PCS JÁ



    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Korgano Masaka
    Korgano Masaka
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 1636
    Reputação : 73
    Data de inscrição : 29/07/2015

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por Korgano Masaka em Qua 07 Out 2015, 1:12 pm

    AS MAV'S PETISTA AGINDO, INCLUSIVE AQUI, PARA DIFAMAR O MINISTRO DO TCU QUE IRÁ JULGAR AS PEDALADAS DA DILMA!

    Na véspera do julgamento das pedalas, governo pressiona soltando denúncias contra relator
    Reportagem foi assinada por jornalista afilhada de Edinho Silva, secretário de comunicação de Dilma e ex-tesoureiro do PT.


    7 de outubro de 2015

    por Marlos Ápyus

    Segundo a Folha de São Paulo, em matéria assinada pela afilhada de Edinho Silva, secretário de comunicação de Dilma, a Polícia Federal e o Ministério Público Federal encontraram indícios de que Augusto Nardes, o ministro do TCU que deve reprovar as contas da presidente, poderia ter recebido “R$ 1,65 milhão de uma empresa investigada sob suspeita de envolvimento com fraudes fiscais“. Quando essa denúncia veio ao mundo? Menos de 24 horas antes de o tribunal bater o martelo de forma a gerar a base argumentativa para a oposição caminhar com o impeachment da presidente. Nardes é o mesmo que, meses atrás, concedeu prazos e mais prazos para Dilma se defender. Agora recebe a frieza da máquina petista de moer reputações. Que o exemplo seja internalizado pelos demais opositores – e, atenção, aliados.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    Blumenau
    Blumenau
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1003
    Reputação : 138
    Data de inscrição : 20/05/2015
    Idade : 52
    Localização : Blumenau/SC

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por Blumenau em Qua 07 Out 2015, 1:23 pm

    Lula Molusco escreveu:
    Blumenau escreveu:Nessa hora o Tico já está com o olho roxo e o Teco desmaiado !!!  Razz

    Pô mano, não tinha um nick melhor ? os livros desse cara são medonhos  Shocked  rsrsrsr

    mas como já falei umas trocentas vezes, temos dois inimigos internos que são mil vezes piores do que os congressistas/políticos  safados !!!

    1 - os que defendem o "Projeto Brasil" acima dos interesses da categoria, os poncianos da vida, para essa turma que se f. os servidores, o importante é a estabilidade do governo petista

    2 - os que colocam o ataque ao governo acima da categoria, são numerosos e tão idiotas quanto os primeiros, é um grupo formado por gente raivosa e de pouca capacidade mental, preferem que nos ferremos, o mote é o projeto "Derruba Dilma" !!

    As vezes fico até impressionado, fico pensando como essa gente pode ser concursada, pegaram num livro em algum momento, né ???? não param para pensar que todo ataque otário contra os colegas é um golpe contra a união da categoria, e nesse momento o que inimigo é forte e só esta união nos salvaria, e o pior que quando (espero que esteja errado) o veto for mantido pelo menos uns poucos reflitam um pouco  !!!

    mas os babaquaras preferem colocar suas ideologias toscas em primeiro lugar...

    estamos fuuuu !!!

    Ambos têm ideologias. Uns querem derrubar o PT a qualquer custo. Outros querem manter o PT a qualquer custo. E esquecem de nós servidores.

    Mas existem outros que só pensam na FC e CJ e lambem as botas do togadão. Esses servidores também são toscos.


    No MPF a situação é um pouco melhor, na PRM aqui não temos extra-quadro, na PGR já tem um monte rsrsrs

    Sobre o Nardes,

    morro de rir vendo os caras defendendo esse cara para atacar o PT, a hipocrisia é tanta que defendem os corruptos que forem de seus interesses e xingam os alheios !!! que contas foram analisadas ? de que município ? que estado ? quando alguém respondeu seriamente por conta desses desmandos, sempre tem aquela aprovação "mais ou menos".


    essa gente é doente !!

    Lula Molusco
    Lula Molusco
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3722
    Reputação : 2293
    Data de inscrição : 10/05/2015

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por Lula Molusco em Qua 07 Out 2015, 1:36 pm

    Pedido de impeachment assinado por Hélio Bicudo deve ser arquivado

    Alan Marques/Folhapress

    Eduardo Cunha recebe das mãos de Maria Lúcia Bicudo (filha de Hélio Bicudo) o pedido de impeachment contra Dilma Rousseff

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
    Eduardo Cunha recebe de Miguel Reale Jr e da filha de Hélio Bicudo pedido de impeachment contra Dilma

    RANIER BRAGON
    DE BRASÍLIA
    07/10/2015 02h00

    A área técnica da Câmara dos Deputados encaminhou ao presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), um parecer em que conclui que, por não apresentar provas, o principal pedido de impeachment contra Dilma Rousseff deve ser arquivado.

    Cunha deve seguir a orientação de sua assessoria técnica, mas isso não significa alinhamento com o Palácio do Planalto. Nos bastidores, o deputado comprometeu-se com a oposição a determinar o arquivamento do pedido até a próxima semana, possivelmente logo após o feriado de 12 de outubro.

    O objetivo é não perder o embalo político resultante da possível aprovação do parecer do TCU pela rejeição das contas de Dilma de 2014, o que deve acontecer nesta quarta-feira (7).

    Com essa decisão do TCU nas mãos, a oposição irá cumprir um rito combinado com Cunha nos bastidores. Os deputados irão recorrer da decisão de arquivamento do pedido de impeachment ao plenário da Câmara.

    O acerto foi feito lá atrás, com o objetivo de evitar que Cunha assumisse isoladamente o desgaste de tocar adiante um processo contra a presidente.

    Para que a decisão de arquivamento seja derrotada, basta o voto favorável da maioria simples dos presentes à sessão da Câmara.

    Se isso ocorrer, é criada uma comissão especial que irá elaborar um parecer sobre o impeachment para que ele vá a voto no plenário.

    Caso pelo menos 342 dos 513 deputados votem pela abertura do processo de impedimento da petista, ela é afastada da Presidência da República.

    CONTEÚDO

    O pedido é assinado pelo ex-petista Hélio Bicudo e pelo advogado Miguel Reale Júnior, ex-ministro da Justiça do governo Fernando Henrique Cardoso (1995-2002).

    O documento foi entregue a Cunha em um ato em seu gabinete na Câmara, com a presença da filha de Bicudo, Reale, líderes de partidos de oposição e representantes de movimentos que foram às ruas contra a presidente e o PT nos últimos meses.

    Segundo o parecer dos técnicos da Câmara, elaborado por dois setores distintos da Casa por ordem de Cunha, o pedido de Bicudo e Reale é bem elaborado juridicamente, mas não traz documentação comprobatória de que Dilma tenha cometido crime de responsabilidade no exercício do mandato.

    O pedido de Bicudo e Reale citava o escândalo de corrupção na Petrobras e as chamadas "pedaladas fiscais", manobras do governo para adiar pagamentos e usar bancos públicos para cobrir as dívidas, que serão julgadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

    REFORMA MINISTERIAL

    Nesta terça-feira (6), Cunha anunciou ter arquivado mais um dos pedidos de impeachment que estão sobre sua mesa para análise, esse feito por um cidadão. Restam agora oito, mas o foco está no documento assinado por Bicudo e Reale.

    Dilma e seus ministros têm trabalhado intensamente nas últimas semanas para reunir os votos necessários para barrar esse processo.

    A principal movimentação neste sentido foi a entrega de sete ministérios ao PMDB na reforma administrativa. O aliado passou a controlar a Saúde, pasta que conta com a maior verba livre para investimentos e compras.

    A sigla também ganhou o Ministério da Ciência e Tecnologia, que passou a ser chefiado por Celso Pansera (RJ), aliado de Cunha.

    Apesar disso, cerca de um terço da legenda se declara rebelada na Câmara e ameaça engordar a pressão contra o mandato de Dilma.

    O PDT, que vinha votando contra o governo, ganhou o Ministério das Comunicações, entregue ao líder da bancada, André Figueiredo (CE).

    Fonte
    Blumenau
    Blumenau
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1003
    Reputação : 138
    Data de inscrição : 20/05/2015
    Idade : 52
    Localização : Blumenau/SC

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por Blumenau em Qua 07 Out 2015, 1:42 pm



    Pedido de impeachment é julgamento político, não carece de mais nada além da vontade do congresso, o PMDB sempre foi e continuará por um bom tempo o papagaio de pirata dos presidentes, vão todos comer na mão deles para tentar governar ou até para se manter no cargo, PSDB, PT ou seja lá quem for !!

    $$$$$, cargos e poder !

    só isso ...
    Korgano Masaka
    Korgano Masaka
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 1636
    Reputação : 73
    Data de inscrição : 29/07/2015

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por Korgano Masaka em Qua 07 Out 2015, 2:47 pm

    Você sabe que um governo acabou quando...
    Brasil 07.10.15 14:20

    Parlamentares e jornais repetem que a falta de quórum do governo para a aprovação dos vetos é por "insatisfação com a reforma ministerial".

    Bobagem. É porque Eduardo Cunha ainda tem muita força; é porque Renan Calheiros fala uma coisa e faz outra; é porque a oposição age como oposição; é porque Dilma Rousseff está em estado de decomposição.

    Você sabe que um governo acabou quando ele não consegue mais comprar deputados.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    Korgano Masaka
    Korgano Masaka
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 1636
    Reputação : 73
    Data de inscrição : 29/07/2015

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por Korgano Masaka em Qua 07 Out 2015, 4:08 pm

    IMPEACHMENT À VISTA, PARA DESESPERO DAS MAV'S PETISTAS!

    Fux rejeita pedido para suspender análise das contas de Dilma no TCU

    Governo pediu o afastamento do relator do caso, ministro Augusto Nardes.
    Augusto Nardes acusou Planalto de intimidação com tentativa de afastá-lo.

    Renan Ramalho Do G1, em Brasília


    O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou nesta quarta-feira (7) o pedido da Advocacia-Geral da União (AGU) para suspender o julgamento das contas de 2014 da presidente Dilma Rousseff no Tribunal de Contas da União (TCU). Os ministros da corte de fiscalização devem julgar as contas na tarde desta quarta.

    Em ação protocolada nesta terça na Suprema Corte, o governo pedia que o julgamento fosse suspenso até que o TCU analisasse, antes das contas, um pedido de afastamento do relator do processo, ministro Augusto Nardes, acusado pelo Planalto de não demonstrar isenção e imparcialidade para estar à frente do caso.
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    Lula Molusco
    Lula Molusco
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3722
    Reputação : 2293
    Data de inscrição : 10/05/2015

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por Lula Molusco em Qua 07 Out 2015, 8:33 pm

    Agora o probo Cunha vai com tudo na dilmandiôca.

    Extratos mostram que Cunha usou offshore na Suíça

    PGR faz uma avaliação dos documentos bancários encaminhados pelo MP suíço

    por Vinicius Sassine

    07/10/2015 14:51 / Atualizado 07/10/2015 15:10

    O presidente da Câmara é suspeito de receber dinheiro desviado da Petrobras em contas no exterior - Ailton de Freitas / Agência O Globo

    BRASÍLIA - Extratos bancários da Suíça atestam que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), usou empresas offshore para movimentar contas bancárias na Suíça, segundo fontes com acesso às investigações. Os documentos remetidos ao Brasil confirmam o depoimento do lobista João Augusto Rezende Henriques, um dos operadores do PMDB na Petrobras, sobre a existência de contas bancárias controladas por Cunha.

    O Ministério Público da Suíça decidiu encaminhar à Procuradoria Geral da República (PGR) um procedimento aberto naquele país para investigar o presidente da Câmara por suspeitas de corrupção e lavagem de dinheiro. As investigações começaram em abril e tanto o MP da Suíça quanto a PGR entenderam que as chances de punição do deputado são maiores no Brasil. Ele não pode ser extraditado, por exemplo, como constou em comunicado oficial da PGR sobre a existência das contas bancárias e da investigação.

    A PGR faz uma avaliação dos extratos bancários encaminhados pela Suíça. Até agora, já se sabe da veracidade do depoimento do lobista do PMDB e que as contas são de empresas offshore vinculadas à Cunha.

    Também seriam controladoras de contas na Suíça, onde estão depositados e bloqueados cerca de US$ 5 milhões, a mulher e uma filha do presidente da Câmara. Empresas offshore abertas em paraísos fiscais costumam ser usadas para esconder os verdadeiros beneficiários dos negócios.

    Preso desde 21 de setembro, na 19ª fase da Operação Lava-Jato, Henriques afirmou em depoimento à Polícia Federal ter feito pagamentos de propina em uma conta na Suíça. Entre os beneficiários dos pagamentos estava o presidente da Câmara, segundo o lobista.

    O dinheiro se referia a compra e venda de um campo de exploração de petróleo no Benin, um negócio com valor inicial de US$ 15 milhões, conforme Henriques. A conta destinatária da propina foi indicada por Felipe Diniz, filho do ex-deputado Fernando Diniz, já morto, ainda segundo o depoimento.

    “Que, por fim, o interrogando gostaria de adicionar que em relação a aquisição pela Petrobras do campo de exploração em Benin, a pessoa que lhe indicou a conta para pagamento foi Felipe Diniz; Que Felipe Diniz era filho de Fernando Diniz; Que Felipe apresentava dificuldades econômicas; Que a conta indicada para o pagamento pertencia a Eduardo Cunha”, reproduziu a PF sobre o depoimento de Henriques.

    A partir da chegada do procedimento de investigação remetido pelo Ministério Público da Suíça, a PGR deve abrir um novo inquérito para investigar Cunha. Se a apuração já estiver em fase avançada, uma vez que é feita desde abril pelos procuradores suíços, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pode oferecer denúncia diretamente ao STF.

    Fonte
    Korgano Masaka
    Korgano Masaka
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 1636
    Reputação : 73
    Data de inscrição : 29/07/2015

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por Korgano Masaka em Qui 08 Out 2015, 8:33 am

    IMPEACHMENT À VISTA, PARA DESESPERO DAS MAV'S PETISTAS AQUI!

    07/10/2015 20h14 - Atualizado em 07/10/2015 21h37

    Saiba quais são os cenários após a rejeição das contas de Dilma pelo TCU

    É a segunda vez que TCU dá parecer pela rejeição de contas de presidente.
    Relatório vai agora para o Congresso, que decidirá se aprova ou não.

    Lucas Salomão Do G1, em Brasília


    Após o Tribunal de Contas da União (TCU) rejeitar nesta terça-feira (7) as contas de 2014 do governo da presidente Dilma Rousseff, o relatório com essa recomendação será agora encaminhado ao Congresso, que tem a prerrogativa de fazer o julgamento das contas.

    Uma reprovação das contas no Congresso pode levar até à abertura de um processo de impeachment da presidente. Partidos de oposição argumentam que a rejeição das contas configuraria crime de responsabilidade e daria base para a abertura do processo.

    PEDALADAS FISCAIS

    Por estar ligado ao Poder Legislativo e ser considerado um “braço auxiliar” do Congresso, o tribunal não tem o poder de reprovar as contas.

    Mas todos os anos tem o dever de produzir um parecer em que avalia a atuação e o cumprimento de regras e leis pela presidente e sua equipe e enviá-lo para análise do Congresso.

    É a segunda vez que o TCU recomenda a rejeição de contas do governo. A primeira foi em 1937, durante a ditadura de Getúlio Vargas. Na ocasião, o Congresso Nacional não seguiu a recomendação e aprovou as contas.

    Entenda cada etapa da análise das contas no Congresso Nacional:

    Ordem de votação no plenário
    Antes de o parecer do TCU sobre as contas de 2014 ser julgado pelo Congresso, os parlamentares deverão terminar de votar os relatórios de anos e governos anteriores, já que há contas de presidentes anteriores pendentes de análise pelos parlamentares. Com isso, a pauta fica limpa para o parlamento julgar as contas de 2014.

    Relatório do TCU no Congresso
    Após ser votado no TCU, o relatório será, primeiro, avaliado pela Comissão Mista de Orçamento do Congresso e, depois, pelos plenários da Câmara e do Senado – ou em sessão conjunta do Congresso Nacional, se houver acordo para isso. Os parlamentares podem acatar a recomendação do TCU e reprovar as contas ou votar pela aprovação.

    Eventual rejeição no Congresso
    Se as contas do governo forem rejeitadas nessas votações, a presidente Dilma Rousseff pode ser alvo de um processo de impeachment, caso fique configurado que ela cometeu crime de responsabilidade.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    Korgano Masaka
    Korgano Masaka
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 1636
    Reputação : 73
    Data de inscrição : 29/07/2015

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por Korgano Masaka em Qui 08 Out 2015, 11:53 am

    Agora até governo acha que é quase impossível barrar impeachment de Dilma

    Depois da derrota humilhante no TCU, o Planalto acha que só um milagre pode barrar o impeachment. O governo passa o dia hoje em busca de uma saída para Dilma. Ontem, depois que o TCU indicou a rejeição das contas da petista, ela convocou às pressas uma reunião com todos os ministros. Foi a primeira com os 31 integrantes do governo. A avaliação é das piores. Entenda os bastidores no No Alvo, com Joice Hasselmann.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    seu Mamute de Estimação
    seu Mamute de Estimação
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 409
    Reputação : 15
    Data de inscrição : 18/07/2014

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por seu Mamute de Estimação em Qui 08 Out 2015, 6:34 pm

    Marchinha do Impeachment

    Korgano Masaka
    Korgano Masaka
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 1636
    Reputação : 73
    Data de inscrição : 29/07/2015

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por Korgano Masaka em Sex 09 Out 2015, 8:37 am

    seu Mamute de Estimação escreveu:Marchinha do Impeachment


    :guy:
    corujito
    corujito
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3134
    Reputação : 208
    Data de inscrição : 06/07/2010

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por corujito em Sex 09 Out 2015, 9:57 am

    Olha o tipo de candidato no qual vocês votam

    Não conseguem vencer a Presidenta Dilma.

    Risível.

    Não passarão
    avatar
    Convidado
    Convidado

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por Convidado em Sex 09 Out 2015, 10:10 am

    Blumenau escreveu:Nessa hora o Tico já está com o olho roxo e o Teco desmaiado !!!  Razz

    nunca chamei ninguém de "tucano" (tb vale o chope se achar um post meu), mas fui chamado de petista e "mav" (santa tiuria cunspiratória) algumas vezes, mas f.-se a babaquice é livre o o teclado aceita tudo !!!



    enfim ...


    Franzkafka escreveu:tão simples assim: dilma vetou o pl 28? é nosso inimigo!

    aécio: declarou que vai votar a favor da manutenção do veto? é nosso inimigo tb!

    servidor que tem a cabeça no lugar não fica de melação, defendendo gente jaguara!

    que tipo de soldado vcs são, que na guerra não sabem discernir entre amigo e inimigo?

    chama pra greve: não vai! chama pra ir em bsb: não vai! ajuda financeira: não dá! se sindicalizar: não quero! vc não tem direito algum de reclamar, meu chapa!


    Pô mano, não tinha um nick melhor ? os livros desse cara são medonhos  Shocked  rsrsrsr

    mas como já falei umas trocentas vezes, temos dois inimigos internos que são mil vezes piores do que os congressistas/políticos  safados !!!

    1 - os que defendem o "Projeto Brasil" acima dos interesses da categoria, os poncianos da vida, para essa turma que se f. os servidores, o importante é a estabilidade do governo petista

    2 - os que colocam o ataque ao governo acima da categoria, são numerosos e tão idiotas quanto os primeiros, é um grupo formado por gente raivosa e de pouca capacidade mental, preferem que nos ferremos, o mote é o projeto "Derruba Dilma" !!

    As vezes fico até impressionado, fico pensando como essa gente pode ser concursada, pegaram num livro em algum momento, né ???? não param para pensar que todo ataque otário contra os colegas é um golpe contra a união da categoria, e nesse momento o que inimigo é forte e só esta união nos salvaria, e o pior que quando (espero que esteja errado) o veto for mantido pelo menos uns poucos reflitam um pouco  !!!


    mas os babaquaras preferem colocar suas ideologias toscas em primeiro lugar...


    estamos fuuuu !!!




    amigo, concordo e discordo. explico!

    discordo quanto a kafka. ele é um expoente da literatura europeia, tanto que seus livros fazem parte do cânon da literatura mundial.

    concordo sobre o que disse dos "poncianos" da vida. a verdade é que não existe projeto de nação algum. o pt dá esmola para os miseráveis para continuar no poder e roubando a pátria.

    discordo da opinião contrária aos que atacam esse governo perverso contra servidor. o pt deveria proteger o trabalhador. mas o que ele faz é justamente o contrário. acabou com a aposentadoria dos servidores. agora estão sobrevindo os golpes de misericórdia: aprovação da terceirização, aposentadoria aos 75 e retirada do abono de permanência. dilma já deu demonstrações claras que detesta os servidores do pju. então, porque motivos não iria atacar quem me odeia? não gosto do psdb mas eles não tiveram essa ousadia macabra que o pt está tendo contra nós. mais 5 anos dessa gente no poder e estaremos na lona. precisamos resgatar a respeitabilidade do brasil no exterior, com um presidente que coloque a nação de volta nos trilhos.

    quanto ao veto, os próprios aliados alertaram dilma para, no máximo, realizar veto parcial porque o custo político seria muito alto. essa mulher é um buraco negro. está puxando todo mundo para a desgraça. precisamos nos livrar desse encosto. por isso a pregação do impitima. se fosse o barbudo do lula duvido que o pessoal estaria fazendo campanha pela derrubada. ele pelo menos era político (tinha limites). essa mulher simplesmente não admite que nos deve os 56%.
    não, não. se não quer atacar, então melhor ficar quieto. quando dilma move o congresso para manter o veto, está sacaneando com nossos filhos. eu já estou no prejuízo da primeira parcela de julho que o pl 28 iria me proporcionar. é isso. abraço
    Korgano Masaka
    Korgano Masaka
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 1636
    Reputação : 73
    Data de inscrição : 29/07/2015

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por Korgano Masaka em Sex 09 Out 2015, 11:40 am

    corujito escreveu:Olha o tipo de candidato no qual vocês votam

    Não conseguem vencer a Presidenta Dilma.

    Risível.

    Não passarão

    Com a campanha da Dilma financiada com o Petrolão/Eletrolão/BNDESão e com o estelionato eleitoral, ninguém venceria ela.
    Lula Molusco
    Lula Molusco
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3722
    Reputação : 2293
    Data de inscrição : 10/05/2015

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por Lula Molusco em Sex 09 Out 2015, 10:56 pm

    corujito escreveu:Olha o tipo de candidato no qual vocês votam

    Não conseguem vencer a Presidenta Dilma.

    Risível.

    Não passarão

    E tem gente que vai votar no Bolsonaro, aquela que criou um tipo de mulher: "a mulher estuprável". memelol memelol memelol
    seu Mamute de Estimação
    seu Mamute de Estimação
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 409
    Reputação : 15
    Data de inscrição : 18/07/2014

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por seu Mamute de Estimação em Sex 09 Out 2015, 11:53 pm

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    @diariodopoder 23:39

    09 DE OUTUBRO DE 2015
    DILMA COMEÇA A DAR SINAIS DE ‘JOGAR A TOALHA’
    A presidente Dilma já passa a impressão aos mais próximos e até a funcionário do Planalto de que “entregou os pontos”. Já não consegue esconder o desânimo com a própria incapacidade de superar a crise e de manter-se no cargo. Os primeiros sinais de prostração foram vistos terça, ao ser informada das derrotas no Congresso, que não conseguiu votar seus vetos, e no TSE, que decidiu investigar sua campanha.

    NEM SOMBRA
    Mulher voluntariosa, que costuma tratar subordinados como se fossem dementes, e aos gritos, Dilma agora se mostra triste e cabisbaixa.


    SÓ MÁS NOTÍCIAS
    Na quarta (7), antes do julgamento de suas contas TCU, a presidente ficou abatida com a nova frustração no Congresso e a derrota no STF.

    O QUE FAÇO AQUI?
    Mais cedo, na quarta, ela mal conseguia dar atenção no vistoso evento sobre as Olimpíadas. Sequer trocou palavra com o vice, Michel Temer.

    ESMORECIMENTO
    O desânimo chegou ao auge na condenação no TCU. Ela se isolou em seu gabinete. Depois, auxiliares perceberam em Dilma sinais de choro.

    PUBLICIDADE


    PLANALTO LASTIMOU NÃO TER USADO A PF CONTRA TCU

    Nas avaliações internas sobre a tentativa de “melar” o julgamento das contas de Dilma no Tribunal de Contas da União, o staff presidencial não lamentou a operação desastrada, mas, sim, o fato de não usar – semanas antes – suspeitas e investigações da Policia Federal contra ministros, como o próprio presidente do TCU, Aroldo Cedraz, ou o corregedor, Raimundo Carreiro, para “desmoralizar” de vez o tribunal.

    FALTOU ‘DISCRIÇÃO’
    O Planalto reconhece que, em vez de barulho, deveria ter sido discreto ao pedir ao Supremo Tribunal Federal a suspensão do julgamento.

    ENGOLINDO CORDA
    O “trio parada dura” mentiu para agradar Dilma, afirmando que ela seria condenada “por causa do clima”. Ela quis acreditar nessa lorota.

    SEM PERIGO DE DAR CERTO
    Luiz Adams, José Eduardo Cardozo e Nelson Barbosa ficaram quietos e avalizaram, mesmo discordando, a única tática que não daria certo.

    BABALAÔ SUMIU
    Quando tudo deu errado e a conta chegou, cadê Lula, o babalaô? Escafedeu-se, sumiu. Ele esteve em toda “engenharia” da reforma ministerial. Tirou e botou quem quis. Mas a “reforma” foi um desastre.

    FÃ-CLUBE
    Marta Suplicy (PMDB-SP) está entre os admiradores do senador Romero Jucá (RR). A senadora adorou a entrevista dele à revista Veja pedindo o rompimento do PMDB com Dilma e a devolução dos cargos.

    DIÁRIO DOS RANDS
    O ex-deputado petista Maurício Rands, muito ligado ao falecido ex-governador Eduardo Campos, associou-se ao irmão, Alexandre, que ficou rico com uma empresa de tecnologia, para comprar ontem o jornal Diário de Pernambuco. O valor da operação ainda não foi revelado.

    ADVOGADO DO DIABO
    Luiz Adams (AGU) fez a defesa do indefensável, no TCU, mantendo-se leal a Dilma, apesar de ter sido preterido para o STF. Ela prometeu a ele a vaga de ministro e nem sequer explicou por que escolheu outro.

    SE É POR FALTA DE ADEUS...
    O clima era de velório na reunião da bancada do PSB, esta semana. Deputados e senadores não escondiam mais suas posições: para eles, a presidente Dilma entrou em contagem regressiva.

    PARTIDO DE RICOS
    Diante da chiadeira de tucanos, o PSDB deve derrubar a cobrança de R$ 20 mil de inscrição dos pré-candidatos a prefeito de São Paulo. Só Andrea Matarazzo e João Dória Jr tinham esse dinheiro sobrando.

    CONTINUA IGUAL
    O gelo que a oposição tem dado em Eduardo Cunha (PMDB-RJ), após notícias turvas vindas da Suíça, é só na frente das Câmeras. DEM e PSDB continuam confabulando o impeachment com o deputado.

    RODÍZIO
    A liderança do novo blocão da Câmara, agora sem PMDB, vai mesmo começar com Eduardo da Fonte (PP-PE). O tempo de permanência será proporcional ao tamanho da bancada de deputados dos partidos.

    PENSANDO BEM...
    ... de tiro no pé em tiro no pé, Dilma enche o bico da oposição.
    seu Mamute de Estimação
    seu Mamute de Estimação
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 409
    Reputação : 15
    Data de inscrição : 18/07/2014

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por seu Mamute de Estimação em Sex 09 Out 2015, 11:57 pm

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    Governo se prepara para deflagração do impeachment

    PSDB se divide entre processo no Congresso e ação do TSE que pode cassar chapa de Dilma
     
    POR MARIA LIMA 09/10/2015 18:06 / atualizado 09/10/2015 19:12

    O ministro da Casa Civil Jacques Wagner - André Coelho/30-09-2015 / Agência O Globo
    PUBLICIDADE

    BRASÍLIA — Com os nervos a flor da pele e sem saber como reagir, petistas e líderes do governo já esperam que a oposição, articulada com o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), deflagre semana que vem o processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff, na Câmara. Na noite desta quarta-feira, horas depois da sentença dada pelo Tribunal de Contas da União (TCU) recomendando a rejeição das contas de 2014, um senador petista fez um desabafo que mostra o desalento dos aliados diante do que descrevem como “encruzilhada para a presidente”: a pior derrota foi na parte da manhã, com o boicote de deputados da base a sessão do Congresso nacional para votação das chamadas pautas-bomba, comprovando duas vezes seguidas o fracasso da reforma ministerial em troca de votos para barrar um eventual pedido de impeachment.

    — A reforma não adiantou nada, Dilma perdeu aliados e fortaleceu Eduardo Cunha. Depois de um mês apanhando, mesmo com a revelação das contas na Suíça ele saiu fortalecido. Viu a facilidade com que ele esvaziou Picciani e comanda o boicote do quórum? Agora na próxima semana, aproveitando o calor da decisão do TCU, eles botam o impeachment para andar. Só não fazem isso se forem idiotas. O que podemos fazer? Ir amanhã para o plenário denunciar o golpe — disse o senador petista.

    Além da guerrilha em plenário para tentar esvaziar a decisão do TCU, líderes do governo explicam que o ministro Ricardo Berzoini, da Secretaria de Governo; e o ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, vão buscar uma reaproximação com Cunha, a quem cabe tocar os pedidos de impeachment na Casa. Logo depois de tomar posse, Wagner se reuniu com Eduardo Cunha, restabelecendo a ponte bombardeada por seu antecessor, o hoje ministro da Educação Aloizio Mercadante.

    Os dois, Wagner e Berzoini, também vão intensificar a liberação de emendas e a distribuição de cargos do segundo escalão. O intuito é tentar pacificar parlamentares de partidos da base, que abandonaram o blocão governista, antes liderado por Leonardo Picciani (PMDB-RJ). Os rebeldes são comandados pelo presidente da Câmara no boicote as sessões de apreciação dos vetos nesta semana que passou. A estratégia de Cunha era mostrar força e fazer fracassar o primeiro teste da base governista pós-reforma.

    AÇÃO ENTRE ALIADOS

    Cunha tem articulado com os aliados, inclusive da oposição, para mandar arquivar o pedido de impeachment impetrado pelo ex-petista Hélio Bicudo e pelo jurista Miguel Reale Júnior. A estratégia prevê que, em seguida, os partidos de oposição recorram do arquivamento ao plenário, que pode deliberar sobre a continuidade do processo.


    — Mesmo com a decisão do TCU ainda pendente de votação no Congresso, está claro para nós que eles vão usar isso para alimentar o processo de impeachment na Câmara, já na semana que vem. O Berzoini vai chamar os deputados que boicotaram a sessão para conversar. Tem muita revolta porque muita coisa de segundo escalão que foi prometida não foi cumprida. Se o governo ficar nesse ‘rame rame’, só aprovando matérinhas, sem mostrar uma base de sustentação firme, vai ser difícil segurar — avaliou um dos caciques petistas com assento nas reuniões do Planalto.

    Segundo o relato desse líder, o pior de tudo é o péssimo estado de ânimo da presidente Dilma Rousseff, que estaria sem rumo e sem noção da gravidade da situação.

    — A presidente está meio catatônica. Ela ouve a gente falar mas parece que não processa, fica te olhando sem responder. Sabe aqueles boxeadores que são nocauteados e continuam de pé? Ele está de pé, mas já foi nocauteada, demora a cair. Dilma está desse jeito. E Lula, que tenta ajudar, também está num constrangimento só, não tem muito o que fazer — conta um interlocutor da presidente Dilma, descrevendo a inércia dela diante do agravamento de sua situação nos tribunais e no Congresso.



    Leia mais sobre esse assunto em [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    © 1996 - 2015. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.
    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8695
    Reputação : 245
    Data de inscrição : 14/07/2010

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por darkshi em Sab 10 Out 2015, 12:03 am

    Lula Molusco escreveu:
    corujito escreveu:Olha o tipo de candidato no qual vocês votam

    Não conseguem vencer a Presidenta Dilma.

    Risível.

    Não passarão

    E tem gente que vai votar no Bolsonaro, aquela que criou um tipo de mulher: "a mulher estuprável". memelol memelol memelol

    E tem gente que leva a sério o corujito. Ele é troll.
    FALCON.X
    FALCON.X
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2463
    Reputação : 433
    Data de inscrição : 22/03/2015

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por FALCON.X em Sab 10 Out 2015, 11:52 am



    Lula Molusco
    Lula Molusco
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3722
    Reputação : 2293
    Data de inscrição : 10/05/2015

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por Lula Molusco em Sab 10 Out 2015, 7:42 pm

    seu Mamute de Estimação escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Governo se prepara para deflagração do impeachment

    PSDB se divide entre processo no Congresso e ação do TSE que pode cassar chapa de Dilma
     
    POR MARIA LIMA 09/10/2015 18:06 / atualizado 09/10/2015 19:12

    O ministro da Casa Civil Jacques Wagner - André Coelho/30-09-2015 / Agência O Globo
    PUBLICIDADE

    BRASÍLIA — Com os nervos a flor da pele e sem saber como reagir, petistas e líderes do governo já esperam que a oposição, articulada com o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), deflagre semana que vem o processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff, na Câmara. Na noite desta quarta-feira, horas depois da sentença dada pelo Tribunal de Contas da União (TCU) recomendando a rejeição das contas de 2014, um senador petista fez um desabafo que mostra o desalento dos aliados diante do que descrevem como “encruzilhada para a presidente”: a pior derrota foi na parte da manhã, com o boicote de deputados da base a sessão do Congresso nacional para votação das chamadas pautas-bomba, comprovando duas vezes seguidas o fracasso da reforma ministerial em troca de votos para barrar um eventual pedido de impeachment.

    — A reforma não adiantou nada, Dilma perdeu aliados e fortaleceu Eduardo Cunha. Depois de um mês apanhando, mesmo com a revelação das contas na Suíça ele saiu fortalecido. Viu a facilidade com que ele esvaziou Picciani e comanda o boicote do quórum? Agora na próxima semana, aproveitando o calor da decisão do TCU, eles botam o impeachment para andar. Só não fazem isso se forem idiotas. O que podemos fazer? Ir amanhã para o plenário denunciar o golpe — disse o senador petista.

    Além da guerrilha em plenário para tentar esvaziar a decisão do TCU, líderes do governo explicam que o ministro Ricardo Berzoini, da Secretaria de Governo; e o ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, vão buscar uma reaproximação com Cunha, a quem cabe tocar os pedidos de impeachment na Casa. Logo depois de tomar posse, Wagner se reuniu com Eduardo Cunha, restabelecendo a ponte bombardeada por seu antecessor, o hoje ministro da Educação Aloizio Mercadante.

    Os dois, Wagner e Berzoini, também vão intensificar a liberação de emendas e a distribuição de cargos do segundo escalão. O intuito é tentar pacificar parlamentares de partidos da base, que abandonaram o blocão governista, antes liderado por Leonardo Picciani (PMDB-RJ). Os rebeldes são comandados pelo presidente da Câmara no boicote as sessões de apreciação dos vetos nesta semana que passou. A estratégia de Cunha era mostrar força e fazer fracassar o primeiro teste da base governista pós-reforma.

    AÇÃO ENTRE ALIADOS

    Cunha tem articulado com os aliados, inclusive da oposição, para mandar arquivar o pedido de impeachment impetrado pelo ex-petista Hélio Bicudo e pelo jurista Miguel Reale Júnior. A estratégia prevê que, em seguida, os partidos de oposição recorram do arquivamento ao plenário, que pode deliberar sobre a continuidade do processo.


    — Mesmo com a decisão do TCU ainda pendente de votação no Congresso, está claro para nós que eles vão usar isso para alimentar o processo de impeachment na Câmara, já na semana que vem. O Berzoini vai chamar os deputados que boicotaram a sessão para conversar. Tem muita revolta porque muita coisa de segundo escalão que foi prometida não foi cumprida. Se o governo ficar nesse ‘rame rame’, só aprovando matérinhas, sem mostrar uma base de sustentação firme, vai ser difícil segurar — avaliou um dos caciques petistas com assento nas reuniões do Planalto.

    Segundo o relato desse líder, o pior de tudo é o péssimo estado de ânimo da presidente Dilma Rousseff, que estaria sem rumo e sem noção da gravidade da situação.

    — A presidente está meio catatônica. Ela ouve a gente falar mas parece que não processa, fica te olhando sem responder. Sabe aqueles boxeadores que são nocauteados e continuam de pé? Ele está de pé, mas já foi nocauteada, demora a cair. Dilma está desse jeito. E Lula, que tenta ajudar, também está num constrangimento só, não tem muito o que fazer — conta um interlocutor da presidente Dilma, descrevendo a inércia dela diante do agravamento de sua situação nos tribunais e no Congresso.

    Descobriram a fonte das declarações do "planalto". É um jardineiro que cuida da fonte da juventude. Smile Smile Smile


    E petistas e tucanos ainda alimentam essa imprensa com a bolsa-pig. affraid affraid affraid
    avatar
    Convidado
    Convidado

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por Convidado em Dom 11 Out 2015, 11:58 am

    corujito escreveu:Olha o tipo de candidato no qual vocês votam

    Não conseguem vencer a Presidenta Dilma.

    Risível.

    Não passarão

    então, se vc é "o cara", que só vota em vencedor, já sei seu candidato: dilmônio!
    não conseguem vencer pq gente como vc só pensa em ganhar a aposta! kkkk
    seu Mamute de Estimação
    seu Mamute de Estimação
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 409
    Reputação : 15
    Data de inscrição : 18/07/2014

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por seu Mamute de Estimação em Seg 12 Out 2015, 5:11 pm

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    domingo, 11 de outubro de 2015

    Dilma voltou repentinamente para Brasília; a crise política se agudiza; Eduardo Cunha vai jogar Dilma aos leões nesta terça-feira

    Menos de 24 horas durou a permanência de Dilma Roussef em Porto Alegre. Ela chegou no sábado e neste domingo, as 15h30min, já estava no Palácio Alvorada. Dilma pretendia passar o feriadão com a família. A crise política está cada vez mais aguda e ficará pior esta semana, porque o presidente da Câmara, acuado pelo Procurador Geral da República e aliado do governo, Rodrigo Janot, dará o troco nesta terça-feira, decidindo monocraticamente o início de processo de impeachment contra Dilma. Ele tem essa prerrogativa, embora possa também negar tudo, o que não será o caso. Fazendo isto, Eduardo Cunha sairá do canto do ringue, retomará a iniciativa e jogará Dilma aos leões - com seus aliados.
    Postado por Vitor Vieira às 10/11/2015 11:26:00 PM

    Korgano Masaka
    Korgano Masaka
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 1636
    Reputação : 73
    Data de inscrição : 29/07/2015

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por Korgano Masaka em Ter 13 Out 2015, 8:45 am

    seu Mamute de Estimação escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    domingo, 11 de outubro de 2015

    Dilma voltou repentinamente para Brasília; a crise política se agudiza; Eduardo Cunha vai jogar Dilma aos leões nesta terça-feira

    Menos de 24 horas durou a permanência de Dilma Roussef em Porto Alegre. Ela chegou no sábado e neste domingo, as 15h30min, já estava no Palácio Alvorada. Dilma pretendia passar o feriadão com a família. A crise política está cada vez mais aguda e ficará pior esta semana, porque o presidente da Câmara, acuado pelo Procurador Geral da República e aliado do governo, Rodrigo Janot, dará o troco nesta terça-feira, decidindo monocraticamente o início de processo de impeachment contra Dilma. Ele tem essa prerrogativa, embora possa também negar tudo, o que não será o caso. Fazendo isto, Eduardo Cunha sairá do canto do ringue, retomará a iniciativa e jogará Dilma aos leões - com seus aliados.
    Postado por Vitor Vieira às 10/11/2015 11:26:00 PM


    Passaram os últimos 12 anos alisando o PT e tomamos o maior arrocho salarial da história da categoria.
    Korgano Masaka
    Korgano Masaka
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 1636
    Reputação : 73
    Data de inscrição : 29/07/2015

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por Korgano Masaka em Qui 15 Out 2015, 11:18 am

    "Ninguém se mantém no cargo com liminar"
    Brasil 15.10.15 10:05

    Gilmar Mendes é a voz mais lúcida do Brasil neste momento de ruína institucional.

    Ele comentou para o Jota o golpe do STF que barrou o impeachment:

    "Ninguém se mantém no cargo com liminar do Supremo".

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    corujito
    corujito
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3134
    Reputação : 208
    Data de inscrição : 06/07/2010

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por corujito em Qui 15 Out 2015, 11:23 am

    Retrato da classe média brasileira, grupo do qual faz parte a imensa maioria dos colegas de Judiciário.

    Advogam por um golpe de Estado, e para isso abraçam Cunha em prol da candidatura derrotada de Aécio Neves, aquele que não aprendeu e não aprenderá a distância do público e do privado.

    Há algum tempo vi neste fórum um tópico em que a classe média falida discutia driblar a margem consignável de seus contracheques para se endividar mais (ainda). Pensei ser o fundo do poço. Mas não há fundo do poço para a classe média falida brasileira.

    Korgano Masaka
    Korgano Masaka
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 1636
    Reputação : 73
    Data de inscrição : 29/07/2015

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por Korgano Masaka em Qui 15 Out 2015, 1:02 pm


    Confira o que Cunha negocia com Dilma para ambos se safarem da cassação e do impeachment


    Movimento só foi possível graças a grosseiro vacilo por parte de uma oposição extremamente amadora.
    por Marlos Ápyus | 14 de outubro de 2015

    Cunha era um líder do maior partido da base governista no Senado e segundo maior da Câmara. Quando Rodrigo Janot nada encontra contra Aécio, Dilma se desespera e pauta o Jornal Nacional com vazamentos sobre o presidente da Câmara e Renan Calheiros, presidente do Senado. Em agosto, segundo colunistas que trabalham em Brasília, um “acordão” entre Dilma, Janot e Renan traz o peemedebista de volta à base do PT. Mas, com a possibilidade de o impeachment vingar, Temer também se afasta do Planalto.

    Tudo muda quando a oposição cede à pressão da imprensa e pede, no último sábado, a renúncia de Eduardo Cunha. Acuado, recebe do outro lado a promessa de um tratamento diferenciado. Com o golpe desferido ontem por Teori Zavascki contra o impeachment, a briga reduziu-se a um embate um contra um, sem caber à oposição muita coisa além de torcer. Dilma quer ajudar Cunha para dele receber ajuda. É difícil acreditar que não selarão um acordo. Mas, segundo a Folha, o peemedebista está sendo exigente. Quer o presidente da Câmara:


    O governo só se diz incapaz de atender ao quarto pedido, o que tem forte cheiro de mentira, uma vez que, desde agosto, nada substancial surge contra Renan Calheiros.

    É uma trama maquiavélica que revela dois graves pontos:

    O autoritarismo do governo, fazendo o Brasil soar como uma ditadura refém dos comandos de um único líder.
    O amadorismo da oposição, que deixou mais uma vez o jogo virar a favor do governo, mesmo com Dilma e Cunha mais fragilizados do que nunca.
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    seu Mamute de Estimação
    seu Mamute de Estimação
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 409
    Reputação : 15
    Data de inscrição : 18/07/2014

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por seu Mamute de Estimação em Qui 15 Out 2015, 10:40 pm

    Korgano Masaka escreveu:
    Confira o que Cunha negocia com Dilma para ambos se safarem da cassação e do impeachment[/b]

    Movimento só foi possível graças a grosseiro vacilo por parte de uma oposição extremamente amadora.
    por Marlos Ápyus | 14 de outubro de 2015

    Cunha era um líder do maior partido da base governista no Senado e segundo maior da Câmara. Quando Rodrigo Janot nada encontra contra Aécio, Dilma se desespera e pauta o Jornal Nacional com vazamentos sobre o presidente da Câmara e Renan Calheiros, presidente do Senado. Em agosto, segundo colunistas que trabalham em Brasília, um “acordão” entre Dilma, Janot e Renan traz o peemedebista de volta à base do PT. Mas, com a possibilidade de o impeachment vingar, Temer também se afasta do Planalto.

    Tudo muda quando a oposição cede à pressão da imprensa e pede, no último sábado, a renúncia de Eduardo Cunha. Acuado, recebe do outro lado a promessa de um tratamento diferenciado. Com o golpe desferido ontem por Teori Zavascki contra o impeachment, a briga reduziu-se a um embate um contra um, sem caber à oposição muita coisa além de torcer. Dilma quer ajudar Cunha para dele receber ajuda. É difícil acreditar que não selarão um acordo. Mas, segundo a Folha, o peemedebista está sendo exigente. Quer o presidente da Câmara:

       
    O governo só se diz incapaz de atender ao quarto pedido, o que tem forte cheiro de mentira, uma vez que, desde agosto, nada substancial surge contra Renan Calheiros.

    É uma trama maquiavélica que revela dois graves pontos:

       O autoritarismo do governo, fazendo o Brasil soar como uma ditadura refém dos comandos de um único líder.
       O amadorismo da oposição, que deixou mais uma vez o jogo virar a favor do governo, mesmo com Dilma e Cunha mais fragilizados do que nunca.
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    relaxe, sempre tem um plano b, caso o bolivarianismo seja irreversível no país; é só fazer a carteirinha de filiação ao pêtê ou pêcêdubê, sair da classe média e passar pra classe a da turma dos amigos, que sempre terão um carguinho ou boquinha garantida; já aos demais, com o ódio que devem estar das nossas reivindicações, talvez daqui uns 30 anos liberem algumas migalhas....
    Korgano Masaka
    Korgano Masaka
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 1636
    Reputação : 73
    Data de inscrição : 29/07/2015

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por Korgano Masaka em Ter 01 Dez 2015, 12:39 pm

    Cunha quer trocar impeachment por voto petista no Conselho de Ética. Hoje!

    Em Política

    terça-feira, 1 de dezembro de 2015 às 06:28:00

    O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), deu indicações ao Planalto de que, se os três petistas que integram o Conselho de Ética da Casa votarem pela abertura do processo por quebra de decoro, ele vai retaliar e dar prosseguimento a pedidos de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Diante disso, o governo intensificou a pressão sobre os petistas, apesar de, oficialmente, alegar que não irá interferir nos votos dos deputados.

    Nesta terça-feira, 1.º, o Conselho de Ética se reúne para decidir se instaura ou não o processo contra Cunha. Os deputados petistas Valmir Prascidelli (SP), Zé Geraldo (PA) e Léo de Brito (AC), representantes do partido no colegiado, têm alegado ao Planalto que enfrentam dificuldades em suas bases para votar a favor do peemedebista. Mas vão rediscutir o posicionamento pela manhã, antes da sessão.

    Se os petistas atenderem ao pedido de Cunha, ele já informou a interlocutores da presidente que segura o impeachment. “Está nas mãos deles. Tudo depende do comportamento do PT”, teria dito Cunha, segundo interlocutores da presidente.

    Aliados do presidente da Câmara dizem que ele tem garantidos até agora nove dos 11 votos de que precisa no Conselho de Ética. Os três votos do PT são, portanto, considerados fundamentais para ele se livrar do processo de cassação.


    Após ter seu nome envolvido em mais um esquema de suposto recebimento de propina, Cunha decidiu nesta segunda-feira, 30, prorrogar duas CPIs que constrangem o governo, a do BNDES e a dos Fundos de Pensão. Cunha disse a aliados que definirá nesta terça-feira o prazo para prorrogação das comissões.

    ‘Conspiração’. O peemedebista almoçou nesta terça-feira com o presidente em exercício, Michel Temer, no Palácio do Jaburu. Mais uma vez, se queixou do que classifica como uma “armação” do Planalto e do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, contra ele. O presidente da Câmara se referia a papéis recolhidos pelos investigadores da Procuradoria-Geral da República que apontariam suposto pagamento de R$ 45 milhões em propina ao deputado, para alterar uma medida provisória que beneficiaria o banco BTG Pactual, de André Esteves. O banqueiro foi preso na quarta-feira passada por suspeita de tentar atrapalhar as investigações da Lava Jato.

    Cunha, que nega ter recebido vantagens indevidas, disse que suas emendas foram contrárias aos interesses do banco e apresentou a Temer, durante o almoço, os documentos em sua defesa. Ele chamou essa nova denúncia contra ele de “conspiração”, que teria o “dedo do governo” e, nesse caso, considera que, além de Janot, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, teria responsabilidades no episódio.

    De acordo com o material colhido pelos investigadores da Lava Jato, depois que “tudo deu certo”, Cunha e o banqueiro, entre outros, participaram de um jantar de comemoração. O objetivo descrito no texto da MP era enquadrar as instituições em regras internacionais mais rígidas e prepará-las para enfrentar a crise econômica de 2008.
    Korgano Masaka
    Korgano Masaka
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 1636
    Reputação : 73
    Data de inscrição : 29/07/2015

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por Korgano Masaka em Qua 02 Dez 2015, 6:33 am

    Se o PT quisesse condenar Cunha, fechava questão. Quer livrar os crimes de Dilma e manter os crimes de Cunha.

    Em Política

    quarta-feira, 2 de dezembro de 2015 às 08:25:00

    O temor de ver o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), dar seguimento a um pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff fez o governo se mobilizar pelo apoio dos deputados do PT ao arquivamento do processo contra Cunha no Conselho de Ética.

    No Palácio do Planalto, a avaliação é que não há como prever a sequência de acontecimentos caso Cunha decida deflagrar um processo de impeachment. A palavra mais usada por integrantes do governo para definir a atuação pró-Cunha é “insegurança”.

    A votação do relatório no Conselho de Ética, no entanto, acabou adiada para esta quarta-feira em função dos longos debates da sessão.Durante o dia, os ministros Jaques Wagner (Casa Civil) e Ricardo Berzoini (Governo) atuaram para garantir a vitória do presidente da Câmara. Os três representantes do PT no Conselho de Ética — Zé Geraldo (PA), Valmir Prascidelli (SP) e Léo de Brito (AC) — foram pressionados a dar os votos que faltavam para salvar Cunha.

    ADVERTISEMENT
    O PT fez uma jogada dupla: trinta e um deputados do partido divulgaram um abaixo-assinado pedindo que o Conselho de Ética acate a representação contra Cunha, e o presidente da legenda, Rui Falcão, divulgou no Twitter que o partido estava orientando os três petistas a votarem pela admissibilidade. Mas o ato público de Falcão serviu apenas para dar uma satisfação à militância. Nos bastidores, a sigla jogou pesado para arrancar de seus representantes no conselho o compromisso de que apoiariam o principal inimigo do Palácio do Planalto.

    Zé Geraldo e Prascidelli reuniram-se com o líder na Câmara, Sibá Machado (AC), que fez o discurso que o governo queria: neste momento, o melhor seria garantir a governabilidade para evitar uma crise política e econômica ainda maior. Léo de Brito não participou. Quando a sessão do conselho começou, os três fizeram várias reuniões no plenário onde ocorriam as discussões. De vez em quando, Prascidelli ou Zé Geraldo conversavam com Hugo Motta (PMDB-PB), um dos escudeiros de Cunha que, mesmo sem ser membro do conselho, participou ativamente das manobras para salvar o presidente da Câmara.

    Apesar de negociar nos bastidores, o Planalto oficialmente nega que esteja atuando em favor de Cunha. Um assessor palaciano, no entanto, reconhece que o Planalto deixa claro aos petistas que para Dilma é interessante que não seja aberto um processo de cassação contra o deputado: — A instabilidade política é a mãe de todas as crises. É ela que paralisa a economia e trava a atividade dos empresários, que, por incerteza sobre o futuro político do país, não arrisca, não investe e deixa de fazer negócios.

    Zé Geraldo (PT-PA) foi mais explícito:— Diria que o governo está sendo chantageado (por Eduardo Cunha). O PT não, porque ninguém chantageia. O Cunha tem uma metralhadora nas mãos, todo mundo sabe que ele e o grupo dele trabalham com essa arma. E o PSDB está só esperando (a abertura do impeachment). Não confiamos no Cunha. Quer coisa mais desastrosa que discutirmos agora uma pauta de impeachment? — questionou o parlamentar, voltando a dizer que os três petistas do Conselho estão “com a faca no pescoço”. Matéria de O Globo.

    Zé Geraldo afirmou após a sessão que ainda trabalhava para unificar os três votos petistas, mas admitia que havia resistência por parte dos correligionários:— PT é PT, governo é governo. Nós somos PT e governo, essa é a crise. E se acontecer de ele (Cunha) iniciar (o processo de impeachment) e sermos culpados por causa dos nossos votos?

    Os outros petistas do conselho, Léo de Brito e Valmir Prascidelli, evitaram se posicionar em relação ao relatório de Pinato. Léo de Brito, no entanto, sinalizou que pode ficar contra o relatório que pede a investigação de Cunha, alegando que há um “fato novo a ser considerado” — o voto em separado apresentado pelo deputado Wellington Roberto (PR-PB), que defende uma punição branda de “censura escrita”. Prascidelli disse que é preciso cautela para analisar a questão.


    Sobre a manifestação do presidente do PT numa rede social, Léo de Brito alfinetou:
    — Se o Rui acha que devemos votar assim, ele que nos oriente. Manifestação pela imprensa não representa posição oficial. Ele nunca nos chamou para conversar.

    Já Prascidelli disse que a manifestação de Falcão é legítima, mas que não houve decisão do PT. Segundo petistas, Prascidelli ainda está muito reticente em votar pelo arquivamento das investigações. Léo de Brito também resiste, mas estaria mais aberto às ponderações sobre o risco da abertura do processo de impeachment contra Dilma.
    Korgano Masaka
    Korgano Masaka
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 1636
    Reputação : 73
    Data de inscrição : 29/07/2015

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por Korgano Masaka em Qui 03 Dez 2015, 6:43 am

    PMDB prepara posse de Temer.


    Em Política

    quinta-feira, 3 de dezembro de 2015 às 08:05:00

    Líderes do PMDB e emissários do vice-presidente da República, Michel Temer, intensificarão a partir desta quinta-feira, 3, as costuras nos bastidores para que o peemedebista possa assumir com forte respaldo político o cargo de Dilma Rousseff caso ela venha ser impedida de concluir o mandato iniciado em janeiro.

    No roteiro traçado pelo grupo de Temer e pela ala oposicionista do PMDB, o apoio do presidente do Senado, Renan Calheiros (AL), é considerado fundamental para o sucesso da estratégia. Nos últimos meses, Renan atuou como um espécie de líder informal do governo Dilma Rousseff no Congresso.

    Anteontem, no entanto, o Supremo Tribunal Federal autorizou a abertura de dois novos inquéritos que têm como alvos Renan. A Corte atendeu a um pedido de Rodrigo Janot, procurador-geral da República.

    O presidente do Senado, até então, acreditava que o Palácio do Planalto tinha poderes para influenciar a conduta de Janot e evitar o avanço da Operação Lava Jato contra ele. Por causa disso, conforme apurou o Estado, ontem mesmo petistas próximos da presidente Dilma Rousseff já acreditavam que Renan teve participação na decisão de Eduardo Cunha de abrir o processo de impeachment da petista.
    Um integrante da direção do PMDB afirmou à reportagem que Cunha fez chegar a Renan o seguinte recado após o pedido de inquérito de Janot e o anúncio do PT de que não apoiaria o presidente da Câmara no Conselho de Ética: “Não podemos confiar neles”.

    Desde as primeiras denúncias contra ele, Cunha tem afirmado que Janot atua conforme os interesses do Planalto e do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo – eles negam.

    O apoio de Renan ao projeto de PMDB de levar Temer até a Presidência é considerado fundamental para enfraquecer as defesas de Dilma no Congresso e para que o PMDB possa demonstrar alguma unidade em torno do desafio de assumir o Palácio do Planalto.

    Michel Temer se afastou da presidente Dilma após a temperatura da crise ter aumentado, em julho e agosto deste ano. O distanciamento entre eles provocou desconfianças no PT de que o vice esteja trabalhando dia e noite pelo impeachment da presidente. Temer, porém, nega as acusações de que está “conspirando” e diz que sua intenção é deixar a presidente “à vontade”.Segundo um deputado do PMDB próximo a Temer, a decisão de Eduardo Cunha não foi compartilhada nem debatida com ninguém do partido.

    O presidente da Casa fez duas ligações, poucos minutos antes da coletiva: uma para o vice-presidente e outra para Renan, que estava presidindo a Mesa do Senado. Cunha, no entanto, apenas comunicou a decisão, relata o deputado. Esse mesmo parlamentar diz que Temer não fez tentativas de demover Cunha de aceitar o pedido de impeachment.

    O assunto deverá ser discutido hoje, em uma reunião da bancada. A ala oposicionista do PMDB promete cobrar Leonardo Picciani (RJ) por uma declaração em que ele criticou a decisão de Cunha.
    Matemática. Deputados do PMDB fazem as contas e, segundo um parlamentar com trânsito no Palácio Jaburu (onde mora o vice), a “dissidência” (grupo pró-impeachment) conta com 25 dos 64 deputados, mas pode deve aumentar se houver pressão das ruas.

    Cunha (PMDB-RJ) tentou se esquivar de comentar ontem à noite a reação da presidente Dilma Rousseff após o anúncio do acolhimento do processo de impeachment. “Não vou comentar. Já comuniquei a decisão e está lá escrito”, afirmou Cunha ao deixar a Câmara no final da noite de ontem. Dilma disse que as razões que fundamentam o pedido de impeachment são “inconsistentes e improcedentes” e se declarou “indignada”.
    Korgano Masaka
    Korgano Masaka
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 1636
    Reputação : 73
    Data de inscrição : 29/07/2015

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por Korgano Masaka em Qui 03 Dez 2015, 12:43 pm

    Urgente: Pedido de impeachment é lido na Câmara
    Brasil 03.12.15 14:38

    Beto Mansur lê agora o pedido de impeachment no plenário da Câmara.

    Assista:http://www.oantagonista.com/posts/urgente-pedido-de-impeachment-e-lido-na-camara
    Solange4
    Solange4
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1129
    Reputação : 108
    Data de inscrição : 03/06/2015

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por Solange4 em Sex 04 Dez 2015, 2:18 pm

    Gilmar Mendes impede recuo do PT
    e mantém processo de impeachment



    Imprimir
    Enviar por email
    0
    0
    0
    3 de dezembro de 2015, 22h01

    O ministro Gilmar Mendes negou na noite desta quinta-feira (3/12) pedido apresentado por deputados do PT que queriam desistir de mandado de segurança sobre o processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff. Como os autores só recuaram depois que Gilmar foi sorteado relator, o ministro considerou a medida “clara fraude à distribuição processual” e “ato temerário e ofensivo não a essa relatoria, mas ao Poder Judiciário”.

    “Insta salientar que os impetrantes sequer disfarçam a tentativa de burlar o princípio do juiz natural (...) Ninguém pode escolher seu juiz de acordo com sua conveniência, razão pela qual tal prática deve ser combatida severamente por esta corte, de acordo com os preceitos legais pertinentes”, afirmou Gilmar, conhecido por suas críticas públicas ao PT.

    Ele determinou que o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil seja informado para “examinar a eventual responsabilidade disciplinar por ato atentatório à dignidade da Justiça”. Também rejeitou pedido de liminar que buscava suspender o processo de impeachment aberto contra Dilma pelo presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), nesta quarta-feira (2/12).

    “Observando detidamente o ato apontado como coator, configura-se claro que houve apenas análise formal pelo chefe da Câmara dos Deputados, devidamente fundamentada, no exercício do seu mister constitucional. A garantia do devido processo legal, no processo de impeachment, está na observância das garantias institucionais político-jurídicas que emergem a partir daí, quais sejam: prazo para defesa, análise pela comissão especial, quórum qualificado para autorização de instauração do processo (2/3 dos membros da Câmara dos Deputados), processo e julgamento pelo Senado Federal, sob a presidência do ministro presidente do Supremo Tribunal Federal”, avaliou.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    avatar
    Convidado
    Convidado

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por Convidado em Sex 04 Dez 2015, 3:24 pm

    Solange4 escreveu:Gilmar Mendes impede recuo do PT
    e mantém processo de impeachment



    Imprimir
    Enviar por email
    0
    0
    0
    3 de dezembro de 2015, 22h01

    O ministro Gilmar Mendes negou na noite desta quinta-feira (3/12) pedido apresentado por deputados do PT que queriam desistir de mandado de segurança sobre o processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff. Como os autores só recuaram depois que Gilmar foi sorteado relator, o ministro considerou a medida “clara fraude à distribuição processual” e “ato temerário e ofensivo não a essa relatoria, mas ao Poder Judiciário”.

    “Insta salientar que os impetrantes sequer disfarçam a tentativa de burlar o princípio do juiz natural (...) Ninguém pode escolher seu juiz de acordo com sua conveniência, razão pela qual tal prática deve ser combatida severamente por esta corte, de acordo com os preceitos legais pertinentes”, afirmou Gilmar, conhecido por suas críticas públicas ao PT.

    Ele determinou que o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil seja informado para “examinar a eventual responsabilidade disciplinar por ato atentatório à dignidade da Justiça”. Também rejeitou pedido de liminar que buscava suspender o processo de impeachment aberto contra Dilma pelo presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), nesta quarta-feira (2/12).

    “Observando detidamente o ato apontado como coator, configura-se claro que houve apenas análise formal pelo chefe da Câmara dos Deputados, devidamente fundamentada, no exercício do seu mister constitucional. A garantia do devido processo legal, no processo de impeachment, está na observância das garantias institucionais político-jurídicas que emergem a partir daí, quais sejam: prazo para defesa, análise pela comissão especial, quórum qualificado para autorização de instauração do processo (2/3 dos membros da Câmara dos Deputados), processo e julgamento pelo Senado Federal, sob a presidência do ministro presidente do Supremo Tribunal Federal”, avaliou.

    http://www.conjur.com.br/2015-dez-03/pt-fraudar-juiz-natural-desistir-ms-gilmar-mendes

    Mas convenhamos, todo mundo sabe que Gilmar Mendes é um fanático e imparcial...vem agora querer dar uma de "profissional".
    lroger8
    lroger8
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3211
    Reputação : -45
    Data de inscrição : 15/07/2010

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por lroger8 em Sab 05 Dez 2015, 12:33 am

    Do deles estão cuidando muito bem, como fica claro!


    O SR. MINISTRO MARCO AURÉLIO BELLIZZE: Sr. Presidente, só pra fazer um registro. Fiquei encarregado, após falar com o Presidente e até com a minha Turma, de trazer duas questões. A primeira, apresentando o ensejo da reunião dos Colegas, é uma preocupação Fonte: Boletim de Serviço do STJ, 3 dez. 2015. dos colegas de todos os tribunais superiores: a PEC n. 62, que está em tramitação, estabelece o regime remuneratório de uma forma para o Supremo, que é um tribunal superior, apesar de ser Supremo pela competência em matéria constitucional, e de outra diferente para os outros Tribunais. Há uma preocupação dos colegas e fui cobrado para encaminhar essa matéria nesta sessão, para deliberar sobre a constituição de uma comissão de três ou quatro colegas que possam intervir junto aos Parlamentares, do contrário, como aconteceu com o Código de Processo Civil, ficamos olhando e, depois que aprova, vamos reclamar do prazo; devíamos ter olhado antes e trabalhado. O SR. MINISTRO FRANCISCO FALCÃO (PRESIDENTE): Conversei com o Sr. Ministro Lewandowski, agora, em Recife, no domingo, e ele me disse que está muito preocupado com a possibilidade de ser aprovado no Parlamento. O SR. MINISTRO MARCO AURÉLIO BELLIZZE: Estou encaminhando essa preocupação e se se pudesse constituir uma Comissão, tenho alguns nomes que aceitaram o encargo. O SR. MINISTRO FRANCISCO FALCÃO (PRESIDENTE): Seria para desvincular os vencimentos dos ministros dos tribunais superiores. O SR. MINISTRO MARCO AURÉLIO BELLIZZE: Não seria automático, o Supremo teria a remuneração e nós dependeríamos de uma lei, de discussão no Congresso. A SRA. MINISTRA NANCY ANDRIGHI: Então, seria voltar ao sistema antigo, em que dependíamos de uma lei e sempre posterior. O SR. MINISTRO LUIS FELIPE SALOMÃO: Sendo que, nessa hipótese, está muito pior; porque nós estamos submetidos ao teto e vamos ficar sempre tentando atualizar com o Supremo. Hoje é automático, e a base da magistratura vai na mesma onda, porque eles estão atrelados a nós... O SR. MINISTRO MARCO AURÉLIO BELLIZZE: Hoje, o Supremo está na base da pirâmide; agora, passam os tribunais superiores; o Supremo sai da base, poderia ter o aumento desvinculado, e os tribunais superiores ... O SR. MINISTRO LUIS FELIPE SALOMÃO: A proposta é criar uma comissão, Sr. Presidente, pra acompanhar esses trabalhos... O SR. MINISTRO FRANCISCO FALCÃO (PRESIDENTE): Ministro Bellizze, alguma sugestão dos nomes para a Comissão? O SR. MINISTRO MARCO AURÉLIO BELLIZZE: Já conversei com alguns, que têm afinidades, o Sr. Ministro Humberto Martins acho que seria importante; Sr. Ministro Luís Felipe Salomão; Sr. Ministro Antônio Carlos Ferreira é voluntário. O SR. MINISTRO HERMAN BENJAMIN: A minha sugestão, Sr. Ministro Marco Aurélio Bellizze, é que seja a Comissão do Regimento, e os outros colegas que queiram acompanhar se juntem. Veja, cada um de nós vem de um estado ou de uma região, tem condições de fazer uma interlocução muito mais próxima com os parlamentares da sua região ou dos seus contatos mesmo. O SR. MINISTRO FRANCISCO FALCÃO (PRESIDENTE): Estão todos de acordo, então? O SR. MINISTRO PAULO DE TARSO SANSEVERINO: É só uma informação. Estávamos lá no Senado, agora, a Sra. Ministra Isabel Gallotti, o Sr. Ministro Buzzi e eu, em função da Fonte: Boletim de Serviço do STJ, 3 dez. 2015. admissibilidade. E, em um dos contatos, entrou essa questão dessa PEC; na verdade, essa PEC, a proposta foi da Senadora Gleisi e o Relator é o Senador Randolfe. Mas, o que disseram é que é uma proposta muito polêmica e que tem muita resistência dentro do próprio Senado. Então, de todo modo, dificilmente ela passa, mas exige também um trabalho de nossa parte pra evitar qualquer tipo... e o alvo principal, ao que parece, é o TCU. Mas, de todo modo, até a informação que conseguimos, o sentimento que colhemos foi de que ela é extremamente controvertida dentro do próprio Senado.
    FALCON.X
    FALCON.X
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2463
    Reputação : 433
    Data de inscrição : 22/03/2015

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por FALCON.X em Sab 05 Dez 2015, 5:53 am

    Nilo
    Nilo
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Analista Administrativo, C-13
    Mensagens : 551
    Reputação : 81
    Data de inscrição : 22/06/2015
    Localização : São Paulo - SP.

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por Nilo em Sab 05 Dez 2015, 11:53 am

    FALCON.X escreveu:h

    Gostei dos COMENTÁRIOS do Polibio Braga.
    Salvei no meu GOOGLE DRIVE:
    MP4: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    MP3: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    5'07" - SAÍDA DO ELISEU PADILHA - sinal para que outros façam o mesmo

    Eliseu Padilha já havia tentado sair do governo.  Foi convencido a ficar mais um pouco.  Dessa vez não perdeu a oportunidade.
    Tudo leva a crer que foi um movimento orquestrado pelo MICHEL TEMER.


    6'05" - "...não vai nem precisar de povo na rua..."

    Aqui eu discordo.  Vão precisar do povo na rua, SIM!
    O PMDB agora quer a Esplanada. Eles tem a vantagem no número de deputados, mas não conseguirão sozinhos o número de votos.  Será necessário "incentivar" o povo a se manifestar (Paulinho da Força Sindical e outros) para que o país "mude". Porém no congresso existem as velhas raposas da política, esse pessoal só votará pelo impedimento se tiver cargo no futuro governo MICHEL TEMER.


    7'20" - "... vamos ter notícia boas neste fim de semana."

    Traduzindo: FIM DE SEMANA PROMETE. (brincou conosco)

    MICHEL TEMER assumindo a Presidência, EDUARDO (se segurando) CUNHA interinamente na Vice-presidência e na presidência da CD, RENAN no Congresso e os Petralhas voltando a oposição.

    Essa mudança de cenário político, ainda que tardia para nosso falecido mamutinho, PODERÁ NOS LIVRAR do temido ZERO%.
    Logo que assumiu a presidência, JOSÉ SARNEY não quis problemas com servidores e tratou de conceder reajustes e instituiu uma política de reajustes automáticos (gatilho salarial). Na minha opinião, o mesmo deverá acontecer.

    Faraó acompanha o relator Políbio:
    - FIM DE SEMANA PROMETE!

    farao

    Sigma
    Sigma
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Analista Judiciário - Especialidade TI
    Mensagens : 5149
    Reputação : 136
    Data de inscrição : 08/07/2010
    Idade : 39
    Localização : Curitiba/PR

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por Sigma em Sab 05 Dez 2015, 11:54 am

    Sério mesmo, Nilo?

    3 mensagens IDÊNTICAS em 3 tópicos DIFERENTES?

    P.O.R.R.A!
    Nilo
    Nilo
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Analista Administrativo, C-13
    Mensagens : 551
    Reputação : 81
    Data de inscrição : 22/06/2015
    Localização : São Paulo - SP.

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por Nilo em Sab 05 Dez 2015, 12:15 pm

    Sigma escreveu:Sério mesmo, Nilo?

    3 mensagens IDÊNTICAS em 3 tópicos DIFERENTES?

    P.O.R.R.A!

    Claro pô! O abatimento é geral e propagar uma boa notícia pode dar um UP na galera.

    Tô cansado do blá-blá-blá, ti-ti-ti, você-é-MAV-e-tem-clone-que-eu-sei. Eu não sou de ferro e estou me recuperando da manutenção do veto.

    farao

    PCS-JA
    PCS-JA
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2284
    Reputação : 134
    Data de inscrição : 15/05/2015

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por PCS-JA em Sab 05 Dez 2015, 12:45 pm

    Nilo escreveu:
    FALCON.X escreveu:h

    Gostei dos COMENTÁRIOS do Polibio Braga.
    Salvei no meu GOOGLE DRIVE:
    MP4: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    MP3: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



    5'07" - SAÍDA DO ELISEU PADILHA - sinal para que outros façam o mesmo

    Eliseu Padilha já havia tentado sair do governo.  Foi convencido a ficar mais um pouco.  Dessa vez não perdeu a oportunidade.
    Tudo leva a crer que foi um movimento orquestrado pelo MICHEL TEMER.



    6'05" - "...não vai nem precisar de povo na rua..."

    Aqui eu discordo.  Vão precisar do povo na rua, SIM!
    O PMDB agora quer a Esplanada. Eles tem a vantagem no número de deputados, mas não conseguirão sozinhos o número de votos.  Será necessário "incentivar" o povo a se manifestar (Paulinho da Força Sindical e outros) para que o país "mude". Porém no congresso existem as velhas raposas da política, esse pessoal só votará pelo impedimento se tiver cargo no futuro governo MICHEL TEMER.



    7'20" - "... vamos ter notícia boas neste fim de semana."

    Traduzindo: FIM DE SEMANA PROMETE. (brincou conosco)

    MICHEL TEMER assumindo a Presidência, EDUARDO (se segurando) CUNHA interinamente na Vice-presidência e na presidência da CD, RENAN no Congresso e os Petralhas voltando a oposição.

    Essa mudança de cenário político, ainda que tardia para nosso falecido mamutinho, PODERÁ NOS LIVRAR do temido ZERO%.
    Logo que assumiu a presidência, JOSÉ SARNEY não quis problemas com servidores e tratou de conceder reajustes e instituiu uma política de reajustes automáticos (gatilho salarial). Na minha opinião, o mesmo deverá acontecer.

    Faraó acompanha o relator Políbio:
    - FIM DE SEMANA PROMETE!

    farao


    ___________
    A situação da Dilmônia esta muito complexa
    PCS-TRE
    PCS-TRE
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1771
    Reputação : 154
    Data de inscrição : 27/02/2015

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por PCS-TRE em Sab 05 Dez 2015, 2:49 pm

    Sigma escreveu:Sério mesmo, Nilo?

    3 mensagens IDÊNTICAS em 3 tópicos DIFERENTES?

    P.O.R.R.A!

    Voce saiu da função de moderador, mas ela não saiu de voce.

    lol! lol! lol! lol!

    Conteúdo patrocinado

    IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria??? - Página 8 Empty Re: IMPEACHMENT? Isso realmente pode ser determinante para a categoria???

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter 17 Set 2019, 5:14 am