PCS JÁ

PCS JÁ



    Tópico Geral

    molotov
    molotov
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 778
    Reputação : 47
    Data de inscrição : 07/07/2010

    Tópico Geral - Página 25 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por molotov Seg 02 Jun 2014, 5:22 pm

    Entendo que o MAMUTE é inviável, ainda mais acrescido da GAJ 90%.

    Mas e se criassem um "subteto" do funcionalismo?

    Tipo ... teto do STF para carreiras de estado.
    Um mais abaixo para ciclo de gestão e cargos de nível superior.
    Outro ainda para cargos de nível médio.

    Seria muito difícil?
    Acredito que acabaria com essa conversa que governo, juízes e deputados sempre usam de que teremos "servidor ganhando mais que juiz".
    Muito pior que não ter reposição da inflação é ouvir que isso não vai acontecer pois colegas nossos ganharão mais que Ministros. É complicado.
    Como estão mais em alta do que nunca as cotas, tratar desigualmente os desiguais (e acho correto, desde com critérios amplamente discutidos e reavaliados), não podemos estar no mesmo bolo desse pessoal privilegiado do judiciário. Gente que com "qualquer" reposição honesta da inflação para a carreira, passa fácil o teto constitucional.

    Até não acho tão absurdo um servidor com 20 anos de casa ganhar mais que juiz substituto novato, ainda mais um analista CJ. Mas depende quanto mais. Mil, dois mil reais até vai. Agora, 6, 7, 10 mil não dá.
    Digoturbinado
    Digoturbinado
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 957
    Reputação : 17
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Tópico Geral - Página 25 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Digoturbinado Seg 02 Jun 2014, 5:55 pm

    A proposta de substitutivo do PL 6613/09, negociado na mesa de negociação com tribunais superiores e conselhos, será encaminhada aos sindicatos assim que for feita a entrega pelo STF ao relator do projeto na Comissão de Finanças e Tributação da Câmara, deputado João Dado (SSD/SP), que está previsto para acontecer nesta terça-feira (03/06), ao meio-dia. A data e o horário para esta entrega, anteriormente definidos para acontecer nesta segunda-feira, foi transferida devido a dificuldades do deputado em fechar voo para chegar a Brasília em tempo hábil. Apesar da insistência da direção da Fenajufe para assegurar a entrega do substitutivo ainda nesta segunda-feira, mesmo que fosse em outro horário, isto não foi possível devido à dificuldade de agenda da direção geral do STF.

    Por Eduardo Wendhausen Ramos
    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8804
    Reputação : 248
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Tópico Geral - Página 25 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por darkshi Seg 02 Jun 2014, 7:03 pm

    Calma povo. Está tudo saindo como planejado.
    MPUísta
    MPUísta
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Cargo : Técnico Administrativo
    Mensagens : 393
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 29/03/2011

    Tópico Geral - Página 25 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por MPUísta Seg 02 Jun 2014, 7:35 pm

    darkshi escreveu:Calma povo. Está tudo saindo como planejado.

    Arrow Claro, como planejado pelos sindicanalhas da FENAJUFE né? Basketball 
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 25 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Seg 02 Jun 2014, 8:03 pm

    Cada ideia:

    João Francisco Collares: - Prefiro ficar sem reajuste a ver o STF criando carreira própria e a PEC 59 passando. Por isso estou em greve.

    Vander Paula: - Eu prefiro que os colegas do STF ganhem sua Carreira Própria, com aquela excelente tabela por GD com teto $ 23.300; isso abrirá portas para que todos tenhamos tratamento igual. Se não sair nada para eles, não sai nada para ninguém! Quanto a PEC 59 sou a favor, pois isso dissolverá a Fenajufe com os sindicatos estaduais!
    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8804
    Reputação : 248
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Tópico Geral - Página 25 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por darkshi Seg 02 Jun 2014, 8:03 pm

    MPUísta escreveu:
    darkshi escreveu:Calma povo. Está tudo saindo como planejado.

    Arrow Claro, como planejado pelos sindicanalhas da FENAJUFE né? Basketball 

    Deles, obedecendo ordens do PT.
    corujito
    corujito
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3137
    Reputação : 209
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Tópico Geral - Página 25 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por corujito Seg 02 Jun 2014, 8:04 pm

    Só lembrando que a GD foi RECUSADA EM ASSEMBLÉIA PELOS SERVIDORES.

    Então não cabe, aqui, o mimimi contra o sindicato.
    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8804
    Reputação : 248
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Tópico Geral - Página 25 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por darkshi Seg 02 Jun 2014, 8:05 pm

    VANDER DE PAULA escreveu:Cada ideia:

    João Francisco Collares: - Prefiro ficar sem reajuste a ver o STF criando carreira própria e a PEC 59 passando. Por isso estou em greve.

    Vander Paula: -  Eu prefiro que os colegas do STF ganhem sua Carreira Própria, com aquela excelente tabela por GD com teto $ 23.300; isso abrirá portas para que todos tenhamos tratamento igual. Se não sair nada para eles, não sai nada para ninguém! Quanto a PEC 59 sou a favor, pois isso dissolverá a Fenajufe com os sindicatos estaduais!


    Logica linda.
    "Se eu não ganho, ninguém ganha."
    E vamos rumando ao zero.


    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 25 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Seg 02 Jun 2014, 8:06 pm

    Aqui em SP apenas 8% dos servidores dão respaldo ao sindicato (Sintrajud).

    Então para outros 92% a GD tem chance!
    corujito
    corujito
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3137
    Reputação : 209
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Tópico Geral - Página 25 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por corujito Seg 02 Jun 2014, 8:10 pm

    VANDER DE PAULA escreveu:Aqui em SP apenas 8% dos servidores dão respaldo ao sindicato (Sintrajud).

    Então para outros 92% a GD tem chance!

    mas se você ganha a eleição os 8% seriam mais do que suficientes.


    ou você iria atrás dos outros 92% para só tomar o posto caso aprovado pela maioria ampla?
    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8804
    Reputação : 248
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Tópico Geral - Página 25 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por darkshi Seg 02 Jun 2014, 8:13 pm

    VANDER DE PAULA escreveu:Aqui em SP apenas 8% dos servidores dão respaldo ao sindicato (Sintrajud).

    Então para outros 92% a GD tem chance!

    Leitura errada Vander.
    Para 92%, cagar e andar é a melhor opção.
    avatar
    TRF1/MG
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 4844
    Reputação : 314
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Tópico Geral - Página 25 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por TRF1/MG Seg 02 Jun 2014, 8:14 pm

    VANDER DE PAULA escreveu:Aqui em SP apenas 8% dos servidores dão respaldo ao sindicato (Sintrajud).

    Então para outros 92% a GD tem chance!

    Queria ver se a chapa 2 tivesse ganho as eleições se você teria repetindo isso. Nem com somente 8% participando vocês conseguiram levar a eleição. Mas era tudo previsto, já que um membro da chapa pedia desfiliação em massa a dias atrás...
    avatar
    Judiciário
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1509
    Reputação : 24
    Data de inscrição : 07/07/2010
    Idade : 50

    Tópico Geral - Página 25 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Judiciário Seg 02 Jun 2014, 8:26 pm

    TSE envia previsão orçamentaria para o PL 7027/2013, sobre equiparação de fcs chefes de cartórios, que tramita na CFT da Câmara junto com PL 6613/2009
    Publicado em Segunda, 02 Junho 2014 20:17 | Imprimir | E-mail | Acessos: 41
    Submit to Facebook Submit to Google Bookmarks Submit to Twitter Submit to LinkedIn
    A Secretaria de Orçamento e Finanças do TSE (SOF), confirmou que foi incluída previsão orçamentária para implementar o projeto 7027/2013, que trata da equiparação de chefes de cartório e criação de cargos para a Justiça Eleitoral em todo o país, na proposta orçamentária da Justiça Eleitoral para 2015. A informação foi obtida nesta segunda-feira, pela diretora da Fenajufe, Eugênia Lacerda.

    O projeto já foi aprovado na CTASP (Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público) da Câmara dos deputados no último dia 21/05, com pressão da direção da Fenajufe e representações dos estados, e agora será buscada sua rápida aprovação na CFT (Comissão de Finanças e Tributação), que aprecia a adequação financeira e orçamentária da proposta.

    O envio de previsão orçamentária pelo TSE para buscar implementar o projeto é necessária e fundamental para assegurar a sua tramitação e aprovação, mas o tribunal deve atuar de forma efetiva junto ao governo, para assegurar que a previsão de tais recursos sejam mantidos na Proposta de Lei orçamentária Anual (PLOA), a ser encaminhada pelo Ministério do Planejamento ao Congresso até 31/08. Após, a pressão deve ser feita para que o Congresso mantenha esta previsão na proposta final da PLOA que vier a ser aprovada.

    Para assegurar rápida tramitação e aprovação do projeto e corrigir a injustiça que vem sendo cometida com os chefes de cartórios de todo o país, a direção da Fenajufe está buscando reunião com o relator do projeto na CFT, deputado Gabriel Chalita (PMDB/SP), para negociar prazo para apresentação de relatório favorável e inclusão na pauta para votação do projeto nessa comissão, e convoca todos os chefes de cartórios do país a virem somar esforços para que isto de fato aconteça, participando das greves e mobilizações em curso em todo o país e visitando e cobrando o voto favorável dos membros da CFT do seu estado, junto com a direção de seu sindicato.

    PL 6613/09 também está na CFT da Câmara

    O PL 6613/2009, cuja proposta de substitutivo será entregue pelo STF nesta terça-feira (03/06), também está na CFT da Câmara, sob a relatoria do deputado João Dado (SDD/SP).

    Esforço concentrado e pressão máxima dos sindicatos sobre os membros da CFT

    A Fenajufe orienta a todos os sindicatos que assim que agendem reunião com os deputados do seu estado que compõem a Comissão de Finanças e Tributação da Câmara, assim que for apresentado relatório, para solicitar o seu apoio para inclusão na pauta e imediata aprovação dos projetos de lei 7027/2013 e 6613/2009. A própria diretoria da Fenajufe já está buscando reunião com o presidente da CFT e com os relatores dos dois projetos, buscando assegurar rápida apresentação de relatórios e inclusão na pauta para votação. Segue abaixo a atual composição da CFT da Câmara dos Deputados.

    Composição da CFT

    Presidente: Mário Feitoza (PMDB/CE)
    1º Vice-Presidente: Lucio Vieira Lima (PMDB/BA)
    2º Vice-Presidente: Pedro Eugênio (PT/PE)
    3º Vice-Presidente: Jose Stédile (PSB/RS)
    Najla
    Najla
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 4436
    Reputação : 50
    Data de inscrição : 07/08/2010

    Tópico Geral - Página 25 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Najla Seg 02 Jun 2014, 8:49 pm

    Palavras de ódio e de incitação ao ódio não serão toleradas no fórum.
    Apaguei duas mensagens.

    Se continuarem iremos suspender.


    _________________
    Não espere por ninguém. Faça a sua parte.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 25 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Seg 02 Jun 2014, 8:51 pm

    corujito escreveu:
    VANDER DE PAULA escreveu:Aqui em SP apenas 8% dos servidores dão respaldo ao sindicato (Sintrajud).

    Então para outros 92% a GD tem chance!

    mas se você ganha a eleição os 8% seriam mais do que suficientes.


    ou você iria atrás dos outros 92% para só tomar o posto caso aprovado pela maioria ampla?


    Olha o que fizeram para ter poucos eleitores:


    "Francy Quirino:  Glória Botelho, não concordo com a sua expressão de que "Todos os eventos conduzidos pelo Sintrajud Imprensa são transparentes e democráticos, inclusive convocando a categoria antecipadamente. As assembleias são abertas, públicas, o microfone é disponibilizado para qualquer pessoa que quiser deixar a sua mensagem ou propor algum debate".

    Sou sindicalizada há 15 anos e estou no interior há 8 anos e não vejo o SINTRAJUD fazer nada pelo seus filiados, inclusive na página do sindicato não funciona o link contato. Deveria ter um meio de comunicação do SINTRAJUD com a categoria que não está na capital. Tenho que me deslocar do interior para participar das assembleias???? Porque não temos um meio de comunicação com o SINTRAJUD, para que eles possam nos representar e saberem o que pensamos????

    Recebi hoje, dia 02/06, folhetos das Chapas 1 e 2, sendo que a votação ocorreu nos dias 28 e 29/05. Que falta de consideração com os filiados que precisaram votar e não sabiam sequer em quem votar, isso é transparência e democracia????? Desculpe, mas vc deve estar desatualizada. Para que possamos acompanhar, dar sugestões, projetos de mudanças, e colaborações, precisamos de um meio de comunicação e isso não temos no SINTRAJUD."



    .
    corujito
    corujito
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3137
    Reputação : 209
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Tópico Geral - Página 25 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por corujito Seg 02 Jun 2014, 9:19 pm

    FAÇO CAMPANHA PARA DESFILIAÇÃO EM MASSA


    RECLAMO DA ELEIÇÃO SER DECIDIDA POR UMA PEQUENA PARCELA DA CATEGORIA.


    MEU NOME? VANDER DE PAULA
    avatar
    VN
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 783
    Reputação : 18
    Data de inscrição : 07/07/2010

    Tópico Geral - Página 25 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por VN Seg 02 Jun 2014, 9:22 pm

    Governo concede aumento à PF para evitar greve na CopaCOMENTE
    Estadão Conteúdo02/06/201420h47

    Comunicar erroImprimir
    Brasília - A poucos dias do início da Copa do Mundo, o governo conseguiu um acordo com a Polícia Federal para evitar um greve da categoria durante os jogos. O Palácio do Planalto acertou um aumento salarial de 15,8% para agentes policiais, escrivães e papiloscopistas. Será repassado 12% agora e 3,8% em janeiro. A correção salarial terá um impacto de R$ 376 milhões na folha de pagamento da União até janeiro, segundo a Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), entidade que representa mais de dez mil servidores.
    Com isso, a categoria que ameaçava fazer greve durante o mundial para pressionar o Planalto a retomar as negociações de aumento e reestruturação de carreiras, decidiu suspender a ameaça de paralisação - o que impactaria principalmente os aeroportos da cidades-sede da Copa. A PF é parte essencial do plano de segurança da Copa, cujo planejamento foi elaborado com base em uma cartilha produzida pelas Forças Armadas e a própria PF. "Não vamos fazer paralisação e greve na Copa, tanto por causa do acordo (de aumento) quanto por causa das decisões do Supremo Tribunal Federal e o Superior Tribunal de Justiça (STF e STJ, respectivamente, que classificaram a greve como ilegal)", afirmou o vice-presidente Fenapef, Luis Antônio Boudens.

    O STJ chegou a determinar uma multa de R$ 200 mil caso a PF decidisse manter a greve na Copa. A limitar foi concedida pelo tribunal após ação impetrada pela Advocacia-Geral da União (AGU). Agora, segundo Boudens, o governo se comprometeu a criar um grupo de trabalho para discutir uma reestruturação de carreira para os policiais. Este foi o ponto decisivo para um pacto de não paralisação na Copa. O Planalto se comprometeu a entregar uma proposta à PF em 75 dias a partir da última sexta-feira (30), quando o acordo foi fechado.

    Boudens afirma que o acordo foi assinado por causa da reestruturação e não pelo aumento em si, considerado distante do ideal. "Nós cedemos na aceitação do índice para avançar na reestruturação", diz, afirmando que desde 2007 o governo "ficou intransigente", fechando o canal de diálogo com os policiais. "Nosso salário está defasado há 7 anos e isso significa 40% para ser resgatado", diz.

    Aumento legal.

    O governo vai enviar ao Congresso Nacional um projeto de lei alterando a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2014 para incluir o aumento da PF. Embora a legislação eleitoral proíba aumentos salariais em ano eleitoral, o governo conseguiu escapar de ser questionado judicialmente por enquadrar o aumento como parte da negociação iniciada em 2012 pela Secretaria de Relações de Trabalho no Serviço Público do Ministério do Planejamento. "Como implementação de carreira iniciada no ano passado, não há problema legal. O que fica proibido é uma revisão geral maior do que a reposição (inflacionária)", avalia o ex-ministro do TSE Torquato Jardim.
    BLACK SOUL
    BLACK SOUL
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2047
    Reputação : 119
    Data de inscrição : 03/01/2011

    Tópico Geral - Página 25 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por BLACK SOUL Seg 02 Jun 2014, 10:50 pm

    darkshi escreveu:Calma povo. Está tudo saindo como planejado.

    Ou seja, como preconiza o bom e velho murphy, sob a minha humilde perspectiva: está dando tudo certo para dar tudo errado.
    BLACK SOUL
    BLACK SOUL
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2047
    Reputação : 119
    Data de inscrição : 03/01/2011

    Tópico Geral - Página 25 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por BLACK SOUL Seg 02 Jun 2014, 10:54 pm

    VN escreveu:Governo concede aumento à PF para evitar greve na CopaCOMENTE
    Estadão Conteúdo02/06/201420h47

    Comunicar erroImprimir
    Brasília - A poucos dias do início da Copa do Mundo, o governo conseguiu um acordo com a Polícia Federal para evitar um greve da categoria durante os jogos. O Palácio do Planalto acertou um aumento salarial de 15,8% para agentes policiais, escrivães e papiloscopistas. Será repassado 12% agora e 3,8% em janeiro. A correção salarial terá um impacto de R$ 376 milhões na folha de pagamento da União até janeiro, segundo a Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), entidade que representa mais de dez mil servidores.
    Com isso, a categoria que ameaçava fazer greve durante o mundial para pressionar o Planalto a retomar as negociações de aumento e reestruturação de carreiras, decidiu suspender a ameaça de paralisação - o que impactaria principalmente os aeroportos da cidades-sede da Copa. A PF é parte essencial do plano de segurança da Copa, cujo planejamento foi elaborado com base em uma cartilha produzida pelas Forças Armadas e a própria PF. "Não vamos fazer paralisação e greve na Copa, tanto por causa do acordo (de aumento) quanto por causa das decisões do Supremo Tribunal Federal e o Superior Tribunal de Justiça (STF e STJ, respectivamente, que classificaram a greve como ilegal)", afirmou o vice-presidente Fenapef, Luis Antônio Boudens.

    O STJ chegou a determinar uma multa de R$ 200 mil caso a PF decidisse manter a greve na Copa. A limitar foi concedida pelo tribunal após ação impetrada pela Advocacia-Geral da União (AGU). Agora, segundo Boudens, o governo se comprometeu a criar um grupo de trabalho para discutir uma reestruturação de carreira para os policiais. Este foi o ponto decisivo para um pacto de não paralisação na Copa. O Planalto se comprometeu a entregar uma proposta à PF em 75 dias a partir da última sexta-feira (30), quando o acordo foi fechado.

    Boudens afirma que o acordo foi assinado por causa da reestruturação e não pelo aumento em si, considerado distante do ideal. "Nós cedemos na aceitação do índice para avançar na reestruturação", diz, afirmando que desde 2007 o governo "ficou intransigente", fechando o canal de diálogo com os policiais. "Nosso salário está defasado há 7 anos e isso significa 40% para ser resgatado", diz.

    Aumento legal.

    O governo vai enviar ao Congresso Nacional um projeto de lei alterando a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2014 para incluir o aumento da PF. Embora a legislação eleitoral proíba aumentos salariais em ano eleitoral, o governo conseguiu escapar de ser questionado judicialmente por enquadrar o aumento como parte da negociação iniciada em 2012 pela Secretaria de Relações de Trabalho no Serviço Público do Ministério do Planejamento. "Como implementação de carreira iniciada no ano passado, não há problema legal. O que fica proibido é uma revisão geral maior do que a reposição (inflacionária)", avalia o ex-ministro do TSE Torquato Jardim.

    A Presidenta é o bicho, que bela tungada ela deu ma PF. PUTZ!!!
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 25 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 03 Jun 2014, 3:37 am

    Custo do PL 6613 enxertado com GAJ 90%:

    9,3 bilhões por ano!

    Mais exatamente:


    "PL 6.613/2009 custa menos que a metade do limite de gasto com pessoal

    Foi apurado um custo total de R$ 9.306.626.381,88, para a aplicação do aumento de forma integral, ou seja, sem

    parcelamento, sendo de R$ 8,126 bilhões para os servidores ativos, e de R$ 1,18 bilhões para os aposentados e pensionistas

    (Tabela Cool."

    Fonte:

    http://sisejufe.org.br/wprs/wp-content/uploads/2014/03/Contraponto-65-pag-8-a-151.pdf


    Crédito para Marcio Gonçalves que citou esse estudo.
    avatar
    TRF1/MG
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 4844
    Reputação : 314
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Tópico Geral - Página 25 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por TRF1/MG Ter 03 Jun 2014, 6:29 am

    VANDER DE PAULA escreveu:Custo do PL 6613 enxertado com GAJ 90%:

    9,3 bilhões por ano!

    Mais exatamente:


    "PL 6.613/2009 custa menos que a metade do limite de gasto com pessoal

    Foi apurado um custo total de R$ 9.306.626.381,88, para a aplicação do aumento de forma integral, ou seja, sem

    parcelamento, sendo de R$ 8,126 bilhões para os servidores ativos, e de R$ 1,18 bilhões para os aposentados e pensionistas

    (Tabela Cool."

    Fonte:

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    Crédito para Marcio Gonçalves que citou esse estudo.


    Chegaram a comentar 10 bi, nem é tudo isso. Agora ficou fácil de aprovar, parcela em duas vezes e pronto...
    Nem para PF a Dilma deu nada, mesmo correndo o risco de greve durante a copa, imagina para o Judiciário.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 25 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 03 Jun 2014, 7:12 am

    VANDER DE PAULA escreveu:Custo do PL 6613 enxertado com GAJ 90%:

    9,3 bilhões por ano!

    Mais exatamente:


    "PL 6.613/2009 custa menos que a metade do limite de gasto com pessoal

    Foi apurado um custo total de R$ 9.306.626.381,88, para a aplicação do aumento de forma integral, ou seja, sem

    parcelamento, sendo de R$ 8,126 bilhões para os servidores ativos, e de R$ 1,18 bilhões para os aposentados e pensionistas

    (Tabela Cool."

    Fonte:

    http://sisejufe.org.br/wprs/wp-content/uploads/2014/03/Contraponto-65-pag-8-a-151.pdf


    Crédito para Marcio Gonçalves que citou esse estudo.


    9,3 bilhões?! tá de graça!!!!

    só faltou aquelas informações que diz que corresponde a tantos dias de juros da dívida pública, paga ao capital internacional e banqueiros exploradores e capitalistas...... iam ficar mais forte os argumentos, daí passava rapidinho no congresso.........

    só sendo irônico mesmo para comentar uma notícias dessas......
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 25 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 03 Jun 2014, 7:15 am

    VN escreveu:Governo concede aumento à PF para evitar greve na CopaCOMENTE
    Estadão Conteúdo02/06/201420h47

    Comunicar erroImprimir
    Brasília - A poucos dias do início da Copa do Mundo, o governo conseguiu um acordo com a Polícia Federal para evitar um greve da categoria durante os jogos. O Palácio do Planalto acertou um aumento salarial de 15,8% para agentes policiais, escrivães e papiloscopistas. Será repassado 12% agora e 3,8% em janeiro. A correção salarial terá um impacto de R$ 376 milhões na folha de pagamento da União até janeiro, segundo a Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), entidade que representa mais de dez mil servidores.
    Com isso, a categoria que ameaçava fazer greve durante o mundial para pressionar o Planalto a retomar as negociações de aumento e reestruturação de carreiras, decidiu suspender a ameaça de paralisação - o que impactaria principalmente os aeroportos da cidades-sede da Copa. A PF é parte essencial do plano de segurança da Copa, cujo planejamento foi elaborado com base em uma cartilha produzida pelas Forças Armadas e a própria PF. "Não vamos fazer paralisação e greve na Copa, tanto por causa do acordo (de aumento) quanto por causa das decisões do Supremo Tribunal Federal e o Superior Tribunal de Justiça (STF e STJ, respectivamente, que classificaram a greve como ilegal)", afirmou o vice-presidente Fenapef, Luis Antônio Boudens.

    O STJ chegou a determinar uma multa de R$ 200 mil caso a PF decidisse manter a greve na Copa. A limitar foi concedida pelo tribunal após ação impetrada pela Advocacia-Geral da União (AGU). Agora, segundo Boudens, o governo se comprometeu a criar um grupo de trabalho para discutir uma reestruturação de carreira para os policiais. Este foi o ponto decisivo para um pacto de não paralisação na Copa. O Planalto se comprometeu a entregar uma proposta à PF em 75 dias a partir da última sexta-feira (30), quando o acordo foi fechado.

    Boudens afirma que o acordo foi assinado por causa da reestruturação e não pelo aumento em si, considerado distante do ideal. "Nós cedemos na aceitação do índice para avançar na reestruturação", diz, afirmando que desde 2007 o governo "ficou intransigente", fechando o canal de diálogo com os policiais. "Nosso salário está defasado há 7 anos e isso significa 40% para ser resgatado", diz.

    Aumento legal.

    O governo vai enviar ao Congresso Nacional um projeto de lei alterando a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2014 para incluir o aumento da PF. Embora a legislação eleitoral proíba aumentos salariais em ano eleitoral, o governo conseguiu escapar de ser questionado judicialmente por enquadrar o aumento como parte da negociação iniciada em 2012 pela Secretaria de Relações de Trabalho no Serviço Público do Ministério do Planejamento. "Como implementação de carreira iniciada no ano passado, não há problema legal. O que fica proibido é uma revisão geral maior do que a reposição (inflacionária)", avalia o ex-ministro do TSE Torquato Jardim.

    só saiu os 15,8%.... o mesmo para todo mundo do executivo
    ..... por isso acho q no futuro, para nós, só sai mesmo o mesmo percentual que escolherem para lá......

    ai, os sindicalistas fervem.... pq vão começar a reparar que eles não servem para nada, de fato.... q vale o que é decido bem longe deles...
    flashfs
    flashfs
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 237
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 21/10/2011

    Tópico Geral - Página 25 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por flashfs Ter 03 Jun 2014, 7:39 am

    É sério que para a PF só saiu os mesmos 15,8%? Ou tem algo a mais escondido que não sabemos? Uma das poucas carreiras que se segurou mais que nós ainda assim não foi suficiente..
    Esse 6613 vai demorar só um pouco..
    camirecas
    camirecas
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : AJAAECJE
    Mensagens : 1546
    Reputação : 76
    Data de inscrição : 02/09/2012

    Tópico Geral - Página 25 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por camirecas Ter 03 Jun 2014, 7:44 am

    euvoltei escreveu:
    VN escreveu:Governo concede aumento à PF para evitar greve na CopaCOMENTE
    Estadão Conteúdo02/06/201420h47

    Comunicar erroImprimir
    Brasília - A poucos dias do início da Copa do Mundo, o governo conseguiu um acordo com a Polícia Federal para evitar um greve da categoria durante os jogos. O Palácio do Planalto acertou um aumento salarial de 15,8% para agentes policiais, escrivães e papiloscopistas. Será repassado 12% agora e 3,8% em janeiro. A correção salarial terá um impacto de R$ 376 milhões na folha de pagamento da União até janeiro, segundo a Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), entidade que representa mais de dez mil servidores.
    Com isso, a categoria que ameaçava fazer greve durante o mundial para pressionar o Planalto a retomar as negociações de aumento e reestruturação de carreiras, decidiu suspender a ameaça de paralisação - o que impactaria principalmente os aeroportos da cidades-sede da Copa. A PF é parte essencial do plano de segurança da Copa, cujo planejamento foi elaborado com base em uma cartilha produzida pelas Forças Armadas e a própria PF. "Não vamos fazer paralisação e greve na Copa, tanto por causa do acordo (de aumento) quanto por causa das decisões do Supremo Tribunal Federal e o Superior Tribunal de Justiça (STF e STJ, respectivamente, que classificaram a greve como ilegal)", afirmou o vice-presidente Fenapef, Luis Antônio Boudens.

    O STJ chegou a determinar uma multa de R$ 200 mil caso a PF decidisse manter a greve na Copa. A limitar foi concedida pelo tribunal após ação impetrada pela Advocacia-Geral da União (AGU). Agora, segundo Boudens, o governo se comprometeu a criar um grupo de trabalho para discutir uma reestruturação de carreira para os policiais. Este foi o ponto decisivo para um pacto de não paralisação na Copa. O Planalto se comprometeu a entregar uma proposta à PF em 75 dias a partir da última sexta-feira (30), quando o acordo foi fechado.

    Boudens afirma que o acordo foi assinado por causa da reestruturação e não pelo aumento em si, considerado distante do ideal. "Nós cedemos na aceitação do índice para avançar na reestruturação", diz, afirmando que desde 2007 o governo "ficou intransigente", fechando o canal de diálogo com os policiais. "Nosso salário está defasado há 7 anos e isso significa 40% para ser resgatado", diz.

    Aumento legal.

    O governo vai enviar ao Congresso Nacional um projeto de lei alterando a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2014 para incluir o aumento da PF. Embora a legislação eleitoral proíba aumentos salariais em ano eleitoral, o governo conseguiu escapar de ser questionado judicialmente por enquadrar o aumento como parte da negociação iniciada em 2012 pela Secretaria de Relações de Trabalho no Serviço Público do Ministério do Planejamento. "Como implementação de carreira iniciada no ano passado, não há problema legal. O que fica proibido é uma revisão geral maior do que a reposição (inflacionária)", avalia o ex-ministro do TSE Torquato Jardim.

    só saiu os 15,8%.... o mesmo para todo mundo do executivo
    ..... por isso acho q no futuro, para nós, só sai mesmo o mesmo percentual que escolherem para lá......

    ai, os sindicalistas fervem.... pq vão começar a reparar que eles não servem para nada, de fato.... q vale o que é decido bem longe deles...


    Espernearam que só e....
    A luta continua!!!!!
    Potter
    Potter
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 351
    Reputação : 44
    Data de inscrição : 05/12/2013

    Tópico Geral - Página 25 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Potter Ter 03 Jun 2014, 9:28 am

    Desse mamute, poderia vir uma contraproposta de 15%. Pelo menos, o mamute serviria pra algo. Mas acho que esse ano não vem coisa alguma.


    Enquanto os incorporadões continuarem, vai ser difícil um reajuste justo e moralizado, tal como é o subsídio.
    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8804
    Reputação : 248
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Tópico Geral - Página 25 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por darkshi Ter 03 Jun 2014, 9:43 am

    Os tribunais estão enviando seus orçamentos com previsão orçamentaria para o mega mamute.
    Se o JB fosse o presidente até o fim do ano, teria alguma esperança da aprovação do mega mamute. Não pq o JB iria nos defender. Mas acho que o ego dele não permitiria ver corte orçamentário.
    Já o Levando-Lero não confio.

    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 25 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 03 Jun 2014, 9:48 am

    flashfs escreveu:É sério que para a PF só saiu os mesmos 15,8%? Ou tem algo a mais escondido que não sabemos? Uma das poucas carreiras que se segurou mais que nós ainda assim não foi suficiente..
    Esse 6613 vai demorar só um pouco..

    Parece (não tive tempo de ler mais a fundo) que também vai haver um GT de reestruturação da carreira.
    Creio que a presidente viu que ficou numa sinuca de bico, porque dá para enrolá-los, por enquanto, mas em 2016 também haverá Olimpíadas, em que pelo menos parte dos transtornos da copa deverá ser evitada, e que tem um caráter político muito mais sério (a copa são 32 seleções, que minimamente tem afinidade de futebol) e menos de mil atletas espalhados por dezenas de sedes. Já a Olimpíada são todos os países do mundo, uma pataquada de atletas e histórico de movimentos ideológicos e terroristas.

    Mesmo assim, olha a luta que tiveram para conseguir os 15% e, de fato conseguindo um novo reajuste, aí sim assumimos não apenas a lanterna, como a carreira a mais tempo sem reestruturação, como não se vê nada interessante no horizonte.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 25 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 03 Jun 2014, 9:54 am

    TRF1/MG escreveu:
    VANDER DE PAULA escreveu:Custo do PL 6613 enxertado com GAJ 90%:

    9,3 bilhões por ano!

    Mais exatamente:


    "PL 6.613/2009 custa menos que a metade do limite de gasto com pessoal

    Foi apurado um custo total de R$ 9.306.626.381,88, para a aplicação do aumento de forma integral, ou seja, sem

    parcelamento, sendo de R$ 8,126 bilhões para os servidores ativos, e de R$ 1,18 bilhões para os aposentados e pensionistas

    (Tabela Cool."

    Fonte:

    http://sisejufe.org.br/wprs/wp-content/uploads/2014/03/Contraponto-65-pag-8-a-151.pdf


    Crédito para Marcio Gonçalves que citou esse estudo.


    Chegaram a comentar 10 bi, nem é tudo isso. Agora ficou fácil de aprovar, parcela em duas vezes e pronto...
    Nem para PF a Dilma deu nada, mesmo correndo o risco de greve durante a copa, imagina para o Judiciário.

    Nossa, que estudo inteligente, que não considera sequer o impacto do já muito mais adiantado adicional por tempo de serviço para os juízes, nem sequer ousa estudar uma recomposição deles...
    Quer dizer que vai ser tudo isto? 10 bilhões só para o judiciário?

    Vai ter servidor rindo em 2015, se a Dilma liberar esta rubrica para o funcionalismo federal inteiro, que permitiria mais uma graça de 4 ou 5% de reajuste.

    Tem coisa que não dá nem para comentar! De volta aos livros!
    Potter
    Potter
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 351
    Reputação : 44
    Data de inscrição : 05/12/2013

    Tópico Geral - Página 25 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Potter Ter 03 Jun 2014, 9:58 am

    Esse papo de que se o STF conseguir carreira própria, conseguriremos equiparação é pura bobagem. Em última instância, quem decide sobre uma possível equiparação é o STF. O que vcs acham? Pensar que a carreira própria deles será uma porteira aberta para os demais é ilusão. É só uma opinião. Respeito os demais.
    avatar
    Mosca
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1239
    Reputação : 23
    Data de inscrição : 16/07/2010

    Tópico Geral - Página 25 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Mosca Ter 03 Jun 2014, 10:38 am

    VANDER DE PAULA escreveu:Aqui em SP apenas 8% dos servidores dão respaldo ao sindicato (Sintrajud).

    Então para outros 92% a GD tem chance!

    Errado e certo!
    Pelo que diz, 8% votaram.
    Então, os servidores que representam esses 8% se preocupam com alguma coisa.
    92% está pouco se lixando para o que vai acontecer.
    Uns acham que algum aumento vem e que as manifestações sindicais só servem para valorizar o próprio sindicato, porque sempre tem algum aumento já pronto para sair (já ouvi isso).
    Outros acham que se algum aumento tiver que vir vem de qualquer jeito (já ouvi isso também)
    Outros ainda acham que não vem nada, mas não estão dispostos a fazer nada para mudar (tem de monte).
    Então, dizer que 92% a GD tem chance pode até ser, pois desde que venha aumento não interessa a rubrica.




    -------

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Conteúdo patrocinado

    Tópico Geral - Página 25 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui 21 Out 2021, 2:59 pm