PCS JÁ

PCS JÁ



    CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO

    mmr1971
    mmr1971
    Novo Usuário

    Mensagens : 7
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 01/06/2015

    CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO Empty CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO

    Mensagem por mmr1971 Ter 03 Maio 2016, 1:31 pm

    Em março deste ano os jornais noticiaram que o TST pediu para que os TRTs não se empenhassem pela aprovação dos projetos individuais de criação de novos cargos e varas.
    Havia a intenção de elaboração de um projeto único, pelo TST, contemplando os TRT de acordo com a realidade do país em 2016.
    A proposta de criação deste tópico busca informações acerca dos projetos de cada TRT, todos parados no Congresso, ou do eventual novo projeto do TST.

    VIDE MATÉRIA ABAIXO.
    Link: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    "Ives Grandra defende projeto de lei único para criação de cargos e varas em todos os TRTs

    Presidente recomendou a criação do Núcleo de Recursos de Revista Repetitivos e Embargos em todos os TRTs

    O presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro Ives Gandra Filho, solicitou aos presidentes dos Regionais que não enviem ao Congresso Nacional projetos de lei de criação de cargos e varas e muito menos lutem individualmente pela aprovação, pois eles serão propostos e pleiteados de forma unificada.

    “A partir desse ano apresentaremos um projeto global, que reflita as necessidades prementes no âmbito nacional”, afirmou o ministro, explicando que a concentração de esforços se dará por intermédio da Assessoria Parlamentar (Aspar) do TST e do Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT).

    A declaração foi dada nesta quarta-feira (9/3), em Brasília, durante a abertura da primeira reunião Coleprecor, colégio que reúne os presidentes e corregedores de todos os 24 Tribunais Regionais do Trabalho do país.

    Criação de núcleos

    O ministro também fez referência aos cortes orçamentários e aos ajustes de ordem administrativa realizados no TST, reforçando a necessidade de auxílio dos tribunais regionais para extrair todas as potencialidades da Lei 13.015/2014, que trata do processamento de recursos no âmbito da Justiça do Trabalho.

    Em virtude da alta demanda de processos e a falta de recursos humanos, materiais e financeiros, o presidente recomendou a criação do Núcleo de Recursos de Revista Repetitivos e Embargos em todos os TRTs, semelhante ao NURER (Núcleo de Repercussão Geral e Recursos Repetitivos) que existe no Superior Tribunal de Justiça (STJ), para uniformizar a jurisprudência e otimizar a tramitação processual, através da formatação de tabelas por temas.

    “Com esse novo modelo, esperamos desafogar o TST e os regionais, com as soluções pacificadas já na 1ª instância”, afirmou.

    Suplementação

    Ainda sobre o orçamento da Justiça do Trabalho, reduzido em média, 30% no custeio e 90% nos investimentos, o presidente do TST anunciou que irá formalizar pedido de suplementação e solicitou aos regionais a relação de medidas adotadas para contenção de despesas, bem como um levantamento de cargos já vagos por aposentadoria, que não foram preenchidos em virtude da suspensão de nomeações de novos servidores. Foi externada também grande preocupação com o andamento do Processo Judicial Eletrônico (PJe-JT), cujo corte ultrapassa 80%. (Informações da Ascom do tRT15)
    mmr1971
    mmr1971
    Novo Usuário

    Mensagens : 7
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 01/06/2015

    CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO Empty Re: CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO

    Mensagem por mmr1971 Ter 03 Maio 2016, 1:43 pm

    Será que o pessoal do TST que acessa o fórum pode nos ajudar?
    Há alguma movimentação para a criação de cargos?
    Quais os TRTs que serão contemplados?
    Já é possível adiantar o número de vagas previstas?

    Qualquer informação sobre o assunto será de grande ajuda!
    Atualmente, com os cortes orçamentários, até mesmo as vagas decorrentes de aposentadoria e falecimento com instituição de pensão não estão sendo repostas.
    A situação de diversas Varas está caótica (férias, licenças, aumento de serviço, pj-e lento, metas, etc...) se não chegar ninguém para ajudar acho que vai todo mundo adoecer em pouco, pouco tempo.
    Infelizmente, a questão da remuneração, que nos aflige, não é a única que nos preocupa e pressiona. Sem funcionários, nem ganhando o dobro haverá saúde que aguente.
    avatar
    HSO
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 110
    Reputação : 8
    Data de inscrição : 06/07/2010

    CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO Empty Re: CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO

    Mensagem por HSO Ter 03 Maio 2016, 4:18 pm

    Só tolos perdem a saúde para trabalhar por dois, três ou mais, sem ganhar nada a mais por isso.
    FALCON.X
    FALCON.X
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2463
    Reputação : 433
    Data de inscrição : 22/03/2015

    CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO Empty Re: CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO

    Mensagem por FALCON.X Ter 03 Maio 2016, 4:44 pm

    What ??? Se a JT vai fechar em agosto, como Q vão aprovar criação de cargos ???????

    "...Em meio à crise, Justiça do Trabalho "pode fechar as portas", diz Ives Gandra.."

    Fonte: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    mmr1971
    mmr1971
    Novo Usuário

    Mensagens : 7
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 01/06/2015

    CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO Empty Re: CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO

    Mensagem por mmr1971 Ter 03 Maio 2016, 5:05 pm

    Verdade. Não tiro a razão dos argumentos de vocês. O conjunto da obra, tudo o que fizeram e estão fazendo contra nós é revoltante.
    Só me esforço, assim como vocês, em fazer meu máximo porque sei que do outro lado do balcão (da tela do PJ-e ou do papel dos autos) tem alguém que padece, geralmente, muito mais do que nós! Sem emprego, com família, contas estouradas e tudo mais.
    Acho que qualquer um de nós, mesmo indignado, trabalharia por 2,3 ou mais para expedir uma guia pra essa pessoa, um alvará para liberação do seu FGTS ou um ofício para cadastrá-lo no SD.
    Que precisamos dos cargos, ninguém duvida.
    Se vão criá-los, só Deus sabe!
    Procurar mais informações sobre o assunto nesse espaço é só uma tentativa de buscar alguma notícia positiva e, por mais difícil que pareça, acredito que uma hora precisa parar de piorar. Depois de tanto tempo, acho que esta hora está chegando.
    Xiola
    Xiola
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 523
    Reputação : 69
    Data de inscrição : 18/12/2014

    CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO Empty Re: CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO

    Mensagem por Xiola Ter 03 Maio 2016, 5:19 pm

    O país está crescendo, a Justiça do Trabalho tende a aumentar: bom para quem pretende fazer concursos para servidor ou juiz; muito ruim, pra quem já está nela como servidor:  quanto mais Varas,  a tendência é que os vencimentos dos técnicos/analistas judiciários mais baixos fiquem....

     Para saber "oficialmente" se há previsão de vagas na JT, bastar o colega mandar um e-mail para a Ouvidoria do TST/CSJT.
    FALCON.X
    FALCON.X
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2463
    Reputação : 433
    Data de inscrição : 22/03/2015

    CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO Empty Re: CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO

    Mensagem por FALCON.X Ter 03 Maio 2016, 5:53 pm

    Nos próximos 03'anos INFELIZMENTE esqueçam.

    Mas, concordo que nesse DESEMPREGO GERAL (11 milhões) provocado pela PETRALHADA, as demandas quadruplicarão na JT e será necessário mais servidores.
    euvoltei
    euvoltei
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1953
    Reputação : 190
    Data de inscrição : 30/01/2015

    CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO Empty Re: CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO

    Mensagem por euvoltei Ter 03 Maio 2016, 6:57 pm

    Os TRT não precisam de cargos, precisam de padronização..

    Vá a qualquer banco pedir um cartão,...o funcionário vai apenas escolher se é para entrega no endereço ou na agência, nada mais...o resto, é automático, o funcionário nem sabe de qual ponto do país o cartão vai sair..

    Agora,se a justiça precisa mandar um notificação simples...
    Lá vai o funcionário, confeccionar quase artesanalmente aquilo,.. Mesmo no PJe, ele vai escolher um.endereço, (mesmo que só conste um), vai lá colocar letrinha, por letrinha do localizador da ECT, em alguns casos fazer AR,  vai por fim imprimir,. Ele mesmo vai se levantar, dobrar, colar etiqueta, grampear, e separar num local,... Que outro servidor vai no mínimo, preencher uma listagem de correios..

    Pronto, o estado brasileiro está pagando mais de 10 mil para um servidor ser dobrador de cartas..

    Enfim, o que precisa mudar é muita coisa..

    Alvarás??? Já passou do tempo de ser 100% eletrônico, pelo menos o SD, FGTS, e com os bancos... Nada dessa ritualística, artesanal de pega dado aqui, adapta modelo ali, ..Carimba acolá pq o gerente combinou assim..

    A rotina, as vezes nos cega...

    E os modelos??? Cada um de um jeitão?!?!  Até parece que estão se submetendo a leis diferentes...


    No fim, eu entendo que os legisladores, legítimos representantes do povo, querem assim mesmo,então, no stress...
    VadeMekum
    VadeMekum
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1307
    Reputação : 192
    Data de inscrição : 11/05/2015

    CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO Empty Re: CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO

    Mensagem por VadeMekum Ter 03 Maio 2016, 11:22 pm

    Trampar no Judiciário era bom no tempo em que a coisa era restrita.

    Só havia Fórum nas capitais ou cidadões de 100 mim habitantes para mais.

    Era o tempo do Auxiliar Judiciário III que fazia o café,do auxiliar judiciário IV que atendia o telefone (no concurso tinha inclusive prova de manejo de lista telefônica).

    Era o tempo do auxiliar judiciário VI que atendia o balcão (tinha o codinome "fiel de cartório") e que "levava os papel".

    Autuação, mandados, deprecatas e afins...tudo na máquina de escrever. Ow tempinho bom. Sem metas e imposições, todo o mundo tocava o barco como dava.

    Agora, em nível de pulverização, Justiça tá quase no patamar de posto de SUS e delegacia de polícia: qualquer vilarejo de 1.000 hab tem pelo menos um "Foro Distrital".

    Incha carreira, mais gente pra comer o mesmo bolo. Então...
    josebarbos
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3315
    Reputação : 432
    Data de inscrição : 20/05/2015

    CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO Empty Re: CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO

    Mensagem por josebarbos Ter 03 Maio 2016, 11:37 pm

    euvoltei escreveu:Os TRT não precisam de cargos, precisam de padronização..

    Vá a qualquer banco pedir um cartão,...o funcionário vai apenas escolher se é para entrega no endereço ou na agência, nada mais...o resto, é automático, o funcionário nem sabe de qual ponto do país o cartão vai sair..

    Agora,se a justiça precisa mandar um notificação simples...
    Lá vai o funcionário, confeccionar quase artesanalmente aquilo,.. Mesmo no PJe, ele vai escolher um.endereço, (mesmo que só conste um), vai lá colocar letrinha, por letrinha do localizador da ECT, em alguns casos fazer AR,  vai por fim imprimir,. Ele mesmo vai se levantar, dobrar, colar etiqueta, grampear, e separar num local,... Que outro servidor vai no mínimo, preencher uma listagem de correios..

    Pronto, o estado brasileiro está pagando mais de 10 mil para um servidor ser dobrador de cartas..

    Enfim, o que precisa mudar é muita coisa..

    Alvarás??? Já passou do tempo de ser 100% eletrônico, pelo menos o SD, FGTS, e com os bancos... Nada dessa ritualística, artesanal de pega dado aqui, adapta modelo ali, ..Carimba acolá pq o gerente combinou assim..

    A rotina, as vezes nos cega...

    E os modelos??? Cada um de um jeitão?!?!  Até parece que estão se submetendo a leis diferentes...


    No fim, eu entendo que os legisladores, legítimos representantes do povo, querem assim mesmo,então, no stress...

    Eficiência não resulta em mais votos. O povo quer órgãos inchados para garantir um trabalho, ou melhor, o sonho de que algum dia pode passar num concurso público.

    Servidores altamente capacitados fazendo rotinas burocráticas não é só caro, é burrice: é altamente desmotivador fazer coisas que ele próprio imagine como pode ser automatizado. Ou seja, perde tempo com rotinas tolas, ineficientes, ao passo que há toda uma enorme carga de processos que demandam uma análise e, por isto, precisam de trabalho humano. Complexo, que exige alta capacitação, porém é naturalmente motivador.

    mmr1971
    mmr1971
    Novo Usuário

    Mensagens : 7
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 01/06/2015

    CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO Empty Re: CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO

    Mensagem por mmr1971 Qua 04 Maio 2016, 11:45 am

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
    Xiola
    Xiola
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 523
    Reputação : 69
    Data de inscrição : 18/12/2014

    CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO Empty Re: CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO

    Mensagem por Xiola Qua 04 Maio 2016, 1:39 pm

    Mais cargos ?

    Anos 80, anos 90....Tempo bom, em que o TRT só tinha 10 varas e que servidor novato tirava até 20 salários mínimos limpos.... Agora, há mais de 30 VT no Estado, e a gente tem que ralar o dobro, para auferir a metade...

    Já para os togados, grana nunca foi problema: estão sempre no topo da cadeia alimentar; inclusive, no meu TRT, receberam recentemente retroativos milionários, divididos em dez "modestas" parcelinhas de 100k (podem conferir no Portal da Transparência)...
    VadeMekum
    VadeMekum
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1307
    Reputação : 192
    Data de inscrição : 11/05/2015

    CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO Empty Re: CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO

    Mensagem por VadeMekum Qua 04 Maio 2016, 2:15 pm

    É uma faca de dois legumes; o senso moral me obriga a reconhecê-lo, já que eu adoto por princípio não ser picareta.

    Aumentar número de servidores implica em tornar a carreira inchada, da naipe de carne de vaca. Implica mais gente pra dividir o bolo, que para nós, está mais para migalhas. Teria que ser muito cínico e/ou hipócrita para não abordar a questão sob esse ãngulo.


    Por outro lado, a criação de mais cargos implica na geração de oportunidades de trabalho cujos ganhos e condições ainda estão acima da média praticada pela iniciativa privada. É fato.

    Em suma: não há suma. Poder Judiciário já foi bom para servidor no tempo em que eram poucas varas, poucos tribunais e carreira era enxuta. Como eu falei, está quase no patamar de posto de saúde, delegacia de polícia, prefeitura etc. Não desmerecendo a quem pertence a seus quadros. Mas é fato que carreira carne de vaca, numerosa, burocrática, é sinônimo de baixa remuneração.

    A quem ainda tenha idade e/ou motivação para estudar, a saída é concorrer a uma vaga de uma carreira mais enxuta, menor, e que, por óbvio, tenha o poder da caneta.
    Analista JE
    Analista JE
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 78
    Reputação : 4
    Data de inscrição : 10/06/2015

    CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO Empty Re: CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO

    Mensagem por Analista JE Sab 07 Maio 2016, 12:31 pm

    VadeMekum escreveu:É uma faca de dois legumes; o senso moral me obriga a reconhecê-lo, já que eu adoto por princípio não ser picareta.

    Aumentar número de servidores implica em tornar a carreira inchada, da naipe de carne de vaca. Implica mais gente pra dividir o bolo, que para nós, está mais para migalhas. Teria que ser muito cínico e/ou hipócrita para não abordar a questão sob esse ãngulo.


    Por outro lado, a criação de mais cargos implica na geração de oportunidades de trabalho cujos ganhos e condições ainda estão acima da média praticada pela iniciativa privada. É fato.

    Em suma: não há suma. Poder Judiciário já foi bom para servidor no tempo em que eram poucas varas, poucos tribunais e carreira era enxuta. Como eu falei, está quase no patamar de posto de saúde, delegacia de polícia, prefeitura etc. Não desmerecendo a quem pertence a seus quadros. Mas é fato que carreira carne de vaca, numerosa, burocrática, é sinônimo de baixa remuneração.

    A quem ainda tenha idade e/ou motivação para estudar, a saída é concorrer a uma vaga de uma carreira mais enxuta, menor, e que, por óbvio, tenha o poder da caneta.

    Concordo colega.

    Mas a solução mais rápida e prática para isso seria termos de fato a autonomia orçamentária, prevista na CF.

    6 % do orçamento da União dá para reajustar nosso salário de forma digna e ainda dá para criar muitos cargos e varas.

    O problema é que isso não ocorre.

    Já os togadões, que poderiam nos ajudar (porque tb não fazemos nada) não estão preocupados com isso, tendo em vista que estão recebendo auxílio moradia, gratificação eleitoral, diárias, retroativos milionários, etc.

    Ademais, iriam bater de frente com o governo, que quiçá um dia poderia nomeá-los desembargador /ministro?

    A coisa está tão gritante que só o auxílio moradia e a gratificação eleitoral deles já é o valor que ganha um analista judiciário iniciante.
    FALCON.X
    FALCON.X
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2463
    Reputação : 433
    Data de inscrição : 22/03/2015

    CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO Empty Re: CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO

    Mensagem por FALCON.X Dom 08 Maio 2016, 5:03 am

    Analista JE
    Analista JE
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 78
    Reputação : 4
    Data de inscrição : 10/06/2015

    CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO Empty Re: CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO

    Mensagem por Analista JE Dom 08 Maio 2016, 12:56 pm

    FALCON.X escreveu:

    É por isso que a nossa categoria está assim.

    Síndrome do patinho feio...
    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8804
    Reputação : 248
    Data de inscrição : 14/07/2010

    CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO Empty Re: CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO

    Mensagem por darkshi Dom 08 Maio 2016, 11:03 pm

    euvoltei escreveu:Os TRT não precisam de cargos, precisam de padronização..

    Vá a qualquer banco pedir um cartão,...o funcionário vai apenas escolher se é para entrega no endereço ou na agência, nada mais...o resto, é automático, o funcionário nem sabe de qual ponto do país o cartão vai sair..

    Agora,se a justiça precisa mandar um notificação simples...
    Lá vai o funcionário, confeccionar quase artesanalmente aquilo,.. Mesmo no PJe, ele vai escolher um.endereço, (mesmo que só conste um), vai lá colocar letrinha, por letrinha do localizador da ECT, em alguns casos fazer AR,  vai por fim imprimir,. Ele mesmo vai se levantar, dobrar, colar etiqueta, grampear, e separar num local,... Que outro servidor vai no mínimo, preencher uma listagem de correios..

    Pronto, o estado brasileiro está pagando mais de 10 mil para um servidor ser dobrador de cartas..

    Enfim, o que precisa mudar é muita coisa..

    Alvarás??? Já passou do tempo de ser 100% eletrônico, pelo menos o SD, FGTS, e com os bancos... Nada dessa ritualística, artesanal de pega dado aqui, adapta modelo ali, ..Carimba acolá pq o gerente combinou assim..

    A rotina, as vezes nos cega...

    E os modelos??? Cada um de um jeitão?!?!  Até parece que estão se submetendo a leis diferentes...


    No fim, eu entendo que os legisladores, legítimos representantes do povo, querem assim mesmo,então, no stress...

    Devo concordar com o euvoltei.

    E digo mais. Enquanto nós não reformularmos nossa carreira, continuar achando que vivemos nos anos 80. Vamos ser tratados como carreirão.
    Procedimentos de trabalhos devem ser reformulados. Contratar servidor para ser mero "dobrador de carta" é muito anos 80.
    medeiros30
    medeiros30
    Novo Usuário

    Mensagens : 1
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 02/06/2016

    CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO Empty Re: CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO

    Mensagem por medeiros30 Sex 03 Jun 2016, 12:11 am

    Quero saber como os TRT's farão para se ajustarem ao ato normativo do CNJ que obriga os Regionais, até janeiro de 2017, a assegurarem a cada Juiz Substituto um assistente, se inexiste qualquer alento para criação de novas vagas. Vai ser uma faca de dois gumes, enquanto os TRT's se pelam de medo das determinações do CNJ, por outro lado não têm como nomearem novos servidores para assegurar um assistente para cada juiz substituto.
    araponga
    araponga
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 135
    Reputação : 21
    Data de inscrição : 01/06/2015

    CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO Empty Re: CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO

    Mensagem por araponga Sex 03 Jun 2016, 10:39 am

    Espero que você não seja de São Paulo, porque no TRT2 nenhuma VT obedece à resolução do CSJT (sobre proporção de cargos x número de processos) e apostaria que o CNJ será igualmente ignorado.

    medeiros30 escreveu:Quero saber como os TRT's farão para se ajustarem ao ato normativo do CNJ que obriga os Regionais, até janeiro de 2017, a assegurarem a cada Juiz Substituto um assistente, se inexiste qualquer alento para criação de novas vagas. Vai ser uma faca de dois gumes, enquanto os TRT's se pelam de medo das determinações do CNJ, por outro lado não têm como nomearem novos servidores para assegurar um assistente para cada juiz substituto.

    Conteúdo patrocinado

    CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO Empty Re: CRIAÇÃO DE CARGOS NA JUSTIÇA DO TRABALHO

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sab 16 Out 2021, 11:52 pm