PCS JÁ

PCS JÁ



    Proposta da ANATA

    seu Mamute de Estimação
    seu Mamute de Estimação
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 412
    Reputação : 17
    Data de inscrição : 18/07/2014

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por seu Mamute de Estimação Sex 18 Jul 2014, 6:19 pm

    a inveja enterrou a Comissão Pró-Subsídio, dos escombros, as viúvas criaram a Anata. Porém a Anata entrou pra Fenajufe e já tá "mamutizada" com seu plano ARCA DE NOÉ, entra tudo, só falta meter lá a GRAEL pros coitadinhos da eleitoral. Ué, quando fizeram o concurso já sabiam das regras.... subsídio já! mas não o subsídio arca de noé da Anata
    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8804
    Reputação : 248
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por darkshi Sex 18 Jul 2014, 6:21 pm

    Para que postar a mesma coisa em dois tópicos diferentes?
    Sigma
    Sigma
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Analista Judiciário - Especialidade TI
    Mensagens : 5149
    Reputação : 136
    Data de inscrição : 08/07/2010
    Idade : 41
    Localização : Curitiba/PR

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por Sigma Sex 18 Jul 2014, 6:43 pm

    seu Mamute de Estimação escreveu:a inveja enterrou a Comissão Pró-Subsídio, dos escombros, as viúvas criaram a Anata. Porém a Anata entrou pra Fenajufe e já tá "mamutizada" com seu plano ARCA DE NOÉ, entra tudo, só falta meter lá a GRAEL pros coitadinhos da eleitoral. Ué, quando fizeram o concurso já sabiam das regras.... subsídio já! mas não o subsídio arca de noé da Anata

    Só pode ser piada, criticar uma proposta de plano de carreira por ela ter sido abrangente em relação às demandas e necessidades da categoria.

    O pior é que esse tipo de pensamento é próprios dos sindicalistas. Principalmente do RJ.
    Coringa
    Coringa
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 410
    Reputação : 2
    Data de inscrição : 24/11/2010

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por Coringa Sex 18 Jul 2014, 8:54 pm

    seu Mamute de Estimação escreveu:a inveja enterrou a Comissão Pró-Subsídio, dos escombros, as viúvas criaram a Anata. Porém a Anata entrou pra Fenajufe e já tá "mamutizada" com seu plano ARCA DE NOÉ, entra tudo, só falta meter lá a GRAEL pros coitadinhos da eleitoral. Ué, quando fizeram o concurso já sabiam das regras.... subsídio já! mas não o subsídio arca de noé da Anata

    Poncianus... É vc que está aí postando isso ?
    [É necessário estar registrado e conectado para poderes visualizar esta imagem]
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por Convidado Dom 20 Jul 2014, 2:16 am


    Plano de Carreira da Anata não está tendo a repercussão necessária; parece que os servidores estão apáticos e sem forças para lutar!


    Eu -O Plano da Anata NÃO está tendo repercussão desejada!!

    Colega do RS- "Aqui ninguém gostou, não emplacou."
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por Convidado Dom 20 Jul 2014, 3:24 am

    QUEM ESTAVA COM A RAZÃO?


    O pessoal aqui desqualificava o Dorit, o satirizava até, mas as críticas do Dorit
    no facebook são sensatas e mostram quem está com a razão e quem está sendo posto em descrédito:


    - Daqui há 10 anos, quem sabe, o 'discutir a carreira' da Anata termina.....
    14 de julho às 19:18

    - Acho que vcs dão crédito demais para essa Anata e sua irrelevante representatividade.

    -Com certeza. Mas vai falar isso para os sindipelegos. Eles querem o voto do servidor e ficam vendendo ilusões.

    - O servidor olha e corre dos sindicatos/associações, a não ser que estes tenham convênios bons. Ou seja, viraram 'clubes de convêncios' e não sindicatos/associações....

    - E os sindicatos/associações vem com esses tabelões que nunca serão implementados para justificarem suas existências..


    - É o famoso 'me engana que eu gosto' sindical presente na Anata...

    - É que a Anata acha que jogando uma proposta inócua (que nunca será implementada) no seu site, já justifica sua existência.


    Parece que o Dorit está prevalecendo, e os 'donos da razão' de outrora estão envergonhados de tanta gabolice!

    Proposta da ANATA - Página 4 Images?q=tbn:ANd9GcQMEEtXBzDSPT4JQobCqCbluf-7VVJXFUEdpBjucIs1T0AJChTUyg
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7735
    Reputação : 577
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por Galizezin Dom 20 Jul 2014, 2:59 pm

    VANDER DE PAULA escreveu:QUEM ESTAVA COM A RAZÃO?


    O pessoal aqui desqualificava o Dorit, o satirizava até, mas as críticas do Dorit
    no facebook são sensatas e mostram quem está com a razão e quem está sendo posto em descrédito:


    - Daqui há 10 anos, quem sabe, o 'discutir a carreira' da Anata termina.....
    14 de julho às 19:18

    - Acho que vcs dão crédito demais para essa Anata e sua irrelevante representatividade.

    -Com certeza. Mas vai falar isso para os sindipelegos. Eles querem o voto do servidor e ficam vendendo ilusões.

    - O servidor olha e corre dos sindicatos/associações, a não ser que estes tenham convênios bons. Ou seja, viraram 'clubes de convêncios' e não sindicatos/associações....

    - E os sindicatos/associações vem com esses tabelões que nunca serão implementados para justificarem suas existências..


    - É o famoso 'me engana que eu gosto' sindical presente na Anata...

    - É que a Anata acha que jogando uma proposta inócua (que nunca será implementada) no seu site, já justifica sua existência.


    Parece que o Dorit está prevalecendo, e os 'donos da razão' de outrora estão envergonhados de tanta gabolice!

    [É necessário estar registrado e conectado para poderes visualizar esta imagem]

    O Plano da Anata não é para implementação imediata, pois impossível tal coisa. Ele deve ser amplamente discutido entre servidores, o que está sendo feito, para depois, em consenso, ser levado ao novo presidente do STF, Lewandowski, e ao PGR.


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por Convidado Ter 22 Jul 2014, 5:57 pm

    A rima do Dorit, o filósofo deste forum:

    "Duvido que essa Grael saia do papel."

    Pela apatia dos colegas e da Anata, parece que nada sairá do papel!
    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8804
    Reputação : 248
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por darkshi Ter 22 Jul 2014, 6:18 pm

    Acho legal como o Vander pega a opinião de 3 pessoas e a transforma em consenso de todo o PJU.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por Convidado Ter 22 Jul 2014, 6:28 pm

    As pessoas mais despojadas, as que falam o que pensam, muitas vezes se despem de ilusões antes dos outros,  e isso não é pessimismo, mas confronto com a realidade dos fatos.

    O filósofo deste forum, o Dorit, é assim; antes satirizado, já alertou:

    Daqui há 10 anos, quem sabe, o 'discutir a carreira' da Anata termina.....

    e

    É que a Anata acha que jogando uma proposta inócua (que nunca será implementada) no seu site, já justifica sua existência.
    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8804
    Reputação : 248
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por darkshi Ter 22 Jul 2014, 6:52 pm

    Um dia vc irá sair do seu delirio.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por Convidado Ter 22 Jul 2014, 7:46 pm

    darkshi escreveu:Um dia vc irá sair do seu delirio.


    Depois que o TRF/MG veio com essa palavra, parece que caiu
    no gosto de alguns. Mas quem está delirando de fato? Quem
    está roendo as unhas por grael, por carreira própria do STF?


    A Fenajufe, usando o dinheiro dos filiados, parece que conseguiu enterrar tudo isso, em prol dos incorporados, mas alguns ainda tem febre e sonham! Mas ação que é bom mesmo, nada!
    seu Mamute de Estimação
    seu Mamute de Estimação
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 412
    Reputação : 17
    Data de inscrição : 18/07/2014

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por seu Mamute de Estimação Ter 22 Jul 2014, 8:09 pm

    o povo tá cansado de ser feito de trouxa, acho que por isso que ninguém tá levando a sério a proposta da Anata.

    parece mais um mamute disfarçado de subsídio. a Anata criou agora o submamutesídio, já que o que fez foi uma mistura dos dois regimes, já que fala que é parcela única e logo em seguida abre as portas pro mamute entrar. Quero só ver a hora que fizerem as projeções orçamentárias do submamutesídio, vai bater na lua

    aqueles valores irreais nas tabelas foi pra agradar e conseguir apoio imediato, mas o povo não cai mais nessa. O povo não lê e vai direto nas tabelas, mas acaba vendo que é irreal isso daí.

    o plano dela é como se uma comissão de operários se unissem pra reescrever sozinhos a CLT: escreveram um sonho de uma noite de verão. é só combinar depois com os patrões...

    no submamutesídio da Anata manteve até AQ pra Mestre e Doutor! Mas por que um tec./analista em fim de carreira terão de ganhar menos na tabela que um Dotô ou Mestre, se vão fazer o mesmo serviço? só uma minoria privilegiada consegue mestrado e doutorado. Devia por isto como requisito pra exercer FC ou CJ e não na tabela do subsídio, pra não pisar na cabeça dos tec. analistas e empurrá-los pra baixo da tabela.

    se passasse, seria o mesmo argumento dos técnicos. agora os técnicos se queixam que ganham menos e fazem o mesmo serviço de analista. daqui a pouco analistas se queixarão que fazem os mesmos serviços dos doutores e mestres, mas pra ganhar menos... Abaixo às novas castas no PJU! tabelão justo pra todos que fazem o mesmo serviço!

    agosto promete. a juizada vai usar a peãozada, empurrar todo mundo pra fazer greve, mas só pra eles conseguirem o adicional de tempo no subsídio deles. já vi este filme antes.
    seu Mamute de Estimação
    seu Mamute de Estimação
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 412
    Reputação : 17
    Data de inscrição : 18/07/2014

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por seu Mamute de Estimação Ter 22 Jul 2014, 8:35 pm

    VANDER DE PAULA escreveu:
    darkshi escreveu:Um dia vc irá sair do seu delirio.


    Depois que o TRF/MG veio com essa palavra, parece que caiu
    no gosto de alguns. Mas quem está delirando de fato? Quem
    está roendo as unhas por grael, por carreira própria do STF?


    A Fenajufe, usando o dinheiro dos filiados, parece que conseguiu enterrar tudo isso, em prol dos incorporados, mas alguns ainda tem febre e sonham! Mas ação que é bom mesmo, nada!

    absurdo falar em GRAEL e carreira própria pro STF. é só pra dividir a categoria e enfraquecer todo mundo.

    até 1995 o stf tinha sua carreira própria, mas ganhavam uma mixaria ....

    foi com as greves da 1a. instancia a partir de 1995 que todos, inclusive o pessoal do stf, começaram a ter um salário mais digno. Agora o povo do supremo vai querer virar as costas pra quem fez as greves e pular fora do barco? nananina
    molotov
    molotov
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 778
    Reputação : 47
    Data de inscrição : 07/07/2010

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por molotov Ter 22 Jul 2014, 8:44 pm

    Gostei muito da proposta da ANATA.
    100%? Não. Mas quem agrada 100%?

    É excelente para levar adiante e discutir algumas coisas.
    Mas discutir fazendo algo, tendo um norte.

    Tipo as cotas raciais. Sou a favor. Gostei qdo começaram. Seria a chance de discutir a afirmação fazendo algo. O problema do excesso (20% em concursos) na visão de muitos, foi justamente não acompanhar, estudar e promover os ajustes. MAs enfim ...
    molotov
    molotov
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 778
    Reputação : 47
    Data de inscrição : 07/07/2010

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por molotov Ter 22 Jul 2014, 8:57 pm

    Acho que só pode deixar de brigar por ela, apoiar, quem discorde da essência da proposta.
    Tipo do subsídio. Ou redução das FCs. Ou melhor compensação da capacitação.


    Agora se vc é a favor dessas coisas, bora apoiar, levantar a bandeira e discutir o "ajuste fino".

    Uma coisa importante que sou contra é a diferença da antiga GAS e GAE. Entendo que para a conquista do resultado final é melhor mantê-las. Mas achei mto gde a diferença.

    Sou agente de segurança mas entendo que a "compensação" do risco para nós e oficiais de justiça poderia vir de outra forma, caso o judiciário conquiste uma Carreira com "C" maiúsculo.
    Para os agentes a escala de trabalho, já que segurança é 24 horas por dia. Alguns tribunais já adotam, mas o CJF encontrou obstáculo no TRF3 ao tentar padronizar o cargo nacionalmente.
    Em muitos estados trabalhamos efetivamente com segurança, mas a falta de escala, padronização de armamento e treinamento "maltrata o serviço".

    Para os oficiais de justiça entendo que a ajuda de custo paga com valores mais altos, perto da realidade do valor do combustível e dos gastos com automóvel, da inflação, seria mais adequada.
    Considerando ainda que a perspectiva de aposentadoria especial foi enterrada com a LC 144/2014, regulamentando a atividade de risco prevista no art. 40 da CF, deixando de fora auditores fiscais, agentes penitenciários, oficiais de justiça, agentes de segurança e etc.

    Sou humilde a ponto de entender que o cargo "mais atividade fim" entre nós, reles mortais, é o de analista judiciário área judiciária. Talvez por isso ache alta a diferença entre estes e os oficiais de justiça na tabela, chegando a 4 mil reais no teto.

    Abraço.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por Convidado Qua 23 Jul 2014, 12:11 am



    Postado também no facebook


    LEITURA DO PLANO DE CARREIRA DA ANATA - II



    " O que fez [a Anata] foi uma mistura dos dois regimes, já que fala que é parcela única e logo em seguida abre as portas pro mamute entrar." (Seu mamute de estimação, pseud. de um sindicalista)


    Essa definição simplista do Plano de Carreira da Anata não procede.

    1. O Plano de Carreira da Anata acaba com o atual modelo remuneratório nefasto e injusto, pois absorve em uma PARCELA ÚNICA as vantagens hediondas adquiridas ao longo de anos de sem-vergonhice com a coisa pública, sob a forma de incorporações irresponsáveis e corporativistas.

    Houve sim momento de grave arroxo salarial em que as incorporações se tornaram válvula de escape para o momento de crise, assim como os arrastões de progressão funcional.

    No entanto, no momento seguinte, essas incorporações se tornaram herança maldita para a carreira. Hoje elas emperram qualquer reajuste digno, pois ao se conceder pequenas porcentagens ao geral da carreira, repercutem nas verbas incorporadas, tornando estratosféricos os vencimentos de uma casta de privilegiados pelas incorporações.

    Agora o modelo atual (na forma de Vencimento Básico (VB) + GAJ) não mais se sustenta: a parcela de incorporados no Poder Judiciário que estima-se em 12% dos servidores teria aumentos desproporcionais em relação aos demais, e ganhariam mais que os juízes e ministros do STF. Por isso é que estamos neste congelamento salarial que não tem prazo para terminar. Simplesmente não se pode conceder aumentos dignos ao conjunto dos servidores por causa de uma minoria de incorporados! Nesse sentido é que o Plano de Carreira da Anata é uma solução: pois muda o modelo remuneratório para subsídio, acabando com essas distorções causadas pelas incorporações.

    2. Quanto à crítica de que o Plano de Carreira da Anata "abre as portas para o mamute entrar":

    O Plano de Carreira da Anata estabelece uma progressão horizontal, pela qual os servidores que vão adquirindo créditos acadêmicos (cursos de especialização, mestrado e doutorado) vão subindo 'de letra', e assim ganhando uma vantagem salarial em relação ao outros. Isso foi pensado como forma de incentivar os servidores a continuarem estudando e se especializando.

    Entendo que a motivação para estudar e se especializar deve gerar benefício "pessoal" ao servidor, que desempenhará com mais desenvoltura seu trabalho, deixando de ser alienado funcionalmente, e com isso obtendo mais satisfação exercício funcional, NÃO CABENDO vantagem salarial porque obtém um grau estudantil maior. O aperfeiçoamento não deve implicar em vantagem salarial, mas apenas em vantagem subjetiva, de proporcionar ao servidor satisfação simplesmente por estar mais especializado e poder bem desempenhar suas funções.

    Acrescente-se a isso (que não deve caber vantagem salarial à especialização) levando-se em conta que o mérito acadêmico está seriamente questionado nos dias de hoje, havendo um verdadeira indústria de venda de diplomas e certificados (desde que se pague por eles, é claro), que concede esses papeis certificados em verdadeira fraude educacional: um certificado de especialização deveria refletir uma mente conhecedora e treinada, mas amiúde vemos pessoas completamente alheias e superficiais com certificados nas mãos!

    Nesse sentido, sugerimos a NÃO VANTAGEM SALARIAL em progressões horizontais no Plano de Carreira da Anata.
    Acreditamos que está certo o crítico "Seu Mamute de Estimação" quando condena a entrada do mamute (vantagens hediondas) para progressões por diplomas e certificados.



    Imprima o Plano de Carreira da Anata aqui (salve e debloqueie):

    http://ti.anata.org.br/downloads/Plano%20PJU%202.pdf

    Para imprimir, desbloqueie usando:
    http://www.unlock-pdf.com/

    1. Salve o arquivo Plano de Carreira no seu Desktop (Área de Trabalho);

    2. Clique em ESCOLHER ARQUIVO no site acima; 3.Clique em UNLOCK FILE!

    Proposta da ANATA - Página 4 Maneiras-de-montar-seu-plano-de-carreira-noticias
    Ti@go
    Ti@go
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : AJAJ
    Mensagens : 781
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 02/10/2011
    Idade : 38

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por Ti@go Qua 23 Jul 2014, 12:01 pm

    Coringa escreveu:
    seu Mamute de Estimação escreveu:a inveja enterrou a Comissão Pró-Subsídio, dos escombros, as viúvas criaram a Anata. Porém a Anata entrou pra Fenajufe e já tá "mamutizada" com seu plano ARCA DE NOÉ, entra tudo, só falta meter lá a GRAEL pros coitadinhos da eleitoral. Ué, quando fizeram o concurso já sabiam das regras.... subsídio já! mas não o subsídio arca de noé da Anata

    Poncianus... É vc que está aí postando isso ?
    [É necessário estar registrado e conectado para poderes visualizar esta imagem]

    kkkkkkkk ótima essa kkkkkk
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por Convidado Qua 23 Jul 2014, 7:07 pm

    Reproduzo o texto do colega Charles Bruxel sobre o Plano de Carreira da Anata



    Prezados,

    Como a maioria sabe, a ANATA apresentou, após discussões e deliberações com seus associados, a sua proposta de Plano de Carreira para os servidores do Poder Judiciário Federal (quem ainda não viu, está aí o link:

    http://ti.anata.org.br/downloads/Plano%20PJU%202.pdf ).


    Pois bem.
    Em alguns grupos de emails do meio sindical, de pronto surgiram manifestações-padrão, ao melhor estilo: "o subsídio já foi amplamente refutado pela categoria", "o PL 6613 é fruto de amplos debates pela categoria", "a ANATA pretende rachar a categoria com essa proposta", "sou trabalhador, A Nata não me representa" (isso mesmo, tem gente que divide uma sigla ao meio, tenta extrair algum sentido disso e ainda espalha por aí o resultado obtido como se fosse uma brilhante "tese"), "isso é coisa do patrão, do governo para dividir a categoria" etc.

    Vamos lá. Alguns comentários.

    1)Plano de Carreira e PL 6613/09 não são coisas concorrentes. Um é, pasmem, um plano de carreira, outro é, digamos assim, um reajuste dito "emergencial". Aliás, alguém aí que repete aos 7 ventos "o pl 6613 foi amplamente debatido" sabia que a história não é bem essa? A opção por aumento exclusivamente via VB foi coisa meio de última hora (não vou me alongar, pois a história rende);

    2)Difícil entender as coisas. Hoje temos instalados um Grupo de Trabalho Nacional para discutir um projeto de carreira e Grupos Regionais, com o mesmo fim. Aí vem gente dizer (DE NOVO) que não é o momento de discutir modelo remuneratório.. Quando seria então? A, já sei, para quem vem com esse argumento de "deixar para depois" o melhor momento seria nunca, provavelmente;

    3)Quem comentou proferindo palavras de ódio e de desprezo contra a ANATA, nem abriu o arquivo. Pararam a leitura quando viram escrita a palavra demoníaca e proibida ("subsídio"). Ou seja, sequer sabem do que estão falando;

    4)Supondo que houve a rejeição do subsídio em alguma das plenárias/ampliadas ocorridas durante a última movimentação salarial, certamente foi uma rejeição circunstancial, e não definitiva e fatal. De qualquer modo, se algo foi rejeitado foi a emenda pró-subsídio ao pl 6613 e não o plano de carreira ora apresentado. Tudo ocorreu, entretanto, sem que tenha havido realmente um debate geral e profundo sobre o tema;

    5)Assim, acho bacana que muita gente ligada ao meio sindical realmente leva a sério a ideia de lutar pela classe trabalhadora como um todo e tudo mais. Mas acho que muitos acabam ficando tão envolvidos que só enxergam as coisas de um modo: se eu concordar contigo, você é defensor da classe trabalhadora; se eu não gostar da sua ideia, você é burguesia, patrão, governo, inimigo do trabalhador. Não é bem assim né gente. Sou até chegado em teorias da conspiração, mas acreditar nisso 24 horas por dia acaba ficando meio cansativo para quem vê ou escuta. O movimento pró-subsídio surgiu de fatos (oferta do governo de reajuste via subsídio, sinalizando que era este o modelo viável, combinada com a maior mentira sindical de todos os tempos: http://www.sindjusdf.org.br/pdf/boletim/2010-07-26-boletim.pdf ) e amadureceu, chegando à constituição de uma associação (ANATA), tendo hoje espaço até mesmo na direção da Fenajufe.

    Então, adianto desde já que não é um movimento bancado pelo imperialismo ianque ou constituído por infiltrados do governo (ao contrário de determinados sindicalistas aliados a certas entidades que abertamente dizem que o projeto de seu partido é prioridade sobre a defesa dos direitos dos servidores). A.. E os diretores não são alienígenas não, você pode verificar os nomes deles no site da instituição;

    6)O Subsídio proposto no plano de carreira é um subsídio mais light, que garante todos os direitos constitucionais assegurados aos servidores públicos. Neste momento, cabe um esclarecimento a alguns. Subsídio não é uma unidade monetária não viu gente. Tem gente que acha que receber 10 mil reais em subsídio é mil vezes pior do que receber a mesma quantia por vb mais gratificações. É tudo dinheiro, viu pessoal? Você vai conseguir ir na feira comprar seus alimentos. Fique tranquilo, pessoal;

    7)A proposta da ANATA foi tornada pública para ser debatida no seio da categoria e, consequentemente, dentro das instituições legitimadas legalmente (sindicatos). Isso parece bastante democrático, não? Ou democrático mesmo é aprovar 10000 propostas/ideias/teses em ritmo de bala em uma ampliada/plenária e depois dizer que tudo foi amplamente debatido? Talvez democrático mesmo seja rejeitar, sem entender e debater o que se está falando, não é? Enfim, existem alguns sindicalistas que meio que se sentiram incomodados com a audácia da ANATA de tentar estudar e propor algo para a melhoria da carreira. Parece que o monopólio foi quebrado. Que um estranho surgiu para incomodar, não sei bem como explicar;

    8)Vocês sabiam que além do modelo remuneratório e das tabelas salariais, ainda constam mais inúmeros temas na proposta da ANATA? Pois é. Não é à toa que o nome é "Plano de Carreira" e não Proposta de Reajuste. Tem muita coisa boa lá, é conveniente dar uma boa olhada;

    9)Sei que vai ser difícil para alguns, que ganham 20 e tantos mil reais, verem colegas se aproximar de sua faixa salarial. Vão achar injusto. Mas a vida é assim mesmo, um poço de injustiça. Uma proposta que faz com que 90% passem a ganhar o que hoje somente 10% ganham é realmente uma coisa aberrante. Ousar ir contra o "direito histórico" de "um ganhar mais do que o outro porque entrou em outra época" em prol da coletividade e da valorização da carreira é uma canalhice sem tamanho mesmo...;

    10)A despeito de todos os comentários, ninguém está dizendo que o plano seria aprovado, caso fosse para análise do Executivo/Legislativo. Mas já que o momento é de troca de ideias, convém que façamos isso com uma mínima qualidade e inteligência, sob pena de ser pura perda de tempo. Por isso escrevi os "breves" comentários que, tal qual a proposta da ANATA, possivelmente boa parte nem lerá;

    11)Quem gostou da proposta da ANATA é bom se movimentar e participar. O sindicalismo "tradicional" não vai vender a custo baixo uma verdadeira abertura das discussões quanto ao tema.
    Abraços!



    <


    Última edição por VANDER DE PAULA em Qua 23 Jul 2014, 7:26 pm, editado 1 vez(es)
    seu Mamute de Estimação
    seu Mamute de Estimação
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 412
    Reputação : 17
    Data de inscrição : 18/07/2014

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por seu Mamute de Estimação Qua 23 Jul 2014, 7:16 pm

    Não vejo vantagem alguma no plano da Anata para os Técnicos Judiciários. A Anata deu-lhes um presente de grego, deu-lhes o nível superior após 5 anos, porém nas tabelas sempre ganharão menos que os analistas. Verdadeiro cavalo de tróia da Anata. colocou lá o parágrafo 2º no art. 30, mas não resolve nada, já que seria uma indenização provisória aos técnicos.  O melhor para os técnicos é a volta da sobreposição das tabelas, bem como a reserva de fcs. para os técnicos que fazem serviços próprios de analistas.

    tem vários furos no plano da Anata, mas vou falando aos poucos. até acabarei dando uma forcinha pra ela hehehe. Não sou sindicalista não, mas o negócio deve ser bom, até a Anata já tá Fenajufizada.... a boquinha deve ser boa lá. Depois me canditato também, é direito meu, se eu quiser também.

    é verdade que tem técnico, formado em direito, que faz o mesmo serviço de analista.
    porém tem técnico que nem é formado em direito, só quer é ficar no balcão ou fazendo outras tarefas mecânicas e simples, que não dependem de conhecimento jurídico algum. Não sei se seria justo dar um cargo de nível superior, para este tipo de técnico. Mas a sobreposição dos 5 primeiros padrões da tabela não vejo problema, já que já foi feito nos pcs passados.
    a questão não é simples de resolver não, já que são 120.000 servidores.
    mesmo com o PJe, deve haver lançamentos simples, como notificações, editais,etc, que os técnicos possam fazer dentro do PJe. já as minutas de despachos, ficariam para os analistas, ou técnicos com fc , fazerem.
    certa vez consultaram o CSJT e eles responderam que técnico só pode fazer serviço de analista, ou seja, minutar despacho, decisão, sentença, se este técnico estiver pelo menos cursando direito e estiver recebendo uma fc; por ora acho a melhor solução. Que se priorize então no futuro plano de carreira, as fc para os técnicos que fazem serviço de analista, pelo menos um percentual das fcs existentes.
    [É necessário estar registrado e conectado para poderes ver esta hiperligação]
    CONSELHO SUPERIOR DA JUSTIÇA DO TRABALHO
    PROCESSO Nº CSJT-Cons-2221-77.2013.5.90.0000
    Firmado por assinatura eletrônica em 28/05/2013 pelo Sistema de Informações Judiciárias do Tribunal Superior do Trabalho, nos termos da Lei nº 11.419/2006.
    A C Ó R D Ã O
    (Conselho Superior da Justiça do Trabalho) CSIGM/db/ca

    CONSULTA – TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 23ª REGIÃO – CARGO DE
    TÉCNICO JUDICIÁRIO - ÁREA ADMINISTRATIVA – CARGO DE NÍVEL MÉDIO –
    ATRIBUIÇÕES NÃO INCLUEM A PREPARAÇÃO DE MINUTAS DE DESPACHO E DE SENTENÇA.
    1. O Ato 193/2008-CSJT.GP.SE.ASGP, que regulamenta as descrições das atribuições dos cargos efetivos dos quadros de pessoal da Justiça do Trabalho de 1º e 2º graus, estabelece, no item 43 do Anexo Único, que as atribuições inerentes ao cargo de Técnico Judiciário - Área Administrativa - consistem em prestar apoio técnico e administrativo pertinente às atribuições das unidades organizacionais, executar tarefas de apoio à atividade judiciária, arquivar documentos, efetuar tarefas relacionadas à movimentação e à guarda de processos e documentos, atender ao público interno e externo, classificar e autuar processos, realizar estudos, pesquisas e rotinas administrativas, redigir, digitar e conferir expedientes diversos e executar outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade. Além disso, estabelece como requisito para a ocupação desse cargo a formação educacional em nível de curso de ensino médio.
    2. No caso, o TRT da 23ª Região tem dúvidas quanto à abrangência dessas tarefas de apoio, questionando o CSJT sobre a possibilidade de elas incluírem a elaboração de minutas de despachos jurídicos e de sentenças.
    3. O dispositivo acima transcrito e que descreve as atribuições inerentes ao cargo de Técnico Judiciário – Área Administrativa - não inclui a tarefa de elaboração de minutas de despachos e de sentenças, a qual exige a análise de processos judiciais, o conhecimento da legislação, da doutrina e da jurisprudência. Resta evidente que a execução dessas atividades caracteriza-se como trabalho eminentemente jurídico, não devendo, como regra, ser realizado por servidores que cursaram apenas o ensino médio.
    4. Há situações, todavia, em que o Técnico Judiciário - Área Administrativa - está cursando a faculdade de Direito ou até já tem formação nessa área, podendo vir a ocupar uma função gratificada, como aquela concedida aos assistentes dos juízes nas Varas do Trabalho. Nessa hipótese, o servidor poderá vir a colaborar, eventualmente, na elaboração de minutas de despacho e de sentença sem que reste configurado o desvio funcional, pois o valor pago a título de função gratificada remunera o desempenho das referidas atividades especializadas.
    5. Caberá ao magistrado, nessas situações excepcionais, ponderar se pode confiar tarefas de maior grau de capacitação técnica a servidores que ingressaram no quadro como Técnicos Judiciários, sempre monitoradas por assessoria jurídica específica. No entanto, o que não se pode é considerar como integrante do conteúdo ocupacional
    do cargo de Técnico Judiciário a elaboração dessas peças processuais.
    Consulta respondida negativamente.
    Este documento pode ser acessado no endereço eletrônico [É necessário estar registrado e conectado para poderes ver esta hiperligação] sob código 100074B355AD6066C4.


    Última edição por seu Mamute de Estimação em Qua 23 Jul 2014, 9:12 pm, editado 2 vez(es)
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por Convidado Qua 23 Jul 2014, 8:58 pm

    Parabéns ao colega Seu Mamute de Estimação, pelas críticas e análises pertinente.
    Ao contrário, aqui tem muitos corujitos professores da Escola do Gabola, que só propagam frioleiras.


    "A Anata já tá Fenajufizada.... a boquinha deve ser boa lá." (Seu Mamute de Estimação)

    Diria que a Anata parece estar LUTAFenajufizada. O que dá no mesmo!


    1. " [A Anata] deu-lhes [aos técnicos] o nível superior após 5 anos, porém nas tabelas sempre ganharão menos que os analistas.


    A Proposta de Carreira da Anata contempla a realidade do PJU, que tem uma grande proporção de técnicos hoje formados em direito, e também em outros cursos. E ainda esses técnicos foram institucionalizados em tarefas típicas de analistas, como de assistente de juiz.

    Isso ocorre no TRT2 com muito proveito à Instituição e aos jurisdicionados, pois os técnicos assistentes de juiz tem tido um excelente desempenho, mesmo sem receber qualquer função comissionada por isso.

    Uma pergunta dos cursos de Direito: o Direito deve ou não contemplar a realidade? Ou melhor, o Direito pode tapar os olhos para a realidade à qual regula?

    Nesse sentido, apoio a bifurcação dos técnicos nas classes A (nível médio) e B (nível superior), eis que representa ação honesta e corajosa de contemplar uma realidade que já vigora.






    avatar
    Convidado
    Convidado

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por Convidado Qui 24 Jul 2014, 6:47 pm




    2. Tem técnico que nem é formado em direito, só quer é ficar no balcão ou fazendo outras tarefas mecânicas e simples, que não dependem de conhecimento jurídico algum.

    Essa crítica do colega Seu Mamute tem pertinência apenas no aspecto restrito do local de trabalho. Em uma vara, como já vivenciei, há de tudo: diretor que fica ao telefone das 15 às 19 horas, analistas que escolhem os serviços mais 'mecânicos' e fáceis, servidores outros que não pertencem à panelinha do diretor e que por isso tem de 'carregar a vara nas costas', técnico que faz serviços de analistas, analistas que só querem fazer serviços de técnicos.

    Nesses ambientes viciados, corrompidos, de fato nada é justo; nem os salários que partes deles recebem é justo. Então, a questão de justiça quanto ao que um ou outro faz fica limitada ao exercício das atribuições de cada local. Não serve a implicação geral, em um Plano de Carreira.


    3.Mas a sobreposição dos 5 primeiros padrões da tabela não vejo problema, já que já foi feito nos pcs passados.


    A sobreposição de tabela salarial, tal como estudada nas teorias de Gestão de Pessoas, é algo razoável, aceito teoricamente, e que valoriza o funcionário de cargo inferior que tenha anos de casa, em relação ao novato no cargo mais elevado.

    Isso poderia, sim, ser acatado, e sob vários aspectos seria adequado constar no Plano de Carreira.
    avatar
    TRF1/MG
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 4844
    Reputação : 314
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por TRF1/MG Qui 24 Jul 2014, 6:52 pm

    Sobreposição de tabelas para os técnicos e reserva de FCs... querem nada mais não?
    Quem sabe sobreposição sobre vencimento de Juiz Substituto?
    Que beleza hein...
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por Convidado Qui 24 Jul 2014, 7:07 pm

    TRF1/MG escreveu:Sobreposição de tabelas para os técnicos e reserva de FCs... querem nada mais não?
    Quem sabe sobreposição sobre vencimento de Juiz Substituto?
    Que beleza hein...


    Esperava uma argumentação consistente, e vem o 'não querem mais nada não'..mas não tem problema.

    Vamos considerar algum fatos de carreira.

    Na moderna teoria da Gestão de Pessoas, aceita-se justo que um funcionário de cargo inferior, mas que tenha acumulado algum conhecimento funcional, depois de 15 ou 20 anos de atividade, saiba e seja mais eficiente que um indivíduo que ACABOU DE ENTRAR no cargo superior ao seu.

    Ora, este indivíduo novato no cargo superior ainda vai 'mostrar a que veio', será avaliado quanto a disciplina, interesse, presteza, eficiência, conhecimento funcional...

    No entanto, o funcionário já balizado, antigo, já passou por isso, e se não for um zumbi, aprendeu muito, e PONTUALMENTE hoje é mais eficiente e sabedor que o NOVATO QUE ENTROU AGORA.

    Então, teoricamente, isto justificaria uma SOBREPOSIÇÃO DE TABELA SALARIAL. O novato tem sim uma aprovação em concurso mais rigoroso que o funcionário do cargo inferior, mas para questões de gestão de competência, o novato ainda vai demonstrar seu valor.

    Na prática, um técnico em final de carreira deveria sim ganhar um pouco mais que o analista que está no seus primeiros anos na carreira.
    avatar
    TRF1/MG
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 4844
    Reputação : 314
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por TRF1/MG Qui 24 Jul 2014, 8:26 pm

    VANDER DE PAULA escreveu:
    TRF1/MG escreveu:Sobreposição de tabelas para os técnicos e reserva de FCs... querem nada mais não?
    Quem sabe sobreposição sobre vencimento de Juiz Substituto?
    Que beleza hein...


    Esperava uma argumentação consistente, e vem o 'não querem mais nada não'..mas não tem problema.

    Vamos considerar algum fatos de carreira.

    Na moderna teoria da Gestão de Pessoas, aceita-se justo que um funcionário de cargo inferior, mas que tenha acumulado algum conhecimento funcional, depois de 15 ou 20 anos de atividade, saiba e seja mais eficiente que um indivíduo que ACABOU DE ENTRAR no cargo superior ao seu.

    Ora, este indivíduo novato no cargo superior ainda vai 'mostrar a que veio', será avaliado quanto a disciplina, interesse, presteza, eficiência, conhecimento funcional...

    No entanto, o funcionário já balizado, antigo, já passou por isso, e se não for um zumbi, aprendeu muito, e PONTUALMENTE hoje é mais eficiente e sabedor que o NOVATO QUE ENTROU AGORA.

    Então, teoricamente, isto justificaria uma SOBREPOSIÇÃO DE TABELA SALARIAL. O novato tem sim uma aprovação em concurso mais rigoroso que o funcionário do cargo inferior, mas para questões de gestão de competência, o novato ainda vai demonstrar seu valor.

    Na prática, um técnico em final de carreira deveria sim ganhar um pouco mais que o analista que está no seus primeiros anos na carreira.

    Na moderna gestão de pessoas tem que se pagar bem, pagar o valor merecido da pessoa, logo isso não se aplica ao Judiciário que está sucateado. Na moderna gestão não dá para falar em FCs não sendo por merecimento, logo não se aplica ao Judiciário. Se quiser aplicar a moderna gestão de pessoas no Judiciário tem que mudar muito, e não somente esses itens dos cargos de técnicos, como sobreposição e reserva de FCs.
    Maisquevencedor
    Maisquevencedor
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3003
    Reputação : 25
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por Maisquevencedor Qui 24 Jul 2014, 10:11 pm

    TRF1/MG escreveu:Sobreposição de tabelas para os técnicos e reserva de FCs... querem nada mais não?
    Quem sabe sobreposição sobre vencimento de Juiz Substituto?
    Que beleza hein...


    avatar
    Convidado
    Convidado

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por Convidado Sex 25 Jul 2014, 12:26 am

    Acho que a carreira judiciária poderia ter apenas um cargo! Mas isso parece difícil.

    No caso dos cargos escalonados é razoável uma sobreposição de tabelas salariais.

    Muito embora, o tempo de casa não signifique necessariamente excelência, sendo muitas vezes fator de vícios, na montagem de um Plano de Carreira esse tema se torna uma questão que não se pode ignorar.

    O erro está nesse ESCALONAMENTO! Por que escalonar? Uma pessoa vai permanecendo no tempo no cargo e vai ficando melhor? vai contribuindo mais para a Instituição? Ou vai se tornando um velhaco, malandro que conhece os meios de 'se dar bem' e passa a trilhar esses meios?

    Vejo como correto o subsídio dos juízes, em que não há escalonamento algum, todos ganham o mesmo salário estando na mesma posição! Um juiz de 10 anos de casa não ganha mais que o colega de 5 anos de casa, estando os dois, por exemplo, na 1ª instância. E por que é justo isso? Ora, porque supões que os dois sejam excelentes igualmente, ou não tão excelentes igualmente.

    Um servidor velho de casa pode ter mais vícios, e vícios insuperáveis, e assim causar prejuízos à Instituição, sendo que um servidor novo entra sempre com a 'ficha limpa', sem os maus comportamentos; com efeito, vemos que o servidor novo 'areja' o serviço público, traz ideias novas, dinamismo, conhecimentos atualizados.

    De fato, não há nenhuma justificativa razoável para ESCALONAMENTO de carreira! É, na verdade, uma imbecilidade que perdura, e perdura pela mente retrógrada de servidores velhos que povoam o serviço público!


    Coringa
    Coringa
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 410
    Reputação : 2
    Data de inscrição : 24/11/2010

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por Coringa Sex 25 Jul 2014, 8:19 am

    VANDER DE PAULA escreveu:Acho que a carreira judiciária poderia ter apenas um cargo! Mas isso parece difícil.

    No caso dos cargos escalonados é razoável uma sobreposição de tabelas salariais.

    Muito embora, o tempo de casa não signifique necessariamente excelência, sendo muitas vezes fator de vícios, na montagem de um Plano de Carreira esse tema se torna uma questão que não se pode ignorar.

    O erro está nesse ESCALONAMENTO! Por que escalonar? Uma pessoa vai permanecendo no tempo no cargo e vai ficando melhor? vai contribuindo mais para a Instituição? Ou vai se tornando um velhaco, malandro que conhece os meios de 'se dar bem' e passa a trilhar esses meios?

    Vejo como correto o subsídio dos juízes, em que não há escalonamento algum, todos ganham o mesmo salário estando na mesma posição! Um juiz de 10 anos de casa não ganha mais que o colega de 5 anos de casa, estando os dois, por exemplo, na 1ª instância. E por que é justo isso? Ora, porque supões que os dois sejam excelentes igualmente, ou não tão excelentes igualmente.

    Um servidor velho de casa pode ter mais vícios, e vícios insuperáveis, e assim causar prejuízos à Instituição, sendo que um servidor novo entra sempre com a 'ficha limpa', sem os maus comportamentos; com efeito, vemos que o servidor novo 'areja' o serviço público, traz ideias novas, dinamismo, conhecimentos atualizados.

    De fato, não há nenhuma justificativa razoável para ESCALONAMENTO de carreira! É, na verdade, uma imbecilidade que perdura, e perdura pela mente retrógrada de servidores velhos que povoam o serviço público!


    O que eu vejo são os novatos desanimando "com o sistema" antes mesmo do término do probatório e aprendendo os vícios com os mais velhos. rsrs
    Frodo
    Frodo
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 217
    Reputação : 25
    Data de inscrição : 08/07/2014

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por Frodo Sex 25 Jul 2014, 9:20 am

    Por isso sou a favor da carreira em pirâmide. Existe um limite quantitativo em cada nível e para se alcançar este nível é necessário o atendimento de critérios estabelecidos. Este é um modelo de carreira no sentido específico da palavra, onde os melhores são valorizados e recompensados.
    Frodo
    Frodo
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 217
    Reputação : 25
    Data de inscrição : 08/07/2014

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por Frodo Sex 25 Jul 2014, 9:34 am

    TRF1/MG escreveu:Sobreposição de tabelas para os técnicos e reserva de FCs... querem nada mais não?
    Quem sabe sobreposição sobre vencimento de Juiz Substituto?
    Que beleza hein...
    FCs
    As FCs precisam ser reduzidas no máximo valor possível bem como na máxima quantidade possível. Já argumentei antes, FC é uma retribuição por acúmulo de responsabilidades e não retribuição por execução de atividade, a execução de atividade já é atributo dos cargos que prestamos concurso.

    Sobreposição
    Sobreposição de tabelas entre cargos é completamente plausível e executada em diversos órgãos públicos assim como empresas privadas, MAS, os cargos devem ser bem definidos para que não se confunda um cargo com outro. A sua crítica foi baseada em técnicos administrativos sobreporem a tabela de analistas administrativos, quando estes 2 cargos são, na verdade, 1.
    Dependendo da importância que você de para cada cargo, por exemplo, um engenheiro e um médico, pode ocorrer sobreposição de tabela de um sobre o outro, isto não gera problema pois os cargos são bem definidos e não existe uma confusão nas atividades de um sobre a do outro. Isto não ocorre nos cargos administrativos, onde, na prática não existe diferença entre ambos, embora a lei tente definir o escopo destes cargos os concursos mostram que estes se confundem, pois as próprias instituições não sabem qual a diferença entre eles.

    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8804
    Reputação : 248
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por darkshi Sex 25 Jul 2014, 10:54 am

    Frodo escreveu:
    TRF1/MG escreveu:Sobreposição de tabelas para os técnicos e reserva de FCs... querem nada mais não?
    Quem sabe sobreposição sobre vencimento de Juiz Substituto?
    Que beleza hein...
    FCs
    As FCs precisam ser reduzidas no máximo valor possível bem como na máxima quantidade possível. Já argumentei antes, FC é uma retribuição por acúmulo de responsabilidades e não retribuição por execução de atividade, a execução de atividade já é atributo dos cargos que prestamos concurso.

    Sobreposição
    Sobreposição de tabelas entre cargos é completamente plausível e executada em diversos órgãos públicos assim como empresas privadas, MAS, os cargos devem ser bem definidos para que não se confunda um cargo com outro. A sua crítica foi baseada em técnicos administrativos sobreporem a tabela de analistas administrativos, quando estes 2 cargos são, na verdade, 1.
    Dependendo da importância que você de para cada cargo, por exemplo, um engenheiro e um médico, pode ocorrer sobreposição de tabela de um sobre o outro, isto não gera problema pois os cargos são bem definidos e não existe uma confusão nas atividades de um sobre a do outro. Isto não ocorre nos cargos administrativos, onde, na prática não existe diferença entre ambos, embora a lei tente definir o escopo destes cargos os concursos mostram que estes se confundem, pois as próprias instituições não sabem qual a diferença entre eles.


    Se não existe diferenças de trabalho entre dois cargos só existe uma coisa justa a ser feita. Equiparação salarial.
    A CLT obriga justamente isto. Não pode ser remunerado duas pessoas que exercem a mesma função.

    Contudo este cenário nunca foi trabalhado no âmbito da 8112. O desvio de função sempre foi tratado como sendo algo pontual que um único servidor. E a solução sempre foi pagar o devido ao servidor desviado e o retorno deste ao serviço adequado ao seu cargo. O problema é como lidar quando o serviço adequado ao seu cargo é equivalente ao serviço adequado ao cargo "superior".

    O mais próximo que foi feito é o caso do TJRO. Em que o cargo de oficial de justiça foi elevado de nível médio para superior e equiparado com os outros superiores. O STF considerou isto constitucional, já que não houve ascensão funcional (ascensão funcional nunca foi "subida" funcional e sim "acesso". Acessar outro cargo sem concurso.)

    Contudo isto é o justo no caso do PJU. Ao meu ver não.
    O serviço técnico pode não ser mais um serviço de nível médio. Mas ainda existe diferenças entre serviços que podem ser dividias entre técnicos e analistas. O que ao mesmo tempo justificaria a diferença salarial entre os cargos, mas ao mesmo tempo justificaria a elevação de escolaridade dos técnicos e a transposição de tabelas.

    E a transposição também deve ser vista como um modelo transitório. Onde atualmente temos maioria de mão de obra técnica e isto ao longo dos anos sendo transferido para maioria de analistas.
    Frodo
    Frodo
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 217
    Reputação : 25
    Data de inscrição : 08/07/2014

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por Frodo Sex 25 Jul 2014, 11:11 am

    darkshi escreveu:Contudo isto é o justo no caso do PJU. Ao meu ver não.
    O serviço técnico pode não ser mais um serviço de nível médio. Mas ainda existe diferenças entre serviços que podem ser dividias entre técnicos e analistas. O que ao mesmo tempo justificaria a diferença salarial entre os cargos, mas ao mesmo tempo justificaria a elevação de escolaridade dos técnicos e a transposição de tabelas.
    Primeiramente é necessário especificar mais a argumentação.
    No PJU temos dois tipos básicos de técnicos: técnico administrativo e técnico apoio especializado.
    Os técnicos apoio especializado, pela própria definição, seriam cargos específicos, se é justo ou não o nível médio é outra questão, mas estes cargos possuem escopo de atividade.
    Os técnicos administrativos não possuem escopo de atividade assim como os analistas administrativos, ou melhor, o escopo é genérico demais, de nada adianta você ter um serviço que é mais "adequado" a um ou outro se o escopo de serviço é o mesmo. Na teoria, na prática e no mundo real, não existe diferença entre as atribuições e atividades diárias, bem como os requisitos para ingresso, dos cargos administrativos.

    Ahh, analistas devem fazer atividade de "alto grau de complexidade". Bem, novamente no mundo real, avance um pouco mais, e compare um analista administrativo com um técnico de TI que trabalhe em desenvolvimento, infraestrutura ou banco de dados, qual a definição de "alto grau de complexidade" que justifique um especialista em informática receber menos que um analista "genérico" administrativo.
    Frodo
    Frodo
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 217
    Reputação : 25
    Data de inscrição : 08/07/2014

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por Frodo Sex 25 Jul 2014, 11:14 am

    darkshi escreveu:Se não existe diferenças de trabalho entre dois cargos só existe uma coisa justa a ser feita. Equiparação salarial.
    A CLT obriga justamente isto. Não pode ser remunerado duas pessoas que exercem a mesma função.
    Enquanto a "justiça" não é observada, o que deve ser feito é a correção desta aberração e as modificações necessárias podem ser feitas nesta proposta da ANATA, e este é o motivo desta discussão.
    Maisquevencedor
    Maisquevencedor
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3003
    Reputação : 25
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por Maisquevencedor Sex 25 Jul 2014, 11:38 am

    Penso um pouco diferente.

    Se as funções desenvolvidas são realmente semelhantes (ouso discordar, mas deixemos este debate para outro momento) , mais correto seria extinguir-se um dos cargos. Faz-se concurso para um dos cargos e deixa-se o outro extinguir-se quando os cargos atualmente ocupados tornarem-se vagos.
    É mais econômico, moral e justo. Sem trenzinho da alegria.


    Frodo escreveu:
    darkshi escreveu:Se não existe diferenças de trabalho entre dois cargos só existe uma coisa justa a ser feita. Equiparação salarial.
    A CLT obriga justamente isto. Não pode ser remunerado duas pessoas que exercem a mesma função.
    Enquanto a "justiça" não é observada, o que deve ser feito é a correção desta aberração e as modificações necessárias podem ser feitas nesta proposta da ANATA, e este é o motivo desta discussão.
    Frodo
    Frodo
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 217
    Reputação : 25
    Data de inscrição : 08/07/2014

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por Frodo Sex 25 Jul 2014, 12:06 pm

    Maisquevencedor escreveu:... mais correto seria extinguir-se um dos cargos. Faz-se concurso para um dos cargos e deixa-se o outro extinguir-se quando os cargos atualmente ocupados  tornarem-se vagos.
    É mais econômico, moral e justo. Sem trenzinho da alegria.
    E eu defendo exatamente isto, conforme mais detalhado nas minhas mensagens anteriores, IMHO o cargo de analista administrativo precisa ser extinto.

    Maisquevencedor escreveu:Penso um pouco diferente.

    Se as funções desenvolvidas são realmente semelhantes (ouso discordar, mas deixemos este debate para outro momento) ...
    Não é questão de "ousar", ainda bem que não existe unanimidade, mas gostaria de saber seus argumentos para a real diferença entre técnico e analista administrativo.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por Convidado Sex 25 Jul 2014, 1:13 pm

    darkshi escreveu:
    Frodo escreveu:
    TRF1/MG escreveu:Sobreposição de tabelas para os técnicos e reserva de FCs... querem nada mais não?
    Quem sabe sobreposição sobre vencimento de Juiz Substituto?
    Que beleza hein...
    FCs
    As FCs precisam ser reduzidas no máximo valor possível bem como na máxima quantidade possível. Já argumentei antes, FC é uma retribuição por acúmulo de responsabilidades e não retribuição por execução de atividade, a execução de atividade já é atributo dos cargos que prestamos concurso.

    Sobreposição
    Sobreposição de tabelas entre cargos é completamente plausível e executada em diversos órgãos públicos assim como empresas privadas, MAS, os cargos devem ser bem definidos para que não se confunda um cargo com outro. A sua crítica foi baseada em técnicos administrativos sobreporem a tabela de analistas administrativos, quando estes 2 cargos são, na verdade, 1.
    Dependendo da importância que você de para cada cargo, por exemplo, um engenheiro e um médico, pode ocorrer sobreposição de tabela de um sobre o outro, isto não gera problema pois os cargos são bem definidos e não existe uma confusão nas atividades de um sobre a do outro. Isto não ocorre nos cargos administrativos, onde, na prática não existe diferença entre ambos, embora a lei tente definir o escopo destes cargos os concursos mostram que estes se confundem, pois as próprias instituições não sabem qual a diferença entre eles.


    Se não existe diferenças de trabalho entre dois cargos só existe uma coisa justa a ser feita. Equiparação salarial.
    A CLT obriga justamente isto. Não pode ser remunerado duas pessoas que exercem a mesma função.

    Contudo este cenário nunca foi trabalhado no âmbito da 8112. O desvio de função sempre foi tratado como sendo algo pontual que um único servidor. E a solução sempre foi pagar o devido ao servidor desviado e o retorno deste ao serviço adequado ao seu cargo. O problema é como lidar quando o serviço adequado ao seu cargo é equivalente ao serviço adequado ao cargo "superior".

    O mais próximo que foi feito é o caso do TJRO. Em que o cargo de oficial de justiça foi elevado de nível médio para superior e equiparado com os outros superiores. O STF considerou isto constitucional, já que não houve ascensão funcional (ascensão funcional nunca foi "subida" funcional e sim "acesso". Acessar outro cargo sem concurso.)

    Contudo isto é o justo no caso do PJU. Ao meu ver não.
    O serviço técnico pode não ser mais um serviço de nível médio. Mas ainda existe diferenças entre serviços que podem ser dividias entre técnicos e analistas. O que ao mesmo tempo justificaria a diferença salarial entre os cargos, mas ao mesmo tempo justificaria a elevação de escolaridade dos técnicos e a transposição de tabelas.

    E a transposição também deve ser vista como um modelo transitório. Onde atualmente temos maioria de mão de obra técnica e isto ao longo dos anos sendo transferido para maioria de analistas.

    Não se resolve os problemas por decreto....

    "baixar" um decreto proibindo a fome, e a miséria, não vai mudar a realidade do país...


    ou mesmo baixar um decreto dizendo que todos cargos são iguais e superiores não vai fazer o serviço melhorar em nada no dia seguinte, nem anos depois.......só vai deixar mais acomodada uma massa de servidores aí que nunca entraram numa faculdade....

    valorização só com mudança sistemática, com foco, baseada em experiências reais e bem sucedidas....

    É só a ilusão de grande parte dos brasileiros que para se resolver o país é preciso mais uma lei... mais um regulamento....

    .....

    Não se esqueçam que o planalto vetou a proposta de "subir" só 4.700 contadores do PGPE para o ciclo de gestão..... (http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/politica/2013/06/03/interna_politica,369218/proposta-do-mp-pode-promover-4-7-mil-servidores-de-tecnicos-a-analistas.shtml)
    Imagina a alegria no planalto quando apresentarem esse bomba de "subir" o número estrondoso 70 mil servidores.....
    Imagina a reação alegre dos magistrados, vendo o orçamento do judiciário sendo engolido com isso....


    enfim.... quem quiser acreditar que a solução é por aí...
    Frodo
    Frodo
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 217
    Reputação : 25
    Data de inscrição : 08/07/2014

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por Frodo Sex 25 Jul 2014, 1:40 pm

    euvoltei escreveu:Não se resolve os problemas por decreto....

    "baixar" um decreto proibindo a fome, e a miséria, não vai mudar a realidade do país...


    ou mesmo baixar um decreto dizendo que todos cargos são iguais e superiores não vai fazer o serviço melhorar em nada no dia seguinte, nem anos depois.......só vai deixar mais acomodada uma massa de servidores aí que nunca entraram numa faculdade....

    valorização só com mudança sistemática, com foco, baseada em experiências reais e bem sucedidas....

    É só a ilusão de grande parte dos brasileiros que para se resolver o país é preciso mais uma lei... mais um regulamento....

    .....

    Não se esqueçam que o planalto vetou a proposta de "subir" só 4.700 contadores do PGPE para o ciclo de gestão..... (http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/politica/2013/06/03/interna_politica,369218/proposta-do-mp-pode-promover-4-7-mil-servidores-de-tecnicos-a-analistas.shtml)
    Imagina a alegria no planalto quando apresentarem esse bomba de "subir" o número estrondoso 70 mil servidores.....
    Imagina a reação alegre dos magistrados, vendo o orçamento do judiciário sendo engolido com isso....


    enfim.... quem quiser acreditar que a solução é por  aí...
    Desculpe euvoltei, você fez uma crítica a algum ponto mas não consegui extrair qual foi!!! A subjetividade nem sempre é ferramenta eficaz em uma retórica.

    Este tópico tem o objetivo de discutir a proposta da ANATA e os conceitos nela existentes. Como a proposta visa melhorar a carreira judiciária eu acredito que a discussão do correto estabelecimento dos cargos e suas atribuições é plenamente factível, principalmente, a proposta deve tentar corrigir as aberrações existentes através de análise causa/impacto das reclamações daqueles que fazem parte da atual "carreira".


    Se é possível criar uma carreira menos suscetível aos desvios de funções por que não buscá-la?
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por Convidado Sex 25 Jul 2014, 2:13 pm

    É preciso haver respeito pelo o que a lei diz hoje...

    Cada um no seu quadrado....

    Mudar a lei para ajustá-la a realidade só reforça a visão de que a lei não é para ser respeitada, mas tão somente futuramente adaptada....

    Um dos problemas é q muitos técnicos se beneficiam e até querem o desvio... E outros não, sendo, oprimidos pelo sistema....

    Respeitar a lei facilitaria tudo... Simples, direto....

    Agora, muitos não querem
    Assalariado
    Assalariado
    Novo Usuário

    Cargo : Analista Judiciário
    Mensagens : 19
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 18/06/2014

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por Assalariado Sex 25 Jul 2014, 2:34 pm

    O pessoal parece que não quer ver que analista administrativo é um cargo em extinção e existe muito serviço de nível médio no PJU e MPU

    Se o técnico ganha função de confiança ou cargo em comissão para fazer algo a priori não existe desvio de função. O desvio que alegam aqui de técnico fazer trabalho de analista é raríssimo e eu em 5 anos nunca vi.

    O que deve ser feito é pegar todo esse dinheiro de FCs e CJs, fazer um estudo da quantidade real de cargos de chefia necessária, diminuir o valor das CJs e Fcs necessárias que vão sobrar e distribuir o restante aos servidores internos.

    Além disso, fixar os limites dos cargos de forma bem delineada por meio de resolução.

    Com isso ia acabar o alegado desvio de função, ia melhorar o ambiente de trabalho e diminuir o assédio moral e sexual.

    Um ponto que fez falta na proposta da ANATA e ninguém discutiu é prever a possibilidade dos servidores advogarem em outras justiças e em causa própria
    Frodo
    Frodo
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 217
    Reputação : 25
    Data de inscrição : 08/07/2014

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por Frodo Sex 25 Jul 2014, 2:51 pm

    euvoltei escreveu:É preciso haver respeito pelo o que a lei diz hoje...

    Cada um no seu quadrado....

    Mudar a lei para ajustá-la a realidade só reforça a visão de que a lei não é para ser respeitada, mas tão somente futuramente adaptada....

    Um dos problemas é q muitos técnicos se beneficiam e até querem o desvio... E outros não, sendo, oprimidos pelo sistema....

    Respeitar a lei facilitaria tudo... Simples, direto....

    Agora, muitos não querem
    Mas o que você chama de respeitar a lei?

    A lei 11416 estabelece que:
    Art. 4o As atribuições dos cargos serão descritas em regulamento, observado o seguinte:
    I - Carreira de Analista Judiciário: atividades de planejamento; organização; coordenação; supervisão técnica; assessoramento; estudo; pesquisa; elaboração de laudos, pareceres ou informações e execução de tarefas de elevado grau de complexidade;
    II - Carreira de Técnico Judiciário: execução de tarefas de suporte técnico e administrativo;
    III - Carreira de Auxiliar Judiciário: atividades básicas de apoio operacional.

    Como você pode ver, a lei é totalmente subjetiva, pois as atribuições dos cargos serão "descritas em regulamento", e possui termos como "suporte técnico e administrativo" e "elevado grau de complexidade".

    A partir desta subjetividade temos cargos como analista administrativo e técnico especializado.

    Veja que a lei 11416 é a atual lei que estabelece "as carreiras", e a proposta da ANATA é justamente uma nova lei que irá entrar no lugar desta, por isso é necessário evitar a subjetividade e não permitir que os órgão façam adaptações ao legalmente regido.

    Conteúdo patrocinado

    Proposta da ANATA - Página 4 Empty Re: Proposta da ANATA

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui 28 Out 2021, 4:38 am