PCS JÁ

PCS JÁ



    Assuntos gerais: economia & política

    ale1969
    ale1969
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1581
    Reputação : 175
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por ale1969 Qui 25 Nov 2021, 9:37 am

    josebarbos escreveu:Nos anos 90 o vilão ambiental da vez era o buraco na camada de ozônio. Fizeram de tudo para acabar com o CFC e o substituíram pelo HCFC, que é bem menos danoso à referida camada, mas em compensação é muito mais problemático para... (uma moeda para quem acertar).

    Se quiser tratar sério de problemas ambientais, tem um monte de coisa à frente, na fila de prioridade. Um exemplo crasso é eliminar energia nuclear em troca de maior uso de combustíveis fósseis, mas bate em quase tudo do modelo econômico, em especial do comprar coisas cada vez mais baratas e que duram menos, ao invés de pagar caro por um item que é capaz de durar vários anos, de efetiva qualidade.



    Certo. Uma coisa não elimina a outra. O planeta não aguenta o modelo de produção capitalista. Ecossocialismo já!
    ale1969
    ale1969
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1581
    Reputação : 175
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por ale1969 Qui 25 Nov 2021, 11:01 am

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]



    Não sou especialista em análise de pesquisas, embora tenha muita curiosidade sobre o tema. Há uma clara discrepância entre as que procedem via telefone e presenciais. Ora, se a presença de celulares é generalizada entre a população, como justificar essa diferença?

    Em tempo, não sou negacionista e acredito na metodologia científica das pesquisas.
    ale1969
    ale1969
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1581
    Reputação : 175
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por ale1969 Qui 25 Nov 2021, 12:57 pm

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]


    Pega, fujão!!!
    androsvilazza
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2792
    Reputação : 528
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por androsvilazza Qui 25 Nov 2021, 1:43 pm

    ale1969 escreveu:[Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]



    Não sou especialista em análise de pesquisas, embora tenha muita curiosidade sobre o tema. Há uma clara discrepância entre as que procedem via telefone e presenciais. Ora, se a presença de celulares é generalizada entre a população, como justificar essa diferença?

    Em tempo, não sou negacionista e acredito na metodologia científica das pesquisas.

    Rapaz, é bem complexo, mesmo. O público-alvo, muitas vezes, muda de um método de pesquisa para outro. Por exemplo, alguns perfis de pessoas estão mais propensos a atender ligações de números desconhecidos, outros têm boa vontade em responder pesquisas quando parados na rua, outros sequer têm o hábito de frequentar locais com muito fluxo de gente (o que diminui a chance de serem abordados para pesquisas) etc...

    Eu, por exemplo, teria muito boa vontade em responder uma pesquisa se fosse abordado na rua, inclusive já houve uma vez em que respondi a uma pesquisa de mercado, sem cunho eleitoral. No entanto, a chance de ser abordado é mínima, porque evito ao máximo transitar por locais abarrotados de gente. Ao mesmo tempo, tenho recebido muitas ligações indesejadas de telemarketing (servidores públicos são um alvo preferencial deste tipo de campanha), então evito ao máximo atender a ligações de números desconhecidos. Um outro perfil de cidadão que poderia ser explicado é o de desempregados: muitos estão com o "nome sujo", então evitam atender a ligações de números desconhecidos; por outro lado, são maiores as chances de que sejam abordados e tenham tempo para responder a pesquisas presenciais (residenciais ou ao transitar por locais de maior fluxo de pessoas).

    Enfim, os desafios para essas pesquisas são muitos. Normalmente, os pesquisadores já têm isso em mente, e utilizam-se de estratégias para eliminar o viés da pesquisa (por exemplo, aumentando o número total de amostras e reduzindo o peso dos indivíduos pertencentes aos grupos mais recorrentes para balancear o resultado). Ainda assim, é possível que o resultado sofra alguma influência a partir do método adotado.

    Há algumas iniciativas interessantes, em contínuo aprimoramento, que visam a eliminar - ou reduzir - esse efeito. Normalmente envolvem a agregação de várias pesquisas (de diferentes institutos, utilizando diferentes métodos etc) em um único agregador. Nos EUA essas iniciativas estão mais avançadas; no Brasil, um projeto desse tipo que venho acompanhando há um tempo é o JOTA Labs (laboratório de ciência de dados vinculado ao JOTA). Eles pegam os resultados de diferentes pesquisas e aplicam ferramentas estatísticas para tentar apontar o resultado mais próximo à realidade. Com o tempo, vão refinando o agregador, aumentando o peso das pesquisas mais recentes e dos institutos e métodos que mais acertaram. Nas últimas eleições, se aproximaram bastante do resultado exibido nas urnas, tanto no primeiro quanto no segundo turno, tendo uma margem de erro abaixo de 1% (melhor que o resultado de muitos dos institutos de pesquisa em nos quais basearam sua análise).

    josebarbos
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3389
    Reputação : 443
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por josebarbos Qui 25 Nov 2021, 5:50 pm

    ale1969 escreveu:

    Certo. Uma coisa não elimina a outra. O planeta não aguenta o modelo de produção capitalista. Ecossocialismo já!

    Ecossocialismo para quem?
    Para os outros, é muito fácil, o outro sempre pode abrir mão do conforto, enquanto o "eu" não. Vide o caso clássico do Al Gore... Veja se ele topa morar numa casa de apenas 200 m2.
    Curiosamente, um tido como "louco", Elon Musk, por de fato acreditar na colonização de outros planetas, trocou sua casa espaçosa por um conteiner, para poder acompanhar de perto seu projeto de vida.

    Em meio ambiente acredito muito mais em atos e fatos do que falas.
    josebarbos
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3389
    Reputação : 443
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por josebarbos Qui 25 Nov 2021, 6:02 pm

    androsvilazza escreveu:
    ale1969 escreveu:[Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]



    Não sou especialista em análise de pesquisas, embora tenha muita curiosidade sobre o tema. Há uma clara discrepância entre as que procedem via telefone e presenciais. Ora, se a presença de celulares é generalizada entre a população, como justificar essa diferença?

    Em tempo, não sou negacionista e acredito na metodologia científica das pesquisas.

    Rapaz, é bem complexo, mesmo. O público-alvo, muitas vezes, muda de um método de pesquisa para outro. Por exemplo, alguns perfis de pessoas estão mais propensos a atender ligações de números desconhecidos, outros têm boa vontade em responder pesquisas quando parados na rua, outros sequer têm o hábito de frequentar locais com muito fluxo de gente (o que diminui a chance de serem abordados para pesquisas) etc...

    Eu, por exemplo, teria muito boa vontade em responder uma pesquisa se fosse abordado na rua, inclusive já houve uma vez em que respondi a uma pesquisa de mercado, sem cunho eleitoral. No entanto, a chance de ser abordado é mínima, porque evito ao máximo transitar por locais abarrotados de gente. Ao mesmo tempo, tenho recebido muitas ligações indesejadas de telemarketing (servidores públicos são um alvo preferencial deste tipo de campanha), então evito ao máximo atender a ligações de números desconhecidos. Um outro perfil de cidadão que poderia ser explicado é o de desempregados: muitos estão com o "nome sujo", então evitam atender a ligações de números desconhecidos; por outro lado, são maiores as chances de que sejam abordados e tenham tempo para responder a pesquisas presenciais (residenciais ou ao transitar por locais de maior fluxo de pessoas).

    Enfim, os desafios para essas pesquisas são muitos. Normalmente, os pesquisadores já têm isso em mente, e utilizam-se de estratégias para eliminar o viés da pesquisa (por exemplo, aumentando o número total de amostras e reduzindo o peso dos indivíduos pertencentes aos grupos mais recorrentes para balancear o resultado). Ainda assim, é possível que o resultado sofra alguma influência a partir do método adotado.

    Há algumas iniciativas interessantes, em contínuo aprimoramento, que visam a eliminar - ou reduzir - esse efeito. Normalmente envolvem a agregação de várias pesquisas (de diferentes institutos, utilizando diferentes métodos etc) em um único agregador. Nos EUA essas iniciativas estão mais avançadas; no Brasil, um projeto desse tipo que venho acompanhando há um tempo é o JOTA Labs (laboratório de ciência de dados vinculado ao JOTA). Eles pegam os resultados de diferentes pesquisas e aplicam ferramentas estatísticas para tentar apontar o resultado mais próximo à realidade. Com o tempo, vão refinando o agregador, aumentando o peso das pesquisas mais recentes e dos institutos e métodos que mais acertaram. Nas últimas eleições, se aproximaram bastante do resultado exibido nas urnas, tanto no primeiro quanto no segundo turno, tendo uma margem de erro abaixo de 1% (melhor que o resultado de muitos dos institutos de pesquisa em nos quais basearam sua análise).


    Não é questão de negacionismo. Pesquisas são apenas uma predição que busca apontar uma tendência. São feitas para acertar muitas vezes, mas não sempre.
    Tal como segurança pública e individual não se confundem, pesquisa e eleição também não deveriam, e aí que gera a maior parte das polêmicas.

    Particularmente sou muito curioso de imaginar como seria um processo democrático sem a divulgação de pesquisas eleitorais. Tenho a forte impressão de que, ao menos no primeiro turno, a tendência seria de haver os mesmos vencedores, mas a dispersão dos votos seria muito mais significativa. Partindo desta hipótese, não comprovada, imagino que as pesquisa públicas são danosas à democracia, pois supervalorizam determinada(s) ideologia(s) em detrimento de outros pensamentos minoritários, que consequentemente são subdimensionados. Pegando pelo extremo, quantos votos não saem de um PSTU ou PCO e migram para o PT ou PDT visando ser um "voto útil", mas não absolutamente sincero, influenciado pelas pesquisas? Será que Boulos sempre foi um nanico e virou um gigante da noite para o dia, ou é um crescimento gradual que de repente se alavancou?

    Enfim, isto posto, entendo que pesquisas deveriam ser contratadas em caráter reservado, sigiloso. Quem quiser vai lá e paga um instituto para saber como anda seu desempenho (interesse legítimo), ou mesmo, se tiver dinheiro sobrando, para votar em quem "vai ganhar". Mas a grande massa deveria ter o direito de ser "privada" da tendência, a fim de obter um resultado mais orgânico que, acredito, no fim seria muito mais benéfico ao povo.

    Aí coloco um outro porém. Até que ponto dá para confiar no ser humano? Quem garante que em todas as fases do processo as pessoas cumpriram rigorosamente os protocolos indicados pela estatística, e eventual desvio anormal resultou apenas da própria falha do sistema, ou é muito conveniente a sua reconhecida falha e a impossibilidade de repetição a fim de atender a interesses escusos?
    androsvilazza
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2792
    Reputação : 528
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por androsvilazza Qui 25 Nov 2021, 8:24 pm

    josebarbos escreveu:
    androsvilazza escreveu:
    ale1969 escreveu:[Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]



    Não sou especialista em análise de pesquisas, embora tenha muita curiosidade sobre o tema. Há uma clara discrepância entre as que procedem via telefone e presenciais. Ora, se a presença de celulares é generalizada entre a população, como justificar essa diferença?

    Em tempo, não sou negacionista e acredito na metodologia científica das pesquisas.

    Rapaz, é bem complexo, mesmo. O público-alvo, muitas vezes, muda de um método de pesquisa para outro. Por exemplo, alguns perfis de pessoas estão mais propensos a atender ligações de números desconhecidos, outros têm boa vontade em responder pesquisas quando parados na rua, outros sequer têm o hábito de frequentar locais com muito fluxo de gente (o que diminui a chance de serem abordados para pesquisas) etc...

    Eu, por exemplo, teria muito boa vontade em responder uma pesquisa se fosse abordado na rua, inclusive já houve uma vez em que respondi a uma pesquisa de mercado, sem cunho eleitoral. No entanto, a chance de ser abordado é mínima, porque evito ao máximo transitar por locais abarrotados de gente. Ao mesmo tempo, tenho recebido muitas ligações indesejadas de telemarketing (servidores públicos são um alvo preferencial deste tipo de campanha), então evito ao máximo atender a ligações de números desconhecidos. Um outro perfil de cidadão que poderia ser explicado é o de desempregados: muitos estão com o "nome sujo", então evitam atender a ligações de números desconhecidos; por outro lado, são maiores as chances de que sejam abordados e tenham tempo para responder a pesquisas presenciais (residenciais ou ao transitar por locais de maior fluxo de pessoas).

    Enfim, os desafios para essas pesquisas são muitos. Normalmente, os pesquisadores já têm isso em mente, e utilizam-se de estratégias para eliminar o viés da pesquisa (por exemplo, aumentando o número total de amostras e reduzindo o peso dos indivíduos pertencentes aos grupos mais recorrentes para balancear o resultado). Ainda assim, é possível que o resultado sofra alguma influência a partir do método adotado.

    Há algumas iniciativas interessantes, em contínuo aprimoramento, que visam a eliminar - ou reduzir - esse efeito. Normalmente envolvem a agregação de várias pesquisas (de diferentes institutos, utilizando diferentes métodos etc) em um único agregador. Nos EUA essas iniciativas estão mais avançadas; no Brasil, um projeto desse tipo que venho acompanhando há um tempo é o JOTA Labs (laboratório de ciência de dados vinculado ao JOTA). Eles pegam os resultados de diferentes pesquisas e aplicam ferramentas estatísticas para tentar apontar o resultado mais próximo à realidade. Com o tempo, vão refinando o agregador, aumentando o peso das pesquisas mais recentes e dos institutos e métodos que mais acertaram. Nas últimas eleições, se aproximaram bastante do resultado exibido nas urnas, tanto no primeiro quanto no segundo turno, tendo uma margem de erro abaixo de 1% (melhor que o resultado de muitos dos institutos de pesquisa em nos quais basearam sua análise).


    Não é questão de negacionismo. Pesquisas são apenas uma predição que busca apontar uma tendência. São feitas para acertar muitas vezes, mas não sempre.
    Tal como segurança pública e individual não se confundem, pesquisa e eleição também não deveriam, e aí que gera a maior parte das polêmicas.

    Particularmente sou muito curioso de imaginar como seria um processo democrático sem a divulgação de pesquisas eleitorais. Tenho a forte impressão de que, ao menos no primeiro turno, a tendência seria de haver os mesmos vencedores, mas a dispersão dos votos seria muito mais significativa. Partindo desta hipótese, não comprovada, imagino que as pesquisa públicas são danosas à democracia, pois supervalorizam determinada(s) ideologia(s) em detrimento de outros pensamentos minoritários, que consequentemente são subdimensionados. Pegando pelo extremo, quantos votos não saem de um PSTU ou PCO e migram para o PT ou PDT visando ser um "voto útil", mas não absolutamente sincero, influenciado pelas pesquisas? Será que Boulos sempre foi um nanico e virou um gigante da noite para o dia, ou é um crescimento gradual que de repente se alavancou?

    Enfim, isto posto, entendo que pesquisas deveriam ser contratadas em caráter reservado, sigiloso. Quem quiser vai lá e paga um instituto para saber como anda seu desempenho (interesse legítimo), ou mesmo, se tiver dinheiro sobrando, para votar em quem "vai ganhar". Mas a grande massa deveria ter o direito de ser "privada" da tendência, a fim de obter um resultado mais orgânico que, acredito, no fim seria muito mais benéfico ao povo.

    Aí coloco um outro porém. Até que ponto dá para confiar no ser humano? Quem garante que em todas as fases do processo as pessoas cumpriram rigorosamente os protocolos indicados pela estatística, e eventual desvio anormal resultou apenas da própria falha do sistema, ou é muito conveniente a sua reconhecida falha e a impossibilidade de repetição a fim de atender a interesses escusos?

    Não me preocupo tanto com a confiabilidade dos institutos de pesquisa. Como em qualquer outra área, a reputação é importante, e no caso dos institutos de pesquisa, a taxa de acerto é definitiva para a construção de reputação. Grupos de comunicação, grandes empresas, fundos de investimentos etc. contratam institutos de pesquisa para ter acesso a informação de qualidade. Um instituto que erre com frequência (acima das margens aceitáveis de erro), deliberadamente ou não, tende a não ter grande sobrevida nesse setor.

    Concordo que as pesquisas tendem a, de certo modo, direcionar o resultado das eleições, mas duvido muito que isso seja possível de ser alcançado de modo intencional. "Acertar" o resultado das eleições já é algo complicado, imagine a dificuldade que existiria em manipular as pesquisas de modo a direcionar as intenções de voto, encaixando o resultado nas pesquisas manipuladas. É uma aposta muito alta: determinado candidato tem 15% das intenções de voto, mas você coloca 25% na pesquisa, pra ver se ele rouba alguns votos úteis. Pode não mudar votos o suficiente, pode mudar além da conta etc., ninguém sabe ao certo essa medida. Além disso, teria de combinar os resultados exibidos por outros institutos, afinal de contas, não se sabe em qual instituto o eleitor "útil" confiará, etc. De qualquer modo, errando por uma margem muito larga, a reputação do instituto se deteriora. No próximo pleito, não será contratado para tantas pesquisas (ou será contratado para pesquisas com pouca relevância), e seu potencial de influência estará ainda menor.

    Com relação à proibição de divulgação das pesquisas, eu discordo: acho que elas colaboram com a democracia, até porque ajudam a universalizar a informação: ricos e pobres, políticos e eleitores, todos têm acesso à informação, em maior ou menor grau (algumas pesquisas continuam restritas a determinado público). O conhecimento é um ativo importantíssimo, e se há grandes empresas e grupos de mídia dispostos a pagar para que o público em geral tenha acesso gratuito à informação, não vejo motivo para barrar essa intenção. As pesquisas eleitorais ajudam a definir votos, mas também ajudam a planejar o futuro; ajudam pequenos empresários (que não teriam recursos para a contratação de pesquisas) a tomar decisões de investimento; ajudam a consolidar as expectativas de mercado, evitando choques bruscos (ou permitindo ao pequeno investidor prevê-los) na cotação do dólar ou de ativos na Bolsa de Valores etc.

    Pensando de uma maneira ainda mais prática, duvido que fosse possível barrar a divulgação das pesquisas. Muito provavelmente, o resultado de qualquer pesquisa "vazaria" nas redes sociais, no whatsapp etc., e - pior - facilitaria ainda mais a geração e disseminação de fake news: qualquer pessoa poderia lançar no zap uma falsa pesquisa Ipec ou Datafolha dando ampla maioria de votos a determinado candidato (já fazem isso atualmente), e pouca gente teria acesso à fonte real da informação para desmentir a notícia falsa - não seria possível acessar os sites de notícias, do TSE ou dos próprios institutos de pesquisas para confirmar a veracidade do boato. Ou seja, continuariam a influenciar o voto da população, mas baseados em pesquisas falsas.

    De todo modo, sequer vejo problema no direcionamento do voto com base em pesquisas, afinal, o voto útil também é uma estratégia de voto. Isso é ainda mais verdadeiro no Brasil, em que boa parte das eleições se dá pelo estelionato eleitoral ou pela rejeição a determinado candidato. Sei que a explicação para o voto útil é óbvia (e, portanto, dispensável), mas a intenção é frisar que esse tipo de cálculo também é plenamente válido:

    Supondo que houvessem 4 candidatos: A, B, C e D. As pesquisas indicam 30% para o candidato A, 35% para o candidato B e 23% para o candidato C e 12% para o candidato D. Suponha um eleitor do candidato D, pouco convicto, que aceitaria votar em C (mas tem ojeriza aos candidatos A e B). Sem chances de ver seu candidato favorito no segundo turno, certamente preferiria transferir seus votos para o candidato C (sua segunda opção), do que ser "obrigado" a escolher, no segundo turno, entre dois candidatos que detesta. Ao praticar o voto útil, pode tirar um dos dois do segundo turno e ver contemplado um candidato com o qual esteja mais ideologicamente alinhado.

    Pegando um exemplo pessoal: nas últimas eleições, havia pelo menos 5 candidatos que eu gostaria de ter visto no segundo turno, no lugar do Bolsonaro ou Haddad. Não havia opção de voto útil que mudasse esta configuração, já que todos os candidatos tinham baixas intenções de voto, comparados aos dois líderes. Mas se as pesquisas indicassem que um deles teria chances de ir ao segundo turno, eu obviamente preferiria votar no candidato com mais chances (dentro das minhas possíveis opções de voto), em vez de aturar duas alternativas que não me interessavam.
    ale1969
    ale1969
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1581
    Reputação : 175
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por ale1969 Sex 26 Nov 2021, 1:26 pm

    androsvilazza escreveu:
    ale1969 escreveu:[Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]



    Não sou especialista em análise de pesquisas, embora tenha muita curiosidade sobre o tema. Há uma clara discrepância entre as que procedem via telefone e presenciais. Ora, se a presença de celulares é generalizada entre a população, como justificar essa diferença?

    Em tempo, não sou negacionista e acredito na metodologia científica das pesquisas.

    Rapaz, é bem complexo, mesmo. O público-alvo, muitas vezes, muda de um método de pesquisa para outro. Por exemplo, alguns perfis de pessoas estão mais propensos a atender ligações de números desconhecidos, outros têm boa vontade em responder pesquisas quando parados na rua, outros sequer têm o hábito de frequentar locais com muito fluxo de gente (o que diminui a chance de serem abordados para pesquisas) etc...

    Eu, por exemplo, teria muito boa vontade em responder uma pesquisa se fosse abordado na rua, inclusive já houve uma vez em que respondi a uma pesquisa de mercado, sem cunho eleitoral. No entanto, a chance de ser abordado é mínima, porque evito ao máximo transitar por locais abarrotados de gente. Ao mesmo tempo, tenho recebido muitas ligações indesejadas de telemarketing (servidores públicos são um alvo preferencial deste tipo de campanha), então evito ao máximo atender a ligações de números desconhecidos. Um outro perfil de cidadão que poderia ser explicado é o de desempregados: muitos estão com o "nome sujo", então evitam atender a ligações de números desconhecidos; por outro lado, são maiores as chances de que sejam abordados e tenham tempo para responder a pesquisas presenciais (residenciais ou ao transitar por locais de maior fluxo de pessoas).

    Enfim, os desafios para essas pesquisas são muitos. Normalmente, os pesquisadores já têm isso em mente, e utilizam-se de estratégias para eliminar o viés da pesquisa (por exemplo, aumentando o número total de amostras e reduzindo o peso dos indivíduos pertencentes aos grupos mais recorrentes para balancear o resultado). Ainda assim, é possível que o resultado sofra alguma influência a partir do método adotado.

    Há algumas iniciativas interessantes, em contínuo aprimoramento, que visam a eliminar - ou reduzir - esse efeito. Normalmente envolvem a agregação de várias pesquisas (de diferentes institutos, utilizando diferentes métodos etc) em um único agregador. Nos EUA essas iniciativas estão mais avançadas; no Brasil, um projeto desse tipo que venho acompanhando há um tempo é o JOTA Labs (laboratório de ciência de dados vinculado ao JOTA). Eles pegam os resultados de diferentes pesquisas e aplicam ferramentas estatísticas para tentar apontar o resultado mais próximo à realidade. Com o tempo, vão refinando o agregador, aumentando o peso das pesquisas mais recentes e dos institutos e métodos que mais acertaram. Nas últimas eleições, se aproximaram bastante do resultado exibido nas urnas, tanto no primeiro quanto no segundo turno, tendo uma margem de erro abaixo de 1% (melhor que o resultado de muitos dos institutos de pesquisa em nos quais basearam sua análise).



    É isso, o "pool" de pesquisas como no USA podem reduzir as disparidades. O que questiono é a capacidade de seleção das pesquisas telefônicas sobre etnia, renda, idade etc. Prefiro as de entrevista pessoal.

    Vale para alimentar e esquentar o debate. Adoro discutir política, sinto falta de debates qualificados nas TVs.
    ale1969
    ale1969
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1581
    Reputação : 175
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por ale1969 Sex 26 Nov 2021, 1:42 pm

    josebarbos escreveu:
    androsvilazza escreveu:
    ale1969 escreveu:[Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]



    Não sou especialista em análise de pesquisas, embora tenha muita curiosidade sobre o tema. Há uma clara discrepância entre as que procedem via telefone e presenciais. Ora, se a presença de celulares é generalizada entre a população, como justificar essa diferença?

    Em tempo, não sou negacionista e acredito na metodologia científica das pesquisas.

    Rapaz, é bem complexo, mesmo. O público-alvo, muitas vezes, muda de um método de pesquisa para outro. Por exemplo, alguns perfis de pessoas estão mais propensos a atender ligações de números desconhecidos, outros têm boa vontade em responder pesquisas quando parados na rua, outros sequer têm o hábito de frequentar locais com muito fluxo de gente (o que diminui a chance de serem abordados para pesquisas) etc...

    Eu, por exemplo, teria muito boa vontade em responder uma pesquisa se fosse abordado na rua, inclusive já houve uma vez em que respondi a uma pesquisa de mercado, sem cunho eleitoral. No entanto, a chance de ser abordado é mínima, porque evito ao máximo transitar por locais abarrotados de gente. Ao mesmo tempo, tenho recebido muitas ligações indesejadas de telemarketing (servidores públicos são um alvo preferencial deste tipo de campanha), então evito ao máximo atender a ligações de números desconhecidos. Um outro perfil de cidadão que poderia ser explicado é o de desempregados: muitos estão com o "nome sujo", então evitam atender a ligações de números desconhecidos; por outro lado, são maiores as chances de que sejam abordados e tenham tempo para responder a pesquisas presenciais (residenciais ou ao transitar por locais de maior fluxo de pessoas).

    Enfim, os desafios para essas pesquisas são muitos. Normalmente, os pesquisadores já têm isso em mente, e utilizam-se de estratégias para eliminar o viés da pesquisa (por exemplo, aumentando o número total de amostras e reduzindo o peso dos indivíduos pertencentes aos grupos mais recorrentes para balancear o resultado). Ainda assim, é possível que o resultado sofra alguma influência a partir do método adotado.

    Há algumas iniciativas interessantes, em contínuo aprimoramento, que visam a eliminar - ou reduzir - esse efeito. Normalmente envolvem a agregação de várias pesquisas (de diferentes institutos, utilizando diferentes métodos etc) em um único agregador. Nos EUA essas iniciativas estão mais avançadas; no Brasil, um projeto desse tipo que venho acompanhando há um tempo é o JOTA Labs (laboratório de ciência de dados vinculado ao JOTA). Eles pegam os resultados de diferentes pesquisas e aplicam ferramentas estatísticas para tentar apontar o resultado mais próximo à realidade. Com o tempo, vão refinando o agregador, aumentando o peso das pesquisas mais recentes e dos institutos e métodos que mais acertaram. Nas últimas eleições, se aproximaram bastante do resultado exibido nas urnas, tanto no primeiro quanto no segundo turno, tendo uma margem de erro abaixo de 1% (melhor que o resultado de muitos dos institutos de pesquisa em nos quais basearam sua análise).


    Não é questão de negacionismo. Pesquisas são apenas uma predição que busca apontar uma tendência. São feitas para acertar muitas vezes, mas não sempre.
    Tal como segurança pública e individual não se confundem, pesquisa e eleição também não deveriam, e aí que gera a maior parte das polêmicas.

    Particularmente sou muito curioso de imaginar como seria um processo democrático sem a divulgação de pesquisas eleitorais. Tenho a forte impressão de que, ao menos no primeiro turno, a tendência seria de haver os mesmos vencedores, mas a dispersão dos votos seria muito mais significativa. Partindo desta hipótese, não comprovada, imagino que as pesquisa públicas são danosas à democracia, pois supervalorizam determinada(s) ideologia(s) em detrimento de outros pensamentos minoritários, que consequentemente são subdimensionados. Pegando pelo extremo, quantos votos não saem de um PSTU ou PCO e migram para o PT ou PDT visando ser um "voto útil", mas não absolutamente sincero, influenciado pelas pesquisas? Será que Boulos sempre foi um nanico e virou um gigante da noite para o dia, ou é um crescimento gradual que de repente se alavancou?

    Enfim, isto posto, entendo que pesquisas deveriam ser contratadas em caráter reservado, sigiloso. Quem quiser vai lá e paga um instituto para saber como anda seu desempenho (interesse legítimo), ou mesmo, se tiver dinheiro sobrando, para votar em quem "vai ganhar". Mas a grande massa deveria ter o direito de ser "privada" da tendência, a fim de obter um resultado mais orgânico que, acredito, no fim seria muito mais benéfico ao povo.

    Aí coloco um outro porém. Até que ponto dá para confiar no ser humano? Quem garante que em todas as fases do processo as pessoas cumpriram rigorosamente os protocolos indicados pela estatística, e eventual desvio anormal resultou apenas da própria falha do sistema, ou é muito conveniente a sua reconhecida falha e a impossibilidade de repetição a fim de atender a interesses escusos?

    Entendo seu posicionamento, entretanto pontuo alguns tópicos:

    Sobre honestidade, é sempre possível haver "corrupção" do resultado final para agradar o financiador da pesquisa. O entrevistador seria rapidamente descoberto pela curva de resposta ao item da região. Ocorre que o instituto de pesquisa vive de sua credibilidade, ao "vender" um resultado perde respaldo futuro.

    Sobre a "manipulação" da vontade do eleitor, podes ter razão, porém é o preço da democracia. Sim, a transparência e o direito absoluto de expressão, que são pressupostos democráticos, impedem a ocultação obrigatória de informações relevantes ao eleitor, mesmo que possam, supostamente, alterar o resultado.

    Por último, mas nunca finalmente, entendo que a possível manipulação do resultado é mais culpa da ignorância política do povo. Da minha parte, nunca deixei de votar no "melhor" candidato por fatores de viabilidade de vitória.
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7901
    Reputação : 615
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por Galizezin Sab 27 Nov 2021, 5:27 pm

    biden cara de pau! manda os outros de bicicleta e vai com 85 carros no encontro sobre meio ambiente.





    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7901
    Reputação : 615
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por Galizezin Ter 30 Nov 2021, 9:35 am

    parece que a ômicron é uma versão passageira da peste de laboratório coronavírus, pra impedir as festas de fim de ano. não querem que a vida volte ao normal...


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    araponga
    araponga
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 139
    Reputação : 23
    Data de inscrição : 01/06/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por araponga Ter 30 Nov 2021, 10:27 am

    Galizezin escreveu:parece que a ômicron é uma versão passageira da peste de laboratório coronavírus, pra impedir as festas de fim de ano. não querem que a vida volte ao normal...

    Você não cansa de falar merd@ não?
    ale1969
    ale1969
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1581
    Reputação : 175
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por ale1969 Ter 30 Nov 2021, 11:34 am

    Galizezin escreveu:parece que a ômicron é uma versão passageira da peste de laboratório coronavírus, pra impedir as festas de fim de ano. não querem que a vida volte ao normal...



    Para minha vida voltar ao normal affraid affraid affraid o dollar tem que cair para 3 Reais...
    ale1969
    ale1969
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1581
    Reputação : 175
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por ale1969 Qui 02 Dez 2021, 12:06 pm

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]

    RECESSÃO TÉCNICA
    INFLAÇÃO DE 2 DÍGITOS
    DOLAR EM QUASE 6


    Pergunta lá no Posto Ipiranga.


    Tem trabalhador que vota na direita?
    euvoltei
    euvoltei
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2062
    Reputação : 207
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por euvoltei Qui 02 Dez 2021, 12:48 pm

    ale1969 escreveu:[Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]

    RECESSÃO TÉCNICA
    INFLAÇÃO DE 2 DÍGITOS
    DOLAR EM QUASE 6


    Pergunta lá no Posto Ipiranga.


    Tem trabalhador que vota na direita?  

    FIQUE EM CASA..
    Tio Patinhas
    Tio Patinhas
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 103
    Reputação : 14
    Data de inscrição : 22/12/2014

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por Tio Patinhas Qui 02 Dez 2021, 4:25 pm

    euvoltei escreveu:
    ale1969 escreveu:[Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]

    RECESSÃO TÉCNICA
    INFLAÇÃO DE 2 DÍGITOS
    DOLAR EM QUASE 6


    Pergunta lá no Posto Ipiranga.


    Tem trabalhador que vota na direita?  

    FIQUE EM CASA..

    O brasileiro nem ficou em casa e nem ficou na rua.

    Foi tanta bagunça (governo federal) e corrupção (governos federal, estaduais e municipais), que a gente não aproveitou nenhum ponto positivo de nenhuma das duas situações.
    Se o Biro tivesse feito a sua obrigação (coordenar essa bagaça), as coisas estariam menos ruins.

    Agora, achar que o país cresce com uma confusão dessas e com o DÓLAR DISPARADO é piada.
    Dólar elevado eleva custos, o que, ao mesmo tempo, causa inflação e desestimula o investimento em um pais com população com a renda destruída. Mesmo que os grandes empresários se protejam dessas oscilações, grande parte da produção é em pequena escala, o que afeta o resultado no país. (isso sem contar que o lucro do investidor estrangeiro tem que ser absurdo, a ponto de compensar a potencial perda cambial)

    Guedes conseguiu reviver aquela famosa franquia "Passo o ponto"
    euvoltei
    euvoltei
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2062
    Reputação : 207
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por euvoltei Qui 02 Dez 2021, 9:04 pm

    Tio Patinhas escreveu:
    euvoltei escreveu:
    ale1969 escreveu:[Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]

    RECESSÃO TÉCNICA
    INFLAÇÃO DE 2 DÍGITOS
    DOLAR EM QUASE 6


    Pergunta lá no Posto Ipiranga.


    Tem trabalhador que vota na direita?  

    FIQUE EM CASA..

    O brasileiro nem ficou em casa e nem ficou na rua.

    Foi tanta bagunça (governo federal) e corrupção (governos federal, estaduais e municipais), que a gente não aproveitou nenhum ponto positivo de nenhuma das duas situações.
    Se o Biro tivesse feito a sua obrigação (coordenar essa bagaça), as coisas estariam menos ruins.

    Agora, achar que o país cresce com uma confusão dessas e com o DÓLAR DISPARADO é piada.
    Dólar elevado eleva custos, o que, ao mesmo tempo, causa inflação e desestimula o investimento em um pais com população com a renda destruída. Mesmo que os grandes empresários se protejam dessas oscilações, grande parte da produção é em pequena escala, o que afeta o resultado no país. (isso sem contar que o lucro do investidor estrangeiro tem que ser absurdo, a ponto de compensar a potencial perda cambial)

    Guedes conseguiu reviver aquela famosa franquia "Passo o ponto"

    Tirando as duas ou três primeiras semanas de lockdown efetivo... os ônibus vivam cheios, as empresas sob patuta municipal, malandramente diminuíram a frota circulante, e o que se viu foram ônibus lotados.......

    A culpa é do biro????

    ou covid não transmite ônibus??


    E os bancos, que até seguiram 100% fechados alguns dias... depois a brilhante ideia foi diminuir o horário, para obrigar todo mundo a ir junto à agência... bem efetivo para atingir o objetivo de distanciamento, né?!?

    A culpa é do Biro?????

    ---------

    Enfim... a bagunça foi grande... mas o país é assim mesmo..... muitos entes e diversas alçadas(estadual, municipal) deram ordens em todas direções ,.... não há uma diposição em seguir uma liderança... o constume aqui é cada ser a sua própria liderança, ....

    Além disso....
    A economia degringolou no mundo todo... a impressora de dinheiro trabalhou muito no mundo inteiro... a inflação é geral....

    Lembre-se....
    Que os grandes grupos de tecnologia ganharam muito, muito dinheiro,... e vivem malandramente inserendo "alertas" e qualquer postagem nas redes sociais.. seria para manter o pânico?!?....coincidência ou não eles também culpa o biroliro por tudo de ruim no mundo...
    Tio Patinhas
    Tio Patinhas
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 103
    Reputação : 14
    Data de inscrição : 22/12/2014

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por Tio Patinhas Qui 02 Dez 2021, 10:26 pm

    euvoltei escreveu:
    Tio Patinhas escreveu:
    euvoltei escreveu:
    ale1969 escreveu:[Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]

    RECESSÃO TÉCNICA
    INFLAÇÃO DE 2 DÍGITOS
    DOLAR EM QUASE 6


    Pergunta lá no Posto Ipiranga.


    Tem trabalhador que vota na direita?  

    FIQUE EM CASA..

    O brasileiro nem ficou em casa e nem ficou na rua.

    Foi tanta bagunça (governo federal) e corrupção (governos federal, estaduais e municipais), que a gente não aproveitou nenhum ponto positivo de nenhuma das duas situações.
    Se o Biro tivesse feito a sua obrigação (coordenar essa bagaça), as coisas estariam menos ruins.



    Agora, achar que o país cresce com uma confusão dessas e com o DÓLAR DISPARADO é piada.
    Dólar elevado eleva custos, o que, ao mesmo tempo, causa inflação e desestimula o investimento em um pais com população com a renda destruída. Mesmo que os grandes empresários se protejam dessas oscilações, grande parte da produção é em pequena escala, o que afeta o resultado no país. (isso sem contar que o lucro do investidor estrangeiro tem que ser absurdo, a ponto de compensar a potencial perda cambial)

    Guedes conseguiu reviver aquela famosa franquia "Passo o ponto"

    Tirando as duas ou três primeiras semanas de lockdown efetivo... os ônibus vivam cheios, as empresas sob patuta municipal, malandramente diminuíram a frota circulante, e o que se viu foram ônibus lotados.......

    A culpa é do biro????

    ou covid não transmite ônibus??


    E os bancos, que até seguiram 100% fechados alguns dias... depois a brilhante ideia foi diminuir o horário, para obrigar todo mundo a ir junto à agência... bem efetivo para atingir o objetivo de distanciamento, né?!?

    A culpa é do Biro?????

    ---------

    Enfim... a bagunça foi grande... mas o país é assim mesmo..... muitos entes e diversas alçadas(estadual, municipal) deram ordens em todas direções ,.... não há uma diposição em seguir uma liderança... o constume aqui é cada ser a sua própria liderança, ....

    Além disso....
    A economia degringolou no mundo todo... a impressora de dinheiro trabalhou muito no mundo inteiro... a inflação é geral....

    Lembre-se....
    Que os grandes grupos de tecnologia ganharam muito, muito dinheiro,... e vivem malandramente inserendo "alertas" e qualquer postagem nas redes sociais.. seria para manter o pânico?!?....coincidência ou não eles também culpa o biroliro por tudo de ruim no mundo...



    "A culpa é do biro????"

    Óbvio, o principal dirigente da república foi completamente omisso e, ao invés de tentar coordenar toda a política de monitoramento e controle da pandemia, quis deixar "o pau torar"!
    Se fosse alguém responsável, teria feito a diferença para o bem.

    Se tivessem seguido políticas de prevenção  e orientado as demais esferas, teria sido muito mais efetivo. (fora que os prefeitos ------- que tomassem atitudes irresponsáveis, como deixar as empresas reduzirem a frota, ficariam muito mais em evidência)

    "A economia degringolou no mundo todo... a impressora de dinheiro trabalhou muito no mundo inteiro... a inflação é geral.... "
    Óbvio, mas mesmo em cenário de inflação e desvalorização cambial, não significa que as coisas não poderiam estar melhores (ou menos ruins).

    O governo atuou incessantemente contra a imunização e, depois, veio dizer que cumpriu o seu papel...
    Atrasou a vacinação em 6 meses, tentarem meter propina, tentaram descredibilizar a vacinação por pura birra política. (ah, não vou comprar a tua vacina não, taokey calça apertada? ... meses depois: A vacina é do SUS, taokey?)
    Quem raios vai querer arriscar o seu dinheirinho em um país dirigido por um louco inerte desses? Um cara que só sabe agir quando é para exonerar delegado da PF que cumpre mandato contra os aliados presidenciais.


    O presidente, óbvio, não é o responsável por todos os problemas do Brasil, mas ele também acha que não é responsável por absolutamente nada.

    Exercer a presidência da república não é igual a exercer um mandato improdutivo de deputado de nicho de 5a categoria.
    As ações, ou omissões, têm sérias consequências na política e na economia nacional.
    euvoltei
    euvoltei
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2062
    Reputação : 207
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por euvoltei Qui 02 Dez 2021, 11:31 pm

    Tio Patinhas escreveu:
    euvoltei escreveu:
    Tio Patinhas escreveu:
    euvoltei escreveu:

    FIQUE EM CASA..

    O brasileiro nem ficou em casa e nem ficou na rua.

    Foi tanta bagunça (governo federal) e corrupção (governos federal, estaduais e municipais), que a gente não aproveitou nenhum ponto positivo de nenhuma das duas situações.
    Se o Biro tivesse feito a sua obrigação (coordenar essa bagaça), as coisas estariam menos ruins.



    Agora, achar que o país cresce com uma confusão dessas e com o DÓLAR DISPARADO é piada.
    Dólar elevado eleva custos, o que, ao mesmo tempo, causa inflação e desestimula o investimento em um pais com população com a renda destruída. Mesmo que os grandes empresários se protejam dessas oscilações, grande parte da produção é em pequena escala, o que afeta o resultado no país. (isso sem contar que o lucro do investidor estrangeiro tem que ser absurdo, a ponto de compensar a potencial perda cambial)

    Guedes conseguiu reviver aquela famosa franquia "Passo o ponto"

    Tirando as duas ou três primeiras semanas de lockdown efetivo... os ônibus vivam cheios, as empresas sob patuta municipal, malandramente diminuíram a frota circulante, e o que se viu foram ônibus lotados.......

    A culpa é do biro????

    ou covid não transmite ônibus??


    E os bancos, que até seguiram 100% fechados alguns dias... depois a brilhante ideia foi diminuir o horário, para obrigar todo mundo a ir junto à agência... bem efetivo para atingir o objetivo de distanciamento, né?!?

    A culpa é do Biro?????

    ---------

    Enfim... a bagunça foi grande... mas o país é assim mesmo..... muitos entes e diversas alçadas(estadual, municipal) deram ordens em todas direções ,.... não há uma diposição em seguir uma liderança... o constume aqui é cada ser a sua própria liderança, ....

    Além disso....
    A economia degringolou no mundo todo... a impressora de dinheiro trabalhou muito no mundo inteiro... a inflação é geral....

    Lembre-se....
    Que os grandes grupos de tecnologia ganharam muito, muito dinheiro,... e vivem malandramente inserendo "alertas" e qualquer postagem nas redes sociais.. seria para manter o pânico?!?....coincidência ou não eles também culpa o biroliro por tudo de ruim no mundo...



    "A culpa é do biro????"

    Óbvio, o principal dirigente da república foi completamente omisso e, ao invés de tentar coordenar toda a política de monitoramento e controle da pandemia, quis deixar "o pau torar"!
    Se fosse alguém responsável, teria feito a diferença para o bem.

    Se tivessem seguido políticas de prevenção  e orientado as demais esferas, teria sido muito mais efetivo. (fora que os prefeitos ------- que tomassem atitudes irresponsáveis, como deixar as empresas reduzirem a frota, ficariam muito mais em evidência)

    "A economia degringolou no mundo todo... a impressora de dinheiro trabalhou muito no mundo inteiro... a inflação é geral.... "
    Óbvio, mas mesmo em cenário de inflação e desvalorização cambial, não significa que as coisas não poderiam estar melhores (ou menos ruins).

    O governo atuou incessantemente contra a imunização e, depois, veio dizer que cumpriu o seu papel...
    Atrasou a vacinação em 6 meses, tentarem meter propina, tentaram descredibilizar a vacinação por pura birra política. (ah, não vou comprar a tua vacina não, taokey calça apertada? ... meses depois: A vacina é do SUS, taokey?)
    Quem raios vai querer arriscar o seu dinheirinho em um país dirigido por um louco inerte desses? Um cara que só sabe agir quando é para exonerar delegado da PF que cumpre mandato contra os aliados presidenciais.


    O presidente, óbvio, não é o responsável por todos os problemas do Brasil, mas ele também acha que não é responsável por absolutamente nada.

    Exercer a presidência da república não é igual a exercer um mandato improdutivo de deputado de nicho de 5a categoria.
    As ações, ou omissões, têm sérias consequências na política e na economia nacional.

    Comprou vacina, mandou aplicar...comprou todas a vacina da china/doria inclusive...Brasil no fim foi destaque em aplicação de vacina mesmo não tendo desenvolvido vacina alguma....
    Mandou verbas pra ponta (estados e municipíos)....
    Não teve ingenrência sobre mandar abrir ou fechar...isso ficou nas mãos dos estado e municípios, esses sim que não entraram em entendimento em si...e praticamente todos tomaram atitudes com base na lacração de redes sociais., gravando videozinhos, reels, ...
    Disse que ia dar -----, ia dar fome, ia dar inflação, etc... mas foi ignorado....

    No fim, a pesta chinesa matou por aqui tanto quanto no resto do mundo....o brasil não foi destaque nem por ter mortes demais ou poucas mortes de forma proporcional.....

    Eu vi sim, muitos estados geridos pela esquerda massacrando as pessoas, os micro-empresários; fechando as escolas públicas, etc.... interessante são esse mesmos governadores que tentam jogar as consequencia das suas atitudes no colo do presidente.....
    Claros os governadores mesmos, mantiveram sua própria agenda de viagens, campanha eleitoral, "articulações" em brasília, inaugurações....

    E sempre ----- esses ataques vagos, que faltou o biro ter "orientado as demais esferas,".... e que ele se fosse bom " teria feito a diferença para o bem."...

    Vc pode não gostar não presidente, normal....... mas a bagunça no país não foi ele quem gerou.....


    Tio Patinhas
    Tio Patinhas
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 103
    Reputação : 14
    Data de inscrição : 22/12/2014

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por Tio Patinhas Sex 03 Dez 2021, 7:18 am

    euvoltei escreveu:
    Tio Patinhas escreveu:
    euvoltei escreveu:
    Tio Patinhas escreveu:

    O brasileiro nem ficou em casa e nem ficou na rua.

    Foi tanta bagunça (governo federal) e corrupção (governos federal, estaduais e municipais), que a gente não aproveitou nenhum ponto positivo de nenhuma das duas situações.
    Se o Biro tivesse feito a sua obrigação (coordenar essa bagaça), as coisas estariam menos ruins.



    Agora, achar que o país cresce com uma confusão dessas e com o DÓLAR DISPARADO é piada.
    Dólar elevado eleva custos, o que, ao mesmo tempo, causa inflação e desestimula o investimento em um pais com população com a renda destruída. Mesmo que os grandes empresários se protejam dessas oscilações, grande parte da produção é em pequena escala, o que afeta o resultado no país. (isso sem contar que o lucro do investidor estrangeiro tem que ser absurdo, a ponto de compensar a potencial perda cambial)

    Guedes conseguiu reviver aquela famosa franquia "Passo o ponto"

    Tirando as duas ou três primeiras semanas de lockdown efetivo... os ônibus vivam cheios, as empresas sob patuta municipal, malandramente diminuíram a frota circulante, e o que se viu foram ônibus lotados.......

    A culpa é do biro????

    ou covid não transmite ônibus??


    E os bancos, que até seguiram 100% fechados alguns dias... depois a brilhante ideia foi diminuir o horário, para obrigar todo mundo a ir junto à agência... bem efetivo para atingir o objetivo de distanciamento, né?!?

    A culpa é do Biro?????

    ---------

    Enfim... a bagunça foi grande... mas o país é assim mesmo..... muitos entes e diversas alçadas(estadual, municipal) deram ordens em todas direções ,.... não há uma diposição em seguir uma liderança... o constume aqui é cada ser a sua própria liderança, ....

    Além disso....
    A economia degringolou no mundo todo... a impressora de dinheiro trabalhou muito no mundo inteiro... a inflação é geral....

    Lembre-se....
    Que os grandes grupos de tecnologia ganharam muito, muito dinheiro,... e vivem malandramente inserendo "alertas" e qualquer postagem nas redes sociais.. seria para manter o pânico?!?....coincidência ou não eles também culpa o biroliro por tudo de ruim no mundo...



    "A culpa é do biro????"

    Óbvio, o principal dirigente da república foi completamente omisso e, ao invés de tentar coordenar toda a política de monitoramento e controle da pandemia, quis deixar "o pau torar"!
    Se fosse alguém responsável, teria feito a diferença para o bem.

    Se tivessem seguido políticas de prevenção  e orientado as demais esferas, teria sido muito mais efetivo. (fora que os prefeitos ------- que tomassem atitudes irresponsáveis, como deixar as empresas reduzirem a frota, ficariam muito mais em evidência)

    "A economia degringolou no mundo todo... a impressora de dinheiro trabalhou muito no mundo inteiro... a inflação é geral.... "
    Óbvio, mas mesmo em cenário de inflação e desvalorização cambial, não significa que as coisas não poderiam estar melhores (ou menos ruins).

    O governo atuou incessantemente contra a imunização e, depois, veio dizer que cumpriu o seu papel...
    Atrasou a vacinação em 6 meses, tentarem meter propina, tentaram descredibilizar a vacinação por pura birra política. (ah, não vou comprar a tua vacina não, taokey calça apertada? ... meses depois: A vacina é do SUS, taokey?)
    Quem raios vai querer arriscar o seu dinheirinho em um país dirigido por um louco inerte desses? Um cara que só sabe agir quando é para exonerar delegado da PF que cumpre mandato contra os aliados presidenciais.


    O presidente, óbvio, não é o responsável por todos os problemas do Brasil, mas ele também acha que não é responsável por absolutamente nada.

    Exercer a presidência da república não é igual a exercer um mandato improdutivo de deputado de nicho de 5a categoria.
    As ações, ou omissões, têm sérias consequências na política e na economia nacional.

    Comprou vacina, mandou aplicar...comprou todas a vacina da china/doria inclusive...Brasil no fim foi destaque em aplicação de vacina mesmo não tendo desenvolvido vacina alguma....
    Mandou verbas pra ponta (estados e municipíos)....
    Não teve ingenrência sobre mandar abrir ou fechar...isso ficou nas mãos dos estado e municípios, esses sim que não entraram em entendimento em si...e praticamente todos tomaram atitudes com base na lacração de redes sociais., gravando videozinhos, reels, ...
    Disse que ia dar -----, ia dar fome, ia dar inflação, etc... mas foi ignorado....

    No fim, a pesta chinesa matou por aqui tanto quanto no resto do mundo....o brasil não foi destaque nem por ter mortes demais ou poucas mortes de forma proporcional.....

    Eu vi sim, muitos estados geridos pela esquerda massacrando as pessoas, os micro-empresários; fechando as escolas públicas, etc.... interessante são esse mesmos governadores que tentam jogar as consequencia das suas atitudes no colo do presidente.....
    Claros os governadores mesmos, mantiveram sua própria agenda de viagens, campanha eleitoral, "articulações" em brasília, inaugurações....

    E sempre ----- esses ataques vagos, que faltou o biro ter "orientado as demais esferas,".... e que ele se fosse bom " teria feito a diferença para o bem."...

    Vc pode não gostar não presidente, normal....... mas a bagunça no país não foi ele quem gerou.....



    "Comprou vacina, mandou aplicar...comprou todas a vacina da china/doria inclusive...Brasil no fim foi destaque em aplicação de vacina mesmo não tendo desenvolvido vacina alguma....
    Mandou verbas pra ponta (estados e municipíos).... "

    Comprou porque ele viu que ia pegar mal para ele politicamente, dane-se a saúde da população. Além de ter feito a compra pelos motivos errados, ainda atrasou um bocado.
    Se isso é fazer a parte dele, pense num servicinho porco mal feito.

    A aplicação de vacinas só teve sucesso graças à expertise e à estrutura já existente do SUS.
    O sistema de saúde brasileiro tem muitos problemas, mas vacina é um negócio que funciona muito bem por aqui! (pelo menos isso)


    "Não teve ingenrência sobre mandar abrir ou fechar...isso ficou nas mãos dos estado e municípios, esses sim que não entraram em entendimento em si...e praticamente todos tomaram atitudes com base na lacração de redes sociais., gravando videozinhos, reels, ...



    1 Como raios 5500 municípios vão se coordenar, sendo que muitos municípios não tem a menor capacidade estrutural para atuar em uma pandemia?
    Era mais fácil ter uma coordenação nacional, pelo governo federal, orientando, MONITORANDO, e concentrando recursos esforços em cada região, conforme a necessidade.

    2 Uma coordenação nacional PODERIA ter sido, inclusive, muito econômica. Além de realizar compras de respiradores de forma centralizada (evitando aberrações como as vistas), ainda daria para negociar preço por causa da quantidade. Em vez disso, o Ministério da saúde TENTOU CONFISCAR PARA SI RESPIRADORES QUE JÁ TINHAM SIDO PAGOS PELOS ESTADOS!


    Mais uma vez, o governo NÃO FEZ NADA. (o pouco que fez, foi de maneira porca)


    "Disse que ia dar -----, ia dar fome, ia dar inflação, etc... mas foi ignorado...."

    A consequência econômica de uma pandemia é óbvia, mas se ele tivesse feito o trabalho dele, provavelmente teríamos menos problemas.

    É fácil culpar lockdown, o difícil é ficar dias virados em um hospital para TENTAR dar conta dos pacientes que não param de chegar.
    Galera da saúde sofrendo pesadamente e o mito "mitando nas redes sociais.

    Em vez de criticar o lockdown generalizado, era melhor ter monitorado a pandemia e ter feito lockdowns locais, conforme o volume de infecções.
    Mas o que o presidente fez? Exonerou qualquer ministro que não aceitasse a Cloroquina. (depois, o próprio MINISTÉRIO DA SAÚDE ENVIOU OFÍCIO à CPI da COVID declarando que o KIT COVID NÃO TEM EFICÁCIA)

    Falando em KIT COVID, quem lembra dos aliados do governo enfiando KIT COVID na galera da Manaus para não fazer lockdown e, quando o bicho pegou e faltou oxigênio, vieram na cara de pau dizendo "sinto muito, vão ter que esperar".

    Por fim, qualquer tolo sabe que muitos governos estaduais e municipais são absurdamente corruptos e que se aproveitaram do caos para lucrar, mas isso não justifica uma omissão generalizada do governo federal.
    euvoltei
    euvoltei
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2062
    Reputação : 207
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por euvoltei Sex 03 Dez 2021, 5:44 pm

    Comprou e mandou aplicar.. mas de acordo com sua interpretação ele não queria comprar...

    Ué... os 5500 municípios e 27 estados tiveram o que quiseram, até onde eu sei não foi o governo federal que entrou na justiça para abrir mão do poder... foram os estados e muncipíos que queriam mais poder.... mais poder significa mais responsabilidades..., depois que deu tudo errado, não adianta colocar a culpa nos outros

    Eu até queria saber se algum estado ou município pleiteou orientações ao governo federal sobre o que abrir e o que fechar na economia....
    Na pandemia a regra foi o lacre... os prefeitinhos fazendo LIVE dizendo que o certo era isso ou aquilo....
    Todo mundo viu as entrevista do Dória ditando regra a seu bel prazer...acho que nunca ele disse que seguiria a liderança do governo federal....

    Tio Patinhas
    Tio Patinhas
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 103
    Reputação : 14
    Data de inscrição : 22/12/2014

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por Tio Patinhas Sex 03 Dez 2021, 6:46 pm

    euvoltei escreveu:Comprou e mandou aplicar.. mas de acordo com sua interpretação ele não queria comprar...

    Ué... os 5500 municípios  e 27 estados tiveram o que quiseram, até onde eu sei não foi o governo federal que entrou na justiça para abrir mão do poder... foram os estados e muncipíos que queriam mais poder.... mais poder significa mais responsabilidades..., depois que deu tudo errado, não adianta colocar a culpa nos outros

    Eu até queria saber se algum estado ou município pleiteou orientações ao governo federal sobre o que abrir e o que fechar na economia....
    Na pandemia a regra foi o lacre... os prefeitinhos fazendo LIVE dizendo que o certo era isso ou aquilo....
    Todo mundo viu as entrevista do Dória ditando regra a seu bel prazer...acho que nunca ele disse que seguiria a liderança do governo federal....


    1 Comprou porque sabia que, se não comprasse, ia ter que responder criminalmente.

    2 Os estados e municípios entraram na justiça para evitar que o presidente da república desmanchasse todo o esquema de combate à pandemia. Bolsonaro, desde o início, foi bastante expresso em ACHAR que era só uma GRIPEZINHA, que NÃO IRIA MORRER QUASE NINGUÉM. (mas acompanhar a situação nos hospitais, nada)

    Ah, isso sem falar nas previsões furadas do Osmar Terra! [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar esta imagem]

    Não tenho porque defender esta pessoa porque ele é um político (e político a gente cobra), mas a única pessoa do governo federal que tentou fazer/orientar/coordenar alguma coisa foi o Mandetta e ele logo foi "convidado" a se retirar para ser substituído por um pau-mandado qualquer.

    Gostando ou não, era a recomendação da OMS.
    Se você fosse um gestor público, iria seguir a recomendação das entidades de saúde ou de um zé-ruela improdutivo que acha que a verdade pode ser alterada pelos seus próprios achismos?
    Enquanto a galera tava se ferrando, o irresponsável ficava passeando, aglomerando e torrando dinheiro público em gadociata. (quem em sã consciência iria querer orientação de um sujeito desses)
    euvoltei
    euvoltei
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2062
    Reputação : 207
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por euvoltei Sex 03 Dez 2021, 10:19 pm

    Tio Patinhas escreveu:
    euvoltei escreveu:Comprou e mandou aplicar.. mas de acordo com sua interpretação ele não queria comprar...

    Ué... os 5500 municípios  e 27 estados tiveram o que quiseram, até onde eu sei não foi o governo federal que entrou na justiça para abrir mão do poder... foram os estados e muncipíos que queriam mais poder.... mais poder significa mais responsabilidades..., depois que deu tudo errado, não adianta colocar a culpa nos outros

    Eu até queria saber se algum estado ou município pleiteou orientações ao governo federal sobre o que abrir e o que fechar na economia....
    Na pandemia a regra foi o lacre... os prefeitinhos fazendo LIVE dizendo que o certo era isso ou aquilo....
    Todo mundo viu as entrevista do Dória ditando regra a seu bel prazer...acho que nunca ele disse que seguiria a liderança do governo federal....


    1 Comprou porque sabia que, se não comprasse, ia ter que responder criminalmente.

    2 Os estados e municípios entraram na justiça para evitar que o presidente da república desmanchasse todo o esquema de combate à pandemia. Bolsonaro, desde o início, foi bastante expresso em ACHAR que era só uma GRIPEZINHA, que NÃO IRIA MORRER QUASE NINGUÉM. (mas acompanhar a situação nos hospitais, nada)

    Ah, isso sem falar nas previsões furadas do Osmar Terra!  [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar esta imagem]

    Não tenho porque defender esta pessoa porque ele é um político (e político a gente cobra), mas a única pessoa do governo federal que tentou fazer/orientar/coordenar alguma coisa foi o Mandetta e ele logo foi "convidado" a se retirar para ser substituído por um pau-mandado qualquer.

    Gostando ou não, era a recomendação da OMS.
    Se você fosse um gestor público, iria seguir a recomendação das entidades de saúde ou de um zé-ruela improdutivo que acha que a verdade pode ser alterada pelos seus próprios achismos?
    Enquanto a galera tava se ferrando, o irresponsável ficava passeando, aglomerando e torrando dinheiro público em gadociata. (quem em sã consciência iria querer orientação de um sujeito desses)

    "2 Os estados e municípios entraram na justiça para evitar que o presidente da república desmanchasse todo o esquema de combate à pandemia"
    "(quem em sã consciência iria querer orientação de um sujeito desses)"

    Então, ele deu orientações!!!!...mas os prefeitos, governadores não quiseram seguir,,,,,

    E ainda sem seguir, ainda assim as consequencias negativas é responsabilidade dele.....entendi agora....

    Só quiseram receber mesmo o dinheiro, ah, o dinheiro nenhum prefeito ou governador recusou...só recusaram as orientações... e mesmo assim a culpa é do presidente,...foi complicado mas no fim eu entendi...
    ...........


    euvoltei
    euvoltei
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2062
    Reputação : 207
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por euvoltei Sab 04 Dez 2021, 5:39 pm

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]

    Em coletiva de imprensa realizada em Nova York, nos Estados Unidos, o governador ((Dória) afirmou que a Anvisa não tem poder de proibir decisões estaduais.


    -----

    Ele está descontrolado.... nem a ANVISA , órgão técnico, o governador quer obedecer...
    Mas, se der ----- a culpa é do ??????
    Tio Patinhas
    Tio Patinhas
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 103
    Reputação : 14
    Data de inscrição : 22/12/2014

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por Tio Patinhas Dom 05 Dez 2021, 2:15 pm

    euvoltei escreveu:
    Tio Patinhas escreveu:
    euvoltei escreveu:Comprou e mandou aplicar.. mas de acordo com sua interpretação ele não queria comprar...

    Ué... os 5500 municípios  e 27 estados tiveram o que quiseram, até onde eu sei não foi o governo federal que entrou na justiça para abrir mão do poder... foram os estados e muncipíos que queriam mais poder.... mais poder significa mais responsabilidades..., depois que deu tudo errado, não adianta colocar a culpa nos outros

    Eu até queria saber se algum estado ou município pleiteou orientações ao governo federal sobre o que abrir e o que fechar na economia....
    Na pandemia a regra foi o lacre... os prefeitinhos fazendo LIVE dizendo que o certo era isso ou aquilo....
    Todo mundo viu as entrevista do Dória ditando regra a seu bel prazer...acho que nunca ele disse que seguiria a liderança do governo federal....


    1 Comprou porque sabia que, se não comprasse, ia ter que responder criminalmente.

    2 Os estados e municípios entraram na justiça para evitar que o presidente da república desmanchasse todo o esquema de combate à pandemia. Bolsonaro, desde o início, foi bastante expresso em ACHAR que era só uma GRIPEZINHA, que NÃO IRIA MORRER QUASE NINGUÉM. (mas acompanhar a situação nos hospitais, nada)

    Ah, isso sem falar nas previsões furadas do Osmar Terra!  [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar esta imagem]

    Não tenho porque defender esta pessoa porque ele é um político (e político a gente cobra), mas a única pessoa do governo federal que tentou fazer/orientar/coordenar alguma coisa foi o Mandetta e ele logo foi "convidado" a se retirar para ser substituído por um pau-mandado qualquer.

    Gostando ou não, era a recomendação da OMS.
    Se você fosse um gestor público, iria seguir a recomendação das entidades de saúde ou de um zé-ruela improdutivo que acha que a verdade pode ser alterada pelos seus próprios achismos?
    Enquanto a galera tava se ferrando, o irresponsável ficava passeando, aglomerando e torrando dinheiro público em gadociata. (quem em sã consciência iria querer orientação de um sujeito desses)

    "2 Os estados e municípios entraram na justiça para evitar que o presidente da república desmanchasse todo o esquema de combate à pandemia"
    "(quem em sã consciência iria querer orientação de um sujeito desses)"

    Então, ele deu orientações!!!!...mas os prefeitos, governadores não quiseram seguir,,,,,

    E ainda sem seguir, ainda assim as consequencias negativas é responsabilidade dele.....entendi agora....

    Só quiseram receber mesmo o dinheiro, ah, o dinheiro nenhum prefeito ou governador recusou...só recusaram as orientações... e mesmo assim a culpa é do presidente,...foi complicado mas no fim eu entendi...
    ...........




    Orientação/coordenação de combate a uma pandemia é uma coisa, AGIR PARA IMPEDIR as ações de governos locais, para que NINGUÉM FAÇA NADA, é outra coisa!

    Sério que tem que explicar isso ou a vontade de fazer contorcionismo pra passar pano é grande a esse ponto?


    Ah, a propósito, você aí reclamando que os prefeitos e governadores roubaram dinheiro do combate à covid (e não tiro a razão de reclamar disso), mas agora já saiu que tem deputado governista roubando orçamento secreto para forrar o próprio bolso (tem vídeo e tudo), inclusive controlando extrato bancário de prefeitura.

    A briga dos bolsonaristas com os deputados, prefeitos e governadores não é por moralidade, é por política e por poder!

    Coitado do próximo DPF que tiver que cumprir alguma ordem judicial desse contra a familícia, vai perder a função na hora assim como todos os outros delegados!
    euvoltei
    euvoltei
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2062
    Reputação : 207
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por euvoltei Dom 05 Dez 2021, 5:48 pm

    Tio Patinhas escreveu:
    euvoltei escreveu:
    Tio Patinhas escreveu:
    euvoltei escreveu:Comprou e mandou aplicar.. mas de acordo com sua interpretação ele não queria comprar...

    Ué... os 5500 municípios  e 27 estados tiveram o que quiseram, até onde eu sei não foi o governo federal que entrou na justiça para abrir mão do poder... foram os estados e muncipíos que queriam mais poder.... mais poder significa mais responsabilidades..., depois que deu tudo errado, não adianta colocar a culpa nos outros

    Eu até queria saber se algum estado ou município pleiteou orientações ao governo federal sobre o que abrir e o que fechar na economia....
    Na pandemia a regra foi o lacre... os prefeitinhos fazendo LIVE dizendo que o certo era isso ou aquilo....
    Todo mundo viu as entrevista do Dória ditando regra a seu bel prazer...acho que nunca ele disse que seguiria a liderança do governo federal....


    1 Comprou porque sabia que, se não comprasse, ia ter que responder criminalmente.

    2 Os estados e municípios entraram na justiça para evitar que o presidente da república desmanchasse todo o esquema de combate à pandemia. Bolsonaro, desde o início, foi bastante expresso em ACHAR que era só uma GRIPEZINHA, que NÃO IRIA MORRER QUASE NINGUÉM. (mas acompanhar a situação nos hospitais, nada)

    Ah, isso sem falar nas previsões furadas do Osmar Terra!  [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar esta imagem]

    Não tenho porque defender esta pessoa porque ele é um político (e político a gente cobra), mas a única pessoa do governo federal que tentou fazer/orientar/coordenar alguma coisa foi o Mandetta e ele logo foi "convidado" a se retirar para ser substituído por um pau-mandado qualquer.

    Gostando ou não, era a recomendação da OMS.
    Se você fosse um gestor público, iria seguir a recomendação das entidades de saúde ou de um zé-ruela improdutivo que acha que a verdade pode ser alterada pelos seus próprios achismos?
    Enquanto a galera tava se ferrando, o irresponsável ficava passeando, aglomerando e torrando dinheiro público em gadociata. (quem em sã consciência iria querer orientação de um sujeito desses)

    "2 Os estados e municípios entraram na justiça para evitar que o presidente da república desmanchasse todo o esquema de combate à pandemia"
    "(quem em sã consciência iria querer orientação de um sujeito desses)"

    Então, ele deu orientações!!!!...mas os prefeitos, governadores não quiseram seguir,,,,,

    E ainda sem seguir, ainda assim as consequencias negativas é responsabilidade dele.....entendi agora....

    Só quiseram receber mesmo o dinheiro, ah, o dinheiro nenhum prefeito ou governador recusou...só recusaram as orientações... e mesmo assim a culpa é do presidente,...foi complicado mas no fim eu entendi...
    ...........




    Orientação/coordenação de combate a uma pandemia é uma coisa, AGIR PARA IMPEDIR as ações de governos locais, para que NINGUÉM FAÇA NADA, é outra coisa!

    Sério que tem que explicar isso ou a vontade de fazer contorcionismo pra passar pano é grande a esse ponto?


    Ah, a propósito, você aí reclamando que os prefeitos e governadores roubaram dinheiro do combate à covid (e não tiro a razão de reclamar disso), mas agora já saiu que tem deputado governista roubando orçamento secreto para forrar o próprio bolso (tem vídeo e tudo), inclusive controlando extrato bancário de prefeitura.

    A briga dos bolsonaristas com os deputados, prefeitos e governadores não é por moralidade, é por política e por poder!

    Coitado do próximo DPF que tiver que cumprir alguma ordem judicial desse contra a familícia, vai perder a função na hora assim como todos os outros delegados!

    O controcionismo é seu.......

    Se o poder decisório fosse exercido pelo presidente... aí sim a responsabilidade seria dele....

    Mas o poder decisório foi exercido pelos prefeitos e governadores.... e gerou uma grande bagunça.... então, a responsabilidade das consquencias desastrosas da coordenação estatal para fazer frente ao covid é de culpa dos governadores e prefeitos....


    O resto é retórica... é joguinho ensaboado de palavras...



    -------


    O presidente, os governadores e prefeitos e todo brasileiro tem livre direito a manisfestação de opinão...... Isso aí é que os esquerdóides não suportam....
    O esquerdistas só querem o que seu deus eleito na terra fale... só depois os esquerdóisdes agem como papagaio só repetindo
    Agente_Crazy_System
    Agente_Crazy_System
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 174
    Reputação : 16
    Data de inscrição : 02/06/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por Agente_Crazy_System Dom 05 Dez 2021, 8:00 pm

    Boa noite galera. Vejo os grandes pensadores, economistas esquerdosos reclamando do dollar e criando a narrativa contra o PG. Em um mundo sem crise e com uma selíc de 13%, enchendo o rabx dos bancos e dos estrangeiros com dinheiro fácil as custas do suor dos pobres trabalhadores é mamão com açucar, quero ver é valorizar a moeda com uma boa política econômica e desenvolvimento do país. O pai da corrupção engana seus pandemínios em todas as esferas da vida. Esse só pode ser filho do capiroto.
    Tio Patinhas
    Tio Patinhas
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 103
    Reputação : 14
    Data de inscrição : 22/12/2014

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por Tio Patinhas Dom 05 Dez 2021, 10:34 pm

    euvoltei escreveu:
    Tio Patinhas escreveu:
    euvoltei escreveu:
    Tio Patinhas escreveu:

    1 Comprou porque sabia que, se não comprasse, ia ter que responder criminalmente.

    2 Os estados e municípios entraram na justiça para evitar que o presidente da república desmanchasse todo o esquema de combate à pandemia. Bolsonaro, desde o início, foi bastante expresso em ACHAR que era só uma GRIPEZINHA, que NÃO IRIA MORRER QUASE NINGUÉM. (mas acompanhar a situação nos hospitais, nada)

    Ah, isso sem falar nas previsões furadas do Osmar Terra!  [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar esta imagem]

    Não tenho porque defender esta pessoa porque ele é um político (e político a gente cobra), mas a única pessoa do governo federal que tentou fazer/orientar/coordenar alguma coisa foi o Mandetta e ele logo foi "convidado" a se retirar para ser substituído por um pau-mandado qualquer.

    Gostando ou não, era a recomendação da OMS.
    Se você fosse um gestor público, iria seguir a recomendação das entidades de saúde ou de um zé-ruela improdutivo que acha que a verdade pode ser alterada pelos seus próprios achismos?
    Enquanto a galera tava se ferrando, o irresponsável ficava passeando, aglomerando e torrando dinheiro público em gadociata. (quem em sã consciência iria querer orientação de um sujeito desses)

    "2 Os estados e municípios entraram na justiça para evitar que o presidente da república desmanchasse todo o esquema de combate à pandemia"
    "(quem em sã consciência iria querer orientação de um sujeito desses)"

    Então, ele deu orientações!!!!...mas os prefeitos, governadores não quiseram seguir,,,,,

    E ainda sem seguir, ainda assim as consequencias negativas é responsabilidade dele.....entendi agora....

    Só quiseram receber mesmo o dinheiro, ah, o dinheiro nenhum prefeito ou governador recusou...só recusaram as orientações... e mesmo assim a culpa é do presidente,...foi complicado mas no fim eu entendi...
    ...........




    Orientação/coordenação de combate a uma pandemia é uma coisa, AGIR PARA IMPEDIR as ações de governos locais, para que NINGUÉM FAÇA NADA, é outra coisa!

    Sério que tem que explicar isso ou a vontade de fazer contorcionismo pra passar pano é grande a esse ponto?


    Ah, a propósito, você aí reclamando que os prefeitos e governadores roubaram dinheiro do combate à covid (e não tiro a razão de reclamar disso), mas agora já saiu que tem deputado governista roubando orçamento secreto para forrar o próprio bolso (tem vídeo e tudo), inclusive controlando extrato bancário de prefeitura.

    A briga dos bolsonaristas com os deputados, prefeitos e governadores não é por moralidade, é por política e por poder!

    Coitado do próximo DPF que tiver que cumprir alguma ordem judicial desse contra a familícia, vai perder a função na hora assim como todos os outros delegados!

    O controcionismo é seu.......

    Se o poder decisório fosse exercido pelo presidente... aí sim a responsabilidade seria dele....

    Mas o poder decisório foi exercido pelos prefeitos e governadores.... e gerou uma grande bagunça.... então, a responsabilidade das consquencias desastrosas da coordenação estatal para fazer frente ao covid é de culpa dos governadores e prefeitos....


    O resto é retórica... é joguinho ensaboado de palavras...



    -------


    O presidente, os governadores e prefeitos e todo brasileiro tem livre direito a manisfestação de opinão...... Isso aí é que os esquerdóides não suportam....
    O esquerdistas só querem o que seu deus eleito na terra fale... só depois os esquerdóisdes agem como papagaio só repetindo

    Então fechemos o Ministério da Saúde, afinal ele não serve para nada mesmo, não é?

    Então o raciocínio é esse: Não importa se o presidente não cumpriu o seu papel de presidente, muito menos se ele intencionalmente quis deixar o brasileiro à própria sorte no meio de uma pandemia, só o que importa é que os prefeitos e governadores roubaram...

    O erro de quem eu não gosto anula o erro de quem eu defendo... muito lógico!  [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar esta imagem]
    euvoltei
    euvoltei
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2062
    Reputação : 207
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por euvoltei Seg 06 Dez 2021, 7:56 am

    Tio Patinhas escreveu:
    euvoltei escreveu:
    Tio Patinhas escreveu:
    euvoltei escreveu:

    "2 Os estados e municípios entraram na justiça para evitar que o presidente da república desmanchasse todo o esquema de combate à pandemia"
    "(quem em sã consciência iria querer orientação de um sujeito desses)"

    Então, ele deu orientações!!!!...mas os prefeitos, governadores não quiseram seguir,,,,,

    E ainda sem seguir, ainda assim as consequencias negativas é responsabilidade dele.....entendi agora....

    Só quiseram receber mesmo o dinheiro, ah, o dinheiro nenhum prefeito ou governador recusou...só recusaram as orientações... e mesmo assim a culpa é do presidente,...foi complicado mas no fim eu entendi...
    ...........




    Orientação/coordenação de combate a uma pandemia é uma coisa, AGIR PARA IMPEDIR as ações de governos locais, para que NINGUÉM FAÇA NADA, é outra coisa!

    Sério que tem que explicar isso ou a vontade de fazer contorcionismo pra passar pano é grande a esse ponto?


    Ah, a propósito, você aí reclamando que os prefeitos e governadores roubaram dinheiro do combate à covid (e não tiro a razão de reclamar disso), mas agora já saiu que tem deputado governista roubando orçamento secreto para forrar o próprio bolso (tem vídeo e tudo), inclusive controlando extrato bancário de prefeitura.

    A briga dos bolsonaristas com os deputados, prefeitos e governadores não é por moralidade, é por política e por poder!

    Coitado do próximo DPF que tiver que cumprir alguma ordem judicial desse contra a familícia, vai perder a função na hora assim como todos os outros delegados!

    O controcionismo é seu.......

    Se o poder decisório fosse exercido pelo presidente... aí sim a responsabilidade seria dele....

    Mas o poder decisório foi exercido pelos prefeitos e governadores.... e gerou uma grande bagunça.... então, a responsabilidade das consquencias desastrosas da coordenação estatal para fazer frente ao covid é de culpa dos governadores e prefeitos....


    O resto é retórica... é joguinho ensaboado de palavras...



    -------


    O presidente, os governadores e prefeitos e todo brasileiro tem livre direito a manisfestação de opinão...... Isso aí é que os esquerdóides não suportam....
    O esquerdistas só querem o que seu deus eleito na terra fale... só depois os esquerdóisdes agem como papagaio só repetindo

    Então fechemos o Ministério da Saúde, afinal ele não serve para nada mesmo, não é?

    Então o raciocínio é esse: Não importa se o presidente não cumpriu o seu papel de presidente, muito menos se ele intencionalmente quis deixar o brasileiro à própria sorte no meio de uma pandemia, só o que importa é que os prefeitos e governadores roubaram...

    O erro de quem eu não gosto anula o erro de quem eu defendo... muito lógico!  [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar esta imagem]

    Tava faltando, argumento do tipo frase de efeito:"fechemos o Ministério da Saúde"
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk,

    o ministério funcionou... comprou e fez a logística de distribuição de vacinas... socorreu o AM quando ele colapsou....., mandou verbas.....mandou aviões para resgatar brasileiros em diversos locais do mundo.... comprou E RECEBEU respiradores ( o consórcio nordeste só pagou e nunca recebeu respirador algum)

    Agora, vai lá bonitão agir contra uma determinação judicial.....teria muito futuro sim, colocar a PF ou o exército contra as PM dos estados .......

    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7901
    Reputação : 615
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por Galizezin Ter 07 Dez 2021, 6:20 pm

    certinho. a coleira prévia da nova ordem mundial.

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    euvoltei
    euvoltei
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2062
    Reputação : 207
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por euvoltei Ter 07 Dez 2021, 11:35 pm

    Galizezin escreveu:certinho. a coleira prévia da nova ordem mundial.

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]

    considerando que vivemos nunca democracia... a pergunta é: Quantos votos os burocratas da ANVISA de receberam para poder exigir(?!) medidas tão draconianas???

    Sim, pq a covida tá aí, e não teve mônaco,japão, nova zelândia, coréia do sul, alemanha  ou singapura que fossem capaz de impedir a circulação de sequer umazinha das variantes......

    Não se controla nem a imigração fronteira com a venezuela,.... nem do amapá com a guiana.....nem em boa parte do paraguai.....

    È a Anivsa do Brasil que saberá controlar variantes mais que todo o mundo??? Ele que isentará a circulação nas fronteiras????
    Pipoca
    Pipoca
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 577
    Reputação : 105
    Data de inscrição : 12/12/2014

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por Pipoca Qua 08 Dez 2021, 6:26 am

    euvoltei escreveu:
    Galizezin escreveu:certinho. a coleira prévia da nova ordem mundial.

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]

    considerando que vivemos nunca democracia... a pergunta é: Quantos votos os burocratas da ANVISA de receberam para poder exigir(?!) medidas tão draconianas???

    Sim, pq a covida tá aí, e não teve mônaco,japão, nova zelândia, coréia do sul, alemanha  ou singapura que fossem capaz de impedir a circulação de sequer umazinha das variantes......

    Não se controla nem a imigração fronteira com a venezuela,.... nem do amapá com a guiana.....nem em boa parte do paraguai.....

    È a Anivsa do Brasil que saberá controlar variantes mais que todo o mundo??? Ele que isentará a circulação nas fronteiras????

    Quer dizer então que nós servidores púbicos temos que seguir o que o Presidente da República quer? Por que simplesmente ele foi eleito e nós não?? Cada uma...



    ale1969
    ale1969
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1581
    Reputação : 175
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por ale1969 Qua 08 Dez 2021, 10:23 am

    euvoltei escreveu:
    Galizezin escreveu:certinho. a coleira prévia da nova ordem mundial.

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]

    considerando que vivemos nunca democracia... a pergunta é: Quantos votos os burocratas da ANVISA de receberam para poder exigir(?!) medidas tão draconianas???

    Sim, pq a covida tá aí, e não teve mônaco,japão, nova zelândia, coréia do sul, alemanha  ou singapura que fossem capaz de impedir a circulação de sequer umazinha das variantes......

    Não se controla nem a imigração fronteira com a venezuela,.... nem do amapá com a guiana.....nem em boa parte do paraguai.....

    È a Anivsa do Brasil que saberá controlar variantes mais que todo o mundo??? Ele que isentará a circulação nas fronteiras????


    Embarassed Embarassed Embarassed affraid affraid affraid
    euvoltei
    euvoltei
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2062
    Reputação : 207
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por euvoltei Qua 08 Dez 2021, 10:33 am

    Pipoca escreveu:
    euvoltei escreveu:
    Galizezin escreveu:certinho. a coleira prévia da nova ordem mundial.

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]

    considerando que vivemos nunca democracia... a pergunta é: Quantos votos os burocratas da ANVISA de receberam para poder exigir(?!) medidas tão draconianas???

    Sim, pq a covida tá aí, e não teve mônaco,japão, nova zelândia, coréia do sul, alemanha  ou singapura que fossem capaz de impedir a circulação de sequer umazinha das variantes......

    Não se controla nem a imigração fronteira com a venezuela,.... nem do amapá com a guiana.....nem em boa parte do paraguai.....

    È a Anivsa do Brasil que saberá controlar variantes mais que todo o mundo??? Ele que isentará a circulação nas fronteiras????

    Quer dizer então que nós servidores púbicos temos que seguir o que o Presidente da República quer? Por que simplesmente ele foi eleito e nós não?? Cada uma...





    Simplesmente vc resumiu o espírito que o golpe republicano implantou no Brasil....

    A seguimento do golpe republicano, se repartiu o poder entre alguns burocratas, não eleitos, que não represtam ninguém, e que sequer querem seguir a liderança de ninguém....



    O Brasil é simplesmente um país sem liderança, quase toda micro instituição (federal, estadual ou municipal) quer trilhar seu próprio caminho, determinar suas regras, ,, há até a expressão DEEP STATE, que define em partes essa situação......

    Não falo do governo atual, mas do país mesmo...


    lembro que uma das críticas da Marina Silva ao antigo ministro do meio ambiente é que ele não brigava contra os outros ministros (da economia, agricultura etc).... como se papel de ministro fosse brigar com outros e tentar seguir um caminho isolado....

    -----
    A ANVISA tá aí.... querendo impor regras, sem voto, sem representatividade, sem ligar para os efeitos negativos em outras esferas (econômica, diplomática, liberdades, etc)....  é uma verdadeiro fruto do espírito do golpe republicano brasileiro.....
    ale1969
    ale1969
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1581
    Reputação : 175
    Data de inscrição : 26/03/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por ale1969 Qua 08 Dez 2021, 10:45 am

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]


    Pesquisa presencial da Quaest, paga por empresa do mercado financeiro(Genial Investimentos). Lembrando que é apenas uma "fotografia" do momento(2 a 5 de dezembro/21):

    Fator Moro: Parece afetar mais os outros candidatos nanicos, em particular, Ciro e Dória. Não toca nos votos de Lula, pois adversário, nem Bolsonaro, alma gêmea da direita.

    Vitória no 1º de Lula, no limite da margem de erro. No momento, procura um vice que possa conciliar os interesses do sistema financeiro/empresarial com a classe trabalhadora. É o "velho" Lula de sempre tentando misturar a água e o óleo na busca da chamada "governabilidade".

    Bolsonaro segue seu calvário, pode ir para o 2º turno, só que perde até para o Cabo Daciolo na última rodada.

    euvoltei
    euvoltei
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2062
    Reputação : 207
    Data de inscrição : 30/01/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por euvoltei Qua 08 Dez 2021, 2:59 pm

    "Doria disse que, se o governo federal não adotar o passaporte da vacina até 15 de dezembro, o estado reforçará a cobrança, inclusive em aeroportos internacionais, que são de administração federal....

    O governador usou como base a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que deu autonomia aos estados e municípios no combate à pandemia. Juridicamente, no entanto, o estado não tem autonomia sobre as fronteiras, coordenadas pela Anvisa e pela Polícia Federal.... "

    - Veja mais em [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]

    Notícia de HOJE...
    avatar
    jornalista
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1592
    Reputação : 42
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por jornalista Qua 08 Dez 2021, 6:21 pm

    Mudando de assunto: soltaram o Cabral?
    Rengaw
    Rengaw
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 723
    Reputação : 45
    Data de inscrição : 26/08/2014

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por Rengaw Qua 08 Dez 2021, 6:23 pm

    ale1969 escreveu:[Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]


    Pesquisa presencial da Quaest, paga por empresa do mercado financeiro(Genial Investimentos). Lembrando que é apenas uma "fotografia" do momento(2 a 5 de dezembro/21):

    Fator Moro: Parece afetar mais os outros candidatos nanicos, em particular, Ciro e Dória. Não toca nos votos de Lula, pois adversário, nem Bolsonaro, alma gêmea da direita.

    Vitória no 1º de Lula, no limite da margem de erro. No momento, procura um vice que possa conciliar os interesses do sistema financeiro/empresarial com a classe trabalhadora. É o "velho" Lula de sempre tentando misturar a água e o óleo na busca da chamada "governabilidade".

    Bolsonaro segue seu calvário, pode ir para o 2º turno, só que perde até para o Cabo Daciolo na última rodada.



    A história se repete.....em 2018 era a mesma coisa.....essas pesquisas valem mais que uma nota de R$ 3,00
    josebarbos
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3389
    Reputação : 443
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por josebarbos Qua 08 Dez 2021, 6:36 pm

    euvoltei escreveu:"Doria disse que, se o governo federal não adotar o passaporte da vacina até 15 de dezembro, o estado reforçará a cobrança, inclusive em aeroportos internacionais, que são de administração federal....

    O governador usou como base a decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que deu autonomia aos estados e municípios no combate à pandemia. Juridicamente, no entanto, o estado não tem autonomia sobre as fronteiras, coordenadas pela Anvisa e pela Polícia Federal.... "

    - Veja mais em [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]

    Notícia de HOJE...

    Uma coisa muito importante que o mundo tem que discutir de uma maneira clara, pelo menos a parcela supostamente livre e democrática.

    Se não há Estado de Sítio, é garantido o direito de ir e vir.
    E se há justificativas razoáveis para cercear o direito, que se o decrete, pelo bem da Nação, mas não pensando em interesses eleitoreiros.
    anuvenzinha
    anuvenzinha
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : ANALISTA
    Mensagens : 1466
    Reputação : 214
    Data de inscrição : 19/12/2014

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por anuvenzinha Qua 08 Dez 2021, 7:08 pm

    Dá a César(o embusteiro) o q é de César: ¨“A gente pergunta: quem toma vacina pode contrair o vírus? Pode e contrai. Pode transmitir? Sim, transmite. Pode morrer? Sim, pode, como tem morrido muita gente infelizmente”, disse...." Certamente é uma coleira inadmissível mesmo q fosse totalmente eficaz!  A medida q o governo quer tomar, neste caso específico, p/ entrar no país está correta com exceção aos países africanos pois se verem o gráfico nada de fatal está ocorrendo em ao menos 4 deles há um mês diferentemente dos EUA, países europeus, portanto o Passaporte em nada se justifica como medida restritiva a não ser o q está se pedindo corretamente p/ entrar no país: todos devem apresentar um exame RT-PCR não detectável (negativo), realizado nas últimas 72 horas antes do embarque, ou exame negativo do tipo antígeno, realizado em até 24 horas antes do embarque.





    Última edição por anuvenzinha em Qua 08 Dez 2021, 7:52 pm, editado 1 vez(es)

    Conteúdo patrocinado

    Assuntos gerais: economia & política - Página 23 Empty Re: Assuntos gerais: economia & política

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg 17 Jan 2022, 5:59 pm