PCS JÁ



    Tópico Geral

    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado em Qua 20 Mar 2013, 2:19 pm

    Ministro escreveu:Alguém está sabendo algo sobre a reestruturação de cargos no MPU, especificamente sobre a extinção dos cargos de perito?

    Sim. Já foi postada aqui a proposta da PGR sobre a reestruturação.

    O cargo de perito não será propriamente "extinto", mas será "unido" ao cargo de Analista do MPU. Haverá apenas um cargo de nível superior no quadro de servidores: o de analista do MPU.

    Os peritos continuarão recebendo gratificação de perícia. A diferença é que com a "mobilidade funcional", qualquer analista que tenha a habilitação necessária poderá pleitear a especialidade de perícia.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado em Qua 20 Mar 2013, 2:21 pm

    A proposta está assim:


    •ALTERAÇÃO NA ATIVIDADE DE PERÍCIA

    Retirada do termo Perito da nomenclatura dos cargos, possibilitando a qualquer analista exercer as atividades de perícia, observados os sequintes requisitos:
    a) interesse da Administração e
    b) designação pela autoridade competente, conforme regulamento.
    Brother
    Brother
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 869
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 06/05/2011

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Brother em Qua 20 Mar 2013, 3:55 pm

    É triste! Os caras vão ter um reajuste de 12,72% [o que representaria o acumulado do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) de 2011 e 2012].
    No entanto, nós mortais do Judiciário e MP tivemos 15% (referente a 6 anos) e divididos em 3 anos.
    É mole??? Pimenta no olho do outro não arde.


    20/03/2013 - 14h19
    Câmara decide aumentar cota dos deputados e criar novos cargos

    Na segunda reunião sob o comando do presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), integrantes da Mesa Diretora da Casa decidiram nesta quarta-feira (20) reajustar a chamada cota mensal de atividades parlamentares.

    Câmara deve apresentar projeto que cria novos cargos para PSD

    Os recursos da cota são usados no pagamento de passagens aéreas, telefone, serviços postais, assinatura de publicações, combustíveis e lubrificantes, entre outros gastos dos deputados. Os parlamentares apresentam as notas fiscais dos serviços e são ressarcidos pela Câmara.
    Leonardo Prado - 7.mai.2012/Agência Câmara
    Henrique Alves, favorito na disputa à presidência da Câmara
    Henrique Eduardo Alves, presidente da Câmara

    Segundo a Folha apurou, uma das hipóteses com maior aceitação da cúpula da Casa hoje é que o reajuste no valor seja de 12,72%, o que representaria o acumulado do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) de 2011 e 2012. A utilização de um outro índice, como o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), não está descartada.

    Um estudo preliminar apresentado hoje durante a reunião da Mesa aponta que caso a opção seja mesmo pelo IPCA o impacto anual com o reajuste será de cerca de R$ 23 milhões.

    O valor da cota paga pela Câmara aos deputados varia de Estado para Estado, principalmente, em razão do preço das passagens aéreas.

    No Distrito Federal, por exemplo, onde a cota é menor, o custo mensal passaria dos atuais R$ 23 mil para R$ 25.900, caso seja aplicado o IPCA. Para o Acre, onde a cota é maior, o custo mensal passaria dos atuais R$ 33.500 para R$ 37.700.

    O "cotão" foi adotado em 2009 pela Câmara como uma das medidas da reforma administrativa depois de denúncias de abuso no uso da cota de passagens aéreas e no uso da chamada verba indenizatória.

    Também está em análise um aumento do auxílio-moradia, que hoje é de R$ 3.000 por mês.

    Fonte: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    avatar
    ffdasilva26
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 376
    Reputação : 3
    Data de inscrição : 12/11/2010

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por ffdasilva26 em Qua 20 Mar 2013, 5:14 pm

    Tira com uma mão e depois dá com duas.
    O fim do 14 e 15 foi apenas para inglês ver, com essa jogada recompuseram as eventuais perdas da retirada daqueles salários.
    andre3107
    andre3107
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : Técnico Judiciário
    Mensagens : 1112
    Reputação : 31
    Data de inscrição : 31/08/2012
    Localização : Belém/PA

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por andre3107 em Qua 20 Mar 2013, 7:14 pm

    Câmara aprova projeto que reajusta salários de carreiras do Executivo

    Deputados aprovaram reajuste de 15% para sete carreiras federais.
    O Plenário aprovou nesta quarta-feira o Projeto de Lei 4904/12, do Executivo, que reajusta, em cerca de 15%, os salários de carreiras que aceitaram negociar aumentos de remuneração depois do fim da rodada de negociações, em agosto de 2012. A matéria será enviada ao Senado.

    Esse aumento abrange sete carreiras federais e beneficia também bombeiros e policiais civis e militares dos antigos territórios federais, assim como pensionistas da polícia e da carreira de bombeiros militares do antigo Distrito Federal. O reajuste será parcelado ao longo dos próximos três anos.

    Os cargos e carreiras abrangidos pelo projeto são:
    - auditores fiscais da Receita Federal do Brasil;
    - auditores fiscais do Trabalho;
    - analistas tributários da Receita Federal;
    - analistas e técnicos do Banco Central;
    - analistas e especialistas em Infraestrutura;
    - analistas e agentes executivos da Superintendência de Seguros Privados (Susep) e da Comissão de Valores Mobiliários (CVM);
    - carreiras e cargos de Reforma e Desenvolvimento Agrário.

    Acordos
    O Ministério do Planejamento informou que o projeto beneficia cerca de 80 mil servidores que decidiram aceitar tardiamente essa proposta de correção salarial.

    Para possibilitar os novos reajustes, o Congresso já aprovou neste mês um projeto (PLN 55/12) que altera a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2013, permitindo o envio do projeto de lei depois de agosto de 2012.

    Quando o projeto de lei orçamentária para 2013 foi encaminhado ao Legislativo, o número de servidores que receberiam reajustes era de 1,69 milhão, o que representava 93,1% do total. Agora, segundo o Planejamento, o índice chega a 97,5%.

    Subsídio
    Por meio de um destaque do PSD, o Plenário aprovou, por 192 votos a 179, emenda do deputado Amauri Teixeira (PT-BA) que inclui, na forma de pagamento por subsídio, um grupo residual de servidores (cerca de 500) da Superintendência de Seguros Privados (Susep) e da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

    O recebimento por subsídio já contempla diversas carreiras típicas de Estado e implica um valor único, sem gratificações, vantagens pessoais ou adicionais. A exceção é para os pagamentos feitos a título de indenização, como auxílio-creche e auxílio-alimentação.

    Segundo o deputado Armando Vergílio (PSD-GO), o governo fez uma promessa, em 2008, de incluir esse grupo de servidores nessa sistemática de pagamento. “Essa mudança não implica custo adicional algum”, afirmou.

    Para Teixeira, a emenda “corrige uma injustiça com esses servidores”.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    avatar
    PJHUUUUuuuuu
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Trampolim
    Mensagens : 3874
    Reputação : 14
    Data de inscrição : 20/05/2011

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por PJHUUUUuuuuu em Qua 20 Mar 2013, 7:30 pm

    Agora os magistrados e os membros do MP vão para a AGU!!!


    Extra aos advogados

    Vera Batista
    Correio Braziliense - 20/03/2013




    Os advogados públicos poderão ter direito a receber um percentual sobre causas

    ganhas pela União, por estados e por municípios. Antigo pleito da classe, os honorários de sucumbência - valor comumente pago, na iniciativa privada, por quem perde uma ação na Justiça ao advogado da parte vencedora - são defendidos pelo advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, e pelo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no DF, Ibaneis Rocha.

    Por isso, eles pretende entregar à Presidência da República um parecer - de autoria do consultor da União Otávio Luiz Rodrigues Junior - para viabilizar o recebimento dos honorários, vetados desde 1994, pelo então advogado-geral Geraldo Magela Quintão, que condenava o pagamento, por entender que "seria uma afronta à isonomia entre as funções".

    Os estudos sobre os honorários de sucumbência são preliminares. Se forem acolhidos pela Presidência, ainda terão de passar pelo Congresso Nacional. Segundo Adams, "esse é um processo que abre as portas para que procuradores dos estados e dos municípios em todo o país ganhem o mesmo direito". Para Ibaneis Rocha, "esse primeiro passo vai garantir aos advogados públicos federais o que foi instituído na Lei nº 8.906/1994 (e depois foi vetado por Quintão). Precisamos acelerar a entrada desse texto no Código de Processo Civil, e é isso que a OAB vai fazer", afirmou.

    Indefinições

    De acordo com a AGU - sem citar valores -, os honorários atualmente são pagos à União. No parecer já elaborado, não há definição exata de para onde o dinheiro vai: se para um fundo ou diretamente para os advogados. Também não se sabe como será feito o cálculo. A previsão do pagamento já é lei em vários estados e municípios, como Pará, São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. E, de acordo com a assessoria de imprensa da AGU, o bolo a ser dividido é pequeno.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    pernalonga
    pernalonga
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2043
    Reputação : 825
    Data de inscrição : 25/04/2012

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por pernalonga em Qua 20 Mar 2013, 7:56 pm

    PJHUUUUuuuuu escreveu:Agora os magistrados e os membros do MP vão para a AGU!!!


    Extra aos advogados

    Vera Batista
    Correio Braziliense - 20/03/2013




    Os advogados públicos poderão ter direito a receber um percentual sobre causas

    ganhas pela União, por estados e por municípios. Antigo pleito da classe, os honorários de sucumbência - valor comumente pago, na iniciativa privada, por quem perde uma ação na Justiça ao advogado da parte vencedora - são defendidos pelo advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, e pelo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no DF, Ibaneis Rocha.

    Por isso, eles pretende entregar à Presidência da República um parecer - de autoria do consultor da União Otávio Luiz Rodrigues Junior - para viabilizar o recebimento dos honorários, vetados desde 1994, pelo então advogado-geral Geraldo Magela Quintão, que condenava o pagamento, por entender que "seria uma afronta à isonomia entre as funções".

    Os estudos sobre os honorários de sucumbência são preliminares. Se forem acolhidos pela Presidência, ainda terão de passar pelo Congresso Nacional. Segundo Adams, "esse é um processo que abre as portas para que procuradores dos estados e dos municípios em todo o país ganhem o mesmo direito". Para Ibaneis Rocha, "esse primeiro passo vai garantir aos advogados públicos federais o que foi instituído na Lei nº 8.906/1994 (e depois foi vetado por Quintão). Precisamos acelerar a entrada desse texto no Código de Processo Civil, e é isso que a OAB vai fazer", afirmou.

    Indefinições

    De acordo com a AGU - sem citar valores -, os honorários atualmente são pagos à União. No parecer já elaborado, não há definição exata de para onde o dinheiro vai: se para um fundo ou diretamente para os advogados. Também não se sabe como será feito o cálculo. A previsão do pagamento já é lei em vários estados e municípios, como Pará, São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. E, de acordo com a assessoria de imprensa da AGU, o bolo a ser dividido é pequeno.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    ainda hoje estava trabalhando num cumprimento de sentença em que a Uniao cobrava 35 mil reais, condenação ao pagamento de 5% sobre o valor dos embargos julgados improcedentes...Eu nao acho pouco!
    sergio caldas
    sergio caldas
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : analista judiciário
    Mensagens : 1237
    Reputação : 29
    Data de inscrição : 29/11/2010
    Localização : são paulo

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por sergio caldas em Qua 20 Mar 2013, 8:10 pm

    salário de março do trt/sp "rodado": zero de aumento. nem sinal de fumaça.....
    pernalonga
    pernalonga
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2043
    Reputação : 825
    Data de inscrição : 25/04/2012

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por pernalonga em Qua 20 Mar 2013, 8:23 pm

    sergio caldas escreveu:salário de março do trt/sp "rodado": zero de aumento. nem sinal de fumaça.....
    no nosso conclave salarial, faz 6 anos que só da' fumaça preta...
    matrixjfrj
    matrixjfrj
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 47
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 03/12/2012

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por matrixjfrj em Qua 20 Mar 2013, 9:10 pm

    pessoal,
    hj conferi meu contracheque no trf2 e constatei que tem o desconto de contribuição sindical.. em torno de R$ 240,00 reais..Alguém mais foi descontado nisso tb?? Eu acho um absurdo ser obrigado a contribuir... Não é inconstitucional?? O que vcs acham?
    avatar
    Patriot
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 156
    Reputação : 3
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Patriot em Qua 20 Mar 2013, 9:37 pm

    Catatau escreveu:
    camirecas escreveu:Joaquim Barbosa teme “gigantismo”

    20/03/2013 - Justiça

    Os presidentes do Senado, Renan Calheiros, e da Câmara, Henrique Eduardo Alves, visitaram ontem o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa.
    O principal assunto foi a proposta, em tramitação no Congresso, de criação de mais quatro tribunais regionais federais no país, com o objetivo de desafogar os existentes.
    A PEC 86/2011 foi aprovada pela Comissão de Constituição e Justiça do Senado (CCJ) no dia 6, na forma de texto substitutivo de Jorge Viana (PT-AC). Ontem, o Plenário acatou requerimento para que se estabeleça calendário especial para a tramitação da proposta. O calendário especial não permite a quebra de interstícios (prazos constitucionais), o que possibilitaria um tempo menor para a aprovação da proposta.
    Segundo Renan, Barbosa manifestou preocupação com um possível “gigantismo” da Justiça, já que cada tribunal pode exigir a contratação de cerca de 3 mil servidores.
    O primeiro tribunal terá jurisdição sobre Amazonas, Acre, Rondônia e Roraima, e sede em Manaus. O segundo terá jurisdição sobre Pará, Amapá, Maranhão e Tocantins, sediado em Belém.
    O terceiro cobrirá Bahia e Sergipe, com sede em Salvador. O quarto exercerá poder sobre Ceará, Piauí e Rio Grande do Norte, com base em Fortaleza.
    A proposta também determina que o Superior Tribunal de Justiça (STJ), 180 dias depois de promulgada a emenda, encaminhe ao Congresso projeto dispondo sobre funcionamento desses tribunais.
    Outro assunto abordado na visita foi a liminar que suspendeu a nova distribuição dos royalties do petróleo. Na segunda-feira, a ministra Cármen Lúcia suspendeu parte da nova Lei dos Royalties, promulgada na semana
    passada com partes originalmente vetadas. Renan disse acreditar em uma rápida definição sobre o assunto no Plenário do STF.
    — Não quero entrar no mérito da decisão da ministra, mas acredito na competência do Congresso na apreciação dos vetos — afirmou.

    Jornal do Senado
    (Reprodução autorizada mediante citação do Jornal do Senado)

    A competência federal aumentou significativamente desde 1988, com a centralização dos tributos e repasses pela União, e a federalização de crimes como lavagem de dinheiro, crimes contra a organização do trabalho, etc...

    No entanto, a Justiça Federal é minúscula, comparada à Justiça do Trabalho e à Justiça Eleitoral, por exemplo.

    JB não deveria estar incomodado com o "Gigantismo" da Justiça Federal, afinal é notório o assoberbamento de processos nessa jurisdição. Só para comparar, vi uma notícia, não sei onde, que se parassem de receber processos no âmbito do TRF4, e resolvessem todos os processos em andamento, o TRF4 zeraria a quantidade de processos em 21 anos.

    A média de feitos penais na minha unidade é de 6 a 7 anos. Cíveis tem um poucos mais de tempo. Pra você ver, tem um processo de 1995 na minha mesa.

    Então, JB? O que se deve fazer para melhorar a JF? Aumentar a carga horária dos servidores? A segunda instância da JF é problemática. O TRF1 é enorme. Certamente a JF precisa imediatamente ser reformulada.



    Não tenho números para afirmar quem é maior se JF ou J. Eleitoral, mas cada vara federal tem algo em torno de 20 servidores e com funções comissionadas sobrando, sendo a menor FC 2; Já cada zona eleitoral tem no máximo 2 servidores e o "chefe de cartório" equivalente ao diretor de secretaria recebe FC 1 e o outro servidor não recebe nenhuma função.
    Agora quanto a eficiência: vou ak dá um exemplo: ano passado foi reiterado um ofício 4 vezes para JF solicitando certidões de antecedentes, depois de cansar de remeter os ofícios liguei lá e falei com a servidora responsável e ela perguntou o número do protocolo o que foi prontamente respondido...passados alguns minutos ela ligou falando que não tinha localizado nenhum dos ofícios, então falei o nome do réu e ela falou que iria localiar e responder.
    Passados alguns dias as certidões chegaram ao cartório eleitoral, o estranho é que a certidão negativa foi expedida constando apenas o nome do réu, constando nenhuma qualificação como nome do pai ou mãe e nem mesmo cpf...

    Sei que não podemos generalizar, mas temos discrepancias em toda a justiça federal: JF, JE, JT...
    O que justifica um TRE sede ter mais de 400 servidores e suas zonas eleitorais ter cada uma dois servidores seja capital ou interior.
    O que justifica o TRF 1ª região abrangendo quase o país inteiro.
    O que justifica distribuir funções pra servidor ficar númerando página de processo?
    Funções comissionadas é apenas para funções gerenciais e não pra complementar renda de ninguém.
    Ak mesmo no Tribunal o cara que recebe função gerencial acaba fazendo tudo, pq os outros mesmo recebendo funções menores se escoram no cara e torcem pra ele errar e "herdar a função maior"
    Sim nossa remuneração ta horrível, mas temos erros internos terríveis.
    sonhador
    sonhador
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 495
    Reputação : 12
    Data de inscrição : 21/08/2012

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por sonhador em Qui 21 Mar 2013, 12:41 am

    Pessoal, boa noite.

    Gostaria de comentar sobre o ambiente de trabalho na Justiça Federal: puxa-saquismo; gente que se mantém em suas FCs falando mal, dedurando colegas; mau-caratismo; fingimento; disputa de influência; setores fazendo festinha de aniversário para diretor enquanto o órgão em si não fez; apadrinhados de juiz tomando FC de servidor; maledicência; fofoca; intriga; grupinhos dentro do órgão tentando se "dar bem"; diretor bajulando servidora mulher de juiz, perseguições e outras cositas mais acontecem com muita frequência na JF?
    sonhador
    sonhador
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 495
    Reputação : 12
    Data de inscrição : 21/08/2012

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por sonhador em Qui 21 Mar 2013, 12:45 am

    O julgamento que eu faço é que, pelo menos administrativamente, a Justiça Federal é horrível, para dizer o mínimo. A quantidade de coisas erradas, a quantidade de aberraçoes é enorme. Estou errado, exagerando?
    sergio caldas
    sergio caldas
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : analista judiciário
    Mensagens : 1237
    Reputação : 29
    Data de inscrição : 29/11/2010
    Localização : são paulo

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por sergio caldas em Qui 21 Mar 2013, 7:43 am

    sonhador escreveu:Pessoal, boa noite.

    Gostaria de comentar sobre o ambiente de trabalho na Justiça Federal: puxa-saquismo; gente que se mantém em suas FCs falando mal, dedurando colegas; mau-caratismo; fingimento; disputa de influência; setores fazendo festinha de aniversário para diretor enquanto o órgão em si não fez; apadrinhados de juiz tomando FC de servidor; maledicência; fofoca; intriga; grupinhos dentro do órgão tentando se "dar bem"; diretor bajulando servidora mulher de juiz, perseguições e outras cositas mais acontecem com muita frequência na JF?

    no trt de são paulo não é diferente. como é um tribunal enorme e com muita demanda de serviço, atrai muitos concurseiros de outros estados, principalmente do nordeste, que não têm raízes nesta cidade, são explorados e muitos caem em depressão. é triste ver colegas de muitas regiões do Brasil serem explorados por chefes implacáveis e que não demonstram a menor consideração pelo ser humano. o pior é saber que essa é a diretriz da cúpula, já está na hora de o sindicato fazer uma campanha para o pessoal de fora, quem sabe com reuniões e paletras com psicólogos e médicos do trabalho.
    avatar
    pgusmao
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 316
    Reputação : 16
    Data de inscrição : 06/08/2010

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por pgusmao em Qui 21 Mar 2013, 8:14 am

    Ao colega SONHADOR sobre seu desabafo, o serviço público é assim em todos os níveis, mas na iniciativa privada ainda é pior, pois não se perde a função e sim o emprego, então ainda está no lucro. Não pense que até a Igreja seja diferente.
    Inocente
    Inocente
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 486
    Reputação : 15
    Data de inscrição : 24/06/2011

    Tópico Geral - Página 24 Empty PGR

    Mensagem por Inocente em Qui 21 Mar 2013, 8:44 am

    Você viram o site de uma das candidatas a PGR.
    Na entrevista que ela concede há este trecho:

    I – Atuação Jurisdicional do PGR

    A atuação jurisdicional do Procurador-Geral da República é vital para a instituição e para o país. Deve ser aprimorada na perspectiva da celeridade e da efetividade.

    1. Criar Assessorias Especializadas – O PGR deve atuar em equipe, com assessoramento qualificado e célere, em todos os feitos que são da sua atribuição. Pretendo criar assessorias especializadas, compostas por membros do MPF com reconhecida capacidade no seu campo de atuação. Não fazê-lo, numa instituição integrada por pessoas tão talentosas, deixando que peças e manifestações relevantes sejam elaboradas por servidores, é um enorme desperdício. Pretendo criar assessorias desta natureza, no mínimo, para ações penais originárias no STF e no STJ, jurisdição constitucional, eleitoral e tutela coletiva. Estes procuradores-assessores do PGR deverão, inclusive, assinar as suas manifestações, em conjunto com o PGR ou Vice-PGE.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6687
    Reputação : 291
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Galizezin em Qui 21 Mar 2013, 9:22 am

    pgusmao escreveu:Ao colega SONHADOR sobre seu desabafo, o serviço público é assim em todos os níveis, mas na iniciativa privada ainda é pior, pois não se perde a função e sim o emprego, então ainda está no lucro. Não pense que até a Igreja seja diferente.

    Pois é! Católica: os três últimos papas tiraram foto juntos. Coincidência!? O vaticano tem muita grana e a liderança não pode escapar do controle. João Paulo I quis romper e se deu mal...
    Igrejas evangélicas: se não for dizimista a tua vida vira um inferno!

    Enfim, coisas do sistema apodrecido.
    sonhador
    sonhador
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 495
    Reputação : 12
    Data de inscrição : 21/08/2012

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por sonhador em Qui 21 Mar 2013, 10:18 am

    De repente existem lugares do mesmo baixo nivel, mas isso é outra coisa. Mas o que eu sinto é um ambiente de trabalho no Poder Judiciário, pelo menos até onde sei e conheço, de muita opressão, muitas coisas erradas, muitas deturpações, jogos de interesses, perseguições e tantas outras coisas. Para piorar toda a situãção, temos um pífio reajuste, que sequer recebemos ainda. Percebo que somos um classe extremamente oprimida, nervosa e meio perdida por uma série de circunstâncias, humanas e espirituais. Se fosse só eu, mas é o que sinto e vejo todo dia com muita gente no fórum e no dia a dia. E essas funçoes comissionadas ajudam muito, muito mesmo a situãção ruim em que estamos. Em vez de um bom salário e poucas funçoes, existe um circo montado em relação a elas, e somos tratados como cães famintos, e infelizmente muitos colegas, por necessidade ou ganância (incorparadões), atendem ao desejo deles. Querem que os servidores se danem. Apenas tratam de distribuir funçoes de acordo com uma série de interesses para por uma parte dos colegas na coleira. De resto, não estão nem aí.
    Meu Deus, como me arrependo de ter vindo para o Judiciário. Participei de ambiente que tinha seus problemas, mas aqui é demais, fora de controle.
    sergio caldas
    sergio caldas
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : analista judiciário
    Mensagens : 1237
    Reputação : 29
    Data de inscrição : 29/11/2010
    Localização : são paulo

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por sergio caldas em Qui 21 Mar 2013, 12:08 pm

    sonhador escreveu:De repente existem lugares do mesmo baixo nivel, mas isso é outra coisa. Mas o que eu sinto é um ambiente de trabalho no Poder Judiciário, pelo menos até onde sei e conheço, de muita opressão, muitas coisas erradas, muitas deturpações, jogos de interesses, perseguições e tantas outras coisas. Para piorar toda a situãção, temos um pífio reajuste, que sequer recebemos ainda. Percebo que somos um classe extremamente oprimida, nervosa e meio perdida por uma série de circunstâncias, humanas e espirituais. Se fosse só eu, mas é o que sinto e vejo todo dia com muita gente no fórum e no dia a dia. E essas funçoes comissionadas ajudam muito, muito mesmo a situãção ruim em que estamos. Em vez de um bom salário e poucas funçoes, existe um circo montado em relação a elas, e somos tratados como cães famintos, e infelizmente muitos colegas, por necessidade ou ganância (incorparadões), atendem ao desejo deles. Querem que os servidores se danem. Apenas tratam de distribuir funçoes de acordo com uma série de interesses para por uma parte dos colegas na coleira. De resto, não estão nem aí.
    Meu Deus, como me arrependo de ter vindo para o Judiciário. Participei de ambiente que tinha seus problemas, mas aqui é demais, fora de controle.

    penso da mesma forma, existem excelentes empresas na iniciativa privada que se preocupam, e muito, com seus funcionários. ouvi comentários que a xerox é um verdadeiro paraíso para os seus empregados. quanto ao serviço público, também existem orgãos que são uma verdadeira mãe , um exemplo é a petrobrás.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado em Qui 21 Mar 2013, 12:39 pm

    Concordo com quase tudo, agora se arrepender é demais né. Como assim? Vai lá na Presidência e pede exoneração e libera a vaga pra mais um desempregado pegar um "empreguinho" de 4 conto inicial nível médio.

    Se quer coisa melhor, vai atrás.. eu estou estudando no momento pq meu salário não tá dando.. tá foda.., mas desmerecer a vitória de passar num concurso foda e ter um cargo sonhado por milhares de pessoas, é no mínimo, ridículo.

    sergio caldas escreveu:
    sonhador escreveu:De repente existem lugares do mesmo baixo nivel, mas isso é outra coisa. Mas o que eu sinto é um ambiente de trabalho no Poder Judiciário, pelo menos até onde sei e conheço, de muita opressão, muitas coisas erradas, muitas deturpações, jogos de interesses, perseguições e tantas outras coisas. Para piorar toda a situãção, temos um pífio reajuste, que sequer recebemos ainda. Percebo que somos um classe extremamente oprimida, nervosa e meio perdida por uma série de circunstâncias, humanas e espirituais. Se fosse só eu, mas é o que sinto e vejo todo dia com muita gente no fórum e no dia a dia. E essas funçoes comissionadas ajudam muito, muito mesmo a situãção ruim em que estamos. Em vez de um bom salário e poucas funçoes, existe um circo montado em relação a elas, e somos tratados como cães famintos, e infelizmente muitos colegas, por necessidade ou ganância (incorparadões), atendem ao desejo deles. Querem que os servidores se danem. Apenas tratam de distribuir funçoes de acordo com uma série de interesses para por uma parte dos colegas na coleira. De resto, não estão nem aí.
    Meu Deus, como me arrependo de ter vindo para o Judiciário. Participei de ambiente que tinha seus problemas, mas aqui é demais, fora de controle.

    penso da mesma forma, existem excelentes empresas na iniciativa privada que se preocupam, e muito, com seus funcionários. ouvi comentários que a xerox é um verdadeiro paraíso para os seus empregados. quanto ao serviço público, também existem orgãos que são uma verdadeira mãe , um exemplo é a petrobrás.

    Ministro
    Ministro
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Cargo : Analista MPU
    Mensagens : 136
    Reputação : -18
    Data de inscrição : 07/04/2011

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Ministro em Qui 21 Mar 2013, 12:55 pm

    Catatau escreveu:
    Ministro escreveu:Alguém está sabendo algo sobre a reestruturação de cargos no MPU, especificamente sobre a extinção dos cargos de perito?

    Sim. Já foi postada aqui a proposta da PGR sobre a reestruturação.

    O cargo de perito não será propriamente "extinto", mas será "unido" ao cargo de Analista do MPU. Haverá apenas um cargo de nível superior no quadro de servidores: o de analista do MPU.

    Os peritos continuarão recebendo gratificação de perícia. A diferença é que com a "mobilidade funcional", qualquer analista que tenha a habilitação necessária poderá pleitear a especialidade de perícia.

    Valeu Catatau!

    Você sabe onde posso encontrar essa proposta da PGR? De antemão vou dar uma vasculhada aqui no fórum!

    Abraços!
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado em Qui 21 Mar 2013, 1:08 pm

    noexcuses escreveu:Concordo com quase tudo, agora se arrepender é demais né. Como assim? Vai lá na Presidência e pede exoneração e libera a vaga pra mais um desempregado pegar um "empreguinho" de 4 conto inicial nível médio.

    Se quer coisa melhor, vai atrás.. eu estou estudando no momento pq meu salário não tá dando.. tá foda.., mas desmerecer a vitória de passar num concurso foda e ter um cargo sonhado por milhares de pessoas, é no mínimo, ridículo.

    sergio caldas escreveu:
    sonhador escreveu:De repente existem lugares do mesmo baixo nivel, mas isso é outra coisa. Mas o que eu sinto é um ambiente de trabalho no Poder Judiciário, pelo menos até onde sei e conheço, de muita opressão, muitas coisas erradas, muitas deturpações, jogos de interesses, perseguições e tantas outras coisas. Para piorar toda a situãção, temos um pífio reajuste, que sequer recebemos ainda. Percebo que somos um classe extremamente oprimida, nervosa e meio perdida por uma série de circunstâncias, humanas e espirituais. Se fosse só eu, mas é o que sinto e vejo todo dia com muita gente no fórum e no dia a dia. E essas funçoes comissionadas ajudam muito, muito mesmo a situãção ruim em que estamos. Em vez de um bom salário e poucas funçoes, existe um circo montado em relação a elas, e somos tratados como cães famintos, e infelizmente muitos colegas, por necessidade ou ganância (incorparadões), atendem ao desejo deles. Querem que os servidores se danem. Apenas tratam de distribuir funçoes de acordo com uma série de interesses para por uma parte dos colegas na coleira. De resto, não estão nem aí.
    Meu Deus, como me arrependo de ter vindo para o Judiciário. Participei de ambiente que tinha seus problemas, mas aqui é demais, fora de controle.

    penso da mesma forma, existem excelentes empresas na iniciativa privada que se preocupam, e muito, com seus funcionários. ouvi comentários que a xerox é um verdadeiro paraíso para os seus empregados. quanto ao serviço público, também existem orgãos que são uma verdadeira mãe , um exemplo é a petrobrás.


    O concurso no qual eu passei era num cargo que, mesmo sendo de nível médio, pagava mais que boa parte dos cargos de nível superior do executivo. O auxílio alimentação era bastante razoável, e o valor das diárias era NOMINALMENTE maior do que é hoje, apesar do aumento de preços de hospedagem ter disparado.

    Se o Judiciário já é ruim, imagina o MPU que nem tem esta farra de funções. Pelo contrário, há um desvio generalizado de função, perseguições, e as poucas funções que restam, por meritocracia (excluídas aquelas que são quase vitalícias), estão sendo disputadas a tapa, quando é possível.

    Creio que servidores qualificados não se comparam pela média, porque são muito acima dela. Até a CEF, que é uma bos... de empresa, tem funcionários mais motivados e um plano de carreira melhor que o nosso. Se eu passasse no concurso e tivesse garantia que iria ser tesoureiro na primeira agência que houvesse vaga, faria concurso para lá. Até porque lá o jogo das funções é bem claro: peixe vai ganhar função mesmo, mas quem tem meritocracia e paciência também terá sua vez.

    Ministro
    Ministro
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Cargo : Analista MPU
    Mensagens : 136
    Reputação : -18
    Data de inscrição : 07/04/2011

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Ministro em Qui 21 Mar 2013, 1:54 pm

    Ministro escreveu:
    Catatau escreveu:
    Ministro escreveu:Alguém está sabendo algo sobre a reestruturação de cargos no MPU, especificamente sobre a extinção dos cargos de perito?

    Sim. Já foi postada aqui a proposta da PGR sobre a reestruturação.

    O cargo de perito não será propriamente "extinto", mas será "unido" ao cargo de Analista do MPU. Haverá apenas um cargo de nível superior no quadro de servidores: o de analista do MPU.

    Os peritos continuarão recebendo gratificação de perícia. A diferença é que com a "mobilidade funcional", qualquer analista que tenha a habilitação necessária poderá pleitear a especialidade de perícia.

    Valeu Catatau!

    Você sabe onde posso encontrar essa proposta da PGR? De antemão vou dar uma vasculhada aqui no fórum!

    Abraços!

    Catatau, achei os slides que você postou. Considero uma mudança interessante essa da mobilidade funcional, só espero que essa mobilidade, na prática, não envolva muita politicagem e seja feita realmente por competência. Agora me surgiu um questionamento: considerando essa mobilidade funcional, como ficará a remoção e a permuta?

    Por exemplo, abriu uma vaga de Analista de Gestão Pública em determinado local. Na prática, qualquer especialidade pode requerer mobilidade para essa área, então, no concurso de remoção tal vaga seria destinada a todos os analistas, independente da área?
    E quanto a permuta, se eu, Analista de Contabilidade, quiser permutar com um Analista de Orçamento, fazendo uso da mobilidade funcional, isso será possível?
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado em Qui 21 Mar 2013, 2:33 pm

    Ministro escreveu:
    Ministro escreveu:
    Catatau escreveu:
    Ministro escreveu:Alguém está sabendo algo sobre a reestruturação de cargos no MPU, especificamente sobre a extinção dos cargos de perito?

    Sim. Já foi postada aqui a proposta da PGR sobre a reestruturação.

    O cargo de perito não será propriamente "extinto", mas será "unido" ao cargo de Analista do MPU. Haverá apenas um cargo de nível superior no quadro de servidores: o de analista do MPU.

    Os peritos continuarão recebendo gratificação de perícia. A diferença é que com a "mobilidade funcional", qualquer analista que tenha a habilitação necessária poderá pleitear a especialidade de perícia.

    Valeu Catatau!

    Você sabe onde posso encontrar essa proposta da PGR? De antemão vou dar uma vasculhada aqui no fórum!

    Abraços!

    Catatau, achei os slides que você postou. Considero uma mudança interessante essa da mobilidade funcional, só espero que essa mobilidade, na prática, não envolva muita politicagem e seja feita realmente por competência. Agora me surgiu um questionamento: considerando essa mobilidade funcional, como ficará a remoção e a permuta?

    Por exemplo, abriu uma vaga de Analista de Gestão Pública em determinado local. Na prática, qualquer especialidade pode requerer mobilidade para essa área, então, no concurso de remoção tal vaga seria destinada a todos os analistas, independente da área?
    E quanto a permuta, se eu, Analista de Contabilidade, quiser permutar com um Analista de Orçamento, fazendo uso da mobilidade funcional, isso será possível?

    Pois é, acho que tudo isso ainda será regulamentado.

    Imagino que o grupo de trabalho criado, ou que venha a ser criado para isso, vai ter que se debruçar e estudar muito para encontrar uma solução para esses problemas.

    Vai dar trabalho...



    RICARDO.PONTES
    RICARDO.PONTES
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Oréia Seca
    Mensagens : 3440
    Reputação : 23
    Data de inscrição : 25/08/2010
    Localização : Brasília - DF

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por RICARDO.PONTES em Qui 21 Mar 2013, 3:05 pm

    Folha suplementar no dia 26 proximo!
    avatar
    Patriot
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 156
    Reputação : 3
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Patriot em Qui 21 Mar 2013, 4:16 pm

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    naranjito
    naranjito
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Eleitor do PT
    Mensagens : 754
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 17/08/2011
    Idade : 89
    Localização : Fila do Bolsa-Família

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por naranjito em Qui 21 Mar 2013, 4:39 pm

    RICARDO.PONTES escreveu:Folha suplementar no dia 26 proximo!

    Bom procês! Aqui no MPU o pagode atrasou a folha normal gasp . O que está tendo de neguinho ligando pra segurar borrachudo... why
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6687
    Reputação : 291
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Galizezin em Qui 21 Mar 2013, 5:23 pm

    Patriot escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    O correto seria: decisão do stf impede "roubo" bilionário do governo.
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6687
    Reputação : 291
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Galizezin em Qui 21 Mar 2013, 5:24 pm

    naranjito escreveu:
    RICARDO.PONTES escreveu:Folha suplementar no dia 26 proximo!

    Bom procês! Aqui no MPU o pagode atrasou a folha normal gasp . O que está tendo de neguinho ligando pra segurar borrachudo... why

    É oficial o atraso?
    Digoturbinado
    Digoturbinado
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 957
    Reputação : 17
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Digoturbinado em Qui 21 Mar 2013, 5:31 pm

    Até agora (16h) não recebi a renumeração do MPU.
    Agora devemos brigar pelo recebimento da renumeração...Esse é o planejamento estratégico do MPU.
    Aroldo Rique
    Aroldo Rique
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 5984
    Reputação : 40
    Data de inscrição : 07/07/2010

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Aroldo Rique em Qui 21 Mar 2013, 6:14 pm

    21/3-“Problema técnico” atrasa pagamento de salários no MPU
    Após receber dezenas de telefones de filiados de todo o país, servidores do MPU preocupados por não terem o crédito de seus salários depositados em conta corrente nesta quinta-feira, dia 21, conforme previsto no calendário previamente divulgado pelo Ministério, o diretor do SINASEMPU Roberto Negri entrou em contato com o setor de pagamento do Ministério Público Federal (MPF), na Procuradoria Geral da República (PGR).

    Segundo apurado um “problema técnico” foi a causa do atraso, mas houve a garantia de que os salários estarão depositados nas respectivas contas-correntes nesta sexta-feira, dia 22 de março.

    Vamos acompanhar, esperando que realmente o dinheiro esteja disponível nesta sexta-feira aos servidores, conforme nos foi repassado pelo setor de pagamento da PGR.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    _________________

    Pessoal, associem-se à ANATA.
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 6687
    Reputação : 291
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Galizezin em Qui 21 Mar 2013, 6:21 pm

    Aroldo Rique escreveu:21/3-“Problema técnico” atrasa pagamento de salários no MPU
    Após receber dezenas de telefones de filiados de todo o país, servidores do MPU preocupados por não terem o crédito de seus salários depositados em conta corrente nesta quinta-feira, dia 21, conforme previsto no calendário previamente divulgado pelo Ministério, o diretor do SINASEMPU Roberto Negri entrou em contato com o setor de pagamento do Ministério Público Federal (MPF), na Procuradoria Geral da República (PGR).

    Segundo apurado um “problema técnico” foi a causa do atraso, mas houve a garantia de que os salários estarão depositados nas respectivas contas-correntes nesta sexta-feira, dia 22 de março.

    Vamos acompanhar, esperando que realmente o dinheiro esteja disponível nesta sexta-feira aos servidores, conforme nos foi repassado pelo setor de pagamento da PGR.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Problema do técnico? Eita Felipão!!
    RICARDO.PONTES
    RICARDO.PONTES
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Oréia Seca
    Mensagens : 3440
    Reputação : 23
    Data de inscrição : 25/08/2010
    Localização : Brasília - DF

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por RICARDO.PONTES em Qui 21 Mar 2013, 6:36 pm

    naranjito escreveu:
    RICARDO.PONTES escreveu:Folha suplementar no dia 26 proximo!

    Bom procês! Aqui no MPU o pagode atrasou a folha normal gasp . O que está tendo de neguinho ligando pra segurar borrachudo... why

    Já coloquei dois borrachudos na praça para o dia 26, já pensou se der algum problema e não sair nada Rolling Eyes
    Aroldo Rique
    Aroldo Rique
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 5984
    Reputação : 40
    Data de inscrição : 07/07/2010

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Aroldo Rique em Qui 21 Mar 2013, 7:14 pm

    21/3-SINASEMPU tem reunião com Deborah Duprat, candidata a PGR
    Fechando o ciclo de encontros com os candidatos a suceder Roberto Gurgel no comando do Ministério Público da União, o diretor do SINASEMPU Roberto Negri reuniu-se, nesta quinta-feira (21), com a vice-procuradora-geral da República, Deborah Duprat.



    Roberto Negri e Deborah Duprat conversam sobre a necessidade de um maior diálogo entre a Administração e o representante sindical dos servidores

    Deborah afirmou que pretende resgatar a Instituição Ministério Público da União, nos moldes do que era no final da década de 80: “Quero abrir o Ministério à sociedade, promovendo audiências abertas, trazendo a sociedade para dentro da PGR, e, acima de tudo, valorizar, de fato, membros e servidores”, afirmou.

    Ao ser informada sobre a extrema dificuldade de interlocução com a Administração do MPU, enfrentada não só pelo SINASEMPU, mas também pelas demais entidades representativas dos servidores, Duprat disse que o diálogo será marca de sua gestão, caso seja a escolhida para chefiar o Ministério.

    Deborah Duprat demonstrou grande estranheza com a afirmação do secretário-geral Lauro Cardoso, em recente reunião com o SINASEMPU e outras entidades, de que até mesmo o procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho (MPT) estaria favorável à extinção de cargos e terceirização de serviços prestados por Técnicos de Informática e Transporte no MPU. “Vou telefonar para o doutor Camargo, uma vez que isso vai contra ações judiciais propostas pelo próprio MPT”, afirmou Duprat.

    Ressaltando sua ligação com a causa indígena e outros segmentos sociais, Deborah Duprat disse que pretende adotar uma gestão democrática e transparente. Pediu propostas ao SINASEMPU e ouviu do diretor Negri que um estudo sobre a Reestruturação das Carreiras do MPU, feito pelo sindicato, será protocolado em seu gabinete, destacando ainda a necessidade de intensificar a luta pela autonomia orçamentária e financeira do Ministério. “Nossa esperança era de que o ministro Joaquim Barbosa, do STF, julgasse logo o Mandado de Segurança do PGR contra a violação à autonomia orçamentária do MPU, mas, até agora, nada”, colocou Negri.

    O representante do SINASEMPU destacou ainda a campanha de marketing “MPU Forte”, coordenada pelo sindicato e que contou com o apoio de membros e servidores, que colocou em evidência para toda a sociedade brasileira de fortalecer o Ministério Público.

    A necessidade imediata de recomposição do poder aquisitivo dos servidores e a mais que urgente equiparação das carreiras do MPU com outras análogas da esfera federal, foi preocupação demonstrada tanto pelo SINASEMPU como pela vice-procuradora-geral da República, Deborah Duprat.

    Duprat disse que quer receber sugestões para melhorar o Plan-Assiste, e o diretor Negri afirmou que as entidades de servidores promoverão um seminário com esse objetivo, em Brasília, marcado para o dia 4 de maio.

    Sobre a jornada de trabalho, Deborah disse que não se preocupa com essa questão, mas que seu objetivo é criar um ambiente onde, tanto membros quando servidores tenham grande satisfação em trabalhar. A respeito da redução do prazo para que os novos servidores se habilitem a participar de concursos de remoção, de três para dois anos após a investidura, Duprat disse também ser favorável.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    _________________

    Pessoal, associem-se à ANATA.
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
    andre3107
    andre3107
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : Técnico Judiciário
    Mensagens : 1112
    Reputação : 31
    Data de inscrição : 31/08/2012
    Localização : Belém/PA

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por andre3107 em Qui 21 Mar 2013, 7:34 pm

    Câmara aprova reajuste para policiais civis e militares, bombeiros e delegados

    O Plenário da Câmara aprovou nesta quinta-feira duas propostas que tratam dos servidores do Distrito Federal. O Projeto de Lei 4921/12 aumenta os valores de soldos, subsídios, gratificações e vantagens pecuniárias de policiais civis e militares, bombeiros e delegados de polícia do Distrito Federal. Já o Projeto de Lei 4366/12 cria cargos em carreiras da Polícia Civil do Distrito Federal. Ambas as propostas são do Executivo e seguem para análise do Senado.

    De acordo com o PL 4921/12, o aumento será dividido em três parcelas – em março de 2013, 2014 e 2015. Os soldos dos coronéis, que têm a maior patente nesse caso, chegarão a R$ 3.195,04 em 2015. O valor hoje é de R$ 2.760.

    A maior parcela dos salários desses militares, no entanto, está na chamada Vantagem Pecuniária Especial (VPE), que será aumentada dos atuais R$ 6.192,73, pagos aos coronéis, para R$ 7.279,17 a partir de março de 2015. No caso dos soldados de segunda classe, que recebem os menores valores, o reajuste elevará a VPE dos atuais R$ 1.199,54 para R$ 1.498,95.

    Polícia Civil
    Em relação aos subsídios da Polícia Civil, o projeto eleva dos atuais R$ 19.699,82 para R$ 22.805,00 o salário dos delegados de polícia, peritos criminais e médicos legistas de categoria especial. Já os agentes (de polícia e penitenciários), escrivães e papiloscopistas de categoria especial passarão a receber até R$ 13.751,51 em março de 2015.

    De acordo com o Executivo, a proposta terá impacto de R$ 56 milhões em 2013, R$ 115 milhões em 2014, R$ 179 milhões em 2015 e R$ 212 milhões de 2016 em diante. Esses valores referem-se somente aos reajustes da Polícia Civil do DF.

    Para os aumentos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar, o impacto será de R$ 110 milhões em 2013, R$ 227 milhões em 2014, R$ 349 milhões em 2015 e R$ 413 milhões de 2016 em diante.

    Novos cargos
    O Projeto de Lei 4366/12 aprovado pelo Plenário hoje cria 3.029 cargos: 200 de delegado de polícia, 80 de perito médico-legista, 199 de perito criminal, 2 mil de agente de polícia, 495 de escrivão de polícia e 55 de papiloscopista policial. Hoje, de acordo com a lei, já existem 400 delegados de polícia, 80 peritos médicos-legistas, 201 peritos criminal, 3649 agentes de polícia, 505 de escrivães e 305 papiloscopistas.

    De acordo com o projeto, o preenchimento das vagas ocorrerá de forma gradual, a partir de janeiro de 2014.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    GCC
    GCC
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Cargo : Analista Judiciário - TJDFT
    Mensagens : 360
    Reputação : 74
    Data de inscrição : 06/02/2013

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por GCC em Qui 21 Mar 2013, 8:10 pm

    Maravilha! Delegado gananhando mais que Juiz, agente penitenciário e escrivão ganhando bem mais que analista judiciário. É o fim da picada. E o judiciário contiua submisso, na mão do executivo! É fato, a carreira no judiciário já era. Daqui alguns anos (dois ou três, pelo andar da carroagem), vamos estar vendo carteiro, merendeira, operador de fotocopiadora, todos ganhando mais que analista. Aliás o cara que faz café e tira xerox, no legilativo e nos tribunais e conta já ganham bem mais que analistas da justiça.

    Se sair o concurso tô dentro. Vou sair do gabinete de desembargador, onde faço um traçalho coimplicado, técnico, para tentar uma vaga de escrevente em delegacia. Oh vida de mer... no PJU.


    andre3107 escreveu:Câmara aprova reajuste para policiais civis e militares, bombeiros e delegados

    O Plenário da Câmara aprovou nesta quinta-feira duas propostas que tratam dos servidores do Distrito Federal. O Projeto de Lei 4921/12 aumenta os valores de soldos, subsídios, gratificações e vantagens pecuniárias de policiais civis e militares, bombeiros e delegados de polícia do Distrito Federal. Já o Projeto de Lei 4366/12 cria cargos em carreiras da Polícia Civil do Distrito Federal. Ambas as propostas são do Executivo e seguem para análise do Senado.

    De acordo com o PL 4921/12, o aumento será dividido em três parcelas – em março de 2013, 2014 e 2015. Os soldos dos coronéis, que têm a maior patente nesse caso, chegarão a R$ 3.195,04 em 2015. O valor hoje é de R$ 2.760.

    A maior parcela dos salários desses militares, no entanto, está na chamada Vantagem Pecuniária Especial (VPE), que será aumentada dos atuais R$ 6.192,73, pagos aos coronéis, para R$ 7.279,17 a partir de março de 2015. No caso dos soldados de segunda classe, que recebem os menores valores, o reajuste elevará a VPE dos atuais R$ 1.199,54 para R$ 1.498,95.

    Polícia Civil
    Em relação aos subsídios da Polícia Civil, o projeto eleva dos atuais R$ 19.699,82 para R$ 22.805,00 o salário dos delegados de polícia, peritos criminais e médicos legistas de categoria especial. Já os agentes (de polícia e penitenciários), escrivães e papiloscopistas de categoria especial passarão a receber até R$ 13.751,51 em março de 2015.

    De acordo com o Executivo, a proposta terá impacto de R$ 56 milhões em 2013, R$ 115 milhões em 2014, R$ 179 milhões em 2015 e R$ 212 milhões de 2016 em diante. Esses valores referem-se somente aos reajustes da Polícia Civil do DF.

    Para os aumentos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar, o impacto será de R$ 110 milhões em 2013, R$ 227 milhões em 2014, R$ 349 milhões em 2015 e R$ 413 milhões de 2016 em diante.

    Novos cargos
    O Projeto de Lei 4366/12 aprovado pelo Plenário hoje cria 3.029 cargos: 200 de delegado de polícia, 80 de perito médico-legista, 199 de perito criminal, 2 mil de agente de polícia, 495 de escrivão de polícia e 55 de papiloscopista policial. Hoje, de acordo com a lei, já existem 400 delegados de polícia, 80 peritos médicos-legistas, 201 peritos criminal, 3649 agentes de polícia, 505 de escrivães e 305 papiloscopistas.

    De acordo com o projeto, o preenchimento das vagas ocorrerá de forma gradual, a partir de janeiro de 2014.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    camirecas
    camirecas
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : AJAAECJE
    Mensagens : 1546
    Reputação : 76
    Data de inscrição : 02/09/2012

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por camirecas em Qui 21 Mar 2013, 8:32 pm

    Servidores do judiciário federal e mpu entram na cota da palmatória: uma história de humilhação
    Por: Pedro Aparecido de Souza - terça-feira, 12 de março de 2013

    Há muito se sabe que a primeira lição que um Trabalhador ou Trabalhadora tem que aprender é reconhecer quem é o seu patrão e quem são os seus capatazes que agem em nome do patrão (pelegos).
    Não reconhecendo quem é o seu patrão e os capatazes de plantação, definitivamente, não é possível fazer um luta efetiva e producente para a Classe Trabalhadora.
    Lá se foram quatro anos de luta na defesa do reajuste dos salários dos Servidores do judiciário federal e mpu, e seis anos de congelamento salarial imposto por lula e dilma, auxiliados pelo stf, mpu e congresso.
    No início a reivindicação era de reposição em cerca de 80%. Depois a "frentas" (movimento composto por associações de juízes e promotores) abriu uma verdadeira guerra contra nosso reajuste e diminuiu, através do cnj, para 56%. Sim, associação daqueles que nos solicitam para que se cumpra metas e mais metas.
    Finalmente era 33% (sobre a GAJ) e depois do finalmente restou uma média de 27% (sobre a GAJ) de reajuste.
    Este pequeno reajuste não foi de graça. Ocorreu depois de muita Mobilização, Manifestações, Ocupações, diálogos, reuniões com praticamente todo mundo, Greve na maioria dos Sindicatos (sim, infelizmente, alguns sindicatos não fizeram Greve - em Mato Grosso, numa única Greve foram 223 dias), Greve unificada com os outros Servidores Federais e assim por diante.
    Este 27% não caiu do céu. Caiu e saiu da luta que a Categoria travou. Deveria e teria que ser maior (tanto a luta como o reajuste). Não foi uma vitória, mas foi um avanço em relação ao zero que dilma (pt) queria praticar, mas a Categoria além de ter o salário corroído pela inflação, também perdeu o posto de melhores salários entre os Servidores Públicos Federais. E nosso futuro, como carreira, ficou absolutamente comprometido.
    No entanto, mais que uma luta travada, incluindo criminalização pelo executivo e pelo (pasme) judiciário contra os seus próprios Servidores, impondo multas de R$ 200.000,00 por dia de Greve aos Sindicatos, fixação de percentual de 80% para os Trabalhadores continuarem a Trabalhar e não aderirem à Greve, o que ficou mais explícito foi a humilhação que a Categoria dos Servidores do judiciário e mpu sofreu pelo judiciário, mpu, governo federal e congresso.
    Foram seis anos de congelamento salarial (o pt nem precisou aprovar o projeto de congelamento contra os Servidores no judiciário federal e mpu). Só isto já é uma grande humilhação.
    Mas pior foi o trabalho realizado com êxito pelo stf e mpu contra nós (nossos patrões administrativos).
    O stf e o mpu fizeram tudo que o governo do pt mandou. Silenciou sobre o orçamento e sobre os processos judiciais que mantinham a autonomia do judiciário e mpu. Fizeram tudo para inglês ver em relação aos nossos apelos.
    gilmar mendes, peluso e joaquim, todos, absolutamente todos, jogaram contra nós e jogaram a favor do governo. No mpu, gurgel fez trabalho idêntico.
    Mas creio que nenhum dos anteriores, representantes do stf, chegaram ao fundo do poço (artesiano) como chegou carlos alberto, presidente do tst. Em recente entrevista, ele afirmou que os Servidores ganham muito e os juízes ganham pouco.
    Para lula, enquanto fazíamos as Greves, disse que Greve de Servidor era férias (até tu lula?), assim como fhc (psdb) chamou os aposentados de vagabundos.
    Enquanto isto, para completar a humilhação, não recebemos o reajuste nem em janeiro, nem em fevereiro de 2013, pois o orçamento ainda não foi aprovado!
    Somente com luta anual, a exemplo dos bancários, poderemos reverter esta situação humilhante, reivindicando a data-base e reposição da inflação. E o principal: isonomia de carreiras semelhantes do executivo e legislativo, nos livrando da cut, dos governistas incrustados nos nossos Sindicatos e na Fenajufe. Sem isto não há salvação. Seremos, de novo, traídos pelos governistas e pelegos de plantão que sempre defendem o patrão governo federal que tem a chave do cofre e enfraquecem nossas lutas.
    Não podemos permitir que qualquer pessoa na nossa Categoria de dia "defenda" a Categoria e à noite vai para as reuniões dos partidos da base do governo (qualquer que seja o governo). Nunca permitimos isto nos governos do sarney, collor, itamar, fhc e não poderíamos ter permitido no governo de lula (isto aconteceu, infelizmente, mas não com minha anuência e de tantos outros que não aceitaram e foram à luta contra o peleguismo), de Dilma (continua o peleguismo) ou qualquer um, de qualquer partido, que venha a ser o patrão do Servidor Público. Isto se chama autonomia em relação à governos. Simples assim.
    Enquanto não reconhecermos o rosto de nosso patrão, s eremos derrotados. Enquanto não reconhecermos que a cut é inimiga da Classe Trabalhadora e em especial do Servidor Público e em especial inimiga número 01 dos Servidores do judiciário federal e mpu, pois apóia o patrão governo federal, seremos derrotados.
    Enquanto não reconhecermos dentro dos Sindicatos quem defende o patrão, seremos derrotados.
    E uma dica para se reconhecer os amigos do patrão é só verificar se ele defende a cut dentro da Fenajufe e se ele defende o governo patrão (qualquer que seja ele). E é fácil detectar. Nem precisa de detector de sinal. Eles defendem abertamente, sem o menor pudor, o governo patrão. Não aceitam a anulação da reforma da previdência de 2003 que foi comprada através do mensalão. Defendem os mensaleiros abertamente.
    Basta de humilhação. Estamos empobrecendo aos poucos, mas que resgatemos pelo menos nossa dignidade.
    Ah! Mas não falei sobre o congresso (câmara e senado)... E precisa?
    Para efeitos de autonomia, tanto o stf, mpu e congresso não existem. Para isto existe o executivo, dono de tudo, inclusive de nossas vidas.
    Mas quando é para nos ferrar todos eles estão unidos contra nós.
    Nos bancos escolares a palmatória foi abolida na década de 1970. No judiciário federal e mpu, ainda não. A palmatória da humilhação, da opressão, continua ativa e persistente.
    E quanto às iniciais minúsculas, por que sou obrigado a escrever com letras maiúsculas aquilo que é minúsculo?


    SOBRE O AUTOR:
    Pedro Aparecido de Souza Presidente do Sindijufe-MT e coordenador da Fenajufe (pela Oposição Luta Fenajufe)
    rodfat
    rodfat
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1966
    Reputação : 4
    Data de inscrição : 06/08/2010
    Localização : Acari/RN

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por rodfat em Qui 21 Mar 2013, 8:35 pm

    RICARDO.PONTES escreveu:
    naranjito escreveu:
    RICARDO.PONTES escreveu:Folha suplementar no dia 26 proximo!

    Bom procês! Aqui no MPU o pagode atrasou a folha normal gasp . O que está tendo de neguinho ligando pra segurar borrachudo... why

    Já coloquei dois borrachudos na praça para o dia 26, já pensou se der algum problema e não sair nada Rolling Eyes

    Hahahahahaha... ô comédia... eu tb tô contando com esse dinheiro pra fechar o mês...
    sonhador
    sonhador
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 495
    Reputação : 12
    Data de inscrição : 21/08/2012

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por sonhador em Qui 21 Mar 2013, 10:25 pm

    Tem gente por aí que escreve muito mal, é desbocado, desrespeitoso e arrogante. Se tem milhões como você querendo isso ou aquilo não vem ao caso. Cada um quer o quer, mesmo sem saber bem o que está querendo. E quem é você para me dizer do que me arrepender? E quem é você para saber quanto ao que eu corro atrás ou não? Vá estudar a língua portuguesa e depois retorne.
    Analista Desafortunado
    Analista Desafortunado
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 281
    Reputação : 1
    Data de inscrição : 07/11/2011

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Analista Desafortunado em Sex 22 Mar 2013, 1:10 am

    Brother escreveu:É triste! Os caras vão ter um reajuste de 12,72% [o que representaria o acumulado do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) de 2011 e 2012].
    No entanto, nós mortais do Judiciário e MP tivemos 15% (referente a 6 anos) e divididos em 3 anos.
    É mole??? Pimenta no olho do outro não arde.


    20/03/2013 - 14h19
    Câmara decide aumentar cota dos deputados e criar novos cargos

    Na segunda reunião sob o comando do presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), integrantes da Mesa Diretora da Casa decidiram nesta quarta-feira (20) reajustar a chamada cota mensal de atividades parlamentares.

    Câmara deve apresentar projeto que cria novos cargos para PSD

    Os recursos da cota são usados no pagamento de passagens aéreas, telefone, serviços postais, assinatura de publicações, combustíveis e lubrificantes, entre outros gastos dos deputados. Os parlamentares apresentam as notas fiscais dos serviços e são ressarcidos pela Câmara.
    Leonardo Prado - 7.mai.2012/Agência Câmara
    Henrique Alves, favorito na disputa à presidência da Câmara
    Henrique Eduardo Alves, presidente da Câmara

    Segundo a Folha apurou, uma das hipóteses com maior aceitação da cúpula da Casa hoje é que o reajuste no valor seja de 12,72%, o que representaria o acumulado do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) de 2011 e 2012. A utilização de um outro índice, como o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), não está descartada.

    Um estudo preliminar apresentado hoje durante a reunião da Mesa aponta que caso a opção seja mesmo pelo IPCA o impacto anual com o reajuste será de cerca de R$ 23 milhões.

    O valor da cota paga pela Câmara aos deputados varia de Estado para Estado, principalmente, em razão do preço das passagens aéreas.

    No Distrito Federal, por exemplo, onde a cota é menor, o custo mensal passaria dos atuais R$ 23 mil para R$ 25.900, caso seja aplicado o IPCA. Para o Acre, onde a cota é maior, o custo mensal passaria dos atuais R$ 33.500 para R$ 37.700.

    O "cotão" foi adotado em 2009 pela Câmara como uma das medidas da reforma administrativa depois de denúncias de abuso no uso da cota de passagens aéreas e no uso da chamada verba indenizatória.

    Também está em análise um aumento do auxílio-moradia, que hoje é de R$ 3.000 por mês.

    Fonte: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    SAIU ONTEM NA GLOBO NEWS: 94,6% DOS AUMENTOS DOS SALÁRIOS DA INICIATIVA PRIVADA FORAM ACIMA DA INFLAÇÃO. ELES DERAM COMO UMA ÓTIMA NOTÍCIA, O QUE NÃO DEIXA DE SER, CLARO.

    CONTUDO, SE ESSE AUMENTO FOSSE PARA NÓS, TRABALHADORES DO PJU, SAIRIA NOTÍCIA PEJORATIVA EM TODO LUGAR, ENFIM..

    Conteúdo patrocinado

    Tópico Geral - Página 24 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qua 21 Ago 2019, 12:26 pm