PCS JÁ

PCS JÁ



    TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil

    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8804
    Reputação : 248
    Data de inscrição : 14/07/2010

    TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil Empty TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil

    Mensagem por darkshi Qua 16 Jan 2013, 11:59 am

    BRASÍLIA - Dados inéditos do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre os salários de seus funcionários demonstram um descontrole no pagamento de horas extras no período eleitoral de 2012. Só em novembro, segundo dados obtidos pelo Estado, o gasto com esses adicionais foi de cerca de R$ 3,8 milhões para pagamento dos 567 funcionários que alegam ter dado expediente fora de hora. Entre setembro e novembro, essas horas extras totalizaram R$ 9,5 milhões.

    Veja também:
    link Tribunal investiga, mas ainda não há sindicância

    Somados aos salários, os valores adicionais permitiram a esse grupo de funcionários receber, no fim de novembro, mais do que os próprios ministros. Apuração feita pelo Estado indica que, naquele mês, 161 servidores do TSE receberam de R$ 26.778,81 a R$ 64.036,74. Uma averiguação preliminar foi aberta por ordem da presidente do TSE, ministra Cármen Lúcia. Por enquanto, dois assessores próximos à presidente deixaram seus cargos. Há registros de funcionários que tiveram de devolver parte do dinheiro recebido como hora extra. Outros casos estão sob análise.

    No topo da pirâmide dos beneficiados pelas horas extras estão 50 pessoas que, só naquele mês, receberam juntas R$ 907,8 mil - um acréscimo médio aos salários de R$ 18,1 mil mensais. Quando se observam apenas os 10 mais bem remunerados, essa média sobe a R$ 23,8 mil.

    Os valores foram praticamente os mesmos em outubro. Há casos em que o servidor contabilizou R$ 29 mil de horas extras num único mês. Embora em alguns casos tenham ocorrido pagamentos eventuais (férias, por exemplo), os valores, de modo geral, crescem sobretudo por causa das horas extras. Superam com folga o teto máximo salarial estabelecido pela Constituição para os Três Poderes, de R$ 26.723,13 - o equivalente ao ganho de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Esse era o valor máximo no ano passado. Agora, subiu para R$ 28.059,29.

    Afastados. Há relatos não oficiais sobre servidores que iam ao tribunal no fim de semana de bermuda e camiseta só para registrar o ponto da hora extra. Voltavam no fim do dia para nova marcação. No TSE, o registro é feito por meio do método biométrico, com a digital do funcionário.

    Para fazer o cálculo da hora extra, o salário do servidor deve ser dividido por 175 e acrescido de 50% se for dia útil e sábado - ou 100% em domingo ou feriado. Ou seja, um funcionário que recebe um salário de R$ 5 mil terá uma hora extra de R$ 42,8 nos dias úteis e R$ 57 nos fins de semana. Para esse servidor conseguir dobrar o salário são necessárias 116 horas extras em dias úteis num mês - ou 88 horas extras aos domingos e feriados.

    Descontrole. O pagamento de horas extras a funcionários do TSE é autorizado no período eleitoral, que compreende os meses de julho a dezembro. Mas a partir de 2012, por ordem da cúpula da Corte, além de o trabalho extra ter de ser autorizado previamente pelo superior, quem recebeu o adicional teve de justificar posteriormente em relatório detalhado.

    Esse descontrole nos pagamentos de horas extras e penduricalhos diversos é generalizado no serviço público federal. Cada departamento, autarquia, fundação, ministério, tribunal - e até mesmo o Congresso Federal - tem um sistema remuneratório particular.

    A entrada em vigor da Lei de Acesso à Informação, em maio de 2012, ajudou a desvendar um pouco as anomalias nas folhas salariais do funcionalismo. No caso do TSE, depois de o Estado requerer, as informações e os dados com os nomes e valores recebidos foram postos à disposição na internet no endereço: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    fonte:
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    avatar
    Convidado
    Convidado

    TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil Empty Re: TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil

    Mensagem por Convidado Qua 16 Jan 2013, 1:28 pm

    O que espanta é o maior pagamento ter ocorrido em novembro, depois da eleição.
    Mais ainda: os servidores flagrados com valores mais expressivos serem de setores que, a princípio não estariam diretamente envolvidos no grosso das atividades desse período, pois não são eles que preparam ou conduzem as sessões, não são eles que fazem a instrução e a minuta do julgamento dos recursos, enfim, não são eles que estão no olho do furacão nesse período.

    E o homem das 30 moedas, hein?
    Aprovados., voce sabia disso e não nos avisou?
    camirecas
    camirecas
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : AJAAECJE
    Mensagens : 1546
    Reputação : 76
    Data de inscrição : 02/09/2012

    TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil Empty Re: TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil

    Mensagem por camirecas Qua 16 Jan 2013, 1:56 pm

    FCCOSTA escreveu:O que espanta é o maior pagamento ter ocorrido em novembro, depois da eleição.
    Mais ainda: os servidores flagrados com valores mais expressivos serem de setores que, a princípio não estariam diretamente envolvidos no grosso das atividades desse período, pois não são eles que preparam ou conduzem as sessões, não são eles que fazem a instrução e a minuta do julgamento dos recursos, enfim, não são eles que estão no olho do furacão nesse período.

    E o homem das 30 moedas, hein?
    Aprovados., voce sabia disso e não nos avisou?


    Como sou da JE preciso esclarecer alguns pontos (não querendo com isso justificar as distorções):

    1 - No mês de novembro foram pagas as horas trabalhadas em outubro (mês da eleição);
    2 - Em novembro o pessoal recebeu a segunda parcela do 13º;
    3 - Muitas das vezes o pessoal antigo (com incorporações) recebe indenizações como os quintos etc.;
    4 - As incorporações entram no cálculo do valor da hora extra;
    5 - O divisor para cálculo do valor hora extra baixou de 200 para 175 (35 h semanais), aumentando o valor referência;
    6 - O valor hora extra é acrescido ainda de 50% se dia de segunda a sábado ou de 100% se domingo ou feriado.

    Como servidor que recebeu uma merreca de hora extra, achei surreal uma pessoa ter recebido R$ 26.000,00 (e uns trocados) só de hora extra! E o limite legal? Como foi possível isso?

    Por causa de uns, outros se acabam!!!!!
    anaviana
    anaviana
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 35
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 26/08/2012

    TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil Empty Re: TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil

    Mensagem por anaviana Qua 16 Jan 2013, 2:14 pm

    camirecas escreveu:
    FCCOSTA escreveu:O que espanta é o maior pagamento ter ocorrido em novembro, depois da eleição.
    Mais ainda: os servidores flagrados com valores mais expressivos serem de setores que, a princípio não estariam diretamente envolvidos no grosso das atividades desse período, pois não são eles que preparam ou conduzem as sessões, não são eles que fazem a instrução e a minuta do julgamento dos recursos, enfim, não são eles que estão no olho do furacão nesse período.

    E o homem das 30 moedas, hein?
    Aprovados., voce sabia disso e não nos avisou?


    Como sou da JE preciso esclarecer alguns pontos (não querendo com isso justificar as distorções):

    1 - No mês de novembro foram pagas as horas trabalhadas em outubro (mês da eleição);
    2 - Em novembro o pessoal recebeu a segunda parcela do 13º;
    3 - Muitas das vezes o pessoal antigo (com incorporações) recebe indenizações como os quintos etc.;
    4 - As incorporações entram no cálculo do valor da hora extra;
    5 - O divisor para cálculo do valor hora extra baixou de 200 para 175 (35 h semanais), aumentando o valor referência;
    6 - O valor hora extra é acrescido ainda de 50% se dia de segunda a sábado ou de 100% se domingo ou feriado.

    Como servidor que recebeu uma merreca de hora extra, achei surreal uma pessoa ter recebido R$ 26.000,00 (e uns trocados) só de hora extra! E o limite legal? Como foi possível isso?

    Por causa de uns, outros se acabam!!!!!

    Sou técnica B6, sem função, sem nada, e recebi, referente ao mês de setembro, que foi o que mais fiz HE, R$3.000. Para isso eu trabalhei 29 dos 30 dias do mês...! A minha única folga foi em um dia da semana. Como disse o colega, existe um adicional de 100% para domingos e feriados, e em setembro tivemos 2 feriados no RS. Resumindo: trabalhei (quase) o máximo que poderia, e ganhei 3 pilas antes do desconto de 27% do IR...e tenho que admitir que aquele dinheiro a mais tinha me feito muito bem! Mas já passou...
    Ah, a segunda parcela do 13º nós recebemos em dezembro.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil Empty Re: TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil

    Mensagem por Convidado Qua 16 Jan 2013, 2:14 pm

    camirecas escreveu:
    FCCOSTA escreveu:O que espanta é o maior pagamento ter ocorrido em novembro, depois da eleição.
    Mais ainda: os servidores flagrados com valores mais expressivos serem de setores que, a princípio não estariam diretamente envolvidos no grosso das atividades desse período, pois não são eles que preparam ou conduzem as sessões, não são eles que fazem a instrução e a minuta do julgamento dos recursos, enfim, não são eles que estão no olho do furacão nesse período.

    E o homem das 30 moedas, hein?
    Aprovados., voce sabia disso e não nos avisou?


    Como sou da JE preciso esclarecer alguns pontos (não querendo com isso justificar as distorções):

    1 - No mês de novembro foram pagas as horas trabalhadas em outubro (mês da eleição);
    2 - Em novembro o pessoal recebeu a segunda parcela do 13º;
    3 - Muitas das vezes o pessoal antigo (com incorporações) recebe indenizações como os quintos etc.;
    4 - As incorporações entram no cálculo do valor da hora extra;
    5 - O divisor para cálculo do valor hora extra baixou de 200 para 175 (35 h semanais), aumentando o valor referência;
    6 - O valor hora extra é acrescido ainda de 50% se dia de segunda a sábado ou de 100% se domingo ou feriado.

    Como servidor que recebeu uma merreca de hora extra, achei surreal uma pessoa ter recebido R$ 26.000,00 (e uns trocados) só de hora extra! E o limite legal? Como foi possível isso?

    Por causa de uns, outros se acabam!!!!!

    Também sou da JE.
    No Regional onde eu trabalho, o limite de HEs era de 30 horas na Secretaria e 60 nas Zonas Eleitorais.
    Para receber o valor do salário do mês só em horas extras, o servidor tem que ter trabalhado no mínimo 80 horas, se esse trabalho foi apenas em domingos e feriados ou mais de 100 se foi em dia de semana ou sábado.
    Aí eu continuo questionando, se os servidores das zonas eleitorais, no caso do meu tribunal(não sei em outros) só podiam receber 60 horas extras por mês , eles que trabalhavam com a eleição propriamente dita(candidatos, eleitores, urnas...) e os da Secretaria, que talvez pudessem ser equiparados aos do TSE, apenas 30, como é possível que servidores do TSE(não eram do TRE-DF) receberam mais de 100 horas?

    Mas poderia haver uma possível explicação: No meu tribunal, acho que talvez em todos, ocorreu no mes de novembro o pagamento de horas que foram trabalhadas em todos os meses(de julho a outubro), mas que excediam os limites destinados a Secretaria e as Zonas, tendo sido pagas apenas aquelas horas que cabiam na sobra orçamentária que ocorreu ao final do periodo eleitoral. Há que se observar, que mesmo após o pagamento dessas excedentes, muitos servidores ainda ficaram com banco de horas para compensar depois. Não sei se essa explicação é aplicável à situação do TSE, mas...
    anaviana
    anaviana
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 35
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 26/08/2012

    TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil Empty Re: TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil

    Mensagem por anaviana Qua 16 Jan 2013, 2:21 pm

    FCCOSTA escreveu:
    camirecas escreveu:
    FCCOSTA escreveu:O que espanta é o maior pagamento ter ocorrido em novembro, depois da eleição.
    Mais ainda: os servidores flagrados com valores mais expressivos serem de setores que, a princípio não estariam diretamente envolvidos no grosso das atividades desse período, pois não são eles que preparam ou conduzem as sessões, não são eles que fazem a instrução e a minuta do julgamento dos recursos, enfim, não são eles que estão no olho do furacão nesse período.

    E o homem das 30 moedas, hein?
    Aprovados., voce sabia disso e não nos avisou?


    Como sou da JE preciso esclarecer alguns pontos (não querendo com isso justificar as distorções):

    1 - No mês de novembro foram pagas as horas trabalhadas em outubro (mês da eleição);
    2 - Em novembro o pessoal recebeu a segunda parcela do 13º;
    3 - Muitas das vezes o pessoal antigo (com incorporações) recebe indenizações como os quintos etc.;
    4 - As incorporações entram no cálculo do valor da hora extra;
    5 - O divisor para cálculo do valor hora extra baixou de 200 para 175 (35 h semanais), aumentando o valor referência;
    6 - O valor hora extra é acrescido ainda de 50% se dia de segunda a sábado ou de 100% se domingo ou feriado.

    Como servidor que recebeu uma merreca de hora extra, achei surreal uma pessoa ter recebido R$ 26.000,00 (e uns trocados) só de hora extra! E o limite legal? Como foi possível isso?

    Por causa de uns, outros se acabam!!!!!

    Também sou da JE.
    No Regional onde eu trabalho, o limite de HEs era de 30 horas na Secretaria e 60 nas Zonas Eleitorais.
    Para receber o valor do salário do mês só em horas extras, o servidor tem que ter trabalhado no mínimo 80 horas, se esse trabalho foi apenas em domingos e feriados ou mais de 100 se foi em dia de semana ou sábado.
    Aí eu continuo questionando, se os servidores das zonas eleitorais, no caso do meu tribunal(não sei em outros) só podiam receber 60 horas extras por mês , eles que trabalhavam com a eleição propriamente dita(candidatos, eleitores, urnas...) e os da Secretaria, que talvez pudessem ser equiparados aos do TSE, apenas 30, como é possível que servidores do TSE(não eram do TRE-DF) receberam mais de 100 horas?

    Mas poderia haver uma possível explicação: No meu tribunal, acho que talvez em todos, ocorreu no mes de novembro o pagamento de horas que foram trabalhadas em todos os meses(de julho a outubro), mas que excediam os limites destinados a Secretaria e as Zonas, tendo sido pagas apenas aquelas horas que cabiam na sobra orçamentária que ocorreu ao final do periodo eleitoral. Há que se observar, que mesmo após o pagamento dessas excedentes, muitos servidores ainda ficaram com banco de horas para compensar depois. Não sei se essa explicação é aplicável à situação do TSE, mas...
    O pior é que, no RS, foram autorizadas apenas 10 horas-extras por servidor de Cartório no dia da eleição. Considerando que 6:30 da manhã era o horário máximo para começar, 17:30 deveria ser o horário máximo para terminar. Isso considerando que o nosso horário de almoço realmente ocuparia 1h (kkkkkkk). Com um sindicato que pareceu não dar a mínima para as nossas reclamações, só restou aos tontos trabalharem até 19, 20, 21h, em troca de folga, pq dinheiro eles não tinha sobrando para gastar com bobagens.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil Empty Re: TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil

    Mensagem por Convidado Qua 16 Jan 2013, 2:32 pm

    Outra coisa: a greve não funciona como justificativa pelo pagamento de mais horas-extras.
    1 - Provavelmente os eervidores que mais receberam horas-extras, ou seja, o estopim do escandalo, são exatamente os que não fizeram greve.
    2 - Os que fizeram greve só receberam horas-extras depois de compensarem as horas de paralização em razão da greve. Eu partipei da paralização nos dias do registro de candidatura e, por isso, não recebi quase nada de hora-extra em julho.
    Ti@go
    Ti@go
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : AJAJ
    Mensagens : 781
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 02/10/2011
    Idade : 38

    TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil Empty Re: TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil

    Mensagem por Ti@go Qua 16 Jan 2013, 2:51 pm

    Que beleza, era tudo que nós precisávamos para dar aquela ajuda na imagem do Judiciário.

    Apesar do esforço do Supremo no mensalão estar sendo reconhecido pela população, depois de uma dessa, pode largar mão.

    Creio que os valores astronômicos de horas extras se deva ao fato de as incorporações entrarem no cálculo.

    Putz até nisso somos zé oreia, kkkkk.
    camirecas
    camirecas
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : AJAAECJE
    Mensagens : 1546
    Reputação : 76
    Data de inscrição : 02/09/2012

    TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil Empty Re: TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil

    Mensagem por camirecas Qua 16 Jan 2013, 2:59 pm

    Ti@go escreveu: Que beleza, era tudo que nós precisávamos para dar aquela ajuda na imagem do Judiciário.

    Apesar do esforço do Supremo no mensalão estar sendo reconhecido pela população, depois de uma dessa, pode largar mão.

    Creio que os valores astronômicos de horas extras se deva ao fato de as incorporações entrarem no cálculo.

    Putz até nisso somos zé oreia, kkkkk.


    Very Happy Very Happy Very Happy Very Happy Very Happy

    Até nisso companheiro!!!!!!

    Por imperiosidade do trabalho o limite das horas extras poderia ser ampliado para 124.
    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8804
    Reputação : 248
    Data de inscrição : 14/07/2010

    TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil Empty Re: TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil

    Mensagem por darkshi Qua 16 Jan 2013, 3:34 pm

    Sou do TSE.
    E o que me intrigou nesta história é que dos top 50 recebedores de hora extra do tribunal, mesmo contando dos meses de setembro a novembro, nenhum é de pessoa envolvida diretamente com eleição.

    Pior, grande parte são de comissionados, requisitados ou pessoas lotadas em gabinetes.
    Brother
    Brother
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 869
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 06/05/2011

    TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil Empty Re: TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil

    Mensagem por Brother Qua 16 Jan 2013, 4:10 pm

    darkshi escreveu:Sou do TSE.
    E o que me intrigou nesta história é que dos top 50 recebedores de hora extra do tribunal, mesmo contando dos meses de setembro a novembro, nenhum é de pessoa envolvida diretamente com eleição.

    Pior, grande parte são de comissionados, requisitados ou pessoas lotadas em gabinetes.
    Infelizmente é por isso que a valorização da nossa carreira não vai pra frente, o "ouro" fica no bolso de poucos, que de forma alguma querem deixa-lo.
    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8804
    Reputação : 248
    Data de inscrição : 14/07/2010

    TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil Empty Re: TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil

    Mensagem por darkshi Qua 16 Jan 2013, 4:19 pm

    Brother escreveu:
    darkshi escreveu:Sou do TSE.
    E o que me intrigou nesta história é que dos top 50 recebedores de hora extra do tribunal, mesmo contando dos meses de setembro a novembro, nenhum é de pessoa envolvida diretamente com eleição.

    Pior, grande parte são de comissionados, requisitados ou pessoas lotadas em gabinetes.
    Infelizmente é por isso que a valorização da nossa carreira não vai pra frente, o "ouro" fica no bolso de poucos, que de forma alguma querem deixa-lo.

    Vejo pior.
    Nossa carreira não é valorizada justamente pq aqueles que tem mais "status" dentro de nosso poder já estão com salários equiparados com das carreiras tops.

    É de chorar ao ver que tem "amigos de amigos" tirando 40k mês (lembrando que hora extra não é abatido pelo teto). E quando os peões aqui estão ralando para fazer a eleição acontecer, e estão tirando entre 6k-8k em média.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil Empty Re: TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil

    Mensagem por Convidado Qui 17 Jan 2013, 10:15 am

    Só por curiosidade, no meio do debate.

    É sabido que a Justiça Eleitoral trabalha pouco em anos sem eleição, e trabalha MUITO nos anos com eleição.

    Não haveria outros métodos para simplificar e otimizar os processos de forma a gerenciar melhor esta carga de trabalho e tornar o funcionamento da referida justiça mais igualitário durante o ano, sem a necessidade desta despesa extra aos cofres públicos?
    camirecas
    camirecas
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : AJAAECJE
    Mensagens : 1546
    Reputação : 76
    Data de inscrição : 02/09/2012

    TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil Empty Re: TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil

    Mensagem por camirecas Qui 17 Jan 2013, 10:51 am

    josebarbos escreveu:Só por curiosidade, no meio do debate.

    É sabido que a Justiça Eleitoral trabalha pouco em anos sem eleição, e trabalha MUITO nos anos com eleição.

    Não haveria outros métodos para simplificar e otimizar os processos de forma a gerenciar melhor esta carga de trabalho e tornar o funcionamento da referida justiça mais igualitário durante o ano, sem a necessidade desta despesa extra aos cofres públicos?

    jose,

    na verdade a coisa se modificou muito. Essa questão de em anos sem eleição a JE trabalhar pouco, hoje é falácia. Com a judicalização da eleição, a falta de servidores efetivos nos cartórios e a falta de estrutura de muitas zonas pelo país afora, o trabalho ficou puxado. A preparação de uma eleição começa no ano sem eleição. Já os processos começam a correr justamente após a eleição.
    Cuidar do cadastro eleitoral (atendendo eleitor), fiscalização do cadastro (fazendo revisões eleitorais, correições, verificação in loco), da parte processual (tudo hoje vira processo na JE) e a todo momento parar o serviço para cumprir metas, prazos e/ou emitir relatórios, assédio de juiz, é complicado para apenas dois servidores (quando um não está de férias, folga) em uma zona eleitoral encarregada de até 4 municípios. Isso quando o zoneamento é bem feito. A realidade do sul/sudeste pode até ser diferente, mas na maioria é duro.
    Os partidos/candidatos agora tudo querem processar. Até o comprovante de residência apresentado pelo eleitor em uma simples transferência de localidade vira processo. É processo que não acaba mais. Perdem no voto mas querem ganhar na justiça!
    É surreal para um servidor dá conta de tudo dentro de um cartório eleitoral hoje. Ainda por cima agora tendo que tomar conta de Fórum Eleitoral.
    A sede sempre cobra, o interior que dê seus pulos.
    A carga de trabalho com isso sempre é extrapolada. Não tem otimização certa sem gente. O caminho é contratar. Pela lei apenas 2 servidores (1 analista e 1técnico)podem compor uma zona. Precisa-se urgentemente alterar a lei.
    Cada eleição é uma eleição. São n fatores envolvidos e o eleitorado sempre muda. Apesar de acontecer de 2 em 2 anos, como envolve vários entes, não só a JE, é complicado. A unificação das eleições seria uma saída, mas...
    Precisamos nos unir e com os sindicatos melhorarmos a categoria, caso contrário...
    avatar
    Convidado
    Convidado

    TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil Empty Re: TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil

    Mensagem por Convidado Qui 17 Jan 2013, 10:58 am

    josebarbos escreveu:Só por curiosidade, no meio do debate.

    É sabido que a Justiça Eleitoral trabalha pouco em anos sem eleição, e trabalha MUITO nos anos com eleição.

    Não haveria outros métodos para simplificar e otimizar os processos de forma a gerenciar melhor esta carga de trabalho e tornar o funcionamento da referida justiça mais igualitário durante o ano, sem a necessidade desta despesa extra aos cofres públicos?

    Acho que o problema aí fica por conta dos prazos eleitorais, que tem início e fim... E são curtíssimos (às vezes até de horas).

    Sou do MPU, mas já trabalhei aqui mesmo no MPU com o Procurador Eleitoral, e vi que as coisas andam rápido no âmbito eleitoral.

    Mas isso também tem jeito: Bastava "melhorar" o calendário eleitoral, como por exemplo, antecipar as prévias, registros de candidaturas e aumentar os prazos de recursos.
    Pauloabsoares
    Pauloabsoares
    Novo Usuário

    Mensagens : 22
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 26/04/2012

    TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil Empty Re: TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil

    Mensagem por Pauloabsoares Qui 24 Jan 2013, 3:50 pm


    Lista dos servidores do TSE que receberam horas extras de junho a dezembro, ordenado pelo total recebido:
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    khnofre
    khnofre
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 31
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 30/01/2013

    TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil Empty Re: TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil

    Mensagem por khnofre Sab 02 Fev 2013, 4:51 pm


    Esse é o problema. Cheguei a trabalhar 12 num único dia, trabalhei mais que as 44h extras legais. Resultado: S´são computadas as 2 HE excedentes por dia o resto é perdido nempro bco vai (0800). O acumulado mes é de 44 horas, trabalhei 53 horas em outubro e as 9hs que ultrapassei tb foi a (0800). Pra concluir: s´recebir R$1.200, me arrobei de trabalhar, coisa de doido...Aliás pra quem vai fazer concurso pro TRE cuidado com A PROPAGANDA ENGANOSA DE QUE SÓ TRABALHA DE 2 EM 2 ANOS. Ano de eleição trabalha-se mais quem empresa privada é uma escravidão remunerada, mta pressão, coisa de FDP. Muito neguinho perd ea muié nesse período (ponta) pq fica fulltime no Cartório.Tb quem tem chance de tirar uma Licença médica sempre aproveita esse períódo

    camirecas escreveu:
    FCCOSTA escreveu:O que espanta é o maior pagamento ter ocorrido em novembro, depois da eleição.
    Mais ainda: os servidores flagrados com valores mais expressivos serem de setores que, a princípio não estariam diretamente envolvidos no grosso das atividades desse período, pois não são eles que preparam ou conduzem as sessões, não são eles que fazem a instrução e a minuta do julgamento dos recursos, enfim, não são eles que estão no olho do furacão nesse período.

    E o homem das 30 moedas, hein?
    Aprovados., voce sabia disso e não nos avisou?


    Como sou da JE preciso esclarecer alguns pontos (não querendo com isso justificar as distorções):

    1 - No mês de novembro foram pagas as horas trabalhadas em outubro (mês da eleição);
    2 - Em novembro o pessoal recebeu a segunda parcela do 13º;
    3 - Muitas das vezes o pessoal antigo (com incorporações) recebe indenizações como os quintos etc.;
    4 - As incorporações entram no cálculo do valor da hora extra;
    5 - O divisor para cálculo do valor hora extra baixou de 200 para 175 (35 h semanais), aumentando o valor referência;
    6 - O valor hora extra é acrescido ainda de 50% se dia de segunda a sábado ou de 100% se domingo ou feriado.

    Como servidor que recebeu uma merreca de hora extra, achei surreal uma pessoa ter recebido R$ 26.000,00 (e uns trocados) só de hora extra! E o limite legal? Como foi possível isso?

    Por causa de uns, outros se acabam!!!!!
    avatar
    Convidado
    Convidado

    TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil Empty Re: TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil

    Mensagem por Convidado Sab 02 Fev 2013, 7:22 pm

    khnofre escreveu:
    Esse é o problema. Cheguei a trabalhar 12 num único dia, trabalhei mais que as 44h extras legais. Resultado: S´são computadas as 2 HE excedentes por dia o resto é perdido nempro bco vai (0800). O acumulado mes é de 44 horas, trabalhei 53 horas em outubro e as 9hs que ultrapassei tb foi a (0800). Pra concluir: s´recebir R$1.200, me arrobei de trabalhar, coisa de doido...Aliás pra quem vai fazer concurso pro TRE cuidado com A PROPAGANDA ENGANOSA DE QUE SÓ TRABALHA DE 2 EM 2 ANOS. Ano de eleição trabalha-se mais quem empresa privada é uma escravidão remunerada, mta pressão, coisa de FDP. Muito neguinho perd ea muié nesse período (ponta) pq fica fulltime no Cartório.Tb quem tem chance de tirar uma Licença médica sempre aproveita esse períódo

    camirecas escreveu:
    FCCOSTA escreveu:O que espanta é o maior pagamento ter ocorrido em novembro, depois da eleição.
    Mais ainda: os servidores flagrados com valores mais expressivos serem de setores que, a princípio não estariam diretamente envolvidos no grosso das atividades desse período, pois não são eles que preparam ou conduzem as sessões, não são eles que fazem a instrução e a minuta do julgamento dos recursos, enfim, não são eles que estão no olho do furacão nesse período.

    E o homem das 30 moedas, hein?
    Aprovados., voce sabia disso e não nos avisou?


    Como sou da JE preciso esclarecer alguns pontos (não querendo com isso justificar as distorções):

    1 - No mês de novembro foram pagas as horas trabalhadas em outubro (mês da eleição);
    2 - Em novembro o pessoal recebeu a segunda parcela do 13º;
    3 - Muitas das vezes o pessoal antigo (com incorporações) recebe indenizações como os quintos etc.;
    4 - As incorporações entram no cálculo do valor da hora extra;
    5 - O divisor para cálculo do valor hora extra baixou de 200 para 175 (35 h semanais), aumentando o valor referência;
    6 - O valor hora extra é acrescido ainda de 50% se dia de segunda a sábado ou de 100% se domingo ou feriado.

    Como servidor que recebeu uma merreca de hora extra, achei surreal uma pessoa ter recebido R$ 26.000,00 (e uns trocados) só de hora extra! E o limite legal? Como foi possível isso?

    Por causa de uns, outros se acabam!!!!!

    Pois é, por causa de uns, outros se ferram.
    É visível que o calendário eleitoral, bem como a estrutura que lhe foi disponibilizada é sacanagem para não funcionar direito.
    A justiça eleitoral, até pela fama que tem de pouco trabalhar, o que qualquer pessoa de mínimo bom senso sabe que não condiz, é o famoso concurso com péssimo "custo/benefício". Tem que se matar de estudar, uma carga específica bastante alta que, não passando, joga no lixo até o próximo concurso e, no nível de preparação necessário para consegui-la, tem um salário e retribuição de trabalho que não compensam muito.
    AnalistaJE
    AnalistaJE
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 730
    Reputação : 9
    Data de inscrição : 06/07/2010

    TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil Empty Re: TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil

    Mensagem por AnalistaJE Ter 05 Fev 2013, 6:53 pm

    Pauloabsoares escreveu:
    Lista dos servidores do TSE que receberam horas extras de junho a dezembro, ordenado pelo total recebido:
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    O que eu não entendo é que um colega meu me falou que trabalhou de manhã, tarde, noite, madrugada e conseguiu, no máximo, R$ 10K em um mês...E olha que ele possui uma VPNI bem recheada...

    Sem querer cair na tentação de criticar por criticar, olhando a relação dessa planilha, dá para ver claramente setores que, nem de longe, deveriam ter autorização para serviço extraordinário em período eleitoral.

    Conteúdo patrocinado

    TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil Empty Re: TSE gasta R$ 3,8 mi em hora extra em um mês e paga a servidor até R$ 64 mil

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter 28 Set 2021, 1:01 pm