PCS JÁ

PCS JÁ



    LAW-SC
    LAW-SC
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 348
    Reputação : 19
    Data de inscrição : 17/09/2013

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por LAW-SC Qua 28 Out 2015, 7:57 pm

    Khal Drogo escreveu:Total      Descontos Líquido
    629,44 259,15 370,29


    Isso é o retroativo de 2 meses.
     tá falando sério!!?? técnico ou analista? qual padrao?
    analista_ti
    analista_ti
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 244
    Reputação : 10
    Data de inscrição : 20/02/2015

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por analista_ti Qui 29 Out 2015, 8:16 am

    Quem estiver recebendo em uma unica folha os mêses de 09 e 10 de 2015, aqui na 15 cobraram sobre o regime de caixa então se pagou dobrado. O correto é sobre o REGIME DE COMPETÊNCIA para calculo do IR sobre mês 9/15 se for abaixo de 1.903,98 esta isento. Cobrem o seu tribunal. Decisão já regulamentada pelo STF, na iniciativa privada é assim .......
    NAUTICO 6
    NAUTICO 6
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 279
    Reputação : 9
    Data de inscrição : 09/12/2012

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por NAUTICO 6 Qui 29 Out 2015, 8:35 am

    analista_ti escreveu:Quem estiver recebendo em uma unica folha os mêses de 09 e 10 de 2015, aqui na 15 cobraram sobre o regime de caixa então se pagou dobrado. O correto é sobre o REGIME DE COMPETÊNCIA para calculo do IR sobre mês 9/15 se for abaixo de 1.903,98 esta isento. Cobrem o seu tribunal. Decisão já regulamentada pelo STF, na iniciativa privada é assim .......
    No ajuste anual não terá escapatória.
    avatar
    Lady Mumu
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 453
    Reputação : 58
    Data de inscrição : 14/07/2010

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por Lady Mumu Qui 29 Out 2015, 8:48 am

    NAUTICO 6 escreveu:
    analista_ti escreveu:Quem estiver recebendo em uma unica folha os mêses de 09 e 10 de 2015, aqui na 15 cobraram sobre o regime de caixa então se pagou dobrado. O correto é sobre o REGIME DE COMPETÊNCIA para calculo do IR sobre mês 9/15 se for abaixo de 1.903,98 esta isento. Cobrem o seu tribunal. Decisão já regulamentada pelo STF, na iniciativa privada é assim .......
    No ajuste anual não terá escapatória.

    Vcs entenderam mesmo a decisão do STF???
    milhocolin
    milhocolin
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Hey, Apple!
    Mensagens : 620
    Reputação : 21
    Data de inscrição : 17/06/2011

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por milhocolin Qui 29 Out 2015, 10:03 am

    Lady Mumu escreveu:
    NAUTICO 6 escreveu:
    analista_ti escreveu:Quem estiver recebendo em uma unica folha os mêses de 09 e 10 de 2015, aqui na 15 cobraram sobre o regime de caixa então se pagou dobrado. O correto é sobre o REGIME DE COMPETÊNCIA para calculo do IR sobre mês 9/15 se for abaixo de 1.903,98 esta isento. Cobrem o seu tribunal. Decisão já regulamentada pelo STF, na iniciativa privada é assim .......
    No ajuste anual não terá escapatória.

    Vcs entenderam mesmo a decisão do STF???

    Laughing
    henriquetrt15
    henriquetrt15
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Cargo : (VASSALO)Técnico Judiciário
    Mensagens : 149
    Reputação : 9
    Data de inscrição : 08/05/2015

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por henriquetrt15 Qui 29 Out 2015, 11:16 am

    O TRT 15 somou o 13,23% do dois meses.
    Então descontou
    a) PSSS 11%.
    b) compensações da lei 10689.
    c) sindicato (meu caso, pois sou sindicalizado).
    Ai obteve a base de cálculo e aplicou alíquota de 27,5%.

    Não sei o que você esperava, mas está certo o cálculo. Tem que considerar que nesse mês já houve o pagamento de salário e tudo que recebermos vai incidir 27,5%, pois ganhamos (imagino que todos), na última faixa de IR.
    Vitor-ES
    Vitor-ES
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 101
    Reputação : 4
    Data de inscrição : 26/02/2011

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por Vitor-ES Qui 29 Out 2015, 11:59 am

    galaodamassa escreveu:E O TRT17? Alguém sabe de algo?

    Rádio corredor diz que já está a folha de pagamento!
    avatar
    galaodamassa
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Cargo : Analista
    Mensagens : 42
    Reputação : 2
    Data de inscrição : 20/10/2014

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por galaodamassa Qui 29 Out 2015, 12:16 pm

    Vitor-ES escreveu:
    galaodamassa escreveu:E O TRT17? Alguém sabe de algo?

    Rádio corredor diz que já está a folha de pagamento!

    Vão pagar na folha de novembro? Ou vai ter folha suplementar?
    LAW-SC
    LAW-SC
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 348
    Reputação : 19
    Data de inscrição : 17/09/2013

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por LAW-SC Qui 29 Out 2015, 1:13 pm

    E no MPU, como sempre, um silêncio sepulcral com relação aos 13%.....sfdÊ!!ninguém nunca sabe merDHA ninguna....
    Lord Sith
    Lord Sith
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2138
    Reputação : 91
    Data de inscrição : 25/05/2012

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por Lord Sith Qui 29 Out 2015, 1:20 pm

    LAW-SC escreveu:E no MPU, como sempre, um silêncio sepulcral com relação aos 13%.....sfdÊ!!ninguém nunca sabe merDHA ninguna....

    O Lauro e o PGR sabem...rs
    avatar
    Lady Mumu
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 453
    Reputação : 58
    Data de inscrição : 14/07/2010

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por Lady Mumu Qui 29 Out 2015, 1:42 pm

    Pessoal, deixa eu explicar como funciona a modulação dos efeitos da decisão do STF a respeito do Imposto de Renda dos precatórios, que vale a partir de março desse ano.

    É que a União aplicava o regime de caixa. O que isso significa? Você tem direito a uma gratificação mensal de 500 reais nunca paga pela união. Quando você ganhava a ação o montante era de 50 mil reais. Como esse montante passava o valor do IR para os 27,5% (maior alíquota aplicada), a União aplicava exatamente essa alíquota. No entanto, se o salário do servidor era de mil reais, com mais 500 reais, ele podia ser isento, como podia se enquadrar em qualquer outra alíquota. Dessa forma, aplicando-se o regime de competência, esse servidor pode ganhar os 50 mil integrais, já que a soma do valor a ele devido com o seu salário da época pode se encaixar na faixa de isenção. No nosso caso, os 13,23% (atrasado/precatório) terá que ser observado esse regime. Porém, esse atrasado é de dois meses e todo, penso eu, servidor do PJu se enquadra na maior alíquota. Então, um centavo que a gente receba a mais, incidirá os 27,5% de IR. E qualquer ação que a gente entre pra ganhar algo daqui pra frente, a menos que o PT ferre a gente a ponto de baixarmos de alíquota, incidirá 27,5%. De modo que não fará diferença real a aplicação do regime de competência ou de caixa.
    jcslneto
    jcslneto
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Cargo : TÉCNICO JUDICIÁRIO
    Mensagens : 85
    Reputação : 4
    Data de inscrição : 10/02/2015
    Idade : 56
    Localização : FORTALEZA - CEARÁ

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por jcslneto Qui 29 Out 2015, 1:49 pm

    Lady Mumu escreveu:Pessoal, deixa eu explicar como funciona a modulação dos efeitos da decisão do STF a respeito do Imposto de Renda dos precatórios, que vale a partir de março desse ano.

    É que a União aplicava o regime de caixa. O que isso significa? Você tem direito a uma gratificação mensal de 500 reais nunca paga pela união. Quando você ganhava a ação o montante era de 50 mil reais. Como esse montante passava o valor do IR para os 27,5% (maior alíquota aplicada), a União aplicava exatamente essa alíquota. No entanto, se o salário do servidor era de mil reais, com mais 500 reais, ele podia ser isento, como podia se enquadrar em qualquer outra alíquota. Dessa forma, aplicando-se o regime de competência, esse servidor pode ganhar os 50 mil integrais, já que a soma do valor a ele devido com o seu salário da época pode se encaixar na faixa de isenção. No nosso caso, os 13,23% (atrasado/precatório) terá que ser observado esse regime. Porém, esse atrasado é de dois meses e todo, penso eu, servidor do PJu se enquadra na maior alíquota. Então, um centavo que a gente receba a mais, incidirá os 27,5% de IR. E qualquer ação que a gente entre pra ganhar algo daqui pra frente, a menos que o PT ferre a gente a ponto de baixarmos de alíquota, incidirá 27,5%. De modo que não fará diferença real a aplicação do regime de competência ou de caixa.



    Ótima explicação. Com relação a baixar a alíquota, já estou prevendo que, considerando os 10 anos sem reajuste, a inflação etc., em breve sequer estaremos pagando imposto de renda...
    NAUTICO 6
    NAUTICO 6
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 279
    Reputação : 9
    Data de inscrição : 09/12/2012

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por NAUTICO 6 Qui 29 Out 2015, 1:58 pm

    jcslneto escreveu:
    Lady Mumu escreveu:Pessoal, deixa eu explicar como funciona a modulação dos efeitos da decisão do STF a respeito do Imposto de Renda dos precatórios, que vale a partir de março desse ano.

    É que a União aplicava o regime de caixa. O que isso significa? Você tem direito a uma gratificação mensal de 500 reais nunca paga pela união. Quando você ganhava a ação o montante era de 50 mil reais. Como esse montante passava o valor do IR para os 27,5% (maior alíquota aplicada), a União aplicava exatamente essa alíquota. No entanto, se o salário do servidor era de mil reais, com mais 500 reais, ele podia ser isento, como podia se enquadrar em qualquer outra alíquota. Dessa forma, aplicando-se o regime de competência, esse servidor pode ganhar os 50 mil integrais, já que a soma do valor a ele devido com o seu salário da época pode se encaixar na faixa de isenção. No nosso caso, os 13,23% (atrasado/precatório) terá que ser observado esse regime. Porém, esse atrasado é de dois meses e todo, penso eu, servidor do PJu se enquadra na maior alíquota. Então, um centavo que a gente receba a mais, incidirá os 27,5% de IR. E qualquer ação que a gente entre pra ganhar algo daqui pra frente, a menos que o PT ferre a gente a ponto de baixarmos de alíquota, incidirá 27,5%. De modo que não fará diferença real a aplicação do regime de competência ou de caixa.



    Ótima explicação. Com relação a baixar a alíquota, já estou prevendo que, considerando os 10 anos sem reajuste, a inflação etc., em breve sequer estaremos pagando imposto de renda...
    Lady Mumu, a Decisão do STF faz alguma menção s apuração por RRA nesses caso de rpv/precatórios?
    avatar
    Lady Mumu
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 453
    Reputação : 58
    Data de inscrição : 14/07/2010

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por Lady Mumu Qui 29 Out 2015, 2:15 pm

    NAUTICO 6 escreveu:
    jcslneto escreveu:
    Lady Mumu escreveu:Pessoal, deixa eu explicar como funciona a modulação dos efeitos da decisão do STF a respeito do Imposto de Renda dos precatórios, que vale a partir de março desse ano.

    É que a União aplicava o regime de caixa. O que isso significa? Você tem direito a uma gratificação mensal de 500 reais nunca paga pela união. Quando você ganhava a ação o montante era de 50 mil reais. Como esse montante passava o valor do IR para os 27,5% (maior alíquota aplicada), a União aplicava exatamente essa alíquota. No entanto, se o salário do servidor era de mil reais, com mais 500 reais, ele podia ser isento, como podia se enquadrar em qualquer outra alíquota. Dessa forma, aplicando-se o regime de competência, esse servidor pode ganhar os 50 mil integrais, já que a soma do valor a ele devido com o seu salário da época pode se encaixar na faixa de isenção. No nosso caso, os 13,23% (atrasado/precatório) terá que ser observado esse regime. Porém, esse atrasado é de dois meses e todo, penso eu, servidor do PJu se enquadra na maior alíquota. Então, um centavo que a gente receba a mais, incidirá os 27,5% de IR. E qualquer ação que a gente entre pra ganhar algo daqui pra frente, a menos que o PT ferre a gente a ponto de baixarmos de alíquota, incidirá 27,5%. De modo que não fará diferença real a aplicação do regime de competência ou de caixa.



    Ótima explicação. Com relação a baixar a alíquota, já estou prevendo que, considerando os 10 anos sem reajuste, a inflação etc., em breve sequer estaremos pagando imposto de renda...
    Lady Mumu, a Decisão do STF faz alguma menção s apuração por RRA nesses caso de rpv/precatórios?

    RE 614406

    Recurso extraordinário interposto pela alínea b do inciso III do artigo 102 da Constituição Federal, em que se discute a constitucionalidade, ou não, do artigo 12 da Lei n° 7.713/88, que trata da incidência do imposto de renda da pessoa física sobre rendimentos percebidos acumuladamente, tendo em conta a declaração de inconstitucionalidade desse dispositivo, por Tribunal Regional Federal, após o pronunciamento do Plenário Virtual no sentido da inexistência da repercussão geral da matéria — efetuado no RE 592211/RJ (publicado no DJe de 21.11.2008) — e a relevância jurídica correspondente à presunção de constitucionalidade das leis, à unidade do ordenamento jurídico, à uniformidade da tributação federal e à isonomia tributária (artigo 543-A, § 5º, do Código de Processo Civil).

    Decisão: Prosseguindo no julgamento, o Tribunal, por maioria, decidindo o tema 368 da Repercussão Geral, negou provimento ao recurso, vencida a Ministra Ellen Gracie (Relatora), que lhe dava provimento. Ausente, neste julgamento, o Ministro Gilmar Mendes. Não votou a Ministra Rosa Weber por suceder à Ministra Ellen Gracie (Relatora). Redigirá o acórdão o Ministro Marco Aurélio. Presidiu o julgamento o Ministro Ricardo Lewandowski. Plenário, 23.10.2014.”

    Dessarte, uma vez que reconhecido pelo STF que o regime a ser adotado na tributação do RRA pelo IR, ser o de competência entendemos, s.m.j., que não se aplica ao RRA o artigo 12, nem o artigo 12-A, da Lei n.º 7.713/1988, pois ambos tratam do mesmo regime de caixa, mas deve ser aplicado o regime de competência, retroagindo a época em qual deixou-se de receber o valor cobrado judicialmente, apurando-se as alíquotas e as tabelas próprias vigentes no período, para fins de cálculo do imposto devido.
    NAUTICO 6
    NAUTICO 6
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 279
    Reputação : 9
    Data de inscrição : 09/12/2012

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por NAUTICO 6 Qui 29 Out 2015, 2:28 pm

    Lady Mumu escreveu:
    NAUTICO 6 escreveu:
    jcslneto escreveu:
    Lady Mumu escreveu:Pessoal, deixa eu explicar como funciona a modulação dos efeitos da decisão do STF a respeito do Imposto de Renda dos precatórios, que vale a partir de março desse ano.

    É que a União aplicava o regime de caixa. O que isso significa? Você tem direito a uma gratificação mensal de 500 reais nunca paga pela união. Quando você ganhava a ação o montante era de 50 mil reais. Como esse montante passava o valor do IR para os 27,5% (maior alíquota aplicada), a União aplicava exatamente essa alíquota. No entanto, se o salário do servidor era de mil reais, com mais 500 reais, ele podia ser isento, como podia se enquadrar em qualquer outra alíquota. Dessa forma, aplicando-se o regime de competência, esse servidor pode ganhar os 50 mil integrais, já que a soma do valor a ele devido com o seu salário da época pode se encaixar na faixa de isenção. No nosso caso, os 13,23% (atrasado/precatório) terá que ser observado esse regime. Porém, esse atrasado é de dois meses e todo, penso eu, servidor do PJu se enquadra na maior alíquota. Então, um centavo que a gente receba a mais, incidirá os 27,5% de IR. E qualquer ação que a gente entre pra ganhar algo daqui pra frente, a menos que o PT ferre a gente a ponto de baixarmos de alíquota, incidirá 27,5%. De modo que não fará diferença real a aplicação do regime de competência ou de caixa.



    Ótima explicação. Com relação a baixar a alíquota, já estou prevendo que, considerando os 10 anos sem reajuste, a inflação etc., em breve sequer estaremos pagando imposto de renda...
    Lady Mumu, a Decisão do STF faz alguma menção s apuração por RRA nesses caso de rpv/precatórios?

    RE 614406

    Recurso extraordinário interposto pela alínea b do inciso III do artigo 102 da Constituição Federal, em que se discute a constitucionalidade, ou não, do artigo 12 da Lei n° 7.713/88, que trata da incidência do imposto de renda da pessoa física sobre rendimentos percebidos acumuladamente, tendo em conta a declaração de inconstitucionalidade desse dispositivo, por Tribunal Regional Federal, após o pronunciamento do Plenário Virtual no sentido da inexistência da repercussão geral da matéria — efetuado no RE 592211/RJ (publicado no DJe de 21.11.2008) — e a relevância jurídica correspondente à presunção de constitucionalidade das leis, à unidade do ordenamento jurídico, à uniformidade da tributação federal e à isonomia tributária (artigo 543-A, § 5º, do Código de Processo Civil).

    Decisão: Prosseguindo no julgamento, o Tribunal, por maioria, decidindo o tema 368 da Repercussão Geral, negou provimento ao recurso, vencida a Ministra Ellen Gracie (Relatora), que lhe dava provimento. Ausente, neste julgamento, o Ministro Gilmar Mendes. Não votou a Ministra Rosa Weber por suceder à Ministra Ellen Gracie (Relatora). Redigirá o acórdão o Ministro Marco Aurélio. Presidiu o julgamento o Ministro Ricardo Lewandowski. Plenário, 23.10.2014.”

    Dessarte, uma vez que reconhecido pelo STF que o regime a ser adotado na tributação do RRA pelo IR, ser o de competência entendemos, s.m.j., que não se aplica ao RRA o artigo 12, nem o artigo 12-A, da Lei n.º 7.713/1988, pois ambos tratam do mesmo regime de caixa, mas deve ser aplicado o regime de competência, retroagindo a época em qual deixou-se de receber o valor cobrado judicialmente, apurando-se as alíquotas e as tabelas próprias vigentes no período, para fins de cálculo do imposto devido.
    OK like
    avatar
    subsidiando
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1469
    Reputação : 13
    Data de inscrição : 13/07/2010

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por subsidiando Qui 29 Out 2015, 2:59 pm

    13% do MPU, despacho publicado no e-DJF:

    AÇÃO RESCISÓRIA N. 0042825-03.2014.4.01.0000/DF
    (d)
    RELATOR : DESEMBARGADOR FEDERAL
    JAMIL ROSA DE JESUS
    OLIVEIRA
    AUTOR : SINDICATO NACIONAL DOS
    SERVIDORES DO MINISTERIO
    PUBLICO DA UNIAO
    SINASEMPU
    ADVOGADO : FABIO FONTES ESTILLAC
    GOMEZ
    RÉU : UNIAO FEDERAL
    PROCURADOR : JOSÉ ROBERTO MACHADO
    FARIAS
    OBS: Embargante: União
    D E S P A C H O
    Os embargos de declaração pretendem efeito
    infringente do julgado.
    Assim sendo, para garantia do princípio do
    contraditório, dê-se vista à parte embargada, para
    querendo, impugnar o recurso (STF, RE 250.396/RJ).
    Intime-se.
    Brasília, 19 de outubro de 2015.
    Desembargador Federal JAMIL ROSA DE JESUS
    OLIVEIRA
    Relator

    KJNG1
    KJNG1
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Cargo : Técnico Judiciário
    Mensagens : 85
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 12/12/2014
    Idade : 48
    Localização : Pará

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por KJNG1 Qui 29 Out 2015, 3:11 pm

    TRT8 DEVOLVEU HOJE OS 13% DOS MESES DE SETEMBRO E OUTRUBRO.
    Lord Sith
    Lord Sith
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2138
    Reputação : 91
    Data de inscrição : 25/05/2012

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por Lord Sith Qui 29 Out 2015, 3:52 pm

    subsidiando escreveu:13% do MPU, despacho publicado no e-DJF:

    AÇÃO RESCISÓRIA N. 0042825-03.2014.4.01.0000/DF
    (d)
    RELATOR : DESEMBARGADOR FEDERAL
    JAMIL ROSA DE JESUS
    OLIVEIRA
    AUTOR : SINDICATO NACIONAL DOS
    SERVIDORES DO MINISTERIO
    PUBLICO DA UNIAO
    SINASEMPU
    ADVOGADO : FABIO FONTES ESTILLAC
    GOMEZ
    RÉU : UNIAO FEDERAL
    PROCURADOR : JOSÉ ROBERTO MACHADO
    FARIAS
    OBS: Embargante: União
    D E S P A C H O
    Os embargos de declaração pretendem efeito
    infringente do julgado.
    Assim sendo, para garantia do princípio do
    contraditório, dê-se vista à parte embargada, para
    querendo, impugnar o recurso (STF, RE 250.396/RJ).
    Intime-se.
    Brasília, 19 de outubro de 2015.
    Desembargador Federal JAMIL ROSA DE JESUS
    OLIVEIRA
    Relator


    Qual a tradução do que isso acima signifca?
    henriquetrt15
    henriquetrt15
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Cargo : (VASSALO)Técnico Judiciário
    Mensagens : 149
    Reputação : 9
    Data de inscrição : 08/05/2015

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por henriquetrt15 Qui 29 Out 2015, 4:04 pm

    Lord Sith escreveu:
    Qual a tradução do que isso acima signifca?
    Embargos de declaração servem para suprir omissão e contradição, ex: juiz esqueceu de apreciar um pedido ou se contradisse. Há casos que a parte levanta uma questão que, se acolhida, muda o mérito da decisão, ou seja, dá efeito modificativo (infringente).
    Por exemplo, quando diz que uma tese de sua defesa não foi apreciada. Sendo apreciada, a ação (ou pelo menos um pedido) pode mudar de procedente para improcedente (ou vice-versa).

    Nesses casos em que há a possibilidade de haver mudança, notifica-se a parte contrária para que possa se manifestar.

    Isso não quer dizer que o juiz acha que a decisão dele será mudada, mas apenas que há possibilidade em abstrato que isso ocorra.
    Lord Sith
    Lord Sith
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2138
    Reputação : 91
    Data de inscrição : 25/05/2012

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por Lord Sith Qui 29 Out 2015, 4:13 pm

    henriquetrt15 escreveu:
    Lord Sith escreveu:
    Qual a tradução do que isso acima signifca?
    Embargos de declaração servem para suprir omissão e contradição, ex: juiz esqueceu de apreciar um pedido ou se contradisse. Há casos que a parte levanta uma questão que, se acolhida, muda o mérito da decisão, ou seja, dá efeito modificativo (infringente).
    Por exemplo, quando diz que uma tese de sua defesa não foi apreciada. Sendo apreciada, a ação (ou pelo menos um pedido) pode mudar de procedente para improcedente (ou vice-versa).

    Nesses casos em que há a possibilidade de haver mudança, notifica-se a parte contrária para que possa se manifestar.

    Isso não quer dizer que o juiz acha que a decisão dele será mudada, mas apenas que há possibilidade em abstrato que isso ocorra.

    Obrigado Colega!
    Vitor-ES
    Vitor-ES
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 101
    Reputação : 4
    Data de inscrição : 26/02/2011

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por Vitor-ES Qui 29 Out 2015, 4:26 pm

    galaodamassa escreveu:
    Vitor-ES escreveu:
    galaodamassa escreveu:E O TRT17? Alguém sabe de algo?

    Rádio corredor diz que já está a folha de pagamento!

    Vão pagar na folha de novembro? Ou vai ter folha suplementar?
    Folha suplementar, só tá faltando conferir os valores!
    antonioguedes
    antonioguedes
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 96
    Reputação : 7
    Data de inscrição : 30/06/2015

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por antonioguedes Qui 29 Out 2015, 7:00 pm

    jcslneto escreveu:
    Lady Mumu escreveu:Pessoal, deixa eu explicar como funciona a modulação dos efeitos da decisão do STF a respeito do Imposto de Renda dos precatórios, que vale a partir de março desse ano.

    É que a União aplicava o regime de caixa. O que isso significa? Você tem direito a uma gratificação mensal de 500 reais nunca paga pela união. Quando você ganhava a ação o montante era de 50 mil reais. Como esse montante passava o valor do IR para os 27,5% (maior alíquota aplicada), a União aplicava exatamente essa alíquota. No entanto, se o salário do servidor era de mil reais, com mais 500 reais, ele podia ser isento, como podia se enquadrar em qualquer outra alíquota. Dessa forma, aplicando-se o regime de competência, esse servidor pode ganhar os 50 mil integrais, já que a soma do valor a ele devido com o seu salário da época pode se encaixar na faixa de isenção. No nosso caso, os 13,23% (atrasado/precatório) terá que ser observado esse regime. Porém, esse atrasado é de dois meses e todo, penso eu, servidor do PJu se enquadra na maior alíquota. Então, um centavo que a gente receba a mais, incidirá os 27,5% de IR. E qualquer ação que a gente entre pra ganhar algo daqui pra frente, a menos que o PT ferre a gente a ponto de baixarmos de alíquota, incidirá 27,5%. De modo que não fará diferença real a aplicação do regime de competência ou de caixa.



    Ótima explicação. Com relação a baixar a alíquota, já estou prevendo que, considerando os 10 anos sem reajuste, a inflação etc., em breve sequer estaremos pagando imposto de renda...

    Releia a instruç~ao normativa da Receita Federal. principalmente no tocante a verbas de natureza alimentar. Certamente mudar'a seu entendimento.
    wktm
    wktm
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 88
    Reputação : 25
    Data de inscrição : 13/03/2015

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por wktm Qui 29 Out 2015, 8:45 pm

    TRT6 REIMPLANTA 13,23% EM NOVEMBRO SEM DATA DEFINIDA PARA PAGAR OS MESES DE SET/OUT.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por Convidado Qui 29 Out 2015, 8:47 pm

    LAW-SC escreveu:E no MPU, como sempre, um silêncio sepulcral com relação aos 13%.....sfdÊ!!ninguém nunca sabe merDHA ninguna....




    13,23% - Página 14 Ju
    servidor13
    servidor13
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 303
    Reputação : 10
    Data de inscrição : 05/12/2014

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por servidor13 Sex 30 Out 2015, 7:20 am

    A Anajustra entrou com várias novas ações de cumprimento esta semana, mas nada de disponibilizar os valores no seu site, a exemplo do que fez com as ações de cumprimento relativas a devolução do Imposto de Renda sobre os quintos!!!
    ANALISTA_MCZ
    ANALISTA_MCZ
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 76
    Reputação : 2
    Data de inscrição : 12/11/2014

    13,23% - Página 14 Empty BASE DE CÁLCULO

    Mensagem por ANALISTA_MCZ Sex 30 Out 2015, 7:27 am

    [Pessoal, a base de cálculo para os 13,23% é a remuneração de 2002. Ocorre que, consultando os contracheques e a referida lei, o valor que estava recebendo, NÃO se enquadra no VB da época. A fc bate certinho.
    Alguém aqui tá recebendo assim tb? Ex.: Sou B9, mas recebia(antes de cassarem) R$ 384,00 dos 13,23%. Só que o VB da época era de pouco mais de R$ 4.000,00.




    quote="servidor13"]A Anajustra entrou com várias novas ações de cumprimento esta semana, mas nada de disponibilizar os valores no seu site, a exemplo do que fez com as ações de cumprimento relativas a devolução do Imposto de Renda sobre os quintos!!![/quote]
    Wenceslau Magalhães
    Wenceslau Magalhães
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 36
    Reputação : 7
    Data de inscrição : 05/06/2015

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por Wenceslau Magalhães Sex 30 Out 2015, 7:46 am

    Olá colega deste Forum, SERVIDOR 13, por acaso você teria os numeros dos Processos ajuizados pela Anajustra, referentes a Acao de Execucao (Cumprimento) de Sentenca, relativamente aos 13,23 por cento? Caso positivo, seria possível você informar os numeros dos Processo? Agradeço, fraternalmente, ao colega pela presteza da informação.
    servidor13
    servidor13
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 303
    Reputação : 10
    Data de inscrição : 05/12/2014

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por servidor13 Sex 30 Out 2015, 6:33 pm

    Wenceslau Magalhães escreveu:Olá colega deste Forum, SERVIDOR 13, por acaso você teria os numeros dos Processos ajuizados pela Anajustra, referentes a Acao de Execucao (Cumprimento) de Sentenca, relativamente aos 13,23 por cento? Caso positivo, seria possível você informar os numeros dos Processo? Agradeço, fraternalmente, ao colega pela presteza da informação.

    Acho que já foram postados vários exemplos aqui no tópico, mas segue mais um: 0042419-30.2015.4.01.3400
    cangaceiro
    cangaceiro
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 213
    Reputação : 17
    Data de inscrição : 02/06/2015

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por cangaceiro Sab 31 Out 2015, 11:02 am

    Amigo Wenceslau

    A Anajustra já ingressou com 150 processos de execução de sentença da ação das 13,23%.

    Tenho todos os números.

    Como são 60 pessoas por ação, isso dá 9000 servidores contemplados até agora.

    Tem gente dos TRTs 01(Rio de Janeiro), 02 ou 15(São Paulo, capital ou interior), 20(Sergipe), 23(Mato Grosso) e 24(Mato Grosso do Sul).

    São os primeiros Tribunais que enviaram as fichas financeiras dos seus servidores corretamente.

    Tem notícias postadas anteriormente que o TRT 03(Minas Gerais) enviou a ANAJUSTRA as fichas financeiras em março deste ano e, pelo que vi, não há pessoas de Minas Gerais, por enquanto.

    O TRT 6 ainda não enviou as fichas financeiras. Disseram que tem 60(dias) para enviar. Isso só deve acontecer no mês de novembro.

    A Anajustra já informou que ingressa com as ações de acordo com a ordem de chegada das fichas financeiras.

    Assim, o pessoal do TRT 6 deve ficar por último, isso se a ação rescisória em curso não guilhotiná-los.

    É, neste caso, os últimos não serão primeiros.
    Tchuba
    Tchuba
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Cargo : Técnico Judiciário
    Mensagens : 254
    Reputação : 36
    Data de inscrição : 26/03/2015
    Localização : Brasília

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por Tchuba Sab 31 Out 2015, 12:00 pm

    cangaceiro escreveu:Amigo Wenceslau

    A Anajustra já ingressou com 150 processos de execução de sentença da ação das 13,23%.

    Tenho todos os números.

    Como são 60 pessoas por ação, isso dá 9000 servidores contemplados até agora.

    Tem gente dos TRTs 01(Rio de Janeiro), 02 ou 15(São Paulo, capital ou interior), 20(Sergipe), 23(Mato Grosso) e 24(Mato Grosso do Sul).

    São os primeiros Tribunais que enviaram as fichas financeiras dos seus servidores corretamente.  

    Tem notícias postadas anteriormente que o TRT 03(Minas Gerais) enviou a ANAJUSTRA as fichas financeiras em março deste ano e, pelo que vi, não há pessoas de Minas Gerais, por enquanto.

    O TRT 6 ainda não enviou as fichas financeiras. Disseram que tem 60(dias) para enviar. Isso só deve acontecer no mês de novembro.

    A Anajustra já informou que ingressa com as ações de acordo com a ordem de chegada das fichas financeiras.

    Assim, o pessoal do TRT 6 deve ficar por último, isso se a ação rescisória em curso não guilhotiná-los.

    É, neste caso, os últimos não serão primeiros.  

    Complementando, pode colocar o TST aí... a minha ação está datada em 15/10!
    abs
    avatar
    Convidado
    Convidado

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por Convidado Sab 31 Out 2015, 12:23 pm

    Poderia postar o número dos processos, por favor? ( se possível for,claro!)





    cangaceiro escreveu:Amigo Wenceslau

    A Anajustra já ingressou com 150 processos de execução de sentença da ação das 13,23%.

    Tenho todos os números.

    Como são 60 pessoas por ação, isso dá 9000 servidores contemplados até agora.

    Tem gente dos TRTs 01(Rio de Janeiro), 02 ou 15(São Paulo, capital ou interior), 20(Sergipe), 23(Mato Grosso) e 24(Mato Grosso do Sul).

    São os primeiros Tribunais que enviaram as fichas financeiras dos seus servidores corretamente.  

    Tem notícias postadas anteriormente que o TRT 03(Minas Gerais) enviou a ANAJUSTRA as fichas financeiras em março deste ano e, pelo que vi, não há pessoas de Minas Gerais, por enquanto.

    O TRT 6 ainda não enviou as fichas financeiras. Disseram que tem 60(dias) para enviar. Isso só deve acontecer no mês de novembro.

    A Anajustra já informou que ingressa com as ações de acordo com a ordem de chegada das fichas financeiras.

    Assim, o pessoal do TRT 6 deve ficar por último, isso se a ação rescisória em curso não guilhotiná-los.

    É, neste caso, os últimos não serão primeiros.  
    avatar
    Convidado
    Convidado

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por Convidado Sab 31 Out 2015, 7:32 pm

    cangaceiro escreveu:Amigo Wenceslau

    A Anajustra já ingressou com 150 processos de execução de sentença da ação das 13,23%.

    Tenho todos os números.

    Como são 60 pessoas por ação, isso dá 9000 servidores contemplados até agora.

    Tem gente dos TRTs 01(Rio de Janeiro), 02 ou 15(São Paulo, capital ou interior), 20(Sergipe), 23(Mato Grosso) e 24(Mato Grosso do Sul).

    São os primeiros Tribunais que enviaram as fichas financeiras dos seus servidores corretamente.  

    Tem notícias postadas anteriormente que o TRT 03(Minas Gerais) enviou a ANAJUSTRA as fichas financeiras em março deste ano e, pelo que vi, não há pessoas de Minas Gerais, por enquanto.

    O TRT 6 ainda não enviou as fichas financeiras. Disseram que tem 60(dias) para enviar. Isso só deve acontecer no mês de novembro.

    A Anajustra já informou que ingressa com as ações de acordo com a ordem de chegada das fichas financeiras.

    Assim, o pessoal do TRT 6 deve ficar por último, isso se a ação rescisória em curso não guilhotiná-los.

    É, neste caso, os últimos não serão primeiros.  

    Olá, Cangaceiro.
    O TRT4 me informou que mandou em março/abril e pelo que percebo, também não tem colegas daqui na execução. Mas acredito que é questão de gradativamente lançar os dados, pois vamos combinar, não deve ser tão simples lançar dados alusivos a 12 anos, em alguns casos, de muitos milhares de servidores.
    Wenceslau Magalhães
    Wenceslau Magalhães
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 36
    Reputação : 7
    Data de inscrição : 05/06/2015

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por Wenceslau Magalhães Sab 31 Out 2015, 11:20 pm

    Agradeço, penhoradamente, de coração, aos colegas deste Forum, SERVIDOR 13 e CANGACEIRO, pelas informações postadas acima, em resposta as minhas indagações. Acredito que tanto nossa indagação quanto as preciosas informações e esclarecimentos dos mencionados colegas foram proveitosas para muitos companheiros beneficiários da diferenca dos 13,23 por cento. Aguardemos, pois, que a Anajustra possa informar, em sua pagina na internet, na area restrita, pelo menos, a todos os colegas o numero dos processos de execucao (cumprimento) de sentenca, mas, principalmente, o andamento destes processos, inclusive o valor que esta sendo executado, em favor de cada colega, para que possamos tomar conhecimento e planejar o futuro recebimento.
    milhocolin
    milhocolin
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Hey, Apple!
    Mensagens : 620
    Reputação : 21
    Data de inscrição : 17/06/2011

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por milhocolin Dom 01 Nov 2015, 12:15 am

    Alguma notícia sobre o TRT2 ?
    bicobico
    bicobico
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 41
    Reputação : 1
    Data de inscrição : 07/07/2010

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por bicobico Ter 03 Nov 2015, 12:46 pm

    LAW-SC escreveu:
    jgpg escreveu:
    RELATOR escreveu:Alguma novidade sobre os 13,23% para o MPU?

    Também gostaria de saber. Aqui no MPT ninguém sabe de nada . . .
    tb queira saber sobre esse pagamento dos 13 no MPU....

    SINASEMPU não sabe de nada tb??

    Alguém do MPU que puder me ajudar, agradeço. Retornei hoje de férias e me deparei com um email do SINASEMPU explicando que eventuais retroativos a serem pagos pela Administração (05 anos) serão diferentes dos pagos aos sindicalizados, em razão de ação em curso no TRF /1º (11 anos) . Vcs sabem se isso procede? Em caso positivo, a filiação neste momento, antes do transito em julgado da ação judicial, confere tal direito? Grato!
    PêGêTê
    PêGêTê
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 65
    Reputação : 6
    Data de inscrição : 05/12/2014

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por PêGêTê Ter 03 Nov 2015, 1:03 pm

    bicobico escreveu:
    LAW-SC escreveu:
    jgpg escreveu:
    RELATOR escreveu:Alguma novidade sobre os 13,23% para o MPU?

    Também gostaria de saber. Aqui no MPT ninguém sabe de nada . . .
    tb queira saber sobre esse pagamento dos 13 no MPU....

    SINASEMPU não sabe de nada tb??

    Alguém do MPU que puder me ajudar, agradeço. Retornei hoje de férias e me deparei com um email do SINASEMPU explicando que eventuais retroativos a serem pagos pela Administração (05 anos) serão diferentes dos pagos aos sindicalizados, em razão de ação em curso no TRF /1º (11 anos) . Vcs sabem se isso procede? Em caso positivo, a filiação neste momento, antes do transito em julgado da ação judicial, confere tal direito? Grato!

    É a questão da prescrição quinquenal, como a ação do Sinasempu é uma recisória, vale a data da ação inicial. Segundo informações do Sinasempu, terá direito quem estiver filiado até a data da execução.
    Lord Sith
    Lord Sith
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2138
    Reputação : 91
    Data de inscrição : 25/05/2012

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por Lord Sith Ter 03 Nov 2015, 1:08 pm

    PêGêTê escreveu:
    bicobico escreveu:
    LAW-SC escreveu:
    jgpg escreveu:

    Também gostaria de saber. Aqui no MPT ninguém sabe de nada . . .
    tb queira saber sobre esse pagamento dos 13 no MPU....

    SINASEMPU não sabe de nada tb??

    Alguém do MPU que puder me ajudar, agradeço. Retornei hoje de férias e me deparei com um email do SINASEMPU explicando que eventuais retroativos a serem pagos pela Administração (05 anos) serão diferentes dos pagos aos sindicalizados, em razão de ação em curso no TRF /1º (11 anos) . Vcs sabem se isso procede? Em caso positivo, a filiação neste momento, antes do transito em julgado da ação judicial, confere tal direito? Grato!

    É a questão da prescrição quinquenal, como a ação do Sinasempu é uma recisória, vale a data da ação inicial. Segundo informações do Sinasempu, terá direito quem estiver filiado até a data da execução.

    Deixa eu entender uma coisa: se Administração pagar os últimos 5(cinco) anos administrativamente (sonho é claro) a execução se prestará somente para receber os valores anteriores aos 5 anos já pagos administrativamente?
    PêGêTê
    PêGêTê
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 65
    Reputação : 6
    Data de inscrição : 05/12/2014

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por PêGêTê Ter 03 Nov 2015, 1:14 pm

    Lord Sith escreveu:
    PêGêTê escreveu:
    bicobico escreveu:
    LAW-SC escreveu:
    tb queira saber sobre esse pagamento dos 13 no MPU....

    SINASEMPU não sabe de nada tb??

    Alguém do MPU que puder me ajudar, agradeço. Retornei hoje de férias e me deparei com um email do SINASEMPU explicando que eventuais retroativos a serem pagos pela Administração (05 anos) serão diferentes dos pagos aos sindicalizados, em razão de ação em curso no TRF /1º (11 anos) . Vcs sabem se isso procede? Em caso positivo, a filiação neste momento, antes do transito em julgado da ação judicial, confere tal direito? Grato!

    É a questão da prescrição quinquenal, como a ação do Sinasempu é uma recisória, vale a data da ação inicial. Segundo informações do Sinasempu, terá direito quem estiver filiado até a data da execução.

    Deixa eu entender uma coisa: se Administração pagar os últimos 5(cinco) anos administrativamente (sonho é claro) a execução se prestará somente para receber os valores anteriores aos 5 anos já pagos administrativamente?

    Sim. E viva o sonho!
    bicobico
    bicobico
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 41
    Reputação : 1
    Data de inscrição : 07/07/2010

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por bicobico Ter 03 Nov 2015, 1:27 pm

    PêGêTê escreveu:
    Lord Sith escreveu:
    PêGêTê escreveu:
    bicobico escreveu:

    Alguém do MPU que puder me ajudar, agradeço. Retornei hoje de férias e me deparei com um email do SINASEMPU explicando que eventuais retroativos a serem pagos pela Administração (05 anos) serão diferentes dos pagos aos sindicalizados, em razão de ação em curso no TRF /1º (11 anos) . Vcs sabem se isso procede? Em caso positivo, a filiação neste momento, antes do transito em julgado da ação judicial, confere tal direito? Grato!

    É a questão da prescrição quinquenal, como a ação do Sinasempu é uma recisória, vale a data da ação inicial. Segundo informações do Sinasempu, terá direito quem estiver filiado até a data da execução.

    Deixa eu entender uma coisa: se Administração pagar os últimos 5(cinco) anos administrativamente (sonho é claro) a execução se prestará somente para receber os valores anteriores aos 5 anos já pagos administrativamente?

    Sim. E viva o sonho!

    Nesse caso, como tenho 09 anos de MPU, seria vantajoso eu me refiliar aos SINASEMPU, então, né? Ao que me parece, ainda não houve o transito em jugado da sentença.
    cangaceiro
    cangaceiro
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 213
    Reputação : 17
    Data de inscrição : 02/06/2015

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por cangaceiro Ter 03 Nov 2015, 2:01 pm

    A QUEM INTERESSAR POSSA. AÇÕES DE EXECUÇÃO DOS 13,23% ATÉ O DIA 29/10/2015

    42445-28.2015.4.01.3400 - 156 CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42450-50.2015.4.01.3400 - 156 CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42451-35.2015.4.01.3400 - 156 CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42452-20.2015.4.01.3400 - 156 CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42453-05.2015.4.01.3400 - 156 CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42454-87.2015.4.01.3400 - 156 CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42455-72.2015.4.01.3400 - 156 CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42456-57.2015.4.01.3400 - 156 CUMPRIMENTO DE SENTENÇA
    42457-XX.2015.4.01.3400
    42458-XX.2015.4.01.3400
    42459-XX.2015.4.01.3400
    42460-XX.2015.4.01.3400
    42461-XX.2015.4.01.3400
    42462-64.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42463-49.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42464-34.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42465-19.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42466-04.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42467-86.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42468-71.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42469-56.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42470-41.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42471-26.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42472-11.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42473-93.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42474-78.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42475-63.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42476-48.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42477-33.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42478-18.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42479-03.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42480-85.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42481-70.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42482-55.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42483-40.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42484-25.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42485-10.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42486-92.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42487-77.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42488-62.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42489-47.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42490-32.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42491-17.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42492-02.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42493-84.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42494-69.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42495-54.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42496-39.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42497-24.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42498-09.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42499-91.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42500-76.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42502-46.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42503-31.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42504-16.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42505-98.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42506-83.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42507-68.2015.4.01.3400              156   CUMPRIMENTO DE SENTNEÇA
    42508-53.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42509-38.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42510-23.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42511-08.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42512-90.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42513-75.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42514-60.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42515-45.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42516-30.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42517-15.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42518-97.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42519-82.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42520-67.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42521-52.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42522-37.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42523-22.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42524-07.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42525-89.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42526-74.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42527-59.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    42528-44.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62243-72.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62244-57.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62245-42.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62246-27.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62247-12.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62248-94.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62249-79.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62250-64.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62251-49.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62252-34.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62256-71.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62257-56.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62258-41.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62259-26.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62263-63.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62264-48.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62265-33.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62266-18.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62267-03.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62268-85.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62269-70.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62270-55.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62271-40.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62272-25.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62274-92.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62275-77.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62561-55.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62562-40.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62563-25.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62564-10.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62565-92.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62566-77.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62567-62.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62568-47.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62569-32.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62570-17.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62571-02.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62572-84.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62573-69.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62574-54.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62575-39.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62576-24.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62577-09.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62578-91.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62579-76.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62580-61.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62581-46.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62582-31.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62583-16.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62584-98.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62585-83.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62586-68.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62587-53.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62588-38.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62589-23.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62590-08.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62591-90.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62592-75.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62593-60.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62594-45.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62595-30.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62596-15.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62597-97.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62598-82.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62599-67.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62600-52.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62602-22.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA  
    62603-07.2015.4.01.3400 - 156   CUMPRIMENTO DE SENTENÇA

    Conteúdo patrocinado

    13,23% - Página 14 Empty Re: 13,23%

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Dom 28 Nov 2021, 1:08 am