ser analisada e foi recusada.

    Pediram mais exames complementares, então desisti da proposta.

    Comigo ocorreu exatamente o mesmo. Desisti.

    vixe turma.
    contratei um seguro em 2018 muito bom pela anajustra. o mais barato do mercado, acredito. Não pediram nenhum documento. foi muito rápido.
    esquisito isso aí.
    ptralhasnopoder
    ptralhasnopoder
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 627
    Reputação : 54
    Data de inscrição : 18/09/2014

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por ptralhasnopoder em Qua 31 Jul 2019, 7:44 am

    ptralhasnopoder escreveu:
    jrturco escreveu:
    ptorres13 escreveu:
    ptralhasnopoder escreveu:Colegas, a ICATU já concordou com a proposta de vcs? Levou quanto tempo?

    A minha demorou uns 10 dias pra ser analisada e foi recusada.

    Pediram mais exames complementares, então desisti da proposta.

    Comigo ocorreu exatamente o mesmo. Desisti.

    vixe turma.
    contratei um seguro em 2018 muito bom pela anajustra. o mais barato do mercado, acredito. Não pediram nenhum documento. foi muito rápido.
    esquisito isso aí.

    na anajustra é porto seguro a seguradora
    Observador
    Observador
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Cargo : Analista de Informática
    Mensagens : 99
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 26/08/2011
    Localização : MPT

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por Observador em Qui 01 Ago 2019, 9:23 am

    ptralhasnopoder escreveu:Colegas, a ICATU já concordou com a proposta de vcs? Levou quanto tempo?

    O setor de pessoal do meu órgão mandou minha proposta pra FUNPRESPJUD dia 12/07. Como até hoje não tive notícia, liguei na fundação e me disseram que meu seguro foi aprovado e comunicarão meu órgão em breve. Está demorando bastante...
    eder.lima
    eder.lima
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 294
    Reputação : 22
    Data de inscrição : 01/06/2015

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por eder.lima em Qui 01 Ago 2019, 9:54 am

    Observador escreveu:
    ptralhasnopoder escreveu:Colegas, a ICATU já concordou com a proposta de vcs? Levou quanto tempo?

    O setor de pessoal do meu órgão mandou minha proposta pra FUNPRESPJUD dia 12/07. Como até hoje não tive notícia, liguei na fundação e me disseram que meu seguro foi aprovado e comunicarão meu órgão em breve. Está demorando bastante...

    Pra qual numero você ligou colega?
    Observador
    Observador
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Cargo : Analista de Informática
    Mensagens : 99
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 26/08/2011
    Localização : MPT

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por Observador em Qui 01 Ago 2019, 10:22 am

    eder.lima escreveu:
    Observador escreveu:
    ptralhasnopoder escreveu:Colegas, a ICATU já concordou com a proposta de vcs? Levou quanto tempo?

    O setor de pessoal do meu órgão mandou minha proposta pra FUNPRESPJUD dia 12/07. Como até hoje não tive notícia, liguei na fundação e me disseram que meu seguro foi aprovado e comunicarão meu órgão em breve. Está demorando bastante...

    Pra qual numero você ligou colega?

    Liguei pro geral da FUNPRESPJUD: (61) 3217-6598
    eder.lima
    eder.lima
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 294
    Reputação : 22
    Data de inscrição : 01/06/2015

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por eder.lima em Qui 01 Ago 2019, 12:17 pm

    Observador escreveu:
    eder.lima escreveu:
    Observador escreveu:
    ptralhasnopoder escreveu:Colegas, a ICATU já concordou com a proposta de vcs? Levou quanto tempo?

    O setor de pessoal do meu órgão mandou minha proposta pra FUNPRESPJUD dia 12/07. Como até hoje não tive notícia, liguei na fundação e me disseram que meu seguro foi aprovado e comunicarão meu órgão em breve. Está demorando bastante...

    Pra qual numero você ligou colega?

    Liguei pro geral da FUNPRESPJUD: (61) 3217-6598

    Obrigado, colega. Liguei pra lá e me informaram que minha proposta foi aceita.
    Vitor-ES
    Vitor-ES
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 101
    Reputação : 4
    Data de inscrição : 26/02/2011

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por Vitor-ES em Sex 02 Ago 2019, 6:12 pm

    Não recebi qualquer e-mail da funpresp ou da Icatu, porém nos meus dados pessoais no site da funpresp, já consta o seguro! Acredito que tenha sido aceito!

    Conteúdo patrocinado

    FUNPRESP - Página 7 Empty Re: FUNPRESP

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui 19 Set 2019, 8:42 pm