PCS JÁ

PCS JÁ



    Tópico Geral

    PAS_Jud.2011
    PAS_Jud.2011
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1197
    Reputação : 20
    Data de inscrição : 01/08/2011

    Tópico Geral Empty Tópico Geral

    Mensagem por PAS_Jud.2011 Ter 04 Nov 2014, 11:15 am

    Pelo que sei! A última tabela divulgada: Cruzeiro ainda líder! Acho que vai levar o brasileirão 2014 de novo!

    :trollface:

    Denovo?? escreveu:Tabelas!!!!


    TRF1/MG escreveu:
    ptralhasnopoder escreveu:Tá na hora de começar.

    Kd os boatos.

    MPT meu fí.

    Alvinegro.

    Simbora pessoal.

    Teremos aumento sim.



    Quer boato, lá vai, vou postar de novo a informação, acho que não vai gostar, mas lá vai:


    Vou explicar tudo que sei detalhadamente, para não gerar dúvidas. Repito, torço muito para que não se concretize: minha fonte é um Juiz Federal, amigo de muito tempo, que teve acesso aos negociadores por parte do STF, gente de confiança, que já foi servidor, daqueles raros juízes que ainda tem alguma preocupação com os servidores. O governo e STF já acertaram que sai o aumento dos juízes, ainda negociam parcelamento, data de início, etc, mas o deles sai. O nosso foi colocado no bolo geral dos servidores, vai ser o mesmo percentual a ser oferecido para todos. Ainda não tem o valor. A ideia do governo é pagar a partir de 2016. O nosso, nada impede que seja antecipado para julho/15, por exemplo, mas sempre dentro do mesmo percentual de todos os servidores públicos federais. Situação pode mudar? Pode, mas com uma grande greve. Como uma grande greve não vai sair, o cenário é esse mesmo. A intenção do STF é deixar sinal que a negociação está em andamento e nos cozinhar até o próximo ano, e estão conseguindo. Isso é tudo que sei, esses são os detalhes. Isso foi passado a mais ou menos uns 10 dias antes das eleições, antes mesmo de reuniões anunciadas por todos, e parece que está se confirmando.  Eu não estou trollando, posso até estar sendo trollado, mas passei tudo que sei.
    Optimus Prime
    Optimus Prime
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 90
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 16/12/2010
    Localização : MG

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Optimus Prime Ter 04 Nov 2014, 11:16 am

    Presidência da República
    Casa Civil
    Subchefia para Assuntos Jurídicos

    DECRETO DE 3 DE NOVEMBRO DE 2014


    Abre aos Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União, em favor de diversos órgãos dos Poderes Judiciário e Executivo, da Defensoria Pública da União, do Ministério Público da União, do Conselho Nacional do Ministério Público e de Transferências a Estados, Distrito Federal e Municípios, crédito suplementar no valor de R$ 11.272.700.674,00, para reforço de dotações constantes da Lei Orçamentária vigente.

    A PRESIDENTA DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, caput, inciso IV, da Constituição, e tendo em vista as autorizações contidas no art. 4º, caput, inciso I, alínea “a”, inciso IV, alínea “c”, inciso VI, alíneas “a” e “b”, incisos XVI, XXI e XXIV, da Lei nº 12.952, de 20 de janeiro de 2014, e no § 2º do art. 38 da Lei nº 12.919, de 24 de dezembro de 2013,
    DECRETA:
    Art. 1º  Fica aberto aos Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União (Lei nº 12.952, de 20 de janeiro de 2014), em favor de diversos órgãos dos Poderes Judiciário e Executivo, da Defensoria Pública da União, do Ministério Público da União, do Conselho Nacional do Ministério Público e de Transferências a Estados, Distrito Federal e Municípios, crédito suplementar no valor de R$ 11.272.700.674,00 (onze bilhões, duzentos e setenta e dois milhões, setecentos mil, seiscentos e setenta e quatro reais), para atender à programação constante do Anexo I.
    Art. 2º  Os recursos necessários à abertura do crédito de que trata o art. 1º decorrem de:
    I - superávit financeiro apurado no balanço patrimonial do exercício de 2013, relativo a Recursos Ordinários, no valor de R$ 2.324.000,00 (dois milhões, trezentos e vinte e quatro mil reais); e
    II - anulação parcial de dotações orçamentárias, no valor de R$ 11.270.376.674,00 (onze bilhões, duzentos e setenta milhões, trezentos e setenta e seis mil, seiscentos e setenta e quatro reais), conforme indicado no Anexo II.
    Art. 3º  Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.
    Brasília, 3 de novembro de 2014; 193º da Independência e 126º da República.
    DILMA ROUSSEFF
    Miriam Belchior
    Este texto não substitui o publicado no DOU de 4.11.2014


    "http://www.planalto.gov.br/CCIVIL_03/_Ato2011-2014/2014/Dsn/Dsn14027.htm"
    Maisquevencedor
    Maisquevencedor
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3003
    Reputação : 25
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Maisquevencedor Ter 04 Nov 2014, 11:19 am

    Alvinegro de Coração escreveu:A reunião do Sina com o PGR está pré-agendada para amanhã no final da tarde, ocasião em que o PGR vai informar ao Sinasempu que... (completem à vontade)

    Abraços.

    ... vocês, servidores, estão muito ansiosos!!!
    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8806
    Reputação : 248
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por darkshi Ter 04 Nov 2014, 11:20 am

    Optimus Prime escreveu:Presidência da República
    Casa Civil
    Subchefia para Assuntos Jurídicos

    DECRETO DE 3 DE NOVEMBRO DE 2014


    Abre aos Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União, em favor de diversos órgãos dos Poderes Judiciário e Executivo, da Defensoria Pública da União, do Ministério Público da União, do Conselho Nacional do Ministério Público e de Transferências a Estados, Distrito Federal e Municípios, crédito suplementar no valor de R$ 11.272.700.674,00, para reforço de dotações constantes da Lei Orçamentária vigente.

    A PRESIDENTA DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, caput, inciso IV, da Constituição, e tendo em vista as autorizações contidas no art. 4º, caput, inciso I, alínea “a”, inciso IV, alínea “c”, inciso VI, alíneas “a” e “b”, incisos XVI, XXI e XXIV, da Lei nº 12.952, de 20 de janeiro de 2014, e no § 2º do art. 38 da Lei nº 12.919, de 24 de dezembro de 2013,
    DECRETA:
    Art. 1º  Fica aberto aos Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União (Lei nº 12.952, de 20 de janeiro de 2014), em favor de diversos órgãos dos Poderes Judiciário e Executivo, da Defensoria Pública da União, do Ministério Público da União, do Conselho Nacional do Ministério Público e de Transferências a Estados, Distrito Federal e Municípios, crédito suplementar no valor de R$ 11.272.700.674,00 (onze bilhões, duzentos e setenta e dois milhões, setecentos mil, seiscentos e setenta e quatro reais), para atender à programação constante do Anexo I.
    Art. 2º  Os recursos necessários à abertura do crédito de que trata o art. 1º decorrem de:
    I - superávit financeiro apurado no balanço patrimonial do exercício de 2013, relativo a Recursos Ordinários, no valor de R$ 2.324.000,00 (dois milhões, trezentos e vinte e quatro mil reais); e
    II - anulação parcial de dotações orçamentárias, no valor de R$ 11.270.376.674,00 (onze bilhões, duzentos e setenta milhões, trezentos e setenta e seis mil, seiscentos e setenta e quatro reais), conforme indicado no Anexo II.
    Art. 3º  Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.
    Brasília, 3 de novembro de 2014; 193º da Independência e 126º da República.
    DILMA ROUSSEFF
    Miriam Belchior
    Este texto não substitui o publicado no DOU de 4.11.2014


    "http://www.planalto.gov.br/CCIVIL_03/_Ato2011-2014/2014/Dsn/Dsn14027.htm"

    Será? Será?
    Maisquevencedor
    Maisquevencedor
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3003
    Reputação : 25
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Maisquevencedor Ter 04 Nov 2014, 11:21 am

    Tabelas!!!!??? :nervoso: :nervoso: :nervoso: :trollface:


    Optimus Prime escreveu:Presidência da República
    Casa Civil
    Subchefia para Assuntos Jurídicos

    DECRETO DE 3 DE NOVEMBRO DE 2014


    Abre aos Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União, em favor de diversos órgãos dos Poderes Judiciário e Executivo, da Defensoria Pública da União, do Ministério Público da União, do Conselho Nacional do Ministério Público e de Transferências a Estados, Distrito Federal e Municípios, crédito suplementar no valor de R$ 11.272.700.674,00, para reforço de dotações constantes da Lei Orçamentária vigente.

    A PRESIDENTA DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, caput, inciso IV, da Constituição, e tendo em vista as autorizações contidas no art. 4º, caput, inciso I, alínea “a”, inciso IV, alínea “c”, inciso VI, alíneas “a” e “b”, incisos XVI, XXI e XXIV, da Lei nº 12.952, de 20 de janeiro de 2014, e no § 2º do art. 38 da Lei nº 12.919, de 24 de dezembro de 2013,
    DECRETA:
    Art. 1º  Fica aberto aos Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União (Lei nº 12.952, de 20 de janeiro de 2014), em favor de diversos órgãos dos Poderes Judiciário e Executivo, da Defensoria Pública da União, do Ministério Público da União, do Conselho Nacional do Ministério Público e de Transferências a Estados, Distrito Federal e Municípios, crédito suplementar no valor de R$ 11.272.700.674,00 (onze bilhões, duzentos e setenta e dois milhões, setecentos mil, seiscentos e setenta e quatro reais), para atender à programação constante do Anexo I.
    Art. 2º  Os recursos necessários à abertura do crédito de que trata o art. 1º decorrem de:
    I - superávit financeiro apurado no balanço patrimonial do exercício de 2013, relativo a Recursos Ordinários, no valor de R$ 2.324.000,00 (dois milhões, trezentos e vinte e quatro mil reais); e
    II - anulação parcial de dotações orçamentárias, no valor de R$ 11.270.376.674,00 (onze bilhões, duzentos e setenta milhões, trezentos e setenta e seis mil, seiscentos e setenta e quatro reais), conforme indicado no Anexo II.
    Art. 3º  Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.
    Brasília, 3 de novembro de 2014; 193º da Independência e 126º da República.
    DILMA ROUSSEFF
    Miriam Belchior
    Este texto não substitui o publicado no DOU de 4.11.2014


    "http://www.planalto.gov.br/CCIVIL_03/_Ato2011-2014/2014/Dsn/Dsn14027.htm"
    Optimus Prime
    Optimus Prime
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 90
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 16/12/2010
    Localização : MG

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Optimus Prime Ter 04 Nov 2014, 11:22 am

    darkshi escreveu:
    Optimus Prime escreveu:Presidência da República
    Casa Civil
    Subchefia para Assuntos Jurídicos

    DECRETO DE 3 DE NOVEMBRO DE 2014


    Abre aos Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União, em favor de diversos órgãos dos Poderes Judiciário e Executivo, da Defensoria Pública da União, do Ministério Público da União, do Conselho Nacional do Ministério Público e de Transferências a Estados, Distrito Federal e Municípios, crédito suplementar no valor de R$ 11.272.700.674,00, para reforço de dotações constantes da Lei Orçamentária vigente.

    A PRESIDENTA DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, caput, inciso IV, da Constituição, e tendo em vista as autorizações contidas no art. 4º, caput, inciso I, alínea “a”, inciso IV, alínea “c”, inciso VI, alíneas “a” e “b”, incisos XVI, XXI e XXIV, da Lei nº 12.952, de 20 de janeiro de 2014, e no § 2º do art. 38 da Lei nº 12.919, de 24 de dezembro de 2013,
    DECRETA:
    Art. 1º  Fica aberto aos Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União (Lei nº 12.952, de 20 de janeiro de 2014), em favor de diversos órgãos dos Poderes Judiciário e Executivo, da Defensoria Pública da União, do Ministério Público da União, do Conselho Nacional do Ministério Público e de Transferências a Estados, Distrito Federal e Municípios, crédito suplementar no valor de R$ 11.272.700.674,00 (onze bilhões, duzentos e setenta e dois milhões, setecentos mil, seiscentos e setenta e quatro reais), para atender à programação constante do Anexo I.
    Art. 2º  Os recursos necessários à abertura do crédito de que trata o art. 1º decorrem de:
    I - superávit financeiro apurado no balanço patrimonial do exercício de 2013, relativo a Recursos Ordinários, no valor de R$ 2.324.000,00 (dois milhões, trezentos e vinte e quatro mil reais); e
    II - anulação parcial de dotações orçamentárias, no valor de R$ 11.270.376.674,00 (onze bilhões, duzentos e setenta milhões, trezentos e setenta e seis mil, seiscentos e setenta e quatro reais), conforme indicado no Anexo II.
    Art. 3º  Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.
    Brasília, 3 de novembro de 2014; 193º da Independência e 126º da República.
    DILMA ROUSSEFF
    Miriam Belchior
    Este texto não substitui o publicado no DOU de 4.11.2014


    "http://www.planalto.gov.br/CCIVIL_03/_Ato2011-2014/2014/Dsn/Dsn14027.htm"

    Será? Será?

    Voltei de Cybertron só pra postar isso. Tem que significar algo... rs... convencido
    macfly
    macfly
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : ANALISTA
    Mensagens : 1190
    Reputação : 45
    Data de inscrição : 17/10/2014
    Localização : HILL VALLEY - CALIFÓRNIA

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por macfly Ter 04 Nov 2014, 11:22 am

    Optimus Prime escreveu:Presidência da República
    Casa Civil
    Subchefia para Assuntos Jurídicos

    DECRETO DE 3 DE NOVEMBRO DE 2014


    Abre aos Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União, em favor de diversos órgãos dos Poderes Judiciário e Executivo, da Defensoria Pública da União, do Ministério Público da União, do Conselho Nacional do Ministério Público e de Transferências a Estados, Distrito Federal e Municípios, crédito suplementar no valor de R$ 11.272.700.674,00, para reforço de dotações constantes da Lei Orçamentária vigente.

    A PRESIDENTA DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, caput, inciso IV, da Constituição, e tendo em vista as autorizações contidas no art. 4º, caput, inciso I, alínea “a”, inciso IV, alínea “c”, inciso VI, alíneas “a” e “b”, incisos XVI, XXI e XXIV, da Lei nº 12.952, de 20 de janeiro de 2014, e no § 2º do art. 38 da Lei nº 12.919, de 24 de dezembro de 2013,
    DECRETA:
    Art. 1º  Fica aberto aos Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União (Lei nº 12.952, de 20 de janeiro de 2014), em favor de diversos órgãos dos Poderes Judiciário e Executivo, da Defensoria Pública da União, do Ministério Público da União, do Conselho Nacional do Ministério Público e de Transferências a Estados, Distrito Federal e Municípios, crédito suplementar no valor de R$ 11.272.700.674,00 (onze bilhões, duzentos e setenta e dois milhões, setecentos mil, seiscentos e setenta e quatro reais), para atender à programação constante do Anexo I.
    Art. 2º  Os recursos necessários à abertura do crédito de que trata o art. 1º decorrem de:
    I - superávit financeiro apurado no balanço patrimonial do exercício de 2013, relativo a Recursos Ordinários, no valor de R$ 2.324.000,00 (dois milhões, trezentos e vinte e quatro mil reais); e
    II - anulação parcial de dotações orçamentárias, no valor de R$ 11.270.376.674,00 (onze bilhões, duzentos e setenta milhões, trezentos e setenta e seis mil, seiscentos e setenta e quatro reais), conforme indicado no Anexo II.
    Art. 3º  Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.
    Brasília, 3 de novembro de 2014; 193º da Independência e 126º da República.
    DILMA ROUSSEFF
    Miriam Belchior
    Este texto não substitui o publicado no DOU de 4.11.2014


    "http://www.planalto.gov.br/CCIVIL_03/_Ato2011-2014/2014/Dsn/Dsn14027.htm"


    ALGUÉM TRADUZ AÍ?

    É O CUMPRIMENTO DA LIMINAR?
    PAS_Jud.2011
    PAS_Jud.2011
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1197
    Reputação : 20
    Data de inscrição : 01/08/2011

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por PAS_Jud.2011 Ter 04 Nov 2014, 11:23 am

    Mal nenhum! Pego ônibus todo santo dia! Na Atual conjuntura do transporte, vias e fluidez do trânsito, fora manutenção de carro e preço de gasolina exorbitantes, etc., ir sozinho de carro é bobeira, pra grandes distâncias claro! Mas realmente servidores da Justiça, principalmente os mais novos, não conseguem morar nos grandes centros do DF (asas sul e norte, octogonal, sudoeste, parkway, noroeste)! Sem chance!

    Denovo?? escreveu:Destaco a parte em que diz que a servidora estava no "ponto de ônibus". Quem diria, servidores do PJU pegando ônibus. E a pose?

    macfly escreveu:Polícia rende sequestrador que fazia mulher refém em Brasília
    Homem foi atingido por balas de borracha disparadas por policiais do Bope.
    Refém foi levada para hospital sem ferimentos; sequestrador foi preso.

    Homem armado com faca faz mulher refém em ponto de ônibus em frente ao Palácio do Buriti, em Brasília (Foto: Vianey Bentes/TV Globo)
    Homem armado com faca faz mulher refém em ponto de ônibus em frente ao Palácio do Buriti, em Brasília (Foto: Vianey Bentes/TV Globo)
    Policiais militares conseguiram render o homem armado com duas facas que fazia uma mulher refém em frente ao Palácio do Buriti, sede do governo do Distrito Federal, no início da tarde desta terça-feira. A refém foi levada para o hospital, mas estava sem ferimentos. Segundo a polícia, a vítima é funcionária do Tribunal de Justiça.
    O homem foi atingido por balas de borracha quando o negociador tentava fazer com que ele se rendesse. Os negociadores da polícia disseram que ele estava "com as ideias atrapalhadas" e que não ficou claro qual era o objetivo do sequestrador. Ele foi levado para a delegacia.
    Pouco antes de fazer a mulher refém, o homem tentou invadir o Palácio do Buriti, sede do governo do Distrito Federal, com um carro. Ele desceu do veículo armado com duas facas e tentou quebrar uma janela de vidro do edifício.
    O tenente-coronel  Souza Oliveira, responsável pela segurança do Palácio do Buriti, disse que o homem "não falava coisa com coisa". "Ele tentou entrar no palácio, chegou em um carro em alta velocidade, tenbtou quebvrar o viro para entrar. Quando chegou no limite de risco de vida para a vítima, aí houve a operação [da polícia], com todo sucesso, sem dano", afirmou.


    A BRUXA ESTÁ SOLTA NO JUDICIÁRIO.


    COMO DIZ O MILTON LEITE: MEU DEUSSSSSS!
    Anaju99
    Anaju99
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Analista Judiciário
    Mensagens : 560
    Reputação : 4
    Data de inscrição : 25/08/2011
    Idade : 53
    Localização : Porto Alegre

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Anaju99 Ter 04 Nov 2014, 11:26 am

    macfly escreveu:
    Galizezin escreveu:
    TRF1/MG escreveu:
    DeltaPF escreveu:
    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]

    Sindjus não vale nada, mas Anajus é um LIXO.

    Anajus = último biscoito do pacote


    SOU ANALISTA, SOU A FAVOR DO NÍVEL SUPERIOR PARA TÉCNICOS , MAS, JUNTAMENTE COM ISSO, SOU A FAVOR, PELO MENOS, DA APROVAÇÃO DA EMENDA QUE MUDA A NOMENCLATURA DE ANALISTAS PARA CONSULTORES JUDICIÁRIOS (AJAJ) E PARA GESTORES JUDICIÁRIOS ADMINISTRATIVOS (AJAA).

    TAMBÉM SOU CONTRA À EMENDA QUE SÓ DÁ AO ANALISTA AS FUNÇÕES. CLARO. ISSO É UM ABSURDO.



    AGORA, FICA NOTÓRIO QUE A CATEGORIA DE ANALISTA SÓ SE F... NAS MÃOS DOS SINDICATOS.

    ATÉ AGORA SÓ VI BENEFÍCIO PARA MOTORISTAS, SEGURANÇAS, OFICIAIS DE JUSTIÇA E, AGORA, TÉCNICOS. NÃO QUE NÃO MEREÇAM, MAS E PRA ANALISTAS....




    SÓ FERRO MESMO?

    like like

    Exatamente!
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 04 Nov 2014, 11:26 am

    macfly escreveu:
    Optimus Prime escreveu:Presidência da República
    Casa Civil
    Subchefia para Assuntos Jurídicos

    DECRETO DE 3 DE NOVEMBRO DE 2014


    Abre aos Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União, em favor de diversos órgãos dos Poderes Judiciário e Executivo, da Defensoria Pública da União, do Ministério Público da União, do Conselho Nacional do Ministério Público e de Transferências a Estados, Distrito Federal e Municípios, crédito suplementar no valor de R$ 11.272.700.674,00, para reforço de dotações constantes da Lei Orçamentária vigente.

    A PRESIDENTA DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, caput, inciso IV, da Constituição, e tendo em vista as autorizações contidas no art. 4º, caput, inciso I, alínea “a”, inciso IV, alínea “c”, inciso VI, alíneas “a” e “b”, incisos XVI, XXI e XXIV, da Lei nº 12.952, de 20 de janeiro de 2014, e no § 2º do art. 38 da Lei nº 12.919, de 24 de dezembro de 2013,
    DECRETA:
    Art. 1º  Fica aberto aos Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União (Lei nº 12.952, de 20 de janeiro de 2014), em favor de diversos órgãos dos Poderes Judiciário e Executivo, da Defensoria Pública da União, do Ministério Público da União, do Conselho Nacional do Ministério Público e de Transferências a Estados, Distrito Federal e Municípios, crédito suplementar no valor de R$ 11.272.700.674,00 (onze bilhões, duzentos e setenta e dois milhões, setecentos mil, seiscentos e setenta e quatro reais), para atender à programação constante do Anexo I.
    Art. 2º  Os recursos necessários à abertura do crédito de que trata o art. 1º decorrem de:
    I - superávit financeiro apurado no balanço patrimonial do exercício de 2013, relativo a Recursos Ordinários, no valor de R$ 2.324.000,00 (dois milhões, trezentos e vinte e quatro mil reais); e
    II - anulação parcial de dotações orçamentárias, no valor de R$ 11.270.376.674,00 (onze bilhões, duzentos e setenta milhões, trezentos e setenta e seis mil, seiscentos e setenta e quatro reais), conforme indicado no Anexo II.
    Art. 3º  Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.
    Brasília, 3 de novembro de 2014; 193º da Independência e 126º da República.
    DILMA ROUSSEFF
    Miriam Belchior
    Este texto não substitui o publicado no DOU de 4.11.2014


    "http://www.planalto.gov.br/CCIVIL_03/_Ato2011-2014/2014/Dsn/Dsn14027.htm"


    ALGUÉM TRADUZ AÍ?

    É O CUMPRIMENTO DA LIMINAR?

    É TETRA ? What a Face
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 04 Nov 2014, 11:28 am

    Optimus Prime escreveu:
    darkshi escreveu:
    Optimus Prime escreveu:Presidência da República
    Casa Civil
    Subchefia para Assuntos Jurídicos

    DECRETO DE 3 DE NOVEMBRO DE 2014


    Abre aos Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União, em favor de diversos órgãos dos Poderes Judiciário e Executivo, da Defensoria Pública da União, do Ministério Público da União, do Conselho Nacional do Ministério Público e de Transferências a Estados, Distrito Federal e Municípios, crédito suplementar no valor de R$ 11.272.700.674,00, para reforço de dotações constantes da Lei Orçamentária vigente.

    A PRESIDENTA DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, caput, inciso IV, da Constituição, e tendo em vista as autorizações contidas no art. 4º, caput, inciso I, alínea “a”, inciso IV, alínea “c”, inciso VI, alíneas “a” e “b”, incisos XVI, XXI e XXIV, da Lei nº 12.952, de 20 de janeiro de 2014, e no § 2º do art. 38 da Lei nº 12.919, de 24 de dezembro de 2013,
    DECRETA:
    Art. 1º  Fica aberto aos Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União (Lei nº 12.952, de 20 de janeiro de 2014), em favor de diversos órgãos dos Poderes Judiciário e Executivo, da Defensoria Pública da União, do Ministério Público da União, do Conselho Nacional do Ministério Público e de Transferências a Estados, Distrito Federal e Municípios, crédito suplementar no valor de R$ 11.272.700.674,00 (onze bilhões, duzentos e setenta e dois milhões, setecentos mil, seiscentos e setenta e quatro reais), para atender à programação constante do Anexo I.
    Art. 2º  Os recursos necessários à abertura do crédito de que trata o art. 1º decorrem de:
    I - superávit financeiro apurado no balanço patrimonial do exercício de 2013, relativo a Recursos Ordinários, no valor de R$ 2.324.000,00 (dois milhões, trezentos e vinte e quatro mil reais); e
    II - anulação parcial de dotações orçamentárias, no valor de R$ 11.270.376.674,00 (onze bilhões, duzentos e setenta milhões, trezentos e setenta e seis mil, seiscentos e setenta e quatro reais), conforme indicado no Anexo II.
    Art. 3º  Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.
    Brasília, 3 de novembro de 2014; 193º da Independência e 126º da República.
    DILMA ROUSSEFF
    Miriam Belchior
    Este texto não substitui o publicado no DOU de 4.11.2014


    "http://www.planalto.gov.br/CCIVIL_03/_Ato2011-2014/2014/Dsn/Dsn14027.htm"

    Será? Será?

    Voltei de Cybertron só pra postar isso. Tem que significar algo... rs... convencido

    no caso do MPU, o anexo é gigante e péssimamente formatado, só consegui achar a parte referente a reajuste de auxílio alimentação e creche. Enfim, vai pagar o retroativo dos 41 reais.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 04 Nov 2014, 11:30 am

    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 04 Nov 2014, 11:34 am

    Khal Drogo
    Khal Drogo
    Administrador
    Administrador

    Cargo : Analista Judiciário
    Mensagens : 857
    Reputação : 62
    Data de inscrição : 22/01/2014
    Localização : Curitiba

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Khal Drogo Ter 04 Nov 2014, 11:40 am

    Vi nada relaciona a remuneração.

    Pra falar a verdade, entendi foi nada.

    JULIUS JR
    JULIUS JR
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 572
    Reputação : 34
    Data de inscrição : 01/09/2014

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por JULIUS JR Ter 04 Nov 2014, 11:43 am

    Maisquevencedor escreveu:Tabelas!!!!??? :nervoso:  :nervoso:  :nervoso:  :trollface:


    Optimus Prime escreveu:Presidência da República
    Casa Civil
    Subchefia para Assuntos Jurídicos

    DECRETO DE 3 DE NOVEMBRO DE 2014


    Abre aos Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União, em favor de diversos órgãos dos Poderes Judiciário e Executivo, da Defensoria Pública da União, do Ministério Público da União, do Conselho Nacional do Ministério Público e de Transferências a Estados, Distrito Federal e Municípios, crédito suplementar no valor de R$ 11.272.700.674,00, para reforço de dotações constantes da Lei Orçamentária vigente.

    A PRESIDENTA DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, caput, inciso IV, da Constituição, e tendo em vista as autorizações contidas no art. 4º, caput, inciso I, alínea “a”, inciso IV, alínea “c”, inciso VI, alíneas “a” e “b”, incisos XVI, XXI e XXIV, da Lei nº 12.952, de 20 de janeiro de 2014, e no § 2º do art. 38 da Lei nº 12.919, de 24 de dezembro de 2013,
    DECRETA:
    Art. 1º  Fica aberto aos Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União (Lei nº 12.952, de 20 de janeiro de 2014), em favor de diversos órgãos dos Poderes Judiciário e Executivo, da Defensoria Pública da União, do Ministério Público da União, do Conselho Nacional do Ministério Público e de Transferências a Estados, Distrito Federal e Municípios, crédito suplementar no valor de R$ 11.272.700.674,00 (onze bilhões, duzentos e setenta e dois milhões, setecentos mil, seiscentos e setenta e quatro reais), para atender à programação constante do Anexo I.
    Art. 2º  Os recursos necessários à abertura do crédito de que trata o art. 1º decorrem de:
    I - superávit financeiro apurado no balanço patrimonial do exercício de 2013, relativo a Recursos Ordinários, no valor de R$ 2.324.000,00 (dois milhões, trezentos e vinte e quatro mil reais); e
    II - anulação parcial de dotações orçamentárias, no valor de R$ 11.270.376.674,00 (onze bilhões, duzentos e setenta milhões, trezentos e setenta e seis mil, seiscentos e setenta e quatro reais), conforme indicado no Anexo II.
    Art. 3º  Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.
    Brasília, 3 de novembro de 2014; 193º da Independência e 126º da República.
    DILMA ROUSSEFF
    Miriam Belchior
    Este texto não substitui o publicado no DOU de 4.11.2014


    "http://www.planalto.gov.br/CCIVIL_03/_Ato2011-2014/2014/Dsn/Dsn14027.htm"
    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar esta imagem]
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 04 Nov 2014, 11:46 am

    Alvinegro de Coração escreveu:A reunião do Sina com o PGR está pré-agendada para amanhã no final da tarde, ocasião em que o PGR vai informar ao Sinasempu que... (completem à vontade)

    Abraços.

    ...que ele sabe das angústias da categoria, pois frequenta o fórum PCSJA com o nick MPT SP
    Alvinegro de Coração
    Alvinegro de Coração
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1540
    Reputação : 395
    Data de inscrição : 23/11/2010

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Alvinegro de Coração Ter 04 Nov 2014, 11:47 am

    Tá, é o seguinte: pelo que sei, semana passada houve reunião entre o PGR, o Lewando, a Miriam e o Gilberto Carvalho, Secretário-Geral da Presidência, se não me engano foi na quarta-feira. Foi falado sobre o MS, reajuste etc... É o que sei.

    Talvez esse decreto tenha relação com isso, sei lá. Eu, como vários aqui, tô de saco cheio desse negócio de reunião aqui, reunião ali, reunião que não acontece e me sinto enrolado, isso sim, mas vamos ver no que dá... O PGR está fechado, incomunicável, mas pode ser que ainda hoje tenhamos novidade, vou buscar informações. Qualquer coisa passo por aqui.

    Abraços.
    ptralhasnopoder
    ptralhasnopoder
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 659
    Reputação : 55
    Data de inscrição : 18/09/2014

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por ptralhasnopoder Ter 04 Nov 2014, 11:49 am

    Alvinegro de Coração escreveu:Tá, é o seguinte: pelo que sei, semana passada houve reunião entre o PGR, o Lewando, a Miriam e o Gilberto Carvalho, Secretário-Geral da Presidência, se não me engano foi na quarta-feira. Foi falado sobre o MS, reajuste etc... É o que sei.

    Talvez esse decreto tenha relação com isso, sei lá. Eu, como vários aqui, tô de saco cheio desse negócio de reunião aqui, reunião ali, reunião que não acontece e me sinto enrolado, isso sim, mas vamos ver no que dá... O PGR está fechado, incomunicável, mas pode ser que ainda hoje tenhamos novidade, vou buscar informações. Qualquer coisa passo por aqui.

    Abraços.

    Valeu garoto.
    Você é o cara.
    Cientista
    Cientista
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 44
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 04/11/2014

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Cientista Ter 04 Nov 2014, 11:50 am

    Apresentado relatório do PL 7920/14 com emenda do técnico de nível superior

    Na tarde de ontem (03/11), o deputado federal Roberto Policarpo (PT-DF) apresentou na Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público (CTASP) o relatório do PL 7920/14, projeto que trata da revisão salarial dos servidores do Poder Judiciário da União. O relator defendeu a aprovação do projeto para fazer estancar a constante evasão de funcionários que vêm preferindo outras carreiras mais valorizadas, essa situação, ressalta o relator, vem preocupando os gestores dos Tribunais, uma vez que é alta a rotatividade de servidores cujas perdas inflacionárias superam em mais de 40%.

    Durante sua tramitação, o PL 7920/14 recebeu 15 emendas, as emendas de 4 à 15 foram rejeitadas pelo relator, propondo o relator que fossem aglutinadas as emendas de 1 à 3. Uma das emendas mais importantes, e que foi acatada pelo relator, é a mudança do grau de escolaridade do técnico judiciário cujo ingresso passa a ser de nível superior. Nessa questão, o deputado frisou no seu relatório o que se pretende é apenas a alteração da exigência de escolaridade do cargo de técnico judiciário, não implicando, portanto, em alteração de atribuições ou outros aspectos do cargo.

    O projeto de lei consta na pauta da sessão da CTASP que ocorre nesta quarta-feira, dia 5, a partir das 10h. O Sinjufego estará presente acompanhando a sessão.

    Veja aqui o teor completo do relatório:

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]


    Última edição por Cientista em Ter 04 Nov 2014, 11:53 am, editado 1 vez(es)
    ptralhasnopoder
    ptralhasnopoder
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 659
    Reputação : 55
    Data de inscrição : 18/09/2014

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por ptralhasnopoder Ter 04 Nov 2014, 11:51 am

    MPT meu caro.
    Agora é com você.
    PAS_Jud.2011
    PAS_Jud.2011
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1197
    Reputação : 20
    Data de inscrição : 01/08/2011

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por PAS_Jud.2011 Ter 04 Nov 2014, 11:51 am

    josebarbos escreveu:
    josebarbos escreveu:Aqui está mais visível
    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]

    Do MPU está aqui
    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]

    Do supremo deve ser novos provimentos da FC pra todos gabinetes, alguns cargos do último concurso e diferenças trabalhistas merrecas do último aumento!

    Pra alguns demais aih vi que sairá, enfim, o aumento retroativo do coxinha e fraudinha nos patamares do q já recebem no STF!

    Sem aumento! Nda demais isso aih!
    MPF SP
    MPF SP
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Analista Administrativo
    Mensagens : 2150
    Reputação : 218
    Data de inscrição : 17/09/2014
    Idade : 32
    Localização : São Paulo

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por MPF SP Ter 04 Nov 2014, 11:52 am

    macfly escreveu:
    Galizezin escreveu:
    TRF1/MG escreveu:
    DeltaPF escreveu:
    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]

    Sindjus não vale nada, mas Anajus é um LIXO.

    Anajus = último biscoito do pacote


    SOU ANALISTA, SOU A FAVOR DO NÍVEL SUPERIOR PARA TÉCNICOS , MAS, JUNTAMENTE COM ISSO, SOU A FAVOR, PELO MENOS, DA APROVAÇÃO DA EMENDA QUE MUDA A NOMENCLATURA DE ANALISTAS PARA CONSULTORES JUDICIÁRIOS (AJAJ) E PARA GESTORES JUDICIÁRIOS ADMINISTRATIVOS (AJAA).

    TAMBÉM SOU CONTRA À EMENDA QUE SÓ DÁ AO ANALISTA AS FUNÇÕES. CLARO. ISSO É UM ABSURDO.



    AGORA, FICA NOTÓRIO QUE A CATEGORIA DE ANALISTA SÓ SE F... NAS MÃOS DOS SINDICATOS.

    ATÉ AGORA SÓ VI BENEFÍCIO PARA MOTORISTAS, SEGURANÇAS, OFICIAIS DE JUSTIÇA E, AGORA, TÉCNICOS. NÃO QUE NÃO MEREÇAM, MAS E PRA ANALISTAS....




    SÓ FERRO MESMO?

    Concordo em quase tudo, para mim se o cargo de analista permanecer o mesmo nome ok, o que eu gostaria era de um reajuste compatível com as atribuições que sou cobrado.
    kiel
    kiel
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 945
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 17/10/2010

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por kiel Ter 04 Nov 2014, 11:52 am

    O decreto diz respeito a crédito suplementar ao orçamento vigente (2014).
    Tem nada com a liminar da semana passada.
    Bart_subsidio
    Bart_subsidio
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2644
    Reputação : -60
    Data de inscrição : 13/04/2011

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Bart_subsidio Ter 04 Nov 2014, 11:55 am

    Alvinegro de Coração escreveu:Tá, é o seguinte: pelo que sei, semana passada houve reunião entre o PGR, o Lewando, a Miriam e o Gilberto Carvalho, Secretário-Geral da Presidência, se não me engano foi na quarta-feira. Foi falado sobre o MS, reajuste etc... É o que sei.

    Talvez esse decreto tenha relação com isso, sei lá. Eu, como vários aqui, tô de saco cheio desse negócio de reunião aqui, reunião ali, reunião que não acontece e me sinto enrolado, isso sim, mas vamos ver no que dá... O PGR está fechado, incomunicável, mas pode ser que ainda hoje tenhamos novidade, vou buscar informações. Qualquer coisa passo por aqui.

    Abraços.


    to só esperando "os novos sindicalistas" virem negar ou se explicar ou sei lá... aiai
    Denovo??
    Denovo??
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2139
    Reputação : 185
    Data de inscrição : 23/10/2014

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Denovo?? Ter 04 Nov 2014, 12:04 pm

    Já colaram aqui, várias vezes, decretos abrindo crédito suplementar.
    Crédito suplementar é pra custear despesas vigentes. Nunca será para custear projetos de lei que estão tramitando. Para essas, será aprovada dotação orçamentária, não crédito suplementar.
    MPF SP
    MPF SP
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Analista Administrativo
    Mensagens : 2150
    Reputação : 218
    Data de inscrição : 17/09/2014
    Idade : 32
    Localização : São Paulo

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por MPF SP Ter 04 Nov 2014, 12:05 pm

    Alvinegro de Coração escreveu:Tá, é o seguinte: pelo que sei, semana passada houve reunião entre o PGR, o Lewando, a Miriam e o Gilberto Carvalho, Secretário-Geral da Presidência, se não me engano foi na quarta-feira. Foi falado sobre o MS, reajuste etc... É o que sei.

    Talvez esse decreto tenha relação com isso, sei lá. Eu, como vários aqui, tô de saco cheio desse negócio de reunião aqui, reunião ali, reunião que não acontece e me sinto enrolado, isso sim, mas vamos ver no que dá... O PGR está fechado, incomunicável, mas pode ser que ainda hoje tenhamos novidade, vou buscar informações. Qualquer coisa passo por aqui.

    Abraços.

    Vlws meu caro, como sempre informações precisas.
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7833
    Reputação : 593
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Galizezin Ter 04 Nov 2014, 12:28 pm

    Alvinegro de Coração escreveu:Tá, é o seguinte: pelo que sei, semana passada houve reunião entre o PGR, o Lewando, a Miriam e o Gilberto Carvalho, Secretário-Geral da Presidência, se não me engano foi na quarta-feira. Foi falado sobre o MS, reajuste etc... É o que sei.

    Talvez esse decreto tenha relação com isso, sei lá. Eu, como vários aqui, tô de saco cheio desse negócio de reunião aqui, reunião ali, reunião que não acontece e me sinto enrolado, isso sim, mas vamos ver no que dá... O PGR está fechado, incomunicável, mas pode ser que ainda hoje tenhamos novidade, vou buscar informações. Qualquer coisa passo por aqui.

    Abraços.

    Pode ser a luz no fim do túnel!


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    Dr Causídico
    Dr Causídico
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 892
    Reputação : 5
    Data de inscrição : 07/07/2010

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Dr Causídico Ter 04 Nov 2014, 12:36 pm

    Denovo?? escreveu:Já colaram aqui, várias vezes, decretos abrindo crédito suplementar.
    Crédito suplementar é pra custear despesas vigentes. Nunca será para custear projetos de lei que estão tramitando. Para essas, será aprovada dotação orçamentária, não crédito suplementar.


    Exatamente! Ao que me consta, esse crédito extra é para pagar débitos remanescentes (aumento do vale-coxinha e afins).
    RVMS
    RVMS
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1355
    Reputação : 47
    Data de inscrição : 29/07/2011

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por RVMS Ter 04 Nov 2014, 12:38 pm

    Dr Causídico escreveu:
    Denovo?? escreveu:Já colaram aqui, várias vezes, decretos abrindo crédito suplementar.
    Crédito suplementar é pra custear despesas vigentes. Nunca será para custear projetos de lei que estão tramitando. Para essas, será aprovada dotação orçamentária, não crédito suplementar.


    Exatamente! Ao que me consta, esse crédito extra é para pagar débitos remanescentes (aumento do vale-coxinha e afins).

    No MPU expressamente vai pro coxinha e creche. Os que não possuem designação expressa, creio que servirão para pagar passivos, notadamente dos Procuradores (minha mansão minha vida, ajudas de custo, PAE etc).
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Ter 04 Nov 2014, 12:47 pm

    RVMS escreveu:
    Dr Causídico escreveu:
    Denovo?? escreveu:Já colaram aqui, várias vezes, decretos abrindo crédito suplementar.
    Crédito suplementar é pra custear despesas vigentes. Nunca será para custear projetos de lei que estão tramitando. Para essas, será aprovada dotação orçamentária, não crédito suplementar.


    Exatamente! Ao que me consta, esse crédito extra é para pagar débitos remanescentes (aumento do vale-coxinha e afins).

    No MPU expressamente vai pro coxinha e creche. Os que não possuem designação expressa, creio que servirão para pagar passivos, notadamente dos Procuradores (minha mansão minha vida, ajudas de custo, PAE etc).

    No MPU, qualquer reforço abaixo de 300 milhões muito provavelmente é para pagar passivo, até ordem em contrário.
    avatar
    TRF1/MG
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 4844
    Reputação : 314
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por TRF1/MG Ter 04 Nov 2014, 12:49 pm

    Bart_subsidio escreveu:
    Alvinegro de Coração escreveu:Tá, é o seguinte: pelo que sei, semana passada houve reunião entre o PGR, o Lewando, a Miriam e o Gilberto Carvalho, Secretário-Geral da Presidência, se não me engano foi na quarta-feira. Foi falado sobre o MS, reajuste etc... É o que sei.

    Talvez esse decreto tenha relação com isso, sei lá. Eu, como vários aqui, tô de saco cheio desse negócio de reunião aqui, reunião ali, reunião que não acontece e me sinto enrolado, isso sim, mas vamos ver no que dá... O PGR está fechado, incomunicável, mas pode ser que ainda hoje tenhamos novidade, vou buscar informações. Qualquer coisa passo por aqui.

    Abraços.


    to só esperando "os novos sindicalistas" virem negar ou se explicar ou sei lá... aiai

    Não so novo e nem velho sindicalista, de sindicalista quero distância. Mas veja que postei antes, veja a parte em destaque:


    Vou explicar tudo que sei detalhadamente, para não gerar dúvidas. Repito, torço muito para que não se concretize: minha fonte é um Juiz Federal, amigo de muito tempo, que teve acesso aos negociadores por parte do STF, gente de confiança, que já foi servidor, daqueles raros juízes que ainda tem alguma preocupação com os servidores. O governo e STF já acertaram que sai o aumento dos juízes, ainda negociam parcelamento, data de início, etc, mas o deles sai. O nosso foi colocado no bolo geral dos servidores, vai ser o mesmo percentual a ser oferecido para todos. Ainda não tem o valor. A ideia do governo é pagar a partir de 2016. O nosso, nada impede que seja antecipado para julho/15, por exemplo, mas sempre dentro do mesmo percentual de todos os servidores públicos federais. Situação pode mudar? Pode, mas com uma grande greve. Como uma grande greve não vai sair, o cenário é esse mesmo. A intenção do STF é deixar sinal que a negociação está em andamento e nos cozinhar até o próximo ano, e estão conseguindo. Isso é tudo que sei, esses são os detalhes. Isso foi passado a mais ou menos uns 10 dias antes das eleições, antes mesmo de reuniões anunciadas por todos, e parece que está se confirmando. Eu não estou trollando, posso até estar sendo trollado, mas passei tudo que sei.

    Haverá ainda reuniões, só para fechar a parte deles... já a nossa. Simples assim.
    Correr Atrás
    Correr Atrás
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : ANALISTA
    Mensagens : 1472
    Reputação : 103
    Data de inscrição : 06/07/2010
    Localização : RIO DE JANEIRO

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Correr Atrás Ter 04 Nov 2014, 12:51 pm

    josebarbos escreveu:
    RVMS escreveu:
    Dr Causídico escreveu:
    Denovo?? escreveu:Já colaram aqui, várias vezes, decretos abrindo crédito suplementar.
    Crédito suplementar é pra custear despesas vigentes. Nunca será para custear projetos de lei que estão tramitando. Para essas, será aprovada dotação orçamentária, não crédito suplementar.


    Exatamente! Ao que me consta, esse crédito extra é para pagar débitos remanescentes (aumento do vale-coxinha e afins).

    No MPU expressamente vai pro coxinha e creche. Os que não possuem designação expressa, creio que servirão para pagar passivos, notadamente dos Procuradores (minha mansão minha vida, ajudas de custo, PAE etc).

    No MPU, qualquer reforço abaixo de 300 milhões muito provavelmente é para pagar passivo, até ordem em contrário.

    Não entendi por que abriram crédito suplementar de mais de 11 bilhões para este ano?
    Anaju99
    Anaju99
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Analista Judiciário
    Mensagens : 560
    Reputação : 4
    Data de inscrição : 25/08/2011
    Idade : 53
    Localização : Porto Alegre

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Anaju99 Ter 04 Nov 2014, 12:52 pm

    Alvinegro de Coração escreveu:Tá, é o seguinte: pelo que sei, semana passada houve reunião entre o PGR, o Lewando, a Miriam e o Gilberto Carvalho, Secretário-Geral da Presidência, se não me engano foi na quarta-feira. Foi falado sobre o MS, reajuste etc... É o que sei.

    Talvez esse decreto tenha relação com isso, sei lá. Eu, como vários aqui, tô de saco cheio desse negócio de reunião aqui, reunião ali, reunião que não acontece e me sinto enrolado, isso sim, mas vamos ver no que dá... O PGR está fechado, incomunicável, mas pode ser que ainda hoje tenhamos novidade, vou buscar informações. Qualquer coisa passo por aqui.

    Abraços.

    Primeiro, tal informação afasta a hipótese de que não houve reunião e que não há negociação. Não significa que há ou houve proposta formal.
    Segundo, se há reunião e negociação sem participação e informação ao sindicato é porque, exatamente, sua presença e ciência pode atrapalhar.
    Terceiro, é notório que o impacto financeiro é prejudicial ao reajuste. Ainda, que é preferência do PEX a GD e, até, de alguns ministros do STF.
    Diante dessas três premissas, pode-se concluir que o caminho trabalhado para nosso reajuste dá-se com alguma mudança da situação atual.
    Claro que há outros fatores, como a resistência do PEX em conceder reajuste e dos sindicatos em aceitar mudanças, mas tais fatores apenas reforçam a necessidade das negociação ocorrerem de forma mais discreta possível. Sem falar na opinião pública e a mídia, sempre desfavoráveis.

    Particularmente, sigo otimista.
    RVMS
    RVMS
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1355
    Reputação : 47
    Data de inscrição : 29/07/2011

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por RVMS Ter 04 Nov 2014, 12:55 pm

    Correr Atrás escreveu:
    josebarbos escreveu:
    RVMS escreveu:
    Dr Causídico escreveu:


    Exatamente! Ao que me consta, esse crédito extra é para pagar débitos remanescentes (aumento do vale-coxinha e afins).

    No MPU expressamente vai pro coxinha e creche. Os que não possuem designação expressa, creio que servirão para pagar passivos, notadamente dos Procuradores (minha mansão minha vida, ajudas de custo, PAE etc).

    No MPU, qualquer reforço abaixo de 300 milhões muito provavelmente é para pagar passivo, até ordem em contrário.

    Não entendi por que abriram crédito suplementar de mais de 11 bilhões para este ano?

    11 bilhões para inúmeros órgãos, dentre os quais o MPU.
    Anaju99
    Anaju99
    Usuário Master
    Usuário Master

    Cargo : Analista Judiciário
    Mensagens : 560
    Reputação : 4
    Data de inscrição : 25/08/2011
    Idade : 53
    Localização : Porto Alegre

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Anaju99 Ter 04 Nov 2014, 12:57 pm

    MPT SP escreveu:
    MPUísta escreveu:
    MPT SP escreveu:Se não houver reposição a culpa será exclusiva do sindicato!

    Nossos chefes (inclusive o Lauro) estão empenhados .

    Arrow
    Fale mais sobre isso colega: os sindicatos teriam alguma condição de impedir a tramitação dos PLs 7919 e 7920, caso Lewando e Janot realmente se empenhem para que sejam aprovados?


    Esses pls sem vícios foi uma forma de "forçar" uma negociação.

    O que está sendo debatido é como isso irá será pago e como todos somos cientes que a grande mairoria dos que os representam sao contra a mudança, concluo que preferem o nada, afinal o limite do teto irá aumentar.


    Só reforçando
    diogofis
    diogofis
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Cargo : Analista Judiciário
    Mensagens : 300
    Reputação : 5
    Data de inscrição : 06/07/2010
    Idade : 36
    Localização : Goiânia

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por diogofis Ter 04 Nov 2014, 1:18 pm

    Eu sempre interpreto um boato à luz dos acontecimentos, tentando contextualizá-lo. Para mim o post do camarada com um amigo no Ministério da Fazenda e do colega TRF1 são totalmente coerentes com nosso momento, são alinhados com o diálogo do governo, com a situação financeira do país, com o passar das eleições, com o que a população pensa de nós. Infelizmente é isso, vão nos enrolar e colocar no carreirão. Só teremos aumentos juntamente com as demais categorias, escrevam isso. E o dos juízes e deputados sairá, escrevam isso também!
    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8806
    Reputação : 248
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por darkshi Ter 04 Nov 2014, 1:23 pm

    RVMS escreveu:
    Correr Atrás escreveu:
    josebarbos escreveu:
    RVMS escreveu:

    No MPU expressamente vai pro coxinha e creche. Os que não possuem designação expressa, creio que servirão para pagar passivos, notadamente dos Procuradores (minha mansão minha vida, ajudas de custo, PAE etc).

    No MPU, qualquer reforço abaixo de 300 milhões muito provavelmente é para pagar passivo, até ordem em contrário.

    Não entendi por que abriram crédito suplementar de mais de 11 bilhões para este ano?

    11 bilhões para inúmeros órgãos, dentre os quais o MPU.

    11 bilhões não é o custo do nosso Mamute 2.0?
    Denovo??
    Denovo??
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2139
    Reputação : 185
    Data de inscrição : 23/10/2014

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Denovo?? Ter 04 Nov 2014, 1:26 pm

    Parabéns!

    diogofis escreveu:Eu sempre interpreto um boato à luz dos acontecimentos, tentando contextualizá-lo. Para mim o post do camarada com um amigo no Ministério da Fazenda e do colega TRF1 são totalmente coerentes com nosso momento, são alinhados com o diálogo do governo, com a situação financeira do país, com o passar das eleições, com o que a população pensa de nós. Infelizmente é isso, vão nos enrolar e colocar no carreirão. Só teremos aumentos juntamente com as demais categorias, escrevam isso. E o dos juízes e deputados sairá, escrevam isso também!
    Rengaw
    Rengaw
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 717
    Reputação : 45
    Data de inscrição : 26/08/2014

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Rengaw Ter 04 Nov 2014, 1:26 pm

    Del Piero escreveu:
    macfly escreveu:
    Optimus Prime escreveu:Presidência da República
    Casa Civil
    Subchefia para Assuntos Jurídicos

    DECRETO DE 3 DE NOVEMBRO DE 2014


    Abre aos Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União, em favor de diversos órgãos dos Poderes Judiciário e Executivo, da Defensoria Pública da União, do Ministério Público da União, do Conselho Nacional do Ministério Público e de Transferências a Estados, Distrito Federal e Municípios, crédito suplementar no valor de R$ 11.272.700.674,00, para reforço de dotações constantes da Lei Orçamentária vigente.

    A PRESIDENTA DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que lhe confere o art. 84, caput, inciso IV, da Constituição, e tendo em vista as autorizações contidas no art. 4º, caput, inciso I, alínea “a”, inciso IV, alínea “c”, inciso VI, alíneas “a” e “b”, incisos XVI, XXI e XXIV, da Lei nº 12.952, de 20 de janeiro de 2014, e no § 2º do art. 38 da Lei nº 12.919, de 24 de dezembro de 2013,
    DECRETA:
    Art. 1º  Fica aberto aos Orçamentos Fiscal e da Seguridade Social da União (Lei nº 12.952, de 20 de janeiro de 2014), em favor de diversos órgãos dos Poderes Judiciário e Executivo, da Defensoria Pública da União, do Ministério Público da União, do Conselho Nacional do Ministério Público e de Transferências a Estados, Distrito Federal e Municípios, crédito suplementar no valor de R$ 11.272.700.674,00 (onze bilhões, duzentos e setenta e dois milhões, setecentos mil, seiscentos e setenta e quatro reais), para atender à programação constante do Anexo I.
    Art. 2º  Os recursos necessários à abertura do crédito de que trata o art. 1º decorrem de:
    I - superávit financeiro apurado no balanço patrimonial do exercício de 2013, relativo a Recursos Ordinários, no valor de R$ 2.324.000,00 (dois milhões, trezentos e vinte e quatro mil reais); e
    II - anulação parcial de dotações orçamentárias, no valor de R$ 11.270.376.674,00 (onze bilhões, duzentos e setenta milhões, trezentos e setenta e seis mil, seiscentos e setenta e quatro reais), conforme indicado no Anexo II.
    Art. 3º  Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação.
    Brasília, 3 de novembro de 2014; 193º da Independência e 126º da República.
    DILMA ROUSSEFF
    Miriam Belchior
    Este texto não substitui o publicado no DOU de 4.11.2014


    "http://www.planalto.gov.br/CCIVIL_03/_Ato2011-2014/2014/Dsn/Dsn14027.htm"


    ALGUÉM TRADUZ AÍ?

    É O CUMPRIMENTO DA LIMINAR?

    É TETRA ? What a Face

    Infelizmente não meu amigo. Eu trabalho no orçamento do meu tribunal e sei que este valor é para cobrir despesas com auxilio alimentação e pré escolar até o final do ano e o pior: ainda não mandaram o valor completo para suprir as despesas com assistência médica....nunca demorou tanto assim....está sinistro!!!
    RVMS
    RVMS
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1355
    Reputação : 47
    Data de inscrição : 29/07/2011

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por RVMS Ter 04 Nov 2014, 1:26 pm

    josebarbos escreveu:
    RVMS escreveu:
    Dr Causídico escreveu:
    Denovo?? escreveu:Já colaram aqui, várias vezes, decretos abrindo crédito suplementar.
    Crédito suplementar é pra custear despesas vigentes. Nunca será para custear projetos de lei que estão tramitando. Para essas, será aprovada dotação orçamentária, não crédito suplementar.


    Exatamente! Ao que me consta, esse crédito extra é para pagar débitos remanescentes (aumento do vale-coxinha e afins).

    No MPU expressamente vai pro coxinha e creche. Os que não possuem designação expressa, creio que servirão para pagar passivos, notadamente dos Procuradores (minha mansão minha vida, ajudas de custo, PAE etc).

    No MPU, qualquer reforço abaixo de 300 milhões muito provavelmente é para pagar passivo, até ordem em contrário.

    Jose, esse "pagamento de pessoal ativo da União" no patamar de 11 milhões seria só de passivo, ou reforço para o moradia? Dá pra saber o que seria isso? Os demais acho que são expressos do vale coxinha e creche e custeio da previdência.

    Conteúdo patrocinado

    Tópico Geral Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Seg 06 Dez 2021, 10:25 pm