PCS JÁ

PCS JÁ



    Tópico Geral

    avatar
    VN
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 783
    Reputação : 18
    Data de inscrição : 07/07/2010

    Tópico Geral Empty Tópico Geral

    Mensagem por VN Sex 14 Fev 2014, 4:35 pm

    The Punisher escreveu:Cacildis !!! GAJ 190? Chamem a polícia!
    Resta saber se o povo do fórum vai, de novo, cair no papo dos sindicanalhas...
    Só no forevis.

    rsrs... é uma piada mesmo. Daqui a pouco irão colocar as tabelas, ai a galera fica doida.
    Digoturbinado
    Digoturbinado
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 957
    Reputação : 17
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Digoturbinado Sex 14 Fev 2014, 4:39 pm

    Olhei o histórico de Nelleus-DF.
    Ele não fez trollagens.
    fabiomodel
    fabiomodel
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1059
    Reputação : 10
    Data de inscrição : 14/08/2010

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por fabiomodel Sex 14 Fev 2014, 4:40 pm

    Eu acho a proposta  E X C E L E N T E. Se os sindicatos realmente se mobilizarem por isso será ótimo, já que eram irredutíveis com o VB até outrora. Há muito que falo que reajuste na GAJ é a melhor alternativa: todos têm reajuste, não aumenta GAE/GAS e diminui, proporcionalmente, as incorporações (já que aumenta somente os salários).

    Nunca haverá uma proposta que agrade a todos. Antigos não querem subsídio, novos não querem VB e ninguém quer GD pelo risco de metas abusivas. A melhor alternativa para todos é a GAJ, e numa GAJ de 190% a carreira ficaria excelente, no mesmo patamar do subsídio. O governo que proponha o subsídio, se quiser.
    avatar
    VN
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 783
    Reputação : 18
    Data de inscrição : 07/07/2010

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por VN Sex 14 Fev 2014, 4:44 pm

    O problema é que o governo nunca irá aprovar uma gaj de 190%.
    Digoturbinado
    Digoturbinado
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 957
    Reputação : 17
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Digoturbinado Sex 14 Fev 2014, 4:46 pm

    Procede a informação sobre GAMPU 190%

    [É necessário estar registrado e conectado para poderes ver esta hiperligação]
    titanium
    titanium
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Cargo : TJTI
    Mensagens : 114
    Reputação : 4
    Data de inscrição : 18/10/2012

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por titanium Sex 14 Fev 2014, 4:49 pm

    fabiomodel escreveu:Eu acho a proposta  E X C E L E N T E. Se os sindicatos realmente se mobilizarem por isso será ótimo, já que eram irredutíveis com o VB até outrora. Há muito que falo que reajuste na GAJ é a melhor alternativa: todos têm reajuste, não aumenta GAE/GAS e diminui, proporcionalmente, as incorporações (já que aumenta somente os salários).

    Nunca haverá uma proposta que agrade a todos. Antigos não querem subsídio, novos não querem VB e ninguém quer GD pelo risco de metas abusivas. A melhor alternativa para todos é a GAJ, e numa GAJ de 190% a carreira ficaria excelente, no mesmo patamar do subsídio. O governo que proponha o subsídio, se quiser.

    Justamente!!
    Com a tal SuperGAJ (se realmente for Proposta pelo sindicato e houver empenho), teríamos uma boa reposição das perdas inflacionárias.

    Gente, temos que batalhar pela reposição o quanto antes!! Pois quanto mais aumenta esse débito do governo conosco, menor as chances de conseguirmos ver essa grana novamente!
    Então acho que, COMO MEDIDA EMERGENCIAL, a SuperGAJ é uma boa!
    Mas temos que batalhar isso pra 2014, ainda!!
    Quem sabe para o 2º semestre??


    Bom, e EM PARALELO vamos batalhando a aprovação de uma Nova forma remuneratória...

     Smile 
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Sex 14 Fev 2014, 4:49 pm

    A Fenajufe almeja proteger os incorporados e manter-nos no congelamento salarial por mais alguns anos!






    Última edição por VANDER DE PAULA em Sex 14 Fev 2014, 5:17 pm, editado 1 vez(es)
    fabiomodel
    fabiomodel
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1059
    Reputação : 10
    Data de inscrição : 14/08/2010

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por fabiomodel Sex 14 Fev 2014, 4:51 pm

    Isso é outra história. Se tiver apoio da maioria dos servidores já será meio caminho andado.

    VN escreveu:O problema é que o governo nunca irá aprovar uma gaj de 190%.
    titanium
    titanium
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Cargo : TJTI
    Mensagens : 114
    Reputação : 4
    Data de inscrição : 18/10/2012

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por titanium Sex 14 Fev 2014, 4:52 pm

    VN escreveu:O problema é que o governo nunca irá aprovar uma gaj de 190%.

    Agora fiquei curioso.... Para chegarmos aos 190% de aumento, daria QUANTO de Impacto na Folha do PJU???

    Será que seria uma porcentagem muito grande?
    Com a Gajinha conseguimos transformar 15% em 30%....

     Question 


    Maisquevencedor
    Maisquevencedor
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3003
    Reputação : 25
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Maisquevencedor Sex 14 Fev 2014, 4:55 pm

    ...


    Última edição por Maisquevencedor em Sex 14 Fev 2014, 5:55 pm, editado 1 vez(es)
    fabiomodel
    fabiomodel
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1059
    Reputação : 10
    Data de inscrição : 14/08/2010

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por fabiomodel Sex 14 Fev 2014, 4:57 pm

    O reajuste, na prática, deve ser por volta de 50%, mas também acho que o impacto seja bem menor que isso, talvez cerca de 30%, tendo como base o reajuste dos 15%. Como estão falando em 36% de perdas, o impacto ainda seria menor que a inflação.

    titanium escreveu:
    VN escreveu:O problema é que o governo nunca irá aprovar uma gaj de 190%.

    Agora fiquei curioso.... Para chegarmos aos 190% de aumento, daria QUANTO de Impacto na Folha do PJU???

    Será que seria uma porcentagem muito grande?
    Com a Gajinha conseguimos transformar 15% em 30%....

     Question 


    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Sex 14 Fev 2014, 5:15 pm

    VN escreveu:O problema é que o governo nunca irá aprovar uma gaj de 190%.




    FENAJUFE VAI APRESENTAR PROPOSTA DE GAJ 190%: O OBJETIVO É OBTER A RECUSA DO GOVERNO, MANTENDO-NOS NO CONGELAMENTO SALARIAL POR MAIS ALGUNS ANOS!
    ENTENDA A PROPOSTA QUE PROTEGE INCORPORADOS!

    Em uma manobra engana-trouxa/sorriso-do-vampiro para cima dos servidores, a Fenajufe faz mais uma artimanha para continuarem os privilégios dos incorporados, sem que haja solução definitiva para os salários arroxados dos servidores: a proposta da GAJ 190% ou Super-GAJ.

    E o que é mais 'alvissareiro' é que certamente o Governo irá RECUSAR tal proposta, reeditando as recusas que já conhecemos!

    Não vai ter jeito: DESFILIAÇÃO EM MASSA JÁ!
    Não somos trouxas! Ou somos?

    ENTENDA A PROPOSTA:
    Em número a proposta vai iludir muita gente! Veja:

    Um salário real:
    VB = R$ 3565,00
    GAJ EM JANEIRO 2015 SERÁ DE 95% DO VB > R$ 3.386,00

    PELA PROPOSTA DA FENAJUFE DE SUPERGAJ EM JAN 2015 : 1,9 X VB = R$ 6.773,50

    DIFERENÇA (OU SEJA GANHO PARA REPOR A INFLAÇÃO) = R$ 3.387,50

    CONCLUSÃO: A PROPOSTA DA FENAJUFE É PRATICAMENTE DOBRAR O VALOR DA SUA GAJ .
    - PEGUE O VALOR DO SEU VB (VENCIMENTO BÁSICO)
    - GAJ EM JANEIRO 2015: MULTIPLIQUE ESSE VB POR 0,95
    - AGORA DOBRE O VALOR DESSA GAJ

    Quem tem maior salário, tem maior GAJ, e ao dobrá-la mantém disparidade salarial.
    Se um servidor tem GAJ de R$ 3 mil, ao dobrá-la terá GAJ de R$ 6 mil.
    Outro servidor que tem GAJ de R$ 5 mil, ao dobrá-la terá GAJ de R$ 10 mil.

    Trabalhando com PORCENTAGENS (PROPORÇÕES) se favorece a disparidade salarial, E AINDA não mexe nas vantagens dos incorporados! É isso que a Fenajufe quer!

    Tudo isso o Governo já sabe, já está ciente dessas manobras para proteger incorporados, alçando-os a salários cada vez mais altos, mais altos até que os salários dos próprios magistrados!

    Portanto, trata-se de mais uma manobra da Fenajufe apta a SER RECUSADA PELO GOVERNO, mantendo-nos no congelamento salarial por mais alguns anos!

    CONTRA ESSAS MEDIDAS PALIATIVAS E ENGANOSAS DA FENAJUFE, VAMOS REAGIR: DESFILIAÇÃO JÁ!


    <
    Najla
    Najla
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 4436
    Reputação : 50
    Data de inscrição : 07/08/2010

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Najla Sex 14 Fev 2014, 6:28 pm

    Essa proposta NÃO é da Fenajufe.
    É do Sinasempu.


    _________________
    Não espere por ninguém. Faça a sua parte.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Sex 14 Fev 2014, 6:45 pm

    Nelleus-DF escreveu:Vem aí a nova proposta de PCS do Judiciário e do MPU: 190% da GAJ e GAMPU para janeiro de 2015. Aguardem...



    Acho difícil ser somente do Sinasempu!
    Amanhã vem a nota da Fenajufe...

    A menos que a Fenajufe volte atrás; com
    a velocidade da informação pela internet,
    não deu nem tempo dos sindicalistas contarem as mentirinhas
    para "preparar" o povo!
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Sex 14 Fev 2014, 6:50 pm

    corujito escreveu:SuperGAJ é a proposta, sim. Confirmo o boato

    segundo a Fenajufe essa proposta vai gerar consenso na catiguria.

    vamos ver



    Essa proposta vai iludir muita gente!
    Em ano eleitoral iludir é uma boa estratégia.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Sex 14 Fev 2014, 7:55 pm

    Para ficar boa essa supergaj teria que ser em cima do maior vencimento do cargos para todos os servidores, e absorver as VPNIs, ou seja supomos que o reajuste na GAJ em valores seja de 3000,00,
    e o servidor tem 1000,00 de VPNIs, essa é absorvida pelo reajuste da GAJ e ele terá reajuste de 2000,00.
    Dessa forma as distorções são corrigidas, diminui-se o impacto financeiro e dá perspectivas de aprovação.
    Mestre dos Magos!
    Mestre dos Magos!
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 4045
    Reputação : 396
    Data de inscrição : 08/07/2010

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Mestre dos Magos! Sex 14 Fev 2014, 9:11 pm

    GAJ-GAMPU.

    (Que venha ...). A "catiguria" está em pedaços, triturada. STF, STJ, TSE (e agora) TST tentando se desgarrar (e não duvido, diga-se!). Já não bastasse isso, internamente o caos tá instalado. A discussão sobre o modelo remuneratório vai ter que ocorrer seriamente (queira sindicatos ou não).

    Entretanto, em virtude de um ano curto (alôoo, as contas não esperam!), creio ser válida uma proposta de aumento na GAJ/GAMPU. Feito isso, teremos fôlego orçamentário para aí sim arrumar alguns quilos de sabão em pó, detergente e água sanitária e fazer uma "lavagem de roupa" para a definição/discussão do modelo remuneratório, que, frise-se, vai ter que atingir as famigeradas VPNI's. Não tem jeito cumpadi!

    Segue o cortejo!
    pimabr
    pimabr
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 41
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 15/01/2014

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por pimabr Sex 14 Fev 2014, 9:41 pm

    O Governo adora cortar e parcelar... Se pedir 190%, vão dar uns 170, e talvez dividido em 2 ou 3 anos.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Sex 14 Fev 2014, 10:07 pm

    lcdol escreveu:Para ficar boa essa supergaj teria que ser em cima do maior vencimento do cargos para todos os servidores, e absorver as VPNIs, ou seja supomos que o reajuste na GAJ em valores seja de 3000,00,
    e o servidor tem 1000,00 de VPNIs, essa é absorvida pelo reajuste da GAJ e ele terá reajuste de 2000,00.
    Dessa forma as distorções são corrigidas, diminui-se o impacto financeiro e dá perspectivas de aprovação.


    A FÓRMULA IDEAL DE REMUNERAÇÃO DOS SERVIDORES!
    FENAJUFE: VÊ SE APRENDE DE UMA VEZ POR TODAS!


    Sindicalista do Sindjus disse que está pensando desde 2010 em uma fórmula salarial que agrade a MAIORIA!

    Vamos ensinar a ele!

    Mas antes, apresentamos um comentário sobre esse proposta enganosa da Fenajufe/Sinasempu, que certamente será RECUSADA pelo Governo, condenando-nos a mais alguns anos de congelamento salarial.

    Essa proposta da superGAJ NÃO é boa, pois ao DOBRAR a GAJ de janeiro de 2015 aumentará a DISPARIDADE SALARIAL.

    Dobrar significa aplicar 100% sobre ela.

    E quando aplica PORCENTAGEM sobre uma parcela, AUMENTA A DISPARIDADE.

    Quem já ganha muito, vai ganhar muito mais!

    Se um servidor ganha R$ 4 mil A MAIS QUE EU, aplicando 100% ele passará a ganhar R$ 8 mil a mais que eu!

    Se a minha GAJ é R$ 2 mil e a dele é R$ 6 mil, aplicando 100%, eu ganharei R$ 4 mil e ele ganhará R$ 12 mil, DIFERENÇA AUMENTOU DE R$ 4 mil para R$ 8 mil.

    Porcentagem aumenta a diferença em valores absolultos, aumenta a disparidade!

    A solução é transformar o vencimento em parcela ÚNICA, escalonado em uma EXCELENTE tabela salarial, com POUCA DIFERENÇA entre o primeiro e o último nível, e com TETO salarial que seja igual ao subsídios dos magistrados (R$ 24 mil). ISSO SE CHAMA SUBSÍDIO!

    Quem ganha mais que esse TETO, não perderia nada, continuaria ganhando o que já ganha!

    E quando viesse reajuste no futuro, seria feita UMA NOVA TABELA, NUNCA APLICANDO PORCENTAGENS SOBRE OS VALORES, e aplica as mesmas regras sobre essa NOVA TABELA:

    (i) TETO do último nível sendo IGUAL o subsídio dos magistrados;

    (ii) pouca diferença entre o primeiro e o último nível da carreira;

    (iii) quem porventura ganhar mais que o teto (subsídio dos magistrados) continuaria ganhando o que já ganha!

    Assim, a MAIORIA estará sempre ganhando bem, a carreira sendo VALORIZADA, estaríamos seguindo de perto os subsídios dos magistrados (até porque há lei que impede ganhar mais que os magistrados, sob pena de quebra de hierarquia), lembrando que os subsídios dos magistrados segue os subsídios dos Ministros dos STF, sendo 92,5% deste. Ou seja, o teto do analista seria 92,5% dos subsídios dos Ministros do STF, hoje sonho de muitas carreiras ´tops´ do funcionalismo público!

    Aprendeu sindicalista?
    Tópico Geral Chaves
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Sex 14 Fev 2014, 10:46 pm

    SOBRE ESSA DISCUSSÃO INÚTIL E PERIGOSA DE TELETRABALHO

    Depoimento de uma servidora:


    "Já trabalhei em casa por um período, mas não funcionou. Eu não sou apegada a rotinas, então não tinha um horário fixo para começar e muito menos para parar. Até que me peguei trocando o dia pela noite.


    Perdia muito tempo dispersa na Internet, coisa que, trabalhando na unidade, não se faz.

    Perdi contato com colegas, da minha unidade e do tribunal como um todo.

    Estava sempre alienada em relação ao que ocorria na unidade, o que me fragilizava.

    Outra coisa: quem trabalha em casa tem menos chances de ser lembrado para uma promoção. Ja
    dizia meu pai: quem não é visto não é lembrado.

    E, no meu caso, que moro sozinha, fui relaxando totalmente com a parte pessoal. Do mesmo jeito que saía da cama sentava na mesa e ia trabalhar. Como era bom andar de pijama, comecei a ter preguiça de vestir roupa normal pra sair de casa. Evitava ao máximo sair e com isso parei de correr e de ir à academia. Até que percebi estar evitando a vida social porque a casa tornou-se meu mundo.


    Pra mim não funcionou, hoje trabalho só no gabinete, mas gosto de saber que tenho a possibilidade para um dia em que for necessário. Ao contrário de mim, todos os meus colegas trabalham em casa 4 dias por semana (sem contar os finais de semana, claro). Mas eles fazem questão ou porque tem filhos pequenos ou porque estudam para concurso e preferem ter liberdade de horário."


    Meu comentário:

    Seu depoimento deveria ser enviado a todos os sindicalistas para que acordem sobre essa questão, e os perigos ocultos do teletrabalho!

    Venho alertando há tempos sobre isso: teletrabalho é a pior coisa que pode ocorrer em relação ao trabalho que hoje executamos, depois do arroxo salarial.

    O que permite separar vida e trabalho é justamente essa rotina de se deslocar e realizar o trabalho em um ambiente específico e social!


    <
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Sex 14 Fev 2014, 11:08 pm

    Vim só me despedir e aproveito para dizer umas palavras.
    Apóio a quebra da carreira. Carreira unificada é bobagem, quanto menor a carreira melhor para se conseguir aumento. Não tenham medo da ruptura.
    Apóio que cada Tribunal lute pelos seus servidores, resolva o seu problema de evasão e qualidade de pessoal.
    Os sindicatos já estão aí querendo ressuscitar o 6613. Sem comentários! :X PQP!
    Não acreditem em tabelas mirabolantes, 15 mil pra técnico, 23 mil pra analista com aumento no VB e na GAJ. Fazem isso para manobrar os novos.
    Subsídio ou GD é a única saída pra essa carreira.
    Lutem contra o inchaço da carreira.
    Aliás, mudem essa atual direção do sindicato, caso contrário o buraco é o limite.
    O Judiciário precisa investir mais, muito mais, em TI e não entupir as Varas de pessoas para atender às filas. Estão enxugando gelo! É revoltante o amadorismo.
    Felicidades!

    Admin, favor excluir meu usuário.

    P.S.: ex-concurseiro, aprovado no concurso de Auditor Federal de Controle Externo - TCU
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Sex 14 Fev 2014, 11:24 pm

    Flint escreveu:Vim só me despedir e aproveito para dizer umas palavras.
    Apóio a quebra da carreira. Carreira unificada é bobagem, quanto menor a carreira melhor para se conseguir aumento. Não tenham medo da ruptura.
    Apóio que cada Tribunal lute pelos seus servidores, resolva o seu problema de evasão e qualidade de pessoal.
    Os sindicatos já estão aí querendo ressuscitar o 6613. Sem comentários! :X PQP!
    Não acreditem em tabelas mirabolantes, 15 mil pra técnico, 23 mil pra analista com aumento no VB e na GAJ. Fazem isso para manobrar os novos.
    Subsídio ou GD é a única saída pra essa carreira.
    Lutem contra o inchaço da carreira.
    Aliás, mudem essa atual direção do sindicato, caso contrário o buraco é o limite.
    O Judiciário precisa investir mais, muito mais, em TI e não entupir as Varas de pessoas para atender às filas. Estão enxugando gelo! É revoltante o amadorismo.
    Felicidades!

    Admin, favor excluir meu usuário.

    P.S.: ex-concurseiro, aprovado no concurso de Auditor Federal de Controle Externo - TCU


    Parabéns Flint pela nova conquista!

    Por acaso sou o primeiro a despedir de você, grande condutor deste Forum.
    Sucesso na nova carreira!
    Apareça por aqui para nos informar 'do que estamos perdendo' em carreiras organizadas e valorizadas.
    Um grande abraço.


    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Sex 14 Fev 2014, 11:39 pm

    Pelo andar da carruagem este ano será um ano perdido.
    Vamos no máximo emplacar outros 5%.


    Última edição por VANDER DE PAULA em Sab 15 Fev 2014, 1:48 am, editado 1 vez(es)
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Sab 15 Fev 2014, 12:06 am

    ZE COMEIA escreveu:GAJ-GAMPU.

    (Que venha ...). A "catiguria" está em pedaços, triturada. STF, STJ, TSE (e agora) TST tentando se desgarrar (e não duvido, diga-se!). Já não bastasse isso, internamente o caos tá instalado. A discussão sobre o modelo remuneratório vai ter que ocorrer seriamente (queira sindicatos ou não).

    Entretanto, em virtude de um ano curto (alôoo, as contas não esperam!), creio ser válida uma proposta de aumento na GAJ/GAMPU. Feito isso, teremos fôlego orçamentário para aí sim arrumar alguns quilos de sabão em pó, detergente e água sanitária e fazer uma "lavagem de roupa" para a definição/discussão do modelo remuneratório, que, frise-se, vai ter que atingir as famigeradas VPNI's. Não tem jeito cumpadi!

    Segue o cortejo!



    Acho que é uma luta inglória; o Governo quase negou 5% para a Gaj, será que mudará de ideia agora e dará 100%?
    E dará fôlego para incorporado suportar depois mais muito tempo de congelamento!
    Anaju99
    Anaju99
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Analista Judiciário
    Mensagens : 560
    Reputação : 4
    Data de inscrição : 25/08/2011
    Idade : 52
    Localização : Porto Alegre

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Anaju99 Sab 15 Fev 2014, 11:47 am

    Boa tarde!

    É fato que nossa remuneração está defasada;
    É fato que perdemos momento de bom reajuste graças a quem escondeu as propostas e impediu a discussão com toda a categoria;
    É fato que o Governo ofereceu reajuste bom com mudança do modelo remuneratório;
    É fato que a insistência no modelo remuneratório atual apresenta-se como impecilho de aumento para toda a categoria;
    Todavia, também é fato que a discussão sobre tal mudança não é tão simples e nem tão celere e que, infelizmente, o tempo corre contra nós.

    Assim, como referiu o Zé, parece que, emergencialmente, possa ser feito um reajuste para amenizar as perdas, não com a mudança necessária, mas sobre a GAJ, que, apesar de não resolver o problemas das distorções, não eleva as distorções.

    Mas tem um problema, o Governo vai querer fonte de receita. Bem, de modo a amenizar as distorções, sem mexer na ferida diretamente, no momento, sugiro o seguinte:

    - aumento sobre a GAJ;
    - redução da opção de FC ou CJ para 45%;
    - quem recebe VPNI e ocupar FC ou CJ terá a opção reduzida para 30%, pois já recebe incorporação;
    - quem recebe GAS ou GAE, se receber FC ou CJ não poderá acumular, deverá optar por um ou outro.

    Creio que com tais sugestões reduzimos o impacto financeiro, apresentando boa parte da receita para o reajuste e amenizamos as ditorções, sem mexer diretamente na VPNI, no momento.

    Abraço,


    ZE COMEIA escreveu:GAJ-GAMPU.

    (Que venha ...). A "catiguria" está em pedaços, triturada. STF, STJ, TSE (e agora) TST tentando se desgarrar (e não duvido, diga-se!). Já não bastasse isso, internamente o caos tá instalado. A discussão sobre o modelo remuneratório vai ter que ocorrer seriamente (queira sindicatos ou não).

    Entretanto, em virtude de um ano curto (alôoo, as contas não esperam!), creio ser válida uma proposta de aumento na GAJ/GAMPU. Feito isso, teremos fôlego orçamentário para aí sim arrumar alguns quilos de sabão em pó, detergente e água sanitária e fazer uma "lavagem de roupa" para a definição/discussão do modelo remuneratório, que, frise-se, vai ter que atingir as famigeradas VPNI's. Não tem jeito cumpadi!

    Segue o cortejo!
    Mestre dos Magos!
    Mestre dos Magos!
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 4045
    Reputação : 396
    Data de inscrição : 08/07/2010

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Mestre dos Magos! Sab 15 Fev 2014, 12:20 pm

    Flint escreveu:Vim só me despedir e aproveito para dizer umas palavras.
    Apóio a quebra da carreira. Carreira unificada é bobagem, quanto menor a carreira melhor para se conseguir aumento. Não tenham medo da ruptura.
    Apóio que cada Tribunal lute pelos seus servidores, resolva o seu problema de evasão e qualidade de pessoal.
    Os sindicatos já estão aí querendo ressuscitar o 6613. Sem comentários! :X PQP!
    Não acreditem em tabelas mirabolantes, 15 mil pra técnico, 23 mil pra analista com aumento no VB e na GAJ. Fazem isso para manobrar os novos.
    Subsídio ou GD é a única saída pra essa carreira.
    Lutem contra o inchaço da carreira.
    Aliás, mudem essa atual direção do sindicato, caso contrário o buraco é o limite.
    O Judiciário precisa investir mais, muito mais, em TI e não entupir as Varas de pessoas para atender às filas. Estão enxugando gelo! É revoltante o amadorismo.
    Felicidades!

    Admin, favor excluir meu usuário.

    P.S.: ex-concurseiro, aprovado no concurso de Auditor Federal de Controle Externo - TCU

    Parabéns, Flint.  cheers  Sério mesmo. Desejo SUCESSO nessa nova empreitada de sua vida. Sei que pra chegar aí foram muitas horas de HBC (horas bunda/cadeira).

    Sabe essa sua assinatura aqui no fórum? "Invista na carreira. Estude". Sim, essa frase cara mudou MUITO meu modo de pensar e agir, com reflexos DIRETOS na minha vida profissional. Depois dela, voltei aos estudos e já obtive êxito. Enquanto estou como AJAJ continuarei lutando pela valorização da carreira, mas sem deixar os estudos de lado. Hoje tô tentando conciliar estudos pra concurso, serviço e pós-graduação. Tá "flórida". Mas, sacumé. Não nasci rico.. kkk

    Quando o tempo fechar e pensarmos em desistir é só lembrar de uma frase do Charlie Brown "o impossível é só questão de opinião".

    Você achou que era possível, foi lá e fez. Parabéns meeeeeeeeeeeesmo!!!


    Segue o cortejo!
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Sab 15 Fev 2014, 2:17 pm


    Valeu Zé Colmeia, Vander e demais colegas.

    Que bom que essa frase possa ter alcançado e influenciado alguém de alguma forma.
    Parabéns pela conquista também. Ao invés de lutar pela ascensão funcional, vc escolheu o caminho mais fácil, estudou e agora é analista. Parabéns!

    Abração a todos!

    P.S.: Zé, pode deletar meu usuário? hehe Abraços!


    ZE COMEIA escreveu:
    Flint escreveu:Vim só me despedir e aproveito para dizer umas palavras.
    Apóio a quebra da carreira. Carreira unificada é bobagem, quanto menor a carreira melhor para se conseguir aumento. Não tenham medo da ruptura.
    Apóio que cada Tribunal lute pelos seus servidores, resolva o seu problema de evasão e qualidade de pessoal.
    Os sindicatos já estão aí querendo ressuscitar o 6613. Sem comentários! :X PQP!
    Não acreditem em tabelas mirabolantes, 15 mil pra técnico, 23 mil pra analista com aumento no VB e na GAJ. Fazem isso para manobrar os novos.
    Subsídio ou GD é a única saída pra essa carreira.
    Lutem contra o inchaço da carreira.
    Aliás, mudem essa atual direção do sindicato, caso contrário o buraco é o limite.
    O Judiciário precisa investir mais, muito mais, em TI e não entupir as Varas de pessoas para atender às filas. Estão enxugando gelo! É revoltante o amadorismo.
    Felicidades!

    Admin, favor excluir meu usuário.

    P.S.: ex-concurseiro, aprovado no concurso de Auditor Federal de Controle Externo - TCU

    Parabéns, Flint.  cheers  Sério mesmo. Desejo SUCESSO nessa nova empreitada de sua vida. Sei que pra chegar aí foram muitas horas de HBC (horas bunda/cadeira).

    Sabe essa sua assinatura aqui no fórum? "Invista na carreira. Estude". Sim, essa frase cara mudou MUITO meu modo de pensar e agir, com reflexos DIRETOS na minha vida profissional. Depois dela, voltei aos estudos e já obtive êxito. Enquanto estou como AJAJ continuarei lutando pela valorização da carreira, mas sem deixar os estudos de lado. Hoje tô tentando conciliar estudos pra concurso, serviço e pós-graduação. Tá "flórida". Mas, sacumé. Não nasci rico.. kkk

    Quando o tempo fechar e pensarmos em desistir é só lembrar de uma frase do Charlie Brown "o impossível é só questão de opinião".

    Você achou que era possível, foi lá e fez. Parabéns meeeeeeeeeeeesmo!!!


    Segue o cortejo!
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Sab 15 Fev 2014, 3:05 pm

    Anaju99 escreveu:Boa tarde!

    É fato que nossa remuneração está defasada;
    É fato que perdemos momento de bom reajuste graças a quem escondeu as propostas e impediu a discussão com toda a categoria;
    É fato que o Governo ofereceu reajuste bom com mudança do modelo remuneratório;
    É fato que a insistência no modelo remuneratório atual apresenta-se como impecilho de aumento para toda a categoria;
    Todavia, também é fato que a discussão sobre tal mudança não é tão simples e nem tão celere e que, infelizmente, o tempo corre contra nós.

    Assim, como referiu o Zé, parece que, emergencialmente, possa ser feito um reajuste para amenizar as perdas, não com a mudança necessária, mas sobre a GAJ, que, apesar de não resolver o problemas das distorções, não eleva as distorções.

    Mas tem um problema, o Governo vai querer fonte de receita. Bem, de modo a amenizar as distorções, sem mexer na ferida diretamente, no momento, sugiro o seguinte:

    - aumento sobre a GAJ;
    - redução da opção de FC ou CJ para 45%;
    - quem recebe VPNI e ocupar FC ou CJ terá a opção reduzida para 30%, pois já recebe incorporação;
    - quem recebe GAS ou GAE, se receber FC ou CJ não poderá acumular, deverá optar por um ou outro.

    Creio que com tais sugestões reduzimos o impacto financeiro, apresentando boa parte da receita para o reajuste e amenizamos as ditorções, sem mexer diretamente na VPNI, no momento.

    Abraço,


    ZE COMEIA escreveu:GAJ-GAMPU.

    (Que venha ...). A "catiguria" está em pedaços, triturada. STF, STJ, TSE (e agora) TST tentando se desgarrar (e não duvido, diga-se!). Já não bastasse isso, internamente o caos tá instalado. A discussão sobre o modelo remuneratório vai ter que ocorrer seriamente (queira sindicatos ou não).

    Entretanto, em virtude de um ano curto (alôoo, as contas não esperam!), creio ser válida uma proposta de aumento na GAJ/GAMPU. Feito isso, teremos fôlego orçamentário para aí sim arrumar alguns quilos de sabão em pó, detergente e água sanitária e fazer uma "lavagem de roupa" para a definição/discussão do modelo remuneratório, que, frise-se, vai ter que atingir as famigeradas VPNI's. Não tem jeito cumpadi!

    Segue o cortejo!

    Antes de tudo, meus parabéns ao colega Flint. Fiquei sabendo que nesta semana também a Mariane Santiago (que causou muita polêmica na lista de emails do MPU algum tempo atrás), também já conseguiu seu caminho, como analista do banco central.

    Algumas das opções são boas, mas não adianta simplesmente reduzir o valor de opção, em termos orçamentários.
    Creio que uma "pequena contribuição", até mesmo por este problema, seria diminuir e simplificar o número de faixas do AQ.

    Reduzir o valor de opção pode ser uma boa ideia em termos de tornar menos atrativa a função para alguns servidores. Embora acho que o ideal mesmo seria vedar o duplo pagamento: ou recebe VPNI, ou recebe função. Desta forma, muitas chefias com VPNI abririam mão de suas funções e, indiretamente pelo menos uma parcela dos servidores que não as tem teria uma melhoria financeira relativamente significativa, por mais que instável.

    Acho que, a longo prazo, a não ser que tenhamos uma excelente cúpula que valorize servidores, "descemos" um patamar, que não tem como mais voltar. Por mais que as atribuições ainda sejam muito mais complexas que o executivo imagina, a categoria em si é muito desunida. Observe que este movimento inicial de separação dos tribunais superiores é apenas mais um exemplo de que, farinha pouca, meu pirão primeiro. Agora, do ponto de vista como servidor do MPU, isto não deixa de ser uma esperança: se nem mais o judiciário está ligado a um único plano e modelo, não há mais porque segui-lo, e atualmente temos um PGR extremamente bem articulado, que em pouco tempo já mudou alguma coisa no padrão de tratamento de servidor. Só para dar exemplo de duas brigas históricas, a ajuda de custo para servidor em lotação provisória por falta de sede, bem como a liberação em âmbito administrativo para participar de cursos de formação.
    sonhador
    sonhador
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 495
    Reputação : 12
    Data de inscrição : 21/08/2012

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por sonhador Sab 15 Fev 2014, 4:36 pm

    A categoria está em pedaços e a caminho de virar pó. Infelizmente a solução é individual e fica na porta de saída. Não vejo qualquer união, e a falta de inteligência e boa vontade dos sindicatos, servidores e STF é em nível absurdo. Tem gente indo para o TCU, Banco Central... Ficar aqui tentando ajudar a unir analistas e técnicos (os incorporados são realmente desprezíveis) em um mesmo caminha é muito difícil. O problema é que falamos muitos dos incorporadões, mas fazemos basicamente a mesma coisa: um quer que o outro se lasque.
    Eu tô fora, louco para ir embora desse lugar. Vou postar o mínimo possível ou não vou postar mais, não sei ainda. Já conheci categorias melhores que essa, perdoem a franqueza.
    Quero definitivamente me juntar a galerinha que está indo embora. É isso que definitivamente me importa agora, muito motivado pelos que estão saindo.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Sab 15 Fev 2014, 8:48 pm

    sonhador escreveu:A categoria está em pedaços e a caminho de virar pó. Infelizmente a solução é individual e fica na porta de saída. Não vejo qualquer união, e a falta de inteligência e boa vontade dos sindicatos, servidores e STF é em nível absurdo. Tem gente indo para o TCU, Banco Central... Ficar aqui tentando ajudar a unir analistas e técnicos (os incorporados são realmente desprezíveis) em um mesmo caminha é muito difícil. O problema é que falamos muitos dos incorporadões, mas fazemos basicamente a mesma coisa: um quer que o outro se lasque.
    Eu tô fora, louco para ir embora desse lugar. Vou postar o mínimo possível ou não vou postar mais, não sei ainda. Já conheci categorias melhores que essa, perdoem a franqueza.
    Quero definitivamente me juntar a galerinha que está indo embora. É isso que definitivamente me importa agora, muito motivado pelos que estão saindo.




    Sonhador, apesar da motivação em sair desse barco furado (aspiração de muitos)
    sugiro que continue expondo suas ideias,  por um simples e importante motivo,
    pela FRANQUEZA com que se expressa.

    Parece um detalhe, mas não é não, faz
    toda a diferença: estamos lidando com muita gente dissimulada, gente que esconde
    a verdade ou o que sabe por conveniência. Os que falam a verdade são essenciais
    neste momento.
    sonhador
    sonhador
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 495
    Reputação : 12
    Data de inscrição : 21/08/2012

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por sonhador Sab 15 Fev 2014, 11:52 pm

    Olha, Vander, é muito complicado. É incorporadão entrando no fórum com pelo menos uma clara intenção: fazer gracinhas e tirar sarro da nossa cara; por isso, não lhe dei mais nenhuma resposta. É gente que adotou a posição de vaselina pura, dando opiniões totalmente genéricas, sem qualquer profundidade ou objetividade, entrando continuamente em contradição e com a claríssima intenção de agradar a todo mundo. São os analistas, que se acham o máximo porque o cargo deles é oficialmente de nível superior, e não admitem, por pura questão de ego e mesquinharia, que técnico não é mais nível médio há um bom tempo. Não querem que os técnicos sejam de nível superior, mas querem que esses façam o mesmo serviço deles, porque sozinhos não vão dar conta do recado. São os técnicos, que gostam do desvio de função, seja por vaidade, seja para ganhar FCs e CJs, e usam isso como argumento hipócrita para querer ganhar a mesma coisa de analistas, quando na verdade são de fato nível superior, mas os dois cargos precisam ganhar melhor, porém de forma distinta, com tarefas distintas e sem desvio de funçao, porque os dois precisam sair ganhando. Em vez de resolver essas pendengas, que às vezes beiram à infantilidade, analistas e técnicos preferem ficar medindo forças, num eterno e ridículo 0 X 0. É o STF, que nos trata com desprezo, o qual certamente aumentará ao ápice depois de formalizarem sua carreira própria, mas os servidores deles não tem culpa. Se fôssemos nós no lugar deles, também gostaríamos de uma carreira própria para simplesmente escapar do abismo que se aproxima velozmente. Ficar juntos conosco não vai adiantar nada, e a prova são todos esses últimos anos que ficaram juntos com a gente, e isso não resolveu absolutamente nada. São os sindicatos, maliciosos, tendenciosos, enganadores, demagogos e protetores de incorporadões, ou seja, protetores deles mesmos. Os sindicatos são o principal câncer que corrói a cada dia essa categoria. E é a Dilma, sentadinha no trono dela, rs, morrendo de rir das nossas inúmeras fraquezas, torpezas, mesquinharias e estupidez. Se é que ela lembra da nossa existência.
    Provavelmente me esqueci de várias outras mazelas, já que são tantas.
    Por fim, Parabéns aos que conseguiram sair. Quero muito me juntar a vocês.
    Pedro Aparecido de Souza
    Pedro Aparecido de Souza
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 549
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 22/04/2011
    Idade : 57
    Localização : Cuiabá

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Pedro Aparecido de Souza Dom 16 Fev 2014, 11:54 am

    ===================
    ===================
    ===================
    ===================

    Vander, vou fazer uma ANÁLISE PESSOAL, já que o Sindicato a que pertenço (SINDIJUFE-MT) ainda não discutiu e deliberou sobre a campanha salarial no tocante ao modo como será aplicado o reajuste, caso consigamos. Repito: vou defender o que a base de MT aprovar.

    Inicialmente ressalto que defendo o que foi aprovado pelos mais de 100 delegados eleitos nos Sindicatos no Brasil inteiro na reunião da FENAJUFE: campanha salarial 2014 junto com os SPFs, data-base, reajuste de 36,48% e outras reivindicações, além de não ter como foco principal o 6613 e sim o reajuste.

    Sobre seu texto:

    O reajuste sobre a GAJ é o melhor modo de unificar a categoria pois diminui o índice da distância salarial entre aqueles que tem VPNIs, ATS, GAE, GAS ou AQ e aqueles que não possuem nenhuma dessas parcelas. Matemática simples. Se o aumento for só sobre a GAJ não incidirá reajuste sobre as outras parcelas que continuarão congeladas (as VPNIs já estão congeladas independente de qualquer tipo de reajuste).

    Há também a possibilidade do reajuste da GAJ incidir sobre o maior vencimento de cada um dos cargos e assim diminuiria ainda mais o índice da distância salarial entre todos. É um pouco mais polêmica, mas também é viável (sobre o texto do luiz - lcdol)

    Sobre a questão do teto da remuneração NÃO EXISTE LEI ou qualquer norma que impeça que a gente ganhe mais que juiz, assim como não há impedimento que o Técnico final de carreira ganhe mais que o Analista. NÃO EXISTE A FIGURA DA HIERARQUIA SALARIAL. Tem um monte de gente que ganha mais que governadores nos estados, um monte que ganha mais que o prefeito no município. Em relação à impedir que ninguém ganhasse mais que juiz quem tentou colocar goela abaixo foram os juízes e promotores. Mas não conseguiram.

    Em relação ao que você propõe, se o governo oferecer, a Categoria praticamente inteira aceitaria. Um subsídio nestes patamares seria muito bem-vindo na Categoria no Brasil inteiro.


    Transcrevo suas palavras:

    .................................
    .................................

    "A solução é transformar o vencimento em parcela ÚNICA, escalonado em uma EXCELENTE tabela salarial, com POUCA DIFERENÇA entre o primeiro e o último nível, e com TETO salarial que seja igual ao subsídios dos magistrados (R$ 24 mil). ISSO SE CHAMA SUBSÍDIO!

    Quem ganha mais que esse TETO, não perderia nada, continuaria ganhando o que já ganha!

    E quando viesse reajuste no futuro, seria feita UMA NOVA TABELA, NUNCA APLICANDO PORCENTAGENS SOBRE OS VALORES, e aplica as mesmas regras sobre essa NOVA TABELA:

    (i) TETO do último nível sendo IGUAL o subsídio dos magistrados;

    (ii) pouca diferença entre o primeiro e o último nível da carreira;

    (iii) quem porventura ganhar mais que o teto (subsídio dos magistrados) continuaria ganhando o que já ganha!

    Assim, a MAIORIA estará sempre ganhando bem, a carreira sendo VALORIZADA, estaríamos seguindo de perto os subsídios dos magistrados, lembrando que os subsídios dos magistrados segue os subsídios dos Ministros dos STF, sendo 92,5% deste. Ou seja, o teto do analista seria 92,5% dos subsídios dos Ministros do STF, hoje sonho de muitas carreiras ´tops´ do funcionalismo público!"...
    Retirei o que estava entre parênteses.

    ........................
    .......................

    Esta sua proposta é muito boa. Só falta combinar com os russos (governo federal e STF).

    Se o governo federal e o STF aceitarem a Categoria iria à loucura de felicidade.

    Pedro Aparecido de Souza

    =================================
    =================================
    =================================
    =================================
    =================================
    Lisalesaelouca
    Lisalesaelouca
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Analista Judiciário- Batedora de Meta conforme proposta lixo
    Mensagens : 691
    Reputação : 47
    Data de inscrição : 06/09/2011
    Localização : Brasília/DF

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Lisalesaelouca Dom 16 Fev 2014, 12:11 pm

    Flint escreveu:Vim só me despedir e aproveito para dizer umas palavras.
    Apóio a quebra da carreira. Carreira unificada é bobagem, quanto menor a carreira melhor para se conseguir aumento. Não tenham medo da ruptura.
    Apóio que cada Tribunal lute pelos seus servidores, resolva o seu problema de evasão e qualidade de pessoal.
    Os sindicatos já estão aí querendo ressuscitar o 6613. Sem comentários! :X PQP!
    Não acreditem em tabelas mirabolantes, 15 mil pra técnico, 23 mil pra analista com aumento no VB e na GAJ. Fazem isso para manobrar os novos.
    Subsídio ou GD é a única saída pra essa carreira.
    Lutem contra o inchaço da carreira.
    Aliás, mudem essa atual direção do sindicato, caso contrário o buraco é o limite.
    O Judiciário precisa investir mais, muito mais, em TI e não entupir as Varas de pessoas para atender às filas. Estão enxugando gelo! É revoltante o amadorismo.
    Felicidades!

    Admin, favor excluir meu usuário.

    P.S.: ex-concurseiro, aprovado no concurso de Auditor Federal de Controle Externo - TCU

    Parabéns, Flint. Felicidades na nova carreira.  ok 
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7727
    Reputação : 576
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Galizezin Dom 16 Fev 2014, 3:04 pm

    Não conseguiram nada além de 15,8 e querem 50%


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    akfgfan
    akfgfan
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 52
    Reputação : 1
    Data de inscrição : 07/04/2011

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por akfgfan Dom 16 Fev 2014, 4:26 pm

    Boa tarde ! Mandei essa pergunta para o José Barbosa, mas se alguém puder me responder, eu agradeceria !

    Atualmente sou técnico de informática em um ramo X, em Brasília. Estou lá tem uns 2 anos e meio. Acontece que consegui passar para analista nesse último concurso, mas queria ficar no meu ramo. Como não consegui passar na primeira chamada (tinha vagas para o meu ramo), muito provavelmente eu vá ser nomeado para outro ramo. Acontece que o analista que entrou lá agora queria ter ido para o MPDFT. Na hora pensei na possibilidade da permuta (na verdade é a única opção possível). Agora te pergunto : é possível realizar a permuta entre nós dois (caso eu consiga ir para o MPDFT como analista), já com o consentimento da chefia de ambos os ramos ? Pergunto isso pois na portaria, há a regra dos 3 anos de exercício. Mas ouvi falar de uma pessoa que conseguiu realizar tal permuta sem os 3 anos de exercício. Minha situação :
    - Estou como técnico há 2 anos e meio, sem estabilidade e sem finalização do estágio probatório.
    - O analista que entrou agora já é estável.
    - A funcionária do RH me falou que só seria possível realizar a permuta se eu fosse estável.. mas não vi nada disso na portaria.

    Obrigado !!
    Nicolau Machiavel
    Nicolau Machiavel
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 276
    Reputação : 12
    Data de inscrição : 07/04/2011

    Tópico Geral Empty EQUIPAROU!

    Mensagem por Nicolau Machiavel Dom 16 Fev 2014, 5:02 pm

    TJCE oferta 238 vagas de níveis médio e superior; salários até R$ 8,9 mil

    14/02/2014 09:29

    Do CorreioWeb

    O Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) lançou novo concurso público que oferta 238 oportunidades. Os cargos ofertados são de técnico e analista judiciário, para níveis médio e superior, respectivamente. Os salários variam entre R$ 3.980,17 e R$ 8.937,28, por jornada de trabalho de 35h semanais. A partir do dia 1º de julho, as jornadas de trabalho passarão a ser de 40h semanais.

    Interessados podem se inscrever entre os dias 28 de fevereiro e 19 de março por meio do site da banca organizadora, o Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB). As taxas de participação são de R$ 60 e R$ 100, para níveis médio e superior, respectivamente.

    Haverá provas objetivas e discursivas, para ambos os níveis, no dia 11 de maio. A seleção é válida por dois anos, podendo ser prorrogada por igual período.
    avatar
    Ilhense
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 885
    Reputação : 30
    Data de inscrição : 18/12/2010

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Ilhense Dom 16 Fev 2014, 5:13 pm

    Flint escreveu:Vim só me despedir e aproveito para dizer umas palavras.
    Apóio a quebra da carreira. Carreira unificada é bobagem, quanto menor a carreira melhor para se conseguir aumento. Não tenham medo da ruptura.
    Apóio que cada Tribunal lute pelos seus servidores, resolva o seu problema de evasão e qualidade de pessoal.
    Os sindicatos já estão aí querendo ressuscitar o 6613. Sem comentários! :X PQP!
    Não acreditem em tabelas mirabolantes, 15 mil pra técnico, 23 mil pra analista com aumento no VB e na GAJ. Fazem isso para manobrar os novos.
    Subsídio ou GD é a única saída pra essa carreira.
    Lutem contra o inchaço da carreira.
    Aliás, mudem essa atual direção do sindicato, caso contrário o buraco é o limite.
    O Judiciário precisa investir mais, muito mais, em TI e não entupir as Varas de pessoas para atender às filas. Estão enxugando gelo! É revoltante o amadorismo.
    Felicidades!

    Admin, favor excluir meu usuário.

    Parabéns Flint!!!
    Fico muito feliz por você!
    Essa história das tabelas mirabolantes resumiu muita coisa!! Vamos acordar!!

    P.S.: ex-concurseiro, aprovado no concurso de Auditor Federal de Controle Externo - TCU
    Maisquevencedor
    Maisquevencedor
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3003
    Reputação : 25
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Maisquevencedor Dom 16 Fev 2014, 7:27 pm

    Daqui alguns dias, todos os TJs estarão pagando melhor que o PJU.

    Devemos agradecer à Fenajufe, Lutafenajufe, sindjusdf, sindjufe-mt, sintrajufe-ma... e, principalmente, aos tais "direitos históricos".



    Nicolau Machiavel escreveu:TJCE oferta 238 vagas de níveis médio e superior; salários até R$ 8,9 mil

    14/02/2014 09:29

    Do CorreioWeb

    O Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) lançou novo concurso público que oferta 238 oportunidades. Os cargos ofertados são de técnico e analista judiciário, para níveis médio e superior, respectivamente. Os salários variam entre R$ 3.980,17 e R$ 8.937,28, por jornada de trabalho de 35h semanais. A partir do dia 1º de julho, as jornadas de trabalho passarão a ser de 40h semanais.

    Interessados podem se inscrever entre os dias 28 de fevereiro e 19 de março por meio do site da banca organizadora, o Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB). As taxas de participação são de R$ 60 e R$ 100, para níveis médio e superior, respectivamente.

    Haverá provas objetivas e discursivas, para ambos os níveis, no dia 11 de maio. A seleção é válida por dois anos, podendo ser prorrogada por igual período.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Dom 16 Fev 2014, 8:47 pm

    Pedro Aparecido de Souza escreveu:===================
    ===================
    ===================
    ===================

    Vander, vou fazer uma ANÁLISE PESSOAL, já que o Sindicato a que pertenço (SINDIJUFE-MT) ainda não discutiu e deliberou sobre a campanha salarial no tocante ao modo como será aplicado o reajuste, caso consigamos. Repito: (1) vou defender o que a base de MT aprovar.

    (2) Inicialmente ressalto que defendo o que foi aprovado pelos mais de 100 delegados eleitos nos Sindicatos no Brasil inteiro na reunião da FENAJUFE: campanha salarial 2014 junto com os SPFs, data-base, reajuste de 36,48% e outras reivindicações, além de não ter como foco principal o 6613 e sim o reajuste.

    Sobre seu texto:

    O reajuste sobre a GAJ é o melhor modo de unificar a categoria pois diminui o índice da distância salarial entre aqueles que tem VPNIs, ATS, GAE, GAS ou AQ e aqueles que não possuem nenhuma dessas parcelas. Matemática simples. Se o aumento for só sobre a GAJ não incidirá reajuste sobre as outras parcelas que continuarão congeladas (as VPNIs já estão congeladas independente de qualquer tipo de reajuste).

    Há também a possibilidade do reajuste da GAJ incidir sobre o maior vencimento de cada um dos cargos e assim diminuiria ainda mais o índice da distância salarial entre todos. É um pouco mais polêmica, mas também é viável (sobre o texto do luiz - lcdol)

    (3) Sobre a questão do teto da remuneração NÃO EXISTE LEI ou qualquer norma que impeça que a gente ganhe mais que juiz, assim como não há impedimento que o Técnico final de carreira ganhe mais que o Analista. NÃO EXISTE A FIGURA DA HIERARQUIA SALARIAL. Tem um monte de gente que ganha mais que governadores nos estados, um monte que ganha mais que o prefeito no município. Em relação  à impedir que ninguém ganhasse mais que juiz quem tentou colocar goela abaixo foram os juízes e promotores. Mas não conseguiram.

    Em relação ao que você propõe, se o governo oferecer, a Categoria praticamente inteira aceitaria. Um subsídio nestes patamares seria muito bem-vindo na Categoria no Brasil inteiro.


    Transcrevo suas palavras:

    .................................
    .................................

    "A solução é transformar o vencimento em parcela ÚNICA, escalonado em uma EXCELENTE tabela salarial, com POUCA DIFERENÇA entre o primeiro e o último nível, e com TETO salarial que seja igual ao subsídios dos magistrados (R$ 24 mil). ISSO SE CHAMA SUBSÍDIO!

    Quem ganha mais que esse TETO, não perderia nada, continuaria ganhando o que já ganha!

    E quando viesse reajuste no futuro, seria feita UMA NOVA TABELA, NUNCA APLICANDO PORCENTAGENS SOBRE OS VALORES, e aplica as mesmas regras sobre essa NOVA TABELA:

    (i) TETO do último nível sendo IGUAL o subsídio dos magistrados;

    (ii) pouca diferença entre o primeiro e o último nível da carreira;

    (iii) quem porventura ganhar mais que o teto (subsídio dos magistrados) continuaria ganhando o que já ganha!

    Assim, a MAIORIA estará sempre ganhando bem, a carreira sendo VALORIZADA, estaríamos seguindo de perto os subsídios dos magistrados, lembrando que os subsídios dos magistrados segue os subsídios dos Ministros dos STF, sendo 92,5% deste. Ou seja, o teto do analista seria 92,5% dos subsídios dos Ministros do STF, hoje sonho de muitas carreiras ´tops´ do funcionalismo público!"...
    Retirei o que estava entre parênteses.

    ........................
    .......................

    (4) Esta sua proposta é muito boa. Só falta combinar com os russos (governo federal e STF).

    Se o governo federal e o STF aceitarem a Categoria iria à loucura de felicidade.

    Pedro Aparecido de Souza

    =================================
    =================================
    =================================
    =================================
    =================================




    1. "Vou defender o que a base de MT aprovar."

    Pedro, infelizmente a base do MT não sabe de nada, assim como a base de SP, e outros estados. A base vai pela campanha massiva que os sindicatos fazem.

    Se houver honestidade nas informações, e disposição de se repassarem as informações pertinentes, a base resolveria pelo melhor; do contrário a base vai resolver pelo pior, sem informação em que se encontra.

    É preciso que a direção do sindicato tenha a coragem e a honestidade de instruir essa base desinformada, mal orientada, sem fundamentos de nada referente a carreira.

    Diz você para a base que tudo quanto se refere ao PL 6613, centrado no VB e GAJ, não tem a menor chance de ser aceito pelo Governo, que esse PL apenas favorece incorporados, e o que é pior, será reiteradamente RECUSADO, mantendo-nos em um congelamento salarial destrutivo da carrreira!

    2. "Inicialmente ressalto que defendo o que foi aprovado pelos mais de 100 delegados eleitos nos Sindicatos no Brasil inteiro na reunião da FENAJUFE"

    São Bobagesns essas reuniões manipuladas e com resultados viesados que a Fenajufe promove, até porque 100 delegados mancomunados com a ideologia torpe da Fenajufe não representam de forma alguma o pensamento de 120 mil servidores!

    Se a Fenajufe consultasse pela via online os servidores, sem fraude, de forma alguma o atual PL 6613 ou o atual modelo remuneratório teria qualquer chance de ser aprovado.

    Até as pedras já sabem que se mantivermos nesse engodo de modelo VB/GAJ nada teremos! Nenhuma negociação terá sucesso com o Governo!  Temos que mudar para uma forma remuneratória que tenha CHANCE de ser aceita pelo Governo; e quanto a isso, a concessão de altos reajustes a carreiras valorizadas nos dão uma pista: é subsídio ou GD, nada mais! Ou partimos para esses modelos ou nada teremos!


    3. "Sobre a questão do teto da remuneração NÃO EXISTE LEI ou qualquer norma que impeça que a gente ganhe mais que juiz."

    Pedro, tem sim a Lei 10.474/2002, que dispõe sobre a remuneração da Magistratura da União, que dispõe em seu art.3º:
    "A REMUNERAÇÃO TOTAL DO SERVIDOR DO PODER JUDICIÁRIO DA UNIÃO...NÃO PODERÁ ULTRAPASSAR A REMUNERAÇÃO CORRESPONDENTE AO MAGISTRADO DO ÓRGÃO A QUE ESTIVER VINCULADO."

    Veja:
    http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/2002/L10474.htm

    Esse artigo 3º foi utilizado pelo FRENTAS, em seu Ofício 075/2009 para rebaixar o índice de porcentagem do PL 6613, que caiu para 56%. A argumentação era que os 80% pedido faria os servidores ganharem mais que os juízes.



    (4) "Esta sua proposta é muito boa. Só falta combinar com os russos (governo federal e STF).
    Se o governo federal e o STF aceitarem a Categoria iria à loucura de felicidade."

    Essa proposta é a que está no Congresso sob a designação de PL 2199 subsídio do MPU.
    É boa, e pode ser melhor ainda se for atualizada sua tabela, e devemos conscientizar os servidores do PJU
    de que essa proposta pode e deve ser copiada para o PJU, COMO ÚNICA SOLUÇÃO com chances junto ao
    Governo, e que agrada a maioria dos servidores.



    abç
    Pedro Aparecido de Souza
    Pedro Aparecido de Souza
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 549
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 22/04/2011
    Idade : 57
    Localização : Cuiabá

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Pedro Aparecido de Souza Dom 16 Fev 2014, 9:06 pm

    Vander, você tem razão em relação à lei de 2002. Tinha esquecido dela. Abraços. Pedro.

    Conteúdo patrocinado

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter 26 Out 2021, 2:22 am