PCS JÁ

PCS JÁ



    Tópico Geral

    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 03 Jun 2014, 6:58 pm

    zeirao escreveu:
    cesarblf escreveu:Diferente de nós, não empurraram a elevação de nível da escolaridade para o GT. Agora, todos da Polícia Federal serão de nível superior, e nem por isso tornar-se-á uma classe elitista, como alguns sindicalistas governistas entendem.

    concurseiro_mor escreveu:kkkkkk!
    Isto foi a promessa do Executivo.
    GT por GT, temos aqui no nosso "puxadinho" conhecido como PJU/MPU.
    O negócio tá feio... O problema dos agentes e assemelhados
    é que não foram acompanhados pelos delegados.
    Se houvesse união entre delegados, peritos e os agentes,
    a coisa iria complicar para o governo.
    Eles receberam apenas uma leve esperança de reestruturação.
    A guerra interna lá é visceral...
    Agentes X Delegados.


    guerreira gaucha escreveu:Colegas

    É claro que a PF não recebeu só o percentual de 15,8%, tem um acerto sobre carreira. Eles não são o JUDICIÁRIO que tem os seus representantes PREOCUPADOS com o PRÓPRIO UMBIGO.

    Meu brother,
    A Polícia Federal tem uma carreira de apoio chamada Plano Especial de Cargos do Departamento de Polícia Federal.
    Nessa carreira há os cargos de nível médio, denominados Agentes Administrativos, que realizam o serviço operacional de lá. É o equivalente ao Técnico Judiciário daqui.
    Vc não tem que comparar o cargo de Técnico Judiciário daqui com o de Agente (Escrivão ou Papiloscopista) de Polícia Federal de lá.
    A comparação correta é de cargo de Técnico Judiciário daqui com o de Agente Administrativo de lá. Entendeu, ou quer que desenhe?
    Kra. Desencana!
    Técnico Judiciário é cargo de execução. É operacional. Não tem espaço e nem fundamento ser de nível superior.

    eu mesmo já perguntei, uma centena de vezes, no outro tópico...

    quem irá fazer o serviço de nível médio??

    aquele mesmo, que nunca vai acabar... atender telefone, atender balção, digitalizar processo antigo para colocar no PJE, ser secretário de audiência, expedir notificação, certificar acordos/ prazos.........

    ninguém responde...
    avatar
    Judiciário
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1509
    Reputação : 24
    Data de inscrição : 07/07/2010
    Idade : 50

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Judiciário Ter 03 Jun 2014, 7:24 pm

    SUBSTITUTIVO AO PL 6613/2009 É ENTREGUE AO RELATOR NA CFT DA CÂMARA



    O Diretor Geral, Miguel Fonseca, e o assessor da administração do Supremo Tribunal Federal (STF), Rubens Dusi, estiveram, nesta terça-feira (03), na Câmara dos Deputados para entregar a proposta de substitutivo ao PL 6613/09 ao relator do projeto na Comissão de Finanças e Tributação (CFT), deputado João Dado (SDD/SP).

    O deputado João dado destacou que é importante, para a elaboração do relatório, que chegue a ele a consolidação dos dados com a previsão orçamentária de todos os tribunais, com dotação para o reajuste, já com protocolo de encaminhamento ao Poder Executivo, responsável pelo encaminhamento do Orçamento ao Congresso. Os representantes do Supremo comprometeram-se a tomar essa providência e tentar uma reunião do presidente do STF com o presidente da CFT da Câmara, Mário Feitoza (PMDB/CE), e se possível, ainda, com os líderes partidários para expor o posicionamento da Corte endossando o substitutivo a constar do relatório. João Dado disse ainda que, a partir da comprovação da previsão orçamentária do Judiciário contemplando o substitutivo apresentado, ele apresentará relatório pela aprovação do PL 6613/09.

    Na avaliação da Fenajufe, o desafio é fazer com que a CFT paute o projeto e que a dotação orçamentária necessária à implementação do reajuste previsto no substitutivo seja confirmada no Projeto de Lei Orçamentária (PLOA), assim como mantida a tramitação no Congresso Nacional.

    A categoria deverá pressionar para evitar mais uma interferência indevida do Executivo no orçamento do Judiciário, como ocorrido nos anos anteriores, a fim de que sua autonomia seja assegurada e de que o reajuste dos servidores possa enfim ser implementado, de modo a assegurar a recomposição dos salários achatados ao longo dos últimos anos.
    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8804
    Reputação : 248
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por darkshi Ter 03 Jun 2014, 7:25 pm

    TRF1/MG escreveu:
    darkshi escreveu:
    TRF1/MG escreveu:
    darkshi escreveu:

    Agora com certeza sai! #JAVIESTEFILMEANTES

    ps: Mas falando sério.
    Ainda acho que não iremos levar nada. Mas estou com a impressão que a adm do PJU está levando um pouco mais a sério o PCS do que em anos anteriores.

    Espero que você tenha razão, mas creio que vai errar feio. É um grande jogo, onde só tem um derrotado... NÓS!!!

    Pq estou errado? Eu acredito que iremos levar um zero.
    Só estou com a impressão que o PJU esteja levando mais a sério o PCS. Não que isto garanta que iremos levar qualquer tostão furado.


    Você está errado na parte em que comenta que tem a impressão que o PJU está levando mais a sério este PCS... Eu acho que está claro que tudo é uma grande jogada, o STF deixa os servidores calmos com uma pretensa negociação e os sindicalistas/Petistas vão enganar alguns e angariar alguns votos com a pretensa negociação. Eu acho que está claro isso, não consigo ver nada sendo levado a sério.

    O povo aqui é muito 8 ou 80.
    Eu digo que tenho uma leve impressão, mas vcs interpretam como se estivesse dando uma certeza que seria aprovado.

    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8804
    Reputação : 248
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por darkshi Ter 03 Jun 2014, 7:31 pm

    TRF1/MG escreveu:
    Digoturbinado escreveu:03-06 – PGR define proposta de recomposição salarial

    Nesta manhã (3), os diretores do SINASEMPU Anestor da Cunha Germano, Darci Rodrigues de Almeida, Douglas Teixeira Lacerda, Marco Aurélio Moreira da Silva, Moysés Bemerguy, Velton Rodrigues da Cunha e o Diretor Seccional/RJ, Eurípedes Peixoto juntamente com a Presidente da ASMPF, Edilene Vasconcelos  estiveram presentes na Audiência do Conselho Superior do Ministério Público Federal em busca de um contato com o Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot.

    Ao final da audiência, após abordagem os diretores questionaram o PGR sobre uma definição do que será enviado ao Congresso Nacional para recompor a questão remuneratória dos servidores do MPU.

    O Dr Janot comunicou oficialmente que irá seguir o Judiciário com o PL 6697/2009 com a GAMPU 90%. Indagado sobre a inclusão do reajuste no orçamento, o Dr. Janot informou que isto já está sendo previsto. Na ocasião foi entregue ao PGR um ofício solicitando uma audiência o mais breve possível, o Dr. Janot informou que de fato é necessário uma audiência com os representantes dos servidores e que marcará o quanto antes.

    Os Diretores também estiveram na Procuradoria Geral Militar e conversaram com Procurador-Geral da Justiça Militar, Dr. Marcelo Weitzel Rabello de Souza para entregar um ofício solicitando apoio da autoridade para o pleito dos servidores (recomposição salarial).

    E dizer que no ano passado alguns servidores comemoraram o desatrelamento do MPU do PJU...

    Acho que está sacramentado que o SG do MPU só estava enrolando.

    embuscadeaumento
    embuscadeaumento
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2790
    Reputação : 54
    Data de inscrição : 05/07/2011

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por embuscadeaumento Ter 03 Jun 2014, 8:09 pm

    Esse filme tá se repetindo: começa com o 6613 há um meio termo de gampao e termina com a canetada de 5 %...
    concurseiro_mor
    concurseiro_mor
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1292
    Reputação : 33
    Data de inscrição : 06/08/2010

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por concurseiro_mor Ter 03 Jun 2014, 10:06 pm


     like 

    zeirao escreveu:
    cesarblf escreveu:Diferente de nós, não empurraram a elevação de nível da escolaridade para o GT. Agora, todos da Polícia Federal serão de nível superior, e nem por isso tornar-se-á uma classe elitista, como alguns sindicalistas governistas entendem.

    concurseiro_mor escreveu:kkkkkk!
    Isto foi a promessa do Executivo.
    GT por GT, temos aqui no nosso "puxadinho" conhecido como PJU/MPU.
    O negócio tá feio... O problema dos agentes e assemelhados
    é que não foram acompanhados pelos delegados.
    Se houvesse união entre delegados, peritos e os agentes,
    a coisa iria complicar para o governo.
    Eles receberam apenas uma leve esperança de reestruturação.
    A guerra interna lá é visceral...
    Agentes X Delegados.


    guerreira gaucha escreveu:Colegas

    É claro que a PF não recebeu só o percentual de 15,8%, tem um acerto sobre carreira. Eles não são o JUDICIÁRIO que tem os seus representantes PREOCUPADOS com o PRÓPRIO UMBIGO.

    Meu brother,
    A Polícia Federal tem uma carreira de apoio chamada Plano Especial de Cargos do Departamento de Polícia Federal.
    Nessa carreira há os cargos de nível médio, denominados Agentes Administrativos, que realizam o serviço operacional de lá. É o equivalente ao Técnico Judiciário daqui.
    Vc não tem que comparar o cargo de Técnico Judiciário daqui com o de Agente (Escrivão ou Papiloscopista) de Polícia Federal de lá.
    A comparação correta é de cargo de Técnico Judiciário daqui com o de Agente Administrativo de lá. Entendeu, ou quer que desenhe?
    Kra. Desencana!
    Técnico Judiciário é cargo de execução. É operacional. Não tem espaço e nem fundamento ser de nível superior.
    avatar
    TRF1/MG
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 4844
    Reputação : 314
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por TRF1/MG Ter 03 Jun 2014, 10:09 pm

    darkshi escreveu:
    TRF1/MG escreveu:
    darkshi escreveu:
    TRF1/MG escreveu:

    Espero que você tenha razão, mas creio que vai errar feio. É um grande jogo, onde só tem um derrotado... NÓS!!!

    Pq estou errado? Eu acredito que iremos levar um zero.
    Só estou com a impressão que o PJU esteja levando mais a sério o PCS. Não que isto garanta que iremos levar qualquer tostão furado.


    Você está errado na parte em que comenta que tem a impressão que o PJU está levando mais a sério este PCS... Eu acho que está claro que tudo é uma grande jogada, o STF deixa os servidores calmos com uma pretensa negociação e os sindicalistas/Petistas vão enganar alguns e angariar alguns votos com a pretensa negociação. Eu acho que está claro isso, não consigo ver nada sendo levado a sério.

    O povo aqui é muito 8 ou 80.
    Eu digo que tenho uma leve impressão, mas vcs interpretam como se estivesse dando uma certeza que seria aprovado.


    Só disse que torço que essa sua impressão seja a correta, que venha algum trocado, que o PJU negocie algo de verdade, pois a minha é que não sai nada e o PJU está só enrolando, assim como sindicatos e governo. Simples assim.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 03 Jun 2014, 10:29 pm

    TRF1/MG escreveu:
    darkshi escreveu:
    TRF1/MG escreveu:
    darkshi escreveu:

    Pq estou errado? Eu acredito que iremos levar um zero.
    Só estou com a impressão que o PJU esteja levando mais a sério o PCS. Não que isto garanta que iremos levar qualquer tostão furado.


    Você está errado na parte em que comenta que tem a impressão que o PJU está levando mais a sério este PCS... Eu acho que está claro que tudo é uma grande jogada, o STF deixa os servidores calmos com uma pretensa negociação e os sindicalistas/Petistas vão enganar alguns e angariar alguns votos com a pretensa negociação. Eu acho que está claro isso, não consigo ver nada sendo levado a sério.

    O povo aqui é muito 8 ou 80.
    Eu digo que tenho uma leve impressão, mas vcs interpretam como se estivesse dando uma certeza que seria aprovado.


    Só disse que torço que essa sua impressão seja a correta, que venha algum trocado, que o PJU negocie algo de verdade, pois a minha é que não sai nada e o PJU está só enrolando, assim como sindicatos e governo. Simples assim.

    não vejo nada novo em cena para esperarmos um final diferente....

    é a mesma presidente, são os mesmos ministros do STF, são os mesmos pedidos e os mesmo representantes...

    vai ter substitutivo, vão mandar aí, esse orçamento "cheio" denovo com esse VB hipotético e maluco, o PJU vai dizer cumprindo sua parte...

    a presidente corta o orçamento, diz que são fatores externos, conjunturais, ou algo muito vago,... ou nada diz...

    vão propor algo no STF... que pode ser julgado ou não......

    se o STF pedir para apreciar.. algum deputado na comissão de orçamento, lê um requerimento, cumpre o formalismo do STF.... diz alguma besteira do tipo,... "tem que apontar a origem"... coisa q o judiciário não pode fazer, rejeita e....


    no meio disso aparece um suplente-sindicalista-profissional pedindo votos.... muitos incautos vão votar...

    Enfim, vai ficar tudo como está....


    quem sabe quando sair algo para o executivo, aparece algo para nós....
    Nicolau Machiavel
    Nicolau Machiavel
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 276
    Reputação : 12
    Data de inscrição : 07/04/2011

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Nicolau Machiavel Ter 03 Jun 2014, 10:53 pm

    O Executivo já está dando aumento a rodo colega! Servidores do Incra tiveram 50% de aumento este ano!!


    "Ambulâncias, peritos e Incra

    Outros profissionais beneficiados com o PLV foram os motoristas de ambulância, os peritos médicos e os servidores do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).

    O texto regulamenta a carreira dos motoristas, que passará a exigir treinamento especializado e cursos de reciclagem a cada cinco anos. Os motoristas de ambulância também passarão a ser reconhecidos como categoria e poderão criar seu próprio sindicato.

    Já os peritos médicos previdenciários e os supervisores médicos do Ministério da Previdência Social tiveram a jornada de trabalho reduzida a 30 horas semanais. A redução prevê a manutenção do salário previsto para a atual carga semanal de 40 horas. Atualmente, pela Lei 11.907/09, somente os supervisores podem optar por esta carga de trabalho, mas, ainda assim, com remuneração reduzida.

    Os servidores do Incra terão suas carreiras reestruturadas, o que resultará em aumentos salariais de quase 50% para este ano, com impacto orçamentário previsto de R$ 258 milhões para 2014 e de R$ 291 milhões para 2015. Também serão criados cerca de dois mil cargos no órgão.

    Presentes nas galerias do Plenário, os servidores do Incra receberam apoio dos senadores. Inácio Arruda (PCdoB-CE) registrou a longa caminhada que esses profissionais tiveram de enfrentar até conseguir que seu reajuste fosse incluído na medida provisória por emenda na comissão mista."

    [É necessário estar registrado e conectado para poderes ver esta hiperligação]



    euvoltei escreveu:
    TRF1/MG escreveu:
    darkshi escreveu:
    TRF1/MG escreveu:


    Você está errado na parte em que comenta que tem a impressão que o PJU está levando mais a sério este PCS... Eu acho que está claro que tudo é uma grande jogada, o STF deixa os servidores calmos com uma pretensa negociação e os sindicalistas/Petistas vão enganar alguns e angariar alguns votos com a pretensa negociação. Eu acho que está claro isso, não consigo ver nada sendo levado a sério.

    O povo aqui é muito 8 ou 80.
    Eu digo que tenho uma leve impressão, mas vcs interpretam como se estivesse dando uma certeza que seria aprovado.


    Só disse que torço que essa sua impressão seja a correta, que venha algum trocado, que o PJU negocie algo de verdade, pois a minha é que não sai nada e o PJU está só enrolando, assim como sindicatos e governo. Simples assim.

    não vejo nada novo em cena para esperarmos um final diferente....

    é a mesma presidente, são os mesmos ministros do STF, são os mesmos pedidos e os mesmo representantes...

    vai ter substitutivo, vão mandar aí, esse orçamento "cheio" denovo com esse VB hipotético e maluco, o PJU vai dizer cumprindo sua parte...

    a presidente corta o orçamento, diz que são fatores externos, conjunturais, ou algo muito vago,... ou nada diz...

    vão propor algo no STF... que pode ser julgado ou não......

    se o STF pedir para apreciar.. algum deputado na comissão de orçamento, lê um requerimento, cumpre o formalismo do STF.... diz alguma besteira do tipo,... "tem que apontar a origem"... coisa q o judiciário não pode fazer, rejeita e....


    no meio disso aparece um suplente-sindicalista-profissional pedindo votos.... muitos incautos vão votar...

    Enfim, vai ficar tudo como está....


    quem sabe quando sair algo para o executivo, aparece algo para nós....
    mineiro
    mineiro
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 299
    Reputação : 12
    Data de inscrição : 02/09/2011
    Localização : brasília

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por mineiro Ter 03 Jun 2014, 10:55 pm

    euvoltei escreveu:
    zeirao escreveu:
    cesarblf escreveu:Diferente de nós, não empurraram a elevação de nível da escolaridade para o GT. Agora, todos da Polícia Federal serão de nível superior, e nem por isso tornar-se-á uma classe elitista, como alguns sindicalistas governistas entendem.

    concurseiro_mor escreveu:kkkkkk!
    Isto foi a promessa do Executivo.
    GT por GT, temos aqui no nosso "puxadinho" conhecido como PJU/MPU.
    O negócio tá feio... O problema dos agentes e assemelhados
    é que não foram acompanhados pelos delegados.
    Se houvesse união entre delegados, peritos e os agentes,
    a coisa iria complicar para o governo.
    Eles receberam apenas uma leve esperança de reestruturação.
    A guerra interna lá é visceral...
    Agentes X Delegados.




    Meu brother,
    A Polícia Federal tem uma carreira de apoio chamada Plano Especial de Cargos do Departamento de Polícia Federal.
    Nessa carreira há os cargos de nível médio, denominados Agentes Administrativos, que realizam o serviço operacional de lá. É o equivalente ao Técnico Judiciário daqui.
    Vc não tem que comparar o cargo de Técnico Judiciário daqui com o de Agente (Escrivão ou Papiloscopista) de Polícia Federal de lá.
    A comparação correta é de cargo de Técnico Judiciário daqui com o de Agente Administrativo de lá. Entendeu, ou quer que desenhe?
    Kra. Desencana!
    Técnico Judiciário é cargo de execução. É operacional. Não tem espaço e nem fundamento ser de nível superior.

    eu mesmo já perguntei, uma centena de vezes, no outro tópico...

    quem irá fazer o serviço de nível médio??

    aquele mesmo, que nunca vai acabar... atender telefone, atender balção, digitalizar processo antigo para colocar no PJE, ser secretário de audiência, expedir notificação, certificar acordos/ prazos.........

    ninguém responde...

    Nem tanto o céu, nem tanto a terra, meu caro.

    Agente e escrivão também são cargos operacionais, e ainda possuem carreira de nível médio que é inclusive uma das reivindicações dessas categorias da PF em transforma-la em carreira superior, a despeito de seu ingresso já ser de nível superior.

    Outrossim, agente e escrivão são os cargos que carregam sim piano dentro da instituição PF ou PCDF que possui a mesma carreira. Agente prende, investiga, atende balcão, reduz a termo para que seja lavrado o BO... E escrivão é praticamente o mesmo cargo de técnico judiciário, pratica atos cartorários, dá impulso nos procedimentos, lavra os termos de depoimentos e oitivas, não é isso, ou estão enganado!??

    Caso, tiver interesse em dar uma olhada no CPC e no CPP, vc poderá ver que em várias ocasiões o legislador se utiliza da expressão escrivão, mas na verdade se trata do técnico judiciário.

    Apenas a título de ilustração, veja o art. 457 do CPC: "O escrivão lavrará, sob ditado do juiz, termo que conterá, em resumo, o ocorrido na audiência, bem como, por extenso, os despachos e a sentença, se esta for proferida no ato".

    É analista que faz esse trabalho ou o técnico judiciario!? se fosse atividade da polícia federal seria realizada por quem!?? evidentemente, seria escrivão de polícia ou agente nomeado escrivão ad hoc.



    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8804
    Reputação : 248
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por darkshi Ter 03 Jun 2014, 11:25 pm

    TRF1/MG escreveu:
    darkshi escreveu:
    TRF1/MG escreveu:
    darkshi escreveu:

    Pq estou errado? Eu acredito que iremos levar um zero.
    Só estou com a impressão que o PJU esteja levando mais a sério o PCS. Não que isto garanta que iremos levar qualquer tostão furado.


    Você está errado na parte em que comenta que tem a impressão que o PJU está levando mais a sério este PCS... Eu acho que está claro que tudo é uma grande jogada, o STF deixa os servidores calmos com uma pretensa negociação e os sindicalistas/Petistas vão enganar alguns e angariar alguns votos com a pretensa negociação. Eu acho que está claro isso, não consigo ver nada sendo levado a sério.

    O povo aqui é muito 8 ou 80.
    Eu digo que tenho uma leve impressão, mas vcs interpretam como se estivesse dando uma certeza que seria aprovado.


    Só disse que torço que essa sua impressão seja a correta, que venha algum trocado, que o PJU negocie algo de verdade, pois a minha é que não sai nada e o PJU está só enrolando, assim como sindicatos e governo. Simples assim.

    Ué. A minha impressão também é que não irá sair nada.
    O que eu disse é que aparentemente o PJU está levando mais a sério o PCS. Só isto.
    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8804
    Reputação : 248
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por darkshi Ter 03 Jun 2014, 11:31 pm

    euvoltei escreveu:
    zeirao escreveu:
    cesarblf escreveu:Diferente de nós, não empurraram a elevação de nível da escolaridade para o GT. Agora, todos da Polícia Federal serão de nível superior, e nem por isso tornar-se-á uma classe elitista, como alguns sindicalistas governistas entendem.

    concurseiro_mor escreveu:kkkkkk!
    Isto foi a promessa do Executivo.
    GT por GT, temos aqui no nosso "puxadinho" conhecido como PJU/MPU.
    O negócio tá feio... O problema dos agentes e assemelhados
    é que não foram acompanhados pelos delegados.
    Se houvesse união entre delegados, peritos e os agentes,
    a coisa iria complicar para o governo.
    Eles receberam apenas uma leve esperança de reestruturação.
    A guerra interna lá é visceral...
    Agentes X Delegados.




    Meu brother,
    A Polícia Federal tem uma carreira de apoio chamada Plano Especial de Cargos do Departamento de Polícia Federal.
    Nessa carreira há os cargos de nível médio, denominados Agentes Administrativos, que realizam o serviço operacional de lá. É o equivalente ao Técnico Judiciário daqui.
    Vc não tem que comparar o cargo de Técnico Judiciário daqui com o de Agente (Escrivão ou Papiloscopista) de Polícia Federal de lá.
    A comparação correta é de cargo de Técnico Judiciário daqui com o de Agente Administrativo de lá. Entendeu, ou quer que desenhe?
    Kra. Desencana!
    Técnico Judiciário é cargo de execução. É operacional. Não tem espaço e nem fundamento ser de nível superior.

    eu mesmo já perguntei, uma centena de vezes, no outro tópico...

    quem irá fazer o serviço de nível médio??

    aquele mesmo, que nunca vai acabar... atender telefone, atender balção, digitalizar processo antigo para colocar no PJE, ser secretário de audiência, expedir notificação, certificar acordos/ prazos.........

    ninguém responde...

    Já foi respondido, o senhor que ignora as respostas.
    O técnico continuará técnico. Ninguém está falando de ascensão funcional.
    Serviços que fizerem sentido de continuar nas mãos de servidores, serão realizados pelos técnicos (agora de nível superior). E os que não fizerem, podem ser repassado para prestadores de serviços.

    Tão simples a resposta. Não sei pq insistem em fazer tempestade em copo d'água com isto.
    zak
    zak
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 413
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 10/07/2010

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por zak Ter 03 Jun 2014, 11:36 pm

    Não sei se já postaram aqui, mas só sai alguma coisa que preste pra gente quando agirmos como eles:

    Fotos da linha do tempo
    Retornar ao álbum · Fotos de Mídia Independente Coletiva - MIC · Página de Mídia Independente Coletiva - MICAnterior · Próxima

    CurtirComentar
    Mídia Independente Coletiva - MIC
    A COMLURB MENTE! O GOVERNO DESCUMPRIU O ACORDO!
    VEM PRA ASSEMBLÉIA GERAL NO DIA 05/06 (QUINTA), 17H, NA CANDELÁRIA.

    Em resposta ao comunicado da direção da COMLURB que foi publicado no diário oficial e nos jornais da cidade, a comissão dos trabalhadores esclarece o seguinte:

    1- O aumento de salário de 37%, R$ 1100, ticket de R$ 20,00 para os Garis, só existe por causa da greve que derrotou o acordo rebaixado da COMLURB e da direção pelega do sindicato (asseio). Que se negaram a estender esse aumento aos outros funcionários (manuntenção, vetores, operadores de maquinas, vigilantes, APA,motoristas e etc).
    2- PCCS: já fomos enganados que seria pago no dia 15/05 agora prometem outra data pra algo que está atrasado desde 2012. Mas o que a gente quer saber é quem vai receber? Qual é o cálculo? Porque que não tem uma tabela explicativa?
    3- O plano odontológico está atrasado. Deveria valer desde a assinatura do acordo. Não dá mais pra esperar. Queremos agora em junho.
    4- É mentira que a COMLURB está pagando domingos, feriados e dia de folga pra todos os trabalhadores. Apenas uma parte está recebendo.
    5- O Acordo de Resultados (14° e 15°) deve ser estendido pra toda categoria sem discriminação e não deve ser atrelado a metas de avaliação individual.
    6- A COMLURB comete outras ilegalidades como não pagar o ticket alimentação para muitos garis que trabalharam nos domingos e feriados; descontar os dias dos que não conseguiram chegar no serviço nos dias da greve dos rodoviários,falta de bom censo. Esses e outros problemas (como demissões abusivas, avaliações para prejudicar os funcionários ADI, assedio moral).Documentos foram protocolados na COMLURB e na diretoria do sindicato. Mas não nos chamaram pra dialogar. As medidas jurídicas contra esses abusos estão a caminho. Queremos negociar!
    7- Esclarecemos que os panfletos não foram pagos pela direção do sindicato (asseio). Foram doados pelo SINTUFF (sindicato dos trabalhadores da UFF) uma das entidades que apoia a comissão dos trabalhadores. Continuamos exigindo que a direção do sindicato (asseio) coloque a estrutura da entidade a serviço da luta. Não tem arrego!
    8- A categoria não pode se confundir com a conversa fiada dos gerentes nem se intimidar com a pressão dos chefes. Devemos participar da assembleia do dia 05 de junho na CANDELÁRIA e votar a continuidade da mobilização, porque é isso vai resolver nosso problema. Depois vamos realizar uma passeata pela Rio Branco para dialogar com a população e demais categorias em luta. Unificados somos fortes e vamos vencer!

    Rio de Janeiro, 01/06/2013

    COMISSÃO DOS TRABALHADORES DA COMLURB
    CurtirCurtir · · Compartilhar · Ontem
    Principais comentários
    149 pessoas curtiram isso.
    415 compartilhamentos




    Diego Amaral apoio greve indeterminada.
    Curtir · Responder · 16 · Ontem às 09:28

    Natane Veloso GREVEEE
    Curtir · Responder · 13 · Ontem às 09:40

    Carlinhos Martins não tem arrego!
    Curtir · Responder · 15 · Ontem às 09:09

    May Martinez #vemprarua Greveeeeeeeeeeeeee neles !!! Começa no dia da copa !!!
    Curtir · Responder · 11 · há 10 horas
    2 Respostas · há 10 horas

    Robinson Almeida eita coroi Marcos Felipe Zanella kkkkkkkkkkkkkkkkk
    Curtir · Responder · 1 · há 2 horas

    Marcos Felipe Zanella aí sim ! mitaram
    Curtir · há ± 1 hora
    Gentil Angelim



    Tiago Nazareth #naovaitercopa #sovaitergreve
    Curtir · Responder · 1 · há 6 horas

    Rê Leporagee Rapha Lima Apoiados
    Curtir · Responder · 1 · há 10 horas

    Mikhail Chiganer Greveee paraa tudooooo na copa!! Foder esses malditos exploradores do povo
    Curtir · Responder · 3 · há 6 horas

    Allan De Souza Junior Estou com vocês.
    Curtir · Responder · há 45 minutos

    Heriberto Chagas Apoio o vou p rua!
    Curtir · Responder · há ± 1 hora

    Tania Rita Simas Exploradores malditos!!
    Curtir · Responder · há 2 horas

    Lucas Vitor Tbm apoio a uma GREVE, ainda mais agora na copa! Imagina a cidade suja de lixo, a zona sul, o entorno do maracanã? Aproveitem que o acordo vai sair com até 3 salario mais! haha'
    Curtir · Responder · há 5 horas

    Edgar W. Galliard tem algum link?
    Curtir · Responder · há 6 horas

    Anderson Plugado Greve, eu apoio
    Curtir · Responder · 1 · há 7 horas

    Noemia Fagundes È uma covardia a trabalhadores tåo sacrificados
    Curtir · Responder · há 4 horas

    Danilo Bernardo #garivive !!!
    Curtir · Responder · há 5 horas

    David Ferreira Ruy.
    Curtir · Responder · Ontem às 11:33

    Mayara Monteiro GREVE NA COPA!!!!
    Curtir · Responder · há 7 horas

    Marcelo S. Vasconcelos greve , greve e greve !!
    meu total apoio a voces herois .
    Curtir · Responder · há 2 horas
    Subsidiado
    Subsidiado
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2425
    Reputação : 60
    Data de inscrição : 06/07/2010
    Localização : FPolis

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Subsidiado Ter 03 Jun 2014, 11:44 pm

    Aí vai ele...

    [É necessário estar registrado e conectado para poderes ver esta hiperligação]
    Subsidiado
    Subsidiado
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2425
    Reputação : 60
    Data de inscrição : 06/07/2010
    Localização : FPolis

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Subsidiado Ter 03 Jun 2014, 11:48 pm

    Tá, e aí? O lance de reduzir gastos com funções vai ficar só nesse lance de "jogar para a torcida"?

    Em qualquer projeto decente haveria uma meta, tipo reduzir X%, ou redução de Y bilhões...

    Como vão saber o impacto real se não estiver explicitado o quanto vão reduzir em funções?

    Se reduzirem apenas uma em todo País, aí tá suave?
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 03 Jun 2014, 11:59 pm

    Subsidiado escreveu:Tá, e aí? O lance de reduzir gastos com funções vai ficar só nesse lance de "jogar para a torcida"?

    Em qualquer projeto decente haveria uma meta, tipo reduzir X%, ou redução de Y bilhões...

    Como vão saber o impacto real se não estiver explicitado o quanto vão reduzir em funções?

    Se reduzirem apenas uma em todo País, aí tá suave?

    Sim, é só para jogar para a torcida. Não fala em quanto.

    Pegam uma FC-02 por aí, transformam em FC-01 e falam que enxugaram alguns milhares de cargos...
    Agora, só não fazer a burrada de transformar a FC em opção, que era para dar GAJ de 100%, ficar com os mesmos 90% e perder esta gordurinha..
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Qua 04 Jun 2014, 12:59 am

    PROPOSTA DE SUBSTITUTIVO AO PL 6613 MAMUTE É ENTREGUE ÀS 13 HORAS E 33 MINUTOS DE HOJE 03/06/2014.
    VAMOS CELEBRAR A ESTUPIDEZ HUMANA!


    Momento histórico que sedimenta o congelamento salarial que destrói nossa carreira.
    Vamos celebrar a estupidez humana! Vamos comemorar como idiotas!

    O malfadado PL 6613 é recusado pelo Governo desde que foi criado em 2009, por ser oneroso e por alçar servidores incorporados a ganharem mais que os juízes e ministros do STF.

    Em uma simulação simples, incorporado mediano com vpni de r$ 2 mil (não extravagante!), ATS 17% e AQ 7,5% recebe hoje valor bruto R$ 17.800,31;SE PASSAR O PL 6613, ganhará BRUTO R$ 28.314,33! (MAIS DE 10 MIL!)Salário maior que o de juiz (R$ 23.900): " Quem mandou ele
    prestar o concurso errado?"

    Vamos celebrar a aberração
    De toda nossa falta de consenso!

    avatar
    Marajá
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1797
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 03/09/2011

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Marajá Qua 04 Jun 2014, 1:04 am

    embuscadeaumento escreveu:Esse filme tá se repetindo: começa com o 6613 há um meio termo de gampao e termina com a canetada de 5 %...  


    Com certeza... Com esse governo dará uns cinco por cento nos próximos quatros anos parcelado em umas três vezes.

    Nesse tempo escolas continuarão a aumentar dez por cento ao ano, gasolina e energia elétrica vão explodir....

    Votemos todos no PT para continuar o que está ótimo...
    Lincoln-DF
    Lincoln-DF
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3516
    Reputação : 2
    Data de inscrição : 07/07/2010
    Idade : 58
    Localização : MPF, de volta ao DF

    Tópico Geral - Página 2 Empty Discretam., mas VOLTEI...!

    Mensagem por Lincoln-DF Qua 04 Jun 2014, 1:34 am


      Pessoal, agora o assunto ficou
      bom p/ retornar a este fórum!
    Lincoln-DF
    Lincoln-DF
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3516
    Reputação : 2
    Data de inscrição : 07/07/2010
    Idade : 58
    Localização : MPF, de volta ao DF

    Tópico Geral - Página 2 Empty Ñ tô apostando ñ, mas acho q pode vir a dar certo...!

    Mensagem por Lincoln-DF Qua 04 Jun 2014, 1:47 am


    Tô de boa vontade p/ ñ se manifestar em mim esse desânimo do VANDER.
    De 2009 p/ cá, os doutores já tiveram/terão suas recomposições e, então,
    ñ dá tanto essas aberrações alardeadas em favor dos antigões
    (lembrem-
    se q ñ sou 1 deles, até andei subsidiando...). Enqtº isso, o 6613, ou 6697,
    tem sua atualiz. monet. em verba (gratific.) q ñ impacta nas incorpors., o
    q me dá 1 certa confiança de q pode dar certo, menos essa aí de 1 parc.Rolling Eyes


    Última edição por Lincoln-DF em Qua 04 Jun 2014, 1:49 am, editado 1 vez(es) (Motivo da edição : emoticon)
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Qua 04 Jun 2014, 2:05 am

    Lincoln-DF escreveu:
    Tô de boa vontade p/ ñ se manifestar em mim esse desânimo do VANDER.
    De 2009 p/ cá, os doutores já tiveram/terão suas recomposições e, então,
    ñ dá tanto essas aberrações alardeadas em favor dos antigões
    (lembrem-
    se q ñ sou 1 deles, até andei subsidiando...). Enqtº isso, o 6613, ou 6697,
    tem sua atualiz. monet. em verba (gratific.) q ñ impacta nas incorpors., o
    q me dá 1 certa confiança de q pode dar certo, menos essa aí de 1 parc.Rolling Eyes


    Esse negócio cont.viciado;
    enquto neguim leva seus 3k, incorporadim
    leva seu 10 ou 15 k. Fcil não passar! Cont quisso não.
    É zero na mão!
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Qua 04 Jun 2014, 6:55 am

    Najla, tenho uma pergunta e gostaria sinceramente de saber sua opinião. As perguntas são diretas logo, gostaria que as respostas também o fossem.

    1ª) Na sua opinião, de 0 a 10, qual a chance do PL Mamute 6613 ser aprovado?

    2ª) Não sendo aprovado, qual a postura da ANATA para o próximo ano? Vai continuar apoiando a FENAJUFE e insistir no Mamute ou vai brigar por outro modelo remuneratório, seja ele o subsídio ou GD.

    Veja bem, são perguntas simples que eu e todos aqui no queremos ouvir de você. Sou filiado da ANATA e quero saber, sem rodeios, a sua resposta.
    andre3107
    andre3107
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : Técnico Judiciário
    Mensagens : 1112
    Reputação : 31
    Data de inscrição : 31/08/2012
    Localização : Belém/PA

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por andre3107 Qua 04 Jun 2014, 7:02 am

    Governo envia projeto que altera LDO para garantir reajuste da PF

    O projeto será analisado pela Comissão Mista de Orçamento. Os policiais federais aceitaram reajuste de 15,8%.

    O governo encaminhou à Comissão Mista de Orçamento (CMO), nesta segunda-feira (2), projeto de crédito adicional (PLN 5/14) que altera a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) em vigor (Lei 12.919/13) para permitir o reajuste de agentes, escrivães e papiloscopistas da Polícia Federal (PF). Em negociação com o Ministério do Planejamento, os servidores da PF aceitaram um aumento de 15,8%, dividido em duas parcelas (2014 e 2015).

    O governo não discrimina o impacto do reajuste no orçamento deste ano, mas afirma que os recursos estão previstos no anexo V da lei orçamentária. Esse anexo traz as autorizações para criação de cargos e reajustes no serviço público federal.

    De acordo com a LDO, os aumentos para servidores só têm validade se o projeto de lei de reajuste der entrada no Congresso até o dia 24 de dezembro do ano passado. O PLN 5 determina que, no caso dos policiais federais, o prazo não será aplicado.

    Outras categorias
    O governo explica na mensagem enviada à Comissão de Orçamento, que o reajuste de 15,8% é o mesmo que foi concedido às demais categorias do Executivo, ao Legislativo e ao Judiciário em 2012. Na época, porém, a correção salarial foi dividida em três anos (2013 a 2015).

    O projeto será analisado na CMO. Depois, segue para exame no Plenário do Congresso (sessão conjunta de deputados e senadores).

    [É necessário estar registrado e conectado para poderes ver esta hiperligação]
    andre3107
    andre3107
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : Técnico Judiciário
    Mensagens : 1112
    Reputação : 31
    Data de inscrição : 31/08/2012
    Localização : Belém/PA

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por andre3107 Qua 04 Jun 2014, 7:04 am

    FOJEBRA articula uma PEC no C.N. em prol do oficialato judicial

    Proposta de Emenda Constitucional tornará a profissão, de oficial de justiça, numa carreira típica de Estado.

    [É necessário estar registrado e conectado para poderes ver esta hiperligação]
    Potter
    Potter
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 351
    Reputação : 44
    Data de inscrição : 05/12/2013

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Potter Qua 04 Jun 2014, 8:25 am

    Se o reajuste (ao.menos os 15%) passar desse ano, só em 2018.
    herval
    herval
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Cargo : técnico
    Mensagens : 458
    Reputação : 15
    Data de inscrição : 09/07/2010

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por herval Qua 04 Jun 2014, 8:30 am


    PETIÇÃO ON LINE
    Assine a Petição
    Valorização da Carreira de Técnico Judiciário Federal.

    [É necessário estar registrado e conectado para poderes ver esta hiperligação]


    Valorização da Carreira de Técnico Judiciário Federal.

    Por que isto é importante
    Exigir nível superior para a Carreira de Técnico Judiciário Federal com a correspondente remuneração é importante porque incentivará esse Servidor a estar sempre se preparando para atender as demandas do Órgão onde trabalha, bem como ganha o Órgão porque disporá de profissionais melhor preparados.

    Atenciosamente.

    Carlos Alberto de Araújo Costa - Técnico Judiciário do TJDFT
    sergio caldas
    sergio caldas
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : analista judiciário
    Mensagens : 1241
    Reputação : 30
    Data de inscrição : 29/11/2010
    Localização : são paulo

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por sergio caldas Qua 04 Jun 2014, 8:33 am

    andre3107 escreveu:FOJEBRA articula uma PEC no C.N. em prol do oficialato judicial

    Proposta de Emenda Constitucional tornará a profissão, de oficial de justiça, numa carreira típica de Estado.

    [É necessário estar registrado e conectado para poderes ver esta hiperligação]

    PARECE COISA DE VEADO

    PROPOSTA DE EMENDA CONSTITUCIONAL Nº DE 2014

    (Do Senhor Ademir Camilo)

    Acrescenta o artigo 135-A e Seção IV ao Capítulo IV, Das Funções Essenciais à Justiça.



    As mesas da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, nos termos do art. 60 da Constituição Federal, promulgam a seguinte emenda ao texto constitucional.



    Art. 1º Acrescenta-se ao Texto Constitucional a seguinte Seção e artigo ao Capítulo IV, Das Funções Essenciais à Justiça:



    "Seção IV"



    DO OFICIAL DE JUSTIÇA



    Art. 135-A - O Oficial de Justiça é imprescindível para assegurar o regular andamento dos processos judiciais e a tutela jurisdicional, nos limites da lei.



    § 1º O ingresso na carreira far-se-á mediante concurso público de provas e títulos.

    § 2º Será assegurada a estabilidade após três anos de efetivo exercício mediante avaliação de desempenho."

    Art. 2º Esta Emenda Constitucional entrará em vigor na data de sua publicação.



    JUSTIFICATIVA



    Dentro do sistema legal nacional, Oficiais de Justiça exercem importantíssimo papel na concretização da atividade jurisdicional, como elemento de dinamização do trâmite processual, à luz dos princípios do contraditório, ampla defesa e da duração razoável do processo.

    São, por força de ofício, no cumprimento dos comandos judiciais, os longa manus dos magistrados, ou seja, os próprios juízes atuando nas ruas, transformando a Justiça do campo abstrato para o mundo real.

    Alfredo Buzaid, nascido em Jaboticabal (SP) em 1914 e falecido em São Paulo (SP) em 1991, foi advogado, professor, notável jurista, Ministro da Justiça, Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e um dos criadores do Código de Processo Civil (CPC), teceu o seguinte parecer sobre o Oficial de Justiça: ”Embora seja executor de ordens judiciais, conferiu-lhe a lei uma prerrogativa de suma importância no processo: o poder de certificar”. Tal parecer evidenciava, nos idos da década de 1970, a concepção do jurista acerca da importância do oficialato na estrutura do Poder Judiciário, destacando a função como de Estado, no mesmo nível dos magistrados, e não como agente subalterno destes.

    O CPC, instituído pela Lei 5.869/1973, conferiu grande destaque a função do Oficial de Justiça, dando-lhe amplas prerrogativas. Desempenham as seguintes atribuições:

    Citações, prisões, arrestos, seqüestros, penhoras e demais diligências próprias do ofício; Lavrar autos e certidões respectivas, e dar contrafé; Avaliar os bens imóveis, semoventes, móveis e os respectivos rendimentos, direitos e ações, descrevendo cada coisa com a precisa individualização e fixando-lhes separadamente o seu valor e, em se tratando de imóveis, computar-lhes ainda, no valor, os acessórios e dependências; Avaliar os bens em execução, de conformidade com o disposto na lei processual; Registrar as avaliações a que proceder; Certificar, quando desconhecido ou incerto o citando, ou ignorado, incerto ou inacessível o lugar em que se encontre; Convocar pessoas idôneas que testemunham atos de seu ofício, nos casos exigidos por lei; Efetuar intimações, na forma e nos casos previstos na lei; Devolver ao cartório, após comunicar ao distribuidor, para a baixa respectiva, os mandados de cujo cumprimento tenha sido incumbido, até o dia seguinte em que findar o prazo de lei processual para execução da diligência, ou quando houver audiência, até, se for o caso, quarenta e oito (48) horas antes de sua realização; Comparecer ao juízo, diariamente, e aí permanecer durante o expediente do foro, salvo quando em diligência; Servir nas correições; Entregar, incontinenti, a quem de direito, as importâncias e bens recebidos em cumprimento de ordem judicial; Executar as ordens do juiz; Exercer, na ausência do Técnico Judiciário Auxiliar, as funções de Porteiro de Auditório.

    O oficial de justiça “exerce função de incontestável relevância no universo judiciário. É através dele que se concretiza grande parte dos comandos judiciais – atuando o meirinho como verdadeira longa manus do magistrado. É um auxiliar da Justiça e, no complexo de sutilezas dos atos processuais, é elemento importante para a plena realização da justiça” (PIRES 1994, p. 7 e 17).

    THEODORO JUNIOR (1997, p. 209) afirma que: “É o antigo meirinho, o funcionário do juízo que se encarrega de cumprir os mandados relativos a diligências fora de cartório, como citações, intimações, notificações, penhoras, seqüestros, busca e apreensão, imissão de posse, condução de testemunhas etc. São os oficiais de justiça, em síntese, os mensageiros e executores de ordens judiciais”.

    No dizer do doutrinador (VEADO 1997, p. 13) “o Oficial de Justiça é a mola propulsora da justiça, sem a qual esta quedaria inerte. [...] São verdadeiros baluartes da Justiça”.

    Na visão de PIRES (1994, p. 15), o oficial de Justiça é o responsável por uma pequena engrenagem, mas que faz todo o sistema funcionar. “A grande maioria dos atos processuais necessita da participação de oficial de justiça para seu cumprimento. Um dos requisitos importantes para que o Oficial de Justiça cumpra seu trabalho e efetivamente sirva ao Judiciário de forma serena e correta, é a realização do ato com bom senso e dedicação e com fiel observância da lei”.

    “Absolutamente imprescindível para o regular andamento dos processos judiciais, é, pois, a figura do Oficial de Justiça, na medida em que o exercício de seu mister corresponde à própria figura do juiz fora dos limites físicos do fórum, o que lhe exige conhecimento das regras processuais que dizem respeito ao cumprimento das diligências”. (NARY, 1974, p.16).

    CINTRA e GRINOVER (1995, p. 202), afirmam que “O oficial de justiça deve cumprir estritamente as ordens do juiz, não lhe cabendo entender-se diretamente com a parte interessada no desempenho de suas funções; percebe vencimentos fixos e mais os emolumentos correspondentes aos atos funcionais praticados [...]”.

    Expõe VEADO (1997, p. 49) que: O Oficial de Justiça, no desempenho de seu trabalho há de conhecer como se processa, como se desenvolve a relação processual, para poder desempenhar sua função com segurança, e com conhecimento de causa, entendendo o que está fazendo, compreendendo os termos técnicos para distinguir os vários movimentos de um processo, de uma ação, os atos do escrivão, dos demais serventuários.

    Assevera PIRES (1994, p. 25), que o oficial de justiça é serventuário dotado de fé pública, pois goza da presunção de veracidade das declarações que presta nos atos judiciais que pratica.

    No âmbito específico do exercício de suas atribuições funcionais, as atividades dos oficiais de justiça se acham reguladas pelo Código de Processo Civil, Código de Divisão e Organização Judiciárias dos Estados e também pela legislação complementar a eles.

    THEODORO JUNIOR (1997, p. 209), realça que: “As tarefas que lhes cabem podem ser classificadas em duas espécies distintas: a) Prática de atos de intercâmbio processual (citações, intimações etc.); b) atos de execução ou de coação (penhora, arresto, condução, remoção etc.)”.

    Para a prática de tais atos os oficiais de justiça detêm importantíssima prerrogativa que lhes é assegurada por lei, qual seja o poder de certificar. Essa atribuição é de órgão que tem fé pública porque as certidões asseguram o desenvolvimento regular e válido de todo o processo VEADO (1997, p. 21).

    Com o cumprimento de mandados, o processo judicial segue seu caminho, chegando a seu propósito final, que é a aplicação da justiça.

    Esta proposição busca estabelecer, no âmbito estrutural da função judiciária, princípios básicos adotados pela Constituição Federal, democratizando o Estado e garantindo a inviolabilidade e desempenho das funções públicas.

    Por toda sorte de atribuições e responsabilidades acima discorridas, constata-se que Oficiais de Justiça são essenciais na aplicação da Justiça, razão pela qual, assim como as demais atividades já reconhecidas na Carta Magna, também merecem ali constar, motivo pelo qual solicito o apoio dos nobres pares.

    Sala das Sessões, de de 2014.


    ADEMIR CAMILO



    Deputado Federal

    PROS/MG

    Najla
    Najla
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 4436
    Reputação : 50
    Data de inscrição : 07/08/2010

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Najla Qua 04 Jun 2014, 8:39 am

    PaladinoRS escreveu:Najla, tenho uma pergunta e gostaria sinceramente de saber sua opinião. As perguntas são diretas logo, gostaria que as respostas também o fossem.

    1ª) Na sua opinião, de 0 a 10, qual a chance do PL Mamute 6613 ser aprovado?

    Chances mínimas. Acredito que, com muito empenho nosso mais a sorte do Lewandovsky resolver honrar a toga, conseguiremos algum reajuste e que esse será jogado na GAJ.

    2ª) Não sendo aprovado, qual a postura da ANATA para o próximo ano? Vai continuar apoiando a FENAJUFE e insistir no Mamute ou vai brigar por outro modelo remuneratório, seja ele o subsídio ou GD.

    Nós finalizamos um Plano de Carreira (não plano só de reajuste) por subsídio e vamos levar esse plano para todas as instâncias representativas para os servidores discutirem e, sendo interessante, melhorá-lo. Nós publicamos hoje uma notícia sobre a apresentação que o colega Bruno (ex PJU e atual CGU) fez sobre o subsídio no GT da Fenajufe. Na notícia indicamos as linhas da apresentação, incluímos o power point explanado e disponibilizamos o vídeo da apresentação.

    Há um mito de que as nossas autoridades desconhecem outros modelos remuneratórios e que se conhecessem optariam por eles. Não é verdade, eles conhecem sim, até pq nos empenhamos muito em divulgá-los no PCS anterior. Algumas dessas autoridades inclusive são simpáticas as mudanças, mas não há hj autoridades em número, força e importância suficientes para brigar por uma mudança. Tanto foi assim que o reajuste no VB veio imposto (e veio mesmo). Assim, para termos uma mudança precisamos que os servidores a promovam. Por isso será necessário discutir a proposta da Anata com todos os servidores. Se a maioria dos servidores quiser, um PL de carreira diferente do que temos hj será enviado. Tudo depende da categoria, por mais que as pessoas achem que não. Se não temos boa representação, é pq não nos interessamos, por mais que as pessoas achem que não.


    Veja bem, são perguntas simples que eu e todos aqui no queremos ouvir de você. Sou filiado da ANATA e quero saber, sem rodeios, a sua resposta.


    _________________
    Não espere por ninguém. Faça a sua parte.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Qua 04 Jun 2014, 8:46 am

    darkshi escreveu:
    euvoltei escreveu:
    zeirao escreveu:
    cesarblf escreveu:Diferente de nós, não empurraram a elevação de nível da escolaridade para o GT. Agora, todos da Polícia Federal serão de nível superior, e nem por isso tornar-se-á uma classe elitista, como alguns sindicalistas governistas entendem.



    Meu brother,
    A Polícia Federal tem uma carreira de apoio chamada Plano Especial de Cargos do Departamento de Polícia Federal.
    Nessa carreira há os cargos de nível médio, denominados Agentes Administrativos, que realizam o serviço operacional de lá. É o equivalente ao Técnico Judiciário daqui.
    Vc não tem que comparar o cargo de Técnico Judiciário daqui com o de Agente (Escrivão ou Papiloscopista) de Polícia Federal de lá.
    A comparação correta é de cargo de Técnico Judiciário daqui com o de Agente Administrativo de lá. Entendeu, ou quer que desenhe?
    Kra. Desencana!
    Técnico Judiciário é cargo de execução. É operacional. Não tem espaço e nem fundamento ser de nível superior.

    eu mesmo já perguntei, uma centena de vezes, no outro tópico...

    quem irá fazer o serviço de nível médio??

    aquele mesmo, que nunca vai acabar... atender telefone, atender balção, digitalizar processo antigo para colocar no PJE, ser secretário de audiência, expedir notificação, certificar acordos/ prazos.........

    ninguém responde...

    Já foi respondido, o senhor que ignora as respostas.
    O técnico continuará técnico. Ninguém está falando de ascensão funcional.
    Serviços que fizerem sentido de continuar nas mãos de servidores, serão realizados pelos técnicos (agora de nível superior). E os que não fizerem, podem ser repassado para prestadores de serviços.

    Tão simples a resposta. Não sei pq insistem em fazer tempestade em copo d'água com isto.


    ah, entendi....

    o jeito vai ser desviar um servidor um servidor com nível superior (o futuro técnico ou o analista) para fazer um serviço de nível médio...

    grande moralidade né...

    Ti@go
    Ti@go
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : AJAJ
    Mensagens : 781
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 02/10/2011
    Idade : 38

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Ti@go Qua 04 Jun 2014, 9:11 am

    Olha o mais novo boato que ouvi para tentar impedir o aumento via GAJ e tentar ludibriar os servidores para optarem pelo aumento no Vencimento Básico.

    Estão espalhando por ai que não se leva a GAJ para a aposentadoria e que o melhor sempre será aumento no vencimento básico, pode isso Arnaldo???
    avatar
    TécnicoJud
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 36
    Reputação : 1
    Data de inscrição : 26/07/2013

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por TécnicoJud Qua 04 Jun 2014, 9:42 am

    Pessoal,
    Como posso ter acesso ao Plano de Cargos proposto pela ANATA?
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Qua 04 Jun 2014, 9:53 am

    Ti@go escreveu: Olha o mais novo boato que ouvi para tentar impedir o aumento via GAJ e tentar ludibriar os servidores para optarem pelo aumento no Vencimento Básico.

    Estão espalhando por ai que não se leva a GAJ para a aposentadoria e que o melhor sempre será aumento no vencimento básico, pode isso Arnaldo???

    Se um cara passa num concurso em que não sabe nem o básico sobre o próprio salário, nem busca saber a informação a partir de colegas que poderiam saber, e um boato destes cola, é sinal de que está mesmo na hora de abandonar o barco.

    Se o cara não é bom nem para saber o quanto deveria ganhar, imagina só o nível da carreira.

    Não, não estou falando de Auditores do TCU, por um simples paradoxo: saber de onde sugar cada centavo, no nosso caso, é prioritário.
    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8804
    Reputação : 248
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por darkshi Qua 04 Jun 2014, 10:20 am

    euvoltei escreveu:

    ah, entendi....

    o jeito vai ser desviar um servidor um servidor com nível superior (o futuro técnico ou o analista) para fazer um serviço de nível médio...

    grande moralidade né...


    Como disse, já foi respondido. Quem não quer entender é o senhor.
    zeirao
    zeirao
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 93
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 04/09/2012

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por zeirao Qua 04 Jun 2014, 10:24 am

    sergio caldas escreveu:
    andre3107 escreveu:FOJEBRA articula uma PEC no C.N. em prol do oficialato judicial

    Proposta de Emenda Constitucional tornará a profissão, de oficial de justiça, numa carreira típica de Estado.

    [É necessário estar registrado e conectado para poderes ver esta hiperligação]

    PARECE COISA DE VEADO

    PROPOSTA DE EMENDA CONSTITUCIONAL Nº                DE 2014

    (Do Senhor Ademir Camilo)

                                                                                      Acrescenta o artigo 135-A e Seção IV  ao  Capítulo   IV,   Das  Funções Essenciais à Justiça.



                                              As mesas da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, nos termos do art. 60 da Constituição Federal, promulgam a seguinte emenda ao texto constitucional.



                                           Art. 1º Acrescenta-se ao Texto Constitucional a seguinte Seção e artigo ao Capítulo IV, Das Funções Essenciais à Justiça:



    "Seção IV"



    DO OFICIAL DE JUSTIÇA



                             Art. 135-A - O Oficial de Justiça é imprescindível para assegurar o regular andamento dos processos judiciais e a tutela jurisdicional, nos limites da lei.



                                        §  1º  O ingresso na carreira far-se-á mediante concurso público de provas e títulos.

                                        § 2º  Será  assegurada  a  estabilidade  após  três  anos de efetivo exercício mediante avaliação de desempenho."

                                        Art. 2º Esta Emenda Constitucional entrará em vigor na data de sua publicação.



    JUSTIFICATIVA



                                   Dentro do sistema legal nacional, Oficiais de Justiça exercem importantíssimo papel na concretização da atividade jurisdicional, como elemento de dinamização do trâmite processual, à luz dos princípios do contraditório, ampla defesa e da duração razoável do processo.

                                  São, por força de ofício, no cumprimento dos comandos judiciais, os longa manus dos magistrados, ou seja, os próprios juízes atuando nas ruas, transformando a Justiça do campo abstrato para o mundo real.

                                   Alfredo Buzaid,  nascido em Jaboticabal (SP) em 1914 e falecido em São Paulo (SP) em 1991, foi advogado, professor, notável jurista, Ministro da Justiça, Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e um dos criadores do Código de Processo Civil (CPC), teceu o seguinte parecer sobre o Oficial de Justiça: ”Embora seja executor de ordens judiciais, conferiu-lhe a lei uma prerrogativa de suma importância no processo: o poder de certificar”. Tal parecer evidenciava, nos idos da década de 1970, a concepção do jurista acerca da importância do oficialato na estrutura do Poder Judiciário, destacando a função como de Estado, no mesmo nível dos magistrados, e não como agente subalterno destes.

                                 O CPC, instituído pela Lei 5.869/1973, conferiu grande destaque a função do Oficial de Justiça, dando-lhe amplas prerrogativas. Desempenham as seguintes atribuições:

                                 Citações, prisões, arrestos, seqüestros, penhoras e demais diligências próprias do ofício; Lavrar autos e certidões respectivas, e dar contrafé; Avaliar os bens imóveis, semoventes, móveis e os respectivos rendimentos, direitos e ações, descrevendo cada coisa com a precisa individualização e fixando-lhes separadamente o seu valor e, em se tratando de imóveis, computar-lhes ainda, no valor, os acessórios e dependências; Avaliar os bens em execução, de conformidade com o disposto na lei processual; Registrar as avaliações a que proceder; Certificar, quando desconhecido ou incerto o citando, ou ignorado, incerto ou inacessível o lugar em que se encontre; Convocar pessoas idôneas que testemunham atos de seu ofício, nos casos exigidos por lei; Efetuar intimações, na forma e nos casos previstos na lei; Devolver ao cartório, após comunicar ao distribuidor, para a baixa respectiva, os mandados de cujo cumprimento tenha sido incumbido, até o dia seguinte em que findar o prazo de lei processual para execução da diligência, ou quando houver audiência, até, se for o caso, quarenta e oito (48) horas antes de sua realização; Comparecer ao juízo, diariamente, e aí permanecer durante o expediente do foro, salvo quando em diligência; Servir nas correições; Entregar, incontinenti, a quem de direito, as importâncias e bens recebidos em cumprimento de ordem judicial; Executar as ordens do juiz; Exercer, na ausência do Técnico Judiciário Auxiliar, as funções de Porteiro de Auditório.

                             O oficial de justiça “exerce função de incontestável relevância no universo judiciário. É através dele que se concretiza grande parte dos comandos judiciais – atuando o meirinho como verdadeira longa manus do magistrado. É um auxiliar da Justiça e, no complexo de sutilezas dos atos processuais, é elemento importante para a plena realização da justiça” (PIRES 1994, p. 7 e 17).

                         THEODORO JUNIOR (1997, p. 209) afirma que: “É o antigo meirinho, o funcionário do juízo que se encarrega de cumprir os mandados relativos a diligências fora de cartório, como citações, intimações, notificações, penhoras, seqüestros, busca e apreensão, imissão de posse, condução de testemunhas etc. São os oficiais de justiça, em síntese, os mensageiros e executores de ordens judiciais”.

                               No dizer do doutrinador (VEADO 1997, p. 13) “o Oficial de Justiça é a mola propulsora da justiça, sem a qual esta quedaria inerte. [...] São verdadeiros baluartes da Justiça”.

                                Na visão de PIRES (1994, p. 15), o oficial de Justiça é o responsável por uma pequena engrenagem, mas que faz todo o sistema funcionar. “A grande maioria dos atos processuais necessita da participação de oficial de justiça para seu cumprimento. Um dos requisitos importantes para que o Oficial de Justiça cumpra seu trabalho e efetivamente sirva ao Judiciário de forma serena e correta, é a realização do ato com bom senso e dedicação e com fiel observância da lei”.

                              “Absolutamente imprescindível para o regular andamento dos processos judiciais, é, pois, a figura do Oficial de Justiça, na medida em que o exercício de seu mister corresponde à própria figura do juiz fora dos limites físicos do fórum, o que lhe exige conhecimento das regras processuais que dizem respeito ao cumprimento das diligências”. (NARY, 1974, p.16).

                            CINTRA e GRINOVER (1995, p. 202), afirmam que “O oficial de justiça deve cumprir estritamente as ordens do juiz, não lhe cabendo entender-se diretamente com a parte interessada no desempenho de suas funções; percebe vencimentos fixos e mais os emolumentos correspondentes aos atos funcionais praticados [...]”.

                            Expõe VEADO (1997, p. 49) que: O Oficial de Justiça, no desempenho de seu trabalho há de conhecer como se processa, como se desenvolve a relação processual, para poder desempenhar sua função com segurança, e com conhecimento de causa, entendendo o que está fazendo, compreendendo os termos técnicos para distinguir os vários movimentos de um processo, de uma ação, os atos do escrivão, dos demais serventuários.

                             Assevera PIRES (1994, p. 25), que o oficial de justiça é serventuário dotado de fé pública, pois goza da presunção de veracidade das declarações que presta nos atos judiciais que pratica.

                         No âmbito específico do exercício de suas atribuições funcionais, as atividades dos oficiais de justiça se acham reguladas pelo Código de Processo Civil, Código de Divisão e Organização Judiciárias dos Estados e também pela legislação complementar a eles.

                             THEODORO JUNIOR (1997, p. 209), realça que: “As tarefas que lhes cabem podem ser classificadas em duas espécies distintas: a) Prática de atos de intercâmbio processual (citações, intimações etc.); b) atos de execução ou de coação (penhora, arresto, condução, remoção etc.)”.

                          Para a prática de tais atos os oficiais de justiça detêm importantíssima prerrogativa que lhes é assegurada por lei, qual seja o poder de certificar. Essa atribuição é de órgão que tem fé pública porque as certidões asseguram o desenvolvimento regular e válido de todo o processo VEADO (1997, p. 21).

                            Com o cumprimento de mandados, o processo judicial segue seu caminho, chegando a seu propósito final, que é a aplicação da justiça.

                          Esta proposição busca estabelecer, no âmbito estrutural da função judiciária, princípios básicos adotados pela Constituição Federal, democratizando o Estado e garantindo a inviolabilidade e desempenho das funções públicas.

                         Por toda sorte de atribuições e responsabilidades acima discorridas, constata-se que Oficiais de Justiça são essenciais na aplicação da Justiça, razão pela qual, assim como as demais atividades já reconhecidas na Carta Magna, também merecem ali constar, motivo pelo qual solicito o apoio dos nobres pares.

                          Sala das Sessões,        de         de  2014.


    ADEMIR CAMILO



    Deputado Federal

    PROS/MG

     
    PQP.
    Cada absurdo.
    Técnico querendo ser nível superior.
    Carteiro de luxo querendo ser função essencial à justiça, com carreira típica de Estado.
    No mundo do processo eletrônico, a tendência é de extinção da especialidade de oficial de justiça.
    Nos raros casos em que se precise certificar o cara pessoalmente, os Correios poderão fazer por meio de carta com registro de recebimento.
    Enquanto houver propostas absurdas como estas, o PJU continuará ridicularizado e visto como categoria que não merece ser levada a sério.
    zeirao
    zeirao
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 93
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 04/09/2012

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por zeirao Qua 04 Jun 2014, 10:30 am

    darkshi escreveu:
    euvoltei escreveu:

    ah, entendi....

    o jeito vai ser desviar um servidor um servidor com nível superior (o futuro técnico ou o analista) para fazer um serviço de nível médio...

    grande moralidade né...


    Como disse, já foi respondido. Quem não quer entender é o senhor.
    Imagina a frustração dos "futuros técnicos superiores".
    O kra passa longos anos em um banco de faculdade fazendo sua graduação, passa num concurso concorrido para nível superior, toma posse e é designado para atender telefone e balcão.
    Imagina o nível motivacional desse cara para desempenhar com zelo e dedicação as suas atribuições...
    Imagina explicar para a sociedade que para ser atendente de telefone e balcão no PJU, o kra necessita ter curso superior.
    Ahhhhhh, vai estudar, darkshi!
    Lincoln-DF
    Lincoln-DF
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3516
    Reputação : 2
    Data de inscrição : 07/07/2010
    Idade : 58
    Localização : MPF, de volta ao DF

    Tópico Geral - Página 2 Empty Técs. x "Doutores" Analistas x Oficiais "de Recado"...!!!

    Mensagem por Lincoln-DF Qua 04 Jun 2014, 10:41 am


    study

    NeutralPasso 1s anos s/ aparecer por aki, no fórum do PCS,e, ao ler os novos posts,
    tenho a sensação de q stourelendo as msgs. antigas. As mms. briguinhas, né?!


    Sleep
    avatar
    TRF1/MG
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 4844
    Reputação : 314
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por TRF1/MG Qua 04 Jun 2014, 10:44 am

    Para esse Zeirão ai Técnico é um simples atendente de pessoas, Oficial é carteiro de luxo, será que ele é analista interno? Será que ele está atacando outras categorias por pensar nelas, mas age de forma igual, somente a dele é a boa? kkkk. Que beleza!!!
    MPUísta
    MPUísta
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Cargo : Técnico Administrativo
    Mensagens : 393
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 29/03/2011

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por MPUísta Qua 04 Jun 2014, 10:45 am

    zeirao escreveu:
    PQP.
    Cada absurdo.
    Técnico querendo ser nível superior.
    Carteiro de luxo querendo ser função essencial à justiça, com carreira típica de Estado.
     Arrow A capacidade de alguns de desqualificar as atribuições dos demais cargos que não o seu é assaz espantosa  ohgod 
    Digoturbinado
    Digoturbinado
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 957
    Reputação : 17
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Digoturbinado Qua 04 Jun 2014, 11:24 am

    zeirao escreveu:
    darkshi escreveu:
    euvoltei escreveu:

    ah, entendi....

    o jeito vai ser desviar um servidor um servidor com nível superior (o futuro técnico ou o analista) para fazer um serviço de nível médio...

    grande moralidade né...


    Como disse, já foi respondido. Quem não quer entender é o senhor.
    Imagina a frustração dos "futuros técnicos superiores".
    O kra passa longos anos em um banco de faculdade fazendo sua graduação, passa num concurso concorrido para nível superior, toma posse e é designado para atender telefone e balcão.
    Imagina o nível motivacional desse cara para desempenhar com zelo e dedicação as suas atribuições...
    Imagina explicar para a sociedade que para ser atendente de telefone e balcão no PJU, o kra necessita ter curso superior.
    Ahhhhhh, vai estudar, darkshi!

    Ainda que não trabalho com senhores da razão como esse Zeirão.
    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8804
    Reputação : 248
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por darkshi Qua 04 Jun 2014, 12:16 pm

    zeirao escreveu:
    darkshi escreveu:
    euvoltei escreveu:

    ah, entendi....

    o jeito vai ser desviar um servidor um servidor com nível superior (o futuro técnico ou o analista) para fazer um serviço de nível médio...

    grande moralidade né...


    Como disse, já foi respondido. Quem não quer entender é o senhor.
    Imagina a frustração dos "futuros técnicos superiores".
    O kra passa longos anos em um banco de faculdade fazendo sua graduação, passa num concurso concorrido para nível superior, toma posse e é designado para atender telefone e balcão.
    Imagina o nível motivacional desse cara para desempenhar com zelo e dedicação as suas atribuições...
    Imagina explicar para a sociedade que para ser atendente de telefone e balcão no PJU, o kra necessita ter curso superior.
    Ahhhhhh, vai estudar, darkshi!

    Deve ser pq atender telefone e balcão não é serviço para técnico judiciário. Não é tem uns 20 anos. Do mesmo modo que ninguém coloca mais técnico de TI para ser digitador. É um atentado a gestão pública colocar uma mão de obra cara para realizar serviço que um terceirizado pode fazer.

    Inclusive vc não verá nenhuma categoria valorizada que coloca seus técnicos para atender telefone. Vai lá no BACEN para ver se eles colocam seus técnicos para isto.

    Ter servidor realizando serviço como atender telefone desvaloriza a categoria como um todo. Ou valorizamos todos ou não valorizam ninguém.

    Conteúdo patrocinado

    Tópico Geral - Página 2 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui 28 Out 2021, 4:35 am