PCS JÁ

PCS JÁ



    Tópico Geral

    avatar
    Bagao
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 256
    Reputação : 7
    Data de inscrição : 07/07/2010

    Tópico Geral - Página 8 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Bagao Seg 04 Fev 2013, 2:19 pm



    Sindjus-DF revê posição e regulariza situação para ir ao Congrejufe
    segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013


    Direção da entidade volta atrás após descumprir prazos e ameaçar não ir ao congresso; movimento de oposição lançou abaixo-assinado pela participação


    A direção do sindicato de Brasília (Sindjus-DF) voltou atrás e regularizou sua situação financeira com a federação nacional (Fenajufe), o que permitirá que os servidores do Judiciário Federal e do MPU do Distrito Federal possam participar do 8º Congrejufe, o congresso nacional da categoria.


    A recusa da direção do sindicato em negociar as contribuições atrasadas devidas à Fenajufe, o que deixaria Brasília de fora, foi revertida após dois adiamentos de prazos por parte da federação e do lançamento pelo movimento de oposição à direção da entidade, o Renova Sindjus, de um abaixo-assinado defendendo a regularização da situação e a participação no congresso.


    O Renova Sindjus divulgou ainda documento que critica a posição da direção do sindicato, qualificada como uma tentativa de inaceitável golpe contra os servidores: “Sem consultar a categoria, a direção do Sindjus-DF decidiu boicotar o congresso – se as datas do calendário da federação não tivessem sido adiadas, o Sindjus-DF já estaria fora do congresso (...). É uma manobra que expressa, na verdade, o temor de que os setores sindicais ligados ao governo percam espaço na entidade”, diz trecho do boletim digital lançado pelo movimento.


    Romper ou não com a CUT estará em pauta


    O material antecipa algumas das divergências sobre os rumos da federação que devem ser debatidas em abril no Congrejufe: “Precisamos de uma nova direção para a nossa federação, que faça jus à história de lutas e de atuação autônoma e independente da Fenajufe frente a governos, administrações de tribunais e partidos”, assinala. “É lá [no congresso] que poderemos refletir e debater estes assuntos com nossos colegas de todo o país e construir as mudanças necessárias em nossa organização sindical”, diz mais adiante.


    O documento ressalta que não participar do congresso e enfraquecer a federação ajudaria o governo a não atender às demandas da categoria: “Temos ainda pela frente toda a construção de uma nova luta por um plano de carreira que de fato valorize o que fazemos, ao lado da batalha para que a data-base seja respeitada e nossos salários deixem de ser corroídos pela inflação”.


    Outro texto faz referência à polêmica manutenção da filiação do sindicato e da própria federação à CUT (Central Única dos Trabalhadores), o que deverá ser questionado no Congrejufe: “A pergunta que incomoda é: por que a direção do Sindjus-DF se nega até a negociar a dívida do sindicato com a federação, um dos requisitos para poder participar do congresso, e segue financiando a CUT, entidade que hoje está ocupada em promover atos em defesa da anulação do julgamento [do mensalão]?”. E finaliza: Por que fortalecer a CUT, uma entidade que vem recebendo milhões do governo, e minar a federação, entidade que precisa agregar todos os sindicatos do Poder Judiciário e do MPU? Qual o projeto deste grupo? Trabalham contra os servidores?”.


    Todos os estados e 31 sindicatos vão participar

    A direção do Sindjus-DF só regularizou a situação na terça-feira (29), após a coordenação da Fenajufe prorrogar por duas vezes o prazo estabelecido para que isso fosse feito por todos os sindicatos filiados. O acordo firmado prevê o parcelamento das mensalidades atrasadas. Naquele mesmo dia, a federação divulgou lista com 31 entidades aptas a participar do 8º congresso da categoria, a ser realizado de 26 a 30 de abril, em Caetés, Minas Gerais, cidade de cerca de 40 mil habitantes distante 35 km da capital do estado, Belo Horizonte.


    Os 31 sindicatos contemplam todos os 26 estados do país mais o Distrito Federal. A novidade é a participação dos servidores de Sergipe. Os sindicatos têm até o dia 16 de março para eleger os representantes ao congresso, o que pode ser feito por meio de assembleias, encontros ou congressos. De acordo com a Fenajufe, podem participar as seguintes entidades: Sindjef/AC, Sindjus/AL, Sitra/AM-RR, Sinjeam/AM, Sindjufe/BA, Sinje/CE, Sintrajufe/CE, SindissétimaCE, Sindjus/DF, Sinpojufes/ES, Sinjufego/GO, Sintrajufe/MA, Sitraemg/MG, Sindjufe/MS, Sindijufe/MT, Sindjuf/PA-AP, Sindjuf/PB, Sintrajuf/PE, Sintrajufe/PI, Sinjutra/PR, Sinjuspar/PR, Sisejufe/RJ, Sintrajurn/RN, Sinsjustra/RO-AC, Sindjero/RO, Sintrajufe/RS, Sintrajusc/SC, Sindjuf/SE, Sintrajud/SP, Sindiquinze/SP, Sindjufe/TO.


    Luta Fenajufe Notícias
    Adilson
    Adilson
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Profeta do Apocalipse
    Mensagens : 1581
    Reputação : 11
    Data de inscrição : 19/07/2010
    Idade : 45

    Tópico Geral - Página 8 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Adilson Seg 04 Fev 2013, 2:58 pm

    Parlamentares devem votar nesta terça-feira Orçamento da União de 2013:
    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]
    RICARDO.PONTES
    RICARDO.PONTES
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Oréia Seca
    Mensagens : 3440
    Reputação : 23
    Data de inscrição : 25/08/2010
    Localização : Brasília - DF

    Tópico Geral - Página 8 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por RICARDO.PONTES Seg 04 Fev 2013, 4:26 pm

    Alguma notícia relativo à regulamentação do PCS 4?
    RICARDO.PONTES
    RICARDO.PONTES
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Oréia Seca
    Mensagens : 3440
    Reputação : 23
    Data de inscrição : 25/08/2010
    Localização : Brasília - DF

    Tópico Geral - Página 8 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por RICARDO.PONTES Seg 04 Fev 2013, 4:48 pm

    Parlamentares devem votar nesta terça-feira Orçamento da União de 2013

    Relatório da proposta foi aprovado no ano passado em 20 de dezembro. Estimado em R$ 2,276 trilhões, proposta prevê piso salarial de R$ 678 e reajuste de 5% para os Três Poderes

    Agência Senado

    Publicação: 04/02/2013 12:44 Atualização: 04/02/2013 11:52


    O senador Romero Jucá relatou o projeto do Orçamento para este ano

    Uma das primeiras tarefas do Congresso Nacional neste ano será a votação do Orçamento da União, adiado desde o final do ano passado em função de dúvidas sobre a interpretação do texto constitucional provocadas pela polêmica em torno do exame de vetos presidenciais. A expectativa é de que deputados e senadores se reúnam em sessão conjunta nesta terça-feira (5/2), às 19h para a apreciação da peça orçamentária.


    Saiba mais...
    Planalto quer votar peça orçamentária antes da eleição da Mesa Diretora
    Congresso retoma os trabalhos com votação do Orçamento e eleições
    Sem aprovação do orçamento 2013, medida provisória garante R$ 42,5 bi Elaborado pelo senador Romero Jucá (PMDB-RR), o relatório da proposta orçamentária de 2013 foi aprovado no dia 20 dezembro do ano passado pela Comissão Mista de Orçamento (CMO). No valor total de R$ 2,276 trilhões, a proposta prevê piso salarial de R$ 678 (aumento de quase 9%, fixado por decreto a partir de 1º de janeiro) e reajuste de 5% para o Executivo, o Legislativo e o Judiciário.

    Leia mais notícias em Política

    O relator também destinou R$ 3,9 bilhões para os estados exportadores, a fim de compensá-los pelas perdas resultantes da Lei Kandir (lei que isentou do ICMS uma série de mercadorias para exportação).

    Polêmica

    Em dezembro, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, determinou que os vetos relativos aos royalties não poderiam ser votados antes da análise de mais de três mil vetos que já estão com prazo vencido. Os parlamentares entenderam que a determinação do STF se estendia também às demais matérias, trancando, assim, a pauta do Congresso.

    De acordo com a Lei de Diretrizes Orçamentárias (Lei 12.708/2012), se o Orçamento não for aprovado até 31 de dezembro, fica autorizada a "execução provisória" do que foi proposto inicialmente pelo governo, até o limite mensal de 1/12 dos valores, destinados a gastos prioritários.

    Porém, diante da inexistência de uma programação orçamentária aprovada, o governo optou pela edição de uma medida provisória (MP 598/12) que abriu crédito extraordinário no valor líquido de R$ 42,5 bilhões para diversos órgãos e empresas estatais.

    A edição da MP está sendo contestada pela oposição no STF
    Edyrio2010
    Edyrio2010
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 738
    Reputação : 14
    Data de inscrição : 01/09/2010

    Tópico Geral - Página 8 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Edyrio2010 Seg 04 Fev 2013, 5:33 pm

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]



    ninguem escapa do ceifeiro surprise2
    rodfat
    rodfat
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1968
    Reputação : 4
    Data de inscrição : 06/08/2010
    Localização : Acari/RN

    Tópico Geral - Página 8 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por rodfat Seg 04 Fev 2013, 5:52 pm

    Edyrio2010 escreveu:[Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]



    ninguem escapa do ceifeiro surprise2

    Parece aquele filme: "Final Destination" - Premonição.
    guicolateral
    guicolateral
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 34
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 27/06/2011

    Tópico Geral - Página 8 Empty SINASEMPU

    Mensagem por guicolateral Seg 04 Fev 2013, 6:30 pm

    Verifiquei a ata no site de vocês sobre as deliberações da XVI AGO e percebi que não consta nenhuma medida, sequer administrativa, quanto ao pleito sobre a volta da relotação.

    O sindicato não pretende fazer nada mesmo?! Se pretende por que não consta da referida ata?!
    camirecas
    camirecas
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : AJAAECJE
    Mensagens : 1546
    Reputação : 76
    Data de inscrição : 02/09/2012

    Tópico Geral - Página 8 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por camirecas Seg 04 Fev 2013, 6:54 pm

    O QUE SIGNIFICA RENAN NA PRESIDÊNCIA DO SENADO
    PAULO NOGUEIRA

    A notícia gera um alarido formidável no circuito político das redes sociais.

    Acho, pessoalmente, cômico. Tínhamos Sarney, que entregou o cargo em lágrimas, e agora temos Renan.

    O que é pior, o riso de Renan ou o choro de Sarney?

    Bem, o pior de tudo é o embate no Twitter e no Facebook entre defensores do PT e do PSDB em torno da eleição de Renan.

    É quando o cinismo se encontra com a hipocrisia. Os tucanos acusam o PT de abrir a porta da presidência do Senado a um aliado sobre o qual pesam acusações de corrupção. (O acusador, o procurador-geral Roberto Gurgel, é alvo também de acusações, aliás.)

    Os petistas se defendem lembrando que este mesmo Renan foi ministro da Justiça da FHC. Já era um homem desgastado, depois da tumultuada passagem pelo Planalto de seu conterrâneo Collor, de quem foi líder no Congresso.

    Mas FHC não enfrentou críticas pela escolha de Renan. (Olhando para trás, FHC raras vezes foi atacado por nada que tenha feito. Foi um presidente mimado, sob este ângulo.)

    Não é edificante a troca de acusações, pelo oportunismo dos acusadores, e pela baixa qualidade da defesa dos acusados. Se há um desgaste de imagem para o PT na eleição de Renan, e tenho sinceramente dúvidas sobre isso, ele não se desfaz simplesmente apontando o dedo para o cargo que FHC deu a ele no passado.

    Mas sigamos, e tentemos buscar um pouco de racionalidade na discussão.

    Primeiro, e antes de tudo, é preciso que se prove a culpa de Renan. Não basta acusar.

    Depois, é talvez a oportunidade de discutir o funcionamento da política brasileira. No modelo de hoje, alianças complicadas são imperiosas, e em todas as esferas. Haddad teve que se compor com Maluf recentemente na luta pela prefeitura, e ele e seu mentor Lula foram duramente atacados por aqueles mesmos que, sabemos todos, silenciariam se Maluf optasse por Serra, como este gostaria.

    O moralismo calculado tem pouco efeito prático hoje nos eleitores. Eles percebem o farisaísmo de cartapácios como os editoriais do Estadão, ou coisa do gênero.

    Renan na presidência do Senado muda pouco as coisas no Brasil, a rigor. As decisões fundamentais dependem muito mais de Dilma, e até o Supremo é mais influente que o Senado.

    E ele é inocente até que se prove o contrário, bem como Gurgel, aliás.

    Que se reforme a política, até para que o país se livre dos chamados imortais das urnas, aqueles de que só nos livramos pelo caixão, de Quércia a ACM, de Maluf a Sarney, de Suplicy a Serra.

    Renovemos. É um primeiro passo.

    Mas, enquanto a reforma não ocorre, que sejamos poupados de demonstrações de moralismo maroto de quem quer apenas voltar a desfrutar das mamatas que o Estado pode oferecer.


    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]
    viniloi
    viniloi
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 712
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 13/07/2010

    Tópico Geral - Página 8 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por viniloi Seg 04 Fev 2013, 8:07 pm

    Najla escreveu:Colegas filiados,

    A votação da AGE da ANATA já está aberta.

    Clique em ASSEMBLEIA na página da ANATA e faça o login com o seu email funcional.
    A votação terá a duração de 24h.

    É muito rápido votar.

    Participe!



    Também já votei.


    Najla, o pensamento é entrar com a ação antes ou só depois da regulamentação da "regressão funcional"?
    GANDALF
    GANDALF
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 388
    Reputação : 3
    Data de inscrição : 13/06/2011

    Tópico Geral - Página 8 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por GANDALF Seg 04 Fev 2013, 9:35 pm

    viniloi escreveu:
    Najla escreveu:Colegas filiados,

    A votação da AGE da ANATA já está aberta.

    Clique em ASSEMBLEIA na página da ANATA e faça o login com o seu email funcional.
    A votação terá a duração de 24h.

    É muito rápido votar.

    Participe!



    Também já votei.


    Najla, o pensamento é entrar com a ação antes ou só depois da regulamentação da "regressão funcional"?

    Opinião pessoal: depois de feita a regulamentação, se houver, nada mais pode ser feito.
    Outra coisa, no meu ponto de vista, MPU e PJU acham que não precisa regulamentar mais nada.
    Já sou A1 de novo. Há 35 dias eu era A3. Se isso não foi aplicação imediata da lei, não sei mais o que é isso.

    avatar
    Convidad
    Convidado

    Tópico Geral - Página 8 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidad Seg 04 Fev 2013, 10:05 pm

    Bagao escreveu:

    Sindjus-DF revê posição e regulariza situação para ir ao Congrejufe
    segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013


    Direção da entidade volta atrás após descumprir prazos e ameaçar não ir ao congresso; movimento de oposição lançou abaixo-assinado pela participação


    A direção do sindicato de Brasília (Sindjus-DF) voltou atrás e regularizou sua situação financeira com a federação nacional (Fenajufe), o que permitirá que os servidores do Judiciário Federal e do MPU do Distrito Federal possam participar do 8º Congrejufe, o congresso nacional da categoria.


    A recusa da direção do sindicato em negociar as contribuições atrasadas devidas à Fenajufe, o que deixaria Brasília de fora, foi revertida após dois adiamentos de prazos por parte da federação e do lançamento pelo movimento de oposição à direção da entidade, o Renova Sindjus, de um abaixo-assinado defendendo a regularização da situação e a participação no congresso.


    O Renova Sindjus divulgou ainda documento que critica a posição da direção do sindicato, qualificada como uma tentativa de inaceitável golpe contra os servidores: “Sem consultar a categoria, a direção do Sindjus-DF decidiu boicotar o congresso – se as datas do calendário da federação não tivessem sido adiadas, o Sindjus-DF já estaria fora do congresso (...). É uma manobra que expressa, na verdade, o temor de que os setores sindicais ligados ao governo percam espaço na entidade”, diz trecho do boletim digital lançado pelo movimento.


    Romper ou não com a CUT estará em pauta


    O material antecipa algumas das divergências sobre os rumos da federação que devem ser debatidas em abril no Congrejufe: “Precisamos de uma nova direção para a nossa federação, que faça jus à história de lutas e de atuação autônoma e independente da Fenajufe frente a governos, administrações de tribunais e partidos”, assinala. “É lá [no congresso] que poderemos refletir e debater estes assuntos com nossos colegas de todo o país e construir as mudanças necessárias em nossa organização sindical”, diz mais adiante.


    O documento ressalta que não participar do congresso e enfraquecer a federação ajudaria o governo a não atender às demandas da categoria: “Temos ainda pela frente toda a construção de uma nova luta por um plano de carreira que de fato valorize o que fazemos, ao lado da batalha para que a data-base seja respeitada e nossos salários deixem de ser corroídos pela inflação”.


    Outro texto faz referência à polêmica manutenção da filiação do sindicato e da própria federação à CUT (Central Única dos Trabalhadores), o que deverá ser questionado no Congrejufe: “A pergunta que incomoda é: por que a direção do Sindjus-DF se nega até a negociar a dívida do sindicato com a federação, um dos requisitos para poder participar do congresso, e segue financiando a CUT, entidade que hoje está ocupada em promover atos em defesa da anulação do julgamento [do mensalão]?”. E finaliza: Por que fortalecer a CUT, uma entidade que vem recebendo milhões do governo, e minar a federação, entidade que precisa agregar todos os sindicatos do Poder Judiciário e do MPU? Qual o projeto deste grupo? Trabalham contra os servidores?”.


    Todos os estados e 31 sindicatos vão participar

    A direção do Sindjus-DF só regularizou a situação na terça-feira (29), após a coordenação da Fenajufe prorrogar por duas vezes o prazo estabelecido para que isso fosse feito por todos os sindicatos filiados. O acordo firmado prevê o parcelamento das mensalidades atrasadas. Naquele mesmo dia, a federação divulgou lista com 31 entidades aptas a participar do 8º congresso da categoria, a ser realizado de 26 a 30 de abril, em Caetés, Minas Gerais, cidade de cerca de 40 mil habitantes distante 35 km da capital do estado, Belo Horizonte.


    Os 31 sindicatos contemplam todos os 26 estados do país mais o Distrito Federal. A novidade é a participação dos servidores de Sergipe. Os sindicatos têm até o dia 16 de março para eleger os representantes ao congresso, o que pode ser feito por meio de assembleias, encontros ou congressos. De acordo com a Fenajufe, podem participar as seguintes entidades: Sindjef/AC, Sindjus/AL, Sitra/AM-RR, Sinjeam/AM, Sindjufe/BA, Sinje/CE, Sintrajufe/CE, SindissétimaCE, Sindjus/DF, Sinpojufes/ES, Sinjufego/GO, Sintrajufe/MA, Sitraemg/MG, Sindjufe/MS, Sindijufe/MT, Sindjuf/PA-AP, Sindjuf/PB, Sintrajuf/PE, Sintrajufe/PI, Sinjutra/PR, Sinjuspar/PR, Sisejufe/RJ, Sintrajurn/RN, Sinsjustra/RO-AC, Sindjero/RO, Sintrajufe/RS, Sintrajusc/SC, Sindjuf/SE, Sintrajud/SP, Sindiquinze/SP, Sindjufe/TO.


    Luta Fenajufe Notícias

    São tantas instâncias, tantos pelegos, tanto dinheiro que é até difícil de entender....

    eu mesmo não entendo quem faz o que ou para que serve...

    quem sabe sabe, faz questão de não explicar ou explica parcialmente, como faz essa tal de lutafenajufe, a qual eu também não sei o que é....

    só trouxa mesmo para se manter sindicalizado....

    sindicalizar mesmo só antes da eleição para ver se tira o poder desses velhacas..
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 8 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 05 Fev 2013, 6:32 am

    A espiral da história está voltando aos anos 80?
    Dilma segura o aumento dos combustiveis para garantir a eleição do Hadad.
    Dilma pede ao governo de São Paulo que segure o aumento das passagens do metrô para adiar a inflação.
    Dilma baixa a conta de luz por decreto.

    E agora essa da presidentA vizinha:

    http://g1.globo.com/economia/noticia/2013/02/supermercados-da-argentina-congelam-precos-diz-agencia.html

    Voltaremos ao tempo em que era melhor armazenar alimentos do que guardar dinheiro? E as "fiscais do Sarney"?

    Só em um periodo de inflação baixa que entendemos por que o Silvio Santos dizia que as barras de ouro os seus sorteios valiam mais que dinheiro, naquela época qualquer coisa que não fosse dinheiro valia mais que dinheiro.
    CRAZYKONG
    CRAZYKONG
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 1000
    Reputação : 30
    Data de inscrição : 20/06/2012

    Tópico Geral - Página 8 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por CRAZYKONG Ter 05 Fev 2013, 7:52 am

    Renan convoca Congresso para votar Orçamento, mas oposição é contra
    Sessão foi convocada para esta terça-feira, às 17 horas. Mas antes, às 11 horas, ele irá se reunir com os líderes do Congresso para tentar viabilizar a aprovação do Orçamento
    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]


    Será que saindo hoje essa votação e aprovação do orçamento, a regulamentação vem rápido? Talvez, se sair essa semana ainda, dê pro mini-reajuste ser pago em fevereiro.


    _________________
    "O que guarda a sua boca preserva a sua vida; mas o que muito abre os seus lábios traz sobre si a ruína." Provérbios 13:3
    Adilson
    Adilson
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Profeta do Apocalipse
    Mensagens : 1581
    Reputação : 11
    Data de inscrição : 19/07/2010
    Idade : 45

    Tópico Geral - Página 8 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Adilson Ter 05 Fev 2013, 11:09 am

    Edital de Convocação para eleição de Delegados Sindicais do Sindjus-DF

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]
    Adilson
    Adilson
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Profeta do Apocalipse
    Mensagens : 1581
    Reputação : 11
    Data de inscrição : 19/07/2010
    Idade : 45

    Tópico Geral - Página 8 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Adilson Ter 05 Fev 2013, 11:51 am

    CRAZYKONG escreveu:Renan convoca Congresso para votar Orçamento, mas oposição é contra
    Sessão foi convocada para esta terça-feira, às 17 horas. Mas antes, às 11 horas, ele irá se reunir com os líderes do Congresso para tentar viabilizar a aprovação do Orçamento
    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]


    Será que saindo hoje essa votação e aprovação do orçamento, a regulamentação vem rápido? Talvez, se sair essa semana ainda, dê pro mini-reajuste ser pago em fevereiro.
    Pelo visto só no contracheque de março:
    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]
    Juriti
    Juriti
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 176
    Reputação : 10
    Data de inscrição : 06/09/2012

    Tópico Geral - Página 8 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Juriti Ter 05 Fev 2013, 1:01 pm

    O pior de tudo, é que com essa demora,vai acumular 2 ou 3 meses de diferença, e o IR vai abucanhar um pedaço do acumulado maior que o normal. Sem juros,Ir maior,etc....
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 8 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 05 Fev 2013, 1:13 pm

    Acabei de receber da ANAJUSTRA uma autorização para que ela contrate o escritório IBANEIS ADVOCACIA E CONSULTORIA com vistas ao correto enquadramento dos servidores no Anexo II da Lei nº 12.774/2012. Alguém está sabendo disso???
    Demileto
    Demileto
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 240
    Reputação : 3
    Data de inscrição : 15/07/2011

    Tópico Geral - Página 8 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Demileto Ter 05 Fev 2013, 3:27 pm

    Joaquim Barbosa fará mudanças na alta cúpula do Judiciário

    Quase três meses depois de assumir o comando do STF (Supremo Tribunal Federal) e do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), o ministro Joaquim Barbosa fará novas mudanças na corte. Integrantes da alta cúpula administrativa do Judiciário devem perder seus cargos.


    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]
    avatar
    Convidad
    Convidado

    Tópico Geral - Página 8 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidad Ter 05 Fev 2013, 5:22 pm

    Demileto escreveu:Joaquim Barbosa fará mudanças na alta cúpula do Judiciário

    Quase três meses depois de assumir o comando do STF (Supremo Tribunal Federal) e do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), o ministro Joaquim Barbosa fará novas mudanças na corte. Integrantes da alta cúpula administrativa do Judiciário devem perder seus cargos.


    http://www1.folha.uol.com.br/colunas/monicabergamo/1225690-joaquim-barbosa-fara-mudancas-na-alta-cupula-do-judiciario.shtml

    será que o ex-DG do TSE agora volta para o seu cargo anterior de DG do STF?
    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8806
    Reputação : 248
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Tópico Geral - Página 8 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por darkshi Ter 05 Fev 2013, 6:16 pm

    O ex-DG Alcides aposentou.
    Aquela história de que ele foi exonerado por conta das horas extras no TSE não passou de lorota da imprensa golpista macartista.
    avatar
    PJHUUUUuuuuu
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Trampolim
    Mensagens : 3874
    Reputação : 14
    Data de inscrição : 20/05/2011

    Tópico Geral - Página 8 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por PJHUUUUuuuuu Ter 05 Fev 2013, 6:47 pm

    darkshi escreveu:O ex-DG Alcides aposentou.
    Aquela história de que ele foi exonerado por conta das horas extras no TSE não passou de lorota da imprensa golpista macartista.


    KKKKK, vixe, o Ponça fazendo escola por aqui tb!!!
    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8806
    Reputação : 248
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Tópico Geral - Página 8 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por darkshi Ter 05 Fev 2013, 6:56 pm

    PJHUUUUuuuuu escreveu:
    darkshi escreveu:O ex-DG Alcides aposentou.
    Aquela história de que ele foi exonerado por conta das horas extras no TSE não passou de lorota da imprensa golpista macartista.


    KKKKK, vixe, o Ponça fazendo escola por aqui tb!!!

    Você que é mais um fascista, nazista, direitista, macartista, militarista, contra as liberdades dos oprimidos do poder judiciário da união.
    E VIVA LA REVOLUCION!
    avatar
    PJHUUUUuuuuu
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Trampolim
    Mensagens : 3874
    Reputação : 14
    Data de inscrição : 20/05/2011

    Tópico Geral - Página 8 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por PJHUUUUuuuuu Ter 05 Fev 2013, 7:06 pm

    darkshi escreveu:
    PJHUUUUuuuuu escreveu:
    darkshi escreveu:O ex-DG Alcides aposentou.
    Aquela história de que ele foi exonerado por conta das horas extras no TSE não passou de lorota da imprensa golpista macartista.


    KKKKK, vixe, o Ponça fazendo escola por aqui tb!!!

    Você que é mais um fascista, nazista, direitista, macartista, militarista, contra as liberdades dos oprimidos do poder judiciário da união.
    E VIVA LA REVOLUCION!

    Vc esqueceu de membro do "Club Med Tea Party 128"!!!!
    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8806
    Reputação : 248
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Tópico Geral - Página 8 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por darkshi Ter 05 Fev 2013, 7:15 pm

    a é.

    E membro do Tea Party brasileiro, o AnataDEM.
    GANDALF
    GANDALF
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 388
    Reputação : 3
    Data de inscrição : 13/06/2011

    Tópico Geral - Página 8 Empty [off-topic] Tiririca pode deixar a política e voltar a ser palhaço

    Mensagem por GANDALF Ter 05 Fev 2013, 8:17 pm

    [off-topic] Tiririca pode deixar a política e voltar a ser palhaço

    O deputado federal Tiririca (PR-SP) estaria pensando em deixar a política e voltar a ser palhaço. De acordo com a Folha de S.Paulo, o deputado mais votado em 2010, está desiludido com a política e não disputará mais eleições.

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar esta imagem]
    Tiririca não estaria tendo tempo para fazer shows Foto: Arquivo

    Mesmo ganhado um salário de R$ 26,7 mil, Tiririca afirmou que não tem mais tempo para fazer shows, uma das coisas que mais gosta. "Eu sou artista popular. Aqui me prende muito. A procura pelos shows é enorme e não dá para fazer", afirma.

    Ao se eleger, uma das suas promessas era descobrir o que faz um deputado, mais segundo Tiririca, já percebeu que "não dá para fazer muita coisa".

    O político também afirmou ter aprendido muito durante seus 2 anos na Câmara dos Deputados. "Aqui é uma escola. Se aprende tanto ir para o caminho legal quanto ir para o 'outro caminho".

    Tiririca já havia dito que poderia deixar a política

    Em setembro de 2012, o deputado afirmou que existem outros interesses no Congresso e que, por conta disso, admite que talvez não tente a reeleição nas eleições de 2014.

    "Eu pensei que chegando à condição que eu cheguei, ia lá e ia aprovar projetos que iam beneficiar a população e essas coisas todas, mas não é assim. Há outros interesses", disse.

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]

    Eis um palhaço sério!
    rodfat
    rodfat
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1968
    Reputação : 4
    Data de inscrição : 06/08/2010
    Localização : Acari/RN

    Tópico Geral - Página 8 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por rodfat Qua 06 Fev 2013, 6:22 am

    Isso é uma vergonha...



    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar esta imagem]

    Ao lado do deputado federal Policarpo e do deputado distrital, Chico Vigilante (a dir.), José Dirceu conduz palestra sobre governo Lula, no auditório da Camara Legislativa do DF
    flashfs
    flashfs
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 237
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 21/10/2011

    Tópico Geral - Página 8 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por flashfs Qua 06 Fev 2013, 8:11 am

    rodfat escreveu:Isso é uma vergonha...



    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar esta imagem]

    Ao lado do deputado federal Policarpo e do deputado distrital, Chico Vigilante (a dir.), José Dirceu conduz palestra sobre governo Lula, no auditório da Camara Legislativa do DF
    Para não perder a piada das antigas... coragem Policarpo!
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 8 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Qua 06 Fev 2013, 8:40 am

    rodfat escreveu:Isso é uma vergonha...



    Tópico Geral - Página 8 13036751

    Ao lado do deputado federal Policarpo e do deputado distrital, Chico Vigilante (a dir.), José Dirceu conduz palestra sobre governo Lula, no auditório da Camara Legislativa do DF

    quando eu vejo o Policarpo só lembro dele falando que um técnico não pode ganhar mais de 10 mil reais. Sendo que só os pés-duros já não ganham isto.
    Papa Mike em QRU
    Papa Mike em QRU
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Soldadinho amarelo
    Mensagens : 798
    Reputação : 17
    Data de inscrição : 21/05/2012
    Localização : Crateús - CE

    Tópico Geral - Página 8 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Papa Mike em QRU Qua 06 Fev 2013, 11:28 am

    Muito_Ansioso escreveu:
    Demileto escreveu:Joaquim Barbosa fará mudanças na alta cúpula do Judiciário

    Quase três meses depois de assumir o comando do STF (Supremo Tribunal Federal) e do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), o ministro Joaquim Barbosa fará novas mudanças na corte. Integrantes da alta cúpula administrativa do Judiciário devem perder seus cargos.


    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]

    será que o ex-DG do TSE agora volta para o seu cargo anterior de DG do STF?


    Mooooooço, vire essa boca pra lá...
    quanto mais agora que tá o povo falando que o cabra do TCU vai sair...
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 8 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Qua 06 Fev 2013, 12:10 pm

    Juriti escreveu: O pior de tudo, é que com essa demora,vai acumular 2 ou 3 meses de diferença, e o IR vai abucanhar um pedaço do acumulado maior que o normal. Sem juros,Ir maior,etc....

    O IR é maior, mas é pegadinha do malandro.
    na verdade, o valor acima do teto (coisa que acontece com todos nós, salvo engano), tanto faz acumular ou não.

    Se seu desconto no IR este ano foi de 40 e poucos reais, não faz diferença.
    felipe_ac
    felipe_ac
    Novo Usuário

    Mensagens : 2
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 05/12/2011

    Tópico Geral - Página 8 Empty Portaria 707

    Mensagem por felipe_ac Qua 06 Fev 2013, 8:03 pm

    Alguém sabe da veracidade da informação de que haverá aumento da carga horária no MPU?

    Postaram recentemente no correioweb:

    buckwilliams escreveu:
    Galera, não estou querendo fazer nenhum terrorismo, mas lá vem a bomba: vai ser lançada em breve a jornada de trabalho de 40h/sem no MPU. A portaria está quentinha para ser assinada pelo Secretário Geral e para queimar nossos neurônios. Com a fonte que obtive a notícia, fui informado que não será 40h/sem somente para os que tem CC e FC. Será para todo mundo! A fonte é segura, realmente eu espero estar enganado, mas, pelo visto a coisa vai ficar feia, demonstrando que a Administração está instituindo no MPU um esquema semelhante à Ditadura Militar brasileira, quando era dito: Brasil, ame-o ou deixe-o. Agora é: MPU, ame-o ou deixe-o.

    buckwilliams
    Usuário Recente
    Registrado em: Quinta-Feira, 7 de Dezembro de 2006
    Mensagens: 187
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7830
    Reputação : 593
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Tópico Geral - Página 8 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Galizezin Qua 06 Fev 2013, 9:11 pm

    Não é apenas o executivo que está contra os servidores. A administração também está batendo forte.

    Desse jeito, só vai ficar a bagaceira...


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 8 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Qua 06 Fev 2013, 9:22 pm

    Galizezin escreveu:Não é apenas o executivo que está contra os servidores. A administração também está batendo forte.

    Desse jeito, só vai ficar a bagaceira...

    Executivo?

    Sinceramente, agora que tá fácil de exportar uns dados da transparência do MPF, se quisessem ligar para a valorização dos servidores, tinha vindo subsídio ou GD goela abaixo, num valor que colocaria os pés-duros felizes da vida!
    andre3107
    andre3107
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : Técnico Judiciário
    Mensagens : 1112
    Reputação : 31
    Data de inscrição : 31/08/2012
    Localização : Belém/PA

    Tópico Geral - Página 8 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por andre3107 Qui 07 Fev 2013, 3:43 am

    Decisão do STF libera 28 mil processos sobre vale-alimentação

    Por sete votos a quatro, o Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, nesta quarta-feira (6), não conhecer (não julgar o mérito) do Recurso Extraordinário (RE) 607607, que discutia o direito a reajuste mensal, pelo governo do Rio Grande do Sul, do valor de vale-alimentação, com base na Lei Estadual nº 10.002, de 1993.

    A corrente majoritária entre os ministros entendeu que não se trata de matéria constitucional, daí o não julgamento da matéria no mérito. O relator, ministro Marco Aurélio, havia reconhecido o direito ao reajuste, quando a matéria começou a ser julgada, em 12 de setembro do ano passado. Foi acompanhado pelos ministros Rosa Weber, Ricardo Lewandowski e Ayres Britto (aposentado).

    Já os ministros Luiz Fux, que abriu a divergência, Dias Toffoli, Gilmar Mendes e Cármen Lúcia não conheceram do recurso. Ante a situação de empate, a sessão foi suspensa, naquela data, para que fossem colhidos os votos dos ministros Joaquim Barbosa e Celso de Mello, justificadamente ausentes naquela sessão.

    Hoje, ambos votaram pelo não conhecimento, sendo acompanhados, ainda, pelo ministro Teori Zavascki, que ocupa, desde o fim do ano passado, a cadeira que ficou vaga com a aposentadoria do ministro Cezar Peluso.

    28 mil processos terão seguimento

    Ao proclamar o resultado da votação, o presidente do STF, ministro Joaquim Barbosa, informou que 28 mil processos estão retidos nas instâncias inferiores, aguardando a decisão da Suprema Corte neste processo, uma vez que se trata de matéria que teve a repercussão geral reconhecida. O instituto prevê a suspensão de processos com matérias de idêntico teor, até o posicionamento final da Suprema Corte. Com a conclusão do julgamento na sessão plenária desta quarta-feira, esses processos poderão ter seguimento.

    O caso

    O RE 607607 foi interposto no STF contra decisão da Justiça do Rio Grande do Sul que, ao julgar improcedente o pedido inicial, afirmou que o reajuste depende de lei específica de iniciativa do Poder Executivo, não cabendo ao Judiciário fixar índices.

    A servidora alegava que a decisão viola o caput do artigo 37 da Constituição e seu inciso XV, que tratam da irredutibilidade de subsídios e vencimentos de servidores públicos. O Estado do Rio Grande do Sul, por sua vez, sustentava que, de acordo com artigo 169 da Constituição Federal, não se pode aumentar despesa pública com pessoal sem legislação específica.

    Controvérsia

    Sobre o tema havia controvérsia entre as Turmas do STF. A Primeira Turma, ao apreciar caso idêntico em agosto de 2008, da relatoria do próprio ministro Marco Aurélio (RE 428991), deferiu o pagamento das diferenças sob o entendimento de que o artigo 169 da Constituição não autoriza a Administração Pública a descumprir a lei, especialmente em caso de benefício de natureza alimentar. O dispositivo constitucional veda a concessão de vantagem ou aumento remuneratório sem que haja prévia dotação orçamentária.

    Outras decisões do STF seguiram o entendimento de que a discussão é de natureza infraconstitucional, conforme foi expresso pelos ministros que votaram pelo não conhecimento do recurso e formaram a maioria.

    Reajuste

    Na sessão de hoje, o ministro Marco Aurélio manteve seu voto, pelo direito ao reajuste. Também os ministros que o acompanharam, em setembro, mantiveram seus votos. O mesmo fizeram os ministros que já haviam votado acompanhando a divergência, aderindo ao entendimento de que o recurso extraordinário em questão trata de confronto entre normas estaduais. Recorreram, nesse sentido, ao enunciado da Súmula 280 do STF, segundo a qual não cabe recurso extraordinário por ofensa a direito local.

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]
    andre3107
    andre3107
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : Técnico Judiciário
    Mensagens : 1112
    Reputação : 31
    Data de inscrição : 31/08/2012
    Localização : Belém/PA

    Tópico Geral - Página 8 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por andre3107 Qui 07 Fev 2013, 3:48 am

    Plenário garante irredutibilidade de vencimentos a servidores do MS

    Por maioria de votos, os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) deram provimento parcial a um Recurso Extraordinário (RE 563708), com repercussão geral, no sentido de garantir que não haja redução nos vencimentos de servidores públicos do Estado do Mato Grosso do Sul admitidos antes da Emenda Constitucional 19/1998. No entanto, o Plenário deixou claro que esses servidores não têm direito adquirido ao regime jurídico que vigorava antes dessa norma.

    A EC 19/98 alterou o inciso XIV do artigo 37 da Constituição Federal e passou a determinar que “os acréscimos pecuniários percebidos por servidor público não serão computados nem acumulados para fim de concessão de acréscimos ulteriores”. Com isso, a Lei Estadual nº 2.157/2000 passou a prever a incidência do adicional por tempo de serviço apenas sobre o vencimento (salário-base), e não mais sobre a remuneração (vencimento e vantagens), como anteriormente. Os servidores sul-mato-grossenses recorreram então contra o Estado com o objetivo de manter a remuneração como base de cálculo do adicional.

    Em sessão realizada em outubro de 2009, a ministra Cármen Lúcia, relatora do caso, lembrou que a jurisprudência do STF não reconhece o direito adquirido a regime jurídico de servidor público, mas também destacou que não é permitida a redução salarial. Na ocasião, ela apresentou seu voto no sentido de negar provimento ao RE interposto pelo governo do Mato Grosso do Sul e, dessa forma, manteve a decisão do Tribunal de Justiça daquele Estado, que, acolhendo parcialmente apelação dos servidores públicos, manteve a remuneração como base de cálculo até a edição da lei estadual que introduziu a alteração. Seu voto foi acompanhado, naquela sessão, pelo ministro Ricardo Lewandowski.

    Voto-vista

    Nesta quarta-feira (6), o julgamento foi retomado com o voto-vista do ministro Joaquim Barbosa. Inicialmente, o ministro votou no sentido de dar provimento ao RE por entender que os valores alegadamente suprimidos não chegaram a ser pagos aos servidores, não havendo, portanto, redução salarial. Ele afirmou ainda não haver qualquer direito adquirido ao cálculo da parcela de acordo com a fórmula anterior para aqueles servidores que, por razões diversas, já recebiam de acordo com a fórmula trazida pelo novo texto.

    Ajustes

    Porém, tanto a relatora quanto o ministro Joaquim Barbosa reajustaram seus votos após a sugestão do ministro Teori Zavascki de dar provimento parcial ao RE, apenas para garantir a irredutibilidade. A alternativa sugerida pelo ministro Teori segue a jurisprudência do STF no sentido de que não há direito adquirido ao regime jurídico, mas reconhece que, no período de 1990 a 1999, os servidores tinham direito ao adicional calculado sobre a remuneração, que deve ser assegurado com base no princípio da irredutibilidade salarial.

    O mesmo entendimento foi acompanhado pelos demais membros da Corte, com exceção do ministro Marco Aurélio, que negou provimento ao recurso e manteve seu posicionamento conforme o voto inicial da ministra Cármen Lúcia. Para ele, o acórdão do TJ-MS não merece “qualquer censura” porque apenas preservou o patamar remuneratório dos servidores.

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]
    CRAZYKONG
    CRAZYKONG
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 1000
    Reputação : 30
    Data de inscrição : 20/06/2012

    Tópico Geral - Página 8 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por CRAZYKONG Qui 07 Fev 2013, 6:28 am

    Apaguei algumas mensagens atendendo ao pedido do colega Olegário. Segue...


    _________________
    "O que guarda a sua boca preserva a sua vida; mas o que muito abre os seus lábios traz sobre si a ruína." Provérbios 13:3
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 8 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Qui 07 Fev 2013, 7:43 am

    Dando uma olhada no site da ANAJUSTRA vi que eles pretendem estender o aumento de 15,8% às incorporações. Será que estou lendo direito ou a ANAJUSTRA pretende perpetuar e incrementar as incorporações dos antigões? o link é http://www.anajustra.org.br/noticias/noticia.asp?id=7055&cat=16

    Se realmente for isso, estamos diante de mais um atentado à carreira, que já não anda lá essas coisas. Acho que esse devaneio não deve passar, até porque o impacto no orçamento seria absurdo e elevaria o salário de alguns incorporados, como o Amarildo, à R$ 55 mil. Assim, peço que dêem uma olhada e me digam se o que eu vi é isso mesmo ou se estou delirando.

    Como se já não bastasse o Policarpo fazer festinha com o Dirceu, vem agora a ANAJUSTRA querer perpetuar a imoralidade. Tá difícil viver assim.
    CRAZYKONG
    CRAZYKONG
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 1000
    Reputação : 30
    Data de inscrição : 20/06/2012

    Tópico Geral - Página 8 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por CRAZYKONG Qui 07 Fev 2013, 7:54 am

    PaladinoRS escreveu:Dando uma olhada no site da ANAJUSTRA vi que eles pretendem estender o aumento de 15,8% às incorporações. Será que estou lendo direito ou a ANAJUSTRA pretende perpetuar e incrementar as incorporações dos antigões? o link é [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]

    Se realmente for isso, estamos diante de mais um atentado à carreira, que já não anda lá essas coisas. Acho que esse devaneio não deve passar, até porque o impacto no orçamento seria absurdo e elevaria o salário de alguns incorporados, como o Amarildo, à R$ 55 mil. Assim, peço que dêem uma olhada e me digam se o que eu vi é isso mesmo ou se estou delirando.

    Como se já não bastasse o Policarpo fazer festinha com o Dirceu, vem agora a ANAJUSTRA querer perpetuar a imoralidade. Tá difícil viver assim.

    É isso mesmo, mas acho que tão só querendo fazer um agrado aos antigos. Não deve evoluir.


    _________________
    "O que guarda a sua boca preserva a sua vida; mas o que muito abre os seus lábios traz sobre si a ruína." Provérbios 13:3
    CRAZYKONG
    CRAZYKONG
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 1000
    Reputação : 30
    Data de inscrição : 20/06/2012

    Tópico Geral - Página 8 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por CRAZYKONG Qui 07 Fev 2013, 8:04 am

    Papa Mike em QRU escreveu:
    Muito_Ansioso escreveu:
    Demileto escreveu:Joaquim Barbosa fará mudanças na alta cúpula do Judiciário

    Quase três meses depois de assumir o comando do STF (Supremo Tribunal Federal) e do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), o ministro Joaquim Barbosa fará novas mudanças na corte. Integrantes da alta cúpula administrativa do Judiciário devem perder seus cargos.


    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]

    será que o ex-DG do TSE agora volta para o seu cargo anterior de DG do STF?


    Mooooooço, vire essa boca pra lá...
    quanto mais agora que tá o povo falando que o cabra do TCU vai sair...
    O cara já pediu arrego?


    _________________
    "O que guarda a sua boca preserva a sua vida; mas o que muito abre os seus lábios traz sobre si a ruína." Provérbios 13:3
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 8 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Qui 07 Fev 2013, 8:16 am

    CRAZYKONG escreveu:
    PaladinoRS escreveu:Dando uma olhada no site da ANAJUSTRA vi que eles pretendem estender o aumento de 15,8% às incorporações. Será que estou lendo direito ou a ANAJUSTRA pretende perpetuar e incrementar as incorporações dos antigões? o link é http://www.anajustra.org.br/noticias/noticia.asp?id=7055&cat=16

    Se realmente for isso, estamos diante de mais um atentado à carreira, que já não anda lá essas coisas. Acho que esse devaneio não deve passar, até porque o impacto no orçamento seria absurdo e elevaria o salário de alguns incorporados, como o Amarildo, à R$ 55 mil. Assim, peço que dêem uma olhada e me digam se o que eu vi é isso mesmo ou se estou delirando.

    Como se já não bastasse o Policarpo fazer festinha com o Dirceu, vem agora a ANAJUSTRA querer perpetuar a imoralidade. Tá difícil viver assim.

    É isso mesmo, mas acho que tão só querendo fazer um agrado aos antigos. Não deve evoluir.

    É só para fingir que estão mostrando trabalho, haja vista que não conseguiram nem os 5% do AQ de graduação para técnicos, mesmo havendo o equivalente no MPU.

    Conteúdo patrocinado

    Tópico Geral - Página 8 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qua 01 Dez 2021, 12:10 pm