PCS JÁ

PCS JÁ



    Novo PCS

    anuvenzinha
    anuvenzinha
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : ANALISTA
    Mensagens : 1412
    Reputação : 212
    Data de inscrição : 19/12/2014

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por anuvenzinha Sex 13 Set 2019, 2:20 pm

    RicardoMII escreveu:Precisa ver de onde vai sair a grana pra pagar essa brincadeira.

    Como assim brincadeira?? Eu torço para q seja implementado apesar de estar atrelado a disponibilidades financeiras mas ao contrário q o colega Fireball falou supra não acredito q os togados consigam implementar nos respectivos tribunais percentuais diferenciados dos servidores.
    ale1969
    ale1969
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1485
    Reputação : 156
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por ale1969 Sex 13 Set 2019, 2:42 pm

    The Punisher escreveu:Paaau no rabo dos petistas! E quando apologia ao comunismo for crime tem um monte de viadinho aqui pra virar mocinha no xilindró :evil2:


    :trollface:


    Uuuui, assim volto a ser petista, fofinho....
    ale1969
    ale1969
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1485
    Reputação : 156
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por ale1969 Sex 13 Set 2019, 2:47 pm

    Bastião escreveu:
    MarcelinoTRE escreveu:Entro mais no fórum para acompanhar este tópico.
    Triste ver que os idiotas fanáticos (esquerdos x direitos) estão migrando as mensagens do tópico de assuntos gerais pra cá tbm...

    Obs.: se a carapuça serviu ou não gostou, não responda, apenas vá tomar no seu cool.

    Como não vou tomar no cool, apenas lhe respondo: vc tem razão, mesmo sendo malcriadinho. Na realidade nem me toquei no título deste tópico, afinal, "novo PCS" é que nem pote do ouro no fim do arco íris.


    Exato, aliás o fórum deveria trocar de nome, de "PCS já" para "PCS nunca mais". Pelo menos enquanto a "Pec da Morte" estiver valendo.
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7709
    Reputação : 572
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por Galizezin Sex 13 Set 2019, 10:26 pm

    a equipe da reforma administrativa está fechada! bolsonaro & posto ipiranga, toffoli, alcolumbre, maia e aras.


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    VadeMekum
    VadeMekum
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1307
    Reputação : 192
    Data de inscrição : 11/05/2015

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por VadeMekum Sab 14 Set 2019, 10:56 am

    Se isso ocorre, a culpa eh de quem elege os integrantes das Casas Legislativas ueh.

    Por que o Sr. Presidente indica, de seu livre arbítrio, quem pode denunciar a si e os parlamentares (PGR), bem como os q irão julga-lo (STF)?

    Resposta, pq está previsto na CF.

    E quem que pode alterar isso?

    Resposta: os parlamentares cujas rasas ideologias políticas tantos lambem e por elas se digladiam aqui.

    E quando q os parlamentares destros, canhotos e ambidestros cujas ideologias tanto aqui sao babadas pelos pseudointelectuais terão interesse em mudar isso?

    Resposta:........................................

    Dica: peça ao/s seu/s político/s de estimação que proponham, aprovem e promulguem uma PEC que permita que agentes políticos, seja quais forem, sejam denunciados e julgados apenas por membros de carreira da promotoria e magistratura, bem como, que essa PEC revogue a indicação política para tais cargos em Tribunais de Segunda Instância, bem como nos Superiores.
    euvoltei
    euvoltei
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1953
    Reputação : 190
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por euvoltei Sab 14 Set 2019, 12:38 pm

    VadeMekum escreveu:Se isso ocorre, a culpa eh de quem elege os integrantes das Casas Legislativas ueh.

    Por que o Sr. Presidente indica, de seu livre arbítrio, quem pode denunciar a si e os parlamentares (PGR), bem como os q irão julga-lo (STF)?

    Resposta, pq está previsto na CF.

    E quem que pode alterar isso?

    Resposta: os parlamentares cujas rasas ideologias políticas tantos lambem e por elas se digladiam aqui.

    E quando q os parlamentares destros, canhotos e ambidestros cujas ideologias tanto aqui sao babadas pelos pseudointelectuais terão interesse em mudar isso?

    Resposta:........................................

    Dica: peça ao/s seu/s político/s de estimação que proponham, aprovem e promulguem uma PEC que permita que agentes políticos, seja quais forem, sejam denunciados e julgados apenas por membros de carreira da promotoria e magistratura, bem como, que essa PEC revogue a indicação política para tais cargos em Tribunais de Segunda Instância, bem como nos Superiores.

    A burocracia é que vai mandar no país???
    Faz concurso, entra na burocracia, cresce na burocracia comanda o país... É isso??

    E o povo? Ah, manda a conta que eles pagam, melhor eles não se meterem nisso elegendo ninguém direta nem indiretamente para interferir na burocracia....
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7709
    Reputação : 572
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por Galizezin Seg 16 Set 2019, 9:32 am

    Órgãos do Judiciário têm de cortar até estagiários

    A partir de 2020, os outros Poderes não vão mais poder contar com compensação federal para bancar contas acima do teto de gastos

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    Fireball
    Fireball
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 755
    Reputação : 31
    Data de inscrição : 10/06/2015

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por Fireball Seg 16 Set 2019, 10:02 am

    Alguém imagina da onde sairá o dinheiro para pagar o auxílio-saúde de 10% para os majuras?
    lobodosmares
    lobodosmares
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 172
    Reputação : 33
    Data de inscrição : 30/08/2012

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por lobodosmares Seg 16 Set 2019, 10:20 am

    Já ganhamos salário absurdo, não precisamos de reajuste por um tempo, da pra aguentar.

    Quem acha que ta ruim, simples, pede as contas.
    OU MELHOR, arranje 1 jeito de ganhar dinheiro extra. Faça bicos (Uber, salgados, comida, marmita, suco, reduza despesas, tire o filho da escola particular, corte inglês, tenha 1 carro mais em conta). Já ganhamos bem demais e temos é que agradecer por sermos uma casta privilegiada.
    Quem não tem as contas em dias, na boa, é desorganizado. Porque com nosso salário dá.
    sprg4
    sprg4
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 434
    Reputação : 34
    Data de inscrição : 01/06/2015

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por sprg4 Seg 16 Set 2019, 10:37 am

    lobodosmares escreveu:Já ganhamos salário absurdo, não precisamos de reajuste por um tempo, da pra aguentar.

    Quem acha que ta ruim, simples, pede as contas.
    OU MELHOR, arranje 1 jeito de ganhar dinheiro extra. Faça bicos (Uber, salgados, comida, marmita, suco, reduza despesas, tire o filho da escola particular, corte inglês, tenha 1 carro mais em conta). Já ganhamos bem demais e temos é que agradecer por sermos uma casta privilegiada.
    Quem não tem as contas em dias, na boa, é desorganizado. Porque com nosso salário dá.

    Cada um sabe a realidade que vive, colega. Eu sou extremamente organizado financeiramente, mas n é por isso que vou e nem quero abrir mão de um direito constitucional que é a reposição inflacionária. Não tenho culpa de ganhar um salário "absurdo", foi o próprio governo que me ofereceu, portanto que arque com sua falta de responsabilidade.

    Enquanto os nobres congressistas não colaborarem com o ajuste fiscal, abrindo mão de enormes e imorais benefícios, também n quero sacrificar o meu salário que conquistei com muito esforço e mérito. O exemplo vem de cima.
    fairbanks
    fairbanks
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 182
    Reputação : 8
    Data de inscrição : 24/11/2014

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por fairbanks Seg 16 Set 2019, 11:02 am

    Fireball escreveu:Alguém imagina da onde sairá o dinheiro para pagar o auxílio-saúde de 10% para os majuras?

    Bom dia, colega. Onde você viu que seria, apenas, para os Magistrados?
    Korgano Masaka
    Korgano Masaka
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 1638
    Reputação : 73
    Data de inscrição : 29/07/2015

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por Korgano Masaka Seg 16 Set 2019, 11:45 am

    Galizezin escreveu:Órgãos do Judiciário têm de cortar até estagiários

    A partir de 2020, os outros Poderes não vão mais poder contar com compensação federal para bancar contas acima do teto de gastos

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Cortar as verbas indenizatórias dos togadões nem pensar, né...aliás, eles querem mais verbas indenizatórias (livre de impostos) para eles!
    josebarbos
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3315
    Reputação : 432
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por josebarbos Seg 16 Set 2019, 12:00 pm

    Galizezin escreveu:Órgãos do Judiciário têm de cortar até estagiários

    A partir de 2020, os outros Poderes não vão mais poder contar com compensação federal para bancar contas acima do teto de gastos

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Isto não é notícia, visto que há três anos já se sabe como se daria o fim da compensação.
    Korgano Masaka
    Korgano Masaka
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 1638
    Reputação : 73
    Data de inscrição : 29/07/2015

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por Korgano Masaka Seg 16 Set 2019, 12:03 pm

    josebarbos escreveu:
    Galizezin escreveu:Órgãos do Judiciário têm de cortar até estagiários

    A partir de 2020, os outros Poderes não vão mais poder contar com compensação federal para bancar contas acima do teto de gastos

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Isto não é notícia, visto que há três anos já se sabe como se daria o fim da compensação.

    Lembro quando os togadões deixaram a Dilmá botar o pé no orçamento do Judiciário/MPU para dar uma ajuda na "amigona" deles.
    Fireball
    Fireball
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 755
    Reputação : 31
    Data de inscrição : 10/06/2015

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por Fireball Seg 16 Set 2019, 2:02 pm

    fairbanks escreveu:
    Fireball escreveu:Alguém imagina da onde sairá o dinheiro para pagar o auxílio-saúde de 10% para os majuras?

    Bom dia, colega. Onde você viu que seria, apenas, para os Magistrados?

    Sonha que será pra servidor.

    Isso ai veio pra sanar um problema específico, o teto.
    lobodosmares
    lobodosmares
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 172
    Reputação : 33
    Data de inscrição : 30/08/2012

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por lobodosmares Seg 16 Set 2019, 2:20 pm

    Fireball escreveu:
    fairbanks escreveu:
    Fireball escreveu:Alguém imagina da onde sairá o dinheiro para pagar o auxílio-saúde de 10% para os majuras?

    Bom dia, colega. Onde você viu que seria, apenas, para os Magistrados?

    Sonha que será pra servidor.

    Isso ai veio pra sanar um problema específico, o teto.

    INCLUIRÁ SERVIDORES E MAGISTRADOS.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por Convidado Seg 16 Set 2019, 2:30 pm

    lobodosmares escreveu:Já ganhamos salário absurdo, não precisamos de reajuste por um tempo, da pra aguentar.

    Quem acha que ta ruim, simples, pede as contas.
    OU MELHOR, arranje 1 jeito de ganhar dinheiro extra. Faça bicos (Uber, salgados, comida, marmita, suco, reduza despesas, tire o filho da escola particular, corte inglês, tenha 1 carro mais em conta). Já ganhamos bem demais e temos é que agradecer por sermos uma casta privilegiada.
    Quem não tem as contas em dias, na boa, é desorganizado. Porque com nosso salário dá.

    Eu discordo frontalmente de que ganhamos bem demais.

    Há cargos e cargos, visões de mundo diferentes, padrões de vida diferentes.

    Hoje um Técnico começo de carreira paga aproximadamente 7 mil (descontando os impostos fica um pouco acima de 5 mil). Você acha isso muito? Veja, eu não digo isso levando em conta o que um técnico médio faz na iniciativa privada, mas pela realidade do Judiciário, que é totalmente diferente. Sem medo de errar, mais de 80% dos técnicos possuem nível superior em Direito, exercendo diretamente atividade fim do órgão.

    Eu, por exemplo, sou técnico de TI, formado em engenharia e direito, pós e vasta experiência. Meu salário de Técnico é bem razoável pelo que eu faço. São valores que a área de TI do mercado privado está pagando igual ou até mais. A única vantagem que ainda me prende ao serviço público são a estabilidade e o maior tempo que consigo despender com minha família.

    Se a resposta para o problema financeiro de todo mundo for fazer bico como você disse, então vamos precarizar e terceirizar o serviço público de uma vez. Tenho um exemplo muito prático disso. Conheço a realidade da defensoria pública do meu Estado, que é composta 100% por terceirizados no apoio (não há carreira). É uma lástima no atendimento e na prestação do serviço. Se quisermos isso para o Judiciário, então que seja. Caso contrário, se quisermos que nosso trabalho seja valorizado, e em última análise o Judiciário Federal mantenha o seu nível de excelência, então penso que devemos lutar para recebermos uma remuneração minimamente digna.

    Cuidado para não morder esse discurso fácil que servidor ganha muito. A carreira é extremamente engessada. Não podemos advogar, montar empresa, não há distribuição de lucros, as progressões são lentas. Enfim, é um o salário e ponto final. O crescimento profissional e as possibilidades de ascensão são mínimos.

    Existem duas opções: podemos tentar modernizar a carreira sem reduzir os salários ou então seguimos com esse seu discurso de precarização do trabalho.


    Última edição por tec.tre em Seg 16 Set 2019, 2:38 pm, editado 1 vez(es)
    Korgano Masaka
    Korgano Masaka
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Técnico do MPU
    Mensagens : 1638
    Reputação : 73
    Data de inscrição : 29/07/2015

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por Korgano Masaka Seg 16 Set 2019, 2:31 pm

    lobodosmares escreveu:
    Fireball escreveu:
    fairbanks escreveu:
    Fireball escreveu:Alguém imagina da onde sairá o dinheiro para pagar o auxílio-saúde de 10% para os majuras?

    Bom dia, colega. Onde você viu que seria, apenas, para os Magistrados?

    Sonha que será pra servidor.

    Isso ai veio pra sanar um problema específico, o teto.

    INCLUIRÁ SERVIDORES E MAGISTRADOS.

    Só se mandarem todos terceirizados para a rua!
    androsvilazza
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2684
    Reputação : 508
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por androsvilazza Seg 16 Set 2019, 2:39 pm

    Fireball escreveu:
    fairbanks escreveu:
    Fireball escreveu:Alguém imagina da onde sairá o dinheiro para pagar o auxílio-saúde de 10% para os majuras?

    Bom dia, colega. Onde você viu que seria, apenas, para os Magistrados?

    Sonha que será pra servidor.

    Isso ai veio pra sanar um problema específico, o teto.

    Não resolve o problema do teto, já que ele se aplica ao orçamento como um todo (pessoal + custeio + investimento). Por outro lado, permite a concessão de "aumentos" indiretos, abrindo a possibilidade de se remanejar verbas de custeio/investimento para o pagamento dos referidos auxílios na via administrativa, sem precisar de autorização legislativa.

    Se a intenção fosse conceder um aumento direto, a dificuldade seria bem maior, já que exige adequação aos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal (muitos tribunais e MPs estão próximos ou acima do limite), e aprovação de projeto de lei no legislativo nesse momento de discursos pró-enxugamento dos orçamentos.

    A propósito, é uma baita ilusão acreditar que o benefício seria criado para os servidores nos limites autorizados pelo CNJ (até 10% do subsídio de juiz substituto). No máximo (e isso nos locais onde a administração se preocupe em garantir um tratamento minimamente "equânime" a magistrados e servidores), serão impostos limites proporcionais aos vencimentos de cada cargo, após estudos orçamentários. Por exemplo, para os magistrados, um reembolso com limite de 5 ou 10% do subsídio de juiz substituto; para os servidores, um reembolso com limite de 5 ou 10% (mesmo índice) do valor base de determinado nível (primeiro ou último) da carreira de analista (podendo, para os servidores, haver uma subdivisão entre técnicos e analistas, cada qual recebendo um reembolso percentual do primeiro ou último nível da respectiva tabela). O que definiria os "detalhes" - qual tabela valeria, quais índices-limites seriam aplicados - seria a disponibilidade de remanejamento orçamentário de cada órgão. O que o CNJ fez foi, apenas, estipular os limites superiores - abaixo destes limites, "qualquer coisa" é válida.

    Ao fim das contas, para os servidores pode haver uma pequena melhora em relação ao cenário atual, naqueles órgãos em que o auxílio-saúde seja realmente baixo. Mas não é bom manter as esperanças muito em alta, já que qualquer melhora para os servidores terá alto impacto orçamentário, dificultando a concessão de melhorias aos magistrados.

    Acho que o foco agora deve ser mais no sentido de evitar grandes perdas naqueles órgãos em que o auxílio seja favorável (ex.: Plan-assiste do MPU, que já está na alça de mira há algum tempo).
    lobodosmares
    lobodosmares
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 172
    Reputação : 33
    Data de inscrição : 30/08/2012

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por lobodosmares Seg 16 Set 2019, 3:21 pm

    tec.tre escreveu:
    lobodosmares escreveu:Já ganhamos salário absurdo, não precisamos de reajuste por um tempo, da pra aguentar.

    Quem acha que ta ruim, simples, pede as contas.
    OU MELHOR, arranje 1 jeito de ganhar dinheiro extra. Faça bicos (Uber, salgados, comida, marmita, suco, reduza despesas, tire o filho da escola particular, corte inglês, tenha 1 carro mais em conta). Já ganhamos bem demais e temos é que agradecer por sermos uma casta privilegiada.
    Quem não tem as contas em dias, na boa, é desorganizado. Porque com nosso salário dá.

    Eu discordo frontalmente de que ganhamos bem demais.

    Há cargos e cargos, visões de mundo diferentes, padrões de vida diferentes.

    Hoje um Técnico começo de carreira paga aproximadamente 7 mil (descontando os impostos fica um pouco acima de 5 mil). Você acha isso muito? Veja, eu não digo isso levando em conta o que um técnico médio faz na iniciativa privada, mas pela realidade do Judiciário, que é totalmente diferente. Sem medo de errar, mais de 80% dos técnicos possuem nível superior em Direito, exercendo diretamente atividade fim do órgão.

    Eu, por exemplo, sou técnico de TI, formado em engenharia e direito, pós e vasta experiência. Meu salário de Técnico é bem razoável pelo que eu faço. São valores que a área de TI do mercado privado está pagando igual ou até mais. A única vantagem que ainda me prende ao serviço público são a estabilidade e o maior tempo que consigo despender com minha família.

    Se a resposta para o problema financeiro de todo mundo for fazer bico como você disse, então vamos precarizar e terceirizar o serviço público de uma vez. Tenho um exemplo muito prático disso. Conheço a realidade da defensoria pública do meu Estado, que é composta 100% por terceirizados no apoio (não há carreira). É uma lástima no atendimento e na prestação do serviço. Se quisermos isso para o Judiciário, então que seja. Caso contrário, se quisermos que nosso trabalho seja valorizado, e em última análise o Judiciário Federal mantenha o seu nível de excelência, então penso que devemos lutar para recebermos uma remuneração minimamente digna.

    Cuidado para não morder esse discurso fácil que servidor ganha muito. A carreira é extremamente engessada. Não podemos advogar, montar empresa, não há distribuição de lucros, as progressões são lentas. Enfim, é um o salário e ponto final. O crescimento profissional e as possibilidades de ascensão são mínimos.

    Existem duas opções: podemos tentar modernizar a carreira sem reduzir os salários ou então seguimos com esse seu discurso de precarização do trabalho.

    Você está pegando um caso isolado onde o pessoal da área de TI tem salários acima da média no mercado e apenas no Brasil possui mais de 170mil vagas abertas e que não conseguem ser preenchidas.

    ''Hoje um Técnico começo de carreira paga aproximadamente 7 mil''. Não, um técnico já ganha atualmente R$ 8500,00 mensais. Dando líquido em torno e R$ 6300,00. Para um concurso que é de nível médio, o salário é excelente. Não há o que se discutir, mesmo que ele tenha formação em direito, um menino de 18 anos com ensino médio completo é capaz de assumir este cargo. Ensino superior não é obrigação. Nosso serviço é altamente especializado, eu também sou técnico e considero nosso salário muito bom sim. Não estou querendo nivelar por baixo, não sou João "Ameba" pra isso. Acho que a iniciativa privada que paga mal demais
    lobodosmares
    lobodosmares
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 172
    Reputação : 33
    Data de inscrição : 30/08/2012

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por lobodosmares Seg 16 Set 2019, 3:22 pm

    Korgano Masaka escreveu:
    lobodosmares escreveu:
    Fireball escreveu:
    fairbanks escreveu:

    Bom dia, colega. Onde você viu que seria, apenas, para os Magistrados?

    Sonha que será pra servidor.

    Isso ai veio pra sanar um problema específico, o teto.

    INCLUIRÁ SERVIDORES E MAGISTRADOS.

    Só se mandarem todos terceirizados para a rua!

    é só ler, ta muito bem explícito lá.
    cavalo
    cavalo
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 234
    Reputação : 35
    Data de inscrição : 07/06/2015

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por cavalo Seg 16 Set 2019, 3:39 pm

    Estão em análise na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania duas Propostas de Emenda à Constituição (PECs 423/18 e 438/18) que tratam do tema. Uma delas determina que o descumprimento da regra de ouro por três anos consecutivos possibilitaria a demissão de servidores estáveis. Outra estabelece que, quando as operações de crédito atingirem 95% das despesas de capital, o governo já poderá suspender reajustes, concursos e criação de cargos, além de limitar benefícios fiscais. Em caso de excesso de operações de crédito, que é a situação atual, o Executivo poderá também reduzir salários dos servidores por um ano com redução de jornada; interromper o pagamento do abono salarial do PIS/Pasep no ano seguinte; exonerar servidores. (texto sobre a Regra de Ouro, Câmara dos Deputados).

    Pois é, enquanto essas PECs  podem nos levar à insustentabilidade, já que propõem que o servidor pode ter redução de até 100% (!!!) do salário, a FENAJUFE está preocupada é com a NS.
    subsidioja_
    subsidioja_
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2536
    Reputação : 336
    Data de inscrição : 05/04/2011

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por subsidioja_ Seg 16 Set 2019, 5:53 pm

    androsvilazza escreveu:
    Fireball escreveu:
    fairbanks escreveu:
    Fireball escreveu:Alguém imagina da onde sairá o dinheiro para pagar o auxílio-saúde de 10% para os majuras?

    Bom dia, colega. Onde você viu que seria, apenas, para os Magistrados?

    Sonha que será pra servidor.

    Isso ai veio pra sanar um problema específico, o teto.

    Não resolve o problema do teto, já que ele se aplica ao orçamento como um todo (pessoal + custeio + investimento). Por outro lado, permite a concessão de "aumentos" indiretos, abrindo a possibilidade de se remanejar verbas de custeio/investimento para o pagamento dos referidos auxílios na via administrativa, sem precisar de autorização legislativa.

    Se a intenção fosse conceder um aumento direto, a dificuldade seria bem maior, já que exige adequação aos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal (muitos tribunais e MPs estão próximos ou acima do limite), e aprovação de projeto de lei no legislativo nesse momento de discursos pró-enxugamento dos orçamentos.

    A propósito, é uma baita ilusão acreditar que o benefício seria criado para os servidores nos limites autorizados pelo CNJ (até 10% do subsídio de juiz substituto). No máximo (e isso nos locais onde a administração se preocupe em garantir um tratamento minimamente "equânime" a magistrados e servidores), serão impostos limites proporcionais aos vencimentos de cada cargo, após estudos orçamentários. Por exemplo, para os magistrados, um reembolso com limite de 5 ou 10% do subsídio de juiz substituto; para os servidores, um reembolso com limite de 5 ou 10% (mesmo índice) do valor base de determinado nível (primeiro ou último) da carreira de analista (podendo, para os servidores, haver uma subdivisão entre técnicos e analistas, cada qual recebendo um reembolso percentual do primeiro ou último nível da respectiva tabela). O que definiria os "detalhes" - qual tabela valeria, quais índices-limites seriam aplicados - seria a disponibilidade de remanejamento orçamentário de cada órgão. O que o CNJ fez foi, apenas, estipular os limites superiores - abaixo destes limites, "qualquer coisa" é válida.

    Ao fim das contas, para os servidores pode haver uma pequena melhora em relação ao cenário atual, naqueles órgãos em que o auxílio-saúde seja realmente baixo. Mas não é bom manter as esperanças muito em alta, já que qualquer melhora para os servidores terá alto impacto orçamentário, dificultando a concessão de melhorias aos magistrados.

    Acho que o foco agora deve ser mais no sentido de evitar grandes perdas naqueles órgãos em que o auxílio seja favorável (ex.: Plan-assiste do MPU, que já está na alça de mira há algum tempo).

    No caso, seria como no auxílio alimentação (fixo, independentemente de comprovação de gastos) ou o valor seria predeterminado pelo valor de gasto com plano de saúde?
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7709
    Reputação : 572
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por Galizezin Seg 16 Set 2019, 8:47 pm

    josebarbos escreveu:
    Galizezin escreveu:Órgãos do Judiciário têm de cortar até estagiários

    A partir de 2020, os outros Poderes não vão mais poder contar com compensação federal para bancar contas acima do teto de gastos

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Isto não é notícia, visto que há três anos já se sabe como se daria o fim da compensação.

    Pode não ser notícia pra vc, mas volte alguns posts para ver como tem gente desavisada.


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7709
    Reputação : 572
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por Galizezin Seg 16 Set 2019, 8:48 pm

    cavalo escreveu:Estão em análise na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania duas Propostas de Emenda à Constituição (PECs 423/18 e 438/18) que tratam do tema. Uma delas determina que o descumprimento da regra de ouro por três anos consecutivos possibilitaria a demissão de servidores estáveis. Outra estabelece que, quando as operações de crédito atingirem 95% das despesas de capital, o governo já poderá suspender reajustes, concursos e criação de cargos, além de limitar benefícios fiscais. Em caso de excesso de operações de crédito, que é a situação atual, o Executivo poderá também reduzir salários dos servidores por um ano com redução de jornada; interromper o pagamento do abono salarial do PIS/Pasep no ano seguinte; exonerar servidores. (texto sobre a Regra de Ouro, Câmara dos Deputados).

    Pois é, enquanto essas PECs  podem nos levar à insustentabilidade, já que propõem que o servidor pode ter redução de até 100% (!!!) do salário, a FENAJUFE está preocupada é com a NS.

    a fenajufe está certa em se preocupar com NS. NS não dói e não gera despesa. prova disso? pf e prf estão ganhando igual delegado?


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    avatar
    OJ_Leoqr
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 537
    Reputação : 10
    Data de inscrição : 19/08/2010

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por OJ_Leoqr Ter 17 Set 2019, 11:37 am

    androsvilazza escreveu:
    Fireball escreveu:
    fairbanks escreveu:
    Fireball escreveu:Alguém imagina da onde sairá o dinheiro para pagar o auxílio-saúde de 10% para os majuras?

    Bom dia, colega. Onde você viu que seria, apenas, para os Magistrados?

    Sonha que será pra servidor.

    Isso ai veio pra sanar um problema específico, o teto.

    Não resolve o problema do teto, já que ele se aplica ao orçamento como um todo (pessoal + custeio + investimento). Por outro lado, permite a concessão de "aumentos" indiretos, abrindo a possibilidade de se remanejar verbas de custeio/investimento para o pagamento dos referidos auxílios na via administrativa, sem precisar de autorização legislativa.

    Se a intenção fosse conceder um aumento direto, a dificuldade seria bem maior, já que exige adequação aos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal (muitos tribunais e MPs estão próximos ou acima do limite), e aprovação de projeto de lei no legislativo nesse momento de discursos pró-enxugamento dos orçamentos.

    A propósito, é uma baita ilusão acreditar que o benefício seria criado para os servidores nos limites autorizados pelo CNJ (até 10% do subsídio de juiz substituto). No máximo (e isso nos locais onde a administração se preocupe em garantir um tratamento minimamente "equânime" a magistrados e servidores), serão impostos limites proporcionais aos vencimentos de cada cargo, após estudos orçamentários. Por exemplo, para os magistrados, um reembolso com limite de 5 ou 10% do subsídio de juiz substituto; para os servidores, um reembolso com limite de 5 ou 10% (mesmo índice) do valor base de determinado nível (primeiro ou último) da carreira de analista (podendo, para os servidores, haver uma subdivisão entre técnicos e analistas, cada qual recebendo um reembolso percentual do primeiro ou último nível da respectiva tabela). O que definiria os "detalhes" - qual tabela valeria, quais índices-limites seriam aplicados - seria a disponibilidade de remanejamento orçamentário de cada órgão. O que o CNJ fez foi, apenas, estipular os limites superiores - abaixo destes limites, "qualquer coisa" é válida.

    Ao fim das contas, para os servidores pode haver uma pequena melhora em relação ao cenário atual, naqueles órgãos em que o auxílio-saúde seja realmente baixo. Mas não é bom manter as esperanças muito em alta, já que qualquer melhora para os servidores terá alto impacto orçamentário, dificultando a concessão de melhorias aos magistrados.

    Acho que o foco agora deve ser mais no sentido de evitar grandes perdas naqueles órgãos em que o auxílio seja favorável (ex.: Plan-assiste do MPU, que já está na alça de mira há algum tempo).

    Olha a resolução aí:

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    "4. As modalidades de assistência à saúde são:
    a. Convênio com operadoras de Plano de Assistência à Saúde, organizadas na modalidade de autogestão, ainda que na modalidade com coparticipação; ou
    b. Contrato com operadoras de Plano de Assistência à Saúde, observado o disposto na Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993; ou
    c. Serviço prestado diretamente pelo órgão ou entidade; ou
    d. Auxílio de caráter indenizatório, por meio de ressarcimento, ou
    e. Outra modalidade prevista em regulamento pelo tribunal;

    5. Cumulação entre as modalidades:
    O tribunal poderá disponibilizar uma ou mais modalidades, após análise da viabilidade de concessão de cada uma, que será de responsabilidade de cada órgão;

    6. O Valor do auxílio, mediante reembolso:
    a. Para servidores: será definido pelos tribunais segundo faixa de remuneração do servidor e faixa etária de cada um dos beneficiários (titular e dependentes)
    ,
    b. Para magistrados: poderá ser definido segundo faixa de remuneração do ou faixa etária de cada um dos beneficiários (titular e dependentes),

    7. O Limite do valor do auxílio, mediante reembolso:
    a. Para servidores: até 10% do subsídio de um juiz substituto, mensalmente, incluídos neste limite eventuais dependentes;
    b. Para magistrados: até 10% do subsídio do respectivo magistrado, mensalmente, incluídos neste limite eventuais dependentes;

    8. Direito de opção pelo auxílio, de caráter indenizatório:
    O auxílio, de caráter indenizatório, poderá ser concedido pelo órgão de forma exclusiva ou concomitante com qualquer uma das outras modalidades, conforme dispuser o regulamento de cada tribunal, após avaliação da viabilidade;
    O beneficiário só terá direito de escolha se o regulamento do tribunal assim o permitir;
    androsvilazza
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2684
    Reputação : 508
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por androsvilazza Ter 17 Set 2019, 2:20 pm

    OJ_Leoqr escreveu:
    androsvilazza escreveu:
    Fireball escreveu:
    fairbanks escreveu:

    Bom dia, colega. Onde você viu que seria, apenas, para os Magistrados?

    Sonha que será pra servidor.

    Isso ai veio pra sanar um problema específico, o teto.

    Não resolve o problema do teto, já que ele se aplica ao orçamento como um todo (pessoal + custeio + investimento). Por outro lado, permite a concessão de "aumentos" indiretos, abrindo a possibilidade de se remanejar verbas de custeio/investimento para o pagamento dos referidos auxílios na via administrativa, sem precisar de autorização legislativa.

    Se a intenção fosse conceder um aumento direto, a dificuldade seria bem maior, já que exige adequação aos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal (muitos tribunais e MPs estão próximos ou acima do limite), e aprovação de projeto de lei no legislativo nesse momento de discursos pró-enxugamento dos orçamentos.

    A propósito, é uma baita ilusão acreditar que o benefício seria criado para os servidores nos limites autorizados pelo CNJ (até 10% do subsídio de juiz substituto). No máximo (e isso nos locais onde a administração se preocupe em garantir um tratamento minimamente "equânime" a magistrados e servidores), serão impostos limites proporcionais aos vencimentos de cada cargo, após estudos orçamentários. Por exemplo, para os magistrados, um reembolso com limite de 5 ou 10% do subsídio de juiz substituto; para os servidores, um reembolso com limite de 5 ou 10% (mesmo índice) do valor base de determinado nível (primeiro ou último) da carreira de analista (podendo, para os servidores, haver uma subdivisão entre técnicos e analistas, cada qual recebendo um reembolso percentual do primeiro ou último nível da respectiva tabela). O que definiria os "detalhes" - qual tabela valeria, quais índices-limites seriam aplicados - seria a disponibilidade de remanejamento orçamentário de cada órgão. O que o CNJ fez foi, apenas, estipular os limites superiores - abaixo destes limites, "qualquer coisa" é válida.

    Ao fim das contas, para os servidores pode haver uma pequena melhora em relação ao cenário atual, naqueles órgãos em que o auxílio-saúde seja realmente baixo. Mas não é bom manter as esperanças muito em alta, já que qualquer melhora para os servidores terá alto impacto orçamentário, dificultando a concessão de melhorias aos magistrados.

    Acho que o foco agora deve ser mais no sentido de evitar grandes perdas naqueles órgãos em que o auxílio seja favorável (ex.: Plan-assiste do MPU, que já está na alça de mira há algum tempo).

    Olha a resolução aí:

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    "4. As modalidades de assistência à saúde são:
    a. Convênio com operadoras de Plano de Assistência à Saúde, organizadas na modalidade de autogestão, ainda que na modalidade com coparticipação; ou
    b. Contrato com operadoras de Plano de Assistência à Saúde, observado o disposto na Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993; ou
    c. Serviço prestado diretamente pelo órgão ou entidade; ou
    d. Auxílio de caráter indenizatório, por meio de ressarcimento, ou
    e. Outra modalidade prevista em regulamento pelo tribunal;

    5. Cumulação entre as modalidades:
    O tribunal poderá disponibilizar uma ou mais modalidades, após análise da viabilidade de concessão de cada uma, que será de responsabilidade de cada órgão;

    6. O Valor do auxílio, mediante reembolso:
    a. Para servidores: será definido pelos tribunais segundo faixa de remuneração do servidor e faixa etária de cada um dos beneficiários (titular e dependentes)
    ,
    b. Para magistrados: poderá ser definido segundo faixa de remuneração do ou faixa etária de cada um dos beneficiários (titular e dependentes),

    7. O Limite do valor do auxílio, mediante reembolso:
    a. Para servidores: até 10% do subsídio de um juiz substituto, mensalmente, incluídos neste limite eventuais dependentes;
    b. Para magistrados: até 10% do subsídio do respectivo magistrado, mensalmente, incluídos neste limite eventuais dependentes;

    8. Direito de opção pelo auxílio, de caráter indenizatório:
    O auxílio, de caráter indenizatório, poderá ser concedido pelo órgão de forma exclusiva ou concomitante com qualquer uma das outras modalidades, conforme dispuser o regulamento de cada tribunal, após avaliação da viabilidade;
    O beneficiário só terá direito de escolha se o regulamento do tribunal assim o permitir;

    Obrigado pelo compartilhamento.

    Como eu disse, será com certeza baseado na faixa de remuneração do servidor. Tem gente que olhou apenas a parte que fala do "limite" e acha que o benefício será necessariamente igual a este valor-teto. E não falo só dos comentários aqui, pelo visto já tem desembargador do TJSP simulando os benefícios pelo teto, provavelmente para justificar a não concessão aos servidores devido ao "alto impacto" (R$2.883 mensais "vezes" 65 mil servidores).

    É óbvio que qualquer proposta minimamente séria de concessão dos auxílios, que não queira beneficiar magistrados em detrimento de servidores, deverá levar vários critérios em consideração. Até me surpreendeu a iniciativa da resolução, em já definir os critérios (faixa de remuneração e faixa etária). São bons critérios a serem considerados. Também é louvável o estabelecimento de um "teto", pra evitar a distorção da natureza do auxílio.
    lobodosmares
    lobodosmares
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 172
    Reputação : 33
    Data de inscrição : 30/08/2012

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por lobodosmares Ter 17 Set 2019, 3:06 pm

    ALGUEM SABE COMO FICARÁ NA PRÁTICA ISSO?? É APENAS REEMBOLSO MESMO?
    androsvilazza
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2684
    Reputação : 508
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por androsvilazza Ter 17 Set 2019, 3:09 pm

    lobodosmares escreveu:ALGUEM SABE COMO FICARÁ NA PRÁTICA ISSO?? É APENAS REEMBOLSO MESMO?

    Vai depender da modalidade regulamentada e adotada pelo órgão (tribunal ou MP):

    4. As modalidades de assistência à saúde são:
    a. Convênio com operadoras de Plano de Assistência à Saúde, organizadas na modalidade de autogestão, ainda que na modalidade com coparticipação; ou
    b. Contrato com operadoras de Plano de Assistência à Saúde, observado o disposto na Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993; ou
    c. Serviço prestado diretamente pelo órgão ou entidade; ou
    d. Auxílio de caráter indenizatório, por meio de ressarcimento, ou
    e. Outra modalidade prevista em regulamento pelo tribunal;
    lobodosmares
    lobodosmares
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 172
    Reputação : 33
    Data de inscrição : 30/08/2012

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por lobodosmares Ter 17 Set 2019, 3:14 pm

    quem já paga plano de saúde entao nao tem direito?
    avatar
    SENATUS
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 486
    Reputação : 34
    Data de inscrição : 23/11/2010

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por SENATUS Ter 17 Set 2019, 3:16 pm

    androsvilazza escreveu:
    lobodosmares escreveu:ALGUEM SABE COMO FICARÁ NA PRÁTICA ISSO?? É APENAS REEMBOLSO MESMO?

    Vai depender da modalidade regulamentada e adotada pelo órgão (tribunal ou MP):

    4. As modalidades de assistência à saúde são:
    a. Convênio com operadoras de Plano de Assistência à Saúde, organizadas na modalidade de autogestão, ainda que na modalidade com coparticipação; ou
    b. Contrato com operadoras de Plano de Assistência à Saúde, observado o disposto na Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993; ou
    c. Serviço prestado diretamente pelo órgão ou entidade; ou
    d. Auxílio de caráter indenizatório, por meio de ressarcimento, ou
    e. Outra modalidade prevista em regulamento pelo tribunal;


    Então o órgão que já tem plano de saúde autogestão , não muda nada?

    androsvilazza
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2684
    Reputação : 508
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por androsvilazza Ter 17 Set 2019, 6:06 pm

    SENATUS escreveu:
    androsvilazza escreveu:
    lobodosmares escreveu:ALGUEM SABE COMO FICARÁ NA PRÁTICA ISSO?? É APENAS REEMBOLSO MESMO?

    Vai depender da modalidade regulamentada e adotada pelo órgão (tribunal ou MP):

    4. As modalidades de assistência à saúde são:
    a. Convênio com operadoras de Plano de Assistência à Saúde, organizadas na modalidade de autogestão, ainda que na modalidade com coparticipação; ou
    b. Contrato com operadoras de Plano de Assistência à Saúde, observado o disposto na Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993; ou
    c. Serviço prestado diretamente pelo órgão ou entidade; ou
    d. Auxílio de caráter indenizatório, por meio de ressarcimento, ou
    e. Outra modalidade prevista em regulamento pelo tribunal;


    Então o órgão que já tem plano de saúde autogestão , não muda nada?


    Sim, provavelmente não mudará em nada.

    O que o CNJ fez foi regulamentar o auxílio saúde, ou seja, definir critérios e limites aceitáveis para o benefício. Isso porque, se "deixar solto", com certeza haveria tribunais e MPs (principalmente no âmbito estadual) que implementariam benefícios camuflados de auxílio saúde, em valores absurdos (não duvido que surgiriam notícias de "auxílio saúde" de 20 ou 30 mil reais em algum TJ). A explicação para essa manobra seria simples: vários tribunais e MPs já excederam (em muito) os limites da Lei de Responsabilidade fiscal, o que inviabiliza nomeações e reajustes. Então, a única alternativa para "aumentos" é a criação (ou majoração) de auxílios que não entrem no cômputo da folha.

    Para aqueles órgãos onde o auxílio saúde (ou similar) já existe, provavelmente continue tudo como está. No máximo, talvez tenham de adequar as regras que fujam às determinações do CNJ. Com muita sorte, em um ou outro tribunal podem aproveitar a regulamentação e, havendo margem orçamentária, aumentem um pouco o valor dos benefícios.
    Fireball
    Fireball
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 755
    Reputação : 31
    Data de inscrição : 10/06/2015

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por Fireball Qua 18 Set 2019, 9:59 am

    7. O Limite do valor do auxílio, mediante reembolso:
    a. Para servidores: até 10% do subsídio de um juiz substituto, mensalmente, incluídos neste limite eventuais dependentes;
    b. Para magistrados: até 10% do subsídio do respectivo magistrado, mensalmente, incluídos neste limite eventuais dependentes;

    Sacanagem! Tem muito servidor que ganha mais do que magistrado. Wink
    anuvenzinha
    anuvenzinha
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : ANALISTA
    Mensagens : 1412
    Reputação : 212
    Data de inscrição : 19/12/2014

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por anuvenzinha Qua 18 Set 2019, 12:15 pm

    androsvilazza escreveu:
    SENATUS escreveu:
    androsvilazza escreveu:
    lobodosmares escreveu:ALGUEM SABE COMO FICARÁ NA PRÁTICA ISSO?? É APENAS REEMBOLSO MESMO?

    Vai depender da modalidade regulamentada e adotada pelo órgão (tribunal ou MP):

    4. As modalidades de assistência à saúde são:
    a. Convênio com operadoras de Plano de Assistência à Saúde, organizadas na modalidade de autogestão, ainda que na modalidade com coparticipação; ou
    b. Contrato com operadoras de Plano de Assistência à Saúde, observado o disposto na Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993; ou
    c. Serviço prestado diretamente pelo órgão ou entidade; ou
    d. Auxílio de caráter indenizatório, por meio de ressarcimento, ou
    e. Outra modalidade prevista em regulamento pelo tribunal;


    Então o órgão que já tem plano de saúde autogestão , não muda nada?


    Sim, provavelmente não mudará em nada.

    O que o CNJ fez foi regulamentar o auxílio saúde, ou seja, definir critérios e limites aceitáveis para o benefício. Isso porque, se "deixar solto", com certeza haveria tribunais e MPs (principalmente no âmbito estadual) que implementariam benefícios camuflados de auxílio saúde, em valores absurdos (não duvido que surgiriam notícias de "auxílio saúde" de 20 ou 30 mil reais em algum TJ). A explicação para essa manobra seria simples: vários tribunais e MPs já excederam (em muito) os limites da Lei de Responsabilidade fiscal, o que inviabiliza nomeações e reajustes. Então, a única alternativa para "aumentos" é a criação (ou majoração) de auxílios que não entrem no cômputo da folha.

    Para aqueles órgãos onde o auxílio saúde (ou similar) já existe, provavelmente continue tudo como está. No máximo, talvez tenham de adequar as regras que fujam às determinações do CNJ. Com muita sorte, em um ou outro tribunal podem aproveitar a regulamentação e, havendo margem orçamentária, aumentem um pouco o valor dos benefícios.

    Acabei de confirmar com o diretor q cuida dessa área do meu regional e é exatamente o q vc falou: pra quem tem não muda inicialmente nada e inclusive meu regional está com problema de verbas. Sad
    Analista Novo
    Analista Novo
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 156
    Reputação : 36
    Data de inscrição : 16/05/2014

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por Analista Novo Qui 19 Set 2019, 3:27 pm

    Pra um técnico já tá de bom tamanho.
    Analistas sim, estão com remuneração defasada.



    tec.tre escreveu:
    lobodosmares escreveu:Já ganhamos salário absurdo, não precisamos de reajuste por um tempo, da pra aguentar.

    Quem acha que ta ruim, simples, pede as contas.
    OU MELHOR, arranje 1 jeito de ganhar dinheiro extra. Faça bicos (Uber, salgados, comida, marmita, suco, reduza despesas, tire o filho da escola particular, corte inglês, tenha 1 carro mais em conta). Já ganhamos bem demais e temos é que agradecer por sermos uma casta privilegiada.
    Quem não tem as contas em dias, na boa, é desorganizado. Porque com nosso salário dá.

    Eu discordo frontalmente de que ganhamos bem demais.

    Há cargos e cargos, visões de mundo diferentes, padrões de vida diferentes.

    Hoje um Técnico começo de carreira paga aproximadamente 7 mil (descontando os impostos fica um pouco acima de 5 mil). Você acha isso muito? Veja, eu não digo isso levando em conta o que um técnico médio faz na iniciativa privada, mas pela realidade do Judiciário, que é totalmente diferente. Sem medo de errar, mais de 80% dos técnicos possuem nível superior em Direito, exercendo diretamente atividade fim do órgão.

    Eu, por exemplo, sou técnico de TI, formado em engenharia e direito, pós e vasta experiência. Meu salário de Técnico é bem razoável pelo que eu faço. São valores que a área de TI do mercado privado está pagando igual ou até mais. A única vantagem que ainda me prende ao serviço público são a estabilidade e o maior tempo que consigo despender com minha família.

    Se a resposta para o problema financeiro de todo mundo for fazer bico como você disse, então vamos precarizar e terceirizar o serviço público de uma vez. Tenho um exemplo muito prático disso. Conheço a realidade da defensoria pública do meu Estado, que é composta 100% por terceirizados no apoio (não há carreira). É uma lástima no atendimento e na prestação do serviço. Se quisermos isso para o Judiciário, então que seja. Caso contrário, se quisermos que nosso trabalho seja valorizado, e em última análise o Judiciário Federal mantenha o seu nível de excelência, então penso que devemos lutar para recebermos uma remuneração minimamente digna.

    Cuidado para não morder esse discurso fácil que servidor ganha muito. A carreira é extremamente engessada. Não podemos advogar, montar empresa, não há distribuição de lucros, as progressões são lentas. Enfim, é um o salário e ponto final. O crescimento profissional e as possibilidades de ascensão são mínimos.

    Existem duas opções: podemos tentar modernizar a carreira sem reduzir os salários ou então seguimos com esse seu discurso de precarização do trabalho.
    Sniper
    Sniper
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 758
    Reputação : 56
    Data de inscrição : 06/05/2011

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por Sniper Qui 19 Set 2019, 4:36 pm

    Analista Novo escreveu:Pra um técnico já tá de bom tamanho.
    Analistas sim, estão com remuneração defasada.



    tec.tre escreveu:
    lobodosmares escreveu:Já ganhamos salário absurdo, não precisamos de reajuste por um tempo, da pra aguentar.

    Quem acha que ta ruim, simples, pede as contas.
    OU MELHOR, arranje 1 jeito de ganhar dinheiro extra. Faça bicos (Uber, salgados, comida, marmita, suco, reduza despesas, tire o filho da escola particular, corte inglês, tenha 1 carro mais em conta). Já ganhamos bem demais e temos é que agradecer por sermos uma casta privilegiada.
    Quem não tem as contas em dias, na boa, é desorganizado. Porque com nosso salário dá.

    Eu discordo frontalmente de que ganhamos bem demais.

    Há cargos e cargos, visões de mundo diferentes, padrões de vida diferentes.

    Hoje um Técnico começo de carreira paga aproximadamente 7 mil (descontando os impostos fica um pouco acima de 5 mil). Você acha isso muito? Veja, eu não digo isso levando em conta o que um técnico médio faz na iniciativa privada, mas pela realidade do Judiciário, que é totalmente diferente. Sem medo de errar, mais de 80% dos técnicos possuem nível superior em Direito, exercendo diretamente atividade fim do órgão.

    Eu, por exemplo, sou técnico de TI, formado em engenharia e direito, pós e vasta experiência. Meu salário de Técnico é bem razoável pelo que eu faço. São valores que a área de TI do mercado privado está pagando igual ou até mais. A única vantagem que ainda me prende ao serviço público são a estabilidade e o maior tempo que consigo despender com minha família.

    Se a resposta para o problema financeiro de todo mundo for fazer bico como você disse, então vamos precarizar e terceirizar o serviço público de uma vez. Tenho um exemplo muito prático disso. Conheço a realidade da defensoria pública do meu Estado, que é composta 100% por terceirizados no apoio (não há carreira). É uma lástima no atendimento e na prestação do serviço. Se quisermos isso para o Judiciário, então que seja. Caso contrário, se quisermos que nosso trabalho seja valorizado, e em última análise o Judiciário Federal mantenha o seu nível de excelência, então penso que devemos lutar para recebermos uma remuneração minimamente digna.

    Cuidado para não morder esse discurso fácil que servidor ganha muito. A carreira é extremamente engessada. Não podemos advogar, montar empresa, não há distribuição de lucros, as progressões são lentas. Enfim, é um o salário e ponto final. O crescimento profissional e as possibilidades de ascensão são mínimos.

    Existem duas opções: podemos tentar modernizar a carreira sem reduzir os salários ou então seguimos com esse seu discurso de precarização do trabalho.

    Baseia-se em quê? Apenas na nomenclatura do cargo?
    Porque, na prática, o técnico e o analista fazem basicamente o mesmo serviço.
    lobodosmares
    lobodosmares
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 172
    Reputação : 33
    Data de inscrição : 30/08/2012

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por lobodosmares Sex 20 Set 2019, 12:06 pm

    Analista Novo escreveu:Pra um técnico já tá de bom tamanho.
    Analistas sim, estão com remuneração defasada.



    tec.tre escreveu:
    lobodosmares escreveu:Já ganhamos salário absurdo, não precisamos de reajuste por um tempo, da pra aguentar.

    Quem acha que ta ruim, simples, pede as contas.
    OU MELHOR, arranje 1 jeito de ganhar dinheiro extra. Faça bicos (Uber, salgados, comida, marmita, suco, reduza despesas, tire o filho da escola particular, corte inglês, tenha 1 carro mais em conta). Já ganhamos bem demais e temos é que agradecer por sermos uma casta privilegiada.
    Quem não tem as contas em dias, na boa, é desorganizado. Porque com nosso salário dá.

    Eu discordo frontalmente de que ganhamos bem demais.

    Há cargos e cargos, visões de mundo diferentes, padrões de vida diferentes.

    Hoje um Técnico começo de carreira paga aproximadamente 7 mil (descontando os impostos fica um pouco acima de 5 mil). Você acha isso muito? Veja, eu não digo isso levando em conta o que um técnico médio faz na iniciativa privada, mas pela realidade do Judiciário, que é totalmente diferente. Sem medo de errar, mais de 80% dos técnicos possuem nível superior em Direito, exercendo diretamente atividade fim do órgão.

    Eu, por exemplo, sou técnico de TI, formado em engenharia e direito, pós e vasta experiência. Meu salário de Técnico é bem razoável pelo que eu faço. São valores que a área de TI do mercado privado está pagando igual ou até mais. A única vantagem que ainda me prende ao serviço público são a estabilidade e o maior tempo que consigo despender com minha família.

    Se a resposta para o problema financeiro de todo mundo for fazer bico como você disse, então vamos precarizar e terceirizar o serviço público de uma vez. Tenho um exemplo muito prático disso. Conheço a realidade da defensoria pública do meu Estado, que é composta 100% por terceirizados no apoio (não há carreira). É uma lástima no atendimento e na prestação do serviço. Se quisermos isso para o Judiciário, então que seja. Caso contrário, se quisermos que nosso trabalho seja valorizado, e em última análise o Judiciário Federal mantenha o seu nível de excelência, então penso que devemos lutar para recebermos uma remuneração minimamente digna.

    Cuidado para não morder esse discurso fácil que servidor ganha muito. A carreira é extremamente engessada. Não podemos advogar, montar empresa, não há distribuição de lucros, as progressões são lentas. Enfim, é um o salário e ponto final. O crescimento profissional e as possibilidades de ascensão são mínimos.

    Existem duas opções: podemos tentar modernizar a carreira sem reduzir os salários ou então seguimos com esse seu discurso de precarização do trabalho.

    "o Judiciário Federal mantenha o seu nível de excelência'' PIADA PRONTA??kkkk
    Na boa, nosso judiciário é um dos mais morosos e CAROS do mundo!!, excelência em que?? Milhares de processos com mais de 10 anos parados, decisões judiciais toscas aos montes, farra com dinheiro público. Obviamente não tem como nada ser perfeito, mas essas mil maravilhas que você pregou em seu comentário, quem vê de fora acha que aqui é o paraíso e que tudo funciona, e, na prática, não é assim.
    Obviamente fazemos nosso melhor para o atendimento ao público. Nosso salário está longe de ser defasado, por sinal estamos com um dos maiores que existe no serviço público, ( LEGISLATIVO NAO CONTA).
    Vai ver quantos cargos de nível médio vc entra ganhando R$ 8500,00 mensais.
    Vejo vários analistas que ganham perto dos R$ 20.000,00 e não tem sequer uma casa própria ou carro quitado. Incompetência financeira total. O que falta são pessoas para saberem administrar o próprio dinheiro e não de mais salário.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por Convidado Sex 20 Set 2019, 12:24 pm

    lobodosmares escreveu:
    Analista Novo escreveu:Pra um técnico já tá de bom tamanho.
    Analistas sim, estão com remuneração defasada.



    tec.tre escreveu:
    lobodosmares escreveu:Já ganhamos salário absurdo, não precisamos de reajuste por um tempo, da pra aguentar.

    Quem acha que ta ruim, simples, pede as contas.
    OU MELHOR, arranje 1 jeito de ganhar dinheiro extra. Faça bicos (Uber, salgados, comida, marmita, suco, reduza despesas, tire o filho da escola particular, corte inglês, tenha 1 carro mais em conta). Já ganhamos bem demais e temos é que agradecer por sermos uma casta privilegiada.
    Quem não tem as contas em dias, na boa, é desorganizado. Porque com nosso salário dá.

    Eu discordo frontalmente de que ganhamos bem demais.

    Há cargos e cargos, visões de mundo diferentes, padrões de vida diferentes.

    Hoje um Técnico começo de carreira paga aproximadamente 7 mil (descontando os impostos fica um pouco acima de 5 mil). Você acha isso muito? Veja, eu não digo isso levando em conta o que um técnico médio faz na iniciativa privada, mas pela realidade do Judiciário, que é totalmente diferente. Sem medo de errar, mais de 80% dos técnicos possuem nível superior em Direito, exercendo diretamente atividade fim do órgão.

    Eu, por exemplo, sou técnico de TI, formado em engenharia e direito, pós e vasta experiência. Meu salário de Técnico é bem razoável pelo que eu faço. São valores que a área de TI do mercado privado está pagando igual ou até mais. A única vantagem que ainda me prende ao serviço público são a estabilidade e o maior tempo que consigo despender com minha família.

    Se a resposta para o problema financeiro de todo mundo for fazer bico como você disse, então vamos precarizar e terceirizar o serviço público de uma vez. Tenho um exemplo muito prático disso. Conheço a realidade da defensoria pública do meu Estado, que é composta 100% por terceirizados no apoio (não há carreira). É uma lástima no atendimento e na prestação do serviço. Se quisermos isso para o Judiciário, então que seja. Caso contrário, se quisermos que nosso trabalho seja valorizado, e em última análise o Judiciário Federal mantenha o seu nível de excelência, então penso que devemos lutar para recebermos uma remuneração minimamente digna.

    Cuidado para não morder esse discurso fácil que servidor ganha muito. A carreira é extremamente engessada. Não podemos advogar, montar empresa, não há distribuição de lucros, as progressões são lentas. Enfim, é um o salário e ponto final. O crescimento profissional e as possibilidades de ascensão são mínimos.

    Existem duas opções: podemos tentar modernizar a carreira sem reduzir os salários ou então seguimos com esse seu discurso de precarização do trabalho.

    "o Judiciário Federal mantenha o seu nível de excelência'' PIADA PRONTA??kkkk
    Na boa, nosso judiciário é um dos mais morosos e CAROS do mundo!!, excelência em que?? Milhares de processos com mais de 10 anos parados, decisões judiciais toscas aos montes, farra com dinheiro público. Obviamente não tem como nada ser perfeito, mas essas mil maravilhas que você pregou em seu comentário, quem vê de fora acha que aqui é o paraíso e que tudo funciona, e, na prática, não é assim.
    Obviamente fazemos nosso melhor para o atendimento ao público. Nosso salário está longe de ser defasado, por sinal estamos com um dos maiores que existe no serviço público, ( LEGISLATIVO NAO CONTA).
    Vai ver quantos cargos de nível médio vc entra ganhando R$ 8500,00 mensais.
    Vejo vários analistas que ganham perto dos R$ 20.000,00 e não tem sequer uma casa própria ou carro quitado. Incompetência financeira total. O que falta são pessoas para saberem administrar o próprio dinheiro e não de mais salário.

    Eu não falei de mais salário, na verdade eu estava me referindo a modernização da carreira. A carreira ainda é muito engessada e dificulta a ascensão.

    Eu só acho errado dizer que ganhamos muito. Eu acho o salário bem mediado, sobretudo os de técnico. Novamente, não me refiro ao técnico da iniciativa privada, mas o papel desempenhado pela imensa maioria dos técnicos, que são verdadeiras tarefas de nível superior.

    Quanto ao nível de excelência, você pode comparar o Judiciário brasileiro com qualquer outro do mundo e verá que, mesmo com todos os problemas, os juízes brasileiros são os que mais julgam processo em todo mundo. Se o Judiciário é moroso e caro, é muito por conta dessa cultura judicializante que temos. Os juízes brasileiros são os mais produtivos do mundo (isso consta no último relatório da justiça em números), não há o que se falar quanto a isso.

    E isso não seria minimamente possível com um corpo desqualificado de servidores, como ocorre imensamente no Executivo, por conta da fuga em razão dos baixos salários.

    Você deveria reconhecer que o Judiciário Federal ainda é uma ilha de excelência e que, por isso, deveria se modernizar. O PJE é um exemplo de sistema desenvolvido exclusivamente por servidores de carreira e que dá um 7x1 no E-saj, que é utilizado nas cortes estaduais e custa milhões por ano aos cofres públicos.

    O que eu disso, repito, é que o Judiciário precisa de modernização da carreira, atualização dos quadros, fortalecimento de tecnologia, e não simplesmente aumentar salários.
    MConcursos
    MConcursos
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 305
    Reputação : 40
    Data de inscrição : 04/01/2015

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por MConcursos Sex 20 Set 2019, 12:39 pm

    tec.tre escreveu:
    lobodosmares escreveu:
    Analista Novo escreveu:Pra um técnico já tá de bom tamanho.
    Analistas sim, estão com remuneração defasada.



    tec.tre escreveu:

    Eu discordo frontalmente de que ganhamos bem demais.

    Há cargos e cargos, visões de mundo diferentes, padrões de vida diferentes.

    Hoje um Técnico começo de carreira paga aproximadamente 7 mil (descontando os impostos fica um pouco acima de 5 mil). Você acha isso muito? Veja, eu não digo isso levando em conta o que um técnico médio faz na iniciativa privada, mas pela realidade do Judiciário, que é totalmente diferente. Sem medo de errar, mais de 80% dos técnicos possuem nível superior em Direito, exercendo diretamente atividade fim do órgão.

    Eu, por exemplo, sou técnico de TI, formado em engenharia e direito, pós e vasta experiência. Meu salário de Técnico é bem razoável pelo que eu faço. São valores que a área de TI do mercado privado está pagando igual ou até mais. A única vantagem que ainda me prende ao serviço público são a estabilidade e o maior tempo que consigo despender com minha família.

    Se a resposta para o problema financeiro de todo mundo for fazer bico como você disse, então vamos precarizar e terceirizar o serviço público de uma vez. Tenho um exemplo muito prático disso. Conheço a realidade da defensoria pública do meu Estado, que é composta 100% por terceirizados no apoio (não há carreira). É uma lástima no atendimento e na prestação do serviço. Se quisermos isso para o Judiciário, então que seja. Caso contrário, se quisermos que nosso trabalho seja valorizado, e em última análise o Judiciário Federal mantenha o seu nível de excelência, então penso que devemos lutar para recebermos uma remuneração minimamente digna.

    Cuidado para não morder esse discurso fácil que servidor ganha muito. A carreira é extremamente engessada. Não podemos advogar, montar empresa, não há distribuição de lucros, as progressões são lentas. Enfim, é um o salário e ponto final. O crescimento profissional e as possibilidades de ascensão são mínimos.

    Existem duas opções: podemos tentar modernizar a carreira sem reduzir os salários ou então seguimos com esse seu discurso de precarização do trabalho.

    "o Judiciário Federal mantenha o seu nível de excelência'' PIADA PRONTA??kkkk
    Na boa, nosso judiciário é um dos mais morosos e CAROS do mundo!!, excelência em que?? Milhares de processos com mais de 10 anos parados, decisões judiciais toscas aos montes, farra com dinheiro público. Obviamente não tem como nada ser perfeito, mas essas mil maravilhas que você pregou em seu comentário, quem vê de fora acha que aqui é o paraíso e que tudo funciona, e, na prática, não é assim.
    Obviamente fazemos nosso melhor para o atendimento ao público. Nosso salário está longe de ser defasado, por sinal estamos com um dos maiores que existe no serviço público, ( LEGISLATIVO NAO CONTA).
    Vai ver quantos cargos de nível médio vc entra ganhando R$ 8500,00 mensais.
    Vejo vários analistas que ganham perto dos R$ 20.000,00 e não tem sequer uma casa própria ou carro quitado. Incompetência financeira total. O que falta são pessoas para saberem administrar o próprio dinheiro e não de mais salário.

    Eu não falei de mais salário, na verdade eu estava me referindo a modernização da carreira. A carreira ainda é muito engessada e dificulta a ascensão.

    Eu só acho errado dizer que ganhamos muito. Eu acho o salário bem mediado, sobretudo os de técnico. Novamente, não me refiro ao técnico da iniciativa privada, mas o papel desempenhado pela imensa maioria dos técnicos, que são verdadeiras tarefas de nível superior.

    Quanto ao nível de excelência, você pode comparar o Judiciário brasileiro com qualquer outro do mundo e verá que, mesmo com todos os problemas, os juízes brasileiros são os que mais julgam processo em todo mundo. Se o Judiciário é moroso e caro, é muito por conta dessa cultura judicializante que temos. Os juízes brasileiros são os mais produtivos do mundo (isso consta no último relatório da justiça em números), não há o que se falar quanto a isso.

    E isso não seria minimamente possível com um corpo desqualificado de servidores, como ocorre imensamente no Executivo, por conta da fuga em razão dos baixos salários.

    Você deveria reconhecer que o Judiciário Federal ainda é uma ilha de excelência e que, por isso, deveria se modernizar. O PJE é um exemplo de sistema desenvolvido exclusivamente por servidores de carreira e que dá um 7x1 no E-saj, que é utilizado nas cortes estaduais e custa milhões por ano aos cofres públicos.

    O que eu disso, repito, é que o Judiciário precisa de modernização da carreira, atualização dos quadros, fortalecimento de tecnologia, e não simplesmente aumentar salários.


    TEC TRE é fácil você aumentar seu salário: faça concurso para analista. Se valorize. Querer ganhar como analista sendo técnico não dá. Eu também quero ganhar como juiz...
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por Convidado Sex 20 Set 2019, 12:41 pm

    MConcursos escreveu:
    tec.tre escreveu:
    lobodosmares escreveu:
    Analista Novo escreveu:Pra um técnico já tá de bom tamanho.
    Analistas sim, estão com remuneração defasada.





    "o Judiciário Federal mantenha o seu nível de excelência'' PIADA PRONTA??kkkk
    Na boa, nosso judiciário é um dos mais morosos e CAROS do mundo!!, excelência em que?? Milhares de processos com mais de 10 anos parados, decisões judiciais toscas aos montes, farra com dinheiro público. Obviamente não tem como nada ser perfeito, mas essas mil maravilhas que você pregou em seu comentário, quem vê de fora acha que aqui é o paraíso e que tudo funciona, e, na prática, não é assim.
    Obviamente fazemos nosso melhor para o atendimento ao público. Nosso salário está longe de ser defasado, por sinal estamos com um dos maiores que existe no serviço público, ( LEGISLATIVO NAO CONTA).
    Vai ver quantos cargos de nível médio vc entra ganhando R$ 8500,00 mensais.
    Vejo vários analistas que ganham perto dos R$ 20.000,00 e não tem sequer uma casa própria ou carro quitado. Incompetência financeira total. O que falta são pessoas para saberem administrar o próprio dinheiro e não de mais salário.

    Eu não falei de mais salário, na verdade eu estava me referindo a modernização da carreira. A carreira ainda é muito engessada e dificulta a ascensão.

    Eu só acho errado dizer que ganhamos muito. Eu acho o salário bem mediado, sobretudo os de técnico. Novamente, não me refiro ao técnico da iniciativa privada, mas o papel desempenhado pela imensa maioria dos técnicos, que são verdadeiras tarefas de nível superior.

    Quanto ao nível de excelência, você pode comparar o Judiciário brasileiro com qualquer outro do mundo e verá que, mesmo com todos os problemas, os juízes brasileiros são os que mais julgam processo em todo mundo. Se o Judiciário é moroso e caro, é muito por conta dessa cultura judicializante que temos. Os juízes brasileiros são os mais produtivos do mundo (isso consta no último relatório da justiça em números), não há o que se falar quanto a isso.

    E isso não seria minimamente possível com um corpo desqualificado de servidores, como ocorre imensamente no Executivo, por conta da fuga em razão dos baixos salários.

    Você deveria reconhecer que o Judiciário Federal ainda é uma ilha de excelência e que, por isso, deveria se modernizar. O PJE é um exemplo de sistema desenvolvido exclusivamente por servidores de carreira e que dá um 7x1 no E-saj, que é utilizado nas cortes estaduais e custa milhões por ano aos cofres públicos.

    O que eu disso, repito, é que o Judiciário precisa de modernização da carreira, atualização dos quadros, fortalecimento de tecnologia, e não simplesmente aumentar salários.


    TEC TRE é fácil você aumentar seu salário: faça concurso para analista. Se valorize. Querer ganhar como analista sendo técnico não dá. Eu também quero ganhar como juiz...

    Concurso para analista eu já fiz, passei em 2o lugar. Estou aguardando nomeação apenas. Fique tranquilo, que sou contra qualquer tipo de trem da alegria, se for essa sua preocupação

    Eu outra, não estou reclamando não amigão, se preocupe com sua vida, que eu estou bem tranquilo com a minha

    Grato pela preocupação


    Última edição por tec.tre em Sex 20 Set 2019, 12:44 pm, editado 1 vez(es)

    Conteúdo patrocinado

    Novo PCS - Página 2 Empty Re: Novo PCS

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg 18 Out 2021, 2:12 am