PCS JÁ



    FCs e CJs para servidores efetivos

    avatar
    leokury
    Novo Usuário

    Mensagens : 8
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 19/07/2010

    FCs e CJs para servidores efetivos Empty FCs e CJs para servidores efetivos

    Mensagem por leokury em Qua 5 Jun - 16:07

    Já que estamos sem perspectiva de mudanças no modelo remuneratório e no aumento dos salários, porque não nos mobilizamos para buscar modificações em nossa carreira que a torne mais atrativa?

    Eu por exemplo fico extremamente desestimulado em ser chefiado por um servidor que não é nem concursado. Não precisou passar por nenhum crivo e chega para ser o chefe do meu chefe... Poderiamos lutar para modificar a lei da nossa carreira para algo como a do TCU (atentem para os parágrafos 1 e 2):


    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Art. 3o Integram o Quadro de Pessoal da Secretaria do Tribunal de Contas da União:

    I - as funções de confiança (FC) escalonadas de FC-1 a FC-6, nos quantitativos e valores definidos no Anexo III;

    II - os cargos em comissão, nos quantitativos e valores definidos no Anexo IV, observado o disposto no inciso IV do art. 110 da Lei no 8.443, de 16 de julho de 1992, com a redação dada pela Lei no 9.165, de 19 de dezembro de 1995.

    § 1o As funções de que trata o inciso I deste artigo são de exercício exclusivo de servidores ocupantes de cargo de provimento efetivo da Secretaria do Tribunal de Contas da União.

    § 2o O preenchimento dos cargos de que trata o inciso II deste artigo, cujos ocupantes terão exercício exclusivo nos Gabinetes de Ministro, de Auditor e do Procurador-Geral, é de livre escolha da respectiva autoridade.


    FCs somente para concursados e CJs para não-concursado somente nos gabinetes dos ministros. Já fui em palestras de servidores do TCU e uma das coisas exaltadas pelos palestrantes em suas carreiras era isso. Os chefes eram comprometidos com o trabalho por fazer parte da instituição e não ser um temporário.

    Poderiamos tentar propor um projeto de lei nesse sentido. Acho que projetos de lei com pequenas modificações seriam mais fácil de passar do que um proposta de reestruturação de carreira que nunca sai. E acho que esse projeto de lei seria apoiado por quase todos os servidores efetivos, não sofrendo com as divisões de nossa categoria, e serviria para unir a categoria novamente...

    Fica a sugestão!
    Analista Desafortunado
    Analista Desafortunado
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 281
    Reputação : 1
    Data de inscrição : 07/11/2011

    FCs e CJs para servidores efetivos Empty Re: FCs e CJs para servidores efetivos

    Mensagem por Analista Desafortunado em Qua 5 Jun - 18:18

    leokury escreveu:Já que estamos sem perspectiva de mudanças no modelo remuneratório e no aumento dos salários, porque não nos mobilizamos para buscar modificações em nossa carreira que a torne mais atrativa?

    Eu por exemplo fico extremamente desestimulado em ser chefiado por um servidor que não é nem concursado. Não precisou passar por nenhum crivo e chega para ser o chefe do meu chefe... Poderiamos lutar para modificar a lei da nossa carreira para algo como a do TCU (atentem para os parágrafos 1 e 2):


    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Art. 3o Integram o Quadro de Pessoal da Secretaria do Tribunal de Contas da União:

    I - as funções de confiança (FC) escalonadas de FC-1 a FC-6, nos quantitativos e valores definidos no Anexo III;

    II - os cargos em comissão, nos quantitativos e valores definidos no Anexo IV, observado o disposto no inciso IV do art. 110 da Lei no 8.443, de 16 de julho de 1992, com a redação dada pela Lei no 9.165, de 19 de dezembro de 1995.

    § 1o As funções de que trata o inciso I deste artigo são de exercício exclusivo de servidores ocupantes de cargo de provimento efetivo da Secretaria do Tribunal de Contas da União.

    § 2o O preenchimento dos cargos de que trata o inciso II deste artigo, cujos ocupantes terão exercício exclusivo nos Gabinetes de Ministro, de Auditor e do Procurador-Geral, é de livre escolha da respectiva autoridade.


    FCs somente para concursados e CJs para não-concursado somente nos gabinetes dos ministros. Já fui em palestras de servidores do TCU e uma das coisas exaltadas pelos palestrantes em suas carreiras era isso. Os chefes eram comprometidos com o trabalho por fazer parte da instituição e não ser um temporário.

    Poderiamos tentar propor um projeto de lei nesse sentido. Acho que projetos de lei com pequenas modificações seriam mais fácil de passar do que um proposta de reestruturação de carreira que nunca sai. E acho que esse projeto de lei seria apoiado por quase todos os servidores efetivos, não sofrendo com as divisões de nossa categoria, e serviria para unir a categoria novamente...

    Fica a sugestão!

    Com certeza aí os MMs iriam se mobilizar( para não nos garantir este direito, claro )

    No TRE onde trabalho, servidor do quadro, EFETIVO E CONCURSADO, não pode sair de um cartório ( capital ou interior ) para ocupar fc ou cj na sede ( mesmo já tendo TERMINADO O ESTÁGIO PROBATÓRIO, PASMEM ), pois existe uma " Resolução " fazendo essa proibição que não tem previsão legal e constitucional.

    Contudo, MOTORISTA requisitado pode ocupar fc no gabinete da presidência e servidor requisitado de nível médio pode ocupar CJ, muitas vezes sem possuir nenhum vínculo com a Administração, além de várias outras situações similares a estas!

      Data/hora atual: Sex 23 Ago - 20:14