PCS JÁ

PCS JÁ



    Reforma da Previdência (versão 2019)

    avatar
    Convidado
    Convidado

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Convidado Sex 26 Abr 2019, 6:23 pm

    https://economia.uol.com.br/noticias/estadao-conteudo/2019/04/26/se-bolsonaro-falar-menos-sobre-reforma-ate-aprovacao-ajudara-bastante-diz-ramos.htm

    Já deu certo na campanha presidencial, quando não participou dos debates. Bolsonaro calado é um poeta.
    avatar
    jornalista
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1574
    Reputação : 42
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por jornalista Sex 26 Abr 2019, 6:26 pm

    Korgano Masaka escreveu:
    MADUREIRAROM escreveu:
    Korgano Masaka escreveu:
    anuvenzinha escreveu:Além do q, ao contrário, de afirmativa suscitada não há nenhuma coerência no atual governo inclusive com a reforma da previdência e o "alcance" aos militares e, também, com a popularidade q está caindo em decorrência da falta desta e falo isso com enorme acertiva, pois consigo visualizar num espaço amostral bem grande ao qual adm. com + de 150 mil membros, até judeus estão deixando de apoiá-lo.  O q eu acho?  Infelizmente o Jair é um ponto fora da curva já q não existe há mto tempo militares tecnocratas e nacionalistas e por ser uma agulha no palheiro foi alçado/tutelado pela tchurminha dos militares liberais maçons(Vander tinha razão) e com o agravante da facada e o caso Queiroz está no rítmo: "Deixa a vida me levar..."   O resultado disso se continuar nesse ritmo e com a "ajuda" da imprensa , acho eu, q mtos sairão da igreja pra ir pro templo(Ciro), no mínimo...infelizmente.  Não há como defender essa reforma q inclusive tira a possibilidade, em falta de verba, de se recorrer ao SUS p/ aquisição de remédio judicialmente  fora a retirada da contribuição do empregador, desconstitucionalização, pensão, confisco, etc.  Qto aos q estão aposentados aguardem somente os militares tendo reajustes!
    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]
    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]

    Não há nada disso na reforma. Só irão para a "igreja do Ciro" os esquerdistas de sempre que votaram no trio corrupto que quebrou o país, inclusive a previdência, Lula/Dilma/Haddad.
    Interessante ver esquerdistas serem contra a reforma que prejudica somente togadões do Judiciário/MPU e os maiores salários do serviço público, principalmente de políticos.
    O povão só será prejudicado se a previdência não for reformada, pois está quebrada e entrará em colapso em breve.
    Mas para os esquerdistas vale tudo para derrubar um governo que não é deles, até levar o país ao caos e venezualização da economia.

    O povão não será tão prejudicado porque a maioria já ganha salario mínimo ou beirando a isto!! Vai continuar ganhando o mínimo, é isto que o ministro quis dizer, não perde nada quem não tem nada a perder!!

    Um salário mínimo é nada para você. Para o povão, grande maioria que o ganha, é tudo!
    E recolheria menos INSS. E nós (bem) mais.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Convidado Sex 26 Abr 2019, 6:27 pm

    Korgano Masaka escreveu:
    MADUREIRAROM escreveu:
    Korgano Masaka escreveu:
    anuvenzinha escreveu:Além do q, ao contrário, de afirmativa suscitada não há nenhuma coerência no atual governo inclusive com a reforma da previdência e o "alcance" aos militares e, também, com a popularidade q está caindo em decorrência da falta desta e falo isso com enorme acertiva, pois consigo visualizar num espaço amostral bem grande ao qual adm. com + de 150 mil membros, até judeus estão deixando de apoiá-lo.  O q eu acho?  Infelizmente o Jair é um ponto fora da curva já q não existe há mto tempo militares tecnocratas e nacionalistas e por ser uma agulha no palheiro foi alçado/tutelado pela tchurminha dos militares liberais maçons(Vander tinha razão) e com o agravante da facada e o caso Queiroz está no rítmo: "Deixa a vida me levar..."   O resultado disso se continuar nesse ritmo e com a "ajuda" da imprensa , acho eu, q mtos sairão da igreja pra ir pro templo(Ciro), no mínimo...infelizmente.  Não há como defender essa reforma q inclusive tira a possibilidade, em falta de verba, de se recorrer ao SUS p/ aquisição de remédio judicialmente  fora a retirada da contribuição do empregador, desconstitucionalização, pensão, confisco, etc.  Qto aos q estão aposentados aguardem somente os militares tendo reajustes!
    https://blogs.oglobo.globo.com/lauro-jardim/post/bolsonaro-esta-sabendo-mourao-vai-ao-pt.html
    https://oglobo.globo.com/brasil/maia-diz-que-sua-relacao-com-bolsonaro-pior-do-que-ja-foiataca-governo-23620257

    Não há nada disso na reforma. Só irão para a "igreja do Ciro" os esquerdistas de sempre que votaram no trio corrupto que quebrou o país, inclusive a previdência, Lula/Dilma/Haddad.
    Interessante ver esquerdistas serem contra a reforma que prejudica somente togadões do Judiciário/MPU e os maiores salários do serviço público, principalmente de políticos.
    O povão só será prejudicado se a previdência não for reformada, pois está quebrada e entrará em colapso em breve.
    Mas para os esquerdistas vale tudo para derrubar um governo que não é deles, até levar o país ao caos e venezualização da economia.

    O povão não será tão prejudicado porque a maioria já ganha salario mínimo ou beirando a isto!! Vai continuar ganhando o mínimo, é isto que o ministro quis dizer, não perde nada quem não tem nada a perder!!

    Um salário mínimo é nada para você. Para o povão, grande maioria que o ganha, é tudo!

    E vc abraçou a igreja MBL defendendo algo que sabe superficialmente em nome de lacrar contra a esquerda.

    Pra vc deve ser Deus no céu o Kim Catupiry na terra.

    avatar
    jornalista
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1574
    Reputação : 42
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por jornalista Sex 26 Abr 2019, 8:14 pm

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7835
    Reputação : 594
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Galizezin Sab 27 Abr 2019, 8:47 am

    jornalista escreveu:[Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]

    hummmm...aposentado gasta demais neste país, vamos acabar com eles. educação gasta demais neste país, vamos acabar com o pouco que resta dela. hummmm



    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    avatar
    jornalista
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1574
    Reputação : 42
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por jornalista Sab 27 Abr 2019, 11:08 am

    Galizezin escreveu:
    jornalista escreveu:[Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]

    hummmm...aposentado gasta demais neste país, vamos acabar com eles. educação gasta demais neste país, vamos acabar com o pouco que resta dela. hummmm

    A ocde prega isso?
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7835
    Reputação : 594
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Galizezin Sab 27 Abr 2019, 8:19 pm

    jornalista escreveu:
    Galizezin escreveu:
    jornalista escreveu:[Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]

    hummmm...aposentado gasta demais neste país, vamos acabar com eles. educação gasta demais neste país, vamos acabar com o pouco que resta dela. hummmm

    A ocde prega isso?

    ocde?

    o br faz parte da ocde da mesma forma que faz parte da otan.


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    anuvenzinha
    anuvenzinha
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : ANALISTA
    Mensagens : 1445
    Reputação : 214
    Data de inscrição : 19/12/2014

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por anuvenzinha Sab 27 Abr 2019, 8:58 pm

    Nossa bancada ao invés de ficar falando a Presidenta deve só está falando Bozo, Bozo ou então estão no PSL falando q o mundo irá acabar se essa reforma não for aprovada!!! Cd a movimentação qto a alíquota progressiva?!!!!
    Ruralistas querem mudanças no texto da reforma
    A bancada ruralista defende novas desidratações na reforma da Previdência.
    A Frente Parlamentar da Agropecuária vai tentar derrubar, por exemplo, a taxa anual de R$ 600 de famílias cuja renda provém da produção rural.
    “Grande parte dos pequenos produtores tem na agricultura uma atividade de mera subsistência, não podendo arcar com essa contribuição mínima anual”, disse à Folha o presidente da frente, Alceu Moreira.

    Os q vão ser mais afetados INERTES!

    Os mais afetados pela reforma
    Os servidores públicos federais que ganham mais de R$ 10 mil mensais serão os mais afetados pela alíquota progressiva que deverá ser criada com a reforma da Previdência.
    Esse grupo, relata o Estadão, será responsável por R$ 21,3 bilhões do aumento de R$ 27,7 bilhões na arrecadação esperada em dez anos com a mudança nas alíquotas.( O ANTAGONISTA)
    MConcursos
    MConcursos
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 305
    Reputação : 40
    Data de inscrição : 04/01/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por MConcursos Sab 27 Abr 2019, 11:53 pm

    anuvenzinha escreveu:Nossa bancada ao invés de ficar falando a Presidenta deve só está falando Bozo, Bozo ou então estão no PSL falando q o mundo irá acabar se essa reforma não for aprovada!!!  Cd a movimentação qto a alíquota progressiva?!!!!
    Ruralistas querem mudanças no texto da reforma
    A bancada ruralista defende novas desidratações na reforma da Previdência.
    A Frente Parlamentar da Agropecuária vai tentar derrubar, por exemplo, a taxa anual de R$ 600 de famílias cuja renda provém da produção rural.
    “Grande parte dos pequenos produtores tem na agricultura uma atividade de mera subsistência, não podendo arcar com essa contribuição mínima anual”, disse à Folha o presidente da frente, Alceu Moreira.

    Os q vão ser mais afetados INERTES!

    Os mais afetados pela reforma
    Os servidores públicos federais que ganham mais de R$ 10 mil mensais serão os mais afetados pela alíquota progressiva que deverá ser criada com a reforma da Previdência.
    Esse grupo, relata o Estadão, será responsável por R$ 21,3 bilhões do aumento de R$ 27,7 bilhões na arrecadação esperada em dez anos com a mudança nas alíquotas.( O ANTAGONISTA)

    Melhor Jairseacostumando com essas alíquotas progressivas. Isso eu tenho certeza de que passara.


    Última edição por MConcursos em Dom 28 Abr 2019, 5:13 pm, editado 1 vez(es)
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7835
    Reputação : 594
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Galizezin Dom 28 Abr 2019, 12:15 am

    anuvenzinha escreveu:Nossa bancada ao invés de ficar falando a Presidenta deve só está falando Bozo, Bozo ou então estão no PSL falando q o mundo irá acabar se essa reforma não for aprovada!!!  Cd a movimentação qto a alíquota progressiva?!!!!
    Ruralistas querem mudanças no texto da reforma
    A bancada ruralista defende novas desidratações na reforma da Previdência.
    A Frente Parlamentar da Agropecuária vai tentar derrubar, por exemplo, a taxa anual de R$ 600 de famílias cuja renda provém da produção rural.
    “Grande parte dos pequenos produtores tem na agricultura uma atividade de mera subsistência, não podendo arcar com essa contribuição mínima anual”, disse à Folha o presidente da frente, Alceu Moreira.

    Os q vão ser mais afetados INERTES!

    Os mais afetados pela reforma
    Os servidores públicos federais que ganham mais de R$ 10 mil mensais serão os mais afetados pela alíquota progressiva que deverá ser criada com a reforma da Previdência.
    Esse grupo, relata o Estadão, será responsável por R$ 21,3 bilhões do aumento de R$ 27,7 bilhões na arrecadação esperada em dez anos com a mudança nas alíquotas.( O ANTAGONISTA)

    até onde sei, sindicatos são contra, mas a mídia nunca e jamais irá mostrar a mobilização sindical, tal qual a globo, que não mencionou sequer uma vez a miguelada (valores mentirosos) do posto ipiranga com relação à reforma da previdência.


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    Protocol
    Protocol
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 499
    Reputação : 50
    Data de inscrição : 01/06/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Protocol Dom 28 Abr 2019, 2:43 pm

    anuvenzinha escreveu:Nossa bancada ao invés de ficar falando a Presidenta deve só está falando Bozo, Bozo ou então estão no PSL falando q o mundo irá acabar se essa reforma não for aprovada!!!  Cd a movimentação qto a alíquota progressiva?!!!!
    Ruralistas querem mudanças no texto da reforma
    A bancada ruralista defende novas desidratações na reforma da Previdência.
    A Frente Parlamentar da Agropecuária vai tentar derrubar, por exemplo, a taxa anual de R$ 600 de famílias cuja renda provém da produção rural.
    “Grande parte dos pequenos produtores tem na agricultura uma atividade de mera subsistência, não podendo arcar com essa contribuição mínima anual”, disse à Folha o presidente da frente, Alceu Moreira.

    Os q vão ser mais afetados INERTES!

    Os mais afetados pela reforma
    Os servidores públicos federais que ganham mais de R$ 10 mil mensais serão os mais afetados pela alíquota progressiva que deverá ser criada com a reforma da Previdência.
    Esse grupo, relata o Estadão, será responsável por R$ 21,3 bilhões do aumento de R$ 27,7 bilhões na arrecadação esperada em dez anos com a mudança nas alíquotas.( O ANTAGONISTA)

    As várias camadas (bodes) na PEC, na minha opinião, servem principalmente para proteger três pontos na reforma: idade mínima (fixação), regra de transição enxuta, alíquota progressiva.

    Em relação à alíquota, não vi nenhum movimento na Câmara para mudar a regra e acho que não haverá.

    E esse é o ponto mais fácil para o governo defender, pois em essência traduz a máxima "quem ganha mais paga mais...".

    Talvez haja entre os deputados a crença de que esse ponto cairá se judicializado, por isso não assumem o ônus da acusação de estarem defendendo "privilégios".
    avatar
    jornalista
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1574
    Reputação : 42
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por jornalista Seg 29 Abr 2019, 7:47 am

    Galizezin escreveu:
    jornalista escreveu:
    Galizezin escreveu:
    jornalista escreveu:[Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]

    hummmm...aposentado gasta demais neste país, vamos acabar com eles. educação gasta demais neste país, vamos acabar com o pouco que resta dela. hummmm

    A ocde prega isso?

    ocde?

    o br faz parte da ocde da mesma forma que faz parte da otan.
    Ainda não é. Mas pode vir a ser:
    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7835
    Reputação : 594
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Galizezin Seg 29 Abr 2019, 8:52 am

    jornalista escreveu:
    Galizezin escreveu:
    jornalista escreveu:
    Galizezin escreveu:

    hummmm...aposentado gasta demais neste país, vamos acabar com eles. educação gasta demais neste país, vamos acabar com o pouco que resta dela. hummmm

    A ocde prega isso?

    ocde?

    o br faz parte da ocde da mesma forma que faz parte da otan.
    Ainda não é. Mas pode vir a ser:
    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]

    se entrar, vai ser igual o méxico. um estranho no ninho (clube dos ricos).


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7835
    Reputação : 594
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Galizezin Seg 29 Abr 2019, 8:53 am

    olha o respeito do posto ipiranga com os aposentados: gastamos demais com o "passado". vamos tirar deles e gastar no futuro. SQN, pq os liberais querem acabar com as universidades públicas.


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    avatar
    jornalista
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1574
    Reputação : 42
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por jornalista Seg 29 Abr 2019, 9:37 am

    Galizezin escreveu:olha o respeito do posto ipiranga com os aposentados: gastamos demais com o "passado". vamos tirar deles e gastar no futuro. SQN, pq os liberais querem acabar com as universidades públicas.
    Sobre a OCDE, sim e não. Sim, será um estranho no ninho, porque a maioria é rica. Não, não será porque há várias economias que estão abaixo do Brasil, apesar de sermos subdesenvolvidos. Sobre as universidades públicas, será um erro acabar. O correto é fazer como queria Cristóvão no primeiro governo Lula: primeiro investir na educação básica, depois no ensino médio e técnico e por último nas universidades. Como o pt queria voto, criou várias universidades, inclusive de algumas que já existiam, e investiu bastante nelas. Não posso falar de todas mas no Estado onde eu moro, havia vários esqueletos de prédios nas federais, já que dinheiro não brota. Isso aconteceria em todas as áreas do país se o pt continuasse, porque um dia a conta chega, como chegou para os milhões de desempregados.
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7835
    Reputação : 594
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Galizezin Seg 29 Abr 2019, 10:14 am

    é só ver a revolução que o ingresso na ocde causou no méxico...
    então temos dois culpados para o país estar no buraco: universidades federais e aposentados e pensionistas.


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    Korgano Masaka
    Korgano Masaka
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 1638
    Reputação : 73
    Data de inscrição : 29/07/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Korgano Masaka Seg 29 Abr 2019, 11:13 am

    Bastião escreveu:
    Korgano Masaka escreveu:
    MADUREIRAROM escreveu:
    Korgano Masaka escreveu:

    Não há nada disso na reforma. Só irão para a "igreja do Ciro" os esquerdistas de sempre que votaram no trio corrupto que quebrou o país, inclusive a previdência, Lula/Dilma/Haddad.
    Interessante ver esquerdistas serem contra a reforma que prejudica somente togadões do Judiciário/MPU e os maiores salários do serviço público, principalmente de políticos.
    O povão só será prejudicado se a previdência não for reformada, pois está quebrada e entrará em colapso em breve.
    Mas para os esquerdistas vale tudo para derrubar um governo que não é deles, até levar o país ao caos e venezualização da economia.

    O povão não será tão prejudicado porque a maioria já ganha salario mínimo ou beirando a isto!! Vai continuar ganhando o mínimo, é isto que o ministro quis dizer, não perde nada quem não tem nada a perder!!

    Um salário mínimo é nada para você. Para o povão, grande maioria que o ganha, é tudo!

    E vc abraçou a igreja MBL defendendo algo que sabe superficialmente em nome de lacrar contra a esquerda.

    Pra vc deve ser Deus no céu o Kim Catupiry na terra.


    Ao contrário de você, camarada colega, não endeuso pessoas, como os esquerdistas fazem.
    Para você, Lula e Cia são deuses do comunismo e modelos de pessoas, apesarem de serem corruptos, canalhas, etc.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Convidado Seg 29 Abr 2019, 11:17 am

    Por isso estamos nessa ladeira abaixo da nossa carreira.
    Colegas se xingam e se acham um mais do que o outro.
    Desunião total.
    Korgano Masaka
    Korgano Masaka
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 1638
    Reputação : 73
    Data de inscrição : 29/07/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Korgano Masaka Seg 29 Abr 2019, 11:22 am

    Jubilando escreveu:Por isso estamos nessa ladeira abaixo da nossa carreira.
    Colegas se xingam e se acham um mais do que o outro.
    Desunião total.

    Sempre foi assim. Analistas x técnicos, antigões x fraldinhas, motoristas x o resto, etc.
    Não foi a toa que tomamos o maior arrocho salarial da nossa história enquanto os togadões tinham reajustes quase anuais.
    O pior são nossos sindicatos e associações que fomentam essa desunião.
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7835
    Reputação : 594
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Galizezin Seg 29 Abr 2019, 11:36 am

    Jubilando escreveu:Por isso estamos nessa ladeira abaixo da nossa carreira.
    Colegas se xingam e se acham um mais do que o outro.
    Desunião total.

    essa parece ser a tônica aqui, infelizmente. Rolling Eyes


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7835
    Reputação : 594
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Galizezin Seg 29 Abr 2019, 11:37 am

    Korgano Masaka escreveu:
    Jubilando escreveu:Por isso estamos nessa ladeira abaixo da nossa carreira.
    Colegas se xingam e se acham um mais do que o outro.
    Desunião total.

    Sempre foi assim. Analistas x técnicos, antigões x fraldinhas, motoristas x o resto, etc.
    Não foi a toa que tomamos o maior arrocho salarial da nossa história enquanto os togadões tinham reajustes quase anuais.
    O pior são nossos sindicatos e associações que fomentam essa desunião.

    agora seja franco e faça uma previsão de quando o paulo guedes irá concordar em nos ceder aumento salarial, uma reposição inflacionária que seja.


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    Korgano Masaka
    Korgano Masaka
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 1638
    Reputação : 73
    Data de inscrição : 29/07/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Korgano Masaka Seg 29 Abr 2019, 12:03 pm

    Galizezin escreveu:
    Korgano Masaka escreveu:
    Jubilando escreveu:Por isso estamos nessa ladeira abaixo da nossa carreira.
    Colegas se xingam e se acham um mais do que o outro.
    Desunião total.

    Sempre foi assim. Analistas x técnicos, antigões x fraldinhas, motoristas x o resto, etc.
    Não foi a toa que tomamos o maior arrocho salarial da nossa história enquanto os togadões tinham reajustes quase anuais.
    O pior são nossos sindicatos e associações que fomentam essa desunião.

    agora seja franco e faça uma previsão de quando o paulo guedes irá concordar em nos ceder aumento salarial, uma reposição inflacionária que seja.

    Com o déficit fiscal deixado pelo Temer/Dilma/Lula, no dia de são nunca!

    ps: é claro que os togadões podem conseguir penduricalhos administrativos para eles, somente para eles, cortando custeio (terceirizados, ar condicionado, etc).
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Convidado Seg 29 Abr 2019, 12:29 pm

    Korgano Masaka escreveu:
    Bastião escreveu:
    Korgano Masaka escreveu:
    MADUREIRAROM escreveu:

    O povão não será tão prejudicado porque a maioria já ganha salario mínimo ou beirando a isto!! Vai continuar ganhando o mínimo, é isto que o ministro quis dizer, não perde nada quem não tem nada a perder!!

    Um salário mínimo é nada para você. Para o povão, grande maioria que o ganha, é tudo!

    E vc abraçou a igreja MBL defendendo algo que sabe superficialmente em nome de lacrar contra a esquerda.

    Pra vc deve ser Deus no céu o Kim Catupiry na terra.


    Ao contrário de você, camarada colega, não endeuso pessoas, como os esquerdistas fazem.
    Para você, Lula e Cia são deuses do comunismo e modelos de pessoas, apesarem de serem corruptos, canalhas, etc.

    Se vc achar uma postagem minha endeusando isso que vc diz, estaria ok. Mas, isso non ecsiste. Vc é falacioso e como um bom bolsominion age com má fé.

    No mais, seu presidento está sendo um grande aliado anti reforma. Não sei como o seu Tico e teco vai reagir.

    Korgano Masaka
    Korgano Masaka
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 1638
    Reputação : 73
    Data de inscrição : 29/07/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Korgano Masaka Seg 29 Abr 2019, 1:51 pm

    Bastião escreveu:
    Korgano Masaka escreveu:
    Bastião escreveu:
    Korgano Masaka escreveu:

    Um salário mínimo é nada para você. Para o povão, grande maioria que o ganha, é tudo!

    E vc abraçou a igreja MBL defendendo algo que sabe superficialmente em nome de lacrar contra a esquerda.

    Pra vc deve ser Deus no céu o Kim Catupiry na terra.


    Ao contrário de você, camarada colega, não endeuso pessoas, como os esquerdistas fazem.
    Para você, Lula e Cia são deuses do comunismo e modelos de pessoas, apesarem de serem corruptos, canalhas, etc.

    Se vc achar uma postagem minha endeusando isso que vc diz, estaria ok. Mas, isso non ecsiste. Vc é falacioso e como um bom bolsominion age com má fé.

    No mais, seu presidento está sendo um grande aliado anti reforma. Não sei como o seu Tico e teco vai reagir.


    Olha quem age com má fé é você, caro mortadela petista. Não há posts meu endeusando ninguém.
    Repito: se o teu Lula fosse solto hoje e candidato amanhã, você votaria nele com certeza, né?
    ale1969
    ale1969
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1562
    Reputação : 171
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por ale1969 Seg 29 Abr 2019, 1:56 pm

    Jubilando escreveu:Por isso estamos nessa ladeira abaixo da nossa carreira.
    Colegas se xingam e se acham um mais do que o outro.
    Desunião total.


    Essa é a parte mais cruel do processo de alienação de classe na sociedade brasileira. A vitória do individualismo absoluto sobre o coletivismo solidário. Continuo na resistência.
    anuvenzinha
    anuvenzinha
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : ANALISTA
    Mensagens : 1445
    Reputação : 214
    Data de inscrição : 19/12/2014

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por anuvenzinha Seg 29 Abr 2019, 7:09 pm

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]
    29/04
    Nota Pública de Esclarecimento
    A Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) vem a público manifestar-se contrariamente ao “estudo” apresentado pela Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Economia.

    O Executivo Federal, ao divulgar que um juiz federal, “que se aposenta com benefício de R$ 35,1 mil receberá, até o fim da vida R$ 4,77 milhões a mais do que contribuiu” mais uma vez mente abertamente à sociedade, com o deliberado intuito de propalar a falaciosa ideia de que magistrados e servidores do Judiciário Federal são “privilegiados”. Segundo a matéria, esse seria um "déficit individual" do trabalhador, supostamente calcado na ideia de que as contribuições recolhidas durante a vida profissional são insuficientes para bancar os benefícios devidos na inatividade.

    E, mais uma vez, intenta o Executivo, atrair a simpatia da população para si mediante o uso de expediente antirrepublicano, antidemocrático e antiético, distorcendo e omitindo informações e divulgando conclusões pueris absolutamente desprovidas de embasamento técnico.

    O Regime Próprio Previdenciário dos magistrados federais é superavitário. Os números refletem isso com absoluta clareza.

    O subsídio de juiz federal, atualmente no valor bruto de R$ 33.689,11 mensais, sofre desconto previdenciário, destinado ao custeio dos benefícios que serão pagos na inatividade, de 11% sobre o total da remuneração (art. 4º da Lei n. 10.887/2004), ou seja, R$ 3.715,80.

    Assim, considerando a gratificação natalina, que também integra a base de incidência da contribuição previdenciária, ao longo de 1 (um) ano de trabalho, um juiz federal irá contribuir com R$ 48.175,43 para o seu Sistema Previdenciário.

    Por sua vez, por força do art. 8º da Lei n. 10.887/2004, a contribuição da União (22% sobre a folha de salários) – empregadora -, assim como acontece com todos os demais trabalhadores do Brasil, deve ser somada ao patrimônio constituído pelo servidor – trabalhador.

    Dessa forma, o valor total de contribuições previdenciárias de um juiz federal, ao longo de 1 (um) ano, totaliza o montante de R$ 144.526,28.

    Diante disso, o juiz federal que ingressar no cargo com 25 anos de idade e contribuir até os 60 anos (idade mínima para se aposentar atualmente), contribui para o Regime Próprio de sua aposentadoria com a quantia de R$ 5.058,419,87, somente de capital, sem a atualização monetária e sem a incidência de juros de remuneração.

    Relevante ao debate esclarecer que se esse valor fosse aplicado, durante o período de contribuição necessário para a aposentadoria - 35 anos -, em títulos públicos "Tesouro IPCA + Com Juros Semestrais 2050", cujo rendimento é de 4,46% a.a (fonte: site tesouro.fazenda.gov.br), alcançaria o montante final de R$ 11.682.726,68. Essa, portanto, é a “reserva previdenciária” dos magistrados federais esmiuçada em números fundados no ordenamento jurídico pátrio vigente.

    Considerando-se que a expectativa de sobrevida esperada de um sexagenário no Brasil é de 22,3 anos, apenas a reserva previdenciária acima é suficiente para pagar a aposentadoria desse juiz federal, sem considerar os juros que esse montante iria produzir a partir da data da sua implantação.

    A bem da verdade, os magistrados federais dificilmente se aposentam com 60 anos, havendo uma tendência de adiar o pedido de aposentadoria, em virtude do recebimento do abono de permanência, bem como da perda remuneratória. Assim, considerando a idade compulsória de 75 anos, os valores nominais arrecadados seriam de R$ 7.226.314,10, com a possibilidade de pagar por dez anos (sobrevida até os 85 anos) uma aposentadoria de R$ 58.650,49.

    Além disso, por desinformação ou desonestidade intelectual, o estudo publicado considera generalizadamente a média salarial de um desembargador, quando apenas a minoria dos juízes se aposenta nesse cargo, via promoção.

    Saliente-se, mais uma vez, que o juiz aposentado ou seu dependente ainda permanece contribuindo para o Sistema Previdenciário com alíquota de 11% sobre o valor que ultrapassa o teto do Regime Geral de Previdência Social (atualmente, R$ 5.839,45).

    Registre-se que somente têm direito à integralidade (ou seja, direito de receber o mesmo salário da ativa) os servidores que ingressaram no serviço público até o ano de 2003.

    Para os que ingressaram depois da Emenda Constitucional n. 41/2003 o cálculo do benefício previdenciário será feito com base na média dos salários de contribuição.

    A magistratura federal é superavitária. Em 2016, a magistratura federal contava com 2.301 ativos, 268 aposentados e 85 pensionistas. A receita das contribuições dos magistrados e da União foi de, aproximadamente, R$ 203,09 milhões para os ativos e R$ 10,87 milhões para os inativos e pensionistas – eis que somente os servidores públicos continuam a recolher contribuição previdenciária mesmo estando aposentados -, totalizando a receita previdenciária aproximada de R$ 213,96 milhões. Por outro lado, o gasto com inativos e pensionistas foi de R$ 98,832 milhões, havendo por isso um superávit em torno de 116% em 2016.

    Por fim, aqueles que ingressaram no Judiciário Federal a partir de 14.10.2013 estarão sujeitos ao teto do Regime Geral de Previdência Social, podendo aderir de forma facultativa ao regime de previdência complementar.
    Obs: A questão trabalhada pela desgraceira da esquerda se inseriu inclusive nos pseudos conservadores seja na instrumentalização da luta de classes - rótulos, etc., daí o uso "apropriado" do título de privilegiados q os esquerdozóides e na continuação com os liberazóides conseguiram imprimir na classe média trabalhadora q é essencialmente os servidores.
    Protocol
    Protocol
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 499
    Reputação : 50
    Data de inscrição : 01/06/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Protocol Seg 29 Abr 2019, 10:39 pm

    ale1969 escreveu:
    Jubilando escreveu:Por isso estamos nessa ladeira abaixo da nossa carreira.
    Colegas se xingam e se acham um mais do que o outro.
    Desunião total.


    Essa é a parte mais cruel do processo de alienação de classe na sociedade brasileira. A vitória do individualismo absoluto sobre o coletivismo solidário. Continuo na resistência.

    Eu, ao contrário, não sou resistência.

    Torço que os governos, Federal, do RS, e municipal tenham o máximo êxito em produzir ganhos sociais e particularmente farei o que estiver ao meu alcance para colaborar.

    No entanto, apoiar as boas medidas não é chancelar as ruins.

    E é isso que me incomoda na modalidade de "resistência" adotada pelos partidos de oposição ao governo, pois não propõe nada de concreto e não dialoga verdadeiramente, ao menos é a impressão que tenho.
    MADUREIRAROM
    MADUREIRAROM
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 52
    Reputação : 6
    Data de inscrição : 10/06/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por MADUREIRAROM Ter 30 Abr 2019, 10:12 am

    Você não entendeu ou se fez de desentendido!! Um salário mínimo não dá pra alimentar uma família, e reafirmo não é nada não apenas pra mim más para aqueles que ganham este valor! O ministro PG quer exatamente levar os aposentados para este patamar mínimo, que agora será mais mínimo ainda com a alteração dos critérios de reajuste!! A idéia é aumentar a pobreza em nome de uma economia de um TRILHÃO que não se sabe se irá retornar para esta população que não tem como comprar medicamentos que são caros! Não há nenhuma movimentação real do governo para melhorar acesso a saúde, as ações pela educação se resume a acabar com cursos de filosofia, citar um slogan de campanha e a filmar professores para intimidá-los, nenhuma proposta concreta para melhorar o ensino!! A inflação subiu, desemprego subiu e o governo apenas preocupado em calar a boca dos que ousam criticar, estão perdendo a oportunidade como o PT perdeu de manter a população do lado governista!!
    Korgano Masaka
    Korgano Masaka
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 1638
    Reputação : 73
    Data de inscrição : 29/07/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Korgano Masaka Ter 30 Abr 2019, 11:20 am

    MADUREIRAROM escreveu:Você não entendeu ou se fez de desentendido!! Um salário mínimo não dá pra alimentar uma família, e reafirmo não é nada não apenas pra mim más para aqueles que ganham este valor! O ministro PG quer exatamente levar os aposentados para este patamar mínimo, que agora será mais mínimo ainda com a alteração dos critérios de reajuste!! A idéia é aumentar a pobreza em nome de uma economia de um TRILHÃO que não se sabe se irá retornar para esta população que não tem como comprar medicamentos que são caros! Não há nenhuma movimentação real do governo para melhorar acesso a saúde, as ações pela educação se resume a acabar com cursos de filosofia, citar um slogan de campanha e a filmar professores para intimidá-los, nenhuma proposta concreta para melhorar o ensino!! A inflação subiu, desemprego subiu e o governo apenas preocupado em calar a boca dos que ousam criticar, estão perdendo a oportunidade como o PT perdeu de manter a população do lado governista!!  

    hehehehehe...quanto malabarismo para defender aposentadoria de R$ 40 mil de togadão....Os mais pobres (que são a maioria) não serão afetados pela reforma, somente a casta de servidores que ganham acima de R$ 20 mil é quem sofrerão mais com ela.
    Os mais pobre sofrerão se a reforma não acontecer, pois a previdência entrará em colapso e os aposentados não receberão suas pensões. Os servidores do carreirão, como nós, também sofrerão, pois nem salário corremos o risco de receber (RJ é o exemplo disso).
    euvoltei
    euvoltei
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2024
    Reputação : 204
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por euvoltei Ter 30 Abr 2019, 1:27 pm

    MADUREIRAROM escreveu:Você não entendeu ou se fez de desentendido!! Um salário mínimo não dá pra alimentar uma família, e reafirmo não é nada não apenas pra mim más para aqueles que ganham este valor! O ministro PG quer exatamente levar os aposentados para este patamar mínimo, que agora será mais mínimo ainda com a alteração dos critérios de reajuste!! A idéia é aumentar a pobreza em nome de uma economia de um TRILHÃO que não se sabe se irá retornar para esta população que não tem como comprar medicamentos que são caros! Não há nenhuma movimentação real do governo para melhorar acesso a saúde, as ações pela educação se resume a acabar com cursos de filosofia, citar um slogan de campanha e a filmar professores para intimidá-los, nenhuma proposta concreta para melhorar o ensino!! A inflação subiu, desemprego subiu e o governo apenas preocupado em calar a boca dos que ousam criticar, estão perdendo a oportunidade como o PT perdeu de manter a população do lado governista!!  

    Filmar professor?? Ué, quem não deve não teme...

    Duvido muito que quem está ensinando matemática, física, biologia, etc sem falar de política está preocupado...
    avatar
    hs007
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 221
    Reputação : 32
    Data de inscrição : 15/06/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por hs007 Ter 30 Abr 2019, 2:46 pm

    euvoltei escreveu:
    MADUREIRAROM escreveu:Você não entendeu ou se fez de desentendido!! Um salário mínimo não dá pra alimentar uma família, e reafirmo não é nada não apenas pra mim más para aqueles que ganham este valor! O ministro PG quer exatamente levar os aposentados para este patamar mínimo, que agora será mais mínimo ainda com a alteração dos critérios de reajuste!! A idéia é aumentar a pobreza em nome de uma economia de um TRILHÃO que não se sabe se irá retornar para esta população que não tem como comprar medicamentos que são caros! Não há nenhuma movimentação real do governo para melhorar acesso a saúde, as ações pela educação se resume a acabar com cursos de filosofia, citar um slogan de campanha e a filmar professores para intimidá-los, nenhuma proposta concreta para melhorar o ensino!! A inflação subiu, desemprego subiu e o governo apenas preocupado em calar a boca dos que ousam criticar, estão perdendo a oportunidade como o PT perdeu de manter a população do lado governista!!  

    Filmar professor?? Ué, quem não deve não teme...

    Duvido muito que quem está ensinando matemática, física, biologia, etc sem falar de política está preocupado...

    Concordo! Fanatismo petralha é uma praga mesmo.
    anuvenzinha
    anuvenzinha
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : ANALISTA
    Mensagens : 1445
    Reputação : 214
    Data de inscrição : 19/12/2014

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por anuvenzinha Ter 30 Abr 2019, 3:17 pm

    Professor tem q ser filmado, sim! Já qto a reforma só quem está com o pé na cova ou não está no seu juízo perfeito pode apoiar, na condição de servidor, uma monstruosidade dessas capitalizada pelo eixo dos liberais e maçons sendo q não podemos esquecer q parte dela inclusive a pensão foi advinda da esquerda via Dilmanta e Larápio, porém mto mais amena do q esse estrupício por não ter esse lance de desconstitucionalização e capitalização!

    Arrocho nos benefícios

    A reforma traz mudanças que prejudicarão diretamente os aposentados e pensionistas. A primeira delas tem a ver com a proposta de “desconstitucionalização da Previdência” existente na PEC 06/2019 (o projeto da reforma enviado ao Congresso).
    Pela medida, todas as regras sobre a aposentadoria e a Previdência Social deixariam de constar na Constituição Federal e as alterações no regime previdenciário poderão ser feitas por meio de leis complementares, que são mais fáceis de serem aprovadas no Congresso.
    Com isso, seriam retiradas da Constituição as garantias de questões como a idade mínima de aposentadoria, regra de cálculo e reajuste dos benefícios, tempo de contribuição, carência e limites dos benefícios.
    O governo poderá, por exemplo, acabar mais facilmente com o reajuste anual das aposentadorias ou desvincular o valor do salário mínimo, medidas que já declarou estar em seus planos. Ou seja, haverá redução no valor dos benefícios, que serão ainda mais arrochados.


    BPC (Já alterado essa monstruosidade por cta das manifestações)

    As mudanças no BPC (Benefício de Prestação Continuada) pago a idosos de baixa renda significarão redução do valor. A partir dos 60 anos serão pagos míseros R$ 400 e somente aos 70 anos será um salário mínimo (R$ 998), valor que é pago atualmente.
    Outro ataque aos aposentados é o confisco do FGTS daqueles que continuam trabalhando. O aposentado que continuou trabalhando por que precisa complementar a renda (afinal, a maioria ganha até dois salários mínimos) não terá mais direito ao depósito do FGTS e à multa de 40% quando fizer a rescisão.


    Acúmulo de benefícios e pensões por morte

    As mudanças nas regras sobre acúmulo de benefícios e pensões por morte também terão consequências para os trabalhadores aposentados, principalmente quando forem considerados juntos.
    A reforma restringe o acúmulo de benefícios e prevê que o segurado terá de escolher o de maior valor e, para receber o segundo benefício, haverá uma redução no pagamento. No caso das pensões, a reforma estabelece que o valor será de 50% do total que era recebido pelo cônjuge que faleceu mais 10% por dependente.
    No caso de uma aposentada que recebe menos que o marido, isso pode significar redução no valor da pensão e no da própria aposentadoria.
    Se considerarmos, por exemplo, um casal sem filhos em que a mulher ganha R$ 1.800 e o marido, R$ 4 mil. Caso ele morresse, a pensão não será mais de 100% como é hoje e seria de apenas 60% de seu salário. A mulher teria então direito a receber R$ 2.400.
    Como as regras pretendem limitar o acúmulo de benefícios, a mulher teria de escolher o de maior valor, que seria a pensão de R$ 2.400. O benefício restante, a aposentadoria de R$ 1.800, teria desconto de acordo com as faixas salariais. Aplicando os percentuais previstos na reforma, a aposentadoria seria de R$ 1.279,60.


    Obviedade: Capitalização será a falência da atual Previdência

    Outra grave ameaça aos aposentados é a proposta de criação do Regime de Capitalização, pois isso significará a privatização da Previdência e a falência do sistema atual.
    O regime de repartição que rege atualmente a Previdência no Brasil é social e público. Trabalhadores, governo e empresas participam e a contribuição de uma geração garante a aposentadoria da outra, numa garantia de que os trabalhadores ao se aposentarem terão garantido seu benefício.
    No sistema de capitalização, ao contrário, o trabalhador passa a pagar uma espécie de poupança individual para bancos e fundos de pensão privados. Nem empresa, nem governos pagam, e não há garantia de pagamento de um benefício mínimo. O dinheiro do trabalhador passa a ser utilizado pelos bancos e fundos de pensão para especulação.
    Para os trabalhadores que serão obrigados a aderir esse sistema, não haverá garantia de que receberão benefícios no futuro. Em países onde foi adotada, a mudança foi um fracasso que resultou em calotes nos trabalhadores ou aposentadorias miseráveis.
    Já para quem já é aposentado correrá o risco de ficar sem receber os benefícios do INSS no futuro, pois a Previdência por repartição deixará de receber recursos dos novos trabalhadores. Aí, sim, a Previdência vai quebrar. Será uma tragédia social de proporções nunca vistas.
    lobodosmares
    lobodosmares
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 173
    Reputação : 33
    Data de inscrição : 30/08/2012

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por lobodosmares Ter 30 Abr 2019, 3:35 pm

    anuvenzinha escreveu:Professor tem q ser filmado, sim!  Já qto a reforma só quem está com o pé na cova ou não está no seu juízo perfeito pode apoiar, na condição de servidor,  uma monstruosidade dessas capitalizada pelo eixo dos liberais e maçons sendo q não podemos esquecer q parte dela inclusive a pensão foi advinda da esquerda via Dilmanta e Larápio, porém mto mais amena do q esse estrupício por não ter esse lance de desconstitucionalização e capitalização!

    Arrocho nos benefícios

    A reforma traz mudanças que prejudicarão diretamente os aposentados e pensionistas. A primeira delas tem a ver com a proposta de “desconstitucionalização da Previdência” existente na PEC 06/2019 (o projeto da reforma enviado ao Congresso).
    Pela medida, todas as regras sobre a aposentadoria e a Previdência Social deixariam de constar na Constituição Federal e as alterações no regime previdenciário poderão ser feitas por meio de leis complementares, que são mais fáceis de serem aprovadas no Congresso.
    Com isso, seriam retiradas da Constituição as garantias de questões como a idade mínima de aposentadoria, regra de cálculo e reajuste dos benefícios, tempo de contribuição, carência e limites dos benefícios.
    O governo poderá, por exemplo, acabar mais facilmente com o reajuste anual das aposentadorias ou desvincular o valor do salário mínimo, medidas que já declarou estar em seus planos. Ou seja, haverá redução no valor dos benefícios, que serão ainda mais arrochados.


    BPC (Já alterado essa monstruosidade por cta das manifestações)

    As mudanças no BPC (Benefício de Prestação Continuada) pago a idosos de baixa renda significarão redução do valor. A partir dos 60 anos serão pagos míseros R$ 400 e somente aos 70 anos será um salário mínimo (R$ 998), valor que é pago atualmente.
    Outro ataque aos aposentados é o confisco do FGTS daqueles que continuam trabalhando. O aposentado que continuou trabalhando por que precisa complementar a renda (afinal, a maioria ganha até dois salários mínimos) não terá mais direito ao depósito do FGTS e à multa de 40% quando fizer a rescisão.


    Acúmulo de benefícios e pensões por morte

    As mudanças nas regras sobre acúmulo de benefícios e pensões por morte também terão consequências para os trabalhadores aposentados, principalmente quando forem considerados juntos.
    A reforma restringe o acúmulo de benefícios e prevê que o segurado terá de escolher o de maior valor e, para receber o segundo benefício, haverá uma redução no pagamento. No caso das pensões, a reforma estabelece que o valor será de 50% do total que era recebido pelo cônjuge que faleceu mais 10% por dependente.
    No caso de uma aposentada que recebe menos que o marido, isso pode significar redução no valor da pensão e no da própria aposentadoria.
    Se considerarmos, por exemplo, um casal sem filhos em que a mulher ganha R$ 1.800 e o marido, R$ 4 mil. Caso ele morresse, a pensão não será mais de 100% como é hoje e seria de apenas 60% de seu salário. A mulher teria então direito a receber R$ 2.400.
    Como as regras pretendem limitar o acúmulo de benefícios, a mulher teria de escolher o de maior valor, que seria a pensão de R$ 2.400. O benefício restante, a aposentadoria de R$ 1.800, teria desconto de acordo com as faixas salariais. Aplicando os percentuais previstos na reforma, a aposentadoria seria de R$ 1.279,60.


    Obviedade: Capitalização será a falência da atual Previdência

    Outra grave ameaça aos aposentados é a proposta de criação do Regime de Capitalização, pois isso significará a privatização da Previdência e a falência do sistema atual.
    O regime de repartição que rege atualmente a Previdência no Brasil é social e público. Trabalhadores, governo e empresas participam e a contribuição de uma geração garante a aposentadoria da outra, numa garantia de que os trabalhadores ao se aposentarem terão garantido seu benefício.
    No sistema de capitalização, ao contrário, o trabalhador passa a pagar uma espécie de poupança individual para bancos e fundos de pensão privados. Nem empresa, nem governos pagam, e não há garantia de pagamento de um benefício mínimo. O dinheiro do trabalhador passa a ser utilizado pelos bancos e fundos de pensão para especulação.
    Para os trabalhadores que serão obrigados a aderir esse sistema, não haverá garantia de que receberão benefícios no futuro. Em países onde foi adotada, a mudança foi um fracasso que resultou em calotes nos trabalhadores ou aposentadorias miseráveis.
    Já para quem já é aposentado correrá o risco de ficar sem receber os benefícios do INSS no futuro, pois a Previdência por repartição deixará de receber recursos dos novos trabalhadores. Aí, sim, a Previdência vai quebrar. Será uma tragédia social de proporções nunca vistas.

    Esse é o terrorismo que a esquerda prega. Menos, bem menos.
    anuvenzinha
    anuvenzinha
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : ANALISTA
    Mensagens : 1445
    Reputação : 214
    Data de inscrição : 19/12/2014

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por anuvenzinha Ter 30 Abr 2019, 3:47 pm

    lobodosmares escreveu:
    anuvenzinha escreveu:Professor tem q ser filmado, sim!  Já qto a reforma só quem está com o pé na cova ou não está no seu juízo perfeito pode apoiar, na condição de servidor,  uma monstruosidade dessas capitalizada pelo eixo dos liberais e maçons sendo q não podemos esquecer q parte dela inclusive a pensão foi advinda da esquerda via Dilmanta e Larápio, porém mto mais amena do q esse estrupício por não ter esse lance de desconstitucionalização e capitalização!

    Arrocho nos benefícios

    A reforma traz mudanças que prejudicarão diretamente os aposentados e pensionistas. A primeira delas tem a ver com a proposta de “desconstitucionalização da Previdência” existente na PEC 06/2019 (o projeto da reforma enviado ao Congresso).
    Pela medida, todas as regras sobre a aposentadoria e a Previdência Social deixariam de constar na Constituição Federal e as alterações no regime previdenciário poderão ser feitas por meio de leis complementares, que são mais fáceis de serem aprovadas no Congresso.
    Com isso, seriam retiradas da Constituição as garantias de questões como a idade mínima de aposentadoria, regra de cálculo e reajuste dos benefícios, tempo de contribuição, carência e limites dos benefícios.
    O governo poderá, por exemplo, acabar mais facilmente com o reajuste anual das aposentadorias ou desvincular o valor do salário mínimo, medidas que já declarou estar em seus planos. Ou seja, haverá redução no valor dos benefícios, que serão ainda mais arrochados.


    BPC (Já alterado essa monstruosidade por cta das manifestações)

    As mudanças no BPC (Benefício de Prestação Continuada) pago a idosos de baixa renda significarão redução do valor. A partir dos 60 anos serão pagos míseros R$ 400 e somente aos 70 anos será um salário mínimo (R$ 998), valor que é pago atualmente.
    Outro ataque aos aposentados é o confisco do FGTS daqueles que continuam trabalhando. O aposentado que continuou trabalhando por que precisa complementar a renda (afinal, a maioria ganha até dois salários mínimos) não terá mais direito ao depósito do FGTS e à multa de 40% quando fizer a rescisão.


    Acúmulo de benefícios e pensões por morte

    As mudanças nas regras sobre acúmulo de benefícios e pensões por morte também terão consequências para os trabalhadores aposentados, principalmente quando forem considerados juntos.
    A reforma restringe o acúmulo de benefícios e prevê que o segurado terá de escolher o de maior valor e, para receber o segundo benefício, haverá uma redução no pagamento. No caso das pensões, a reforma estabelece que o valor será de 50% do total que era recebido pelo cônjuge que faleceu mais 10% por dependente.
    No caso de uma aposentada que recebe menos que o marido, isso pode significar redução no valor da pensão e no da própria aposentadoria.
    Se considerarmos, por exemplo, um casal sem filhos em que a mulher ganha R$ 1.800 e o marido, R$ 4 mil. Caso ele morresse, a pensão não será mais de 100% como é hoje e seria de apenas 60% de seu salário. A mulher teria então direito a receber R$ 2.400.
    Como as regras pretendem limitar o acúmulo de benefícios, a mulher teria de escolher o de maior valor, que seria a pensão de R$ 2.400. O benefício restante, a aposentadoria de R$ 1.800, teria desconto de acordo com as faixas salariais. Aplicando os percentuais previstos na reforma, a aposentadoria seria de R$ 1.279,60.


    Obviedade: Capitalização será a falência da atual Previdência

    Outra grave ameaça aos aposentados é a proposta de criação do Regime de Capitalização, pois isso significará a privatização da Previdência e a falência do sistema atual.
    O regime de repartição que rege atualmente a Previdência no Brasil é social e público. Trabalhadores, governo e empresas participam e a contribuição de uma geração garante a aposentadoria da outra, numa garantia de que os trabalhadores ao se aposentarem terão garantido seu benefício.
    No sistema de capitalização, ao contrário, o trabalhador passa a pagar uma espécie de poupança individual para bancos e fundos de pensão privados. Nem empresa, nem governos pagam, e não há garantia de pagamento de um benefício mínimo. O dinheiro do trabalhador passa a ser utilizado pelos bancos e fundos de pensão para especulação.
    Para os trabalhadores que serão obrigados a aderir esse sistema, não haverá garantia de que receberão benefícios no futuro. Em países onde foi adotada, a mudança foi um fracasso que resultou em calotes nos trabalhadores ou aposentadorias miseráveis.
    Já para quem já é aposentado correrá o risco de ficar sem receber os benefícios do INSS no futuro, pois a Previdência por repartição deixará de receber recursos dos novos trabalhadores. Aí, sim, a Previdência vai quebrar. Será uma tragédia social de proporções nunca vistas.

    Esse é o terrorismo que a esquerda prega. Menos, bem menos.
    Aonde está o terror? No BPC q os maçons já resolveram mudar? Esse é o argumento: terror?? confused
    Korgano Masaka
    Korgano Masaka
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 1638
    Reputação : 73
    Data de inscrição : 29/07/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Korgano Masaka Ter 30 Abr 2019, 4:21 pm

    lobodosmares escreveu:
    anuvenzinha escreveu:Professor tem q ser filmado, sim!  Já qto a reforma só quem está com o pé na cova ou não está no seu juízo perfeito pode apoiar, na condição de servidor,  uma monstruosidade dessas capitalizada pelo eixo dos liberais e maçons sendo q não podemos esquecer q parte dela inclusive a pensão foi advinda da esquerda via Dilmanta e Larápio, porém mto mais amena do q esse estrupício por não ter esse lance de desconstitucionalização e capitalização!

    Arrocho nos benefícios

    A reforma traz mudanças que prejudicarão diretamente os aposentados e pensionistas. A primeira delas tem a ver com a proposta de “desconstitucionalização da Previdência” existente na PEC 06/2019 (o projeto da reforma enviado ao Congresso).
    Pela medida, todas as regras sobre a aposentadoria e a Previdência Social deixariam de constar na Constituição Federal e as alterações no regime previdenciário poderão ser feitas por meio de leis complementares, que são mais fáceis de serem aprovadas no Congresso.
    Com isso, seriam retiradas da Constituição as garantias de questões como a idade mínima de aposentadoria, regra de cálculo e reajuste dos benefícios, tempo de contribuição, carência e limites dos benefícios.
    O governo poderá, por exemplo, acabar mais facilmente com o reajuste anual das aposentadorias ou desvincular o valor do salário mínimo, medidas que já declarou estar em seus planos. Ou seja, haverá redução no valor dos benefícios, que serão ainda mais arrochados.


    BPC (Já alterado essa monstruosidade por cta das manifestações)

    As mudanças no BPC (Benefício de Prestação Continuada) pago a idosos de baixa renda significarão redução do valor. A partir dos 60 anos serão pagos míseros R$ 400 e somente aos 70 anos será um salário mínimo (R$ 998), valor que é pago atualmente.
    Outro ataque aos aposentados é o confisco do FGTS daqueles que continuam trabalhando. O aposentado que continuou trabalhando por que precisa complementar a renda (afinal, a maioria ganha até dois salários mínimos) não terá mais direito ao depósito do FGTS e à multa de 40% quando fizer a rescisão.


    Acúmulo de benefícios e pensões por morte

    As mudanças nas regras sobre acúmulo de benefícios e pensões por morte também terão consequências para os trabalhadores aposentados, principalmente quando forem considerados juntos.
    A reforma restringe o acúmulo de benefícios e prevê que o segurado terá de escolher o de maior valor e, para receber o segundo benefício, haverá uma redução no pagamento. No caso das pensões, a reforma estabelece que o valor será de 50% do total que era recebido pelo cônjuge que faleceu mais 10% por dependente.
    No caso de uma aposentada que recebe menos que o marido, isso pode significar redução no valor da pensão e no da própria aposentadoria.
    Se considerarmos, por exemplo, um casal sem filhos em que a mulher ganha R$ 1.800 e o marido, R$ 4 mil. Caso ele morresse, a pensão não será mais de 100% como é hoje e seria de apenas 60% de seu salário. A mulher teria então direito a receber R$ 2.400.
    Como as regras pretendem limitar o acúmulo de benefícios, a mulher teria de escolher o de maior valor, que seria a pensão de R$ 2.400. O benefício restante, a aposentadoria de R$ 1.800, teria desconto de acordo com as faixas salariais. Aplicando os percentuais previstos na reforma, a aposentadoria seria de R$ 1.279,60.


    Obviedade: Capitalização será a falência da atual Previdência

    Outra grave ameaça aos aposentados é a proposta de criação do Regime de Capitalização, pois isso significará a privatização da Previdência e a falência do sistema atual.
    O regime de repartição que rege atualmente a Previdência no Brasil é social e público. Trabalhadores, governo e empresas participam e a contribuição de uma geração garante a aposentadoria da outra, numa garantia de que os trabalhadores ao se aposentarem terão garantido seu benefício.
    No sistema de capitalização, ao contrário, o trabalhador passa a pagar uma espécie de poupança individual para bancos e fundos de pensão privados. Nem empresa, nem governos pagam, e não há garantia de pagamento de um benefício mínimo. O dinheiro do trabalhador passa a ser utilizado pelos bancos e fundos de pensão para especulação.
    Para os trabalhadores que serão obrigados a aderir esse sistema, não haverá garantia de que receberão benefícios no futuro. Em países onde foi adotada, a mudança foi um fracasso que resultou em calotes nos trabalhadores ou aposentadorias miseráveis.
    Já para quem já é aposentado correrá o risco de ficar sem receber os benefícios do INSS no futuro, pois a Previdência por repartição deixará de receber recursos dos novos trabalhadores. Aí, sim, a Previdência vai quebrar. Será uma tragédia social de proporções nunca vistas.

    Esse é o terrorismo que a esquerda prega. Menos, bem menos.

    Com certeza. Terror será a previdência entrar em colapso e os aposentados ficarem sem receber se não houver reforma.
    Incrível como os esquerdistas estão defendendo aqui a aposentadoria dos togadões que ganham mais de R$ 40 mil por mês...
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7835
    Reputação : 594
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Galizezin Ter 30 Abr 2019, 4:37 pm

    cada um faz sua parte de convencimento, pouco importando a verdade real das informações. exaustivamente já foi comprovado que o governo mente quando apresenta números. essa última nota dos juízes apenas corrobora que governo é falacioso, tudo para aprovar a reforma dos sonhos do neoliberal posto ipiranga, que deseja ardentemente lançar na lona os aposentados brasileiros. eu digo sempre que os ignorantes irão pagar o preço de sua ignorância, e a conta vem, seja a médio ou longo prazo, ela vem...


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    androsvilazza
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2761
    Reputação : 522
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por androsvilazza Ter 30 Abr 2019, 4:48 pm

    Galizezin escreveu:cada um faz sua parte de convencimento, pouco importando a verdade real das informações. exaustivamente já foi comprovado que o governo mente quando apresenta números. essa última nota dos juízes apenas corrobora que governo é falacioso, tudo para aprovar a reforma dos sonhos do neoliberal posto ipiranga, que deseja ardentemente lançar na lona os aposentados brasileiros. eu digo sempre que os ignorantes irão pagar o preço de sua ignorância, e a conta vem, seja a médio ou longo prazo, ela vem...

    Sabia que alguém ia levar a sério a esdrúxula nota do sindicato de juízes Laughing Laughing

    Juiz tem fama de não se dar bem com cálculos;

    Sindicalistas são conhecidos por serem péssimos com números e, quando se dão ao trabalho de fazer contas, o fazem com distorções e incorreções grotescas;

    A fusão dos dois mundos, em um "sindicato de juízes" só poderia resultar em coisas como essa nota travestida de técnica, cheia de atecnicidades e impropriedades óbvias (pra não dizer má-fé) memelol

    Baita vergonha alheia!
    Korgano Masaka
    Korgano Masaka
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 1638
    Reputação : 73
    Data de inscrição : 29/07/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Korgano Masaka Ter 30 Abr 2019, 4:50 pm

    Galizezin escreveu:cada um faz sua parte de convencimento, pouco importando a verdade real das informações. exaustivamente já foi comprovado que o governo mente quando apresenta números. essa última nota dos juízes apenas corrobora que governo é falacioso, tudo para aprovar a reforma dos sonhos do neoliberal posto ipiranga, que deseja ardentemente lançar na lona os aposentados brasileiros. eu digo sempre que os ignorantes irão pagar o preço de sua ignorância, e a conta vem, seja a médio ou longo prazo, ela vem...

    Até tu defendendo aposentadoria de togadão que ganha mais de R$ 40 mil? Com dados falaciosos de sindicato de juiz? Pelo amor de Deus, colega....
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7835
    Reputação : 594
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Galizezin Ter 30 Abr 2019, 5:00 pm

    Korgano Masaka escreveu:
    Galizezin escreveu:cada um faz sua parte de convencimento, pouco importando a verdade real das informações. exaustivamente já foi comprovado que o governo mente quando apresenta números. essa última nota dos juízes apenas corrobora que governo é falacioso, tudo para aprovar a reforma dos sonhos do neoliberal posto ipiranga, que deseja ardentemente lançar na lona os aposentados brasileiros. eu digo sempre que os ignorantes irão pagar o preço de sua ignorância, e a conta vem, seja a médio ou longo prazo, ela vem...

    Até tu defendendo aposentadoria de togadão que ganha mais de R$ 40 mil? Com dados falaciosos de sindicato de juiz? Pelo amor de Deus, colega....

    sem-vergonhice sem limites é dizer que as contas do governo estão corretas, quando o próprio anuncia que de fato não estão, estão sim escondendo da nação os números. não é bem um tri, é um tri e meio. semvergonhice é dizer que A ou B contribuem com X valor, e que isso não é suficiente, querendo implementar alíquota de 22% para que a própria pessoa pague a parte que é do empresário e do governo. como já disse, o ignorante se enrola na própria ignorância.


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    euvoltei
    euvoltei
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2024
    Reputação : 204
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por euvoltei Ter 30 Abr 2019, 8:02 pm

    Galizezin escreveu:
    Korgano Masaka escreveu:
    Galizezin escreveu:cada um faz sua parte de convencimento, pouco importando a verdade real das informações. exaustivamente já foi comprovado que o governo mente quando apresenta números. essa última nota dos juízes apenas corrobora que governo é falacioso, tudo para aprovar a reforma dos sonhos do neoliberal posto ipiranga, que deseja ardentemente lançar na lona os aposentados brasileiros. eu digo sempre que os ignorantes irão pagar o preço de sua ignorância, e a conta vem, seja a médio ou longo prazo, ela vem...

    Até tu defendendo aposentadoria de togadão que ganha mais de R$ 40 mil? Com dados falaciosos de sindicato de juiz? Pelo amor de Deus, colega....

    sem-vergonhice sem limites é dizer que as contas do governo estão corretas, quando o próprio anuncia que de fato não estão, estão sim escondendo da nação os números. não é bem um tri, é um tri e meio. semvergonhice é dizer que A ou B contribuem com X valor, e que isso não é suficiente, querendo implementar alíquota de 22% para que a própria pessoa pague a parte que é do empresário e do governo. como já disse, o ignorante se enrola na própria ignorância.

    Você tá igual a Ivete Sangalo,.... paga de modernona nos costumes mas no meio do show ao ver o marido animadinho com outra não titubeou em reclamar no microfone "QUEM É ESSA AÌ PAPAI?".....


    Conteúdo patrocinado

    Reforma da Previdência (versão 2019) - Página 22 Empty Re: Reforma da Previdência (versão 2019)

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qua 08 Dez 2021, 9:17 pm