PCS JÁ

PCS JÁ



    Assuntos gerais: economia & política

    ale1969
    ale1969
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1453
    Reputação : 151
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por ale1969 Seg 01 Mar 2021, 12:16 pm

    josebarbos escreveu:
    euvoltei escreveu:
    Galizezin escreveu:(..)diesel pra todos os veículos fere as leis ambientais, acho difícil. gasolina, já passou da hora, mas a máfia dos usineiros não permite.


    Essas "leis ambientais"  quase sempre saem sob medida pra atender algum interesse...

    No caso do diesel, é simples... se fosse possível abastecer carro comum com diesel, (ou se fosse possível vender gasolina pura (sem alccol)) o cartelzinho nojento das 4 ou 5 montadoras locais teriam que competir com o mundo inteiro....
    Pois os carros seriam importados do mundo inteiro para o Brasil sem nenhuma adaptação.... Só lembrando que para adaptar somente 1 motor é necessário gastos que chegam de milhões de dólares, com adaptação de peças, mangueiras, pressão de queima, etc...

    Aí, o que fazem? Inventam uma desculpa ambiental pra proteger o cartel.....

    Aí, a dificuldade permite que as montadoras "locais" cobrem um valor bem mais alto em cada carro, pois não competem nenhuma motandora do exterior,..... e as que se aventuram a importar, tem que colocar esse custo de adaptação no preço e repassar ao cliente..

    Ou seja, vc consumidor, não tem escolha, só tem a opção de pagar caro, por conta de uma "lei ambiental"....



    Quando vieram trazer o QQ da China, o carro mais barato do Brasil (Uno bota básico) girava em torno de 23k.
    A fabricante queria vender a 16.999 e as concessionárias convenceram a subir para 19.999.

    Brasil há muito tempo é cobaia e fonte de lucros de alguns grupos. Abrir mercado e/ou desenvolver uma marca nacional (sabe-se lá como) é algo que passou da hora, mesmo com todas as restrições, mas pensando que muito provavelmente não vamos ou chegaremos muito tarde na eletrificação.

    Assim funciona a globalização capitalista nas economias periféricas.
    euvoltei
    euvoltei
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1921
    Reputação : 189
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por euvoltei Seg 01 Mar 2021, 12:33 pm

    ale1969 escreveu:

    Assim funciona a globalização capitalista nas economias periféricas.

    Tem pelo menos 50 anos esse esquema combustivel-montadoras... Todos sustentando isso...

    Queria que o PR atual tivesse a mesma coragem e inciativa que tem contra a globo pra resolver isso..
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7678
    Reputação : 564
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por Galizezin Seg 01 Mar 2021, 6:09 pm

    é bem possível uma estratégia do governo, com a subida de preços, como os combustíveis, que afeta em cadeia o consumo, visando derreter sua principal despesa fixa, salários, já que o setor privado pode se autoajustar.


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    androsvilazza
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2641
    Reputação : 495
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por androsvilazza Qua 03 Mar 2021, 9:46 am

    Achei engraçado que, com essa história do Flávio e sua mansão, bolsonarista nenhum vai poder mais usar os bordões "E o Lula? E o PT? E o triplex?", sem soar completamente hipócrita... Laughing tudo muuuuuito estranho nessa história:

    Não chego a questionar o valor pago de entrada. Tudo bem, é incompatível com o patrimônio declarado em 2018, mas ninguém fica, mesmo, atualizando valores de imóveis na declaração do imposto de renda. Por outro lado, o valor financiado, este sim, é completamente incompatível. Pegando a taxa de juros praticada, de "pai pra filho", e supondo uma inflação sob controle (já que ele optou pelo financiamento por juros + inflação), ainda assim a prestação estimada fica em mais de R$18 mil. Qualquer endividado sabe que, para ter uma prestação nesse valor, a renda familiar líquida tem de ser, no mínimo, 46 mil. Como o senador tem uma renda líquida em torno de 28 mil - de acordo com informações prestadas pelo próprio no documento de registro da propriedade-, teremos de acreditar que a renda informada pela esposa no mesmo documento (8 mil) é falsa, e que ela, na verdade, recebe cerca de 18 mil reais como "qualquer" dentista recém chegada em Brasília. Ou isso; ou forjaram comprovantes de renda; ou o banco aprovou um financiamento em condições incompatíveis com a renda familiar E o senador optou por comprometer um percentual expressivo de sua renda com prestações de financiamento habitacional. Afinal, deve custar muito pouco manter uma mansão de mais de 1000 m².

    Para agravar o quadro suspeitíssimo de lavagem de dinheiro, a mansão foi comprada muito abaixo do valor "de mercado" das propriedades naquela região. Agora, pra completar essa imagem, só falta o senador, daqui a alguns - poucos - anos, vender essa mesma propriedade a um valor muito superior (mas não foi justamente isso que ele fez pra aumentar seu patrimônio exponencialmente enquanto era deputado na ALERJ? scratch )
    ale1969
    ale1969
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1453
    Reputação : 151
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por ale1969 Qua 03 Mar 2021, 9:52 am

    androsvilazza escreveu:Achei engraçado que, com essa história do Flávio e sua mansão, bolsonarista nenhum vai poder mais usar os bordões "E o Lula? E o PT? E o triplex?", sem soar completamente hipócrita... Laughing tudo muuuuuito estranho nessa história:

    Não chego a questionar o valor pago de entrada. Tudo bem, é incompatível com o patrimônio declarado em 2018, mas ninguém fica, mesmo, atualizando valores de imóveis na declaração do imposto de renda.  Por outro lado, o valor financiado, este sim, é completamente incompatível. Pegando a taxa de juros praticada, de "pai pra filho", e supondo uma inflação sob controle (já que ele optou pelo financiamento por juros + inflação), ainda assim a prestação estimada fica em mais de R$18 mil. Qualquer endividado sabe que, para ter uma prestação nesse valor, a renda familiar líquida tem de ser, no mínimo, 46 mil. Como o senador tem uma renda líquida em torno de 28 mil - de acordo com informações prestadas pelo próprio no documento de registro da propriedade-, teremos de acreditar que a renda informada pela esposa no mesmo documento (8 mil) é falsa, e que ela, na verdade, recebe cerca de 18 mil reais como "qualquer" dentista recém chegada em Brasília. Ou isso; ou forjaram comprovantes de renda; ou o banco aprovou um financiamento em condições incompatíveis com a renda familiar E o senador optou por comprometer um percentual expressivo de sua renda com prestações de financiamento habitacional. Afinal, deve custar muito pouco manter uma mansão de mais de 1000 m².

    Para agravar o quadro suspeitíssimo de lavagem de dinheiro, a mansão foi comprada muito abaixo do valor "de mercado" das propriedades naquela região. Agora, pra completar essa imagem, só falta o senador, daqui a alguns - poucos - anos, vender essa mesma propriedade a um valor muito superior (mas não foi justamente isso que ele fez pra aumentar seu patrimônio exponencialmente enquanto era deputado na ALERJ? scratch )



    Pior que isso é que os eleitores desses inomináveis familiares ainda não se arrependeram completamente. Deixaram de votar no Chico Alencar para votar nesse lixo humano.
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7678
    Reputação : 564
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por Galizezin Qua 03 Mar 2021, 10:17 am

    coisa mais horrenda que corrupção é querer dar golpe. estamos lascados mesmo, ou é esquerda extrema ou é direita extrema, o povo brasileiro não sabe beber socialmente.

    profeta Temer

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    anuvenzinha
    anuvenzinha
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : ANALISTA
    Mensagens : 1407
    Reputação : 210
    Data de inscrição : 19/12/2014

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por anuvenzinha Qua 03 Mar 2021, 2:31 pm

    ale1969 escreveu:
    androsvilazza escreveu:Achei engraçado que, com essa história do Flávio e sua mansão, bolsonarista nenhum vai poder mais usar os bordões "E o Lula? E o PT? E o triplex?", sem soar completamente hipócrita... Laughing tudo muuuuuito estranho nessa história:

    Não chego a questionar o valor pago de entrada. Tudo bem, é incompatível com o patrimônio declarado em 2018, mas ninguém fica, mesmo, atualizando valores de imóveis na declaração do imposto de renda.  Por outro lado, o valor financiado, este sim, é completamente incompatível. Pegando a taxa de juros praticada, de "pai pra filho", e supondo uma inflação sob controle (já que ele optou pelo financiamento por juros + inflação), ainda assim a prestação estimada fica em mais de R$18 mil. Qualquer endividado sabe que, para ter uma prestação nesse valor, a renda familiar líquida tem de ser, no mínimo, 46 mil. Como o senador tem uma renda líquida em torno de 28 mil - de acordo com informações prestadas pelo próprio no documento de registro da propriedade-, teremos de acreditar que a renda informada pela esposa no mesmo documento (8 mil) é falsa, e que ela, na verdade, recebe cerca de 18 mil reais como "qualquer" dentista recém chegada em Brasília. Ou isso; ou forjaram comprovantes de renda; ou o banco aprovou um financiamento em condições incompatíveis com a renda familiar E o senador optou por comprometer um percentual expressivo de sua renda com prestações de financiamento habitacional. Afinal, deve custar muito pouco manter uma mansão de mais de 1000 m².

    Para agravar o quadro suspeitíssimo de lavagem de dinheiro, a mansão foi comprada muito abaixo do valor "de mercado" das propriedades naquela região. Agora, pra completar essa imagem, só falta o senador, daqui a alguns - poucos - anos, vender essa mesma propriedade a um valor muito superior (mas não foi justamente isso que ele fez pra aumentar seu patrimônio exponencialmente enquanto era deputado na ALERJ? scratch )



    Pior que isso é que os eleitores desses inomináveis familiares ainda não se arrependeram completamente. Deixaram de votar no Chico Alencar para votar nesse lixo humano.


    Pior do q qualquer embusteiro lixo que se absteve na reforma da previdência(2003) quando estava no poder e viu pianinho seus parceiros de partido serem expulsos q dá inclusive pra contar com uma mão, obviedade, como a Heloísa Helena, etc. é esse outro coiso igualmente com os parceiros ministros na época(Ciro, Marina, etc.) e alinhados partidos de esquerda é esse partido q tem tudo haver com o  :evil2: ,principalmente, ideologicamente e na sua formação:
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    Qto ao atual presidento o q esse outro sujeito q na época do nosso veto até o último instante ele não se posicionava não há como discordar com q falou sobre o atual embusteiro:[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


    100% Lava Jato e corruptos/assassinos/terroristas na prisão aqui na terra.....
    ale1969
    ale1969
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1453
    Reputação : 151
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por ale1969 Qui 04 Mar 2021, 10:43 am

    anuvenzinha escreveu:
    ale1969 escreveu:
    androsvilazza escreveu:Achei engraçado que, com essa história do Flávio e sua mansão, bolsonarista nenhum vai poder mais usar os bordões "E o Lula? E o PT? E o triplex?", sem soar completamente hipócrita... Laughing tudo muuuuuito estranho nessa história:

    Não chego a questionar o valor pago de entrada. Tudo bem, é incompatível com o patrimônio declarado em 2018, mas ninguém fica, mesmo, atualizando valores de imóveis na declaração do imposto de renda.  Por outro lado, o valor financiado, este sim, é completamente incompatível. Pegando a taxa de juros praticada, de "pai pra filho", e supondo uma inflação sob controle (já que ele optou pelo financiamento por juros + inflação), ainda assim a prestação estimada fica em mais de R$18 mil. Qualquer endividado sabe que, para ter uma prestação nesse valor, a renda familiar líquida tem de ser, no mínimo, 46 mil. Como o senador tem uma renda líquida em torno de 28 mil - de acordo com informações prestadas pelo próprio no documento de registro da propriedade-, teremos de acreditar que a renda informada pela esposa no mesmo documento (8 mil) é falsa, e que ela, na verdade, recebe cerca de 18 mil reais como "qualquer" dentista recém chegada em Brasília. Ou isso; ou forjaram comprovantes de renda; ou o banco aprovou um financiamento em condições incompatíveis com a renda familiar E o senador optou por comprometer um percentual expressivo de sua renda com prestações de financiamento habitacional. Afinal, deve custar muito pouco manter uma mansão de mais de 1000 m².

    Para agravar o quadro suspeitíssimo de lavagem de dinheiro, a mansão foi comprada muito abaixo do valor "de mercado" das propriedades naquela região. Agora, pra completar essa imagem, só falta o senador, daqui a alguns - poucos - anos, vender essa mesma propriedade a um valor muito superior (mas não foi justamente isso que ele fez pra aumentar seu patrimônio exponencialmente enquanto era deputado na ALERJ? scratch )



    Pior que isso é que os eleitores desses inomináveis familiares ainda não se arrependeram completamente. Deixaram de votar no Chico Alencar para votar nesse lixo humano.


    Pior do q qualquer embusteiro lixo que se absteve na reforma da previdência(2003) quando estava no poder e viu pianinho seus parceiros de partido serem expulsos q dá inclusive pra contar com uma mão, obviedade, como a Heloísa Helena, etc. é esse outro coiso igualmente com os parceiros ministros na época(Ciro, Marina, etc.) e alinhados partidos de esquerda é esse partido q tem tudo haver com o  :evil2: ,principalmente, ideologicamente e na sua formação:
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    Qto ao atual presidento o q esse outro sujeito q na época do nosso veto até o último instante ele não se posicionava não há como discordar com q falou sobre o atual embusteiro:[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


    100% Lava Jato e corruptos/assassinos/terroristas na prisão aqui na terra.....


    Exatamente seu pensamento que levou a catástrofe atual. Não sabe diferençar democratas de ditadores.
    josebarbos
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3308
    Reputação : 432
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por josebarbos Qui 04 Mar 2021, 6:39 pm

    androsvilazza escreveu:
    Não chego a questionar o valor pago de entrada. Tudo bem, é incompatível com o patrimônio declarado em 2018, mas ninguém fica, mesmo, atualizando valores de imóveis na declaração do imposto de renda.

    Só para constar, porque alguém pode estar fazendo isto errado, NÃO SE PODE atualizar o valor dos imóveis, tem que manter o valor original, sob pena de ter um belo problema com o fisco, já que este é a base para apurar o ganho de capital no imposto de renda.

    Para atualizar valor, somente se fizer uma melhoria significativa no imóvel (ampliação ou modificação de características que de fato impacte o padrão), ainda assim limitado ao valor exato de custo, não de mercado, e guardar tudo direitinho, porque a chance de ir tomar um café com o auditor é grande.
    androsvilazza
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2641
    Reputação : 495
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por androsvilazza Qui 04 Mar 2021, 8:38 pm

    josebarbos escreveu:
    androsvilazza escreveu:
    Não chego a questionar o valor pago de entrada. Tudo bem, é incompatível com o patrimônio declarado em 2018, mas ninguém fica, mesmo, atualizando valores de imóveis na declaração do imposto de renda.

    Só para constar, porque alguém pode estar fazendo isto errado, NÃO SE PODE atualizar o valor dos imóveis, tem que manter o valor original, sob pena de ter um belo problema com o fisco, já que este é a base para apurar o ganho de capital no imposto de renda.

    Para atualizar valor, somente se fizer uma melhoria significativa no imóvel (ampliação ou modificação de características que de fato impacte o padrão), ainda assim limitado ao valor exato de custo, não de mercado, e guardar tudo direitinho, porque a chance de ir tomar um café com o auditor é grande.

    Bem lembrado! Declarar o imóvel pelo custo é a regra para o imposto de renda. Declarar a compra a um custo baixo (abaixo do valor de mercado) é uma estratégia antiga, utilizada para se fazer parte do pagamento "por fora" (com dinheiro provavelmente ilegal) e, de quebra, sonegar algum montante em impostos (para o vendedor, IR; para o comprador, ITBI). Via de regra, o ciclo dessa tramoia fica completo na venda posterior, a um preço muito superior ao de mercado, em que o vendedor leva uma facada do leão mas, por outro lado, arruma uma forma "fidedigna" para justificar seu enriquecimento suspeito... (É lógico que estou fazendo essa digressão por motivos acadêmicos, nada a ver com a compra dessa mansão pelo honrado senador!)

    O que nos leva de volta ao curioso caso do senador que poderia estar fazendo uma fortuna (ainda maior) no mercado de imóveis, pois vira e mexe encontra uma "pechincha" que dobra seu patrimônio em questão de dois ou três anos... É incrível como os filhos de alguns presidentes brasileiros têm tanto talento para o mundo dos negócios! Os filhos de um ex-presidente barbudo fizeram fortunas inexplicáveis em empreendimentos sem sentido; já dois filhos do atual também são mestres dos negócios, um no ramo de imóveis, outro no de eventos...
    josebarbos
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3308
    Reputação : 432
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por josebarbos Qui 04 Mar 2021, 10:15 pm

    androsvilazza escreveu:
    josebarbos escreveu:
    androsvilazza escreveu:
    Não chego a questionar o valor pago de entrada. Tudo bem, é incompatível com o patrimônio declarado em 2018, mas ninguém fica, mesmo, atualizando valores de imóveis na declaração do imposto de renda.

    Só para constar, porque alguém pode estar fazendo isto errado, NÃO SE PODE atualizar o valor dos imóveis, tem que manter o valor original, sob pena de ter um belo problema com o fisco, já que este é a base para apurar o ganho de capital no imposto de renda.

    Para atualizar valor, somente se fizer uma melhoria significativa no imóvel (ampliação ou modificação de características que de fato impacte o padrão), ainda assim limitado ao valor exato de custo, não de mercado, e guardar tudo direitinho, porque a chance de ir tomar um café com o auditor é grande.

    Bem lembrado! Declarar o imóvel pelo custo é a regra para o imposto de renda. Declarar a compra a um custo baixo (abaixo do valor de mercado) é uma estratégia antiga, utilizada para se fazer parte do pagamento "por fora" (com dinheiro provavelmente ilegal) e, de quebra, sonegar algum montante em impostos (para o vendedor, IR; para o comprador, ITBI). Via de regra, o ciclo dessa tramoia fica completo na venda posterior, a um preço muito superior ao de mercado, em que o vendedor leva uma facada do leão mas, por outro lado, arruma uma forma "fidedigna" para justificar seu enriquecimento suspeito... (É lógico que estou fazendo essa digressão por motivos acadêmicos, nada a ver com a compra dessa mansão pelo honrado senador!)

    O que nos leva de volta ao curioso caso do senador que poderia estar fazendo uma fortuna (ainda maior) no mercado de imóveis, pois vira e mexe encontra uma "pechincha" que dobra seu patrimônio em questão de dois ou três anos... É incrível como os filhos de alguns presidentes brasileiros têm tanto talento para o mundo dos negócios! Os filhos de um ex-presidente barbudo fizeram fortunas inexplicáveis em empreendimentos sem sentido; já dois filhos do atual também são mestres dos negócios, um no ramo de imóveis, outro no de eventos...

    Exato. São os filhos, e não os presidentes, que deveriam ser palestrantes, pois possuem lições valiosas de empreendedorismo em temos de crise.

    Quanto ao tributo, o ganho de capital desconsiderando a inflação é uma das maiores perversidades tributárias do país. Imóvel é um belo exemplo porque sou contrário a se tributar patrimônio, e não renda, exatamente porque um velhinho, que não tem nada a ver com a história, pode perder tudo o que tem por causa de meia dúzia de especuladores.
    Em tempo, se for para tributar, que seja na transmissão ou, em último caso, na morte.
    ale1969
    ale1969
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1453
    Reputação : 151
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por ale1969 Sex 05 Mar 2021, 11:07 am

    josebarbos escreveu:
    androsvilazza escreveu:
    josebarbos escreveu:
    androsvilazza escreveu:
    Não chego a questionar o valor pago de entrada. Tudo bem, é incompatível com o patrimônio declarado em 2018, mas ninguém fica, mesmo, atualizando valores de imóveis na declaração do imposto de renda.

    Só para constar, porque alguém pode estar fazendo isto errado, NÃO SE PODE atualizar o valor dos imóveis, tem que manter o valor original, sob pena de ter um belo problema com o fisco, já que este é a base para apurar o ganho de capital no imposto de renda.

    Para atualizar valor, somente se fizer uma melhoria significativa no imóvel (ampliação ou modificação de características que de fato impacte o padrão), ainda assim limitado ao valor exato de custo, não de mercado, e guardar tudo direitinho, porque a chance de ir tomar um café com o auditor é grande.

    Bem lembrado! Declarar o imóvel pelo custo é a regra para o imposto de renda. Declarar a compra a um custo baixo (abaixo do valor de mercado) é uma estratégia antiga, utilizada para se fazer parte do pagamento "por fora" (com dinheiro provavelmente ilegal) e, de quebra, sonegar algum montante em impostos (para o vendedor, IR; para o comprador, ITBI). Via de regra, o ciclo dessa tramoia fica completo na venda posterior, a um preço muito superior ao de mercado, em que o vendedor leva uma facada do leão mas, por outro lado, arruma uma forma "fidedigna" para justificar seu enriquecimento suspeito... (É lógico que estou fazendo essa digressão por motivos acadêmicos, nada a ver com a compra dessa mansão pelo honrado senador!)

    O que nos leva de volta ao curioso caso do senador que poderia estar fazendo uma fortuna (ainda maior) no mercado de imóveis, pois vira e mexe encontra uma "pechincha" que dobra seu patrimônio em questão de dois ou três anos... É incrível como os filhos de alguns presidentes brasileiros têm tanto talento para o mundo dos negócios! Os filhos de um ex-presidente barbudo fizeram fortunas inexplicáveis em empreendimentos sem sentido; já dois filhos do atual também são mestres dos negócios, um no ramo de imóveis, outro no de eventos...

    Exato. São os filhos, e não os presidentes, que deveriam ser palestrantes, pois possuem lições valiosas de empreendedorismo em temos de crise.

    Quanto ao tributo, o ganho de capital desconsiderando a inflação é uma das maiores perversidades tributárias do país. Imóvel é um belo exemplo porque sou contrário a se tributar patrimônio, e não renda, exatamente porque um velhinho, que não tem nada a ver com a história, pode perder tudo o que tem por causa de meia dúzia de especuladores.
    Em tempo, se for para tributar, que seja na transmissão ou, em último caso, na morte.



    Exatamente. Só que no tempo em os filhos de um certo barbudo eram donos da "friboi", agente fazia churrasco de picanha todo final de semana.... Laughing Laughing Laughing
    ale1969
    ale1969
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1453
    Reputação : 151
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por ale1969 Sex 05 Mar 2021, 12:28 pm

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    Tem um monte de gente divulgando o vídeo dessa CLIMAINFO, uma ONG ligada ao Partido Democrata estadunidense sem saber a autoria e produção brasileiras.

    O conteúdo pode ser relevante, todavia as intenções políticas não são claras. Têm deputados do PSOL, candidatos do PDT, atores e outras figuras públicas divulgando e compartilhando sem analisar os verdadeiros interesses eleitorais. Vai por mim, tem tucano e gralha nesse ninho!
    euvoltei
    euvoltei
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1921
    Reputação : 189
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por euvoltei Sex 05 Mar 2021, 2:21 pm

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    Só mais um exemplo que irresponsabilidade fiscal destrói muitos sonhos e vidas.....

    Gastar dinheiro público sem responsabilidade é caminho certo rumo a desgraça.....


    euvoltei
    euvoltei
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1921
    Reputação : 189
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por euvoltei Sex 05 Mar 2021, 2:27 pm

    ale1969 escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    Tem um monte de gente divulgando o vídeo dessa CLIMAINFO, uma ONG ligada ao Partido Democrata estadunidense sem saber a autoria e produção brasileiras.

    O conteúdo pode ser relevante, todavia as intenções políticas não são claras. Têm deputados do PSOL, candidatos do PDT, atores e outras figuras públicas divulgando e compartilhando sem analisar os verdadeiros  interesses eleitorais. Vai por mim, tem tucano e gralha nesse ninho!


    O que tem de mané que comemora quando o Brasil se dá mal em uma negociação internacional .... Seja acordo com a UE, seja algo ligado a área ambiental, seja contra China, seja contra a ONU.....

    Torcem avidamente por uma derrota do Brasil no mundo, achando que isso vai ser bom pq expõe o "bozo"....

    Ouras, o Bozo já tá com a vida ganha, já é presidente, já tem aposentadoria pelo teto, seguranças, vida no luxo até o último suspiro....

    Mas na hora da aposentadoria de cada um, na hora da inflação, na hora do aperto, NINGUÉM vai pedir nada na ONU, no TPI HAIA, na CHINA, na UE, etc....... todo brasileiro vai bater é na porta das instituições brasileiras, que eles mesmo lutaram para deteriorar, só pra lacrar contra um PR que já tá com a vida mais do que ganha....


    Última edição por euvoltei em Sex 05 Mar 2021, 2:40 pm, editado 1 vez(es)
    josebarbos
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3308
    Reputação : 432
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por josebarbos Sex 05 Mar 2021, 2:29 pm

    ale1969 escreveu:agente fazia churrasco de picanha todo final de semana.... Laughing Laughing Laughing

    Só acredito mediante notas fiscais.
    Depois de congelamento e aumentos mixurucas, a única coisa que fazíamos toda semana era pesquisar um consignado mais barato.
    anuvenzinha
    anuvenzinha
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : ANALISTA
    Mensagens : 1407
    Reputação : 210
    Data de inscrição : 19/12/2014

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por anuvenzinha Sab 06 Mar 2021, 1:08 am

    ale1969 escreveu:
    anuvenzinha escreveu:
    ale1969 escreveu:
    androsvilazza escreveu:Achei engraçado que, com essa história do Flávio e sua mansão, bolsonarista nenhum vai poder mais usar os bordões "E o Lula? E o PT? E o triplex?", sem soar completamente hipócrita... Laughing tudo muuuuuito estranho nessa história:

    Não chego a questionar o valor pago de entrada. Tudo bem, é incompatível com o patrimônio declarado em 2018, mas ninguém fica, mesmo, atualizando valores de imóveis na declaração do imposto de renda.  Por outro lado, o valor financiado, este sim, é completamente incompatível. Pegando a taxa de juros praticada, de "pai pra filho", e supondo uma inflação sob controle (já que ele optou pelo financiamento por juros + inflação), ainda assim a prestação estimada fica em mais de R$18 mil. Qualquer endividado sabe que, para ter uma prestação nesse valor, a renda familiar líquida tem de ser, no mínimo, 46 mil. Como o senador tem uma renda líquida em torno de 28 mil - de acordo com informações prestadas pelo próprio no documento de registro da propriedade-, teremos de acreditar que a renda informada pela esposa no mesmo documento (8 mil) é falsa, e que ela, na verdade, recebe cerca de 18 mil reais como "qualquer" dentista recém chegada em Brasília. Ou isso; ou forjaram comprovantes de renda; ou o banco aprovou um financiamento em condições incompatíveis com a renda familiar E o senador optou por comprometer um percentual expressivo de sua renda com prestações de financiamento habitacional. Afinal, deve custar muito pouco manter uma mansão de mais de 1000 m².

    Para agravar o quadro suspeitíssimo de lavagem de dinheiro, a mansão foi comprada muito abaixo do valor "de mercado" das propriedades naquela região. Agora, pra completar essa imagem, só falta o senador, daqui a alguns - poucos - anos, vender essa mesma propriedade a um valor muito superior (mas não foi justamente isso que ele fez pra aumentar seu patrimônio exponencialmente enquanto era deputado na ALERJ? scratch )



    Pior que isso é que os eleitores desses inomináveis familiares ainda não se arrependeram completamente. Deixaram de votar no Chico Alencar para votar nesse lixo humano.


    Pior do q qualquer embusteiro lixo que se absteve na reforma da previdência(2003) quando estava no poder e viu pianinho seus parceiros de partido serem expulsos q dá inclusive pra contar com uma mão, obviedade, como a Heloísa Helena, etc. é esse outro coiso igualmente com os parceiros ministros na época(Ciro, Marina, etc.) e alinhados partidos de esquerda é esse partido q tem tudo haver com o  :evil2: ,principalmente, ideologicamente e na sua formação:
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    Qto ao atual presidento o q esse outro sujeito q na época do nosso veto até o último instante ele não se posicionava não há como discordar com q falou sobre o atual embusteiro:[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


    100% Lava Jato e corruptos/assassinos/terroristas na prisão aqui na terra.....


    Exatamente seu pensamento que levou a catástrofe atual. Não sabe diferençar democratas de ditadores.

    Negativo, os quase 100% de oportunistas de sindicatos desde  época do larápio com a reforma de 2003 aos quais se lambuzaram com o mensalão, cargos p/ parentes em prefeituras e, posteriormente, petrolão, fundo de pensão, etc.,, q nem o outro exilado FHC conseguiu fazer que levou a catástrofe atual somado aos políticos da situação com a ajuda do empresariado  e pior ainda os q vêem  democracia num partido como o PSOL q veio das cinzas de inclusive crianças queimadas e de fundadores terroristas. À propósito oh partidinho q gosta de "ensinar" criancinhas!  Enfim, democracia p/ esses Bolsopsolistaspetistas: é pirão primeiro no meu prato, principalmente, qdo os banquetes e viagens correm soltos.  Agora defender servidor do judiciário, não retorno as aulas, corruptos do próprio partido, etc.,  tudo se justifica.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    Ação do PT, está ligada a calculo eleitoral, e apenas impulsiona o regime ditatorial no país.
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    100% Lava Jato.
    ale1969
    ale1969
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1453
    Reputação : 151
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por ale1969 Ter 09 Mar 2021, 11:18 am

    anuvenzinha escreveu:
    ale1969 escreveu:
    anuvenzinha escreveu:
    ale1969 escreveu:



    Pior que isso é que os eleitores desses inomináveis familiares ainda não se arrependeram completamente. Deixaram de votar no Chico Alencar para votar nesse lixo humano.


    Pior do q qualquer embusteiro lixo que se absteve na reforma da previdência(2003) quando estava no poder e viu pianinho seus parceiros de partido serem expulsos q dá inclusive pra contar com uma mão, obviedade, como a Heloísa Helena, etc. é esse outro coiso igualmente com os parceiros ministros na época(Ciro, Marina, etc.) e alinhados partidos de esquerda é esse partido q tem tudo haver com o  :evil2: ,principalmente, ideologicamente e na sua formação:
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    Qto ao atual presidento o q esse outro sujeito q na época do nosso veto até o último instante ele não se posicionava não há como discordar com q falou sobre o atual embusteiro:[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


    100% Lava Jato e corruptos/assassinos/terroristas na prisão aqui na terra.....


    Exatamente seu pensamento que levou a catástrofe atual. Não sabe diferençar democratas de ditadores.

    Negativo, os quase 100% de oportunistas de sindicatos desde  época do larápio com a reforma de 2003 aos quais se lambuzaram com o mensalão, cargos p/ parentes em prefeituras e, posteriormente, petrolão, fundo de pensão, etc.,, q nem o outro exilado FHC conseguiu fazer que levou a catástrofe atual somado aos políticos da situação com a ajuda do empresariado  e pior ainda os q vêem  democracia num partido como o PSOL q veio das cinzas de inclusive crianças queimadas e de fundadores terroristas. À propósito oh partidinho q gosta de "ensinar" criancinhas!  Enfim, democracia p/ esses Bolsopsolistaspetistas: é pirão primeiro no meu prato, principalmente, qdo os banquetes e viagens correm soltos.  Agora defender servidor do judiciário, não retorno as aulas, corruptos do próprio partido, etc.,  tudo se justifica.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    Ação do PT, está ligada a calculo eleitoral, e apenas impulsiona o regime ditatorial no país.
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    100% Lava Jato.


    Calma, espera o fim da operação spoofing. O Walter Delgatti - hacker de Araraquara - pode ser Edward Snowden brasileiro.

    Juiz não pode acusar, nem defender.
    ale1969
    ale1969
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1453
    Reputação : 151
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por ale1969 Ter 09 Mar 2021, 11:20 am

    josebarbos escreveu:
    ale1969 escreveu:agente fazia churrasco de picanha todo final de semana.... Laughing Laughing Laughing

    Só acredito mediante notas fiscais.
    Depois de congelamento e aumentos mixurucas, a única coisa que fazíamos toda semana era pesquisar um consignado mais barato.


    Boa. Wink Wink Wink
    ale1969
    ale1969
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1453
    Reputação : 151
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por ale1969 Ter 09 Mar 2021, 11:42 am

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Eu achava que a lava-jato era benéfica para o Brasil. O TRF 4, MPF-PR e PF em Curitiba tornaram o combate ao crime uma ação arquitetada para destruir e criminalizar a política.

    Bolsonaro é apenas o expurgo da ferida aberta pelo "lawfare", dessa elite egoísta e escravocrata.
    euvoltei
    euvoltei
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1921
    Reputação : 189
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por euvoltei Ter 09 Mar 2021, 12:18 pm

    ale1969 escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Eu achava que a lava-jato era benéfica para o Brasil. O TRF 4, MPF-PR e PF em Curitiba tornaram o combate ao crime uma ação arquitetada para destruir e criminalizar a política.

    Bolsonaro é apenas o expurgo da ferida aberta pelo "lawfare", dessa elite egoísta e escravocrata.


    Assita as entrevistas do Hermes Magnus no Youtube..... Isso aí ele já falava mesmo antes das mensagens hackeadas, que só confirmou os fatos descritos por ele.....

    Hermes Magnus Denunciante da lava jato .... que é bem diferente delator...

    O teatro das tesouras era pra ser mantido... mas, foi eleito um outsider...

    Um traíra famosão da república de curitiba tentou fazer um lava jato no governo e se deu mau.... atrapalhou o país e saiu muito menor do que entrou...

    Graças a Deus e Nossa Senhora de Fátima estamos batalhando contra o monstro do comunismo..... diferente da "má sorte" consequência das más escolhas que sucumbiu a Argentina.....
    androsvilazza
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2641
    Reputação : 495
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por androsvilazza Ter 09 Mar 2021, 3:39 pm

    "De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto." - Ruy Barbosa

    Não pretendo entrar na discussão sobre o mérito da decisão, até porque isso é pouco relevante. Nesse contexto, qualquer decisão (inclusive decisão nenhuma, considerado o tempo levado pra anulação dos processos) é igualmente tecnicamente defensável e criticável, com ótimos argumentos favoráveis ou contrários. Essa é uma característica intrínseca ao Direito brasileiro, que permite a curiosa alternância entre "mutirões punitivistas" e "acordões libertadores" sem qualquer mudança relevante no arcabouço legal ou na sua interpretação.

    Pensando no presente e projetando o futuro, creio que as consequências práticas sejam as seguintes:

    1) Esses processos do Lula devem prescrever: no mínimo, as provas teriam de ser reanalisadas, nova denúncia apresentada, toneladas de recursos avaliados etc. No máximo, seria necessário retomar do início o processo de produção de provas. Em ambos os casos, o prazo para julgamento seria muito curto (alguns dos supostos crimes prescreveriam já em 2022. O prazo mais longo - lavagem de dinheiro supostamente encerrada em 2014, iria até 2024). Nenhum juízo vai querer "acelerar" o julgamento para evitar a prescrição, já que isso traria toda aquela série de ilações que já conhecemos (embora "acelerar" o julgamento seja, como todos sabem, o procedimento padrão quando o criminoso a ser "livrado" pela prescrição é um zé droguinha desconhecido).

    2) Lula deverá ser candidato à presidência. Na verdade, e a despeito de declarações em contrário, esse sempre foi seu intento: enquanto era presidente, queria um terceiro mandato; com a sua sucessora eleita, esperava que a Dilma lhe cedesse o "trono" em 2014; não tendo ocorrido que esperava, em 2018 se "lança" novamente candidato. É óbvio que no ano que vem sairá candidato novamente.

    3) "Lula livre" fortalece o bolsonarismo. Individualmente, essa prescrição é pouco relevante: todo dia vemos novos acusados do colarinho branco sendo livrados por filigranas jurídicas. Um a mais, um a menos, não vai mudar a sensação generalizada de impunidade, de que "o crime compensa". Há poucos dias, por exemplo, o filho do presidente se livrou por manobra parecida. O "problema" desse caso em particular é que, na polarização estabelecida, a hipócrita narrativa bolsonarista se espalhará, afirmando que "só o Bolsonaro pode derrotar o Lula e levar adiante o combate à corrupção" (sim, eu sei que não faz o menor sentido, que o próprio ambiente que permitiu a soltura do Lula tem "a mão" do Bolsonaro etc. etc., mas a verdade não importa: o que importa é no que as pessoas acreditam, e o eleitorado cativo do Bolsonaro vai, sim, acreditar em qualquer narrativa que lhe empurrem, assim como o eleitorado cativo do Lula aceita qualquer bobagem que inventem).

    4) Pelo cenário que temos hoje, Lula NÃO derrotaria o Bolsonaro. Este tem a máquina pública em suas mãos e o apoio majoritário do Congresso para a tomada de qualquer medida populista que lhe garanta votos entre o eleitorado mais, digamos, "preocupado com o próprio bolso". Curiosamente, se o Bolsonaro se livrar de vez da máscara de "reformista" (com a qual nunca se sentiu confortável, diga-se de passagem), certamente obterá apoio ideológico até mesmo da esquerda - que não poderá combater medidas populistas para não parecer incoerente, mas tampouco será capaz de colher os 'louros eleitoreiros", que sempre ficam com o Executivo e seu círculo de apoio direto. Por outro lado, as lideranças políticas mais "reformistas", ou preocupadas com o equilíbrio fiscal, e que poderiam se tornar uma eventual "terceira via" no processo eleitoral, se veriam na difícil posição de atacar medidas populistas e levar a pecha (de ambos os lados - bolsonaristas e petistas) de "odiar pobre", "preocupados com os lucros dos banqueiros", blablablá, o que provavelmente inviabilizaria suas chances nas eleições.
    Não creio que, hoje, o repúdio ao Bolsonaro seja suficiente para eleger o Lula. Boa parte dos que o repudiam é composta de pessoas que já votaram no Haddad em 2018 ou que não votariam no Lula, mesmo que seja para tirar o Bolsonaro. É bom notar que o Lula de hoje não é mais aquele Lula (de centro-esquerda) da "carta aos brasileiros", reforma da previdência, superávit primário etc., que dialogava com o "mercado", manteve e aprimorou as políticas públicas e o ambiente macroeconômico herdados de FHC. O "Lula de hoje" é o mesmo Lula sindicalista, de extrema esquerda, do "ódio às elites", que perdeu duas eleições pro FHC no primeiro turno. Obviamente, para uma parte da população existe um recall favorável dos seus governos, mas mesmo dentre estes há uma parcela para a qual ainda falta uma sinalização efetiva de que, dessa vez, o foco do seu governo será o mesmo.
    Acredito que, para ter chances reais de vitória, o Lula deva repetir a estratégia vencedora de 2002, escolhendo um vice no "mercado" (a aposta da vez, para alguns, seria a Luiza Trajano), e apontando uma equipe econômica mais "ortodoxa" (como a dupla Palocci/Meirelles do seu primeiro governo). Com essa estratégia, assim como em 2002, talvez perca parte do apoio orgânico no primeiro turno, que poderia migrar para outro candidato de esquerda, mas reaveria esse apoio no segundo turno (em que o objetivo seria derrotar o Bolsonaro). Se mantiver uma trajetória de extrema esquerda, deve ir ao segundo turno, mas não será o suficiente para converter para si os votos nulos ou de bolsonaristas arrependidos. Lembremos que alguns destes votaram no Bolsonaro "para tirar a esquerda". Hoje, vêem que o Bolsonaro vem adotando a mesma postura que criticavam na esquerda, mas vão preferir manter a "esperança" de que um segundo mandato seja diferente.

    5) Para quem torce pela vitória de uma "terceira via", lamento informar que, hoje, esse cenário está muito distante. A melhor estratégia seria a unificação de boa parte das campanhas, por iniciativa dos próprios candidatos, o que hoje (assim como em 2018) parece difícil (embora talvez fosse um grande sinal de evolução e esperança na política brasileira). Não havendo unificação antes do processo eleitoral - o que é mais provável -, cabe aos eleitores assumir a tarefa de praticar o voto útil ainda no primeiro turno, agregando votos para o terceiro colocado nas pesquisas, tentando levá-lo ao segundo turno no lugar de um dos "rejeitados".

    É curioso - e doloroso - eu apregoar essa alternativa do "voto útil", já que sempre fui, por princípio, contrário a essa medida no primeiro turno (pois estimula a polarização e a campanha suja, enfraquecendo os candidatos razoáveis). Mesmo no segundo turno sou favorável a uma "linha de corte" mínima, para adoção do voto útil - linha que, na minha avaliação INDIVIDUAL, não é superada, em absoluto, por candidatos como o Bolsonaro ou o Lula "extremista"; e que teria de ser "relativizada" (com algumas ressalvas e incômodo) para conseguir acomodar um Lula "moderado" caso se confirme um provável segundo turno entre os dois.

    De qualquer forma, pra quem esperava por melhorias no ambiente econômico, político e institucional brasileiro, posso afirmar com segurança que, de 2013 pra cá, fomos só "ladeira abaixo".
    ale1969
    ale1969
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1453
    Reputação : 151
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por ale1969 Qua 10 Mar 2021, 10:00 am

    androsvilazza escreveu:"De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto." - Ruy Barbosa

    Não pretendo entrar na discussão sobre o mérito da decisão, até porque isso é pouco relevante. Nesse contexto, qualquer decisão (inclusive decisão nenhuma, considerado o tempo levado pra anulação dos processos) é igualmente tecnicamente defensável e criticável, com ótimos argumentos favoráveis ou contrários. Essa é uma característica intrínseca ao Direito brasileiro, que permite a curiosa alternância entre "mutirões punitivistas" e "acordões libertadores" sem qualquer mudança relevante no arcabouço legal ou na sua interpretação.

    Pensando no presente e projetando o futuro, creio que as consequências práticas sejam as seguintes:

    1) Esses processos do Lula devem prescrever: no mínimo, as provas teriam de ser reanalisadas, nova denúncia apresentada, toneladas de recursos avaliados etc. No máximo, seria necessário retomar do início o processo de produção de provas. Em ambos os casos, o prazo para julgamento seria muito curto (alguns dos supostos crimes prescreveriam já em 2022. O prazo mais longo - lavagem de dinheiro supostamente encerrada em 2014, iria até 2024). Nenhum juízo vai querer "acelerar" o julgamento para evitar a prescrição, já que isso traria toda aquela série de ilações que já conhecemos (embora "acelerar" o julgamento seja, como todos sabem, o procedimento padrão quando o criminoso a ser "livrado" pela prescrição é um zé droguinha desconhecido).

    2) Lula deverá ser candidato à presidência. Na verdade, e a despeito de declarações em contrário, esse sempre foi seu intento: enquanto era presidente, queria um terceiro mandato; com a sua sucessora eleita, esperava que a Dilma lhe cedesse o "trono" em 2014; não tendo ocorrido que esperava, em 2018 se "lança" novamente candidato. É óbvio que no ano que vem sairá candidato novamente.

    3) "Lula livre" fortalece o bolsonarismo. Individualmente, essa prescrição é pouco relevante: todo dia vemos novos acusados do colarinho branco sendo livrados por filigranas jurídicas. Um a mais, um a menos, não vai mudar a sensação generalizada de impunidade, de que "o crime compensa". Há poucos dias, por exemplo, o filho do presidente se livrou por manobra parecida. O "problema" desse caso em particular é que, na polarização estabelecida, a hipócrita narrativa bolsonarista se espalhará, afirmando que "só o Bolsonaro pode derrotar o Lula e levar adiante o combate à corrupção" (sim, eu sei que não faz o menor sentido, que o próprio ambiente que permitiu a soltura do Lula tem "a mão" do Bolsonaro etc. etc., mas a verdade não importa: o que importa é no que as pessoas acreditam, e o eleitorado cativo do Bolsonaro vai, sim, acreditar em qualquer narrativa que lhe empurrem, assim como o eleitorado cativo do Lula aceita qualquer bobagem que inventem).

    4) Pelo cenário que temos hoje, Lula NÃO derrotaria o Bolsonaro. Este tem a máquina pública em suas mãos e o apoio majoritário do Congresso para a tomada de qualquer medida populista que lhe garanta votos entre o eleitorado mais, digamos, "preocupado com o próprio bolso". Curiosamente, se o Bolsonaro se livrar de vez da máscara de "reformista" (com a qual nunca se sentiu confortável, diga-se de passagem), certamente obterá apoio ideológico até mesmo da esquerda - que não poderá combater medidas populistas para não parecer incoerente, mas tampouco será capaz de colher os 'louros eleitoreiros", que sempre ficam com o Executivo e seu círculo de apoio direto. Por outro lado, as lideranças políticas mais "reformistas", ou preocupadas com o equilíbrio fiscal, e que poderiam se tornar uma eventual "terceira via" no processo eleitoral, se veriam na difícil posição de atacar medidas populistas e levar a pecha (de ambos os lados - bolsonaristas e petistas) de "odiar pobre", "preocupados com os lucros dos banqueiros", blablablá, o que provavelmente inviabilizaria suas chances nas eleições.
    Não creio que, hoje, o repúdio ao Bolsonaro seja suficiente para eleger o Lula. Boa parte dos que o repudiam é composta de pessoas que já votaram no Haddad em 2018 ou que não votariam no Lula, mesmo que seja para tirar o Bolsonaro. É bom notar que o Lula de hoje não é mais aquele Lula (de centro-esquerda) da "carta aos brasileiros", reforma da previdência, superávit primário etc., que dialogava com o "mercado", manteve e aprimorou as políticas públicas e o ambiente macroeconômico herdados de FHC. O "Lula de hoje" é o mesmo Lula sindicalista, de extrema esquerda, do "ódio às elites", que perdeu duas eleições pro FHC no primeiro turno. Obviamente, para uma parte da população existe um recall favorável dos seus governos, mas mesmo dentre estes há uma parcela para a qual ainda falta uma sinalização efetiva de que, dessa vez, o foco do seu governo será o mesmo.
    Acredito que, para ter chances reais de vitória, o Lula deva repetir a estratégia vencedora de 2002, escolhendo um vice no "mercado" (a aposta da vez, para alguns, seria a Luiza Trajano), e apontando uma equipe econômica mais "ortodoxa" (como a dupla Palocci/Meirelles do seu primeiro governo). Com essa estratégia, assim como em 2002, talvez perca parte do apoio orgânico no primeiro turno, que poderia migrar para outro candidato de esquerda, mas reaveria esse apoio no segundo turno (em que o objetivo seria derrotar o Bolsonaro). Se mantiver uma trajetória de extrema esquerda, deve ir ao segundo turno, mas não será o suficiente para converter para si os votos nulos ou de bolsonaristas arrependidos. Lembremos que alguns destes votaram no Bolsonaro "para tirar a esquerda". Hoje, vêem que o Bolsonaro vem adotando a mesma postura que criticavam na esquerda, mas vão preferir manter a "esperança" de que um segundo mandato seja diferente.

    5) Para quem torce pela vitória de uma "terceira via", lamento informar que, hoje, esse cenário está muito distante. A melhor estratégia seria a unificação de boa parte das campanhas, por iniciativa dos próprios candidatos, o que hoje (assim como em 2018) parece difícil (embora talvez fosse um grande sinal de evolução e esperança na política brasileira). Não havendo unificação antes do processo eleitoral - o que é mais provável -, cabe aos eleitores assumir a tarefa de praticar o voto útil ainda no primeiro turno, agregando votos para o terceiro colocado nas pesquisas, tentando levá-lo ao segundo turno no lugar de um dos "rejeitados".

    É curioso - e doloroso - eu apregoar essa alternativa do "voto útil", já que sempre fui, por princípio, contrário a essa medida no primeiro turno (pois estimula a polarização e a campanha suja, enfraquecendo os candidatos razoáveis). Mesmo no segundo turno sou favorável a uma "linha de corte" mínima, para adoção do voto útil - linha que, na minha avaliação INDIVIDUAL, não é superada, em absoluto, por candidatos como o Bolsonaro ou o Lula "extremista"; e que teria de ser "relativizada" (com algumas ressalvas e incômodo) para conseguir acomodar um Lula "moderado" caso se confirme um provável segundo turno entre os dois.

    De qualquer forma, pra quem esperava por melhorias no ambiente econômico, político e institucional brasileiro, posso afirmar com segurança que, de 2013 pra cá, fomos só "ladeira abaixo".

    Entendo bem sua visão "de Mercado" sobre a política nacional. Ontem, no Jornal das 10(GNews) estavam Merval(porta-voz dos donos da Globo) e Sardenberg(editor de economia) em desespero com inviabilidade da chamada "3ª via" para 2022.

    1º - Lula não é, tampouco foi um dia, socialista ou revolucionário. Essa imagem equivocada estampa o preconceito de classe implantado pelos interesses econômicos das elites nacionais e internacionais. Os governos do PT (2003 a abril/2016) foram capitalistas desenvolvimentistas clássicos, com base Keynesiana e adotando políticas neoliberais do ponto de vista fiscal. Houve superávit em quase todos os anos, exceto períodos de crise internacional, assim como FHC fez.

    2º - Concordo que Lula não é o melhor candidato para derrotar a extrema direita. Talvez como vice, para impedir um novo golpe travestido de impeachment, fosse a melhor solução. Uma chapa Luiza-Lula seria imbatível no Mercado.

    3º - Resta-nos preparar o "estômago" para votar no candidato que se oponha ao Bolsocaro no 2º turno, mesmo que seja contrário ao ideário individual de cada um, chamo de "efeito Biden brasileiro". Discordo respeitosamente de voto útil no 1º turno, ocorre que há que ter objetivo político na escolha do candidato e tem que ser o melhor possível, conforme a ideologia individual do eleitor.

    Concluo, afirmando que antecipar o pleito de 2022 é covardia política da mídia comercial, nada deve desviar o combate à pandemia da COVID-19. Há previsão de 3.000 mortos/dia ainda em março e pouquíssima vacinação da população. Vergonha dessa administração inepta e entreguista que foi eleita em 2018, lamentavelmente por muitos colegas nossos.

    Em tempo: Respeito muito suas opiniões e discordo democraticamente de visões neoliberais.
    androsvilazza
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2641
    Reputação : 495
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por androsvilazza Qua 10 Mar 2021, 10:55 am

    ale1969 escreveu:

    Entendo bem sua visão "de Mercado" sobre a política nacional. Ontem, no Jornal das 10(GNews) estavam Merval(porta-voz dos donos da Globo) e Sardenberg(editor de economia) em desespero com inviabilidade da chamada "3ª via" para 2022.

    1º - Lula não é, tampouco foi um dia, socialista ou revolucionário.  Essa imagem equivocada estampa o preconceito de classe implantado pelos interesses econômicos das elites nacionais e internacionais. Os governos do PT (2003 a abril/2016) foram capitalistas desenvolvimentistas clássicos, com base Keynesiana  e adotando políticas neoliberais do ponto de vista fiscal. Houve superávit em quase todos os anos, exceto períodos de crise internacional, assim como FHC fez.

    2º - Concordo que Lula não é o melhor candidato para derrotar a extrema direita. Talvez como vice, para impedir um novo golpe travestido de impeachment, fosse a melhor solução. Uma chapa Luiza-Lula seria imbatível no Mercado.

    3º - Resta-nos preparar o "estômago" para votar no candidato que se oponha ao Bolsocaro no 2º turno, mesmo que seja contrário ao ideário individual de cada um, chamo de "efeito Biden brasileiro". Discordo respeitosamente de voto útil no 1º turno, ocorre que há que ter objetivo político na escolha do candidato e tem que ser o melhor possível, conforme a ideologia individual do eleitor.

    Concluo, afirmando que antecipar o pleito de 2022 é covardia política da mídia comercial, nada deve desviar o combate à pandemia da COVID-19. Há previsão de 3.000 mortos/dia ainda em março e pouquíssima vacinação da população. Vergonha dessa administração inepta e entreguista que foi eleita em 2018, lamentavelmente por muitos colegas nossos.

    Em tempo: Respeito muito suas opiniões e discordo democraticamente de visões neoliberais.  

    1) Eu concordo que o Lula, na prática, foi "neoliberal". Mas não é esse o seu discurso, e isso gera dúvidas: "seria o Lula um neoliberal fantasiado de revolucionário, ou um revolucionário idealista que se curvou à lógica liberal quando no governo?" Há uma grande diferença entre os dois, e essa incerteza atrapalha muito as definições de apoio. Não chega a ser do nível do Bolsonaro (discurso golpista a vida inteira > verniz liberal para as eleições > discurso - e atitude - golpista após as eleições), mas a dúvida não deixa de ser razoável.

    3) Quanto ao "voto útil no primeiro turno", continuo achando que é a única alternativa prática para quem tem esperanças de um segundo turno diferente de Lula x Bolsonaro. Eu sem dúvida prefiro (e defendo) o voto ideológico no primeiro turno sempre, mas também é óbvio que, nas eleições de 2022, o voto ideológico levará, inevitavelmente, a um segundo turno entre Bolsonaro e Lula.

    Com relação à antecipação das discussões sobre o pleito de 2022, acho que é consequência natural dos desdobramentos políticos recentes (e da aparente inviabilidade da alternativa do impeachment). Não vejo como tão negativa essa antecipação, por alguns motivos:
    a) todo dia surgem novos assuntos para "abafar" o tema Covid: BBB21, suposto racismo na Coroa britânica, dólar e gasolina acima dos R$6, novos disparates proferidos pelo presidente ou seus apoiadores etc.etc. Pode-se não gostar dessas "cortinas de fumaça" - voluntárias ou involuntárias, mas elas estão aí. Se for pra dispersar o foco, é melhor que seja com algo que influencie diretamente no futuro da nação;
    b) permite aos agentes políticos a sondagem da opinião popular e iniciativa dos planos e acordos para composição no ano que vem. Da forma como vejo, se "nada for feito", e postergarmos a discussão para um momento "adequado", o Bolsonaro estará reeleito - o que nos leva ao terceiro ponto:
    c) para o Bolsonaro, é ideal que o foco da discussão seja "apenas" a pandemia. Nada do que ele fez (ou deixou de fazer) até o momento dissuadiu os seus apoiadores mais ferrenhos; presume-se que o apoio a ele - de parte desses aliados mais radicais- dificilmente recuará. Da mesma forma, nada indica que seu descaso com a pandemia leve a um processo criminal ou de impeachment. Assim, o cenário ideal para ele é aquele em que ficamos "eternamente" presos em 2020, "reféns" da pandemia também no campo das ideias, enquanto o ambiente lhe permite (tudo ao mesmo tempo) radicalizar o discurso contra seus opositores (reais ou imaginários); se "esquecer" do ajuste fiscal que prometeu, "rendendo-se" a medidas populistas; esperar que a pandemia se resolva por "inércia" (ou, mais provavelmente, por iniciativa de outros atores), sem deixar de levar o mérito por isso; entregar-se aos braços do Centrão e levar adiante o acordão de desmonte do combate à corrupção (entre outras áreas nas quais pretende "passar a boiada") e controlar a narrativa no submundo das redes sociais, enquanto as eleições estão a cada dia mais próximas.

    Enquanto estamos todos - corretamente - concentrados no combate à pandemia, a narrativa bolsonarista é que esse tópico continua sendo discutido porque "o foco é prejudicar o presidente"; "o presidente é o único preocupado com a economia"; "o presidente está se sacrificando, bancando um auxílio emergencial enquanto o resto do país tenta ficar de férias"; "estão sabotando o tratamento precoce para prolongar a pandemia"; "essa pandemia foi planejada para restringir as liberdades individuais em caráter permanente" (veja a teoria conspiratória envolvendo o "Great Reset"), entre inúmeras narrativas que estão, sim, "colando" em boa parte da população por meio das redes sociais e grupos de whatsapp. A situação atual, por incrível que pareça, é cômoda ao Bolsonaro, e seria possível até intuir que ele prolonga o nosso sofrimento pela pandemia de propósito (se não existissem dúvidas quanto à sua capacidade cognitiva para planejar algo tão complexo).
    ale1969
    ale1969
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1453
    Reputação : 151
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por ale1969 Qua 10 Mar 2021, 11:14 am

    androsvilazza escreveu:
    ale1969 escreveu:

    Entendo bem sua visão "de Mercado" sobre a política nacional. Ontem, no Jornal das 10(GNews) estavam Merval(porta-voz dos donos da Globo) e Sardenberg(editor de economia) em desespero com inviabilidade da chamada "3ª via" para 2022.

    1º - Lula não é, tampouco foi um dia, socialista ou revolucionário.  Essa imagem equivocada estampa o preconceito de classe implantado pelos interesses econômicos das elites nacionais e internacionais. Os governos do PT (2003 a abril/2016) foram capitalistas desenvolvimentistas clássicos, com base Keynesiana  e adotando políticas neoliberais do ponto de vista fiscal. Houve superávit em quase todos os anos, exceto períodos de crise internacional, assim como FHC fez.

    2º - Concordo que Lula não é o melhor candidato para derrotar a extrema direita. Talvez como vice, para impedir um novo golpe travestido de impeachment, fosse a melhor solução. Uma chapa Luiza-Lula seria imbatível no Mercado.

    3º - Resta-nos preparar o "estômago" para votar no candidato que se oponha ao Bolsocaro no 2º turno, mesmo que seja contrário ao ideário individual de cada um, chamo de "efeito Biden brasileiro". Discordo respeitosamente de voto útil no 1º turno, ocorre que há que ter objetivo político na escolha do candidato e tem que ser o melhor possível, conforme a ideologia individual do eleitor.

    Concluo, afirmando que antecipar o pleito de 2022 é covardia política da mídia comercial, nada deve desviar o combate à pandemia da COVID-19. Há previsão de 3.000 mortos/dia ainda em março e pouquíssima vacinação da população. Vergonha dessa administração inepta e entreguista que foi eleita em 2018, lamentavelmente por muitos colegas nossos.

    Em tempo: Respeito muito suas opiniões e discordo democraticamente de visões neoliberais.  

    1) Eu concordo que o Lula, na prática, foi "neoliberal". Mas não é esse o seu discurso, e isso gera dúvidas: "seria o Lula um neoliberal fantasiado de revolucionário, ou um revolucionário idealista que se curvou à lógica liberal quando no governo?" Há uma grande diferença entre os dois, e essa incerteza atrapalha muito as definições de apoio. Não chega a ser do nível do Bolsonaro (discurso golpista a vida inteira > verniz liberal para as eleições > discurso - e atitude - golpista após as eleições), mas a dúvida não deixa de ser razoável.

    3) Quanto ao "voto útil no primeiro turno", continuo achando que é a única alternativa prática para quem tem esperanças de um segundo turno diferente de Lula x Bolsonaro. Eu sem dúvida prefiro (e defendo) o voto ideológico no primeiro turno sempre, mas também é óbvio que, nas eleições de 2022, o voto ideológico levará, inevitavelmente, a um segundo turno entre Bolsonaro e Lula.

    Com relação à antecipação das discussões sobre o pleito de 2022, acho que é consequência natural dos desdobramentos políticos recentes (e da aparente inviabilidade da alternativa do impeachment). Não vejo como tão negativa essa antecipação, por alguns motivos:
    a) todo dia surgem novos assuntos para "abafar" o tema Covid: BBB21, suposto racismo na Coroa britânica, dólar e gasolina acima dos R$6, novos disparates proferidos pelo presidente ou seus apoiadores etc.etc. Pode-se não gostar dessas "cortinas de fumaça" - voluntárias ou involuntárias, mas elas estão aí. Se for pra dispersar o foco, é melhor que seja com algo que influencie diretamente no futuro da nação;
    b) permite aos agentes políticos a sondagem da opinião popular e iniciativa dos planos e acordos para composição no ano que vem. Da forma como vejo, se "nada for feito", e postergarmos a discussão para um momento "adequado", o Bolsonaro estará reeleito - o que nos leva ao terceiro ponto:
    c) para o Bolsonaro, é ideal que o foco da discussão seja "apenas" a pandemia. Nada do que ele fez (ou deixou de fazer) até o momento dissuadiu os seus apoiadores mais ferrenhos; presume-se que o apoio a ele - de parte desses aliados mais radicais- dificilmente recuará. Da mesma forma, nada indica que seu descaso com a pandemia leve a um processo criminal ou de impeachment. Assim, o cenário ideal para ele é aquele em que ficamos "eternamente" presos em 2020, "reféns" da pandemia também no campo das ideias, enquanto o ambiente lhe permite (tudo ao mesmo tempo) radicalizar o discurso contra seus opositores (reais ou imaginários); se "esquecer" do ajuste fiscal que prometeu, "rendendo-se" a medidas populistas; esperar que a pandemia se resolva por "inércia" (ou, mais provavelmente, por iniciativa de outros atores), sem deixar de levar o mérito por isso; entregar-se aos braços do Centrão e levar adiante o acordão de desmonte do combate à corrupção (entre outras áreas nas quais pretende "passar a boiada") e controlar a narrativa no submundo das redes sociais, enquanto as eleições estão a cada dia mais próximas.

    Enquanto estamos todos - corretamente - concentrados no combate à pandemia, a narrativa bolsonarista é que esse tópico continua sendo discutido porque "o foco é prejudicar o presidente"; "o presidente é o único preocupado com a economia"; "o presidente está se sacrificando, bancando um auxílio emergencial enquanto o resto do país tenta ficar de férias"; "estão sabotando o tratamento precoce para prolongar a pandemia"; "essa pandemia foi planejada para restringir as liberdades individuais em caráter permanente" (veja a teoria conspiratória envolvendo o "Great Reset"), entre inúmeras narrativas que estão, sim, "colando" em boa parte da população por meio das redes sociais e grupos de whatsapp. A situação atual, por incrível que pareça, é cômoda ao Bolsonaro, e seria possível até intuir que ele prolonga o nosso sofrimento pela pandemia de propósito (se não existissem dúvidas quanto à sua capacidade cognitiva para planejar algo tão complexo).


    É uma posição possível, até bastante crível partindo desse inescrupuloso.
    euvoltei
    euvoltei
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1921
    Reputação : 189
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por euvoltei Qua 10 Mar 2021, 12:26 pm

    O Grande Reset não é teoria conspiratória....

    Claro, é mais fácil falar que é e continuar trabalhando em favor dele sem incômodo algum...




    ptorres13
    ptorres13
    Novo Usuário

    Mensagens : 23
    Reputação : 4
    Data de inscrição : 27/03/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por ptorres13 Qua 10 Mar 2021, 5:43 pm

    androsvilazza escreveu:
    ale1969 escreveu:

    Entendo bem sua visão "de Mercado" sobre a política nacional. Ontem, no Jornal das 10(GNews) estavam Merval(porta-voz dos donos da Globo) e Sardenberg(editor de economia) em desespero com inviabilidade da chamada "3ª via" para 2022.

    1º - Lula não é, tampouco foi um dia, socialista ou revolucionário.  Essa imagem equivocada estampa o preconceito de classe implantado pelos interesses econômicos das elites nacionais e internacionais. Os governos do PT (2003 a abril/2016) foram capitalistas desenvolvimentistas clássicos, com base Keynesiana  e adotando políticas neoliberais do ponto de vista fiscal. Houve superávit em quase todos os anos, exceto períodos de crise internacional, assim como FHC fez.

    2º - Concordo que Lula não é o melhor candidato para derrotar a extrema direita. Talvez como vice, para impedir um novo golpe travestido de impeachment, fosse a melhor solução. Uma chapa Luiza-Lula seria imbatível no Mercado.

    3º - Resta-nos preparar o "estômago" para votar no candidato que se oponha ao Bolsocaro no 2º turno, mesmo que seja contrário ao ideário individual de cada um, chamo de "efeito Biden brasileiro". Discordo respeitosamente de voto útil no 1º turno, ocorre que há que ter objetivo político na escolha do candidato e tem que ser o melhor possível, conforme a ideologia individual do eleitor.

    Concluo, afirmando que antecipar o pleito de 2022 é covardia política da mídia comercial, nada deve desviar o combate à pandemia da COVID-19. Há previsão de 3.000 mortos/dia ainda em março e pouquíssima vacinação da população. Vergonha dessa administração inepta e entreguista que foi eleita em 2018, lamentavelmente por muitos colegas nossos.

    Em tempo: Respeito muito suas opiniões e discordo democraticamente de visões neoliberais.  

    1) Eu concordo que o Lula, na prática, foi "neoliberal". Mas não é esse o seu discurso, e isso gera dúvidas: "seria o Lula um neoliberal fantasiado de revolucionário, ou um revolucionário idealista que se curvou à lógica liberal quando no governo?" Há uma grande diferença entre os dois, e essa incerteza atrapalha muito as definições de apoio. Não chega a ser do nível do Bolsonaro (discurso golpista a vida inteira > verniz liberal para as eleições > discurso - e atitude - golpista após as eleições), mas a dúvida não deixa de ser razoável.

    3) Quanto ao "voto útil no primeiro turno", continuo achando que é a única alternativa prática para quem tem esperanças de um segundo turno diferente de Lula x Bolsonaro. Eu sem dúvida prefiro (e defendo) o voto ideológico no primeiro turno sempre, mas também é óbvio que, nas eleições de 2022, o voto ideológico levará, inevitavelmente, a um segundo turno entre Bolsonaro e Lula.

    Com relação à antecipação das discussões sobre o pleito de 2022, acho que é consequência natural dos desdobramentos políticos recentes (e da aparente inviabilidade da alternativa do impeachment). Não vejo como tão negativa essa antecipação, por alguns motivos:
    a) todo dia surgem novos assuntos para "abafar" o tema Covid: BBB21, suposto racismo na Coroa britânica, dólar e gasolina acima dos R$6, novos disparates proferidos pelo presidente ou seus apoiadores etc.etc. Pode-se não gostar dessas "cortinas de fumaça" - voluntárias ou involuntárias, mas elas estão aí. Se for pra dispersar o foco, é melhor que seja com algo que influencie diretamente no futuro da nação;
    b) permite aos agentes políticos a sondagem da opinião popular e iniciativa dos planos e acordos para composição no ano que vem. Da forma como vejo, se "nada for feito", e postergarmos a discussão para um momento "adequado", o Bolsonaro estará reeleito - o que nos leva ao terceiro ponto:
    c) para o Bolsonaro, é ideal que o foco da discussão seja "apenas" a pandemia. Nada do que ele fez (ou deixou de fazer) até o momento dissuadiu os seus apoiadores mais ferrenhos; presume-se que o apoio a ele - de parte desses aliados mais radicais- dificilmente recuará. Da mesma forma, nada indica que seu descaso com a pandemia leve a um processo criminal ou de impeachment. Assim, o cenário ideal para ele é aquele em que ficamos "eternamente" presos em 2020, "reféns" da pandemia também no campo das ideias, enquanto o ambiente lhe permite (tudo ao mesmo tempo) radicalizar o discurso contra seus opositores (reais ou imaginários); se "esquecer" do ajuste fiscal que prometeu, "rendendo-se" a medidas populistas; esperar que a pandemia se resolva por "inércia" (ou, mais provavelmente, por iniciativa de outros atores), sem deixar de levar o mérito por isso; entregar-se aos braços do Centrão e levar adiante o acordão de desmonte do combate à corrupção (entre outras áreas nas quais pretende "passar a boiada") e controlar a narrativa no submundo das redes sociais, enquanto as eleições estão a cada dia mais próximas.

    Enquanto estamos todos - corretamente - concentrados no combate à pandemia, a narrativa bolsonarista é que esse tópico continua sendo discutido porque "o foco é prejudicar o presidente"; "o presidente é o único preocupado com a economia"; "o presidente está se sacrificando, bancando um auxílio emergencial enquanto o resto do país tenta ficar de férias"; "estão sabotando o tratamento precoce para prolongar a pandemia"; "essa pandemia foi planejada para restringir as liberdades individuais em caráter permanente" (veja a teoria conspiratória envolvendo o "Great Reset"), entre inúmeras narrativas que estão, sim, "colando" em boa parte da população por meio das redes sociais e grupos de whatsapp. A situação atual, por incrível que pareça, é cômoda ao Bolsonaro, e seria possível até intuir que ele prolonga o nosso sofrimento pela pandemia de propósito (se não existissem dúvidas quanto à sua capacidade cognitiva para planejar algo tão complexo).

    Como sempre, nosso colega Andros perfeito nos comentários.
    josebarbos
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3308
    Reputação : 432
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por josebarbos Qua 10 Mar 2021, 11:35 pm

    Ainda consigo ver um lado bom nesta história. É bem possível que a reeleição era dada como favas contadas, bastando administrar os problemas com uma ou pequena dose populista aqui ou acolá.

    Agora, ainda que seja um Lula pré-2002, extremista e perdedor (quiçá defasado), obriga a se mexer e a entregar resultados que foram muito tímidos.
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7678
    Reputação : 564
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por Galizezin Qui 11 Mar 2021, 8:07 am

    euvoltei escreveu:O Grande Reset não é teoria conspiratória....

    Claro, é mais fácil falar que é e continuar trabalhando em favor dele sem incômodo algum...



    nessa linha, existe o papo de ataque terrorista "russo" para derrubar a internet mundial. e vejam o quanto foi e está sendo empurrado para a [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7678
    Reputação : 564
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por Galizezin Qui 11 Mar 2021, 8:15 am

    concordo com o vilazza. sempre votei no primeiro turno por ideologia, e sempre continuarei votando. segundo turno, desta vez, bem que poderia ser voto em papel. iria limpar minha .....com ele.


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7678
    Reputação : 564
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por Galizezin Qui 11 Mar 2021, 8:19 am

    e a gasolina, vamos para onde? muito me lembra a compra de impressora jato de tinta. baratinha, mas o cartucho...

    na compra de 60 litros de gasolina vc ganha um carro grátis.


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    grazi
    grazi
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Analista Processual
    Mensagens : 502
    Reputação : 124
    Data de inscrição : 07/07/2010
    Localização : PGR

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por grazi Sex 12 Mar 2021, 10:09 am

    Ah, para, vá catar coquinho, ficaremos com o salário congelado por anos e o mané preocupado com o comunismo. Sério, para de ser néscio, parvo.


    euvoltei escreveu:
    ale1969 escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Eu achava que a lava-jato era benéfica para o Brasil. O TRF 4, MPF-PR e PF em Curitiba tornaram o combate ao crime uma ação arquitetada para destruir e criminalizar a política.

    Bolsonaro é apenas o expurgo da ferida aberta pelo "lawfare", dessa elite egoísta e escravocrata.


    Assita as entrevistas do Hermes Magnus no Youtube..... Isso aí ele já falava mesmo antes das mensagens hackeadas, que só confirmou os fatos descritos por ele.....

    Hermes Magnus Denunciante da lava jato .... que é bem diferente delator...

    O teatro das tesouras era pra ser mantido... mas, foi eleito um outsider...

    Um traíra famosão da república de curitiba tentou fazer um lava jato no governo e se deu mau.... atrapalhou o país e saiu muito menor do que entrou...

    Graças a Deus e Nossa Senhora de Fátima estamos batalhando contra o monstro do comunismo..... diferente da "má sorte" consequência das más escolhas que sucumbiu a Argentina.....
    ale1969
    ale1969
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1453
    Reputação : 151
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por ale1969 Sex 12 Mar 2021, 10:44 am

    Galizezin escreveu:e a gasolina, vamos para onde? muito me lembra a compra de impressora jato de tinta. baratinha, mas o cartucho...

    na compra de 60 litros de gasolina vc ganha um carro grátis.


    Compre carro elétrico e ponha placas solares em casa Very Happy Very Happy Very Happy

    As placas já tenho, o carro tá difícil...
    ale1969
    ale1969
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1453
    Reputação : 151
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por ale1969 Sex 12 Mar 2021, 11:13 am

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    Parabéns aos eleitores da Besta!
    avatar
    OJ_Leoqr
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 536
    Reputação : 10
    Data de inscrição : 19/08/2010

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por OJ_Leoqr Sex 12 Mar 2021, 1:14 pm

    ale1969 escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    Parabéns aos eleitores da Besta!


    "...Já o impedimento de progressões funcionais foi extraído do texto como uma saída encontrada pelo líder do governo, Ricardo Barros (PP-PR)..."

    E se fossem aumentados os níveis? Tem brecha?
    Morena
    Morena
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2808
    Reputação : 650
    Data de inscrição : 01/06/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por Morena Sex 12 Mar 2021, 1:17 pm

    a briga por funções já era ruim, a partir de agora ficará selvagem, infelizmente.
    euvoltei
    euvoltei
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1921
    Reputação : 189
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por euvoltei Sex 12 Mar 2021, 1:52 pm

    Cada um se preocupa com o que quiser....Levante a bandeira que vc quiser...
    Você tem o livre arbítrio pra isso, Deus concedeu, não sou eu quem vou tirar isso de vc... Mas não venha tirar o meu livre arbitrio também não....

    O problema do comunismo é REAL... Cuba ainda hoje não consegiu se libertar... Venezuela já foi...

    Argentina está sendo engolida pelo comunismo, as imigrações já começaram...

    Episodio 61 - Argentina Sofre - EM PORTUGUÊS - Saiba o que se passa com verdade e transparência.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Não sou alienado, não vou alimentar um monstro chamando comunismo que nunca funcionou em lugar nenhum, por conta de alguns trocados que serão engolidos mais rapidamente ainda pela inflação quando o comunismo começar a ser implementado......


    grazi escreveu:Ah, para, vá catar coquinho, ficaremos com o salário congelado por anos e o mané preocupado com o comunismo. Sério, para de ser néscio, parvo.


    euvoltei escreveu:
    ale1969 escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Eu achava que a lava-jato era benéfica para o Brasil. O TRF 4, MPF-PR e PF em Curitiba tornaram o combate ao crime uma ação arquitetada para destruir e criminalizar a política.

    Bolsonaro é apenas o expurgo da ferida aberta pelo "lawfare", dessa elite egoísta e escravocrata.


    Assita as entrevistas do Hermes Magnus no Youtube..... Isso aí ele já falava mesmo antes das mensagens hackeadas, que só confirmou os fatos descritos por ele.....

    Hermes Magnus Denunciante da lava jato .... que é bem diferente delator...

    O teatro das tesouras era pra ser mantido... mas, foi eleito um outsider...

    Um traíra famosão da república de curitiba tentou fazer um lava jato no governo e se deu mau.... atrapalhou o país e saiu muito menor do que entrou...

    Graças a Deus e Nossa Senhora de Fátima estamos batalhando contra o monstro do comunismo..... diferente da "má sorte" consequência das más escolhas que sucumbiu a Argentina.....
    tre-rj
    tre-rj
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1491
    Reputação : 108
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por tre-rj Sex 12 Mar 2021, 4:00 pm

    ale1969 escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    Parabéns aos eleitores da Besta!

    que hipocrisia cara, vc estava na carreira quando a dilma congelou nosso salário por 4 anos - E naquele tempo não estávamos numa crise como esta.  não tem dinheiro, vai fazer o quê? imprimir? gera inflação! emitir dívida? a mesma que vc acha que não deve ser paga?

    O congelamento da Dilma foi menos "justificável" do que o atual(pelo menos até agora). Pq? naquela época havia pleno emprego, governo menos endividado, inflação mais alta que atual (até agora) . Vc reclamou ? ou trocou seu direito a aumento pelo projeto de nação igual o Ponciano e tantos outros esquerdistas?

    Não estou satisfeito com o governo, acho que ele privilegia militares e policiais, além de os filhos darem mau exemplo como o caso da rachadinha, e no campo econômico ele está igualzinho a dilma, intervencionista.
    Morena
    Morena
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2808
    Reputação : 650
    Data de inscrição : 01/06/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por Morena Sex 12 Mar 2021, 5:02 pm

    tre-rj escreveu:
    ale1969 escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    Parabéns aos eleitores da Besta!

    que hipocrisia cara, vc estava na carreira quando a dilma congelou nosso salário por 4 anos - E naquele tempo não estávamos numa crise como esta.  não tem dinheiro, vai fazer o quê? imprimir? gera inflação! emitir dívida? a mesma que vc acha que não deve ser paga?

    O congelamento da Dilma foi menos "justificável" do que o atual(pelo menos até agora). Pq? naquela época havia pleno emprego, governo menos endividado, inflação mais alta que atual (até agora) . Vc reclamou ? ou trocou seu direito a aumento pelo projeto de nação igual o Ponciano e tantos outros esquerdistas?

    Não estou satisfeito com o governo, acho que ele privilegia militares e policiais, além de os filhos darem mau exemplo como o caso da rachadinha, e no campo econômico ele está igualzinho a dilma, intervencionista.

    esse é o grande problema, esquecem que fomos sacaneados e muito no desgoverno de Dilma, daqui a pouco esquecem que fomos sacaneados no desgoverno do bozo. servidor tem que parar de adotar político de estimação.
    euvoltei
    euvoltei
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1921
    Reputação : 189
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por euvoltei Sex 12 Mar 2021, 5:09 pm

    tre-rj escreveu:
    ale1969 escreveu:[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    Parabéns aos eleitores da Besta!

    que hipocrisia cara, vc estava na carreira quando a dilma congelou nosso salário por 4 anos - E naquele tempo não estávamos numa crise como esta.  não tem dinheiro, vai fazer o quê? imprimir? gera inflação! emitir dívida? a mesma que vc acha que não deve ser paga?

    O congelamento da Dilma foi menos "justificável" do que o atual(pelo menos até agora). Pq? naquela época havia pleno emprego, governo menos endividado, inflação mais alta que atual (até agora) . Vc reclamou ? ou trocou seu direito a aumento pelo projeto de nação igual o Ponciano e tantos outros esquerdistas?

    Não estou satisfeito com o governo, acho que ele privilegia militares e policiais, além de os filhos darem mau exemplo como o caso da rachadinha, e no campo econômico ele está igualzinho a dilma, intervencionista.

    No campo econômico ele tentou avançar mas recebeu muitos freios:
    Supremo decidiu que tem que ter lei pra extinguir estatal... Antes o entendimento era que só podia ser criado por lei... Daí "apareceu" essa nova regra. .
    Congresso não vota as leis de privatização, de liberdade econômica, etc... O Artur Lira em pouco tempo já colocou muita coisa pra andar...
    Maia, por exemplo, deixou caducar a MP das carteiras de estudante pra pagar o apoio do PC do B.....



    Enfim não tá top, mas com tanto freio, o resultado não ia ser espetacular mesmo não... Culpa maior do Congresso, mas o povo que elegeu,..

    Conteúdo patrocinado

    Assuntos gerais: economia & política - Página 15 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter 28 Set 2021, 1:09 am