PCS JÁ

PCS JÁ



    Tópico Geral

    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 26 Ago 2014, 6:25 pm

    Será que a Dilma vetou o PL 2201 Fura-Teto?
    Seria hoje.
    Esse país não é sério ..
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 26 Ago 2014, 6:27 pm

    fbomber escreveu:
    Lord Sith escreveu:Me disseram ontem que já tinha acordo com o governo para aprovar o PL. Não sei se nos moldes que será enviado. Até agora não há notícia se cortaram ou não o orçamento do JUD e MPU, essa possível redução das tabelas pode ser um indicativo que cortaram sim.....


    Transferir o reajuste do VB para a GAJ, MANTENDO AS TABELAS, reduz o impacto em mais de 2 bilhões de reais somente no PJU. Não é inteligente cortar as tabelas para manter o aumento no VB...
    GAJ 170 ou 180 e VB congelado?

    Já dá pra fazer as tabelas.
    Aroldo Rique
    Aroldo Rique
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 5984
    Reputação : 40
    Data de inscrição : 07/07/2010

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Aroldo Rique Ter 26 Ago 2014, 6:28 pm

    Rapaz, falei com um cara agora do STF. Não há absolutamente nada. Estão é fazendo várias projeções.


    _________________

    Pessoal, associem-se à ANATA.
    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar esta imagem]
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 26 Ago 2014, 6:29 pm

    E o Judiciário vai fazer um PL ou vale o mamutão turbinado com a assinatura do DG?
    Marcos de Sá
    Marcos de Sá
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 166
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 25/08/2014

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Marcos de Sá Ter 26 Ago 2014, 6:31 pm

    VANDER DE PAULA escreveu:Será que a Dilma vetou o PL 2201 Fura-Teto?
    Seria hoje.
    Esse país não é sério ..

    A Marina Silva vai finalmente vai tornar sério esse país. E os PTtralhas com a nova pesquisa certamente irão negociar.
    Aroldo Rique
    Aroldo Rique
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 5984
    Reputação : 40
    Data de inscrição : 07/07/2010

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Aroldo Rique Ter 26 Ago 2014, 6:32 pm

    A nossa esperança renasceu com essa última pesquisa do IBOPE.


    _________________

    Pessoal, associem-se à ANATA.
    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar esta imagem]
    ServidorMPU
    ServidorMPU
    Novo Usuário

    Mensagens : 18
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 30/11/2011

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por ServidorMPU Ter 26 Ago 2014, 6:35 pm

    De fato, a 40 dias da eleição e com uma pesquisa IBOPE desse quilate, nossa chance de aumento aumentou consideravelmente. Se não for dessa vez, já era!!
    Marcos de Sá
    Marcos de Sá
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 166
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 25/08/2014

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Marcos de Sá Ter 26 Ago 2014, 6:35 pm

    Aroldo Rique escreveu:A nossa esperança renasceu com essa última pesquisa do IBOPE.

    Opa! Mais um motivo pra comemorar lá no Bar do Seu Caetano!!!!
    Phoenix
    Phoenix
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 334
    Reputação : 8
    Data de inscrição : 22/12/2010

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Phoenix Ter 26 Ago 2014, 6:37 pm

    Essa ascensão da Marina é a nossa única esperança de algo, mas eu duvido muito que com o país quebrado desse jeito e lutando pra cumprir meta de superavit primário nós iremos ganhamos alguma coisa.

    Isso até pelo fato de que há já a última parcela de reajuste anterior para 2015, que usarão como desculpa. "Temos um acordo que vale até 2015", dirão eles. Também vão temer que qualquer esmola a nós seja reivindicada pelas outras 284787483 categorias do serviço público.

    Pra mim, portanto, nossa chance de algo a mais este ano é 0,1%. Temos que nos contentar em tirar o PT do poder, porque talvez com eles na oposição consigamos algo pra 2016.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 26 Ago 2014, 6:47 pm

    Aroldo Rique escreveu:Rapaz, falei com um cara agora do STF. Não há absolutamente nada. Estão é fazendo várias projeções.



    Se for isso, então o MPU inovou ao se antecipar!
    Será o rabo abanando o cachorro?
    avatar
    VN
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 783
    Reputação : 18
    Data de inscrição : 07/07/2010

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por VN Ter 26 Ago 2014, 6:47 pm

    Vídeo revela que Arruda diz ter “votos” no TSE e no STJ
    No filme, obtido por ÉPOCA e em poder do MP, o líder na corrida ao governo do DF, que pode ser cassado nesta terça-feira no TSE, afirma ter “90% de certeza” de que conseguirá o registro nos tribunais – e afirma que “está fazendo de tudo” para conseguir os votos
    DIEGO ESCOSTEGUY, COM MARCELO ROCHA E MURILO RAMOS
    26/08/2014 16h48 - Atualizado em 26/08/2014 17h41
    Kindle
    inShare1
    José Roberto Arruda (Foto: Wilson Dias/Abr)José Roberto Arruda (Foto: Wilson Dias/Abr)

    Estão em poder do Ministério Público do Distrito Federal dois vídeos que podem enterrar a candidatura de José Roberto Arruda (PR) ao governo de Brasília. Ele lidera as pesquisas destas eleições para voltar ao cargo, do qual saiu em 2010, depois de ser flagrado (também em vídeo) num esquema de corrupção. Os novos vídeos - duas câmeras filmando a mesma cena, de ângulos distintos - foram gravados na tarde da última quinta-feira. Registraram uma reunião entre Arruda e correligionários de Joaquim Roriz, também ex-governador de Brasília e desafeto de Arruda. O encontro aconteceu em Brasília, na casa do advogado Eri Varela, conselheiro de Roriz.

    Arruda buscava o apoio do grupo de Roriz. Na conversa, que durou cerca de meia hora, revelou bastidores e táticas para impedir que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirme, nesta noite, a inelegibilidade dele, conforme decretou o Tribunal Eleitoral Regional de Brasília. Assegurou “ter dois votos” no TSE para o julgamento de hoje. Disse que “estava trabalhando tudo” para garantir os quatro votos que lhe salvariam a candidatura. Numa frase difícil de acreditar, afirmou que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso estava “trabalhando” para convencer o ministro do STF Gilmar Mendes, que também está no TSE. Sugeriu trabalhar para “ter” o voto do ministro João Otávio Noronha, do Superior Tribunal de Justiça, outro que participa do julgamento do TSE nesta noite. Fala em “trabalhar” e “garantir" votos nos tribunais superiores como se fossem votos no Congresso ou nas eleições.

    “É mais difícil conseguir quatro votos (no TSE) do que um milhão de votos (para governador)”, disse Arruda. Ele afirmou que “o quadro no TSE não é bom”. Afirmou que iria pedir ao ex-procurador-geral do DF Túlio Arantes que conseguisse um voto de “um amigo” que participaria do julgamento – ele não declina o nome no vídeo. “Tenho que fazer de tudo.”

    Arruda assegurou aos interlocutores que “tinha 90% de certeza” de que, mesmo a possível derrota no TSE, reverteria tudo no STJ. “É o mesmo relator”, diz Arruda. Ele se refere ao ministro Napoleão Nunes Maia Filho, que concedera uma liminar, em 24 de junho, impedindo o julgamento de Arruda no Tribunal de Justiça de Brasília. O julgamento em Brasília se deu apenas em 9 julho, após uma decisão do ministro do STF Joaquim Barbosa - e após o registro da candidatura de Arruda. Esse julgamento acabou acontecendo cinco dias depois. Arruda foi condenado e se tornou inelegível.

    Os vídeos já foram periciados pelo MP e serão encaminhados à Procuradoria-Geral da República. Se a PGR avaliar que há indícios de crime no caso, abrirá uma investigação. ÉPOCA publica agora quatro dos principais trechos dos vídeos.

    Procurado pela reportagem de ÉPOCA, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso afirmou ter sido procurado por Arruda para conversar sobre o recurso protocolado no TSE. "Queria (Arruda) que o julgamento ocorresse a tempo de, se favorável, concorrer ao governo de Brasília. Como sempre, sou muito cuidadoso nessas matérias. Apenas indaguei ao ministro Gilmar se havia chance de isso ocorrer. Fui informado de que haveria um julgamento anterior que pré-julgaria o caso. Nada mais pedi a ninguém nem nada mais me foi dito.” Ex-procurador-geral no governo Arruda, Túlio Arantes afirma não ter sido procurado por Arruda nem ter procurado ministros do TSE em nome do ex-governador. "Não conheço nenhum ministro do TSE. Nem sabia que haveria um julgamento no TSE hoje. É o Arruda quem tem de responder por essas afirmações que ele fez", disse.

    As assessorias dos ministros Dias Toffoli, no Supremo, e Laurita Vaz, no STJ, informaram que eles estavam participando de julgamento em seus respectivos tribunais e não poderiam atender a reportagem. O ministro Luiz Fux, do Supremo, afirmou não ter sido procurado por advogados de Arruda. O gabinete do ministro João Otávio Noronha, no STJ, informou que o ministro estava no TSE e que tentaria transmitir a ele o recado da reportagem. A revista enviou os questionamentos ao TSE, mas ainda não houve retorno.

    Trecho 1

    O candidato ao governo do Distrito Federal pelo PR, José Roberto Arruda, chega para uma reunião na casa de Eri Varela, advogado e amigo do ex-governador Joaquim Roriz. Arruda afirma ser mais difícil conseguir quatro votos favoráveis à manutenção de sua candidatura - no julgamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) - que conseguir 1 milhão de votos dos eleitores.
    Não foi possível exibir o vídeo!
    Ocorreu um problema ao tentar carregar o vídeo. Tente recarregar a sua página.
    Código do Erro - load-error



    Eri - Senta aqui.
    Eri - Mas tem um negócio aqui que você não pode deixar de comer...
    Arruda - O que é?
    Eri - É especial... Eu estive lá em Fortaleza e trouxe... (Eri oferece doce a Arruda).
    Eri- Não tem (açúcar)... É dietético... É um negócio de caju...
    Arruda - Parece um doce de figo, né? É maravilhoso mesmo.
    Eri - Isso... O cabra é viajado... Um doce para aguentar as amarguras de uma campanha...
    Arruda - Você está bem, né, Zé Flávio?
    Zé Flávio - Tô...
    Arruda - Quando eu estou na campanha, na rua, eu gosto de fazer. Isso me dá prazer (começa a comer o doce). Está maravilhoso.
    Eri - E as fofocas?
    Arruda - (inaudível) Tá muito difícil pra mim. E pior... (volta a falar do doce de boca cheia), e não tem açúcar, só o açúcar da fruta.
    Eri - É... Exatamente...
    Arruda - Mas então, é mais difícil você ter quatro votos em sete que ter um milhão de votos por aí... (Os votos são dos sete ministro do TSE)

    Trecho 2

    Arruda afirma ser possível obter os votos necessários no julgamento do TSE para que concorra nas eleições de outubro. Mas diz que, se conseguir, será por uma margem mínima. Por isso, segundo Arruda, o momento anterior ao julgamento é o mais difícil. "É nesse momento difícil que a gente faz um esforço maior".



    Arruda - Mas agora eu acho que a... (fala de boca cheia)... O obstáculo agora é esse jurídico. Infelizmente, eu tenho que entrar de cabeça nisso. Não tem jeito de eu ficar deixando na mão dos outros. O momento exige isso (inaudível)... Mas ô Eri, já tinha um tempo que eu tinha mandado Valério marcar pra eu vir cá. Nós temos um longo tempo, uma longa historia de convivência e eu tenho uma opinião... Nós todos termos a opinião que diante das circunstâncias da vida, eu acho que diante dos meus defeitos e minhas qualidades, eu represento nesse momento a possibilidade imediata, de todos nós, os grandes, eu, Roriz, eu e todo mundo... Aliás, o Luiz Estevão interpreta muito bem isso quando diz que as superações que ele fez, quanto a mim.. e me apoiou... A sua Eri por tudo que você representa em relação a proximidade do Roriz, pelo que cê já fez, né? Eu acho que nessa teia, questões pontuais até que no têm maior importância, porque quando se acerta no geral, estas questões saem na
    base... Você é uma pessoa muito inteligente e sabe que não preciso falar detalhes... Mais ou menos como aconteceu aqui com Valério e com Zé Flávio, nós acertamos no geral e os pontuais não tá precisando...
    Valério - Não precisa discutir...
    Arruda - Precisa nem discutir... Acertou no geral... Acertou e acabou... Quem tá tocando campanha hoje, como você sabe é o Valério... Com minha estrutura e coisa... mas enfim, é ele que tá tocando a campanha. Isso por causa de mim, quando eu ganhar no TSE, e acho que vou ganhar, eu acho que vou vencer, o percentual de votos que eu vou ter é mínimo... Então, neste momento, até que se julgue pelo TSE, é o momento ma is difícil. E nesse momento difícil é que a gente faz um esforço maior.

    Trecho 3

    Arruda diz ao advogado Eri Varela que, entre outros, pediu ajuda a Túlio Arantes, que atuou como procurador-geral do DF durante seu governo, para ajudá-lo no assunto. Segundo o ex-governador, Arantes é amigo de um dos ministros que vão participar do julgamento.



    Arruda - deixa eu te dizer uma coisa, se eu ganhar no TSE... Se eu ganhar...
    Eri - Não acredito.
    Arruda - Se eu ganhar.
    Eri - Não, vou apostar com você... A questão jurídica, ela hoje, nesse momento... ela é mais fácil...
    Arruda - Contra mim... Mas se eu ganhar não é mais por causa do prazo... (inaudível) .. é por causa do artigo (inaudível)...
    Eri - Sim, porque pode resolver... (Com a medida no STJ)
    Arruda - Por isso... É nisso que eu estou trabalhando... Eu tô indo agora conversar com o Túlio Arantes, porque o Túlio era meu procurador geral... E um dos votos que vão ter agora, pode ser de um amigo dele... Eu vou pedir pra ele ir lá, né?
    Eri - É mais difícil... Mas eu acho.. que nesse caminho talvez... de tentar resolver... Seu advogado não está aqui... pra discutir. Você tinha que imediatamente desistir dos embargos...

    Trecho 4

    Arruda comenta com o advogado Eri Varela quais são as suas chances no julgamento no TSE. Arruda cita os nomes dos ministros Gilmar Mendes, Laurita Vaz , João Noronha e Luciana Lóssio. Em relação a Mendes, Arruda menciona que pediu ajuda ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.



    Arruda - Ô Eri, deixa eu te dizer urna coisa... Essa luta toda que a gente tá. Todo o meu
    sofrimento, inclusive das minhas filhas... Se no for da vontade de Deus que eu seja o
    governador, eu vou ser... Também se não for da vontade de Deus, esquece... Não é isso?
    Arruda - A situação que eu tenho hoje, é que...eu tenho urna chance no TSE menor...
    Eri - E como é isso? Quem tá trabalhando isso?
    Arruda – No TSE, Alckmin (advogado José Eduardo Alckmin)... Mas tô com outras pessoas trabalhando isso...
    Eri - Então tá com um voto lá?
    Arruda - Dois... e... tô trabalhando tudo...
    Eri - Mas tem mais...
    Arruda - Dois...
    Arruda - Agora o outro caminho da Cautelar... Eu diria a você que é 90% de chance... Desde que resolva os embargos, se for possível... (inaudível)... Agora tudo isso tá sendo avaliado, no momento certo... Mas o que eu acho que é importante na nossa conversa, é o seguinte:... Essa e uma luta, que eu estou nela... vou até o final... Se gente ganhar, ganhou... Se não ganhar, vamos ter que descobrir um caminho para ganhar a eleição sem eu...
    Eri - Você não se deu bem sempre com o Gilmar (ministro do TSE e STF Gilmar Mendes)?
    Arruda - (Balança a cabeça dizendo que não)... O Fernando Henrique é que está trabalhando...
    Eri - E o Noronha (ministro do TSE João Otávio Noronha)?
    Arruda —Também...
    Eri - E a Laurita (ministra do TSE Laurita Vaz)?
    Arruda - Acho que a Laurita nem vai votar... Porque ela sal do TSE daqui uns dias...
    Eri - E a Luciana (ministra do TSE Luciana Lóssio)?
    Arruda – Não. Esses dois votos eu nem conto.... Eu estou trabalhando. Os outros cinco...
    Eri - Então menos dois...
    Arruda - E... com toda sinceridade... 90% de chance no segundo momento (medida no STJ)... Não no primeiro...
    Eri - Mas tem que ir correndo, o importante e não perder o prazo... Deve ir para o Ministério... vai de hoje pra amanhã.
    Arruda - É
    Eri - E a moça (Luciana Lóssio) não vai se dar por impedida, né?
    Arruda - Não sel ainda... E o pior é que eu nâo sel se é bom?...
    Eri - Na minha avaliação, se ela no se der por impedida, ela vota contra você...
    Arruda - Eu também acho...
    Eri —Aí entram dois substitutos (Contando com a saída da Laurita e o impedimento da
    Luciana)...
    Arruda - Admar (ministro substituto do TSE Admar Gonzaga) é cacete... 0 quadro não é bom...
    Eri – É.
    Arruda —O quadro do STJ é melhor...
    Eri —O relator é o mesmo (ministro do STJ Napoleão Nunes Maia Filho)...
    Arruda - É...
    Eri - Da suspensão.. (Que concedeu a liminar para suspender o julgamento do TJ)...
    Arruda - Por aí que eu vou... Mas é assim... Isso passa de um jeito ou de outro... Se eu for candidato a governador... Talvez eu volte aqui pra ganhar seu voto... Se não for... eu acho... (Risos)...
    Analista Novo
    Analista Novo
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 156
    Reputação : 36
    Data de inscrição : 16/05/2014

    Tópico Geral - Página 14 Empty DIRETORIA NACIONAL VAI A MINAS GERAIS CONVERSAR COM O PRESIDENTE DO TRE SOBRE OS PROBLEMAS DOS ANALISTAS

    Mensagem por Analista Novo Ter 26 Ago 2014, 6:47 pm

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]



    25 de agosto de 2014Anajus1 ComentárioNotícias

    Na última sexta feira (22/08), a Diretoria Nacional da ANAJUS esteve em Belo Horizonte/MG, na sede do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais, a convite de seu Presidente, Desembargador Geraldo Augusto Almeida, visando tratar de assuntos de interesse dos Analistas daquele tribunal, conforme requerimento administrativo protocolizado pela ANAJUS.

    Além do Desembargador Presidente, a reunião contou com a presença do Diretor Geral do TRE-MG, Analista Adriano Denardi Júnior, a Secretária de Gestão de Pessoas, Analista Patrícia Montenegro, Membros da Diretoria Nacional da ANAJUS e do nosso Diretor Regional, Gabriel Astoni Sena, sendo classificada por todos como “produtiva e animadora”.

    Ao Desembargador Presidente do TRE-MG, agradecemos profundamente pela presteza com que nos recebeu e pelo empenho e comprometimento na resolução das demandas levadas ao seu conhecimento e, principalmente, com o reconhecimento da importância dos Analistas no conjunto de servidores daquela Casa, sendo plenamente extensivo à Diretoria Geral e à Secretaria de Gestão de Pessoas.

    Ao nosso Diretor Regional, Gabriel Sena, nosso respeito e nossa gratidão pelo empenho e comprometimento com a causa dos analistas em seu estado e no Brasil!

    É a ANAJUS trabalhando pela valorização do Analista!

    DIRETORIA NACIONAL DA ANAJUS
    16Toneladas
    16Toneladas
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2008
    Reputação : 39
    Data de inscrição : 08/07/2010

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por 16Toneladas Ter 26 Ago 2014, 6:57 pm

    Bom, depois do Ibope podem barganhar mais um pouco. Ou então a Mônica, vendo que se fudeu, pode ligar o foda-se e cortar tudo kkkk
    evolucionista
    evolucionista
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 80
    Reputação : 5
    Data de inscrição : 06/10/2011

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por evolucionista Ter 26 Ago 2014, 7:04 pm

    O que entendi do discurso do Jaílton é que, em vez de insistir nos 10 bi p 2015, o sindicato falou p Tofoli q aceita reduzir p metade e parcelar em até 6 semestrais. E disse q o Tofoli afirmou que, nesses termos, conversaria com o Lewandovski
    evolucionista
    evolucionista
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 80
    Reputação : 5
    Data de inscrição : 06/10/2011

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por evolucionista Ter 26 Ago 2014, 7:06 pm

    Corrijam-me, os pouquíssimos servidores q foram ao ato, se eu tiver entendido errado.
    avatar
    Leovini
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 397
    Reputação : 4
    Data de inscrição : 21/03/2014

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Leovini Ter 26 Ago 2014, 7:08 pm

    Phoenix escreveu:Essa ascensão da Marina é a nossa única esperança de algo, mas eu duvido muito que com o país quebrado desse jeito e lutando pra cumprir meta de superavit primário nós iremos ganhamos alguma coisa.

    Isso até pelo fato de que há já a última parcela de reajuste anterior  para 2015, que usarão como desculpa. "Temos um acordo que vale até 2015", dirão eles. Também vão temer que qualquer esmola a nós seja reivindicada pelas outras 284787483 categorias do serviço público.

    Pra mim, portanto, nossa chance de algo a mais este ano é 0,1%. Temos que nos contentar em tirar o PT do poder, porque talvez com eles na oposição consigamos algo pra 2016.

    É isso aí mesmo. Tenho a mesma análise. Nossa realidade é conseguir algo em 2016.

    Agora com essas pesquisas, temos 0,1% de chance de conseguir 15% parcelado até 2018. E dessa forma ficaremos atrelados, presos a isso. Só em 2018 poderíamos discutir mudança do modelo de remuneração.
    Aroldo Rique
    Aroldo Rique
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 5984
    Reputação : 40
    Data de inscrição : 07/07/2010

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Aroldo Rique Ter 26 Ago 2014, 7:14 pm

    VN escreveu:Vídeo revela que Arruda diz ter “votos” no TSE e no STJ
    No filme, obtido por ÉPOCA e em poder do MP, o líder na corrida ao governo do DF, que pode ser cassado nesta terça-feira no TSE, afirma ter “90% de certeza” de que conseguirá o registro nos tribunais – e afirma que “está fazendo de tudo” para conseguir os votos
    DIEGO ESCOSTEGUY, COM MARCELO ROCHA E MURILO RAMOS
    26/08/2014 16h48 - Atualizado em 26/08/2014 17h41
    Kindle
    inShare1
    José Roberto Arruda (Foto: Wilson Dias/Abr)José Roberto Arruda (Foto: Wilson Dias/Abr)

    Estão em poder do Ministério Público do Distrito Federal dois vídeos que podem enterrar a candidatura de José Roberto Arruda (PR) ao governo de Brasília. Ele lidera as pesquisas destas eleições para voltar ao cargo, do qual saiu em 2010, depois de ser flagrado (também em vídeo) num esquema de corrupção. Os novos vídeos - duas câmeras filmando a mesma cena, de ângulos distintos - foram gravados na tarde da última quinta-feira. Registraram uma reunião entre Arruda e correligionários de Joaquim Roriz, também ex-governador de Brasília e desafeto de Arruda. O encontro aconteceu em Brasília, na casa do advogado Eri Varela, conselheiro de Roriz.

    Arruda buscava o apoio do grupo de Roriz. Na conversa, que durou cerca de meia hora, revelou bastidores e táticas para impedir que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirme, nesta noite, a inelegibilidade dele, conforme decretou o Tribunal Eleitoral Regional de Brasília. Assegurou “ter dois votos” no TSE para o julgamento de hoje. Disse que “estava trabalhando tudo” para garantir os quatro votos que lhe salvariam a candidatura. Numa frase difícil de acreditar, afirmou que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso estava “trabalhando” para convencer o ministro do STF Gilmar Mendes, que também está no TSE. Sugeriu trabalhar para “ter” o voto do ministro João Otávio Noronha, do Superior Tribunal de Justiça, outro que participa do julgamento do TSE nesta noite. Fala em “trabalhar” e “garantir" votos nos tribunais superiores como se fossem votos no Congresso ou nas eleições.

    “É mais difícil conseguir quatro votos (no TSE) do que um milhão de votos (para governador)”, disse Arruda. Ele afirmou que “o quadro no TSE não é bom”. Afirmou que iria pedir ao ex-procurador-geral do DF Túlio Arantes que conseguisse um voto de “um amigo” que participaria do julgamento – ele não declina o nome no vídeo. “Tenho que fazer de tudo.”

    Arruda assegurou aos interlocutores que “tinha 90% de certeza” de que, mesmo a possível derrota no TSE, reverteria tudo no STJ. “É o mesmo relator”, diz Arruda. Ele se refere ao ministro Napoleão Nunes Maia Filho, que concedera uma liminar, em 24 de junho, impedindo o julgamento de Arruda no Tribunal de Justiça de Brasília. O julgamento em Brasília se deu apenas em 9 julho, após uma decisão do ministro do STF Joaquim Barbosa - e após o registro da candidatura de Arruda. Esse julgamento acabou acontecendo cinco dias depois. Arruda foi condenado e se tornou inelegível.

    Os vídeos já foram periciados pelo MP e serão encaminhados à Procuradoria-Geral da República. Se a PGR avaliar que há indícios de crime no caso, abrirá uma investigação. ÉPOCA publica agora quatro dos principais trechos dos vídeos.

    Procurado pela reportagem de ÉPOCA, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso afirmou ter sido procurado por Arruda para conversar sobre o recurso protocolado no TSE. "Queria (Arruda) que o julgamento ocorresse a tempo de, se favorável, concorrer ao governo de Brasília. Como sempre, sou muito cuidadoso nessas matérias. Apenas indaguei ao ministro Gilmar se havia chance de isso ocorrer. Fui informado de que haveria um julgamento anterior que pré-julgaria o caso. Nada mais pedi a ninguém nem nada mais me foi dito.” Ex-procurador-geral no governo Arruda, Túlio Arantes afirma não ter sido procurado por Arruda nem ter procurado ministros do TSE em nome do ex-governador. "Não conheço nenhum ministro do TSE. Nem sabia que haveria um julgamento no TSE hoje. É o Arruda quem tem de responder por essas afirmações que ele fez", disse.

    As assessorias dos ministros Dias Toffoli, no Supremo, e Laurita Vaz, no STJ, informaram que eles estavam participando de julgamento em seus respectivos tribunais e não poderiam atender a reportagem. O ministro Luiz Fux, do Supremo, afirmou não ter sido procurado por advogados de Arruda. O gabinete do ministro João Otávio Noronha, no STJ, informou que o ministro estava no TSE e que tentaria transmitir a ele o recado da reportagem. A revista enviou os questionamentos ao TSE, mas ainda não houve retorno.

    Trecho 1

    O candidato ao governo do Distrito Federal pelo PR, José Roberto Arruda, chega para uma reunião na casa de Eri Varela, advogado e amigo do ex-governador Joaquim Roriz. Arruda afirma ser mais difícil conseguir quatro votos favoráveis à manutenção de sua candidatura - no julgamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) - que conseguir 1 milhão de votos dos eleitores.
    Não foi possível exibir o vídeo!
    Ocorreu um problema ao tentar carregar o vídeo. Tente recarregar a sua página.
    Código do Erro - load-error



    Eri - Senta aqui.
    Eri - Mas tem um negócio aqui que você não pode deixar de comer...
    Arruda - O que é?
    Eri - É especial... Eu estive lá em Fortaleza e trouxe... (Eri oferece doce a Arruda).
    Eri- Não tem (açúcar)... É dietético... É um negócio de caju...
    Arruda - Parece um doce de figo, né? É maravilhoso mesmo.
    Eri - Isso... O cabra é viajado... Um doce para aguentar as amarguras de uma campanha...
    Arruda - Você está bem, né, Zé Flávio?
    Zé Flávio - Tô...
    Arruda - Quando eu estou na campanha, na rua, eu gosto de fazer. Isso me dá prazer (começa a comer o doce). Está maravilhoso.
    Eri - E as fofocas?
    Arruda - (inaudível) Tá muito difícil pra mim. E pior... (volta a falar do doce de boca cheia), e não tem açúcar, só o açúcar da fruta.
    Eri - É... Exatamente...
    Arruda - Mas então, é mais difícil você ter quatro votos em sete que ter um milhão de votos por aí... (Os votos são dos sete ministro do TSE)

    Trecho 2

    Arruda afirma ser possível obter os votos necessários no julgamento do TSE para que concorra nas eleições de outubro. Mas diz que, se conseguir, será por uma margem mínima. Por isso, segundo Arruda, o momento anterior ao julgamento é o mais difícil. "É nesse momento difícil que a gente faz um esforço maior".



    Arruda - Mas agora eu acho que a... (fala de boca cheia)...  O obstáculo agora é esse jurídico. Infelizmente, eu tenho que entrar de cabeça nisso. Não tem jeito de eu ficar deixando na mão dos outros. O momento exige isso (inaudível)... Mas ô Eri, já tinha um tempo que eu tinha mandado Valério marcar pra eu vir cá. Nós temos um longo tempo, uma longa historia de convivência e eu tenho uma opinião... Nós todos termos a opinião que diante das circunstâncias da vida, eu acho que diante dos meus defeitos e minhas qualidades, eu represento nesse momento a possibilidade imediata, de todos nós, os grandes, eu, Roriz, eu e todo mundo... Aliás, o Luiz Estevão interpreta muito bem isso quando diz que as superações que ele fez, quanto a mim.. e me apoiou... A sua Eri por tudo que você representa em relação a proximidade do Roriz, pelo que cê já fez, né? Eu acho que nessa teia, questões pontuais até que no têm maior importância, porque quando se acerta no geral, estas questões saem na
    base... Você é uma pessoa muito inteligente e sabe que não preciso falar detalhes... Mais ou menos como aconteceu aqui com Valério e com Zé Flávio, nós acertamos no geral e os pontuais não tá precisando...
    Valério - Não precisa discutir...
    Arruda - Precisa nem discutir... Acertou no geral... Acertou e acabou... Quem tá tocando campanha hoje, como você sabe é o Valério... Com minha estrutura e coisa... mas enfim, é ele que tá tocando a campanha. Isso por causa de mim, quando eu ganhar no TSE, e acho que vou ganhar, eu acho que vou vencer, o percentual de votos que eu vou ter é mínimo... Então, neste momento, até que se julgue pelo TSE, é o momento ma is difícil. E nesse momento difícil é que a gente faz um esforço maior.

    Trecho 3

    Arruda diz ao advogado Eri Varela que, entre outros, pediu ajuda a Túlio Arantes, que atuou como procurador-geral do DF durante seu governo, para ajudá-lo no assunto. Segundo o ex-governador, Arantes é amigo de um dos ministros que vão participar do julgamento.



    Arruda - deixa eu te dizer uma coisa, se eu ganhar no TSE... Se eu ganhar...
    Eri - Não acredito.
    Arruda - Se eu ganhar.
    Eri - Não, vou apostar com você... A questão jurídica, ela hoje, nesse momento... ela é mais fácil...
    Arruda  - Contra mim... Mas se eu ganhar não é mais por causa do prazo... (inaudível) .. é por causa do artigo (inaudível)...
    Eri - Sim, porque pode resolver... (Com a medida no STJ)
    Arruda - Por isso... É nisso que eu estou trabalhando... Eu tô indo agora conversar com o Túlio Arantes, porque o Túlio era meu procurador geral... E um dos votos que vão ter agora, pode ser de um amigo dele... Eu vou pedir pra ele ir lá, né?
    Eri - É mais difícil... Mas eu acho.. que nesse caminho talvez... de tentar resolver... Seu advogado não está aqui... pra discutir. Você tinha que imediatamente desistir dos embargos...

    Trecho 4

    Arruda comenta com o advogado Eri Varela quais são as suas chances no julgamento no TSE. Arruda cita os nomes dos ministros Gilmar Mendes, Laurita Vaz , João Noronha e Luciana Lóssio. Em relação a Mendes, Arruda menciona que pediu ajuda ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.



    Arruda - Ô Eri, deixa eu te dizer urna coisa... Essa luta toda que a gente tá. Todo o meu
    sofrimento, inclusive das minhas filhas... Se no for da vontade de Deus que eu seja o
    governador, eu vou ser... Também se não for da vontade de Deus, esquece... Não é isso?
    Arruda - A situação que eu tenho hoje, é que...eu tenho urna chance no TSE menor...
    Eri - E como é isso? Quem tá trabalhando isso?
    Arruda – No TSE, Alckmin (advogado José Eduardo Alckmin)... Mas tô com outras pessoas trabalhando isso...
    Eri - Então tá com um voto lá?
    Arruda - Dois... e... tô trabalhando tudo...
    Eri - Mas tem mais...
    Arruda - Dois...
    Arruda - Agora o outro caminho da Cautelar... Eu diria a você que é 90% de chance... Desde que resolva os embargos, se for possível... (inaudível)... Agora tudo isso tá sendo avaliado, no momento certo... Mas o que eu acho que é importante na nossa conversa, é o seguinte:... Essa e uma luta, que eu estou nela... vou até o final... Se gente ganhar, ganhou... Se não ganhar, vamos ter que descobrir um caminho para ganhar a eleição sem eu...
    Eri - Você não se deu bem sempre com o Gilmar (ministro do TSE e STF Gilmar Mendes)?
    Arruda - (Balança a cabeça dizendo que não)... O Fernando Henrique é que está trabalhando...
    Eri - E o Noronha (ministro do TSE João Otávio Noronha)?
    Arruda —Também...
    Eri - E a Laurita (ministra do TSE Laurita Vaz)?
    Arruda - Acho que a Laurita nem vai votar... Porque ela sal do TSE daqui uns dias...
    Eri - E a Luciana (ministra do TSE Luciana Lóssio)?
    Arruda – Não. Esses dois votos eu nem  conto.... Eu estou trabalhando.  Os outros cinco...
    Eri - Então menos dois...
    Arruda - E... com toda sinceridade... 90% de chance no segundo momento (medida no STJ)... Não no primeiro...
    Eri - Mas tem que ir correndo, o importante e não perder o prazo... Deve ir para o Ministério... vai de hoje pra amanhã.
    Arruda - É
    Eri - E a moça (Luciana Lóssio) não vai se dar por impedida, né?
    Arruda - Não sel ainda... E o pior é que eu nâo sel se é bom?...
    Eri - Na minha avaliação, se ela no se der por impedida, ela vota contra você...
    Arruda - Eu também acho...
    Eri —Aí entram dois substitutos (Contando com a saída da Laurita e o impedimento da
    Luciana)...
    Arruda - Admar (ministro substituto do TSE Admar Gonzaga) é cacete... 0 quadro não é bom...
    Eri – É.
    Arruda —O quadro do STJ é melhor...
    Eri —O relator é o mesmo (ministro do STJ Napoleão Nunes Maia Filho)...
    Arruda - É...
    Eri - Da suspensão.. (Que concedeu a liminar para suspender o julgamento do TJ)...
    Arruda - Por aí que eu vou... Mas é assim... Isso passa de um jeito ou de outro... Se eu for candidato a governador... Talvez eu volte aqui pra ganhar seu voto... Se não for... eu acho... (Risos)...


    Será que, finalmente, é o fim do Arruda?


    _________________

    Pessoal, associem-se à ANATA.
    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar esta imagem]
    avatar
    TRF1/MG
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 4844
    Reputação : 314
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por TRF1/MG Ter 26 Ago 2014, 7:15 pm

    VANDER DE PAULA escreveu:Será que a Dilma vetou o PL 2201 Fura-Teto?
    Seria hoje.
    Esse país não é sério ..

    Incrível... incrível você descobrir que este país não é sério em agosto de 2014. Tá lento hein... demorou!!!
    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8806
    Reputação : 248
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por darkshi Ter 26 Ago 2014, 7:16 pm

    TRF1/MG escreveu:
    VANDER DE PAULA escreveu:Será que a Dilma vetou o PL 2201 Fura-Teto?
    Seria hoje.
    Esse país não é sério ..

    Incrível... incrível você descobrir que este país não é sério em agosto de 2014. Tá lento hein... demorou!!!

    Vc está falando do MAVANDER
    avatar
    TRF1/MG
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 4844
    Reputação : 314
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por TRF1/MG Ter 26 Ago 2014, 7:19 pm

    darkshi escreveu:
    TRF1/MG escreveu:
    VANDER DE PAULA escreveu:Será que a Dilma vetou o PL 2201 Fura-Teto?
    Seria hoje.
    Esse país não é sério ..

    Incrível... incrível você descobrir que este país não é sério em agosto de 2014. Tá lento hein... demorou!!!

    Vc está falando do MAVANDER

    Bem lembrado, tinha esquecido que era o Vandelírio...
    Falando nisso, ele deve estar arrasado com a nova pesquisa do Ibope, sua companheira tá ladeira abaixo!!! kkk
    Vandelírio avisa ela que se quiser um votos a mais é só dar um bom aumento para o Judiciário, os nossos votos antes eram desnecessários, agora tá valendo ouro para os desesperados da turma vermelha!!!
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 26 Ago 2014, 7:26 pm

    Pelo contrário, estou malhando o Ponça no face: 'Marina vem aí'. O Ponça pira, kkk


    Sobre a coordenadora da campanha da Maria ser do Banco Itaú:

    "Vander de Paula: Socióloga com mestrado e doutorado..estudou no exterior, trabalhou no Unicef da ONU..uma boa escolha da Marina!


    Roberto Ponciano: Ah, sim, seremos comandados pelo itaú..."


    Última edição por VANDER DE PAULA em Ter 26 Ago 2014, 7:33 pm, editado 1 vez(es)
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 26 Ago 2014, 7:30 pm

    vai galera: procura aí se o PL 2201 foi pro espaço (foi vetado)!
    tem que tirar os tubarões de cima do Orçamento, para ter aumento para nós!
    avatar
    PJHUUUUuuuuu
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Trampolim
    Mensagens : 3874
    Reputação : 14
    Data de inscrição : 20/05/2011

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por PJHUUUUuuuuu Ter 26 Ago 2014, 7:35 pm

    corleone escreveu:Será que alguém leva esse anão bobo da corte a sério?

    vinasbauer escreveu:
    Marcos de Sá escreveu:Dilma – 42%

    Marina – 25%

    Aécio – 12%

    Fonte: Blog Conversa Afiada. melhor esperar o resultado hoje a noite.

    Paulo Henrique Amorim? Tá de sacanagem né..

    Até para narrar as peripécias de "pets" na Record cara é péssimo.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 26 Ago 2014, 7:38 pm

    PJHUUUUuuuuu escreveu:
    corleone escreveu:Será que alguém leva esse anão bobo da corte a sério?

    vinasbauer escreveu:
    Marcos de Sá escreveu:Dilma – 42%

    Marina – 25%

    Aécio – 12%

    Fonte: Blog Conversa Afiada. melhor esperar o resultado hoje a noite.

    Paulo Henrique Amorim? Tá de sacanagem né..

    Até para narrar as peripécias de "pets" na Record cara é péssimo.
    Quando eu vejo essa parte do programa, fico pensando como um cara desse conseguiu ser titular de quase todos os jornais da TV Globo e diretor de sucursais da emissora em diversos países.
    Alvinegro de Coração
    Alvinegro de Coração
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1540
    Reputação : 395
    Data de inscrição : 23/11/2010

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Alvinegro de Coração Ter 26 Ago 2014, 7:40 pm

    Amanhã à tarde, reunião do Sina com o PGR. Vão discutir o reajuste e a terceirização da área de segurança, entre outras coisas.

    Dizem que, desde 2006, este é o melhor momento para um bom reajuste aos servidores do MPU. Sei não...
    Não entendi bem, mas parece que o Levando está tendo problemas com o reajuste do PJU. Contraditório, considerando que o MPU segue o PJU sempre.

    Enfim, aguardemos. Se souber de algo, posto aqui.

    Abraços a todos.
    avatar
    PJHUUUUuuuuu
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Trampolim
    Mensagens : 3874
    Reputação : 14
    Data de inscrição : 20/05/2011

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por PJHUUUUuuuuu Ter 26 Ago 2014, 7:42 pm

    evolucionista escreveu:O que entendi do discurso do Jaílton é que, em vez de insistir nos 10 bi p 2015, o sindicato falou p Tofoli q aceita reduzir p metade e parcelar em até 6 semestrais. E disse q o Tofoli afirmou que, nesses termos, conversaria com o Lewandovski

    Putz, Jailton? Fico com as informações do PHA mesmo!!
    avatar
    PJHUUUUuuuuu
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Trampolim
    Mensagens : 3874
    Reputação : 14
    Data de inscrição : 20/05/2011

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por PJHUUUUuuuuu Ter 26 Ago 2014, 7:44 pm

    josebarbos escreveu:
    PAS_Jud.2011 escreveu:Esse MPU tá virando piada. Manda mais PL que muitos Deputados na Câmara. Qtos PL de carreira já tem lá? E já vão mandar outro?!?!?!?

    É de rir, de tanta confusão que fazem...

    Mad Suspect

    Pela minha conta, só dos que tratam de servidores, são 5:
    6697 e 2199 que tratam de salário;
    Tem aquele da revisão dos cargos em comissão;
    Criação de gratificação para os técnicos orçamentários;
    E agora o substitutivo...

    Há o PL 319 também.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 26 Ago 2014, 7:45 pm

    Se no STF estão apenas fazendo projeções, então MPU está trollando seus servidores!

    Todo mundo sabe que MPU segue seu guru espiritual e político PJU, por complexo de inferioridade..

    Se desatrelasse já teria tido o PL 2199 subsídio.
    Tópico Geral - Página 14 Images?q=tbn:ANd9GcSf4FZk6v1tHwLB1RAv9J2oZn2dV_l6BGyN8hcaJi_YA1278x-Wug


    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 26 Ago 2014, 7:46 pm

    Aroldo Rique escreveu:
    VN escreveu:Vídeo revela que Arruda diz ter “votos” no TSE e no STJ
    No filme, obtido por ÉPOCA e em poder do MP, o líder na corrida ao governo do DF, que pode ser cassado nesta terça-feira no TSE, afirma ter “90% de certeza” de que conseguirá o registro nos tribunais – e afirma que “está fazendo de tudo” para conseguir os votos
    DIEGO ESCOSTEGUY, COM MARCELO ROCHA E MURILO RAMOS
    26/08/2014 16h48 - Atualizado em 26/08/2014 17h41
    Kindle
    inShare1
    José Roberto Arruda (Foto: Wilson Dias/Abr)José Roberto Arruda (Foto: Wilson Dias/Abr)

    Estão em poder do Ministério Público do Distrito Federal dois vídeos que podem enterrar a candidatura de José Roberto Arruda (PR) ao governo de Brasília. Ele lidera as pesquisas destas eleições para voltar ao cargo, do qual saiu em 2010, depois de ser flagrado (também em vídeo) num esquema de corrupção. Os novos vídeos - duas câmeras filmando a mesma cena, de ângulos distintos - foram gravados na tarde da última quinta-feira. Registraram uma reunião entre Arruda e correligionários de Joaquim Roriz, também ex-governador de Brasília e desafeto de Arruda. O encontro aconteceu em Brasília, na casa do advogado Eri Varela, conselheiro de Roriz.

    Arruda buscava o apoio do grupo de Roriz. Na conversa, que durou cerca de meia hora, revelou bastidores e táticas para impedir que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirme, nesta noite, a inelegibilidade dele, conforme decretou o Tribunal Eleitoral Regional de Brasília. Assegurou “ter dois votos” no TSE para o julgamento de hoje. Disse que “estava trabalhando tudo” para garantir os quatro votos que lhe salvariam a candidatura. Numa frase difícil de acreditar, afirmou que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso estava “trabalhando” para convencer o ministro do STF Gilmar Mendes, que também está no TSE. Sugeriu trabalhar para “ter” o voto do ministro João Otávio Noronha, do Superior Tribunal de Justiça, outro que participa do julgamento do TSE nesta noite. Fala em “trabalhar” e “garantir" votos nos tribunais superiores como se fossem votos no Congresso ou nas eleições.

    “É mais difícil conseguir quatro votos (no TSE) do que um milhão de votos (para governador)”, disse Arruda. Ele afirmou que “o quadro no TSE não é bom”. Afirmou que iria pedir ao ex-procurador-geral do DF Túlio Arantes que conseguisse um voto de “um amigo” que participaria do julgamento – ele não declina o nome no vídeo. “Tenho que fazer de tudo.”

    Arruda assegurou aos interlocutores que “tinha 90% de certeza” de que, mesmo a possível derrota no TSE, reverteria tudo no STJ. “É o mesmo relator”, diz Arruda. Ele se refere ao ministro Napoleão Nunes Maia Filho, que concedera uma liminar, em 24 de junho, impedindo o julgamento de Arruda no Tribunal de Justiça de Brasília. O julgamento em Brasília se deu apenas em 9 julho, após uma decisão do ministro do STF Joaquim Barbosa - e após o registro da candidatura de Arruda. Esse julgamento acabou acontecendo cinco dias depois. Arruda foi condenado e se tornou inelegível.

    Os vídeos já foram periciados pelo MP e serão encaminhados à Procuradoria-Geral da República. Se a PGR avaliar que há indícios de crime no caso, abrirá uma investigação. ÉPOCA publica agora quatro dos principais trechos dos vídeos.

    Procurado pela reportagem de ÉPOCA, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso afirmou ter sido procurado por Arruda para conversar sobre o recurso protocolado no TSE. "Queria (Arruda) que o julgamento ocorresse a tempo de, se favorável, concorrer ao governo de Brasília. Como sempre, sou muito cuidadoso nessas matérias. Apenas indaguei ao ministro Gilmar se havia chance de isso ocorrer. Fui informado de que haveria um julgamento anterior que pré-julgaria o caso. Nada mais pedi a ninguém nem nada mais me foi dito.” Ex-procurador-geral no governo Arruda, Túlio Arantes afirma não ter sido procurado por Arruda nem ter procurado ministros do TSE em nome do ex-governador. "Não conheço nenhum ministro do TSE. Nem sabia que haveria um julgamento no TSE hoje. É o Arruda quem tem de responder por essas afirmações que ele fez", disse.

    As assessorias dos ministros Dias Toffoli, no Supremo, e Laurita Vaz, no STJ, informaram que eles estavam participando de julgamento em seus respectivos tribunais e não poderiam atender a reportagem. O ministro Luiz Fux, do Supremo, afirmou não ter sido procurado por advogados de Arruda. O gabinete do ministro João Otávio Noronha, no STJ, informou que o ministro estava no TSE e que tentaria transmitir a ele o recado da reportagem. A revista enviou os questionamentos ao TSE, mas ainda não houve retorno.

    Trecho 1

    O candidato ao governo do Distrito Federal pelo PR, José Roberto Arruda, chega para uma reunião na casa de Eri Varela, advogado e amigo do ex-governador Joaquim Roriz. Arruda afirma ser mais difícil conseguir quatro votos favoráveis à manutenção de sua candidatura - no julgamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) - que conseguir 1 milhão de votos dos eleitores.
    Não foi possível exibir o vídeo!
    Ocorreu um problema ao tentar carregar o vídeo. Tente recarregar a sua página.
    Código do Erro - load-error



    Eri - Senta aqui.
    Eri - Mas tem um negócio aqui que você não pode deixar de comer...
    Arruda - O que é?
    Eri - É especial... Eu estive lá em Fortaleza e trouxe... (Eri oferece doce a Arruda).
    Eri- Não tem (açúcar)... É dietético... É um negócio de caju...
    Arruda - Parece um doce de figo, né? É maravilhoso mesmo.
    Eri - Isso... O cabra é viajado... Um doce para aguentar as amarguras de uma campanha...
    Arruda - Você está bem, né, Zé Flávio?
    Zé Flávio - Tô...
    Arruda - Quando eu estou na campanha, na rua, eu gosto de fazer. Isso me dá prazer (começa a comer o doce). Está maravilhoso.
    Eri - E as fofocas?
    Arruda - (inaudível) Tá muito difícil pra mim. E pior... (volta a falar do doce de boca cheia), e não tem açúcar, só o açúcar da fruta.
    Eri - É... Exatamente...
    Arruda - Mas então, é mais difícil você ter quatro votos em sete que ter um milhão de votos por aí... (Os votos são dos sete ministro do TSE)

    Trecho 2

    Arruda afirma ser possível obter os votos necessários no julgamento do TSE para que concorra nas eleições de outubro. Mas diz que, se conseguir, será por uma margem mínima. Por isso, segundo Arruda, o momento anterior ao julgamento é o mais difícil. "É nesse momento difícil que a gente faz um esforço maior".



    Arruda - Mas agora eu acho que a... (fala de boca cheia)...  O obstáculo agora é esse jurídico. Infelizmente, eu tenho que entrar de cabeça nisso. Não tem jeito de eu ficar deixando na mão dos outros. O momento exige isso (inaudível)... Mas ô Eri, já tinha um tempo que eu tinha mandado Valério marcar pra eu vir cá. Nós temos um longo tempo, uma longa historia de convivência e eu tenho uma opinião... Nós todos termos a opinião que diante das circunstâncias da vida, eu acho que diante dos meus defeitos e minhas qualidades, eu represento nesse momento a possibilidade imediata, de todos nós, os grandes, eu, Roriz, eu e todo mundo... Aliás, o Luiz Estevão interpreta muito bem isso quando diz que as superações que ele fez, quanto a mim.. e me apoiou... A sua Eri por tudo que você representa em relação a proximidade do Roriz, pelo que cê já fez, né? Eu acho que nessa teia, questões pontuais até que no têm maior importância, porque quando se acerta no geral, estas questões saem na
    base... Você é uma pessoa muito inteligente e sabe que não preciso falar detalhes... Mais ou menos como aconteceu aqui com Valério e com Zé Flávio, nós acertamos no geral e os pontuais não tá precisando...
    Valério - Não precisa discutir...
    Arruda - Precisa nem discutir... Acertou no geral... Acertou e acabou... Quem tá tocando campanha hoje, como você sabe é o Valério... Com minha estrutura e coisa... mas enfim, é ele que tá tocando a campanha. Isso por causa de mim, quando eu ganhar no TSE, e acho que vou ganhar, eu acho que vou vencer, o percentual de votos que eu vou ter é mínimo... Então, neste momento, até que se julgue pelo TSE, é o momento ma is difícil. E nesse momento difícil é que a gente faz um esforço maior.

    Trecho 3

    Arruda diz ao advogado Eri Varela que, entre outros, pediu ajuda a Túlio Arantes, que atuou como procurador-geral do DF durante seu governo, para ajudá-lo no assunto. Segundo o ex-governador, Arantes é amigo de um dos ministros que vão participar do julgamento.



    Arruda - deixa eu te dizer uma coisa, se eu ganhar no TSE... Se eu ganhar...
    Eri - Não acredito.
    Arruda - Se eu ganhar.
    Eri - Não, vou apostar com você... A questão jurídica, ela hoje, nesse momento... ela é mais fácil...
    Arruda  - Contra mim... Mas se eu ganhar não é mais por causa do prazo... (inaudível) .. é por causa do artigo (inaudível)...
    Eri - Sim, porque pode resolver... (Com a medida no STJ)
    Arruda - Por isso... É nisso que eu estou trabalhando... Eu tô indo agora conversar com o Túlio Arantes, porque o Túlio era meu procurador geral... E um dos votos que vão ter agora, pode ser de um amigo dele... Eu vou pedir pra ele ir lá, né?
    Eri - É mais difícil... Mas eu acho.. que nesse caminho talvez... de tentar resolver... Seu advogado não está aqui... pra discutir. Você tinha que imediatamente desistir dos embargos...

    Trecho 4

    Arruda comenta com o advogado Eri Varela quais são as suas chances no julgamento no TSE. Arruda cita os nomes dos ministros Gilmar Mendes, Laurita Vaz , João Noronha e Luciana Lóssio. Em relação a Mendes, Arruda menciona que pediu ajuda ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.



    Arruda - Ô Eri, deixa eu te dizer urna coisa... Essa luta toda que a gente tá. Todo o meu
    sofrimento, inclusive das minhas filhas... Se no for da vontade de Deus que eu seja o
    governador, eu vou ser... Também se não for da vontade de Deus, esquece... Não é isso?
    Arruda - A situação que eu tenho hoje, é que...eu tenho urna chance no TSE menor...
    Eri - E como é isso? Quem tá trabalhando isso?
    Arruda – No TSE, Alckmin (advogado José Eduardo Alckmin)... Mas tô com outras pessoas trabalhando isso...
    Eri - Então tá com um voto lá?
    Arruda - Dois... e... tô trabalhando tudo...
    Eri - Mas tem mais...
    Arruda - Dois...
    Arruda - Agora o outro caminho da Cautelar... Eu diria a você que é 90% de chance... Desde que resolva os embargos, se for possível... (inaudível)... Agora tudo isso tá sendo avaliado, no momento certo... Mas o que eu acho que é importante na nossa conversa, é o seguinte:... Essa e uma luta, que eu estou nela... vou até o final... Se gente ganhar, ganhou... Se não ganhar, vamos ter que descobrir um caminho para ganhar a eleição sem eu...
    Eri - Você não se deu bem sempre com o Gilmar (ministro do TSE e STF Gilmar Mendes)?
    Arruda - (Balança a cabeça dizendo que não)... O Fernando Henrique é que está trabalhando...
    Eri - E o Noronha (ministro do TSE João Otávio Noronha)?
    Arruda —Também...
    Eri - E a Laurita (ministra do TSE Laurita Vaz)?
    Arruda - Acho que a Laurita nem vai votar... Porque ela sal do TSE daqui uns dias...
    Eri - E a Luciana (ministra do TSE Luciana Lóssio)?
    Arruda – Não. Esses dois votos eu nem  conto.... Eu estou trabalhando.  Os outros cinco...
    Eri - Então menos dois...
    Arruda - E... com toda sinceridade... 90% de chance no segundo momento (medida no STJ)... Não no primeiro...
    Eri - Mas tem que ir correndo, o importante e não perder o prazo... Deve ir para o Ministério... vai de hoje pra amanhã.
    Arruda - É
    Eri - E a moça (Luciana Lóssio) não vai se dar por impedida, né?
    Arruda - Não sel ainda... E o pior é que eu nâo sel se é bom?...
    Eri - Na minha avaliação, se ela no se der por impedida, ela vota contra você...
    Arruda - Eu também acho...
    Eri —Aí entram dois substitutos (Contando com a saída da Laurita e o impedimento da
    Luciana)...
    Arruda - Admar (ministro substituto do TSE Admar Gonzaga) é cacete... 0 quadro não é bom...
    Eri – É.
    Arruda —O quadro do STJ é melhor...
    Eri —O relator é o mesmo (ministro do STJ Napoleão Nunes Maia Filho)...
    Arruda - É...
    Eri - Da suspensão.. (Que concedeu a liminar para suspender o julgamento do TJ)...
    Arruda - Por aí que eu vou... Mas é assim... Isso passa de um jeito ou de outro... Se eu for candidato a governador... Talvez eu volte aqui pra ganhar seu voto... Se não for... eu acho... (Risos)...


    Será que, finalmente, é o fim do Arruda?
    Se ele considerou o comportamento dos juízes em processos semelhantes para prever o voto, tudo bem. Isso todos os políticos que vão a julgamento fazem e os advogados pagos a preço de ouro tem obrigação de fazer essa análise.
    Outra coisa é se ele tiver considerado que alguns desses juízes possam ter gratidão a ele por ajuda que ele tenha dado na nomeação. Isso, além de errado é perigoso. Vide a atuação do Barbosa e do Fux no processo do mensalão.
    Agora, se tiver dinheiro por baixo do pano, é enrascada pra ele e pros juízes.
    peixepf
    peixepf
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 805
    Reputação : 17
    Data de inscrição : 27/10/2011

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por peixepf Ter 26 Ago 2014, 7:55 pm

    Mosca escreveu:Já pensou 6 anuais e ainda com tabela reduzida? Pode desligar os tubos.


    Hehehehehe !!!
    Tragicômico !!!
    TioPatinhas
    TioPatinhas
    Novo Usuário

    Mensagens : 10
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 26/09/2013

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por TioPatinhas Ter 26 Ago 2014, 7:57 pm

    evolucionista escreveu:O que entendi do discurso do Jaílton é que, em vez de insistir nos 10 bi p 2015, o sindicato falou p Tofoli q aceita reduzir p metade e parcelar em até 6 semestrais. E disse q o Tofoli afirmou que, nesses termos, conversaria com o Lewandovski

    Se com 10 BI, nós conseguimos recuperar a defasagem de 40% da INFLAÇÃO de 8 anos (sem contar o aumento de produtividade do judiciário no período), então com 5 BI nós vamos recuperar 20% da inflação, mas aí vai parcelar em 3 anos?? Esta conta não fecha. Quando se passarem os três anos, estaremos na mesma situação de HOJE, defasados em 8 anos da inflação.

    Se fosse dar a metade do que queremos, que fosse já o aumento todo em Janeiro/2015...
    Marcos de Sá
    Marcos de Sá
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 166
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 25/08/2014

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Marcos de Sá Ter 26 Ago 2014, 8:10 pm

    TioPatinhas escreveu:
    evolucionista escreveu:O que entendi do discurso do Jaílton é que, em vez de insistir nos 10 bi p 2015, o sindicato falou p Tofoli q aceita reduzir p metade e parcelar em até 6 semestrais. E disse q o Tofoli afirmou que, nesses termos, conversaria com o Lewandovski

    Se com 10 BI, nós conseguimos recuperar a defasagem de 40% da INFLAÇÃO de 8 anos (sem contar o aumento de produtividade do judiciário no período), então com 5 BI nós vamos recuperar 20% da inflação, mas aí vai parcelar em 3 anos?? Esta conta não fecha. Quando se passarem os três anos, estaremos na mesma situação de HOJE, defasados em 8 anos da inflação.

    Se fosse dar a metade do que queremos, que fosse já o aumento todo em Janeiro/2015...

    5 bi é o pl 6613 original já descontado o 2 bi dos 15,8%. o Sindjus vai querer turbinar a GAJ pra parcelar em 4 vezes talvez. só tomando uma mesmo...
    embuscadeaumento
    embuscadeaumento
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2790
    Reputação : 54
    Data de inscrição : 05/07/2011

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por embuscadeaumento Ter 26 Ago 2014, 8:31 pm

    evolucionista escreveu:O que entendi do discurso do Jaílton é que, em vez de insistir nos 10 bi p 2015, o sindicato falou p Tofoli q aceita reduzir p metade e parcelar em até 6 semestrais. E disse q o Tofoli afirmou que, nesses termos, conversaria com o Lewandovski

    Preferem parcelar em 6 do que ver passar um gajao que iguala mais novos e antigos... que em se distanciar a qq preço
    Phoenix
    Phoenix
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 334
    Reputação : 8
    Data de inscrição : 22/12/2010

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Phoenix Ter 26 Ago 2014, 8:44 pm

    Eu, atualmente, já ficaria satisfeito se conseguíssemos MANTER a situação de hoje ante a inflação, porque eu me preparo (cortando gastos etc) para que a gente não consiga até mesmo acompanhar a inflação nos próximos anos (como já não temos conseguido).

    Sendo assim, qualquer aumento será muito comemorado aqui em casa, independentemente da maneira que implementem.

    Esses fictícios 5 bi seriam comemorados com fogos de artifício aqui.
    viniloi
    viniloi
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 712
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 13/07/2010

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por viniloi Ter 26 Ago 2014, 9:05 pm

    embuscadeaumento escreveu:
    evolucionista escreveu:O que entendi do discurso do Jaílton é que, em vez de insistir nos 10 bi p 2015, o sindicato falou p Tofoli q aceita reduzir p metade e parcelar em até 6 semestrais. E disse q o Tofoli afirmou que, nesses termos, conversaria com o Lewandovski

    Preferem parcelar em 6 do que ver passar um gajao que iguala mais novos e antigos... que em se distanciar a qq preço




    MAS O JAILTON E O CLEDO CONTINUAM NEGOCIANDO EM NOME DA CATEGORIA. E NÃO ACEITAM GAJÃO. SÓ ACEITAM MAMUTE.



    ATÉ QUANDO, BRASÍLIA???
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 26 Ago 2014, 9:12 pm

    Alvinegro de Coração escreveu:Amanhã à tarde, reunião do Sina com o PGR. Vão discutir o reajuste e a terceirização da área de segurança, entre outras coisas.

    Dizem que, desde 2006, este é o melhor momento para um bom reajuste aos servidores do MPU. Sei não...
    Não entendi bem, mas parece que o Levando está tendo problemas com o reajuste do PJU. Contraditório, considerando que o MPU segue o PJU sempre.

    Enfim, aguardemos. Se souber de algo, posto aqui.

    Abraços a todos.


    Muita calma nessa hora Sinasempu, admiro o esforço de pessoas lá dentro,  deixa esse  PL do jeito que tá..depois faz uns reparos, contanto que a tabelinha fique intacta.  Very Happy


    quanto ao MPU seguindo ao PJU: nada debaixo do sol é eterno..
    embuscadeaumento
    embuscadeaumento
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2790
    Reputação : 54
    Data de inscrição : 05/07/2011

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por embuscadeaumento Ter 26 Ago 2014, 9:42 pm

    viniloi escreveu:
    embuscadeaumento escreveu:
    evolucionista escreveu:i





    E NÃO ACEITAM GAJÃO. SÓ ACEITAM MAMUTE.



    ATÉ QUANDO, BRASÍLIA???


    No aumento passado só aceitaram o gajao com medo do subsídio passar. Agora que subsídio tá fora de cena... não querem nem saber.   Só sei que sindicato nenhum me representa neste momento. A sorte, por ironia do destino rs, é o Exec. exigir redução e o Jud cogitar aumento na gaj   Agora mamutao em 6 vezes a evasão agora vai nas alturas dos que tão entrando...  pior do que tá pode ficar pois se conseguíssemos o mesmo aumento vigente já taríamos no lucro!
    Mestre dos Magos!
    Mestre dos Magos!
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 4045
    Reputação : 396
    Data de inscrição : 08/07/2010

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Mestre dos Magos! Ter 26 Ago 2014, 11:30 pm

    Cenário político!

    (Ah! sempre ele) - O cenário político é mais favorável que em anos anteriores. Lewando deve pedir a fatura diante de sua atuação no julgamento do mensalão. Dias Tófoli pra ser petista só falta a carteirinha. Janot (aparentemente) pretende contribuir. Se antes o PT cantava de galo certo de uma reeleição, com a entrada de Marina o canto desafinou.

    Lewando foi ao Governo e ouviu que 10 bi é muito. É dinheiro "pacarai" rapá, abaixa isso aí moço. Daí falou pro sindicato que é preciso um "plano B". Não disse ao certo no que consistia esse "plano B". Há quem defenda GAJ, o que reduziria o impacto em aproximadamente 2 bi e há quem defenda o mamutão turbinado num parcelamento à lá Casas Bahia (e com juros, diga-se). Eita dez/2017 distante.

    Amarildo já finalizou as simulações de implementação. O objetivo é parcelar em 6x, com um percentual maior nas parcelas 1 e 2, chegando à parcela 3 com pouco mais de 50%. Ousadia mode on. Acho que foi ontem que mostrou ao Lewando. Se este deu algum posicionamento, só a nata (sem trocadilhos, please! rs) sabe.

    Amanhã tem ato nacional na frente do STF. Provavelmente, o DG deve receber os sindicatos e a federação. Deve dizer que mostrou as simulações ao Lewando e que este ficou de "estudar" para dar um retorno e que, novamente, buscará contato com o Governo para que o MPOG não use a tesoura. Na fala ao microfone, os sindicalistas devem dizer que só a greve e a luta fará ele agir e blá, blá, blá.

    Até sexta-feira (e olha que pode ser até segunda, 31/08) muita água deve rolar e a assinatura do Lewando deve atravessar a Praça. O que tá acontecendo é um "jogo de xadrez" onde nós somos os peões e os bispos e torres pouco agem. Já a Rainha (ah! a rainha) ela que já esteve mais tranquila nessa partida, o relógio não está a seu favor e há uma Torre (e um bispo) apontados em sua direção, quem sabe num leve um xeque-mate. Alguém tem o Fritz14 aí?

    Por enquanto é só, pessoal. Como todos já sabem, no momento, de concreto mesmo: só o cimento.


    Segue o cortejo nessa bagaça, pois!
    fredbilly
    fredbilly
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Cargo : ANALISTA JUDICIÁRIO
    Mensagens : 195
    Reputação : -135
    Data de inscrição : 11/06/2012
    Localização : BRASÍLIA

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por fredbilly Ter 26 Ago 2014, 11:42 pm

    Que DELÍCIA!!!! DilMÁ está sendo destruída pela Marina no debate da Band! Até o Aécio está se saindo melhor que a "Dilmônio". Graças a Deus!


    Gostaria que isso acontece também com o SINDJUS/DF!
    peixepf
    peixepf
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 805
    Reputação : 17
    Data de inscrição : 27/10/2011

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por peixepf Qua 27 Ago 2014, 12:09 am

    O sonho do povo brasileiro é morar na propaganda do PT.
    Aécio Neves no debate da Band.
    Hehehehehehehe !!!
    Excelente !!!

    Olha o discurso (pelo menos o discurso) da Marina é poderoso.
    O PSDB infelizmente tem medo de assumir as políticas que implantou e deu certo.
    O PT demoniza algumas dessas, esquece outras e assume a paternidade de outras.
    E a Marina enche o peito e RECONHECE que o PSDB deu sim sua contribuição, o PT CONTINUOU com a política monetária e pretende continuar e melhorar isso.
    E ainda dá um tapa de luva, dizendo que a velha esquerda é sempre a dona da verdade e que ta tudo errado e vai começar tudo do zero.

    A Mulher tá afiada.
    PT que se cuide, se ainda há tempo...

    Conteúdo patrocinado

    Tópico Geral - Página 14 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Dom 28 Nov 2021, 1:12 am