PCS JÁ

PCS JÁ



    Tópico Geral

    camirecas
    camirecas
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : AJAAECJE
    Mensagens : 1546
    Reputação : 76
    Data de inscrição : 02/09/2012

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por camirecas Ter 01 Abr 2014, 8:31 am

    É verdade, por defender a reforma agrária (que está em nossa constituição), uma central única para os trabalhadores, que os trabalhadores do campo tivessem os mesmos direitos dos urbanos, o Brasil iria virar uma Cuba, uma China!!!
    Fala sério!
    camirecas
    camirecas
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : AJAAECJE
    Mensagens : 1546
    Reputação : 76
    Data de inscrição : 02/09/2012

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por camirecas Ter 01 Abr 2014, 8:33 am

    corujito escreveu:
    camirecas escreveu:
    corujito escreveu:
    camirecas escreveu:Companheiros,

    lá se vão 26 "páginas" do mesmo!
    E a minha constatação é de tristeza não só pela pouca produção de um entendimento com relação à carreira, mas, principalmente, num momento em que uma parte da história do país precisa ser relembrada com ênfase, para que novamente não se repita, nem uma linha é aqui tracejada.
    Se alguns companheiros hoje aqui podem mandar o outro ir tomar no .., dizer às do fim do seu chefe, de um ministro do STF, é porque muita gente teve que tomar choque no canal da uretra, nos lábios da vagina, receberem insetos no ânus, enlouquecerem, se suicidarem etc.
    É perigoso quando uma sociedade não lembra de seu passado!
    E o Brasil com essa mania de colocar seus problemas para debaixo do tapete é terrível. E isso vem desde 1500. Precisamos resolver nossas agruras!

    Não fala besteira, manolo.

    As esquerdas brasileiras, principalmente as armadas, não contribuiram com nada, ABSOLUTAMENTE NADA, para a redemocratização. Muito pelo contrário até.

    Dos torturados e mortos, uma ínfima parte foram dos centristas conciliadores que realmente participaram do fim do regime militar.

    mimimimimimi


    Em algum momento eu falei de esquerda?
    Vocês e essa mania de rotular!!!
    O respeito ao próximo independe de rótulo!
    Mas a jogada é essa, rotular para justificar!

    Não fala mais besteira ainda!

    E quem diabos foi perseguido e torturado pela milicada senão os militantes de esquerda? Olha a história que você postou logo na sequência. VPR. AP, PCdoB.

    QUEM FOI PERSEGUIDO E TORTURADO PELOS MILICOS, EM REGRA, NÃO CONTRIBUIU PARA A REDEMOCRATIZAÇÃO.

    Ou seja, essa de "para termos democracia muita gente tomou choque no pinto" é pura balela, farsa, mentira, caô.

    A redemocratização foi conseguida como mesmo?
    camirecas
    camirecas
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : AJAAECJE
    Mensagens : 1546
    Reputação : 76
    Data de inscrição : 02/09/2012

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por camirecas Ter 01 Abr 2014, 8:48 am

    Brasil, o país dos calhordas
    Matheus Pichonelli

    Em qualquer lugar do mundo haveria ao menos o constrangimento por justificar a tortura ou culpar a mulher pela agressão. Aqui não. É hora de admitir: somos um país de calhordas

    O Brasil decolou, dizia a publicação britânica. É um lugar seguro para investimento, garantia a agência de risco. Somos um povo que acredita sempre e não desiste nunca, falava a propaganda oficial. Estamos prontos para os megaeventos, juravam as entidades esportivas.

    Talvez nenhuma dessas conclusões fosse totalmente falsa. Mas a euforia em torno das nossas possibilidades como nação transformou uma população esquecida no rodapé da América Latina, a única a falar português em toda a região, em um país de orgulho latente. O país do futuro parecia deixar a prerrogativa para o passado: éramos o presente. Éramos o local onde todos queriam estar, investir e conhecer. Vivíamos todos na melhor cidade da América do Sul. E não havia melhor lugar do mundo para se viver. Às nossas potencialidades turísticas e hospitaleiras somava-se a consolidação de uma democracia amadurecida e com direitos plenos, sociais, civis e políticos.

    Nossa autoimagem nunca foi tão lustrada e nosso ego, tão inflado. O avanço econômico dos últimos anos, o acesso a bens e serviços e a satisfação captada em qualquer pesquisa de opinião elevaram o nosso moral a tal ponto que de fato acreditamos que nada mais poderíamos querer da vida a não ser uma casa própria e uma tevê de tela grande para assistir ao Faustão aos domingos. Essa sensação produziu uma percepção inflacionada em praticamente todos os setores da sociedade, a começar por seus mandatários.

    De junho do ano passado para cá, exato um ano antes da nossa festa de debutante chamada Copa do Mundo, os cadáveres insepultos das nossas apostas começaram a gritar debaixo de nossos tapetes. Estávamos nas fileiras das principais economias do mundo, apontávamos os dedos na cara das nações amigas e inimigas nos discursos de abertura da Assembleia Geral da ONU, mas não tínhamos ônibus para chegar à escola ou ao trabalho. Os que tínhamos eram caros e ineficientes. O direito à cidade era um sapato pequeno demais para nossas possibilidades, e fingimos que isto não era um problema até que o calo explodiu. O resultado todo mundo se lembra: as manifestações nos fizeram lembrar que a sensação de paz era aparente, e que só não apanhávamos diariamente do Estado, como em outros tempos, simplesmente porque não estávamos na rua a exigir que o Estado funcionasse.

    De lá para cá, o Brasil que parecia dormir da Belle Èpoque acordou em um terreno minado de sua herança colonial. E, longe do esplendor que prometíamos entregar em 2014, o ano da nossa consagração, nosso cartão de visitas transmitido mundo afora eram cabeças cortadas em um presídio do Maranhão, jovens incriminados por invadirem os templos do consumo em São Paulo, um garoto preso ao poste com a trava de uma bicicleta e uma mulher arrastada em um carro de polícia após ser baleada e jogada, como um saco de batata, em um porta-malas na periferia do Rio. Às vésperas da nossa grande festa, estes eram os casos mais visíveis de um país que guardou seus esqueletos embaixo do tapete enquanto estourava rojões e comemorava o fim da monarquia, da escravidão e das ditaduras. Faltou (ou melhor, não faltou) combinar com os monarcas, os escravistas e os ditadores, todos muito bem representados em autarquias loteadas, bancadas no Congresso, tribunais de Justiça, tribunais de contas estaduais e tribunas da mídia, impressa ou eletrônica, de onde reagem diariamente contra quem reage à nossa exclusão ainda latente.

    A consequência desse passado mal resolvido está manifestada no cinismo de quem, cinquenta anos após a instalação do período mais nefasto da história nacional, ainda hoje cospe nas poucas brechas de direitos civis, sociais e políticos que conseguimos costurar a duras penas. Esse cinismo, misto de má fé com ignorância, pôde ser observado na semana passada nas principais cidades do país, quando viúvos do golpe de 64, muitos ainda imberbes, foram às ruas confessar nossa falência moral e humana ao gritar: “queremos a volta dos militares”.

    Na mesma semana, um calhorda do regime se sentou em frente aos torturados pelo regime e deu detalhes de como fazia para se livrar dos corpos de quem se opôs à agora saudosa ditadura: cortava os dedos, para limpar as digitais, quebrava dente por dente, para evitar a identificação dos infelizes pela arcada dentária, e jogava os corpos ao mar, com as barrigas perfuradas para afundarem em paz. Estava arrependido? "Não. Se o sujeito estivesse em casa com a mulher e os filhos nada disso teria acontecido."

    Quando alguém grita para o retorno deste período, em que a ordem era imposta no grito ou no esquartejamento, grita contra a própria incapacidade: não sabemos nos livrar da água suja da banheira do bebê sem jogar a banheira, a água e o bebê junto. Para eles, o mal necessário não é uma condição temporária; para eles, o mal é sempre necessário. Por isso assumem, alto e bom som, que, em troca de uma liberdade mal ajambrada, aceitam viver em cativeiro.

    Às vésperas do aniversário do golpe, estas manifestações seriam tratadas como um transtorno relativo à Síndrome de Estocolmo, quando a vítima passa a criar afeição pelo sequestrador. Mas os calhordas que hoje gritam contra a libertinagem do voto livre, que na cabeça dele produz resultados disformes graças à ignorância dos estados menos abastados, comprados a crédito fácil e política distributiva, não sofreram as consequências diretas do golpe, apenas a indireta. Não se sabe se são calhordas porque burros ou burros porque calhordas, mas formam a base de uma mesma tragédia. Essa tragédia, criada no autoritarismo, apta a obedecer e nunca a pensar, produz estragos em todos os campos. Para ele, o mundo é injusto por haver direitos demais, e não porque ele nos foram, e são, negados por tanto tempo.

    Por isso os calhordas pedem, em coro, para que essas liberdades sejam cassadas em nome de uma miragem: a ordem de seus antepassados. Para eles, há roubo nas ruas porque há liberdade nas ruas, e não porque não somos capaz de ressocializar nem a nossa indigência, quanto mais nossos presídios. Para eles, há política afirmativa porque a maioria da população quer privilégio, e não porque ela jamais teve acesso a educação básica. Para eles, há corrupção porque existe voto, e não porque votamos mal e o sistema de representação pede aperfeiçoamentos. Para eles, é sempre mais fácil jogar a água suja da banheira com o bebê dentro.

    É mais ou menos o raciocínio que leva a sustentar, em pleno 2014, que a vítima do estupro é culpada pelo estupro. Ou que ela merece ser estuprada porque não sabe se comportar. Porque aceitamos a ideia de que nossos instintos são cláusula pétrea na formação do nosso caráter, e tudo em volta é tentação ou motivo para o uso da força. E que o crime reside em quem desperta esses instintos, e não em quem é simplesmente incapaz de controlá-lo. A pesquisa do Ipea sobre a percepção da violência contra a mulher escancarou, em números, o que era verbalizado em todos os cantos do Brasil real, seja uma linha de trem à meia-noite, seja em uma mesa de jantar entre pessoas de bem. Se não sabemos votar, melhor cassar o direito ao voto. Se não sabemos nos comportar em um regime de exceção, apaga-se, com brocas e parafusos, o direito à vida do meliante. Se não sabemos nos comportar diante de uma mulher de saia, melhor banir a saia. Em todos esses casos, a vítima é sempre a culpada por provocar a fúria do seu agressor.

    Há 50 anos o cinismo brasileiro vencia a esperança no muque. Passada a ditadura, acreditamos que o caminho natural das coisas levaria a esperança a vencer o medo, mas a vitória foi só parcial: não eliminamos a ignorância, não atacamos os discursos legitimadores da violência, não nos precavemos contra as formas visíveis e invisíveis de agressão. Hoje todos nós temos o direito ao voto, mas muitos de nós, muito além dos rostos patéticos da segunda edição da Marcha da Família pró-golpe contra a Liberdade, admitimos à boca pequena o nosso desconforto com o sistema representativo que permite ao pobre ou ao morador de outras paragens votarem em quem eles querem, e não em quem nós queremos. Hoje temos uma mulher na Presidência, e muitas em chefias de companhias, mas ai delas se elas não se vestirem adequadamente. Hoje temos institutos capazes de captar o raciocínio naturalizado de um país de calhordas, mas há gente disposta a desconfiar do óbvio e dizer que uma mulher de saia é tão descuidada como um rico a portar um Rolex em área perigosa. Em um país de calhordas, passa a ser “perfeitamente compreensível” a confusão masculina entre relógios e vaginas: é tudo posse, e não há nada ao redor de um ou de outro. Nada é humano o suficiente a ponto de provocar a mínima indignação, a não ser o que tange ao bolso.

    E porque não levamos suficientemente a sério a ideia de que a desigualdade extrema nos levaria a uma indigência extrema, e acreditamos que as soluções negociadas fariam com que as placas tectônicas se acomodassem à superfície normalmente, agimos como se os avanços obtidos nas últimas décadas fossem suficientes para nos conceder um grau de civilização similar ao grau de investimento aferido anos atrás pelas agências de risco. As decapitações em Pedrinhas, a morte de Claudia da Silva Ferreira, a exposição pública de um jovem amarrado ao poste no Rio e os números sobre a vulnerabilidade feminina mostram que este avanço civilizatório chegou a um limite. O limite da origem, da cor e do sexo.

    Após a divulgação da pesquisa, poucas, pouquíssimas pessoas decidiram se mobilizar e tentar começar a mudar a história a partir do discurso. Foram atacadas por hackers e chamadas de feminazis pelos mesmos calhordas que sobreviveram impunes a todos os regimes, do monarquista ao republicano, do escravista ao assalariado, do regime de exceção ao regime democrático. Em todos eles uma estrutura elementar ficou de pé: a estrutura da desigualdade que coloca diariamente em risco todos os direitos formalmente adquiridos. Como o de ser livre para ir e vir sem agredido. Enquanto esta estrutura continuar em pé, civilização alguma poderá se dizer consolidada, mas apenas tolerada por quem ainda tem o domínio sobre todos os campos, inclusive o do corpo. Caso contrário, a barbárie será pura e simplesmente naturalizada. É isso o que governo nenhum até agora conseguiu detonar na base. Ou então não haveria tantos calhordas empregados a negar em público a violência contra a mulher, a exclusão contra os pobres, a truculência de uma ditadura que de revolução não teve nem a sombra.

    O silêncio sobre todos os abusos engolidos diariamente é o nosso último e mais gritante cartão-de-visitas em ano de Copa do Mundo. É ele que permite balançar a cabeça e seguir a vida normalmente como se nós não fizéssemos parte desta tragédia pelo discurso, pela ação ou pela indiferença.

    Falhamos, como humanos, cada vez que colocamos no tapete a tragédia que fingimos ignorar. A pesquisa do Ipea sobre a percepção da violência contra a mulher era, ou é, uma das raras oportunidades de lavar ao sol esse tapete. Mas as forças do atraso, como sempre, preferem minimizar. O país dos calhordas agradece.

    [É necessário estar registrado e conectado para poderes ver esta hiperligação]
    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8804
    Reputação : 248
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por darkshi Ter 01 Abr 2014, 9:08 am

    Leovini escreveu:Admitindo a hipótese dessa Carreira própria ser aprovada, como sabemos haveria uma divisão por ramos no PJU. E nessa hipótese os grandes prejudicados seriam os integrantes da Justiça do Trabalho, não? É o ramo com maior número de servidores, gerando, portanto, um impacto orçamentário maior.

    Ou seja, com essa possível divisão, nós da JT sairemos prejudicados, visto que uma equiparação com o STF seria impossível. Ou não?


    Depende do que o senhor chama de prejudicado.

    Uma coisa que deve basilar toda esta conversa de separação de carreiras é que além da LRF, cada ramo tem o direito já definido por uma portaria do CNJ (que foi feito a partir de uma interpretação da LRF) de um pedaço do bolo. Ou seja, nenhum ramo irá comer farinha do outro.

    Contudo hoje o que temos é um nivelamento por baixo por conta da carreira unica e com a separação os ramos mais eficientes terão condição de alcançar voos maiores.

    E ai tem que ser dito a verdade. A JT está inchada sim. Inclusive tomei conhecimento desses limites para cada ramo a partir de um relatório da Eliana Calmon do CNJ justamente apontando como a JT do trabalho tem o direito de mais da metade o bolo, não rende metade da JF é lotada de FCs e CJs e vive pedindo para criar vagas.

    Então se o senhor chama de prejudicado passar a ganhar menos, sim serão. Mas eu vejo por outro lado. Vejo que quem está sendo prejudicado hj é quem é nivelado por baixo e que por ser mais enxuto e eficiente poderia estar recebendo mais.

    A ilusão aqui é achar que vc está recebendo um vencimento maior por estar equiparado com os outros ramos e com o STF. O peso de seu tribunal é o mesmo, estando separado ou não. O limite de pagamento é o mesmo. E não é estar ligado ao STF que o fará furar a LRF.

    corujito
    corujito
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3137
    Reputação : 209
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por corujito Ter 01 Abr 2014, 9:09 am

    camirecas escreveu:
    corujito escreveu:
    camirecas escreveu:
    corujito escreveu:

    Não fala besteira, manolo.

    As esquerdas brasileiras, principalmente as armadas, não contribuiram com nada, ABSOLUTAMENTE NADA, para a redemocratização. Muito pelo contrário até.

    Dos torturados e mortos, uma ínfima parte foram dos centristas conciliadores que realmente participaram do fim do regime militar.

    mimimimimimi


    Em algum momento eu falei de esquerda?
    Vocês e essa mania de rotular!!!
    O respeito ao próximo independe de rótulo!
    Mas a jogada é essa, rotular para justificar!

    Não fala mais besteira ainda!

    E quem diabos foi perseguido e torturado pela milicada senão os militantes de esquerda? Olha a história que você postou logo na sequência. VPR. AP, PCdoB.

    QUEM FOI PERSEGUIDO E TORTURADO PELOS MILICOS, EM REGRA, NÃO CONTRIBUIU PARA A REDEMOCRATIZAÇÃO.

    Ou seja, essa de "para termos democracia muita gente tomou choque no pinto" é pura balela, farsa, mentira, caô.

    A redemocratização foi conseguida como mesmo?

    Grosso modo

    1) cenário internacional favorável
    2) milicos da "Sorbonne" e até mesmo alguns linha dura resistiram às tentativas de boicote das alas radicais
    3) MDB
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7735
    Reputação : 577
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Galizezin Ter 01 Abr 2014, 9:11 am

    Reforma agrária pra que? Somos um país continental e riquíssimo. Bastaria o atual governo pagar menos juros para banqueiros e aplicar, como reza o orçamento público, investimentos de fato em moradias. Mas não, financia, via CEF, endividando mais ainda o povo. PT, como todo comunista, é anarquista.


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 01 Abr 2014, 9:12 am

    VANDER DE PAULA escreveu:
    Rodssss escreveu:
    Catatau escreveu:
    Rodssss escreveu:

    Que comparação infeliz.

    Jim Jones é o Sindjus que quer ver o poder judiciário continue a mingua pra eles manterem algum poder. querem que os servidores matem seus planos para abraçar o deles ou seja o ZERO.

    Ops, um membro da seita do Vander, kkkkk clown clown 

    Apenas concordo com a argumentação dele de que no zero já estamos e se for depender do Sindjus continuaremos assim visto que as propostas do Sindjus são inexequíveis. Tanto é que o sindicato só começou a se mexer depois que o suposto plano do STF vazou. E só se mexeu não foi em prol dos outros servidores, pois o plano do STF não ataca em nada nem direitos nem orçamento alheio, o sindicado só se moveu por medo de em caso de sucesso haver uma debandada geral e eles perderem poder e recursos.
    Concordo também que em uma discussão o que está em voga é a argumentação e não a pessoa. Na falta de uma lógica que explique os argumentos em discussão e os neguem, é bem mais cômodo mudar o foco para o autor dos argumentos.



    Tooooooma Catatau!
    Tópico Geral - Página 2 Images?q=tbn:ANd9GcTI7md4fxD0wkoEjGxomMOJIOy_QsSQi2kCeWmqPTAbTIce__uW





    Que conversa sem pé nem cabeça, e ainda tem gente que acha engraçado.

    Eu por acaso estou falando da família do Vander? De algum hábito pessoal dele?

    Claro que não, estou me referindo às suas opiniões! Então não estou mudando o foco para o autor dos argumentos, até porque os argumentos do autor nem fundamento possuem.

    Quando falo que ele é o Jim Jones da categoria, estou me referindo aos argumentos sem pé nem cabeça dele.

    De qualquer forma, argumentos sem pé nem cabeça, não merecem considerações. Prefiro deixarem ele e seus seguidores mergulharem no suicídio da categoria, achando que estão cheios de razão.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 01 Abr 2014, 9:16 am

    VANDER DE PAULA escreveu:"A hipotenusa ao quadrado é igual à soma dos quadrados dos catetos"


    E aí, sabichão (ou sabichinha) Catatau?

    Importa o emissor? Se homem ou mulher, gordo ou magro,
    bonito ou feio? Se é partidário da ideologia X ou Y, se é branco, pardo, negro, oriental?

    É cada argumento fraco!

    Não consigo imaginar esses caras fundamentando um despacho!
    Como eles se viram no PJU?

    Importa sim.

    O certo é "O quadrado da hipotenusa é igual a soma do quadrado dos catetos"

    Quando a pessoa não tem autoridade intelectual para falar, que fique calada.

    Em nenhum momento estou desqualificando o emissor pelas suas características pessoais. Quando falo que o emissor é o Jim Jones da categoria, eu estou me referindo às ideias dele que são toscas, sem lógica, completamente divorciadas da realidade. Não estou dizendo que ele tem problema com a mulher, com bebida, ou que usa drogas. Então, estou me referindo às ideias do emissor quando critico que elas são toscas e que ele não tem autoridade intelectual para falar.

    Do mesmo jeito que você fala de um sindicalista ou de um incorporado com palavras ofensivas, creio que você esta se referindo às ideias dessas pessoas.

    Seus argumentos que estão toscos, senhor INRI CRISTO do Judiciário.
    corujito
    corujito
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3137
    Reputação : 209
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por corujito Ter 01 Abr 2014, 9:23 am

    Catatau escreveu:
    VANDER DE PAULA escreveu:"A hipotenusa ao quadrado é igual à soma dos quadrados dos catetos"


    Importa sim.

    O certo é "O quadrado da hipotenusa é igual a soma do quadrado dos catetos"

    Quando a pessoa não tem autoridade intelectual para falar, que fique calada

    Pra posteridade
    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8804
    Reputação : 248
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por darkshi Ter 01 Abr 2014, 9:33 am

    corujito escreveu:
    Catatau escreveu:
    VANDER DE PAULA escreveu:"A hipotenusa ao quadrado é igual à soma dos quadrados dos catetos"

     

    Importa sim.

    O certo é "O quadrado da hipotenusa é igual a soma do quadrado dos catetos"

    Quando a pessoa não tem autoridade intelectual para falar, que fique calada

    Pra posteridade

    CORÃO. XD

    Esta correção foi tão seis por meia duzia.
    Rodssss
    Rodssss
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 813
    Reputação : 99
    Data de inscrição : 27/03/2014

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Rodssss Ter 01 Abr 2014, 9:34 am

    corujito escreveu:
    Catatau escreveu:
    VANDER DE PAULA escreveu:"A hipotenusa ao quadrado é igual à soma dos quadrados dos catetos"

     

    Importa sim.

    O certo é "O quadrado da hipotenusa é igual a soma do quadrado dos catetos"

    Quando a pessoa não tem autoridade intelectual para falar, que fique calada

    Pra posteridade

    Na verdade tanto faz a referencia de o quadrado da hipotenusa ou hipotenusa ao quadrado tem o mesmo feito, visto que ambos implicam em assumir o valor da hipotenusa multiplicado por ela mesma. Poderia ser diferente se a hipotenusa tivesse um elemento separado chamado quadrado ai o que o vander escreveu seria h^q e o que o catatau escreveu seria q(h) ou Qh mas matematicamente não é o que ocorre.
    corujito
    corujito
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3137
    Reputação : 209
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por corujito Ter 01 Abr 2014, 9:43 am

    Se o Catatau não fosse um covardão que se esconde no anonimato da interner, acho que não voltaria mais ao fórum depois dessa
    titanium
    titanium
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Cargo : TJTI
    Mensagens : 114
    Reputação : 4
    Data de inscrição : 18/10/2012

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por titanium Ter 01 Abr 2014, 9:52 am

    Pessoal, por que não discutimos algo de maior relevância do que a hipotenusa?

     Laughing 
    Rodssss
    Rodssss
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 813
    Reputação : 99
    Data de inscrição : 27/03/2014

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Rodssss Ter 01 Abr 2014, 9:59 am

    titanium escreveu:Pessoal, por que não discutimos algo de maior relevância do que a hipotenusa?

     Laughing 
    Apoiado. Concordo que será mais engrandecedor.
    Será que titio barbosa vai botar pra votar quando o Pl PCSSTF.
    molotov
    molotov
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 778
    Reputação : 47
    Data de inscrição : 07/07/2010

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por molotov Ter 01 Abr 2014, 10:00 am

    Até concordo com o pessoal que acha melhor o STF mandar carreira própria para depois os demais exigirem equiparação. Entraria de cabeça nessa luta, assim como entrei nas anteriores. Nesse sentido ainda prefiro que STJ acompanhe para ficar "mais fácil" a luta dos TRFs por equiparação.

    Mas não acredito que todos os sindicalistas são contra e querem matar isso pela raiz por serem a favor de ZERO, ou isso ou aquilo. Penso que, dentre todos eles, existem alguns que sabem da fraqueza desta categoria em mobilizações. Sabem que nada foi conquistado na luta, apesar de sempre "parecer" luta. Os Ministros que "lutavam".
    Aí fica difícil mesmo imaginar que teríamos força para buscar equiparação.

    Particularmente não acredito que essa carreira (logo mais "carreirão") terá força para exigir e conquistar equiparação com carreira própria do STF. Entrei no TRF em 2008 e fiz todas as greves, compensei todas as horas, e vi a fraqueza dessa carreira. O pessoal da área fim, das varas, mesmo beneficiados pela compensação em serviço por seus diretores, não fizeram greve (e reclamavam da vuvuzela, "isso denigre perante os advogados"). Pessoal do TRE aqui no estado, fora o diretor do sindicato, nunca vi.
    Com FCs, mania de puxa-saco que os servidores do judiciário tem, sempre contra os próprios colegas, não acredito em mobilização alguma.
    Muitos aqui inclusive concordarão com salários TOP para o STF, na base do "Brasília tem custo de vida alto mesmo". Nem perceber que o pessoal do TJDFT e TRF1 ficarão de fora serão capazes.

    Aí ouviremos de pessoas que não pegam num livro a 10 anos ... "vou estudar para sair daqui".

    Mobilizar + estudar ? NUNCA.
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7735
    Reputação : 577
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Galizezin Ter 01 Abr 2014, 10:07 am

    molotov escreveu:Até concordo com o pessoal que acha melhor o STF mandar carreira própria para depois os demais exigirem equiparação. Entraria de cabeça nessa luta, assim como entrei nas anteriores. Nesse sentido ainda prefiro que STJ acompanhe para ficar "mais fácil" a luta dos TRFs por equiparação.

    Mas não acredito que todos os sindicalistas são contra e querem matar isso pela raiz por serem a favor de ZERO, ou isso ou aquilo. Penso que, dentre todos eles, existem alguns que sabem da fraqueza desta categoria em mobilizações. Sabem que nada foi conquistado na luta, apesar de sempre "parecer" luta. Os Ministros que "lutavam".
    Aí fica difícil mesmo imaginar que teríamos força para buscar equiparação.

    Particularmente não acredito que essa carreira (logo mais "carreirão") terá força para exigir e conquistar equiparação com carreira própria do STF. Entrei no TRF em 2008 e fiz todas as greves, compensei todas as horas, e vi a fraqueza dessa carreira. O pessoal da área fim, das varas, mesmo beneficiados pela compensação em serviço por seus diretores, não fizeram greve (e reclamavam da vuvuzela, "isso denigre perante os advogados"). Pessoal do TRE aqui no estado, fora o diretor do sindicato, nunca vi.
    Com FCs, mania de puxa-saco que os servidores do judiciário tem, sempre contra os próprios colegas, não acredito em mobilização alguma.
    Muitos aqui inclusive concordarão com salários TOP para o STF, na base do "Brasília tem custo de vida alto mesmo". Nem perceber que o pessoal do TJDFT e TRF1 ficarão de fora serão capazes.

    Aí ouviremos de pessoas que não pegam num livro a 10 anos ... "vou estudar para sair daqui".

    Mobilizar + estudar ? NUNCA.

    Posso estar equivocado, mas acho que se o STF desacoplar restará pouco oxigênio para o restante da 'nave', dado seu gigantismo.
    Rodssss
    Rodssss
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 813
    Reputação : 99
    Data de inscrição : 27/03/2014

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Rodssss Ter 01 Abr 2014, 10:12 am

    molotov escreveu:Até concordo com o pessoal que acha melhor o STF mandar carreira própria para depois os demais exigirem equiparação. Entraria de cabeça nessa luta, assim como entrei nas anteriores. Nesse sentido ainda prefiro que STJ acompanhe para ficar "mais fácil" a luta dos TRFs por equiparação.

    Mas não acredito que todos os sindicalistas são contra e querem matar isso pela raiz por serem a favor de ZERO, ou isso ou aquilo. Penso que, dentre todos eles, existem alguns que sabem da fraqueza desta categoria em mobilizações. Sabem que nada foi conquistado na luta, apesar de sempre "parecer" luta. Os Ministros que "lutavam".
    Aí fica difícil mesmo imaginar que teríamos força para buscar equiparação.

    Particularmente não acredito que essa carreira (logo mais "carreirão") terá força para exigir e conquistar equiparação com carreira própria do STF. Entrei no TRF em 2008 e fiz todas as greves, compensei todas as horas, e vi a fraqueza dessa carreira. O pessoal da área fim, das varas, mesmo beneficiados pela compensação em serviço por seus diretores, não fizeram greve (e reclamavam da vuvuzela, "isso denigre perante os advogados"). Pessoal do TRE aqui no estado, fora o diretor do sindicato, nunca vi.
    Com FCs, mania de puxa-saco que os servidores do judiciário tem, sempre contra os próprios colegas, não acredito em mobilização alguma.
    Muitos aqui inclusive concordarão com salários TOP para o STF, na base do "Brasília tem custo de vida alto mesmo". Nem perceber que o pessoal do TJDFT e TRF1 ficarão de fora serão capazes.

    Aí ouviremos de pessoas que não pegam num livro a 10 anos ... "vou estudar para sair daqui".

    Mobilizar + estudar ? NUNCA.

    É necessário ao tentar se mobilizar buscarmos apoio dos ministros vide que o tribunal em si funciona só com os ministros.
    Se eles sozinhos se juntarem numa pracinha fizerem uma ata e deliberarem tudo ali você já tem o tribunal. Não é atoa que a CF88 nos entitula serviços auxiliares. Não vejo como nós possamos fazer greve do mesmo jeito que a receita ou outro órgão que se quiserem para o pais. Se a gente parar a unica coisa que vai acontecer é os processos demorarem mais pra sair, mas num pais onde a média de tempo de espera por um processo é 10 anos o que são 30 dias perto disso.
    molotov
    molotov
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 778
    Reputação : 47
    Data de inscrição : 07/07/2010

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por molotov Ter 01 Abr 2014, 10:46 am

    Eu acho que mobilizações fortes e pontuais (2 dias na frente na praça dos 3 poderes) CONTRA o STF podem ter o efeito de, pelo menos, arrancar a melhor proposta possível para nós, reles segunda divisão.

    Tipo assim:

    "UNIDOS" ... STF + STJ + Segunda Divisão = 15% parcelados em mais 3 anos e Ministros Pu.tos por serem contrariados.

    SEPARADOS .... STF = Senado / STJ = Câmara / Segunda Divisão = 30% em parcela única. (É só um exemplo)

    Não acho que temos que deixar conquistarem carreira própria sem barulho. Temos que achar um meio termo para arrancar o máximo deles, afinal se quiserem, com briga forte ou não, conseguem a carreira própria. Conseguem mas sabendo que estamos fortes.

    Aí depois vamos em cima da equiparação.

    Isso seria um meio termo que deveria unir todos, os que querem separar, os que querem o maior aumento possível logo (eu) e aos que fantasiam parar tudo e manter a unidade (sonhadores). Busquemos depois a equiparação, mas com luta desde já. Para extrair a melhor proposta para a segunda divisão.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 01 Abr 2014, 10:50 am

    Só uma observação esse oficio de resposta é muito tosco, no minimo foi redigido pelo mesmo "servidor supremo" q redigiu o texto da astrife...ou alguem acredita que o JB ditou isso..
    corujito
    corujito
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3137
    Reputação : 209
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por corujito Ter 01 Abr 2014, 10:57 am

    lcdol escreveu:Só uma observação esse oficio de resposta é muito tosco, no minimo foi redigido pelo mesmo "servidor supremo" q redigiu o texto da astrife...ou alguem acredita que o JB ditou isso..

    "
    Qualquer ideia que te agrade,
    Por isso mesmo... é tua.
    O autor nada mais fez que vestir a verdade
    Que dentro em ti se achava inteiramente nua...
    "

    Mário Quintana
    Maisquevencedor
    Maisquevencedor
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3003
    Reputação : 25
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Maisquevencedor Ter 01 Abr 2014, 11:03 am

    Tem gente que continua acreditando no "PCSIV definido" até hoje.

    Fazer o que? Se preferem viver de ilusões.

    O que me deixa feliz, no entanto, é ver a aflição dos pelegos. Dá até vontade de ser a favor da secessão só pra ver a cambada de desocupados doida.


    lcdol escreveu:Só uma observação esse oficio de resposta é muito tosco, no minimo foi redigido pelo mesmo "servidor supremo" q redigiu o texto da astrife...ou alguem acredita que o JB ditou isso..
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 01 Abr 2014, 11:21 am

    Maisquevencedor escreveu:Tem gente que continua acreditando no "PCSIV definido" até hoje.

    Fazer o que? Se preferem viver de ilusões.

    O que me deixa feliz, no entanto, é ver a aflição dos pelegos. Dá até vontade de ser a favor da secessão só pra ver a cambada de desocupados doida.


    lcdol escreveu:Só uma observação esse oficio de resposta é muito tosco, no minimo foi redigido pelo mesmo "servidor supremo" q redigiu o texto da astrife...ou alguem acredita que o JB ditou isso..



    Não acho errado eles lutarem por melhorias para eles(supremos , superiores), o que acho ridículo são os argumentos, o único plausível, é que sendo uma pequena parcela de servidores, o impacto orçamentário é mínimo e possibilita que eles alcancem uma valorização, impensável sem que haja reestruturação para a carreira como um todo, só de VPNIs são gastos mais de 2 bilhoes, é preciso equacionar .mas a pelegada não abre mão dos "direitos históricos" e cai de pau nos que estão tentando buscar tambem privilegios...vai entender...como diz o outro.
    Segue o cortejo
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 01 Abr 2014, 11:32 am

    Não está em andamento a elaboração da LDO, que deverá ser apresentada ainda neste mês, para aprovação até o final do primeiro semestre?
    E não é nessa lei que pode ser colocado algum dispositivo que dificulte ainda mais qualquer tipo de aumento?
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 01 Abr 2014, 11:49 am

    http://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?data=01/04/2014&jornal=2&pagina=83&totalArquivos=92


    CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO
    ATO Nº 83, DE 11 DE MARÇO DE 2014
    O PRESIDENTE DO CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA
    DO TRABALHO, no uso da atribuição prevista no inciso
    XXVII do art. 10 do Regimento Interno, com fundamento no disposto
    no art. 37 da Lei nº 8.112/90 e na Resolução nº 146/2012 do Conselho
    Nacional de Justiça;
    Considerando a necessidade de ajustamento dos quadros de
    pessoal dos órgãos da Justiça do Trabalho; e
    Considerando o constante do Processo Administrativo nº
    500859/2014-3, resolve:
    Redistribuir, para o quadro de pessoal do Tribunal Regional
    do Trabalho da 16ª Região, um cargo vago
    de Analista Judiciário,
    Área de Apoio Especializado, Especialidade Análise de Sistemas, do
    quadro de pessoal da Secretaria deste Conselho, em reciprocidade
    com um cargo de Analista Judiciário, Área de Apoio Especializado,
    Especialidade Tecnologia da Informação, ocupado pelo servidor GUILHERME
    DANTAS BISPO.
    Min. ANTONIO JOSÉ DE BARROS LEVENHAGEN




    ATO Nº 84, DE 11 DE MARÇO DE 2014
    O PRESIDENTE DO CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA
    DO TRABALHO, no uso da atribuição prevista no inciso
    XXVII do art. 10 do Regimento Interno, com fundamento no disposto
    no art. 37 da Lei nº 8.112/90 e na Resolução nº 146/2012 do Conselho
    Nacional de Justiça;
    Considerando a necessidade de ajustamento dos quadros de
    pessoal dos órgãos da Justiça do Trabalho; e
    Considerando o constante do Processo Administrativo nº
    500583/2014-9, resolve:
    Redistribuir, para o quadro de pessoal do Tribunal Regional
    do Trabalho da 18ª Região, um cargo vago
    de Analista Judiciário,
    Área de Apoio Especializado, Especialidade Análise de Sistemas, do
    quadro de pessoal da Secretaria deste Conselho, em reciprocidade
    com um cargo de Analista Judiciário, Área de Apoio Especializado,
    Especialidade Tecnologia da Informação, ocupado pelo servidor
    JOÃO AFONSO DE SOUZA OLIVEIRA.
    Min. ANTONIO JOSÉ DE BARROS LEVENHAGEN




    ATO Nº 85, DE 11 DE MARÇO DE 2014
    O PRESIDENTE DO CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA
    DO TRABALHO, no uso da atribuição prevista no inciso
    XXVII do art. 10 do Regimento Interno, com fundamento no disposto
    no art. 37 da Lei nº 8.112/90 e na Resolução nº 146/2012 do Conselho
    Nacional de Justiça;
    Considerando a necessidade de ajustamento dos quadros de
    pessoal dos órgãos da Justiça do Trabalho; e
    Considerando o constante do Processo Administrativo nº
    500584/2014-2, resolve:
    Redistribuir, para o quadro de pessoal do Tribunal Regional
    do Trabalho da 18ª Região, um cargo vago
    de Técnico Judiciário,
    Área de Apoio Especializado, Especialidade Programação, do quadro
    de pessoal da Secretaria deste Conselho, em reciprocidade com um
    cargo de Técnico Judiciário, Área de Apoio Especializado, Especialidade
    Tecnologia da Informação, ocupado pelo servidor FREDERICO
    CARNEIRO DA COSTA E SILVA.
    Min. ANTONIO JOSÉ DE BARROS LEVENHAGEN



    -------------------------------------------------------------------------------------------

    Será que não descola mesmo?!

    Porque esse povo tá migrando para "cima" ???
    corujito
    corujito
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3137
    Reputação : 209
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por corujito Ter 01 Abr 2014, 11:54 am

    Só digo uma coisa:

    Vcs começaram a acompanhar as redistribuições dessa natureza no D.O.U com pelo menos 1 ano de atraso.
    corujito
    corujito
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3137
    Reputação : 209
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por corujito Ter 01 Abr 2014, 11:58 am

    Aliás, não só redistribuições. Reconduções também
    Maisquevencedor
    Maisquevencedor
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3003
    Reputação : 25
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Maisquevencedor Ter 01 Abr 2014, 12:12 pm

    Vixe!!

    Começaram a ler nas entrelinhas...
    PAS_Jud.2011
    PAS_Jud.2011
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1197
    Reputação : 20
    Data de inscrição : 01/08/2011

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por PAS_Jud.2011 Ter 01 Abr 2014, 12:41 pm

    corujito escreveu:
    lcdol escreveu:Só uma observação esse oficio de resposta é muito tosco, no minimo foi redigido pelo mesmo "servidor supremo" q redigiu o texto da astrife...ou alguem acredita que o JB ditou isso..

    "
    Qualquer ideia que te agrade,
    Por isso mesmo... é tua.
    O autor nada mais fez que vestir a verdade
    Que dentro em ti se achava inteiramente nua...
    "

    Mário Quintana

    Pois é né?!?! Rsrs Ofício do STM (de um presidente de Superior) chega à Presidência e daih desce ao DG, por ser assunto de administrativo!!! Há trâmites meu caro, e foi sim deliberado c/ Min.-Presidente JB! O choro antecipado tá tão grande que as lágrimas ñ os deixam enxergar lucidamente.. Rsrsrs.
    servidor.tre
    servidor.tre
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1286
    Reputação : 36
    Data de inscrição : 30/10/2012

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por servidor.tre Ter 01 Abr 2014, 12:55 pm

    Algum iluminado sabe como vai ficar o "vale coxinha" da galera do Eleitoral???

    O MA já fez uma Portaria ???

    Como estamos nessa ???? Crying or Very sad Crying or Very sad Crying or Very sad 
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 01 Abr 2014, 1:44 pm

    corujito escreveu:Se o Catatau não fosse um covardão que se esconde no anonimato da interner, acho que não voltaria mais ao fórum depois dessa

    O teorema de Pitágoras é uma relação matemática entre os comprimentos dos lados de qualquer triângulo retângulo.1 Na geometria euclidiana, o teorema afirma que:
    “ Em qualquer triângulo retângulo, o quadrado do comprimento da hipotenusa é igual à soma dos quadrados dos comprimentos dos catetos. ”

    Fonte: Wikipedia.



    Sem mais.

    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 01 Abr 2014, 1:46 pm

    Rodssss escreveu:
    corujito escreveu:
    Catatau escreveu:
    VANDER DE PAULA escreveu:"A hipotenusa ao quadrado é igual à soma dos quadrados dos catetos"

     

    Importa sim.

    O certo é "O quadrado da hipotenusa é igual a soma do quadrado dos catetos"

    Quando a pessoa não tem autoridade intelectual para falar, que fique calada

    Pra posteridade

    Na verdade tanto faz a referencia de o quadrado da hipotenusa ou hipotenusa ao quadrado tem o mesmo feito, visto que ambos implicam em assumir o valor da hipotenusa multiplicado por ela mesma. Poderia ser diferente se a hipotenusa tivesse um elemento separado chamado quadrado ai o que o vander escreveu seria h^q e o que o catatau escreveu seria q(h) ou Qh  mas matematicamente não é o que ocorre.


    O teorema de Pitágoras é uma relação matemática entre os comprimentos dos lados de qualquer triângulo retângulo.
    Na geometria euclidiana, o teorema afirma que:
    “ Em qualquer triângulo retângulo, o quadrado do comprimento da hipotenusa é igual à soma dos quadrados dos comprimentos dos catetos. ”
    Fonte: Wikipedia.
    Ou seja:

    Tópico Geral - Página 2 12a1f625a9a0284b4ac00cef99a8df7e


    Um abraço, e estude mais.


    Última edição por Catatau em Ter 01 Abr 2014, 1:47 pm, editado 1 vez(es)
    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8804
    Reputação : 248
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por darkshi Ter 01 Abr 2014, 1:46 pm

    Agora me explique a diferença entre "o quadrado da hipotenusa" e "hipotenusa ao quadrado"
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 01 Abr 2014, 1:48 pm

    darkshi escreveu:Agora me explique a diferença entre "o quadrado da hipotenusa" e "hipotenusa ao quadrado"

    É a mesma coisa. O Vander não disse "hipotenusa ao quadrado". Ele disse que a hipotenusa era igual a soma dos quadrados dos catetos. Ele corrigiu depois que eu escrevi.


    Última edição por Catatau em Ter 01 Abr 2014, 1:49 pm, editado 1 vez(es)
    corujito
    corujito
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3137
    Reputação : 209
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por corujito Ter 01 Abr 2014, 1:48 pm

    HAUAHUEHEHEHUAHEHAHAUEHHAUEHAUHAHUA

    MAS ISSO É UMA ANTA.

    COMEÇO A CONCORDAR COM UM EX COLEGA DO STF: CONCURSOS ANUAIS PARA MANUTENÇÃO DO SERVIDOR NO CARGO. NÃO PASSOU, EXONERA!
    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8804
    Reputação : 248
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por darkshi Ter 01 Abr 2014, 1:50 pm

    Catatau escreveu:
    darkshi escreveu:Agora me explique a diferença entre "o quadrado da hipotenusa" e "hipotenusa ao quadrado"

    É a mesma coisa. O Vander não disse "hipotenusa ao quadrado". Ele disse que a hipotenusa era igual a soma dos quadrados dos catetos. Ele corrigiu depois que eu escrevi.

    E desde quando a correção dele altera o seu post? Pq no seu post o "quadrado" está lá.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 01 Abr 2014, 1:51 pm

    darkshi escreveu:
    Catatau escreveu:
    darkshi escreveu:Agora me explique a diferença entre "o quadrado da hipotenusa" e "hipotenusa ao quadrado"

    É a mesma coisa. O Vander não disse "hipotenusa ao quadrado". Ele disse que a hipotenusa era igual a soma dos quadrados dos catetos. Ele corrigiu depois que eu escrevi.

    E desde quando a correção dele altera o seu post? Pq no seu post o "quadrado" está lá.

    Eu devia ter tirado um print. Enquanto eu escrevia ele corrigiu. Não tinha esse nome quadrado lá.

    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 01 Abr 2014, 1:52 pm

    darkshi escreveu:
    Catatau escreveu:
    darkshi escreveu:Agora me explique a diferença entre "o quadrado da hipotenusa" e "hipotenusa ao quadrado"

    É a mesma coisa. O Vander não disse "hipotenusa ao quadrado". Ele disse que a hipotenusa era igual a soma dos quadrados dos catetos. Ele corrigiu depois que eu escrevi.

    E desde quando a correção dele altera o seu post? Pq no seu post o "quadrado" está lá.

    Não é alterar o meu post. Se ele alterar enquanto eu escrevo, o meu post sai alterado. De qualquer forma, não vou provar nada, então deixa pra lá. Acho que hipotenusa não é o assunto deste tópico.
    corujito
    corujito
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3137
    Reputação : 209
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por corujito Ter 01 Abr 2014, 1:56 pm

    Catatau, não dê mais uma aula de burrice.


    Se você citou o VANDER, o texto que foi para a tag [quote] é o que você leu.

    Ou seja, no seu post estaria escrito da forma que você alega ter lido.

    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 01 Abr 2014, 1:58 pm

    corujito escreveu:Se o Catatau não fosse um covardão que se esconde no anonimato da interner, acho que não voltaria mais ao fórum depois dessa

    E aí corujito, como é que anda a Sheera, sua chefe?

    Corujito já foi subsidiano, GDIano, concurseiro, agora quer pagar de separatista? Coerência é coisa que você e o Darkshi definitivamente não tem.

    Ainda elogio o Vander por ser coerente com seus pensamentos. São irreais, mas são coerentes.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 01 Abr 2014, 1:59 pm

    corujito escreveu:Catatau, não dê mais uma aula de burrice.


    Se você citou o VANDER, o texto que foi para a tag
    é o que você leu.

    Ou seja, no seu post estaria escrito da forma que você alega ter lido.


    Tá bom. Fala aqui com minha mão agora.

    Conteúdo patrocinado

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui 28 Out 2021, 5:31 am