PCS JÁ

PCS JÁ



    Tópico Geral

    andre3107
    andre3107
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : Técnico Judiciário
    Mensagens : 1112
    Reputação : 31
    Data de inscrição : 31/08/2012
    Localização : Belém/PA

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por andre3107 Ter 19 Fev 2013, 3:50 pm

    artie escreveu:Hoje, só amanhã:

    Comissão de Orçamento cancela reunião desta tarde

    Foi cancelada a reunião da Comissão Mista de Orçamento prevista para esta tarde. Na pauta estava o projeto que assegura o pagamento de reajustes concedidos a servidores públicos no ano passado, mesmo que a lei orçamentária de 2013 ainda não esteja em vigor.

    A reunião ainda não foi remarcada.

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar esta imagem]
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 19 Fev 2013, 5:18 pm

    Cool


    Última edição por Catatau em Qua 20 Fev 2013, 10:28 am, editado 1 vez(es)
    andre3107
    andre3107
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : Técnico Judiciário
    Mensagens : 1112
    Reputação : 31
    Data de inscrição : 31/08/2012
    Localização : Belém/PA

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por andre3107 Qua 20 Fev 2013, 5:44 am

    SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL
    PORTARIAS DE 18 DE FEVEREIRO DE 2013

    [...]

    O PRESIDENTE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL,
    no uso de suas atribuições,
    considerando o art. 93 da Constituição Federal de 1988,
    segundo o qual compete ao Supremo Tribunal Federal a iniciativa de
    lei complementar que disporá sobre o Estatuto da Magistratura,
    considerando o lapso temporal decorrido desde a promulgação
    da Constituição Federal de 1988, bem como a necessidade de
    consolidação e de sistematização dos inúmeros esforços empreendidos
    para análise do tema e para a elaboração de minuta de anteprojeto
    e de projeto de lei para regulamentação da matéria,
    considerando a defasagem e os litígios decorrentes do exame
    da recepção da atual lei que rege a Magistratura nacional, a Lei
    Complementar 35/1975,resolve:

    Nº 47 - Art. 1º Fica instituída a Comissão de Estudo e Redação de
    Anteprojeto de Lei Complementar destinada a dispor sobre o Estatuto
    da Magistratura.

    Art. 2º Compete à Comissão:
    I - recuperar a memória dos trabalhos com o mesmo propósito
    realizados por Comissões ou individualmente por Ministros do
    Supremo Tribunal Federal;
    II - consolidar, atualizar e propor adaptações à minuta do
    Anteprojeto de Lei Complementar destinada a dispor sobre o Estatuto
    da Magistratura, nos termos do art. 93 e demais disposições constitucionais
    aplicáveis.

    Art. 3º A Comissão reunir-se-á periodicamente, de forma
    presencial ou remota, mediante convocação e da maneira estabelecida
    por seu presidente.

    Art. 4º A Comissão deverá apresentar a minuta de anteprojeto
    a que se refere esta Portaria em até noventa dias, contados de
    sua publicação.

    Art. 5º A Comissão será composta pelos Ministros Gilmar
    Mendes, que a presidirá, Ricardo Lewandowski e Luiz Fux.

    Art. 6º Auxiliará tecnicamente a Comissão, secretariando as
    reuniões, o Juiz Leonardo de Farias Duarte, magistrado auxiliar da
    Presidência do Conselho Nacional de Justiça.

    Art. 7º A Presidência colocará à disposição da Comissão
    recursos técnicos e instalações para a realização dos trabalhos, bem
    como para seu registro, com o objetivo de preservar a memória dos
    esforços empreendidos.

    Art. 8º Ficam revogadas as Portarias nº 104, 29 de maio de
    2008, e nº 207, de 19 de junho de 2012.

    Art. 9º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

    Min. JOAQUIM BARBOSA

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]
    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]
    CRAZYKONG
    CRAZYKONG
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 1000
    Reputação : 30
    Data de inscrição : 20/06/2012

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por CRAZYKONG Qua 20 Fev 2013, 9:52 am

    andre3107 escreveu:SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL
    PORTARIAS DE 18 DE FEVEREIRO DE 2013

    [...]

    O PRESIDENTE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL,
    no uso de suas atribuições,
    considerando o art. 93 da Constituição Federal de 1988,
    segundo o qual compete ao Supremo Tribunal Federal a iniciativa de
    lei complementar que disporá sobre o Estatuto da Magistratura,
    considerando o lapso temporal decorrido desde a promulgação
    da Constituição Federal de 1988, bem como a necessidade de
    consolidação e de sistematização dos inúmeros esforços empreendidos
    para análise do tema e para a elaboração de minuta de anteprojeto
    e de projeto de lei para regulamentação da matéria,
    considerando a defasagem e os litígios decorrentes do exame
    da recepção da atual lei que rege a Magistratura nacional, a Lei
    Complementar 35/1975,resolve:

    Nº 47 - Art. 1º Fica instituída a Comissão de Estudo e Redação de
    Anteprojeto de Lei Complementar destinada a dispor sobre o Estatuto
    da Magistratura.

    Art. 2º Compete à Comissão:
    I - recuperar a memória dos trabalhos com o mesmo propósito
    realizados por Comissões ou individualmente por Ministros do
    Supremo Tribunal Federal;
    II - consolidar, atualizar e propor adaptações à minuta do
    Anteprojeto de Lei Complementar destinada a dispor sobre o Estatuto
    da Magistratura, nos termos do art. 93 e demais disposições constitucionais
    aplicáveis.

    Art. 3º A Comissão reunir-se-á periodicamente, de forma
    presencial ou remota, mediante convocação e da maneira estabelecida
    por seu presidente.

    Art. 4º A Comissão deverá apresentar a minuta de anteprojeto
    a que se refere esta Portaria em até noventa dias, contados de
    sua publicação.

    Art. 5º A Comissão será composta pelos Ministros Gilmar
    Mendes, que a presidirá, Ricardo Lewandowski e Luiz Fux.

    Art. 6º Auxiliará tecnicamente a Comissão, secretariando as
    reuniões, o Juiz Leonardo de Farias Duarte, magistrado auxiliar da
    Presidência do Conselho Nacional de Justiça.

    Art. 7º A Presidência colocará à disposição da Comissão
    recursos técnicos e instalações para a realização dos trabalhos, bem
    como para seu registro, com o objetivo de preservar a memória dos
    esforços empreendidos.

    Art. 8º Ficam revogadas as Portarias nº 104, 29 de maio de
    2008, e nº 207, de 19 de junho de 2012.

    Art. 9º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

    Min. JOAQUIM BARBOSA

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]
    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]

    Agora vai?
    andre3107
    andre3107
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : Técnico Judiciário
    Mensagens : 1112
    Reputação : 31
    Data de inscrição : 31/08/2012
    Localização : Belém/PA

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por andre3107 Qua 20 Fev 2013, 10:25 am

    CRAZYKONG escreveu:
    andre3107 escreveu:SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL
    PORTARIAS DE 18 DE FEVEREIRO DE 2013

    [...]

    O PRESIDENTE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL,
    no uso de suas atribuições,
    considerando o art. 93 da Constituição Federal de 1988,
    segundo o qual compete ao Supremo Tribunal Federal a iniciativa de
    lei complementar que disporá sobre o Estatuto da Magistratura,
    considerando o lapso temporal decorrido desde a promulgação
    da Constituição Federal de 1988, bem como a necessidade de
    consolidação e de sistematização dos inúmeros esforços empreendidos
    para análise do tema e para a elaboração de minuta de anteprojeto
    e de projeto de lei para regulamentação da matéria,
    considerando a defasagem e os litígios decorrentes do exame
    da recepção da atual lei que rege a Magistratura nacional, a Lei
    Complementar 35/1975,resolve:

    Nº 47 - Art. 1º Fica instituída a Comissão de Estudo e Redação de
    Anteprojeto de Lei Complementar destinada a dispor sobre o Estatuto
    da Magistratura.

    Art. 2º Compete à Comissão:
    I - recuperar a memória dos trabalhos com o mesmo propósito
    realizados por Comissões ou individualmente por Ministros do
    Supremo Tribunal Federal;
    II - consolidar, atualizar e propor adaptações à minuta do
    Anteprojeto de Lei Complementar destinada a dispor sobre o Estatuto
    da Magistratura, nos termos do art. 93 e demais disposições constitucionais
    aplicáveis.

    Art. 3º A Comissão reunir-se-á periodicamente, de forma
    presencial ou remota, mediante convocação e da maneira estabelecida
    por seu presidente.

    Art. 4º A Comissão deverá apresentar a minuta de anteprojeto
    a que se refere esta Portaria em até noventa dias, contados de
    sua publicação.

    Art. 5º A Comissão será composta pelos Ministros Gilmar
    Mendes, que a presidirá, Ricardo Lewandowski e Luiz Fux.

    Art. 6º Auxiliará tecnicamente a Comissão, secretariando as
    reuniões, o Juiz Leonardo de Farias Duarte, magistrado auxiliar da
    Presidência do Conselho Nacional de Justiça.

    Art. 7º A Presidência colocará à disposição da Comissão
    recursos técnicos e instalações para a realização dos trabalhos, bem
    como para seu registro, com o objetivo de preservar a memória dos
    esforços empreendidos.

    Art. 8º Ficam revogadas as Portarias nº 104, 29 de maio de
    2008, e nº 207, de 19 de junho de 2012.

    Art. 9º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

    Min. JOAQUIM BARBOSA

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]
    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]

    Agora vai?

    O Batman bateu o pé. Só falta o Lewandowski protelar e o Fux sobrestar por causa do Congresso primeiro analisar todos os vetos rsrsrs
    camirecas
    camirecas
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : AJAAECJE
    Mensagens : 1546
    Reputação : 76
    Data de inscrição : 02/09/2012

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por camirecas Qua 20 Fev 2013, 10:50 am

    CRAZYKONG escreveu:
    andre3107 escreveu:SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL
    PORTARIAS DE 18 DE FEVEREIRO DE 2013

    [...]

    O PRESIDENTE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL,
    no uso de suas atribuições,
    considerando o art. 93 da Constituição Federal de 1988,
    segundo o qual compete ao Supremo Tribunal Federal a iniciativa de
    lei complementar que disporá sobre o Estatuto da Magistratura,
    considerando o lapso temporal decorrido desde a promulgação
    da Constituição Federal de 1988, bem como a necessidade de
    consolidação e de sistematização dos inúmeros esforços empreendidos
    para análise do tema e para a elaboração de minuta de anteprojeto
    e de projeto de lei para regulamentação da matéria,
    considerando a defasagem e os litígios decorrentes do exame
    da recepção da atual lei que rege a Magistratura nacional, a Lei
    Complementar 35/1975,resolve:

    Nº 47 - Art. 1º Fica instituída a Comissão de Estudo e Redação de
    Anteprojeto de Lei Complementar destinada a dispor sobre o Estatuto
    da Magistratura.

    Art. 2º Compete à Comissão:
    I - recuperar a memória dos trabalhos com o mesmo propósito
    realizados por Comissões ou individualmente por Ministros do
    Supremo Tribunal Federal;
    II - consolidar, atualizar e propor adaptações à minuta do
    Anteprojeto de Lei Complementar destinada a dispor sobre o Estatuto
    da Magistratura, nos termos do art. 93 e demais disposições constitucionais
    aplicáveis.

    Art. 3º A Comissão reunir-se-á periodicamente, de forma
    presencial ou remota, mediante convocação e da maneira estabelecida
    por seu presidente.

    Art. 4º A Comissão deverá apresentar a minuta de anteprojeto
    a que se refere esta Portaria em até noventa dias, contados de
    sua publicação.

    Art. 5º A Comissão será composta pelos Ministros Gilmar
    Mendes, que a presidirá, Ricardo Lewandowski e Luiz Fux.

    Art. 6º Auxiliará tecnicamente a Comissão, secretariando as
    reuniões, o Juiz Leonardo de Farias Duarte, magistrado auxiliar da
    Presidência do Conselho Nacional de Justiça.

    Art. 7º A Presidência colocará à disposição da Comissão
    recursos técnicos e instalações para a realização dos trabalhos, bem
    como para seu registro, com o objetivo de preservar a memória dos
    esforços empreendidos.

    Art. 8º Ficam revogadas as Portarias nº 104, 29 de maio de
    2008, e nº 207, de 19 de junho de 2012.

    Art. 9º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

    Min. JOAQUIM BARBOSA

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]
    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]

    Agora vai?

    Desculpem a ignorância, mas o que tem a ver isso com a ralé? Os subalternos?
    E essa LC 35 não é de 1979 não?
    CRAZYKONG
    CRAZYKONG
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 1000
    Reputação : 30
    Data de inscrição : 20/06/2012

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por CRAZYKONG Qua 20 Fev 2013, 10:55 am

    Nada, isso aí é a LOMAN...o nosso ferro ainda está por vir... hehehehe


    _________________
    "O que guarda a sua boca preserva a sua vida; mas o que muito abre os seus lábios traz sobre si a ruína." Provérbios 13:3
    andre3107
    andre3107
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : Técnico Judiciário
    Mensagens : 1112
    Reputação : 31
    Data de inscrição : 31/08/2012
    Localização : Belém/PA

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por andre3107 Qua 20 Fev 2013, 10:57 am

    camirecas escreveu:
    CRAZYKONG escreveu:
    andre3107 escreveu:SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL
    PORTARIAS DE 18 DE FEVEREIRO DE 2013

    [...]

    O PRESIDENTE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL,
    no uso de suas atribuições,
    considerando o art. 93 da Constituição Federal de 1988,
    segundo o qual compete ao Supremo Tribunal Federal a iniciativa de
    lei complementar que disporá sobre o Estatuto da Magistratura,
    considerando o lapso temporal decorrido desde a promulgação
    da Constituição Federal de 1988, bem como a necessidade de
    consolidação e de sistematização dos inúmeros esforços empreendidos
    para análise do tema e para a elaboração de minuta de anteprojeto
    e de projeto de lei para regulamentação da matéria,
    considerando a defasagem e os litígios decorrentes do exame
    da recepção da atual lei que rege a Magistratura nacional, a Lei
    Complementar 35/1975,resolve:

    Nº 47 - Art. 1º Fica instituída a Comissão de Estudo e Redação de
    Anteprojeto de Lei Complementar destinada a dispor sobre o Estatuto
    da Magistratura.

    Art. 2º Compete à Comissão:
    I - recuperar a memória dos trabalhos com o mesmo propósito
    realizados por Comissões ou individualmente por Ministros do
    Supremo Tribunal Federal;
    II - consolidar, atualizar e propor adaptações à minuta do
    Anteprojeto de Lei Complementar destinada a dispor sobre o Estatuto
    da Magistratura, nos termos do art. 93 e demais disposições constitucionais
    aplicáveis.

    Art. 3º A Comissão reunir-se-á periodicamente, de forma
    presencial ou remota, mediante convocação e da maneira estabelecida
    por seu presidente.

    Art. 4º A Comissão deverá apresentar a minuta de anteprojeto
    a que se refere esta Portaria em até noventa dias, contados de
    sua publicação.

    Art. 5º A Comissão será composta pelos Ministros Gilmar
    Mendes, que a presidirá, Ricardo Lewandowski e Luiz Fux.

    Art. 6º Auxiliará tecnicamente a Comissão, secretariando as
    reuniões, o Juiz Leonardo de Farias Duarte, magistrado auxiliar da
    Presidência do Conselho Nacional de Justiça.

    Art. 7º A Presidência colocará à disposição da Comissão
    recursos técnicos e instalações para a realização dos trabalhos, bem
    como para seu registro, com o objetivo de preservar a memória dos
    esforços empreendidos.

    Art. 8º Ficam revogadas as Portarias nº 104, 29 de maio de
    2008, e nº 207, de 19 de junho de 2012.

    Art. 9º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

    Min. JOAQUIM BARBOSA

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]
    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]

    Agora vai?

    Desculpem a ignorância, mas o que tem a ver isso com a ralé? Os subalternos?
    E essa LC 35 não é de 1979 não?

    Devido já ter sido noticiado essas alterações aqui no tópico no tocante as férias dos Juízes, resolvi postar pra efeitos de conhecimento.

    O Estatuto da Magistratura determinado pela CF88 nunca levado ao Congresso pelo STF. A LOMAN é que vale atualmente, mas desatualizada em relação aos principios norteadores da CF88.
    camirecas
    camirecas
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : AJAAECJE
    Mensagens : 1546
    Reputação : 76
    Data de inscrição : 02/09/2012

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por camirecas Qua 20 Fev 2013, 11:03 am

    andre3107 escreveu:
    camirecas escreveu:
    CRAZYKONG escreveu:
    andre3107 escreveu:SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL
    PORTARIAS DE 18 DE FEVEREIRO DE 2013

    [...]

    O PRESIDENTE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL,
    no uso de suas atribuições,
    considerando o art. 93 da Constituição Federal de 1988,
    segundo o qual compete ao Supremo Tribunal Federal a iniciativa de
    lei complementar que disporá sobre o Estatuto da Magistratura,
    considerando o lapso temporal decorrido desde a promulgação
    da Constituição Federal de 1988, bem como a necessidade de
    consolidação e de sistematização dos inúmeros esforços empreendidos
    para análise do tema e para a elaboração de minuta de anteprojeto
    e de projeto de lei para regulamentação da matéria,
    considerando a defasagem e os litígios decorrentes do exame
    da recepção da atual lei que rege a Magistratura nacional, a Lei
    Complementar 35/1975,resolve:

    Nº 47 - Art. 1º Fica instituída a Comissão de Estudo e Redação de
    Anteprojeto de Lei Complementar destinada a dispor sobre o Estatuto
    da Magistratura.

    Art. 2º Compete à Comissão:
    I - recuperar a memória dos trabalhos com o mesmo propósito
    realizados por Comissões ou individualmente por Ministros do
    Supremo Tribunal Federal;
    II - consolidar, atualizar e propor adaptações à minuta do
    Anteprojeto de Lei Complementar destinada a dispor sobre o Estatuto
    da Magistratura, nos termos do art. 93 e demais disposições constitucionais
    aplicáveis.

    Art. 3º A Comissão reunir-se-á periodicamente, de forma
    presencial ou remota, mediante convocação e da maneira estabelecida
    por seu presidente.

    Art. 4º A Comissão deverá apresentar a minuta de anteprojeto
    a que se refere esta Portaria em até noventa dias, contados de
    sua publicação.

    Art. 5º A Comissão será composta pelos Ministros Gilmar
    Mendes, que a presidirá, Ricardo Lewandowski e Luiz Fux.

    Art. 6º Auxiliará tecnicamente a Comissão, secretariando as
    reuniões, o Juiz Leonardo de Farias Duarte, magistrado auxiliar da
    Presidência do Conselho Nacional de Justiça.

    Art. 7º A Presidência colocará à disposição da Comissão
    recursos técnicos e instalações para a realização dos trabalhos, bem
    como para seu registro, com o objetivo de preservar a memória dos
    esforços empreendidos.

    Art. 8º Ficam revogadas as Portarias nº 104, 29 de maio de
    2008, e nº 207, de 19 de junho de 2012.

    Art. 9º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação.

    Min. JOAQUIM BARBOSA

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]
    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]

    Agora vai?

    Desculpem a ignorância, mas o que tem a ver isso com a ralé? Os subalternos?
    E essa LC 35 não é de 1979 não?

    Devido já ter sido noticiado essas alterações aqui no tópico no tocante as férias dos Juízes, resolvi postar pra efeitos de conhecimento.

    O Estatuto da Magistratura determinado pela CF88 nunca levado ao Congresso pelo STF. A LOMAN é que vale atualmente, mas desatualizada em relação aos principios norteadores da CF88.

    Tranquilo. Entendi!!!
    Mas os cara erraram até o ano da LC 35 na portaria. É de 79 e não 75.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Qua 20 Fev 2013, 12:24 pm

    A grande mão que tudo controla...
    da página do colunista Cláudio Humberto.

    " Governo manobra para não votar o Orçamento

    O governo Dilma acionou seus líderes para impedir a votação do Orçamento, prevista para esta terça (19), até para justificar a decisão de segurar a liberação recursos com o objetivo de fabricar superávit. A manobra é sigilosa. O problema é que os novos presidentes da Câmara, Henrique Alves, e do Senado, Renan Calheiros, não aceitam que o Congresso leve a fama de não votar o Orçamento porque não quer trabalhar ou mesmo para supostamente fazer barganha política.

    Pretexto
    A presidenta Dilma e sua equipe econômica adoram botar a culpa na “falta de orçamento”, para pretextar a não liberação de recursos.

    Governo se vira
    Sem Orçamento, o governo se vira com duodécimo para fazer face a despesa de custeio, e medida provisória para investimentos inevitáveis.

    Lorota
    O governo culpa a oposição para não votar o Orçamento. A oposição não desmente a lorota para parecer mais forte do que de fato o é.

    Irrelevância
    Se o governo quiser, aprova o Orçamento ou qualquer outra matéria. A oposição é hoje a mais irrelevante das últimas décadas, no Congresso"

























    camirecas
    camirecas
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : AJAAECJE
    Mensagens : 1546
    Reputação : 76
    Data de inscrição : 02/09/2012

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por camirecas Qua 20 Fev 2013, 1:02 pm

    Remoção, mesmo que a pedido, enseja pagamento de ajuda de custo
    quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

    Em sessão realizada nesta segunda-feira (18/02), O Conselho da Justiça Federal (CJF), alterou dispositivos de suas resoluções de ns. 3 e 4/2008, que tratavam do pagamento de ajuda de custo para deslocamento de magistrados ou servidores removidos. A primeira resolução foi alterada mediante referendo do CJF à Resolução n. 228 e a segunda, mediante referendo da Resolução n. 229.


    A medida tem o objetivo de adequar essas normas à decisão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que determinou ao CJF o reconhecimento do direito à concessão de ajuda de custo até mesmo nos casos de remoção a pedido de magistrado ou servidor do Conselho e da Justiça Federal de primeiro e segundo graus. O entendimento do CNJ é o de que não há distinção entre a remoção de by CouponDropDown" id="yiv568143751_GPLITA_0" target="_blank"> ofício e a voluntária, para fins de pagamento de ajuda de custo, uma vez que todo ato de remoção dá-se no interesse da Administração.


    Os efeitos financeiros da decisão do CJF passam a contar a partir de 14 de dezembro de 2012, data de publicação da decisão do CNJ no Procedimento de Controle Administrativo n. 0004570-39.2012.2.00.0000. A decisão do CJF altera o inciso I e o parágrafo único do art. 97 da Resolução CJF n. 4, de 14 de março de 2008, e revoga o § 9º do art. 32 e o art. 39 da Resolução CJF n. 3, de 10 de março de 2008.

    Fonte: CJF
    corleone
    corleone
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1893
    Reputação : 84
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por corleone Qua 20 Fev 2013, 6:44 pm

    magmontal escreveu:Estranho, na intranet aqui da JF/TRF3 ainda não consta a previsão do pagamento no sistema HOL. Isso 3 dias antes da data de recebimento.


    Tô bolado aqui na JFSP sem saber do meu hollerith. Dia 20 e nada. Nunca vi isso.
    avatar
    Judiciário
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1511
    Reputação : 24
    Data de inscrição : 07/07/2010
    Idade : 50

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Judiciário Qua 20 Fev 2013, 8:17 pm

    20/02/2013 - 17:23:16159 acessos
    CSJT APROVA REAJUSTE PARA INDENIZAÇÃO DE TRANSPORTE DE OFICIAIS DE JUSTIÇA


    O Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT) analisou, em sessão ocorrida nesta quarta-feira (20), dois processos protocolados pela Federação das Associações dos Oficiais de Justiça (Fenassojaf) e pela Assojaf/MT, que tiveram por objeto o reajuste da Indenização de Transporte dos Oficiais de Justiça Avaliadores Federais.

    Segundo informações do assessor parlamentar do Sindiquinze, Alexandre Marques, o Conselho aprovou um reajuste de 10% para o benefício a partir de 1º de março. De acordo com a Federação, a verba indenizatória estava congelada desde o ano de 2004, sendo o item com maior defasagem de reajuste em todo o Judiciário Federal.

    Mais informações sobre a aprovação do reajuste serão publicadas em breve.
    CRAZYKONG
    CRAZYKONG
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 1000
    Reputação : 30
    Data de inscrição : 20/06/2012

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por CRAZYKONG Qui 21 Fev 2013, 8:10 am

    Alta procura por concursos públicos provoca a escassez de profissionais Busca por vaga "ideal" cria problemas até para o Estado
    Movido pelo sonho de ter um emprego estável, boa remuneração e horário de trabalho flexível, um número cada vez maior de pessoas tem deixado de lado a carreira na iniciativa privada para batalhar uma vaga no funcionalismo público. A intensificação desse movimento, no entanto, atinge em cheio a economia do país, pois reduz a oferta de profissionais especializados. A situação se torna ainda mais grave em áreas nas quais eles já são escassos, como as de engenharia e tecnologia. Essa realidade é uma das constatações do estudo Pensando Direito, elaborado pela Fundação Getulio Vargas (FGV) e pela Universidade Federal Fluminense (UFF), ao qual o Correio teve acesso.

    Em expansão pelo país, os certames movimentam, segundo dado da Associação Nacional de Proteção e Apoio aos Concursos (Anpac), cerca de R$ 50 bilhões por ano — cálculo que considera os principais gastos dos concurseiros, como aulas, inscrições e alimentação. Coordenador da pesquisa da FGV e da UFF, o professor Fernando Fontainha ressalta que o grande contingente de pessoas graduadas que se dedicam às seleções gera um deficit de talentos no mercado. “Os salários e a estabilidade oferecidos tornam irracional que alguém faça qualquer outra coisa que não um concurso.”

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]


    _________________
    "O que guarda a sua boca preserva a sua vida; mas o que muito abre os seus lábios traz sobre si a ruína." Provérbios 13:3
    CRAZYKONG
    CRAZYKONG
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 1000
    Reputação : 30
    Data de inscrição : 20/06/2012

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por CRAZYKONG Qui 21 Fev 2013, 8:12 am

    Com o aumento autorizado, TCDF turbina os salários dos funcionários Servidores cujas funções originais exigiam apenas a antiga 4ª série do ensino fundamental receberão até R$ 12,8 mil. Do total de 514, 258 podem chegar ao teto constitucional, de R$ 25,3 mil
    Órgão responsável por apontar onde o governo superfatura ao organizar licitações, contratar serviços e comprar produtos, o Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) pesou a mão sobre os vencimentos dos próprios servidores. Concedeu benefícios que, aprovados na forma de lei pela Câmara Legislativa, turbinaram os salários dos funcionários para patamares de causar espanto na maioria dos trabalhadores que nem sonha com contracheques fermentados nos moldes dos pagos pelo TCDF. Com os reajustes, servidores do quadro que prestaram concurso para funções de motorista, ascensorista, copeiro ou porteiro, cuja exigência na época do certame era do 4º ano do ensino fundamental, podem chegar a receber R$ 12.820,51. A partir das melhorias, analistas e auditores com formação superior chegam a R$ 31.141,58. Os de nível médio: R$ 19.115,36.

    Leia mais notícias em Cidades

    Desde 1º de janeiro deste ano, o teto de salário do funcionalismo local atingiu R$ 25.323,51. É o que recebe um desembargador do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT). A lei diz que ninguém do organograma público pode ultrapassar essa quantia. Por isso, mesmo que o aumento concedido pelo TCDF tenha chegado à casa dos R$ 30 mil, a diferença será abatida. Claro que todas as vezes que esse limite for revisto, já existirá o amparo legal para a correção imediata dos vencimentos de auditores do Tribunal de Contas do DF. Atualmente, há um total de 514 funcionários do quadro, sendo que, desses, 256 são auditores e dois analistas de administração pública. Com a promulgação da Lei nº 5.013, de 2 de janeiro de 2013, esse conjunto de funcionários públicos entra para a nata dos trabalhadores com perspectiva de atingir o teto salarial. De acordo com o reajuste, a classe começa em vantagem, com salário inicial de R$ 17.767,74.

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]


    _________________
    "O que guarda a sua boca preserva a sua vida; mas o que muito abre os seus lábios traz sobre si a ruína." Provérbios 13:3
    CRAZYKONG
    CRAZYKONG
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 1000
    Reputação : 30
    Data de inscrição : 20/06/2012

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por CRAZYKONG Qui 21 Fev 2013, 8:15 am

    Desse jeito é melhor mesmo um engenheiro servir café, ou ser motorista, e ganhar 20k do que ralar em obra... Mas esse mundo de fantasia não se estende a todos nós servidores, uma pena... hehehehe. A grande maioria se dedica vários anos aos estudos pra não ter uma remuneração condizente.


    _________________
    "O que guarda a sua boca preserva a sua vida; mas o que muito abre os seus lábios traz sobre si a ruína." Provérbios 13:3
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Qui 21 Fev 2013, 8:42 am

    CRAZYKONG escreveu:Alta procura por concursos públicos provoca a escassez de profissionais Busca por vaga "ideal" cria problemas até para o Estado
    Movido pelo sonho de ter um emprego estável, boa remuneração e horário de trabalho flexível, um número cada vez maior de pessoas tem deixado de lado a carreira na iniciativa privada para batalhar uma vaga no funcionalismo público. A intensificação desse movimento, no entanto, atinge em cheio a economia do país, pois reduz a oferta de profissionais especializados. A situação se torna ainda mais grave em áreas nas quais eles já são escassos, como as de engenharia e tecnologia. Essa realidade é uma das constatações do estudo Pensando Direito, elaborado pela Fundação Getulio Vargas (FGV) e pela Universidade Federal Fluminense (UFF), ao qual o Correio teve acesso.

    Em expansão pelo país, os certames movimentam, segundo dado da Associação Nacional de Proteção e Apoio aos Concursos (Anpac), cerca de R$ 50 bilhões por ano — cálculo que considera os principais gastos dos concurseiros, como aulas, inscrições e alimentação. Coordenador da pesquisa da FGV e da UFF, o professor Fernando Fontainha ressalta que o grande contingente de pessoas graduadas que se dedicam às seleções gera um deficit de talentos no mercado. “Os salários e a estabilidade oferecidos tornam irracional que alguém faça qualquer outra coisa que não um concurso.”

    http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/politica-brasil-economia/33,65,33,3/2013/02/21/internas_economia,350660/alta-procura-por-concursos-publicos-provoca-a-escassez-de-profissionais.shtml

    Pelo menos bateram no pé do salário.

    Eu sairia na hora do MPU se alguém me prometesse pagar o mesmo que ganho no MPU para trabalhar com TI. Dependendo do caso, até um pouco menos. Sem stress com jornada, nem nada. Mas quem é que paga?
    CRAZYKONG
    CRAZYKONG
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 1000
    Reputação : 30
    Data de inscrição : 20/06/2012

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por CRAZYKONG Qui 21 Fev 2013, 10:53 am

    Alguém do TJDF tá tendo problema pra acessar o contracheque? Disponibilizaram há alguns dias, mas desde ontem tento acessar pra tirar cópia e não tenho acesso.


    _________________
    "O que guarda a sua boca preserva a sua vida; mas o que muito abre os seus lábios traz sobre si a ruína." Provérbios 13:3
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7830
    Reputação : 593
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Galizezin Qui 21 Fev 2013, 11:31 am

    CRAZYKONG escreveu:Alta procura por concursos públicos provoca a escassez de profissionais Busca por vaga "ideal" cria problemas até para o Estado
    Movido pelo sonho de ter um emprego estável, boa remuneração e horário de trabalho flexível, um número cada vez maior de pessoas tem deixado de lado a carreira na iniciativa privada para batalhar uma vaga no funcionalismo público. A intensificação desse movimento, no entanto, atinge em cheio a economia do país, pois reduz a oferta de profissionais especializados. A situação se torna ainda mais grave em áreas nas quais eles já são escassos, como as de engenharia e tecnologia. Essa realidade é uma das constatações do estudo Pensando Direito, elaborado pela Fundação Getulio Vargas (FGV) e pela Universidade Federal Fluminense (UFF), ao qual o Correio teve acesso.

    Em expansão pelo país, os certames movimentam, segundo dado da Associação Nacional de Proteção e Apoio aos Concursos (Anpac), cerca de R$ 50 bilhões por ano — cálculo que considera os principais gastos dos concurseiros, como aulas, inscrições e alimentação. Coordenador da pesquisa da FGV e da UFF, o professor Fernando Fontainha ressalta que o grande contingente de pessoas graduadas que se dedicam às seleções gera um deficit de talentos no mercado. “Os salários e a estabilidade oferecidos tornam irracional que alguém faça qualquer outra coisa que não um concurso.”

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]

    Como já foi dito aqui, o serviço público é um túmulo de gênios. Esses gênios optam por um salário previsível, pelo resto da vida, em contrapartida à possibilidade de sucesso no setor privado.
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7830
    Reputação : 593
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Galizezin Qui 21 Fev 2013, 11:46 am

    Dinheiro de infraestrutura básica sendo desviado para "diversão"

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    avatar
    Convidad
    Convidado

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidad Qui 21 Fev 2013, 2:51 pm

    Galizezin escreveu:
    CRAZYKONG escreveu:Alta procura por concursos públicos provoca a escassez de profissionais Busca por vaga "ideal" cria problemas até para o Estado
    Movido pelo sonho de ter um emprego estável, boa remuneração e horário de trabalho flexível, um número cada vez maior de pessoas tem deixado de lado a carreira na iniciativa privada para batalhar uma vaga no funcionalismo público. A intensificação desse movimento, no entanto, atinge em cheio a economia do país, pois reduz a oferta de profissionais especializados. A situação se torna ainda mais grave em áreas nas quais eles já são escassos, como as de engenharia e tecnologia. Essa realidade é uma das constatações do estudo Pensando Direito, elaborado pela Fundação Getulio Vargas (FGV) e pela Universidade Federal Fluminense (UFF), ao qual o Correio teve acesso.

    Em expansão pelo país, os certames movimentam, segundo dado da Associação Nacional de Proteção e Apoio aos Concursos (Anpac), cerca de R$ 50 bilhões por ano — cálculo que considera os principais gastos dos concurseiros, como aulas, inscrições e alimentação. Coordenador da pesquisa da FGV e da UFF, o professor Fernando Fontainha ressalta que o grande contingente de pessoas graduadas que se dedicam às seleções gera um deficit de talentos no mercado. “Os salários e a estabilidade oferecidos tornam irracional que alguém faça qualquer outra coisa que não um concurso.”

    http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/politica-brasil-economia/33,65,33,3/2013/02/21/internas_economia,350660/alta-procura-por-concursos-publicos-provoca-a-escassez-de-profissionais.shtml

    Como já foi dito aqui, o serviço público é um túmulo de gênios. Esses gênios optam por um salário previsível, pelo resto da vida, em contrapartida à possibilidade de sucesso no setor privado.

    Cansei de ver esses gênios com 10, 15 anos de carreira do setor privado tomando posse em algum cargo público, e comemorando pq teriam sábado livres, recesso, etc...


    O conto do vigário do setor privado é esse... dê o seu sangue, que um dia no futuro vc será reconhecido...

    no futuro, o cara tá cansado, liso e como resposta ganha um pé na bunda.....

    setor privado só para for o dono do seu próprio negócio, o resto (com raras exceções) é pura ilusão...isso até o FGV percebeu....
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Qui 21 Fev 2013, 4:11 pm

    Muito_Ansioso escreveu:
    Galizezin escreveu:
    CRAZYKONG escreveu:Alta procura por concursos públicos provoca a escassez de profissionais Busca por vaga "ideal" cria problemas até para o Estado
    Movido pelo sonho de ter um emprego estável, boa remuneração e horário de trabalho flexível, um número cada vez maior de pessoas tem deixado de lado a carreira na iniciativa privada para batalhar uma vaga no funcionalismo público. A intensificação desse movimento, no entanto, atinge em cheio a economia do país, pois reduz a oferta de profissionais especializados. A situação se torna ainda mais grave em áreas nas quais eles já são escassos, como as de engenharia e tecnologia. Essa realidade é uma das constatações do estudo Pensando Direito, elaborado pela Fundação Getulio Vargas (FGV) e pela Universidade Federal Fluminense (UFF), ao qual o Correio teve acesso.

    Em expansão pelo país, os certames movimentam, segundo dado da Associação Nacional de Proteção e Apoio aos Concursos (Anpac), cerca de R$ 50 bilhões por ano — cálculo que considera os principais gastos dos concurseiros, como aulas, inscrições e alimentação. Coordenador da pesquisa da FGV e da UFF, o professor Fernando Fontainha ressalta que o grande contingente de pessoas graduadas que se dedicam às seleções gera um deficit de talentos no mercado. “Os salários e a estabilidade oferecidos tornam irracional que alguém faça qualquer outra coisa que não um concurso.”

    http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/politica-brasil-economia/33,65,33,3/2013/02/21/internas_economia,350660/alta-procura-por-concursos-publicos-provoca-a-escassez-de-profissionais.shtml

    Como já foi dito aqui, o serviço público é um túmulo de gênios. Esses gênios optam por um salário previsível, pelo resto da vida, em contrapartida à possibilidade de sucesso no setor privado.

    Cansei de ver esses gênios com 10, 15 anos de carreira do setor privado tomando posse em algum cargo público, e comemorando pq teriam sábado livres, recesso, etc...


    O conto do vigário do setor privado é esse... dê o seu sangue, que um dia no futuro vc será reconhecido...

    no futuro, o cara tá cansado, liso e como resposta ganha um pé na bunda.....

    setor privado só para for o dono do seu próprio negócio, o resto (com raras exceções) é pura ilusão...isso até o FGV percebeu....

    no Brasil, setor privado é ilusão. Mesmo que o patrão seja bem intencionado, há toda uma legislação que atrapalha.
    ALAHCONCURSEIROSOFREDOR
    ALAHCONCURSEIROSOFREDOR
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 894
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 19/07/2010

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por ALAHCONCURSEIROSOFREDOR Qui 21 Fev 2013, 4:26 pm

    Não sei se é este o tópico correto, mas vamos lá: O MPF pela intranet disponibilizou formulário de pesquisa sobre o clima organizacional, o qual apresenta vários itens referentes a satisfação/insatisfação com remuneração, se indicaria a carreira para parente, vizinho e o escambal, questionamento se necessita de complementar a renda com outras atividades, etc. Como os servidores do MPU são notoriamente reconhecidos como "guerreiros dos teclados", essa é a grande chance, concentrem toda vossa ira nas respostas.
    Eis o link: "http://intranet.pgr.mpf.gov.br/srh/enquetes/pesquisaclima2013"
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7830
    Reputação : 593
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Galizezin Qui 21 Fev 2013, 4:54 pm

    ALAHCONCURSEIROSOFREDOR escreveu:
    Não sei se é este o tópico correto, mas vamos lá: O MPF pela intranet disponibilizou formulário de pesquisa sobre o clima organizacional, o qual apresenta vários itens referentes a satisfação/insatisfação com remuneração, se indicaria a carreira para parente, vizinho e o escambal, questionamento se necessita de complementar a renda com outras atividades, etc. Como os servidores do MPU são notoriamente reconhecidos como "guerreiros dos teclados", essa é a grande chance, concentrem toda vossa ira nas respostas.
    Eis o link: "http://intranet.pgr.mpf.gov.br/srh/enquetes/pesquisaclima2013"

    Pesquisa que se preze, de verdade, questiona com perguntas subjetivas.
    magmontal
    magmontal
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 525
    Reputação : 10
    Data de inscrição : 31/08/2011
    Localização : PJU

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por magmontal Qui 21 Fev 2013, 8:44 pm

    Senado aprova pedido de Collor para que TCU investigue procurador

    GABRIELA GUERREIRO
    DE BRASÍLIA

    Atualizado às 19h19.

    O Senado aprovou nesta quinta-feira (21) pedido do senador Fernando Collor de Mello (PTB-AL) para que o TCU (Tribunal de Contas da União) investigue o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, pela compra que a Procuradoria-Geral da República fez de 1.200 tablets.

    Segundo o senador, a licitação teria sido "direcionada" para beneficiar uma empresa e ocorreu no "apagar das luzes" de 2012. O pedido faz parte de uma série de ações de Collor contra Gurgel. O valor da compra foi de R$ 3 milhões.

    Procurador chama de 'risível' suspeita levantada por Collor
    André Borges - 12.out.2012/Folhapress
    Fernando Collor (PTB-AL) em sessão da CPI do Cachoeira
    Fernando Collor (PTB-AL) em sessão da CPI do Cachoeira

    A votação foi simbólica, com o plenário esvaziado. Collor pediu para o senador Jorge Viana (PT-AC), vice-presidente do Senado, colocar o requerimento em votação. O petista acatou o pedido e, em menos de um minuto, o requerimento foi aprovado.

    Em nota, a procuradoria negou irregularidades. O órgão informa que optou pelo tablet iPad 3, da Apple, pois a Lei de Licitações permite a indicação de uma marca em casos como esses. Segundo a procuradoria, o processo teve aval da área técnica.

    "Durante todo o processo licitatório não foi registrado qualquer pedido de esclarecimento ou impugnação. O certame teve ampla competitividade, contando com mais de 20 participantes", diz a nota.

    Em discurso, Collor classificou a licitação de "absolutamente irresponsável".

    "Imagine o que o Ministério Público faria se o fato tivesse ocorrido no âmbito do Executivo, do Legislativo ou de uma prefeitura?", questionou.

    O senador defende publicamente o impeachment do procurador-geral por considerar que ele atuou com "inércia" na Operação Vegas, que investigou em 2009 o grupo do empresário de jogos Carlinhos Cachoeira e flagrou conversas do ex-senador Demóstenes Torres.

    O senador já entrou com representação contra Gurgel no CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público).

    O senador faz discursos quase semanais, no plenário do Senado, para criticar Gurgel. Nos bastidores, Collor tem o apoio de parte dos parlamentares do PT e do PMDB --que não admitem publicamente o movimento contra o procurador.

    Parte dos petistas quer retaliar Gurgel pelas acusações do mensalão, enquanto os peemedebistas criticam o fato de ele ter oferecido denúncia contra Renan Calheiros (PMDB-AL) ao STF (Supremo Tribunal Federal) às vésperas da eleição que o escolheu como presidente do Senado.

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]
    ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

    Olha, qualquer coisa que mostre o collor como paladino da moralização já me soa como piada pronta, mas vejam os valores : 1200 Ipad's 3 por R$ 3.000.000,00 , equivale a R$ 2500,00 reais por Ipad. Esse preço está justo ? Precisava ser Ipad ? Não sei não...





    Última edição por magmontal em Qui 21 Fev 2013, 8:54 pm, editado 1 vez(es)
    magmontal
    magmontal
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 525
    Reputação : 10
    Data de inscrição : 31/08/2011
    Localização : PJU

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por magmontal Qui 21 Fev 2013, 8:53 pm

    magmontal escreveu:Senado aprova pedido de Collor para que TCU investigue procurador

    GABRIELA GUERREIRO
    DE BRASÍLIA

    Atualizado às 19h19.

    O Senado aprovou nesta quinta-feira (21) pedido do senador Fernando Collor de Mello (PTB-AL) para que o TCU (Tribunal de Contas da União) investigue o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, pela compra que a Procuradoria-Geral da República fez de 1.200 tablets.

    Segundo o senador, a licitação teria sido "direcionada" para beneficiar uma empresa e ocorreu no "apagar das luzes" de 2012. O pedido faz parte de uma série de ações de Collor contra Gurgel. O valor da compra foi de R$ 3 milhões.

    Procurador chama de 'risível' suspeita levantada por Collor
    André Borges - 12.out.2012/Folhapress
    Fernando Collor (PTB-AL) em sessão da CPI do Cachoeira
    Fernando Collor (PTB-AL) em sessão da CPI do Cachoeira

    A votação foi simbólica, com o plenário esvaziado. Collor pediu para o senador Jorge Viana (PT-AC), vice-presidente do Senado, colocar o requerimento em votação. O petista acatou o pedido e, em menos de um minuto, o requerimento foi aprovado.

    Em nota, a procuradoria negou irregularidades. O órgão informa que optou pelo tablet iPad 3, da Apple, pois a Lei de Licitações permite a indicação de uma marca em casos como esses. Segundo a procuradoria, o processo teve aval da área técnica.

    "Durante todo o processo licitatório não foi registrado qualquer pedido de esclarecimento ou impugnação. O certame teve ampla competitividade, contando com mais de 20 participantes", diz a nota.

    Em discurso, Collor classificou a licitação de "absolutamente irresponsável".

    "Imagine o que o Ministério Público faria se o fato tivesse ocorrido no âmbito do Executivo, do Legislativo ou de uma prefeitura?", questionou.

    O senador defende publicamente o impeachment do procurador-geral por considerar que ele atuou com "inércia" na Operação Vegas, que investigou em 2009 o grupo do empresário de jogos Carlinhos Cachoeira e flagrou conversas do ex-senador Demóstenes Torres.

    O senador já entrou com representação contra Gurgel no CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público).

    O senador faz discursos quase semanais, no plenário do Senado, para criticar Gurgel. Nos bastidores, Collor tem o apoio de parte dos parlamentares do PT e do PMDB --que não admitem publicamente o movimento contra o procurador.

    Parte dos petistas quer retaliar Gurgel pelas acusações do mensalão, enquanto os peemedebistas criticam o fato de ele ter oferecido denúncia contra Renan Calheiros (PMDB-AL) ao STF (Supremo Tribunal Federal) às vésperas da eleição que o escolheu como presidente do Senado.

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]
    ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

    Olha, qualquer coisa que mostre o collor como paladino da moralização já me soa como piada pronta, mas vejam os valores : 1200 Ipad's por R$ 3.000.000,00 , equivale a R$ 2500,00 reais por Ipad. Esse preço está justo ? Precisava ser Ipad ? Não sei não...





    Dei uma pesquisada na Internet, e acho que pagaram pelo Ipad3 o preço de Ipad4.... Mas não manjo de IPad's... Rolling Eyes


    camirecas
    camirecas
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : AJAAECJE
    Mensagens : 1546
    Reputação : 76
    Data de inscrição : 02/09/2012

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por camirecas Sex 22 Fev 2013, 6:35 am

    magmontal escreveu:Senado aprova pedido de Collor para que TCU investigue procurador

    GABRIELA GUERREIRO
    DE BRASÍLIA

    Atualizado às 19h19.

    O Senado aprovou nesta quinta-feira (21) pedido do senador Fernando Collor de Mello (PTB-AL) para que o TCU (Tribunal de Contas da União) investigue o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, pela compra que a Procuradoria-Geral da República fez de 1.200 tablets.

    Segundo o senador, a licitação teria sido "direcionada" para beneficiar uma empresa e ocorreu no "apagar das luzes" de 2012. O pedido faz parte de uma série de ações de Collor contra Gurgel. O valor da compra foi de R$ 3 milhões.

    Procurador chama de 'risível' suspeita levantada por Collor
    André Borges - 12.out.2012/Folhapress
    Fernando Collor (PTB-AL) em sessão da CPI do Cachoeira
    Fernando Collor (PTB-AL) em sessão da CPI do Cachoeira

    A votação foi simbólica, com o plenário esvaziado. Collor pediu para o senador Jorge Viana (PT-AC), vice-presidente do Senado, colocar o requerimento em votação. O petista acatou o pedido e, em menos de um minuto, o requerimento foi aprovado.

    Em nota, a procuradoria negou irregularidades. O órgão informa que optou pelo tablet iPad 3, da Apple, pois a Lei de Licitações permite a indicação de uma marca em casos como esses. Segundo a procuradoria, o processo teve aval da área técnica.

    "Durante todo o processo licitatório não foi registrado qualquer pedido de esclarecimento ou impugnação. O certame teve ampla competitividade, contando com mais de 20 participantes", diz a nota.

    Em discurso, Collor classificou a licitação de "absolutamente irresponsável".

    "Imagine o que o Ministério Público faria se o fato tivesse ocorrido no âmbito do Executivo, do Legislativo ou de uma prefeitura?", questionou.

    O senador defende publicamente o impeachment do procurador-geral por considerar que ele atuou com "inércia" na Operação Vegas, que investigou em 2009 o grupo do empresário de jogos Carlinhos Cachoeira e flagrou conversas do ex-senador Demóstenes Torres.

    O senador já entrou com representação contra Gurgel no CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público).

    O senador faz discursos quase semanais, no plenário do Senado, para criticar Gurgel. Nos bastidores, Collor tem o apoio de parte dos parlamentares do PT e do PMDB --que não admitem publicamente o movimento contra o procurador.

    Parte dos petistas quer retaliar Gurgel pelas acusações do mensalão, enquanto os peemedebistas criticam o fato de ele ter oferecido denúncia contra Renan Calheiros (PMDB-AL) ao STF (Supremo Tribunal Federal) às vésperas da eleição que o escolheu como presidente do Senado.

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]
    ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

    Olha, qualquer coisa que mostre o collor como paladino da moralização já me soa como piada pronta, mas vejam os valores : 1200 Ipad's 3 por R$ 3.000.000,00 , equivale a R$ 2500,00 reais por Ipad. Esse preço está justo ? Precisava ser Ipad ? Não sei não...




    E o collor já pensa em se candidatar a presidente em 2014. Diz que possui pesquisas em que ele aparece com 16 %.
    Ê brasilzão.....
    camirecas
    camirecas
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : AJAAECJE
    Mensagens : 1546
    Reputação : 76
    Data de inscrição : 02/09/2012

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por camirecas Sex 22 Fev 2013, 6:36 am

    Servidores lançam campanha conjunta e anunciam marcha a Brasília em abril
    quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

    Representações de diversas partes do país fazem o 1º protesto unificado do ano e já pressionam por negociações; Judiciário e MPU participam

    Representações do funcionalismo federal de todo país lançaram a campanha salarial conjunta de 2013 com o primeiro ato público unificado do ano em Brasília, na manhã da quarta-feira (20). Os servidores se concentraram em frente ao Ministério do Planejamento, onde se revezaram em discursos nos quais se destacava a defesa da unidade. Eles anunciaram que, em abril, participam da marcha que contestará as políticas do governo Dilma Rousseff para o país e que poderá levar milhares à capital federal.

    A manifestação reuniu algumas centenas de servidores, que representavam trabalhadores de diferentes estados e setores. Os manifestantes pressionaram, sem sucesso, para que a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, recebesse uma comissão para que fossem iniciadas, mesmo que simbolicamente, as negociações. A ministra não atendeu ao pedido: alegou que não havia reunião agendada. O pedido de audiência, porém, fora feito há quase mês e meio: constava na pauta de reivindicação protocolada no ministério em janeiro.

    Campanha de 2012 é referência
    As demandas centrais seguem sendo a fixação da data-base em 1º de maio e uma política salarial permanente que reponha as perdas inflacionárias anuais, valorize o salário-base e incorpore gratificações. “A pauta é quase a mesma de 2012 porque o governo [não atendeu às reivindicações]”, explicou Saulo Arcangeli, diretor da federação nacional (Fenajufe) e da CSP-Conlutas (Central Sindical e Popular). Ele falou no ato representando os servidores do Judiciário Federal e do MPU. “Precisamos unir as categorias como em 2012, fazer a mobilização e até greve se for preciso”, defendeu.

    As negociações de 2012 levaram a reajustes parcelados ao longo de três anos. À época, houve quem dissesse temer que isso ‘amarre’ a categoria até 2015. Ao lançar a campanha deste ano, os servidores sinalizaram que mesmo que isso seja um obstáculo estão dispostos a superá-lo. “O nosso foco agora tem que ser a data-base”, afirmou Cleber Aguiar, do TRF em São Paulo e diretor do Sintrajud, que destacou a relevância simbólica do ato. “O mais importante foi a preparação do dia 24 de abril, quando queremos fazer a ministra nos receber”, disse sobre a nova data da marcha em construção. Ele observou que o reajuste parcelado arrancado no ano passado, no que pese ter quebrado o congelamento, não repõe nem as perdas inflacionárias – o que, avaliou, torna inadiável a retomada das mobilizações.

    De todo modo, é razoável supor que o Planalto ‘use’ os ‘acordos’ para refutar possíveis novos reajustes. A recusa da ministra Belchior em receber os manifestantes, muito criticada ao longo do ato, pode até já ser indício disso. “Foi uma pressão pela retomada da mesa de negociação. Foi positiva essa movimentação em Brasília, essa luta não vai parar, vamos construir um grande ato no dia 24 em Brasília”, resumiu Pedro Jorge Gomes de Lima, dirigente da federação dos servidores da saúde e previdência, logo após a manifestação.

    Fonte: LutaFenajufe
    avatar
    Billy de Kid
    Novo Usuário

    Mensagens : 24
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 07/07/2010

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Billy de Kid Sex 22 Fev 2013, 6:40 am

    Sobre a questão de cargos em comissão no âmbito do MPU. Ouvi um boato que nesse começo de ano os analistas da PGR receberam CC2; alguém saberia se essa informação procede? Pois estou lotado no primo pobre MPT, em gabinete de Sub, e em 5 anos não consegui alcançar o almejado status de comissionado escravo
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Sex 22 Fev 2013, 8:03 am

    Billy de Kid escreveu:Sobre a questão de cargos em comissão no âmbito do MPU. Ouvi um boato que nesse começo de ano os analistas da PGR receberam CC2; alguém saberia se essa informação procede? Pois estou lotado no primo pobre MPT, em gabinete de Sub, e em 5 anos não consegui alcançar o almejado status de comissionado escravo

    O que sei é que aqueles que eram CC-04 viraram CC-05 e os que era CC-05 viraram CC-06, além de que as funções de secretário iriam para FC-03. Numa rápida consulta vi que a maioria dos analistas é CC-04.

    Eu tenho sete anos, não tenho FC e nem faço questão, melhor ir para um órgão que pague melhor, e é para isto que tenho estudado.
    CRAZYKONG
    CRAZYKONG
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 1000
    Reputação : 30
    Data de inscrição : 20/06/2012

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por CRAZYKONG Sex 22 Fev 2013, 8:57 am

    Conjur: Discussão dos vetos depende de espaço na pauta, diz Fux

    O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal, disse nesta quarta-feira (20/2) que a apreciação da questão dos vetos presidenciais pelo plenário da corte só depende de espaço na pauta, e não descartou votação já na semana que vem. Perguntado se deve liberar o assunto para pauta ainda nesta semana, o ministro disse que primeiro precisa checar se há espaço.

    No ano passado, o ministro Luiz Fux suspendeu o processo legislativo de apreciação dos vetos à nova lei que trata dos royalties do petróleo e considerou que eles só poderiam ser votados pelo Congresso na ordem cronológica de uma fila que tem mais de 3 mil vetos pendentes.

    “Se tiver espaço, [o presidente Joaquim Barbosa] vai colocar na pauta quinta ou sexta, e vai publicar. Não vai ter segredo nenhum”, informou, ao deixar sessão do STF nesta tarde. Caso Fux libere o processo ainda nesta semana, ele pode ser pautado para a semana que vem. A pauta do STF tem que ser publicada 48 horas antes das sessões, mas o prazo pode ser encurtado em casos de urgência. O STF faz sessões plenárias nas quartas e quintas-feiras.

    Fux evitou responder se considera a questão dos vetos urgente, alegando que já fez sua parte ao decidir a liminar no final do ano passado. “Eu decidi logo a liminar, que foi em caráter de urgência, porque o veto ia ser votado [pelo Congresso] de maneira ilegal. Agora vamos ver se o colegiado entende que é urgente a ponto de disponibilizar a pauta”.

    Fux disse que a reunião da terça-feira (19/2) com os presidentes do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), correu dentro do previsto. O encontro não pôde ser acompanhado por jornalistas, e os políticos saíram do Supremo sem dar declarações.

    “Foi só isso, vieram trazer preocupações, que o Orçamento não está sendo votado, nem outras matérias. Eu disse que verificaria disponibilidade da pauta para procurar atender com sensibilidade a essa preocupação do Congresso”, explicou.

    O ministro também garantiu que não se considera pressionado pelo fato de o Legislativo ter condicionado a votação do Orçamento à apreciação dos vetos pelo STF. “Eu entendo que [os presidentes] estão transmitindo preocupação que é deles. Deve ter movimento lá pressionando as duas Casas para resolver a questão primeiro. Só vamos entender por que estão pressionando quando decidirmos [os vetos no STF]”.

    Também estava programada para esta quarta uma reunião dos ministros Marco Aurélio e Celso de Mello com parlamentares da oposição governista. Eles iriam rebater os argumentos da União, negando possibilidade de colapso financeiro e institucional se o Congresso apreciar os 3 mil vetos em ordem cronológica. Os políticos acabaram indo embora sem falar com os ministros, porque a sessão se estendeu além do esperado.

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]


    _________________
    "O que guarda a sua boca preserva a sua vida; mas o que muito abre os seus lábios traz sobre si a ruína." Provérbios 13:3
    CRAZYKONG
    CRAZYKONG
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 1000
    Reputação : 30
    Data de inscrição : 20/06/2012

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por CRAZYKONG Sex 22 Fev 2013, 9:00 am

    Valor Econômico: Atraso no Orçamento prejudica servidores

    O atraso na aprovação do Orçamento de 2013, por causa da decisão do ministro Luiz Fux do Supremo Tribunal Federal (STF) a respeito da votação de vetos pelo Congresso, está prejudicando os próprios juízes. A Lei 12.771/2012 elevou o subsídio de ministro doSTF de R$ 26,7 mil para R$ 28,06 mil, mas o reajuste ficou condicionado à autorização da lei orçamentária.

    O subsídio de ministro do Supremo é o teto do funcionalismo público e produz um efeito em cascata na magistratura, pois os salários dos juízes são vinculados a ele. A lei estabelece que o aumento deveria ser concedido a partir do dia primeiro de janeiro, mas ele ainda não foi pago por causa da não aprovação do Orçamento.

    Os servidores do Judiciário, da própria Câmara dos Deputados, do Senado e do Tribunal de Contas da União (TCU) também estão até hoje sem receber o reajuste de 5%, que deveria ter sido pago junto com o salário de janeiro. O entendimento dos responsáveis pelas áreas administrativas do Judiciário e do Legislativo foi o de que os seus servidores não têm direito ao aumento salarial antes da aprovação da lei orçamentária.

    Ao contrário dos demais poderes, o Executivo pagou o reajuste de 5% aos seus servidores que fizeram acordo salarial com o Ministério do Planejamento em agosto do ano passado. O entendimento do governo federal é que a Lei de Diretriz Orçamentária (LDO) permite pagar o aumento salarial se ele estiver previsto no Anexo V do projeto de lei do Orçamento.

    Os diferentes entendimentos dos Poderes sobre o reajuste criaram uma situação nunca vista antes, pois alguns servidores tiveram os seus salários aumentados e outros não, embora façam parte do mesmo acordo salarial, de 15,8% em três anos. Há divergência também sobre a questão da retroatividade. Alguns acham que os servidores que ainda não tiveram reajuste terão direito a receber o aumento de forma retroativa quando o Orçamento for aprovado.Outros pensam que a legislação em vigor impede a retroatividade.

    O STF informou ontem que ainda não tem data para julgar a liminar que travou a votação dos vetos pelo Congresso e, em consequência, suspendeu a votação do Orçamento. Para entrar na pauta do Supremo, o processo deve ser liberado pelo ministro Luiz Fux e pautado pelo presidente do Tribunal, ministro Joaquim Barbosa. Ontem à noite, a assessoria do ministro Fux informou que ele ainda vai examinar melhor o caso.

    Em 17 de dezembro, ao julgar uma ação contra a legislação dos royalties do petróleo, Fux deu liminar determinando que o Congresso teria que apreciar todos os vetos presidenciais sobre normas anteriores, em ordem cronológica. Como há mais de 3 mil vetos nessa situação, a liminar de Fux levaria, na prática, ao trancamento da pauta do Congresso, que, teria de examinar todos eles para, depois, votar a questão dos royalties do petróleo.

    O advogado-geral da União, ministro Luís Adams, propôs uma saída para o impasse. Para ele, os demais ministros do STF poderiam manter a liminar de Fux desde que deem efeito "ex nunc" a ela. Isso significa declarar que a liminar só teria efeitos a partir de 17 de dezembro. Ontem à noite, o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, esteve reunido com o ministro Fux na tentativa de chegar a uma solução para o impasse.
    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]


    _________________
    "O que guarda a sua boca preserva a sua vida; mas o que muito abre os seus lábios traz sobre si a ruína." Provérbios 13:3
    camirecas
    camirecas
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : AJAAECJE
    Mensagens : 1546
    Reputação : 76
    Data de inscrição : 02/09/2012

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por camirecas Sex 22 Fev 2013, 10:08 am

    O TRE/SP, se não me engano, baixou uma resolução sobre a correção de passíveis trabalhistas, sendo considerado passivo a parcela devida com mais de 60 dias. Interessante.
    Essa merreca nossa já vai para mais de 60 dias, sendo um passivo trabalhista. Quem vai corrigir o que me devem? Temos que receber a merreca corrigida, a inflação já comeu.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Sex 22 Fev 2013, 10:27 am

    camirecas escreveu:
    magmontal escreveu:Senado aprova pedido de Collor para que TCU investigue procurador

    GABRIELA GUERREIRO
    DE BRASÍLIA

    Atualizado às 19h19.

    O Senado aprovou nesta quinta-feira (21) pedido do senador Fernando Collor de Mello (PTB-AL) para que o TCU (Tribunal de Contas da União) investigue o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, pela compra que a Procuradoria-Geral da República fez de 1.200 tablets.

    Segundo o senador, a licitação teria sido "direcionada" para beneficiar uma empresa e ocorreu no "apagar das luzes" de 2012. O pedido faz parte de uma série de ações de Collor contra Gurgel. O valor da compra foi de R$ 3 milhões.

    Procurador chama de 'risível' suspeita levantada por Collor
    André Borges - 12.out.2012/Folhapress
    Fernando Collor (PTB-AL) em sessão da CPI do Cachoeira
    Fernando Collor (PTB-AL) em sessão da CPI do Cachoeira

    A votação foi simbólica, com o plenário esvaziado. Collor pediu para o senador Jorge Viana (PT-AC), vice-presidente do Senado, colocar o requerimento em votação. O petista acatou o pedido e, em menos de um minuto, o requerimento foi aprovado.

    Em nota, a procuradoria negou irregularidades. O órgão informa que optou pelo tablet iPad 3, da Apple, pois a Lei de Licitações permite a indicação de uma marca em casos como esses. Segundo a procuradoria, o processo teve aval da área técnica.

    "Durante todo o processo licitatório não foi registrado qualquer pedido de esclarecimento ou impugnação. O certame teve ampla competitividade, contando com mais de 20 participantes", diz a nota.

    Em discurso, Collor classificou a licitação de "absolutamente irresponsável".

    "Imagine o que o Ministério Público faria se o fato tivesse ocorrido no âmbito do Executivo, do Legislativo ou de uma prefeitura?", questionou.

    O senador defende publicamente o impeachment do procurador-geral por considerar que ele atuou com "inércia" na Operação Vegas, que investigou em 2009 o grupo do empresário de jogos Carlinhos Cachoeira e flagrou conversas do ex-senador Demóstenes Torres.

    O senador já entrou com representação contra Gurgel no CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público).

    O senador faz discursos quase semanais, no plenário do Senado, para criticar Gurgel. Nos bastidores, Collor tem o apoio de parte dos parlamentares do PT e do PMDB --que não admitem publicamente o movimento contra o procurador.

    Parte dos petistas quer retaliar Gurgel pelas acusações do mensalão, enquanto os peemedebistas criticam o fato de ele ter oferecido denúncia contra Renan Calheiros (PMDB-AL) ao STF (Supremo Tribunal Federal) às vésperas da eleição que o escolheu como presidente do Senado.

    http://www1.folha.uol.com.br/poder/1234504-senado-aprova-pedido-de-collor-para-que-tcu-investigue-procurador.shtml
    ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

    Olha, qualquer coisa que mostre o collor como paladino da moralização já me soa como piada pronta, mas vejam os valores : 1200 Ipad's 3 por R$ 3.000.000,00 , equivale a R$ 2500,00 reais por Ipad. Esse preço está justo ? Precisava ser Ipad ? Não sei não...




    E o collor já pensa em se candidatar a presidente em 2014. Diz que possui pesquisas em que ele aparece com 16 %.
    Ê brasilzão.....

    Seria engraçado ver Collor contra Lula novamente.

    PC Farias e Marcos Valério.
    Roberto Jefferson iria pra qual lado?
    Banco Rural esteve na operação Uruguai e no Mensalão.

    Enfim, a história recente do Brasil poderia ser passada

    a limpo...

    ou a sujo...

    num debate entre os dois.

    Em 89 eu tinha nove anos.
    No quase nada que eu entendia, eu simpatizava mais com o Mario Covas.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Sex 22 Fev 2013, 11:01 am

    FCCOSTA escreveu:
    camirecas escreveu:
    magmontal escreveu:Senado aprova pedido de Collor para que TCU investigue procurador

    GABRIELA GUERREIRO
    DE BRASÍLIA

    Atualizado às 19h19.

    O Senado aprovou nesta quinta-feira (21) pedido do senador Fernando Collor de Mello (PTB-AL) para que o TCU (Tribunal de Contas da União) investigue o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, pela compra que a Procuradoria-Geral da República fez de 1.200 tablets.

    Segundo o senador, a licitação teria sido "direcionada" para beneficiar uma empresa e ocorreu no "apagar das luzes" de 2012. O pedido faz parte de uma série de ações de Collor contra Gurgel. O valor da compra foi de R$ 3 milhões.

    Procurador chama de 'risível' suspeita levantada por Collor
    André Borges - 12.out.2012/Folhapress
    Fernando Collor (PTB-AL) em sessão da CPI do Cachoeira
    Fernando Collor (PTB-AL) em sessão da CPI do Cachoeira

    A votação foi simbólica, com o plenário esvaziado. Collor pediu para o senador Jorge Viana (PT-AC), vice-presidente do Senado, colocar o requerimento em votação. O petista acatou o pedido e, em menos de um minuto, o requerimento foi aprovado.

    Em nota, a procuradoria negou irregularidades. O órgão informa que optou pelo tablet iPad 3, da Apple, pois a Lei de Licitações permite a indicação de uma marca em casos como esses. Segundo a procuradoria, o processo teve aval da área técnica.

    "Durante todo o processo licitatório não foi registrado qualquer pedido de esclarecimento ou impugnação. O certame teve ampla competitividade, contando com mais de 20 participantes", diz a nota.

    Em discurso, Collor classificou a licitação de "absolutamente irresponsável".

    "Imagine o que o Ministério Público faria se o fato tivesse ocorrido no âmbito do Executivo, do Legislativo ou de uma prefeitura?", questionou.

    O senador defende publicamente o impeachment do procurador-geral por considerar que ele atuou com "inércia" na Operação Vegas, que investigou em 2009 o grupo do empresário de jogos Carlinhos Cachoeira e flagrou conversas do ex-senador Demóstenes Torres.

    O senador já entrou com representação contra Gurgel no CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público).

    O senador faz discursos quase semanais, no plenário do Senado, para criticar Gurgel. Nos bastidores, Collor tem o apoio de parte dos parlamentares do PT e do PMDB --que não admitem publicamente o movimento contra o procurador.

    Parte dos petistas quer retaliar Gurgel pelas acusações do mensalão, enquanto os peemedebistas criticam o fato de ele ter oferecido denúncia contra Renan Calheiros (PMDB-AL) ao STF (Supremo Tribunal Federal) às vésperas da eleição que o escolheu como presidente do Senado.

    http://www1.folha.uol.com.br/poder/1234504-senado-aprova-pedido-de-collor-para-que-tcu-investigue-procurador.shtml
    ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

    Olha, qualquer coisa que mostre o collor como paladino da moralização já me soa como piada pronta, mas vejam os valores : 1200 Ipad's 3 por R$ 3.000.000,00 , equivale a R$ 2500,00 reais por Ipad. Esse preço está justo ? Precisava ser Ipad ? Não sei não...




    E o collor já pensa em se candidatar a presidente em 2014. Diz que possui pesquisas em que ele aparece com 16 %.
    Ê brasilzão.....

    Seria engraçado ver Collor contra Lula novamente.

    PC Farias e Marcos Valério.
    Roberto Jefferson iria pra qual lado?
    Banco Rural esteve na operação Uruguai e no Mensalão.

    Enfim, a história recente do Brasil poderia ser passada

    a limpo...

    ou a sujo...

    num debate entre os dois.

    Em 89 eu tinha nove anos.
    No quase nada que eu entendia, eu simpatizava mais com o Mario Covas.

    realmente, seria épico...
    embora, no final das contas, nossa "democracia" jamais vai funcionar assim.
    Basta lembrar que a maior figura do PMDB atual, em 1988, era só arquirrival daquele partido, que em muito atrapalhou sua presidência.
    andre3107
    andre3107
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : Técnico Judiciário
    Mensagens : 1112
    Reputação : 31
    Data de inscrição : 31/08/2012
    Localização : Belém/PA

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por andre3107 Sex 22 Fev 2013, 1:12 pm

    Presidente do STF marca para quarta votação sobre vetos presidenciais

    Congresso quer esperar decisão do Supremo antes de votar Orçamento.
    Durante esta semana, líderes do governo pediram análise urgente do caso.

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]
    avatar
    Convidad
    Convidado

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidad Sex 22 Fev 2013, 4:45 pm

    FCCOSTA escreveu:
    camirecas escreveu:
    magmontal escreveu:Senado aprova pedido de Collor para que TCU investigue procurador

    GABRIELA GUERREIRO
    DE BRASÍLIA

    Atualizado às 19h19.

    O Senado aprovou nesta quinta-feira (21) pedido do senador Fernando Collor de Mello (PTB-AL) para que o TCU (Tribunal de Contas da União) investigue o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, pela compra que a Procuradoria-Geral da República fez de 1.200 tablets.

    Segundo o senador, a licitação teria sido "direcionada" para beneficiar uma empresa e ocorreu no "apagar das luzes" de 2012. O pedido faz parte de uma série de ações de Collor contra Gurgel. O valor da compra foi de R$ 3 milhões.

    Procurador chama de 'risível' suspeita levantada por Collor
    André Borges - 12.out.2012/Folhapress
    Fernando Collor (PTB-AL) em sessão da CPI do Cachoeira
    Fernando Collor (PTB-AL) em sessão da CPI do Cachoeira

    A votação foi simbólica, com o plenário esvaziado. Collor pediu para o senador Jorge Viana (PT-AC), vice-presidente do Senado, colocar o requerimento em votação. O petista acatou o pedido e, em menos de um minuto, o requerimento foi aprovado.

    Em nota, a procuradoria negou irregularidades. O órgão informa que optou pelo tablet iPad 3, da Apple, pois a Lei de Licitações permite a indicação de uma marca em casos como esses. Segundo a procuradoria, o processo teve aval da área técnica.

    "Durante todo o processo licitatório não foi registrado qualquer pedido de esclarecimento ou impugnação. O certame teve ampla competitividade, contando com mais de 20 participantes", diz a nota.

    Em discurso, Collor classificou a licitação de "absolutamente irresponsável".

    "Imagine o que o Ministério Público faria se o fato tivesse ocorrido no âmbito do Executivo, do Legislativo ou de uma prefeitura?", questionou.

    O senador defende publicamente o impeachment do procurador-geral por considerar que ele atuou com "inércia" na Operação Vegas, que investigou em 2009 o grupo do empresário de jogos Carlinhos Cachoeira e flagrou conversas do ex-senador Demóstenes Torres.

    O senador já entrou com representação contra Gurgel no CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público).

    O senador faz discursos quase semanais, no plenário do Senado, para criticar Gurgel. Nos bastidores, Collor tem o apoio de parte dos parlamentares do PT e do PMDB --que não admitem publicamente o movimento contra o procurador.

    Parte dos petistas quer retaliar Gurgel pelas acusações do mensalão, enquanto os peemedebistas criticam o fato de ele ter oferecido denúncia contra Renan Calheiros (PMDB-AL) ao STF (Supremo Tribunal Federal) às vésperas da eleição que o escolheu como presidente do Senado.

    http://www1.folha.uol.com.br/poder/1234504-senado-aprova-pedido-de-collor-para-que-tcu-investigue-procurador.shtml
    ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

    Olha, qualquer coisa que mostre o collor como paladino da moralização já me soa como piada pronta, mas vejam os valores : 1200 Ipad's 3 por R$ 3.000.000,00 , equivale a R$ 2500,00 reais por Ipad. Esse preço está justo ? Precisava ser Ipad ? Não sei não...




    E o collor já pensa em se candidatar a presidente em 2014. Diz que possui pesquisas em que ele aparece com 16 %.
    Ê brasilzão.....

    Seria engraçado ver Collor contra Lula novamente.

    PC Farias e Marcos Valério.
    Roberto Jefferson iria pra qual lado?
    Banco Rural esteve na operação Uruguai e no Mensalão.

    Enfim, a história recente do Brasil poderia ser passada

    a limpo...

    ou a sujo...

    num debate entre os dois.

    Em 89 eu tinha nove anos.
    No quase nada que eu entendia, eu simpatizava mais com o Mario Covas.


    Votaria no collor numa boa... para mim ele foi melhor que o lula...
    o collor só cometeu um erro tremendo, "confiscou" a poupança, por isso sofreu impeachment...

    Hj, ele não cometeria esse erro... os desvio do PT foram maiores que o do Collor, muito maiores mesmo...

    Collor abriu o mercado... se fosse o PT naquela época, era capaz de estatizar as montadoras, como todo resto da indústria, como vemos na venezuela, bolívia, argentina etc..... enfim seria um desastre enorme..... só não enxerga quem não quer, e quer mesmo acreditar nessa lorota de um trabalhador no poder, etc, etc...
    Ti@go
    Ti@go
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : AJAJ
    Mensagens : 781
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 02/10/2011
    Idade : 38

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Ti@go Dom 24 Fev 2013, 9:18 am

    Muito_Ansioso escreveu:
    FCCOSTA escreveu:
    camirecas escreveu:
    magmontal escreveu:Senado aprova pedido de Collor para que TCU investigue procurador

    GABRIELA GUERREIRO
    DE BRASÍLIA

    Atualizado às 19h19.

    O Senado aprovou nesta quinta-feira (21) pedido do senador Fernando Collor de Mello (PTB-AL) para que o TCU (Tribunal de Contas da União) investigue o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, pela compra que a Procuradoria-Geral da República fez de 1.200 tablets.

    Segundo o senador, a licitação teria sido "direcionada" para beneficiar uma empresa e ocorreu no "apagar das luzes" de 2012. O pedido faz parte de uma série de ações de Collor contra Gurgel. O valor da compra foi de R$ 3 milhões.

    Procurador chama de 'risível' suspeita levantada por Collor
    André Borges - 12.out.2012/Folhapress
    Fernando Collor (PTB-AL) em sessão da CPI do Cachoeira
    Fernando Collor (PTB-AL) em sessão da CPI do Cachoeira

    A votação foi simbólica, com o plenário esvaziado. Collor pediu para o senador Jorge Viana (PT-AC), vice-presidente do Senado, colocar o requerimento em votação. O petista acatou o pedido e, em menos de um minuto, o requerimento foi aprovado.

    Em nota, a procuradoria negou irregularidades. O órgão informa que optou pelo tablet iPad 3, da Apple, pois a Lei de Licitações permite a indicação de uma marca em casos como esses. Segundo a procuradoria, o processo teve aval da área técnica.

    "Durante todo o processo licitatório não foi registrado qualquer pedido de esclarecimento ou impugnação. O certame teve ampla competitividade, contando com mais de 20 participantes", diz a nota.

    Em discurso, Collor classificou a licitação de "absolutamente irresponsável".

    "Imagine o que o Ministério Público faria se o fato tivesse ocorrido no âmbito do Executivo, do Legislativo ou de uma prefeitura?", questionou.

    O senador defende publicamente o impeachment do procurador-geral por considerar que ele atuou com "inércia" na Operação Vegas, que investigou em 2009 o grupo do empresário de jogos Carlinhos Cachoeira e flagrou conversas do ex-senador Demóstenes Torres.

    O senador já entrou com representação contra Gurgel no CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público).

    O senador faz discursos quase semanais, no plenário do Senado, para criticar Gurgel. Nos bastidores, Collor tem o apoio de parte dos parlamentares do PT e do PMDB --que não admitem publicamente o movimento contra o procurador.

    Parte dos petistas quer retaliar Gurgel pelas acusações do mensalão, enquanto os peemedebistas criticam o fato de ele ter oferecido denúncia contra Renan Calheiros (PMDB-AL) ao STF (Supremo Tribunal Federal) às vésperas da eleição que o escolheu como presidente do Senado.

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]
    ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

    Olha, qualquer coisa que mostre o collor como paladino da moralização já me soa como piada pronta, mas vejam os valores : 1200 Ipad's 3 por R$ 3.000.000,00 , equivale a R$ 2500,00 reais por Ipad. Esse preço está justo ? Precisava ser Ipad ? Não sei não...




    E o collor já pensa em se candidatar a presidente em 2014. Diz que possui pesquisas em que ele aparece com 16 %.
    Ê brasilzão.....

    Seria engraçado ver Collor contra Lula novamente.

    PC Farias e Marcos Valério.
    Roberto Jefferson iria pra qual lado?
    Banco Rural esteve na operação Uruguai e no Mensalão.

    Enfim, a história recente do Brasil poderia ser passada

    a limpo...

    ou a sujo...

    num debate entre os dois.

    Em 89 eu tinha nove anos.
    No quase nada que eu entendia, eu simpatizava mais com o Mario Covas.


    Votaria no collor numa boa... para mim ele foi melhor que o lula...
    o collor só cometeu um erro tremendo, "confiscou" a poupança, por isso sofreu impeachment...

    Hj, ele não cometeria esse erro... os desvio do PT foram maiores que o do Collor, muito maiores mesmo...

    Collor abriu o mercado... se fosse o PT naquela época, era capaz de estatizar as montadoras, como todo resto da indústria, como vemos na venezuela, bolívia, argentina etc..... enfim seria um desastre enorme..... só não enxerga quem não quer, e quer mesmo acreditar nessa lorota de um trabalhador no poder, etc, etc...

    Cara, eu também não tenho nenhuma simpatia pelo Lula ou pelo PT, mas entre isso e votar no Collor tem uma distância gigantesca.

    Ao que parece, o Collor está querendo entrar na eleição de 2014 e se ele ganhar ou tiver mais de 1% de votos creio que muito brasileiro merece a m... na qual estamos.

    Infelizmente o PT perdeu a grande oportunidade de fazer história, fugiu completamente de tudo que pregava.

    Está se esforçando apenas para garantir a reeleição da Dilma, maquiando dados e controlando a mídia, o que está surtindo efeito, como demonstra o auto índice de aprovação da presidenta.

    Todavia, creio que tal situação decorre principalmente do baixo desemprego e que tudo, infelizmente, vai explodir logo após as eleições, pois, ao que parece, além da Dilma quebrar uma loja de 1,99 irá conseguir detonar a Petrobrás e falir o Brasil.



    avatar
    PJHUUUUuuuuu
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Trampolim
    Mensagens : 3874
    Reputação : 14
    Data de inscrição : 20/05/2011

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por PJHUUUUuuuuu Dom 24 Fev 2013, 5:06 pm

    Para novo titular do TST, juiz ganha pouco

    Diário do Nordeste - 24/02/2013




    Primeiro negro a ocupar a presidência do Tribunal Superior do Trabalho (TST), a partir de 5 de março, o mineiro Carlos Alberto Reis de Paula, de 68 anos, não foge de polêmicas.

    Ao afirmar que Justiça é investimento, e não despesa, diz que os servidores do Judiciário são muito bem remunerados, mas, o mesmo não ocorre com os juízes, diante das responsabilidades que os magistrados têm.

    "A Justiça paga bem. Os servidores do Poder Judiciário são muito bem remunerados, só perdem para servidores do Poder Legislativo", afirma.

    "Juiz é bem remunerado, mas sofremos uma defasagem. Vamos ter um reajuste de 5%, como todo servidor. Não temos reajuste há seis anos. Eu ganho pouco mais de R$ 15 mil líquidos (R$ 22 mil brutos). Se falarem que é muito, eu digo: pode ser para vocês que ganham salário mínimo, mas, para o que eu faço e pela minha importância, acho pouco. Não interessa qual o valor justo, eu ganho pouco, afirmo que ganho pouco", reforça.

    Por outro lado, ataca os chamados penduricalhos. "Esse negócio de penduricalho é o fim do mundo. Juiz não precisa de auxílio, juiz precisa receber um bom vencimento, digno, compatível com sua realidade e com país. Décimo terceiro acho razoável. Agora décimo quarto e décimo quinto, tenha santa paciência".
    andre3107
    andre3107
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : Técnico Judiciário
    Mensagens : 1112
    Reputação : 31
    Data de inscrição : 31/08/2012
    Localização : Belém/PA

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por andre3107 Dom 24 Fev 2013, 5:10 pm

    PJHUUUUuuuuu escreveu:Para novo titular do TST, juiz ganha pouco

    Diário do Nordeste - 24/02/2013




    Primeiro negro a ocupar a presidência do Tribunal Superior do Trabalho (TST), a partir de 5 de março, o mineiro Carlos Alberto Reis de Paula, de 68 anos, não foge de polêmicas.

    Ao afirmar que Justiça é investimento, e não despesa, diz que os servidores do Judiciário são muito bem remunerados, mas, o mesmo não ocorre com os juízes, diante das responsabilidades que os magistrados têm.

    "A Justiça paga bem. Os servidores do Poder Judiciário são muito bem remunerados, só perdem para servidores do Poder Legislativo", afirma.

    "Juiz é bem remunerado, mas sofremos uma defasagem. Vamos ter um reajuste de 5%, como todo servidor. Não temos reajuste há seis anos. Eu ganho pouco mais de R$ 15 mil líquidos (R$ 22 mil brutos). Se falarem que é muito, eu digo: pode ser para vocês que ganham salário mínimo, mas, para o que eu faço e pela minha importância, acho pouco. Não interessa qual o valor justo, eu ganho pouco, afirmo que ganho pouco", reforça.

    Por outro lado, ataca os chamados penduricalhos. "Esse negócio de penduricalho é o fim do mundo. Juiz não precisa de auxílio, juiz precisa receber um bom vencimento, digno, compatível com sua realidade e com país. Décimo terceiro acho razoável. Agora décimo quarto e décimo quinto, tenha santa paciência".

    Ele só pode tá de sacanagem ou desconhece a própria realidade.

    Servidor ganha bem??? Aff. Era só que faltava.

    Conteúdo patrocinado

    Tópico Geral - Página 12 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qua 01 Dez 2021, 12:08 pm