PCS JÁ

PCS JÁ



    PCS - PL 2648/2015

    avatar
    RELATOR
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1845
    Reputação : 77
    Data de inscrição : 07/07/2010

    PCS - PL 2648/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 2648/2015

    Mensagem por RELATOR Seg 06 Jun 2016, 8:19 pm

    Ele tem que rever a posição dele em relação aos projetos de lei que repõe parcialmente a inflação!! Ele se diz contrario! Acho que foi em uma reportagem do jornal Estadão.
    avatar
    Aureliomjr
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 102
    Reputação : 8
    Data de inscrição : 22/12/2010

    PCS - PL 2648/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 2648/2015

    Mensagem por Aureliomjr Seg 06 Jun 2016, 8:19 pm

    Tweet do Senador Cristóvam Buarque.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    Luiggi escreveu:Nao esperava nada diferente do Cristóvão e do Paim, com certeza uns dos poucos que se salvam.
    avatar
    RELATOR
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1845
    Reputação : 77
    Data de inscrição : 07/07/2010

    PCS - PL 2648/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 2648/2015

    Mensagem por RELATOR Seg 06 Jun 2016, 8:20 pm

    Afinal ja aprovaram o aumento dos servidores do Senado Federal
    OJAF BA
    OJAF BA
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 266
    Reputação : 1
    Data de inscrição : 04/11/2013

    PCS - PL 2648/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 2648/2015

    Mensagem por OJAF BA Seg 06 Jun 2016, 8:51 pm

    por AnalistaTrabalhista Hoje à(s) 10:13 pm

    Com o início do processo de impeachment no Senado, não há risco das sessões do Plenário ficarem vazias até 16/08?



    Velho, procure ajuda. Você é pessimista demais. Pense mais de forma positiva. Só tem postagem sua com pessimismo exarcebado. Procure um psicólogo urgente! Não é crítica, é um conselho de quem tá no mesmo barco. Abraços!
    subsidioja_
    subsidioja_
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2536
    Reputação : 336
    Data de inscrição : 05/04/2011

    PCS - PL 2648/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 2648/2015

    Mensagem por subsidioja_ Seg 06 Jun 2016, 8:52 pm

    Fhighlander escreveu:Denovo prepare a impressora que vai chover GRU!

    androsvilazza escreveu:
    Del Piero escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Fogo "amigo", era o que faltava.


    Falta o denovo?? E subsidioja_ trabalharem na comarca desse juiz, pra apresentar a ele o nobre instituto da dignidade denominado GRU.

    Falando nisso, meus toners chegaram hoje!
    3000 impressões cada um a 50 reais!
    Menos de 0,02 /folha!
    I'm ready, kamis!
    FALCON.X
    FALCON.X
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2463
    Reputação : 433
    Data de inscrição : 22/03/2015

    PCS - PL 2648/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 2648/2015

    Mensagem por FALCON.X Seg 06 Jun 2016, 8:53 pm

    RELATOR escreveu:Afinal ja aprovaram o aumento dos servidores do Senado Federal

    Não.

    Encontra-se na Secretaria do Governo da Presidência da República aguardando envio da autografo para início do prazo de 15 dias úteis para sanção.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    Lucas Sol
    Lucas Sol
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1072
    Reputação : 81
    Data de inscrição : 24/05/2015

    PCS - PL 2648/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 2648/2015

    Mensagem por Lucas Sol Seg 06 Jun 2016, 8:57 pm

    kkkkkk... verdade, isso não é pessimismo, isso beira a morte, o cara é fúnebre


    OJAF BA escreveu:por AnalistaTrabalhista Hoje à(s) 10:13 pm

    Com o início do processo de impeachment no Senado, não há risco das sessões do Plenário ficarem vazias até 16/08?



    Velho, procure ajuda. Você é pessimista demais. Pense mais de forma positiva. Só tem postagem sua com pessimismo exarcebado. Procure um psicólogo urgente!  Não é crítica, é um conselho de quem tá no mesmo barco. Abraços!
    ultraman
    ultraman
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 287
    Reputação : 10
    Data de inscrição : 28/04/2011

    PCS - PL 2648/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 2648/2015

    Mensagem por ultraman Seg 06 Jun 2016, 9:03 pm

    OJAF BA escreveu:por AnalistaTrabalhista Hoje à(s) 10:13 pm

    Com o início do processo de impeachment no Senado, não há risco das sessões do Plenário ficarem vazias até 16/08?



    Velho, procure ajuda. Você é pessimista demais. Pense mais de forma positiva. Só tem postagem sua com pessimismo exarcebado. Procure um psicólogo urgente!  Não é crítica, é um conselho de quem tá no mesmo barco. Abraços!

    Verdade !!!
    AnalistaTrabalhista
    AnalistaTrabalhista
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : Analista Judiciário
    Mensagens : 1398
    Reputação : 81
    Data de inscrição : 01/06/2015
    Localização : São Paulo

    PCS - PL 2648/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 2648/2015

    Mensagem por AnalistaTrabalhista Seg 06 Jun 2016, 9:06 pm

    Ok ok só fiz uma pergunta rsrs.
    avatar
    olhaso
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 238
    Reputação : 18
    Data de inscrição : 16/07/2010

    PCS - PL 2648/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 2648/2015

    Mensagem por olhaso Seg 06 Jun 2016, 9:55 pm

    ultraman escreveu:
    OJAF BA escreveu:por AnalistaTrabalhista Hoje à(s) 10:13 pm

    Com o início do processo de impeachment no Senado, não há risco das sessões do Plenário ficarem vazias até 16/08?



    Velho, procure ajuda. Você é pessimista demais. Pense mais de forma positiva. Só tem postagem sua com pessimismo exarcebado. Procure um psicólogo urgente!  Não é crítica, é um conselho de quem tá no mesmo barco. Abraços!

    Verdade !!!

    Não acho pessimista. Depois de tantos nos levando no lombo, gato escaldado tem medo de agua fria
    embuscadeaumento
    embuscadeaumento
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2790
    Reputação : 54
    Data de inscrição : 05/07/2011

    PCS - PL 2648/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 2648/2015

    Mensagem por embuscadeaumento Seg 06 Jun 2016, 10:23 pm

    Se eu tivesse tido aumento de uns 3.000 todos os anos Recebendo passivos atrasados no fim do ano .... e com aux moradia Acho que eu tb abdicaria desse mísero aumento, em nome da Nação...
    Luiggi
    Luiggi
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Cargo : Analista Judiciário
    Mensagens : 339
    Reputação : 25
    Data de inscrição : 01/06/2015
    Idade : 42
    Localização : Nárnia

    PCS - PL 2648/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 2648/2015

    Mensagem por Luiggi Seg 06 Jun 2016, 10:41 pm

    Cachorro mordido de cobra tem medo de linguiça.
    Tchê
    Tchê
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 510
    Reputação : 71
    Data de inscrição : 23/12/2014

    PCS - PL 2648/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 2648/2015

    Mensagem por Tchê Seg 06 Jun 2016, 11:17 pm

    Fonte: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    "Reajuste do funcionalismo público estará no limite constitucional, diz Fazenda. Anteriormente, ministro do Planejamento afirmou que reajustes são necessários para evitar “crise de funcionalismo"

    Por Agência Brasil | 06/06/2016 14:51

    O Ministério da Fazenda divulgou nota nesta segunda-feira (6) para esclarecer que o reajuste do funcionalismo estará sujeito ao limite constitucional de gastos. A nota destaca também que não há nenhuma divergência entre o Ministério da Fazenda e o presidente interino Michel Temer sobre o tema.
    O ministério lembra que o governo já anunciou que vai propor ao Congresso Nacional emenda constitucional que limitará, pela primeira vez, o crescimento do gasto público e proporcionará o necessário ajuste estrutural das contas públicas.
    “Essa Proposta de Emenda à Constituição (PEC) adotará os valores considerados no Orçamento deste ano e definirá que não haverá crescimento real, ou seja, esses valores serão reajustados com base na inflação medida no ano anterior”, diz a nota.
    De acordo com o Ministério da Fazenda, é prerrogativa do Congresso Nacional decidir onde os recursos públicos serão alocados, respeitando esse novo limite constitucional, caso a PEC seja aprovada.
    Argumentação
    No último dia 2, o ministro do Planejamento, Dyogo Henrique de Oliveira, informou que os reajustes a servidores públicos de 16 categorias aprovados pela Câmara dos Deputados são necessários para evitar uma 'crise de funcionamento do serviço público'.
    Segundo ele e o ministro chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, os aumentos estavam dentro do planejado para as contas públicas, inclusive com efeito menor do que o projetado para a inflação, tanto a registrada até 2015 como a projetada para os anos seguintes."

    Peraí, pô.

    Esse Meirelles tá querendo insinuar que a gente pode ganhar mas não levar ?

    É isso ?

    Ou fui abatido pelo mal do pessimismo exacerbado e já tô vendo assombração onde não existe ?

    Confesso que não entendi, pois até onde estava acompanhando essa tal PEC valeria para limitar os próximos projetos de aumento (PLs futuros).

    Mas o cara parece estar ameaçando que as parcelas do PL dos próximos anos ficariam limitadas aos reajustes dos orçamentos respectivos com base na inflação medida no ano anterior e sem crescimento real.

    Como dizem por aqui: não pode sê.

    Eu tô é ficando cabreiro.

    Como o tal do direito adquirido agora é só quando o Gilmar Mendes diz que é, não me admira nada que eles tentem tirar um coelho da cartola e enfiar no nosso forévis (como diria o falecido Mussum).

    Espero que só desespero de que quem tá precisando desse aumento prá anteontem.
    avatar
    talmeida
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 647
    Reputação : 16
    Data de inscrição : 06/07/2010

    PCS - PL 2648/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 2648/2015

    Mensagem por talmeida Seg 06 Jun 2016, 11:30 pm

    Tchê escreveu:Fonte: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    "Reajuste do funcionalismo público estará no limite constitucional, diz Fazenda. Anteriormente, ministro do Planejamento afirmou que reajustes são necessários para evitar “crise de funcionalismo"

    Por Agência Brasil | 06/06/2016 14:51

    O Ministério da Fazenda divulgou nota nesta segunda-feira (6) para esclarecer que o reajuste do funcionalismo estará sujeito ao limite constitucional de gastos. A nota destaca também que não há nenhuma divergência entre o Ministério da Fazenda e o presidente interino Michel Temer sobre o tema.
    O ministério lembra que o governo já anunciou que vai propor ao Congresso Nacional emenda constitucional que limitará, pela primeira vez, o crescimento do gasto público e proporcionará o necessário ajuste estrutural das contas públicas.
    “Essa Proposta de Emenda à Constituição (PEC) adotará os valores considerados no Orçamento deste ano e definirá que não haverá crescimento real, ou seja, esses valores serão reajustados com base na inflação medida no ano anterior”, diz a nota.
    De acordo com o Ministério da Fazenda, é prerrogativa do Congresso Nacional decidir onde os recursos públicos serão alocados, respeitando esse novo limite constitucional, caso a PEC seja aprovada.
    Argumentação
    No último dia 2, o ministro do Planejamento, Dyogo Henrique de Oliveira, informou que os reajustes a servidores públicos de 16 categorias aprovados pela Câmara dos Deputados são necessários para evitar uma 'crise de funcionamento do serviço público'.
    Segundo ele e o ministro chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, os aumentos estavam dentro do planejado para as contas públicas, inclusive com efeito menor do que o projetado para a inflação, tanto a registrada até 2015 como a projetada para os anos seguintes."

    Peraí, pô.

    Esse Meirelles tá querendo insinuar que a gente pode ganhar mas não levar ?

    É isso ?

    Ou fui abatido pelo mal do pessimismo exacerbado e já tô vendo assombração onde não existe ?

    Confesso que não entendi, pois até onde estava acompanhando essa tal PEC valeria para limitar os próximos projetos de aumento (PLs futuros).

    Mas o cara parece estar ameaçando que as parcelas do PL dos próximos anos ficariam limitadas aos reajustes dos orçamentos respectivos com base na inflação medida no ano anterior e sem crescimento real.

    Como dizem por aqui: não pode sê.

    Eu tô é ficando cabreiro.

    Como o tal do direito adquirido agora é só quando o Gilmar Mendes diz que é, não me admira nada que eles tentem tirar um coelho da cartola e enfiar no nosso forévis (como diria o falecido Mussum).

    Espero que só desespero de que quem tá precisando desse aumento prá anteontem.
    Ele se refere aos 21% sobre a folha em 04 anos, e não no acréscimo de 40% que alguns terão sobre os seus contracheques
    AnalistaTrabalhista
    AnalistaTrabalhista
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : Analista Judiciário
    Mensagens : 1398
    Reputação : 81
    Data de inscrição : 01/06/2015
    Localização : São Paulo

    PCS - PL 2648/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 2648/2015

    Mensagem por AnalistaTrabalhista Seg 06 Jun 2016, 11:36 pm

    Tchê escreveu:Fonte: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    "Reajuste do funcionalismo público estará no limite constitucional, diz Fazenda. Anteriormente, ministro do Planejamento afirmou que reajustes são necessários para evitar “crise de funcionalismo"

    Por Agência Brasil | 06/06/2016 14:51

    O Ministério da Fazenda divulgou nota nesta segunda-feira (6) para esclarecer que o reajuste do funcionalismo estará sujeito ao limite constitucional de gastos. A nota destaca também que não há nenhuma divergência entre o Ministério da Fazenda e o presidente interino Michel Temer sobre o tema.
    O ministério lembra que o governo já anunciou que vai propor ao Congresso Nacional emenda constitucional que limitará, pela primeira vez, o crescimento do gasto público e proporcionará o necessário ajuste estrutural das contas públicas.
    “Essa Proposta de Emenda à Constituição (PEC) adotará os valores considerados no Orçamento deste ano e definirá que não haverá crescimento real, ou seja, esses valores serão reajustados com base na inflação medida no ano anterior”, diz a nota.
    De acordo com o Ministério da Fazenda, é prerrogativa do Congresso Nacional decidir onde os recursos públicos serão alocados, respeitando esse novo limite constitucional, caso a PEC seja aprovada.
    Argumentação
    No último dia 2, o ministro do Planejamento, Dyogo Henrique de Oliveira, informou que os reajustes a servidores públicos de 16 categorias aprovados pela Câmara dos Deputados são necessários para evitar uma 'crise de funcionamento do serviço público'.
    Segundo ele e o ministro chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, os aumentos estavam dentro do planejado para as contas públicas, inclusive com efeito menor do que o projetado para a inflação, tanto a registrada até 2015 como a projetada para os anos seguintes."

    Peraí, pô.

    Esse Meirelles tá querendo insinuar que a gente pode ganhar mas não levar ?

    É isso ?

    Ou fui abatido pelo mal do pessimismo exacerbado e já tô vendo assombração onde não existe ?

    Confesso que não entendi, pois até onde estava acompanhando essa tal PEC valeria para limitar os próximos projetos de aumento (PLs futuros).

    Mas o cara parece estar ameaçando que as parcelas do PL dos próximos anos ficariam limitadas aos reajustes dos orçamentos respectivos com base na inflação medida no ano anterior e sem crescimento real.

    Como dizem por aqui: não pode sê.

    Eu tô é ficando cabreiro.

    Como o tal do direito adquirido agora é só quando o Gilmar Mendes diz que é, não me admira nada que eles tentem tirar um coelho da cartola e enfiar no nosso forévis (como diria o falecido Mussum).

    Espero que só desespero de que quem tá precisando desse aumento prá anteontem.

    Os reajustes estão abaixo da inflação. É isso que ele disse.
    Chuck Coleman
    Chuck Coleman
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1232
    Reputação : 110
    Data de inscrição : 16/04/2015

    PCS - PL 2648/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 2648/2015

    Mensagem por Chuck Coleman Ter 07 Jun 2016, 12:26 am

    Tá tudo certo!
    Temer bancou, Meirelles topou.
    Fecha a conta e passa a régua.
    Hoje promete!
    zeh82
    zeh82
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 64
    Reputação : 8
    Data de inscrição : 02/06/2015

    PCS - PL 2648/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 2648/2015

    Mensagem por zeh82 Ter 07 Jun 2016, 12:31 am

    Hoje promete? Amanhã promete mais ainda? mercury
    Justiceirotrf4
    Justiceirotrf4
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 919
    Reputação : 85
    Data de inscrição : 19/05/2015

    PCS - PL 2648/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 2648/2015

    Mensagem por Justiceirotrf4 Ter 07 Jun 2016, 12:47 am

    Hj há possibilidades remotas de hoje prometer alguma coisa.
    Chuck Coleman
    Chuck Coleman
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1232
    Reputação : 110
    Data de inscrição : 16/04/2015

    PCS - PL 2648/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 2648/2015

    Mensagem por Chuck Coleman Ter 07 Jun 2016, 12:52 am

    Cadê o Melqui?
    Justiceirotrf4
    Justiceirotrf4
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 919
    Reputação : 85
    Data de inscrição : 19/05/2015

    PCS - PL 2648/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 2648/2015

    Mensagem por Justiceirotrf4 Ter 07 Jun 2016, 1:10 am

    Cade a mara?
    VadeMekum
    VadeMekum
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1307
    Reputação : 192
    Data de inscrição : 11/05/2015

    PCS - PL 2648/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 2648/2015

    Mensagem por VadeMekum Ter 07 Jun 2016, 1:26 am

    olhaso escreveu:
    ultraman escreveu:
    OJAF BA escreveu:por AnalistaTrabalhista Hoje à(s) 10:13 pm

    Com o início do processo de impeachment no Senado, não há risco das sessões do Plenário ficarem vazias até 16/08?



    Velho, procure ajuda. Você é pessimista demais. Pense mais de forma positiva. Só tem postagem sua com pessimismo exarcebado. Procure um psicólogo urgente!  Não é crítica, é um conselho de quem tá no mesmo barco. Abraços!

    Verdade !!!

    Não acho pessimista. Depois de tantos nos levando no lombo, gato escaldado tem medo de agua fria

    Também não achei [pessimista], o camarada fez uma colocação bem pertinente.

    Branquinho ainda não caiu na real que pensamento positivo não aprova PL.

    Uma coisa é ser mala, ficar repetindo que nem vitrola quebrada "não vai dar certo, não vai dar certo", outra, é analisar os fatos.

    Tenho uma atitude positiva perante a vida, espero sempre em Deus o melhor, porém, isso não me exime de analisar as conjunturas e todas as hipóteses, até porque, nesse caso (terrenamente falando), dependemos de políticos para que a aprovação se concretize.

    E já vimos que político evoluiu de cameleão - vide veto 26.
    corleone
    corleone
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1893
    Reputação : 84
    Data de inscrição : 06/07/2010

    PCS - PL 2648/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 2648/2015

    Mensagem por corleone Ter 07 Jun 2016, 2:14 am

    Não passarão O governo interino desistiu de criar os 14 mil novos cargos federais aprovados pela Câmara na semana passada. Em outra ponta, o Planalto também prometeu à equipe econômica se posicionar contra o aumento salarial de ministros do STF manterá, contudo, o apoio ao reajuste dos servidores do Judiciário, já acordado anteriormente. Com isso, Michel Temer busca, de um lado, evitar o efeito cascata de aumentos nos Estados. De outro, reforça seu juramento pelo ajuste fiscal.

    Me tome por completo, Michel!
    Potter
    Potter
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 351
    Reputação : 44
    Data de inscrição : 05/12/2013

    PCS - PL 2648/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 2648/2015

    Mensagem por Potter Ter 07 Jun 2016, 2:25 am

    Passar o nosso e não passar o dos capas? É muita audácia. Melhor nem tentar uma coisa dessas.
    FALCON.X
    FALCON.X
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2463
    Reputação : 433
    Data de inscrição : 22/03/2015

    PCS - PL 2648/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 2648/2015

    Mensagem por FALCON.X Ter 07 Jun 2016, 4:20 am

    corleone escreveu:Não passarão O governo interino desistiu de criar os 14 mil novos cargos federais aprovados pela Câmara na semana passada. Em outra ponta, o Planalto também prometeu à equipe econômica se posicionar contra o aumento salarial de ministros do STF manterá, contudo, o apoio ao reajuste dos servidores do Judiciário, já acordado anteriormente. Com isso, Michel Temer busca, de um lado, evitar o efeito cascata de aumentos nos Estados. De outro, reforça seu juramento pelo ajuste fiscal.

    Me tome por completo, Michel!

    Vai na linha do discurso do Senador Ricardo Ferraço ontem. Até porque os "capa" tiveram reajuste e nós nao tivemos e. Ainda recebem auxílio-mansao.

    MAS, na prática....quero só ver passar só o dos servidores.
    boscooo
    boscooo
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 488
    Reputação : 31
    Data de inscrição : 07/07/2010
    Localização : Aqui mesmo

    PCS - PL 2648/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 2648/2015

    Mensagem por boscooo Ter 07 Jun 2016, 5:15 am

    corleone escreveu:Não passarão O governo interino desistiu de criar os 14 mil novos cargos federais aprovados pela Câmara na semana passada. Em outra ponta, o Planalto também prometeu à equipe econômica se posicionar contra o aumento salarial de ministros do STF manterá, contudo, o apoio ao reajuste dos servidores do Judiciário, já acordado anteriormente. Com isso, Michel Temer busca, de um lado, evitar o efeito cascata de aumentos nos Estados. De outro, reforça seu juramento pelo ajuste fiscal.

    Me tome por completo, Michel!

    Se por acaso isso vingar.... Esse homem merecerá ser reverenciado como uma majestade.
    diegowfcp
    diegowfcp
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : AJAJ
    Mensagens : 1798
    Reputação : 79
    Data de inscrição : 01/09/2014

    PCS - PL 2648/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 2648/2015

    Mensagem por diegowfcp Ter 07 Jun 2016, 6:04 am

    Essa foi pra sacramentar que o Temer é show:

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    Resta saber se papai lewando irá cumprir a promessa de 2014, de que os pls tramitarao junto e retirar o nosso de pauta  :trollface:
    Denovo??
    Denovo??
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2139
    Reputação : 185
    Data de inscrição : 23/10/2014

    PCS - PL 2648/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 2648/2015

    Mensagem por Denovo?? Ter 07 Jun 2016, 6:40 am

    Seria a perfeição. Juízes merecem zero
    JamesHunt
    JamesHunt
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 159
    Reputação : 16
    Data de inscrição : 21/04/2015

    PCS - PL 2648/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 2648/2015

    Mensagem por JamesHunt Ter 07 Jun 2016, 6:44 am

    Nossa seria lindo ver a juízada ficando sem nada. Daria para falar para o juiz da vara ao lado que ainda está nas fraldas a mwesma coisa que ele falou na nossa greve: quer aumento? Presta outro concurso.
    servidor.tre
    servidor.tre
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1282
    Reputação : 36
    Data de inscrição : 30/10/2012

    PCS - PL 2648/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 2648/2015

    Mensagem por servidor.tre Ter 07 Jun 2016, 6:46 am

    Não sei se isso é bom para nós, será que o nosso passará sem o deles?? Vai ter juiz deferindo ações contra o reajuste!
    avatar
    Megadeth
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1840
    Reputação : 16
    Data de inscrição : 14/07/2010

    PCS - PL 2648/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 2648/2015

    Mensagem por Megadeth Ter 07 Jun 2016, 6:47 am

    FALCON.X escreveu:
    corleone escreveu:Não passarão O governo interino desistiu de criar os 14 mil novos cargos federais aprovados pela Câmara na semana passada. Em outra ponta, o Planalto também prometeu à equipe econômica se posicionar contra o aumento salarial de ministros do STF manterá, contudo, o apoio ao reajuste dos servidores do Judiciário, já acordado anteriormente. Com isso, Michel Temer busca, de um lado, evitar o efeito cascata de aumentos nos Estados. De outro, reforça seu juramento pelo ajuste fiscal.

    Me tome por completo, Michel!

    Vai na linha do discurso do Senador Ricardo Ferraço ontem. Até porque os "capa" tiveram reajuste e nós nao tivemos e. Ainda recebem auxílio-mansao.

    MAS, na prática....quero só ver passar só o dos servidores.


    Pro Temer ter dito isso, já deve ter autorização do papai Lewando.

    Caso contrário, o Temer acaba de suicidar-se.

    De qualquer forma, confirmando isso... VIVA TEMER 2018!
    tre-rj
    tre-rj
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1499
    Reputação : 109
    Data de inscrição : 06/07/2010

    PCS - PL 2648/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 2648/2015

    Mensagem por tre-rj Ter 07 Jun 2016, 6:49 am

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    BRASÍLIA — O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal a prisão do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), do ex-presidente da República José Sarney (PMDB-AP) e do senador Romero Jucá (PMDB-RR). A informação é de um interlocutor de ministros do STF. Renan, Sarney e Jucá foram flagrados tramando contra a Operação Lava-Jato em conversas gravadas pelo ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado. Os pedidos de prisão já estão com o ministro Teori Zavascki, do STF, há pelo menos uma semana.

    Janot também pediu o afastamento de Renan da presidência do Senado, usando argumentos similares aos empregados no pedido de destituição de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) da presidência da Câmara e do mandato de deputado federal, o que acabou sendo atendido pelo STF.

    Os indícios de conspiração, captados nas gravações e reforçados pelas delações de Sérgio Machado e de seu filho Expedito Machado, são considerados por investigadores mais graves que as provas que levaram Delcídio Amaral à prisão, em novembro do ano passado, e à perda do mandato, em maio. De acordo com a fonte, Delcídio tentou manipular uma delação, a do ex-diretor de Internacional da Petrobras Nestor Cerveró, enquanto Renan, Sarney e Jucá planejavam derrubar toda a Lava-Jato.

    A INFLUÊNCIA DE SARNEY

    Para essa pessoa com acesso às investigações, não há dúvida de que, se a trama não fosse documentada pelas gravações de Sérgio Machado, a legislação seria modificada de acordo com o interesse dos investigados. Renan, Jucá e Sarney estão entre os políticos mais influentes do Congresso. Sarney, mesmo sem mandato, controla bancadas na Câmara e no Senado. Ele teria tido, inclusive, papel decisivo no processo de afastamento da presidente Dilma Rousseff. Jucá, logo depois que Michel Temer assumiu interinamente a presidência da República, foi alçado ao cargo de ministro do Planejamento, mas caiu após a divulgação das escutas.

    Veja também

    O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), o senador Romero Jucá (PMDB-RR), e o ex-presidente da República José Sarney (PMDB-AP)Janot pede inquérito contra Renan, Jucá e Sarney ao Supremo
    O presidente do Senado, Renan Calheiros; o ex-presidente da República, José Sarney; e o senador Romero Jucá: cúpula do PMDBMachado diz que pagou mais de R$ 70 milhões a Renan, Jucá e Sarney

    O ministro licenciado do Planejamento Romero Jucá.
    Após pedido de inquérito, Jucá diz que está à disposição de Janot

    O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL)
    Renan comenta gravações: 'Não dá para criminalizar por opinião'
    Numa série de depoimentos que prestou, após firmar acordo de delação premiada, Machado disse que distribuiu R$ 70 milhões em propina para Renan, Sarney e Jucá, entre outros políticos do PMDB durante os 12 anos que esteve à frente da Transpetro, como revelou O GLOBO na sexta-feira. Nas conversas gravadas por Machado, Renan, Jucá e Sarney aparecem discutindo medidas para interferir na Lava-Jato.

    Padrinho político de Machado e alvo central da delação do ex-presidente da Transpetro, Renan sugere mudar a lei para inibir a delação premiada. A delação tem sido usada em quase todos os inquéritos abertos na Lava-Jato, inclusive os instaurados contra o presidente do Senado. Mais ousado, Jucá descreve uma articulação política dele e de outros líderes para derrubar a presidente Dilma e, a partir daí, “estancar a sangria da Lava-Jato”.

    Sarney sugere a escalação de dois advogados — Cesar Asfor Rocha, ex-presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), e Eduardo Ferrão — para uma conversa com Teori Zavascki, relator da Operação Lava-Jato no STF. Para a Procuradoria-Geral da República, está claro que a ação de Renan, Jucá e Sarney tinha como objetivo obstruir as investigações sobre a organização especializada em desviar dinheiro de contratos entre grandes empresas e a Petrobras.

    A divulgação de parte das conversas de Machado já resultaram na demissão de Jucá do Planejamento e do consultor Fabiano Silveira, do Ministério da Transparência, em menos de um mês de governo Temer. Agora, caberá ao STF deliberar sobre o pedido de Janot. O pedido foi encaminhado a Teori, mas depende de decisão do plenário do tribunal. Nos últimos dias, Teori sondou colegas de tribunal sobre o assunto.

    Esta é a primeira vez que um procurador-geral da República pede o afastamento e a prisão de um presidente do Senado. O pedido de afastamento de Renan foi noticiado pelo jornal “Valor Econômico” na semana passada. Caberá aos ministros decidirem se Renan, alvo de 12 inquéritos no STF, ainda preenche os requisitos para permanecer na presidência do Senado e na linha sucessória da presidência da República. Uma das bases para a futura decisão pode ser o caso Eduardo Cunha.

    Cunha foi destituído da presidência da Câmara e do mandato de deputado por tentar atrapalhar a Lava-Jato e por ser portador de uma longa ficha de acusações de corrupção. Cunha foi citado como destinatário de propina por pelo menos sete delatores. Em razão das acusações, já responde a um processo e pelo menos quatro inquéritos no âmbito da Lava-Jato.

    PROPINA DE R$ 70 MILHÕES

    Nos depoimentos da delação premiada, Machado disse que arrecadou mais de R$ 70 milhões para Renan, Sarney e Jucá, entre outros líderes do PMDB que davam sustentação à permanência dele na presidência da Transpetro. Responsável pela indicação de Machado à presidência, ainda em 2003, Renan foi, segundo o ex-presidente, destinatário de R$ 30 milhões. Jucá e Sarney teriam recebido R$ 20 milhões cada um. Machado disse ainda que arrecadou dinheiro para o senador Edison Lobão (PMDB-MA), ex-ministro de Minas e Energia, e para o senador Jader Barbalho (PMDB-PA).



    Depois de confessar crimes cometidos em nome dele e dos padrinhos políticos, Machado se comprometeu com os investigadores da Lava-Jato a devolver aproximadamente R$ 100 milhões. Parte do dinheiro era administrado por Expedito, um dos quatro filhos dele, que vivia em Londres. As contas com o dinheiro ilegal estão num banco na Suíça. Outros dois filhos de Machado também fizeram delação.

    Na sexta-feira passada, procurado pelo GLOBO para falar sobre a acusação de receber dinheiro de Machado, Renan disse que apenas mantinha relação institucional com o ex-presidente da Transpetro. Dias antes, quando as primeiras gravações vieram à tona, o senador disse que, na conversa com Machado, apenas expressou um ponto de vista sobre a Lava-Jato.

    Também na semana passada, Jucá negou que tenha recebido qualquer dinheiro ou autorizado alguém a receber recursos em nome dele. O advogado Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, responsável pela defesa de Sarney, disse, também semana passada, após o noticiário sobre as gravações, que não poderia responder sobre fragmentos da delação. Antes de dar entrevista, ele quer ter acesso completos ao autos.





    Leia mais sobre esse assunto em [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    © 1996 - 2016. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

    -------

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Conteúdo patrocinado

    PCS - PL 2648/2015 - Página 25 Empty Re: PCS - PL 2648/2015

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Dom 17 Out 2021, 1:00 am