PCS JÁ

PCS JÁ



    Tópico Geral

    SJA
    SJA
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 349
    Reputação : 23
    Data de inscrição : 27/04/2011

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por SJA Qui 13 Nov 2014, 10:48 am

    Galizezin escreveu:
    SJA escreveu:
    Galizezin escreveu:
    SJA escreveu:

    Então sua revolta não é com os sindicatos, mas com os colegas que nada fazem para mudar a situação institucionalizada.

    Eles são o sindicato. E hoje, não nos resta outra opção senão uma virada de mesa radical, que duvido muito irá acontecer, ou o fechamento das portas por falência em razão da ausência de contribuintes. Razão? Durante o governo PT sindicatos fingirão que lutam por servidores, mas são servos obedientes da demônio. Não custeio quem se vende para o inimigo! Quando o PSDB retornar ao poder a gente abre as portas novamente.

    Se você não crê na tomada dos sindicatos pelas razões que apresentou, por que cargas d'água uma desfiliação em massa seria possível?

    Muita gente se sindicaliza por ingenuidade. Acha que é defendido, mas a realidade é outra. A retórica dessa gente é a mesma dos políticos. Se vc conseguir abrir os olhos de bastante gente é possível afetar o caixa. E sem caixa voarão como galinhas. Quem sabe assim eles aprendem a defender que os mantém!

    Então, por que você não canaliza essa sua energia para convencer esses mesmos colegas que você quer de se desfiliem a votarem em uma chapa de oposição à existente?
    avatar
    PJHUUUUuuuuu
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Trampolim
    Mensagens : 3874
    Reputação : 14
    Data de inscrição : 20/05/2011

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por PJHUUUUuuuuu Qui 13 Nov 2014, 10:49 am

    Servidores do Judiciário do Rio vão unidos para ampliada da Fenajufe

    Max Leone e Tais Faccioli*

    A unidade marcará a participação do Rio na reunião Ampliada da Fenajufe no próximo dia 30, em Brasília. Em assembleia que ocorreu nesta quarta-feira (12/11), em frente à Justiça Federal Rio Branco, a categoria elegeu a bancada que representará o funcionalismo do estado no encontro da federação. Os 11 delegados à ampliada foram escolhidos em chapa única. A Ampliada discutirá os desdobramentos da campanha salarial de 2014, a intensificação da mobilização pela aprovação do PL 7.920/2014 e as estratégias de luta para 2015. Também estão em pauta o Projeto de Lei da Gratificação Eleitoral (Grael) e os encaminhamentos do II Seminário Nacional da Fenajufe sobre saúde e PJe.

    Os delegados da bancada do Rio foram eleitos por unanimidade: 51 votos a favor, nenhum contra e apenas uma abstenção. “O PL 7.920 está na Comissão de Finanças e Tributação (CFT) da Câmara dos Deputados e a categoria precisa continuar a mobilização para que o projeto avance”, convocou Roberto Ponciano, representante de base do Sisejufe e coordenador da Fenajufe.

    O líder sindical informou que o PL 7.920 é uma cópia fiel do antigo PL 6.613, mas com previsão de parcelamento do reajuste. E lembrou que o Sisejufe foi a entidade responsável pelos estudos de viabilidade do projeto de aumento salarial que está em tramitação no Congresso.

    “Não é o melhor projeto, mas é o projeto da realidade. Foi pensado para cobrir minimamente nossas perdas salariais”, ressaltou Ponciano.

    Na assembleia, os servidores também votaram moções de repúdio ao juiz João Carlos de Souza Correa e de apoio à agente de trânsito do Detran-RJ Luciana Silva Tamburini, que foi condenada a indenizar o magistrado em R$ 5 mil, por danos morais. Em fevereiro de 2011, Luciana trabalhava na Operação Lei Seca no Leblon, Zona Sul do Rio, quando o juiz foi abordado em uma blitz. Como o carro dele estava sem placa e ele sem seus documentos, ela informou que o veículo seria rebocado. A Justiça Fluminense entendeu que a servidora agiu com abuso de poder ao dizer que ‘juiz não é Deus.’

    A categoria também aprovou moção de repúdio à atitude da Anajus, que colocou em risco a aprovação do PL 7.920 na Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público (CTASP) da Câmara, na quinta-feira passada (6/11).



    *Da Redação



    Confira a lista de delegados escolhidos para reunião ampliada da Fenajufe:

    Alexandre Graciano dos Santos

    Amadenison Vieira Ramos

    Amaro das Grassas Faustino

    Carlos Eduardo Lemos Nani

    Célia Mara Lima Latini

    Edson Mouta Vasconcelos

    Fernanda Estevão Picorelli

    João Souza da Cunha

    Ricardo de Azevedo Soares

    Ronaldo Almeida das Virgens

    Soraia Garcia Marca





    Suplentes:

    Gerson Ribeiro da Silva

    Ildaci Gomes Fernandes

    Marilene de Fátima dos Santos

    Ricardo Soares Valverde

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]
    Subsidiado
    Subsidiado
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2425
    Reputação : 60
    Data de inscrição : 06/07/2010
    Localização : FPolis

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Subsidiado Qui 13 Nov 2014, 10:51 am

    Subsidiado escreveu:1. Para o Executivo, é zero.

    2. Quem poderia obrigar o Executivo a mudar de posicionamento é o Judiciário. Mas isso é carta fora do baralho, pois nossos chefes de poder foram escolhidos a dedo pelo PT.

    3. Para aprovar sem o Executivo mudar de ideia, só com um legislativo muito do nosso lado. Algo ainda muito distante, mas realmente esse vem sendo o melhor momento (oposição querendo marcar espaço) dos últimos 12 anos.

    4. Claro que é muito mais fácil marcar posição aprovando só aumento para os membros e para os seus próprios vencimentos (deputados / senadores). Dão um tapa na cara do executivo e colocam um dinheiro no bolso. Não precisam agradar servidor nenhum.

    5. Mas o requerimento de urgência dá uma leve esperança de pelo menos sobrar alguma migalha para os chinelos. Obviamente em índice bem menor. Muito provavelmente só a partir de 2016.

    6. Alguém sabe se o 6613, em algum momento da sua longa trajetória, chegou a ter tal requerimento? Tentarei pesquisar isso em seguida.

    Não. O requerimento não quer dizer nada mesmo. Não dá nenhuma obrigação para a matéria ser apreciada rapidamente.

    O 6613 desde 2010 tem inúmeros desses pedidos em plenário. Inclusive há pedidos de inclusão na ordem do dia, para votação. E o resultado todos sabem...

    É só mais uma enrolação mesmo.

    Estamos f.... e MAL PAGOS.
    SJA
    SJA
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 349
    Reputação : 23
    Data de inscrição : 27/04/2011

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por SJA Qui 13 Nov 2014, 10:53 am

    Pela 1ª vez, Lewandowski diz que reajuste pode sair só para juízes
    Ministro diz que procurará Miriam Belchior para tentar negociação para todos, mas vê risco de Congresso só aprovar PL de juízes; servidores contestam

    Duas semanas após as eleições, o tom da conversa e da avaliação do ministro Ricardo Lewandowski sobre o reajuste salarial mudou. Pela primeira vez, o presidente do Supremo Tribunal Federal disse aos servidores ser possível que apenas os projetos salariais de juízes e procuradores sejam aprovados no Congresso Nacional.

    O ministro conversou por cerca de dez minutos com representantes sindicais da categoria no intervalo de uma das mesas do VIII Encontro do Poder Judiciário, em Florianópolis (SC), nesta terça-feira (11). Ao mencionar o risco de os servidores ficarem de fora, Lewandowski disse que isso poderia acontecer por conta de um interesse dos parlamentares em aumentar o subsídio dos ministros do STF – que define o teto da remuneração dos próprios deputados, senadores e ministros de Estado. “Retrucamos que ele deve manter compromisso de isonomia e tratamento conjunto e que a concessão só para juízes causaria enorme insatisfação na categoria”, relata Tarcísio Ferreira, diretor da Fenajufe (Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário Federal e MPU) e um dos que conversou com o ministro. Também participaram os coordenadores da federação Eugênia Lacerda, Cledo Vieira e João Batista.

    O presidente do STF afirmou, no entanto, que não desistiu de buscar a negociação e que defende uma solução igualitária para juízes e servidores – em momento algum, porém, disse que não permitiria aumento só para magistrados. Revelou que na prática as negociações não estão acontecendo ao se queixar que o tribunal tenta falar sem sucesso há uma semana com o secretário de Relações do Trabalho do Ministério do Planejamento, Sérgio Mendonça, incumbido pelo governo de tratar do assunto com o Judiciário e o MPU. Afirmou que agora irá pessoalmente buscar uma nova conversa com a ministra do Planejamento, Miriam Belchior. Não sinalizou, porém, quando isso ocorreria.

    STF fala em mais parcelas

    Segundo Lewandowski, o diretor-geral do STF, Amarildo Vieira, estuda alterações no projeto para ‘facilitar’ a negociação. Tais mudanças não foram negociadas com a federação nacional – o ministro disse para os servidores procurarem Amarildo para avaliar se concordam ou não com a versão do projeto que está sendo preparada. Elas seriam focadas num parcelamento maior da proposta em quatro ou cinco anos e em possível rebaixamento do impacto em 2015.

    Nem em termos como esses, porém, demonstrou confiança de haver boas perspectivas de avanços. Chamou atenção o fato de o ministro, como nos demais encontros com os servidores, não ter feito uma única referência ao corte orçamentário e à quebra da autonomia entre os poderes por parte do governo Dilma Rousseff (PT). Ao se negar a ir para o confronto com o governo, Lewandowski se afasta dos servidores – que fazem reunião ampliada da federação nacional no dia 30 de novembro tendo como desafio preparar um novo calendário de mobilizações contra o congelamento salarial e a eventual articulação de uma saída que só vê inflação e perda de poder de compra para os do andar de cima.
    Dr Causídico
    Dr Causídico
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 892
    Reputação : 5
    Data de inscrição : 07/07/2010

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Dr Causídico Qui 13 Nov 2014, 10:54 am

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar esta imagem]
    embuscadeaumento
    embuscadeaumento
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2790
    Reputação : 54
    Data de inscrição : 05/07/2011

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por embuscadeaumento Qui 13 Nov 2014, 10:54 am

    TOMEMMMM
    embuscadeaumento
    embuscadeaumento
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2790
    Reputação : 54
    Data de inscrição : 05/07/2011

    Tópico Geral - Página 13 Empty AUMENTO

    Mensagem por embuscadeaumento Qui 13 Nov 2014, 10:56 am

    SJA escreveu:Pela 1ª vez, Lewandowski diz que reajuste pode sair só para juízes
    Ministro diz que procurará Miriam Belchior para tentar negociação para todos, mas vê risco de Congresso só aprovar PL de juízes; servidores contestam

    Duas semanas após as eleições, o tom da conversa e da avaliação do ministro Ricardo Lewandowski sobre o reajuste salarial mudou. Pela primeira vez, o presidente do Supremo Tribunal Federal disse aos servidores ser possível que apenas os projetos salariais de juízes e procuradores sejam aprovados no Congresso Nacional.

    O ministro conversou por cerca de dez minutos com representantes sindicais da categoria no intervalo de uma das mesas do VIII Encontro do Poder Judiciário, em Florianópolis (SC), nesta terça-feira (11). Ao mencionar o risco de os servidores ficarem de fora, Lewandowski disse que isso poderia acontecer por conta de um interesse dos parlamentares em aumentar o subsídio dos ministros do STF – que define o teto da remuneração dos próprios deputados, senadores e ministros de Estado. “Retrucamos que ele deve manter compromisso de isonomia e tratamento conjunto e que a concessão só para juízes causaria enorme insatisfação na categoria”, relata Tarcísio Ferreira, diretor da Fenajufe (Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário Federal e MPU) e um dos que conversou com o ministro. Também participaram os coordenadores da federação Eugênia Lacerda, Cledo Vieira e João Batista.

    O presidente do STF afirmou, no entanto, que não desistiu de buscar a negociação e que defende uma solução igualitária para juízes e servidores – em momento algum, porém, disse que não permitiria aumento só para magistrados. Revelou que na prática as negociações não estão acontecendo ao se queixar que o tribunal tenta falar sem sucesso há uma semana com o secretário de Relações do Trabalho do Ministério do Planejamento, Sérgio Mendonça, incumbido pelo governo de tratar do assunto com o Judiciário e o MPU. Afirmou que agora irá pessoalmente buscar uma nova conversa com a ministra do Planejamento, Miriam Belchior. Não sinalizou, porém, quando isso ocorreria.

    STF fala em mais parcelas

    Segundo Lewandowski, o diretor-geral do STF, Amarildo Vieira, estuda alterações no projeto para ‘facilitar’ a negociação. Tais mudanças não foram negociadas com a federação nacional – o ministro disse para os servidores procurarem Amarildo para avaliar se concordam ou não com a versão do projeto que está sendo preparada. Elas seriam focadas num parcelamento maior da proposta em quatro ou cinco anos e em possível rebaixamento do impacto em 2015.

    Nem em termos como esses, porém, demonstrou confiança de haver boas perspectivas de avanços. Chamou atenção o fato de o ministro, como nos demais encontros com os servidores, não ter feito uma única referência ao corte orçamentário e à quebra da autonomia entre os poderes por parte do governo Dilma Rousseff (PT). Ao se negar a ir para o confronto com o governo, Lewandowski se afasta dos servidores – que fazem reunião ampliada da federação nacional no dia 30 de novembro tendo como desafio preparar um novo calendário de mobilizações contra o congelamento salarial e a eventual articulação de uma saída que só vê inflação e perda de poder de compra para os do andar de cima.
    avatar
    Judiciário
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1520
    Reputação : 24
    Data de inscrição : 07/07/2010
    Idade : 50

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Judiciário Qui 13 Nov 2014, 10:56 am

    Subsidiado escreveu:
    Subsidiado escreveu:1. Para o Executivo, é zero.

    2. Quem poderia obrigar o Executivo a mudar de posicionamento é o Judiciário. Mas isso é carta fora do baralho, pois nossos chefes de poder foram escolhidos a dedo pelo PT.

    3. Para aprovar sem o Executivo mudar de ideia, só com um legislativo muito do nosso lado. Algo ainda muito distante, mas realmente esse vem sendo o melhor momento (oposição querendo marcar espaço) dos últimos 12 anos.

    4. Claro que é muito mais fácil marcar posição aprovando só aumento para os membros e para os seus próprios vencimentos (deputados / senadores). Dão um tapa na cara do executivo e colocam um dinheiro no bolso. Não precisam agradar servidor nenhum.

    5. Mas o requerimento de urgência dá uma leve esperança de pelo menos sobrar alguma migalha para os chinelos. Obviamente em índice bem menor. Muito provavelmente só a partir de 2016.

    6. Alguém sabe se o 6613, em algum momento da sua longa trajetória, chegou a ter tal requerimento? Tentarei pesquisar isso em seguida.

    Não. O requerimento não quer dizer nada mesmo. Não dá nenhuma obrigação para a matéria ser apreciada rapidamente.

    O 6613 desde 2010 tem inúmeros desses pedidos em plenário. Inclusive há pedidos de inclusão na ordem do dia, para votação. E o resultado todos sabem...

    É só mais uma enrolação mesmo.

    Estamos f.... e MAL PAGOS.

    Você está correto.

    Teve o mesmo pedido de urgência no dia 04.12.2010, porém não foi apreciado, ou seja, requerimento sem apreciação é o mesmo de NADA.
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7912
    Reputação : 617
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Galizezin Qui 13 Nov 2014, 10:57 am

    SJA escreveu:
    Galizezin escreveu:
    SJA escreveu:
    Galizezin escreveu:

    Eles são o sindicato. E hoje, não nos resta outra opção senão uma virada de mesa radical, que duvido muito irá acontecer, ou o fechamento das portas por falência em razão da ausência de contribuintes. Razão? Durante o governo PT sindicatos fingirão que lutam por servidores, mas são servos obedientes da demônio. Não custeio quem se vende para o inimigo! Quando o PSDB retornar ao poder a gente abre as portas novamente.

    Se você não crê na tomada dos sindicatos pelas razões que apresentou, por que cargas d'água uma desfiliação em massa seria possível?

    Muita gente se sindicaliza por ingenuidade. Acha que é defendido, mas a realidade é outra. A retórica dessa gente é a mesma dos políticos. Se vc conseguir abrir os olhos de bastante gente é possível afetar o caixa. E sem caixa voarão como galinhas. Quem sabe assim eles aprendem a defender que os mantém!

    Então, por que você não canaliza essa sua energia para convencer esses mesmos colegas que você quer de se desfiliem a votarem em uma chapa de oposição à existente?

    Como já disse, não cheguei a essa conclusão da noite para o dia. Já são mais de 5 anos com essa promessa de tomada dos sindicatos, e nada. Quando me perguntam sobre filiação sindical eu respondo: economize essa grana!


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    diegowfcp
    diegowfcp
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : AJAJ
    Mensagens : 1798
    Reputação : 79
    Data de inscrição : 01/09/2014

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por diegowfcp Qui 13 Nov 2014, 10:58 am

    Judiciário escreveu:
    Subsidiado escreveu:
    Subsidiado escreveu:1. Para o Executivo, é zero.

    2. Quem poderia obrigar o Executivo a mudar de posicionamento é o Judiciário. Mas isso é carta fora do baralho, pois nossos chefes de poder foram escolhidos a dedo pelo PT.

    3. Para aprovar sem o Executivo mudar de ideia, só com um legislativo muito do nosso lado. Algo ainda muito distante, mas realmente esse vem sendo o melhor momento (oposição querendo marcar espaço) dos últimos 12 anos.

    4. Claro que é muito mais fácil marcar posição aprovando só aumento para os membros e para os seus próprios vencimentos (deputados / senadores). Dão um tapa na cara do executivo e colocam um dinheiro no bolso. Não precisam agradar servidor nenhum.

    5. Mas o requerimento de urgência dá uma leve esperança de pelo menos sobrar alguma migalha para os chinelos. Obviamente em índice bem menor. Muito provavelmente só a partir de 2016.

    6. Alguém sabe se o 6613, em algum momento da sua longa trajetória, chegou a ter tal requerimento? Tentarei pesquisar isso em seguida.

    Não. O requerimento não quer dizer nada mesmo. Não dá nenhuma obrigação para a matéria ser apreciada rapidamente.

    O 6613 desde 2010 tem inúmeros desses pedidos em plenário. Inclusive há pedidos de inclusão na ordem do dia, para votação. E o resultado todos sabem...

    É só mais uma enrolação mesmo.

    Estamos f.... e MAL PAGOS.

    Você está correto.

    Teve o mesmo pedido de urgência no dia 04.12.2010, porém não foi apreciado, ou seja, requerimento sem apreciação é o mesmo de NADA.


    O duro é o sindicato ainda tirar sarro com a nossa cara e dizer que fez GRANDE COISA com isso. E ainda tem gente que vem aqui e diz que devemos venerar o sindicato para toda a eternidade. É um chute nos cunhão.

    avatar
    Judiciário
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1520
    Reputação : 24
    Data de inscrição : 07/07/2010
    Idade : 50

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Judiciário Qui 13 Nov 2014, 11:01 am

    diegowfcp escreveu:
    Judiciário escreveu:
    Subsidiado escreveu:
    Subsidiado escreveu:1. Para o Executivo, é zero.

    2. Quem poderia obrigar o Executivo a mudar de posicionamento é o Judiciário. Mas isso é carta fora do baralho, pois nossos chefes de poder foram escolhidos a dedo pelo PT.

    3. Para aprovar sem o Executivo mudar de ideia, só com um legislativo muito do nosso lado. Algo ainda muito distante, mas realmente esse vem sendo o melhor momento (oposição querendo marcar espaço) dos últimos 12 anos.

    4. Claro que é muito mais fácil marcar posição aprovando só aumento para os membros e para os seus próprios vencimentos (deputados / senadores). Dão um tapa na cara do executivo e colocam um dinheiro no bolso. Não precisam agradar servidor nenhum.

    5. Mas o requerimento de urgência dá uma leve esperança de pelo menos sobrar alguma migalha para os chinelos. Obviamente em índice bem menor. Muito provavelmente só a partir de 2016.

    6. Alguém sabe se o 6613, em algum momento da sua longa trajetória, chegou a ter tal requerimento? Tentarei pesquisar isso em seguida.

    Não. O requerimento não quer dizer nada mesmo. Não dá nenhuma obrigação para a matéria ser apreciada rapidamente.

    O 6613 desde 2010 tem inúmeros desses pedidos em plenário. Inclusive há pedidos de inclusão na ordem do dia, para votação. E o resultado todos sabem...

    É só mais uma enrolação mesmo.

    Estamos f.... e MAL PAGOS.

    Você está correto.

    Teve o mesmo pedido de urgência no dia 04.12.2010, porém não foi apreciado, ou seja, requerimento sem apreciação é o mesmo de NADA.


    O duro é o sindicato ainda tirar sarro com a nossa cara e dizer que fez GRANDE COISA com isso. E ainda tem gente que vem aqui e diz que devemos venerar o sindicato para toda a eternidade. É um chute nos cunhão.


    Eis:

    Nº 7.570/2010 – Dos Srs. Líderes – Requer urgência para apreciação do Projeto de Lei nº 6697 de 2009

    Nº 7.571/2010 – Dos Srs. Líderes – Requer urgência para apreciação do Projeto de Lei nº 6613 de 2009


    50998 Quarta-feira 15 DIÁRIO DA CÂMARA DOS DEPUTADOS Dezembro de 2010
    darkshi
    darkshi
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 8808
    Reputação : 248
    Data de inscrição : 14/07/2010

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por darkshi Qui 13 Nov 2014, 11:02 am

    SJA escreveu:
    darkshi escreveu:
    TRF1/MG escreveu:Quero ver se os trolls vão ter coragem de aparecer por aqui, dar as caras depois dessa notícia da ruminosa da Miriam...

    Vão aparecer sim. Mas antes aparecerão aqueles que pedem os rumores.



    O maior clássico é: "tabelas, tabelas..."

    Ou "quero noticias para o fim de semana"
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7912
    Reputação : 617
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Galizezin Qui 13 Nov 2014, 11:04 am

    Dr Causídico escreveu:[Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar esta imagem]



    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar esta imagem]


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    aumentosp
    aumentosp
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 211
    Reputação : 5
    Data de inscrição : 19/09/2014

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por aumentosp Qui 13 Nov 2014, 11:05 am

    Cade esses sujos?


    SJA escreveu:
    Jaspion escreveu:
    TRF1/MG escreveu:Quero ver se os trolls vão ter coragem de aparecer por aqui, dar as caras depois dessa notícia da ruminosa da Miriam...

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar esta imagem]

    Essa daí dá pra pagar com os 5% e brindar a chegada de 2015. Em seguida tomar um doril e um sonrisal. Rs
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7912
    Reputação : 617
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Galizezin Qui 13 Nov 2014, 11:06 am

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar esta imagem]


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    MPF SP
    MPF SP
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Analista Administrativo
    Mensagens : 2150
    Reputação : 218
    Data de inscrição : 17/09/2014
    Idade : 32
    Localização : São Paulo

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por MPF SP Qui 13 Nov 2014, 11:12 am

    macfly escreveu:
    macfly escreveu:
    Digoturbinado escreveu:Chinaglia nos ironizou. E agora é a vez de Belchior.
    Dilma será a próxima, debochando de nós.


    ‘Não se preocupem, vocês têm 5% ano que vem’, diz ministra a servidor

    Miriam Belchior diz que projeto do STF é “absurdo”, demonstra não haver negociação e, sem querer, indica: nada sairá se servidores não se unirem para enfrentar o governo

    O conjunto dos servidores e até mesmo a parcela das direções sindicais que apoiaram a reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT) precisam se convencer que o futuro será de mais rebaixamento salarial e perda de direitos caso não se construa uma forte campanha, nacional e unificada, que enfrente o governo e o STF – e que faça com que eles de fato ouçam a categoria. O alerta do servidor Antonio Melquíades, o Melque, dirigente do Sintrajud-SP e integrante do movimento LutaFenajufe, foi dado após a rápida cobrança de negociações que fez à ministra do Planejamento, Miriam Belchior. A responsável por uma das pastas mais poderosas do governo, disse considerar o projeto de reposição salarial dos servidores do Judiciário Federal um "absurdo" e ser contra a aprovação da proposta. O eventual reajuste, afirmou, destinaria muito dinheiro para uma categoria que já recebe altos salários.

    As declarações da ministra foram dadas na terça-feira (11), logo depois da participação dela em audiência pública na Comissão Mista do Orçamento do Congresso e de coletiva concedida a jornalistas. Abordada por ele, Belchior concordou em atender ao servidor por alguns minutos, ao final da entrevista. A conversa foi observada por pessoas que acompanhavam a saída da ministra da Câmara – algumas não esconderam o espanto com a forma como a titular do Planejamento, Orçamento e Gestão respondia às indagações.

    Ironias

    O servidor disse a Miriam Belchior que muito tempo já se passara desde as reuniões técnicas entre o Planejamento e o Supremo Tribunal Federal, antes das eleições, quando o governo teria se comprometido a apresentar uma contraproposta para os projetos salariais do Judiciário Federal e do MPU. A ministra, que integra o núcleo duro do governo Dilma, respondeu que não havia condições de aprovar o projeto (PL 7920/2014) por conta dos valores e que o reajuste ‘era um absurdo’ para uma categoria com 'salários tão elevados'. O servidor retrucou assinalando que são oito anos de perdas salariais acumuladas e que o impacto da proposta seria diluído ao longo dos anos, já que o STF propôs parcelá-la em seis semestres. Belchior contestou a existência de perdas salariais e ironizou o parcelamento: "Só seis semestres?", disse, num tom que permeou as suas respostas.

    A ministra disse ao dirigente sindical que já conversou com o presidente do STF sobre o assunto e se posicionou contra o reajuste. ‘Quando foi a última reunião com [Ricardo] Lewandowski?’, quis saber o servidor. ‘Não me lembro’, respondeu Miriam Belchior. Ela revelou que pretende voltar a se reunir com o chefe do STF para tratar do assunto. Ao final da breve, porém contundente, conversa, Melque solicitou rapidez nas negociações para que o resultado desse processo não se dê após as votações do orçamento da União para 2015. Já dentro do carro oficial, no Anexo 3 da Câmara, que a levaria embora dali, disparou: "Não se preocupem, vocês têm 5% no ano que vem".

    LutaFenajufe Notícias
    Por Hélcio Duarte Filho
    Quarta-feira, 12 de novembro de 2014



    FENAJUFE , SINDJUS, SINASEMPU E DEMAIS SINDICATOS DO BRASIL,



    VEREMOS AGORA SE VCS VÃO CHAMAR PRA GREVE OU SE CONTINUARÃO A SER FROUXOS.


    GREVE JÁ, CAMBADA DE FROUXOS!!!!!

    VAMOS SAIR PELO MENOS COM DIGNIDADE!

    JUÍZES MILIONÁRIOS E O GOVERNO DO PT ESTÃO ZOMBANDO DE NÓS.

    BANDO DE .....

    Cade o MPT SP para falar que estava tudo certo e:

    BINGOOOOOO
    avatar
    wlalve
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 192
    Reputação : 8
    Data de inscrição : 29/07/2010

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por wlalve Qui 13 Nov 2014, 11:21 am

    DeltaPF escreveu:
    Galizezin escreveu:
    Judiciário escreveu:
    darkshi escreveu:

    Como terceiro escalão. Equiparável a um analista do executivo.

    É o seguinte:

    Podemos esperar sentados que esta contraproposta não virá no atual cenário.

    O que o STF e os sindicatos estão fazendo, ao meu vê corretíssimos, é tentar apoio dos partidos, inclusive da base aliada, para votar nosso reajuste.

    Em razão deste possível apoio e do maior parcelamento do 7920/14, estão trabalhando no sentido de colocar em votação, em plenário, nosso reajuste junto com o reajuste dos membros.

    Por isso os novos estudos do Amarildo que servirá de base para o relatório do deputado que está responsável para apresentar o relatório.

    Podemos aprovar sem apoio do MPOG desde que aproveitemos a onda de insatisfação do CN.

    E tem a terceira via, o governo sendo emparedado no momento da votação apresentará um acordo de última hora.


    Se eu fosse o Presidente do STF, colocaria as chefias dos demais poderes em seus lugares. Não querem respeitar a autonomia orçamentária do Judiciário? Então vamos lá!

    Ação dos 13,23%, JULGO PROCEDENTE
    Data base, JULGO PROCEDENTE
    Operação Lava Jato, CELERIDADE NA TRAMITAÇÃO

    ETC

    Cara, revoltante a fala dessa desqualificada. Quem essa senhora pensa que é para tratar assim 120.000 famílias? Uma pessoa na posição dela não pode tratar assim toda uma categoria. Vamos cobrar da Fenajufe que procure essa maldita para que se retrate. Precisamos exigir ao menos respeito. Não somos um monte de lixo que depende dos programas assistenciais do governo. Somos servidores públicos que batalharam muito na vida para chegar aqui e que carregam nas costas o Poder Judiciário. Hoje irei conversar com meu juiz que quero sair do gabinete, pois não irei fazer mais nenhuma sentença ou despacho, pois este é o trabalho dele. Se quiser abrir um PA eu boto a boca no mundo. A sociedade precisa saber quem faz o que no Judiciário. Já trabalhei com juiz que nunca fez um despachozinho sequer. Não faço! Não ganho para isso e eles não nos respeitam. Só enxergam o lado deles. O CNJ que enfie suas metas onde quiser, mas no meu não! O problema é que tem um monte de covarde que abaixa as calças para as autoridades. Fomos traídos pelo Presidente do STF, pela Fenajufe e pela maioria dos sindicatos. Minha única expectativa agora é ver essa bandida e mais um monte de companheiros atrás das grades, que é o lugar dessa corja de vagabundos!

    Pessoal,

    Entendo que as pessoas estejam nervosas por lutar tanto por um reajuste que nunca vem. Agora antes de culpar o governo DILMA ou mnistra qualquer, pensem que nesses 8 ou 6 anos que estamos nessa luta não conseguimos fazer nosso dever de casa. O governo não te conhece, você é uma média apenas, e quando eles fazem a média eles chegam a conclusão que vc ganha muito bem. Quem tem que te conhecer , quem tem que demonstrar que vc não é uma média, é um assalariado qualificado que esta ganhando muito abaixo dos mesmos que ocupam situação semelhantes em outro poder é o seu SINDICATO, é o STF. E esses não fazem o seu trabalho (que é fácil) porque não interessa, porque para isso teriam que mexer com todas as mazelas que sabemos que existe na nossa carreira.

    Agora PUTO DA VIDA, vocês transferem para o executivo a falta de seu aumento. Vocês acham mesmo que se seu aumento fosse tão importante, prioritário para o STF você não ganharia. Tenho a certeza que sim. para isso bastaria seu chefe propor algo coerente, não so um aumento , mas uma reformulação administrativa (subsídio, GD etc..) que demonstrasse que no final seria bom para o governo aceitar a proposta, e caso não aceitassem tal proposta coerente, que aceitem uma crise institucional. Isso é facil só não é feito porque esses ministros não estão nem ai para você e delegam para Amarildos da vida essa função e essas pessoas vocês sabem so querem manter o status-quo.

    Então primeiro fiquem muito putos com os Amarildos, Ministros do STF, dirigentes sindicais que manipulam a todos porque seu aumento so não veio ate hoje por causa deles, cobrem deles porque eles são os primeiros responsáveis. O que eles querem é que você acredite que tentaram de tudo, tentaram nada. O dia que vocês responsabilizarem as pessoas certas, cobrarem das pessoas certas. quem sabe o aumento venha.
    Flurj
    Flurj
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 498
    Reputação : 10
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Flurj Qui 13 Nov 2014, 11:24 am

    concordo...
    se quisessem mudariam o vale refeicao pra 2000 e pronto...teriamos aumento...
    enfim , nosso chefe esta muito satisfeito com tudo...

    wlalve escreveu:
    DeltaPF escreveu:
    Galizezin escreveu:
    Judiciário escreveu:

    É o seguinte:

    Podemos esperar sentados que esta contraproposta não virá no atual cenário.

    O que o STF e os sindicatos estão fazendo, ao meu vê corretíssimos, é tentar apoio dos partidos, inclusive da base aliada, para votar nosso reajuste.

    Em razão deste possível apoio e do maior parcelamento do 7920/14, estão trabalhando no sentido de colocar em votação, em plenário, nosso reajuste junto com o reajuste dos membros.

    Por isso os novos estudos do Amarildo que servirá de base para o relatório do deputado que está responsável para apresentar o relatório.

    Podemos aprovar sem apoio do MPOG desde que aproveitemos a onda de insatisfação do CN.

    E tem a terceira via, o governo sendo emparedado no momento da votação apresentará um acordo de última hora.


    Se eu fosse o Presidente do STF, colocaria as chefias dos demais poderes em seus lugares. Não querem respeitar a autonomia orçamentária do Judiciário? Então vamos lá!

    Ação dos 13,23%, JULGO PROCEDENTE
    Data base, JULGO PROCEDENTE
    Operação Lava Jato, CELERIDADE NA TRAMITAÇÃO

    ETC

    Cara, revoltante a fala dessa desqualificada. Quem essa senhora pensa que é para tratar assim 120.000 famílias? Uma pessoa na posição dela não pode tratar assim toda uma categoria. Vamos cobrar da Fenajufe que procure essa maldita para que se retrate. Precisamos exigir ao menos respeito. Não somos um monte de lixo que depende dos programas assistenciais do governo. Somos servidores públicos que batalharam muito na vida para chegar aqui e que carregam nas costas o Poder Judiciário. Hoje irei conversar com meu juiz que quero sair do gabinete, pois não irei fazer mais nenhuma sentença ou despacho, pois este é o trabalho dele. Se quiser abrir um PA eu boto a boca no mundo. A sociedade precisa saber quem faz o que no Judiciário. Já trabalhei com juiz que nunca fez um despachozinho sequer. Não faço! Não ganho para isso e eles não nos respeitam. Só enxergam o lado deles. O CNJ que enfie suas metas onde quiser, mas no meu não! O problema é que tem um monte de covarde que abaixa as calças para as autoridades. Fomos traídos pelo Presidente do STF, pela Fenajufe e pela maioria dos sindicatos. Minha única expectativa agora é ver essa bandida e mais um monte de companheiros atrás das grades, que é o lugar dessa corja de vagabundos!

    Pessoal,

    Entendo que as pessoas estejam nervosas por lutar tanto por um reajuste que nunca vem. Agora antes de culpar o governo DILMA ou mnistra qualquer, pensem que nesses 8 ou 6 anos que estamos nessa luta não conseguimos fazer nosso dever de casa. O governo não te conhece, você é uma média apenas, e quando eles fazem a média eles chegam a conclusão que vc ganha muito bem. Quem tem que te conhecer , quem tem que demonstrar que vc não é uma média, é um assalariado qualificado que esta ganhando muito abaixo dos mesmos que ocupam situação semelhantes em outro poder é o seu SINDICATO, é o STF. E esses não fazem o seu trabalho (que é fácil) porque não interessa, porque para isso teriam que mexer com todas as mazelas que sabemos que existe na nossa carreira.

    Agora PUTO DA VIDA, vocês transferem para o executivo a falta de seu aumento. Vocês acham mesmo que se seu aumento fosse tão importante, prioritário para o STF você não ganharia. Tenho a certeza que sim. para isso bastaria seu chefe propor algo coerente, não so um aumento , mas uma reformulação administrativa (subsídio, GD etc..) que demonstrasse que no final seria bom para o governo aceitar a proposta, e caso não aceitassem tal proposta coerente, que aceitem uma crise institucional. Isso é facil só não é feito porque esses ministros não estão nem ai para você e delegam para Amarildos da vida essa função e essas pessoas vocês sabem so querem manter o status-quo.

    Então primeiro fiquem muito putos com os Amarildos, Ministros do STF, dirigentes sindicais que manipulam a todos porque seu aumento so não veio ate hoje por causa deles, cobrem deles porque eles são os primeiros responsáveis. O que eles querem é que você acredite que tentaram de tudo, tentaram nada. O dia que vocês responsabilizarem as pessoas certas, cobrarem das pessoas certas. quem sabe o aumento venha.
    avatar
    wlalve
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 192
    Reputação : 8
    Data de inscrição : 29/07/2010

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por wlalve Qui 13 Nov 2014, 11:27 am

    Flurj escreveu:concordo...
    se quisessem mudariam o vale refeicao pra 2000 e pronto...teriamos aumento...
    enfim , nosso chefe esta muito satisfeito com tudo...

    wlalve escreveu:
    DeltaPF escreveu:
    Galizezin escreveu:

    Se eu fosse o Presidente do STF, colocaria as chefias dos demais poderes em seus lugares. Não querem respeitar a autonomia orçamentária do Judiciário? Então vamos lá!

    Ação dos 13,23%, JULGO PROCEDENTE
    Data base, JULGO PROCEDENTE
    Operação Lava Jato, CELERIDADE NA TRAMITAÇÃO

    ETC

    Cara, revoltante a fala dessa desqualificada. Quem essa senhora pensa que é para tratar assim 120.000 famílias? Uma pessoa na posição dela não pode tratar assim toda uma categoria. Vamos cobrar da Fenajufe que procure essa maldita para que se retrate. Precisamos exigir ao menos respeito. Não somos um monte de lixo que depende dos programas assistenciais do governo. Somos servidores públicos que batalharam muito na vida para chegar aqui e que carregam nas costas o Poder Judiciário. Hoje irei conversar com meu juiz que quero sair do gabinete, pois não irei fazer mais nenhuma sentença ou despacho, pois este é o trabalho dele. Se quiser abrir um PA eu boto a boca no mundo. A sociedade precisa saber quem faz o que no Judiciário. Já trabalhei com juiz que nunca fez um despachozinho sequer. Não faço! Não ganho para isso e eles não nos respeitam. Só enxergam o lado deles. O CNJ que enfie suas metas onde quiser, mas no meu não! O problema é que tem um monte de covarde que abaixa as calças para as autoridades. Fomos traídos pelo Presidente do STF, pela Fenajufe e pela maioria dos sindicatos. Minha única expectativa agora é ver essa bandida e mais um monte de companheiros atrás das grades, que é o lugar dessa corja de vagabundos!

    Pessoal,

    Entendo que as pessoas estejam nervosas por lutar tanto por um reajuste que nunca vem. Agora antes de culpar o governo DILMA ou mnistra qualquer, pensem que nesses 8 ou 6 anos que estamos nessa luta não conseguimos fazer nosso dever de casa. O governo não te conhece, você é uma média apenas, e quando eles fazem a média eles chegam a conclusão que vc ganha muito bem. Quem tem que te conhecer , quem tem que demonstrar que vc não é uma média, é um assalariado qualificado que esta ganhando muito abaixo dos mesmos que ocupam situação semelhantes em outro poder é o seu SINDICATO, é o STF. E esses não fazem o seu trabalho (que é fácil) porque não interessa, porque para isso teriam que mexer com todas as mazelas que sabemos que existe na nossa carreira.

    Agora PUTO DA VIDA, vocês transferem para o executivo a falta de seu aumento. Vocês acham mesmo que se seu aumento fosse tão importante, prioritário para o STF você não ganharia. Tenho a certeza que sim. para isso bastaria seu chefe propor algo coerente, não so um aumento , mas uma reformulação administrativa (subsídio, GD etc..) que demonstrasse que no final seria bom para o governo aceitar a proposta, e caso não aceitassem tal proposta coerente, que aceitem uma crise institucional. Isso é facil só não é feito porque esses ministros não estão nem ai para você e delegam para Amarildos da vida essa função e essas pessoas vocês sabem so querem manter o status-quo.

    Então primeiro fiquem muito putos com os Amarildos, Ministros do STF, dirigentes sindicais que manipulam a todos porque seu aumento so não veio ate hoje por causa deles, cobrem deles porque eles são os primeiros responsáveis. O que eles querem é que você acredite que tentaram de tudo, tentaram nada. O dia que vocês responsabilizarem as pessoas certas, cobrarem das pessoas certas. quem sabe o aumento venha.

    É por ai esqueçam o governo , e demonstrem para os sindicatos e o STF que eles são os culpados. FIQUEM PUTOS COM OS CARAS CERTOS>>>
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7912
    Reputação : 617
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Galizezin Qui 13 Nov 2014, 11:29 am

    Foi o que eu já disse! STF e PGR com a faca no pescoço do PT que faz boquinha e ironia da situação.

    Se isso não for aparelhamento eu não sei mais o que dizer!!!!


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    ALAHCONCURSEIROSOFREDOR
    ALAHCONCURSEIROSOFREDOR
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 894
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 19/07/2010

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por ALAHCONCURSEIROSOFREDOR Qui 13 Nov 2014, 11:32 am

    A leitura dos últimos posts, inflamados pela declaração da Belchior, dão a ideia de uma aparente revolta. Substancial? Definitivamente não, restrita e confinada a uns meros dizeres.

    O problema maior gira em torno do fato de que essa categoria é incapaz de enxergar o óbvio, fomos relegados a servir como meio, um instrumento necessário para o judiciário e mpu, cujas prioridades foram todas direcionadas para atender as exigências dos membros.

    Acomodar-se resignadamente, crendo em esforços contundentes originados das ações de Janot e Lewa, tem sido o comportamento padrão de todos, TODOS, sem perspectivas de alteração nessa situação de total conformismo.

    Não foge à realidade perceber que o estado de leniência é tal que, considerando um hipotético cancelamento de pagamento do auxílio alimentação a todos servidores, sob alegação de que os valores poupados serão empregados com o fim de triplicar o valor pago (aux. alimentação) aos membros, sob a premissa de melhor e maior necessidade destes, NÃO REPERTICURÁ EFEITO CONCRETO ALGUM, quiçá das entidades representativas.

    Na mesma linha, TAMBÉM SE PROCEDERÁ SEM REAÇÕES, eventual cancelamento de utilização da internet pelos servidores, mantendo com exclusividade para os membros, de modo que não haja 'lentidão na rede' quando da utilização por estes.

    A atitude do Executivo em nada fere a situação da cúpula do judiciário/MPU e respectivos membros, afinal todos seus pleitos serão atendidos. Já, nós servidores, quedamos aqui, armados de um teclado e um mouse, nem Dom Quixote lutando contra moinhos de vento foi tão ingênuo.

    PS: Confiar nas palavras de um usuário que traz as letras PT no nick é clamar pelo rótulo de idiota!
    16Toneladas
    16Toneladas
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2008
    Reputação : 39
    Data de inscrição : 08/07/2010

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por 16Toneladas Qui 13 Nov 2014, 11:36 am

    embuscadeaumento escreveu:
    SJA escreveu:Pela 1ª vez, Lewandowski diz que reajuste pode sair só para juízes
    Ministro diz que procurará Miriam Belchior para tentar negociação para todos, mas vê risco de Congresso só aprovar PL de juízes; servidores contestam

    Duas semanas após as eleições, o tom da conversa e da avaliação do ministro Ricardo Lewandowski sobre o reajuste salarial mudou. Pela primeira vez, o presidente do Supremo Tribunal Federal disse aos servidores ser possível que apenas os projetos salariais de juízes e procuradores sejam aprovados no Congresso Nacional.

    O ministro conversou por cerca de dez minutos com representantes sindicais da categoria no intervalo de uma das mesas do VIII Encontro do Poder Judiciário, em Florianópolis (SC), nesta terça-feira (11). Ao mencionar o risco de os servidores ficarem de fora, Lewandowski disse que isso poderia acontecer por conta de um interesse dos parlamentares em aumentar o subsídio dos ministros do STF – que define o teto da remuneração dos próprios deputados, senadores e ministros de Estado. “Retrucamos que ele deve manter compromisso de isonomia e tratamento conjunto e que a concessão só para juízes causaria enorme insatisfação na categoria”, relata Tarcísio Ferreira, diretor da Fenajufe (Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário Federal e MPU) e um dos que conversou com o ministro. Também participaram os coordenadores da federação Eugênia Lacerda, Cledo Vieira e João Batista.

    O presidente do STF afirmou, no entanto, que não desistiu de buscar a negociação e que defende uma solução igualitária para juízes e servidores – em momento algum, porém, disse que não permitiria aumento só para magistrados. Revelou que na prática as negociações não estão acontecendo ao se queixar que o tribunal tenta falar sem sucesso há uma semana com o secretário de Relações do Trabalho do Ministério do Planejamento, Sérgio Mendonça, incumbido pelo governo de tratar do assunto com o Judiciário e o MPU. Afirmou que agora irá pessoalmente buscar uma nova conversa com a ministra do Planejamento, Miriam Belchior. Não sinalizou, porém, quando isso ocorreria.

    STF fala em mais parcelas

    Segundo Lewandowski, o diretor-geral do STF, Amarildo Vieira, estuda alterações no projeto para ‘facilitar’ a negociação. Tais mudanças não foram negociadas com a federação nacional – o ministro disse para os servidores procurarem Amarildo para avaliar se concordam ou não com a versão do projeto que está sendo preparada. Elas seriam focadas num parcelamento maior da proposta em quatro ou cinco anos e em possível rebaixamento do impacto em 2015.

    Nem em termos como esses, porém, demonstrou confiança de haver boas perspectivas de avanços. Chamou atenção o fato de o ministro, como nos demais encontros com os servidores, não ter feito uma única referência ao corte orçamentário e à quebra da autonomia entre os poderes por parte do governo Dilma Rousseff (PT). Ao se negar a ir para o confronto com o governo, Lewandowski se afasta dos servidores – que fazem reunião ampliada da federação nacional no dia 30 de novembro tendo como desafio preparar um novo calendário de mobilizações contra o congelamento salarial e a eventual articulação de uma saída que só vê inflação e perda de poder de compra para os do andar de cima.



    Pá-de-cal. Para os esperançosos naquele discurso bonito de posse, o Lewando agora mostra o dedo médio e como agem os petistas.

    Esqueçam boatos, tabelas, não vai vir nada pra ralé. A única utilidade desse fórum passa a ser organizar a tomada dos sindicatos, extremamente necessária.Repito: o PT tem os 3 poderes mais sindicatos. Pelo menos os sindicatos é nossa obrigação tomar. Brasília, RJ, São Paulo, Fenajufe. Enquanto Ponciânus e afins estiverem fazendo o jogo do PT e dizendo não à greve, o zero será a regra.

    Eu agora aqui vou fazer minha operação padrão. Trabalhar na mesma medida que as Excelências me valorizam.

    Estamos cercados de petistas por todos os lados. Nossos inimigos estão no poder. Cabe a nós tirar eles de lá, e rápido.
    16Toneladas
    16Toneladas
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2008
    Reputação : 39
    Data de inscrição : 08/07/2010

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por 16Toneladas Qui 13 Nov 2014, 11:43 am

    Nós, stf e sindicatos somos os maiores culpados. O stf já é um tribunal bolivariano. Bastaria fazer cumprir a constituição, mas a Bruxa pode cortar o orçamento e os MS não servem pra porra nenhuma. A Ditadora tem carta Branca. STF e PT se lixam pra nós da ralé. Entendam isso de uma vez. São 5 anos de enrolação e humilhação.

    Espero que pelo menos isso desperte em alguns, pelo menos, dois neurônios para que não votem mais em Ponciânus e afins nem mais acreditem em promessas de ministros petistas. Era a hora de uma grande greve nacional de todos.
    tre-rj
    tre-rj
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 1569
    Reputação : 124
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por tre-rj Qui 13 Nov 2014, 11:45 am

    E por falar em Poncianus, leia este artigo mentiroso do mesmo:

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar este link]

    A Odisséia do PL 7.920, mitos, mentiras, divisões e a dura negociação de quem não caiu no canto da sereia

    Roberto Ponciano



    Numa das mais belas passagens da Odisséia, Homero pede para ser amarrado ao mastro de seu navio, que retorna à Ítaca, para não ser atraído pelo canto das sereias e não jogar o seu navio contra as pedras. A Mitologia Grega, os seus mitologemas, que representam desejos e catarses da alma humana, mostram bem as ilusões alucinógenas que nos fazem perder o rumo e vender a primogenitura por um prato de lentilha, como em Esaú e Jacó.

    Pois a luta do PL 7.920, que hoje chega a seu capítulo final, afinal, na CFT é que sempre decidimos nossa vida, para o bem e para o mal, e é importante desmitificar várias das inverdades sobre o PL, porque efetivamente, ao final do projeto, até aqueles que sempre se posicionaram contra ele, dirão que são os genitores da proposta.

    É bom lembrar que no início deste ano não tínhamos nenhuma perspectiva de aumento. Para piorar, um dos campos da Fenajufe, o Lutafenajufe, era contra o PL 6.613 (que é a tabela de VB do PL 6613 parcelada sem mexer na GAJ de 90%). O canto da Sereia do Conlutas é que tínhamos que lutar pelo aumento conjunto de 36% de todos os servidores porque teríamos “a mãe de todas as greves”, no triste episódio conhecido como “não vai ter Copa”. Ora, a única coisa que não teve foi greve, uma greve extemporânea, chamada às vésperas de uma Copa do Mundo, não para conseguir o aumento, mas para colocar gente na rua contra o Mundial, redundou no maior fracasso dos movimentos do funcionalismo público federal, desde que ele se constituiu legalmente, em 1988.

    O Conlutas/Luta Fenajufe se organizou de forma ferrenha a barrar qualquer possibilidade de negociar o PL 6.613, tendo o derrotado em todas as ampliadas da federação, porque tinha outros interesses que não o da categoria. Tinha que levar à frente uma linha sectária, de oposição sistemática ao governo, vinda da linha sindical também sectária do PSTU, mesmo que para isto condenasse a categoria a ficar sem aumento.

    Do outro lado, o Sisejufe, um dos sindicatos CUTistas, fez um estudo orçamentário do PL 6.613, e conseguiu, por meio da CUT e do senador Lindberg Farias (PT-RJ), uma audiência pública no Ministério do Planejamento. Assim, conseguimos levar o estudo de impacto orçamentário, via o secretário Sérgio Mendonça, até a ministra Miriam Belchior e fazer o governo minimamente estudar nosso aumento.

    De outro lado, levamos ao STF, até o ex-diretor-geral, nosso pleito mostrando a viabilidade técnico orçamentária do PL 6.613. Com isto, conseguimos a adesão de todos aqueles que não caíram no canto de sereia do Conlutas e convencemos o Supremo que o único projeto viável era o PL, com estudos de impacto e parcelamento factíveis.

    Não caímos no canto de sereia de uma greve em maio/junho contra a Copa pela consigna irrealizável dos 36% geral, que na verdade não era nenhuma proposta e cujo único objetivo real era protestar contra a Copa do Mundo e desgastar o governo. Sabemos que o movimento sindical é independente de qualquer governo, fizemos greve em todos os mandatos, Itamar, FHC, Lula, Dilma, mas não acreditamos em desgastar a categoria a atirando numa greve sem nenhuma perspectiva de vitória e sem proposta.

    Conseguimos avançar na negociação, e o STF entendeu que a nossa proposta era viável (agora com a adesão de todo o campo CUTista e de todos aqueles sindicatos e trabalhadores que queriam uma proposta concreta). Tivemos o reenvio do PL 6.613 junto com a GAJ de 90% ao Congresso, depois ratificado pelo novo projeto do PL 7.920. A diferença é que se no primeiro tivemos a adesão do diretor-geral, Miguel Fonseca, que ajudou a impulsionar o aumento, ao mandar os valores para o orçamento, mas não a adesão do ex-presidente do STF, Joaquim Barbosa; no segundo tivemos ambas as adesões ao PL 7.920, tanto do novo diretor-geral, Amarildo Vieira, como do novo presidente do STF, Ricardo Lewandowski, além da ajuda na negociação do presidente do STF, Dias Tofoli.

    Cabem dois parênteses aqui. De um lado o Luta Fenajufe chegou a lamentar a saída do ministro Joaquim Barbosa que declarou com todas as letras que não iria negociar o nosso plano, obcecados com a sanha persecutória do mensalão. De outro lado, é vital assinalar que a mudança de comando no STF possibilitou o avanço nas negociações, já que o novo presidente assumiu diretamente o projeto, tendo conversado tanto com a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, quanto com a presidenta Dilma e assim ter aberto negociações oficiais, que continuam em andamento.

    A greve fracassada em maio e junho cobrou seu preço, no afã de cumprir a ordem do PSTU do não vai ter Copa, o Luta Fenajufe desgastou a categoria e, no momento do envio do projeto, não havia fôlego ou condições de se fazer uma grande greve Nacional para a defesa do projeto. De 31 sindicatos, num primeiro momento só quatro aderiram, mesmo assim com participação bastante reduzida. Até a saída da greve, que acabou por absoluta falta de adesão, apenas dez dos 31 sindicatos decretaram greve em algum momento. Isso foi a mostra contundente do fracasso de uma estratégia que apostou na NÃO PROPOSTA (36% para todos os servidores) e no sectarismo (não vai ter Copa).

    O projeto andou muito mais pela articulação interna e pelos lobbies do que pela pior greve da história da nossa categoria. Ainda enfrentamos o movimento divisionista dos Tribunais Superiores, que foi derrotado exatamente pela inteligência do campo CUTista que colocou uma proposta objetiva que foi acatada pelo STF. Com o acatamento do reajuste unificado, a proposta de divisão da categoria perdeu o rumo, redundou apenas em uma comissão de servidores, mas sem proposta concreta enviada ao Congresso, vê o PL 7.920 como única proposta aceita e trabalhada pelo STF.

    De outro lado, movimentos segmentados assinalavam que mais importante do que o aumento geral, para todos os servidores do Judiciário, estariam propostas de setores A, B ou C da categoria. Em que pese a legitimidade de algumas destas propostas, efetivamente, com as perdas acumuladas por toda a categoria, para limparmos a área e podermos discutir sem a fragmentação total de toda a carreira, mostrou-se eficaz a ideia nossa de primeiro aprovar o aumento e depois abrir a discussão da carreira, proposta inclusive já aceita pelo STF, que se dispôs criar a comissão de carreira tão logo o projeto passe.

    É importante frisar que além de participar da greve da categoria no momento efetivo em que tivemos uma proposta real na mesa, o PL 6.613, que depois foi reeditado em PL 7920, que são efetivamente uma mesma coisa, o campo CUTista continuou negociando. Fizemos reuniões com os ministros Ricardo Berzoini e Gilberto Carvalho para que estes intercedessem e, assim, o fizeram, na abertura de negociação com a presidenta Dilma, sendo eles os responsáveis por mostrar a viabilidade técnico orçamentária do PL. É lógico que aqueles que sempre combateram o PL e chegaram a nos acusar de divisionistas por defendermos uma proposta concreta para a categoria, vão negar até as deliberações que forçaram passar nas ampliadas e tentar uma paternidade tardia de um projeto que sempre recusaram, mas é claro que a história não os absolverá.

    Neste momento, estamos na hora decisiva do jogo, o PL está com todos os estudos técnicos e orçamentários na mão do governo. Há uma negociação andamento entre o STF e o Executivo/Ministério do Planejamento, e precisamos reforçar a pressão para que a negociação chegue a um bom termo. Tenho fé que é possível sim, com a postura diferente que tomou o atual presidente do STF, com relação ao passado, que esta negociação pode ser vitoriosa.

    Este artigo é para resgatar a verdade dos fatos, mostrar o papel do campo CUTista que conduziu esta negociação desde o começo, contra tudo e contra todos e que conseguiu do fraudulento canto das sereias daqueles que tentaram levar a categoria para o naufrágio.


    Wehaveall escreveu:Nós, stf e sindicatos somos os maiores culpados. O stf já é um tribunal bolivariano. Bastaria fazer cumprir a constituição, mas a Bruxa pode cortar o orçamento e os MS não servem pra porra nenhuma. A Ditadora tem carta Branca. STF e PT se lixam pra nós da ralé. Entendam isso de uma vez. São 5 anos de enrolação e humilhação.

    Espero que pelo menos isso desperte em alguns, pelo menos, dois neurônios para que não votem mais em Ponciânus e afins nem mais acreditem em promessas de ministros petistas. Era a hora de uma grande greve nacional de todos.
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Qui 13 Nov 2014, 11:46 am

    Falta o que pra ter greve ?
    siga
    siga
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 55
    Reputação : 4
    Data de inscrição : 01/09/2014

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por siga Qui 13 Nov 2014, 11:46 am

    wlalve escreveu:
    DeltaPF escreveu:
    Galizezin escreveu:
    Judiciário escreveu:

    Vocês acham mesmo que se seu aumento fosse tão importante, prioritário para o STF você não ganharia. Tenho a certeza que sim. para isso bastaria seu chefe propor algo coerente, não so um aumento , mas uma reformulação administrativa (subsídio, GD etc..) que demonstrasse que no final seria bom para o governo aceitar a proposta, e caso não aceitassem tal proposta coerente, que aceitem uma crise institucional. Isso é facil só não é feito porque esses ministros não estão nem ai para você e delegam para Amarildos da vida essa função e essas pessoas vocês sabem so querem manter o status-quo.

    Então primeiro fiquem muito putos com os Amarildos, Ministros do STF, dirigentes sindicais que manipulam a todos porque seu aumento so não veio ate hoje por causa deles, cobrem deles porque eles são os primeiros responsáveis. O que eles querem é que você acredite que tentaram de tudo, tentaram nada. O dia que vocês responsabilizarem as pessoas certas, cobrarem das pessoas certas. quem sabe o aumento venha.



    ta aí, gente!
    [/quote]
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7912
    Reputação : 617
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Galizezin Qui 13 Nov 2014, 11:47 am

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar esta imagem]


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    Flurj
    Flurj
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 498
    Reputação : 10
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Flurj Qui 13 Nov 2014, 11:49 am

    Precisou uma puxa saco do PT vir e mostrar que não ha nada... nosso chefe prefere ficar enrrolando...

    Quem é mesmo que ta enganando a gente ? o executivo ??

    VERGONHA TOTAL.... IRONIA NA CARA DOS SERVIDORES QUE AJUDAM OS "DEUSES" ...

    Del Piero escreveu:Falta o que pra ter greve ?
    avatar
    Convidado
    Convidado

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Convidado Qui 13 Nov 2014, 11:49 am

    Estou me mudando para Miami...

    pig pig pig pig pig pig pig pig pig pig pig
    DeltaPF
    DeltaPF
    Novo Usuário

    Mensagens : 13
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 29/10/2014

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por DeltaPF Qui 13 Nov 2014, 11:50 am

    wlalve escreveu:
    Flurj escreveu:concordo...
    se quisessem mudariam o vale refeicao pra 2000 e pronto...teriamos aumento...
    enfim , nosso chefe esta muito satisfeito com tudo...

    wlalve escreveu:
    DeltaPF escreveu:

    Cara, revoltante a fala dessa desqualificada. Quem essa senhora pensa que é para tratar assim 120.000 famílias? Uma pessoa na posição dela não pode tratar assim toda uma categoria. Vamos cobrar da Fenajufe que procure essa maldita para que se retrate. Precisamos exigir ao menos respeito. Não somos um monte de lixo que depende dos programas assistenciais do governo. Somos servidores públicos que batalharam muito na vida para chegar aqui e que carregam nas costas o Poder Judiciário. Hoje irei conversar com meu juiz que quero sair do gabinete, pois não irei fazer mais nenhuma sentença ou despacho, pois este é o trabalho dele. Se quiser abrir um PA eu boto a boca no mundo. A sociedade precisa saber quem faz o que no Judiciário. Já trabalhei com juiz que nunca fez um despachozinho sequer. Não faço! Não ganho para isso e eles não nos respeitam. Só enxergam o lado deles. O CNJ que enfie suas metas onde quiser, mas no meu não! O problema é que tem um monte de covarde que abaixa as calças para as autoridades. Fomos traídos pelo Presidente do STF, pela Fenajufe e pela maioria dos sindicatos. Minha única expectativa agora é ver essa bandida e mais um monte de companheiros atrás das grades, que é o lugar dessa corja de vagabundos!

    Pessoal,

    Entendo que as pessoas estejam nervosas por lutar tanto por um reajuste que nunca vem. Agora antes de culpar o governo DILMA ou mnistra qualquer, pensem que nesses 8 ou 6 anos que estamos nessa luta não conseguimos fazer nosso dever de casa. O governo não te conhece, você é uma média apenas, e quando eles fazem a média eles chegam a conclusão que vc ganha muito bem. Quem tem que te conhecer , quem tem que demonstrar que vc não é uma média, é um assalariado qualificado que esta ganhando muito abaixo dos mesmos que ocupam situação semelhantes em outro poder é o seu SINDICATO, é o STF. E esses não fazem o seu trabalho (que é fácil) porque não interessa, porque para isso teriam que mexer com todas as mazelas que sabemos que existe na nossa carreira.

    Agora PUTO DA VIDA, vocês transferem para o executivo a falta de seu aumento. Vocês acham mesmo que se seu aumento fosse tão importante, prioritário para o STF você não ganharia. Tenho a certeza que sim. para isso bastaria seu chefe propor algo coerente, não so um aumento , mas uma reformulação administrativa (subsídio, GD etc..) que demonstrasse que no final seria bom para o governo aceitar a proposta, e caso não aceitassem tal proposta coerente, que aceitem uma crise institucional. Isso é facil só não é feito porque esses ministros não estão nem ai para você e delegam para Amarildos da vida essa função e essas pessoas vocês sabem so querem manter o status-quo.

    Então primeiro fiquem muito putos com os Amarildos, Ministros do STF, dirigentes sindicais que manipulam a todos porque seu aumento so não veio ate hoje por causa deles, cobrem deles porque eles são os primeiros responsáveis. O que eles querem é que você acredite que tentaram de tudo, tentaram nada. O dia que vocês responsabilizarem as pessoas certas, cobrarem das pessoas certas. quem sabe o aumento venha.

    É por ai esqueçam o governo , e demonstrem para os sindicatos e o STF que eles são os culpados. FIQUEM PUTOS COM OS CARAS CERTOS>>>

    Por isso que devemos parar de carregar o Judiciário nas costas. Vamos demonstrar às autoridades que sem servidor a coisa não anda. Contudo, apesar de ter que buscar a solução com nossos chefes, ainda digo que essa bandida desqualificada deve nos tratar com respeito. Como todos dessa corja que está aí dilapidando nosso país, essa senhora não tem capacidade intelectual, tampouco educação, para ocupar o posto em que está.
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7912
    Reputação : 617
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Galizezin Qui 13 Nov 2014, 11:51 am

    Fórum é bem isso mesmo! Lugar de protesto, (des)informação, cultura e até boatos! Aprendam a discernir as postagens.


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    Valorização
    Valorização
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2411
    Reputação : 27
    Data de inscrição : 07/04/2011
    Localização : Grande São Paulo

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Valorização Qui 13 Nov 2014, 11:54 am

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar esta imagem]
    16Toneladas
    16Toneladas
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2008
    Reputação : 39
    Data de inscrição : 08/07/2010

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por 16Toneladas Qui 13 Nov 2014, 11:54 am

    Flurj escreveu:Precisou uma puxa saco do PT vir e mostrar que não ha nada... nosso chefe prefere ficar enrrolando...

    Quem é mesmo que ta enganando a gente ? o executivo ??

    VERGONHA TOTAL.... IRONIA NA CARA DOS SERVIDORES QUE AJUDAM OS "DEUSES" ...

    Del Piero escreveu:Falta o que pra ter greve ?

    Exato. Vergonha na cara. Bando de filhos da puxa, puxa sacos de patrão e de um partido que quer "hegemonia" em pleno século 21.

    Está na hora de organizar uma grande manifestação na porta dos sindicatos e stf, pra mostrar o nível de descontentamento e pra dizer que eles não enganam mais. Quando a coisa começar a pegar mesmo, e a revolta chegar num ponto perigoso, aí quem sabe, eles levantem o rabo da cadeira.
    Vovô recente
    Vovô recente
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Cargo : Técnico Administrativo
    Mensagens : 131
    Reputação : -17
    Data de inscrição : 30/03/2011
    Idade : 57

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Vovô recente Qui 13 Nov 2014, 11:54 am

    Já desisti de qualquer aumento. Queria ao menos a inflação.
    Ela corrói e destrói o poder de compra e os sonhos daqueles que tentam fazer justiça com dedos já cansados de sofrer o bulling de um governo que não tem consideração. Nos cursos de gestão o "material" humano é o mote da vez, aquele que deveria ter voz, aquele que busca o seu quinhão e o do cidadão, então; onde está a gestão desta senhora, e dos Chinaglias da vida, congressistas que aprovam seus benefícios sem culpa nenhuma, enquanto a dos meros serviçais, esperem as migalhas dos canalhas.
    Jaspion
    Jaspion
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : Técnico
    Mensagens : 1031
    Reputação : 54
    Data de inscrição : 06/08/2012

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Jaspion Qui 13 Nov 2014, 11:57 am

    Valorização escreveu:[Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar esta imagem]

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar esta imagem]
    Flurj
    Flurj
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 498
    Reputação : 10
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Flurj Qui 13 Nov 2014, 12:02 pm

    temos q pensar como as celulas de guerrilhas... não adianta o papo de todos pararem pq ja vimos que não funciona ...
    Cada um poderia e deveria atuar em sua vara/gabinete... junto com alguns servidores ir e mostrar o descontentamento ao juiz de forma a pressionar para que eles vejam que tudo vai parar... se cada um fizer sua parte iremos pressionar quem tem que ser pressionado...o nosso chefe...
    Valorização
    Valorização
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2411
    Reputação : 27
    Data de inscrição : 07/04/2011
    Localização : Grande São Paulo

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Valorização Qui 13 Nov 2014, 12:02 pm

    Jaspion escreveu:
    Valorização escreveu:[Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar esta imagem]

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar esta imagem]

    [Tens de ter uma conta e sessão iniciada para poderes visualizar esta imagem]
    Flurj
    Flurj
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 498
    Reputação : 10
    Data de inscrição : 06/07/2010

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Flurj Qui 13 Nov 2014, 12:03 pm

    Nunca sonhei com aumento...
    Meu sonho sempre foi receber o que roubom todo mes... a inflacao...
    Vovô recente escreveu:Já desisti de qualquer aumento. Queria ao menos a inflação.
    Ela corrói e destrói o poder de compra e os sonhos daqueles que tentam fazer justiça com dedos já cansados de sofrer o bulling de um governo que não tem consideração. Nos cursos de gestão o "material" humano é o mote da vez, aquele que deveria ter voz, aquele que busca o seu quinhão e o do cidadão, então; onde está a gestão desta senhora, e dos Chinaglias da vida, congressistas que aprovam seus benefícios sem culpa nenhuma, enquanto a dos meros serviçais, esperem as migalhas dos canalhas.
    subsidioja_
    subsidioja_
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2536
    Reputação : 336
    Data de inscrição : 05/04/2011

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por subsidioja_ Qui 13 Nov 2014, 12:03 pm

    Galizezin escreveu:
    subsidioja_ escreveu:
    Tribunal de Exceção escreveu:
    SJA escreveu:

    Sempre que vejo manifestação de colegas pela desfiliação em massa, fico muito preocupado...

    O Vander, enfim, conseguiu arregimentar alguns discípulos....

    Defender desfiliação é ser inconsequente ao extremo.
    Um tipo de pessoa assim não sabe dirigir sequer a própria vida e fica querendo apontar o rumo para 120 mil famílias. Peçam pra cagar e vão embora. É o melhor que vocês fazem.

    Pelo visto vc deve fazer parte de algum sindicato desses que estão comprados, ou não?
    EU? A2 oreia seca? Sou mais novato que tu!
    Apenas sou consciente quanto à necessidade de um sindicato para uma categoria.


    Entre extinguir os sindicatos petistas e deixá-los como está qual seria a diferença?
    Qual seria a diferença? As ações da categoria precisam da legitimidade de um sindicato.

    Economia no bolso, porque o que essa turminha faz pelas 120 mil famílias é absolutamente NADA!
    Essa turminha não ajuda em nada. Só atrapalha realmente. Daí a necessidade de expulsá-los.
    Lembre-se::: Não queira explodir sua casa pra matar o ladrão. Você precisa dela!

    Vão arrumar teta pra mamar em outro lugar!!
    A Petrobrás tem tetas de uma vaca leiteira. E sempre cabe mais um.
    celsoant
    celsoant
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Cargo : Analista, técnico até ontem
    Mensagens : 4473
    Reputação : -69
    Data de inscrição : 17/11/2010
    Localização : CNMP

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por celsoant Qui 13 Nov 2014, 12:04 pm

    Galizezin escreveu:
    Judiciário escreveu:
    darkshi escreveu:
    TRF1/MG escreveu:

    Esta ai para aqueles que me chamam, e mais alguns outros colegas, de PROFETAS DO ZERO. Tá na hora de acordar e ver como eles nos enxergam, como... nem vou seguir, deu para notar.

    Como terceiro escalão. Equiparável a um analista do executivo.

    É o seguinte:

    Podemos esperar sentados que esta contraproposta não virá no atual cenário.

    O que o STF e os sindicatos estão fazendo, ao meu vê corretíssimos, é tentar apoio dos partidos, inclusive da base aliada, para votar nosso reajuste.

    Em razão deste possível apoio e do maior parcelamento do 7920/14, estão trabalhando no sentido de colocar em votação, em plenário, nosso reajuste junto com o reajuste dos membros.

    Por isso os novos estudos do Amarildo que servirá de base para o relatório do deputado que está responsável para apresentar o relatório.

    Podemos aprovar sem apoio do MPOG desde que aproveitemos a onda de insatisfação do CN.

    E tem a terceira via, o governo sendo emparedado no momento da votação apresentará um acordo de última hora.


    Se eu fosse o Presidente do STF, colocaria as chefias dos demais poderes em seus lugares. Não querem respeitar a autonomia orçamentária do Judiciário? Então vamos lá!

    Ação dos 13,23%, JULGO PROCEDENTE
    Data base, JULGO PROCEDENTE
    Operação Lava Jato, CELERIDADE NA TRAMITAÇÃO

    ETC

    Em que mundo você vive?

    Conteúdo patrocinado

    Tópico Geral - Página 13 Empty Re: Tópico Geral

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Qui 20 Jan 2022, 4:26 am