PCS JÁ

PCS JÁ



    Empréstimo Consignado - formas de sustação

    eder.lima
    eder.lima
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 332
    Reputação : 29
    Data de inscrição : 01/06/2015

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por eder.lima Seg 15 Jun 2020, 2:56 pm

    Colegas,

    Alguém aqui aderiu as cooperativas de crédito? Aqui no CE a SICREDI está com condições especiais em vários produtos (dentre eles consignados) para quem aderir.
    Alguém que mudou do banco para cooperativa poderia compartilhar a experiência? Falar dos prós e dos contras?
    marco trt8
    marco trt8
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 48
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 23/12/2014

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por marco trt8 Seg 15 Jun 2020, 5:26 pm

    olá amigos, eu fiz um contrato imobiliário em 2012, a taxa selic estava na casa de 2 dígitos. Porém, hoje, a selic está em torno de 3%. Diante disso, o saldo devedor não deveria reduzir, pois a selic baixou? pergunto isso, porque não senti grande diferença nas prestações e no saldo devedor cobrado pelo banco. alguém saberia de uma fórmula para calcular o valor real destes dados (selic nas prestações e no saldo devedor) que pudesse me indicar?
    androsvilazza
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2641
    Reputação : 495
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por androsvilazza Ter 16 Jun 2020, 1:36 pm

    marco trt8 escreveu:olá amigos, eu fiz um contrato imobiliário em 2012, a taxa selic estava na casa de 2 dígitos. Porém, hoje, a selic está em torno de 3%. Diante disso, o saldo devedor não deveria reduzir, pois a selic baixou? pergunto isso, porque não senti grande diferença nas prestações e no saldo devedor cobrado pelo banco. alguém saberia de uma fórmula para calcular o valor real destes dados (selic nas prestações e no saldo devedor) que pudesse me indicar?

    Em um financiamento qualquer, há dois tipos de taxas de juros possíveis: pré-fixadas e pós-fixadas. Se o seu contrato tinha taxa pré-fixada (o que é pouco comum - ou inexistente - em contratos longos como os habitacionais), significa que, a menos que você renegocie o contrato (ou realize a portabilidade para outra instituição etc), os juros serão sempre os mesmos, e o saldo devedor será exatamente como previsto na hora da contratação.

    Do outro lado, temos os contratos pós-fixados, que são mais habituais. O tipo mais comum de pós-fixado é composto por uma taxa-base de juros (geralmente 6,5 a 10%), somada à TR (taxa referencial). O "problema", nesse caso, é que a TR varia muito pouco, e é um valor sempre baixo, mesmo tendo parte do seu cálculo atrelada à SELIC. Para se ter uma ideia, a TR mensal está em 0% desde 2018 (talvez um pouco antes, mas me lembro que de 2018 para cá tem sido 0% todo mês). Ou seja, o juro incidente em contrato tem sido "fixo". Se pegarmos de 2012 (ano em que você assinou seu contrato) pra cá, o ano em que a TR (anual) foi mais alta foi em 2016 (TR de pouco mais de 2% naquele ano). E isso com a SELIC em mais de 14%. Dá pra perceber que o impacto foi baixo sobre os contratos habitacionais "antigos", mesmo com a SELIC alta. Em regra, variações na SELIC costumam impactar mais fortemente apenas os novos contratos, e não os já vigentes ("graças a Deus!").

    Outros tipos de contratos pós-fixados (taxa-base mais algum índice) são os baseados na inflação ou na própria SELIC. O baseado na inflação compõe-se, normalmente, de taxa-base + IPCA, muito volátil e, por isso, pouco comum em contratos habitacionais (salvo engano, apenas recentemente a Caixa começou a oferecer esse tipo de contrato - cuja contratação, na minha modesta opinião, é loucura em um país como o Brasil).

    Já com relação aos contratos pós-fixados pela variação da SELIC, não me lembro de ter visto essa opção em contratos habitacionais, provavelmente por também ser muito volátil. Esse tipo de taxa é mais comum em títulos de crédito de curto/médio prazos, e não consideram a SELIC propriamente dita (obviamente só o Tesouro pode emitir títulos atrelados à SELIC), e sim o CDI (que, embora diferente, é próximo à SELIC).

    Ao fim, quase todos os contratos habitacionais são pós-fixados pela TR, o que, se por um lado inviabiliza grandes reduções em momentos como este, por outro lado é bom por ser uma taxa que varia pouco, protegendo o cliente das grandes variações que normalmente ocorrem em índices como IPCA e SELIC.

    A título de curiosidade, colo aqui os índices recentes da TR. Vou colocar os índices anuais, pra lista não ficar longa, mas o índice utilizado em contratos habitacionais é o mensal (a cada mês, o saldo devedor do contrato é atualizado por este índice). Observe que, apesar da enorme variação da SELIC no período, a TR variou muito pouco de 2000 pra cá:

    TR histórica ano a ano
    Ano Taxa Referencial (%)
    1991 335,51
    1992 1.556,22
    1993 2.474,73
    1994 951,19
    1995 31,62
    1996 9,55
    1997 9,78
    1998 7,79
    1999 5,72
    2000 2,09
    2001 2,28
    2002 2,80
    2003 4,64
    2004 1,81
    2005 2,83
    2006 2,03
    2007 1,44
    2008 1,63
    2009 0,71
    2010 0,68
    2011 1,20
    2012 0,28
    2013 0,19
    2014 0,85
    2015 1,79
    2016 2,01
    2017 0,59



    josebarbos
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3308
    Reputação : 432
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por josebarbos Ter 16 Jun 2020, 10:22 pm

    androsvilazza escreveu:
    marco trt8 escreveu:olá amigos, eu fiz um contrato imobiliário em 2012, a taxa selic estava na casa de 2 dígitos. Porém, hoje, a selic está em torno de 3%. Diante disso, o saldo devedor não deveria reduzir, pois a selic baixou? pergunto isso, porque não senti grande diferença nas prestações e no saldo devedor cobrado pelo banco. alguém saberia de uma fórmula para calcular o valor real destes dados (selic nas prestações e no saldo devedor) que pudesse me indicar?

    Em um financiamento qualquer, há dois tipos de taxas de juros possíveis: pré-fixadas e pós-fixadas. Se o seu contrato tinha taxa pré-fixada (o que é pouco comum - ou inexistente - em contratos longos como os habitacionais), significa que, a menos que você renegocie o contrato (ou realize a portabilidade para outra instituição etc), os juros serão sempre os mesmos, e o saldo devedor será exatamente como previsto na hora da contratação.

    Do outro lado, temos os contratos pós-fixados, que são mais habituais. O tipo mais comum de pós-fixado é composto por uma taxa-base de juros (geralmente 6,5 a 10%), somada à TR (taxa referencial). O "problema", nesse caso, é que a TR varia muito pouco, e é um valor sempre baixo, mesmo tendo parte do seu cálculo atrelada à SELIC. Para se ter uma ideia, a TR mensal está em 0% desde 2018 (talvez um pouco antes, mas me lembro que de 2018 para cá tem sido 0% todo mês). Ou seja, o juro incidente em contrato tem sido "fixo". Se pegarmos de 2012 (ano em que você assinou seu contrato) pra cá, o ano em que a TR (anual) foi mais alta foi em 2016 (TR de pouco mais de 2% naquele ano). E isso com a SELIC em mais de 14%. Dá pra perceber que o impacto foi baixo sobre os contratos habitacionais "antigos", mesmo com a SELIC alta. Em regra, variações na SELIC costumam impactar mais fortemente apenas os novos contratos, e não os já vigentes ("graças a Deus!").

    Outros tipos de contratos pós-fixados (taxa-base mais algum índice) são os baseados na inflação ou na própria SELIC. O baseado na inflação compõe-se, normalmente, de taxa-base + IPCA, muito volátil e, por isso, pouco comum em contratos habitacionais (salvo engano, apenas recentemente a Caixa começou a oferecer esse tipo de contrato - cuja contratação, na minha modesta opinião, é loucura em um país como o Brasil).

    Existem TANTOS, mas tantos tipos de contratos imobiliários no Brasil que é bem possível alguém ter este tipo de indexador. Quando trabalhei na Caixa eram mais de cem tipos de contratos, com destaque para os bizarros casos vinculados ao salário, uma treta que acho que deve correr até hoje nos tribunais.

    Minha opinião sobre o IPCA + taxa. É arriscado, mas não tanto assim. A questão é você conseguir pegar uma taxa justa e ter um plano realista, para quitar seu empréstimo em coisa de 10 a 15 anos, não 30.
    Diferentemente de nós, os CLTistas têm uma "certeza" de que vão ganhar pelo menos, ou algo próximo, à inflação todo o ano. A prestação inicial é BEM mais baixa e às vezes é menos que o custo do aluguel.
    Sim, você tem que ter um certo colchão, mas se a inflação disparar, e não tiver onde morar, aluguel também encarece.

    Se quiser ser MUITO conservador, há também o outro extremo, do contrato inteiramente prefixado. Só que aí o risco está precificado (conhaque de alcatrão, catraca de canhão), e embora pareça proibitivo e seja mais "caro", é um modelo ideal para nós que não sabemos quando vamos ter aumento e que, se ele vier, podemos nos comprometer a antecipar e amortizar o saldo devedor.

    Quanto à dúvida do nobre colega, eu iria ontem nos bancos negociar portabilidade. Em tempo de covid à aversão a risco pode estar maior, mas dá para acompanhar e migrar para um contrato mais vantajoso.
    marco trt8
    marco trt8
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 48
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 23/12/2014

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por marco trt8 Qua 17 Jun 2020, 8:16 pm

    olá josé barbosa, muito obrigado pela explicação. vou tentar negociar um novo contrato mais vantajoso por meio da portabilidade.
    avatar
    SENATUS
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 486
    Reputação : 34
    Data de inscrição : 23/11/2010

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por SENATUS Ter 23 Jun 2020, 12:29 pm

    Será se os bancos vão aceitar isso aí?

    Sindjus-DF – Informe do Senado Federal – Suspensão do pagamento de empréstimos consignados
    23 de junho de 2020
    Sindjus-DF informa, por meio de sua assessoria parlamentar – Queiroz Assessoria Parlamentar e Sindical, que o presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre (DEM/AP), publicou na noite de ontem (22/6 – segunda-feira) Ofício remetendo o PL 1328/2020, para análise da Câmara dos Deputados.

    O texto final aprovado pelo Senado suspende por 120 dias os pagamentos de empréstimos consignados em remunerações, salários, proventos, pensões e benefícios previdenciários de servidores públicos, ativos e inativos, empregados públicos e privados, bem como de pensionistas. As referidas prestações serão convertidas em parcelas extras subsequentes à data de vencimento da última parcela prevista no contrato.

    A proposta também permite que o empregado que venha a ser demitido até 31 de dezembro de 2020 possa transferir o saldo devedor do empréstimo consignado para um contrato de empréstimo pessoal, com as mesmas condições de prazo e taxas de juros originalmente pactuadas, acrescidas de carência de 120 dias.

    Mais uma vez o Sindjus-DF informa à categoria com exclusividade os desdobramentos da apreciação do PL 1328/2020 no Senado Federal e o trabalho que foi desenvolvido para sua aprovação.

    O PL segue agora para a Câmara dos Deputados. A Diretoria do Sindjus-DF já entrou em contato com o presidente do Sindilegis, Petrus Elesbão, para realização de esforço conjunto entre as entidades, de modo a fazer a interlocução e trabalho de convencimento junto aos deputados e lideranças de bancada e partidárias para viabilizar a apreciação e aprovação da matéria em regime de urgência.

    Segue a ÍNTEGRA do texto que será analisado pela Câmara dos Deputados.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    servidor.tre
    servidor.tre
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1275
    Reputação : 36
    Data de inscrição : 30/10/2012

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por servidor.tre Qui 25 Jun 2020, 12:07 am

    SENATUS escreveu:Será se os bancos vão aceitar isso aí?

    Sindjus-DF – Informe do Senado Federal – Suspensão do pagamento de empréstimos consignados
    23 de junho de 2020
    Sindjus-DF informa, por meio de sua assessoria parlamentar – Queiroz Assessoria Parlamentar e Sindical, que o presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre (DEM/AP), publicou na noite de ontem (22/6 – segunda-feira) Ofício remetendo o PL 1328/2020, para análise da Câmara dos Deputados.

    O texto final aprovado pelo Senado suspende por 120 dias os pagamentos de empréstimos consignados em remunerações, salários, proventos, pensões e benefícios previdenciários de servidores públicos, ativos e inativos, empregados públicos e privados, bem como de pensionistas. As referidas prestações serão convertidas em parcelas extras subsequentes à data de vencimento da última parcela prevista no contrato.

    A proposta também permite que o empregado que venha a ser demitido até 31 de dezembro de 2020 possa transferir o saldo devedor do empréstimo consignado para um contrato de empréstimo pessoal, com as mesmas condições de prazo e taxas de juros originalmente pactuadas, acrescidas de carência de 120 dias.

    Mais uma vez o Sindjus-DF informa à categoria com exclusividade os desdobramentos da apreciação do PL 1328/2020 no Senado Federal e o trabalho que foi desenvolvido para sua aprovação.

    O PL segue agora para a Câmara dos Deputados. A Diretoria do Sindjus-DF já entrou em contato com o presidente do Sindilegis, Petrus Elesbão, para realização de esforço conjunto entre as entidades, de modo a fazer a interlocução e trabalho de convencimento junto aos deputados e lideranças de bancada e partidárias para viabilizar a apreciação e aprovação da matéria em regime de urgência.

    Segue a ÍNTEGRA do texto que será analisado pela Câmara dos Deputados.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Isso aí passa???
    servidor.tre
    servidor.tre
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Mensagens : 1275
    Reputação : 36
    Data de inscrição : 30/10/2012

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por servidor.tre Ter 14 Jul 2020, 5:58 pm

    servidor.tre escreveu:
    SENATUS escreveu:Será se os bancos vão aceitar isso aí?

    Sindjus-DF – Informe do Senado Federal – Suspensão do pagamento de empréstimos consignados
    23 de junho de 2020
    Sindjus-DF informa, por meio de sua assessoria parlamentar – Queiroz Assessoria Parlamentar e Sindical, que o presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre (DEM/AP), publicou na noite de ontem (22/6 – segunda-feira) Ofício remetendo o PL 1328/2020, para análise da Câmara dos Deputados.

    O texto final aprovado pelo Senado suspende por 120 dias os pagamentos de empréstimos consignados em remunerações, salários, proventos, pensões e benefícios previdenciários de servidores públicos, ativos e inativos, empregados públicos e privados, bem como de pensionistas. As referidas prestações serão convertidas em parcelas extras subsequentes à data de vencimento da última parcela prevista no contrato.

    A proposta também permite que o empregado que venha a ser demitido até 31 de dezembro de 2020 possa transferir o saldo devedor do empréstimo consignado para um contrato de empréstimo pessoal, com as mesmas condições de prazo e taxas de juros originalmente pactuadas, acrescidas de carência de 120 dias.

    Mais uma vez o Sindjus-DF informa à categoria com exclusividade os desdobramentos da apreciação do PL 1328/2020 no Senado Federal e o trabalho que foi desenvolvido para sua aprovação.

    O PL segue agora para a Câmara dos Deputados. A Diretoria do Sindjus-DF já entrou em contato com o presidente do Sindilegis, Petrus Elesbão, para realização de esforço conjunto entre as entidades, de modo a fazer a interlocução e trabalho de convencimento junto aos deputados e lideranças de bancada e partidárias para viabilizar a apreciação e aprovação da matéria em regime de urgência.

    Segue a ÍNTEGRA do texto que será analisado pela Câmara dos Deputados.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Isso aí passa???

    Alguma novidade sobre isso?
    eder.lima
    eder.lima
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 332
    Reputação : 29
    Data de inscrição : 01/06/2015

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por eder.lima Qua 15 Jul 2020, 4:28 pm

    servidor.tre escreveu:
    servidor.tre escreveu:
    SENATUS escreveu:Será se os bancos vão aceitar isso aí?

    Sindjus-DF – Informe do Senado Federal – Suspensão do pagamento de empréstimos consignados
    23 de junho de 2020
    Sindjus-DF informa, por meio de sua assessoria parlamentar – Queiroz Assessoria Parlamentar e Sindical, que o presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre (DEM/AP), publicou na noite de ontem (22/6 – segunda-feira) Ofício remetendo o PL 1328/2020, para análise da Câmara dos Deputados.

    O texto final aprovado pelo Senado suspende por 120 dias os pagamentos de empréstimos consignados em remunerações, salários, proventos, pensões e benefícios previdenciários de servidores públicos, ativos e inativos, empregados públicos e privados, bem como de pensionistas. As referidas prestações serão convertidas em parcelas extras subsequentes à data de vencimento da última parcela prevista no contrato.

    A proposta também permite que o empregado que venha a ser demitido até 31 de dezembro de 2020 possa transferir o saldo devedor do empréstimo consignado para um contrato de empréstimo pessoal, com as mesmas condições de prazo e taxas de juros originalmente pactuadas, acrescidas de carência de 120 dias.

    Mais uma vez o Sindjus-DF informa à categoria com exclusividade os desdobramentos da apreciação do PL 1328/2020 no Senado Federal e o trabalho que foi desenvolvido para sua aprovação.

    O PL segue agora para a Câmara dos Deputados. A Diretoria do Sindjus-DF já entrou em contato com o presidente do Sindilegis, Petrus Elesbão, para realização de esforço conjunto entre as entidades, de modo a fazer a interlocução e trabalho de convencimento junto aos deputados e lideranças de bancada e partidárias para viabilizar a apreciação e aprovação da matéria em regime de urgência.

    Segue a ÍNTEGRA do texto que será analisado pela Câmara dos Deputados.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Isso aí passa???

    Alguma novidade sobre isso?

    Também gostaria de saber. Já que as taxas não diminuem apesar da menor SELIC da história, pelo menos essa suspensão temporária traria algum alivio...
    eder.lima
    eder.lima
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 332
    Reputação : 29
    Data de inscrição : 01/06/2015

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por eder.lima Seg 20 Jul 2020, 7:25 pm

    Alguém aqui que tenha deixado de pagar consignados após mudança de folha de pagamento conseguiu êxito na negociação? Se sim, poderia compartilhar a experiência?
    Rengaw
    Rengaw
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 704
    Reputação : 43
    Data de inscrição : 26/08/2014

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por Rengaw Qua 02 Set 2020, 12:50 pm

    Meus companheiros, boa tarde!

    Gostaria de pedir ajuda de vocês para que possamos no unir e pedir aos deputados que coloque o projeto de lei 1328/2020 que foi aprovado no senado e de autoria do Senador - Otto Alencar - PSD/BA - Suspende, durante 120 (cento e vinte) dias, os pagamentos das obrigações de operações de créditos consignados em remunerações, salários, proventos, pensões e benefícios previdenciários, de servidores e empregados, públicos e privados, ativos e inativos, bem como de pensionistas.

    Peguei o endereço de email (abaixo) dos lideres dos partidos e bancadas para fazer esse pedido.

    Se os nobres colegas puderem me ajudar nisso eu agradeço.

    Sou o que se chama por ai de SUPERENDIVIDADO e esse projeto se for aprovado irá me trazer grande alívio.

    Agradeço desde já a colaboração





    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.],
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.],
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.],
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.],
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.],
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.],
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.],
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.],
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.],
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.],
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.],
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.],
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.],
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.],
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.],
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.],
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.],
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.],
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.],
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.],
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.],
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.],
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.],
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.],
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.],
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.],
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.],
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    fairbanks
    fairbanks
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 182
    Reputação : 8
    Data de inscrição : 24/11/2014

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por fairbanks Qui 15 Out 2020, 5:22 pm

    fairbanks escreveu:
    Nilsengard escreveu:Alguém aí sabe dizer se ATUALMENTE os bancos estão entrando com ação para cobrar consignados atrasados (Principalmente Banco do Brasil)? Obs.: Aqueles que deixam de vir no contracheque por motivo de mudança pra outro órgão.
    E como têm sido as decisões dos juízes? Estão mandando consignar judicialmente em folha?

    Tive um empréstimo que deixou de ser consignado, por conta de pensão alimentícia que entrou em meu contra cheque, a Caixa entrou com uma Ação Monitória exatamente um ano depois, tive que entrar com Embargos Monitórios, mas não foram julgados, até o momento.

    A quem possa interessar, a Caixa me ligou com proposta de acordo para um consignado meu, que deixei de pagar em julho de 2018, por conta de falta de margem, inclusive já estava sendo cobrado na justiça(Monitória), entraram em jul/2019: 90% de desconto, meu saldo devedor era de quase 81.000,00, faltavam 82 parcelas de 1.426,00, paguei 8.600,00 já com honorários, por conta da ação. Pense num cabra aliviado.... cheers Laughing
    fairbanks
    fairbanks
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 182
    Reputação : 8
    Data de inscrição : 24/11/2014

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por fairbanks Qui 15 Out 2020, 5:24 pm

    fairbanks escreveu:
    fairbanks escreveu:
    Nilsengard escreveu:Alguém aí sabe dizer se ATUALMENTE os bancos estão entrando com ação para cobrar consignados atrasados (Principalmente Banco do Brasil)? Obs.: Aqueles que deixam de vir no contracheque por motivo de mudança pra outro órgão.
    E como têm sido as decisões dos juízes? Estão mandando consignar judicialmente em folha?

    Tive um empréstimo que deixou de ser consignado, por conta de pensão alimentícia que entrou em meu contra cheque, a Caixa entrou com uma Ação Monitória exatamente um ano depois, tive que entrar com Embargos Monitórios, mas não foram julgados, até o momento.

    A quem possa interessar, a Caixa me ligou com proposta de acordo para um consignado meu, que deixei de pagar em julho de 2018, por conta de falta de margem, inclusive já estava sendo cobrado na justiça(Monitória), entraram em jul/2019: 90% de desconto, meu saldo devedor era de quase 81.000,00, faltavam 82 parcelas de 1.426,00, paguei 8.600,00 já com honorários, por conta da ação. Pense num cabra aliviado.... cheers Laughing

    Onde lê-se 2018, leia-se 2017, onde lê-se jul2019, leia-se março/2019.
    anuvenzinha
    anuvenzinha
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : ANALISTA
    Mensagens : 1409
    Reputação : 210
    Data de inscrição : 19/12/2014

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por anuvenzinha Qui 15 Out 2020, 5:54 pm

    fairbanks escreveu:
    fairbanks escreveu:
    fairbanks escreveu:
    Nilsengard escreveu:Alguém aí sabe dizer se ATUALMENTE os bancos estão entrando com ação para cobrar consignados atrasados (Principalmente Banco do Brasil)? Obs.: Aqueles que deixam de vir no contracheque por motivo de mudança pra outro órgão.
    E como têm sido as decisões dos juízes? Estão mandando consignar judicialmente em folha?

    Tive um empréstimo que deixou de ser consignado, por conta de pensão alimentícia que entrou em meu contra cheque, a Caixa entrou com uma Ação Monitória exatamente um ano depois, tive que entrar com Embargos Monitórios, mas não foram julgados, até o momento.

    A quem possa interessar, a Caixa me ligou com proposta de acordo para um consignado meu, que deixei de pagar em julho de 2018, por conta de falta de margem, inclusive já estava sendo cobrado na justiça(Monitória), entraram em jul/2019: 90% de desconto, meu saldo devedor era de quase 81.000,00, faltavam 82 parcelas de 1.426,00, paguei 8.600,00 já com honorários, por conta da ação. Pense num cabra aliviado.... cheers Laughing

    Onde lê-se 2018, leia-se 2017, onde lê-se jul2019, leia-se março/2019.

    Antes de mais nada, parabéns. Alguém pode me informar qdo se dá encerrada a possibilidade de cobrança pelo banco, pois ganhei uma ação de 62 mil do banco em 2018 relativo a um fato e q em 2015 eles tinham suspendido minha consignação até agora não me cobraram. Resumindo: conta a partir os 5 anos do vencto da última parcela ou da suspensão por livre arbítrio do banco a possibilidade deles me cobrarem na justiça?
    marco trt8
    marco trt8
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 48
    Reputação : 0
    Data de inscrição : 23/12/2014

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por marco trt8 Sab 17 Out 2020, 7:38 pm

    amigos, eu estou pensando em fazer uma portabilidade do meu empréstimo imobiliário do banco do Brasil para outra instituição financeira. A caixa me fez uma proposta, acontece que eu terei de pagar a reavaliação do imóvel de R$ 3.500,00. Alguém conhece uma instituição financeira que costuma apresentar boa proposta de portabilidade de empréstimos? outra coisa, essa cobrança de reavaliação de imóvel toda instituição cobra mesmo sendo uma solicitação de portabilidade?
    eder.lima
    eder.lima
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 332
    Reputação : 29
    Data de inscrição : 01/06/2015

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por eder.lima Sab 17 Out 2020, 7:45 pm

    marco trt8 escreveu:amigos, eu estou pensando em fazer uma portabilidade do meu empréstimo imobiliário do banco do Brasil para outra instituição financeira. A caixa me fez uma proposta, acontece que eu terei de pagar a reavaliação do imóvel de R$ 3.500,00. Alguém conhece uma instituição financeira que costuma apresentar boa proposta de portabilidade de empréstimos? outra coisa, essa cobrança de reavaliação de imóvel toda instituição cobra mesmo sendo uma solicitação de portabilidade?

    Também estou pensando em fazer a portabilidade de meu habitacional do BB pra Caixa. Na simulação que me passaram deu uma diferença de quase 200 reais na parcela. Mas desanimei quando vi que tem que pagar um valor de quase 3500 de custas no cartório por causa da averbação do contrato. Pelo que me disseram não tem como evitar pois o contrato tem que ser averbado em nome do novo banco credor e aí gera uma série de encargos e taxas...
    anuvenzinha
    anuvenzinha
    Usuário Especial
    Usuário Especial

    Cargo : ANALISTA
    Mensagens : 1409
    Reputação : 210
    Data de inscrição : 19/12/2014

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por anuvenzinha Dom 18 Out 2020, 5:23 pm

    Alguém pode me informar qdo se dá encerrada a possibilidade de cobrança pelo banco, pois ganhei uma ação de 62 mil do banco em 2018 relativo a um fato e q em 2015 eles tinham suspendido minha consignação até agora não me cobraram. Resumindo: conta a partir os 5 anos do vencto da última parcela ou da suspensão por livre arbítrio do banco a possibilidade deles me cobrarem na justiça?
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7680
    Reputação : 565
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por Galizezin Sex 06 Nov 2020, 9:49 am

    anuvenzinha escreveu: Alguém pode me informar qdo se dá encerrada a possibilidade de cobrança pelo banco, pois ganhei uma ação de 62 mil do banco em 2018 relativo a um fato e q em 2015 eles tinham suspendido minha consignação até agora não me cobraram. Resumindo: conta a partir os 5 anos do vencto da última parcela ou da suspensão por livre arbítrio do banco a possibilidade deles me cobrarem na justiça?

    meio complexo, mas acho que funciona assim: em certos contratos, não sei se em todos, existe uma cláusula que impõe a antecipação do vcto de todas as parcelas no caso de inadimplência. com isso, o banco pode registrar ou cobrar judicialmente o devedor pelo valor cheio do contrato. daí, a prescrição acaba ocorrendo em 5 anos do registro.


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    Nilsengard
    Nilsengard
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 55
    Reputação : 1
    Data de inscrição : 02/09/2015

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por Nilsengard Ter 10 Nov 2020, 10:27 am

    fairbanks escreveu:
    fairbanks escreveu:
    Nilsengard escreveu:Alguém aí sabe dizer se ATUALMENTE os bancos estão entrando com ação para cobrar consignados atrasados (Principalmente Banco do Brasil)? Obs.: Aqueles que deixam de vir no contracheque por motivo de mudança pra outro órgão.
    E como têm sido as decisões dos juízes? Estão mandando consignar judicialmente em folha?

    Tive um empréstimo que deixou de ser consignado, por conta de pensão alimentícia que entrou em meu contra cheque, a Caixa entrou com uma Ação Monitória exatamente um ano depois, tive que entrar com Embargos Monitórios, mas não foram julgados, até o momento.

    A quem possa interessar, a Caixa me ligou com proposta de acordo para um consignado meu, que deixei de pagar em julho de 2018, por conta de falta de margem, inclusive já estava sendo cobrado na justiça(Monitória), entraram em jul/2019: 90% de desconto, meu saldo devedor era de quase 81.000,00, faltavam 82 parcelas de 1.426,00, paguei 8.600,00 já com honorários, por conta da ação. Pense num cabra aliviado.... cheers Laughing

    Obrigado pelo retorno, colega. Parabéns pela vitória.
    Os bancos já tiraram seu lucro há muito tempo, por isso esses acordos não deixam de ter vantagens pra eles.
    avatar
    OJ_Leoqr
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 536
    Reputação : 10
    Data de inscrição : 19/08/2010

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por OJ_Leoqr Qua 11 Nov 2020, 1:33 pm

    [quote="fairbanks"]
    fairbanks escreveu:
    fairbanks escreveu:

    A quem possa interessar, a Caixa me ligou com proposta de acordo para um consignado meu, que deixei de pagar em julho de 2018, por conta de falta de margem, inclusive já estava sendo cobrado na justiça(Monitória), entraram em jul/2019: 90% de desconto, meu saldo devedor era de quase 81.000,00, faltavam 82 parcelas de 1.426,00, paguei 8.600,00 já com honorários, por conta da ação. Pense num cabra aliviado.... cheers Laughing

    Onde lê-se 2018, leia-se 2017, onde lê-se jul2019, leia-se março/2019.

    Que coisa boa, colega!
    Legal saber disso, sempre procuro tranquilizar os citandos em cobranças da Caixa nesse sentido.
    Parece que a CEF não vende a dívida, cozinha o devedor com promessas de renegociação, enquanto aguarda a ação de cobrança dar em algo. Frustrada a execução, ela oferece proposta irrecusável.
    Nilsengard
    Nilsengard
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 55
    Reputação : 1
    Data de inscrição : 02/09/2015

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por Nilsengard Qui 12 Nov 2020, 12:55 pm

    [quote="OJ_Leoqr"]
    fairbanks escreveu:
    fairbanks escreveu:
    fairbanks escreveu:

    A quem possa interessar, a Caixa me ligou com proposta de acordo para um consignado meu, que deixei de pagar em julho de 2018, por conta de falta de margem, inclusive já estava sendo cobrado na justiça(Monitória), entraram em jul/2019: 90% de desconto, meu saldo devedor era de quase 81.000,00, faltavam 82 parcelas de 1.426,00, paguei 8.600,00 já com honorários, por conta da ação. Pense num cabra aliviado.... cheers Laughing

    Onde lê-se 2018, leia-se 2017, onde lê-se jul2019, leia-se março/2019.

    Que coisa boa, colega!
    Legal saber disso, sempre procuro tranquilizar os citandos em cobranças da Caixa nesse sentido.
    Parece que a CEF não vende a dívida, cozinha o devedor com promessas de renegociação, enquanto aguarda a ação de cobrança dar em algo. Frustrada a execução, ela oferece proposta irrecusável.

    E quanto ao Banco do Brasil? Você sabe o modus operandi deles?
    avatar
    OJ_Leoqr
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 536
    Reputação : 10
    Data de inscrição : 19/08/2010

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por OJ_Leoqr Qui 12 Nov 2020, 6:01 pm

    Nilsengard escreveu:
    OJ_Leoqr escreveu:
    fairbanks escreveu:
    fairbanks escreveu:

    Onde lê-se 2018, leia-se 2017, onde lê-se jul2019, leia-se março/2019.

    Que coisa boa, colega!
    Legal saber disso, sempre procuro tranquilizar os citandos em cobranças da Caixa nesse sentido.
    Parece que a CEF não vende a dívida, cozinha o devedor com promessas de renegociação, enquanto aguarda a ação de cobrança dar em algo. Frustrada a execução,  ela oferece proposta irrecusável.

    E quanto ao Banco do Brasil? Você sabe o modus operandi deles?

    Poxa, amigo, em relação à pessoa física não sei dizer. Mas os administradores de empresas executadas reclamam demais da negociação com a Caixa, e alguns comentam que o BB é bem flexível na renegociação de dívidas, assim como os demais bancos privados.

    Experiência pessoal que tive foi com Santander. Eu tinha um consignado no contracheque de técnico. Assim que tomei posse como OJAF, procurei o banco para "transferir" a dívida, porém me disseram que eu teria que fazer um novo empréstimo (com condições atualizadas que não me eram vantajosas) para quitar o antigo. Resolvi que ia ver no que dava e fugi da cobrança por quase cinco anos! Que vergonha! Embarassed kkk Obviamente que fui negativado, não pelo banco, mas já por uma recuperadora de crédito. Um dia ligaram para o telefone da minha esposa, ela deu mole de passar para mim e eu de atender kkk Pesquisei sobre prescrição da dívida e vi que o TJRJ tinha um entendimento de que as parcelas prescreviam mês a mês; e mesmo que minha dívida inscrita no SERASA o fora por seu valor total, fiquei na dúvida se valeria a pena levar adiante. Então passei a negociar, chorei as pitangas, disse que estava desempregado (eles pareciam não fazer ideia de que eu tinha um contracheque). Resultado, uma dívida que seria cobrada em juízo por R$ 120.000,00 (originalmente cerca de R$ 60.000,00) foi quitada por R$ 11.000,00. cheers
    Sniper
    Sniper
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 758
    Reputação : 56
    Data de inscrição : 06/05/2011

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por Sniper Qui 12 Nov 2020, 6:16 pm

    Nilsengard escreveu:
    OJ_Leoqr escreveu:
    fairbanks escreveu:
    fairbanks escreveu:

    Onde lê-se 2018, leia-se 2017, onde lê-se jul2019, leia-se março/2019.

    Que coisa boa, colega!
    Legal saber disso, sempre procuro tranquilizar os citandos em cobranças da Caixa nesse sentido.
    Parece que a CEF não vende a dívida, cozinha o devedor com promessas de renegociação, enquanto aguarda a ação de cobrança dar em algo. Frustrada a execução,  ela oferece proposta irrecusável.

    E quanto ao Banco do Brasil? Você sabe o modus operandi deles?

    Arrisco a dizer que é melhor dever agiota do que o BB.
    Tenho umas operações em atraso e eles não são nada flexíveis nas propostas. Juros de 2,38%. Agora estão me assediando moralmente, dizendo que vão ajuizar etc. Banco indescente.
    Por outro lado, tinha uma dúvida no Santander e consegui uma negociação espetacular, com desconto de 45% e juros de 0,49%.
    Nilsengard
    Nilsengard
    Usuário Recente
    Usuário Recente

    Mensagens : 55
    Reputação : 1
    Data de inscrição : 02/09/2015

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por Nilsengard Sex 04 Dez 2020, 1:40 pm

    fairbanks escreveu:
    Nilsengard escreveu:Alguém aí sabe dizer se ATUALMENTE os bancos estão entrando com ação para cobrar consignados atrasados (Principalmente Banco do Brasil)? Obs.: Aqueles que deixam de vir no contracheque por motivo de mudança pra outro órgão.
    E como têm sido as decisões dos juízes? Estão mandando consignar judicialmente em folha?

    Tive um empréstimo que deixou de ser consignado, por conta de pensão alimentícia que entrou em meu contra cheque, a Caixa entrou com uma Ação Monitória exatamente um ano depois, tive que entrar com Embargos Monitórios, mas não foram julgados, até o momento.

    Fairbanks, eu te mandei mensagem privada. Se puder responder lá, agradeço bounce
    fairbanks
    fairbanks
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 182
    Reputação : 8
    Data de inscrição : 24/11/2014

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por fairbanks Sab 05 Dez 2020, 12:24 am

    Nilsengard escreveu:
    fairbanks escreveu:
    Nilsengard escreveu:Alguém aí sabe dizer se ATUALMENTE os bancos estão entrando com ação para cobrar consignados atrasados (Principalmente Banco do Brasil)? Obs.: Aqueles que deixam de vir no contracheque por motivo de mudança pra outro órgão.
    E como têm sido as decisões dos juízes? Estão mandando consignar judicialmente em folha?

    Tive um empréstimo que deixou de ser consignado, por conta de pensão alimentícia que entrou em meu contra cheque, a Caixa entrou com uma Ação Monitória exatamente um ano depois, tive que entrar com Embargos Monitórios, mas não foram julgados, até o momento.

    Fairbanks, eu te mandei mensagem privada. Se puder responder lá, agradeço bounce

    Fala!! Acabei de responder. Cool
    avatar
    SENATUS
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 486
    Reputação : 34
    Data de inscrição : 23/11/2010

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por SENATUS Sex 12 Mar 2021, 10:37 am



    Depois de muita luta do Sindjus-DF e outras entidades, suspensão temporária do pagamento de consignados é aprovada no Congresso Nacional e vai à sanção
    11 de março de 2021

    Tivemos nesta quinta-feira (11/03) o acolhimento de uma importante demanda dos colegas servidores ativos e inativos, com a aprovação pelo Plenário da Senado da suspensão por 120 dias, em razão do estado de calamidade pública gerado pela pandemia, dos pagamentos das operações de créditos consignados para servidores ativos e aposentados.

    Esse tema entrou na MP 1006/2020 por meio do substitutivo do deputado Capitão Alberto Neto (Republicanos-AM) durante o processo de votação da matéria na Câmara dos Deputados no dia de ontem (10/3). A princípio, a medida provisória só tratava do aumento de 35% para 40% o limite da margem de crédito consignado para aposentados e pensionistas do INSS com base no valor do benefício, sendo 35% são para empréstimos consignados e 5% para o cartão de crédito, que também foi aprovado.

    O texto aprovado pelos deputados e senadores incluiu a possibilidade de suspensão por 120 dias da cobrança do crédito consignado, com a manutenção dos juros contratados, por parte de servidores e empregados públicos, públicos e privados, ativos e inativos, bem como pensionistas da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos munícipios.

    Luta intensa
    Importante ressaltar que a suspensão temporária dos pagamentos de consignados, que tem como objetivo aliviar financeiramente o orçamento familiar dos servidores durante esse período de pandemia, motivou uma luta intensa do Sindjus-DF, que conseguiu encaminhar para aprovação em junho do ano passado de forma heroica uma emenda no Senado ao PL 1328/2019 (que diz respeito a esse assunto) contemplando também os servidores ativos, além dos aposentados, e estava pressionando os parlamentares pela aprovação deste projeto na Câmara.

    Durante a votação da MP 1006/2020 no Senado, o PL 1328/2020, que ao chegar na Câmara não teve o apoio do então presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ), foi mencionado por vários senadores e, até mesmo, pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, que disse já ter enviado mensagem ao presidente da Câmara, Arthur Lira, sobre a matéria.

    “Sem dúvida, nossas pressões tiveram resultado e o Congresso Nacional finalmente se rendeu à realidade dos servidores, que estão com seus orçamentos comprometidos e salários defasados. Temos enfrentado muitas iniciativas para tirar direitos do funcionalismo e muita falta de vontade política para valorizar os que dedicam suas vidas ao serviço público brasileiro, fazendo a diferença na vida diária de milhões de pessoas. Batalhamos muito por essa suspensão temporária do pagamento dos consignado porque sabemos o que o servidor passa, sem dúvida uma situação bem diferente daquela vivida pelos verdadeiros privilegiados deste País”, afirmou Costa Neto, coordenador-geral do Sindjus-DF.

    A MP 1006/2020 segue agora à sanção presidencial. A Diretoria do Sindjus-DF continuará acompanhando e trabalhando junto com sua assessoria parlamentar até a suspensão temporária do pagamento dos consignados se tornar uma realidade, garantindo alívio aos servidores, que tiveram por diversos motivos suas despesas aumentadas durante a pandemia (inflação, perda de renda e empregos de familiares e parentes, custos extras com teletrabalho e isolamento social). Trata-se de mais uma conquista com a participação do Sindjus-DF, a partir de muita luta e estratégia, voltada à categoria.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Será????????????
    Rengaw
    Rengaw
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 704
    Reputação : 43
    Data de inscrição : 26/08/2014

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por Rengaw Sex 12 Mar 2021, 6:15 pm

    SENATUS escreveu:

    Depois de muita luta do Sindjus-DF e outras entidades, suspensão temporária do pagamento de consignados é aprovada no Congresso Nacional e vai à sanção
    11 de março de 2021

    Tivemos nesta quinta-feira (11/03) o acolhimento de uma importante demanda dos colegas servidores ativos e inativos, com a aprovação pelo Plenário da Senado da suspensão por 120 dias, em razão do estado de calamidade pública gerado pela pandemia, dos pagamentos das operações de créditos consignados para servidores ativos e aposentados.

    Esse tema entrou na MP 1006/2020 por meio do substitutivo do deputado Capitão Alberto Neto (Republicanos-AM) durante o processo de votação da matéria na Câmara dos Deputados no dia de ontem (10/3). A princípio, a medida provisória só tratava do aumento de 35% para 40% o limite da margem de crédito consignado para aposentados e pensionistas do INSS com base no valor do benefício, sendo 35% são para empréstimos consignados e 5% para o cartão de crédito, que também foi aprovado.

    O texto aprovado pelos deputados e senadores incluiu a possibilidade de suspensão por 120 dias da cobrança do crédito consignado, com a manutenção dos juros contratados, por parte de servidores e empregados públicos, públicos e privados, ativos e inativos, bem como pensionistas da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos munícipios.

    Luta intensa
    Importante ressaltar que a suspensão temporária dos pagamentos de consignados, que tem como objetivo aliviar financeiramente o orçamento familiar dos servidores durante esse período de pandemia, motivou uma luta intensa do Sindjus-DF, que conseguiu encaminhar para aprovação em junho do ano passado de forma heroica uma emenda no Senado ao PL 1328/2019 (que diz respeito a esse assunto) contemplando também os servidores ativos, além dos aposentados, e estava pressionando os parlamentares pela aprovação deste projeto na Câmara.

    Durante a votação da MP 1006/2020 no Senado, o PL 1328/2020, que ao chegar na Câmara não teve o apoio do então presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ), foi mencionado por vários senadores e, até mesmo, pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, que disse já ter enviado mensagem ao presidente da Câmara, Arthur Lira, sobre a matéria.

    “Sem dúvida, nossas pressões tiveram resultado e o Congresso Nacional finalmente se rendeu à realidade dos servidores, que estão com seus orçamentos comprometidos e salários defasados. Temos enfrentado muitas iniciativas para tirar direitos do funcionalismo e muita falta de vontade política para valorizar os que dedicam suas vidas ao serviço público brasileiro, fazendo a diferença na vida diária de milhões de pessoas. Batalhamos muito por essa suspensão temporária do pagamento dos consignado porque sabemos o que o servidor passa, sem dúvida uma situação bem diferente daquela vivida pelos verdadeiros privilegiados deste País”, afirmou Costa Neto, coordenador-geral do Sindjus-DF.

    A MP 1006/2020 segue agora à sanção presidencial. A Diretoria do Sindjus-DF continuará acompanhando e trabalhando junto com sua assessoria parlamentar até a suspensão temporária do pagamento dos consignados se tornar uma realidade, garantindo alívio aos servidores, que tiveram por diversos motivos suas despesas aumentadas durante a pandemia (inflação, perda de renda e empregos de familiares e parentes, custos extras com teletrabalho e isolamento social). Trata-se de mais uma conquista com a participação do Sindjus-DF, a partir de muita luta e estratégia, voltada à categoria.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Será????????????


    cheers cheers cheers cheers cheers cheers cheers cheers cheers cheers


    Será de grande alívio. Estava esperando isso desde o ano passado mas aquele safado do Rodrigo Botafogo nhonho Maia sentou no projeto que veio aprovado pelo senado limou minhas esperanças. Graças a Deus está indo à Sanção
    Tchuba
    Tchuba
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Cargo : Técnico Judiciário
    Mensagens : 254
    Reputação : 36
    Data de inscrição : 26/03/2015
    Localização : Brasília

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por Tchuba Sex 12 Mar 2021, 7:08 pm

    Alguém tem ideia como isso vai funcionar, caso passe pela sanção?
    Nós vamos ter que solicitar em cada Órgão ou será suspenso automaticamente para todos que tem consignado?
    Ou ainda, será que terá opção para não interromper?
    abs

    Rengaw escreveu:
    SENATUS escreveu:

    Depois de muita luta do Sindjus-DF e outras entidades, suspensão temporária do pagamento de consignados é aprovada no Congresso Nacional e vai à sanção
    11 de março de 2021

    Tivemos nesta quinta-feira (11/03) o acolhimento de uma importante demanda dos colegas servidores ativos e inativos, com a aprovação pelo Plenário da Senado da suspensão por 120 dias, em razão do estado de calamidade pública gerado pela pandemia, dos pagamentos das operações de créditos consignados para servidores ativos e aposentados.

    Esse tema entrou na MP 1006/2020 por meio do substitutivo do deputado Capitão Alberto Neto (Republicanos-AM) durante o processo de votação da matéria na Câmara dos Deputados no dia de ontem (10/3). A princípio, a medida provisória só tratava do aumento de 35% para 40% o limite da margem de crédito consignado para aposentados e pensionistas do INSS com base no valor do benefício, sendo 35% são para empréstimos consignados e 5% para o cartão de crédito, que também foi aprovado.

    O texto aprovado pelos deputados e senadores incluiu a possibilidade de suspensão por 120 dias da cobrança do crédito consignado, com a manutenção dos juros contratados, por parte de servidores e empregados públicos, públicos e privados, ativos e inativos, bem como pensionistas da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos munícipios.

    Luta intensa
    Importante ressaltar que a suspensão temporária dos pagamentos de consignados, que tem como objetivo aliviar financeiramente o orçamento familiar dos servidores durante esse período de pandemia, motivou uma luta intensa do Sindjus-DF, que conseguiu encaminhar para aprovação em junho do ano passado de forma heroica uma emenda no Senado ao PL 1328/2019 (que diz respeito a esse assunto) contemplando também os servidores ativos, além dos aposentados, e estava pressionando os parlamentares pela aprovação deste projeto na Câmara.

    Durante a votação da MP 1006/2020 no Senado, o PL 1328/2020, que ao chegar na Câmara não teve o apoio do então presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ), foi mencionado por vários senadores e, até mesmo, pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, que disse já ter enviado mensagem ao presidente da Câmara, Arthur Lira, sobre a matéria.

    “Sem dúvida, nossas pressões tiveram resultado e o Congresso Nacional finalmente se rendeu à realidade dos servidores, que estão com seus orçamentos comprometidos e salários defasados. Temos enfrentado muitas iniciativas para tirar direitos do funcionalismo e muita falta de vontade política para valorizar os que dedicam suas vidas ao serviço público brasileiro, fazendo a diferença na vida diária de milhões de pessoas. Batalhamos muito por essa suspensão temporária do pagamento dos consignado porque sabemos o que o servidor passa, sem dúvida uma situação bem diferente daquela vivida pelos verdadeiros privilegiados deste País”, afirmou Costa Neto, coordenador-geral do Sindjus-DF.

    A MP 1006/2020 segue agora à sanção presidencial. A Diretoria do Sindjus-DF continuará acompanhando e trabalhando junto com sua assessoria parlamentar até a suspensão temporária do pagamento dos consignados se tornar uma realidade, garantindo alívio aos servidores, que tiveram por diversos motivos suas despesas aumentadas durante a pandemia (inflação, perda de renda e empregos de familiares e parentes, custos extras com teletrabalho e isolamento social). Trata-se de mais uma conquista com a participação do Sindjus-DF, a partir de muita luta e estratégia, voltada à categoria.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

    Será????????????


    cheers cheers cheers cheers cheers cheers cheers cheers cheers cheers


    Será de grande alívio. Estava esperando isso desde o ano passado mas aquele safado do Rodrigo Botafogo nhonho Maia sentou no projeto que veio aprovado pelo senado limou minhas esperanças. Graças a Deus está indo à Sanção
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7680
    Reputação : 565
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por Galizezin Sex 12 Mar 2021, 8:04 pm

    três meses alivia o quê? seria uma curta rolagem de dívida sem juros?


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    avatar
    SENATUS
    Usuário Sênior
    Usuário Sênior

    Mensagens : 486
    Reputação : 34
    Data de inscrição : 23/11/2010

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por SENATUS Sex 12 Mar 2021, 8:46 pm

    Art. 4º Fica facultada a concessão de carência, por
    até 120 (cento e vinte) dias, para novas operações de crédito
    consignado, bem como para as que tenham sido firmadas antes da
    entrada em vigor desta Lei, mantida, em qualquer dos casos, a
    incidência, durante o período de carência, de juros e demais
    encargos contratados.

    Temos que ver como será na pratica
    josebarbos
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3308
    Reputação : 432
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por josebarbos Sex 12 Mar 2021, 8:49 pm

    Vamos ver se isto vai rolar...

    Meu conselho a quem não estiver desesperado: não suspenda um dia sequer. Poder vir/recalcular IOF, o banco pode te encher o saco e sabe-se lá na frente o que isto vai representar com cadastro positivo.

    Sindicatos, que não estão sequer mobilizando as categorias em outras pautas muito mais importantes e até possíveis, como um "auxílio-teletrabalho", que ocorre na iniciativa privada, vem com estas supostas vitórias de pirro.

    E isto é só uma ideia. Se quiser dou um monte para melhorar nosso funcionalismo.
    Rengaw
    Rengaw
    Usuário Master
    Usuário Master

    Mensagens : 704
    Reputação : 43
    Data de inscrição : 26/08/2014

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por Rengaw Sab 13 Mar 2021, 11:59 am

    Galizezin escreveu:três meses alivia o quê? seria uma curta rolagem de dívida sem juros?

    Não são 3 meses são 120 dias ou 4 meses e se não alivia pra você é só abrir mão meu amigo......simplesmente isso!
    androsvilazza
    androsvilazza
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 2641
    Reputação : 495
    Data de inscrição : 22/01/2015

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por androsvilazza Dom 14 Mar 2021, 6:57 pm

    SENATUS escreveu:Art. 4º Fica facultada a concessão de carência, por
    até 120 (cento e vinte) dias, para novas operações de crédito
    consignado, bem como para as que tenham sido firmadas antes da
    entrada em vigor desta Lei, mantida, em qualquer dos casos, a
    incidência, durante o período de carência, de juros e demais
    encargos contratados.

    Temos que ver como será na pratica

    Acredito na seguinte dinâmica:

    1. A redação fala em "carência" e "manutenção da incidência de juros". Então, provavelmente, o contrato será recalculado: a) pegam o saldo devedor de hoje, sobre esse saldo incidem os juros contratuais, normalmente, até o fim do prazo. b) Ao término do prazo, refazem o cálculo, considerando o saldo devedor atualizado, o prazo remanescente quando o contrato foi "suspenso" e a taxa de juros contratada. Como consequência prática, pode-se concluir que as prestações restantes serão mais altas que as atuais.

    2. Como a suspensão resulta no aumento das prestações restantes (o que pode não ser interessante pro devedor), com certeza a medida só poderá ser tomada a pedido - ou sob a concordância expressa - do devedor. Acho que a única hipótese de haver suspensão automática seria o banco, por "liberalidade", decidir não cobrar juros durante o período de suspensão. Ainda assim, creio ser mais seguro para o banco exigir a concordância expressa do cliente, pra não abrir hipótese de processo judicial.

    Pra quem está em dificuldade no momento, pode ser interessante. Pra quem não estiver, acho que não vale a pena. Eu só devo optar pela suspensão se a Caixa decidir não cobrar juros durante o período (o que é pouco provável). Mesmo assim, a minha intenção seria aproveitar essa "economia" pra amortizar o próprio empréstimo.
    josebarbos
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3308
    Reputação : 432
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por josebarbos Dom 14 Mar 2021, 9:10 pm

    Seria muito mais efetiva e benéfica a extinção do IOF em definitivo, sobre os contratos de empréstimo.
    Dada a turbulência econômica, permissão excepcional de renegociar os contratos com condições iguais ou melhores às originais, e conceder carência e uma margem consignável extra, temporária, em função disto.

    Trata-se de uma medida que é na prática inexequível, onerosa e de pouco efeito prático.
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7680
    Reputação : 565
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por Galizezin Dom 14 Mar 2021, 9:21 pm

    aí sim. iof é o imposto mais maligno que existe. onde já se viu cobrar imposto sobre endividamento?


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7680
    Reputação : 565
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por Galizezin Dom 14 Mar 2021, 9:51 pm

    Rengaw escreveu:
    Galizezin escreveu:três meses alivia o quê? seria uma curta rolagem de dívida sem juros?

    Não são 3 meses são 120 dias ou 4 meses e se não alivia pra você é só abrir mão meu amigo......simplesmente isso!

    a questão não é essa, mas o fato de gastar cartuchos no congresso para muito pouco ou quase nada, e sair um texto que frisa "facultatividade". em vez disso, poderiam ter conseguido trazer as taxas de juros à nova realidade mundial e da selic, mas não, preferem paliativos.


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    josebarbos
    josebarbos
    Usuário VIP
    Usuário VIP

    Mensagens : 3308
    Reputação : 432
    Data de inscrição : 20/05/2015

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por josebarbos Dom 14 Mar 2021, 10:30 pm

    Galizezin escreveu:
    Rengaw escreveu:
    Galizezin escreveu:três meses alivia o quê? seria uma curta rolagem de dívida sem juros?

    Não são 3 meses são 120 dias ou 4 meses e se não alivia pra você é só abrir mão meu amigo......simplesmente isso!

    a questão não é essa, mas o fato de gastar cartuchos no congresso para muito pouco ou quase nada, e sair um texto que frisa "facultatividade". em vez disso, poderiam ter conseguido trazer as taxas de juros à nova realidade mundial e da selic, mas não, preferem paliativos.

    Eu particularmente não acho possível reduzir juros na caneta, mas poderia ser criada algum tipo de condição especial, razoavelmente justificada, do tipo "liquida tudo e fica apenas com o consignado".
    As condições especiais poderiam ser propostas ao mercado, com uma taxa baixa tipo 0,5 ou 0,6% a.m. e até 50% do salário como margem, exclusivamente para quitação de dívidas já existentes.
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7680
    Reputação : 565
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por Galizezin Seg 15 Mar 2021, 8:02 am

    parece que a margem consignável foi aumentada para 40%


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!
    araponga
    araponga
    Usuário Júnior
    Usuário Júnior

    Mensagens : 134
    Reputação : 20
    Data de inscrição : 01/06/2015

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por araponga Seg 15 Mar 2021, 10:31 am

    Galizezin escreveu:parece que a margem consignável foi aumentada para 40%

    Mais corda para nos enforcarmos...

    Algum colega consultou recentemente os juros praticados no consignado?

    Última informação que tive ficava em torno de CET: 0.97 CET ANUAL: 12.28 (fim de novembro/2020).
    Galizezin
    Galizezin
    Moderador
    Moderador

    Mensagens : 7680
    Reputação : 565
    Data de inscrição : 13/01/2012

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por Galizezin Seg 15 Mar 2021, 10:43 am

    araponga, 0,97% em qual banco?


    _________________
    Neoliberalismo não entrega o que promete, diz FMI!

    Conteúdo patrocinado

    Empréstimo Consignado - formas de sustação - Página 23 Empty Re: Empréstimo Consignado - formas de sustação

    Mensagem por Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Ter 28 Set 2021, 2:47 pm