PCS JÁ

PCS JÁ



    Tópico Geral

    avatar
    GDJ
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 525
    Reputação : 11
    Data de inscrição : 18/11/2010

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por GDJ Qui 25 Set 2014, 4:44 pm

    corujito escreveu:
    se por um lado o aumento geral ou mesmo o dos Juízes custam bilhões, a GRAEL, se paga a partir de julho/15 sai por míseros trocados.


    É provável que excluam os inativos da GRAEL, a fim de baratear seu custo. Ou coloquem a GRAEL como incompatível com o exercício de FC/CJ, nos moldes da GAE/GAS, o que também a baratearia consideravelmente.
    Isso se realmente for cogitada a sua aprovação, devido ao movimento grevista no TSE e nas ZEs de alguns Estados.
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7913
    Reputação : 617
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Galizezin Qui 25 Set 2014, 4:47 pm

    derci escreveu:
    HSO escreveu:E haja concurso para tanta gente insatisfeita!!

    pois eu já acho que os novos que entram pensando em sair é que estão certos. eu, com meus 10 anos de casa, que fui acomodado todo esse tempo. a nossa situação é cíclica. um ou dois anos bons, muitos anos ruins. e agora sem os penduricalhos de antigamente.

    infelizmente fui mais um dos que esperaram a água bater na bunda pra tomar alguma atitude. e sei que por agir assim contribuo para o enfraquecimento da categoria. mas fazer o que, uma hora a gente cansa de tanta mendicância.

    E o paulista que a água está batendo nos artelhos?


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    avatar
    Bruno-SP
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 134
    Reputação : 3
    Data de inscrição : 29/10/2010

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Bruno-SP Qui 25 Set 2014, 4:47 pm

    "O advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, enviou parecer ao Supremo Tribunal Federal (STF) contrário ao pedido para que a Presidência da República seja obrigada a incluir no orçamento de 2015 a proposta de reajuste salarial para os ministros da corte, juízes de todo o país e servidores de tribunais. Adams argumentou que, se a proposta for aprovada, o Executivo perderá 35% da receita, comprometendo a prestação de serviço público."

    Agora, o que realmente compromete a prestação de serviços públicos no BRASIL é uma: OS MALFEITOS (expressão utilizada pela Dilmônia) = CRIMES, perpetrados por membros do Partido. É tanto dinheiro desviado que dá até vergonha em ouvir uma aberração desta. Porque não perguntar à AGU se as doações feitas pelo Governo Federal aos Países Amigos, leia-se, Cuba, Venezuela, Bolívia, etc, não afetam a prestação de serviços públicos.
    Dinheiro tem, e muito, é a destinação do mesmo que está com graves problemas.
    PT NUNCA MAIS, pois, se este partido ganhar, estamos mais para Cuba do que para EUA.


    Galizezin escreveu:Pois é! O que o Brasil precisa mesmo é se ver livre dos terroristas. Esse é o meu alento. Não acredito mais em aumento. A antiética é algo que permeia nossas chefias. Mentir faz parte da estratégia. E o que os poderes querem? repassar a inflação de 5 anos para, depois, julgar a ação da data-base.
    naranjito
    naranjito
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Eleitor do PT
    Mensagens : 754
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 17/08/2011
    Idade : 92
    Localização : Fila do Bolsa-Família

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por naranjito Qui 25 Set 2014, 4:52 pm

    HSO escreveu:E haja concurso para tanta gente insatisfeita!!

    São inúmeros os servidores que não se engajam em qualquer tipo de luta por pensar na sua situação no PJU como efêmera.

    Haja vaga para tanta gente assim hein!

    Esse pessoal todo deveria parar e pensar no seguinte: "E se eu não conseguir passar?" "E se eu tiver que desistir de fazer concurso por algum motivo familiar ou outro qualquer"? Pois é.



    Última edição por naranjito em Qui 25 Set 2014, 5:10 pm, editado 1 vez(es)
    avatar
    jfalcao
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 199
    Reputação : 1
    Data de inscrição : 12/07/2010

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por jfalcao Qui 25 Set 2014, 4:56 pm

    Bruno-SP escreveu:"O advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, enviou parecer ao Supremo Tribunal Federal (STF) contrário ao pedido para que a Presidência da República seja obrigada a incluir no orçamento de 2015 a proposta de reajuste salarial para os ministros da corte, juízes de todo o país e servidores de tribunais. Adams argumentou que, se a proposta for aprovada, o Executivo perderá 35% da receita, comprometendo a prestação de serviço público."

    Agora, o que realmente compromete a prestação de serviços públicos no BRASIL é uma: OS MALFEITOS (expressão utilizada pela Dilmônia) = CRIMES, perpetrados por membros do Partido. É tanto dinheiro desviado que dá até vergonha em ouvir uma aberração desta. Porque não perguntar à AGU se as doações feitas pelo Governo Federal aos Países Amigos, leia-se, Cuba, Venezuela, Bolívia, etc, não afetam a prestação de serviços públicos.
    Dinheiro tem, e muito, é a destinação do mesmo que está com graves problemas.
    PT NUNCA MAIS, pois, se este partido ganhar, estamos mais para Cuba do que para EUA.


    Galizezin escreveu:Pois é! O que o Brasil precisa mesmo é se ver livre dos terroristas. Esse é o meu alento. Não acredito mais em aumento. A antiética é algo que permeia nossas chefias. Mentir faz parte da estratégia. E o que os poderes querem? repassar a inflação de 5 anos para, depois, julgar a ação da data-base.

    A AGU é obrigada a defender o Executivo. O que esperavam?
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Qui 25 Set 2014, 5:02 pm

    corujito escreveu:
    Henrique escreveu:terça-feira, 10 de julho de 2012
    http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line/tag/grael/
    Para evitar maiores problemas durante a eleição – leia-se, greve de servidores – José Sarney está articulando a aprovação de uma Gratificação Eleitoral, chamada Grael, para os servidores do Judiciário que estiverem ligados ao pleito de 2012.
    Por Lauro Jardim

    vocês não sabem, mas graças à articulação com o Sarney houve, sim, um plus. Só não foi a GRAEL, pois a GRAEL sequer era PL em 2012

    quem é da Eleitoral sabe exatamente do que estou falando.

    aH É?
    Explique melhor.
    avatar
    Bruno-SP
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 134
    Reputação : 3
    Data de inscrição : 29/10/2010

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Bruno-SP Qui 25 Set 2014, 5:04 pm

    Esperávamos exatamente isto, a defesa do Executivo. Só que os argumentos apresentados pela defesa foram risíveis, absurdos e contrários à realidade em que vivemos.

    jfalcao escreveu:
    Bruno-SP escreveu:"O advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, enviou parecer ao Supremo Tribunal Federal (STF) contrário ao pedido para que a Presidência da República seja obrigada a incluir no orçamento de 2015 a proposta de reajuste salarial para os ministros da corte, juízes de todo o país e servidores de tribunais. Adams argumentou que, se a proposta for aprovada, o Executivo perderá 35% da receita, comprometendo a prestação de serviço público."

    Agora, o que realmente compromete a prestação de serviços públicos no BRASIL é uma: OS MALFEITOS (expressão utilizada pela Dilmônia) = CRIMES, perpetrados por membros do Partido. É tanto dinheiro desviado que dá até vergonha em ouvir uma aberração desta. Porque não perguntar à AGU se as doações feitas pelo Governo Federal aos Países Amigos, leia-se, Cuba, Venezuela, Bolívia, etc, não afetam a prestação de serviços públicos.
    Dinheiro tem, e muito, é a destinação do mesmo que está com graves problemas.
    PT NUNCA MAIS, pois, se este partido ganhar, estamos mais para Cuba do que para EUA.


    Galizezin escreveu:Pois é! O que o Brasil precisa mesmo é se ver livre dos terroristas. Esse é o meu alento. Não acredito mais em aumento. A antiética é algo que permeia nossas chefias. Mentir faz parte da estratégia. E o que os poderes querem? repassar a inflação de 5 anos para, depois, julgar a ação da data-base.

    A AGU é obrigada a defender o Executivo. O que esperavam?
    avatar
    GDJ
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 525
    Reputação : 11
    Data de inscrição : 18/11/2010

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por GDJ Qui 25 Set 2014, 5:09 pm

    FCCOSTA escreveu:
    corujito escreveu:
    Henrique escreveu:terça-feira, 10 de julho de 2012
    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]
    Para evitar maiores problemas durante a eleição – leia-se, greve de servidores – José Sarney está articulando a aprovação de uma Gratificação Eleitoral, chamada Grael, para os servidores do Judiciário que estiverem ligados ao pleito de 2012.
    Por Lauro Jardim

    vocês não sabem, mas graças à articulação com o Sarney houve, sim, um plus. Só não foi a GRAEL, pois a GRAEL sequer era PL em 2012

    quem é da Eleitoral sabe exatamente do que estou falando.

    aH É?
    Explique melhor.

    Acho que ele está se referindo à turbinada nas horas-extras que ocorreu na eleição de 2012, para o pessoal do TSE. Essa turbinada, aliás, ocasionou a queda do então DG do TSE, Alcides Diniz, pois parece que havia servidores que foram flagrados marcando a entrada e sáída do ponto nos finais de semana e iam para casa no meio. Foi o que eu li, na época. Sou da JE, mas não do TSE.
    naranjito
    naranjito
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Eleitor do PT
    Mensagens : 754
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 17/08/2011
    Idade : 92
    Localização : Fila do Bolsa-Família

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por naranjito Qui 25 Set 2014, 5:10 pm

    Bruno-SP escreveu:"O advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, enviou parecer ao Supremo Tribunal Federal (STF) contrário ao pedido para que a Presidência da República seja obrigada a incluir no orçamento de 2015 a proposta de reajuste salarial para os ministros da corte, juízes de todo o país e servidores de tribunais. Adams argumentou que, se a proposta for aprovada, o Executivo perderá 35% da receita, comprometendo a prestação de serviço público."

    Agora, o que realmente compromete a prestação de serviços públicos no BRASIL é uma: OS MALFEITOS (expressão utilizada pela Dilmônia) = CRIMES, perpetrados por membros do Partido. É tanto dinheiro desviado que dá até vergonha em ouvir uma aberração desta. Porque não perguntar à AGU se as doações feitas pelo Governo Federal aos Países Amigos, leia-se, Cuba, Venezuela, Bolívia, etc, não afetam a prestação de serviços públicos.
    Dinheiro tem, e muito, é a destinação do mesmo que está com graves problemas.
    PT NUNCA MAIS, pois, se este partido ganhar, estamos mais para Cuba do que para EUA.


    Galizezin escreveu:Pois é! O que o Brasil precisa mesmo é se ver livre dos terroristas. Esse é o meu alento. Não acredito mais em aumento. A antiética é algo que permeia nossas chefias. Mentir faz parte da estratégia. E o que os poderes querem? repassar a inflação de 5 anos para, depois, julgar a ação da data-base.

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar esta imagem]
    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8808
    Reputação : 248
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por darkshi Qui 25 Set 2014, 5:11 pm

    GDJ escreveu:
    corujito escreveu:
    se por um lado o aumento geral ou mesmo o dos Juízes custam bilhões, a GRAEL, se paga a partir de julho/15 sai por míseros trocados.


    É provável que excluam os inativos da GRAEL, a fim de baratear seu custo. Ou coloquem a GRAEL como incompatível com o exercício de FC/CJ, nos moldes da GAE/GAS, o que também a baratearia consideravelmente.
    Isso se realmente for cogitada a sua aprovação, devido ao movimento grevista no TSE e nas ZEs de alguns Estados.

    Primeira parte pode até acontecer. Já a segunda é impossível. Já que a GRAEL pagaria mais que a FC de chefia. Ou seja, não haveiram mais chefes. 

    Contudo já existe julgamentos dizendo que gratificações que são pagas de modo geral é devido também aos inativos. E inativo depois da funprespe não é mais problema.
    avatar
    Megadeth
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1840
    Reputação : 16
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Megadeth Qui 25 Set 2014, 5:15 pm

    Qual é o PL da Grael mesmo?
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Qui 25 Set 2014, 5:16 pm

    GDJ escreveu:
    FCCOSTA escreveu:
    corujito escreveu:
    Henrique escreveu:terça-feira, 10 de julho de 2012
    http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line/tag/grael/
    Para evitar maiores problemas durante a eleição – leia-se, greve de servidores – José Sarney está articulando a aprovação de uma Gratificação Eleitoral, chamada Grael, para os servidores do Judiciário que estiverem ligados ao pleito de 2012.
    Por Lauro Jardim

    vocês não sabem, mas graças à articulação com o Sarney houve, sim, um plus. Só não foi a GRAEL, pois a GRAEL sequer era PL em 2012

    quem é da Eleitoral sabe exatamente do que estou falando.

    aH É?
    Explique melhor.

    Acho que ele está se referindo à turbinada nas horas-extras que ocorreu na eleição de 2012, para o pessoal do TSE. Essa turbinada, aliás, ocasionou a queda do então DG do TSE, Alcides Diniz, pois parece que havia servidores que foram flagrados marcando a entrada e sáída do ponto nos finais de semana e iam para casa no meio. Foi o que eu li, na época. Sou da JE, mas não do TSE.
    Foi isso que eu disse, mas vc não viu.

    Mas não foi tudo isso.
    Para os ôreia, só teve uma pequena alteração no valor unitário das horas e mais nada.
    Só teve 30 horas por mês e mais alguns trocados que tradicionalmente saem em dezembro após a rapa do tacho, ou seja após o que sobra do pagamento dos quintos, tem uns trocados de horas excedentes.
    Quem recebeu muitas horas extras mesmo só foi esse pessoal do TSE do escândalo que voce se referiu.
    16Toneladas
    16Toneladas
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2008
    Reputação : 39
    Data de inscrição : 08/07/2010

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por 16Toneladas Qui 25 Set 2014, 5:25 pm

    Foi o escândalo das horas extras aqui de MG. Negava-se horas adicionais pra ralé enquanto alguns dirigentes (que se aposentaram pra abafar o caso) ganhavam 40 mil numa tacada só. Se fosse algu´me da ralé teria sido demitido a bem do serviço público.
    Henrique
    Henrique
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 223
    Reputação : 19
    Data de inscrição : 01/04/2014

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Henrique Qui 25 Set 2014, 5:27 pm

    Olha o governo já trabalhando em prol do nosso reajuste. No momento que li já tinha 150 comentários de servidores públicos metendo o pau na matéria.

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]

    Salário sobe 2,5% além da inflação; para funcionário público, alta é de 7%
    148

    Os trabalhadores cujo salário médio mais aumentou entre agosto de 2014 e agosto de 2013 foram os militares e funcionários públicos, que tiveram um incremento de 7,1% na remuneração.

    Potter
    Potter
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 351
    Reputação : 44
    Data de inscrição : 05/12/2013

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Potter Qui 25 Set 2014, 5:28 pm

    Se aprovarem essa GRAEL absurda, será o fim. Melhor fechar as portas que a desunião vai estar feita.
    The Punisher
    The Punisher
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 613
    Reputação : 87
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por The Punisher Qui 25 Set 2014, 5:32 pm

    Potter escreveu:Se aprovarem essa GRAEL absurda, será o fim. Melhor fechar as portas que a desunião vai estar feita.

    A grael é o começo da separação dos sups... Que venha!
    16Toneladas
    16Toneladas
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2008
    Reputação : 39
    Data de inscrição : 08/07/2010

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por 16Toneladas Qui 25 Set 2014, 5:36 pm

    A Grael, ou qualquer outra gratificação específica é apenas o começo. Uma carreira super dividida e desunida já vem transbordando há tempos. A pelegada está tentando manter o gado unido, porém mais um zero esse ano.... sei não.

    Resta saber qual sai primeiro ou se o zero dura mais alguns anos.
    avatar
    Megadeth
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1840
    Reputação : 16
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Megadeth Qui 25 Set 2014, 5:43 pm

    Wehaveall escreveu:A Grael, ou qualquer outra gratificação específica é apenas o começo. Uma carreira super dividida e desunida já vem transbordando há tempos. A pelegada está tentando manter o gado unido, porém mais um zero esse ano.... sei não.

    Resta saber qual sai primeiro ou se o zero dura mais alguns anos.

    Só que foram os próprios sindicatos que dividiram a categoria por meio de VPNIs, GAS, GAE, etc.

    Se todos recebessem via sub ou GD, enfim, se todos recebessem igual, a categoria seria unida.
    16Toneladas
    16Toneladas
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2008
    Reputação : 39
    Data de inscrição : 08/07/2010

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por 16Toneladas Qui 25 Set 2014, 5:47 pm

    Megadeth escreveu:
    Wehaveall escreveu:A Grael, ou qualquer outra gratificação específica é apenas o começo. Uma carreira super dividida e desunida já vem transbordando há tempos. A pelegada está tentando manter o gado unido, porém mais um zero esse ano.... sei não.

    Resta saber qual sai primeiro ou se o zero dura mais alguns anos.

    Só que foram os próprios sindicatos que dividiram a categoria por meio de VPNIs, GAS, GAE, etc.

    Se todos recebessem via sub ou GD, enfim, se todos recebessem igual, a categoria seria unida.



    Foi isso mesmo, a culpa é deles mesmo. Agora pregam a união, enquanto por baixo dos panos beneficiavam sempre mais alguns do que outros nos PLs. Muitos da boiada já se rebelaram, mas infelizmente ainda não parece ser a maioria, já que esta mesma pelegada venceu eleições em BSB e na Fenajufe.
    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8808
    Reputação : 248
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por darkshi Qui 25 Set 2014, 5:48 pm

    GDJ escreveu:
    FCCOSTA escreveu:
    corujito escreveu:
    Henrique escreveu:terça-feira, 10 de julho de 2012
    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]
    Para evitar maiores problemas durante a eleição – leia-se, greve de servidores – José Sarney está articulando a aprovação de uma Gratificação Eleitoral, chamada Grael, para os servidores do Judiciário que estiverem ligados ao pleito de 2012.
    Por Lauro Jardim

    vocês não sabem, mas graças à articulação com o Sarney houve, sim, um plus. Só não foi a GRAEL, pois a GRAEL sequer era PL em 2012

    quem é da Eleitoral sabe exatamente do que estou falando.

    aH É?
    Explique melhor.

    Acho que ele está se referindo à turbinada nas horas-extras que ocorreu na eleição de 2012, para o pessoal do TSE. Essa turbinada, aliás, ocasionou a queda do então DG do TSE, Alcides Diniz, pois parece que havia servidores que foram flagrados marcando a entrada e sáída do ponto nos finais de semana e iam para casa no meio. Foi o que eu li, na época. Sou da JE, mas não do TSE.

    São duas coisas diferentes.

    O que causou a queda do Alcides foi sim as horas extras, mas em nada tem a ver com a nova formula de calculo que deu uma pequena turbinada nelas. Mas sim pelo abuso de muitos comissionados das horas extras.
    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8808
    Reputação : 248
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por darkshi Qui 25 Set 2014, 5:49 pm

    The Punisher escreveu:
    Potter escreveu:Se aprovarem essa GRAEL absurda, será o fim. Melhor fechar as portas que a desunião vai estar feita.

    A grael é o começo da separação dos sups... Que venha!

    O debate de 2015 é a separação dos superiores. Isto já foi confirmado pelo DG do STF em conversas internas.
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7913
    Reputação : 617
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Galizezin Qui 25 Set 2014, 5:50 pm

    A GRAEL vai atravessar a madrugada...

    Avisem-me quando surgir o des-boato!


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    avatar
    MarcelinoTRE
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 280
    Reputação : 52
    Data de inscrição : 11/09/2014

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por MarcelinoTRE Qui 25 Set 2014, 5:52 pm

    HSO escreveu:
    MarcelinoTRE escreveu:POdem esquecer greve na JE, estamos em cima das eleições, e ngm para não..; isso é caô... Infelismente o Zerão está nascendo com força total lá no horizonte...

    Você é porta-voz da JE? Fala por todos? Todos os servidores da JE outorgaram a você poderes para falar em nome deles?

    Ontem, no mínimo 100 servidores da JE em MG discordariam de você. Eles pararam. Aliás, o movimento ontem em BH foi lindo, quase todas as Varas federais fechadas, cerca de 500 pessoas na rua!

    E se os requisitados garantem as eleições, então talvez os servidores da JE não tenham tanta relevância. Poderíamos pensar em extinguir os cargos da JE.

    Amigo, foi só uma opinião pessoal, tens razão pois não conheço a realidade dos outros TREs, mais de qualquer modo, pagaria pra ver uma greve abrangente na JE... bounce
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Qui 25 Set 2014, 5:57 pm

    GRAELB

    Gratificação por Elaboração de Boatos - é essa que vai vir
    avatar
    MarcelinoTRE
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 280
    Reputação : 52
    Data de inscrição : 11/09/2014

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por MarcelinoTRE Qui 25 Set 2014, 6:02 pm

    noexcuses escreveu:GRAELB

    Gratificação por Elaboração de Boatos - é essa que vai vir

    Já teriamos foristas com altas grats... :trollface: :trollface:
    avatar
    MarcelinoTRE
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 280
    Reputação : 52
    Data de inscrição : 11/09/2014

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por MarcelinoTRE Qui 25 Set 2014, 6:13 pm

    noexcuses escreveu:GRAELB

    Gratificação por Elaboração de Boatos - é essa que vai vir

    Hein, mais o Caçula merecia Double GRAELB não?
    Lord Sith
    Lord Sith
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2142
    Reputação : 91
    Data de inscrição : 25/05/2012

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Lord Sith Qui 25 Set 2014, 6:26 pm

    Analistaeleitoral vai ganhar essa aqui em baixo:

    GRPSM - Gratificação de Puxa Saco de Ministro

    200% sobre o maior VB de Analista...rsrs


    Última edição por Lord Sith em Qui 25 Set 2014, 6:28 pm, editado 1 vez(es)
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7913
    Reputação : 617
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Galizezin Qui 25 Set 2014, 6:27 pm

    A gente sabe que o MPU e o PJU estão cheios de 'cria' do PT. E a propagação de boatos tem por objetivo acalmar os ânimos da galera, deixar no ar uma falsa esperança de que o aumento está garantidaço e tal. Só que a tônica está dada e foi ratificada pelas palavras do AGU Adams: executivo NÃO quer o aumento para juízes e servidores. Além disso, acha que tem por direito a intromissão em orçamento de outro poder.


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Qui 25 Set 2014, 6:41 pm

    Galizezin escreveu:A gente sabe que o MPU e o PJU estão cheios de 'cria' do PT. E a propagação de boatos tem por objetivo acalmar os ânimos da galera, deixar no ar uma falsa esperança de que o aumento está garantidaço e tal. Só que a tônica está dada e foi ratificada pelas palavras do AGU Adams: executivo NÃO quer o aumento para juízes e servidores. Além disso, acha que tem por direito a intromissão em orçamento de outro poder.

    Tem muita gente que é petista no sangue... alguns camuflam muito bem, mas num cenário de governo péssimo, deixam suas pistas.
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7913
    Reputação : 617
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Galizezin Qui 25 Set 2014, 6:44 pm

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar esta imagem]


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    Analistaeleitoral
    Analistaeleitoral
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 369
    Reputação : 9
    Data de inscrição : 08/09/2014

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Analistaeleitoral Qui 25 Set 2014, 7:37 pm

    Lord Sith escreveu:Analistaeleitoral vai ganhar essa aqui em baixo:

    GRPSM - Gratificação de Puxa Saco de Ministro

    200% sobre o maior VB de Analista...rsrs

    Opa!!! Tô dentro!!! E acumula com a GRAEL também? Porque esta vai sair, tenho certeza disso.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Qui 25 Set 2014, 7:38 pm

    Bruno-SP escreveu:"O advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, enviou parecer ao Supremo Tribunal Federal (STF) contrário ao pedido para que a Presidência da República seja obrigada a incluir no orçamento de 2015 a proposta de reajuste salarial para os ministros da corte, juízes de todo o país e servidores de tribunais. Adams argumentou que, se a proposta for aprovada, o Executivo perderá 35% da receita, comprometendo a prestação de serviço público."

    Agora, o que realmente compromete a prestação de serviços públicos no BRASIL é uma: OS MALFEITOS (expressão utilizada pela Dilmônia) = CRIMES, perpetrados por membros do Partido. É tanto dinheiro desviado que dá até vergonha em ouvir uma aberração desta. Porque não perguntar à AGU se as doações feitas pelo Governo Federal aos Países Amigos, leia-se, Cuba, Venezuela, Bolívia, etc, não afetam a prestação de serviços públicos.
    Dinheiro tem, e muito, é a destinação do mesmo que está com graves problemas.
    PT NUNCA MAIS, pois, se este partido ganhar, estamos mais para Cuba do que para EUA.



    Considerando as palavras do Adams só podemos ter três desfechos possíveis:

    1º - mais provável - outro zero, afinal tem a última parcela da GAJ para janeiro
    2ª - menos provável, porém mais razoável - aprovar alguma coisa no formato GD ou subsídio
    3º - praticamente impossível - aprovar o Mamute transgênico 7920 do jeito que está, com aumento na VB.

    Isto posto, voltemos aos estudos.......
    Analistaeleitoral
    Analistaeleitoral
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 369
    Reputação : 9
    Data de inscrição : 08/09/2014

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Analistaeleitoral Qui 25 Set 2014, 7:44 pm

    darkshi escreveu:
    The Punisher escreveu:
    Potter escreveu:Se aprovarem essa GRAEL absurda, será o fim. Melhor fechar as portas que a desunião vai estar feita.

    A grael é o começo da separação dos sups... Que venha!

    O debate de 2015 é a separação dos superiores. Isto já foi confirmado pelo DG do STF em conversas internas.

    Temos de encarar a realidade como ela é. A GRAEL vai sair. A separação dos Superiores vai sair também. E quem não gostar? Só resta sentar e chorar... Ou então batalhar para criarem igualmente, por iniciativa do respectivo Superior, uma gratificação parecida, se houver justificativa jurídica plausível para ela. Simples assim. TST = GRATRAB. Por quê? Não sei, mas haverá quem explique. Federal = GRAFED. Por quê? Também não sei, mas haverá quem justifique. Militar = GRAMIL. Por quê? Saberão defender... Essa é a nossa futura realidade e temos de estar unidos em todas essas reivindicações! Essa união não pode se desfazer só proque a GRAEL será a primeira! Temos de defender TODAS essas gratificações que surgirem, pois viver de esperança de subsídio ou de aumento no básico é delírio total!
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Qui 25 Set 2014, 7:49 pm

    Analistaeleitoral escreveu:
    darkshi escreveu:
    The Punisher escreveu:
    Potter escreveu:Se aprovarem essa GRAEL absurda, será o fim. Melhor fechar as portas que a desunião vai estar feita.

    A grael é o começo da separação dos sups... Que venha!

    O debate de 2015 é a separação dos superiores. Isto já foi confirmado pelo DG do STF em conversas internas.

    Temos de encarar a realidade como ela é. A GRAEL vai sair. A separação dos Superiores vai sair também. E quem não gostar? Só resta sentar e chorar... Ou então batalhar para criarem igualmente, por iniciativa do respectivo Superior, uma gratificação parecida, se houver justificativa jurídica plausível para ela. Simples assim. TST = GRATRAB. Por quê? Não sei, mas haverá quem explique. Federal = GRAFED. Por quê? Também não sei, mas haverá quem justifique. Militar = GRAMIL. Por quê? Saberão defender... Essa é a nossa futura realidade e temos de estar unidos em todas essas reivindicações! Essa união não pode se desfazer só proque a GRAEL será a primeira! Temos de defender TODAS essas gratificações que surgirem, pois viver de esperança de subsídio ou de aumento no básico é delírio total!

    Concordo contigo. Afinal de contas, se os oficiais tem GAE e os seguranças tem GAS, nada mais justo que se crie uma gratificação para os internos também, caso não saia nada.
    Potter
    Potter
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 351
    Reputação : 44
    Data de inscrição : 05/12/2013

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Potter Qui 25 Set 2014, 7:54 pm

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link] esse fórum é só pra quem tem estômago.
    Analistaeleitoral
    Analistaeleitoral
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 369
    Reputação : 9
    Data de inscrição : 08/09/2014

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Analistaeleitoral Qui 25 Set 2014, 7:56 pm

    PaladinoRS escreveu:
    Analistaeleitoral escreveu:
    darkshi escreveu:
    The Punisher escreveu:

    A grael é o começo da separação dos sups... Que venha!

    O debate de 2015 é a separação dos superiores. Isto já foi confirmado pelo DG do STF em conversas internas.

    Temos de encarar a realidade como ela é. A GRAEL vai sair. A separação dos Superiores vai sair também. E quem não gostar? Só resta sentar e chorar... Ou então batalhar para criarem igualmente, por iniciativa do respectivo Superior, uma gratificação parecida, se houver justificativa jurídica plausível para ela. Simples assim. TST = GRATRAB. Por quê? Não sei, mas haverá quem explique. Federal = GRAFED. Por quê? Também não sei, mas haverá quem justifique. Militar = GRAMIL. Por quê? Saberão defender... Essa é a nossa futura realidade e temos de estar unidos em todas essas reivindicações! Essa união não pode se desfazer só proque a GRAEL será a primeira! Temos de defender TODAS essas gratificações que surgirem, pois viver de esperança de subsídio ou de aumento no básico é delírio total!

    Concordo contigo. Afinal de contas, se os oficiais tem GAE e os seguranças tem GAS, nada mais justo que se crie uma gratificação para os internos também, caso não saia nada.

    Justamente... O espírito é esse em meio a essa guerra de terra arrasada que travamos com o Executivo desde 2009... A maldição do Gilmar Mendes nos assombra até hoje pela recusa sindical da GD. afinal de contas, não produzimos nada, não temos desempenho e temos medinho de sermos assediados pelos nossos temidos chefões, né? Pelo amor de Deus, aquilo foi uma burrice sem tamanho! Agora o que nos resta? Lutarmos unidos por ganhos pontuais (gratificações setorizadas) que, no longo prazo, deverão atender a cada ramo do Judiciário da União.
    16Toneladas
    16Toneladas
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2008
    Reputação : 39
    Data de inscrição : 08/07/2010

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por 16Toneladas Qui 25 Set 2014, 8:10 pm

    Fonte: Corsair 700, ops, Sitraemg:

    INDIGNAÇÃO: Congresso e STF costuram acordo para reajustar remuneração de juízes – mas só de juízes

    Postado em: 25/09/2014
    image_pdfimage_print
    Matéria publicada pelo site Congresso em Foco mostra porque os servidores do Judiciário Federal não podem, de forma alguma, relaxar na luta pela reposição salarial. Indignação é o único sentimento possível frente ao total descaso demonstrado pela cúpula do Judiciário – aqui, na pessoa do presidente do Supremo Tribunal federal (STF) ministro Ricardo Lewandowski – em defender seus quadros, ao buscar um acordo para resolver a questão remuneratória somente dos juízes.

    O descaso é tão gritante que não se encontra, em nenhum local do texto, a palavra “servidores”. Confira a íntegra:

    Renan faz acordo para elevar remuneração de juízes

    Presidente do Congresso se compromete com Lewandowski a acelerar votações que garantem aumento, gratificação e adicional para magistrados. Com mudanças, ministros do STF poderão receber até R$ 48 mil por mês

    O presidente do Congresso Nacional, Renan Calheiros (PMDB-AL), se comprometeu com o presidente recém-eleito do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, a aprovar propostas que elevarão a remuneração dos ministros da corte para até cerca de R$ 50 mil. Pelo acordo, o plenário do Senado deve aprovar, na próxima semana, durante o chamado esforço concentrado, um adicional por tempo de serviço que pode aumentar em até 35% a remuneração de magistrados e integrantes do Ministério Público. A proposta de emenda constitucional (PEC 63/2013) já foi examinada pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e precisa passar em dois turnos pelo plenário.

    Renan também prometeu se empenhar para que outros dois projetos de interesse dos juízes avancem na Câmara, presidida por seu companheiro de partido Henrique Eduardo Alves (RN). O primeiro deles pode ser aprovado pelos deputados também no esforço concentrado. Henrique incluiu na pauta do plenário proposta que cria a chamada gratificação de substituição para magistrados que acumularem funções por mais de três dias úteis. O benefício, incluído em outra proposição, foi vetado esta semana pela presidente Dilma. E pode engordar em até um terço o contracheque dos integrantes do Judiciário que atuarem, por exemplo, em mais de uma corte ou substituírem colegas em férias ou licença.

    Aumento no Supremo

    A terceira ponta do acordo costurado por Renan com os juízes é a aprovação do projeto que eleva, dos atuais R$ 29.462,25 para R$ 35.919, a remuneração dos ministros do Supremo – teto do funcionalismo público. Com efeito cascata para o restante da categoria, a proposta foi aprovada ontem (28) pelos ministros, que reivindicam um aumento de 22%. O texto começa a tramitar nos próximos dias na Câmara.

    Segundo o ministro Ricardo Lewandowski, os cálculos levaram em conta as perdas acumuladas entre 2009 a 2013 e a projeção do Índice Nacional de Preços ao Consumidor – Amplo (IPC-A) para 2014. O aumento será proposto antes mesmo que o Congresso vote pedido de reajuste – fixando o subsídio de ministro do STF em R$ 30.658,42 – que o Supremo pretendia fazer valer a partir de janeiro de 2014.

    Além do teto

    Na prática, os dois novos benefícios permitirão que juízes, desembargadores e os próprios ministros dos tribunais ultrapassem o teto constitucional. Caso as propostas sejam aprovadas, um ministro do Supremo poderá receber, além dos R$ 35 mil de remuneração, até outros R$ 12.571,65 de adicional por tempo de serviço. Nesse caso, os vencimentos poderão chegar até a R$ 48.490,65.

    Integrantes das três principais entidades representativas da magistratura vão se reunir com parlamentares no Congresso, na próxima semana, para tentar convencê-los a aprovar as propostas que, segundo eles, pretendem recuperar perdas salariais acumuladas na última década.

    Deputados e senadores não devem criar dificuldades para o reajuste do Supremo. É que, a cada final de mandato, os parlamentares fixam a remuneração da legislatura seguinte. No final de 2010, por exemplo, eles igualaram os vencimentos dos congressistas que assumiram no início de 2011 aos dos ministros do Supremo. Caminho que deve ser repetido este ano. Atualmente, os congressistas recebem R$ 26.723,13 por mês, além de outros benefícios.

    Discriminação

    “A magistratura federal está preocupada com a forma discriminatória com que vem sendo tratada”, diz o presidente da Associação dos Juízes Federais (Ajufe), Antônio César Bochenek. Na última terça (26), a presidente Dilma vetou artigo de uma lei que instituiu a gratificação por substituição para integrantes do Ministério Público. Durante a tramitação da proposta no Congresso, foi incluído um dispositivo que estendia o benefício aos juízes. Ao sancionar a nova lei, Dilma deixou o benefício restrito a promotores e procuradores.

    A presidente justificou que não havia previsão de recursos para a gratificação na lei orçamentária e que a Lei de Responsabilidade Fiscal impede a geração de despesa obrigatória de caráter continuado sem a estimativa de impacto orçamentário e financeiro e a demonstração da origem do dinheiro.

    Diante do veto, os magistrados retomam suas atenções para a aprovação do Projeto de Lei 7717/2014, que institui a gratificação para os juízes federais. O texto é o oitavo item da pauta do plenário da Câmara no esforço concentrado. Já a PEC 63, que aguarda votação no plenário no Senado, cria uma “parcela mensal de valorização por tempo de exercício” que se traduz num acréscimo equivalente a 5% do subsídio a cada cinco anos de efetivo exercício em atividade jurídica – até o máximo de 35%.

    Disparidade salarial

    Para Bochenek, a gratificação e o adicional são necessários para evitar a “discriminação” e a disparidade salarial com o Ministério Público, contemplado com o primeiro benefício. Segundo ele, a Ajufe não ficou satisfeita com o reajuste proposto pelo Supremo. Na avaliação da entidade, a remuneração dos juízes tem 30% de defasagem em relação a 2006, quando foi instituído o atual modelo de remuneração, sem os penduricalhos que havia antes.

    “A remuneração tem de ser digna e compatível com as funções de cada um. A magistratura tem uma grande responsabilidade funcional e social”, declarou o presidente da Ajufe ao Congresso em Foco. “Hoje um juiz recebe desde o início até o fim da carreira praticamente a mesma remuneração. É preciso haver estímulo até para não perdermos quadros”, acrescenta.

    Contrariedade

    O aumento e a garantia de novos benefícios para os magistrados já provocam descontentamento em outras categorias que também reclamam da disparidade salarial. É o caso dos procuradores federais, ligados à Advocacia-Geral da União (AGU). “Como advogados públicos federais, também exercemos funções essenciais da Justiça. Mas estamos vinculados ao Executivo”, reclama o presidente da Associação Nacional dos Procuradores Federais (Anpaf), Rogério Filomeno Machado.

    Segundo ele, 20% dos aprovados no concurso para procurador federal desistem de tomar posse em razão do salário inicial, hoje em torno de R$ 16 mil. Bem abaixo dos cerca de R$ 25 mil iniciais pagos a promotores e juízes. “Deveríamos ter remuneração igual à da magistratura e à do Ministério Público”, defende Rogério.
    ladraoalmas
    ladraoalmas
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 31
    Reputação : 4
    Data de inscrição : 01/09/2014

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por ladraoalmas Qui 25 Set 2014, 8:24 pm

    Wehaveall escreveu:Fonte: Corsair 700, ops, Sitraemg:

    INDIGNAÇÃO: Congresso e STF costuram acordo para reajustar remuneração de juízes – mas só de juízes

    Postado em: 25/09/2014
    image_pdfimage_print
    Matéria publicada pelo site Congresso em Foco mostra porque os servidores do Judiciário Federal não podem, de forma alguma, relaxar na luta pela reposição salarial. Indignação é o único sentimento possível frente ao total descaso demonstrado pela cúpula do Judiciário – aqui, na pessoa do presidente do Supremo Tribunal federal (STF) ministro Ricardo Lewandowski – em defender seus quadros, ao buscar um acordo para resolver a questão remuneratória somente dos juízes.

    O descaso é tão gritante que não se encontra, em nenhum local do texto, a palavra “servidores”. Confira a íntegra:

    Renan faz acordo para elevar remuneração de juízes

    Presidente do Congresso se compromete com Lewandowski a acelerar votações que garantem aumento, gratificação e adicional para magistrados. Com mudanças, ministros do STF poderão receber até R$ 48 mil por mês

    O presidente do Congresso Nacional, Renan Calheiros (PMDB-AL), se comprometeu com o presidente recém-eleito do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, a aprovar propostas que elevarão a remuneração dos ministros da corte para até cerca de R$ 50 mil. Pelo acordo, o plenário do Senado deve aprovar, na próxima semana, durante o chamado esforço concentrado, um adicional por tempo de serviço que pode aumentar em até 35% a remuneração de magistrados e integrantes do Ministério Público. A proposta de emenda constitucional (PEC 63/2013) já foi examinada pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e precisa passar em dois turnos pelo plenário.

    Renan também prometeu se empenhar para que outros dois projetos de interesse dos juízes avancem na Câmara, presidida por seu companheiro de partido Henrique Eduardo Alves (RN). O primeiro deles pode ser aprovado pelos deputados também no esforço concentrado. Henrique incluiu na pauta do plenário proposta que cria a chamada gratificação de substituição para magistrados que acumularem funções por mais de três dias úteis. O benefício, incluído em outra proposição, foi vetado esta semana pela presidente Dilma. E pode engordar em até um terço o contracheque dos integrantes do Judiciário que atuarem, por exemplo, em mais de uma corte ou substituírem colegas em férias ou licença.

    Aumento no Supremo

    A terceira ponta do acordo costurado por Renan com os juízes é a aprovação do projeto que eleva, dos atuais R$ 29.462,25 para R$ 35.919, a remuneração dos ministros do Supremo – teto do funcionalismo público. Com efeito cascata para o restante da categoria, a proposta foi aprovada ontem (28) pelos ministros, que reivindicam um aumento de 22%. O texto começa a tramitar nos próximos dias na Câmara.

    Segundo o ministro Ricardo Lewandowski, os cálculos levaram em conta as perdas acumuladas entre 2009 a 2013 e a projeção do Índice Nacional de Preços ao Consumidor – Amplo (IPC-A) para 2014. O aumento será proposto antes mesmo que o Congresso vote pedido de reajuste – fixando o subsídio de ministro do STF em R$ 30.658,42 – que o Supremo pretendia fazer valer a partir de janeiro de 2014.

    Além do teto

    Na prática, os dois novos benefícios permitirão que juízes, desembargadores e os próprios ministros dos tribunais ultrapassem o teto constitucional. Caso as propostas sejam aprovadas, um ministro do Supremo poderá receber, além dos R$ 35 mil de remuneração, até outros R$ 12.571,65 de adicional por tempo de serviço. Nesse caso, os vencimentos poderão chegar até a R$ 48.490,65.

    Integrantes das três principais entidades representativas da magistratura vão se reunir com parlamentares no Congresso, na próxima semana, para tentar convencê-los a aprovar as propostas que, segundo eles, pretendem recuperar perdas salariais acumuladas na última década.

    Deputados e senadores não devem criar dificuldades para o reajuste do Supremo. É que, a cada final de mandato, os parlamentares fixam a remuneração da legislatura seguinte. No final de 2010, por exemplo, eles igualaram os vencimentos dos congressistas que assumiram no início de 2011 aos dos ministros do Supremo. Caminho que deve ser repetido este ano. Atualmente, os congressistas recebem R$ 26.723,13 por mês, além de outros benefícios.

    Discriminação

    “A magistratura federal está preocupada com a forma discriminatória com que vem sendo tratada”, diz o presidente da Associação dos Juízes Federais (Ajufe), Antônio César Bochenek. Na última terça (26), a presidente Dilma vetou artigo de uma lei que instituiu a gratificação por substituição para integrantes do Ministério Público. Durante a tramitação da proposta no Congresso, foi incluído um dispositivo que estendia o benefício aos juízes. Ao sancionar a nova lei, Dilma deixou o benefício restrito a promotores e procuradores.

    A presidente justificou que não havia previsão de recursos para a gratificação na lei orçamentária e que a Lei de Responsabilidade Fiscal impede a geração de despesa obrigatória de caráter continuado sem a estimativa de impacto orçamentário e financeiro e a demonstração da origem do dinheiro.

    Diante do veto, os magistrados retomam suas atenções para a aprovação do Projeto de Lei 7717/2014, que institui a gratificação para os juízes federais. O texto é o oitavo item da pauta do plenário da Câmara no esforço concentrado. Já a PEC 63, que aguarda votação no plenário no Senado, cria uma “parcela mensal de valorização por tempo de exercício” que se traduz num acréscimo equivalente a 5% do subsídio a cada cinco anos de efetivo exercício em atividade jurídica – até o máximo de 35%.

    Disparidade salarial

    Para Bochenek, a gratificação e o adicional são necessários para evitar a “discriminação” e a disparidade salarial com o Ministério Público, contemplado com o primeiro benefício. Segundo ele, a Ajufe não ficou satisfeita com o reajuste proposto pelo Supremo. Na avaliação da entidade, a remuneração dos juízes tem 30% de defasagem em relação a 2006, quando foi instituído o atual modelo de remuneração, sem os penduricalhos que havia antes.

    “A remuneração tem de ser digna e compatível com as funções de cada um. A magistratura tem uma grande responsabilidade funcional e social”, declarou o presidente da Ajufe ao Congresso em Foco. “Hoje um juiz recebe desde o início até o fim da carreira praticamente a mesma remuneração. É preciso haver estímulo até para não perdermos quadros”, acrescenta.

    Contrariedade

    O aumento e a garantia de novos benefícios para os magistrados já provocam descontentamento em outras categorias que também reclamam da disparidade salarial. É o caso dos procuradores federais, ligados à Advocacia-Geral da União (AGU). “Como advogados públicos federais, também exercemos funções essenciais da Justiça. Mas estamos vinculados ao Executivo”, reclama o presidente da Associação Nacional dos Procuradores Federais (Anpaf), Rogério Filomeno Machado.

    Segundo ele, 20% dos aprovados no concurso para procurador federal desistem de tomar posse em razão do salário inicial, hoje em torno de R$ 16 mil. Bem abaixo dos cerca de R$ 25 mil iniciais pagos a promotores e juízes. “Deveríamos ter remuneração igual à da magistratura e à do Ministério Público”, defende Rogério.

    Isso é muito sério, pois é a mostra clara que não temos nenhum valor e somos tratados cada vez mais como escravos. Espanta-me que ainda tem gente aqui que fica babando ovo de magistrado.
    avatar
    Megadeth
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1840
    Reputação : 16
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Megadeth Qui 25 Set 2014, 8:31 pm

    Ou rola greve fudida ou ja era...
    Potter
    Potter
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 351
    Reputação : 44
    Data de inscrição : 05/12/2013

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Potter Qui 25 Set 2014, 8:48 pm

    Megadeth escreveu:Ou rola greve fudida ou ja era...


    Pelo que tão comentando, nem com greve.

    Conteúdo patrocinado

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui 20 Jan 2022, 10:30 pm